O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal mandou que o Banco Central lhe enviasse cópia de relatórios de inteligência financeira.

Assim, ele obteve acesso a dados sigilosos de cerca de 600 mil pessoas, sendo 412,5 mil físicas e 186,2 mil jurídicas.

Reportagem dos jornalistas Reynaldo Turollo Jr. e Thais Arbex na Folha de S.Paulo aponta que o pedido do presidente do STF ocorreu no âmbito de um processo no qual, em julho, o ministro suspendeu todas as investigações do país que usaram dados de órgãos de controle —como o Coaf e a Receita Federal— sem autorização judicial prévia.

Naquela ocasião, Toffoli concedeu uma liminar (decisão provisória) atendendo a um pedido de Flávio Bolsonaro, senador eleito pelo PSL-RJ, filho do presidente Jair Bolsonaro e que era alvo de uma apuração do Ministério Público do Rio.

A iniciativa do ministro gerou apreensão no governo, pois há membros da família Bolsonaro mencionados em relatórios, entre outras autoridades.

Os desembargadores da 8.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) julgaram nesta quarta, 13, habeas corpus de Márcio Lobão, filho do ex-senador e ex-ministro Edison Lobão, e mantiveram a liberdade provisória que já havia sido concedida liminarmente no dia 13 de setembro pelo relator do processo, desembargador federal João Pedro Gebran Neto.

As informações foram divulgadas pelo TRF-4 – Nº 5038824-27.2019.4.04.0000/TRF.

Márcio Lobão foi preso preventivamente em setembro durante as investigações deflagradas pela Polícia Federal na fase 65 da Operação Lava Jato.

A decisão do TRF-4 foi dada de forma unânime em sessão de julgamento do colegiado ocorrida nesta quarta, 13.

Márcio Lobão é investigado por supostos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro relacionados a contratos celebrados entre o Grupo Estre e a Transpetro, e entre a Odebrecht e a Petrobras para a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte.

Segundo a Lava Jato, ele operacionalizava o recebimento da propina paga ao pai pelas empresas e incorporava parte significativa ao seu patrimônio. Mais de R$ 10 milhões teriam sido entregues em espécie no escritório de advocacia da mulher de Márcio.

A defesa ajuizou o habeas corpus em 11 de setembro, argumentando a ausência de contemporaneidade dos fatos investigados, que teriam sido praticados entre 2008 e 2014, e a inexistência de requisitos autorizadores para a prisão preventiva.

Os advogados do filho do ex-senador ainda apontaram a nulidade das investigações em decorrência de compartilhamento ilegal de dados bancários e fiscais entre a Receita Federal e o Ministério Público Federal, conforme decidido pelo Tema nº 990 do Supremo Tribunal Federal.

A defesa requisitou o deferimento de liminar para que Márcio Lobão fosse colocado imediatamente em liberdade.

O desembargador Gebran Neto concedeu o pedido de liminar e revogou a prisão preventiva.

Na sessão desta quarta, a 8.ª Turma analisou o mérito do habeas corpus e decidiu dar parcial provimento para manter a liberdade provisória com a fixação de medidas cautelares diversas da prisão, negando, entretanto, o pedido da defesa de nulidade das investigações com base no decidido pelo STF no Tema nº 990.

Para continuar em liberdade, Márcio Lobão terá que cumprir as seguintes medidas: pagamento de fiança fixada em R$ 5 milhões; proibição de deixar o País sem autorização do juízo, devendo entregar todos os passaportes que possuir; proibição de fazer contato de qualquer forma, mesmo por intermédio de terceiros, com os demais investigados ou com empregados da instituição financeira da qual foi desligado; comparecimento obrigatório ao interrogatório judicial e demais atos do processo a que for chamado, exceto se expressamente dispensado pelo juízo.

O relator entendeu que a decisão de primeira instância que decretou a prisão ‘carece de apresentação de justificativa específica em relação à custódia preventiva’ e, dessa forma, ‘é viável a concessão de liberdade provisória a Márcio’.

Em seu voto, Gebran também destacou que a proibição de contato com outros investigados não se aplica à mulher e demais familiares de Márcio, como o pai Edison Lobão.

Quanto ao pedido de nulidade das investigações, o desembargador não conheceu da ordem de habeas corpus.

Para o magistrado, ‘não foi verificada flagrante ilegalidade que justifique o requerimento já que as investigações decorreram de depoimento de colaborador e houve autorização judicial para a quebra de sigilo’.

O fato aconteceu no Rio de Janeiro no dia (06), “Fiquei com receio de bater nele demais”, diz Joyce Vieira, 27, lutadora de MMA que confrontou um homem que se masturbava a céu aberto, numa praia de Cabo Frio (RJ). As fotos da briga foram parar na internet e viralizaram. Desde então, Joyce é tratada por epítetos como “ícone” e “deusa”.

No ringue, ela é conhecida como Princesa Fiona, a musa do ogro Shrek. Conta à reportagem que só treina com homens entre 65 kg e 90 kg. Fora do tatame, contudo, ela nunca havia usado sua expertise em artes marciais como jiu-jitsu (é faixa azul), muay thai (faixa azul escura) e boxe inglês (nível amador). Isso até segunda-feira (8), quando ela e uma amiga foram surpreendidas por um homem na praia do Braga, onde faziam uma sessão de fotos.

Num primeiro momento, Joyce viu o homem (ainda não identificado pela polícia) e achou que ele esperava alguém da família. “Quando olhei melhor pra ele, ele tava do jeito que estava, calça abaixada, em pé. No caminho passava pessoas a toda hora.” Crianças inclusive. Ela diz que até tentou dialogar. Pediu: “Pô, cara, tá de sacanagem, guarda isso aí”. Segundo Joyce, ele estava com o pênis pra fora, “visivelmente ereto, fazendo barulhos e gemendo“.

Não parou nem quando avistou as duas amigas, a coisa de dois metros de distância. “Continuou se masturbando e disse: ‘Por que, não gostou? Vem cá’.” Aí Joyce admite: perdeu as estribeiras. “Desse ‘vem cá’ pro confronto foi muito rápido. Não pensei em nada, entrei em estado de êxtase. Porque foi muito surreal. Geralmente pessoas que são pegas fazendo isso sempre negam, ‘não, não’. Ele, não, ele continuou.”

Suas canelas ficaram roxas de tanto chute que deu nele, conta. Recebeu um murro de volta. “Mas o soco me deu mais raiva ainda. Queria matar ele de tanto bater. Mas matar não pode, né? Queria moer ele de porrada.” Joyce tem 1,75 m e 70 kg, mas em temporada de combates baixa o peso para entrar na categoria de 61 kg. Em seu rol de ídolos, a brasileira Cris Cyborg, que em dezembro ganhou US$ 500 mil (R$ 1,9 milhão) por uma luta que durou menos de um minuto, e na qual acabou nocauteada, num campeonato de UFC.

“Desde pequena, sempre fui fã de lutas. Infelizmente, não consigo viver da luta, mas me dedico ao máximo para estar preparada quando a oportunidade chegar”, diz ela, que trabalha como vendedora de roupas, promoter, cabeleireira e corretora de imóveis. O pega-pra-capar com o homem no litoral teve dois saldos positivos, avalia: primeiro, deter um importunador sexual. Segundo, os convites que começaram a chegar para eventos de MMA.

“Quando aquele cara viu que ia apanhar de verdade, começou a gritar. Um menino entrou na frente, ele aproveitou pra correr.” Ela prestou queixa da Delegacia da Mulher de Cabo Frio. Nas artes marciais, diz Joyce, os lutadores são ensinados a não brigar na rua. “Mas eu não queria parar de bater, não.”

Pesquisa divulgada nesta quarta-feira (13) mostra que a aprovação do governo de Jair Bolsonaro passou de 33% em outubro para 35% em novembro. A rejeição também foi de 38% para 39%. O estudo foi realizado pelo Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) e divulgado pela consultoria XP. A pesquisa ouviu 1.000 pessoas nos dias 6, 7 e 8 de novembro. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Eis a íntegra.

Este já é o 2º levantamento seguido em que aprovação da gestão do presidente Bolsonaro tem oscilação positiva dentro da margem de erro. Em setembro, o percentual daqueles que aprovavam o governo era de 30%.

As expectativas para o futuro do governo se mantiveram estáveis, segundo o levantamento. O grupo que diz esperar que a gestão Bolsonaro seja boa ou ótima daqui pra frente é de 46%. Já a parcela que projeta 1 governo ruim ou péssimo passou de 31% para 32%. O percentual que considera que será regular caiu de 19% para 18%.

Os responsáveis pela pesquisa também indagaram os entrevistados sobre o novo pacote econômico apresentado pela equipe do ministro Paulo Guedes (Economia) ao Congresso. Pouco mais de a metade dos entrevistados (55%) disse ter tomado conhecimento das propostas, que englobam 3 PECs (propostas de emenda à Constituição). Dentre esse grupo, 57% disseram avaliar que as medidas vão na direção correta.

Uma das propostas contidas no pacote econômico é a possibilidade de extinção de municípios com menos de 5.000 habitantes e que dependam excessivamente de repasses para arcar com suas despesas. Sobre esse ponto, 60% dos entrevistados se declararam a favor da medida, enquanto 32% disseram ser contra. Outros 8% não souberam ou não quiseram responder.

A proposta do governo considerada mais importante, no entanto, é o projeto anticrime do ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública). A pesquisa mostra que o projeto, que até agora avançou pouco na Câmara dos Deputados, teve sua relevância avaliada com nota 7,8 (de 0 a 10) pelos entrevistados –a maior nota alcançada entre 8 medidas testadas.

Mídia

A pesquisa também tratou sobre a percepção da população em relação às informações do governo divulgadas em diversas mídias. Rádio é a mídia com maior credibilidade, com avaliação de 58% dos entrevistados, que disseram assumir como verdadeiras a maioria das informações e notícias veiculadas por esse meio.

Em seguida, aparece o jornal impresso (55%) e a televisão (50%). O histórico, no entanto, mostra que o percentual caiu em relação a dezembro do ano passado e março deste ano.

Veja outros pontos abordados pela pesquisa:

  • Aprovação do Congresso: A rejeição do Congresso caiu de 42% para 41% em novembro. A parcela que avalia a atuação do congresso como boa ou ótima subiu de 14% para 15%.
  • Estabilidade do Serviço Público: Para 46% da população, as normas que dificultam a demissão de servidores públicos são negativas, pois incentivam baixa produtividade. Outros 41% consideram as normas positivas, por evitar demissões por razões políticas. Quando o questionamento é sobre a possibilidade de flexibilização em tempos de crise, 52% sustentam que as leis deveriam ser alteradas para permitir demissões com mais facilidades, enquanto 39% preferem a manutenção das regras atuais.

 

 

 

NOVA TV:

CNN Brasil confirma que entrará no ar em março de 2020

Sede da CNN nos EUAFoto: Kevin C. COX /

 

Além de Evaristo, que deixou a Globo há dois anos, vários outros jornalistas de nome já estão confirmando como parte da equipe da nova emissora

A CNN Brasil confirmou nesta quarta-feira (13) que vai entrar no ar em março de 2020. O anúncio foi feito pelo jornalista Evaristo Costa em um vídeo publicado nas redes sociais no novo canal.

“Nosso lançamento será em meio às comemorações de 40 anos do maior canal de notícias do mundo, que foi fundado em 1980 nos Estados Unidos”, afirmou publicação no Instagram. A data exata, no entanto, ainda não foi informada.

Além de Evaristo, que deixou a Globo há dois anos, vários outros jornalistas de nome já estão confirmando como parte da equipe da nova emissora. Entre eles estão também os ex-Globo William Waack, Cris Dias, Monalisa Perrone, Mari Palma e Phelipe Siani.

Idoso comete suicídio por enforcamento em Flores-PE

 

Um fato triste foi registrado na manhã desta quarta-feira (13) em Flores, a morte de um idoso de 78 anos que tirou a própria vida por enforcamento.
De acordo com as informações do boletim de ocorrências, a policia Civil foi acionada para atendimento de uma ocorrência de suicídio na Antônio Medeiros – Centro da Cidade de Flores, por volta das 10hs da manhã.
Pelo local dos fatos, a equipe se deparou com o idoso, Anízio Frutuoso da Silva, mais conhecido por seu Lunguinha da melancia (78 anos) pendurado pelo pescoço com uma corda.
Seu Lunguinha deixa esposa, filhos, noras, genros e netos. O corpo esta sendo velado em sua residência na Rua Antônio Medeiros. O sepultamento será ás 9hs da manhã desta quinta (14). (Blog Notícias em Destaque)

Jovem de 24 anos morre vítima de infarto fulminante em Flores-PE

O jovem David Claudino, conhecido como (David de Lena) de 24 anos, sofreu um infarto fulminante na tarde desta quarta (13) quando estava dormindo em sua residência, no Sítio Alto de Pedra, Município de em Flores.
O corpo de David está aos cuidado da família. foi levado para o Hospan de Serra Talhada. E será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru. Velório e sepultamento acontecerá no referido Povoado, o horário ainda não foi confirmado pela família. ( Notícias em Destaque)

A saída do presidente Jair Bolsonaro do PSL vai rachar a bancada do partido na Câmara. Projeção feita pelo GLOBO aponta que 24 dos 53 deputados federais da sigla devem acompanhar o presidente para fundar a Aliança pelo Brasil. Outros 27 indicam que vão permanecer nos quadros da legenda, enquanto dois ainda não decidiram qual rumo vão tomar.

Se a criação do partido de Bolsonaro for adiante, a tendência é que as forças de centro se fortaleçam ainda mais no Congresso. Com a base esfacelada, o governo pode ter mais dificuldades na relação com o Legislativo.

A possível migração vai alterar a dinâmica da negociação política. O PSL, segundo maior partido da Câmara, passaria a ser a nona maior bancada, caso os deputados hoje indecisos decidam continuar no partido, enquanto a Aliança pelo Brasil ficaria com a 12ª posição. O PL, integrante do centrão — que reúne ainda PP, DEM, Republicanos, PTB, PSD e Solidariedade —, seria alçado à segunda bancada, atrás do PT. O bloco informal soma mais de 250 votos na Casa.

Há matérias empacadas na Câmara consideradas bandeiras por Bolsonaro, como o projeto que flexibiliza regras de trânsito. A reforma administrativa que o ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende enviar é outra pauta com grandes chances de dispersão de apoios. Uma derrota recente ao governo imposta pelo centrão foi a votação do projeto de armas, que acabou desfigurado. Outro tema que pode ter o mesmo destino é o pacote anticrime, do ministro Sergio Moro.

Deputados que indicaram permanecer no PSL dizem que vão apoiar a pauta econômica e de costumes do governo, mas não terão a obrigação de seguir as orientações do Palácio do Planalto. A ex-líder do governo no Congresso Joice Hasselmann (PSL-SP) tem dito que “aliados não podem ser feridos de morte”. Apesar das fissuras, apoiadores de Bolsonaro insistem que a divisão será irrelevante para a articulação política.

 

 

MUNDO:

Primeira sessão pública do impeachment marca estratégia democrata em narrativa contra Trump

Matthew Underwood chegou ao prédio de comissões do Congresso americano pouco depois da meia-noite desta quarta-feira (13). O escritor de 30 anos queria garantir um bom lugar na primeira audiência pública do processo de impeachment contra Donald Trump, marcada para dali a dez horas.

Deparou-se com um corredor vazio, então voltou para a casa e retornou às 6h30, quando se juntou aos primeiros da fila de cerca de cem pessoas que tentavam acompanhar de perto o evento histórico para a política dos EUA.

“É importante ser público e televisionado, porque ouvimos vários parlamentares dizerem que não estão cientes dos fatos, já que não têm tempo de ler as transcrições dos depoimentos que foram dados a portas fechadas”, afirma Underwood.

“Ter uma sessão aberta tira da frente essa desculpa e mostra se há mesmo provas concretas.”

Sob os olhos atentos do escritor, os diplomatas William Taylor e George Kent falaram à Comissão de Inteligência da Câmara como testemunhas-chave para os democratas.

Nesta nova etapa do processo, a oposição quer angariar apoio à narrativa de que Trump atuou de forma irregular ao pressionar o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, a investigar Joe Biden, adversário político do republicano, e o filho dele, Hunter, que trabalhava em uma empresa de gás daquele país.

E os diplomatas não decepcionaram. Em uma sala cheia de jornalistas, parlamentares e curiosos, Taylor, embaixador dos EUA na Ucrânia, confirmou o que já havia dito em depoimento privado no Congresso no fim de outubro: Trump condicionava ajuda militar ao país europeu a apurações contra Biden.

Também afirmou que o presidente se preocupava mais com essas investigações do que com a Ucrânia e adicionou à trama detalhes novos, que diz ter tido conhecimento somente na semana passada.

Em sua fala de abertura, Taylor contou que um integrante de sua equipe ouviu um telefonema entre Trump e Gordon Sondland, embaixador dos EUA para a União Europeia, no qual o presidente perguntava sobre o status “das investigações” logo depois de Sondland ter se encontrado com um alto oficial ucraniano, em Kiev.

Segundo ele, o embaixador na UE disse que Trump “se importava mais” com as apurações do que com a Ucrânia.

A conversa entre Trump e seu auxiliar, diz Taylor, aconteceu em 26 de julho, um dia após o americano pedir a Zelenski, também por telefone, para investigar os Bidens.

À época, o governo dos EUA retinha uma ajuda militar à Ucrânia que, segundo Sondland, só seria liberada caso o país europeu fizesse uma declaração pública sobre as investigações contra o democrata e seu filho.

Taylor confirmou que o foco de Trump era Biden e ponderou acreditar ser “loucura” reter uma ajuda militar “por causa de campanha política.”

Conforme interrogavam os diplomatas, os deputados exibiam em um telão trechos da transcrição da ligação entre Trump e o presidente ucraniano.

Nela, Zelenski devolvia os comentários do líder americano dizendo que a Ucrânia estava trabalhando nas investigações e agradecia por um suposto convite para ir a Washington.

Questionados se uma coisa estava condicionada à outra, Taylor e Kent responderam “sim”.

A contrapartida é um dos principais pilares da oposição para mostrar o desvio de conduta e abuso de poder de Trump em suas relações com a Ucrânia.

Os democratas tentam aprovar o processo na Câmara, de maioria oposicionista. Depois disso, o impeachment ainda precisa passar pelo Senado, de maioria republicana.

A oposição sabe portanto que é preciso convencer independentes e possíveis dissidentes republicanos a abandonar o presidente caso haja mais pressão popular, por exemplo.

Como é habitual, Trump estava ativo em seu Twitter desde cedo. Ele nega qualquer irregularidade no imbróglio com a Ucrânia e diz que os democratas, mais uma vez, tentam fazer uma “caça às bruxas” contra seu governo para desgastar sua imagem e tentar impedir sua reeleição em 2020.

Mais tarde, em entrevista coletiva na Casa Branca, iniciada somente após o fim da audiência no Congresso, Trump disse que não tem conhecimento dos fatos expostos pelas testemunhas nesta quarta, que não se lembra da conversa com Sondland e que não houve “quid pro quo” -troca de favores- no episódio da Ucrânia.

“Não me lembro de nada. Ele só falou comigo rapidamente, não houve quid pro quo nessas circunstâncias. Não tem quid pro quo e ponto. É simples.”

O presidente disse que assistiu “apenas por um minuto” à audiência, porque estava recebendo o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, compromisso, segundo ele, “muito mais importante”, e chegou a pedir que somente “repórteres-amigos da Turquia” fossem escolhidos para fazer perguntas.

Essa é a quarta vez que os EUA discutem um processo de impeachment no Congresso -a terceira delas televisionada.

Ainda esta semana haverá outra sessão aberta, com a ex-embaixadora dos EUA na Ucrânia Marie Yovanovitch.

Na próxima semana, seguem os depoimentos com o testemunho de Jennifer Williams, assessora do vice-presidente Mike Pence, entre outros.

Os democratas dizem que querem votar o impeachment na Câmara até o fim deste ano.

 

 

 

 

 

O prazo de inscrição para o Vestibular IFPE 2020.1 foi prorrogado até o dia 21 de novembro. Com a mudança do cronograma, o último dia para efetuar o pagamento da taxa de inscrição será dia 22 deste mês. As provas acontecem no dia 15 de dezembro. Os interessados em concorrer a uma das vagas devem acessar o site da Comissão de Vestibulares e Concursos (cvest.ifpe.edu.br), preencher o formulário online e emitir a Guia de Recolhimento da União (GRU) para pagamento, exclusivamente, no Banco do Brasil. A taxa de inscrição custa R$ 30 (cursos técnicos) e R$ 55 (cursos superiores).

Do total de vagas, 280 são para o campus Afogados da Ingazeira, que dispõe dos cursos técnicos de Saneamento, Informática, Eletroeletrônica e Agroindústria, os quais estão distribuídos nas modalidades Subsequente, voltada para quem já concluiu o Ensino Médio; e Integrado, para quem deseja aliar a formação profissional ao Ensino Médio Regular. Também há vagas para o curso superior de Licenciatura em Computação, além da grande novidade para 2020: o curso superior de Engenharia Civil, que oferta 40 vagas desse total.

Além de Afogados da Ingazeira, o IFPE tem campus localizado nos municípios de Abreu e Lima, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Recife e Vitória de Santo Antão.

COTAS

Assim como na última edição, 60% das vagas oferecidas no Vestibular 2020.1 será pelo sistema de cotas, voltado a candidatos oriundos da rede pública de ensino. Essas vagas são subdivididas entre aquelas para quem tem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo e as para quem tem renda superior a essa faixa, subdividindo-se, ainda, em subcotas voltadas aos que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas e também às pessoas com algum tipo de deficiência. Outro diferencial do vestibular do IFPE é que, nos cursos de vocação agrícola, 25% das vagas de ampla concorrência são reservadas para moradores da zona rural ou filhos de agricultores.

A partir desta edição, os candidatos que optarem por concorrer às vagas reservadas para cotistas serão classificados também na lista da ampla concorrência. Nos casos em que eventualmente não houver comprovação da condição de cotista no ato da matrícula, o candidato poderá ser aprovado na classificação geral caso tenha nota suficiente.

PROVAS

As provas serão realizadas no dia 15 de dezembro. Candidatos aos cursos técnicos serão submetidos a 30 questões de múltipla escolha. Quem vai concorrer às vagas dos cursos superiores fará uma prova com 50 questões de múltipla escolha, além de redação. Os exames terão início às 9h e terão duração de três horas, para os cursos técnicos, e de quatro horas para os superiores. A divulgação do listão dos aprovados está prevista para o dia 9 de janeiro de 2020.

ATENDIMENTO ESPECIAL

As pessoas com deficiência física, intelectual ou sensorial podem solicitar a realização da prova em condições especiais. Também poderão solicitar atendimento específico os candidatos enfermos, impossibilitados de comparecer ao local de prova e as candidatas lactantes.

Para requerer a prova com atendimento especializado ou específico, basta confirmar a opção durante o procedimento de inscrição no site e enviar à Comissão do Vestibular os documentos comprobatórios exigidos no edital. O prazo de solicitação também foi prorrogado até o dia 21 de novembro. A documentação comprobatória deverá ser entregue no setor de protocolo do campus do IFPE no qual o candidato pretende concorrer à vaga ou ser enviado através do site da CVEST.

NOME SOCIAL

O candidato que quer ser reconhecido socialmente de acordo com sua identidade de gênero poderá requerer o atendimento pelo nome social durante o período de inscrição. Para isso, ele deve indicar a opção no site da CVEST e enviar a documentação exigida no edital via upload no sistema de inscrição.

INFORMAÇÕES

Para mais informações sobre o Vestibular 2020.1, acesse o edital retificado. Em caso de dúvidas, os candidatos podem entrar em contato com a CVEST pelo telefone (81) 2125-1724 ou pelo e-mail vestibular@ifpe.edu.br

NOVO CRONOGRAMA

Inscrições | Até 21/11 (somente pelo site da CVEST)

Pagamento da taxa | Até 22/11

Taxa de inscrição | R$ 30 (cursos técnicos) e R$ 55 (cursos superiores)

Liberação cartão de inscrição | 05/12

Retificação cartão de inscrição | 05 e 06/12

Provas | 15/12

Listão | 09/01

O Prefeito José Patriota assina nesta quinta (14), termo para ampliação das metas do Programa Criança Feliz em Afogados da Ingazeira. Na ocasião, o Prefeito entrega à população um veículo 0 km destinado a otimizar às ações do programa, que visa o acompanhamento integral das crianças durante a primeira infância, que compreende do nascimento aos seis anos de idade.

A assinatura e entrega do veículo acontecem na Praça Mons. Alfredo de Arruda Câmara, a partir das 17hs. Em Afogados, o programa é coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

Programa Criança Feliz – é uma parceria do Governo Federal com a Prefeitura de Afogados, numa estratégia alinhada ao Marco legal da Primeira Infância e que traz as diretrizes para a formulação e implementação de políticas públicas direcionadas à primeira infância.

Levando em conta a especificidade e a relevância dos primeiros anos de vida no desenvolvimento infantil e no desenvolvimento do ser humano. Foi instituído por meio do Decreto nº 8.869, de 5 de outubro de 2016, e alterado pelo Decreto nº 9.579, de 22 de novembro de 2018, de caráter intersetorial e com a finalidade de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida.

Aplicativo de Celular ENEM 2019

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgou na tarde desta quarta-feira (13) os gabaritos oficiais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Também foram divulgados os Cadernos de Questões, em todas as suas versões.

No total, são seis gabaritos para cada dia de aplicação e seis Cadernos de Questões, de acordo com as cores da prova e opções acessíveis. Os participantes podem acessar os gabaritos pelo portal do Inep, na página do Enem ou pelo aplicativo do Enem.

Os participantes devem ficar atentos para conferir o gabarito relativo à cor de prova que fez em cada domingo de aplicação.

Mesmo com o gabarito em mãos, os participantes ainda não poderão saber qual nota tiraram no exame, isso porque o Enem é corrigido pela chamada Teoria de Resposta ao Item (TRI).

Pela TRI, não há um valor fixo para cada questão. A pontuação varia conforme o percentual de acertos e erros naquele item entre os participantes e também de acordo com o desempenho de cada estudante na prova.

O Enem 2019 foi aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. Cerca de 3,9 milhões de estudantes de todo o país compareceram ao menos em um dia de prova.

Os resultados individuais do Enem 2019 serão divulgados na Página do Participante e no aplicativo do Enem, em janeiro de 2020, a partir de consulta com CPF e senha.

O resultado dos participantes eliminados, segundo o Inep, não será divulgado, mesmo que eles tenham feito o Enem nos dois dias de aplicação. Para os treineiros, que fazem o exame para autoavaliação de conhecimentos, a consulta só será liberada em março do ano que vem. (Agência Brasil)

A proporção de pessoas negras ou pardas cursando o ensino superior em instituições públicas brasileiras chegou a 50,3% em 2018. Apesar desta parcela da população representar 55,8% dos brasileiros, é a primeira vez que os pretos e pardos ultrapassam a metade das matrículas em universidades e faculdades públicas.

Os dados estão no informativo Desigualdades Sociais por Cor ou Raça no Brasil, divulgado hoje (13), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A comparação foi feita com as informações do suplemento de educação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio – Contínua (Pnad Contínua), que começou a ser aplicado em 2016.

A pesquisa mostra que a população negra está melhorando seus índices educacionais, tanto de acesso como de permanência, apesar de ainda se manter bem atrás dos índices medidos entre as pessoas brancas.

A proporção de jovens de 18 a 24 anos pretos ou pardos no ensino superior passou de 50,5% em 2016 para 55,6% em 2018. Entre os brancos a proporção é de 78,8%. Na mesma faixa etária, o número de pretos e pardos com menos de 11 anos de estudo e que não estavam frequentando a escola caiu de 30,8% em 2016 para 28,8% em 2018, enquanto o indicador para a população branca é de 17,4%.

Outros percentuais

Os que já haviam concluído o ensino superior somavam 36,1% dos brancos e 18,3% dos pretos e pardos, enquanto a taxa de ingresso no terceiro grau é de 53,2% entre os brancos e de 35,4% entre pretos e pardos. Na faixa de 18 a 24 anos que concluiu o ensino médio, mas que não estava estudando por trabalhar ou precisar procurar trabalho, 61,8% eram pretos ou pardos.

A taxa de analfabetismo para pessoas acima de 15 anos, entre pretos e pardos caiu de 9,8% em 2016 para 9,1% em 2018. Entre os brancos, a taxa é de 3,9%. Na frequência à creche ou escola, crianças pretas ou pardas de 0 a 5 anos passaram de 49,1% para 53%, enquanto 55,8% das crianças brancas estão nessa etapa da educação. Nos anos iniciais do ensino fundamental, para crianças de 6 a 10 anos, não há diferença significativa, com 96,5% das brancas e 95,8% das pretas ou pardas frequentando a escola.

A analista de indicadores sociais do IBGE Luanda Botelho disse que a melhora das estatísticas é reflexo de políticas públicas que proporcionaram o acesso e permanências da população preta e parda na rede de ensino.

“O estudo mostra para a gente que para todos os indicadores educacionais há uma trajetória de melhora desde 2016. Isso se reflete em menor atraso escolar, mais pessoas pretas ou pardas frequentando a escola na etapa de ensino adequada para a idade, menor abandono escolar, mais pessoas pretas ou pardas concluindo o ensino médio e ingressando no ensino superior”, afirmou.

Os rendimentos de pretos e pardos se mantêm abaixo do segmento de brancos. O rendimento médio mensal entre brancos é de R$ 2.796 e entre pretos e pardos cai para R$ 1.608, uma diferença de 73,9%. Na comparação apenas entre quem tem curso superior, os bancos ganhavam por hora 45% a mais do que os pretos e pardos.

Para o pesquisador do IBGE Claudio Crespo, a melhora nos indicadores dos negros é relevante, mas como a desigualdade é histórica e estrutural, os ganhos para a população preta ou parda só aparecem com organização e mobilização social e políticas públicas direcionadas.

“A intervenção de políticas públicas é um fator essencial para a redução dessa desigualdade. Onde há avanços percebidos, apesar da distância que ainda reside, são espaços em que houve intervenção de políticas públicas e também organização do movimento social para a conquista de uma sociedade mais igualitária. Como as cotas para acesso ao nível superior”, explicou.

Representação política

Na representação política, os pretos e pardos também ficam muito atrás dos brancos, com apenas 24,4% dos deputados federais eleitos em 2018 tendo se declarado negros. Entre os deputados estaduais o número sobe para 28,9% e, entre os vereadores eleitos em 2016, o índice sobe, com 42,1% tendo se declarado preto ou pardo.

Segundo o estudo do IBGE, a sub-representação começa nas candidaturas, com a autodeclaração de pessoas pretas e pardas totalizando 41,8% dos candidatos a deputado federal, 49,6% dos que tentam uma vaga nas assembleias estaduais e 48,7% dos que querem ser eleitos vereadores.

No recorte de verbas utilizadas nas campanhas, 9,7% dos candidatos brancos a deputado federal tiveram receitas superiores a R$ 1 milhão e dos pretos ou pardos foram 2,7%. A representação das mulheres pretas ou pardas chega a apenas 2,5% dos deputados federais, 4,8% dos deputados estaduais e 5% dos vereadores.

Considerando todas as mulheres, elas representam 16,9% da Câmara dos Deputados, 31,1% das assembleias estaduais e 36,8% das câmaras municipais.

Os dados de cor ou raça só começaram a ser coletados pela Justiça Eleitoral em 2014, com a pergunta inserida na inscrição da candidatura.

Agência Brasil

 

O governo aproveitou a medida provisória que cria o programa Verde Amarelo para acabar com a exigência de registro profissional para jornalistas, publicitários, radialistas, químicos, arquivistas e até guardador e lavador de veículos.

Em relação aos jornalistas, a MP acaba ainda com a exigência legal de diploma de jornalismo para o exercício de algumas funções. A medida ainda revoga leis que regulamentam o exercício de profissões como corretor de seguro e guardador e lavador de carros – uma lei de 1975 exigia o registro na Delegacia Regional do Trabalho para guardar e lavar veículos automotores.

Programa

Na última segunda (11) foi anunciado o programa Verde Amarelo que beneficiará jovens de 18 a 29 anos que ainda não tiveram nenhum emprego com carteira assinada.

A proposta foi enviada ao Congresso Nacional por meio de uma Medida Provisória (MP) e vale só para contratos de remuneração até o teto de 1,5 salário mínimo.

O principal estímulo para a contratação desses jovens é a redução entre 30% e 34% do custo para da mão de obra na modalidade, que terá desoneração na folha de pagamento.

A contribuição para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) cairá de 8% para 2%, e o valor da multa poderá ser reduzido de 40% para 20%, decidida em comum acordo entre o empregado e o empregador, no momento da contratação.

Os empregadores também não precisarão pagar a contribuição patronal para o Instituto Nacional do Seguro Social (de 20% sobre a folha), as alíquotas do Sistema S e do salário-educação.

Exame

Paraíba:

A Polícia Militar desarticulou uma quadrilha envolvida em ataques a bancos e tráfico de drogas interestadual que era liderada por um fugitivo do sistema penitenciário da Paraíba. A operação foi realizada na manhã desta quarta-feira (13), no município de Santana de Mangueira, Sertão paraibano.

Segundo a Polícia Militar, foram presos quatro suspeitos e houve apreensão de armas. Dentre estas havia duas pistolas, uma carabina, duas espingardas, um revólver, vários explosivos, munições, roupas camufladas, luvas, entre outros materiais.

O grupo estava em um sítio planejando ataques a bancos da região para os próximos dias, conforme os levantamentos realizados pela PM. O local foi cercado por equipes do 13º Batalhão e Grupamento Especializado de Operações em área de Caatinga (Geosac). Os suspeitos reagiram atirando contra os policiais e teve início um confronto.

Líder da quadrilha

O líder da quadrilha, que estava foragido desde novembro do ano passado da Penitenciária Juiz Hitler Cantalice (a Média de Mangabeira), em João Pessoa, saiu ferido e acabou morrendo. Ele foi preso pela Polícia Federal em 2012, na cidade de Princesa Isabel, juntamente com um grupo que atuava na distribuição de drogas vindas de São Paulo para a Paraíba e Pernambuco. Na época, ele foi encaminhado para a Penitenciária Romero Nóbrega, em Patos, mas foi transferido para o PB-1 em janeiro de 2017 após envolvimento na morte de dois detentos. Após a mudança de regime de cumprimento da pena, ele foi transferido para o Hitler Cantalice, onde deixou de comparecer e passou a ser considerado foragido.

Os outros presos na operação foram três homens e uma mulher, cujas identidades não foram confirmadas até a publicação desta matéria. Além dos ataques a bancos, eles estariam atuando no tráfico dos estados da Paraíba e Pernambuco. Os presos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil em Conceição.

Nota da jornalista Mônica Bergamo em sua coluna na Folha de S.Paulo informa que Jair Bolsonaro preferia o príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança como seu vice, e não Mourão.

A revelação de Bolsonaro foi feita diante dos deputados presentes na reunião desta terça-feira (12), em que anunciou sua saída do PSL e a decisão de criar um novo partido de extrema-direita.

A coluna narra o diálogo entre Bolsonaro e o Philippe de Orleans: “Príncipe, estou te devendo eternamente”, disse Bolsonaro. Bragança respondeu: “O que é isso. Deve nada, presidente!”  “Devo sim. Você deveria ter sido meu vice, e não esse Mourão aí. Eu casei, casei errado. E agora não tem mais como voltar atrás”, insistiu.

O príncipe diz nunca ter nutrido um sentimento negativo por ter sido preterido. “Basicamente ele reconheceu publicamente o que estava nos bastidores. Eu entendo que no mundo político há muitas artimanhas, conspirações.”  “O Bolsonaro não precisava de mim para ganhar a eleição. Precisava de alguém que fosse simplesmente leal. Na época, até fiquei aliviado porque ele me liberou para fazer outras coisas.” (247)

 

 

A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) promove em duas edições, sendo no dia 19 de novembro, em Recife e dia 21 em Afogados da Ingazeira, o 3° Encontro das Assessorias de Comunicação das Prefeituras Pernambucanas: Comunicar e Democratizar a Gestão Pública. O evento é gratuito e está voltado para assessores de comunicação e imprensa das prefeituras de Pernambuco e o público interessado.

O objetivo do evento é contribuir para que a comunicação seja um mecanismo impulsionador de participação e democratização das gestões públicas. Pela parte da manhã, será ministrada uma mesa redonda que trará como tema o papel das assessorias em tempos de notícias falsas. A ideia é refletir sobre o atual cenário de relativização dos fatos e da ascensão das mentiras, e como as assessorias municipais devem lidar com esse fenômeno.

Estarão reunidos para discutir o assunto, profissionais de diversas áreas de comunicação do Estado, entre eles o jornalista Aldo Vilela, âncora da Rádio Transamérica, apresentador do Roda Viva Pernambuco, da TV Nova, filiada da Rede Cultura no Estado e professor universitário. O diretor-presidente e o diretor vice-presidente da Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC), Gustavo Almeida e Felipe Calheiros, respectivamente, também estão confirmados. A pesquisadora, doutora em comunicação e professora universitária, Nataly Queiroz; o presidente da Asserpe, radialista  Nill Júnior, Além de Adriano Oliveira, cientista político, professor da UFPE e sócio da Cenário Inteligência que vai comandar a palestra O Controle Social e as Mídias.

A parte da tarde será exclusiva para os assessores das prefeituras e terá oficina gratuita oferecida pelo Projeto Gestão Cidadã, da Amupe com apoio financeiro da União Europeia, que tem por missão aprimorar a transparência e a prestação de serviços públicos de melhor qualidade. O Consultor da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Marco Rodrigo será o ministrante da oficina que terá como tema a comunicação para democratização da gestão pública, destinada para assessores de comunicação pré-inscritos.

Futebol:

Afogados: Pedro Manta volta a treinar o Afogados FC na temporada 2020

O técnico Pedro Manta será o comandante do Afogados FC na temporada 2020. O treinador chega após conseguir o acesso à elite do Futebol Pernambucano, dirigindo a equipe do Retrô. Essa será a 6ª passagem de Pedro Manta a frente do comando técnico do Afogados FC.

O treinador, de 57 Anos, tem muita identidade com a Coruja do Sertão, foi com Pedro Manta no comando, que o clube conquistou o acesso em 2016. Neste ano (2019), já na elite, o time Tricolor conquistou o Titulo do Interior, vaga na Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro da Série D, competições a serem disputadas no próximo ano.

A diretoria do Afogados FC confirmou também o retorno ao clube para a temporada 2020 do volante Douglas Bomba. Essa será a 3ª passagem do volante pela Coruja do Sertão.

Douglas foi um dos principais jogadores do tricolor, na excelente temporada deste ano, nos próximos dias a diretoria deve anunciar outros membros da Comissão Técnica.

Dançarinos: Vando, Janete, Cidinha, Sandrinho – foto Arquivo Blog Marcos Montinelly ano 2002-2003 segundo ano da banda 

Faleceu o cabeleireiro profissional, Valdir Alexandre, ele tinha 46 anos, era uma pessoa de fácil amizade além do carisma com as pessoas, sobretudo muito querido por todos, teve uma passagem como dançarino na extinta Banda Megabyte de Afogados Ingazeira, (vídeo), a causa da morte, ele sentiu fortes dores acabou descobrindo que se tratava de um câncer, começou a luta pela vida, mais  acabou sofrendo uma paralisia renal e não resistiu, perdeu batalha contra o câncer infelizmente.
Nosso sentimentos a todos familiares e amigos e a nossa homenagem de todos que fizeram parte da banda Megabyte de Afogados da Ingazeira.
O corpo está sendo velado na residência de sua avó Dona Rita,  na Avenida Adalberto Veras, Bairro Planalto. O sepultamento será amanhã  dia (14), às 09h30 no cemitério Monsenhor Rabelo 
Vídeo

Nossa homenagem a Valdir ex-dançarino da Banda Megabyte de Afogados da Ingazeira, que Deus o tenha em bom lugar, essa festa foi na Expo-Crato- CE http://blogmarcosmontinely.com.br/blog/2019/11/13/sao-jose-do-egito-morre-valdir-cabeleireiro-e-ex-dancarino-da-banda-megabyte-de-afogados-da-ingazeira/

Publicado por Marcos Montinelly em Quarta-feira, 13 de novembro de 2019

 

 

Blog MArcosmontinelly

Deltan- Fux

A jornalista Mônica Bergamo informa em sua coluna na Folha de S.Paulo que o clima azedou no STF (Supremo Tribunal Federal) com a liminar concedida pelo ministro Luiz Fux suspendendo processo disciplinar contra Deltan Dallagnol no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).

O procurador seria julgado na terça (12) por atacar ministros da própria Corte.

A blindagem de Fux a Dallagnol é ainda mais grave porque a representação contra o coordenador da Java Jato em Curitiba foi assinada pelo próprio presidente do STF, Dias Toffoli.

Julgando-se impune, Deltan Dallagnol ofendeu ministros da Corte, ao declarar a uma emissora de rádio que Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski formavam uma “panelinha” no STF e que as decisões deles passavam “uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção”.

Na semana passada, informa a coluna, Fux suspendeu liminar de juiz de primeira instância que impedia Deltan de ser julgado no CNMP. E enviou a decisão para os colegas. Nesta semana, voltou atrás e decidiu suspender de novo o processo. (247)

O campus Serra Talhada do IF Sertão-PE continua com inscrições abertas para o Processo Seletivo 2020 até o próximo dia 18 de novembro. A novidade da seleção é que não haverá prova. O processo seletivo se dará por meio da análise das notas do estudante, constantes em seu histórico escolar (ficha 18, para estudantes do Nível Fundamental; ficha 19, para Nível Médio). No momento da inscrição, o candidato deverá cadastrar suas notas no sistema, bem como anexar o histórico escolar (ou documento equivalente) digitalizado para conferência. Ao todo, o campus dispõe de 280 vagas divididas em diferentes cursos e modalidades. Os interessados deverão se inscrever através do site: aluno.ifsertao-pe.edu.br

Para quem está terminando o 9º ano do Ensino Fundamental e está em idade regular, deve se inscrever para o Ensino Médio Integrado, que pode ser feito junto com o curso de Logística ou Edificações, sendo disponíveis três turmas de 35 estudantes. Já quem tem mais de 18 anos e ainda não possui o Ensino Médio, deve se inscrever para a modalidade PROEJA Edificações, a turma terá aulas no turno da noite, estão sendo ofertadas 35 vagas.

Os candidatos que já terminaram o Ensino Médio e desejam estudar no Instituto, podem se inscrever para um dos cursos Subsequentes, que são eles: Logística (35 vagas para o turno da tarde e 35 para noite), ou Refrigeração e Climatização ((35 vagas para o turno da tarde e 35 para noite), ambos os cursos são realizados em 1 ano e 6 meses ou 2 anos, a depender do turno escolhido.

É válido ressaltar que há vagas também para os campi Petrolina, Petrolina Zona Rural, Salgueiro, Ouricuri, Floresta e Santa Maria da Boa Vista, por isso o candidato interessado em estudar em Serra Talhada deve se inscrever corretamente para o campus.

Casos específicos ou dúvidas poderão ser esclarecidas enviando um e-mail para selecao@ifsertao-pe.edu.br, ou procurar o IF Sertão-PE nas redes sociais:

Instagram: @if.serratalhada 

Facebook:  IF Sertão-PE Campus Serra Talhada

Clique aqui para acessar o sistema de inscrição.

Clique aqui para acessar o edital do Médio Integrado (Edital 63/2019)

Clique aqui para acessar o edital do Subsequente (Edital 64/2019)

Clique aqui para acessar o edital do Proeja (Edital 65/2019)

Moro orientava ilegalmente ações da Lava Jato, o alvo era Lula.

Kennedy Alencar comenta reportagem assinada pela ‘Folha’ e por ‘The Intercept Brasil’: ‘a operação Lava-jato manipulou a opinião pública e mudou o rumo da história do país’, afirma, avaliando a conduta de procuradores e do ex-juiz como ‘corrupção grave’. Para Kennedy, os envolvidos nas conversas tiveram atitudes parciais para envenenar o debate político.

 

 Rádio CBN escute áudio :

FONTE  RÁDIO CBN: https://cbn.globoradio.globo.com/media/audio/273991/novos-dialogos-vazados-mostram-que-moro-agiu-acusa.htm

Novos trechos de conversas vazadas entre o ministro da Justiça Sergio Moro e procuradores da força-tarefa da Lava Jato divulgados pelo site The Intercept Brasil na noite desta sexta-feira reforçam a proximidade entre o então juiz do caso com os acusadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela operação. Na conversa obtida pelo site, Moro orienta o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima a “editar uma nota esclarecendo as contradições do depoimento” dado por Lula no processo do triplex do Guarujá “com o resto das provas ou com o depoimento anterior dele”. “Por que a Defesa já fez o showzinho dela”, afirmou Moro.

A divulgação de novos trechos vazados das conversas entre os procuradores e o atual ministro da Justiça de Jair Bolsonaro acontecem no mesmo dia em que o jornal O Estado de S. Paulo publicou uma entrevista com Moro. Nela, o ex-juiz se pronunciou sobre o vazamento do primeiro lote de conversas pelo site, no último domingo e na quarta-feira, e disse não ver “ilicitude” no que foi divulgado. “Se quiserem publicar tudo, publiquem. Não tem problema”, desafiou ele, diante da promessa do site de que havia mais conteúdos “bombásticos” do material entregue ao site por uma fonte anônima. Em nota, o ministro afirmou neste domingo que “não reconhece a autenticidade e não comentará supostas mensagens de autoridades públicas colhidas por meio de invasão criminosa de hackers e que podem ter sido adulteradas e editadas”. Também reiterou “a necessidade de que o suposto material, obtido de maneira criminosa, seja apresentado a autoridade independente para que sua integridade seja certificada”.

As novas conversas divulgadas aconteceram na noite de 10 de maio de 2017, dia em que o ex-presidente compareceu diante de Moro para prestar esclarecimentos sobre o processo do triplex do Guarujá, que gerou sua primeira condenação por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Às 22h04, segundo o The Intercept Brasil, Moro pegou o telefone e digitou uma mensagem para Santos Lima, em que perguntou o que o promotor havia achado do encontro. “Achei que ficou muito bom. Ele começou polarizando conosco, o que me deixou tranquilo. Ele cometeu muitas pequenas contradições e deixou de responder muita coisa, o que não é bem compreendido pela população. Você ter começado com o triplex desmontou um pouco ele”, disse o procurador. “A comunicação é complicada pois a imprensa não é muito atenta a detalhes”, respondeu Moro.

Logo depois, o juiz afirma: “Talvez vcs devessem amanhã editar uma nota esclarecendo as contradições do depoimento com o resto das provas ou com o depoimento anterior dele”. Na mensagem seguinte, justificou: “Por que a Defesa já fez o showzinho dela”. O procurador respondeu, então: “Podemos fazer. Vou conversar com o pessoal.” 

Segundo o site, Santos Lima copiou, em seguida, o diálogo que teve com Moro em um chat privado com o coordenador da força-tarefa, Deltan Dallagnol. Paralelamente, em um grupo de troca de mensagens entre os procuradores, os membros da força-tarefa já discutiam a possibilidade de comentar publicamente o depoimento de Lula. Santos Lima alertou Dallagnol que havia enviado a ele uma mensagem privada. Três minutos depois, o coordenador da Lava Jato justificou publicamente no grupo a divulgação da possível nota: “Temos que avaliar os seguintes pontos: 1) trazer conforto para o juízo e assumir o protagonismo para deixá-lo [Sergio Moro] mais protegido e tirar ele um pouco do foco; 2) contrabalancear o show da defesa.” Depois, seguiu: “E o formato, concordo, teria que ser uma nota, para proteger e diminuir riscos. O JN [Jornal Nacional] vai explorar isso amanhã ainda. Se for para fazer, teríamos que trabalhar intensamente nisso durante o dia para soltar até lá por 16h”, ressaltou.

Dallagnol, então, mandou uma mensagem a outro grupo, que incluía a assessoria de imprensa do Ministério Público Federal. Ressaltou, novamente, as motivações para uma possível nota. “As razões para eventual manifestação são: a) contrabalancear as manifestações da defesa. Vejo com normalidade fazer isso. Nos outros casos não houve isso. b) tirar um pouco o foco do juiz que foi capa das revistas de modo inadequado”. Um dos assessores de imprensa tentou demovê-lo. “Mudar a postura vai levantar a bola pra outros questionamentos”, justificou.

No dia seguinte, os procuradores divulgaram uma nota, em que expunham contradições do depoimento de Lula. Na mesma noite, Dallagnol enviou outra mensagem a Moro, em que abordava, novamente, a manifestação. “Informo ainda que avaliamos desde ontem, ao longo de todo o dia, e entendemos, de modo unânime e com a ascom [assessoria de comunicação], que a imprensa estava cobrindo bem contradições e que nos manifestarmos sobre elas poderia ser pior. Passamos algumas relevantes para jornalistas. Decidimos fazer nota só sobre informação falsa, informando que nos manifestaremos sobre outras contradições nas alegações finais”, destaca o The Intercept Brasil.

Crise de imagem

A divulgação das mensagens pelo The Intercept Brasil no último domingo causou um abalo à imagem do ex-juiz da Lava Jato, que hoje ocupa a pasta da Justiça de Bolsonaro. Desde que aceitou o cargo para o novo Governo, ele é acusado por opositores de ter atuado para evitar a eleição de Lula. O ex-presidente, condenado em segunda instância pelo caso do triplex, ficou impossibilitado de concorrer às presidenciais em outubro passado. Lula era o primeiro colocado nas pesquisas. Bolsonaro, o azarão na disputa, acabou vencendo. O ex-presidente cumpre sua pena de 8 anos e 10 meses em Curitiba.

Segundo pesquisa do Atlas Político, mais de 70% dos entrevistados tiveram conhecimento da reportagem do site com os diálogos entre Moro e Dallagnol. Segundo o levantamento, os diálogos fizeram com que ele perdesse parte de seu capital político, mas seguia sendo o político mais popular do país, por conta de sua atuação na operação que revelou um enorme esquema de corrupção no Brasil. Os diálogos já mostravam que o ex-juiz mantinha uma intensa conversa privada com o coordenador da força-tarefa, que investigava políticos suspeitos de corrupção, entre eles Lula. As trocas de mensagem eram via aplicativo Telegram e possuíam orientações, broncas, elogios e até dicas de fontes que a força tarefa deveria ouvir. A proximidade entre ambos fere princípios constitucionais e do Código Penal Brasileiro, ressaltaram juristas.

Após a divulgação dos diálogos, Bolsonaro demorou a se manifestar sobre as revelações referentes a seu superministro. Falou quatro dias depois e minimizou a troca de mensagens. “O que ele fez não tem preço. Ele realmente botou para fora, mostrou as vísceras do poder, a promiscuidade do poder no tocante à corrupção”, afirmou.

 

Escute áudio clicando o play:

Novas conversas divulgadas pelo site apontam que o vídeo seria para divulgar as dez ações contra a corrupção da Lava-jato. Em conversa de janeiro de 2016, ele pergunta a Sergio Moro se a vara que o juiz então comandava poderia liberar o dinheiro para elaboração do material. Segundo a conversa, Moro teria respondido positivamente.

Um dos principais alvos da CPI das Fake News, Carlos Bolsonaro, o 02, articulador da presença do pai e do governo nas redes sociais, apagou na manhã desta terça-feira (12) todas as suas contas nas redes sociais. Não houve explicação oficial até agora. O perfil @CarlosBolsonaro nao existe mais no Twitter.

Licenciado de seu mandato na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Carluxo, como Carlos é conhecido, vinha se dedicando à atividade de digital influencer nas redes sociais, criando diversos problemas para o pai, Jair Bolsonaro.

Além de seus perfis nas redes e da influência sobre a comunicação digital do governo Bolsonaro, Carlos é responsávle por vários dos tweets que são postados no perfil de Jair Bolsonaro -em geral, os mais agressivos contra a esquerda e a oposição.

Ele é um dos líderes da ala mais radical do bolsonarismo, aliado do escritor-astrólgo Olavo de Carvalho. (247)

Jair Bolsonaro ameaçou nesta segunda-feira, 11, utilizar a Lei de Segurança Nacional contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que, após ganhar liberdade, promete rodar o País denunciando o desmonte do estado e a perda da soberania nacional promovida pelo governo Bolsonaro.

“Temos uma Lei de Segurança Nacional que está aí para ser usada. Alguns acham que os pronunciamentos, as falas desse elemento, que por ora está solto, infringem a lei. Agora, nós acionaremos a Justiça quando tivermos mais do que certeza de que ele está nesse discurso para atingir os seus objetivos”, disse Bolsonaro em entrevista ao site O Antagonista.

“Você pode ver no Chile, o presidente Piñera demitiu todos seus ministros, pediu perdão e continua a mesma coisa. Na Argentina, não houve nenhum badernaço, porque já era uma tendência a turma da Cristina voltar ao poder como voltou. Então, acredito que não tenha problema. Agora tem que se preparar porque, na América do Sul, o Brasil é a cereja do bolo”, acrescentou Bolsonaro.

Para Bolsonaro, a situação ficará complicada se o Brasil “entrar em convulsão”. “Você pode ver no dia de ontem, agora você tem o Foro (Grupo) de Puebla, mudou de nome o Foro São Paulo, esteve reunido na Argentina. Estava lá o Mercadante, Dilma Rousseff, e gente da América do Sul toda, por meio da Argentina, (para) continuar com essa política de grande pátria bolivariana, ou uma só a América do Sul. Mas o objetivo é sempre o mesmo”, afirmou.

Em discurso emocionado no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, um dia após deixar a prisão, Lula faz críticas pesadas ao governo Bolsonaro e chama a militância para a luta: “a gente não pode ter medo” (247).

Moto roubada em Afogados é localizada na zona rural do município

A equipe ROCAM juntamente com as equipes do Malhas da Lei e NIS-1 receberam a informação que uma motocicleta Honda NXR Bros 160, placa PCC-5960, estaria abandonada nas proximidades do sítio Santo Antônio I. 

Foi feito deslocamento até o local informado e encontrado o veículo dentro do mato sem a chave de ignição. 
A motocicleta foi roubada no último domingo (11),  por volta das 20h:30min, por dois indivíduos supostamente armados, roubaram o veículo na PE 292, na altura do sítio Gangorra, zona rural Afogados da Ingazeira. 
A motocicleta foi conduzida para Delegacia de Polícia local, a proprietária do veículo, a senhora Jucilene Liberal, esposa de Rosimar compareceram a delegacia, um inquérito foi instaurado. 

Foto reprodução – blogmarcosmontinelly

A filiação do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho ao MDB, reuniu os bolsonaristas, o líder do governo federal Fernando Bezerra Coelho e do deputado federal Raul Henry, o presidente nacional do partido deputado Baleia Rossi, o governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha, todos do novo partido de Miguel.

Três afogadenses estiveram presente no evento, o ex-prefeito de Afogados da Ingazeira Totonho Valadares, que votou e é assumidamente apoiador de Bolsonaro. Os vereadores: Daniel Valadares e  Zé Negão que é um lulista declarado o parlamentar foi um dos coordenadores de campanha de Miguel.

Boa Notícia:   

Zé, disse a redação do blog que esteve na Codevasf e que está retornando nesta terça (12), com uma boa notícia para os Afogadenses, a liberação de máquinas como: Requis Escavadeira, Caçambão, Caminhão Pipa e um Trator de Arar Terra, disse ainda “que foi liberado e vai entregar para a população, depois vai soltar meia dúzia de fogos e mostrar que Zé negão é do povão.”

Pelo menos 187 órgãos de todo o país estão com inscrições abertas para preencher mais de 24,8 mil vagas em concursos públicos. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade.

No Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ – MS), os salários chegam a R$ 27.363,98 para o cargo de juiz substituto.

Entre os maiores concursos em andamento, destaque para os abertos pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), com um total de 2.464 vagas na rede de hospitais universitários federais, e o da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, que oferece 2.491 vagas temporárias para professores.

Além das vagas abertas para preenchimento imediato, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Nesta segunda-feira (11), 14 concursos públicos abrem inscrições para preencher mais de 2,8 mil vagas. Veja abaixo a lista:

Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 3ª Região (CREFITO-3)

  • Inscrições até 12/12/2019
  • Vagas: 11
  • Salário até: R$ 5.599,80
  • Escolaridade: superior

Veja mais informações

Prefeitura de Anchieta (ES)

  • Inscrições até 13/11/2019
  • Vagas: 10
  • Salário até: R$ 1.256,61
  • Escolaridade: médio

Veja mais informações

Prefeitura de Imperatriz (MA)

  • Inscrições até 10/12/2019
  • Vagas: 1700
  • Salário até: R$ 6.000,00
  • Escolaridade: médio e superior

Veja mais informações

Prefeitura de Alpinópolis (MG)

  • Inscrições até 11/12/2019
  • Vagas: 23
  • Salário até: R$ 3.763,97
  • Escolaridade: fundamental, médio e superior

Veja mais informações

Prefeitura de Cacimba de Dentro (PB)

  • Inscrições até 11/12/2019
  • Vagas: 71
  • Salário até: R$ 10.000,00
  • Escolaridade: fundamental, médio e superior

Veja mais informações

Prefeitura de Cuitegi (PB)

  • Inscrições até 11/12/2019
  • Vagas: 23
  • Salário até: R$ 12.000,00
  • Escolaridade: médio, técnico e superior

Veja mais informações

Prefeitura de Ibiraci (MG)

  • Inscrições até 11/12/2019
  • Vagas: 110
  • Salário até: R$ 9.651,51
  • Escolaridade: médio, técnico e superior

Veja mais informações

Prefeitura de Palotina (PR)

  • Inscrições até 11/12/2019
  • Vagas: 66
  • Salário até: R$ 13.737,56
  • Escolaridade: médio, técnico e superior

Veja mais informações

Prefeitura de Viçosa (RN)

  • Inscrições até 11/12/2019
  • Vagas: 17
  • Salário até: R$ 1.250,00
  • Escolaridade: fundamental e médio

Veja mais informações

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

  • Inscrições até 07/01/2020
  • Vagas: 69
  • Salário até: R$ 10.074,18
  • Escolaridade: superior

Veja mais informações

Associação das Pioneiras Sociais (APS)

  • Inscrições até 20/11/2019
  • Vagas: 8
  • Salário até: R$ 1.675,28
  • Escolaridade: superior

Veja mais informações

Prefeitura de Coimbra (MG)

  • Inscrições até 20/11/2019
  • Vagas: 19
  • Salário até: R$ 1.250,00
  • Escolaridade: médio

Veja mais informações

Prefeitura de Volta Redonda (RJ)

  • Inscrições até 25/11/2019
  • Vagas: 606
  • Salário até: R$ 2.078,78
  • Escolaridade: médio e superior

Veja mais informações

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (SEFAZ)

  • Inscrições até 10/12/2019
  • Vagas: 85
  • Salário até: R$ 9.471,42
  • Escolaridade: superior

 Miguel Coelho, em grande ato se filia ao MDB. O evento de filiação  foi na Fundação Nilo Coelho e contou com presença do presidente do diretoria Estadual, Raul Henry, Ibanez Rocha governador do estado de Brasília e do presidente nacional o deputado Federal Baleia Rossi.

O prefeito destacou o grande trabalho de sua gestão, e disse que chega ao partido “não apenas para ser mais um, mas para fazer história”, e fazer um novo MDB, transformando a realidade das pessoas de Petrolina, Pernambuco e Brasil.

Preço da tonelada da mandioca no Sertão do Araripe atinge patamares não vistos desde junho de 2016

Roberto Gonçalves

Durante o mês de outubro o mercado da mandioca e da farinha no Sertão do Araripe operou durante quase todo o mês em queda.

Mesmo com oferta da matéria-prima estivesse reduzida em algumas regiões, principalmente por conta da estiagem em estados produtores, o preço da tonelada chegou a atingir baixos patamares não vistos desde junho de 2016. Confira:

  • Mandioca nova (10 meses), R$ 200,00 a tonelada posta na fábrica
  • Mandioca velha  R$ 170,00 posta a tonelada posta na fábrica
  • Farinha quebradinha primeira R$ 55,00 a saca de 50 Kg.

O presidente Jair Bolsonaro decidiu extinguir, por meio de uma medida provisória, o seguro obrigatório de veículos, o DPVAT.

Em 10 anos, o seguro foi responsável pela indenização de 485 mil mortes no trânsito em todo o país. O seguro também confere indenizações a feridos e a pessoas que tenham sofrido sequelas permanentes.

O presidente justificou o fim do seguro, mediante os altos índices de fraudes e os elevados custos operacionais do seguro. O custo total do seguro ao governo federal é de R$ 8,9 bilhões. O governo estima que seriam necessários R$ 4,2 milhões para cobrir os valores pagos às vítimas. Outros R$ 4,7 bilhões seriam referentes à administração e fiscalização do recurso.

O governo diz que o valor economizado será repassado ao  Sistema Único de Saúde (SUS) e ao Denatran.

 

O músico bolsonarista Fred Pontes, que também é presidente da Associação Nacional dos Conservadores (Acons), foi condenado em definitivo a 6 anos de reclusão por atentado violento ao pudor. A vítima foi uma aluna do Colégio da Polícia Militar e que na época tinha dez anos. Ela acusou Fred Pontes, que tinha 30 anos, de tê-la abordado para a criança pegar no órgão sexual dele. O crime aconteceu na casa de Fred. A menina era aluna de sua mãe.

O Tribunal de Justiça da Bahia manteve a decisão do juiz Paulo Ney de Araújo. “Condenação confirmada porque a prova carreada aos autos demonstra, de forma segura e conclusiva, que o réu praticou atos libidinosos diversos da conjunção carnal com a vítima, menor de 14 anos de idade, consistentes em retirar a roupa desta e esfregar o pênis na menina e em agarrá-la por trás e passar a mão em sua vagina, condutas que caracterizaram os delitos de atentado violento contra o pudor com violência presumida pelos quais foi corretamente condenado.”

Leia a íntegra na Revista Forum 

Brasília – Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada em maio pelo plenário, que proíbe o trabalho de gestantes em atividades com qualquer grau de insalubridade.

Também de modo unânime, os ministros decidiram sequer apreciar, por questões processuais, um segundo recurso em que Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde) pedia o adiamento dos efeitos da decisão para dar tempo de o governo reavaliar a real insalubridade em diferentes atividades e ambientes hospitalares.

No julgamento de maio, os ministros do Supremo entenderam, por 10 votos a 1, ser inconstitucional um trecho da reforma trabalhista de 2017 que previa a necessidade de recomendação por meio de atestado médico para que gestantes pudessem ser afastadas de atividades insalubres em grau médio e mínimo, e em qualquer grau para lactantes.

A partir de então, passou a valer a regra anterior da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), cujo artigo 394-A prevê o afastamento de gestantes de atividades com qualquer grau de insalubridade.

Por meio de um embargo de declaração, tipo de recurso que busca esclarecer pontos de uma decisão, a AGU pediu ao Supremo para declarar que a gestante poderia se manter na atividade formalmente classificada como insalubre se houvesse comprovação científica de que não haveria risco à gravidez ou ao bebê.

“Isso porque pode haver, por meio de estudos científicos carreados por órgãos oficiais, comprovação acerca da ausência de risco à saúde da mulher e do feto”, escreveram o advogado-geral da União substituto, Renato de Lima França, a secretária-geral de Contencioso da AGU, Izabel Vinchon Nogueira de Andrade, e a advogada da União Maria Helena Martins Rocha Pedrosa.

Eles pediram que a decisão sobre o afastamento de gestantes surtisse efeito somente daqui a seis meses, permitindo assim que os órgãos competentes pudessem auferir o risco real à saúde de gestantes e fetos em diferentes atividades, sobretudo na área de saúde e no ramo hoteleiro. O embargo da AGU levantou também o impacto aos cofres públicos do aumento no pagamento de salário-maternidade, benefício cujo ônus é arcado pelo Estado.

Os ministros do Supremo, porém, não acolheram os argumentos, e mantiveram o efeito imediato da decisão. Votou por rejeitar os embargos inclusive o ministro Marco Aurélio Mello, único que havia votado, em maio, contra a proibição de gestantes em atividades insalubres.

Desse modo, as mulheres grávidas devem ser afastadas de imediato de toda atividade insalubre, em qualquer grau. Caso não seja possível realocá-la em outro tipo de serviço, a gestante deve deixar de trabalhar e passar a receber salário-maternidade, nos termos da lei que regulamenta o benefício, prevê a decisão.

Em nota, a CNSaúde disse ter se reunido com o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Renato Vieira, no fim de outubro, para pedir que seja regulamentado o pagamento do salário-maternidade por período superior aos 120 dias previstos na lei, de modo a dar maior segurança jurídica aos empregadores.

Segundo a confederação, as mulheres representam hoje 76% dos contratos formais de trabalho no setor de saúde, o equivalente a mais de 1,7 milhão de postos de trabalho.

Foto; reprodução Cariri notícia- blogmarcosmontinely.com.br

Um grave acidente registrado na manhã deste domingo (10), envolvendo um quadriciclo de cor vermelha e placa da cidade de Tuparetama/PE, deixou uma pessoa morta no município da Prata, no Cariri paraibano.

As vítimas foram identificadas como Lourival Quintino da Silva, 75 anos, bancário aposentado, conhecido por seu Louro e sua esposa Cida, residentes na cidade de Tuparetama, no Pajeú Pernambucano.

A mulher veio a óbito no local, próximo a ponte do Sítio do Melo, há quase 06 quilômetros da cidade da Prata.

Seu Louro, ainda foi transferido em estado gravíssimo pelo helicóptero Acauã para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, por volta das 16h20 da tarde deste domingo.Os primeiros socorros foi feito pelo SAMU. Seu Louro sofreu uma forte pancada na cabeça e foi transferido para o Hospital de Trauma de Campina Grande/PB, ao chegar a Campina Grande,  sofreu uma parada cardíaca e faleceu no  Hospital de Trauma em Campina Grande-PB. Os corpos estão no IML- Instituto de Medicina Legal e aguardam liberação.

Seu Lourival era aluno da Faculdade Vale do Pajeú de São José do Egito. A instituição lamentou o ocorrido em rede social.

“Notícia triste na manhã deste domingo (10/11), nosso querido aluno e amigo Lourival e sua esposa sofreram um acidente na estrada de Prata.   Toda oração para essa família”.

 

VITRINE DO CARIRI

O jornalista teve passagem pelo Jornal do Commercio, onde, por 22 anos, foi titular da coluna Pinga-Fogo

O jornalista e colunista político Inaldo Sampaio faleceu aos 64 anos, no Recife. Inaldo, que assinou a coluna Fogo Cruzado na Folha de Pernambuco, morreu na madrugada desta segunda-feira (11). O velório será realizado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, onde será realizado também o enterro, às 17h.

Inaldo Sampaio lutava havia anos contra um câncer e, nesta madrugada, sofreu uma parada cardíaca, falecendo no Hospital Português.

Atualmente, Inaldo Sampaio era colunista político da rádio CBN Recife, assinava  coluna política no Diario de Pernambuco – o último texto, “Lula só não pode incendiar o país”, foi publicada na edição desta segunda. O jornalista também atuava no Tribunal de Contas do Estado, onde ingressou em 1995.

Inaldo foi ainda comentarista político no Jornal do Commercio e no programa Bom dia Pernambuco, da Rede Globo. Também teve passagem pelo O Globo. Irmão do também jornalista Ivanildo Sampaio, Inaldo deixa esposa, dois filhos e um neto.

Editora-chefe da Folha de Pernambuco, a jornalista Leusa Santos elogiou o trabalho de Inaldo e lamentou o falecimento: “Inaldo sempre prezou pela coerência nas suas análises do cenário político do país. É um quadro que fará falta ao setor jornalístico”.

Em seu perfil no Instagram, a colunista social da Folha de Pernambuco, Roberta Jungmann, lamentou a morte do colega: “Os mundos político e jornalístico sentirão um grande vazio. Eu o chamava da ‘minha Bíblia’ de prefeitos e sempre recorria a ele quando precisava me aprofundar nas questões políticas. Descanse em paz meu GRANDE MESTRE! SAUDADES ETERNAS!”.

A colunista de política da Folha, Renata Bezerra de Melo, também expressou seus sentimentos. “O adeus a Inaldo Sampaio é das notícias difíceis e tristes de se dar. O jornalismo perde um personagem importante com quem tive oportunidade de estreitar a relação durante o período em que ele escreveu para Folha de Pernambuco. Sempre gentil no trato, com a pena afiada, Inaldo dedicou boa parte da vida à comunicação e tinha extensa bagagem na política. Ele deixa uma lacuna. Minha solidariedade à família, que encontre conforto”.

O governador do Estado, Paulo Câmara, chamou Inaldo de “defensor intransigente da democracia”. “Com profundo pesar recebi a noticia do falecimento do jornalista Inaldo Sampaio. Inaldo era um profundo conhecedor da política pernambucana e defensor intransigente da democracia. Do litoral ao sertão, nada escapava ao seu olhar preciso e marcante. Emprestou seu talento aos três principais jornais da capital, além de várias rádios e páginas da internet. Expresso minha solidariedade à família e aos amigos”, disse.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio, também emitiu seu pesar. “Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento do jornalista Inaldo Sampaio. Ele cumpriu por muitos anos a missão de informar a população com correção e grande competência. Era um profundo conhecedor da política de Pernambuco e vai fazer muita falta. Aos tantos parentes e amigos, quero deixar meu abraço e sinceros pêsames”.

Nota de pesar:

Amupe Lamenta a Morte do Jornalista Inaldo Sampaio

Prefeito José Patriota emite nota de pesar pelo falecimento do jornalista Inaldo Sampaio
Venha através desta expressar o meu profundo pesar pela morte desse grande pajeuzeiro, jornalista de talento, referência na cobertura política em nosso Estado, Inaldo Sampaio. Que Deus o receba em sua morada e possa trazer conforto para familiares e amigos nesse momento de irreparável perda.
José Patriota 
Prefeito de Afogados da Ingazeira
Presidente da AMUPE

 

Mundo: Repercute Renúncia de Evo Morales na Bolivia

Evo Morales renunciou neste domingo (10) ao cargo de presidente da Bolívia, após uma escalada nas tensões no país. O anúncio foi feito em rede nacional, pela televisão.

O vice-presidente, Álvaro García Linera, também apresentou a renúncia.

“Decidi, escutando meus companheiros, renunciar ao meu cargo da presidência”, disse Evo.

Logo em seguida, ele atacou seus opositores Carlos Mesa e Luis Fernando Camacho.

“Por que tomei essa decisão? Para que Mesa e Camacho não sigam perseguindo meus irmãos dirigentes sindicais. Para que Mesa e Camacho não sigam queimando a casa dos governadores de Oruro e Chuquisaca.”

Evo ainda classificou a situação como um golpe:”Lamento muito esse golpe cívico, e de alguns setores da polícia que se juntaram para atentar contra a democracia, contra a paz social com violência, com amedrontamento para intimidar o povo boliviano.”

Depois de acusar a oposição de atos violentos, ele terminou: “Por essas e muitas razões, estou renunciando, enviando a minha carta renúncia à Assembleia Legislativa Plurinacional da Bolívia. Muito obrigado”.

 

 

Com salários de até R$ 1.917,78, docentes podem atuar em diversas áreas, em municípios espalhados pelo estado. Edital foi divulgado no Diário Oficial deste sábado (9).

Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press

O governo de Pernambuco divulgou,  edital de uma seleção simplificada para 173 vagas para o cargo de professor de Educação de Jovens e Adultos (EJA), com salários que variam entre R$ 1.438,34 e R$ 1.917,78. O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado.

Das 173 vagas, 159 são para professor nas áreas de linguagens, ciências humanas, ciências da natureza, matemática, polivalente e práticas agrícolas. As outras 14 são para professor articulador territorial, responsável por ministrar formação para os professores de turmas e dar aulas na ausência de algum professor.

As inscrições são gratuitas abrem a partir da segunda-feira (11) e seguem até o dia 25 de novembro,  Os contratos têm 12 meses, podendo ser prorrogados por igual período.

Para participar da seleção, é preciso preencher o formulário de inscrição, disponível na internet, e anexar documentos como RG, CPF, comprovantes de residência, de quitação eleitoral e de serviço militar, documentos de comprovação da formação e de experiência profissional. A lista completa está disponível no edital da seleção.

A seleção acontece em etapa única, de análise de experiência profissional, títulos e cursos. A divulgação do resultado preliminar está prevista para ocorrer até 16 de dezembro. Os recursos podem ser encaminhados entre os dias 17 e 19 do mesmo mês à SEE. A divulgação do resultado final está prevista para o dia 27 de dezembro, no site da Secretaria. 

Para se inscrever clique aqui link do site da Secretaria de Educação e Esportes blogmarcosmontinely

O GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro apresentou uma falsa perícia em duas horas e meia, para desmentir o porteiro que sustentara que Elcio Queiroz, o motorista que transportou o carro que matou Marielle, pediu inicialmente a casa de Jair Bolsonaro. Está vazando depoimentos visando defender Bolsonaro. E sequer solicitou o equipamento de telefonia do condomínio para perícia.

No entanto, com base exclusivamente nos vídeos de Carlos Bolsonaro, divulgados pelo Twitter, peritos contatados pela revista Piauí constataram adulteração nos registros de áudios.

O segundo vídeo divulgado por Carlos, com áudios de chamadas feitas para a casa 58 (de Jair Bolsonaro) e 36 (de Carlos), é inconclusivo, segundo o perito, porque Carlos editou os trechos iniciais dos áudios, e a duração não confere com a que consta no nome dos arquivos.

Leia a íntegra no GGN

Mais detalhes clique aqui:

 

Áudio do condomínio divulgado por Carlucho foi editado, diz perito

 

“Vossa excelência é mesmo o leão, o rei dos animais”. Carta de Jô Soares a Jair Bolsonaro foi publicada na madrugada deste domingo

Jô Soares e Jair Bolsonaro (Marcos Corrêa/PR/Divulgação)

O escritor e humorista Jô Soares escreveu uma carta endereçada ao presidente Jair Bolsonaro (PSL). O texto foi publicado na edição deste domingo (10) do jornal Folha de S.PauloLeia abaixo:

Très cher président: “Quo usque tandem abutere patientia nostra?!”

Frase que, em latim, vossa excelência, melhor latiador do que eu, conhece perfeitamente, foi dirigida em quatro cartas do senador e escritor romano Cícero ao Senado e ao povo em relação a Catilina, militar e senador que pretendia derrubar a República. Veja que ousadia! Isso antes do AI-5!

Mas o que me leva a esta monótona missiva é associar-me a vossa excelência no episódio do leão contra as hienas.

Realmente é um excesso de diversos predadores a atacar um leão solitário, tentando proteger-se e aos seus filhotes: são chacais supremos, racuns, capivaras e gambás, sem falar das folhas, cujo destino é inominável, e das eternas hienas globais.

A calúnia não para! Agora, querem lhe responsabilizar pelo fato de sua ilibada residência localizar-se na mesma região onde, por uma coincidência estúpida, habitava também um certo Ronnie, de alva notoriedade (mas em outro lar doce lar, é claro!). Sem nenhuma ligação, um valhacouto de papalvos!

(Para os menos ilustrados: 1- Valhacouto: lugar seguro onde se encontra refúgio; abrigo, esconderijo; o que se usa para encobrir o aspecto de uma coisa, ou as intenções de alguém; disfarce, dissimulação; 2 – Papalvo: diz-se de indivíduo simplório, pateta ou tolo.)

Voltando ao tema principal: cheguei a pensar, quando vi o vídeo (por sinal, parabéns pela montagem), que talvez a figura de Mogli, o Menino Lobo, criado na selva, enfrentando múltiplos perigos, fosse mais adequado a vossa excelência.

Meditei muito, passei a noite sem dormir, mas antes de apagar a luz estava começando um filme da Metro com aquele rugido característico: para mim, aquela mensagem foi decisiva. Pude finalmente dormir em paz: a sua definição é perfeita: vossa excelência é o leão. Vossa excelência é o Rei dos Animais!

Jô Soares

Alguns manifestantes pro presidente se amontoam em Vitória, Espirito Santo – foto: divulgação

Fracassaram as manifestações convocadas por correligionários de Bolsonaro em todo o País.

Jair Bolsonaro (PSL) perdeu a primeira batalha pelas ruas, neste sábado (9), para o ex-presidente Lula (PT).

Os bolsonaristas queriam protestar contra a libertação do petista e contra os seis ministros do STF que votaram contra a prisão em segunda instância.

Em Curitiba, outrora capital da Lava Jato, apenas 20 pessoas compareceram à manifestação pró-Bolsonaro

Alguns manifestantes pro presidente se amontoam em Vitória, Espirito Santo – foto: divulgação

“Pouca gente e muita baixaria”, relatou ao Blog do Esmael o advogado Mesael Caetano dos Santos, conhecido como “Advogado dos Pobres”.

Em Curitiba, o fracassado protesto bolsonarista ocorreu na tradicional Boca Maldita.

 

O maior símbolo da Guerra Fria caiu em 1989, nas mãos de um povo indignado pela violência de estrangeiros que dominavam o país

BERLIN – CIRCA NOVEMBER 1989: People gather near a part of the Berlin Wall that has been broken down after the communist German Democratic Republic’s (GDR) decision to open borders between East and West Berlin circa November 1989 in Berlin, West Germany. (Photo by Carol Guzy/The The Washington Post via Getty Images)

Germany, Berlin in the night of 1989/12/31 to 1990/01/01 :

Muro de Berlim foi o principal símbolo da Guerra Fria. Depois das ocupações estrangeiras que derrubaram Hitler, a Alemanha teve seu território dividido pelas potências vencedoras da Guerra, que logo sujeitaram esses espaço, e sua população, a um domínio baseado na influência econômica e imposição de um projeto político, seja socialista ou capitalista liberal.

Entre esses diversos atos que ferem o princípio de autonomia dos povos, o principal foi a decisão da URSS em construir um muro bem ao redor de Berlim Ocidental, impedindo a transição entre o mundo capitalista e a Alemanha socialista. O projeto começou a ser erguido em agosto de 1961 e passou por diversos aprimoramentos.

Com a crise do Socialismo Real e a insatisfação popular com as arbitrariedades soviéticas e falta de democracia, além, claro, da indignação gerada pelo impedimento de entrar em contato com parentes e conhecidos que moravam em regiões diferentes da mesma cidade, o povo berlinense se revoltou em 1989 e, com picaretas, cordas, martelos e vontade, eles derrubaram blocos de concreto, consolidando a reunificação alemã.

1. “Muros não são eternos”

Crédito: Getty Images

 

2. Encontro feliz

Crédito: Getty Images

 

 

Crédito: Getty Images

 

Crédito: Getty Images

 

Crédito: Getty Images

7. Empréstimo de martelos para derrubar o Muro

Crédito: Getty Images

 

8. O povo atravessa a recém-derrubada fronteira

Crédito: Getty Images

9. Trabalho em equipe

Crédito: Getty Images

 

Saiba mais sobre o Muro de Berlim pelas obras abaixo:

1. Berlim: 1961, de Frederick Kempe – https://amzn.to/2JUD3w6

2. Os túneis: A história jamais contada das espetaculares fugas sob o Muro de Berlim, de Greg Mitchell – https://amzn.to/34D9maR

3. 1989: O ano que mudou o mundo: A verdadeira história da queda do Muro de Berlim, de Michael Meyer – https://amzn.to/2pHRIDT

Nossa História; 

O Brasil comemora, nesta semana, 30 anos da retomada do voto direto para presidente da República. O direito de livre escolha da população foi restabelecido depois de 21 anos de ditadura militar (1964-1985) e de um governo civil eleito indiretamente, o que impulsionou a redemocratização. O retorno às urnas foi sob a égide de uma nova Constituição, promulgada no ano anterior. Mas, após três décadas, essa jovem democracia enfrenta o desafio de se manter viva.

Todos queriam participar da corrida presidencial de 1989, de políticos a eleitores, que assistiam aos debates como “se fosse novela das oito”, diz Guilherme Afif Domingos, um dos 22 candidatos à Presidência da República em 1989, pelo PL. Na avaliação dele, uma das principais semelhanças em relação a 2019 foi a fraca participação das grandes legendas.

“Isso se mostrou um retumbante fracasso. A máquina não funcionou, o que funcionou foi o produto”, lembra Afif. Em 15 de novembro de 1989, o então governador de Alagoas, Fernando Collor de Mello, filiado ao PRN, foi eleito diretamente pelos brasileiros para governar o país. Em um corrida com 22 candidatos, venceu, no segundo turno, Luiz Inácio Lula da Silva, líder do PT, em extrema polarização política.

22/01/2003. Crédito: José Varella/CB/D.A Press. Brasil. Brasília – DF. Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva distribui autógrafos para pessoas que aguardavam sua volta, no Palácio do Planalto.

Para o cientista político Lúcio Rennó, da Universidade de Brasília (UnB), tanto em 1989 quanto em 2018 o cenário era propício para a ascensão de alguém de fora do sistema, que representasse o novo, tolerável para o sistema produtivo e com agenda voltada para a modernização econômica.

Collor encarnava a renovação. Mas, três anos depois, renunciou ao mandato e um processo de impeachment no Senado suspendeu seus direitos políticos. O hoje senador Collor (PROS-AL) também vê semelhanças entre seu governo e o de Bolsonaro.

“Certos episódios e eventos me deixam muito preocupado. Talvez não cheguemos a um bom termo sobre o mandato mal exercido pelo presidente da República — a começar por essa falta de interesse em construir uma base sólida de sustentação no parlamento”.

Bolsonaro conquistou a Presidência empunhando bandeiras semelhantes às de Collor, em 1989. O capitão reformado se apresentou com as promessas de combate à corrupção e de renovação política. Foi eleito da mesma forma que o hoje senador, em meio a uma forte polarização política, crise econômica e vencendo, também, em segundo turno, um petista, Fernando Haddad. Em mais uma semelhança com 30 anos atrás, enfileira desafetos políticos.

Momento político

O cientista político Jairo Nicolau, da Fundação Getulio Vargas (FGV), não vê tantas semelhanças entre os pleitos de 2018 e 1989, embora reconheça que a campanha do ano passado também mudou as estruturas da política por não ter sido disputada entre PT e PSDB. “Por isso, se fez analogia com 1989. Os partidos tradicionais também enfrentaram dificuldades e não tinham candidato governista competitivo”.

Segundo ele, em 1989 eram fortes os componentes de empolgação e de envolvimento; em 2018, o cenário foi de “dramas, atentados e prisões”. “As crises dos últimos anos resultaram em raiva e de polarização”.

O cientista político Ricardo Ismael, da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro, concorda com Jairo, mas aponta uma semelhança: a falta de importância que Bolsonaro dá a uma base estável. “Collor também tinha um discurso de ‘faz e acontece’, como se não precisasse das instituições”.

Âncora econômica

Nos últimos 30 anos, o cenário econômico mudou mais do que o político, avaliam especialistas. Mas os problemas que levam às dificuldades de a economia deslanchar, agora, são outros: se em 1989 a hiperinflação assustava, em 2019 há a necessidade de um ajuste fiscal.

A situação de hoje, para o economista José Ronaldo Souza Júnior, diretor de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), é completamente diferente daquela de 1989. O problema mais óbvio, lembra, era a inflação, que chegou a quatro dígitos. Já a Previdência não era considerada descontrolada em 1989. Havia mais jovens do que idosos e a expectativa de vida era de 66 anos, pelos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (chegou a 66,93 anos em 1990). Ainda assim, especialistas começavam a alertar para um futuro colapso. “Como ainda não causava efeito, nada foi feito”, diz José Ronaldo.

 

Bolsonaro galvanizou o antiesquerdismo, mas tem pecado, segundo os críticos, pela autossuficiência política(foto: Evaristo Sa/AFP – 7/9/19 ) blogmarcosmontinelly

A partir da eleição de Collor, foi iniciado um processo de abertura, complementado pelos governos seguintes, lembra Igor Rocha, diretor Econômico da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib). Ele considera que, apesar da agenda liberal, o governo Bolsonaro ainda não mostrou a que veio: o programa de privatizações apresentou poucos resultados em 2019, e, apesar do discurso, algumas interferências do presidente na economia “assustam os investidores”.

Dois Brasis:

Inflação

Na época das primeiras eleições diretas para presidente da República da redemocratização, o principal problema do país era a hiperinflação. Os índices chegavam a quatro dígitos em um ano:

1989:  1.972,91%

*2019: 2,49% 

Produto Interno Bruto (PIB)

Já o PIB, sem tantos gastos sociais e com a Constituição ainda em fase de adaptação, subia mais do que atualmente:

1989: alta de 3,16% 

2018: alta de 1,12%

Índice de Gini

O principal indicador de distribuição, concentração e desigualdade econômica melhorou nos últimos 30 anos. 

Os números variam de 0 (perfeita igualdade) até 1 (máxima concentração e desigualdade):

1989: 0,617

2018: 0,509

Distribuição de renda

O dinheiro também passou a ser melhor distribuído, embora ainda com muitas distorções. A porcentagem no bolso dos 10% mais ricos da população diminuiu:

1989: 48,3%

2018: 43,1%

INPC

Nas últimas três décadas, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor, mais usado em reajustes salariais, teve variação expressiva nos últimos anos:

1989: cresceu 36,3%

2019: caiu 0,05%

**Desemprego

Em 1989, estava chegando ao fim a chamada “década perdida”. Com a ligeira recuperação, o nível de desemprego estava baixo. Já em 2019, o Brasil vive um dos momentos mais difíceis no mercado de trabalho:

1989: 3,22%

***2019: 11,8%

* acumulada no ano, em 2019, até setembro 

** o IBGE mudou a metodologia entre os dois anos, mas essas são as mais próximas para comparação

*** em agosto

Fontes: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Eleições presidenciais

1989

Candidatos: 22

Eleitores aptos: 82 milhões

Votos válidos: 

66,2 milhões (97,17%)

Votos em branco: 

986,4 mil (1,4%)

Votos nulos: 

3,1 milhões (4,42%)

Resultado final:

Fernando Collor (PRN) – 53,03%

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 46,97%

2018

Candidatos: 13

Eleitores aptos: 147,3 milhões

Votos válidos: 

104,8 milhões (90,43%)

Votos em branco: 

2,5 milhões (2,14%)

Votos nulos: 

8,6 milhões (7,43%)

Resultado final:

Jair Bolsonaro (PSL) – 55,13%

Fernando Haddad (PT) – 44,87%

“Dallagnol montou uma quadrilha”, diz Lula em discurso

Em discurso na sede do Sindicato dos Metalúrgicos no ABC Paulista, na tarde deste sábado (9/11), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproiveitou para fazer críticas ao ministro da Justiça, Sergio Moro, ao procurador Deltan Dallagnol e a força-tarefa da Lava-Jato. “O Moro é mentiroso, o Dallagnol é mentiroso”, atacou.   

O petista afirmou, com veemência, que irá provar que é inocente.  “Eu tomei a decisão de ir lá na Polícia Federal. Eu poderia ter ido para uma embaixada, para outro país. Mas eu fui lá para provar que o juiz Moro não é um juiz é um canalha. Eu tive que provar que Dallagnol, que não é um procurador que representa o Ministério Público. Ele montou uma quadrilha para roubar a Petrobrás”, acusou o ex-presidente. 

 

Apostas: 

Confira o resultado do concurso 2260 da Mega-Sena e outras loterias

Seis loterias da Caixa Econômica Federal foram sorteadas na noite deste sábado (9/11): Destaque para o concurso 2206 da Mega-Sena, com previsão de prêmio de R$ 3 milhões para o bilhete ganhador. Foram sorteados também a Quina (5117); o Dia de Sorte (223); a Timemania (1404); a Dupla Sena (2009); a Lotofácil (1888); Lotomania (2020); e a extração 5439 da Loteria Federal. Confira os resultados.
Mega teve o seguinte resultado: 06 – 27 – 38 – 42 – 45 – 57. Ninguém acertou as seis dezenas, mas 51 apostadores levaram a Quina, no valor de R$ 31.401,56. Outras 3495 apostas acertaram a Quadra (R$ 654,60). O próximo sorteio, na quarta-feira (13/11), tem prêmio estimado em R$ 6,5 milhões.
Lotomania sorteou os seguintes números: 02 – 16 – 17 – 20 – 24 – 26 – 33 – 34 – 45 – 47 – 52 – 53 – 57 – 59 – 63 – 75 – 90 – 91 – 92 – 99. A Lotomania acumulou e deve ter prêmio de R$ 2,6 milhões na próxima terça-feira (12/11).
Lotofácil sorteou os seguintes números: 02 – 04 – 06 – 07 – 08 – 11 – 12 – 14 – 17 – 18 – 20 – 22 – 23 – 24 – 25. O sorteio teve seis apostas com 15 acertos; cada um dos sortudos ganhou R$ 451.223,92.  
Dia de Sorte apresentou o seguinte resultado: 03 – 04 – 10 – 11 – 14 – 19 – 28. O mês da sorte é dezembro (12). 
Dupla Sena, com prêmio estimado em R$ 20 milhões, teve os seguintes números sorteados: 03 – 05 – 29 – 30 – 37 – 45 no primeiro sorteio; 05 – 14 – 21 – 25 – 34 – 41 no segundo sorteio. A Dupla acumulou e promete prêmio de R$ 22 milhões.
Quina sorteou os seguintes números: 44 – 45 – 54 – 66 – 74. Com prêmio de R$ 6.301.157,55, a Quinta teve apenas uma aposta vencedora. 
Já a Timemania sorteou os números: 02 – 21 – 28 – 56 – 58 – 69 – 71. O time do coração é Cruzeiro-MG. A Timemania também acumulou, com prêmio estimado de R$ 10 milhões no próximo sorteio. 
Loteria Federal registrou o seguinte resultado: 
1º prêmio – 59.761
2º prêmio – 42.421
3º prêmio – 48.711
4º prêmio – 14.600
5º prêmio – 20.566
Apenas dois jogos abriram, neste sábado, a 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A – o Brasileirão 2020. Três paulistas entraram em campo, com o Santos goleando o Goiás por 3 a 0, enquanto Corinthians e Palmeiras empataram o clássico no Pacaembu com dois gols nos acréscimos.

PEIXE EM TERCEIRO
O Peixe segue firme na terceira posição, com 64 pontos, agora três atrás do palmeiras (67). Ambos torcem por uma improvável queda de rendimento do Flamengo, líder isolado com 74 pontos. Soteldo fez dois belos gols no Serra Dourada.

PALMEIRAS VACILA NO CLÁSSICO
O Palmeiras pode permitir que o time carioca abra agora 10 pontos na frente, desde que vença o Bahia neste domingo no Maracanã, de novo, lotado.O Corinthians segue atrás de uma vaga no G6, sendo que no momento é sexto colocado com 49 pontos.

MAIS JOGOS
No domingo acontecem sete jogos. Com dois clássicos estaduais. No Mineirão, jogam o ainda ameaçado Cruzeiro contra o instável Atlético-MG.

Na Arena Castelão, acontece o Clássico Rei com a dupla Fortaleza e Ceará brigando para se afastar da zona de rebaixamento.

DUELO DA MORTE
Na segunda-feira, Botafogo e Avaí, ambos dentro da zona de rebaixamento, se enfrentam no Engenhão no chamado jogo de ‘vida ou morte’.

ESPANHOL:

Messi marca três, Barcelona goleia Celta e retoma liderança

O clube catalão afastou a má fase depois de ter tropeçado pela Liga dos Campeões

Depois de ter amargado um decepcionante empate por 0 a 0 com o Slavia Praga no meio da semana, em casa, pela Liga dos Campeões, o Barcelona se redimiu neste sábado diante dos seus torcedores com uma goleada por 4 a 1 sobre o Celta, no Camp Nou, onde reassumiu a liderança do Campeonato Espanhol, com 25 pontos.

Lionel Messi, com três gols, foi o grande nome do confronto válido pela 13ª rodada da competição.

O triunfo foi importante também porque, poucas horas mais cedo, o vice-líder Real Madrid atropelou o Eibar por 4 a 0, fora de casa, e passou a contabilizar os mesmos 25 pontos do seu arquirrival, que lidera o torneio por ter melhor saldo de gols (18 a 16).

Da mesma forma que assegurou a liderança da tabela, a vitória sobre o time de Vigo serviu para aliviar a pressão sobre o técnico Enersto Valverde, que na rodada passada do Espanhol ficou em situação delicada ao ter a sua equipe sendo derrotada por 3 a 1 para o Levante.

O Celta, por sua vez, estacionou nos nove pontos e encabeça a zona de rebaixamento, em 18º lugar. E a equipe sofreu a goleada para o Barça no confronto que marcou a estreia do técnico Oscar García Junyent, contratado como substituto do demitido Fran Escriba.

O JOGO
No duelo deste sábado, Messi marcou os seus três gols em jogadas de bola parada. O primeiro ocorreu aos 23 minutos do primeiro tempo, por meio de uma cobrança de pênalti, assinalado após o toque de mão de um defensor do Celta dentro da grande área.

A equipe de Vigo assustou os torcedores do Barça ao empatar o duelo aos 42 minutos, com Lucas Olaza balançando as redes. Porém, ainda nos acréscimos da etapa inicial, aos 46, Messi voltou a marcar, agora em uma cobrança de falta, que havia sido sofrida pelo brasileiro Arthur.

No segundo tempo, já aos 3 minutos, Messi exibiu mais uma vez a sua qualidade em uma batida de falta para abrir 3 a 1 para os donos da casa.

E o quarto gol do Barça ocorreu no fim, aos 40, com Busquets, que havia substituído o português Nelson Semedo, sacado por Valverde após sofrer uma lesão muscular na perna esquerda. O volante espanhol aproveitou um passe do francês Dembélé para definir o placar final do jogo.

CONFIRA OS RESULTADOS DA 13ª RODADA
Real Sociedad
1
x
1
Leganés
Alavés
3
x
0
Valladolid
Valencia-ESP
2
x
0
Granada
Eibar
0
x
4
Real Madrid
Barcelona
4
x
1
Celta
PRÓXIMOS JOGOS
Mallorca x Villarreal
10/11/2019 08:00
Athletic Bilbao x Levante
10/11/2019 10:00
Atlético de Madrid x Espanyol
10/11/2019 12:00
Getafe x Osasuna
10/11/2019 14:30
Betis x Sevilla-ESP
10/11/2019 17:00

Paraíba: 

Segundo o MDR, a solução para o problema vem sendo trabalhada desde agosto e a barragem vem passando por testes para avaliação do funcionamento

O bombeamento da transposição do São Francisco poderá ser retomado até o fim deste mês para à Paraíba. A informação foi confirmada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), que vem finalizando uma solução quanto ao problema identificado no reservatório de Cacimba Nova, em Sertânia, Pernambuco, que paralisou o bombeamento para Monteiro.

Leia também: 

Segundo o MDR, a solução para o problema vem sendo trabalhada desde agosto e a barragem vem passando por testes para avaliação do funcionamento e análise da segurança.

“Apesar da barragem Cacimba Nova estar em monitoramento e testes com vazão reduzida, as águas do Rio São Francisco já seguem pelos canais com previsão de chegar ao último reservatório do Eixo Leste – Campos -, até o fim de novembro, por onde seguirá até o portal de entrega em Monteiro-PB”, disse o MDR.

MPF pediu retomada do bombeamento

Nessa sexta-feira (8), o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público Estadual (MPPB) recomendaram à Secretaria Nacional de Segurança Hídrica, do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), que, mediante devido monitoramento da barragem de Cacimba Nova, em Custódia, Pernambuco, libere água proveniente do Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf), eixo leste, para o canal de Monteiro, Borborema da Paraíba.

A recomendação estabelece que a vazão de água não deve ser inferior a 0,8m³/s, visando garantir a mínima segurança hídrica à população do Cariri paraibano (alto curso do Rio Paraíba).

Governo da PB  adquire novos armamentos para o sistema penitenciário 
Governo do Estado_novos armamentos para o sistema penitenciário

O Governo do Estado investiu este ano aproximadamente R$ 2 milhões no aparelhamento do Sistema Penitenciário com a aquisição de armas. Nos últimos meses, a Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) renovou seu arsenal com pistolas; fuzis e agora mais 70 espingardas, além da compra de munições letais.

Na quinta-feira (7) a Seap recebeu 70 espingardas calibre 12, no valor de R$ 242.287,50. No mês de junho, o sistema penitenciário paraibano reforçou seu armamento com a aquisição de 30 fuzis calibre 5.56 com investimentos de R$ 255.849,90. Antes, no mês de abril, foram adquiridas 700 pistolas calibre 0.40, no valor de R$ 1.576.120,00. Outras 700 pistolas chegaram anteriormente. As pistolas e os fuzis já estão em uso pelos agentes de segurança penitenciária nas 78 penitenciárias e cadeias espalhadas pelo Estado. As espingardas que chegaram essa semana ainda passarão por procedimentos antes de serem distribuídas com unidades prisionais no Estado.

O secretário da Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, avalia que, ao investir em moderno armamento, o Governo do Estado está valorizando o profissional do sistema penitenciário. “Um armamento moderno que se soma às armas que vem sendo adquiridas pelo Estado. Essa é uma valorização que o Governo, em nome de nosso governador João Azevêdo, vem proporcionando à categoria dos agentes penitenciários, além disso, há alguns meses o governador sancionou o Plano de Cargos, Carreira e Salários, o PCCR dos agentes. São somas de esforços, é o Estado vendo a importância dessa categoria, não só para a segurança pública, mas para toda a sociedade paraibana”, ressaltou, adiantando que, em breve, serão adquiridos mais armamentos letais e não-letais.

Sérgio Fonseca acrescentou que a aquisição de armas se soma também a outros esforços que vêm sendo realizados pela Seap com a inclusão das pessoas que estão privadas de liberdade, em diversos projetos de ressocialização. O secretário lembrou que na próxima segunda-feira (11), o governador João Azevêdo encaminha à Assembleia Legislativa a proposta de criação do Escritório Social, que vai cuidar dos egressos, para que tenham apoio de instituições no caminho de volta ao convívio social.

Das 70 espingardas recebidas esta semana e adquiridas com recursos do Orçamento Geral do Estado, 40 unidades têm cano com 19 polegadas, coronha em polipropileno com fibra de vidro, capacidade de oito cartuchos, sete no depósito e um na câmara. A massa de mira em aço é protegida por abas. A alça de mira tipo Ghost Ring tem regulagem horizontal e vertical. Já as 30 espingardas de cano 16 polegadas têm dispositivos para desmuniciamento e abertura da arma, trava de segurança ambidestra e capacidade de seis cartuchos.

Secom-PB

Provas do ENEM em Patos serão realizadas em oito locais diferentes

Milhares de estudantes de Patos e região, estarão neste domingo, 10, realizando o segundo dia de provas do Exame Nacional de ensino Médio-ENEM.

Na oportunidade, os estudantes serão avaliados nas provas de matemática e ciências da natureza, na estrutura montada para receber os alunos em oito locais diferentes da cidade.

Algumas escolas realizaram trabalhos de preparação com aulões de véspera para os alunos inscritos no exame, para a revisão dos conteúdos trabalhados ao longo do ano.

Em alguns locais, educadores das escolas públicas e particulares estarão a exemplo do primeiro dia, montando barracas de apoio para prestar orientação aos estudantes que irão realizar a prova.

Em Patos, as provas serão realizadas nos seguintes locais: FIP Unidade I; FIP Unidade II; Escola Monsenhor Vieira; Colégio Cristo Rei; IFPB; UEPB; Escola Auzanir Lacerda e Escola Lynaldo Cavalcanti.

 

João Azevêdo entrega reforma e ampliação de escola técnica em Solânea 
O governador João Azevêdo entregou, ontem (8), em Solânea, no Brejo paraibano, a reforma e ampliação da Escola Cidadã Integral Técnica (ECIT) Alfredo Pessoa de Lima, em cujas obras foram investidos recursos superiores a R$ 1,7 milhão, oferecendo capacidade para atender 800 alunos.

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual ressaltou a satisfação de entregar mais um investimento em educação e assegurar qualidade de ensino aos estudantes da rede pública. “A educação é a base de todas as políticas e a única forma de dar oportunidades para que o filho do povo possa disputar um mercado de trabalho tão acirrado. Eu tenho uma alegria muito grande de participar de eventos como esse e ver a empolgação dos alunos nos laboratórios e é essa a energia que queremos nas escolas. Nós trabalhamos para que a educação continue avançando porque estamos tratando do futuro da nossa juventude”, sustentou.

O secretário da Educação, Ciência e Tecnologia, Cláudio Furtado, evidenciou o novo momento da educação do Estado e a qualidade da obra entregue hoje. “A escola foi praticamente reconstruída, a nossa rede tem uma qualidade excelente, com laboratórios bem equipados, dando melhores condições para os estudantes e professores; a educação e a inovação fazem a Paraíba se desenvolver”, acrescentou.

A superintendente da Suplan, Simone Guimarães, afirmou que as obras influenciam diretamente no rendimento escolar dos estudantes. “A infraestrutura adequada oferece conforto térmico aos alunos e um ambiente limpo, que contribui com a diminuição da evasão escolar e, além disso, a escola será contemplada com um ginásio do programa Bom de Bola”, falou.

O deputado estadual Ricardo Barbosa destacou que Solânea ganhou um importante equipamento de ensino. “É uma satisfação participar de mais um dia de trabalho, de entrega de obras e anúncio de serviços. Nós só temos a agradecer ao governador pela sua capacidade de gestão e de respeito ao povo porque a educação garante dignidade e iguala oportunidades”, declarou.

O prefeito de Solânea, Kaiser Rocha, agradeceu ao governador João Azevêdo pela obra. “Essa é uma importante ação para a educação e é uma satisfação muito grande compartilhar esse momento e presenciar uma obra que ficou tão linda. A educação da nossa cidade está radiante e agradecida por esse investimento”, disse.

O gestor da unidade escolar Valdeci Diniz celebrou a conquista de uma reivindicação de 17 anos. “A escola ficou muito bonita, os alunos ficaram encantados e cientes da corresponsabilidade de zelar pelo local que é um patrimônio da sociedade. Vários pais já visitaram a escola para conhecer as novas instalações e Solânea está de parabéns”, declarou.

Após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir pela inconstitucionalidade da prisão em segunda instância, o que deve resultar na soltura de presos da Lava Jato, dentre eles o ex-presidente Lula, o deputado da ala bolsonarista do PSL, Daniel Silveira (RJ), publicou em sua conta no Twitter que “se precisar de um cabo” pode contar com ele. A publicação é uma clara referência à fala de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da República, que declarou em 2018 que para fechar o STF bastaria um cabo e um soldado.

O post de Daniel recebeu uma curtida do deputado Filipe Barros (PSL-PR) que também pertence à ala bolsonarista da legenda.

Daniel Silveira tem se envolvido em escândalos desde a eleição. Quando ainda era candidato ao cargo federal, o parlamentar apareceu em um vídeo postado nas redes sociais, onde retirava uma placa em homenagem a Marielle Franco, brutalmente assassinada por milicianos no Rio de Janeiro. Dias depois, o então candidato levou a placa a um ato político para apoiadores em Petrópolis, na Região Serrana e exibiu a homenagem quebrada ao meio.

Mais recentemente o deputado apareceu em um vídeo quebrando o celular do blogueiro Guga Noblat que o questionava dentro da Câmara.

 

Sertão do Araripe:

Raimundo Pimentel

“Estamos praticamente há um ano das eleições e esses números divulgados não tem nenhuma credibilidade”, disse o prefeito

Por Roberto Gonçalves

O prefeito de Araripina Raimundo Pimentel, chamou de ‘vagabundo’ o instituto de pesquisa que divulgou recentemente resultado de uma pesquisa realizada na cidade, apontando o ex-prefeito Emanuel Bringel na liderança.

“Infelizmente tem instituto vagabundo que vende pesquisa sobre encomenda. Nós estamos praticamente há um ano das eleições e esses números divulgados não tem nenhuma credibilidade. Eu estou na rua diariamente, e sei qual é o sentimento da população ”, frisou.

Pimentel fez questão de frisar que seu grupo continua unido. “Mesmo com todas as dificuldades financeiras que estamos enfrentando, e boa parte delas é por ter que pagar dívidas deixadas pelo gestor anterior, nós continuamos firmes, fortes, e com uma administração responsável. Começamos a gestão com o apoio de seis vereadores e hoje já contamos com nove ao nosso lado”, disse.

Pedreiro é alvejado com 4 tiros no Alto da Boa Vista

Na noite deste sábado (09), na cidade de Araripina, Sertão do Araripe, por volta das 21 horas, um homem foi alvejado a bala em frente a sua própria casa.

Francisco Alves Fernandes, 35 anos, pedreiro estava sentado na calçada de sua casa, na Rua estrada do Jardim, bairro Alto da Boa Vista, quando dois indivíduos se aproximaram em uma motocicleta e o passageiro efetuou disparos de arma de fogo contra ele. O pedreiro foi atingido por quatro tiros, um na cabeça e três no ombro.

Ele foi socorrido para o hospital Santa Maria em Araripina, mas devido a gravidade teve que ser transferido para o hospital regional Fernando Bezerra Coelho, na cidade de Ouricuri. A situação dele é instável. Af News

 

Errata:

Vídeo: apresentadora da Globo News chama Bolsonaro de ex-presidente

Ao comentar a soltura de Lula na tarde desta sexta-feira (08/11) a jornalista Natuza Nery, da GloboNews, chamou Jair Bolsonaro de ex-presidente, :

Nem é preciso dizer que Bolsonaro ficou revoltado. No Twitter ele disse que “muitos caem no jogo de ‘equívocos rotineiros’ inocentemente! Estamos mudando o Brasil!”.

Veja também: 

LULA LIVRE – PRINCIPAIS JORNAIS DO MUNDO REPERCUTEM A SAÍDA DE LULA DA PRISÃO

Blog MarcosMontinelly

Os principais jornais do mundo repercutiram nesta sexta-feira (8) a saída de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) da prisão. No britânico The Guardian, a notícia foi estampada com destaque, no topo do site, com a manchete: “Ex-presidente do Brasil Lula sai da prisão após decisão do Supremo.
No francês Le Figaro, reportagem afirma que petista foi aclamado por ativistas de esquerda e prometeu “continuar lutando” pelo povo brasileiro.
A liberdade do político foi a manchete principal dos sites dos jornais argentinos Clarín e La Nacion, que repercutiram o discurso de Lula e as implicações da soltura de Lula para o país vizinho.
Leia também:
O peruano El Comercio também alçou a saída da cadeia do petista à sua manchete principal nesta sexta.
O The New York Times disse que, embora Lula não possa se candidatar, a sua libertação pode tumultuar a política brasileira, já que ele se coloca como um rival à esquerda do presidente Jair Bolsonaro. O jornal americano chama Lula de carismático e afirma que ele deve voltar à briga política sustentado por sua grande popularidade no Brasil.
The Washington Post, The Wall Street Journal, BBC News e Reuters foram outros veículos de comunicação que também noticiaram a saída do ex-presidente brasileiro da prisão.

Giro policial:

Jovem de 24 anos foi detido após exibir arma de fogo em festa em Afogados

A Polícia se deslocou a zona rural de Afogados da Ingazeira para averiguar uma denúncia que um jovem de 24 anos estaria andando exibindo uma arma de fogo na localidade. 
O policiamento localizou o suspeito, o qual confirmou que possuía uma arma de fogo e afirmou que havia frequentado uma festa portando a referida arma. Ele autorizou a entrada dos policiais no interior de sua propriedade, sendo apreendido um revólver oxidado, marca INA, calibre 32, com duas 02 munições pinadas, calibre 32, marca CBC. 
Diante do fato, o mesmo foi detido e apresentado na delegacia de Afogados da Ingazeira, onde foi autuado em flagrante delito, pagou fiança e foi liberado.
Família teve carro roubado por bandidos na estrada de Ingazeira que liga Jabitacá

Imagem ilustrativa

A Polícia foi solicitada pela vítima, um homem de 51 anos, o qual relatou que por volta de 04h30 do dia de ontem seguia para o distrito de Jabitacá com quatro pessoas no seu veículo, que 5km após o trevo da Ingazeira com destino a Jabitacá, um veículo tipo Honda Civic, cor prata, sem placa, encostou em seu veículo e anunciaram um assalto, chegando a efetuar dois disparos de arma de fogo para o alto, que a vítima parou seu veículo, momento em que receberam ordens para que todos deitassem com as faces para o chão, os indivíduos levaram o veículo Corsa Classic LS, ano 2011/2012, cor preta, placa OEW 3617-PE pertencente a vítima e atearam fogo no Honda Civic, cor branca, que eles utilizavam, nesse veículo havia perfurações de arma de fogo. 
Diante dos fatos, a vítima foi conduzida à Delegacia de Polícia de Afogados da Ingazeira onde foi instaurado inquérito por portaria.
Tentativa de Assalto com arma de brinquedo :

Homem tenta roubar mercadinho com simulacro de espingarda calibre 12, no Bairro São Sebastião em Afogados

A Rocam foi acionada  para averiguar uma ocorrência no bairro São Sebastião. 

Chegando ao local, foi mantido contato com a vítima J. C. S., comerciante, a qual relatou que um indivíduo de aproximadamente 62 anos havia entrado em seu Mercadinho com uma sacola tipo naylon, escrito café petinho, que ele sacou uma suposta arma e anunciou o roubo, chegando a subtrair uma quantia de aproximadamente R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais), porém populares que se encontravam no estabelecimento perceberam que o criminoso estava de porte de um simulacro e o tomaram, conseguindo também recuperar a quantia ora subtraída. 
Diante dos fatos, o policiamento realizou diligências no intuito de localizar o acusado, porém sem êxito, a ocorrência foi repassada a Delegacia de Polícia local onde foi instaurado inquérito. 
Material apreendido: simulacro de espingarda calibre 12, sem coronha, material em plástico na cor marrom e preta, sacola de naylon café petinho e a quantia em dinheiro no valor de R$ 33,00 que estava dentro da sacola.

Adutora do Pajeú:

FLORESTA: CARRO COLIDE COM ADUTORA DO PAJEÚ E TUBULAÇÃO É DANIFICADA EM FLORESTA

Um veículo colidiu nesta última sexta (08), com a Adutora do Pajeú, no trecho compreendido entre as estações elevatórias 2 e 3, a aproximadamente 30 quilômetros de distância do município de Floresta. Na colisão, o carro atingiu a tubulação da Compesa, causando rompimento da tubulação. O motorista do veículo teve apenas ferimentos leves.

Desta forma, a Compesa informa que precisou suspender o abastecimento de algumas cidades do Sertão para realizar manutenção emergencial no trecho da tubulação atingida. O serviço foi concluído no início da noite desta sexta-feira e o sistema estará normalizado neste sábado, (09), quando os moradores das cidades de Tuparetama, Flores, Carnaíba, Quixaba, Calumbi, mais Carqueja (distrito de Floresta) e Canaã (Distrito de Triunfo) terão o abastecimento retomado. As cidades de Serra Talhada Afogados e São José do Egito tiveram sua vazão reduzida.

TCE julga ilegais mais de 800 contratações temporárias em Custódia e multa prefeito em R$ 10 mil

Custódia blog MM

 

Foram julgadas ilegais, pela Segunda Câmara do TCE, 838 contratações temporárias realizadas no exercício financeiro de 2018 pelo prefeito do município de Custódia, Emmanuel Gois. O relator do processo (1920305-6) foi o conselheiro substituto Marcos Nóbrega.

A admissão de pessoal foi destinada ao preenchimento de vagas para diversas funções, tais quais médico, professor, agente administrativo, vigilante, motorista, auxiliar de serviços gerais e outros. No entanto, o relatório de auditoria apontou irregularidades como a não comprovação da necessidade excepcional para as contratações temporárias e a ausência de processo seletivo público, em afronta aos princípios constitucionais da Isonomia, Impessoalidade, Moralidade Administrativa e Publicidade.

Além de negar os registros dos respectivos cargos, o relator aplicou uma multa ao prefeito do município no valor de R$ 10.072,20, que corresponde a 12% do limite e deve ser recolhida, no prazo de 15 dias do trânsito em julgado desta decisão.

Por fim, foi determinado ao gestor que realize seleção simplificada para a escolha dos profissionais a serem contratados e que nomeie pessoas concursadas para exercer as funções pelas quais foram aprovadas no processo de seleção.

O prefeito ainda pode recorrer da decisão do Tribunal. O procurador Gustavo Massa representou o Ministério Público de Contas na sessão.

 

Neste sábado (9), o deputado Carlos Veras (PT-PE) visitou Luiz Inácio Lula da Silva. É a primeira vez que os dois se encontram após a prisão política, injusta e ilegal do ex-presidente que durou quase 600 dias. Foi Lula quem idealizou o projeto político da candidatura de Veras a deputado federal quando o tabirense ainda era o presidente da Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT-PE).

“Aceitei o desafio e agora sou o primeiro deputado federal agricultor familiar de Pernambuco graças ao presidente Lula e ao povo pernambucano. Enquanto estive candidato e quando eleito, não tiver a oportunidade de agradecer pessoalmente a ele pelo que fez por mim e por toda a classe trabalhadora. Estive nas ruas lutando por sua liberdade e hoje estou aqui para lhe agradecer e dizer o quanto ele é importante para salvar o Brasil do caos que estamos vivenciando. Lula livre agora e sempre”, afirma Carlos Veras.

O parlamentar continua até este domingo (10) em São Bernardo do Campo(SP) para, com outras lideranças petistas, dialogar com o presidente Lula sobre conjuntura política e os rumos para o país.

“Com Lula livre, o povo brasileiro renova sua esperança para a construção de uma nação próspera, justa, democrática, solidária e soberana. Vamos vencer a mentira, o medo, o ódio, a pobreza e o entreguismo em que o Brasil está aprisionado”, avalia Veras.

Deixe seu comentário
Leia também:

 Salgueiro: Pré-candidato recebe visita dos deputados Fernando Filho e Antônio Coelho

Foto: divulgação

Os deputados Fernando Filho (federal) e Antônio Coelho (estadual) visitaram nessa sexta-feira, 8, a residência do presidente da Câmara de Vereadores de Salgueiro, George Arraes, um dos pré-candidatos do grupo que pretende emplacar uma terceira via robustecida na eleição de 2020.

“Na pauta tratamos, entre vários assuntos, sobre os investimentos necessários para que Salgueiro possa alcançar um desenvolvimento pleno e sustentável”, informou George em publicação feita na manhã deste sábado no Facebook.

A reunião com os filhos do senador Fernando Bezerra teve participação dos vereadores Zé Carlos e Bruno Marreca, os empresários Edimar Rocha e Edilton Carvalho, entre outras pessoas.

A revista Fórum revelou o  trecho de uma conversa em um grupo de wathssapp de empresários bolsonaristas que indica a contratação de um “sniper freelancer” para matar o ex-presidente Lula no ABC paulista. A revista teve acesso a um dos diálogos, que aconteceu ainda na noite de ontem.

Segundo a Fórum, “um dos participantes diz que Lula estará neste sábado (9) em São Bernardo do Campo, no ato no Sindicato dos Metalúrgicos que acontece a partir das 13h, sem escolta e sugere a contratação de um atirador. “O Lula amanhã estará em SBC as 10h se alguém conhece algum sniper freelancer pode mandar para o ABC…nem escolta ele vai ter…”, sugere um dos participantes.”

A matéria ainda destaca: “outro empresário que faz parte do grupo sugere uma “vaquinha” para pagar o matador. “Se aquele debil q atacou o bolsonaro quase conseguiu, a gente consegue com certeza”. “Se eu tivesse uma sniper eu iria de graça”, rebate o primeiro. O PT foi avisado das conversas por um dos participantes do grupo.”

Bandidos arrombaram a Agência do Sicoob em Itapetim-PE

 

A agência da Cooperativa de Créditos Sicoob de Itapetim foi arrombada na madrugada deste sábado (11).

De acordo com informações do blogueiro Marcelo Patriota, houve disparos efetuados pelos criminosos que fugiram em seguida. Ainda não se sabe quantos homens participaram da ação e se conseguiram levar algum valor.

Uma informação que circula é a de que teria havido uma tentativa frustrada de explosão ou por falha técnica ou por conta da demora na execuçãoda operação criminosa.

Segundo informações, os suspeitos jogaram grampo na PE 263 que liga Itapetim ao Ambó para dificultar o trabalho da polícia.

A agência já foi alvo de bandidos por diversas vezes. A última investida aconteceu em setembro de 2017, onde um segurança de uma empresa de transporte de valores foi morto em troca de tiros com os suspeitos.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel

Escola Monteiro Lobato

 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho

Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!