Aos domingos, segundas-feiras e feriados os números da pandemia costumam ser menores por causa de atrasos de notificação das secretarias de saúde.

 O Brasil chegou a 173.165 mortes pela Covid-19, com os 317 óbitos registrados nesta segunda-feira (30). Também foram registrados 22.622 novos casos, o que elevou o total para 6.336.278.

Aos domingos, segundas-feiras e feriados os números da pandemia costumam ser menores por causa de atrasos de notificação das secretarias de saúde.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Norte e Sul são as regiões que apresentam crescimento da média móvel de mortes. Nordeste e Sudeste estão em situação de estabilidade e o Centro-Oeste em queda.

O jornal Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 518, aumento de 6% em relação a 14 dias atrás, o que representa um cenário de estabilidade de mortes. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média, chegando a uma estabilidade posterior e, recentemente, passando a apresentar crescimentos.

A média recente, porém, foi afetada por um apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país e especialistas que os acompanham têm apontado tendências de aumento de casos de Covid-19, o que normalmente precede o crescimento das mortes pela doença.

O Brasil tem uma taxa de 82,7 mortos por 100 mil habitantes. Os Estados Unidos, que têm o maior número absoluto de mortos (267.792), e o Reino Unido (58.545), ambos à frente do Brasil na pandemia (ou seja, começaram a sofrer com o problema antes), têm 82 e 88,1 mortos para cada 100 mil habitantes, respectivamente.

O Brasil havia ultrapassado a taxa da Itália de mortes por 100 mil habitantes (92), país com 55.576 óbitos pela doença. Contudo, com a segunda onda que assola a Europa, a Itália voltou a passar o Brasil.

O México, que ultrapassou o Reino Unido em número de mortos e já contabiliza 105.655 óbitos, tem 83,7 mortes para cada 100 mil habitantes.

Na América do Sul, chama a atenção também o número de mortos por 100 mil habitantes do Peru: 112,3. O país tem 35.923 óbitos pela Covid-19.

A Índia é o terceiro país, atrás apenas de EUA e Brasil, com maior número de mortes pela Covid-19, com 137.139 óbitos. Lá, devido ao tamanho da população, a taxa proporcional é de 10,1 óbitos por 100 mil habitantes.

Na Argentina, onde a pandemia desembarcou nove dias mais tarde que no Brasil e que seguiu uma quarentena rígida de início, o índice é de 86,5 mortes por 100 mil habitantes (38.473 óbitos).

Já segundo o boletim do Ministério da Saúde desta segunda, o Brasil registrou 287 novas mortes em decorrência de infecção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. O país agora chega a um total de 173.120 óbitos desde o início da pandemia.

O boletim também mostra que 21.138 pessoas foram infectadas no período. O total de casos confirmados da Covid-19 agora chega a 6.335.878.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

 

Afogados registra 16 novos casos e 36 curas para covid-19

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta segunda (30), foram registrados 16 casos para covid – 19 em nosso município. Desses, 07 já estavam em investigação (Pessoas que aguardavam resultados de semanas anteriores). 

São 10 pacientes do sexo feminino, com idades de 01, 08, 12, 16, 28, 33, 36, 47, 50 e 67 anos; e 06 pacientes do sexo masculino, com idades de 10, 19, 21, 27, 44 e 46 anos. Entre as mulheres: 03 estudantes (rede pública), 01 menor, 01 desempregada, 01 aposentada, 01 professora, 01 vendedora, 01 profissional da saúde e 01 dona de casa. Já entre os homens: 02 agricultores, 02 estudantes (rede pública), 01 autônomo e 01 funcionário público. 
Obs. De acordo com nota técnica da SES, os estudantes deverão ser identificados se fazem parte da rede privada ou pública. 
Hoje, 149 pacientes apresentaram resultados negativos para covid – 19 em nosso município. 
Entram em investigação os casos de 18 mulheres, com idades entre 17 e 65 anos; e 23 homens, com idades entre 01 e 71 anos. 
Hoje, 36 pacientes apresentaram cura após avaliação clínica e epidemiológica. O município atingiu a marca de 1410 pessoas (92,09%) recuperadas para covid – 19. Atualmente, 79 casos estão ativos.
Afogados atingiu a marca de 7.407 pessoas testadas para covid-19, o que representa 19,87 % da nossa população testada. 
Casos leves x SRAG/covid- 19: 
Leves (1448 casos), 96,02% Graves (60 casos), 3,98%.
Semana epidemiológica: No último sábado se encerrou a SE 48, na qual detectamos, até o momento, 41 casos. Comparando as últimas 05 semanas, temos: 45 (90 casos), 46 (72 casos), 47 (84 casos) e 48 (41 casos). Nota-se uma estabilidade no número de casos nas últimas 04 semanas analisadas. Analisando a média móvel: SE 45 (12,85 casos/dia); SE 46 (10,28 casos/dia); SE 47 (12 casos/dia) e SE 48 (5,85 casos/dia). 
OBS: O número de casos por SE poderá sofrer alteração mediante 133 pacientes ainda estarem aguardando resultados do RT – PCR enviado para análise no LACEN – PE.

 

 

UTI do Hospital Regional de Patos para tratamento de covid-19 está com 80% de ocupação, alerta diretor

O médico Pedro Augusto Dias Timóteo, um dos responsáveis pela ala de Covid-19 no Complexo Hospitalar Regional de Patos disse haver lotação da UTI com casos do vírus.

De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Patos​, divulgados nesta segunda-feira (30), foram registrados neste fim de semana 37 recuperados, e 112 novos casos da Covid-19. (Foto: reprodução)

O médico Pedro Augusto Dias Timóteo, um dos responsáveis pela ala de Covid-19 no Hospital Regional de Patos disse haver lotação da UTI com casos do vírus e alertou, em áudio publicado em grupos de whatsapp, sobre o risco de faltar leitos para a população caso se agrave o índice de contágio. 

No áudio, o médico explica que a situação é fruto das campanhas eleitorais. “Infelizmente o primeiro legado que esta eleição vai deixar será o crescimento exponencial do número de casos de Covid-19. No Regional hoje não temos mais vaga na UTI e nas enfermarias só temos 6 vagas. Vamos continuar nos cuidando gente, mesmo os que já tiveram, não se sabe se a imunidade é duradoura e a vacina ainda não está ao nosso alcance”, relatou.

Na semana passada, o local chegou a atingir 56,52%, o que representa um aumento de três para 13 dos 23 leitos existentes ocupados. A situação é ainda pior quando a ocupação atinge os leitos de UTI. A semana começa com 80% dos leitos ocupados na Unidade de Terapia Intensiva da unidade hospitalar da Capital do Sertão. Ao todo, 16 dos 20 leitos existentes estão ocupados.

De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Patos, divulgados nesta segunda-feira (30), foram registrados neste fim de semana 37 recuperados, e 112 novos casos da Covid-19. Desde o início da pandemia até hoje, o total de infectados somam 6.177. Desses números, 659 estão em recuperação, 5.420 estão recuperados e 98 óbitos.

No levantamento feito pela Vigilância Epidemiológica, 623 pessoas estão em isolamento domiciliar, e dos 61 leitos hospitalares disponíveis, 36 estão ocupados. Dos registros de infectados feitos por localidade, o bairro do Jatobá segue na frente com 702 casos. Por gênero, o sexo feminino segue na frente com 3.402 casos, e na faixa etária até 40 anos foram registrados 3.177 casos.

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) considerou nesta segunda-feira que a situação da pandemia de covid-19 no Brasil é “muito, muito preocupante”, no âmbito de uma entrevista co

letiva em Genebra.

“Acho que o Brasil deveria levar isso muito, muito a sério. É muito, muito preocupante”, alertou Tedros Adhanom Ghebreyesus sobre a evolução do coronavírus no p

aís sul-americano, cujo presidente, Jair Bolsonaro, nega a gravidade desta doença e na semana passada anunciou que não será vacinado contra a covid-19. (AFP

 

Patriota diz que não é hora para falar em 2022

Prefeito de Afogados diz que prioridade é a transição. Sobre perda de João Campos como representante da cidade na Câmara, disse que  vai encontrar uma solução para a lacuna

O Prefeito de Afogados da Ingazeira e Presidente da AMUPE, Associação Municipalista de Pernambuco, José Patriota (PSB) avaliou que ainda é cedo para pensar em um projeto legislativo para 2022, quando seu nome é cotado para uma disputa a Deputado Estadual.

Patriota afirmou que nesse momento, a prioridade é trabalhar a transição para seu aliado, o prefeito eleito Alessandro Palmeira, também do PSB. “Não é hora pra discutir isso”, afirmou. Ele ainda fez referência ao seu tratamento de saúde e outras condicionantes que não permitem ou não favorecem tratar do tema agora.

Patriota disse ainda que avaliará alternativas diante da eleição de João Campos para prefeito do Recife. Com seu apoio, João foi majoritário em 2018 no município com 6.834 votos. Ele destacou que há emendas já incluídas por João para Afogados no orçamento, mas que obviamente vai buscar um caminho de um novo representante federal para a cidade. Dentre as considerações, a de que Milton Coelho, suplente alçado ao Congresso, não tem relação  nem base no Pajeú. Patriota comemorou a eleição do aliado para a prefeitura do Recife.

Uma possibilidade ventilada nos bastidores é a reaproximação de Patriota com Gonzaga Patriota, que foi preterido por João, mas votado por Totonho Valadares. Como Patriota e Totonho estão no mesmo bloco, esse seria um caminho. Mas Patriota a princípio não abre o jogo para nenhuma possibilidade, ficando no “vamos avaliar”.

Sertânia inicia fiscalização em estabelecimentos comerciais para prevenção contra Covid-19

https://s2.glbimg.com/AvZdXIYiXiillk4jiAhCWMDxLKU=/0x0:1024x768/600x0/smart/filters:gifv():strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2020/H/P/QzQfvySSioKCg85Dl5OQ/whatsapp-image-2020-05-08-at-10.30.32.jpeg

A Vigilância Sanitária de Sertânia, no Sertão de Pernambuco, iniciou uma série de fiscalização em estabelecimentos comerciais e está orientando a população sobre o uso de máscara e distanciamento social para prevenção contra a Covid-19.

A medida está alinhada ao decreto municipal nº 041/2020 assinado pelo prefeito Ângelo Ferreira. As medidas descritas no documento entraram em vigor no dia 27 de novembro e valem por 20 dias, devido aos aumentos de casos no município. 

De acordo com o decreto estão suspensas vendas de bebidas alcoólicas para consumo in loco em quaisquer estabelecimentos comerciais, atividades de festas de qualquer natureza em clubes, casas de festas, bares, restaurantes e similares, sejam ambientes fechados ou abertos, parques de diversões, brinquedos em áreas públicas, atividades esportivas nas quadras e ginásios poliesportivos, além de estádios e campos de futebol.

 

Ex-senador de Pernambuco, Armando Monteiro, é diagnosticado pela segunda vez com a Covid-19

O ex-senador de Pernambuco, Armando Monteiro (sem partido) de 68 anos, foi diagnosticado novamento com a covid-19. Segundo a assessoria de imprensa de Monteiro, apesar de ter sido reinfectado pelo vírus, o político está bem e em tratamento com medicamentos.

Primeira infeção

O ex-senador já havia sido diagnosticado com a doença no dia 16 de março deste ano. Ele havia após regressar na cidade de Brasília, sentido alguns sintomas de resfriado, e se colocou em isolamento social.

Já tendo se recuperado da sua primeira infecção pelo coronavírus, Monteiro confirmou que estaria com a doença novamente neste domingo (29), através da assessoria de imprensa.(RadioJornal)

Conta de luz terá cobrança extra a partir desta terça-feira, decide Aneel

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu nesta segunda-feira (30) que haverá cobrança extra na conta de luz dos consumidores a partir desta terça-feira (1º).

Em reunião extraordinária, a Aneel decidiu que será cobrada a bandeira vermelha patamar 2, cujo valor é o maior no sistema de bandeiras da agência.

Com isso, a cobrança extra será de R$ 6,24 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Em 26 maio, a Aneel havia anunciado que não haveria cobrança extra na conta de luz até 31 de dezembro deste ano, em razão da pandemia do novo coronavírus.

Na reunião desta segunda-feira, contudo, a agência decidiu revogar a decisão e aplicar a bandeira vermelha patamar 2.

Motivo da cobrança extra

Segundo o relator da proposta, Efraim Pereira da Cruz, o despacho de maio foi revogado porque o Brasil voltou aos patamares de consumo anteriores ao início da pandemia.

No entanto, conforme a Aneel, a oferta de energia está comprometida em razão dos baixos níveis dos reservatórios. Desta forma, o mecanismo da bandeira voltou a ser necessário no entendimento do órgão. 

Técnico Higor César é demitido do Afogados FC

NOTA OFICIAL

O Departamentos de Futebol do Afogados da Ingazeira FC informa que Higor César não é mais técnico da equipe profissional de futebol do clube. 
A diretoria agradece os serviços prestado pelo profissional e deseja sucesso em sua carreira.
Nos próximos dias o clube irá divulgar o nome do novo treinador para o Campeonato Pernambucano 2021.

Dep. Sebastião Oliveira testa positivo para a Covid-19

Segundo o Blog Ricardo Antunes, o deputado federal Sebastião Oliveira (Avante) testou positivo para a Covid-19. 

O blog diz ainda, que de acordo com a assessoria do parlamentar, o deputado se encontra bem e medicado em sua residência. 

Sebastião Oliveira é uma das lideranças políticas ligadas ao governador Paulo Câmara e em Serra Talhada. Nas eleições municipais deste ano, seu grupo perdeu a eleição na Capital do Xaxado, para a candidata governista, Márcia Conrado (PT).

Mourão, durante a coletiva de imprensa, fez um discurso mais duro em relação ao desmatamento, em comparação a declarações tradicionalmente feitas no governo Bolsonaro. (Foto: Reprodução)

 O desmatamento na Amazônia cresceu cerca de 9,5% entre agosto de 2019 e julho de 2020 em comparação ao período anterior, entre 2018 e 2019 –no total, foram derrubados 11.088 km² de floresta nesse intervalo de tempo. O expressivo salto ocorre mesmo com a presença do Exército na floresta, sob a Operação Verde Brasil 2.

A área desmatada é a maior da última década, segundo os dados consolidados do Prodes (Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite), do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), que foram divulgados na tarde desta segunda-feira (30), na sede do instituto. O valor é provisório e o definitivo somente será apresentado no ano que vem.

O divulgação contou com a participação do general Hamilton Mourão, vice-presidente e chefe do Conselho da Amazônia e de Marcos Pontes, ministro da Ciência e Tecnologia. 

Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, não estava presente.

Mourão, durante a coletiva de imprensa, fez um discurso mais duro em relação ao desmatamento, em comparação a declarações tradicionalmente feitas no governo Bolsonaro.

“Não estamos aqui para comemorar nada disso, porque isso não é para comemorar”, afirmou o chefe do Conselho da Amazônia, ao citar que o crescimento foi inferior ao que se esperava inicialmente. Ele também voltou a repetir que o combate ao desmatamento em 2020 começou tarde.

“O resultado provisório do Prodes significa que nós temos que manter a impulsão do nosso trabalho na busca constante para a redução dos índices de desmatamento”, afirmou Mourão. “É chegar o momento em que o único desmatamento que ocorra na região da Amazônia seja aquele que esteja compreendido pela nossa legislação. Ou seja, aquele de uma propriedade que tenha direito a desmatar 20%, então é só esse desmatamento que pode ocorrer.”

O vice-presidente também chegou a fazer um aceno para as autoridades ambientais de fiscalização, como o Ibama, que têm sido alvo constante de Bolsonaro, desde antes de sua posse como presidente. “Vamos prosseguir, nesse nosso trabalho, usando ciência, usando a tecnologia, com inovação e com isso apoiando os trabalhos das entidades responsáveis pela fiscalização ambiental”, disse.

O Prodes anterior, referente ao período de agosto de 2018 a julho de 2019, havia apresentado um acentuado salto de 34%, o que representou um desmatamento de 10.129 km². Portanto, os dados divulgados nesta segunda-feira são os primeiros totalmente sob responsabilidade do governo Jair Bolsonaro (sem partido).

O desmatamento recorde já estava no horizonte de pesquisadores da área e servidores do Ibama. O valor, porém, não foi tão alto quanto se esperava. Em todos os meses do período em questão, com exceção de outubro, o sistema Deter do Inpe registrou aumento do desmatamento em relação ao mesmo mês do ano anterior. Foram 14 meses seguidos de crescimento de destruição, sequência que foi interrompida somente em julho recente.

Até o momento, 463.922 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. ​(Foto: Reprodução)

A Paraíba registrou 41 novos casos de Covid-19 e 03 óbitos confirmados desde a última atualização, 03 deles nas últimas 24h. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta segunda-feira (30), 145.253 pessoas já contraíram a doença, 115.015 já se recuperaram e 3.295, infelizmente, faleceram. Até o momento, 463.922 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. 

  • Casos Confirmados: 145.253
  • Casos Descartados: 198.685
  • Óbitos confirmados: 3.295
  • Casos recuperados: 115.015

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 51%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 66%. Em Campina Grande estão ocupados 38% dos leitos de UTI adulto e no sertão 68% dos leitos de UTI para adultos.

Municípios

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 41, nos quais 04 municípios concentram 21 casos, o que representa 51,21% dos casos em toda a Paraíba. 

São eles: 

  • João Pessoa, com 10 novos casos, totalizando 36.813; 
  • Campina Grande, com 04 novos casos, totalizando 14.403; 
  • Sumé, com 04 novos casos, totalizando 725; 
  • Pombal, com 03 novos casos, totalizando 859.

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 30/11, sujeitos a alteração por parte dos municípios. 

Até hoje, 183 cidades registraram óbitos por Covid-19. Dos 03 óbitos registrados nesta segunda-feira, ocorreram entre 27 de outubro e 28 de novembro. Os pacientes tinham idade entre 51 e 92 anos. Diabetes foi a comorbidade mais frequente. 

Homem, 92 anos, residente em Campina Grande. Diabético, cardiopata e tabagista. Início dos sintomas 10/11/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 28/11/2020. 

Homem, 51 anos, residente em Nova Floresta. Etilista. Início dos sintomas 15/11/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 18/11/2020. 

Mulher, 80 anos, residente em Coxixola. Hipertensa e diabética. Início dos sintomas 10/10/2020. Foi a óbito em sua residência no dia 27/10/2020. 

Milton Coelho, Chefe de Gabinete de Paulo Câmara vai assumir lugar de João Campos em Brasília

Com a vitória de João Campos (PSB) no segundo turno da eleição no Recife, Milton Coelho (PSB), chefe de gabinete do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), assumirá a sua vaga Câmara dos Deputados, pois é o primeiro da lista de suplentes do partido.

A função de Chefe de Gabinete, exercida atualmente por Milton, curiosamente foi o primeiro cargo público do filho do ex-governador Eduardo Campos.

Na noite deste sábado (28), por volta das 20h, um grave acidente deixou um jovem morto e sua esposa  gravemente ferida em Afogados da Ingazeira.

O casal estava em motocicleta Kawasaki Ninja, placa ELE-3E59, verde, guiada pelo marido quando um veículo segundo informações foi desviar de um gato e bateu de frente com a moto do casal na Rua Manoel Francisco da Silva, em frente da oficina Curió, no bairro Padre Pedro Pereira. O jovem Fábio Gama de apenas 20 anos, morreu no local e a esposa Diolândia da Silva Cândido, conhecida por Nanda, foi socorrida em estado grave para hospital Regional, após estabilidade da vítima, foi transferida para o Hospital da Restauração em Recife, onde passou por uma cirurgia, infelizmente a jovem veio a óbito, a notícia chegou minutos depois do sepultamento do seu esposo em Afogados, por volta das 10h30, a jovem deixa uma filhinha.
Nossos Sentimentos.
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto que diz "X LUTO A EQUIPE TOP FITNESS através desta externa votos de mais profundo pesar pelo falecimento da saudosa amiga e aluna NANDA, que Deus com sua imensa sabedoria e misericórdia, possa confortar seus familiares e amigos nesse momento de dor e SAUDADES. TOP Para sempre Porosemorevriestoemossoscracoes! vai está em nossos"

O candidato atribuiu a derrota nas urnas ao trabalho de fiscalização de policiais no dia da eleição, no domingo (29).

O flagrante ocorreu a menos de 24h do segundo turno das eleições municipais. (Foto: Reprodução)

O candidato derrotado na tentativa de se reeleger em Caucaia, Naumi Amorim (PSD), atribuiu a derrota nas urnas ao trabalho de fiscalização de policiais no dia da eleição, no domingo (29).

“A gente teve desvantagem nas fiscalizações, muitos policiais nas ruas. E a gente atribui a derrota a essa perseguição”, afirmou.

Caucaia recebeu reforço na segurança com policiais da estado do Ceará, além da Força Nacional e Forças Armadas. Uma dia antes da eleição, no sábado (29), o irmão de Naumi e secretários de sua gestão, foram detidos após serem flagrados com R$ 600 mil na cueca e em sacolas.

Naumi afirma também que a operação que deteve o seu irmão “impactou” na sua campanha. Questionado sobre a origem do dinheiro, o candidato derrotado afirmou apenas que a “perseguição” foi uma ação para “vencer no tapetão”, sem esclarecer o questionamento.

Cinco apoiadores de Naumi foram detidos. Segundo o delegado responsável pelo caso, todos foram ouvidos e liberados. A maioria, contudo, escolheu permanecer em silêncio quando foram interrogados por policiais federais.

Segundo o delegado, Alan Robson Alexandrino, afirma que a situação é considerada suspeita de crime eleitoral. “O material vai ser analisado. O importante é o trabalho de investigação para chegar ao caminho desse dinheiro.”

Reforço em Caucaia
O capitão Brito, que coordenou a atuação da Força Nacional em Caucaia, afirma que a presença dos agentes coibiu os crimes eleitorais na cidade.

“Desde que a Força Nacional foi empregada aqui no município de Caucaia, a gente vem percebendo uma queda nos índices de criminalidade. Até o presente momento, a Força Nacional vem atuando, garantindo a manutenção da ordem e mantendo os índices de criminalidade baixo”, afirmou.

Dólar é cotado a R$ 5,3255 nesta segunda-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,37 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,6859.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta segunda-feira (30), está cotado no valor de R$ 5,3255. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,5769.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,37 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,6859. 

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

O Portal ClickPB apura de segunda à sexta-feira a cotação do dólar e euro.

Serra Talhada se aproxima de cinco mil casos de Covid-19

Foto: reprodução

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada (PE) informou que foram registrados 19 casos positivos do novo coronavírus (Covid-19) nas últimas 24 horas, totalizando 4.932 casos confirmados. São 07 pacientes do sexo masculino e 12 do sexo feminino, com idades entre menor de 1 ano a 76 anos.

O município tem 290 pacientes aguardando resultado de exames e 21.518 casos descartados. Quanto à evolução dos casos confirmados, são 4.791 pacientes recuperados, 61 em isolamento domiciliar, 14 em internamento hospitalar, 75 em recuperação e 66 óbitos. Em relação aos profissionais de saúde são 161 pacientes curados clinicamente, um em isolamento e um morto.

Sem nenhum eleito nessas cidades no primeiro turno, o partido disputou no Recife, com Marília Arraes, e em Vitória, com João Coser, neste domingo.

O PT não elegeu prefeitos em capitais. É a primeira vez que isso ocorre desde a redemocratização.

Sem nenhum eleito nessas cidades no primeiro turno, o partido disputou no Recife, com Marília Arraes, e em Vitória, com João Coser, neste domingo. Perdeu nas duas. 

Em 2016, em capitais, só venceu em Rio Branco. Marcus Alexandre (PT) deixou o mandato para disputar o governo do Acre em 2018. Perdeu.

Em Macapá, o PT disputa com Professor Marcos, que aparece em nono lugar, com 2% das intenções de voto, segundo a última pesquisa Ibope. A capital amapaense teve o primeiro turno adiado para o próximo domingo, por causa do apagão.

João Campos, do PSB, foi eleito, neste domingo (29), prefeito do Recife para os próximos quatro anos. Aos 27 anos, ele é o mais jovem a se eleger prefeito na cidade. Segundo a Justiça Eleitoral, com 100% das urnas apuradas, João obteve 447.913 votos, que representaram 56,27% dos válidos. Marília Arraes (PT) obteve 348.126 votos, ou 43,73%.

 

Com 57,52% dos votos válidos, Yves Ribeiro (MDB) é eleito prefeito em Paulista


Com 100% das urnas apuradas, o emedebista, Yves Ribeiro, de 72 anos, será o novo prefeito do município de Paulista na Região Metropolitana do Recife. Ele venceu Francisco Padilha (PSB), de 39 anos, no segundo turno das eleições municipais deste domingo (29).

Yves obteve 57,52 dos votos, ou 83.858 votos, contra 42,48% dos votos, ou 61.931 votos de seu concorrente.

Esta foi a primeira vez na história, que o município de Paulista realiza um segundo turno nas eleições municipais. A cidade tem população estimada de 334.376 pessoas e 216.859 eleitores aptos a votar.

 

Após reeleição em São Paulo, Doria parabeniza Covas: ‘Foi um guerreiro’

Bruno Covas e João Doria (Foto: Redes Sociais/Reprodução)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), parabenizou o prefeito reeleito Bruno Covas (PSDB) em São Paulo. Pelas redes sociais, Doria  chamou Covas de “guerreiro” e disse que o resultado confirma uma vitória do “respeito, equilíbrio e eficiência”.
“Parabéns ao prefeito Bruno Covas, pela expressiva vitória na eleição em São Paulo. Foi um guerreiro! Sua reeleição representa a vitória do respeito, equilíbrio e eficiência. E a consolidação da força eleitoral do PSDB. Viva a democracia”, escreveu.
Covas foi reeleito prefeito de São Paulo neste domingo (29), com 59,45% dos votos. No primeiro turno, Covas já havia liderado, com 32,85% dos votos válidos, contra 20,24% de Boulos. 

Compesa consegue suspender licitação da nova concessão de água e esgoto de Petrolina

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) atendeu a um pedido da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e suspendeu a licitação da nova concessão de água e esgoto de Petrolina. Ato estava previsto para a próxima segunda-feira, 29. A informação foi divulgada pelo prefeito Miguel Coelho na noite dessa sexta-feira, 27, através de nota publicada nas redes sociais.

“Seria ótimo ver este empenho da Compesa na solução dos problemas de Petrolina, como a falta d’água que acontece nos bairros, os esgotos que jorram nas ruas, as avenidas que ela quebra e não conserta, a poluição diária do Rio São Francisco e o desabastecimento d’água nas comunidades do interior”, reclamou o gestor.

“A Compesa quer impedir que R$ 1 bilhão sejam investidos no tratamento de 90% da rede de esgoto e na garantia do abastecimento d’água em 100% da cidade. A Compesa não trabalha para realizar isso e impede que a prefeitura busque parceiros que o façam”, acrescentou.

Miguel garantiu que a prefeitura não vai desistir da licitação, cujo principal objetivo é melhorar o saneamento do município. “Vamos novamente cumprir todas as exigências apresentadas, mas não iremos desistir de garantir respeito, dignidade e de melhorar a vida do nosso povo. Não iremos desistir de fazer Petrolina cada vez mais forte”, assegurou.

Isabella de Roldão: ‘Queremos mais mulheres nos espaços de poder’

Isabella de Roldão (PDT), vice-prefeita eleita do Recife (Foto: Leandro de Santana/DP)

A vice-prefeita eleita no Recife, Isabella de Roldão (PDT), integrante da chapa de João Campos (PSB), concedeu uma breve entrevista no comitê da Frente Popular, no Parnamirim, Zona Norte da capital, na noite deste domingo (29). Sobre ser a primeira mulher a ocupar o cargo na Prefeitura do Recife, a pedetista afirmou que “é muita responsabilidade, muita emoção e muita gratidão, mas, acima de tudo, quero dizer a todas as meninas, senhoras e mulheres: ‘Você pode ser o que você quiser'”.

“A lembrança que quero registrar primeiramente é essa representação feminina que está eleita e consolidada, junto com João”, afirmou. “Quero ser lembrada como uma vice que trabalhou junto com o prefeito. Quero ajudar nesse processo. Nossa campanha pautou isso tudo. Nós, desde o primeiro dia, decidimos que a nossa campanha iria ser limpa, pautada no amor, na igualdade. É isso que quero levar para dentro da prefeitura. Queremos mais mulheres nos espaços de poder”, pontuou.

Em discurso realizado no comitê, antes da entrevista, ela falou aos militantes. “A Prefeitura vai ter mulher sim. Votamos juntas e juntos na construção de uma cidade mais respeitosa, onde o nosso sexo não nos define. Sou mulher, sou mãe, voto em João”, disse.

João Campos, por sua vez, usou o espaço do comitê para agradecer novamente (ele já havia realizado um pronunciamento no Recife Praia Hotel, no Pina) à militância, lideranças partidárias e eleitores. “Conseguimos dialogar com o povo do Recife. Hoje é um dia de consagração do que podemos fazer pelo futuro dessa cidade”, discursou o prefeito eleito.

O senador José Maranhão (MDB-PB) foi hospitalizado nesse domingo (29) depois de ser diagnosticado com covid-19. A assessoria de imprensa do congressista informou que ele passa bem.

Maranhão, de 86 anos, apresentou sintomas leves no final da tarde de domingo (29.nov), como tosse persistente e estado febril. Ele deve ficar internado no hospital Unimed de João Pessoa por precaução.

No 2º turno das eleições municipais, Maranhão apoiou Nilvan Ferreira (MDB) para a Prefeitura de João Pessoa. O candidato teve 46,84% dos votos. O prefeito eleito, Cícero Lucena (PP), venceu com 53,16% dos votos.

https://img.r7.com/images/ae-bruno-reis-2000-29112020233132105?dimensions=660x360&&&&&resize=660x360&crop=1500x818+0+116&&&&resize=660x360&crop=1500x818+0+116

Os partidos MDB, DEM e PSDB dominaram o comando das capitais brasileiras depois de definidos todos os prefeitos com os resultados do 2º turno das eleições municipais 2020 do último domingo (29).

Agora, as 25 capitais têm os chefes do executivo municipal escolhidos, com exceção de Brasília, onde não há eleição para prefeito, e Macapá (AP), que teve o pleito adiado por causa de problemas no fornecimento de energia elétrica – a votação será nos dias 6 e 20 de dezembro.

O MBD foi o partido que mais elegeu prefeitos nas capitais, vencendo em cinco delas. Em segundo lugar, aparecem o DEM e o PSDB, com quatro capitais cada um.

Na sequência, o PDT, o PP, o PSB e o PSD venceram em duas capitais cada. Já Avante, Podemos, PSOL e Republicanos ficaram com uma capital cada.

Pela primeira vez, o PT terminou as eleições sem comandar uma capital, após derrota de Marília Arraes no Recife (PE) e de João Coser em Vitória (ES). A primeira vitória, em Fortaleza (CE), com Maria Luiza Fontenele, havia sido em 1985.

Imagem ilustrativa do novo coronavírus com a bandeira do Brasil

O país registrou 639 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 172.637 óbitos desde o começo da pandemia.

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h deste sábado (28).

O país registrou 639 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 172.637 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 517. A variação foi de 5% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de estabilidade nas mortes por Covid, quando não há aumento ou queda significativos.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 6.290.160 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 52.084 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 34.002 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de 19% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de alta nos diagnósticos.

Sete estados apresentaram alta na média móvel de mortes: RS, SC, RJ, AM, RO, CE e SE.

Também vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Brasil, 28 de novembro

  • Total de mortes: 172.637
  • Registro de mortes em 24 horas: 639
  • Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 517 (variação em 14 dias: +5%)
  • Total de casos confirmados: 6.290.160
  • Registro de casos confirmados em 24 horas: 52.084
  • Média de novos casos nos últimos 7 dias: 34.002 por dia (variação em 14 dias: +19%)
  • (Antes do balanço das 20h, o consórcio divulgou dois boletins parciais, às 8h, com 171.998 mortes e 6.238.076 casos; e às 13h, com 172.079 mortes e 6.243.216 casos confirmados.)

Estados

  • Subindo (7 estados): RS, SC, RJ, AM, RO, CE e SE
  • Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (8 estados): MG, SP, AC, PA, BA, MA, PB e PE.
  • Em queda (10 estados + DF): PR, DF, GO, MS, MT, AP, RR, TO, AL, PI e RN
  • Não atualizou os dados (1 estado): ES

Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás.

As informações preliminares que o casal vinham em uma moto verde se envolveram em um acidente e houve uma colisão com um carro segundo informações este veículo foi desviar um gato batendo de frente com a moto,  o motorista fugiu do local sem prestar socorro as vítimas, o fato aconteceu na frente da oficina Curió, no bairro Padre Pedro Pereira.  O jovem Fábio era casado com Nanda que também vinha na moto a mesma foi socorrida para Hospital Regional de Afogados, as informações oficiais dos familiares ao blog que estado da esposa é delicado que a mesma se encontra na UTI no Regional que por enquanto é inviável sua transferência devido o estado que se encontra, que o prefeito do município já disponibilizou toda a ajuda necessária tão logo seja liberada pela equipe médica que acompanha a evolução da paciente.

.

 

“Prestar socorro à vítima de acidente de trânsito pode atenuar a pena Segundo o art. 301 do Código de Trânsito Brasileiro – CTB , diz que o condutor de veículo, nos casos de acidentes de trânsito que resulte…vítima, não imporá a prisão em flagrante, nem se exigirá fiança, SE PRESTAR SOCORRO PRONTO (imediato) E INTEGRAL (completo). E digo mais, o auxílio naquele momento deve ser integral, exigindo-se que o condutor faça DE TUDO que estiver ao seu alcance para SOCORRER À VÍTIMA”. neste caso não aconteceu.

Veja que o sentimento de solidariedade humana se faz necessário, de modo que o legislador motivou os condutores de veículos envolvidos em acidentes de trânsito, do qual resultem vítimas, a prestarem pronto e integral socorro, respeitando as POSSIBILIDADES DO MOMENTO.

E lembre-se, na hora do fato o socorro tem que ser imediato, pois a demora ”injustificada” autoriza a PRISÃO EM FLAGRANTE. E digo mais, o auxílio naquele momento deve ser integral, exigindo-se que o condutor faça DE TUDO que estiver ao seu alcance para SOCORRER À VÍTIMA. Se, por ventura, não tiver condições de prestar pronto e integral socorro (por risco à sua integridade física, por exemplo), deve solicitar socorro aos órgãos de emergência para que fique registrado sua boa fé.

Por fim, destaca-se que, caso o condutor não preste socorro, responderá por infração gravíssima, além de perder o benefício de se livrar da prisão e pagar fiança, terá sua pena acrescida de um terço a metade nos crimes de homicídio culposo e lesão corporal culposa.

Atenção, esse post tem caráter meramente informativo e não substitui uma consulta jurídica com um (a) Advogado

 

Fabio e Nanda pais de uma linda princesinha 4 anos .

Nossos sentimentos a família e a todos que fazem a equipe da Retifica Afogados, que Deus em sua Misericórdia possa confortar os corações de todos os amigos e familiares e pedir ao Pai todo poderoso para recuperação da jovem mãe Nanda que perdeu o seu esposo.

Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (28) aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos para a prefeitura do Recife, no 2º turno das Eleições 2020:

João Campos (PSB) tem 50% e Marília Arraes (PT), também 50%.

Em relação aos levantamentos anteriores do Ibope, divulgados em 18 de novembro e em 25 de novembro:

João Campos (PSB): tinha 47%, subiu para 51% e, agora, tem 50%
Marília Arraes (PT): tinha 53%, desceu para 49% e, agora, tem 50%
O percentual de votos válidos de cada candidato corresponde à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os votos brancos, nulos e indecisos.

Votos totais: Nos votos totais, que incluem os eleitores indecisos e os que pretendem votar em branco ou nulo, outro empate.

João Campos (PSB) tem 42% e Marília Arraes (PT), 42%. Branco/nulo/nenhum: 14%. E não sabem 2%.

Em relação aos levantamentos anteriores do Ibope, divulgados em 18 de novembro e em 25 de novembro:

João Campos (PSB): tinha 39%, subiu para 43% e, agora, tem 42%
Marília Arraes (PT): tinha 45%, desceu para 41% e, agora, tem 42%
Branco/nulo/nenhum: tinha 15%, se manteve em 15% e desceu 14%
Não sabe: tinha 1%, subiu para 2% e se manteve em 2%

Sobre a pesquisa: margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Entrevistados: 1.204 eleitores do Recife. Quando a pesquisa foi feita: entre 27 e 28 de novembro. Registro no TRE: PE-02002/2020. Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Jornal do Commercio”.

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Há cinco anos, Bill Gates praticamente previu a atual pandemia e a forma como os países responderiam ao problema. Isso fez com que ele passasse a ser considerado uma das vozes mais proféticas dos tempos atuais.

Na última semana, Gates lançou um podcast e já no primeiro episódio, junto com a atriz Rashida Jones, conversou com o infectologista Anthony Fauci e mostrou sete tendências que devem se perpetuar depois da Covid-19. Confira:

1. Reuniões remotas serão normalizadas
Antes da pandemia, elas eram raras, e podiam até ser consideradas um descaso com os clientes. Agora, se tornarão rotina. “Assim como a Segunda Guerra Mundial trouxe as mulheres para a força de trabalho e muitas delas permaneceram, essa ideia de se perguntar ‘Eu preciso ir para lá fisicamente?’ deve permanecer”, diz ele.

2. Os softwares terão melhorias significativas
Não só a ideia de uma reunião à distância parecerá mais natural, mas Gates também prevê que as ferramentas para fazer isso logo serão muito melhores do que as que usamos agora. “O software era meio desajeitado quando tudo isso começou, mas agora as pessoas estão usando tanto que ficarão surpresas com a rapidez com que inovaremos”, prevê.

3. As empresas poderão compartilhar um escritório
Com a maior adesão ao trabalho remoto, as empresas precisarão menos dos escritórios. E isso poderá impactar diversas decisões, inclusive imobiliárias. “Acho que as pessoas vão menos para o escritório. Você pode até mesmo dividir os espaços com uma empresa em que os funcionários usem em dias ou horários diferentes”, sugere.

4. Escolheremos morar em lugares diferentes
O trabalho remoto também deve remodelar as comunidades, na visão de Gates. Os centros da cidade serão menos importantes, e até os designs das casas podem ser repensados. “Em cidades como Seattle e São Francisco, mesmo para quem é bem pago, o aluguel custa um absurdo”, ressalta. Sem a âncora de um escritório que você precisa visitar todos os dias, ficar em lugares tão caros torna-se menos atraente, e uma casa maior em uma comunidade menor e com menos tráfego pode ser mais atrativo.

5. Você socializará menos no trabalho e mais na sua comunidade
Outro efeito indireto do trabalho remoto apontado por Gates é a forma como trabalhamos e as pessoas com quem socializamos. Você pode gastar menos de suas energias sociais no trabalho, ele prevê, e mais com seus entes queridos em sua comunidade local, à noite ou aos finais de semana.

6. As coisas não vão voltar totalmente ao normal por muito tempo
Se essa última previsão parece atraente, a próxima, que Gates apresenta em parceria com o especialista Fauci, é menos animadora. Mesmo depois da aprovação de uma vacina localmente, as coisas não voltarão totalmente ao normal até que o mundo inteiro derrote a doença.

“Haverá uma fase em que teremos números muito baixos nos Estados Unidos, mas ainda estará avançado em outras partes do mundo. Acho que muitas pessoas permanecerão bastante conservadores em seu comportamento, especialmente se eles se associam com pessoas mais velhas, cujo risco de ficar muito doente é muito alto”, diz ele.

7. A próxima pandemia não será tão grave
Embora essa pandemia tenha sido um pesadelo, Gates tem esperança de que na próxima vez que uma doença surgir, o mundo se sairá muito melhor para contê-la. “O principal motivo de ter um impacto menos destrutivo é que teremos praticado. Teremos feito treinos de doenças como treinos de guerra – quase todos os países responderão como a Coreia do Sul ou Austrália: testando rapidamente e colocando pessoas em quarentena. Nossas ferramentas de teste serão muito melhores. Não seremos tão estúpidos na segunda vez.”

Luto na educação. Morreu em Recife depois de um longo período de luta contra complicações no quadro de saúde a professora Adalva Siqueira.

Adalva de Siqueira e Silva Amaral, nascida em 17 de dezembro de 1956, filha natural de Afogados da Ingazeira, casada com Moacir José do Amaral, mãe de Antônio Gustavo de Siqueira Amaral.
Foi professora e diretora no Colégio Normal estadual, Trabalhou na Gerência Regional de Educação, durante muitos anos. Foi professora da Faculdade de Formação de Professores de Afogados da Ingazeira, hoje Faculdade do Sertão do Pajeú – FASP.
Também foi Diretora Pedagógica da referida Instituição no período de 2008 a 2012. Destacava-se pela simpatia e amabilidade para com todos. Sempre alegre e brincalhona, não lhe faltava um sorriso nos lábios. Nill Júnior

Covid-19 faz mais uma vítima no Pajeú, Fabiano da Compesa

Fabiano era funcionário da Compesa e conhecido instrumentista egipciense, cantava em um dos corais da Paróquia de São Judas Tadeu, também fez parte da Banda de Musica Cicero David. Estava internado em um hospital de Serra Talhada e não resistiu a complicações causadas pela covid-19.

Fabiano é mais um pajeuzeiro vítima da doença causada pelo coronavírus, rezemos pela sua alma. Nossos sentimentos a família. Fabiano ara natural de Itapetim , deixou esposa e filhos.
o Pajeú totaliza 11.433 casos confirmados de Covid-19. 197 óbitos por Covid-19. No Pajeú o número de pessoas doentes(Ainda com o vírus ativo) de 544 neste sábado (28). (Marcello Patriota)

Salgueiro-PE 2 x 0 Guarany-CE – Vice-líder, Carcará pegará baianos no mata-mata

Foto: reprodução

O Salgueiro garantiu classificação na vice-liderança do Grupo 3 da Série D do Campeonato Brasileiro ao vencer o lanterna Guarany de Sobral, por 2 a 0, nesta sexta-feira, no Cornélio de Barros, pela 14ª rodada.

Sob forte sol, Salgueiro e Guarany fizeram um primeiro tempo sem graça e sem chances. Os rivais nordestinos abusaram e apostaram em chutes de longa distância. O problema é que todos foram sem direção e longe do gol.

Para não dizer que o primeiro tempo não teve chance de gol, aos 28 minutos, Renato chutou com curva e a bola passou perto da meta do Guarany. No mais, nada de emoção no interior pernambucano.

CARCARÁ EM CIMA!
O Salgueiro voltou disposto a abrir o marcador. Logo aos 3 minutos, Daniel mandou firme e fez Dionatan trabalhar com grande defesa. Aos 22 minutos, o mesmo Daniel deu uma linda bicicleta e a bola passou perto.

Aos 26 minutos, o Salgueiro chegou ao gol. Cesinha, que acabara de entrar, pegou rebote de uma bola na trave e, sozinho na área, cabeceou firme. O goleiro do Guarany até se jogou e relou na bola, mas não evitou o gol da vitória pernambucana.

Antes do apito final, o Salgueiro ainda teve tempo de balançar as redes do rival cearense mais uma vez. Aos 45 minutos, Daniel Passira ampliou e deu números finais a jogo no interior pernambucano.

O Carcará terminou a primeira fase na vice-liderança com 26 pontos e, agora, enfrentará o Vitória da Conquista, terceiro colocado no Grupo 4. O Guarany, eliminado, fez 11 pontos na lanterna.

 

Venho externar o meu profundo pesar pelo falecimento da nossa querida professora Adalva Siqueira. Tivemos a honra de contar com o seu talento, como professora da rede municipal de ensino de Afogados.

Foi também professora no Colégio Normal Estadual e integrou a equipe de ensino da GRE do Sertão do Alto Pajeú. Concluiu suas atividades profissionais no magistério superior, como professora efetiva da nossa FAFOPAI, hoje FASP, onde exerceu também as funções de Diretora Pedagógica e representante dessa instituição no Conselho Municipal de Educação de Afogados da Ingazeira.

Teve ainda participação ativa junto aos movimentos sociais em defesa da preservação do meio ambiente.

Professora exemplar educou várias gerações de Afogadenses, que guardarão para sempre o seu exemplo de dedicação, integridade e profissionalismo.

Adalva Siqueira nos fará falta. Mas seu exemplo e sua vida continuarão inspirando a todos nós. Que Deus traga o conforto nesse momento tão difícil para os seus familiares e amigos. E que a receba em seus braços, em sua nova e definitiva morada.

JOSÉ PATRIOTA

Prefeito de Afogados da Ingazeira

Além do dinheiro nas roupas íntimas, a polícia encontrou, no Ceará, um computador e um caderno com a lista de possíveis destinatário.

O flagrante ocorreu a menos de 24h do segundo turno das eleições municipais. (Foto: reprodução)

Miguel Carolino de Amorim, irmão do prefeito Naumi Amorim (PSD), candidato à reeleição foi preso pela polícia, na manhã deste sábado (28), em Caucaia, na região metropolitana de Fortaleza, no Ceará. Segundo a investigação, ele foi pego durante fiscalização de policiais nas vésperas das eleições do segundo turno que acontece neste domingo (29). Ele tinha dinheiro dentro da cueca e foram apreendidos com ele cerca de R$ 1 milhão.

Com ele, também foram presos o secretário de Patrimônio, Assis Medeiros, o vice-presidente da Autarquia Municipal, Carlinhos Gomes, além do subprocurador do município, Antônio Uedson da Silva. O flagrante ocorreu a menos de 24h do segundo turno das eleições municipais.

 

Produtores rurais têm até 31 de dezembro para aderir ao Cadastro Ambiental Rural

 

Produtores rurais têm até 31 de dezembro para fazer a adesão ao Cadastro Rural Ambiental (CAR) para que possam garantir os benefícios do Programa de Regularização Ambiental (PRA) que estão previstos no Código Florestal. Não há prazo para o cadastro, mas essa é a data limite para que os agricultores não percam incentivos. Segundo o Governo Federal, a inscrição no CAR é o primeiro passo para a aquisição da declaração de regularidade ambiental do imóvel rural.

 A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) reforça que, além de estarem em conformidade com a legislação ambiental, os produtores que realizam o cadastro no CAR terão  dois anos para implementar o programa e cumprirem com as obrigações relacionadas ao meio ambiente. 

O Cadastro Ambiental Rural foi criado em 2012 com a sanção do Código Florestal Brasileiro, mas foi regulamentado em 2014, com a publicação de uma instrução normativa do Ibama.  Para mais informações, acesse: www.car.gov.br

Piloto de avião baleado em restaurante de João Pessoa continua internado na UTI em estado grave

A vítima está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital paraibana.

A vítima foi levada por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena. (Foto: Walla Santos (arquivo))

O piloto de avião, 31 anos, baleado em um restaurante, no bairro Cabo Branco, em João Pessoa, continua internado em estado grave, conforme apurou o ClickPB junto a assessoria de comunicação da unidade de saúde, neste sábado (28). Ele está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital paraibana.

O crime aconteceu na tarde dessa sexta-feira (27), por volta das 14h40, no restaurante Olho de Lula. A vítima foi levada por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena. Foi entubado e foi levado para a ala de primeiros atendimentos em urgência.

Testemunhas contaram que um homem chegou em um carro e descarregou uma arma atirando contra a vítima, que estava na mesa próxima da janela de vidro do restaurante. O suspeito ainda não foi identificado. Uma câmera da Semob-JP registrou o socorro ao homem baleado no restaurante.

Salgueiro é único pernambucano a avançar na Série D

Floresta goleou o Afogados por 5 x 1

O Central não conseguiu avançar de fase no Campeonato Brasileiro da Série D. Nesta sexta-feira (27), a Patativa fez sua parte e venceu o Jacyobá por 3×0, no Lacerdão, mas viu o Coruripe vencer o Vitória da Conquista e tirar a vaga caruaruense no Grupo A4 da competição. Mais folgado, o Salgueiro já estava com a vaga garantida e mesmo assim venceu o Guarany de Sobral. O terceiro pernambucano na Quarta Divisão, Afogados da Ingazeira, ficou pelo caminho.

CARCARÁ – Mais para dentro do estado, o Salgueiro recebeu o Guarany de Sobral, no estádio Cornélio de Barros e venceu por 2×0. Os gols do Carcará foram marcados no segundo tempo, por Cezinha, que tinha acabado de entrar em campo, aos 26, e Daniel Passira, aos 45.

O resultado levou o time do sertão pernambucano a 26 pontos, se mantendo na vice-liderança do Grupo A3, com apenas dois pontos a menos que o América-RN. Pela colocação, o Carcará decide a próxima fase em casa. No mata-mata, o Salgueiro encara o Vitória da Conquista, 3º colocado com Grupo A4.

O Salgueiro luta para voltar a Série C do Campeonato Brasileiro, após ser rebaixado na temporada 2018. O Carcará havia conquistado o acesso à Terceira Divisão em 2013.

CORUJA – O Afogados da Ingazeira já não tinha mais chances de se classificar para a próxima fase da Série D e cumpria tabela pelo mesmo grupo do Salgueiro. Na tarde desta sexta-feira, a Coruja enfrentou o Floresta, no Ceará, e foi goleado por 5×1. Marconi abriu para o time da casa e Júnior Juazeiro empatou para a equipe do Sertão do Pajeú. Renê, Luís Soares e Flávio marcaram no segundo tempo para os cearenses, com Heverton fazendo ainda um gol contra no fim do segundo tempo.

O Afogados ficou na 7ª colocação do grupo, com 13 pontos somados em quatro vitórias, um empate e nove derrotas. O Floresta avançou de fase, com 24 pontos na terceira colocação, e encara o Itabaiana na próxima etapa da competição.

“Capturamos alguns crocodilos, mas nenhum tão grande”, contou o biólogo Brent Howze. (Foto: Reprodução)

Um jacaré, de 320 kg, foi encontrado escondido em uma vala de irrigação, próximo a um lago, no estado da Geórgia, nos Estados Unidos.

O animal mede cerca de 4 metros, e possui uma circunferência torácica de 144 centímetros. “Capturamos alguns crocodilos, mas nenhum tão grande”, contou o biólogo Brent Howze.

“No início foi um pouco assustador, dado o seu tamanho e poder. Mas trabalho com um grupo de pessoas incrivelmente talentosas e estávamos bastante confiantes de que poderíamos lidar com a situação”, falou o biólogo.

De acordo com especialistas, o animal já era muito velho. Em decorrência do estado de saúde e a idade do jacaré, os profissionais responsáveis pelo resgate tomaram a decisão de sacrificá-lo.

“É uma situação lamentável, mas a melhor coisa para o animal era abatê-lo. Há apenas uma maneira de um crocodilo viver tanto tempo, evitando os humanos”, finalizou Howze.

A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

 O Brasil registrou 33.506 casos da Covid-19 e 501 novas mortes pela doença nas últimas 24 horas. O país, assim, chegou a 6.238.076 pessoas infectadas pelo novo coronavírus e 171.998 óbitos desde o início da pandemia.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

O jornal Folha de S.Paulo também divulga a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 477, o que representa um aumento de 18% em relação à média de 14 dias atrás.

Sudeste, Sul e Norte apresentam aumento da média móvel de mortes em relação ao dado de 14 dias atrás. Nordeste está em situação de estabilidade e o Centro-Oeste de queda.

O Brasil tem uma taxa de 81,5 mortos por 100 mil habitantes. Os Estados Unidos, que têm o maior número absoluto de mortos (261.874), e o Reino Unido (56.630), ambos à frente do Brasil na pandemia (ou seja, começaram a sofrer com o problema antes), têm 80,2 e 85,2 mortos para cada 100 mil habitantes, respectivamente.

O Brasil havia ultrapassado a taxa da Itália de mortes por 100 mil habitantes (86,1), país com 52.028 óbitos pela doença. Contudo, com a segunda onda que assola a Europa, a Itália voltou a ultrapassar o Brasil.

O México, que ultrapassou o Reino Unido em número de mortos e já contabiliza 102.739 óbitos, tem 81,4 mortes para cada 100 mil habitantes.

Na América do Sul, chama a atenção também o número de mortos por 100 mil habitantes do Peru: 111,6. O país tem 35.685 óbitos pela Covid-19.

A Índia é o terceiro país, atrás apenas de EUA e Brasil, com maior número de mortes pela Covid-19, com 134.699 óbitos. Lá, devido ao tamanho da população, a taxa proporcional é de 10 óbitos por 100 mil habitantes.

Na Argentina, onde a pandemia desembarcou nove dias mais tarde que no Brasil e que seguiu uma quarentena rígida de início, o índice é de 84,1 mortes por 100 mil habitantes (37.432 óbitos).

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (27) apontam 33.873 novos casos confirmados de Covid nas últimas 24h, com 511 novas mortes.

Com isso, o total registrado no balanço federal chega a 6.238.093 casos e 171.971 mortes pela doença desde o início da epidemia no país.

O balanço não abrange novos dados das últimas 24h em Rondônia e Amapá. Segundo a pasta, a situação ocorre devido a uma instabilidade em sistemas da pasta.

Moraes prorroga por 60 dias inquérito que investiga Bolsonaro sobre interferência no comando da Polícia Federal

A decisão, tomada nesta sexta-feira (27), ocorre um dias após Bolsonaro pedir ao ministro que os autos fossem enviados à PF para elaboração de relatório final.

Moraes, no entanto, entendeu que há diligências ainda a serem cumpridas no caso. No mês passado, ele consultou a polícia sobre o estágio das investigações. (Foto: Reprodução)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) — O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), prorrogou por 60 dias o inquérito que apura se houve interferência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no comando da Polícia Federal.

A decisão, tomada nesta sexta-feira (27), ocorre um dias após Bolsonaro pedir ao ministro que os autos fossem enviados à PF para elaboração de relatório final.

Moraes, no entanto, entendeu que há diligências ainda a serem cumpridas no caso. No mês passado, ele consultou a polícia sobre o estágio das investigações.

No mesmo despacho, o ministro pediu ao procurador-geral da República, Augusto Aras, que se manifeste sobre a necessidade do depoimento do presidente.

Bolsonaro comunicou nesta quinta-feira (26) ao STF, em ofício assinado pelo advogado-geral da União, José Levi do Amaral Júnior, que não vai depor no inquérito.

A palavra final sobre a realização da oitiva, no entanto, cabe a Moraes. Na condição de investigado, o presidente pode faltar ao compromisso caso o ministro determine que a PF marque o depoimento.

O inquérito foi aberto no STF em abril, a pedido de Aras, para apurar as acusações do ex-ministro da Justiça Sergio Moro de que o presidente da República tentou interferir na autonomia da PF para proteger familiares e aliados.

Moraes assumiu a relatoria do caso após a aposentadoria do ministro Celso de Mello no mês de setembro. Em um dos últimos atos no tribunal, Celso determinou que Bolsonaro prestasse depoimento presencial e autorizou a defesa de Moro a acompanhar o interrogatório.

O depoimento de Bolsonaro, segundo os investigadores encarregados do caso, é apontado como uma das providências finais da apuração.

O presidente afirmou ainda ao STF que a divulgação do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril “demonstrou completamente infundadas quaisquer das ilações que deram ensejo ao presente inquérito”.

Anexada ao inquérito, a gravação foi apontada por Moro como uma das provas de que Bolsonaro tentou interferir na polícia.

Tão logo assumiu a relatoria do caso, no final do mês passado, Moraes pediu à PF informações sobre as diligências em andamento.

Bolsonaro já fez críticas públicas a Moraes quando o ministro anulou, em decisão individual, a posse de Alexandre Ramagem para o comando da PF após a saída de Moro do governo e de seu indicado, Maurício Valeixo, da chefia da corporação.

Moraes também é relator de outros dois inquéritos sensíveis ao bolsonarismo. Um diz respeito à apuração de atos antidemocráticos realizados por aliados do presidente, e outro investiga a existência de uma rede de disseminação de ataques e ameaças a ministros do STF na internet – esse caso também atinge correligionários do chefe do Executivo.

Serra Talhada registra 19 novos casos positivos de Covid-19

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada informa que foram registrados 19 casos positivos de Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 4.932 casos confirmados.

Os novos casos foram confirmados através de 11 testes rápidos, 03 Swabs e 05 exames particulares. São 07 pacientes do sexo masculino e 12 do sexo feminino, com idades entre menor de 01 e 76 anos.
O município tem 290 pacientes aguardando resultado de exames e 21.518 casos descartados. Quanto à evolução dos casos confirmados, são 4.791 pacientes recuperados, 61 em isolamento domiciliar, 14 em internamento hospitalar, 75 em recuperação e 66 óbitos.

Com Boulos positivo pra Covid, Globo cancela debate em SP

O candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, testou positivo para a Covid-19 nesta sexta-feira (27), a dois dias da eleição do segundo turno para a prefeitura da capital paulista.

De acordo com a assessoria de imprensa do psolista, Boulos está sem sintomas e seguirá os protocolos de isolamento.

“Conforme já noticiado, testei positivo para covid-19, mesmo não tendo sintomas, e estou em isolamento. Já pedimos à Globo para o debate ser mantido de forma virtual. Peço duas coisas: cuidem-se e virem votos até domingo. A virada depende de cada um de nós”, disse em uma rede social.

Na noite desta sexta-feira seria realizado um debate, promovido pela Globo, entre Boulos e Bruno Covas (PSDB), e a campanha do psolista, por conta do diagnóstico positivo para o coronavírus, havia proposto um debate virtual. A emissora, no entanto, decidiu cancelar o encontro.

 

TCE aponta irregularidades em contratos da Secretaria de Educação de Pernambuco

secretário de educação de Pernambuco, Fred Amancio, anunciou o retorno das aulas para o ensino médio

A Secretaria de Educação de Pernambuco terá que rescindir 4.646 contratos temporários de funcionários. O motivo são irregularidades identificadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Nos próximos meses, funcionários de vários níveis diferentes serão desligados. A maioria deles são professores.

O Diário Oficial Eletrônico de quarta-feira (25) traz um termo de ajustamento de conduta (TAC) proposto pelo Ministério Público Estadual (MPPE) e assinado pelo secretário Fred Amâncio.

O TCE apontou que entre as irregularidades havia contratos temporários com professores firmados sem a realização de uma seleção simplificada prévia, o que pode configurar improbidade administrativa.

No TAC, a secretaria se compromete a comprovar até o dia 15 de cada mês a lista de rescisões realizadas. Nos meses de março, abril, maio e junho de 2021, é preciso comprovar ainda o cumprimento da obrigação principal, independentemente de notificação ou aviso prévio.

Até o dia 15 de março do próximo ano, Fred Amâncio deve apresentar um cronograma de rescisão dos contratos temporários ativos, com prazo de duração expirado e firmados sem seleção pública pela secretaria.

Medidas estão sendo tomadas – A Secretaria de Educação e Esportes informou que as medidas já estão sendo tomadas e vão ocorrer até o fim do primeiro semestre de 2021, atendendo aos prazos estipulados pelos órgãos de controle.

 

Por unanimidade, o Pleno do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), negou provimento ao recurso ordinário interposto pelo ex-prefeito de Sertânia, Guga Lins, contra a decisão que julgou irregular sua Gestão Fiscal do Exercício Financeiro de 2015 e aplicou uma multa de R$ 41.760,00 (quarenta e um mil, setecentos e sessenta reais) ao gestor. Com isso, está mantida a decisão anterior do TCE.

Entre as medidas que levaram ao julgamento irregular da gestão fiscal do Governo Guga Lins estão o ‘excesso de despesa com pessoal e o estado de emergência’ e o pagamento das ‘verbas indenizatórias’.

Nos considerandos da decisão votados na Primeira Câmara do TCE, em 19 de junho de 2018, os conselheiros alegam que o chefe do Executivo do Município de Sertânia, Guga Lins, deixou de ordenar ou de promover, na forma e nos prazos da Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF (artigo 23), execução de medida para a redução do montante da Despesa com Pessoal, restando caracterizada infração administrativa prevista no inciso IV do artigo 5º da Lei nº 10.028/00, Lei de Crimes Fiscais.

Na decisão de 2018, o relator da matéria, Conselheiro Ranilson Ramos, apresentou voto pelo julgamento da Gestão Fiscal como regular com ressalvas, mas foi derrotado pelos votos contrários do Conselheiro Presidente, Valdecir Pascoal, e da Conselheira Teresa Duere.

 

Flores: prefeitura decreta fechamento de bares, restaurantes e suspensão de eventos por 20 dias

A prefeitura de Flores, que já havia suspendido as atividades da feira livre por 20 dias decidiu nesta sexta (27) fechar estabelecimentos como bares, restaurantes, churrascarias e clubes por 20 dias.

O Decreto 052/2020 considera “que é dever legal do Gestor Público regulamentar o funcionamento de bares, restaurantes e similares, fazendo-o de modo preservar o interesse público e a saúde da população”.

Ainda que “devido à pandemia COVID -19 há a necessidade de evitar aglomerações de pessoas em todos os segmentos da sociedade”.

Assim, fica suspenso, em todo território do município por 20 vinte dias, contados a partir desta sexta-feira (27) de novembro de 2020, o funcionamento de estabelecimentos e espaços públicos. Estão atingidos pelo decreto bares, restaurantes, churrascarias e similares e clubes sociais.

Ainda estão proibidos pelo mesmo período  eventos e shows de qualquer natureza, atividades esportivas em espaços públicos e privados. Já os estabelecimentos que comercializam comidas prontas, podem funcionar exclusivamente para entregas em domicílio, o chamado delivery.

O prefeito ACM Neto anunciou nesta sexta-feira (27) que o Carnaval de Salvador não acontecerá em fevereiro e está, no momento, suspenso por conta da pandemia de covid-19. “Trabalhei no limite do prazo para tomada dessa decisão”, afirmou Neto. “E ele pode acontecer em outro momento? Tudo vai depender da vacina”, afirmou o prefeito. Ele disse que a possibilidade do Carnaval acontecer em 2021 está condicionada à existência de uma vacina acessível a todos. “Não há data nesse momento prevista. Não há prazo previsto”.

Neto lembrou que sempre defendeu que caso haja a vacina disponível, os prefeitos das principais cidades com Carnaval se reúnam para escolher uma data em comum para a folia. “Agora, nem eu, nem Bruno (Reis, prefeito eleito), nem ninguém, pode estabelecer uma data. Porque essa data dependerá da vacina. Não está claro para ninguém quando vamos ter essa vacina. Quando essa vacina vai ser colocada no bracinho de todos os brasileiros. E ninguém é louco de prever o Carnaval sem a segurança de uma vacina que imunize toda população”, destacou.

Ele disse que esperou até o final de novembro para saber se teríamos alguma ideia do prazo para a vacina. “Ninguém será irresponsável de marcar uma data para o Carnaval sem ter essa clareza”, repetiu. “Não teremos Carnaval em fevereiro. Qualquer outra coisa é especulação, é boato”.

Também presente no evento, o prefeito eleito Bruno Reis falou do combate à pandemia em Salvador. “Em nenhum momento tivemos toque de recolher ou lockdown, sempre isolamento parcial. E desde que foi possível a retomada das atividades estamos dando todo apoio ao setor produtivo da nossa cidade”, avaliou. “Aqui ninguém está falando em segunda onda, se vai chegar ou não. Mas os números estão mostrando o crescimento”, disse.

 

 

Mundo:

Principal cientista nuclear do Irã é assassinado, e comandante militar promete vingança

O governo do Irã disse suspeitar de envolvimento de Israel no atentado, o que pode ampliar a tensão entre os dois países e também com os Estados Unidos.

O presidente Donald Trump é aliado próximo do premiê israelense, Binyamin Netanyahu. (Foto: Reprodução)

BAURU, SP (FOLHAPRESS) – Considerado o maior pesquisador nuclear do Irã, o cientista Mohsen Fakhrizadeh foi morto em um ataque nesta sexta (27). De acordo com a mídia estatal do país, Fakhrizadeh foi alvejado por tiros enquanto viajava em um carro nos arredores de Teerã. Ele foi levado ao hospital, mas não sobreviveu aos ferimentos.

O governo do Irã disse suspeitar de envolvimento de Israel no atentado, o que pode ampliar a tensão entre os dois países e também com os Estados Unidos. O presidente Donald Trump é aliado próximo do premiê israelense, Binyamin Netanyahu.

“Essa covardia -com sérios indícios de participação israelense- mostra uma provocação desesperada para uma guerra pelos [seus] perpetradores”, escreveu Mohammad Javad Zarif, ministro das Relações Exteriores, em uma rede social, sem citar provas. “O Irã apela à comunidade internacional -e especialmente à União Europeia- para acabar com seus vergonhosos padrões duplos e condenar esse ato de terrorismo de Estado.”

Um comandante militar iraniano foi além e prometeu vingança. “Nós vamos atacar como um raio os assassinos desse mártir e faremos eles se arrependerem de seus atos”, disse Hossein Dehghan, que também é conselheiro militar do líder supremo do país, Ali Khamenei.

“Nos últimos dias da vida política de seu aliado [Trump], os sionistas buscam intensificar a pressão sobre o Irã e criar uma guerra completa”, acrescentou o comandante.

Irã e Israel vivem em tensão há décadas, uma vez que o país persa dá apoio a grupos que disputam territórios com Israel, como o Hizbullah, do Líbano. Recentemente, Israel atacou forças militares do Irã na Síria, onde os iranianos dão apoio militar ao ditador Bashar al-Assad.

O ataque desta sexta também deve complicar os planos do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, de se reaproximar do Irã e retomar o acordo nuclear de 2015, abandonado por Trump em 2018.

Nos últimos meses, Israel vem se aproximando de países árabes que se opõem ao Irã, como a Arábia Saudita, com os quais não possuía contatos diplomáticos. Em setembro, o país assinou acordos de normalização de relações com Emirados Árabes e Bahrein.
Em agosto, outro ataque em solo iraniano matou Abu Muhammad al-Masri, considerado o número 2 do grupo terrorista Al Qaeda. Segundo o jornal The New York Times, Al-Masri foi assassinado por dois atiradores de moto, que o atacaram em Teerã enquanto ele dirigia. Os autores do ataque teriam sido enviados por Israel, a pedido de Washington.

Ainda segundo o NYT, Fakhrizadeh era o alvo número 1 do Mossad, o serviço secreto israelense. Ele era apontado como o chefe de um projeto secreto iraniano para dominar o processo de fabricar armas nucleares, segundo agências de inteligência dos EUA e de Israel.

Para obter a bomba, é preciso saber purificar materiais como o urânio em níveis muito elevados, e também construir detonadores de uma explosão nuclear que sejam pequenos o suficiente para serem levados por um míssil, mas robustos para que não se desintegrem antes de atingir o alvo.

Teerã diz há anos que pesquisa a tecnologia nuclear apenas para fins pacíficos, como a geração de energia elétrica, e que as acusações de outros países são infundadas.
O governo dos EUA avalia que o programa que buscava criar a bomba atômica iraniana foi oficialmente suspenso em 2003. E teriam concluído isso a partir da interceptação de emails e mensagens de Fakhrizadeh.

No entanto, havia suspeitas de que o Irã continuava a desenvolver armas nucleares de modo secreto, e Israel era um dos países que mais desconfiavam disso. Em 2011, dois cientistas nucleares iranianos foram mortos quando seus carros foram explodidos. Na época, o Mossad foi apontado como responsável pelas mortes.

Em 2015, Teerã aceitou um acordo para reduzir seu programa nuclear, assinado com os EUA -então sob comando de Barack Obama-, China, Rússia e países europeus. Em troca, obteve alívio de sanções econômicas.

Pelo tratado, o país concordou em enviar ao exterior quase todo o material nuclear que possuía e a colaborar com inspeções internacionais. O governo iraniano, entretanto, não permitiu que Fakhrizadeh fosse interrogado pela Agência Internacional de Energia Atômica. Afirmava que ele era apenas um professor universitário, sem ligação com pesquisas militares.

Os cartórios brasileiros já podem autenticar documentos por meio eletrônico. O novo serviço possibilitará a certificação de cópias de forma online pelo site.

A novidade vem para complementar a digitalização de outros serviços que já estavam sendo prestados na plataforma de atos notoriais eletrônicos chamada e-Notoriado. Entre eles, assinaturas digitais de escrituras, procurações por videoconferência, atas notariais e testamentos, bem como separações e divórcios extrajudiciais.

Segundo o Colégio Notarial do Brasil (CNB), órgão responsável por gerir o módulo da Central Notarial de Autenticação Digital (Cenad), o novo recurso permite “a materialização e a desmaterialização” de autenticações em diferentes cartórios. Dessa forma, torna mais rápido o envio do documento certificado para pessoas ou órgãos, além de verificar de forma segura a autenticidade do arquivo digital.

A Cenad foi é o único meio nacional válido para a autenticação digital de documentos. Para tanto, será necessária a apresentação de um documento originalmente físico, junto a algum cartório de notas, para que ele seja digitalizado para, então, ser enviado para autenticação.

Segundo a presidente do CNB, Giselle Oliveira de Barros, o novo procedimento permite ao usuário trabalhar com o documento eletrônico, mas com segurança jurídica.

“Após o documento ser autenticado pela Cenad, ele pode ser enviado eletronicamente (email, whatsapp ou qualquer outra ferramenta) a órgãos públicos ou pessoas físicas e jurídicas para a concretização de negócios, tendo o mesmo valor que o documento original, físico ou digital, apresentado pelo cidadão”, informou.

Como acessar o serviço
Para acessar esse serviço, “o usuário deve solicitar a autenticação digital a um tabelionato de notas de sua preferência e enviar o documento por e-mail, caso o original seja digital. Se o documento a ser autenticado for físico, é necessário levar o impresso ao cartório para digitalização e autenticação.

Ao receber o documento por meio da plataforma, que segue as normas de territorialidade para distribuição dos serviços, o tabelião verifica a autenticidade e a integridade do documento”, informa o CNB.

A autenticação notarial gera um registro na plataforma, com dados do notário ou responsável que a tenha assinado, a data e hora da assinatura, e código de verificação. “O usuário receberá um arquivo em PDF assinado digitalmente pelo cartório. O envio do arquivo poderá ser feito por e-mail, WhatsApp ou outro meio eletrônico”, finaliza. (Agência Brasil)

Vacinação contra febre aftosa prorrogada em Pernambuco

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro), órgão vinculado à Secretária de Desenvolvimento Agrário (SDA), prorrogou o prazo da campanha de vacinação contra a febre aftosa. Os produtores pernambucanos têm até 15 de dezembro para vacinar bovinos e bubalinos, de zero a 24 meses. A meta desta segunda etapa, que se encerraria no dia 30 de novembro, é imunizar 662.750 animais.

Além de garantir a vacinação, os produtores devem declarar todos os animais de sua propriedade, inclusive os que estão fora da faixa etária da campanha. A declaração é obrigatória e deve ser efetuada até 31 de dezembro nos escritórios da Adagro ou pela internet no Sistema de Integração Agropecuária (Siapec 3), disponível no site www.adagro.pe.gov.br .

“Em virtude das restrições causadas pela pandemia recebemos autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para prorrogar a campanha que alcançou uma imunização de 41,79%. Temos mais 15 dias e esperamos imunizar mais de 90% do rebanho para continuar com o status de área livre de febre aftosa com vacinação”, explicou o presidente da Adagro, Paulo Roberto Lima.

A Adagro reforça que quem não vacinar e/ou não declarar paga multa, fica impedido de emitir a GTA (Guia de Trânsito Animal) e não recebe a ficha sanitária que é exigida por instituições bancárias para liberação de linha de créditos para produtor rural.

Na primeira etapa, que aconteceu nos meses de junho e julho, foram imunizados 1.827.41 bovinos e 9.685 búfalos, atingindo uma cobertura de 93,59% do rebanho pernambucano. Mesmo com as medidas de isolamento social, o Estado conseguiu superar os 90% de cobertura vacinal, meta estabelecida pelo MAPA.

blogmarcomontinely

Foto: reprodução

edital do concurso público da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) foi publicado nesta quinta-feira (26) pelo Cebraspe, organizador do certame. São oferecidas 88 vagas e formação de cadastro reserva para ampla concorrência, pessoas com deficiência e negros, distribuídas em diversas especialidades dos cargos de assessor jurídico e analista em Desenvolvimento Regional. Os  salários iniciais são de R$ 8.168,91, com jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

As inscrições poderão ser feitas pelo site do Cebraspe, no período de 1º a 22 de dezembro deste ano, com o pagamento da taxa fixa de R$108,00. As provas (objetivas e discursivas) acontecerão no dia 31 de janeiro de 2021, com duração máxima de 4h30.

Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) foram contempladas com diversas vagas no concurso. As provas, inclusive, poderão ser feitas na cidade pernambucana

Em 2020, o Porto de Cabedelo começou a operar novas cargas tanto para importação quanto para exportação. Além do sal marinho, a Companhia Docas voltou a movimentar o clinker e intensificou a operação de petcoke.

A carga de clinker chegou no Porto de Cabedelo neste mês de novembro por meio do navio graneleiro Orient Trail. (Foto: Divulgação/Secom-PB)

Pela primeira vez, Porto de Cabedelo exporta sal marinho; material vai para Europa

A Companhia Docas da Paraíba vai exportar sal marinho pela primeira vez. O material veio do Rio Grande do Norte e será exportado pelo Porto de Cabedelo no mês de dezembro, com desembarque na Europa. O produto faz parte das novas cargas que a Docas passou ou voltou a operar em 2020.

O armazenamento da carga de sal marinho acontece no Armazém 7. A exportação será do tipo “big bag”. Os big bags são contentores flexíveis de transporte de volumes médios que podem ser usados para armazenar qualquer tipo de granulado ou até mesmo líquidos, com segurança, resistência e maleabilidade máximas.

Em 2020, o Porto de Cabedelo começou a operar novas cargas tanto para importação quanto para exportação. Além do sal marinho, a Companhia Docas voltou a movimentar o clinker e intensificou a operação de petcoke.

A carga de clinker chegou no Porto de Cabedelo neste mês de novembro por meio do navio graneleiro Orient Trail. Foram 28.650 toneladas do material. O clinker é uma espécie de cimento numa fase básica de fabrico. A partir dele, é fabricado o cimento Portland.

O navio que trouxe a carga foi fabricado em 2011 e saiu dos Estados Unidos para o Porto de Cabedelo. A última vez que a Companhia Docas da Paraíba havia feito a operação foi em fevereiro de 2013, quando foram importadas 26.504 mil toneladas.

O petcoke, por sua vez, é uma carga mais conhecida do Porto de Cabedelo, que opera no local há mais de dez anos nos berços 103/105 e 107. Trata-se de um material sólido final rico em carbono que deriva do refino de petróleo e é um tipo do grupo de combustíveis chamado coque. Só em 2020, até o mês de novembro, já foram movimentadas mais de 295 mil toneladas de petcoke em operações no Porto de Cabedelo.

Depois de ir a show em São João do Tigre, secretária de Saúde do município diz em depoimento ao MPF que não sabia que evento seria realizado

Apesar de ter reconhecido que um evento sem máscaras ou controle de temperatura traz prejuízos para a situação epidemiológica, a secretária admitiu que ”passou” pelo show.

Show reuniu multidão sem máscaras nem distanciamento social (Foto: Reprodução)

A secretária de Saúde de São João do Tigre, Maria José Oliveira e Silva, prestou depoimento ao Ministério Público Federal na manhã desta sexta-feira (27) sobre o show da banda Cavaleiros do forró que reuniu uma multidão na cidade para comemorar a eleição do novo prefeito, Márcio Leite (Republicanos). Maria José afirmou que não autorizou o evento e nem sabia que ele seria realizado (confira o depoimento completo abaixo).

Acontece que o prefeito da cidade e marido de Maria José, José Maucélio Barbosa, estava presente no show, sem máscara e sem praticar o distanciamento social. Ao ser questionada sobre isso, a secretária afirmou que só poderia responder por si.

Apesar de ter reconhecido que um evento sem máscaras ou controle de temperatura   logicamente traz prejuízos para a situação epidemiológica, a secretária admitiu que ”passou” pelo show. Ela argumentou ainda que ninguém esperava um evento desse porte.

A secretaria reiterou que sabe que o município está na bandeira amarela e que o evento não poderia ter sido realizado, mas repetiu que não autorizou nada. O município não tem leitos para Covid nem UTI móvel, apenas duas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A rede referenciada do município é a de Campina Grande e João Pessoa.

Em Arcoverde Justiça promove audiência sobre 3º processo de cassação da chapa de Wellington da LW

Publicado 27 de novembro de 2020 | Por Pedro Araújo

Aconteceu nesta quarta-feira na Justiça Eleitoral de Arcoverde, audiência sobre o 3° processo de pedido de cassação da chapa Wellington da LW/Israel Rubis apresentado pela coligação Muda Arcoverde. Trata-se de mais uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) por abuso do poder econômico e político pelos candidatos investigados e a prefeita Madalena Britto (PSB). Em outra AIJE a dupla já teve a chapa cassada em primeira instância e agora aguarda recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral. 

A nova ação baseia-se no descumprimento de deliberações judiciais de primeiro e segundo grau da Justiça Eleitoral de Pernambuco, desrespeito às normas de segurança sanitária e pelos excessos praticados pelos réus (Wellington, Israel Rubis e Madalena Britto), no dia 01 de novembro de 2020, quando os então candidatos promoveram uma carreata cheia de irregularidades.

O total descumprimento das medidas sanitárias durante a realização da carreata foi o que levou a abertura de mais uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral e uma notícia crime. Condenados, os candidatos poderão ter seus registros cassados e ficarem inelegíveis. Nas ações apresentadas argumenta-se que se promoveu ação em evidência contumácia no proceder de desobediência e afronta as decisões da justiça eleitoral e recomendações do Ministério Público pelos réus.

Segundo a ação (0600494-55.2020.6.17.0057), houve ofensa a dignidade da justiça e a autoridade dos seus comandos, abusos de poder político e econômico plenamente configurados.

Apenas quem tiver baixado o app poderá utilizar as funcionalidades no domingo (29).

O eleitor que quiser baixar a ferramenta e-Título para utilizar no segundo turno das Eleições Municipais, no próximo domingo (29), deverá realizar o download até às 23h59 deste sábado (28). Apenas quem tiver baixado o app poderá utilizar as funcionalidades no domingo (29).

O funcionamento do app volta ao normal a partir de segunda-feira (30).

O aplicativo ajuda o eleitor a acessar local de votação, consultar a situação eleitoral, se identificar na seção (se tiver feito biometria) e justificar a ausência.

Atualmente, cerca de 16 milhões de eleitores (mais de 10% do eleitorado) estão cadastrados no e-Título. No primeiro turno das Eleições Municipais de 2020, mais de 2,2 milhões de pessoas justificaram ausência por meio da ferramenta. O Sudeste foi a região onde o app foi mais utilizado: mais de 7,5 milhões de pessoas usaram o aplicativo.

Utilização e segurança

Para fazer o download gratuito do app, basta acessar as lojas on-line Google Play e App Store no seu smartphone ou tablet. Já para validar o aplicativo, é importante que o eleitor preencha os dados corretamente: se houver o preenchimento de alguma informação em discordância com as do cadastro eleitoral, o sistema não aprovará a solicitação de emissão, e assim, o eleitor não poderá utilizar o app.

O documento digital exigirá a resposta do eleitor a uma série de perguntas. Apenas as pessoas que responderem com sucesso a esse desafio poderão usar o aplicativo e suas funcionalidades. Embora soluções de segurança como essa possam tornar a experiência do usuário menos fluida, elas são relevantes para a proteção dos dados do eleitor. Outra mudança de segurança implementada pela Justiça Eleitoral no e-Título foi a necessidade de criação de senha de acesso do eleitor ao app.

Foto no aplicativo

Caso a sua foto esteja disponível no aplicativo você poderá votar utilizando o e-título.

Local de votação e certidões

O e-Título também informa o endereço do local de votação e fornece informações sobre a situação eleitoral, além de permitir que o eleitor emita as certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais. Essas declarações são emitidas por meio do QR Code do aplicativo, o que possibilita a leitura pelo próprio celular.

Justificativa de ausência

Os eleitores que estiverem fora do seu domicílio eleitoral no dia da eleição poderão utilizar o e-Título para justificar a ausência, por meio da geolocalização do aplicativo. Ou seja, o app identificará que o eleitor está fora do município no domingo e vai liberar a justificativa sem necessidade de apresentar documentos. Essa funcionalidade estará disponível somente no dia da eleição, das 7h às 17h.

Para fazer a justificativa fora do dia da eleição, o eleitor deverá apresentar documento comprobatório que motivou a ausência. É possível justificar em até 60 dias após cada pleito (considerando cada turno como uma eleição) ou em até 30 dias após o retorno ao Brasil. Essa justificativa pode ser feita pelo e-Título, site do TSE ou cartório eleitoral.

O TSE processará os pedidos de justificativa o mais breve possível, porém o prazo para registro desta modalidade será até 07 de janeiro de 2021, conforme o calendário eleitoral. Se você tem uma justificativa “deferida” ela servirá como prova da sua quitação para o turno correspondente.

ATENÇÃO

Nenhum dos serviços prestados pelo e-Título é exclusivo do aplicativo. Isso significa que as consultas também podem ser obtidas pelo computador ou junto ao cartório eleitoral. Além disso, é possível acessar serviços e informações por meio do chatbot, o Tira-Dúvidas Eleitoral, no Whatsapp. Basta salvar o número: (61) 9637-1078 e iniciar uma conversa.

Os candidatos à Prefeitura de João Pessoa, Cícero Lucena e Nilvan Ferreira têm o mesmo tempo de veiculação das propagandas eleitorais.

Propaganda eleitoral termina nesta sexta-feira no rádio e TV (Foto: Reprodução)

A propaganda eleitoral gratuita nas emissoras de rádio e nas emissoras de televisão do segundo turno da eleição municipal de João Pessoa termina nesta sexta-feira (27). Os candidatos à Prefeitura de João Pessoa, Cícero Lucena e Nilvan Ferreira têm o mesmo tempo de veiculação das propagandas eleitorais.

O segundo turno das eleições municipais acontece neste domingo (29).

Para a grade de exibição das inserções, a veiculação da propaganda de Cícero Lucena virá em primeiro lugar, por ter sido o candidato mais votado no primeiro turno, seguida por Nilvan Ferreira.

No rádio, as transmissões acontecem das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10. Já na TV, acontecem das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. 

Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as emissoras de rádio e de TV e os canais de televisão por assinatura tiveram que reservar 25 minutos, de segunda a domingo, para serem usados em inserções de 30 e de 60 segundos, levando-se em conta os seguintes blocos de audiência: entre as 5h e as 11h; entre as 11h e as 18h; e entre as 18h e as 24h.

Devido à pandemia de Covid-19, o TSE adotou inúmeras normas relativas à campanha eleitoral. Uma delas foi a de reduzir o tempo da propaganda gratuita em rádio e TV. A alteração no calendário eleitoral aprovada pelo Congresso Nacional diante da pandemia do novo coronavírus fez com que o segundo turno seja o mais curto da história, com apenas duas semanas de intervalo entre o primeiro e segundo turno de votação.

Dólar é cotado a R$ 5,3346 nesta manhã de sexta-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,36 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,6735.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta sexta-feira (27), está cotado no valor de R$ 5,3346. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,5552.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,36 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,6735.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

 

Votos válidos: Marília  tem 52% e João Campos, 48%

O Datafolha divulgou, nesta quinta-feira (26), o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para prefeito do Recife.

O levantamento foi realizado entre os dias 24 e 25 de novembro e tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes: Marília Arraes (PT), 43% e João Campos (PSB), 40%.

Em branco/nulo: 13%. Não sabem ou não responderam 4%.

Em relação ao levantamento anterior do Datafolha, divulgado em 19 de novembro:

Marília Arraes (PT): tinha 41% e subiu para 43%. João Campos (PSB): tinha 34% e subiu para 40%.

Em branco/nulo: diminuiu de 21% para 13%. Não sabe/não respondeu: saiu de 3% para 4%.

Votos válidos: nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: Marília Arraes (PT), 52% e João Campos (PSB), 48%.

Em relação ao levantamento anterior do Datafolha, divulgado em 19 de novembro:

Marília Arraes (PT) saiu de 55% para 52% e João Campos (PSB) saiu de 45% para 48%.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos.

O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Destaques por segmentos: De acordo com o Datafolha, Marília Arraes leva vantagem entre os homens (46% a 36%) e entre as mulheres ela fica no mesmo patamar de seu adversário, porém numericamente atrás (41% a 43%). Entre os mais jovens, de 16 a 24 anos, ela abre distância (47% a 33%). Na faixa seguinte, de 25 a 34 anos, a petista tem 43%, ante 41% do candidato do PSB.

No eleitorado de 35 a 44 anos, Campos fica numericamente à frente (45% a 37%), e entre quem tem de 45 a 59 anos as posições se invertem, com a deputada do PT abrindo vantagem (48% a 34%). No grupo de eleitores mais velhos, com 60 anos ou mais, o candidato do PSB tem 44% e Marília, 43%.

Na parcela com escolaridade fundamental, Campos tem 48%, ante 42% da adversária. Entre eleitores com escolaridade média, Marília Arraes obtém 42%, ante 39% do deputado do PSB, e entre os mais escolarizados a candidata do PT lidera (47% a 32%). No segmento com renda familiar de até dois salários, que contempla 58% dos eleitores, Campos tem 44% das intenções de voto, ante 40% de Marília. Na faixa de renda de dois a cinco salários, a petista passa à frente (52% a 31%), e entre os mais ricos ela mantém a dianteira com menor margem (47% a 34%).

A comparação com o levantamento anterior mostra crescimento mais intenso da candidatura de João Campos entre eleitores de 25 a 34 anos (de 30% para 41%), na faixa de 35 a 44 anos (de 30% para 45%) e entre evangélicos (de 38% para 51%). A deputada Marília Arraes, por outro lado, avançou mais no eleitorado de 45 a 59 anos (de 38% para 48%) e entre eleitores com renda de dois a cinco salários (de 40% para 52%).

É de 87% o índice de eleitores totalmente decididos sobre seu voto para prefeito no domingo (29), no mesmo patamar para aqueles que declaram voto na candidata do PT (88%) e no deputado do PSB (87%). No eleitorado que ainda pode votar em branco ou nulo, 88% estão convictos dessa opção, e 12% ainda podem mudar de ideia.

Entre os que ainda podem mudar seu voto até o dia da eleição, metade (49%) migraria para voto branco ou nulo, e os demais se dividiram entre Campos (28%) e Marília (15%), com 7% de indecisos.

A Margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Entrevistados: 1.036 eleitores do Recife.

Quando a pesquisa foi feita: entre 24 a 25 de novembro. Registro no TRE: PE-06935/2020 com Nível de confiança de 95%.

Contratantes da pesquisa: TV Globo e jornal “Folha de S.Paulo”. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3 pontos, para mais ou para menos.

Brasil chega a 6,2 milhões de casos de Covid-19 em mais um dia com alto número de infecções

As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

O país também documentou 698 mortes pela doença, chegando com isso a 171.497 óbitos desde o início da pandemia. (Foto: Reprodução)

 O Brasil chegou a 6.204.570 de casos de Covid-19, nesta quinta-feira (26), dia em que houve registro de 37.672 infecções pelo novo coronavírus. O país também documentou 698 mortes pela doença, chegando com isso a 171.497 óbitos desde o início da pandemia.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

O jornal Folha ainda divulga a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 479, o que representa um cenário de aumento de mortes em relação à média de 14 dias atrás. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média recente, porém, foi afetada por um apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país e especialistas que os acompanham têm apontado tendências de aumento de casos de Covid-19.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Morre uma das vítimas baleadas em tentativa de assalto na tarde desta quinta-feira em Itapetim

Veículo da transportadora usado pelas vítimas no momento do assalto. Foto: Via WhatsApp
Uma das duas vítimas baleadas após uma tentativa de assalto na tarde desta quinta-feira (26) em Itapetim não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital Maria Rafael de Siqueira em São José do Egito.
De acordo com informações, o rapaz estava sendo transferido para Afogados da Ingazeira juntamente com o seu colega de trabalho que também foi atingido pelos disparos, mas pela gravidade do estado de saúde ele faleceu em São José do Egito. A outra vítima foi levada para Afogados e não há informações sobre o estado de saúde.
O crime
Uma tentativa de assalto na tarde desta quinta-feira (26) deixou duas pessoas baleadas em Itapetim. Dois homens armados e em uma moto tentaram assaltar a Distribuidora Fonte, na Rua Paulo VI, Bairro Paulo VI, e na ação balearam dois entregadores de uma empresa que teriam reagido à tentativa de assalto, após os criminosos tentarem roubar o celular das vítimas.
Segundo informações, os feridos identificados como Alcide e Urbano, foram socorridos para a Unidade Mista Maria Silva e em seguida transferidos para Afogados da Ingazeira.

Caixa Econômica libera pagamento do auxílio emergencial nesta sexta-feira; veja quem recebe

São trabalhadores informais, autônomos, desempregados e MEIs que se cadastraram no aplicativo ou site ou que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico).

A Caixa Econômica Federal libera, nesta sexta-feira (27/11), o pagamento do auxílio emergencial de R$ 300, R$ 600 ou R$ 1,2 mil, a depender do número da parcela (Foto: Reprodução)

A Caixa Econômica Federal libera, nesta sexta-feira (27/11), o pagamento do auxílio emergencial – de R$ 300, R$ 600 ou R$ 1,2 mil, a depender do número da parcela – para 3,6 milhões de pessoas nascidas em abril. É o quinto ciclo de crédito.

São trabalhadores informais, autônomos, desempregados e MEIs que se cadastraram no aplicativo ou site ou que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico).

Desse total, cerca de 200 mil beneficiários recebem o auxílio de R$ 600 (ou de R$ 1,2 mil, em caso de mãe chefe de família). O valor é referente a uma das cinco primeiras parcelas. Além desses, a Caixa Econômica paga o auxílio emergencial extensão de R$ 300 (ou de R$ 600, em caso de mãe chefe de família) a 3,4 milhões de beneficiários.

O crédito será feito na conta Poupança Social Digital. O dinheiro deverá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. No primeiro momento, o auxílio ficará limitado ao uso digital, como pagamento de boletos e contas.

Ciclo 6 de crédito do auxílio emergencial
A instituição financeira realiza também nesta sexta-feira (27/11), o crédito da oitava parcela do auxílio emergencial – de R$ 300, a cota única – a 1,6 milhão de beneficiários do programa Bolsa Família.

O pagamento do benefício obedece ao calendário habitual do Bolsa Família, depositado nos últimos 10 dias úteis de cada mês, de acordo com o Número de Identificação Social (NIS) final do beneficiário. Nesta sexta, a oitava parcela será depositava para o grupo que tem o NIS final igual a 9.

Depósitos
De acordo com o Ministério da Cidadania, os depósitos do crédito seguem até dezembro de 2020. No total, as pessoas poderão receber até nove parcelas, sendo cinco de R$ 600 e outras quatro de R$ 300.

Covid-19: com mais um óbito, Sertão do Pajeú totaliza 197

Flores confirmou um óbito nesta quinta-feira (26).

Por André Luis/Nill

De acordo com os boletins epidemiológicos divulgados pelas secretarias de saúde dos municípios da região nesta quarta-feira (26.11), o Pajeú totaliza 11.326 casos confirmados de Covid-19. 

Portanto, os números de casos confirmados no Pajeú ficam assim: Serra Talhada continua liderando o número de casos na região e conta com 4.913 confirmações. Logo em seguida, com 1.430 casos confirmados está Afogados da IngazeiraTabira conta com 1.071, São José do Egito está com 921, Santa Terezinha tem 455, Carnaíba está com 417 e Triunfo tem 364.

Itapetim tem 286, Flores está com 269, Brejinho está com 209, Calumbi tem 197 casos, Iguaracy tem 177, Quixaba tem 153, Solidão tem  152, Tuparetama tem 134, Santa Cruz da Baixa Verde está com 97 e Ingazeira está com 81 casos confirmados.

Mortes – Com mais um óbito confirmado em Flores, a região tem no total, 197 óbitos por Covid-19. Todas as dezessete cidades da região registraram mortes. São elas: Serra Talhada tem 66, Afogados da Ingazeira tem 19, Carnaíba tem 15 óbitos, Flores tem 13, Triunfo, Tabira e São José do Egito tem 12 cada, Santa Terezinha tem 11, Iguaracy tem 10, Tuparetama tem 8, Itapetim tem 6, Quixaba tem 4, Brejinho tem 3, Calumbi e Santa Cruz da Baixa Verde tem 2 cada e Ingazeira tem 1 óbito.

Detalhes do óbito

Idosa, 84 anos, residente na Rua Agamenon Magalhães (Sítio dos Nunes), apresentando sintomatologia característica de Covid-19, foi admitida na Unidade Dr. Nezinho, em Flores. 

Conforme preconizado foi realizado Coleta de Swab no dia 13/11,  em seguida foi transferida para o Hospital de Campanha Eduardo Campos em Serra Talhada-PE, obtendo resultado Positivo para Covid-19 no dia 19/11, indo a óbito nesta quinta-feira (26), às 06:50h.

Recuperados – A região conta agora com 10.593 recuperados. O que corresponde a 93,52% dos casos confirmados.

Está prevista a organização do número de pontos de vacinação, e se ela será feita por agendamento e para quais grupos prioritariamente.

Segundo Dias, a estratégia definida é trabalhar com múltiplas vacinas, “começando pela primeira autorizada pela Anvisa”. (Foto: Reprodução)

 O Ministério da Saúde informou a governadores que o plano nacional de vacinação contra a Covid-19 será divulgado na próxima segunda-feira (30).

O líder do consórcio do Nordeste, o governador Wellington Dias (PT-PI), afirma que serão definidos nessa etapa os preparativos para a vacinação, como as regras de distribuição do medicamento e de armazenagem, além do treinamento das equipes.

Está prevista a organização do número de pontos de vacinação, e se ela será feita por agendamento e para quais grupos prioritariamente.

O governo havia sinalizado aos governadores que estaria pronto para fazer o anúncio na segunda, o que foi confirmado nesta quarta (25).

Segundo Dias, a estratégia definida é trabalhar com múltiplas vacinas, “começando pela primeira autorizada pela Anvisa”.

 

“Em dezembro é prevista a conclusão da terceira etapa de duas vacinas: a Coronavac e Oxford. E o Brasil, como é signatário do consórcio de países com a OMS, pode adotar outras, aprovadas pela OMS”, disse.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta quarta (25), foram registrados 08 casos para covid – 19 em nosso município. Desses, 07 já estavam em investigação.

São 06 pacientes do sexo feminino com idades de 25, 29, 37, 43, 65 e 83 anos; e 02 do sexo masculino, com idades de 05 meses e 36 anos. Entre as mulheres: 02 profissionais da saúde, 02 sem informação, 01 aposentada e 01 agricultora. Já entre os homens: 01 menor e 01 motorista. 
Hoje, 63 pacientes apresentaram resultados negativos para covid-19 em nosso município. 
Entram em investigação os casos de 25 pacientes do sexo feminino, com idades entre 02 e 88 anos, e 16 pacientes do sexo masculino, com idades entre 10 e 88 anos. 
Óbito: paciente do sexo masculino, 55 anos, taxista, hipertenso, estava internado no Hospital Eduardo Campos em Serra Talhada e faleceu após complicações da covid -19. Nossos sentimentos a todos os familiares e amigos. 
Nesta quarta, 07 pacientes apresentaram cura após avaliação clínica e epidemiológica. O município atingiu a marca de 1354 pessoas (96,09%) recuperadas para covid-19. Atualmente, 36 casos estão ativos.
O município atingiu a marca de 7.127 pessoas testadas para covid-19, o que representa 19,12 % da nossa população testada. 
Casos leves x SRAG/covid- 19: 
Leves (1352 casos), 96,30% SRAG (57 casos), 3,7 %.

Colisão no interior de São Paulo entra para a história como uma das maiores tragédias rodoviárias do país

Esse elevado número de mortes em um único evento rodoviário não é comum e costuma ocorrer justamente em casos que envolvem ônibus.

A última grande tragédia no estado de São Paulo ocorreu em 2016, quando um ônibus que levava estudantes tombou em uma pedra e capotou na rodovia Mogi-Bertioga e 18 pessoas morreram. (Foto: Reprodução)

 A colisão entre um caminhão e um ônibus no interior de SP que deixou ao menos 41 mortos entra para a história como uma das maiores tragédias rodoviárias do Brasil.

O incidente ocorreu na manhã desta quarta-feira (25) entre Taguaí e Taquarituba, na rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, por volta das 7h, após o ônibus, que transportava funcionários de uma empresa, bater no caminhão que trafegava em sentido oposto.

Esse elevado número de mortes em um único evento rodoviário não é comum e costuma ocorrer justamente em casos que envolvem ônibus.

A última grande tragédia no estado de São Paulo ocorreu em 2016, quando um ônibus que levava estudantes tombou em uma pedra e capotou na rodovia Mogi-Bertioga e 18 pessoas morreram. Em 2016, o resultado da perícia apontou falha nos freios e falta de manutenção. O ônibus, da União do Litoral, era fretado pela Prefeitura de São Sebastião para fazer o trajeto da cidade do litoral norte até a Universidade de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo.

Um dos maiores incidentes rodoviários da história ocorreu também em São Paulo, há 60 anos, também com estudantes. O evento ficou conhecido como Tragédia do Rio Turvo, quando um ônibus, que levava alunos de uma escola de São José do Rio Preto até Barretos, caiu de uma ponte no rio, e 59 das 64 pessoas que estavam no veículo morreram. Todos os anos uma missa é feita para lembrar as vítimas da tragédia.

Também no estado de São Paulo ocorreu outra grande tragédia há 22 anos. Em setembro de 1998, próximo à cidade de Araras (SP), 55 pessoas morreram após um caminhão carregado de combustível tombar e explodir.

Dois ônibus que levavam romeiros de Anápolis (GO) tentaram atravessar a fumaça e também foram atingidos pelo fogo, além de um caminhão que levava bebidas. A maioria morreu carbonizada ou pela inalação de fumaça do incêndio. A cidade de Anápolis tem hoje uma Praça dos Romeiros, em homenagem às vítimas da tragédia.

Além desses eventos, dez anos antes, em 1988, dois ônibus colidiram na altura de Paranapanema (SP). Um dos veículos caiu de uma ribanceira na represa de Jumirim e 39 pessoas morreram.

Naquele mesmo ano, um caminhão pau-de-arara capotou e caiu em um precipício em Cachoeira (BA) e 67 romeiros morreram.

Em 1987, a colisão entre dois ônibus e um carro na BR-040, que liga Belo Horizonte ao Rio, deixou 62 pessoas mortas, todos eram romeiros.

Neste ano, 4.085 pessoas foram vítimas do trânsito no estado de São Paulo de janeiro a outubro, menos que os 4.514 do ano passado no mesmo período. O principal fator de queda dessa número, no entanto, foi a pandemia de Covid-19, que retirou gente das ruas, já que até março, antes das medidas de distanciamento social, a tendência era de alta.

A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete. (Foto: Reprodução)

 O Brasil registrou 45.449 casos da Covid-19, somente nesta quarta-feira (25). O país, assim, chegou 6.166.898 pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Foram documentadas também 620 mortes pela doença, o que elevou o total de óbitos para 170.799.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

O jornal Folha de S.Paulo também divulga a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 472, o que representa um cenário de aumento de mortes em relação à média de 14 dias atrás. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média recente, porém, foi afetada por um apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país e especialistas que os acompanham têm apontado tendências de aumento de casos de Covid-19.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Nos votos válidos, que excluem brancos, nulos e indecisos, João Campos tem 51% e Marília Arraes, 49%, e estão empatados dentro a margem de erro. Levantamento foi feito entre os dias 23 e 25 de novembro.

G1-PE

O Ibope divulgou, nesta quarta-feira (25), o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para prefeito do Recife. O levantamento foi realizado entre os dias 23 e 25 de novembro e tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes: João Campos (PSB): 43%; Marília Arraes (PT): 41%; em branco/nulo: 15%; não sabe/não respondeu: 2%.

Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado em 18 de novembro: João Campos (PSB): tinha 39% e subiu para 43%; Marília Arraes (PT): tinha 45% e desceu para 41%; em branco/nulo: se manteve em 15%; não sabe/não respondeu: subiu de 1% para 2%.

De acordo com o Ibope, persiste um empate técnico entre os candidatos, mas agora com a inversão da vantagem numérica em relação à pesquisa anterior. A diferença entre ambos é de apenas dois pontos percentuais e menor que a margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais.

Votos válidos

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: João Campos (PSB): 51%; Marília Arraes (PT): 49%. 

Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado em 18 de novembro: João Campos (PSB): tinha 47% e subiu para 51%; Marília Arraes (PT): tinha 53% e caiu para 49%.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Intenção de voto espontânea: João Campos (PSB): 40%; Marília Arraes (PT): 38%; outros 1%; branco/nulo: 18%; não sabe/não respondeu: 4%.

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos; entrevistados: 1.001 eleitores do Recife; Quando a pesquisa foi feita: entre 23 e 25 de novembro; registro no TRE: PE‐04600/2020; Nível de confiança: 95%; contratantes da pesquisa: TV Globo e “Jornal do Commercio”.

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3 pontos, para mais ou para menos.

O ídolo do futebol argentino Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira em Buenos Aires. Aos 60 anos, completados no mês passado, ele trabalhava como técnico do Gimnasia Y Esgrima de La Plata e lutava contra uma série de problemas de saúde. Ele morreu depois de sofrer parada cardiorrespiratória.

Maradona tinha deixado o hospital havia duas semanas após ser internado para tratar de um hematoma no cérebro. Depois disso, o camisa 10 da Argentina foi levado para casa, na cidade de Tigre, região metropolitana de Buenos Aires, para terminar sua recuperação. A recomendação médica era para que Maradona cuidasse principalmente da dependência química de remédios e de álcool. Seu médico chegou a dizer que ele precisava se cuidar. Maradona não queria fazer o tratamento e tentou deixar o hospital antes do tempo.

O ex-jogador estava em sua casa quando se sentiu mal. Familiares e funcionários chamaram uma ambulância para socorrê-lo, mas ele morreu antes mesmo da chegada do veículo da emergência. O presidente da Argentina, Alberto Fernández, decretou três dias de luto no país. A Argentina vai parar para chorar a morte de Maradona.

POLÊMICO E GÊNIO

Polêmico e gênio da bola, o argentino transcendeu o universo do futebol e entrou para a história como um dos maiores de todos os tempos e até mesmo pelas polêmicas com Pelé. Maradona nasceu no dia 30 de outubro de 1960 e passou a infância em Villa Fiorito, na periferia de Buenos Aires. Ali, começou a se destacar por sua habilidade com a bola nos pés. Nesta época, o seu maior ídolo era o brasileiro Roberto Rivellino, canhoto como ele. No livro Yo Soy el Diego de la Gente, ele reverencia o brasileiro. “Sempre o menciono como um dos maiores. Ele teve elegância e rebeldia. Ele se rebelou contra os poderosos”, dizia Maradona. Na Copa de 70, então com dez anos, Maradona ficou encantando com os “elásticos” de Rivellino, no México.

Quase duas décadas depois, também no México, foi a vez de ele se consolidar como uma estrela do futebol, quando como capitão da seleção argentina levantou a taça da Copa do Mundo em 1986. Foi lá que marcou seus gols mais famosos: o polêmico a “mão de Deus” e outro no qual saiu driblando os adversários desde o meio de campo, ambos contra a Inglaterra.

Na Argentina, Maradona despertou devoção e paixões a ponto de alguns fãs criarem a Igreja Maradoniana, cujos fiéis o consideram seu deus. “Gostaria de ver Diego para sempre, driblando por toda a eternidade”, cantou a banda de rock Ratones Paranoicos, em uma das dezenas de canções feitas em homenagem ao camisa 10.

Pela seleção argentina, ele chorou de raiva ao receber a medalha de vice-campeão na Copa do Mundo da Itália, em 1990. Jogou outros dois Mundiais: Espanha-1982 e Estados Unidos-1994, quando pronunciou a frase “cortaram minhas pernas”, depois de testar positivo no controle antidoping para efedrina, em meio a um momento de renascimento no futebol. Mais tarde, como treinador, comandou a seleção nacional entre 2008 e 2010, até a Copa do Mundo na África do Sul, com Lionel Messi em campo. Mas seu destino foi selado com uma dura derrota para a Alemanha nas quartas de final.

Subiu para 41 o número de mortos no acidente que ocorreu na manhã desta quarta-feira em Taguaí, São Paulo. A informação foi confirmada pela Polícia Militar de São Paulo. A colisão entre um ônibus corporativo e um caminhão ocorreu por volta das 7h da manhã no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho. Há cerca de 15 feridos, mas o número total de pacientes com necessidade de atendimento ainda é indeterminado.
De acordo com informações preliminares, o ônibus teria tentado ultrapassar outro veículo quando bateu de frente com o caminhão. A rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho segue interditada para atendimento da ocorrência. Três unidades de saúde estão em alerta para o recebimento de feridos. Corpo de Bombeiros e polícia militar está no local ainda na operação de remoção de pessoas das ferragens dos veículos.
Em entrevista à CNN Brasil, o porta-voz da PM, tenente Alexandre Guedes informou que o local é de difícil acesso e que este é o maior acidente do ano com vítimas fatais. O ônibus levava cerca de 50 trabalhadores de uma empresa têxtil de jeans.
Em nota, a administração municipal de Taguaí decretou luto oficial de três dias. O texto diz: “Hoje a cidade amanheceu com a triste notícia de um acidente envolvendo um caminhão e um ônibus com trabalhadores de confecção que vinham de Itaí e Taquarituba para Taguaí. Informações mais detalhadas ainda estão sendo apuradas pelos órgãos competentes. Externamos nossos sinceros sentimentos às famílias, amigos, à empresa e colegas de trabalho destes que se foram. Dia triste”.

Folha Política

A essa altura do campeonato, quando a tática do PSB de esgarçar as fragilidades do PT se mostra consolidada, surge, no partido, um eco maior dos que defendem a entrega dos cargos que a sigla ocupa na gestão Paulo Câmara.

O senador Humberto Costa, por exemplo, que já havia defendido a devolução do espaço na Prefeitura do Recife, entregue por Oscar Barreto, ainda no 1º turno, não faz objeção à possibilidade de o partido abrir mão da cota da qual dispõe no Governo do Estado. Ele atribui, no entanto, a decisão, “tanto de entrar como de sair do governo” a um entendimento do Diretório Estadual. “Não tenho apego a esses cargos. Não sei se vale a pena no meio do processo eleitoral, tomar uma decisão, mas não tenho apego algum. O diretório estadual vai discutir”.

Presidente do PT em Pernambuco, Doriel Barros, sublinha a importância do PT para a vitória do governador Paulo Câmara em 2018, e diz que o partido “foi fundamental” para o projeto de reeleição do socialista. Faz referência às alianças em vários municípios no interior do Estado, no 1º turno, e cita Garanhuns, onde Sivaldo Albino, do PSB, foi eleito com o PT na vice.

Explica que pesou, até aqui, “uma leitura de que a presença nossa no governo se dava em função das eleições que disputamos” e reforça: “E, com apoio nosso, Paulo Câmara foi reeleito”. Naquele ano, o PT nacional rifou a candidatura de Marília Arraes em troca de uma neutralidade no PSB no 1º turno da corrida presidencial.

No 2º turno, os socialistas votaram em Fernando Haddad. Doriel explica que esse sentimento em relação à eleição de Paulo Câmara permanece, mas pondera que as coisas, de fato, estão “mais acirradas” entre PSB e PT neste 2º turno. Então, assinala: “Não concordamos com esse tipo de ataque. Agora, o central nesse momento que está em discussão é a disputa pela Prefeitura do Recife e não o Governo do Estado”.

Doriel diz ser preciso “ajudar Marília Arraes a vencer”. O dirigente admite que há uma “agressividade” na direção do PT e pontua: “Mas já nos manifestamos, não concordamos e não aceitamos”. Avisa, então, que eventual entrega dos cargos vai ao debate após o pleito. “Passadas as eleições, vamos sentar para discutir isso”, informa Doriel. E conclui: “Agora, estamos envolvidos na eleição de 2º turno”. No Governo do Estado, o PT tem em sua cota Secretaria de Agricultura, o Iterpe, EPTI e o IPA.

Sertânia: prefeito do PSB volta a proibir eventos, consumo de bebida alcoólica e futebol

Foto: reprodução

O prefeito de Sertânia Ângelo Ferreira (PSB) foi o primeiro no eixo Pajeú-Moxotó a dar um passo atrás em consequência do relaxamento das medidas contra a Covid-19.

Ângelo assinou hoje o Decreto 041/2020. Ele considera que houve aumento significativo do número de casos em Sertânia além do comprovado aumento da média nacional ds doença.

Ângelo decretou o fim do consumo de bebidas alcoólicas in loco em quaisquer estabelecimentos.

Ainda a proibição de festas de qualquer natureza em ambientes abertos e fechados, sejam clubes, casas de festa ou similares.

Ainda deverão ser fechados parques de diversões, brinquedos em áreas públicas, proibidas atividades esportivas em ginásios, quadras, além de estádios e campos de futebol.

Justiça da Paraíba decide manter prefeito reeleito de Camalaú afastado do cargo

A decisão foi publicada nesta terça-feira (24), no Diário da Justiça eletrônico do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

O gestor foi afastado em agosto no bojo da Operação Rent a Car​, que apura a ocorrência de crimes de falsidade documental, fraude a licitação e desvio de recursos públicos na Prefeitura do Município de Camalaú. (Foto: Walla Santos)

O desembargador Arnóbio Alves Teodósio manteve a decisão por ele proferida que determinou o afastamento do prefeito do Município de Camalaú, Alecsandro Bezerra dos Santos, pelo período máximo de 180 dias. A decisão foi publicada nesta terça-feira (24), no Diário da Justiça eletrônico do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

O gestor foi afastado em agosto no bojo da Operação Rent a Car, que apura a ocorrência de crimes de falsidade documental, fraude a licitação e desvio de recursos públicos na Prefeitura do Município de Camalaú.

 

Na decisão, o desembargador Arnóbio Alves Teodósio não conheceu do Agravo. “Na hipótese sub examine, o objeto da decisão impugnada — fixação de medidas cautelares diversas da prisão (suspensão do exercício de função pública) — não figura no rol taxativo circunscrito no artigo 220 do Regimento Interno do Tribunal de Justiça da Paraíba, razão porque o agravo interno encontra óbice intransponível ao seu conhecimento”, destacou.

Segundo prevê o artigo 220 do Regimento Interno do TJPB, somente caberá Agravo Interno, sem efeito suspensivo, do despacho do relator que conceder, denegar ou arbitrar fiança; decretar a prisão preventiva e recusar a produção de qualquer prova ou realização de qualquer diligência.

A Operação Rent a Car tem alicerce nos autos da ação penal movida pelo Ministério Público estadual em desfavor de agentes públicos, dentre eles o prefeito de Camalaú e de outros investigados, que uniram esforços no sentido de planejar e executar engenho voltado para desviar recursos públicos, processado após prévia emissão de documentos falsos e locação fraudulenta de veículos do prefeito (uma caminhonete 4X4, ano 2017, e um caminhão, ano 1973), registrados em nome de “laranjas”, cujos contratos revelaram prejuízo ao erário no valor de R$ 314.690,62.

Segundo a investigação, desde o início da gestão do atual prefeito, em 2017, os veículos são sistematicamente locados ao Município de Camalaú, após prévio direcionamento de processos de licitação, especialmente modelados para tal finalidade. A caminhonete foi adquirida, “zero KM”, junto a uma concessionária de Caruaru, em março de 2017, pelo valor de R$ 165.000,00. Destes, R$ 110.000,00 foram pagos por meio de transferência bancária de conta titularizada pelo próprio prefeito. Em contrapartida, o município de Camalaú já pagou, pelo menos, R$ 140.902,00 pelos contratos de locação. Ainda de acordo com o MPPB, a pick-up era vinculada ao gabinete do prefeito. Assim, o gestor fazia gozo de seu veículo, enquanto que o Município de Camalaú arcava com os custos da locação.

Da decisão cabe recurso.

Ibope: Cícero Lucena tem 44% das intenções de voto e Nilvan Ferreira, 36%, na disputa pela Prefeitura de João Pessoa

Os votos brancos e nulos somam 16% do total dos eleitores entrevistados. Já 3% responderam que não sabem em quem vão votar no segundo turno.

Os candidatos Cícero Lucena e Nilvan Ferreira disputam o segundo turno da disputa para a Prefeitura de João Pessoa (Foto: Reprodução)

A pesquisa Ibope contratada pela TV Cabo Branco e divulgada nesta terça-feira (24) indicou 44% das intenções de voto no segundo turno em João Pessoa para o candidato Cícero Lucena. Já Nilvan Ferreira, alcançou 36% das intenções de voto na pesquisa estimulada.

Faltando cinco dias para o pleito, o resultado foi divulgado na 2ª edição do JPB, apresentado pela jornalista Larissa Pereira. Também foram divulgados os números da pesquisa de votos válidos — saiba mais.

Os votos brancos e nulos somam 16% do total dos eleitores entrevistados. Já 3% não sabem ou não responderam em quem vão votar no segundo turno. No próximo domingo (29) acontece o segundo turno das eleições em João Pessoa, que definirá o próximo prefeito a governar a cidade entre 2021 e 2025.

A pesquisa eleitoral PB-09276/2020 foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e tem como estatística responsável é Márcia Cavallari Nunes, segundo apurou o ClickPB. Os eleitores entrevistados foram ouvidos entre o dia 18 de novembro e 24 de novembro. O Ibope entrevistou 602 eleitores da capital paraibana. 

De acordo com o registro no TSE, o nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

A Metodologia utilizada foi a de pesquisa quantitativa, que consiste na realização de entrevistas pessoais, com a aplicação de questionário estruturado junto a uma amostra representativa do eleitorado em estudo.

Norte e Nordeste são as únicas regiões do país com quadros de estabilidade da média móvel de mortes. Todas as demais se encontram com média móvel crescente.

Na América do Sul, chama a atenção também o número de mortos por 100 mil habitantes do Peru: 111,4. O país tem 35.641 óbitos pela Covid-19. (Foto: Reprodução)

 O Brasil chegou aos 170.179 mortos pela Covid-19 e aos 6.121.449 de casos da doença. Nesta terça-feira (24), o país registrou 638 óbitos e 33.445 pessoas infectadas.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S. Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 491, o que representa um cenário de aumento de mortes em relação à média de 14 dias atrás. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média recente, porém, foi afetada por um apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país e especialistas que os acompanham têm apontado tendências de aumento de casos de Covid-19.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S. Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Norte e Nordeste são as únicas regiões do país com quadros de estabilidade da média móvel de mortes. Todas as demais se encontram com média móvel crescente.

Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina e São Paulo têm aumento das médias móveis de mortos pela Covid-19, em relação ao dado de 14 dias atrás.
Amapá, Bahia, Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Sergipe estão em situação de estabilidade da média. Os demais estados apresentam queda.

O Brasil tem uma taxa de 81,2 mortos por 100 mil habitantes. Os Estados Unidos, que têm o maior número absoluto de mortos (259.256), e o Reino Unido (55.935), ambos à frente do Brasil na pandemia (ou seja, começaram a sofrer com o problema antes), têm 79,4 e 84,2 mortos para cada 100 mil habitantes, respectivamente.

O Brasil havia ultrapassado a taxa da Itália de mortes por 100 mil habitantes (84,9), país com 51.306 óbitos pela doença. Contudo, com a segunda onda que assola a Europa, a Itália voltou a ultrapassar o Brasil.

Médico Simão Pedro Reinaldo morre em João Pessoa vítima de covid-19

Ele seria em breve pai do seu segundo filho. De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, a esposa de Simão também é médica, na mesma área.

Simão Pedro Carcará estava há 40 dias na UTI do hospital em que trabalhava em João Pessoa. (Foto: reprodução)

O médico ginecologista e obstetra Simão Pedro Carcara Reinaldo de Sousa, de 35 anos, morreu vítima da Covid-19 nesta terça-feira (24) em João Pessoa. Simão estava internado há 40 dias na UTI do hospital em que trabalhava.

Ele seria em breve pai da segunda filha. De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, a esposa de Simão também é médica, na mesma área. 

Segundo informações preliminares, o corpo será cremado em João Pessoa e a cinzas serão levadas para a terra natal em Teresina, onde acontecerá a cerimônia reservada apenas para familiares. 

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba divulgou uma nota de pesar pela perda do profissional que era reconhecido em toda a região. “Neste momento de tristeza, o CRM-PB presta solidariedade e condolências aos familiares e amigos.”

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta terça (24), foram registrados 02 casos para covid – 19 em nosso município.

São 02 pacientes do sexo feminino, de 12 e 46 anos. Uma é estudante e a outra é copeira. 
Hoje, 19 pacientes apresentaram resultados negativos para covid – 19 em nosso município. 
Entram em investigação os casos de 25 pacientes do sexo feminino, com idades entre 15 e 87 anos; e os de 17 pacientes do sexo masculino, com idades entre 08 e 73 anos. 
Hoje, 19 pacientes apresentaram cura após avaliação clínica e epidemiológica. O município atingiu a marca de 1.347 pessoas (96,14%) recuperadas para covid – 19 em nosso município. Atualmente, 36 casos estão ativos.
O município atingiu a marca de 7.039 pessoas testadas para covid-19, o que representa 18,89 % da nossa população testada. 
Casos leves x SRAG/covid- 19: 
Leves (1344 casos), 95,93% SRAG (57 casos), 4,07 %.
Afogados de luto, com a morte de Marcos de Israel conhecido por “Marcos Taxista”, faleceu no início da noite desta terça-feira (24) na cidade de Serra Talhada, onde estava internado no hospital de campanha com Covid-19. Devido as complicações, a família do taxista havia feito campanha para doação de sangue, mas Marcos veio a óbito antes mesmo do procedimento.

A família de Marcos Taxista informou que o mesmo faleceu em Serra Talhada. 

Segundo informações, ele tinha dado entrada no hospital por estar com Covid-19. existia uma campanha para doação de sangue para Marcos, que iria fazer hemodiálise.
O Mais Pajeú se solidariza com a família e amigos enlutados.

A restrição é válida no período de cinco dias antes do pleito e 48 horas depois da votação. ​

A exceção acontece quando houver flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável e ainda por desrespeito a salvo-conduto. (Foto: Pixabay)

Os eleitores e candidatos que moram nas cidades que terão segundo turno das eleições municipais não podem ser presos a partir desta terça-feira (24). A restrição é válida no período de cinco dias antes do pleito e 48 horas depois da votação. 

O segundo turno das eleições acontece no próximo domingo (29). Cerca de 38 milhões de pessoas estão aptas a votar no segundo turno, que ocorrerá em 57 cidades do país, das quais 18 são capitais, incluindo João Pessoa. 

A exceção acontece quando houver flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável e  ainda por desrespeito a salvo-conduto. O Código Eleitoral prevê que a prisão em fragrante delito configura-se não apenas aos crimes eleitorais, a exemplo da compra de voto, boca de urna ou transporte irregular de eleitores, como também aos crimes comuns. 

Também existe a proteção aos eleitores que sofrerem violência moral ou física, que é a ordem de salvo-conduto e que pode ser expedida por juiz eleitoral ou presidente da mesa receptora. Quem desobedecer a ordem de salvo-conduto pode ser preso por até 5 dias, mesmo não sendo em flagrante. O salvo-conduto que está previsto no artigo 235 e serve para garantir a liberdade de voto.

O crime em flagrante está previsto no artigo 302 do Código de Processo Penal como sendo, de quem for encontrado cometendo o crime, acabou de cometê-lo, for perseguido logo após situação em que se presuma haver cometido ilícito penal, ou, for encontrado com elemento ou instrumentos, por exemplo, armas, que indique possibilidade de ter sido autor de delito.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira deu início na noite de ontem (23) a novos cursos de qualificação profissional. Dessa vez os cursos ofertados são nas áreas de estoque e mecânica de motos. A aula inaugural ocorreu no auditório da FASP e contou com as presenças do Prefeito José Patriota, do vice, Alessandro Palmeira, e da secretária de administração, Flaviana Rosa.

Os cursos serão realizados em uma parceria da Prefeitura com a Secretaria Estadual de Emprego, trabalho e qualificação, SENAC, SEBRAE e SENAI. 
A Prefeitura de Afogados já promoveu a realização de 95 cursos de qualificação durante a gestão Patriota, beneficiando mais de duas mil pessoas. “Essa parceria com o sistema S tem sido fundamental para a oferta de novos cursos. E agora, com a nossa central de oportunidades, iremos conectar a demanda e a oferta de vagas de trabalho disponíveis em Afogados,” destacou o Prefeito José Patriota.
“Essa é uma grande oportunidade para aqueles que estão no mercado de trabalho e também para aqueles que estão à procura de um emprego. Vamos continuar com esse trabalho, ampliando a oferta de cursos e buscando conectar os nossos jovens ao primeiro emprego,” finalizou o vice-prefeito, Alessandro Palmeira.

Na primeira pesquisa de intenções de voto para o segundo turno da disputa pela Prefeitura do Recife, realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com a Folha de Pernambuco, Marília Arraes (PT) aparece com 54% dos votos válidos (excluídos os brancos e nulos) e João Campos (PSB), com 46%. A margem de erro máximo estimada do estudo é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com a utilização de um intervalo de confiança de 95,45%. 
Na levantamento estimulado, Marília Arraes registra 44% das citações e o postulante do PSB soma 38% das menções. Assim, o desempenho de Marília Arraes pode variar de 40,5% a 47,5%, enquanto Campos pode acumular de 34,5% até 41,5% das intenções de voto. Os eleitores que afirmaram votar branco, nenhum ou ainda anular o voto são 14%. Já os que não sabem ou não responderam são 4%. 
Rejeição
A pesquisa Folha/Ipespe também avaliou o índice de rejeição dos prefeituráveis, que é quando os eleitores afirmam que “não votariam de jeito nenhum” no candidato. Nesta questão, João Campos soma 42% das citações e Marília Arraes aparece com 38%.
Já os recifenses que declaram que “votariam em qualquer um dos dois” ou “não rejeitam nenhum dos dois” são 18%. Não sabem ou não responderam somam 7%. (Folha de PE)

Apresentados pelo consórcio de veículos de imprensa, os dados desta segunda registram 344 mortes pela Covid-19 e 17.585 casos da doença.

O Brasil apresenta, nesta segunda-feira (23), média móvel de mortes por Covid-19 de 496, um panorama de crescimento de 47% em relação a 14 dias atrás, quando era de 338.

Apresentados pelo consórcio de veículos de imprensa, os dados desta segunda registram 344 mortes pela Covid-19 e 17.585 casos da doença. Com isso, o país chegou a 169.524 óbitos e 6.086.923 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

Aos domingos e segundas-feiras, os números costumam ser menores, devido a atrasos de notificação nas secretarias de saúde.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 494, o que representa um cenário de aumento de mortes em relação à média de 14 dias atrás. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média, porém, foi afetada por um recente apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país têm mostrado tendências de aumento de casos de Covid-19.
Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Sérgio Mallandro cai em golpe e perde bolada após investimentos em empresa suspeita

Acho que eu caí na pegadinha do Mallandro. Nunca tive retorno desse dinheiro”, disse ele sem revelar a quantia. (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — Contratado por uma empresa golpista, o ator Sérgio Mallandro, 65, revelou que perdeu um valor alto após fazer investimentos em uma empresa que roubou mais de R$ 170 milhões. O fato foi revelado pelo Fantástico (Globo).

Segundo ele, a empresa estava acima de qualquer suspeita. Ele não fazia a menor ideia de que se tratava de um golpe. “Nunca imaginei que poderia ter tido uma notícia dessa. Fiz investimentos e todo mês tinha relatório mostrando. Acho que eu caí na pegadinha do Mallandro. Nunca tive retorno desse dinheiro”, disse ele sem revelar a quantia.

No esquema de pirâmides financeiras, as vítimas eram atraídas com a promessa de que ganhariam lucros acima do normal em caso de grande adesão. Mas ninguém nunca ganhou.
A Polícia Civil do Rio prendeu Jonas Jaimovick no início de novembro, o dono da empresa e maior suspeito de ser o responsável pelo crime. Ele era considerado foragido desde 2019.

Homem vai apartar briga e acaba morto em Afogados da Ingazeira

Segundo informações, na noite deste domingo (22) aconteceu uma briga em um bar no bairro Sobreira e tinha uma pessoa armada com uma faca. 

Ainda segundo informações Edvaldo, conhecido por Nego de finado Tatai, foi apartar a briga do marido de uma prima dele e acabou sendo atingido, ele foi socorrido, mas veio a óbito na manhã desta segunda (23).
Mais Pajeú

Governo de Pernambuco anuncia pagamento de 13º salário de servidores

Valor será pago no dia 18 de dezembro para mais de 222 mil servidores ativos, inativos e pensionistas

Fotos: Aluísio Moreira/SEI

O governador Paulo Câmara anunciou, nesta segunda-feira (23.11), que o pagamento do 13º salário do funcionalismo estadual será pago em 18 de dezembro. Juntamente com os pagamentos das folhas de novembro e dezembro, isso representa uma injeção de R$ 3,2 bilhões na economia do Estado em um período de 30 dias. Os recursos são um forte propulsor diante da adversidade econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

O Estado possui, atualmente, 122.063 servidores ativos, 74.988 inativos e 25.589 pensionistas, totalizando 222.640 funcionários.

“Este ano tem sido um desafio para todos nós, nos mais diversos setores da administração pública. A expectativa de que teríamos um ano de recuperação fiscal foi mais uma vez frustrada, agora com a crise sem precedentes provocada pela pandemia da Covid-19. Fizemos nosso dever de casa, conseguimos reduzir despesas, além de provocar uma reação da economia a partir da retomada proporcionada pelo nosso plano de convivência. Diante de tudo isso, temos a condição de anunciar que o 13° do funcionalismo estadual será pago no próximo dia 18 de dezembro. Serão mais de R$ 3,2 bilhões injetados na nossa economia em 30 dias, quando consideramos as folhas de novembro e dezembro. Gostaria de agradecer o empenho de todos os servidores nesse ano tão desafiador, em especial aos que contribuíram diretamente para a construção desse resultado”, ressaltou Paulo Câmara.

As folhas de novembro e dezembro totalizam R$ 1,1 bilhão (cada), já o 13º salário representa R$ 1 bilhão. “Pernambuco vem fazendo seu dever de casa. Mesmo diante de uma grave situação econômica, conseguimos realizar mais de R$ 627 milhões em gastos extraordinários que não estavam previstos no orçamento com o combate ao coronavírus, recursos exclusivamente do tesouro estadual”, comentou o secretário da Fazenda, Décio Padilha.

Padilha também ressaltou a queda de arrecadação do ICMS no Estado e os desafios enfrentados para honrar os compromissos.  “Tivemos uma baixa de R$ 400 milhões na arrecadação de ICMS, quando comparamos com o mesmo valor do ano passado. A situação é desafiadora, mas vale lembrar que cortamos R$ 513 milhões em despesas de custeio, principalmente no sentido de priorizar o investimento do Estado na saúde, segurança e educação dos cidadãos”, assegurou. O secretário da Fazenda ressaltou que o primeiro quadrimestre do próximo ano será muito difícil, mas que o Estado está firme e preparado para encarar os desafios de 2021.

A secretária de Administração do Estado, Marília Lins, disse que “mesmo diante de um cenário adverso provocado pela pandemia do novo coronavírus, o governador Paulo câmara vem adotando medidas de enfrentamento e unindo esforços com o objetivo de manter as contas públicas equilibradas para honrar os seus compromissos junto aos servidores públicos”. Segundo ela, o anúncio reflete o compromisso da gestão e é mais uma medida de valorização e estímulo ao fortalecimento da gestão de pessoas no Estado.

População registra passagem de foguete chinês sobre o céu do Sertão do Araripe

Foto: reprodução

Populares registraram a passagem de um foguete chinês na noite desta segunda-feira (23) sobre o céu do Sertão do Araripe. A espaçonave foi lançada pela China na superfície lunar com o objetivo de ser a primeira nação a trazer de volta rochas lunares e amostras de solo em mais de quatro décadas, segundo o The New York Times.

A passagem do foguete pôde ser vista em vários municípios do Ceará, Rio Grande do Norte, Piauí e Bahia. Em imagens obtidas pelo G1, é possível ver, mesmo que de longe, a espaçonave em movimento.

Conforme o New York Times, a missão é a última etapa do programa espacial que a China espera culminar com uma estação de pesquisa lunar internacional e, finalmente, uma colônia humana na Lua por volta de 2030.

O astrônomo Dennis Weaver explica que a “nuvem” brilhante que apareceu no céu “é a ejeção dos gases de queima que dão o empuxo para o foguete sair da Terra com missão para a Lua”.

A confirmação de que se trata de uma aeronave chinesa, segundo o astrônomo, é possível com cruzamento de informações com a rota do foguete.

Ex-senador anunciou sua desfiliação do PTB.

Tomando conhecimento de especulações sobre mudanças no comando do PTB em Pernambuco, que até o presente momento não foram confirmadas, antecipo a minha decisão de me desfiliar em caráter irrevogável do Partido Trabalhista Brasileiro.

Comunico minha decisão, neste momento, ao meu amigo José Humberto Cavalcanti, presidente estadual, ao tempo em que reafirmo a minha irredutível decisão de apoiar a candidatura de Marília Arraes à prefeita, que representa, neste momento, a melhor alternativa para o Recife, interrompendo um já longo, medíocre, e mal sucedido ciclo de gestões do PSB.

Ao longo da minha vida pública, nunca admiti cabresto, nem recebo ordem unida.

Agradeço a todos os companheiros do partido, dirigentes, parlamentares, gestores municipais, vereadores, lideranças e correligionários em geral, que nunca me faltaram, desde que iniciamos essa construção em 2003, sob a liderança do saudoso ex-presidente e empresário, José Carlos Martinez. Estou seguro de que em breves dias, nos reencontraremos.

Armando Monteiro

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel

Escola Monteiro Lobato

 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho

Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!