A alta de preços de quase todos alimentos básicos acumulada nos últimos 12 meses até novembro supera a inflação geral do País, de 3,27% para o período

O tradicional prato feito do brasileiro – arroz, feijão, bife, batata e ovo – está pesando mais no bolso do consumidor. A alta de preços de quase todos alimentos básicos acumulada nos últimos 12 meses até novembro supera a inflação geral do País, de 3,27% para o período. A inflação deve fechar este ano com folga abaixo do centro da meta de 4,25% fixada pelo governo.

“Essas pressões não comprometem a meta de inflação, mas o bolso da população”, afirma André Braz, coordenador do IPC do FGV/ IBRE. Ele destaca que, pelo fato de serem alimentos básicos, a alta do preço da comida castiga mais os mais pobres, especialmente a grande massa de desempregados e subempregados. Nestes casos, a renda do trabalho encolheu ou sumiu.

Continua depois da publicidade

O sinal de alerta de que se alimentar ficou mais caro soou quando o preço da carne vermelha disparou, puxada pela alta de preço do boi no campo. No final do mês passado, a cotação da arroba bateu o recorde de R$ 231, de acordo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Com isso, segundo relatos, alguns cortes da carne bovina chegaram a subir quase 50% nos açougues. Na média nacional, a carne vendida ao consumidor aumentou 14,43% nos últimos doze meses e mais da metade só em novembro, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Analistas consideram que ocorre uma tempestade perfeita no mercado de carne bovina. O aumento de 10% das exportações em volume neste ano, puxada pela China que enfrenta problemas na oferta de proteína animal, atraiu os exportadores que recebem em dólar pelo produto. Somado a isso, o consumo doméstico, que normalmente cresce nesta época do ano por causa da injeção do 13.º salário, ganhou vigor com o dinheiro extra do FGTS.

Clique aqui para ler na íntegra; 

Continue reading

Caminhoneiros confirmam paralisação no dia 16 de dezembro, a partir das 6h. A categoria afirma que “O momento é esse “, pede o apoio da população e critica outras lideranças que estavam dispostas a aderir ao movimento, mas recuaram sem explicar os motivos.

O caminhoneiro Genivaldo de Itabaiana reforça que o atual governo não cumpriu as promessas de campanha. “O que foi que esse governo fez por nós? Virou as costas para os caminhoneiros. Todas as lideranças estavam a favor da paralisação. Alguma coisa aconteceu que todo mundo se calou, como o Chorão e o Júnior de Ourinhos. Não sei se está bom para eles.  Mas para nós não está “, afirma Genivaldo em um vídeo. Quem não quser ir para a rua,sugere, deve permanecer em casa sem usar o caminhão em serviço. 

 

 

Em outro depoimento Sergio Bucar lembra os 11 aumentos consecutivos de gasolina, óleo diesel e gás de cozinha e também pede o apoio da população.  “Convoco a população brasileira. Vamos parar o Brasil. Queremos que na segunda-feira dia 16 às 6horas da manhã já esteja tudo parado “, destaca. 

 

 

Em outro vídeo, Luís Fernando de Mato Grosso do Sul enfatiza que a população não pode aceitar a política de preços da Petrobras.  “Ela enfia os aumentos goela abaixo e o governo diz que não pode intervir. A gente paga impostos.  E a Constituição diz que todo poder emana do povo.  Pedimos o apoio da população “, desabafa. 

Vencedoras do Prêmio Oceanos de Literatura 2019 contam os processos criativos das premiadas obras

 

RECONHECIMENTO LITERÁRIO:

Djaimilia Pereira de Almeida, Dulce Maria Cardoso e Nara Vidal foram anunciadas como as mais recentes vencedoras do concurso no último dia 5 de dezembro, no Itaú Cultural (SP)

 

Dulce Maria Cardoso, com o segundo lugar; Djaimilia Pereira de Almeida, com o primeiro; e Nara Vidal, com o terceiro, ocuparam o pódio da premiação

O resultado do Prêmio Oceanos de Literatura em Língua Portuguesa deste ano ficou marcado pelo ineditismo na própria história da honraria. Pela primeira vez, somente mulheres ocuparam o pódio deste que é um dos reconhecimentos literários mais importantes entre os países cujo idioma é o português.

O nome das vencedoras foi divulgado na última quinta-feira (5), no Itaú Cultural (SP). A instituição atua diretamente na realização do prêmio que, nesta edição, chegou com novidades. O valor total da premiação aumentou e ele passou a contemplar três livros, ao invés de quatro, batendo ainda número recorde de concorrentes.

Foram 1.147 livros de 10 países diferentes, publicados por 314 editoras. O júri inicial, com 72 membros de 5 países, elegeu os 53 livros semifinalistas; o segundo júri, com 9 profissionais de 3 países, selecionou os dez finalistas, até chegar ao nome das escritoras premiadas.

Em entrevista ao Verso, Djaimilia Pereira de Almeida, com o primeiro lugar no concurso; Dulce Maria Cardoso, com o segundo; e Nara Vidal, ocupando o terceiro, dimensionam os processos criativos que culminaram no enredo e projeção das obras agraciadas.

TONALIDADES

Para ler na íntegra clique aqui

Continue reading

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira inicia hoje a construção da nova e moderna Escola Dom Mota, no terreno próximo à antiga estação ferroviária, no Bairro Borges.

Com um investimento de mais de quatro milhões de Reais, em parceria com a União, a Prefeitura vai construir 12 novas salas de aula, beneficiando 780 alunos, que hoje dividem precariamente o espaço da FASP com os alunos de diversas graduações.

A nova escola Dom Mota terá 3.328 metros quadrados de área construída, e contará com uma quadra poliesportiva coberta. Contará ainda com sala de informática, biblioteca, auditório, pátio coberto, acessibilidade, depósito de lixo orgânico e reciclável, cozinha, vestiários, dentre outras benfeitorias.

A ordem de serviço e o início imediato das obras acontecerão acontecem hoje (09), a partir das sete da manhã, no terreno próximo à antiga estação, no Bairro Borges. Confira as imagens projetadas de como ficará a nova escola Dom Mota.

Na manhã da próxima segunda-feira (09.12), o governador Paulo Câmara lança o Programa Ganhe o Mundo Técnico, que contemplará jovens matriculados nas escolas técnicas de Pernambuco. A edição contará ainda com a Inglaterra como novo país de destino.

A primeira edição do PGM Técnico vai embarcar 15 estudantes de 14 Gerências Regionais de Educação espalhadas por todo o Estado para a Bournemouth and Poole College (BPC), onde irão cursar as matérias da base comum (inglês, matemática e educação física) e as disciplinas de conteúdo técnico equivalente aos cursos profissionalizantes em que estão matriculados no Brasil.

À tarde, o governador participa da abertura do Seminário Rádio CBN, no Pina. Em seguida, comandará a abertura do Seminário “Combate à Corrupção: Governança e Integridade no Estado de Pernambuco”. Após a abertura da programação, Paulo Câmara sancionará a lei que dispõe sobre a obrigatoriedade de implantação de um programa de integridade por empresas que contratarem com o Estado.

Empresário e ex-candidato a prefeito de Jaboatão dos Guararapes morre em acidente

Morreu na manhã deste domingo o empresário Adilson de Souza que em 2016 foi candidato a prefeito de Jaboatão dos Guararapes pelo PCO.

Adilson tinha 70 anos e pilotava uma moto, quando perdeu o controle do veículo em uma curva, saiu da pista e colidiu na defensa do canteiro central.

O acidente foi no km 182 da BR 101, em Palmares, no sentido Alagoas. Devido a gravidade dos ferimentos ele morreu no local.

Além da PRF, o Instituto de Criminalística da Polícia Civil esteve no local. (Informações Blog Léo Lima)

 

Além do painel com o ator e a criadora, o público presente no auditório pôde assistir em primeira mão cenas e o trailer final da série. (Foto: Reprodução)

O ator, famoso por interpretar o Superman, é o protagonista de “The Witcher”, nova série da plataforma de streaming, que estreará no próximo dia 20.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Henry Cavill, 36, não estava anunciado entre as atrações da CCXP (Comic Con Experience 2019), que acontece em São Paulo, mas cumpriu as expectativas dos fãs e apareceu mesmo assim no painel da Netflix, neste domingo (8). Ele já havia feito uma aparição na edição argentina no sábado (7).

O ator, famoso por interpretar o Superman, é o protagonista de “The Witcher”, nova série da plataforma de streaming, que estreará no próximo dia 20.

A narrativa de drama e fantasia é baseada na série de livros de mesmo nome, escrita por Andrzej Sapkowski, e acompanha Geralt de Rívia, um dos últimos bruxos restantes na Terra.

“Gerald não é um personagem simples, é complicado, ele tem a natureza de uma pessoa carinhosa, mas o mundo acabou o corrompendo”, diz Cavill. Ele explica que os bruxos da série trabalham como mercenários à caça de monstros. “Gerald é especial, ele é tudo que um cavaleiro nobre deveria ser, mas é tratado como vilão por onde passa.”

Quando soube que a plataforma produzia a série, o ator insistiu com seus agentes e os produtores até conseguir o papel do protagonista. Antes, Cavill já havia jogado os jogos da franquia e lido todos os livros do personagem.

“O verdadeiro poder dele é a capacidade de amar, ele vai muito além da capacidade de um bruxo e matador de monstros. Gerald se esforça para ajudar as pessoas”, explica Cavill.

Um dos pontos fortes que a série promete são as cenas de luta. Para a criadora, Lauren Schmidt, elas são diferentes das de outras produções televisivas não apenas pela habilidade técnica da equipe. 

“Qualquer um pode usar espadas, mas quem se importa? A gente sempre fala sobre quem está lutando, por que estão fazendo isso, qual é a história por trás. Não sei se vocês sabem, mas Henry faz todas as cenas ele mesmo, sem dublês.”

Além de Gerald, há outras duas importantes personagens para a trama: Ciri e Jennifer, que possuem laços estreitos com o feiticeiro. “Em termos de contar uma história, se você só tiver um personagem interessante, você vai perder o interesse nele também. Quanto mais complexo eles forem, melhor a interação”, diz Laura.

“Ele tenta evitar ao máximo o relacionamento com Ciri, mas o destino não deixa ele se afastar”, diz Cavill. “Tenho certeza que todo mundo já passou por isso, eles amam se odiar.”

Além do painel com o ator e a criadora, o público presente no auditório pôde assistir em primeira mão cenas e o trailer final da série.

Ambos ator afirmam que a série passa uma mensagem sobre aceitar as diferenças e ter empatia pelas pessoas ao redor. “É fácil ter sentimentos negativos porque você é diferente, mas a verdade é que a gente tem que se amar independente das dificuldades que o mundo nos impuser.”

Leia também: 

Presidente Bolsonaro tem o pior índice de aprovação ao fim do 1º ano de governo, menor que Lula, Dilma e FHC

Bolsonaro pede revogação de medida que excluiu atividades de MEI

TELEVISÃO:

Minissérie ‘O Auto da Compadecida’ será reprisada pela 1ª vez na Globo a partir do dia 7 de janeiro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – As aventuras de João Grilo (Matheus Nachtergaele) e Chicó (Selton Mello) vão voltar à tela da Globo. A minissérie “O Auto da Compadecida” (1999) será reprisada pela primeira vez, a partir do dia 7 de janeiro, na emissora. 

Antes, no fim de dezembro, os quatro episódios da produção, baseada na peça teatral homônima de Ariano Suassuna (1927-2014), estarão disponíveis para os assinantes do GloboPlay.

O anúncio foi feito por Selton Mello neste domingo (8) na CCXP (Comic Con Experience 2019), evento de cultura pop que acontece em São Paulo. No fim de novembro, a atriz Virginia Cavendish já tinha revelado por meio de suas redes sociais que a minissérie seria reprisada.

Também presente na CCXP, o diretor Guel Arraes contou que a reexibição da minissérie conta com algumas novidades. Um delas é que todo o material foi remasterizado, o que significa que visualmente foram tirados arranhões e a imagem ganhou mais brilho. Os efeitos especiais também foram refeitos, especialmente, os que mostram o céu do julgamento. Além disso, foi produzida uma abertura nova, que foi apresentada pela primeira vez no evento. 

“É muito doido. O negócio está pronto há 20 anos, e você entra lá e faz de novo uma parte. Isso foi muito bacana. É uma obra que não termina, de certa maneira”, disse Arraes. 

Mello afirmou que Chicó é o personagem mais popular que ele já fez, maior até do que outros trabalhos que ele fez em novelas. “Eu não dou um passo em nenhum lugar do Brasil, que não chegue alguém, não interessa a idade, a classe social, que não venha falar de Chicó. Há 20 anos, Chicó é o contato do público comigo.”

O ator completou que acha ótimo que novas gerações vão poder conhecer esse trabalho e destacou a importância da reprise da minissérie, que tem uma hora a mais que o filme “O Auto da Compadecida”, longa que surgiu em 2000, um ano depois da produção para a televisão. 

“Essa uma hora a mais que tem na minissérie eu já não lembro mais o que é que tem. Eu só lembro que tinha um gato que descome dinheiro. O resto não lembro mais nada, porque a gente se acostumou nesses 20 anos a ver o filme. O que eu acho muito bonito é que a gente vai inaugurar uma nova geração de fanáticos pelo ‘O Auto da Compadecida'”, afirmou o ator.

Ele, então, pediu para o público falar o bordão do Chicó: “Não sei, só sei que foi assim”, gritou a plateia. 

Nascido no interior de Minas e criado em São Paulo, Selton Mello disse que só entendeu como tinha que fazer o sertanejo Chicó, quando pisou em Cabaceiras, na Paraíba, onde foi gravada a minissérie. “Eu e o Matheus sempre falamos isso, que foi quando a gente pisou lá, que a gente começou a ouvir as pessoas falando, o humor delas, a vivacidade delas, ali que a gente entendeu como fazer esses personagens”, contou. 

Para Arraes e Mello, a reprise da minissérie neste momento do Brasil vai cair em um bom momento. O diretor afirmou que ‘O Auto da Compadecida’ é um painel popular do Brasil e pode chamar a atenção de políticos, artistas e empresários para as necessidade do povo brasileiro e nordestino que, apesar de ser desassistido, é “esperto, safo e consegue se divertir, ter humor”. “É uma comédia onde os personagens estão sempre atrás de comida. O que eles querem? A coisa mais básica do mundo: comer. E, no entanto, é muito engraçado. “

No fim, Mello perguntou se tinha alguém de cosplay de João Grilo ou Chicó. “Valoriza-se muito pouco a cultura brasileira”, disse ele, arrancando aplausos da plateia. Não tinha, mas havia uma pessoa com um cartaz da minissérie, e ele prometeu fazer uma foto com o fã. 

Em quatro episódios, “O Auto da Compadecida” conta as aventuras de João Grilo e Chicó, quando no início da década de 1930, eles vão para Taperoá, no sertão da Paraíba. Lá, eles passam a trabalhar e morar com o padeiro Eurico (Diego Vilela). Chicó se torna um dos muitos amantes de Dora (Denise Fraga), a mulher do padeiro.

Rosinha, papel de  Cavendish, é filha de Antônio Morais (Paulo Goulart), um tradicional latifundiário que quer ver a jovem casada com um homem valente e rico. Mas ela se apaixona por Chicó, que não tem dinheiro. João Grilo, porém, vai armar um plano para eles casarem. 

Em 2000, a minissérie foi editada, virou filme e foi para os cinemas, atraindo mais de 2 milhões de espectadores.

Mega-Sena acumula, e próximo prêmio será de R$ 25 milhões 

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2214 da Mega-Sena, sorteados na noite de sábado (7). O prêmio acumulado para o próximo sorteio, previsto para a próxima quarta-feira (11), é de R$ 25 Milhões.

As dezenas sorteadas ontem foram 04, 10, 18, 30, 34 e 47.

Os 47 apostadores que acertaram a quina vão receber R$ 41.300,51, e os que fizeram a quadra, e os 3.223 que fizeram a quadra, R$ 805,47.

MUNDO: 

Rapper americano Juice Wrld morre aos 21 anos

Um dos nomes em ascensão do rap americano, Jarad Anthony Higgin, seu nome real, havia desembarcado nesta manhã de um voo vindo da Califórnia (Foto: Reprodução)

(FOLHAPRESS) – O rapper americano Juice Wrld morreu neste domingo (8), aos 21 anos, em um hospital de Chicago após sofrer uma convulsão no aeroporto da cidade americana.

Um dos nomes em ascensão do rap americano, Jarad Anthony Higgin, seu nome real, havia desembarcado nesta manhã de um voo vindo da Califórnia. Segundo a revista Variety, ele teria sangrado pela boca e foi levado ao hospital com vida, mas não resistiu. O relatório médico não informou a causa da morte.

Conhecido pelo hit “Lucid Dreams”, que acumula quase 400 milhões de reproduções no YouTube, o rapper nascido em Chicago havia acabado de completar 21 anos, na última segunda-feira (2).

O rapper começou a carreira com canções publicadas na plataforma SoundCloud, aos 15 anos. Ganhou destaque ao assinar com a gravadora Interscope Records, em 2018, e lançar o primeiro álbum, “Goodbye & Good Riddance”. O single “All Girls Are the Same” chegou ao segundo lugar das paradas americanas.

Misturando elementos do rock e do emo ao hip-hop, ele abordava temas como depressão, morte e abuso de drogas nas letras. Ainda em 2018, dedicou um EP aos rappers XXXTentation, que morreu aos 20 anos em 2018, e Lil Peep, que também morreu aos 21 anos em 2017, por conta de uma overdose.

Sua carreira também incluiu um música original na trilha sonora da animação “Homem Aranha no Aranhaverso”, e uma parceria recente com o grupo de k-pop BTS, Ellie Goulding e Benny Blanco.

Seu último trabalho foi o disco “Death Race for Love”, lançado em meados de 2019. Entre as parcerias, colaborou com artistas como BTS, Ellie Goulding, Panic! at the Disco e Benny Blanco.

A maior parte da população brasileira se diz desconfiada das declarações feitas por Jair Bolsonaro, conforme pesquisa realizada pelo Datafolha, divulgada pela Folha de S. Paulo, neste sábado (7). Segundo o levantamento, 43% dos entrevistados afirmam jamais confiar nas declarações de Bolsonaro e outros 37% dizem confiar somente às vezes.

A parcela da população que afirma sempre confiar no ex-capitão é de 19%. Ainda conforme o estudo, 1% dos entrevistados não quis ou não soube responder ao questionário.  O resultado sobre a avalição de Bolsonaro à frente do Executivo federal deverá ser divulgado amanhã (8).

A pesquisa, que ouviu 2.948 pessoas em 176 municípios do Brasil e tem margem de erro de dois pontos percentuais, também aponta que 28% dos brasileiros acreditam que Bolsonaro não se comporta em nenhuma situação a altura do cargo que ocupa.

Outros 28% afirmaram que, na maioria das vezes, ele se comporta de acordo com o esperado. Já para 25%, ele se comporta de forma adequada somente em algumas situações, enquanto outros 14% afirmaram que as atitudes são adequadas em “todas as ocasiões”. 

 

Leia também: Presidente Bolsonaro tem o pior índice de aprovação ao fim do 1º ano de governo, menor que Lula, Dilma e FHC

Audiência pública discute candidatura sem filiação partidária nesta segunda

 

Nesta segunda-feira (9), o Supremo Tribunal Federal (STF), realiza audiência pública para discutir a viabilidade de candidaturas avulsas (sem filiação partidária) nas eleições. A audiência foi convocada pelo ministro Luís Roberto Barroso, relator do Recurso Extraordinário (RE) 1238853, com repercussão geral reconhecida, que discute o tema e está marcada para às 09h.

O recurso foi interposto por dois cidadãos não filiados a partidos que tiveram registros de candidatura a prefeito e vice-prefeito do Rio de Janeiro (RJ) negados pela Justiça Eleitoral do estado, sob o entendimento de que a Constituição Federal (artigo 14, parágrafo 3º, inciso V) veda candidaturas avulsas ao estabelecer que a filiação partidária é condição de elegibilidade.

Ao convocar a audiência pública, o relator frisou que o tema extrapola os limites jurídicos e, por isso, é importante dar voz às instituições e especialistas para que o STF conheça pontos de vista diferentes sobre a questão.

Além das entidades e pessoas físicas previamente convidadas, foram admitidas inscrições de todos os interessados em contribuir para o debate. Representantes de partidos políticos, movimentos sociais, institutos ligados ao Direito, da Ordem dos Advogados do Brasil, Senado Federal, Câmara dos Deputados, Advocacia Geral da União, além de acadêmicos e parlamentares terão de 10 a 15 minutos para a manifestação, que podem ser divididos a critério dos participantes.

A audiência será realizada na sala de sessões da Primeira Turma do STF e terá transmissão pela TV Justiça, pela Rádio Justiça e pelo canal do STF no Youtube.

Foto: TV/Brasil/ReproduçãUOL

Com 30% de aprovação, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chega ao fim do primeiro ano de governo com avaliação pior, no mesmo período, que os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (41%), Luiz Inácio Lula da Silva (42%) e Dilma Rousseff (59%). Os dados são de pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (8).

Somente Michel Temer (MDB) e Itamar Franco chegaram ao fim do primeiro ano com reprovação maior que a de Bolsonaro agora. Um ano após processo de impeachment de Dilma Rousseff, Temer era reprovado por 61%.

O governo Bolsonaro teve uma melhora na avaliação em áreas ligadas à economia. Segundo a pesquisa, a taxa de aprovação da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, aumentou de 20% para 25%, e a do combate ao desemprego foi de 13% para 16%.

O otimismo em relação à economia também aumentou. Entre os entrevistados, 43% acham que ela vai melhorar nos próximos meses. Em agosto, a taxa era de 40%. Ainda segundo o levantamento, 31% acham que a economia vai ficar como está, e 24%, que vai piorar.

O otimismo com a economia é maior entre os mais ricos, grupo que sinaliza mais apoio ao governo Bolsonaro. Entretanto, a maioria do povo avalia que a retomada da economia ainda não é suficiente. Para 55% dos entrevistados, a crise deve demorar para acabar, e o Brasil não voltará a crescer com força tão cedo. Já 37% acham que a crise será superada em meses.

Na agenda mundial de desenvolvimento sustentável com a ampliação das energias renováveis, o Brasil cresce a sua participação nessa geração, até mesmo com a valorização de preço nos leilões realizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). E empresas em Pernambuco estão em busca desse cenário mais limpo. Esse é o caso da Enercom Renováveis, que está investindo R$ 480 milhões na construção de dois parques solares a serem instalados em cidades pernambucanas e que gerarão emprego em regiões importantes do Estado.

Vencedora do Leilão A-6 da Aneel, que ocorreu em outubro, a Enercom vai construir um parque de energia solar na cidade de Terra Nova, Sertão de Pernambuco. Esse, inclusive, foi o único projeto do Estado que foi emplacado no leilão A-6. Chamado de Usina Solar Luiz Gonzaga II, a empresa está investindo R$ 121 milhões nesse empreendimento. “Neste momento, estamos em fase de licenças, incluindo a ambiental e de construção. As obras devem ser iniciadas em 2021. E, durante a fase de execução das obras, devem ser gerados 500 empregos”, disse o diretor executivo da Enercom Renováveis, Manoel Lira.

Pelas regras do leilão da Aneel, toda a planta deve estar concluída em 2025, mas a empresa pretende antecipar o prazo, ainda sem uma data definida. A potência instalada da usina será de 30 megawatts (MW), com uma instalação de 100 mil placas solares em uma área de 150 hectares.

O outro projeto está em andamento

Com investimento de R$ 370 milhões, a Enercom está construindo a planta Solar Salgueiro. Vencedor do leilão da Aneel em 2017, o projeto fica localizado na cidade de Salgueiro, Sertão de Pernambuco. “Hoje a usina está em fase de construção, na realização de terraplanagem e marcação do terreno”, informou Lira, ao complementar que o projeto é de 90 MW. Pelas normas do leilão, o projeto deve gerar energia a partir de janeiro de 2021, mas a empresa deve antecipar: a operação deve ser iniciada em setembro do próximo ano.

Na planta, atualmente, estão sendo gerados cerca de 100 empregos, mas o número vai aumentar. “Em março do próximo ano começa o pico das obras quando vão ser feitas as instalações das placas solares. Nossa estimativa é que neste período sejam gerados entre 800 e 1.000 empregos”, comentou Lira.

Segundo a Enercom, 90% dos empregos são gerados para pessoas da região, abarcando os municípios vizinhos ao empreendimento. “Com esses projetos, desenvolvemos a região do Sertão, são gerados emprego e renda a partir de uma energia limpa que cresce na nossa matriz energética”, complementou Lira.

O ensaio ocorreu na última segunda-feira e levou 90 minutos. Segundo a fotógrafa, Justine Tuhy, Luna ficou tranquila durante toda a sessão, apesar da expressão.

O pai contou que ele e sua esposa, Lori, puderam descansar enquanto Tuhy fotografava Luna, mas quando viram as primeiras fotos, não resistiram às risadas. (Foto: reprodução)

Ensaios newborn costumam encantar pela fofura dos bebês, geralmente dormindo em posições pacíficas. Não foi o caso da sessão da pequena Luna Musa, que saiu “brava” em todas as suas fotos. Luna nasceu no último dia 15 de novembro e, segundo seu pai disse em entrevista ao Good Morning America, ela já nasceu brava assim. “Ela tem sido malvada desde o primeiro dia”, disse o pai Christian Muse. “Ela é malvada o tempo todo, ou simplesmente não se impressiona”.

O ensaio ocorreu na última segunda-feira e levou 90 minutos. Segundo a fotógrafa, Justine Tuhy, Luna ficou tranquila durante toda a sessão, apesar da expressão.

“Ela ficou completamente contente o tempo todo”, disse Tuhy. “Ela só me encarou assim o tempo todo também”.

“Eu sempre me pergunto quando eles estão acordados, ‘O que eles estão pensando exatamente? Você ama isso ou não gosta disso?'”, acrescentou.

O pai contou que ele e sua esposa, Lori, puderam descansar enquanto Tuhy fotografava Luna, mas quando viram as primeiras fotos, não resistiram às risadas.

A menina ficou famosa depois que a fotógrafa compartilhou as fotos em suas redes sociais. “Eu só estava fazendo o meu trabalho. A senhorita Luna fez todo o trabalho incrível com suas expressões faciais tolas. Sou super abençoado por ter capturado esse momento especial para a família que eles poderão apreciar para sempre”.

 

Caminhoneiros prometem greve nacional e se dizem traídos por Bolsonaro

“Líder dos caminhoneiros autônomos, Marconi França afirmou, nesta sexta-feira (6/12) que, à 0h da próxima segunda-feira (16), pelo menos 70% dos cerca de 4,5 milhões de profissionais autônomos e celetistas vão parar em todo o país. O motivo é a insatisfação da categoria com o governo de Jair Bolsonaro, que, segundo França, não cumpriu o que prometeu aos trabalhadores”, informa reportagem publicada no Correio Braziliense.

“O governo não cumpriu nada do que prometeu. O preço do óleo diesel teve 11 altas consecutivas, em 2019. Não aguentamos mais ser enganados pelo senhor Jair Messias Bolsonaro, que protege o agronegócio e diz que o caminhoneiro só sabe destruir rodovias”, reclamou França ao jornal.

O caminhoneiro pede também o apoio da população. “De todos que usam gasolina, óleo diesel e também gás de cozinha. Jair Bolsonaro esquece que quem transporta os produtos das indústrias e do agronegócio somos nós”, reforçou.

Vacina da gripe será dada a partir de 55 anos; criança terá reforço para febre amarela aos 4

 

Estado de S.Paulo

O Ministério da Saúde anunciou para 2020 mudanças nas indicações de duas vacinas do calendário nacional. A partir do ano que vem a vacinação contra febre amarela será estendida a todos os municípios brasileiros e uma dose de reforço será dada a crianças de quatro anos. Além disso, a vacina contra a gripe passará a ser oferecida a partir dos 55 anos (até 2019, ela era dada para idosos a partir dos 60).

As novas diretrizes estão em ofício enviado pelo Ministério da Saúde no final de novembro a representantes das secretarias estaduais e municipais de Saúde. No documento, a pasta detalha três campanhas de vacinação que serão feitas ao longo do ano que vem, com as datas das ações e os públicos-alvo.

O ofício anuncia ainda alterações na estratégia contra a febre amarela. Todo o País passará a ser considerado área de recomendação para a vacina. Com isso, parte dos Estados do Nordeste que ainda não tinham essa recomendação também deverão ter sua população vacinada. Isso inclui 1.101 municípios de sete estados nordestinos: Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí.

De acordo com o ofício do ministério, a mudança foi definida “em virtude da situação epidemiológica no País e a necessidade de proteger esta população contra a doença”.

A outra mudança na indicação dessa vacina é direcionada a crianças de quatro anos, que, mesmo já vacinadas, precisarão tomar uma dose de reforço nessa idade. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma única dose desse imunizante é capaz de proteger a pessoa por toda a vida. No entanto, estudos indicam que quando a vacina é dada a crianças muito novas, a eficácia pode ser menor, como explica o presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Juarez Cunha.

“Isso (eficácia menor) acontece principalmente em crianças vacinadas antes dos dois anos. Nessa idade, o sistema imunológico ainda é imaturo e há uma interferência dos anticorpos passados pela mãe”, explica o especialista.

Gripe

No caso da vacina contra a gripe, foram mantidos os públicos-alvo já conhecidos, como crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, idosos, portadores de doenças crônicas, mas foi adicionada ao grupo prioritário a população de 55 a 59 anos, que até agora não tinha direito à vacina na rede pública.

“Visando ampliar o acesso à vacinação dos grupos mais vulneráveis, neste ano os adultos de 55 a 59 anos de idade também serão vacinados.  O público-alvo, portanto, representará aproximadamente 67,7 milhões de pessoas. A meta é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos prioritários para a vacinação”, diz trecho do documento do ministério. A campanha será realizada de 13 de abril a 15 de maio.

Priscila Krause questiona previsão de gasto do Estado com propaganda para 2020

 Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020, aprovado pelo Plenário da Alepe nesta quarta (4), foi tema de discurso da deputada Priscila Krause (DEM) durante o Pequeno Expediente. A parlamentar criticou o montante reservado pelo Governo do Estado para propaganda. “Houve aumento de 33% em relação a 2019, alcançando o valor histórico de R$ 90 milhões. Para efeito de comparação, Minas Gerais, que é maior que Pernambuco, destinará R$ 70 milhões à rubrica”, observou.

Segundo ela, Estados nordestinos como Ceará e Maranhão destinaram à publicidade governamental, respectivamente, R$ 45 milhões e R$ 30 milhões. “São Paulo, que é o Estado mais rico do País, terá orçamento de R$ 125 milhões. O valor  de Pernambuco não é razoável”, complementou. “O pior é que o recurso nem é, realmente, usado em publicidade institucional, mas para propaganda eleitoral disfarçada. É isso que os pernambucanos estão financiando”, considerou.

Krause lamentou que as 13 emendas apresentadas por ela a fim de retirar recursos de propaganda para outras rubricas, como compra de medicamentos e proteção dos direitos da mulher, tenham sido rejeitadas pela Comissão de Finanças. “O orçamento para aquisição de remédios é insuficiente, pois só para pagar o que o Governo deve mais o gasto deste ano seriam necessários R$ 145 milhões. Nem com as suplementações feitas se consegue chegar a esse valor”, avalia a parlamentar.

Com relação à Secretaria Estadual da Mulher, a democrata destacou que “as verbas para atividades de prevenção à violência de gênero diminuíram de R$ 570 mil em 2019 para R$ 58,8 mil no ano que vem”. “Nossa intenção era de que essa rubrica tivesse, pelo menos, R$ 1 milhão, mas, infelizmente, isso não foi acatado pelo colegiado”, salientou. Ainda segundo ela, a manutenção de abrigos para mulheres vítimas da violência receberá apenas R$ 10 mil em 2020. “Tentamos elevar esse orçamento para R$ 500 mil, porque o valor destinado é um desaforo.”

Ordem do Dia – Aprovado em Redação Final na tarde da quarta (4), o Projeto de LOA 2020 define os limites de receitas e despesas para todos os entes governamentais e Poderes no ano que vem. Os deputados também acataram o Plano Plurianual (PPA) 2020-2023, que estabelece perspectivas e objetivos estratégicos para a administração pública estadual nos próximos quatro anos. As matérias seguem, agora, para sanção do governador Paulo Câmara.

Está previsto o montante de R$ 40,91 bilhões para o Orçamento Estadual, sendo R$ 39,84 bilhões de origem fiscal e cerca de R$ 1,07 bilhão relativo a investimentos das estatais pernambucanas. O total aumentou 3,2% em relação ao ano anterior, mas ainda está abaixo do valor aprovado em 2015, como aponta o informativo produzido pela Consultoria Legislativa (Consuleg) da Alepe. Dos recursos de origem fiscal, R$ 6,3 bilhões serão destinados à saúde, outros R$ 3,8 bilhões à educação e mais R$ 3,7 bilhões à segurança pública.

Em relação às verbas destinadas a emendas parlamentares de execução obrigatória, o aumento estabelecido na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020 e consolidado com a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 4/2019 fez o valor chegar a R$ 92,53 milhões para o ano que vem. Isso significa a disponibilidade de R$ 1.888.400 para cada um dos 49 parlamentares.

 

 

 

 

Sertão:

Araripinense é morto em confronto com a PM após assalto a banco no Maranhão

Lucas Tadeu de Lima, vulgo “Pão Doce”, tombou morto e outros suspeitos estão baleados tentando fugir. Ataque a agência bancária aconteceu na cidade de Turiaçu; assista vídeo

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

Um grupo de criminosos atacou a agência bancária do Bradesco em Turiaçu, no noroeste do Maranhão, a cerca de 150 km de São Luís. Na madrugada deste sábado (7), a quadrilha destruiu o banco e também atacou um posto da Polícia Militar, além de uma viatura.

A Polícia Militar do Maranhão agiu rápido na caça aos bandidos. Em confronto com os militares do BOPE e do GOE de Pinheiro-MA, um dos assaltantes, identificado como Lucas Tadeu de Lima, vulgo “Pão Doce”, tombou morto e vários outros estão baleados tentando fugir no matagal daquela região. Lucas também era suspeito de participar do assalto ao Bradesco de Salitre-CE.

A quadrilha destruiu o banco e também atacou um posto da Polícia Militar, além de uma viatura / Foto: reprodução

De acordo com a Polícia do Maranhão o assaltante que foi morto estava com vários malotes de dinheiro e outros que estavam na fuga e foram baleados, deixaram mochilas e sacolas contendo boa parte do dinheiro roubado. A Polícia ainda não contabilizou o montante recuperado.

 

 

Jovem morre afogado na zona rural de Araripina

Um jovem de 19 anos morreu afogado neste sábado (07), em um barreiro do Sítio Lagoa Redonda, distrito de Rancharia, zona rural de Araripina, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com a 9ª CIPM, uma guarnição foi acionada  e chegando ao local, a vítima, Renild dos Santos Oliveira, de 19 anos, já havia sido retirada da água e já se encontrava sem vida.

O local foi isolado e com a chegada do Instituto de Criminalística – IC foram realizados os devidos procedimentos o corpo foi recolhido pela funerária Vida.

 

 

MUNDO: 

Coreia do Norte realiza teste em base de lançamento, e Trump reage

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste domingo (8) que o ditador norte-coreano Kim Jong-un deve desnuclearizar o país e abandonar a postura hostil, ou corre o risco de perder “tudo”.

As declarações de Trump vêm como reação ao anúncio feito na manhã deste domingo (8) pela televisão estatal norte-coreana, a KCNA, que noticiou um “teste muito importante” na base de lançamento de satélites em Sohae.

Antes disso, no sábado (7), o embaixador norte-coreano na ONU declarou que o desarmamento nuclear do país não é uma possibilidade.

Estes dois eventos sinalizam fracasso nas negociações entre Washington e Pyongyang, realizadas nos últimos dois anos e que tiveram o programa nuclear norte-coreano como pauta central. 

Trump utilizou as redes sociais para responder aos anúncios norte-coreanos e relembrou o acordo firmado entre as nações, em 2018, quando Kim Jong-un se comprometeu a desnuclearizar completamente a península. 

As tensões entre os países aumentaram com a proximidade do prazo de um ano, dado pela Coreia do Norte, para que Washington mude sua proposta unilateral de desnuclearização e faça um levantamento parcial das sanções econômicas impostas ao país asiático. 

Kim Jong-un advertiu que poderia tomar um novo rumo, sem especificar qual, o que levantou temores de que volte a realizar testes de bombas nucleares e mísseis de alcance intercontinental, suspensos desde 2017. 

Sohae, instalação onde foi realizado o teste anunciado pela Coreia do Norte, é uma das bases militares que Pyongyang havia se comprometido a fechar. Não se sabe a natureza do teste noticiado. 

Em suas publicações, Trump afirmou que o líder norte-coreano não quer desgastar sua “relação especial” com o presidente dos Estados Unidos ou interferir nas eleições estadunidenses, previstas para novembro de 2020. 

 

O próximo barato: linha da americana Just Society é um exemplo do potencial das bebidas à base de cannabidiol.

Batizada de Fluent Beverage, a parceria produzirá bebidas não alcoólicas com infusão de cannabidiol. (Foto: reprodução)

A Ambev (ABEV3), maior cervejaria das Américas e dona de marcas como Skol, Brahma e Antárctica, prepara-se para disputar um novo e promissor mercado. Sim, trata-se das bebidas à base de cannabidiol, uma das substâncias extraídas da cannabis – a popular maconha.

Segundo o banco suíço Credit Suisse, o lançamento dos produtos deve ocorrer até o fim do ano.

Em relatório assinado pelos analistas Antonio Gonzalez, Kaumil Gajrawala e Marcella Recchia, o Credit Suisse lembra que a Ambev entrou nesse mercado há um ano, quando sua subsidiária no Canadá, a Labatt Brewing, criou uma joint-venture de US$ 100 milhões com a Tilray.

Batizada de Fluent Beverage, a parceria produzirá bebidas não alcoólicas com infusão de cannabidiol.

Mark Ruffalo, o Hulk de “Vingadores”, critica Bolsonaro por acusação contra DiCaprio

O ator Mark Rufallo criticou o presidente Jair Bolsonaro após as acusações contra Leonardo DiCaprio (Foto: Foto: Reprodução)

RIO — O ator americando Mark Ruffalo, o Hulk da saga “Vingadores”, criticou o presidente Jair Bolsonaro por acusar o ator Leonardo DiCaprio de “dar dinheiro” para “tacar fogo na Amazônia”

“Bolsonaro e sua galera estão transformando em bode expiatório as pessoas que protegem a Amazônia dos incêndios que ele próprio permitiu que acontecesse”, escreveu o artista em sua conta no Twitter.  Mark Ruffalo é um dos atores que mais se posiciona a favor de pautas ambientais.

O texto, acompanhado do link de uma reportagem do “Huffington Post”, foi publicado na noite desta domingo (1º).

“Pergunte a si mesmo: o que mudou recentemente no Brasil para que isso aconteça agora? Bolsonaro e suas políticas (não) ambientais.”, disse o ator.

Na manhã de sexta-feira (29), ao sair do Palácio da Alvorada para tirar fotos e conversar com eleitores, o presidente Jair Bolsonaro respondeu a uma mulher quando foi perguntado sobre incêndios “criminosos”.

“O Leonardo DiCaprio é um cara legal, não é? Dando dinheiro para tacar fogo na Amazônia”, disse Bolsonaro.

Em agosto, o ator americano anunciou que ONGs ambientais e índigenas brasileiras iriam receber US$ 5 milhões da recém-criada “Earth Alliance”, uma iniciativa criada por ele em parceria com Lauren Jobs, víuva de Steve Jobs, e o bilionário Brian Sheth (da GWC).

Di Caprio disse ainda que outras doações seriam recolhidas por celebridades e filantropos e que os US$ 5 milhões seriam apenas o início do que esperam se tornar um fundo permanente para financiar projetos da sociedade civil de restauração e proteção da Amazônia.

Ao citar o ator, Bolsonaro fez referência indireta aos quatro brigadistas presos em Alter do Chão, no Pará, acusados de atear fogo na floresta. Na quinta-feira, a Justiça determinou que os acusados fossem soltos. O presidente também relacionou DiCaprio às queimadas durante uma “live” no Facebook.

O inquérito afirma que o grupo conseguiu “logo após esse incêndio um contrato com a WWF, inclusive eles venderam 40 imagens para a WWF ao custo de R$ 70 mil para uso exclusivo. E com essas imagens a WWF conseguiu financiamentos, inclusive doações a título de exemplo do ator Leonardo DiCaprio, que doou 500 mil dólares para a WWF auxiliar essas ONGs no combate às queimadas na Amazônia.”

Em um comunicado emitido na noite de sexta-feira, DiCaprio negou ter doado para a WWF . O ator disse que as ações do “povo brasileiro que vem trabalhando para salvar sua herança cultural e natural” são louváveis e que, “por mais que sejam merecedoras de apoio, nós não financiamos as organizações em questão”.

Ele afirmou ainda que “o futuro desses ecossistemas insubstituíveis está em jogo”, e disse ter “orgulho de estar ao lado dos grupos que os protegem”.

 

 

MUNDO: 

Rapper perde parte da cabeça em explosão de laboratório de drogas

Em sua primeira aparição ele contou que perdeu parte dos movimentos de um lado do corpo, mas está confiante na recuperação.

O rapper alemão Dr. Knarf, também conhecido como Niko B., fez sua primeira aparição pública após ser vítima de uma explosão de um laboratórios de drogas no qual estava presente. O artista de 35 anos compartilhou um vídeo em sua página pessoal no Facebook revelando as lesões decorrentes do ocorrido: ele perdeu parte de sua cabeça e ficou com várias queimaduras no rosto.

A explosão da qual Dr. Knarf foi vítima ocorreu no dia 6 de fevereiro de 2017 e ele havia se mantido distante do público desde então. Em sua primeira aparição ele contou que perdeu parte dos movimentos de um lado do corpo, mas disse estar confiante em sua recuperação e prometeu o lançamento de um novo álbum em 2020, com o título ‘Prometheus’.

‘Prometheus’ era a obra na qual Knarf vinha trabalhando na época do acidente e acabou sendo interrompida durante sua recuperação. Agora ele retomou seus trabalhos no disco e disse que pretende lança-lo no próximo ano.

“As queimaduras na pele não foram nada com o que veio depois”, diz Dr. Knarf no vídeo, revelando que teve um terço de seu corpo queimado. “Eu fiquei em coma durante três meses, período no qual sofri três AVCs. O meu cérebro inchou tanto que foi necessário que parte do meu crânio fosse removida”, explicou o músico.

O laboratório no qual ocorreu a explosão que vitimou o músico estava instalado no estúdio que ficava no quintal da casa dele. O rapper explicou que a explosão foi fruto de uma combinação de alta concentração de extrato de cannabis com butano. No vídeo divulgado por Knarf, ele assume sua culpa pelo acidente.

PT quer manter aliança com o PSB no Recife em 2020

“Hoje a direção municipal do PT em Recife, tem uma posição favorável a uma aliança, manter a aliança”, informou.

Principal liderança do PT em Pernambuco, o senador Humberto Costa (PT) disse que o diretório do partido no Recife pretende manter a aliança da sigla com o PSB visando as eleições municipais de 2020. No PT o principal nome para disputar a prefeitura é o da deputada federal Marilia Arraes, prima do também deputado João Campos (PSB).

“Hoje a direção municipal do PT em Recife, pelo que eu posso apurar, tem uma posição favorável a uma aliança, manter a aliança”, conta Humberto. O senador informou que o protagonismo no debate sobre as eleições de 2020 será dos diretórios municipais de cada cidade. “A palavra mais importante no debate sobre as eleições municipais é a do partido no município, do diretório municipal, da posição dos filiados que o PT tem”, disse o petista.

 

Deputados repudiam especial do Porta dos Fundos: “A mão de Deus vai pesar sobre eles”

Estreou nesta semana, no serviço de streaming Netflix, o especial de fim de ano, do grupo de humor “Porta dos Fundos”, intitulado “A Primeira Tentação de Cristo”. Durante o filme, Jesus  (Gregório Duvivier) é colocado como estudante universitário de esquerda, militante gay e fã de boy bands, Maria (Evelying Castro) como maconheira e José (Rafael Portugal) sendo corno. Em meio a polêmica gerada sobre o filme, o Portal de prefeitura conversou com os deputados estaduais Clarissa Tércio (PSC) e Pastor Cleiton Collins (PP), além do parlamentar federal Pastor Eurico (Patriotas).

Líder da Igreja Assembleia de Deus, Ministério Madureira e deputado estadual, Cleiton Collins não poupou críticas ao serviço de streaming. “Vou cancelar a partir de hoje, em minha casa nunca mais!” e convidou os fiéis para fazerem o mesmo “Desligue a Netflix da sua vida, até que eles se retratem”. O parlamentar disse ainda que vai “Entrar com uma ação no Ministério Público, já falei o procurador Francisco Dirceu”.

Integrante da bancada evangélica na Alepe, Clarissa Tércio, deixou claro o repúdio ao grupo. A deputada já havia entrado, em maio deste ano, com um processo contra o Porta dos Fundos, após ser veiculado um vídeo com a cena de um beijo gay entre Jesus e Judas. 

“Deixo meu repúdio como parlamentar, representante do povo, do segmento evangélico, como cristã e em nome do Ministério Novas de Paz. Nossa tristeza é profunda, por ver que leis no Brasil não são cumpridas. Isso é vilipêndio, é escárnio, é um desrespeito total à figura mais amada pelo povo, já que o Brasil é cristão. Respeitem a nossa fé! A mão de Deus vai pesar sobre eles”, finalizou a deputada.

Cleiton afirmou que os atores, para buscarem audiência “Estão ferindo, difamando, tentando denegrir e fazendo chacota com a fé das pessoas”. “Quem não gosta de Jesus, pode dizer que não gosta, a gente respeita. Mas fazer o que o Porta dos Fundos vêm fazendo não dá. A Netflix que é bancada pela maioria dos cristão do Brasil, tem que parar com isso”, finalizou.

Pastor Eurico declarou que o filme é na verdade uma ofensas à fé cristã, e culturalmente, sem méritos, “não vamos baixar a guarda frente a esses instrumentos do diabo, elementos satânicos que buscam  cada vez mais denegrir a imagem dos evangélicos, das igrejas, dos símbolos religiosos, e é claro, da nossa fé, atingindo ao Deus Pai criador, ao filho Jesus Cristo, a história dessa base de nossa religião”.

O deputado federal revelou ainda que pretende levar o caso à instâncias competentes, “vamos seguir buscando nas instâncias de competência agir em cima desses elementos que realmente só fazem atingir ou atacar aos religiosos em nosso país”, disse. 

O presidente Jair Bolsonaro informou hoje (7), em mensagem no Twitter, que determinou o envio ao Comitê Gestor do Simples Nacional de proposta de revogação da medida que aprova a revisão de uma série de atividades que podem atuar como  microempreendedores individuais (MEI). A medida resultou na exclusão de algumas profissões do programa.

Em nota, a Secretaria Executiva do Simples Nacional informou que a proposta será encaminhada ao Comitê Gestor do programa, como também a proposta de ampla revisão da lista das 500 atividades que podem atuar como MEI.

A resolução com a lista dos profissionais excluídos foi publicada na edição dessa sexta-feira (6) do Diário Oficial da União.

Na lista estão astrólogo, canto/músico, disc jockey (DJ) ou video-jockey (VJ), esteticista, humorista e contador de histórias, instrutor de arte e cultura, instrutor de artes cênicas, instrutor de cursos gerenciais, instrutor de cursos preparatórios, instrutor de idiomas, instrutor de informática, instrutor de música, professor particular e proprietário de bar, com entretenimento

O empresário Uranildo Cunha, conhecido como Urupio, foi assassinado na manhã deste sábado (7), na praia do Bessa, em frente ao Golfinho Bar e Restaurante, em João Pessoa. O homem era tio do humorista Rafael Cunha e estava comemorando aniversário de 60 anos.

Testemunhas informaram que a vítima teria reagido a um assalto e por isso foi atingida com vários tiros. Informações dão conta de que os assassinos teriam fugido em um Sandero.

A polícia está no local fazendo os primeiros levantamentos do crime. O deputado Wallber Virgolino, que era amigo da vítima, divulgou um texto nas redes sociais lamentando o ocorrido no dia do aniversário do homem.

Justiça autoriza soltar mulher suspeita de injúria racial sob fiança de R$ 10 mil

Ao se aproximar e perguntar ao homem se precisava de táxi, Dupin respondeu de forma ofensiva: “Precisando de táxi estou mesmo, só que eu não ando com negro”.

JUIZ DE FORA, MG (UOL/FOLHAPRESS) – A advogada Natália Burza Gomes Dupin, 36, presa na quinta-feira (5) acusada de ofensas racistas contra um taxista em Belo Horizonte, poderá ser solta após pagar fiança de R$ 10 mil, conforme decisão da Justiça deste sábado (7).

Natália terá direito à liberdade provisória, mas não pode mudar de endereço sem informar o judiciário nem sair da cidade por mais de 30 dias sem autorização prévia e tem que comparecer mensalmente perante a justiça.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG), a alternativa do pagamento da fiança foi proposta pela juíza Roberta Chaves depois de ela colher depoimento da suspeita em audiência de custódia na manhã deste sábado.

O caso corre em segredo de justiça. Por isso, não são informados detalhes, segundo a assessoria do TJ-MG. Não foi informado se os R$ 10 mil já foram pagos. A advogada só será solta quando depositar o valor. Pouco antes de 15h deste sábado ela ainda estava presa.

Na quinta, dia da suposta agressão ao taxista, Dupin não teve a possibilidade de pagar fiança porque os crimes imputados a ela pela polícia -desacato, desobediência e injúria racial- somavam mais de quatro anos de detenção. A lei, nesse caso, não permite o pagamento de fiança, mas a decisão foi revertida neste sábado pela justiça.

OFENDEU TAXISTA E DESACATOU POLICIAIS

Dupin foi autuada em flagrante depois de dizer a um taxista que “não gosta de negros”.

Segundo a Polícia Militar, Luis Carlos Alves Fernandes, 51, viu a advogada tratando de maneira “grosseira” um senhor perto do ponto onde trabalha, na avenida Álvares Cabral, no bairro Santo Agostinho, próximo ao prédio da Justiça Federal.

Ao se aproximar e perguntar ao homem se precisava de táxi, Dupin respondeu de forma ofensiva, de acordo com o registro policial: “Precisando de táxi estou mesmo, só que eu não ando com negro”.

O taxista a teria alertado sobre o crime que a fala dela representava e teria ouvido da suspeita outra ofensa: “Eu não gosto de negro mesmo, eu sou racista”. Em seguida, ela teria cuspido no pé de Fernandes.

Ainda de acordo com a polícia, a suspeita se negou a dar informações a um policial que registrava o boletim de ocorrência por ele também ser negro e estava muito “exaltada” na delegacia. Uma policial pediu para ela se sentar e aguardar, e Dupin a teria chamado de “sapata”.

A reportagem tenta contato com a defesa da suspeita e incorporará suas considerações a este texto assim que enviadas.

O modelo paraibano Ítalo Cerqueira acaba de ser eleito o segundo homem mais bonito do mundo na competição Mister Supranational 2019. Melhor colocação do Brasil em todos os tempos. 

A 4ª edição do concurso de beleza masculino de Mister Supranational foi realizada em Katowice, província de Silésia, na Polônia.  A competição é comandada por Gerhard von Lipinski, da Nowa Scena, sob licença da World Beauty Association gerida por Marcela Lobón. 

O indiano Prathamesh Maulingkar, campeão do ano anterior, passou a faixa para o grande vencedor, o norte americano Nat CrnKovic.

A cerimônia contou com a participação de quarenta (40) candidatos ao título. 

Leia também: 

Prefeitura de Patos (PB) paga gratificações a servidores e folha estoura em 411%

 

A prefeitura de Patos, na Paraíba, estourou a folha de pessoal em 411,44% entre 2008 e 2018, revela auditoria do Tribunal de Contas do Estado. Gastos excessivos, despesas em larga escala e violação à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) marcam as gestões de seis políticos que se sucederam nos últimos anos na gestão municipal.

A auditoria foi publicada em primeira mão pelo repórter Francicleber Souza, do site Patos On Line, e confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Um dado destacado no documento da Corte de Contas informa que em julho de 2019 foram efetivadas contratações em série de 1.069 funcionários sob a rubrica “excepcional interesse público”, para “funções ordinárias”.

“Muitas dessas contratações ocorreram para cargos que facilmente concluímos serem pertencentes a serviços ordinários permanentes” diz o relatório. Entre os admitidos estão apadrinhados dos gestores municipais para preenchimentos de cargos de advogado, coordenador, cozinheiro, digitador, educador físico, encanador, eletricista, motorista, operador de máquina, recepcionista, supervisor, vigia, professor, assistente social, cuidador, médico e outros.

Até julho, os gastos da administração de Patos com os contratados por “excepcional interesse público” chegaram a R$ 12 5 milhões.

Desde 2016, a prefeitura de Patos “vem passando por recorrentes alterações de gestor devido a diversos motivos” – decisões judiciais, renúncias e eleições. Nesse período, seis administradores passaram pelo cargo, dos quais, três apenas no corrente exercício. O relatório cita Francisca Mota (2013/2016), Lenildo Moraes (2016), Dinaldinho Wanderley (2017/2018), Bonifácio Rocha (2018/2019), Sales Júnior (2019) e Ivanes Lacerda (2019).

O Tribunal de Contas apurou que, em 2017, só em gastos com gratificações a servidores, a prefeitura desembolsou R$ 800 mil. De janeiro a setembro de 2019, a prefeitura realizou pagamentos de R$ 2,49 milhões a título de “gratificação adicional” a quase 700 servidores. Em 2018, o montante concedido a esse título chegou a R$ 4,58 milhões.

Os auditores do TCE da Paraíba verificaram que os agentes fiscais tributários deveriam ganhar R$ 10,9 mil, incluindo gratificações, mas a média bate em R$ 15, 1 mil, ou seja, R$ 5,1 mil “acima do máximo legalmente permitido”.

O Tribunal de Contas aponta, ainda, “incorporação indevida de vantagens por servidores municipais”. Os auditores constataram que em vários procedimentos de admissão de servidores apadrinhados “não existe sequer a assinatura da pessoa contratada”.

Defesas – A reportagem pediu posicionamento da prefeitura de Patos via e-mail enviado à Coordenadoria de Comunicação. Também foi solicitada manifestação dos gestores citados no relatório do Tribunal de Contas do Estado. A reportagem tentou ainda contato por telefone. O espaço está aberto para as manifestações.

Com a assinatura da ordem de serviço na próxima segunda-feira (9), às 7h, A Prefeitura de Afogados da Ingazeira, autoriza o início imediato das obras da nova Escola Dom Mota, no terreno próximo à antiga estação ferroviária, no Borges.

Com um investimento de mais de quatro milhões de Reais, em parceria com a União, a Prefeitura vai construir 12 novas salas de aula, beneficiando 780 alunos, que hoje dividem precariamente o espaço da FASP com os alunos de diversas graduações.

A nova escola Dom Mota terá 3.328 metros quadrados de área construída, e contará com uma quadra poliesportiva coberta. Contará ainda com sala de informática, biblioteca, auditório, pátio coberto, acessibilidade, depósito de lixo orgânico e reciclável, cozinha, vestiários, dentre outras benfeitorias.

“Estamos muito felizes em poder proporcionar mais essa conquista para o povo afogadense. Nossos investimentos em educação, ao longo dos últimos 7 anos, renderam frutos como diversas medalhas obtidas por nossos alunos nas mais diversas olimpíadas do conhecimento, e a posição destaque de estarmos entre as dez melhores redes municipais de educação de Pernambuco,” destacou o Prefeito José Patriota.

Operação contou com o apoio da PRF e foram fiscalizadas mineradoras, calcinadoras e plaqueiras, atividade que marca o novo foco de atuação do órgão

Foto: reprodução

Durante toda esta semana o Ministério Público do Trabalho (MPT) realizou a segunda força-tarefa do ano no polo gesseiro de Pernambuco, no Sertão do Araripe. Na operação, que contou com o apoio do Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram fiscalizadas 47 empresas, entre mineradoras, calcinadoras e plaqueiras, atividade que marca o novo foco de atuação do órgão.

De acordo com o coordenador da operação, o procurador Rogério Sitônio Wanderley, as condições verificadas, sobretudo nas calcinadoras, estavam bem melhores do que as anteriormente encontradas. No entanto, o MPT deverá ingressar com ação em face de duas delas, em razão dos riscos apresentados, pedindo a interdição.

Ao todo, duas equipes cumpriram a missão, que contou ainda com a participação do procurador Ulisses Dias de Carvalho e dos peritos em Engenharia e Segurança do Trabalho Fernando Garcia, Leonardo Franca, Luciana Rodrigues e Marcos Lira do órgão. Houve ainda apoio da Gerência de Segurança Institucional (SGI) do MPT.

Irregularidades

De modo geral, entre as infrações cometidas pelos estabelecimentos estão, na maioria, o não fornecimento de Equipamento de Proteção Individual (EPI) aos funcionários; a ausência de monitoramento da exposição dos trabalhadores aos agentes ambientais nocivos presentes na atividade; a insuficiência na limpeza, expondo os empregados à poeira de gesso; e instalações elétricas em más condições.

Há ainda casos de informalidade – em que ficam caracterizadas as relações de emprego, mas os contrato de trabalho não foram assinados –, de não fornecimento de copos individuais ou bebedouros para o consumo de água potável e de ausência de conservação, asseio e higiene nos banheiros. É recorrente também a falta de equipamentos apropriados para facilitar o transporte manual de cargas, evitando sobrepeso capaz de prejudicar a saúde e a integridade física dos trabalhadores.

De 19 a 23 de agosto deste ano, o Ministério Público do Trabalho (MPT) realizou mais uma força-tarefa no polo gesseiro de Pernambuco. Na oportunidade, além de finalizar a verificação dos acordos judiciais pendentes de fiscalização junto a 17 calcinadoras, o órgão deu início a nova fase do projeto no setor econômico. Com meta batida, conseguiu inspecionar 28 mineradoras da região. Elas fazem parte de um total de 32 unidades extratoras de gipsita. Os outros quatro empreendimentos já haviam sido inspecionados em momento anterior.

Projeto

Desde 2015, o MPT acompanha a situação de trabalho na localidade, através de inspeções, audiências públicas, assinatura de compromissos de ajustamento de conduta e o ajuizamento de demandas coletivas contra empresas, com o intuito de garantir melhorias no meio ambiente de trabalho no setor.

Afogados:

Vereadores:  Daniel Valadares cobrou mais guardas e Raimundo  “A Guarda foi extinta no governo do seu pai Totonho Valadares”

 

Daniel cobrou mais guardas. Raimundo rebateu: “Quem extinguiu foi seu pai”. Valadares retrucou:”questão fiscal apoiada por quem está no governo hoje”

Foto de reprodução/via Nill

A sessão de ontem na Câmara de Vereadores marcou a antecipação de um debate que dizem, pode tomar o debate eleitoral do próximo ano.

Na polêmica sessão que discutiu o atendimento na área de saúde e as declarações na sessão anterior de Wellington JK houve troca de farpas entre os vereadores Daniel Valadares e Raimundo do Foto.

Daniel disse que mesmo aliado, tinha obrigação de identificar os gargalos da gestão José Patriota.  Citou publicações de blog que citam animais soltos nas ruas e o afastamento de guardas municipais.  Defendeu que a Praça Arruda Câmara,  por exemplo, precisa de guardas e que foi construída por seu pai, Totonho Valadares.

Nisso Raimundo Lima pediu um minuto e rebateu: “A gente sabe do perfil desses blogs.  E não entendo, porque a Guarda Municipal foi extinta no governo do seu pai, e o nobre vereador cobra mais guardas?”

Acrescentou que os guardas estão sendo recontratados. “Estavam  de aviso prévio”, disse.

Daniel pediu novamente a palavra e retrucou. “A extinção da Guarda aconteceu por questões fiscais. Vejam hoje a situação da previdência nos municípios.  E muita gente que está no atual governo,  procurador,  secretário,  foram os eu E recomendaram à epoca”, disse.

 

 

O governador Paulo Câmara realizou, nesta sexta-feira (06), a entrega do conjunto habitacional Júlia Beatriz às 224 famílias beneficiárias dos imóveis, no bairro de Rio Doce, em Olinda, Região Metropolitana do Recife. O Governo do Estado de Pernambuco cedeu o terreno para a construção, no valor de aproximadamente R$ 445 mil, e investiu mais 

R$ 500 mil nas obras iniciais de terraplenagem e drenagem. O residencial integra o programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, de onde recebeu investimentos da ordem de R$ 15 milhões.

Paulo Câmara comentou a representatividade dessa conquista para os novos moradores, que realizaram o sonho da casa própria. “Foi uma luta, uma resistência dos que moram aqui. São 12 anos e nós conseguimos, efetivamente, entregar uma obra que é importante, pois são 224 famílias que vão passar o Natal numa moradia digna, com cidadania, podendo ter cada vez mais condições de ter uma qualidade de vida melhor”, disse o governador, reafirmando que a agenda de habitação e moradia também é uma prioridade da sua gestão.

O habitacional é destinado a pessoas de baixa renda, integrantes de movimentos de luta por moradia. O residencial tem oito blocos e cada apartamento possui 48 m², distribuídos em sala, dois quartos, banheiro e cozinha. Do total dos imóveis, oito serão destinados a portadores de deficiência física. O empreendimento conta ainda com playground, pracinha, estacionamento e um centro comunitário.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Bruto, elogiou a capacidade de mobilização e de realizar parcerias dos novos moradores.

Participaram ainda da solenidade a vice-governadora Luciana Santos; o deputado estadual  João Paulo; os vereadores Marcelo Soares e Márcio Barbosa; o diretor-presidente da Cehab Bruno Lisboa; o secretário de Desenvolvimento Social de Olinda Odin Neves;  o coordenador da União Nacional por Moradia Popular Marcos Cosmo; e a representante da Associação de Apoio aos Sem Teto da Região Nordeste Lídia Brunes.

Homenagem – O nome do residencial Júlia Beatriz é uma homenagem à filha da coordenadora geral do Movimento Independente Sem Teto (MIST), Josidete Barbosa da Silva, que também esteve presente na ocasião. Ela é uma das responsáveis pela luta incessante para conquista do terreno e construção do habitacional, resultando na realização do sonho da casa própria.

Não há favorito ou favorita para a eleição de 2020 na cidade do Recife. É isso o que revela a última pesquisa ipe realizada entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro de 2019. Os números apontam para uma disputa competitiva entre as principais forças políticas da cidade.

“O teste de cenários eleitorais deixa clara a competitividade da disputa. Nenhum dos nomes testados conseguiu chegar a 20% da preferência do eleitorado nos cenários de 1º turno. O percentual de eleitores afirmando preferir votar em branco, nulo, ou que estão indecisos é maior que a intenção de voto em qualquer candidata ou candidato”, explica Rodolfo Costa Pinto.

No momento a deputada Marília Arraes (PT) lidera a disputa, com 17% das intenções de voto no primeiro cenário.

Em seguida aparece o deputado João Campos, com 16% e o ex-ministro Mendonça Filho, com 15% das intenções de voto. Daniel Coelho (10%), Túlio Gadelha (9%), Felipe Carreras (3%) e André de Paula (1%) completam a lista de nomes testados.

No segundo cenário testado, com menos nomes, Marília segue na liderança, com 19%, seguida por João Campos, com 18% e Mendonça Filho com 17%. Daniel Coelho aparece na quarta colocação com 11% das intenções de voto. No segundo cenário o percentual de votos brancos e nulos chega a 26% e indecisos somam 10%.

“Esse quadro sugere uma disputa muito mais acirrada pois os nomes testados são relativamente bem conhecidos da população. Isso quer dizer que ao longo dos próximos meses e durante a campanha oficial não surgirão muitas novidades sobre os candidatos e candidatas na disputa”, explica o cientista político.

“É uma situação diferente de 2012 por exemplo, quando Geraldo Júlio saiu de uma das últimas colocações nas pesquisas para vencer a eleição no 1º turno. Ele era virtualmente desconhecido e foi apresentado ao eleitorado ao longo da campanha”.

O cientista político destaca ainda que, em 2020, também não teremos um impacto tão forte de “grandes eleitores” no cenário local, como foi o caso da atuação de Eduardo Campos para eleger Geraldo Júlio.

“A avaliação do trabalho de Geraldo é apenas mediana e a do governador Paulo Câmara é bastante negativa. A eleição será difícil mesmo para um nome como o de João Campos, com histórico familiar e posição central na atuação política do PSB”, arrisca Rodolfo Costa Pinto.

Segundo turno

De acordo com o cientista político, atualmente os números apontam que a eleição de 2020 será decidida no 2º turno. A pesquisa ipe testou quatro cenários de 2º turno na eleição para prefeito do Recife no ano que vem.

Assim como nos testes de 1º turno, Marília Arraes parece ser a candidata mais bem posicionada para um eventual 2º turno. Porém a possível candidata do PT ainda não conseguiu alcançar a marca simbólica dos 50% dos votos totais na segunda etapa.

No primeiro cenário de 2º turno testado Marília lidera com 49% das intenções de voto contra 31% de João Campos.

Já o segundo cenário mostra João Campos ganhando do ex-governador Mendonça Filho. João conseguiu 40% das intenções de voto, contra 36% de Mendonça. Nesse cenário, João aparece especialmente forte entra as pessoas com nível de instrução até o ensino médio, enquanto Mendonça aparece mas forte entre eleitores homens e com educação até o nível fundamental.

O terceiro cenário testado mais uma vez revelou a maior competitividade de Marília Arraes, que apareceu com 45% das intenções de voto, contra 32% de Mendonça Filho.

No quarto e último cenário de 2º turno testado, Marília Arraes aparece vencendo Daniel Coelho com 49% das intenções de voto, contra 28% do deputado federal do Cidadania. (Blog do Jamildo)

Três jovens do distrito de Fátima, município de Flores se envolveram em um acidente na BR-232 na manhã deste sábado (7).

 

Os três ocupantes do veículo Fox, de cor preta placas DUF-7473 seguiam pela rodovia federal quando na altura do Sítio Tamboril, por volta das 5h colidiram frontalmente com um caminhão carregado de cerveja.

 

Com a força do impacto, parte do motor do Fox foi arrancado e os jovens morreram no local.

Durante um longo tempo, o trânsito ficou interrompido. Os três tiveram apenas os primeiros nomes identificados: Werverton de 22 anos, Pedro de 17 anos e Wellington de 18 anos. Os corpos foram trazidos para a Unidade de Saúde de Flores e depois levados para o IML de Caruaru.  Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento.

 

 

Chamou a atenção o fato de que, enquanto havia três jovens mortos no local, pessoas se aproveitaram para saquear a mercadoria do caminhão. Havia pouca preocupação em aferir a identidade dos jovens e tentar acionar familiares e autoridades.

TCE-PE julga regular contas de gestão de 2018 da Câmara Municipal de Santa Terezinha

 

As contas de gestão do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Santa Terezinha, Manoel Gonçalves da Silva, referente a 2018 foram julgadas regulares com ressalvas pela Segunda Câmara do TCE-PE (Processo TC nº 19100031-0).

O relator determinou ao atual presidente do legislativo municipal, ou quem vier a sucedê-lo, que atente para que as futuras prestações de contas sejam entregues com todas as informações obrigatórias. Quanto às novas contratações, o gestor deverá verificar se os preços e as condições apresentados representam a solução mais vantajosa para a localidade.

Os votos foram aprovados por unanimidade, o interessado ainda pode recorrer da decisão. Representou o Ministério Público de Contas, na sessão, o procurador Guido Rostand.

 

JC

A Prefeitura do Recife publicou no Diário Oficial do Município deste sábado (07) o edital do concurso público para ocupar 695 vagas nos níveis médio, técnico e superior em cargos efetivos da Secretaria de Saúde da cidade. Os salários podem chegar a R$ 5.911,99. Os interessados têm da próxima segunda-feira (09) até o dia 13 de janeiro de 2020 para se inscrever no certame, por meio do site do Instituto AOCP.

Há vagas para agentes de saúde ambiental e combate a epidemias, auxiliares em saúde bucal, técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório, técnicos de radiologia, técnicos de imobilização ortopédica, técnicos em segurança do trabalho, técnicos em saneamento, técnicos em saúde bucal, assistentes sociais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, enfermeiros, médicos e outras modalidades, que podem ser conhecidas no edital abaixo.

As provas acontecem no dia 1º de março de 2020, em horário ainda a ser divulgado pela banca aplicadora do concurso. Os candidatos deverão responder a 50 questões objetivas de língua portuguesa, sobre saúde coletiva e conhecimentos específicos.

Taxa de inscrição

Para se inscrever, os interessados devem pagar uma taxa, que é de R$ 50 para nível médio, R$ 60 para nível técnico e R$ 100 para nível superior. Não haverá isenção total da taxa de inscrição, exceto para o candidato que for doador de sangue. Para ter direito ao benefício é preciso acessar o site do Instituto AOCP e preencher um formulário específico das 9h da próxima segunda (9) até às 23h59 do dia 16 de dezembro de 2019.

A Caixa Econômica Federal aguarda a sanção da lei que autoriza os saques do FGTS para liberar até o Natal R$ 2,6 bilhões para 10,1 milhões de trabalhadores que terão direito a um saque adicional nas suas contas do fundo. O valor complementar se deve à mudança que o Congresso fez no texto da medida provisória (MP),  que autorizou o saque.

A proposta original fixou limite de R$ 500  por conta e o  projeto aprovado pelo Congresso  permite a retirada de todo o saldo para quem tinha  até um salário mínimo na conta (R$ 998) em 24 de julho, data da edição da MP.  Segundo dados oficiais, 12,3 milhões de contas serão beneficiadas.

A Caixa já está preparada para fazer os pagamentos e aguarda a sanção do projeto pelo presidente Jair Bolsonaro. Diferentemente do cronograma de saque em andamento, as retiradas poderão ser feitas, de uma só vez, independentemente da data de nascimento do trabalhador, segundo fontes da equipe econômica. Também será possível sacar os recursos nas agências lotéricas. Quem tem conta poupança no banco terá o crédito automático.

A proposta aprovada pelo Congresso manteve o limite de R$ 500 para quem tinha saldo na conta vinculada superior a um salário mínimo. O objetivo da mudança foi beneficiar os trabalhadores mais pobres.

O projeto foi aprovado pelo Congresso em 12 de novembro, mas demorou 16 dias para ser enviado ao Palácio do Planalto. A expectativa é que o presidente sancione a MP na próxima semana

O atraso na sanção da MP  também está prejudicando a elaboração e aprovação do orçamento do FGTS  para 2020  pelos conselheiros do Fundo. A regra do Fundo determina que o orçamento seja aprovado em outubro, mas até agora isso não ocorreu. A última reunião do Conselho Curador do FGTS do ano está marcada para o dia 10 de dezembro.

O texto aprovado pelo Congresso fez várias mudanças na destinação dos recursos do Fundo, como limite para os subsídios (descontos a fundo perdido), para beneficiários do programa Minha Casa Minha Vida). Também permite o uso do recursos do FGTS na compra de imóvel acima de R$ 1,5 milhão fora do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), o que pode reduzir a disponibilidade de recursos.

Além do saque emergencial, que vai injetar na economia R$ 46,6 bilhões, incluindo os valores complementares e da cota do Pis/Pasep, a MP cria uma nova modalidade de retirada: os cotistas poderão retirar todo ano um parcela do saldo  na data do aniversário.

Em Afogados, família sofre com perda de jovem que cometeu suicídio 

Na manhã da última segunda-feira (02) a notícia do suicídio do jovem Allyson Silva de apenas 22 anos deixou parentes e amigos do jovem afogadense muito tristes.
Segundo informações o mesmo cometeu suicídio por enforcamento no bairro Padre Pereira onde morava. Ainda segundo informações o mesmo estaria com depressão.
Allyson era um jovem muito querido por amigos e familiares.
A dor da família que será eterna se potencializa pela falta de respeito de algumas pessoas que continuam postando em redes sociais fotos e vídeos do acontecido. em nome da família que não postem mais o vídeo nas redes sociais.

O Congresso Nacional manteve, na noite de hoje (3), o veto presidencial sobre a recriação da propaganda partidária semestral na televisão e no rádio. A votação ocorreu em sessão conjunta da Câmara e do Senado. O veto chegou a ser derrubado pelos deputados, mas foi mantido no Senado, por uma margem estreita.

Para ser derrubado, um veto precisa ter maioria absoluta em ambas as Casas – 41 votos no Senado e 257 votos na Câmara. Entre os deputados, foram 277 votos pela derrubada do veto, mas no Senado foram apenas 39, mantendo assim o veto presidencial.

A propaganda partidária na TV e no rádio foi extinta em 2017. Eram propagandas veiculadas semestralmente pelos partidos, fora do período eleitoral. De acordo com parlamentares favoráveis ao veto, a medida custaria R$ 460 milhões por ano aos cofres públicos.

Partidos como o Novo, autor do destaque, Podemos e Rede se posicionaram a favor do veto. Já os partidos maiores, muitos do chamado “centrão”, foram derrotados.

O destaque seguinte propunha a manutenção do veto que proibia o uso do fundo eleitoral para pagamento de multas eleitorais. Além disso, o destaque, apresentado pela Rede, também defendia a manutenção de outro veto presidencial – o que impedia mudanças nas condições de inelegibilidade, no contexto da Lei da Ficha Limpa.

Vários partidos então – como PT, PL, PSD, Republicanos, PSDB, PSB, PDT, DEM, Solidariedade e PCdoB – obstruíram a votação, obrigando o presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre, a encerrar a sessão.

Na semana passada, o STF decidiu que extratos bancários e declarações de Imposto de Renda de contribuintes investigados podem ser compartilhadas pela Receita com autoridades.

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir nesta quarta-feira (4) se restringe ou mantém o atual modelo de compartilhamento de dados bancários e fiscais sigilosos pela Unidade de Inteligência Financeira (UIF), antigo Coaf, sem autorização judicial.

Na semana passada, por 9 votos a 2, o STF decidiu que extratos bancários e declarações de Imposto de Renda de contribuintes investigados podem ser compartilhadas pela Receita com autoridades.

Também houve maioria de votos a favor do compartilhamento de relatórios pelo Coaf nos moldes em que sempre foram produzidos. Ainda falta definir, no entanto, se haverá restrições específicas no caso desse órgão.

Ao votar, o relator do caso, Dias Toffoli, propôs impedir o Ministério Público de encomendar ao órgão informações de pessoas específicas para fins de investigação, mas nem todos os ministros se manifestaram sobre esse tópico.

O que falta o STF decidir?
Entenda, em perguntas e respostas, o que falta o STF decidir sobre o assunto.

O QUE ESTÁ EM JULGAMENTO?

Um recurso contra decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) que absolveu donos de um posto de gasolina em Americana (SP). O TRF-3 entendeu que houve compartilhamento ilegal de dados detalhados da Receita com investigadores sem autorização da Justiça.

O QUE O STF JÁ DEFINIU?

Por 9 votos a 2, o STF decidiu que a Receita pode compartilhar os dados, inclusive extratos e declarações do IR. A maioria concorda que, tanto Receita como o antigo Coaf, podem compartilhar dados com investigadores.

O QUE FALTA DECIDIR?

Os ministros devem fechar uma tese, ou seja, uma orientação a ser seguida pelos demais tribunais do país ao julgarem casos semelhantes.

Nesse debate, os ministros podem decidir se incluirão restrições específicas propostas pelo ministro Dias Toffoli. Os ministros Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello, por exemplo, não se manifestaram sobre o órgão. No caso da Receita, não deve haver alterações, já que Toffoli mudou o próprio voto e se alinhou ao grupo que defende o amplo repasse.

A TESE PODE RESTRINGIR O QUE JÁ FOI DEFINIDO?

No caso dos relatórios do Coaf, o STF pode decidir debater proposta do ministro Dias Toffoli de impedir a encomenda, pelo Ministério Público, de informações sobre quem não é investigado e de proibir o envio por e-mail desses dados e seu uso como prova. A maioria dos ministros ainda não se posicionou especificamente sobre essas questões.

COMO FICA O COAF NO JULGAMENTO?

Na última sessão, já ficou definido que o Coaf será tema desse julgamento, e a decisão do STF também valerá para dados desse órgão de controle, e não somente da Receita.

Durante o julgamento, vários ministros se manifestaram contra a inclusão do Coaf, afirmando que esse assunto vai além do escopo original do recurso, que só envolvia a Receita. Ao final, ficou definido que o tema está em julgamento.

POR QUE O COAF ENTROU NO JULGAMENTO?

Alegando semelhança com o caso do posto, a defesa do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, entrou com um pedido de suspensão de uma investigação contra si junto ao Supremo baseada em dados do Coaf.

O pedido foi feito dentro do recurso que já tinha sido apresentado pelos donos do posto, que falava só sobre dados da Receita. Após esse pedido, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, concedeu uma liminar que paralisou não somente os casos do posto e do senador, como todos os que estavam baseados em informações detalhadas de órgãos de controle no país.

O QUE ACONTECE COM A LIMINAR? E COM OS PROCESSOS PARADOS?

No final da última sessão, o ministro Dias Toffoli anunciou a revogação da liminar que concedeu, e todos os procedimentos do país que compartilharam dados detalhados de movimentações consideradas suspeitas podem voltar a tramitar. Segundo o Ministério Público Federal, ao menos 935 processos estavam paralisados.

O QUE ACONTECE COM OS DONOS DO POSTO?

Por maioria, os ministros do Supremo anularam a absolvição, ficando restabelecida a condenação. Agora, eles poderão recorrer novamente para tentar um novo resultado.

COMO FICA A SITUAÇÃO DE FLÁVIO BOLSONARO?

Com a decisão, fica cassada a liminar, e todos os procedimentos voltam a tramitar. Flávio Bolsonaro também havia obtido uma liminar do ministro Gilmar Mendes, que foi revogada após a maioria formada na Corte.

QUAL A SUSPEITA?

O senador é alvo de um procedimento no Ministério Público do estado do Rio de Janeiro por suspeita da prática de “rachadinha”, nome popularmente dado à prática de nomeação de pessoas em cargos de comissão em troca de receber parte do salário delas. A defesa alega que o MP do Rio teve acesso a dados bancários de Flávio Bolsonaro sem autorização judicial.

PODE HAVER ‘MODULAÇÃO’?

Sim. Caso o Supremo limite o compartilhamento, é possível a discussão de uma “modulação” – definir a partir de quando vale a decisão – para preservar as investigações anteriores que tiveram compartilhamento detalhado.

 PSB já trabalha com Marília no páreo

Pelo tom das entrevistas, ontem, no Frente a Frente, do líder do PSB na Câmara, Tadeu Alencar, e do próprio João Campos, pré-candidato à Prefeitura do Recife, já está bem digerido o cenário para 2020, na capital, tendo o PT do outro lado do balcão.

Numa abordagem mais direta, Tadeu afirmou que a pré-candidata do PT, Marília Arraes, não se apresenta como bicho-papão, mesmo com Lula em seu palanque. Para ele, o PSB tem um candidato em potencial, serviços prestados ao Estado e ao Recife, particularmente, e uma vitrine – a gestão de Geraldo.

Já João, ao ser abordado sobre o assunto, disse que a manutenção do PT na aliança com o PSB só entrará em discussão no ano que vem, mas que não passa pela sua cabeça nenhum temor do enfrentamento. Com PT aliado, o quadro é bem favorável para João. Sem a legenda, com Lula bombando Marília, só existe uma certeza: uma eleição recheada por capítulos emocionantes.  (Da Coluna do Magno)

 

Morreu nessa madrugada de terça feira (03), o guarda municipal José Carlos da Silva conhecido carinhosamente como FOFÃO, ele trabalhava no Centro Desportivo Municipal, um profissional que amava seu trabalho, era uma pessoa prestativa e muito atencioso com as pessoas, por isso conquistou o carinho de todos, Fofão morava em um apartamento no conhecido beco de Zezé Rodrigues, este blogueiro a quase 1 ano atrás gravou um pendrive só com músicas internacionais a pedido dele, era um apaixonado por músicas antigas, a causa da morte foi um linfoma. Breve mais informações em relação velório e sepultamento.

O advogado de Cauê é Dr. Nelson Tadeu, vem tentando um Habeas Corphus e diz vai prova inocência do seu cliente 

 O Juiz de Direito em Exercício Cumulativo da Vara Criminal de Afogados da Ingazeira,  Bruno Querino Olímpio, deferiu pedido de Prisão Preventiva contra o blogueiro Cauê Rodrigues.

Foto de reprodução/Blogmarcosmontinelly/via Nill Jr.

O juiz atendeu pedido do Ministério Público após inquérito conduzido pelo Delegado de Afogados da Ingazeira,  Ubiratan Rocha. Cauê já estava preso temporariamente desde 4 de outubro em Suzano, São Paulo.

“A materialidade do delito e os indícios suficientes de autoria restaram comprovadas pelas provas trazidas nos autos”. Nas perícias dos celulares apreendidos em conversas de WhattsApp, diz o juiz, ficou comprovado que Cauê prometia  “presentes aos atletas mediante favores sexuais”.

Fotografias de nudez segundo o magistrado foram encontradas. Ainda, na defesa da decisão,  diz que Cauê bloqueou o chip do celular para dificultar as investigações.

Ele foi  acusado de crimes de aliciamento sexual contra crianças e adolescentes.

A prática de crimes, diz o Delegado Ubiratan Rocha, remonta à algum tempo e tem relação com a manutenção de times de futebol envolvendo menores.

O Delegado diz que o Mandado de Prisão expedido pelo Judiciário teve por base uma investigação minuciosa que durou meses. “Foi uma investigação com riqueza de detalhes. O próximo passo será a coleta de mais depoimentos e provas. Claro, ele terá direito à defesa”, disse o Delegado à época.

Cauê Rodrigues era tido como um dos blogueiros mais influentes da região, a partir de Carnaíba. Também era assessor da Câmara de Vereadores de Carnaíba, função que deixou a pouco. Sabe-se também que recentemente, alegava problemas de saúde.

O advogado de Cauê é Nelson Tadeu, de Flores. Ele vem tentando um Habeas Corphus e diz que seu cliente é inocente. Hoje esteve na Rádio Pajeú solicitando degravações de áudios ligados ao caso.

Cauê já deveria ter sido transferido para Pernambuco.  A prisão preventiva deve acelerar o processo de transferência.

 

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira e o SEBRAE estão disponibilizando um serviço de consultoria gratuita para empreendedores locais. O consultor do SEBRAE, José Santana, fará consultoria gratuita, in loco, ou seja, o consultor irá até a empresa interessada.
Fazem parte da consultoria, a realização de um diagnóstico empresarial do negócio, um plano de ação e ajuda na execução. Os empreendedores também poderão sanar todas as dúvidas referentes ao seu negócio. A consultoria abordará temas relacionados às áreas de finanças, marketing, gestão de pessoas, inovação e processos.
As vagas limitadas. Os interessados devem procurar a sala do empreendedor para mais informações.
Serviço:
Sala do Empreendedor – Rua Dr. Roberto Nogueira Lima, nº 165.
(87) 99978 1331 / (87) 3838 1906

Entrou em operação nesta terça-feira (3) o novo voo da Gol Linhas Aéreas entre as cidades de Petrolina e São Paulo. Nesse trajeto, a aeronave transportou mais de 180 passageiros do Aeroporto de Guarulhos (SP) para o município pernambucano. Com a nova operação, Petrolina passa a ter dois horários de voos diretos ida e volta para a capital paulista.

O serviço da Gol terá capacidade para até 186 passageiros, saindo de Petrolina para São Paulo sempre às 12h30, com previsão de chegada às 15h10. Já no sentido contrário, a saída de Guarulhos será às 9h, com a aeronave aterrissando em solo sertanejo às 11h50.

A ampliação do serviço, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Emício Junior, possibilitará novas oportunidades de negócios e atração de visitantes para Petrolina. “Nossa cidade é uma grande produtora e exportadora de frutas, com diversas outras atividades econômicas correlacionadas. A oferta de um novo voo impactará, portanto, no conforto e logística de quem faz negócios em nossa região. Além disso, é mais uma possibilidade para os turistas do Sudeste conhecerem nossos potenciais naturais como o Rio São Francisco, a cultura e claro o melhor São João do Brasil”, pontua Emício.

Petrolina atualmente tem dois voos diretos para o Recife e São Paulo, além da rota para Salvador uma vez por dia. A cidade pernambucana ainda oferece uma linha internacional para transporte de cargas uma vez por semana com destino para a Europa. (Fonte: Blog do Carlos Britto)

Pavimentação da rodovia de Conceição das Crioulas avança no Sertão Central

As obras de implantação são executadas pelo Governo do Estado e já estão 60% concluídas
Foto: divulgação

As obras de implantação e pavimentação da PE-460, com extensão de 11 quilômetros, que vai da BR-116 até a estrada de acesso a Conceição das Crioulas, no município de Salgueiro, estão a todo vapor e já atingiram a marca de 60% de execução. A iniciativa do Governo de Pernambuco conta com investimento de R$ 20 milhões, recursos próprios da administração estadual e, quando concluída, beneficiará diretamente mais de 60 mil habitantes.

Coordenada pela Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, as intervenções são executadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e devem ser concluídas em junho de 2020. Atualmente, estão em andamento obras de drenagem, serviços de terraplenagem e a construção de uma ponte em concreto armado com extensão de 60 metros sobre o rio Urubu. Até o momento, já foram executados quatro quilômetros de pavimentação asfáltica.

“A estrada está ganhando nova forma com as ações em andamento e, no primeiro semestre do próximo ano, vai tirar do isolamento a comunidade quilombola ao facilitar a mobilidade dos moradores da localidade”, afirma a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista.

O Globo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e sua equipe se preparam para iniciar um processo que pode levar à privatização do Banco do Brasil (BB), segundo fontes que acompanham de perto o programa de desestatizações do governo federal.

O primeiro passo para essa medida será Guedes convencer o presidente Jair Bolsonaro a aceitar vender o banco público, de acordo com essas fontes.

A privatização do Banco do Brasil, porém, não seria feita no curto prazo, podendo ocorrer até o fim do mandato, em 2022. Em nota, o Ministério da Economia informou que o governo Bolsonaro “não pretende privatizar Banco do Brasil, Caixa e Petrobras”. O banco não comentou.

Apesar da negativa, o tema já é alvo de discussões dentro do governo. A privatização do BB chegou a ser abordada durante reunião do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), o braço de privatizações do governo federal, há duas semanas.

— O ministro tenta convencer o presidente a já colocar o Banco do Brasil nas privatizações que serão enviadas ao Congresso no próximo ano, para deixar uma lista mais parruda, disse outra fonte que participa da interlocução com os parlamentares.

O presidente da instituição, Rubem Novaes, é um dos grandes defensores da medida dentro do governo. Ele já chegou a afirmar que a privatização do Banco do Brasil seria inevitável.

Guedes disse que uma privatização particularmente poderia render R$ 250 bilhões, sem especificar a qual estatal se referia. Duas empresas públicas, com ações negociadas na Bolsa de Valores, teriam potencial para superar as centenas de bilhões: BB e Petrobras

A delegada Márcia Janine Espíndola foi demitida da Polícia Civil do Ceará por acúmulo de cargos públicos. A decisão do governador Camilo Santana foi publicada no Diário Oficial do Estado de sexta-feira (29). A defesa da policial alega que a servidora enviou um pedido de suspensão da função para um dos órgãos e promete recorrer da decisão.

Conforme a publicação da demissão, a investigação da Controladora Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) descobriu que Márcia Janine exerceu as funções de técnico ministerial do Ministério Público do Estado de Pernambuco entre agosto de 2006 e junho de 2013; e de delegada no Ceará, entre janeiro de 2012 e a data da demissão. No período de um ano e cinco meses que esteve nos dois cargos, a servidora recebeu mais de R$ 96 mil.

“No termo de reinquirição da processada [na CGD], esta admitiu que enriquecera ilicitamente com a acumulação dos cargos no Ministério Público de Pernambuco e na Polícia Civil do Ceará, confirmando a percepção de duplo ganho, sem a solicitação de ressarcimento dos vencimentos percebidos em razão do cargo de Técnico Ministerial, mesmo sem ter trabalhado neste último”, afirmou a publicação.

A investigação ainda encontrou incoerências no discurso da delegada. Segundo a decisão, a acusada mencionou que sempre quis exercer o cargo de delegada. Porém, ela já havia afirmado que desejava seguir na carreira ministerial, ao ser interrogada pela Procuradoria Geral de Justiça de Pernambuco, também sobre o acúmulo de funções nos dois estados.

“A atuação de um servidor público integrante da Polícia Civil do Estado do Ceará deve ser sempre pautada na legalidade, não devendo ele se afastar dos deveres de sua Instituição. Por conseguinte, foi isso que se constatou em relação à conduta da DPC [delegada da Polícia Civil] Márcia, a qual não observou a missão que lhe fora confiada, prejudicando a sociedade, além da imagem da instituição/Polícia Civil e sobretudo lesando os erários estaduais”, conclui a decisão.

Márcia Janine foi condenada pela Justiça Estadual de Pernambuco por peculato e acúmulo de cargos públicos. Em junho deste ano, a Vara dos Crimes Contra a Administração Pública e a Ordem Tributária de Pernambuco sentenciou a servidora a 7 anos de prisão, perda das duas funções e pagamento de mais de R$ 96 mil.

Questionada, a Polícia Civil do Ceará informou que informou que a ex-servidora Márcia Janine Espíndola foi retirada da folha de pagamento da instituição, depois da publicação, no Diário Oficial do Estado (DOE), de sua demissão. Disse ainda que a ex-servidora foi notificada para entregar a carteira funcional e demais acessórios da Polícia Civil. Por fim, esclareceu que Márcia Janine estava afastada por licença para tratamento de saúde desde o mês de agosto desse ano.

Justiça condena ex-prefeita e motorista acusados de desviar R$ 290 mil de compra de alimentos da agricultura familiar

 

A pedido do Ministério Público Federal (MPF), a Justiça Federal em Patos (PB) condenou a ex-prefeita do município de Areia de Baraúnas (PB), Vanderlita Guedes Pereira (conhecida por Dequinha de Mineral), e o motorista da prefeitura, Valdery dos Santos Silva, por terem desviado recursos públicos.

De 1º de janeiro de 2009 a 4 de maio de 2010, a então prefeita e Valdery desviaram recursos públicos federais derivados do Convênio nº 096/2008 (Siafi nº 635577), celebrado com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. De acordo com as investigações, Vanderlita e Valdery (pessoa responsável no município pelos pagamentos aos agricultores participantes do Programa de Aquisição de Alimentos Compra Direta da Agricultura Familiar) apropriaram-se dos recursos durante 14 meses de execução do convênio. Ainda segundo o que foi apurado, foram feitos pagamentos a pelo menos 43 agricultores de maneira irregular.

Os agentes públicos desviaram pelo menos R$ 45.815,73 para proveito próprio e em favor de agricultores, visando angariar bônus político – somente foram levados em conta as notas fiscais e recibos referentes a seis meses de execução do convênio. De acordo com relatório de fiscalização do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, cerca de 80% dos agricultores não entregaram alimentos à prefeitura, mas mesmo assim receberam algum dinheiro do Programa Compra Direta. Estima-se que cerca de R$ 290 mil foram desviados.

Penas

As penas impostas aos dois condenados pela Justiça em primeira instância foram: oito anos e quatro meses de prisão, além de inabilitação, após trânsito em julgado, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo e função pública, eletivo ou de nomeação, bem como a perda do cargo público que porventura ocupem. O valor mínimo para reparação dos danos, em favor da União, é de R$ 45,8 mil,  a ser corrigido monetariamente e acrescido de juros de mora.

Justiça proíbe autor de ameaças a Bolsonaro ter contato visual e virtual com o presidente

O assistente de limpeza Pedro Venicio Souza Rodrigues Ferreira, que passou a ser investigado pela Polícia Federal por fazer ameaças a Jair Bolsonaro em uma rede social, foi proibido ter qualquer contato visual ou virtual com o presidente.

A PF de Minas Gerais chegou a pedir a prisão de Ferreira, mas o juiz optou pela aplicação de medidas cautelares. Além de estar vetado de fazer contato com o presidente, inclusive por meio das redes, o assistente e limpeza não pode se ausentar da cidade de Três Corações sem autorização judicial. Ele também não pode permanecer em nenhum lugar onde Bolsonaro estiver e está proibido de entrar na Escola de Sargentos das Armas (ESA), onde aconteceu o evento com presidente na semana passada.

Assistente de limpeza na ESA, Ferreira postou um vídeo em que afirmou que estaria analisando a situação na área para poder “bolar seu plano”. No mesmo vídeo, ele diz que na hora em que Bolsonaro chegasse, o acertaria.

Detido na última sexta-feira (29), ele disse em depoimento à PF que não tinha intenção de fazer nada contra o presidente e que o vídeo era uma brincadeira.

Leilão de bens da Prefeitura de Salgueiro será realizado nesta quinta-feira (05)

 

Na próxima quinta-feira (5), será realizado em Salgueiro, no Sertão Pernambucano, um Leilão de bens da Prefeitura. O evento será realizado às 10h, na garagem da Sede da Prefeitura Municipal.

O objetivo do leilão é a economia na manutenção de equipamentos, além de arrecadação de receita. Entre os itens disponíveis estão carros, ônibus, gerador, entre outros.

Os interessados em participar podem conferir a lista de bens e lances iniciais através do site.

 

Eduardo Cunha alega aneurisma cerebral e pede prisão domiciliar

 

A defesa do ex-presidente da Câmara dos Deputado Eduardo Cunha (MDB) enviou à Justiça do Rio de Janeiro pedido de prisão domiciliar para o ex-deputado, que está desde maio detido no presídio de Bangu 8.

Os advogados que representam o emedebista alegam que ele apresenta quadro de aneurisma cerebral. A Seap (Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro) foi acionada para elaborar um laudo médico sobre a saúde do ex-deputado. O processo corre em segredo de Justiça.

Esta não é a 1ª vez que o ex-presidente da Câmara e principal algoz de Dilma Rousseff (PT) no processo de impeachment alega sofrer com aneurisma. Em fevereiro de 2017, dias após a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia (ex-mulher de Lula), Cunha disse ao então juiz Sergio Moro, de Curitiba, que sofria do mesmo mal. Sua defesa chegou a enviar à Justiça Federal exames assinados pelo médico João Pantoja que, naquela ocasião, recomendou “continuada observação e avaliação periódica”.

Eduardo Cunha está preso desde outubro de 2016. Ele foi transferido do Complexo Médico-Penal de Pinhais (PR) para Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em maio deste ano. A mudança atendeu a pedido da defesa do emedebista, que tem família no Rio de Janeiro.

Cunha cumpre sentença de 14 anos e 6 meses imposta pela Lava Jato por esquema acerca da compra de campo de petróleo pela Petrobras em Benin, na África. Também já foi condenado a 24 anos e 10 meses de prisão por crimes

A Controladoria-Geral da União (CGU) prevê enviar ao Palácio do Planalto a proposta de um novo regime disciplinar das autarquias e fundações públicas federais que estabelece tratar como crimes o assédio sexual, moral, racismo e homofobia.

O governo ainda não decidiu se vai enviar o texto como um projeto de lei ao Congresso este ano, em separado, ou junto com outros projetos que formam a reforma administrativa. A intenção é prever punições específicas, além de facilitar investigações.

Atualmente, a conduta dos funcionários públicos é regida pela lei dos servidores, tida como ultrapassada pela CGU. “A lei é de 1990, está ultrapassada. Ela não especifica os principais crimes cometidos pelos servidores atualmente”, explicou o corregedor-geral da União, Gilberto Waller.

Ainda segundo ele, a intenção da nova legislação é criar um padrão de punição para os crimes cometidos pelos servidores. “Hoje, a forma de se punir um assédio sexual, por exemplo, é muito subjetiva. Um órgão pune com uma simples advertência, enquanto um outro pode aplicar uma suspensão de 90 dias ou demitir o funcionário que cometeu o mesmo delito”, disse.

De acordo com a CGU, a nova lei terá possibilidade de demissão em casos de crimes como assédio moral e sexual, homofobia e racismo, o que só acontece nos casos de corrupção. O novo texto também institui previsão de proteção de testemunha, delação premiada e denúncia anônima. (Via: Agência Brasil)

Presidida por Sergio Leite de Andrade, entidade que agrega produtores de aço confirmou que houve retaliação e que decisão deve prejudicar “a própria indústria produtora de aço americana, que necessita dos semiacabados exportados pelo Brasil para poder operar as suas usinas”.

 O Instituto Aço Brasil, presidido pelo bolsonarista Sérgio Leite de Andrade, divulgou nota nesta segunda-feira (2) dizendo que “recebe com perplexidade” a decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de restaurar as tarifas de importação de aço e alumínio provenientes do Brasil e da Argentina”.

“O Instituto Aço Brasil reforça que o câmbio no País é livre, não havendo por parte do governo qualquer iniciativa no sentido de desvalorizar artificialmente o Real e a decisão de taxar o aço brasileiro como forma de “compensar” o agricultor americano é uma retaliação ao Brasil, que não condiz com as relações de parceria entre os dois países”, diz o instituto em nota.

Sérgio Leite de Andrade e outros empresários que, juntos, representam 32% do PIB do Brasil, divulgaram um manifesto de apoio a Jair Bolsonaro antes do segundo turno das eleições em 2018.

Leia a nota na íntegra

O Instituto Aço Brasil recebe com perplexidade a decisão anunciada hoje (02) pelo presidente dos EUA, Donald Trump, de restaurar as tarifas de importação de aço e alumínio provenientes do Brasil e da Argentina, sob o argumento de que estes países têm liderado uma desvalorização maciça de suas moedas, e que isso não é bom para os agricultores dos EUA.

O Instituto Aço Brasil reforça que o câmbio no País é livre, não havendo por parte do governo qualquer iniciativa no sentido de desvalorizar artificialmente o Real e a decisão de taxar o aço brasileiro como forma de “compensar” o agricultor americano é uma retaliação ao Brasil, que não condiz com as relações de parceria entre os dois países. Por último, tal decisão acaba por prejudicar a própria indústria produtora de aço americana, que necessita dos semiacabados exportados pelo Brasil para poder operar as suas usinas.

Globo acaba com programa ‘Como Será?’ após cinco anos no ar

 A Globo decidiu cancelar o programa Como Será? após cinco anos no ar. Segundo a própria emissora, uma nova programação ainda será anunciada para as manhãs de sábado, mas não foi informado quando isso deverá ocorrer. Parte da equipe teria sido demitida. 

Em nota, a Globo afirmou que, a partir deste sábado (7), serão exibidas entre as 7h15 e as 9h edições com matérias inéditas e momentos que marcaram esses cinco anos de história do programa. Isso porque o conteúdo inédito já estaria gravado, segundo a emissora. 

A Globo afirmou que o programa “contribuiu para reforçar o compromisso da emissora com a pauta social, exibindo um conteúdo de extrema qualidade e dezenas de histórias inspiradoras, contadas por excelentes profissionais”. Os assuntos continuarão a ser abordados em seus programas, novelas e telejornais. 

Em nota, a emissora afirmou que “alguns profissionais dedicados ao programa estão sendo realocados em outras produções”, mas funcionários afirmam que houve demissões. O colunista Flávio Ricco, do UOL, aponta em torno de 30 pessoas demitidas. 

A jornalista Sandra Annenberg, que estava a frente do programa, deve continuar na apresentação do Globo Repórter ao lado de Glória Maria. 

.O defensor do ex-presidente afirma que, se o Supremo negar seguimento ao pedido, estaria cometendo uma “grave ilegalidade”. (Foto: Reprodução)

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu nesta segunda-feira, 2, ao Supremo Tribunal Federal (STF) a anulação do julgamento que levou à condenação de 17 anos e um mês de prisão imposta pelo Tribunal Regional Federal (TRF-4), o Tribunal da Lava Jato, no caso do sítio de Atibaia. A sentença foi a mais pesada contra o petista, acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O advogado Cristiano Zanin, que defende Lula, classificou como “constrangimento ilegal” a decisão do tribunal, que elevou a pena do petista antes prevista em 12 anos e 11 meses de reclusão. O defensor do ex-presidente afirma que, se o Supremo negar seguimento ao pedido, estaria cometendo uma “grave ilegalidade”.

“Em um Estado Democrático de Direito, não pode um constrangimento ilegal contra a liberdade de um cidadão deixar de ser sanado pelo Poder Judiciário por obstáculo de regra procedimental. Aliás, muito pelo contrário, como já exposto acima, a possibilidade de imediato afastamento de constrangimento ilegal em Habeas Corpus é previsto tanto em lei, como no Regimento Interno desta Excelsa Corte.”

A defesa alega que o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF-4, julgou o mérito do processo enquanto haviam recursos que mereciam análise, em uma “inversão tumultuária do processo”. Zanin se refere a uma petição avaliada em 30 de outubro relacionadas a troca de mensagens atribuídas aos procuradores da Lava Jato em Curitiba e o ex-juiz Sergio Moro. O pedido foi rejeitado, mas o prazo para recurso, segundo a defesa, iria até o dia 03 de dezembro.

“Considerando que as referidas mensagens reforçam a suspeição tanto dos procuradores da Lava Jato, quanto do ex-Juiz Sérgio Moro, que instruiu quase a totalidade da ação penal que deu origem à referida apelação – questão essa que foi arguida nas razões recursais, e tem potencial para anular todo o processo -, resta evidente que a suspeição e as demais questões prejudiciais de mérito não poderiam ter sido analisadas antes do esgotamento dos recursos cabíveis sobre essa matéria”, argumenta Zanin.

Sítio de Atibaia

Por unanimidade, o TRF-4 condenou Lula a 17 anos e um mês de prisão na ação penal sobre o sítio de Atibaia, em São Paulo. O petista é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em obras e reformas avaliadas em R$ 1 milhão no imóvel, que está em nome de Fernando Bittar, filho do amigo de Lula e ex-prefeito de Campinas, Jacó Bittar.

A Lava Jato apontou que o sítio passou por três reformas: uma sob comando do pecuarista José Carlos Bumlai, no valor de R$ 150 mil, outra da Odebrecht, de R$ 700 mil, e uma terceira reforma na cozinha, pela OAS, de R$ 170 mil. Total de R$ 1,02 milhão gastos pelos acusados. Os pagamentos tiveram relação com negócios na Petrobras e os caixas de propinas acertados entre as empreiteiras e o PT.
 
“A responsabilidade do ex-presidente Lula é bastante elevada. Ocupava o grau de máximo dirigente da nação brasileira”, registrou o desembargador Gebran Neto, relator da Lava Jato, em seu voto. “Havia a expectativa que se comportasse em conformidade com o Direito e que coibisse ilicitudes. Ao revés disso, o que se verifica, nesses casos, é uma participação e uma responsabilização pela pratica dos diversos atos de corrupção.”

Sua posição foi acompanhada pelos desembargadores Leandro Paulsen e Carlos Eduardo Thompson Flores, da 8ª Turma.

 A Ouvidoria das polícias de São Paulo solicitou o afastamento de todos os policiais envolvidos na operação que resultou na morte de nove pessoas que frequentavam um baile funk na favela de Paraisópolis, na madrugada de domingo. Se acatado o pedido pela Corregedoria, os agentes ficam foram de operação até o final da investigação.

O ouvidor das polícias, Benedito Mariano, também pediu ao superintendente da polícia técnica e científica dois laudos: o balístico, para avaliar as armas recolhidas dos policiais que participaram da ação; e o exame de necropsia nas nove vítimas , para verificar a causa morte.

O ouvidor comemorou a troca de comando da apuração do caso. Ele havia pedido oficialmente, na manhã desta segunda-feira,  a transferência da investigação do 16º Batalhão para a Corregedoria. 

O órgão corregedor, que tem expertise de ser polícia judiciária militar, tem mais condições de investigar. Isso é bom para o próprio batalhão. Batalhão tem de cuidar do policiamento. A corregedoria existe desde 1940 e tem quase 800 policiais lotados para fazer esse trabalho. É uma boa notícia, mas ainda um primeiro passo — disse Mariano.

— A princípio, as vítimas foram mortas pisoteadas. Mas o laudo vai dizer — afirmou.

Vídeos que circulam nas redes sociais, supostamente gravados por testemunhas da ação em Paraisópolis, apontam que houve casos de abuso policial. Num deles, policiais espancam dois jovens numa viela. Em outra imagem, os agentes cercam os moradores num beco. Assim teriam ocorrido das mortes por pisoteamento, segundo a versão dos moradores e frequentadores.

egundo a Polícia Militar, a ação foi resultado de uma perseguição policiais a dois suspeitos que, abordados numa moto, não pararam e fugiram atirando. Eles teriam sido perseguidos por cerca de 400 metros e depois entrado no baile, usando o público como “escudo humano”. A abordagem à moto ocorreu porque o veículo era parecido com um que já havia atirado nos policiais.

De acordo com o tenente-coronel Emerson Massera, da PM, ao perceber a presença dos agentes, o público do baile reagiu, atirando pedras e garrafas. Foi quando a Força Tática chegou para dar reforço. Com a correria, as pessoas foram pisoteadas. Ao todo, participaram da ação 38 policiais. Durante a dispersão, os policiais utilizaram quatro granadas de efeito moral e duas de gás lacrimogênio, além de disparar oito tiros de bala de borracha. A PM afirma que os policiais não deram tiro de arma de fogo. 

 

Paraíba.com

Publicado o mais novo edital n° 001/2019 para reposição de pessoal na Câmara de Santa Luzia, estado da Paraíba. O concurso Câmara de Santa Luzia – PB, que conta com três vagas para profissionais de níveis fundamental e médio/técnico, oferece salários variados de R$ 998,00 e R$ 1.222,76.

O concurso constará de prova escrita objetiva de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos e prova prática para o cargo de Motorista.

Vagas disponíveis

Sob a execução da empresa CPCon, o certame oferece vagas para Auxiliar de Serviços Gerais (01), Motorista (01) e Agente Administrativo (01). A carga horária para estes cargos é de 40 horas semanais.

Como se inscrever no Concurso da Câmara de Santa Luzia – PB

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site https://cpcon.uepb.edu.br,a partir das 10h do dia 25 de novembro até as 23h59min do dia 26 de dezembro de 2019 (horário local).

 

Clique e leia a íntegra da matéria Continue reading

 

Mais um acidente envolvendo banda de forró é registrado na Paraíba. Desta vez um carro e o caminhão da banda Cavaleiros do Forró deixou um morto na manhã desta segunda-feira (2), em Aroeiras, na Paraíba.

 

De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, o carro teria colidido frontalmente com o caminhão. O motorista do carro não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

O acidente aconteceu por volta das 8h, na PB-108.

Com o impacto da colisão, a frente do carro em que a vítima estava foi totalmente destruída. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado ao local e constatou que o motorista do carro, identificado como José Elpídio da Costa, de 53 anos, já estava morto.

Segundo relato do motorista do caminhão à polícia, ele estava seguindo viagem no sentido Aroeiras-Queimadas, retornando de um show que a banda fez na noite do domingo (1º) em Aroeiras, quando o carro de passeio, que estava no sentido contrário da via, teria invadido o sentido em que o caminhão seguia.

Ainda segundo o motorista do caminhão, ele teria buzinado e tentado puxar o caminhão para o acostamento, mas não deu tempo e o carro de passeio acabou colidindo com o veículo. Até as 11h desta segunda-feira (2), o corpo da vítima e as polícias Militar e Civil permaneciam no local do acidente.

 G1

Clientes reclamam de desabastecimento de caixas eletrônicos no Banco do Brasil em Patos

Clientes e usuários de uma agência do Banco do Brasil em Patos reclamam da falta de dinheiro nos caixas eletrônicos.

Clientes e usuários de uma agência do Banco do Brasil em Patos reclamam da falta de dinheiro nos caixas eletrônicos. A denúncia foi feita na manhã desta segunda-feira (2), quando os consumidores foram até o local e mais uma vez encontraram os caixas desabastecidos. 

Os clientes iam de um lado para o outro esperando dinheiro nos caixas eletrônicos. As novas máquinas permitem saques quando são feitos depósitos em dinheiro sem uso de envelopes, porém, os recursos não eram suficientes para atender a demanda de saque e vários caixas deram problemas.  

Os clientes levaram a reclamação até o Procon sobre o mau atendimento no Banco do Brasil e nas demais agências. O órgão tem feito notificações, mas segundo eles, o desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor continua

Polícia Civil prende suspeito de comercializar armas ilegalmente no Sertão da Paraíba

Após buscas na residência do suspeito realizadas com autorização da Justiça, os policiais encontraram no local três

A polícia foi acionada por uma denúncia anônima. (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de praticar comércio ilegal de armas de fogo nesta segunda-feira (2), em Sousa, no Sertão da Paraíba. 

A polícia foi acionada por uma denúncia anônima. Após buscas na residência do suspeito realizadas com autorização da Justiça, os policiais encontraram no local três armas, sendo dois revólveres e uma pistola.

“O trabalho foi realizado pelo Nucleo de Roubos e Furtos da Delegacias, que fez a prisão  em flagrante delito pela prática de crime de posse irregular de arma de fogo”, afirmou. 

Nesta semana que passou, ocorreu o relançamento da Frente Parlamentar Mista de Energia Limpa e Sustentável, em Brasília. O evento contou com a presença de dezenas parlamentares que têm ligação direta com a pauta de energias renováveis de inúmeros partidos.

O deputado federal Lafayette de Andrada (REPUBLICANOS – MG), relator da Comissão Especial do Código Brasileiro de Energia Elétrica e criador da Frente, considera absurda a ideia de inibir a produção de energia solar em um país com o potencial do Brasil.

O deputado destacou dado recente apresentado pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que o Brasil terá de investir R$ 450 bilhões em dez anos para ampliar transmissão e geração de energia.

“Diante disso, como é possível o Estado inibir a produção de energia solar, limpa, renovável e economicamente viável?”, questiona o deputado.

O senador Major Olimpio (PSL-SP), integrante da frente e afirmou que a resolução da Aneel não tem razoabilidade do ponto de vista econômico, jurídico e administrativo.

“É um equívoco o que quer promover a Aneel com a taxação do setor. Vejo com tristeza a tentativa de colocar obstáculos para progresso e impedir o crescimento do Brasil, um país com posição geográfica favorável a captação de energia solar”, disse.

Os parlamentares destacaram que um grupo formado com especialistas, engenheiros e integrantes do setor prepara um documento contrário à REN 482, que deve ser apresentado na semana que vem.

Recentemente, a Aneel anunciou a prorrogação do prazo final para consulta pública sobre o tema. Os interessados têm até 30 de dezembro para enviar sugestões de mudanças na Resolução Normativa 482/2012.

A Frente Parlamentar Mista de Energia Limpa e Sustentável é composta por 211 deputados federais e 18 senadores

Perseguição e tiroteio deixa 9 mortos por pisoteamento durante baile funk em SP

Vista aérea da favela de Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo
Foto: reprodução

Uma perseguição policial que resultou em troca de tiros durante a madrugada deste domingo (1º) deixou nove pessoas mortas por pisoteamento durante um baile funk que acontecia na favela de Paraisópolis, na Zona Sul da capital paulista – oito homens e uma mulher.

Cerca de 5 mil pessoas estavam no baile funk. A Polícia Militar relata que realizava a Operação Pancadão quando uma moto com dois suspeitos atirou contra os agentes. Policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar passaram a perseguir os suspeitos que entraram na favela de Paraisópolis, em direção ao local onde acontecia o baile funk.

Nove pessoas foram pisoteadas e resgatadas ao Hospital do Campo Limpo, onde morreram. Outras sete pessoas foram socorridas com lesões ao AMA Paraisópolis, sendo uma mulher ferida por disparo de arma de fogo. Ainda de acordo com o PM, duas viaturas foram depredadas.

O Governador de São Paulo, João Doria, lamentou as mortes em sua rede social e disse que determinou uma apuração rigorosa do episódio.

O caso está sendo registrado no 89º Distrito Policial, do Jardim Taboão, e a PM instaurou inquérito policial militar para apurar todas as circunstâncias da ocorrência.

*Com informações do repórter Tiago Muniz

Vereador tem moto furtada na Ingazeira

O vereador José Dormeles Vasconcelos de Alencar, conhecido como Dorneles Enfermeiro (PTB)  teve a sua moto tomada de assalto no sítio Barrocas, zona rural de Ingazeira.

De acordo com ele a moto Honda Fan 125, cor preta, placa KKF-0131, ano 2008 foi levada por dois elementos que estavam em uma moto e o abordaram.

Segundo Dorneles, um dos criminosos sacou uma arma da cintura e anunciou o assalto. Após cometer o delito, a dupla tomou destino ignorado. Policiais militares lotados no 23º Batalhão estão em diligências com o objetivo de localizar e prender os imputados..

TCE julga irregular gestão financeira de 2018 do Cimpajeú e multa prefeito de Flores

 

Trata-se o processo em apreciação da Prestação de Contas do Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú – CIMPAJEÚ, tipo Gestão, relativa ao exercício financeiro de 2018, que teve como titular o prefeito de Flores, Marconi Santana.

Da análise dos autos foi emitido Relatório de Auditoria que aponta algumas irregularidades como: Realizar despesa não autorizada; Pagamento de despesa sem liquidação de fato; Despesas com aquisição de combustíveis sem o devido controle; Despesas com pagamentos indevidos de encargos financeiros decorrentes de atraso no recolhimento de contribuições previdenciárias ao RGPS/INSS; Despesas com locação de veículos cujas prestações de contas não estão instruídas em consonância com a Resolução nº 05/2016 do CIMPAJEÚ.

A Segunda Câmara da Corte de Contas julgou irregular a prestação de contas e multou o prefeito de Flores em R$ 11.755,10.

 

O volante Willian Gaúcho, de 21 anos, é o mais novo reforço do Afogados FC para o Campeonato Pernambucano 2020. O jogador estava defendendo as cores do Aimoré, do Rio Grande do Sul, mas pertence ao Náutico.

Willian estava no elenco do Timbu, que conquistou o titulo de Campeão Pernambucano no ano passado, inclusive atuando em algumas partidas e marcando gol com a camisa do Náutico.

Além do Aimoré e Náutico, Willian Gaúcho disputou a série D do Campeonato Brasileiro neste ano pelo América (PE). O jogador chega ao Afogados por empréstimo junto ao Náutico.

A apresentação oficial do elenco do Afogados FC será no dia 10, às 19h30, no estádio Vianão

O Ministério da Justiça e Segurança Pública vai entregar a 68 municípios de Pernambuco um contingente de 280 viaturas para serem usadas pelas guardas municipais. Os recursos foram oriundos de uma emenda impositiva (nº 7118005) da bancada federal no Congresso.

No sertão do Araripe apenas Trindade que será beneficiada, recebendo 02 viaturas. Petrolina, maior cidade do Sertão do São Francisco, ficará 09 veículos, na região do pajeú  Afogados da Ingazeira 02, Tabira 03, Serra Talhada 04, Triunfo 02. e Santa Terezinha 01.

Os veículos são de 5 lugares, Ano 2019/2020, zero quilometro, 5 portas, motor flex, câmbio manual, cor Branca, ar-condicionado de fábrica, e vidros e travas elétricas.

Confira abaixo a lista completa das cidades beneficiadas.

blogmarcosmontinelly

 

blogmarcosmontienlly

 

Governo do estado contemplou  mais 36 cidades

Estão abertas as inscrições para cursos gratuitos de capacitação promovidos pela Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação do governo de Pernambuco. Ao todo, são oferecidas 1.190 vagas em 37 dos 184 municípios do estado. O cadastramento pode ser feito clicando aqui  e as atividades têm início nesta segunda-feira (02).

Veja as cidades contempladas e o cronograma completoblogmarcosmontinelly

Em Afogados da Ingazeira terá o curso de preparo de doces e salgados e as matrículas vão até a sexta-feira (06), com início das aulas no dia 09 de dezembro, faltando definir o local a serem ministradas.

De acordo com o governo, as ações de qualificação profissional têm como foco principal os setores da indústria, comércio e serviços, aproveitando o período de aquecimento da economia e das festas de fim do ano.

As aulas serão ministradas pelas Unidades de Educação Profissional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O estado ressaltou que o programa Novos Talentos pretende atender a demandas das empresas e polos em desenvolvimento e expansão e fortalecer públicos específicos, considerando a vocação econômica da região.

As capacitações são realizadas de forma presencial, com conteúdo teórico e prático e carga horária que varia de 15 a 40 horas/aulas.

São oferecidas vagas nos seguintes cursos: preparo de doces e salgados, confecção de elementos decorativos para festas, técnicas de vendas, design de sobrancelhas, comida de botequim e drinques e coquetéis.

Também há vagas para capacitação em qualidade no atendimento ao turista, técnicas de recepção em meios de hospedagem, artesanato com material reciclado, embalagens artesanais, primeiros socorros, aperfeiçoamento para garçom, além de boas práticas na manipulação dos alimentos.

 

Após ter ultrapassado a meta preconizada pelo Ministério da Saúde para vacinação de crianças até seis anos, a Prefeitura dá sequência a segunda etapa, que tem como público alvo, a faixa etária entre 20 e 29 anos.

Neste sábado(30), em um esforço coletivo, a Secretaria de Saúde abrirá todos as unidades básicas de saúde da cidade, no horário de 8h às 13h, para ofertar a vacina contra o sarampo, doença extremamente contagiosa, grave e que pode levar até a morte. Portanto, previna-se, procure a unidade mais próxima de sua casa e vacine-se contra o sarampo. 

Em João Pessoa, cerca de 1.000 profissionais de saúde da PMJP estarão mobilizados em mais de 100 postos de imunização, até às 12h.

 Secom-PB

Adultos de 20 a 29 anos poderão se vacinar contra o sarampo neste sábado (30), no Dia D da campanha de vacinação, que está voltada a jovens dessa faixa etária. Em João Pessoa, cerca de 1.000 profissionais de saúde da PMJP estarão mobilizados em mais de 100 postos de imunização, até às 12h.

A segunda fase da campanha foi aberta no dia 18 de novembro. Na Capital, a vacinação incluirá as pessoas entre 30 e 49 anos, além do grupo estabelecido de 20 a 29 anos, nesta fase.

A vacina tríplice viral, que também protege contra caxumba e rubéola, está disponível em todas as Unidades de Saúde da Família (USF), Policlínicas Municipais e no Centro Municipal de Imunizações (Torre), de segunda à sexta-feira e, faz parte do calendário de rotina.

Sarampo

Os sintomas iniciais de sarampo são febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal-estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias. São comuns lesões muito dolorosas na boca.

A doença pode ser grave, com acometimento do sistema nervoso central e pode complicar com infecções secundárias como pneumonia, podendo levar à morte. As complicações atingem mais gravemente os desnutridos, os recém-nascidos, as gestantes e as pessoas portadoras de imunodeficiências.

Vacinação em Campina Grande

A Secretaria de Saúde de Campina Grande realizará a campanha de vacinação em mais de 40 Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 17h. No Complexo Habitacional Aluízio Campos, a Secretaria também vai disponibilizar um ponto de vacinação, com todas as vacinas disponíveis no Calendário Nacional de Imunização, para os novos moradores do conjunto.

A vacina contra o sarampo é disponibilizada para jovens adultos, de 20 a 29 anos, que não tomaram a vacinação na faixa etária adequada quando crianças. Caso a pessoa tenha a comprovação de que tomou as duas doses da imunização, não precisa se vacinar novamente.

Ação no Aluízio Campos

A ação de multivacinação levará as vacinas disponíveis do Calendário Nacional de Imunização para todos os públicos ao conjunto habitacional. O horário será das 8h às 19h para atingir também os moradores que trabalham durante o dia.

Campanha de multivacinação

A Secretaria de Saúde já está realizando uma campanha de multivacinação em 67 salas de vacina da cidade, disponibilizando e intensificando a aplicação de todas as vacinas. Além disso, 15 salas de vacina estão funcionando até no horário do almoço.

Investigações devem ser retomadas 

O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por um suposto esquema de rachadinha no período em que era deputado estadual.

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo
Tribunal Federal), liberou a retomada de investigação sobre o senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) nesta sexta-feira (29).

Gilmar derrubou uma liminar (decisão provisória) concedida por ele mesmo em 30 de setembro. A defesa de Flávio pediu para que fosse dada ordem ao Ministério Público do Rio de Janeiro de paralisar apurações sobre o senador.

O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por um suposto esquema de rachadinha no período em que era deputado estadual. A prática consiste na devolução de parte do salário dos funcionários para o deputado ou pessoas de confiança.

A liminar de Gilmar barrava a investigação em razão de uma outra decisão, também provisória, do ministro Dias Toffoli, presidente da corte, que havia determinado em julho a paralisação de todas as apurações feitas com base em dados sigilosos, sem autorização judicial prévia. 

Nesta quinta-feira (28), porém, o plenário do STF votou, em sua maioria, por liberar investigações com essas informações. Assim, Toffoli derrubou sua própria liminar, e Gilmar fez o mesmo nesta sexta.

“Considerando que a decisão paradigma [de Toffoli] que estaria sendo descumprida pelo ato reclamado não mais subsiste, não há que se falar em violação à autoridade desta corte, apta a ensejar o cabimento da presente reclamação”, escreveu Gilmar.

Gilmar tornou pública a decisão desta sexta, mas o processo de Flávio continua sob segredo de Justiça.

“Outrossim, considerando que a Constituição Federal estabelece a regra da publicidade dos atos processuais e dos julgamentos do Poder Judiciário, ressalvada a preservação do direito à intimidade do interessado (art. 93, inciso IX), determino a publicação na íntegra da presente decisão, mantendo-se o sigilo dos autos, em razão da existência
de dados bancários e fiscais do reclamante acobertados pela proteção à intimidade”, escreveu.

Para além da que envolve Flávio, outras 900 investigações em todo o Brasil haviam sido paralisadas graças à liminar de Toffoli em julho.

O inquérito que foi congelado era o mais avançada entre quatro procedimentos nos quais Flávio figura como investigado, com quebras de sigilo fiscal e bancário do senador e outras 102 pessoas físicas e jurídicas ligadas a ele. 

Há a suspeita de prática de “rachadinha” no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio entre os anos de 2007 e 2018 – período em que o policial aposentado Fabrício Queiroz, pivô do caso, trabalhou com ele.

A apuração começou há mais de um ano e meio, com o envio ao MP-RJ de um
relatório do Coaf apontando movimentações atípicas de R$ 1,2 milhão na conta bancária de Queiroz, ex-assessor de Flávio na Assembleia fluminense.

Além do volume movimentado na conta de Queiroz, que era apresentado como
motorista de Flávio, chamou a atenção a forma com que as operações se davam: depósitos e saques em dinheiro vivo, em data próxima do pagamento de servidores da Assembleia.

A apuração envolveu seis relatórios do antigo Coaf (hoje UIF, a Unidade de Inteligência Financeira) que detalhavam, por exemplo, data, agência bancária e horários de dezenas de saques e depósitos realizados – o que, segundo a decisão inicial de Toffoli, em julho, demandava autorização judicial.

Na quinta, a maioria dos ministros do STF decidiu autorizar o compartilhamento de dados bancários e fiscais com o Ministério Público e a polícia sem necessidade de autorização judicial prévia.

A votação do processo sobre o compartilhamento de dados sigilosos foi finalizada, mas a fixação da tese que norteará a atuação dos órgãos de controle ficou para a próxima quarta (4).

Os ministros votaram de formas diferentes em relação à Receita e ao antigo Coaf, rebatizado de UIF em agosto.

A situação é mais clara quanto à Receita. Por maioria de nove votos, o Fisco poderá continuar compartilhando com o Ministério Público e a polícia suas representações fiscais para fins penais (RFFPs), incluindo íntegras de declaração de Imposto de Renda e extratos bancários.

Votaram nesse sentido os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

Somente Toffoli votou inicialmente por impor restrições ao teor do material compartilhado pela Receita, proibindo o repasse de declarações de IR e extratos bancários. Nos minutos finais, alterou seu voto para acompanhar a maioria.

Já os ministros Marco Aurélio e Celso de Mello foram os mais restritivos nesse ponto: para eles, não pode haver compartilhamento sem autorização da Justiça, em respeito ao direito constitucional à privacidade.

A situação em relação à UIF deverá ficar mais clara na semana que vem, quando for definido o enunciado da tese. Só então será possível analisar o impacto definitivo do julgamento nas investigações que usaram dados da UIF, como a de Flávio.

Apenas Toffoli e Gilmar fizeram ressalvas ao procedimento de compartilhamento dos relatórios de inteligência financeira (RIFs) feitos pela UIF. Eles enfatizaram que os relatórios não podem ser feitos “por encomenda” do Ministério Público e da polícia a não ser quando já houver investigação formal sobre o alvo ou tiver havido um alerta anterior da UIF sobre ele.

Tanto ele como Toffoli afirmaram que há casos concretos em que o Ministério Público pediu à UIF informações por meios não oficiais, como email – o que ambos destacaram ser vedado.

Como alguns ministros nem sequer abordaram o tema da UIF (como Marco Aurélio e Lewadowski) ou não se debruçaram especificamente sobre as ressalvas expressas por Toffoli e Gilmar, é preciso esperar a formulação da tese geral, na próxima quarta.

Ao STF a defesa de Flávio Bolsonaro sustentou que o Ministério Público do Rio pediu informações sobre ele diretamente ao antigo Coaf, realizando uma verdadeira quebra de sigilo, sem controle judicial, inclusive com contatos por email entre promotores e o órgão de inteligência.

Em julho, Flávio pegou carona em um recurso extraordinário que tramitava no STF desde 2017 e que tratava somente do compartilhamento de dados pela Receita. A partir do pedido do senador, Toffoli, relator do processo, expandiu o objeto em discussão para alcançar também a UIF.

A medida gerou críticas de colegas no plenário. Os ministros Rosa Weber, Cármen Lúcia, Marco Aurélio e Celso de Mello votaram contra a inclusão da UIF no julgamento, mas acabaram sendo vencidos nesse ponto.

ENTENDA AS INVESTIGAÇÕES ENVOLVENDO FLÁVIO BOLSONARO

O que pesa contra Flávio Bolsonaro?

Há a suspeita de prática de “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro
na Assembleia Legislativa do Rio entre os anos de 2007 e 2018 – período em que o policial aposentado Fabrício Queiroz, pivô do caso, trabalhou com ele. A prática consiste na devolução de parte do salário dos funcionários para o deputado ou pessoas de confiança.

Também se apura suposta lavagem de dinheiro por meio de compra e venda de imóveis pelo hoje senador no período.

Há ainda suspeita sobre funcionários fantasmas no gabinete de Flávio quando era deputado estadual.

Por que o caso de Flávio se enquadrava na decisão de Toffoli, agora derrubada, de suspender investigações?

A apuração envolveu seis relatórios do antigo Coaf que detalhavam, por exemplo, data, agência bancária e horários de dezenas de saques e depósitos realizados – o que, segundo a decisão inicial de Toffoli, em julho, demandava autorização judicial.

Quais os argumentos de Flávio?

Ao STF a defesa sustentou que o Ministério Público do Rio pediu
informações sobre ele diretamente ao antigo Coaf, realizando uma
verdadeira quebra de sigilo, sem controle judicial, inclusive com
contatos por email entre promotores e o órgão de inteligência

Ele é alvo de quantas investigações?

No total, há quatro procedimentos abertos nos quais Flávio figura como investigado. 

Quem investiga?

Três correm no Ministério Público do Rio de Janeiro e um no Ministério Público Federal.

De quais crimes é suspeito?

Os procedimentos apuram peculato, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio, organização criminosa e improbidade administrativa.

Quais pararam?

Só o procedimento criminal, que apura a “rachadinha”, foi parado em razão da discussão no STF. Era o mais avançado, com quebras de sigilo fiscal e bancário do senador e outras 102 pessoas físicas e jurídicas ligadas a ele. 

De que tratam as outras investigações?

Há dois procedimentos cíveis com o MP-RJ: um corre há um ano, com base no relatório do antigo Coaf. Outro, que apura a existência de funcionários fantasmas no gabinete, começou há dois meses. O quarto, sob sigilo, está sob responsabilidade do MPF e apura a evolução patrimonial de Flávio.

“Calma gente, tem pessoas caindo. Meu Deus do céu, calma”, grita uma funcionária desesperada.

 Em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana de Recife, uma loja de departamentos atraiu tanta gente que o empurra-empurra acabou resultando em confusão, pessoa se machucaram foi um verdadeiro furdunço uma confusão generalizada  uma tremenda desorganização por parte das lojas que não montam uma estrutura com controle de entrada e saída para receber tanta gente sem no mínimo um pouco educação.

 Leia também: 

Consumidores trocam socos em Lojas Americanas na Black Friday

Uma confusão generalizada tomou conta de uma unidade das Lojas Americanas no Shopping Interlagos, na zona sul de São Paulo, nesta sexta-feira, 29, dia em que as lojas oferecem descontos conhecido como Black Friday (veja o vídeo acima). A Polícia Militar chegou a ser acionada para controlar a situação. Ninguém foi preso.

No vídeo divulgado nas redes sociais, consumidores atiram produtos uns nos outros e dois homens chegam a trocar socos no interior da loja. Não se sabe o que motivou a algazarra. Depois do ocorrido, começaram a circular fotos de produtos espalhados pelo chão da unidade.

Havia fila na porta do shopping desde a noite desta quinta-feira, 28, um dia antes do início da Black Friday.

As Lojas Americanas oferecem até 80% de desconto na data, mas, até o meio-dia desta sexta-feira, o site Reclame AQUI registrou 148 queixas desde às 11h de quarta-feira, 27, contra a rede. Ao lado da varejista KaBUM, as Lojas Americanas lideram o número de reclamações no site. VEJA acompanha ao vivo as promoções e denúncias de fraude nesta Black Friday. 

Até às 14h desta sexta, a B2W, que detém as Lojas Americanas, liderava o número de reclamações dos consumidores de acordo com o Procon-SP. Dentre todas as reclamações, a empresa concentrava 12,5% das insatisfações manifestadas pelos consumidores ao órgão.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel

Escola Monteiro Lobato

 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho

Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!