Cantora Joelma revela que está há quase três anos sem beijar: ‘Um recorde’

A revelação foi feita quando Serginho Groisman conversava sobre o assunto com a plateia virtual.

Em julho de 2017, ela assumiu publicamente o namoro com o empresário Alessandro Cavalcante, mas a relação acabou um ano depois. (Foto: Divulgação)

 No programa Altas Horas, na noite deste sábado (2), na Globo, a cantora Joelma, 46, disse que está há quase três anos sem beijar na boca. A revelação foi feita quando Serginho Groisman conversava sobre o assunto com a plateia virtual.

“Tem alguém que não beija há um mês? Ah, tem: uma, duas, três. Há dois meses, tem alguém? Há três meses?”, perguntou o apresentador. Uma jovem afirmou que estava há quase um ano sem beijar. Foi quando Joelma surpreendeu: “Gente, eu sou um recorde. Estou há quase três anos”, disse, aos risos.

A cantora viveu um relacionamento de 17 anos com Ximbinha, com que formou a banda Calypso. O casal teve uma conturbada separação em 2015. Em julho de 2017, ela assumiu publicamente o namoro com o empresário Alessandro Cavalcante, mas a relação acabou um ano depois.

‘Ele me tocou’, diz ex-seminarista que acusa arcebispo de abuso sexual

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar as suspeitas contra o arcebispo, a pedido do Ministério Público do Pará. O Vaticano também investiga o caso.

Dom Alberto Taveira Corrêa, arcebispo de Belém do Pará, foi acusado de assédio moral e sexual (Foto: Reprodução)

Uma autoridade da Igreja Católica no Brasil acusada de abuso sexual. A reportagem é o resultado de dois meses de apuração jornalística. Os repórteres Fabiano Villela e James Alberti ouviram quatro ex-seminaristas que denunciam Dom Alberto Taveira Corrêa, arcebispo de Belém do Pará. Eles dizem que Dom Alberto usou de seu poder para investidas sexuais não consentidas em encontros privados. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar as suspeitas contra o arcebispo, a pedido do Ministério Público do Pará. O Vaticano também investiga o caso.

A casa onde vive o arcebispo metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, é o lugar onde ex-seminaristas dizem ter passado por seus piores dias. A menos de um quilômetro de lá, fica o escritório do arcebispo: a Cúria Metropolitana. É lá que os arcebispos, em geral, costumam receber seminaristas para conversar sobre vocação religiosa, uma prática considerada comum na Igreja.

Os jovens aspirantes a padres que frequentavam esses encontros vêm de famílias simples e muito religiosas.

“Eu sempre fui um rapaz de igreja, fiz catequese. A minha vida se dividia entre estudar e igreja”, diz um ex-seminarista.

“Desde muito pequeno fazendo primeira comunhão, crisma, etc. E, junto com isso, sendo coroinha por muitos anos”, conta outro ex-seminarista.

Além das conversas na Cúria, segundo ex-seminaristas, Dom Alberto também tinha o hábito de receber os jovens em casa.

“Ele dizia: ‘Quero conversar contigo tal dia, lá em casa e tal’, afirma um ex-seminarista.

“Parecia algo inalcançável. ‘Nossa! Eu fui chamado para ir à casa do arcebispo’. Você se sente importante naquele momento”, conta outro ex-seminarista.

Mas entre o fim de outubro e o início de novembro de 2020, o Fantástico ouviu quatro ex-seminaristas que denunciaram abusos nesses encontros privados com Dom Alberto. Eles contam histórias muito parecidas: tinham entre 15 e 18 anos de idade, quando frequentaram a residência do arcebispo de Belém, entre 2010 e 2014.

São relatos de assédio moral e sexual. Parte dessas acusações foi publicada pelo jornal “El País” em dezembro, mas o Fantástico traz o conteúdo completo das denúncias, apuradas nos últimos dois meses.

Os ex-seminaristas pediram que suas identidades fossem preservadas nesta reportagem, por medo de represálias. Vamos chamá-los por letras, que não têm relação com as iniciais de seus nomes reais.

“Z” conta que tinha apenas 15 anos quando conheceu o arcebispo em 2011.

“Eu era coroinha. Servi com ele na missa. No final, eu tive uma alegria, que posso dizer, na época, de conhecer o arcebispo”, diz o ex-seminarista.

Depois de uma primeira conversa, o arcebispo tinha encaminhado “Z” ao seminário menor, para iniciantes, onde ele também cursaria o Ensino Médio. A partir daí, segundo o relato de “Z”, eles começaram a se ver na residência oficial de Dom Alberto.

Os ex-seminaristas dizem que os encontros na casa do arcebispo aconteciam em três lugares: na capela, onde a conversa era sobre vocação religiosa; na sala, o assunto era focado na família e nos estudos; e, geralmente no fim da noite, no quarto. Lá, falavam sobre intimidades e, segundo os jovens, era onde ocorriam os abusos.

Fantástico: Como se davam esses encontros no quarto dele?
Z: Era sempre sobre a sexualidade. O primeiro ponto que ele sempre tocava era sobre a masturbação. Era sobre toque, se eu sentia desejo, por quem que eu sentia desejo.

E, numa dessas conversas, o arcebispo teria cometido o primeiro abuso contra “Z”: “Quando ele me tocou, na minha parte íntima, disse que aquilo ali era normal, coisa do homem. Mas, assim, eu não via maldade, porque confiei muito, por ele ser uma autoridade, também não tinha experiência. Mas aquilo foi se tornando já permanente e já mais agressivo. Ele já me recebia na porta e já ia logo pegando”, conta o ex-seminarista.

“Z” diz que os abusos se repetiram muitas vezes: “Comigo foram 2 anos, em média, de 3 em 3 meses”.

Agora, o relato da segunda vítima, que vamos identificar com a letra “X”. Ele conta que também conheceu Dom Alberto na época em que era coroinha. “X” afirma que o primeiro contato já provocou estranheza.

X: É uma conversa que vai fluindo em diversos assuntos e ele acaba perguntando se você namora, se já namorou, se tem atração por meninas ou se tem atração por meninos, embora a gente se sinta estranho, a gente acaba respondendo de forma bem objetiva.

Foram alguns encontros até que, segundo a denúncia de “X”, o arcebispo teria ido mais longe.

X: Perguntava muito sobre masturbação. Primeiro, mostrava no dedo dele. Como a gente fica muito constrangido, então sempre se muda de assunto. Em outro momento, retorna, até que ele pede para que você mostre. No meu caso, houve um momento em que ele, ele mesmo abaixou as minhas calças, porque eu estava perplexo, e tocou e também rezou.
Fantástico: Tocou no seu pênis?
X: Sim.
Fantástico: Como é que foi isso? Dom Alberto ficou nu na sua frente?
X: Sim. Primeiro eu. Depois, ele. Eram orações para curar, se encostando, abraçando e ele se deitou na cama e… complicado.

Com a terceira vítima, “S”, o assédio teria começado assim que ele conheceu o arcebispo, em 2010, na Cúria Metropolitana. Mais uma conversa sobre virgindade e relações sexuais.

S: Ele pediu para que eu mostrasse como eu me masturbava no dedo dele. Isso na hora me chocou bastante, porque você não espera uma coisa dessa, né?

“S” conta que eles se encontraram novamente um ano depois.

S: Ele pediu para que eu ficasse de pé na frente dele, no meio das pernas dele. E pediu que eu fechasse meus olhos. Eu fechei os olhos, aí ele começou a rezar e foi quando ele pegou em meus órgãos genitais, acho que esperando alguma reação, sei lá, mas não houve nada. Ele me abraçou, deu um beijo próximo da minha boca e disse que é assim, que tinha que rezar.

Além dos abusos, “S” também diz ter sido ofendido por Dom Alberto Taveira.

S: Quando eu comecei a falar para ele que eu queria sair do seminário por isso, isso e isso, comecei a chorar. Ele mudou o humor, repentinamente. Bateu na mesa, me xingou de viado, disse que chorar era coisa de viado, que eu tinha que ser homem, que eu tinha que ser forte. E isso tudo gritando, assim, de maneiro que até chegou a me assustar. E aí nesse dia que ele levantou da mesa dele e me abraçou. Ficou pegando nos meus órgãos genitais, apalpando. Me abraçou, me deu outro beijo perto da boca, disse que gostava muito de mim, que queria me ver ordenado padre.

Os jovens falaram sobre outra situação que se repetia: as conversas sobre uma suposta cura da homossexualidade. Segundo os ex-seminaristas, o arcebispo entregou a eles um livro em que são descritos procedimentos para o que Dom Alberto chamava de tratamento. A quarta vítima, “V”, diz não ter chegado a sofrer abusos, mas sim assédio. De acordo com o relato, Dom Alberto afirmava que ele precisava de ajuda.

V: Você lia o livro e dizia assim, que ser homossexual é uma doença, que a gente precisava ser tratado e ajudado.

No livro, há um questionário que o arcebispo teria pedido que os jovens respondessem. E, de acordo com três deles, Dom Alberto também mandava acrescentar duas perguntas.

X: O tamanho do órgão genital.
S: E o tamanho do meu pênis ereto.

“S”, a terceira vítima, diz que recebeu o livro pouco depois de se arrepender de ter deixado o seminário. Ele sentiu falta da vida religiosa e pediu para voltar. Segundo o ex-seminarista, foi quando Dom Alberto teria cometido mais um abuso.

S: Ele pediu pra baixar as minhas calças, baixei a calça, até mais ou menos o meio da coxa. Ele pediu para baixar mais. Eu baixei até, mais ou menos, o joelho. E aí ele ficou apalpando. Até que Dom Teodoro bateu na porta e foi ele que me salvou dessa situação.

Dom Teodoro era o então bispo auxiliar de Belém. “V” diz que Dom Alberto fazia ameaças para que eles ficassem calados.

V: Não fale nada para ninguém que vai ser pior para você, era muito recorrente. A corda sempre arrebenta do lado mais fraco.

Mas numa conversa de dois desses jovens com um padre, em 2017, o assunto veio à tona. Logo depois, os outros dois também decidiram denunciar. Todos os quatro já tinham deixado o seminário. Três deles disseram que desistiram do seminário, e um deles foi expulso por motivos disciplinares.

Z: Guardei isso por muito tempo e eles também. Nós fizemos também amizade, na época do seminário que continuaram e contaram a mesma história, que continua da mesma forma, então a gente não poderia deixar isso. Não podia ser conivente.

Mas o ex-seminarista ainda não teve coragem de contar para a família. “Seria um baque maior para os meus pais. Eu contar tudo isso, de um filho dele, eles confiarem na vida da Igreja e a Igreja entregar o seu filho do jeito que ela entregou”, relata “Z”.

A denúncia foi feita a dois padres de Belém, entre o fim de 2017 e 2018. Em junho de 2019, os padres registraram os depoimentos dos quatro ex-seminaristas e escreveram uma carta. Tudo foi entregue a Dom José Azcona, bispo emérito do Marajó, conhecido por sua luta contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

No documento, os padres dizem que têm certeza da veracidade dos fatos narrados pelos ex-seminaristas. Encerram afirmando que estão preocupados com os rumos da Igreja em Belém e pedem que tudo seja investigado.

Segundo os padres, ainda em 2019, Dom Azcona teria denunciado o caso a outro bispo, Dom Pedro Conti, como recomenda a Igreja Católica, para que o caso fosse levado ao Vaticano.

Em fevereiro de 2020, ainda de acordo com os padres, Dom Azcona teria ido à sede da Nunciatura Apostólica de Brasília, que é a representação diplomática da Santa Sé no Brasil, para pedir investigações. Por telefone, Dom Azcona informou que não comentaria o caso.

Em 2019, o Papa Francisco lançou a carta apostólica “Vós sois a luz do mundo”, com novas regras para investigação de denúncias de abuso sexual dentro da Igreja. Segundo o documento, os casos devem ser investigados pela Igreja e levados às autoridades civis.

Em agosto, os ex-seminaristas procuraram a Polícia Civil e o Ministério Público do Pará. O Ministério Público disse, por nota, que recebeu a denúncia e encaminhou à Polícia Civil para investigação. A Polícia Civil afirmou, também em nota, que instaurou inquérito para apurar os fatos que correm em sigilo. Por isso, ninguém poderia dar entrevista sobre o caso.

O Fantástico teve acesso a informações que revelam que um bispo representante da Santa Sé, no Vaticano, esteve em Belém para apurar as denúncias em dezembro. Ele teria ouvido os ex-seminaristas, os padres que acompanharam o caso e também teria se encontrado com o arcebispo Dom Alberto Taveira. A visita ocorreu mais de um ano depois de a Igreja tomar conhecimento das denúncias e na mesma semana em que a produção do Fantástico pediu um posicionamento da Nunciatura e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) sobre o caso.

A Nunciatura Apostólica do Brasil informou, por telefone, que o Fantástico deveria procurar a CNBB para falar sobre as acusações contra o arcebispo. Já a CNBB afirmou não ter sido informada oficialmente das denúncias e disse que a instância competente da Igreja para averiguar denúncias é o representante oficial do Vaticano, a Nunciatura.

Há quase um mês, numa carta enviada aos sacerdotes, Dom Alberto confirmou a visita de um representante da Santa Sé.

O arcebispo também publicou um vídeo para se defender do que ele chama de falsas acusações de imoralidade, mas não disse do que estava sendo acusado. “Digo a vocês que recebi com tristeza há poucos dias a informações da existência de procedimentos investigativos com graves acusações contra mim, sem que eu tenha sido previamente questionado, ouvido, ou tido qualquer oportunidade para esclarecer esses pretensos fatos postos nas acusações”, disse no vídeo.

Dias depois, durante uma missa, o arcebispo falou novamente sobre o caso: “Deus me deu a coragem de furar o olho do escândalo. O escândalo que estava sendo montado. Deus nos deu a graça de passar na frente. E devo dizer-lhes que essa força só pode vir do alto, porque se vocês conseguirem imaginar o sofrimento pelo qual eu passo, vocês nem têm jeito de calcular. Mas devo dizer-lhes uma coisa, a oração, a solidariedade… Se alguém, porventura, pensasse, por ação do demônio, acabar com a Igreja Católica e com a Igreja de Belém, enganou-se radicalmente. Deus vai fazer muito mais do que nós possamos imaginar e, hoje, Nossa Senhora está esmagando, mais uma vez, a cabeça da serpente”.

Dom Alberto Taveira tem 70 anos. Foi ordenado padre em 1973, em Belo Horizonte. Em 1991, tornou-se bispo auxiliar em Brasília e, 5 anos depois, tomou posse como primeiro arcebispo metropolitano de Palmas, no Tocantins. Dom Alberto é assistente nacional da Renovação Carismática Católica em nome da CNBB e grão-chanceler da Faculdade Católica de Belém, entre outros cargos.

No sábado (2), o advogado do arcebispo falou ao Fantástico. Disse que Dom Alberto ainda não foi ouvido pela polícia ou Ministério Público, mas está à disposição.

“Obviamente que a primeira coisa a ser dita é a negativa e o repúdio a essa denúncia. Todo católico paraense conhece a lisura, a honestidade, a honradez com que se porta Dom Alberto, que doou meio século de vida à Igreja Católica, passando já por três estados e o Distrito Federal, coordenando seminários, ordenando como padre mais de 200 seminaristas. Nós vamos provar ao final desse inquérito, que diferente do que se pensa, os denunciantes não são quatro pessoas isoladas. São um grupo de pessoas, que têm um profundo recalque, um profundo sentimento de vingança por Dom Alberto. E por que tem esse sentimento? Justamente pela grande característica da gestão de Dom Alberto, que era uma gestão austera. Pessoas foram afastadas do seminário por comportamento incompatível com a vida religiosa”, declarou o advogado do arcebispo.

Depois da divulgação dos vídeos, Dom Alberto recebeu a solidariedade de ex-seminaristas e padres, entre eles, Marcelo Rossi e Fábio de Melo.

“Dom Alberto já me amparou muitas vezes. Eu gostaria que as minhas orações e o meu carinho fizessem o mesmo por ele, neste momento”, disse o padre Fábio de Melo.

“Nessa hora de combate, estamos juntos em oração”, declarou o padre Marcelo Rossi.

O arcebispo também recebeu o apoio de instituições ligadas à Igreja: a direção do seminário São Pio X, em Belém, divulgou uma nota de repúdio contra as acusações.

A presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil disse ter tomado conhecimento das ocorrências que causam sofrimentos grandes ao arcebispo e que acompanha o percurso doloroso com orações e fraterna amizade.

Na semana passada, outras instituições se manifestaram sobre o caso: 37 entidades civis e de Direitos Humanos, entre elas a Associação Brasileira dos Juristas pela Democracia e a Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Santarém, no Pará, assinaram um manifesto pedindo o afastamento do arcebispo da arquidiocese de Belém até o fim das investigações.

Brasil passa das 196 mil mortes por Covid-19, mostra consórcio de imprensa

Os números menores podem ser explicados por atrasos de notificação das secretarias estaduais relacionadas ao Ano-Novo.

O país, assim, chega a 196.029 óbitos e a 7.732.071 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

 O Brasil registrou 287 óbitos pelo novo coronavírus e 17.252 casos da doença neste domingo (3). O país, assim, chega a 196.029 óbitos e a 7.732.071 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Os dados do país são fruto de colaboração inédita entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Os números menores podem ser explicados por atrasos de notificação das secretarias estaduais relacionadas ao Ano-Novo. É comum que isso ocorra em feriados, domingos e segundas-feiras. Especialistas afirmam, porém, que as aglomerações registradas no Natal e no Ano Novo devem fazer agravar a situação da pandemia no país.

Além dos dados diários, a Folha também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h deste domingo (3), a média de mortes nos últimos sete dias é de 698. O estado atual da doença no país é acelerado, depois de um breve intervalo de estabilidade, com alta de mortes desde o final de novembro.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Em balanço divulgado neste domingo, o Ministério da Saúde registrou 17.341 casos de contaminação pelo novo coronavírus no Brasil e 293 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia, foram 196.018 óbitos acumulados, segundo o levantamento da pasta, e 7.733.746 casos confirmados no país. No período, 6.813.008 pessoas se recuperaram da doença.

Dólar é cotado a R$ 5,1872 nesta segunda-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,38 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,6946.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta segunda-feira (04), está cotado no valor de R$ 5,1872. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,3846.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,38 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,6946.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

Bitcoin ultrapassa US$ 30 mil pela primeira vez em sua história

 

Maior criptomoeda do mundo chegou a valer US$ 31.502,77 neste sábado. Analista não descarta ‘novos recordes históricos’ a curto prazo.

NOVA YORK — O valor do bitcoin, Maior criptomoeda do mundo, ultrapassou neste sábado os US$ 30 mil pela primeira vez em sua história. Por volta das 14h, o bitcoin valia US$ 31.502,77, de acordo com dados compilados pela agência Bloomberg.

O Bitcoin ultrapassou o limite de US$ 20 mil pela primeira vez em 16 de dezembro. No fim de novembro, a moeda alcançou uma nova máxima três anos após um pico anterior. Na semana anterior, a criptomoeda já ensaiava renovar o recorde, mas registrou forte desvalorização, chegando a tocar o nível de US$ 16.200.

“O apetite pelo risco” face a esta criptomoeda “continua indomável”, explicou Timo Emden, diretor da Emden Research, em nota de análise, que não descartou “novos recordes históricos” a curto prazo.

No final de outubro, o gigante dos pagamentos on-line Paypal lançou uma linha de compra, vendendo em bitcoins, o que impulsionou ainda mais essa moeda virtual.

Os fundos mútuos, que por muito tempo relutaram em enfrentar essa moeda cotada ao acaso, mudaram de ideia e também aumentaram a especulação.

“Muitos investidores privados ainda não ousam, estão à espera”, acrescentou Timo Enden.

Os analistas do JP Morgan alertam que “o uso do bitcoin por investidores tradicionais está apenas começando”, e até comparam sua ascensão com a do ouro, o valor tradicional de porto seguro.

O Bitcoin não está vinculado a nenhum ativo ou economia nacional. Criado por uma rede anônima em 2008, é totalmente descentralizado e, portanto, não depende de nenhuma instituição. Em troca, seu valor sofre altos e baixos vertiginosos.

Tudo começou 2017 com um valor inferior a mil dólares. Entre novembro e dezembro do mesmo ano, seu preço quadruplicou. Ao longo de 2018, caiu novamente, atingindo pouco mais de US$ 3 mil.

Emprego: Conheça as áreas mais promissoras para 2021

As transformações impostas ao mundo do trabalho em 2020 não vão ficar para trás com a mudança de ano no calendário e devem ser consolidadas em 2021. Algumas áreas promissoras surgiram durante a pandemia da Covid-19 e devem ser tendência no ano que começa. Carreiras relacionadas a delivery e logística; educação a distância; serviços financeiros digitais; investimentos; saúde e entretenimento online vão ganhar força nos próximos meses. Já habilidades como pensamento estratégico, comunicação, agilidade, inovação e adaptabilidade serão as mais desejadas pelos empregadores.
O trabalho remoto também continuará no novo ano e deve ganhar mais espaço no mundo corporativo. “Antes tratado como um benefício ou possibilidade esporádica por muitas empresas, durante a pandemia do novo coronavírus, o trabalho remoto rapidamente tornou-se uma necessidade. Apesar das preocupações anteriores com a produtividade e segurança, muitos gestores notaram que o home office pode ser bastante eficaz e que, em alguns casos, os funcionários podem ser ainda mais produtivos ao trabalharem fora de um escritório central. Para os colaboradores, o trabalho remoto, quando possível, também foi bem visto, e muitos gostariam de adotá-lo, com mais frequência, após a pandemia”, pontua a empresa de recrutamento Robert Half no Guia Salarial 2021.
A pandemia fez também com que as empresas buscassem soluções para poder manter as atividades de forma remota e para proporcionar uma experiência aperfeiçoada dos produtos e serviços aos clientes. “Essa revolução tecnológica cria uma busca por novas competências, e, talvez, a principal delas seja a chamada ‘alfabetização digital’.

Independentemente da área em que o profissional atue, é preciso entender como as ferramentas tecnológicas podem ser utilizadas para melhorar a forma como o trabalho é desempenhado”, enfatiza a Robert Half sobre as tendências para 2021.

Tecnologia é destaque

Sócio da PwC Brasil no Recife, Vinícius Rêgo, que atua há mais de 20 anos em projetos em auditoria e mercado de capitais, para empresas locais e multinacionais, afirma que 2021 é um ano em que serão percebidos claramente sinais de retomada na economia. “Finalizamos 2020 com algum nível de incerteza. Em 2021, temos perspectiva de uma retomada mais segura por causa das vacinas. Isso vai trazer um nível maior de previsibilidade”, afirma. Segundo ele, o fato de as pessoas terem ficado mais tempo em casa por causa da crise sanitária no mundo fez com que novas oportunidades surgissem.“A área de logística, nesse sentido, vai continuar a se desenvolver e ser demandada. As relações de consumo também passaram a ser mais digital e personalizada. Dessa forma, todas as profissões que têm a ver com desenvolvimento de tecnologia, com mídias sociais, e com processos de venda também devem ter crescimento”, enfatiza.

A bola da vez em 2021 será, de acordo com a Robert Half, a área de tecnologia, devido à aceleração do processo de transformação digital nas empresas. “Por se tratar de uma área em constante transformação, empresas que enxergam o departamento de tecnologia da informação como aestratégico, que o veem como parceiro do negócio e o envolvem na tomada de decisão e que investem em ferramentas, treinamentos e melhorias, saem na frente quando o assunto é atração e retenção de profissionais. Para se enquadrarem nesse time, os candidatos precisam sempre buscar atualização, que vai desde certificações, métodos de trabalho e tecnologias a modelo de gestão e trabalho em time. Para posições mais gerenciais, as empresas buscam profissionais com perfil de liderança, mas que apresentem o conhecimento técnico necessário para atuar mais próximo da operação”.

Fies prorroga prazo de renegociação de financiamento até 31 de janeiro

 (FOTO: MARCELLO CASAL JR/AGÊNCIA BRASIL)

O prazo para renegociação do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi prorrogado até o dia 31 de janeiro. A decisão foi do Comitê Gestor do Fies, que editou resolução publicada no publicada no Diário Oficial da União. A medida permite que mais estudantes tenham a oportunidade de renegociar suas dívidas. O prazo anterior era até a última quinta-feira (31).
“Um dos benefícios imediatos, a partir da adesão ao programa, é a retirada da inscrição dos nomes do financiado e de seus fiadores dos cadastros de devedores inadimplentes, sendo alterado o cronograma de vencimento das parcelas de amortização”, disse o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), Wagner Vilas Boas de Souza.
Podem participar da renegociação estudantes que tenham contratos firmados até o segundo semestre de 2017, com débitos vencidos e não pagos até 10 de julho de 2020, data em que foi publicada a Lei nº 14.024/2020, que criou o programa de regularização. Para obter o benefício, os contratos também não podem ser objeto de ação judicial.
Os estudantes que se enquadrarem nessa situação poderão renegociar a dívida, com desconto nos encargos moratórios, nas opções de liquidação: quatro parcelas semestrais, até 31 de dezembro de 2022, ou 24 parcelas mensais, com redução de 60% dos encargos e pagamento a partir de 31 de março de 2021.
Os parcelamentos feitos em 145 ou 175 parcelas mensais terão redução de 40% e 25%, respectivamente, e os pagamentos começam a partir de janeiro de 2021, mantendo-se a data de aniversário do contrato. Caso a solicitação seja feita após a data de aniversário, o primeiro pagamento será em fevereiro. A parcela mínima mensal é de R$ 200.
A opção de pagamento da liquidação em parcela única (saldo integral ou débito vencido), com redução de 100% dos encargos moratórios, não foi prorrogada.
Os estudantes interessados deverão solicitar a renegociação no Banco do Brasil (BB) ou na Caixa, dentro do prazo estipulado, por meio dos canais de atendimento disponibilizados pelo agente financeiro. Com a renegociação, o estudante e seu fiador voltam à condição de adimplência junto ao Fies e os bancos farão a baixa da restrição junto aos órgãos de proteção ao crédito.
Agentes financeiros
Na Caixa, a renegociação pode ser solicitada pelo estudante pelo portal SIFES-Webr. No BB, os estudantes podem realizar a operação via mobile ou nas agências. Para aderir à renegociação pelo APP do BB, basta acessar a opção Soluções de Dívidas, Renegociação Fies, Análise, Simular as condições de parcelamento, e Assinar eletronicamente o termo. A solução está disponível para operações sem fiadores.
Caso a operação seja garantida por fiança convencional ou solidária, existe a obrigatoriedade do comparecimento à agência para assinatura dos fiadores. Os clientes podem obter mais informações pelo App BB, portal www.bb.com.br, whatsApp (61-4004-0001) ou Central de Atendimento BB (0800-729-0001).

Vaticano planeja campanha de vacinação rápida contra a covid-19

O Vaticano abriga cerca de 450 pessoas, incluindo o papa Francisco, enquanto várias centenas de seus funcionários vivem em Roma, que circunda a cidade-estado.

O Vaticano abriga cerca de 450 pessoas, incluindo o papa Francisco, enquanto várias centenas de seus funcionários vivem em Roma, que circunda a cidade-estado. (Foto: Reprodução)

A Cidade do Vaticano, menor Estado soberano do mundo, informou neste sábado (2) que espera receber doses suficientes da vacina contra a covid-19 nos próximos dias para inocular todos os seus trabalhadores e residentes.

O Vaticano abriga cerca de 450 pessoas, incluindo o papa Francisco, enquanto várias centenas de seus funcionários vivem em Roma, que circunda a cidade-estado.

“É provável que as vacinas cheguem na segunda semana de janeiro em quantidade suficiente para cobrir as necessidades da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano”, afirmou o comunicado da cidade-estado.

A Santa Sé é o órgão governante da Igreja Católica Romana que opera dentro do território do Vaticano.

O Vaticano disse ter comprado um refrigerador de ultracongelamento para armazenar as doses, sugerindo que usará a vacina desenvolvida pela Pfizer e BioNTech, que deve ser armazenada a cerca de 70 graus Celsius negativos.

A vacinação terá início na segunda quinzena de janeiro, com prioridade para os profissionais de saúde e segurança pública, idosos e funcionários em contato frequente com o público, disse o Vaticano, com injeções administradas de forma voluntária.

O papa Francisco tem 84 anos e parte de um pulmão removido por uma doença quando ele era jovem na Argentina, seu país de origem, o que o tornou potencialmente vulnerável à covid-19. O Vaticano, no entanto, não disse se ou quando ele seria vacinado.

Concurso publico prova

Seguir carreira pública é algo que enche os olhos de boa parte da população e, em 2021, a tendência é que não faltem oportunidades para os concurseiros de carteirinha.

Trata-se de uma retomada, após um ano atípico, em que muitos certames acabaram cancelados, devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus no Brasil.

Entre eles, está o da Polícia Federal, que definiu o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) como banca organizadora. Com 1,5 mil vagas, a previsão é que o edital saia em janeiro. São 893 postos para agente, 400 para escrivão, 123 para delegado, e 84 para papiloscopista.

A corporação quer celeridade no processo para que, em agosto, os aprovados já ingressem na academia e o provimento de cargos ocorra até 31 de dezembro de 2021. Excedentes também poderão ser chamados.

Trata-se do segundo maior concurso já realizado pela corporação. Ao final do processo, a PF contará com o maior efetivo de sua história, podendo ultrapassar a marca de 12 mil policiais.

Assim como o certame da PF, o concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) terá o Cebraspe como banca organizadora para a contratação de 1,5 mil agentes. O pleito será lançado na segunda quinzena de janeiro de 2021 e a remuneração é de R$ 10 mil.

No Distrito Federal, a Polícia Militar também planeja um novo concurso, com 2,1 mil vagas para soldado, no fim de 2021. A PM trabalha no planejamento do certame junto ao Governo do DF, a fim de obter as autorizações necessárias e colocar o certame na praça.

Além dos já citados, separamos alguns dos mais aguardados concursos em 2021.

Confira:

Receita Federal

  • 3.314 vagas; nível superior (auditor fiscal e analista tributário);
  • Auditor fiscal: R$ 20 mil;
  • Analista tributário: R$ 12 mil.
  • *Aguarda autorização do Ministério da Economia

Banco Central (Bacen)

  • 260 vagas de nível superior e médio;
  • Procurador: R$ 20.109,56;
  • Analista: R$ 18.057,94;
  • Técnico: R$ 6.851,13.
  • *Aguarda autorização do Ministério da Economia
  • Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq)

    • Total de 109 vagas para os cargos de: analista administrativo, técnico administrativo, especialista em regulação de serviços de transportes aquaviários e técnico em regulação de serviços de transportes aquaviários;
    • Segundo os editais passados, a remuneração equivale a R$ 7 mil para técnico, R$ 13 mil para analista e R$ 15 mil para especialista.

    Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama)

    • O edital do Ibama é aguardado deste 2019. A expectativa é de selecionar mais de 2 mil profissionais. Os salários chegam a R$ 7,6 mil.

    Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT)

    • O concurso pode oferecer cerca de 400 vagas. Os salários chegam a R$ 15 mil.

    Tribunal de Contas da União (TCU)

    • Para o TCU, a expectativa é de 20 vagas. Os salários variam entre R$ 7 mil e R$ 12 mil, sem contar os benefícios.

    Controladoria-Geral da União (CGU)

    • Foi solicitado um novo certame destinado aos níveis médio e superior. O número de vagas solicitadas, porém, não foi divulgado. A remuneração deve seguir as seguintes cifras:
    • Nível superior: R$ 19.197,06, com perspectiva de alcançar R$ 27.369,67;
    • Nível médio: R$ 7.283,31, com perspectiva de alcançar R$ 12.514,58.

    Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

    • A CVM precisa de inspetores, analistas e agentes executivos. Os salários variam entre R$ 19,1 mil para os graduados, e R$ 7 mil para quem tem ensino médio completo.

    Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN)

    • A seleção é esperada para 2021, com salários que podem chegar a R$ 7 mil.

    Anvisa

    • 89 vagas, para os cargos de técnico administrativo, técnico em regulação e vigilância sanitária, analista administrativo, e especialista em regulação e vigilância sanitária.
    • *Aguarda aprovação do Ministério da Economia

    IBGE – Censo Demográfico

    • Vagas/cargo: recenseador (180.557); agente censitário municipal (5.462); e agente censitário supervisor (22.676);
    • Remuneração: recenseador – média de R$ 1.278,94 para jornada de 25 horas semanais; no cargo de agente censitário municipal, corresponde a R$ 2,1 mil; de agente censitário supervisor, na faixa de R$ 1,7 mil;
    • Banca: Cebraspe.

    Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC)

    • O ministério solicitou à Economia 1.116 contratações. As remunerações chegam a R$ 9.157,15.

    Senado Federal

    • Nível médio: 24 vagas para técnico legislativo (policial legislativo);
    • Nível superior: quatro vagas para advogado e 12 vagas para analista legislativo;
    • Remuneração: R$ 18.591,18 a R$ 35.114,14.

    Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

    • Em publicação no Diário Oficial da União do dia 2 de dezembro de 2020, foram autorizadas 32 vagas para provimento – 15 para o cargo de analista judiciário e 17 para o cargo de técnico judiciário. A remuneração é de, aproximadamente, R$ 12 mil.

    Como fica o concurso da PCDF?

    O concurso da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), um dos mais esperados em 2020, continua sem data prevista para a realização das provas. As avaliações foram suspensas em setembro, poucos dias antes da data prevista para a realização dos exames, devido à pandemia do novo coronavírus.

 Brasil chega a 7,71 milhões de casos por convid-19  e 195,7 mil mortes

O país, assim, chega a 195.742 óbitos e a 7.714.819 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Por: Agência Brasil

As mortes por causa da pandemia do novo coronavírus chegaram a 195.725. Nas últimas 24 horas, foram registrados 314 mortes. Ontem (1º), o sistema do Ministério da Saúde (MS) marcava 195.411 vidas perdidas. Ainda há 2.402 óbitos em investigação.
A soma de pessoas infectadas desde o inicio da pandemia atingiu 7.716.405 . Entre ontem e hoje (2), foram registrados 15.827 novos diagnósticos positivos. Até essa sexta-feira, o painel da Covid-19 do Ministério da Saúde trazia 7.700.578 casos acumulados.
As informações estão na atualização diária sobre a pandemia do ministério, divulgada na noite deste sábado. O balanço reúne as informações levantadas pelas secretarias estaduais de Saúde de todo o país.
Conforme o painel do MS, há ainda 751.260 casos ativos em acompanhamento. O número de pessoas que já se recuperaram da Covid-19 chegou a 6.769.420.
Em geral, os registros de casos e mortes são menores aos domingos e segundas-feiras em razão da dificuldade de alimentação dos dados pelas secretarias de Saúde aos fins de semana. Já às terças-feiras, os totais tendem a ser maiores pelo acúmulo das informações de fim de semana que são enviadas ao ministério.
As mortes por causa da pandemia do novo coronavírus chegaram a 195.725. Nas últimas 24 horas, foram registrados 314 mortes. Ontem (1º), o sistema do Ministério da Saúde (MS) marcava 195.411 vidas perdidas. Ainda há 2.402 óbitos em investigação.
A soma de pessoas infectadas desde o inicio da pandemia atingiu 7.716.405 . Entre ontem e hoje (2), foram registrados 15.827 novos diagnósticos positivos. Até essa sexta-feira, o painel da Covid-19 do Ministério da Saúde trazia 7.700.578 casos acumulados.
As informações estão na atualização diária sobre a pandemia do ministério, divulgada na noite deste sábado. O balanço reúne as informações levantadas pelas secretarias estaduais de Saúde de todo o país.
Conforme o painel do MS, há ainda 751.260 casos ativos em acompanhamento. O número de pessoas que já se recuperaram da Covid-19 chegou a 6.769.420.

Em geral, os registros de casos e mortes são menores aos domingos e segundas-feiras em razão da dificuldade de alimentação dos dados pelas secretarias de Saúde aos fins de semana. Já às terças-feiras, os totais tendem a ser maiores pelo acúmulo das informações de fim de semana que são enviadas ao ministério.

 

 (Situação epidemiológica da Covid-19 no Brasil 02/01/2021 - Divulgação/Ministério da Saúde)

Estados
No topo da lista de mortes por Covid-19 estão São Paulo (46.808), Rio de Janeiro (25.608), Minas Gerais (12.023), Ceará (10.015) e Pernambuco (9.674). Já entre os últimos no ranking estão Roraima (787), Acre (798), Amapá (927), Tocantins (1.239) e Rondônia (1.825).

Japonesa mais idosa do mundo faz aniversário de 118 anos

Ela mora numa instituição que cuida de idosos na cidade de Fukuoka.


Tanaka Kane reside na cidade de Fukuoka, no sudoeste do Japão, e nasceu em 2 de janeiro de 1903. Atualmente, ela mora em uma instituição para cuidados de idosos. (Foto: NHK word)

Uma japonesa, reconhecida pelo Guinness de recordes mundiais como a pessoa mais velha do mundo, completou 118 anos neste sábado (2).

Tanaka Kane reside na cidade de Fukuoka, no sudoeste do Japão, e nasceu em 2 de janeiro de 1903. Atualmente, ela mora em uma instituição para cuidados de idosos.

Tanaka praticamente não está tendo oportunidade de se encontrar com parentes devido à pandemia do coronavírus. Contudo, funcionários da instituição informam que ela passa bem, fazendo três refeições ao dia e se exercitando.

Ela gosta de comer chocolate, beber refrigerantes e de aritmética. Segundo os funcionários, ela quer continuar com saúde até os 120 anos.  

OMS aprova autorização emergencial para vacina da Pfizer

blogmarcosmontinely

 Agência Brasil

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou ontem (31) a primeira autorização global de uso emergencial de uma vacina contra a Covid-19. O imunizante escolhido foi desenvolvido pelas farmacêuticas Pfizer, dos Estados Unidos, e Biontech, da Alemanha. 

A vacina já recebeu aprovação nos Estados Unidos, no Reino Unido e na União Europeia. No Brasil, as empresas estão em negociação com o governo federal e em diálogo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 
A autorização emergencial da OMS não substitui a análise de cada país, mas, segundo a entidade, abre a porta para que as agências reguladoras de cada nação possam realizar procedimentos de exame do imunizante. 
A permissão também permite que organismos internacionais, como a própria OMS e outros ligados ao sistema ONU, também possam adquirir lotes e distribuir a países que precisam. 
A vice-diretora geral da OMS para acesso a medicamentos, a brasileira Mariângela Simão, destacou em comunicado no site da organização que é fundamental assegurar as vacinas a todos que necessitem – tanto países com economias fortes quanto nações em desenvolvimento.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa aos pais de alunos que as matrículas para as novas turmas de 2021 da rede municipal de ensino serão realizadas entre os dias 18 e 20 de janeiro, de forma online, para todas as escolas.

As matrículas terão início às 8h da segunda-feira, dia 18, e serão encerradas às 18h da quarta-feira, dia 20. O link estará disponível no site da Prefeitura Municipal de Afogados da Ingazeira:

www.afogadosdaingazeira.pe.gov.br

O quantitativo de vagas para cada unidade de ensino será divulgado ainda na primeira quinzena de janeiro, antes do início das novas matrículas.

Mega da Virada: aposta simples feita em lotérica do Centro de Aracaju acertou as 6 dezenas

Prêmio de 162 milhões

Uma aposta da Mega Sena, feita em uma agência lotérica do Bairro São José, na Zona Central de Aracaju, vai receber R$ 162.625.108,22. De acordo com a Caixa, a aposta foi simples e o jogo vencedor teve o custo de R$ 4,50. A probabilidade de ganhar o prêmio milionário dessa forma era de 1 em 50.063.860.

 

As dezenas sorteadas foram: 17 – 20 – 22 – 35 – 41 – 42.

O sorteio do prêmio total, de mais de 325 milhões, aconteceu na noite dessa quinta-feira (31) e foi transmitido pelo G1. A outra metade foi para uma aposta realizada eletronicamente.

A quina teve 1.384 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 48.978,81. Já a quadra teve 105.342 apostas ganhadoras, cada uma levará R$ 919,27. G1

Brasil! Vereador de Marizópolis toma posse de dentro de presídio por meio de solenidade virtual

Durante a cerimônia de posse, o vereador foi acompanhado por policiais penais da Colônia Penal e pelo advogado dele. (Foto: Reprodução)

De dentro da Colônia Penal Agrícola de Sousa, vereador eleito no município de Marizópolis, no Sertão paraibano, Fábio Júnior Alves de Andrade (Progressistas), tomou posse, nesta sexta-feira (1º), em uma cerimônia virtual. Ele está preso desde o dia 18 de dezembro de 2020. 

De acordo com informações apuradas pelo ClickPB, o vereador é suspeito de envolvimento em assalto a banco e é alvo de mandado de prisão temporária. Ele tem 37 anos e foi eleito com 194 votos. O político é apontado como líder de uma quadrilha na região e já tem passagem pela polícia por tráfico de drogas e roubos.

Durante a cerimônia de posse, o vereador foi acompanhado por policiais penais da Colônia Penal e pelo advogado dele. O advogado de Fábio de Nego Chico tentou habeas corpus para o cliente, mas não obteve sucesso para a soltura do acusado.

Mundo entra 2021 com recorde de quase 14 mil mortes por coronavírus em 24h

Os Estados Unidos são o país com o maior número de mortes (335 mil), seguidos por Brasil (193.000), Índia (148.000) e México (124.000), de acordo com os números da OMS.

O número de pacientes recuperados em todo o mundo é de 59 milhões, e dos 22 milhões de casos ativos, 0,5% (106.000) se referem a pessoas internadas em estado grave ou crítico. (Foto: Reprodução)

A OMS (Organização Mundial da Saúde) relatou nesta sexta-feira (1º) 13.997 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas em todo o mundo, o recorde diário desde o início da pandemia do novo coronavírus. Com isso, o total de óbitos desde que a crise global de saúde começou chegou a 1,8 milhão.

O número de contágios pelo novo coronavírus está próximo de 82 milhões, segundo a entidade, sendo que 693.000 foram registrados nas últimas 24 horas, um aumento em relação aos dias anteriores, mas ainda não atingindo o recorde de 20 de dezembro (841.000 em um dia).

Os Estados Unidos são o país com o maior número de mortes (335 mil), seguidos por Brasil (193.000), Índia (148.000) e México (124.000), de acordo com os números da OMS.

O número de pacientes recuperados em todo o mundo é de 59 milhões, e dos 22 milhões de casos ativos, 0,5% (106.000) se referem a pessoas internadas em estado grave ou crítico.

Afogados: Confira os secretários anunciado pelo prefeito Sandrinho Palmeira

O Prefeito de Afogados da Ingazeira, Sandrinho Palmeira (PSB),  divulga os nomes que irão constituir as pastas para compor a equipe de seu governo. 

Sandrinho deixa alguns nomes da equipe atual do prefeito José Patriota, mas trouxe algumas surpresas, como Lúcia Gomes nas Finanças,  o ex-vereador Augusto Martins na pasta de Cultura e Esportes e a ex-primeira dama, Madalena Leite, na Assistência Social. Rivelton Santos foi anunciado na pasta de Desenvolvimento Agrário e Sustentabilidade. Também são novos nomes Alexandre Morais (Governo) e Igor Mariano (Assessoria Especial).

Migração de pastas, Ney Quidute que foi de Finanças para Administração, Desenvolvimento Econômico e Turismo. Como já fora anunciado, o vice-prefeito Daniel Valadares não ocupará função na gestão. segundo o próprio Sandrinho, será um colaborador em todas as áreas da gestão.

Foram mantidos:

Silvano Jackson , o Bombinha (Infraestrutura), Arthur Amorim (Saúde), Flaviana Rosa, que foi para Trânsito,  Mobilidade Urbana e Transportes, Rodrigo Lima (Imprensa) e Ney Quidute que foi para outra pasta.

Dentre os que deixam a titularidade de pastas na gestão, Joana Darck (era Secretária de assistência Social), Veratânia Morais (era Secretária de Educação mais entra seu esposo Alexandre Moraes como Sec. de Governo), Ademar Oliveira (era Secretário de Agricultura) e Edygar Santos (era Secretário titular de Cultura e Esportes).

 

Afogados: Nasce Eulália, filha do prefeito Sandrinho Palmeira e Lélis Vasconcelos

O nome da criança é uma homenagem de Sandrinho a a sua avó, a criança nasceu de parto cesáreo e mãe e filha passam bem.
Vem vinda Eulália, que com certeza se apressou em nascer para ver a posse do pai. Parabéns prefeito e Lélis (nossa querida enxadrista) pelo nascimento da filha e em hospital público.

2021 terá três feriados nacionais prolongados

O primeiro feriado nacional prolongado já acontece nesta sexta-feira, 1º de janeiro, dia da Confraternização Universal e celebração do ano novo.

Primeiro feriado prolongado será o do ano novo (Foto: Reprodução)

Em meio a uma pandemia e expectativa da chegada de vacinas, o ano de 2021 terá três feriados prolongados nacionais, sem considerar os feriados estaduais e municipais e festejos como carnaval e Corpus Christi, que são pontos facultativos – e não feriados – em diversas cidades. Feriados prolongados são os que caem às segundas ou sextas-feiras, podendo ser emendados com os fins de semana.

O primeiro feriado nacional prolongado já acontece nesta sexta-feira, 1º de janeiro, dia da Confraternização Universal e celebração do ano novo.

Já em fevereiro haverá o carnaval, que não é feriado em todo o Brasil. Apenas algumas cidades o adotam como feriado; outras o consideram ponto facultativo. Em 2021, a tradicional celebração carnavalesca é dúvida em muitos locais do país.

Em algumas cidades, como São Paulo, ele não será celebrado em fevereiro. Para evitar a formação de aglomerações em meio à pandemia do novo coronavírus, o prefeito Bruno Covas determinou que o carnaval terá nova data em 2021 e será celebrado em meados do ano.

Além do dia 1º de janeiro, também são considerados feriados nacionais, estabelecidos na lei federal 10.607/2002, os dias 21 de abril (Tiradentes), 1º de maio (Dia do Trabalho), 7 de setembro (Independência do Brasil), 2 de novembro (Finados), 15 de novembro (Proclamação da República) e 25 de dezembro (Natal). Dois destes feriados vão cair em fins de semana em 2021.

Na Câmara dos Deputados tramitam dois projetos de lei (PL) que, caso aprovados, podem trazer mudanças ao calendário de feriados. Um deles, o projeto de lei 1.222/20, do deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), quer transformar o carnaval em feriado nacional.

O outro, o PL 5.129/20, do deputado Luiz Antonio Teixeira Jr (PP-RJ), pretende decretar ponto facultativo no dia 3 de julho (um sábado) e transformar em feriado nacional os dias 5 e 6 de julho de 2021. O objetivo, segundo o deputado, é estimular os setores ligados ao turismo, ajudando a gerar empregos.

Confira os feriados nacionais prolongados de 2021

China detecta a chegada de nova cepa do Coronavírus

O centro de pesquisas considera que essa mutação representa “uma séria ameaça à prevenção e ao controle da Covid-19 no país”.

Após a descoberta dessa variante do coronavírus, várias medidas de controle foram tomadas. (Foto: Reprodução)

A mutação altamente contagiosa do coronavírus detectada no Reino Unido foi identificada na China. O Centro para Controle e Prevenção de Doenças de Pequim informou nesta quinta-feira, 31, que uma estudante, que estava no Reino Unido e retornou a Xangai no dia 14 de dezembro foi contaminada pela nova cepa.

No mesmo dia, Pequim anunciou a suspensão de seus voos com a Grã-Bretanha. A jovem de 23 anos foi colocada em isolamento. O centro de pesquisas considera que essa mutação representa “uma séria ameaça à prevenção e ao controle da Covid-19 no país”.

Após a descoberta dessa variante do coronavírus, várias medidas de controle foram tomadas. Os contatos da estudante foram rastreados, incluindo os passageiros e tripulantes do avião em que ela viajou. “Os locais específicos pelos quais ela passou foram totalmente desinfetados”, asseguraram as autoridades chinesas.

A variante britânica do coronavírus já foi encontrada em vários países, como Canadá, Estados Unidos, Portugal, França, Itália, Jordânia, Coréia do Sul e Chile. De acordo com os especialistas, ela é 50% a 74% mais contagiosa do que outras existentes. Após o seu aparecimento, cerca de 50 países suspenderam a chegada de viajantes oriundos da Inglaterra nas últimas semanas.

Nesta quinta-feira, o governo chinês também aprovou “sob condições” a comercialização de uma primeira vacina contra o coronavírus: o imunizante desenvolvido pela Sinopharm em parceria com o Instituto de Produtos Biológicos de Pequim. Essa vacina demonstrou 79% de eficácia contra a Covid-19.

O vice-ministro da Saúde, Zeng Yixin, esclareceu que a autorização permitirá generalizar a vacinação em grupos de risco, principalmente idosos e pessoas com doenças crônicas, e que o próximo passo “será vacinar toda a população”, disse.   Segundo ele, uma vacinação “de 60% a 70%” dos 1,4 bilhão de chineses será necessária para garantir “a proteção de toda a população”. Yixin prometeu que a vacina será “fornecida gratuitamente a todos”.

Zeng ainda informou que milhões de vacinas já foram aplicadas em chineses em risco de saúde, desde 15 de dezembro, sem especificar quais vacinas foram usadas. De acordo com o Ministério da Saúde chinês, 5 milhões de pessoas já receberam diversas vacinas em desenvolvimento no país e apenas algumas reações alérgicas leves foram observadas. As autoridades consideram que agora o uso das vacinas pode ser generalizado.

Pequim, que erradicou em grande parte a epidemia em seu território, havia aplicado doses de vacinas em caráter de emergência desde o verão, principalmente para equipes médicas ou para estudantes e diplomatas que precisavam viajar para o exterior.

A China, país onde o coronavírus apareceu no final de 2019, busca estar na vanguarda global do desenvolvimento de vacinas contra a doença. À custa de enormes aportes financeiros do Estado, a China realiza atualmente 14 testes em humanos, incluindo cinco deles em fase final (fase 3) de testes, incluindo a vacina que acaba de ser aprovada.

O gigante asiático promete fazer das vacinas chinesas “um bem público global” oferecido a “um preço razoável” ou mesmo “oferecido”. O país já começou a entregar as doses a algumas nações como Indonésia e Emirados Árabes Unidos.

No entanto, a taxa de eficácia da vacina da Sinopharm é menor do que as alegadas por seus concorrentes Pfizer / BioNTech (95%) e Moderna (94,1%).

Nova variante do coronavírus, mais transmissível, é identificada no Brasil

A nova variante do Sars-CoV-2, potencialmente mais transmissível que a versão atual, detectada na Inglaterra e em diversos países da Europa e da Ásia, acaba de ser identificada no Brasil.

A informação foi divulgada nesta quinta (31) pela Dasa, líder brasileira em medicina diagnóstica, que fez a identificação. A empresa diz que já comunicou a descoberta ao Instituto Adolfo Lutz e à Vigilância Sanitária.
Segundo o ECDC (European Centre for Disease Prevention and Control), estima-se que nova linhagem tenha uma transmissibilidade até 70% superior ao que se tem como parâmetros atualmente. Mas não há indícios de que ela seja mais letal.
As agências de saúde, especialistas e autoridades científicas do Reino Unido afirmam, porém, que tal linhagem não deve afetar a eficácia das vacinas que foram desenvolvidas contra a Covid-19.
Segundo a Dasa, o estudo que levou à detecção da variante no Brasil começou logo após o Reino Unido ter anunciado a detecção da nova linhagem em 13 de dezembro último.
A variante se caracteriza por apresentar grande número de mutações, oito delas ocorrendo na proteína da espícula viral (spike).
Foram analisadas 400 amostras de RT-PCR de saliva, método que identifica três alvos distintos e não apenas o gene S, da proteína spike, e dentre elas, duas amostras apresentaram a linhagem B.1.1.7.
“A spike é a proteína que o vírus usa para se ligar à célula humana e, portanto, alterações nela podem tornar o vírus mais infeccioso. Os cientistas ingleses acreditam que seja essa a base de sua maior transmissibilidade”, explica o virologista da Dasa, José Eduardo Levi.
A confirmação da cepa em dois pacientes foi feita por meio de sequenciamento genético realizado em parceria com o Instituto de Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (IMT-FMUSP).
“O sequenciamento confirmou que a nova cepa do vírus chegou ao Brasil, como estamos observando em outros países. Dado seu alto poder de transmissão esse resultado reforça a importância da quarentena, e de manter o isolamento de 10 dias, especialmente para quem estiver vindo ou acabado de chegar da Europa”, diz Ester Sabino, pesquisadora do IMT-FMUSP.
Mutações em vírus são normais. Por isso, já eram esperadas alterações no RNA (material genético) do Sars-CoV-2. Hoje, no Reino Unido, a nova linhagem B.1.1.7 já representa mais de 50% dos novos casos diagnosticados, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde).
“A prevenção ainda é o método mais eficaz para barrar a propagação do vírus: lavar as mãos, intensificar o distanciamento físico, usar máscaras e deixar os ambientes sempre ventilados. Apesar das festas de fim de ano e das férias que se aproximam, é imperativo reforçar os cuidados”, diz o diretor médico da Dasa, Gustavo Campana.
Além do sequenciamento, a Dasa está com outra pesquisa em andamento em parceria com o Instituto de Medicina Tropical da USP. Trata-se do isolamento e cultivo dessa nova linhagem do vírus em meio de cultura, no laboratório, para gerar material que permita testar a eficiência dos testes de diagnósticos que só se baseiam em proteína S com esta variante.
“Alguns testes de imunologia e de sorologia que só identificam a proteína S podem apresentar resultados falso negativos nos diagnósticos dessa nova variante. Estamos antecipando a avaliação para definir os exames que sofram menos interferência em seu desempenho de diagnóstico, numa eventual expansão dessa variante no Brasil”, explica Campana. (Folha de Pernambuco)

 

 

Empresa da Dinamarca investe R$ 510 milhões na produção de energia eólica em PE

Foto: divulgação

Com foco em fortalecer e expandir sua atuação no Nordeste do Brasil, a dinamarquesa European Energy inicia, em fevereiro de 2021, a construção dos primeiros parques eólicos da empresa em Pernambuco.

As três unidades, instaladas nos municípios de Macaparana (Zona da Mata) e Poção (Agreste), vão receber investimentos de R$ 510 milhões, sendo R$ 358 milhões viabilizados pelo Banco do Nordeste (BNB).

“Este investimento reforça nosso compromisso com o Brasil, trazendo a longa experiência da European Energy com projetos eólicos e colaborando com o desenvolvimento destes municípios. Estamos otimistas com as oportunidades do setor elétrico em 2021 e com as parcerias que estamos desenvolvendo”, afirma Jens-Peter Zink, Vice-Presidente Executivo da empresa.

Em Pernambuco, o projeto, que está sendo desenvolvido em conjunto com a empresa pernambucana Eólica Tecnologia, integra o leilão A-6 de 2017.

Os municípios foram escolhidos principalmente pela disponibilidade de recurso natural. Um estudo assinado pela AWS Truepower constatou o atrativo potencial da localização dos parques.

“O estudo demonstra o potencial do interior do Estado, que no futuro podem vir a receber novos investimentos da European Energy ou de outras empresas interessadas em investir em energia renovável”, ressalta Jens-Peter Zink.

Com previsão para operação em outubro de 2022, os parques Ouro Branco I, Ouro Branco II e Quatro Ventos vão ter, juntos, capacidade para gerar um total de 94,5 MW, volume equivalente ao consumo de 65 mil famílias.

Essa energia gerada será adicionada e comercializada à rede de distribuição do mercado regulado de Pernambuco, aumentando a disponibilidade de energia limpa e sustentável.

Juntos, os parques vão somar 21 aerogeradores.

O Quatro Ventos terá capacidade de gerar 22,5 MW, e os demais, 36 MW cada um. Toda essa energia gerada vai contribuir para a redução de mais de 500 mil toneladas de emissões de gases de efeito estufa durante a sua operação e para o desenvolvimento dos municípios.

O projeto possui todas as licenças ambientais para o início das obras, que contarão com mão de obra prioritariamente local. Os projetos eólicos contam com o apoio do governo dinamarquês por meio do Investment Fund for Developing Countries (IFU), um fundo de investimento países em desenvolvimento que requer atendimento a diversos critérios internacionais de melhores práticas.

“Além de potencializar o mercado de trabalho, com contratação de profissionais e de empresas da região, a European Energy realizou levantamento de perfis sociais dos três municípios. Esses estudos vão nortear as políticas sociais que serão oferecidas aos moradores dos três lugares”, diz a empresa.

Bolsonaro anuncia aumento do salário mínimo para R$ 1.100 a partir do dia 1º

O presidente Jair Bolsonaro assinou medida provisória nesta quarta-feira (30) elevando o salário mínimo de R$ 1.045 para R$ 1.100.

Em mensagem, nas redes sociais, o presidente afirmou que o novo valor, que representa um aumento de 5,26%, terá vigência a partir da sexta-feira (1º).
“O valor de R$ 1.100,00 se refere ao salário mínimo nacional. O valor é aplicável a todos os trabalhadores, do setor público e privado, e também para as aposentadorias e pensões”, escreveu.
No dia 15, o Ministério da Economia havia projeto um salário mínimo para o próximo ano de R$ 1.088. Segundo relato feito à Folha, o presidente pediu ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que o valor fosse arredondado para R$ 1.100.
Após análise da equipe técnica, o ministro concordou com o novo valor. Segundo um assessor palaciano, o aumento é uma tentativa do presidente de diminuir o impacto negativo com o fim do pagamento do auxílio emergencial, que não será estendido para o próximo ano.
O aumento para R$ 1.088 representaria uma elevação de R$ 14,4 bilhões nas despesas públicas do próximo ano, como aposentadorias e pensões.
Em agosto, a previsão do Ministério da Economia era que o piso salarial tivesse um aumento ainda menor, para R$ 1.067. A estimativa foi atualizada diante do aumento da inflação nos últimos meses. A previsão do governo para o PIB (Produto Interno Bruto) em 2021 é de uma alta de 3,2%.

Laboratório detecta primeiros casos da nova variante do coronavírus em São Paulo

Vírus é da mesma ‘família’ que surgiu no Reino Unido. Empresa que encontrou variante comunicou a descoberta ao Instituto Adolfo Lutz e à Vigilância Sanitária.

No Reino Unido, ela já representa mais de 50% dos novos casos diagnosticados, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. (Foto: Reprodução/TV Globo)

O laboratório de diagnóstico Dasa informou nesta quinta-feira (31) que encontrou dois casos da nova variante do coronavírus em São Paulo. A empresa disse que essa é a mesma cepa que surgiu no Reino Unido e que comunicou a descoberta ao Instituto Adolfo Lutz e à Vigilância Sanitária.

A variante, chamada de B.1.1.7, já foi registrada em pelo menos outros 17 países. Ela tem mutações que afetam a maneira como o vírus se fixa nas células humanas e é 56% mais contagiosa. Não há evidências de que a variante provoque casos mais graves ou com maior índice de mortes, nem mesmo que seja resistente às vacinas.

No Reino Unido, ela já representa mais de 50% dos novos casos diagnosticados, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

O estudo do laboratório brasileiro que identificou essa versão do coronavírus foi iniciado em meados de dezembro, quando o Reino Unido publicou as primeiras informações científicas sobre a variante.

A empresa afirmou que foram analisadas 400 amostras de RT-PCR de saliva e que a confirmação da cepa foi feita por meio de sequenciamento genético, em parceria com o Instituto de Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (IMT-FMUSP). Dois pacientes tiveram a nova variante.

Preocupação com testes

O laboratório disse que está trabalhando com o Instituto de Medicina Tropical da USP para gerar material que permita testar a eficiência dos testes de diagnósticos do coronavírus.

A preocupação é que os testes atuais possam apresentar falsos negativos, quando uma pessoa está doente mas o exame não aponta a presença do vírus.

Polícia divulga detalhes da morte de egipciense que comandava quadrilha de roubos na região

O efetivo do 23° BPM recebeu informações que Vitor Manoel Alves Pereira, conhecido por Vitinho, 18 anos, natural de São José do Egito,, o qual possui mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo oriundo da comarca de Tabira –PE, bem como é suspeito de vários crimes na região do Pajeú, como roubos de motocicletas, homicídios e latrocínio, estaria homiziado na residência de um outa pessoa.

As Equipes do 23º BPM e da 20º DESEC/167ª Circunscrição diligenciaram no intuito de averiguar a veracidade do informe. Ao realizar o cerco na casa, o policiamento notou quando Vitinho se evadiu pulando os muros de residências diversas e tomando momentaneamente destino ignorado.
Durante as diligências, a equipe do Malhas da Lei do 23º BPM flagrou Vitinho nas margens da PE 320, próximo ao Conjunto Habitacional Junior Valadares com uma pistola (arma de fogo) em punho, dentro do automóvel de um outro envolvido, circunstância em que foi dada ordem de forma verbal e através de sirenes da viatura, só sendo possível a abordagem momentos depois.
No ato da abordagem, o outro envolvido logo desceu do automóvel e obedeceu ás ordens policiais, enquanto Vitinho, saiu do carro e tentou se evadir a pé para o matagal, parando logo em seguida e fingindo que iria obedecer as ordens do policiamento, mas, repentinamente, sacou uma arma de fogo, tipo pistola, marca Taurus, .40 calibre, capacidade 10+1, vindo a disparar contra a equipe policial, que não foi atingida por vontades alheias a Vitinho, momento em que o policiamento reagiu a injusta agressão de maneira proporcional e necessária, também, com arma de fogo, tendo atingido Vitinho na região do tórax, abdômen e braço, o qual logo largou a sua arma de fogo e caiu no chão.
A equipe policial que se encontrava no local acionou as demais guarnições de área, solicitou a presença do corpo de bombeiros para socorrer o mesmo, já que ele apresentava sinais vitais, todavia em virtude da clara necessidade de urgência no socorro, foi socorrido por uma viatura policial para o hospital municipal, mas após dar entrada no socorro, veio a óbito durante o atendimento médico hospitalar.
No imóvel, foi localizada e apreendida uma motocicleta Honda Bros, preta, de propriedade de Vitinho, a qual apresentava visíveis sinais de adulteração, sendo suspeita de clonagem e roubo/furto.
No interior do automóvel conduzido pelo outro envolvido, foi apreendido o aparelho celular de propriedade de Vitinho.
O outro envolvido afirmou ao policiamento ter sido rendido e sequestrado pelo homem que estava na casa com Vitinho, que de arma em punho o obrigou a dar fuga.
A ocorrência foi passada à disposição da Delegacia de Polícia de São José do Egito onde será instaurado um inquérito.

Miguel e Maria Eduarda foram nomes mais registrados da última década 

Levantamento foi divulgado hoje pela Arpen-Brasil

Miguel e Maria Eduarda foram os nomes masculino e feminino mais registrados nos cartórios do Brasil nos últimos dez anos, de acordo com levantamento divulgado hoje (29) pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil).

Entre 2010 e 2020, foram 321.644 bebês registrados com o nome Miguel, que também foi o preferido deste ano (27.371). Nessa mesma década, Maria Eduarda foi registrado 214.250 vezes. Em 2020, esse nome feminino composto ficou em nono (9.856).

Arthur (287.886), Davi (248.066) e Gabriel (223.899) vêm a seguir de Miguel como os nomes mais registrados da década, numa lista única de nomes masculinos e femininos. Depois vem Maria Eduarda e Alice (193.788).

As listas de nomes masculinos e femininos mais registrados na última década confirma uma preferência do brasileiro por nomes simples para seus filhos. Dos dez primeiros, há apenas dois nomes compostos: Maria Eduarda, em quinto, e Pedro Henrique, em oitavo.

Confira abaixo as listas dos nomes de bebês mais registrados no Brasil neste ano e na última década:

10 nomes mais frequentes entre 2010 e 2020

Miguel – 321.644
Arthur – 287.886
Davi – 248.066
Gabriel – 223.899
Maria Eduarda – 214.250
Alice – 193.788
Heitor – 154.237
Pedro Henrique – 154.232
Laura – 153.557
Sophia – 147.579

10 nomes masculinos mais frequentes entre 2010 e 2020

Miguel – 321.644
Arthur – 287.886
Davi – 248.066
Gabriel – 223.899
Heitor – 154.237
Pedro Henrique – 154.232
Bernardo – 143.046
Samuel – 140.695
Lucas – 140.683
Guilherme – 131.634

10 nomes femininos mais frequentes entre 2010 e 2020

Maria Eduarda – 214.250
Alice – 193.788
Laura – 153.557
Sophia – 147.579
Maria Clara – 140.043
Julia – 138.675
Helena – 132.342
Valentina – 125.813
Ana Clara – 121.920
Ana Julia – 110.123

10 nomes mais frequentes em 2020

Miguel – 27.371
Arthur – 26.459
Heitor – 23.322
Helena – 22.166
Alice – 20.118
Theo – 18.674
Davi – 18.623
Laura – 17.572
Gabriel – 17.096
Gael – 16.667

10 nomes masculinos mais frequentes em 2020

Miguel – 27.371
Arthur – 26.459
Heitor – 23.322
Theo – 18.674
Davi – 18.623
Gabriel – 17.096
Gael – 16.667
Bernardo – 16.558
Samuel – 14.069
João Miguel – 12.746

10 nomes femininos mais frequentes em 2020

Helena – 22.166
Alice – 20.118
Laura – 17.572
Valentina – 12.653
Heloisa – 12.077
Maria Clara – 10.121
Sophia – 10.044
Maria Julia – 10.023
Maria Eduarda – 9.856
Lorena – 9.414

Agência Brasil

Dólar é cotado a R$ 5,1878 nesta quarta-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,35 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,6722.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta quarta-feira (30), está cotado no valor de R$ 5,1878. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,4145.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,35 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,6722. 

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

O Portal ClickPB apura de segunda à sexta-feira a cotação do dólar e euro.

Senado da Argentina aprova legalização do aborto no país

O texto aprovado hoje estabelece que as mulheres têm direito a interromper voluntariamente a gravidez até a 14ª semana de gestação. (Foto: Reprodução)

O Senado da Argentina aprovou, na madrugada desta quarta-feira (30), após 12 horas de debate, o projeto de lei de autoria do governo do presidente Alberto Fernández para legalizar o aborto no país. Foram 38 votos a favor da legalização, 29 contra e uma abstenção.

“É aprovado, vira lei e vai para o Executivo”, declarou a vice-presidente Cristina Kirchner, que preside o Senado.

O texto aprovado hoje estabelece que as mulheres têm direito a interromper voluntariamente a gravidez até a 14ª semana de gestação. Após este período, o aborto será permitido apenas em casos de risco de vida para a gestante ou quando a concepção é fruto de um estupro.

Pelo Twitter, Fernández comemorou a aprovação do projeto:

“O aborto seguro, legal e gratuito é lei. Hoje somos uma sociedade melhor, que amplia os direitos das mulheres e garante a saúde pública”, escreveu o presidente argentino na rede social.

O projeto de lei havia sido aprovado pela Câmara em 11 de dezembro, quando recebeu 131 votos favoráveis e 117 contrários dos deputados. Seis parlamentares se abstiveram.

‘O aborto sempre existiu na Argentina. Agora saiu do armário’, diz ativista de 91 anos
Segundo informações da agência AP, abortos clandestinos já causaram a morte de mais 3 mil mulheres no país desde 1983. Todos os anos, cerca de 38 mil mulheres são hospitalizadas por conta deste procedimento.

É a segunda vez em menos de três anos que o tema volta à pauta. O projeto, de autoria do governo Fernández, chegou ao Congresso semanas atrás, seguindo uma promessa do então candidato da oposição a Mauricio Macri.

Em 2018, ainda no governo Macri, uma proposta de legalizar o aborto na Argentina passou na Câmara, mas acabou rejeitada no Senado.

O projeto de lei
A lei atual previa a interrupção voluntária da gravidez só em caso de risco de vida para a mãe ou quando a concepção é fruto de um estupro.

Isso muda agora: o projeto aprovado nesta quarta autoriza a interrupção da gravidez até a 14ª semana de gestação. O procedimento deverá ser feito no prazo de até dez dias do pedido ao serviço de saúde.

O texto prevê que os médicos que são contra o aborto não são obrigados a executar o procedimento, mas os serviços de saúde precisam apontar um outro profissional que se disponha a fazê-lo. Se a paciente tiver menos de 16 anos, ela precisará de consentimento dos pais.

O que acontece com as grávidas com mais de 16 anos e menos de 18 foi tema de debate. Inicialmente, o texto dizia que elas mesmas poderiam pedir o procedimento. Depois de uma discussão, adicionou-se um parágrafo em que se diz que, nessa situação, se houver conflito de interesses com os pais, as pacientes receberão auxílio jurídico.

Brasil registra 1.075 óbitos por Covid nas últimas 24 h; Rio Grande do Sul bate recorde de mortes

Chega a 7.564.209 de pessoas infectadas 192.716 óbitos

As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais. (Foto: Reprodução)

O Brasil registrou 1.075 óbitos pelo novo coronavírus e 57.319 casos da doença nas últimas 24 horas. O país, assim, chega a 192.716 óbitos e a 7.564.209 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.Os números desta terça-feira (29) representam mais que o dobro do número de óbitos e casos divulgados no dia anterior. Números mais baixos aos feriados, domingos e segundas são comuns devido ao atraso de notificação das secretarias estaduais.O estado do Rio Grande do Sul registrou o mais alto número de novas mortes por Covid-19 em um dia: foram 144. O último recorde tinha sido apenas uma semana antes, no dia 22 de dezembro, quando o estado registrou 101 óbitos pelo novo coronavírus – o único registro acima de cem óbitos até então.O RS acumula até o momento 8.680 mortes por Covid-19 e 438.458 casos, sendo o quinto estado mais afetado pela pandemia, atrás somente de SP (1.440.229 casos), MG (529.653), BA (487.691) e SC (485.935).Os dados do país são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.O jornal Folha de S.Paulo também divulga a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.De acordo com os dados coletados até as 20h desta terça-feira (29), a média de mortes nos últimos sete dias é de 633, um aumento de 2,5% em relação ao dia anterior. O estado atual da doença no país é acelerado, depois de um breve intervalo de estabilidade, com alta de mortes desde o final de novembro.A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Balanço divulgado pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (29) aponta 58.718 novos casos confirmados da Covid-19 nas últimas 24h, com 1.111 novas mortes.
Desde o início da epidemia, segundo dados do ministério, são 7.563.551 novos casos e 192.681 mortes pela doença. Há, ainda, 2.508 mortes ainda em investigação.

Jurista Adriana Rocha é anunciada para comandar Secretaria do Trabalho e Qualificação do Recife

 (Internet / Reprodução)

Publicado em: 29/12/2020 21:48

Dando prosseguimento aos anúncios de seu secretariado, o prefeito eleito do Recife João Campos (PSB) oficializou o nome da jurista Adriana Rocha para assumir, a partir de janeiro, a Secretaria do Trabalho e Qualificação do Recife. 

Por meio de redes sociais, o socialista reforçou que “Vamos estar sempre buscando formas de impulsionar a geração de emprego e renda, para nos ajudar a superar esse momento desafiador que foi agravado pela pandemia. E a Secretaria de Trabalho e Qualificação contará com instrumentos importantes para criarmos essas condições”. 

Formada em direito pela Univeridade Federal de Pernambuco, Adriana possui mestrado em Relações Sociais pela PUC-SP e é professora de direito constitucional na Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). 

Campos (PSB) finalizou da seguinte maneira “Ela vai atuar para reforçar iniciativas já existentes e estruturar novas políticas com capacidade de ampliar fortemente a qualificação da mão de obra da nossa cidade e de endereçar cada vez mais recifenses ao mercado de trabalho”. 

 

Veja restrições em todas as praias do litoral de Pernambuco para o Ano Novo

O Governo de Pernambuco publicou, no dia 8 de dezembro, um decreto que proibia a realização de shows e festas de final de ano em espaços públicos ou privados, como condomínios, clubes, hotéis e estabelecimentos afins, com ou sem cobrança de ingresso, no intuito de evitar a disseminação do novo coronavírus. Com a aproximação do réveillon de 2021, diversas prefeituras endureceram as medidas e anunciaram como será feita a fiscalização nas praias do Estado. O litoral é um dos principais destinos para assistir à chegada de um novo ano. Confira, na lista abaixo, as ações divulgadas pelas gestões municipais para conter aglomerações nas orlas:

Recife

  • Praia do Pina
  • Praia de Brasília Teimosa
  • Praia de Boa Viagem

A Prefeitura do Recife proibiu a instalação de mesas, cadeiras, bancos, toldos, coolers ou qualquer outro objeto no dia 31 de dezembro ao longo de toda a praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, para a festa de virada do ano. O comércio na praia, seja dos quiosques, barracas ou ambulantes, poderá acontecer apenas até 17h da quinta-feira (31). Segundo a gestão, equipes vão fiscalizar, conscientizar a população e distribuir máscaras de proteção. No dia 1º de janeiro, eles poderão reabrir às 6h, desde que seguindo as normas sanitárias vigentes

Jornalista Eduardo Ramos Jordão é morto a pauladas em chácara de Abadia de Goiás

Ele também era artista plástico e cantor. Polícia Civil foi ao local onde aconteceu o crime para levantar mais informações sobre a morte.
Jornalista Eduardo Ramos Jordão foi encontrado morto aos 77 anos. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

O jornalista Eduardo Ramos Jordão, de 77 anos, foi encontrado morto na noite de segunda-feira (28) na chácara dele em Abadia de Goiás, na Região Metropolitana de Goiânia. De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi assassinada a pauladas e teve alguns objetos roubados.

O delegado Arthur Fleury informou que o caso já foi registrado. “Ainda estamos fazendo os levantamentos no local de crime, mas já é possível afirmar que houve um homicídio. A vítima foi morta a pauladas”, explicou.

O corpo de Eduardo foi encontrado próximo à cama dele, por um morador da região que estranhou o fato de o jornalista não atender as ligações.

“Não temos o laudo ainda do local de crime, mas a casa estava bem desorganizada. Foram levados alguns objetos dele, como o som e o carro. Agora, estamos ouvindo algumas pessoas que o conheciam para traçar nossa linha de investigação”, disse o delegado.

Além de jornalista, Eduardo era artista plástico, poeta e cantor. Ele foi o criador do Concurso de Poesia Falada, em Goiás. Suas telas já foram expostas na Câmara de Goiânia e na Assembleia Legislativa.

Durante a sessão na Câmara nesta terça-feira (29), o vereador Paulo Magalhães (PSD) lamentou a morte do amigo. “Ele venceu a ditadura, mas foi vítima da violência urbana”, disse.

O velório e sepultamento serão no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia.

 

Administrador Murilo Cavalcanti é anunciado Secretário de Segurança Cidadã do Recife na gestão João Campos (PSB)

Dando continuidade às noemações de seu secretariado, o prefeito eleito do Recife, João Campos (PSB) anunciou outro nome na sua equipe. Na Secretaria de Segurança Cidadã do Recife, Campos (PSB) anunciou o administrador Murilo

Por meio de redes sociais, João destacou que ” Os municípios podem e devem ter um papel ativo na prevenção social do crime, com políticas próprias e integradas com outros entes, mas, sobretudo, alinhadas com a necessidade da promoção de cidadania, cultura de paz e não violência”.

“Sempre dialogando com outras estruturas da gestão, para avançar em conquistas como o Compaz, mas com o olhar em novas medidas, como a redefinição do papel da Guarda Municipal na segurança ostensiva e experiências ajudem a garantir mais segurança cidadã e inclusão social” , concluiu ao anunciar seu novo secretário. 

 

Afogados registra 21 novos casos de covid-19

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta terça (29) foram registrados 21 casos para covid – 19 em nosso município. Desses, 16 já estavam em investigação.

São 10 pacientes do sexo feminino, com idades de 13, 14, 28, 32, 39, 41, 42, 42, 50 e 56 anos; e 11 pacientes do sexo masculino, com idades de 08, 13, 21, 24, 25, 30, 33, 45, 50, 51 e 60 anos. Entre as mulheres: 03 sem informação, 02 auxiliares de serviços gerais, 02 estudantes (rede pública), 01 profissional da saúde, 01 autônoma e 01 vendedora. Já entre os homens: 05 estudantes (03 rede privada e 02 pública), 02 professores (01 rede pública e 01 rede privada), 01 agricultor, 01 pedreiro, 01 empresário e 01 autônomo. 
Entram em investigação os casos de 22 homens, com idades entre 03 e 58 anos; e os casos de 26 mulheres, com idades entre 17 e 86 anos. 
Hoje, 71 pacientes apresentaram resultados negativos para a COVID – 19, e 102 pacientes apresentaram cura após avaliação clínica e epidemiológica. O município atingiu a marca de 1.955 pessoas (94,76%) recuperadas para covid-19. Atualmente, 85 casos estão ativos. 
Afogados atingiu a marca de 9.509 pessoas testadas para covid-19, o que representa 25,52 % da nossa população. 
Casos leves x SRAG/covid- 19: 
Leves (1993 casos), 96,60% Graves (70 casos), 3,40%.

Antônio Figueira é desligado do governo Paulo Câmara

Desligado do Governo, ontem, por meio de uma carta em caráter irrevogável ao governador Paulo Câmara, o agora ex-chefe da Assessoria Especial, médico Antônio Carlos Figueira, volta a se dedicar ao Imip – Instituto Materno e Infantil de Pernambuco. Há quem possa ter estranhado a sua saída depois de dez anos no poder, mas Figueira, na verdade, fez uma espécie de sacrifício para entrar na vida pública atendendo a uma convocação do ex-governador Eduardo Campos. Volta ao Imip para incrementar a faculdade por excelência da instituição.

Saída lamentada – Mesmo não sendo da área, médico por vocação e ofício, Figueira chegou a cuidar da área política do Governo, assumindo a Casa Civil. Abriu o gabinete para as lideranças do Interior com tamanha disposição que logo passaram a aduzir que ele seria candidato a senador, mas o tempo se encarregou de mostrar que sua passagem pelo Governo se traduziu apenas num grande aprendizado. Resta saber se o seu sucessor terá tamanha capilaridade. “Fará muita falta”, diz um interlocutor do governador que tem por Figueira enorme admiração. Por Magno Martins