Paixão de Cristo de Nova Jerusalém é uma das principais atrações no feriado da Semana Santa

O espetáculo teatral da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, realizado no Município do Brejo da Madre Deus, a 180 km do Recife (PE), se prepara para receber um grande público neste feriado da Semana Santa. A temporada 2024, que começou no dia 23, encerra no próximo sábado. Até esta quarta-feira, cerca de 30 mil pessoas já haviam assistido à encenação.

A concentração de pessoas que vai a cidade teatro de Nova Jerusalém no feriado chamado de Sexta-feira Santa se deve ao fato de que a peça teatral atrai não só pessoas interessadas em entretenimento, mas também um público que vai ao município pernambucano por motivos religiosos.

Isso porque a peça teatral tem como temática a história dos últimos dias de Jesus, figura central do cristianismo. “Jesus é um personagem universal. É uma história que mexe com a fé de muita gente e vem mexendo com a minha fé, vem mexendo com a minha emoção”, afirma o ator Allan Souza Lima, que interpreta o papel de Jesus no espetáculo.

Segundo Robinson Pacheco, coordenador geral do espetáculo, as pesquisas mostram que a parcela do público atraída por motivos religiosos é de cerca de 30%. O que indica que a maior parte do público encara a Paixão de Cristo como entretenimento. Para Pacheco, a motivação que atrai a maior parte dos espectadores é na verdade a forma como a história de Jesus é contada.

“Todo o enredo se desenvolve em nove monumentais palcos plateia com uma arrojada cenografia que reproduz arruados, ruelas, grandes pátios e jardins da Jerusalém dos tempos de Jesus, como os cenários do Templo, do Fórum Romano, do Palácio de Herodes, da Via Sacra e do Monte do Calvário. Além disso, um rico figurino e efeitos especiais de última geração completam a grandiosidade do espetáculo”, afirma.

Segundo ele, a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém não é apenas uma peça de teatro, é uma experiência que transcende o palco, envolvendo os espectadores em uma jornada espiritual e emocional que ressoa com os valores fundamentais da humanidade. “Isso tudo contribui para que o espetáculo seja uma das principais atrações turísticas de Pernambuco e do Brasil”, destaca.

Eduardo Cavalcanti, vice-presidente do Sindicato dos Hotéis de Pernambuco, afirma que a Paixão de Cristo contribui para movimentar o turismo em todo Pernambuco. Ele revela que as operadoras de turismo de outros estados trazem os visitantes que lotam os hotéis no Recife e outras cidades como Gravatá e Caruaru.

Uma das principais agências a apostar nesse filão comercializando pacotes com destino a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém é a CVC que, todos os anos, realiza uma campanha maciça de divulgação por meio de suas lojas espalhadas pelo Brasil oferecendo transporte aéreo, traslado e hospedagem.

Neste ano em que completa 55 anos de história, o espetáculo traz em seu elenco principal, além de Allan Souza Lima, Mayana Neiva, fazendo Maria e Dalton Vigh, interpretando o governador romano Pôncio Pilatos.

No elenco de atores pernambucanos, as novidades são Eduardo Japiassu, que estreia no papel de Herodes, Fernanda Spíndola, como Herodíades e o veterano José Mário Austregésilo que retorna após 20 anos para fazer Anás. Também são destaques Marina Pacheco, no papel de Maria Madalena, José Barbosa, como Judas e Ricardo Mourão no papel de Caifás. A direção artística é de Lúcio Lombardi.

Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos pelo site www.novajerusalém.com.br em até 12 vezes no cartão. Os portões abrem às 16h e a apresentação tem início às 18h.

Compartilhe: