Buscas por fugitivos da prisão de segurança máxima de Mossoró entram no quinto dia

As buscas por Rogério Mendonça e Deibson Nascimento – fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró – entraram no quinto dia neste domingo (18). Os dois foram vistos pela última vez na noite de sexta (16) quando invadiram uma casa que fica a 3 km da Penitenciária.

A fuga aconteceu na última quarta-feira e é a primeira registrada na história do sistema penitenciário federal, desde sua criação em 2006.

Cães farejadores, helicópteros, e mais de 300 agentes de segurança das forças estaduais e federais trabalham nas buscas que se concentram em um perímetro de 15 quilômetros em torno do presídio.

Em alguns momentos, a polícia contou com a ajuda de moradores da região que conhecem a área de mata fechada. “Os policiais me chamaram hoje para ser uma espécie de guia deles porque eu conheço muito a área. Na quinta-feira, levei eles até o lugar das pegadas que era dentro de um terreno que eu já morei”, disse o agricultor Manoel Honorato, de 62 anos.

Fotos dos fugitivos foram espalhadas por vários pontos das comunidades rurais próximas ao presídio.

Colisão entre caminhões deixa motorista morto na BR-424 no interior de PE

Na manhã deste sábado (17), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada para atender a um acidente no km 52 da BR-424, em Venturosa, no Agreste de Pernambuco.

O acidente foi uma colisão frontal entre dois caminhões.

Um dos condutores veio a óbito no local, enquanto o outro sofreu ferimentos leves. O condutor ferido realizou o teste do bafômetro e o resultado foi normal.

Equipes da PRF, Instituto de Criminalística e Polícia Civil estiveram presentes no local. A Polícia Civil ficará responsável pela investigação do caso.

Colisão entre caminhões deixa motorista morto na BR-424 no interior de PE

Major da Polícia Militar agride esposa, mata porteiro e comete suicídio em PE

Um homem de 60 anos matou a tiros o porteiro do prédio em que residia e tirou a própria vida na Rua Tenente João Cícero, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, na noite desta sexta-feira (16).

De acordo com informações extraoficiais, tudo começou com uma briga entre o autor dos disparos, o major médico da reserva da PM Carlos Frederico Cabral da Silveira, e sua esposa.

Durante a discussão, Carlos Frederico teria agredido a mulher, que, com medo, fugiu para um apartamento vizinho ao lado de sua filha. Ele, então, teria pedido informações sobre o paradeiro da esposa para o porteiro, José Washington de Santana, de 53 anos, que, ao se recusar a ajudar, foi atingido com um tiro.

Assustados, os moradores do edifício chamaram a polícia e viaturas do BOPE foram acionadas e, enquanto isso, o major voltou ao seu apartamento. Quando os agentes foram até o local encontraram ele sem vida.

Segundo a Polícia Civil, o caso foi registrado através da Força Tarefa de Homicídios na Capital como um homicídio consumado, seguido de suicídio.

Os corpos foram encaminhados para o IML, um inquérito policial foi instaurado e maiores informações poderão ser repassadas após a completa elucidação dos fatos.

Compartilhe: