Na corda bamba: O Afogados perde para o Petrolina e vai precisar ganhar as 2 últimas partidas para escapar do rebaixamento

Petrolina x Afogados no Paulo Coelho (Foto: Lucilene Santos/ TV Grande Rio )

O Afogados da Ingazeira Futebol Clube entrou em campo com 1 -Railson; 2 – Dorival; 4 -Roger; 3 – Airton; 6 – Daniel; 5 – Caetano; 20 – Levi; 8 – Roberto; 11 Caique; 9 – Pará e 7- Jefferson, para jogar partida decisiva contra o Petrolina fora de casa.

Logo aos 5 minutos em cobrança de escanteio , o zagueiro Roger subiu sozinho e de cabeça abriu o placar para a Coruja. A esperança tomava conta dos torcedores afogadenses.

Aos 20, Eduardo enganou Railson, aproveitou o espaço e chutou com precisão para o gol. Camisa 10 empata o jogo no Paulo Ceolho.

Não demorou muito e aos 25 Everton faz boa jogada. Com um escanteio curto, dominou e Everton faz uma boa movimentação e termina em gol, virada dos donos da casa.

Dai começava a tensão da coruja que só foi aliviada aos 20 minutos do segundo tempo, com desvio de cabeça do Pará e Caique chuta para o fundo do gol, empate do AIFC.

Aos 29, o Petrolina mais uma vez fica na frente no placar em gol de pênalti e aos 31 amplia em um contra ataque.

Com a derrota o Afogados segue na zona de rebaixamento a 4 pontos do Santa Cruz primeiro fora da degola e com apenas 2 rodadas para o fim da primeira fase.

Compartilhe: