Lula sanciona, com veto, projeto que proíbe saidinha de presos

Lula manteve a parte do texto que proíbe a saída para condenados por crimes hediondos e violentos, como estupro, homicídio e tráfico de drogas.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou, com veto, nesta quinta-feira (11), o projeto de lei (PL) que acaba com as saídas temporárias de presos em feriados e datas comemorativas. A informação foi confirmada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O presidente vetou apenas o trecho que impedia a saída temporária para presos que querem visitar suas famílias. A saidinha, como é conhecido o benefício, vale para detentos que já estão em regime semiaberto.

Lula manteve a parte do texto que proíbe a saída para condenados por crimes hediondos e violentos, como estupro, homicídio e tráfico de drogas.

Pela legislação atual, presos que estão no semiaberto, que já cumpriram um sexto do total da pena e que possuem bom comportamento podem deixar presídio por cinco dias para visitar a família em feriados, estudar fora ou participar de atividades de ressocialização.

Antes de ser sancionado pela presidência da República, o projeto foi aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado. A parte da lei que foi vetada será reavaliada pelo Congresso, que poderá derrubar o veto do presidente.

Fonte: Agência Brasil

PRF apreende 5 kg de cocaína em Minas Gerais, que tinham como destino o Vale do São Francisco

Cerca de 4 kg de cloridrato de cocaína e 1 kg de pasta base da mesma droga foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na última quarta-feira, 10, no km 871 da BR-381, no município de Pouso Alegre-MG. O entorpecente tinha como destino final a cidade de Juazeiro-BA, no Vale do São Francisco.

Os agentes localizaram a droga durante abordagem a um ônibus interestadual que saiu de São Paulo-SP. Um cão farejador detectou o entorpecente no interior de uma bolsa escondida atrás do último banco do coletivo. Ao abrirem a bagagem, os policiais encontraram a cocaína.

Uma mulher responsável pela bagagem foi detida e encaminhada juntamente com a droga para a Delegacia de Polícia Civil de Pouso Alegre. Se chegasse ao Vale do São Francisco, a encomenda poderia render R$ 800 mil aos traficantes

Compartilhe: