Funcionária processa posto de gasolina por demissão, mas acaba pagando R$ 100 mil

Uma ex-gerente de um posto de gasolina em Anápolis (GO) entrou na Justiça após ser demitida e acabou precisando assinar um acordo para pagar R$ 100.252,00 à empresa.

Pagamento foi determinado após acordo entre advogados da mulher e do posto. A ex-funcionária também vai prestar 150 horas de serviço comunitário, segundo acordo judicial ao qual o UOL teve acesso.

Mulher acionou a Justiça alegando acúmulo de função, assédio e danos morais. Ela afirmou que passou a ser “perseguida” após a empresa detectar desvios de R$ 217.314,08.

Fraudes teriam ocorrido entre 2020 e 2022. Elas eram cometidas com a inclusão de vendas fictícias de cartão de crédito no sistema da empresa e saque de dinheiro em espécie do mesmo valor no caixa do posto. A defesa do posto alegou que o crime motivou a demissão.

Ex-funcionária chegou a se oferecer para pagar dinheiro desviado, disse dono do posto à polícia. Ele contou que desconfiou da incompatibilidade nos valores e pediu que funcionários observassem os lançamentos no caixa. Desconfiada da investigação interna, a gerente teria se oferecido para devolver valor sem envolver a polícia.

Pagamento será feito em 142 parcelas. A última delas está prevista para 15 de fevereiro de 2036. Cada uma terá o valor de meio salário mínimo na data vigente. Hoje, o valor soma mais de R$ 100 mil.

Fonte: UOL

SESI-PE oferece 300 vagas em dois cursos gratuitos e a distância

Dois cursos gratuitos e online estão sendo oferecidos pelo SESI Pernambuco, com 300 vagas disponíveis. As inscrições para as capacitações “Satisfação do Cliente” e “Habilidades para Falar em Público” podem ser feitas até o dia 21 de abril, ou esgotarem todas as vagas, no site da instituição.

Os inscritos no curso “Satisfação do Cliente”, com carga horária de 40h, vão obter conhecimentos para prestar um bom atendimento aos clientes. Já no curso “Habilidades para Falar em Público”, os estudantes aprenderão a perder o medo de falar em público, entre outras coisas.

Depois de efetuar a matrícula, o estudante tem 30 dias para concluir o curso desejado, sendo submetido em seguida a uma avaliação na plataforma educacional do SESI-PE. Se atingir 70 pontos no exame, recebe certificado.

Compartilhe: