Policial militar é preso após roubo de caminhão em Pernambuco; Outro suspeito morreu na abordagem

Um policial militar que participou do roubo de um caminhão carregado de queijos e manteiga na altura do município de Vitória de Santo Antão, na BR-232, foi preso em flagrante após trocar tiros com policiais civis na madrugada desta terça-feira (9). As informações iniciais são de que um suspeito morreu, dois ficaram feridos e dois conseguiram fugir.

O caso começou por volta de 1h30, quando o caminhão foi interceptado por dois carros. O motorista foi rendido e um dos criminosos assumiu o volante. Os três veículos seguiam em direção ao Cabo de Santo Agostinho, quando foram surpreendidos por viaturas policiais da Delegacia de Repressão aos Roubos e Furtos de Cargas.

O grupo já vinha sendo monitorado havia alguns meses, por isso os policiais civis conseguiram identificar o roubo de carga e o trajeto que estava sendo feito pelos criminosos. Quando o caminhão e os carros acessaram a BR-101, logo após a Estrada da Batalha, em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes, houve a abordagem policial e troca de tiros.

Em um dos carros, estava o cabo do 6º Batalhão da Polícia Militar, que acabou preso. Uma mulher, ao volante, e outro suspeito foram baleados e socorridos. Não há informações sobre o estado de saúde deles.

No outro carro, havia ao menos três suspeitos (um morreu e dois fugiram) e o motorista do caminhão que foi feito refém.

O suspeito que estava dirigindo o caminhão também conseguiu fugir.

APREENSÕES E PRISÕES EM FLAGRANTE

A polícia apreendeu duas armas de fogo, sendo uma calibre 38 e outra calibre .40. Dois bloqueadores de sinais de telefones também foram achados. O caminhão com a carga e os carros dos criminosos foram levados para o Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), em Afogados, na Zona Oeste do Recife, onde vão passar por perícia.

Em nota, a Polícia Civil afirmou apenas que foram realizadas cinco prisões em flagrante, com apoio da Polícia Rodoviária Federal. E disse que “mais informações serão fornecidas em momento oportuno”.

Somente no primeiro semestre deste ano, 164 roubos de carga foram somados pela polícia em Pernambuco.

POLICIAL PRESO ESTAVA EM LICENÇA MÉDICA

A Polícia Militar informou que o policial preso em flagrante já se encontrava afastado das funções, “por força de licença médica”.

Além da investigação criminal, sob a responsabilidade da Polícia Civil, a conduta do cabo da PM será apurada em procedimento administrativo. “No âmbito interno da Corporação, serão adotadas as medidas disciplinares previstas em regulamento”, disse a Polícia Militar. Com informações da repórter Cinthia Ferreira, da TV Jorna

Sertânia: PM reformado atira na esposa e se mata

You are currently viewing Policial Militar reformado atira na esposa e depois se mata em Sertânia

A esposa  está sendo atendida no Hospital Regional Emília Câmara em Afoagos

Nesta terça-feira (9), um policial reformado da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), identificado como Valdemilton Silva, conhecido por Sargento Neguinho, tirou a própria vida após atirar na esposa na cidade de Sertânia. Foi na rua Peregrino Batista no bairro da COHAB.

A esposa do PM, Mirely Diniz, foi baleada com três disparos.

Ela está sendo atendida neste momento no Hospital Regional Emília Câmara (HREC) em Afogados da Ingazeira.

Segundo informações colhidas no Hospital, ela segue em estado muito grave na UTI e está realizando exames de imagem para definição dos procedimentos

Compartilhe: