Funcionário do Hospital Regional de Afogados é encontrado sem vida

Foto encaminhada a redação do blog por uma fonte.
O fato aconteceu nesta quinta-feira (9), Marcelo Galdino, de 38 anos, maqueiro funcionário do Hospital Regional Emília Câmara em Afogados da Ingazeira-PE, ele foi encontrado sem vida em uma repartição do hospital pelos próprios colegas, as primeiras informações  que sentiram a sua falta e foram procura-lo, se depararam com triste sena, encontraram o colega de trabalho já  sem vida.
As condições que levou morte de Marcelo Galdino, maqueiro do hospital, Segundo informações o próprio Marcelo teria atentado contra a própria vida.
Ele era residente do bairro São Brás,  jogador do Corinthians da Vaca Morta, um ser humano querido no bairro. 
A Polícia se encontra tomando as medidas cabíveis, será conduzido uma  investigação para esclarecimentos dos fatos.

Mais uma morte que levanta uma discussão para a doença do século a depressão, como anda a saúde mental das pessoas o que leva as pessoas a cometerem suicídio.

A depressão é considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o “Mal do Século”. No sentido patológico, há presença de tristeza, pessimismo, baixa auto-estima, que aparecem com freqüência e podem combinar-se entre si. A depressão provoca ainda ausência de prazer em coisas que antes faziam bem e grande oscilação de humor e pensamentos, que podem culminar em comportamentos e atos suicidas. 

O tratamento é feito com auxílio médico profissional, por meio de medicamentos, e acompanhamento terapêutico conforme cada caso. O apoio da família é fundamental.

Está presente na literatura médica e científica mundial que a depressão também incita alterações fisiológicas no corpo, sendo porta de entrada para outras doenças. Pessoas acometidas por depressão podem, além da sensação de infelicidade crônica e prostração, apresentar baixas no sistema de imunidade e maiores episódios de problemas inflamatórios e infecciosos. A depressão, dependendo da gravidade, pode desencadear, também, doenças cardiodasculares, como enfarto, AVC e hipertensão.

Compartilhe: