Suspeita de matar namorado com brigadeirão entregou carro avaliado em R$ 600 mil a cigana que fez “amarração do amor”

A polícia prendeu na noite desta terça-feira (4) a psicóloga Júlia Cathermol Andrade Pimenta, suspeita de ter matado o próprio namorado com um brigadeirão envenenado com morfina. A informação foi confirmada por fontes da Polícia Civil à CNN.

Assim que foi localizada pelos investigadores, Júlia Rossi encaminhada para a 25ª delegacia de polícia do Rio de Janeiro, no Engenho Novo. Ela deve responder pelo crime de homicídio doloso, com eventuais agravantes.

Luiz Marcelo Antônio Ormond foi encontrado morto em seu próprio apartamento, na zona Norte do Rio de Janeiro, no fim de maio. O corpo estava em estágio avançado de decomposição, o que dificultou a perícia que ainda não foi concluída.

Em depoimento, a cigana disse que Júlia revelou a ela que dissolveu cinquenta pílulas de morfina em um brigadeirão, para envenenar o namorado.

As investigações sugerem que o motivo do crime foi financeiro, Júlia teria tido a intenção de ficar com o patrimônio de Luiz Marcelo, que inclui imóveis e um estacionamento.

Durante as investigações os policiais descobriram que ela entregou o carro de Luiz Marcelo como parte do pagamento de uma dívida de R$ 600 mil à cigana por trabalhos de “amarração do amor”.

Também foi revelado que ela tinha um segundo relacionamento, depois do depoimento de um homem na delegacia que dizia estar namorando com a psicóloga há dois anos.

CNN

Painel de Transparência dos Festejos Juninos idealizado pelo MPPE já recebeu informações de 12 municípios

Com uma semana no ar, o Painel de Transparência dos Festejos Juninos idealizado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), em parceria como Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), já recebeu informações de 12 municípios pernambucanos a respeito dos cachês de 37 artistas. O sistema deve ser alimentado com dados das prefeituras, Empetur e Fundarpe.

Até o momento foram repassadas informações das festividades de Araripina, Caruaru, Condado, Iati, Igarassu, Ipojuca, Itapetim, Tabira, Petrolândia, São José da Coroa Grande, Santa Terezinha e Recife.

O painel, que pode ser acessado neste link, tem apoio do Ministério Público de Contas (MPCO), Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e das secretarias estaduais de Cultura, Turismo e Lazer.

“Acreditamos que, com o repasse de novas informações pelos gestores nos próximos dias, teremos um retrato mais exato da programação junina, perfil das atrações e o investimento feito em cada município”, pontua o coordenador do Centro de Apoio Operacional em Defesa do Patrimônio Público e do Terceiro Setor do MPPE, promotor de Justiça Hodir Leitão.

X Geres promove Fórum em alusão ao Maio Amarelo em Afogados da Ingazeira

A X Gerência Regional de Saúde (Geres), com sede em Afogados da Ingazeira, promoveu nesta terça-feira (04/06), o “III Fórum de Experiências Exitosas – Maio Amarelo/ Paz no trânsito começa por você”. O Fórum foi promovido com o objetivo de dar visibilidade à temática sobre a prevenção dos acidentes envolvendo transportes terrestres. O evento aconteceu no auditório do Instituto Federal de Pernambuco, Campus Afogados da Ingazeira.

A X Gerência Regional de Saúde (Geres), com sede em Afogados da Ingazeira, promoveu nesta terça-feira (04/06), o “III Fórum de Experiências Exitosas – Maio Amarelo/ Paz no trânsito começa por você”. O Fórum foi promovido com o objetivo de dar visibilidade à temática sobre a prevenção dos acidentes envolvendo transportes terrestres. O evento aconteceu no auditório do Instituto Federal de Pernambuco, Campus Afogados da Ingazeira.

Na ocasião, a equipe de Vigilância em Saúde da regional apresentou o perfil epidemiológico de Acidentes de Transporte Terrestre (ATT) na região, e os agentes da Operação Lei Seca (OLS) ministraram a palestra temática do evento: “Paz no trânsito começa por você”.

Em 2023, a X Regional de Saúde contabilizou no Hospital Regional Emília Câmara (HREC), unidade sentinela para a notificação de atendimentos de pacientes vítimas de acidente com transporte terrestre, 1.551 atendimentos. Destes, 1.271 envolveram o uso de motocicleta.

“Até o momento, no decorrer do primeiro quadrimestre de 2024 (janeiro a abril), foram realizados 133 atendimentos desta natureza, sendo 109 envolvendo motocicletas. Observa-se ainda que em mais de 50% dos acidentes ocorrem entre a população masculina, na faixa etária entre 20 e 39 anos e os principais fatores são: uso abusivo de álcool, a falta do uso de capacete e do cinto de segurança”, detalhou a gerente da X Geres, Mary Delanea.

Representantes das cidades de Afogados da Ingazeira, Brejinho, Iguaracy e Tabira, apresentaram as experiências exitosas desenvolvidas em seus territórios e voltadas para o Maio Amarelo. O III Fórum contou ainda com apresentação cultural do grupo Jabitacaense, com parceria com a Secretaria de Cultura de Iguaracy.

A reunião dos profissionais contou ainda com a presença de representantes do Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto: Detran, Corpo de Bombeiros, Rotary, Secretaria Municipal de Obras de Afogados da Ingazeira, além da Regional de Saúde.

Governo de Pernambuco abre seleção pública simplificada para a SDS, com vagas para o Sertão

Foto: divulgação

Estão abertas a partir desta quarta-feira, 5, as inscrições para uma seleção pública do Governo de Pernambuco destinada à contratação temporária de 30 profissionais de diversas áreas, que serão lotados na Secretaria de Defesa Social (SDS). Os contratados vão atuar nos municípios de Recife, Caruaru, Serra Talhada e Petrolina.

Com carga horária de 40 horas semanais, as vagas são para as áreas de arquitetura, engenharia e administração, bem como para funções relacionadas a instalações hidrossanitárias, cálculo estrutural, tecnologia da informação e manutenção predial.

Os interessados em se candidatar podem se inscrever através deste site. O resultado final está previsto para o dia 23 de julho, tendo a seleção prazo de validade de 24 meses, prorrogável por igual período

 

PEC das Praias: Lira defende que texto não trata de privatização

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou, nesta terça-feira (4), que criaram uma “narrativa não verdadeira” ao redor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) das Praias.

Lira foi questionado por jornalistas sobre o projeto, que foi aprovada pela Câmara em 2022 e, agora, tramita no Senado com relatoria do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ).

“Não estamos discutindo privatização de praias. Enquanto o Brasil e a tratativa das matérias legislativas forem feitas dessa maneira, corremos sérios riscos de estar votando discussões que não condizem com a verdade”, afirmou Lira.

O presidente da Câmara ainda salientou que muitas cidades brasileiras são consideradas terrenos de Marinha.

“Ninguém vai destruir Florianópolis, mudar Balneário, Recife, Vitória. Essas cidades, quase 100%, são terrenos de marinha. Os proprietários pagam laudêmio. Isso precisa ser regularizado”, afirmo o parlamentar.

CCJ do Senado

O texto tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado desde 2022. Mas voltou a ser discutido em 27 de maio.

O assunto ganhou grande repercussão logo em seguida, inclusive envolvendo artistas e atletas famosos.

Segundo apuração da analista da CNN Débora Bergamasco, após a avalanche de reclamações que surgiu em torno do assunto, o relator decidiu alterar a atual versão da PEC. Assim como Lira, Flávio defende a proposta e garante que não trata de privatização.

Entenda a PEC

Atualmente, a legislação permite que empresas e pessoas físicas usem os terrenos de marinha, mediante pagamentos de taxas como foro, taxa de ocupação, além do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU).

Se aprovada, a PEC permitirá que essas áreas ocupadas fiquem sob domínio de pessoas físicas ou jurídicas (mediante pagamento) ou de estados e municípios (gratuitamente).

Por outro lado, a proposta mantém sob domínio da União:

– áreas afetadas ao serviço público federal, inclusive as destinadas à utilização por concessionárias e permissionárias de serviços públicos; unidades ambientais federais;

– áreas não ocupadas.

O tema voltou à tona após uma audiência pública com especialistas e políticos realizada no colegiado na semana passada.

Especialistas e entidades ambientais defendem que, se aprovada, a proposta poderá abrir brecha para que empresas e demais proprietários de territórios de marinha privatizem o acesso às praias.

Fonte: CNN

General do Exército inspecionou Tiro de Guerra em Afogados da Ingazeira

 

Ascom

O prefeito Sandrinho Palmeira, recepcionou, na manhã desta quarta-feira (05), o General de Divisão do Exército Rogério Cetrim Siqueira, Comandante da 7ª Região Militar do Exército, sediada em Recife, e que abrange os Estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Ele esteve acompanhado do Coronel Ricardo Moreno, chefe da Seção de Serviço Militar da 7ª RM, e do Tenente-Coronel Walker Lopes, Comandante do 71º Batalhão de Infantaria Motorizada, sediado em Garanhuns, unidade à qual está vinculado o nosso Tiro de Guerra.

O objetivo da visita foi a inspeção de rotina às instalações do Tiro de Guerra de Afogados da Ingazeira, cuja manutenção e benfeitorias são fruto de uma parceria firmada entre o Exército e a gestão municipal.

A apresentação das inserções foi realizada pelo 1º Sargento Rogério Goulart Toledo, comandante do Tiro de Guerra (TG) 07-020. Em sua fala, o Sargento Toledo agradeceu às melhorias feitas na unidade por parte da Prefeitura e a atenção da gestão aos pleitos do TG.

“O tiro de guerra tem prestado relevantes serviços à sociedade, capacitando e ensinado os nossos jovens sobre a importância da disciplina, do amor e da dedicação à nossa Pátria. Contem sempre com o município, nas demandas que surgirem”, destacou o prefeito.

“Este é o terceiro TG que visitamos nessa inspeção. Essa é uma escola de cidadania, dando oportunidade de aprendizado a essa garotada”, afirmou o General Rogério Cetrim de Siqueira.

Ao todo, existem 19 Tiros de Guerra subordinados a 7ª Região Militar, sendo nove deles em Pernambuco. Logo após a inspeção e revista à tropa, o General Rogério Siqueira ministrou uma palestra a todos os atiradores do TG.

Durante a visita, o prefeito Alessandro Palmeira esteve acompanhado do vice-prefeito, Daniel Valadares, e do secretário de Governo, Odílio Lopes.

Compartilhe: