Sertão da PB: Mulher é forçada a beber água sanitária, morta a pauladas e enterrada em formigueiro por dívida de drogas

Uma mulher de 33 anos foi morta com requintes de crueldade na cidade de Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba.

A reportagem do Notícias Paraíba conversou com o delegado da polícia Civil, Bruno Sérgio. Ele explicou que os moradores do bairro Jardim Karlota ligaram para a Polícia Militar na madrugada do dia 8 de maio, informando terem escutado tiros na localidade. A PM foi até o local, mas não encontrou nada.

No dia seguinte, um grupo de jovens estava pedindo enxada e picaretas emprestados na vizinhança e foram flagrados um dia depois escavando em terreno que fica em um matagal na região.

A polícia foi informada e as investigações começaram. Após duas semanas de um trabalho intenso realizado pelas Polícias civil, militar e Corpo de Bombeiros, os cinco suspeitos foram localizados, entre eles uma mulher. A polícia conseguiu encontrar o corpo da jovem, nesta quinta-feira (03), enterrado dentro de um matagal e em cima de um formigueiro.

Cyndi Millyana Martinelli, foi obrigada a beber água sanitária, morta a pauladas e enterrada em uma cova dentro de um formigueiro. A motivação do crime teria sido uma dívida com o tráfico.

Com os suspeitos, a polícia encontrou drogas, enxada, pá e picaretas, utilizados para matar e enterrar a vítima.

O grupo foi preso e levado para a Delegacia de Polícia Civil de Princesa Isabel. (O povo com a notícia)

Paraíba registra 2.660 novos casos de Covid-19 e 30 novos óbitos nesta quinta-feira

De acordo com as informações que o ClickPB teve acesso, entre os confirmados hoje, 105 (3,9%) são casos de pacientes hospitalizados e 2.555 (96,1%) são leves.

Casos de coronavírus crescem na Paraíba (Foto: Reprodução)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta quinta-feira (03), 2.660 casos de Covid-19. De acordo com as informações que o ClickPB teve acesso, entre os confirmados hoje, 105 (3,9%) são casos de pacientes hospitalizados e 2.555 (96,1%) são leves. 

A Paraíba totaliza 337.779 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 936.699 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Também foram confirmados 30 novos óbitos desde a última atualização, sendo 23 ocorridos nas últimas 24h. Os óbitos confirmados neste boletim aconteceram entre os dias 01 e 03 de junho de 2021, sendo 02 em hospitais privados, 01 em residência e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 7.765 mortes. O boletim registra ainda um total de 229.062 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 1.094 novos casos, o que corresponde a 41,12% dos casos registrados nesta quinta. São eles: João Pessoa, com 514 novos casos, totalizando 87.641; Campina Grande, com 318 novos casos, totalizando 29.951; Cabedelo, com 108 novos casos, totalizando 8.112; Pombal, com 79 novos casos, totalizando 4.667; Esperança, com 75 novos casos, totalizando 4.152.

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 03/06/2021, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Óbitos

Até esta quinta, 218 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 30 óbitos confirmados neste boletim ocorreram entre residentes dos municípios de Alagoa Grande (1); Bananeiras (1); Baraúna (1); Brejo dos Santos (2); Cajazeiras (1); Campina Grande (3); Cuité de Mamanguape (1); Esperança (1); Itapororoca (1); João Pessoa (8); Maturéia (2); Monteiro (1); Patos (2); Pilar (1); Pombal (1); São Bento (1); São João do Rio do Peixe (1); e Sousa (1).

As vítimas são 16 homens e 14 mulheres, com idades entre 32 e 85 anos. Diabetes foi a comorbidade mais frequente e 09 não tinham comorbidades.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 79%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 79%. Em Campina Grande estão ocupados 86% dos leitos de UTI adulto e no sertão 86% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, 103 pacientes foram internados nas ultimas 24h. Ao todo, 993 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 1.319.283 doses. Até o momento, 878.239 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 441.044 com a segunda dose da vacina. A Paraíba já distribuiu um total de 1.897.150 doses de vacina aos municípios.

Os dados epidemiológicos com informações sobre todos os municípios e ocupação de leitos estão disponíveis em: www.paraiba.pb.gov.br/coronavi…

Trabalhadores nascidos em abril podem sacar auxílio emergencial

Os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em abril podem sacar, a partir desta sexta-feira (4) a segunda parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro havia sido depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 20 de maio.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Compartilhe: