Get Adobe Flash player

Panificadora Samuel

 
 

Cidades acessando blog

Escola Monteiro Lobato



 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!


Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

site: emonteirolobato.com.br

 

Login

Dr. Jamildo Carvalho

Blog MM

 

 

 

Tudo posso naquele que me fortalece.

Email:blogmarcosmontinelly@gmail.com

  (87) 9 -9680-8985 

 

 

Desfile Cívico da Escola M. L.

 

Formatura do ABC Monteiro

Yane Marques

Vozes do Forro

AABB

 

Login Form

Fotos Bloco a Onda

Canaval 2016

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!

 
Jornal GGN - Edson Fachin, ministro do Supremo Tribunal Federal, determinou a abertura de inquérito para investigar os senadores Renan Calheiros (AL), presidente da Casa, Romero Jucá (RR), Valdir Raupp (RO) e Jader Barbalho (PA), todos do PMDB. O inquérito foi aberto seguindo solicitação de Rodrigo Janot, procurador-geral da República, baseado em depoimentos de delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral, preso pela Operação Lava Jato.
 
Tramitando em segredo de justiça, o inquérito apura se houve pagamento de propina na construção da usina hidrelétrica de Belo Monte. Edison Lobão, senador pelo PMDB do Maranhão, já é investigado no STF pela mesma razão.
Segundo o PGR, Delcídio disse que houve o pagamento de ao menos R$ 30 milhões em propina pela construção de Belo Monte, pagos para o PT e para o PMDB. O valor para o PT teria sido destinado para a campanha da presidente afastada Dilma Roussef.
 
Através de sua assessoria, Renan Calheiros voltou a dizer que não recebeu nenhum tipo de vantagem indevida, afirmando que as afirmações de Delcídio "não passam de delírio". Jader Barbalho também disse que não recebeu dinheiro de Belo Monte, declarando: "aliás, nunca estive por lá". Já Romero Jucá sustenta que as declarações do ex-senador não tem nenhum dado concreto. "É uma citação genérica e sem qualquer base fática”, afirmou.
 

Unidos, os Partidos  que fazem a frente de oposição politica de Carnaiba, composta pelos partidos PTB, PT do B, PSOL, PR, PTC, PV e PRP, aprovaram na noite desta terça feira 21, o nome de José Francisco Filho, o Didi da Felicidade(PTB), para voltar a disputar a Prefeitura de Carnaiba nas eleições que se aproxima.

A decisão aconteceu após uma consulta popular realizada pelos partidos incluindo ainda o PMDB, de Dr. Clóvis Lira, o PT com Anchieta Alves e o PSL de Elzir Ferreira, resultando como melhor opção o nome de Didi  para enfrentar o ex prefeito Anchieta Patriota.
 
A reunião aconteceu na casa de Diógenes Gomes, presidente Municipal do PV. Como pré candidato a vice prefeito, a chapa se completa com o nome do vereador Luiz Alberto da Silva (PTC), que deixou o grupo de Anchieta Patriota para aderir ao grupo de Didi e companhia.
 
Para disputar a prefeitura de Carnaiba, Didi conta com o apoio de dez partidos politicos contra CINCO que apoiam Anchieta Patriota, sendo o PROS, PSB, PSDB, PDT e PHS.
Didi ainda contará com o apoio do senador Armando Monteiro Neto e do Deputado Augusto Cérsar, ambos do PTB.
Por Cauê Rodrigues

 

 

 

imagem

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) voltou a ter o seu nome citado como um dos envolvidos no esquema de arrecadação de recursos irregulares para campanhas eleitorais. Desta vez, FBC aparece como um dos investigados pela Operação Turbulência, deflagrada pela Polícia Federal nesta terça-feira (21) e que apura, entre outros casos, a arrecadação ilícita de recursos para a campanha de reeleição de Eduardo Campos (PSB) ao governo de Pernambuco em 2010 e à Presidência da República em 2014. FBC é pai do atual ministro das Minas e Energia, Fernando Filho (PSB-PE).

“O que temos na nossa investigação, através dos dados cruzados com o STF (Supremo Tribunal Federal), é que Fernando Bezerra Coelho teria sido a pessoa encarregada de colher os valores do percentual devido para a campanha de Eduardo Campos”, afirmou a delegada Andrea Pinho em entrevista coletiva na Superintendência da Polícia Federal em Pernambuco.

O nome do senador já havia aparecido durante depoimento de delação premiada feito do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. Costa afirmou á Justiça que FBC teria recebido R$ 20 milhões que seriam destinados à campanha de reeleição de Campos em 2010. Na ocasião, FBC negou as acusações e afirmou que não trabalhou na coordenação da campanha que reelegeu Campos para o Palácio do Campo das Princesas. (Pernambuco 247

 

 

 

 
Operação Turbulência: Quatro presos por lavagem de dinheiro ligada a avião de Eduardo Campos
 
 
A ação da PF ocorre no Recife e em Goiás e quatro pessoas já foram presas, sendo duas em São Paulo: João Carlos Lyra e Eduardo Freire - eles devem chegar ao Recife entre 9h e 10h em um voo comercial. Também tiveram a prisão preventiva decretada Apolo Santana Vieira, Arthur Roberto Lapa Rosal e Paulo César de Barros Morato.
 
 
A PF constatou que empresas de fachada, constituídas em nome de “laranjas”, realizavam diversas transações com outras empresas fantasmas, inclusive com algumas investigadas no bojo da Operação Lava Jato. Há suspeita de que parte dos recursos que transitaram nas contas examinadas serviam para pagamento de propina a políticos e formação de “caixa dois” de empreiteiras.
 
O esquema criminoso estava ativo desde o ano de 2010. Cerca de 200 policiais federais dão cumprimento a 60 mandados judiciais, sendo 33 de busca e apreensão, 22 de condução coercitiva e os cinco de prisão preventiva. Também estão sendo cumpridos mandados de indisponibilidade de contas e sequestro de embarcações, aeronaves e helicópteros dos principais membros da organização criminosa. (Via: Folha PE)

 

 
 
Após ser citado na delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), pediu demissão do cargo na tarde desta quinta-feira 16, informou a assessoria do Palácio do Planalto; Alves, que quase deixou o governo no último escândalo dos áudios, mas acabou sendo mantido por Michel Temer, é o terceiro ministro do governo interino a cair em pouco mais de um mês; governo interino derrete com os escândalos de corrupção
 
O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), pediu demissão do cargo na tarde desta quinta-feira 16, informou a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto.
 
Alves decidiu deixar o governo depois de ter sido citado na delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. De acordo com o delator, o peemdebista recebeu R$ 1,55 milhão em propina entre 2008 e 2014.
 
O ministro quase deixou o governo há cerca de dez dias por conta das denúncias, mas acabou sendo mantido no cargo por Michel Temer. Com o pedido de demissão, ele é o terceiro ministro do governo interino a cair em pouco mais de um mês por conta de escândalos de corrupção.
 
Leia mais na reportagem da Agência Brasil:
 
Henrique Eduardo Alves é o terceiro ministro de Temer a pedir demissão
 
Ivan Richard - Após ser citado na delação premiada do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, pediu hoje (16) demissão do cargo. A informação foi confirmada pela Assessoria de Imprensa da Presidência da República.
 
O ex-presidente da Câmara Henrique Alves teria recebido, segundo Machado, R$ 1,55 milhão em doações eleitorais com recursos ilícitos.
 
Ele é o terceiro ministro, após pouco mais de um mês do governo interino de Michel Temer, depois de denúncias relacionadas à Operação Lava Jato. Romero Jucá, que foi ministro do Planejamento, e Fabiano Silveira, da Transparência, Fiscalização e Controle, saíram dos cargos após divulgação de trechos da delação de Machado, em áudio, em que eles criticavam a operação.
 
Alves enviou uma carta com o pedido de demissão a Temer, mas o teor não foi divulgado. Na noite de ontem (15), o ministro esteve no Palácio do Planalto reunido com o presidente interino.
 
 
O sigilo dos depoimentos de Sérgio Machado à força-tarefa da Operação Lava Jato foi retirado pelo ministro do Supremo Tribunal Federall (STF) Teori Zavascki, relator dos inquéritos da operação na Corte. Machado citou o presidente interino Michel Temer e mais de 20 políticos, entre eles o presidente do Senado, Renan Calheiros, os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Romero Jucá (PMDB-RR), além do ex-deputado Cândido Vaccarezza (PT) e do ex-presidente José Sarney (PDMB-AP). Os políticos negaram as acusações.

CAI O TERCEIRO MINISTRO DE TEMER: HENRIQUE ALVES

 

 

 
 
 
Augusto detalha agenda de Armando Monteiro e diz que Sebastião deu “nocaute no próprio PR”
 
Segundo o deputado o PR não tem nome para apresentar. 
 
O vice-presidente da Alepe – Assembleia Legislativa de Pernambuco, Augusto César do PTB, ao falar com Júnior Campos, nesta quarta-feira (15), detalhou a agenda do Senador Armando Monteiro, do mesmo partido, que aterrissa na Capital do Xaxado para turbinar a pré-campanha de Dr. Nena Magalhães, que ainda comemora a segunda colocação, na corrida rumo às eleições municipais.
 
Segundo a sondagem, o petebista que lançou recentemente sua pré-candidatura a prefeito de Serra Talhada, aparece com 23,3% das intenções de voto, desbancando o então pré-candidato republicano, Dr. Fonseca de Carvalho do PR, que acabou desistindo da disputa.
 
“Armando estará em Serra Talhada, às 18h30, lá no Clube do Matuto onde teremos um evento do PTB, presidido por Armando Monteiro, onde estaremos eu, Dr. Nena, as lideranças locais, provavelmente Silvo Costa pai e lideranças da região que estarão presentes. No domingo, ás 9h estaremos em Betânia, fazendo um encontro com Mário da Caixa e o grupo político dele, ás 11h30 Santa Cruz da Baixa Verde, sendo recebido pelo ex-prefeito Zé Bezerra e o filho, como suas lideranças e vereadores, aonde inauguraremos lá um escola, logo após o encontro”, detalhou o deputado com exclusividade.
 
O deputado estadual, ainda aproveitou para comentar a desistência de Dr. Fonseca de Carvalho da disputa, que segundo Augusto, o próprio deputado federal licenciado Sebastião Oliveira teria dificultado e alimentado à queda do médico.
 
“Já tinha um anúncio, um prenúncio de que, como o PR estava encarando a candidatura pra prefeito, a cada dia que se passa um nome estava sendo especulado. Fonseca já tinha ido para lá, com intuito de ser o candidato do PR; ele saiu do PTB pra ser o candidato do PR e acabou perdendo, quando o líder do PR começou inventar e criar novos nomes sem sucesso; e isso enfraqueceu a candidatura de Fonseca, evidentemente dentro do grupo, e culminou dentro grupo...eu acho que tem muita dificuldade, hoje, dentro do grupo do PR uma nova candidatura, a não ser que seja o próprio Sebastião Oliveira, que tanto cogitou que fazendo o que ele fez, dando nocaute no próprio PR”, ironizou o deputado.

 

Acidente tira a vida de Miminho, filho de Lulu Taxista

 
Faleceu na noite desta quarta-feira, 15 de junho de 2016, Vilmar de Souza Siqueira, conhecido popularmente por Miminho, filho de Lulu Taxista.
 
Miminho, ele deslocava-se de Tabira para Afogados na PE 320, nas proximidades da churrascaria Na Fazenda, quando perdeu o controle do veículo e capotou várias vezes após ultrapassar uma motocicleta.
 
Seu corpo está sendo velado na Avenida Elvércio Lima, próximo da AABB, seu sepultamento acontecerá às 17hs no cemitério Parque da Saudade.

Mulheres com Dilma: Ato na Praça do Carmo acontece amanhã

19042016-_TUK4072-Editar

Nesta sexta-feira (17), na Praça do Carmo, no Recife, vai acontecer um  ato público com a participação da presidenta Dilma Rousseff. O evento, com concentração marcada para as 15h, está sendo organizado pela Frente Brasil Popular e a pela Frente Povo Sem Medo, tendo como tema: Mulheres Pela Democracia e Contra a Violência.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT-PE), Carlos Veras, reafirma a importância da luta feminista contra a violência e que o ato também terá o caráter de reivindicar o restabelecimento da democracia, com o retorno da presidenta eleita ao cargo.

Antes do ato com as mulheres, a presidenta Dilma Rousseff estará na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) às 13h.

A presidenta Dilma está no Nordeste desde ontem (15), onde se encontrou com milhares de pessoas em João Pessoa, capital da Paraíba, em uma audiência pública convocada pela Assembleia Legislativa do Estado. Dilma esteve na companhia do Governador do Estado Ricardo Coutinho (PSB) e do Governador do Pauí Wellington Dias (PT). No evento em João Pessoa, ela teve a oportunidade de falar sobre a democracia brasileira.

Nesta quinta-feira (16), Dilma passa por Salvador, local que vai receber o título de cidadã baiana, na Assembleia Legislativa. Seguindo para outras atividades no Palácio de Ondina e participa de um ato cultural no Pelourinho.

Pleno do TCE mantém multa e rejeição da Gestão Fiscal de 2013 do prefeito Dêva Pessoa de Tuparetama

 

 

O Pleno do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) julgou os Embargos de Declaração e manteve irregular nesta quarta (15) a Gestão Fiscal da Prefeitura de Tuparetama, relativa ao 3º quadrimestre do exercício financeiro de 2013. Com a decisão do Pleno, a multa de R$ 10.800,00 que foi aplicada ao prefeito, Deva Pessoa, permanece.
 
A Segunda Câmara do TCE havia julgado irregular, o prefeito recorreu mas mesmo assim não obteve êxito.
 
O Relatório de Auditoria aponta que o Poder Executivo Municipal de deixou de ordenar ou de promover, na forma e nos prazos da LRF, a execução de medida para a redução do total excedente em relação ao limite máximo da sua despesa total com pessoal, referente ao 3º quadrimestre do exercício de 2013, em razão do desenquadramento ocorrido no 1º semestre de 2012, configurando-se hipótese de abertura de processo de Relatório de Gestão Fiscal, nos termos dos artigos 13 e 14 da Resolução TC nº 04/2009.

 

TRE e Abert debatem em Recife novidades das eleições 2016 e o “pode e não pode” para imprensa

 

Henrique Melo, assessor especial da Presidência do TRE

Henrique Melo, assessor especial da Presidência do TRE

Em Recife, acompanhei seminário sobre as regras da legislação eleitoral e as vedações para rádios, blogs e TVs.

Para o assessor especial da Presidência do TRE, Henrique Melo, uma das idéias é reduzir a judicialização do processo eleitoral. Dia 7 de julho, o Tribunal realiza encontro com todos os juízes eleitorais sobre as mudanças no jogo com base na lei 13.165.

Dentre as novidades, estão proibidos cavaletes, faixas, outdoors, pinturas de muros, banners, camisas, bonecos e 

IMG_20160616_102631740_HDR

envelopamento de veículos.

Permitidos cartazes ou adesivos para imóveis de meio metro quadrado, adesivos de 50×40 e para vidros traseiros dos carros, bandeiras seguradas por pessoas, carro de som e a tradicional mídia nas rádios e TVs, a partir de agosto.

Em parceria com a PM, o TRE promete acabar com sujeira nas ruas através de santinhos na véspera de campanha. O Tribunal também vai lançar o aplicativo Pardal, para denúncias via celulares e smartphones.

Henrique Melo alertou emissoras e sites para evitar campanha antecipada. “Não há candidatos. Existem pré candidaturas. Ninguém pode falar como se há estivesse em campanha. Já no período eleitoral, vale a isonomia, o tratamento igualitário para radios e blogs”, disse.

A partir de 1 de julho está proibida propaganda ou favorecimento a partidos e candidatos. A partir de 6 de agosto, postas as candidaturas oficialmente, tratamento isonômico a candidatos.

Ricardo Alves, assessor jurídico da Abert, falou das regras para rádios, TVs e blogs. A partir de 1 de julho, por exemplo, está proibida a propaganda institucional de prefeituras e Câmaras, mesmo que o prefeito ou presidente de Câmara não seja candidato este ano.

(Afogados Online)
 
Com o retorno das investigações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o juiz Sergio Moro, decidido pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, a força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba finaliza um pacote de até três denúncias contra Lula por crimes descobertos no petrolão. A força-tarefa afirma possuir provas para denunciar Lula por corrupção passiva e lavagem de dinheiro por favores recebidos das empreiteiras Odebrecht e OAS e do pecuarista José Carlos Bumlai pelo sítio em Atibaia, pelo aluguel de contêineres para o transporte de acervo de Lula de Brasília para o sítio e pela reserva do apartamento tríplex de Guarujá.
 
Os procuradores da República já veem razões para formular acusações criminais contra o ex-presidente pelos três atos distintos. Embora ainda em discussão, é pouco provável a apresentação de uma só denúncia contra Lula, pois haveria excesso de testemunhas e maior lentidão no julgamento. Cada ato de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro implica, respectivamente, em três anos e dois anos de prisão. Por isso, na hipótese mais otimista, o Ministério Público pode pedir que Lula seja condenado a pelo menos 15 anos de prisão. Outras acusações criminais também estão em análise, em vista do material apreendido na Operação Aletheia, deflagrada no dia 4 de março contra o ex-presidente, aliados e familiares. Há outros favores de empreiteiras em investigação.
 
Adquirido por dois amigos e sócios de Fábio Luís da Silva, filho de Lula, o sítio de Atibaia foi reformado com mão de obra das empreiteiras Odebrecht e OAS. O Instituto Lula já negou inúmeras vezes que o local seja propriedade de Lula; afirma que o presidente apenas o frequenta. Em fevereiro, ÉPOCA mostrou que Lula foi 111 vezes ao sítio em quatro anos. O apartamento tríplex em Guarujá foi construído pela Bancoop, a cooperativa do Sindicato dos Bancários, que quebrou. Assumido pela OAS, o imóvel foi reservado e reformado ao gosto de Lula e sua família. Em meio à Operação Lava Jato, Lula desistiu de ficar com o imóvel.
 
Mais de um mês após o afastamento de Dilma, o ministro Teori decidiu que, por Lula não ter mais foro privilegiado, as denúncias contra ele deveriam voltar à primeira instância – no caso, a cargo do juiz Sergio Moro. Teori ainda não decidiu, no entanto, o destino do processo no qual Lula já foi denunciado como mandante da compra de silêncio de Nestor Cerveró. Por enquanto, a ação se mantém no Supremo. Lula deve responder ainda por participação ou chefia da organização criminosa do petrolão.
 
 

Morre Matheus Oliveira, filho da cantora gospel Eyshila

 
 
Morreu na noite de terça-feira (14) o adolescente Matheus Oliveira, filho da cantora gospel Eyshila. O adolescente de 17 anos estava internado há seis dias no hospital Samaritano, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, com o quadro de Meningite viral. A informação foi confirmada pela cantora em suas redes sociais.
 
“O Senhor deu, o Senhor tomou. Louvado seja o nome do Senhor. Obrigada a todos que nos cobriram com suas orações. Ele está com o Senhor! Não cabe a nós questionar. Deus é soberano e nós vamos seguir adorando e servindo a esse Deus perfeito em sua soberana vontade. Ele sabe o que faz! Salmos 116:15 – Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos. Um dia nos veremos Matheus. Na eternidade eu vou te ver. Deus no controle. O céu é de verdade. Jesus venceu a morte. Matheus está vivo. Jesus vive”, escreveu Eyshila.
 
Várias correntes de orações foram feitas no Brasil e no mundo em prol da saúde do filho caçula da cantora, que também é mãe de Lucas. Muitos cantores evangélicos também compartilharam pedidos de orações para o adolescente nas redes sociais como Fernanda Brum, Aline Barros e Bruna Karla. 
 
A cantora divulgou também na web, a última foto que fez com o filho. Nos comentários, vários fãs lamentaram a perda do menino. “Matheus descansou! Essa foi a última foto que batemos antes da cirurgia”.
 

 

 

imagem

67% dos brasileiros avaliam de forma negativa o governo interino do vice-presidente, Michel Temer, 32% acham que ele é pior do que esperavam e o futuro não é nada animador: o desemprego vai aumentar (52%), os direitos trabalhistas (55%) vão piorar e medidas como idade mínima para aposentadoria vão prejudicar muita gente (77%). Essas são as conclusões da última pesquisa CUT-Vox Populi realizada entre os dias 7 e 9 de junho.

Clique aqui para ler a pesquisa completa.

Para 34% dos entrevistados o desempenho de Temer é negativo – 33% acham que é regular, 11% positivo e 21% não souberam ou não responderam. O Nordeste é a Região do País onde o vice tem pior avaliação – 49% negativo, 41% regular e 10% positivo. Em segundo lugar vem o Sudeste com 45% negativo, 42% regular e 13% positivo. No Centro-Oeste, 39% consideram o desempenho negativo, 43% regular e 18% positivo. No Sul, 31% negativo, 45% regular e 24% positivo.

Trabalhadores e os mais pobres serão mais prejudicados

Com um mês de governo interino, pioraram todos os percentuais de avaliação sobre a gestão golpista com relação a classe trabalhadora e as pessoas que mais necessitam de políticas públicas para ter acesso à saúde, moradia, educação e alimentação digna

 

 
IMAGEM ILUSTRATIVA
 
Agricultor é executado com armas de calibre 12, 44 e 765; Serra Talhada registra o 19º homicídio
 
1 comentário em Agricultor é executado com armas de calibre 12, 44 e 765; Serra Talhada registra o 19º homicídio
 
Serra Talhada registrou o 19º homicídio do ano na manhã desta terça-feira (14). A morte aconteceu no sítio Carnaubinha, na região de Serrinha, na zona rural. De acordo a Polícia Civil, em conversa o FAROL, a vítima foi identificada como Cícero Sebastião Leite, 58 anos. Ele foi alvejado com pelo menos 13 tiros de diferentes calibres. A esposa de Cícero também estava na casa, mas os suspeitos pouparam sua vida.
 
Ao FAROL, o comissário de polícia, Cornélio Pedro da Costa informou que a polícia não descarta a hipótese de um crime de vingança. “No local encontramos pelo menos 13 cápsulas espalhadas no local do crime com os calibres 12, 44 e 76.5. O crime teria sido executado por três elementos mascarados e vestidos de preto que chegaram na residência por volta de 1h da manhã quebrando tudo, arrombaram a porta. A esposa da vítima estava na casa, mandaram ela sair e o mataram”.
 
No dia 30 de maio Serra Talhada registrou a 18º morte vitimando Geovane Bernardo da Silva, 24 anos. O corpo dele foi encontrado nas proximidades do bairro da Cohab 

 

Assaltantes explodem banco em São José da Tapera, no Sertão de AL


 
 
Assaltantes explodem banco em São José da Tapera, no Sertão de AL
 
Um grupo criminoso explodiu a agência do Bradesco da cidade de São José da Tapera, no Sertão de Alagoas, na madrugada desta terça-feira (14), danificando o prédio onde funciona o banco.
 
O bando seria formado por pelo menos dez pessoas, que chegaram na cidade com pelo menos três veículos. Por volta das 3h, a explosão no interior da agência acordou moradores das proximidades do banco. Segundo informações, a quantidade de explosivos usada pelo grupo pode ter sido excessiva, porque, além de destruir os caixas eletrônicos, toda a área interna da agência bancária ficou danificada.
 
 
Durante a fuga, os criminosos incendiaram uma picape próximo a uma das saídas no município. Há suspeitas de que o veículo seria um dos utilizados pela quadrilha no crime e que o incêndio teria sido provocado para impedir uma possível perseguição policial e fazer com que os assaltantes ganhassem tempo na fuga. Até o início da tarde de ontem, o proprietário do veículo incendiado não havia sido identificado.
 
O incêndio do veículo leva a polícia a suspeitar que a quadrilha que roubou o Bradesco em São José da Tapera é a mesma que foi responsável por uma tentativa de assalto à agência do mesmo banco no município de Jacaré dos Homens, na segunda-feira da semana passada. Na ocasião, os explosivos colocados pelos criminosos nos caixas eletrônicos falharam e a quadrilha não conseguiu efetuar o roubo. Durante a fuga, os assaltantes incendiaram um veículo para impedir a chegada de reforços da polícia no município.(Via: Gazeta Alagoas)

Sebastião Oliveira garante que PR terá nome para representar projeto do grupo

 

Sebastião-Oliveira-1O Presidente estadual do PR, Sebastião Oliveira emitiu nota esta noite sobre a desistência do candidato Fonseca Carvalho à prefeitura de Serra Talhada.

A notícia foi duplamente desafiadora para Sebastião. Primeiro, porque Serra é uma cidade estratégica para as pretensões estaduais do partido. Segundo, porque cria um imbróglio para o próprio Oliveira resolver, por ter como principal base a Capital do Xaxado.

“Quando convidei Dr. Fonseca para ser nosso candidato confiei na sua imagem, como candidato honesto, trabalhador e disposto resolver os grandes desafios da nossa terra. Conseguimos, durante esse período, a sintonia e apoio do governador Paulo Câmara, do deputado Inocêncio Oliveira e de diversos líderes políticos serratalhadenes, assim como presidentes de partidos aliados”, disse.

Oliveira lamentou o anuncio. “Lamento sua desistência, pois confiavamos plenamente em sua eleição. Mas é certo porém que não podemos exigir de ninguém sacrifícios, mesmo sabendo que a tarefa política é uma verdadeira peleja e um permanente sacrifício pessoal. Reafirmo que o PR tem a honra em contar com um quadro brilhante como doutor Fonseca e deseja toda sorte de bênçãos para ele e os seus”.

Sebastião disse esperar que ele contribua com a construção de uma sociedade mais justa e com oportunidades que possam transformar a vida das pessoas pra melhor. “Esse é sonho e a alma do PR, o partido irá se reunir ainda esta semana para escolher um candidato que possa representar o nosso projeto e principalmente os anseios da população da nossa querida Serra Talhada’.

Concluiu a nota: “Encerro ainda, utilizando-me do livro mais sábio da da Bíblia Sagrada, o livro de Eclesiastes capítulo 9, versículos, 11 e 12a:

Nas minhas investigações debaixo do sol, vi ainda que a corrida não é para os ágeis, nem a batalha para os bravos, nem o pão para os prudentes, nem a riqueza para os inteligentes, nem o favor para os sábios: todos estão à mercê das circunstâncias e da sorte. O homem não conhece sua própria hora.”

 

 

cozinha

No último dia 8 de junho o prefeito Luciano Duque (PT), inaugurou, com direito a fogos de artifícios, a cozinha comunitária do bairro Bom Jesus. A construção do equipamento se arrastou desde o governo Carlos Evandro e foi apelidada de ‘caveira de burro’ por demorar tanto a ser inaugurada.

Nessa terça-feira (14), uma semana após a inauguração, a reportagem do Farol de Notíciasvisitou o local com a expectativa de encontrar pessoas se alimentando. Mas nada feito. A cozinha encontra-se fechada e, por enquanto, sem serventia, contrastando com a sua finalidade

 

 

O que Eduardo Cunha ainda vai enfrentar

 

http://infogbucket.s3.amazonaws.com/infopapelaba/psd/o-que-cunha-vai-enfrentar/cunha-desk.jpg

 

'Já arquivei cinco pedidos de impeachment contra Janot, esse vou avaliar', afirma Calheiros

Renan Calheiros (PMDB-AL)

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), deu a entender que não rejeitará de pronto um pedido de impeachment contra o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que foi protocolado nesta segunda-feira (13), no Senado. "Nos últimos meses, já arquivei cinco pedidos de impedimentos do procurador-geral da República, eu entendi que as petições eram ineptas. Essa, eu vou avaliar", disse.

O pedido foi feito por duas advogadas ligadas ao movimento pró-afastamento de Dilma Rousseff. Elas argumentam que Janot deu tratamento diferenciado a políticos do PT e do PMDB que estariam envolvidos em "situações análogas" na Lava Jato.

Em geral, Renan rejeita de imediato pedidos de impeachment contra ministros do Supremo e contra o procurador-geral, que devem ser protocolados obrigatoriamente no Senado e cuja aceitação é avaliada monocraticamente pelo presidente da Casa. Recentemente, Renan foi flagrado em um diálogo em que chamava Janot de "mau-caráter".

Em abril, Renan fez forte discurso no plenário do Senado após recusar um pedido de impeachment do ministro do Supremo Marco Aurélio Mello, feito por integrantes Movimento Brasil Livre (MBL), que também defende o afastamento de Dilma Rousseff.

 "Não podemos ser levianos com a democracia, nem subestimar a importância da separação dos poderes da República. É hora de o Legislativo ser Legislativo, de o Judiciário atuar como Judiciário e de o Executivo se portar como Executivo", disse à época.

Inquérito

Ao ser questionado sobre o pedido de impeachment de Janot, Renan se confundiu e entendeu que a pergunta era sobre o novo inquérito que o Supremo abriu nessa terça contra ele e outros membros da cúpula do PMDB. O presidente do Senado acabou dando uma declaração inesperada. "Lamento essa obsessão comigo", disse desconsertado. 

Mais cedo, Renan evitou comentar sobre a abertura de novo inquérito. As declarações foram feitas antes de o ministro do STF, Teori Zavascki rejeitar seu pedido de prisão feito pela PGR.

 

 

 

 

Veículo sem documentação apreendido em São José do Egito: A GT local realizava a Operação Duas Rodas quando foi acionada pela central da 3ª CPM, informando que na Av. Central, V. S. estava trafegando no ciclomotor Shineray sem placa. Durante a abordagem o mesmo informou não possuir CNH ou PPD. Também não portava os documentos do veículo. O ciclomotor foi recolhido ao SETRANS local. A operação contou com o apoio da ROCAM.
 
Jovens flagrados com drogas em Carnaíba: Ao realizar a Operação Fecha Batalhão , nas proximidades da Escola Municipal Cônego Luiz Gonzaga Vieira de Melo, a equipe da GT Local observou J. E., 24 anos e um adolescente de 16 anos em atitude suspeita. Ao realizar uma busca pessoal foi encontrado escondido na cueca de J. E. aproximadamente 29 gramas da droga conhecida com maconha, acondicionada em três sacos plásticos, e com o adolescente também escondida em sua cueca aproximadamente 30 gramas da mesma droga, acondicionadas em 11 sacos plásticos (papelotes). A testemunha se encontrava em companhia dos mesmos, porém, no momento da abordagem nada de ilícito foi encontrado em seu poder. Todos os envolvidos juntamente com o material apreendido foram repassados a delegacia de polícia local.
 
Violência doméstica e apreensão de arma de fogo em Santa Terezinha: A GT local foi solicitada pela vítima na parte da amanhã de ontem (14), informando que teria sido vitima de uma agressão sofrida do companheiro no dia anterior por volta das 23h30min. D. R., 45 anos, teria agredido a vítima no interior da sua residência, resultando em hematomas no braço direito e na perna direita além, de um ferimento na testa que foi provocado por uma coronhada de espingarda. Após as informações da vítima foram feitas diligências, sendo o agressor localizado no centro da cidade, deslocando a guarnição a casa do mesmo, foi encontrado uma espingarda de cal. 28, marca BOITO, nº de série 899820, com 06 (seis) munições deflagradas, mais 28 intactas. O policiamento verificou que a arma apresentava registro vencido desde 2014. Diante dos fatos as partes foram conduzidas a delegacia de polícia local, onde foi informado pelo o agente plantonista que seria adotado o procedimento administrativo da arma vencida e um flagrante de violência doméstica em portaria.
 
Motociclista desobedece policiamento e foge em Brejinho: A GT local estava em patrulhamento quando se deparou com um indivíduo conduzindo uma motocicleta CG 125 Titan, em alta velocidade. Quando o efetivo conseguiu se aproximar do condutor foi dada a ordem de parada que não foi obedecida pelo mesmo, que empreendeu em fuga adentrando em um lugar com muitas árvores abandonando assim a motocicleta e fugindo do policiamento. Não foi possível identificar o homem. Foram realizadas notificações administrativas de trânsito, e o veículo removido para o depósito do DETRAN em Afogados da Ingazeira.
 
Desacato em Tabira: A ROCAM realizava rondas quando se deparou com J. R., 20 anos, que ao perceber a presença do policiamento, agiu de forma suspeita. Realizou-se uma abordagem com revista pessoal, momento em que, o imputado desacatou as ordens, como ameaçou a guarnição. Diante da resistência foi necessário o uso da força e a utilização de algemas para conduzir o imputado a Depol local para ser confeccionado um TCO.

 

O Conselho de Ética aprovou nesta quarta-feira (14), por 11 a 9, parecer do deputado Marcos Rogério (DEM-RO) pela cassação do mandato do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A decisão ocorre uma semana após ser divulgada notícia de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão de Cunha.

O peemedebista é acusado, no processo por quebra de decoro parlamentar, de manter contas secretas no exterior e de ter mentido sobre a existência delas em depoimento à CPI da Petrobras no ano passado. Ele nega e afirma ser o beneficiário de fundos geridos por trustes (entidades jurídicas formadas para administrar bens e recursos).

Com a aprovação do relatório de Marcos Rogério, abre-se prazo de cinco dias úteis, a partir da publicação no Diário Oficial, para a defesa de Cunha recorrer à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que poderá opinar apenas sobre aspectos formais do relatório e não sobre o mérito.

Em seguida, o processo segue para o plenário da Câmara. Qualquer punição só poderá ser aprovada em definitivo com o voto de ao menos 257 dos 513 deputados.

Após o presidente do colegiado, José Carlos Araújo (PR-BA), proclamar o resultado, deputados e servidores gritaram “Fora, Cunha!” no plenário onde ocorreu a votação.

O relatório de Marcos Rogério, que foi aprovado pela maioria, diz que trustes e offshores foram usados pelo presidente afastado da Câmara para “ocultar” patrimônio mantido fora do país e para receber propina de contratos da Petrobras. No parecer, o deputado diz que Cunha constituiu trustes no exterior para viabilizar a “prática de crimes”.

Na sessão desta terça, Marcos Rogério apresentou complementação de voto para reforçar a defesa pela cassação do mandato de Cunha. Para ele, o peemedebista se utilizou de trustes e empresas “de fachada” para ocultar o recebimento de propina de contratos da Petrobras.

 

 

 

Visivelmente chateado com a postura do prefeito José Patriota (PSB), o médico Edmilson Policarpo ao que parece não vem dando muita bola às inaugurações de obras realizadas pelo governo municipal. Nos últimos dias, ele não compareceu e nenhuma delas.

Disparado em todas as pesquisas na questão de ser candidato à vice, quando se trata da escolha do nome para composição da chapa majoritária, o médico não admite ficar de fora do processo, isso porque de forma democrática, a população é quem, mais uma vez, o quer como vice-prefeito de Afogados da Ingazeira.

Praticamente com o nome barrado no processo, Dr. Edmilson, como é conhecido, começa a manifestar seu descontentamento. Se ficar de fora da chapa governista, Edmilson será novamente vítima da covardia e da falta de compromisso político, isso porque em todos os levantamentos técnicos realizados, o médico é apontado pela maioria esmagadora da população como melhor nome para compor a chapa na condição de vice.

OPOSIÇÃO

A oposição de Afogados da Ingazeira promete endurecer o discurso contra a gestão do prefeito José Patriota (PSB). De acordo com algumas lideranças, a gestão socialista tem sido regida apenas de mídia e muito blábláblá. Integrantes de bases sindicais apontam falhas na gestão, a exemplo da falta de atenção ao servidor municipal, e já há um certo descontentamento por parte dos professores municipais.

Para o vereador Zé Negão (PTB), “a gestão de Patriota é um engodo, composta de muito blábláblá e propaganda”, diz o vereador. A oposição afogadense está se organizando para tentar combater o modelo de gestão implantado pelo atual Chefe do Executivo.

Por Itamar

 

 

 

 

 

Zeca, observado por Neryanne: campanha já começou

Zeca, observado por Neryanne: campanha já começou

Em Arcoverde, a campanha já começou. Esta semana, teve clima eleitoral a inauguração de uma praça no São Cristóvão pela prefeita Madalena Brito (PSB). Na mesma semana, o Partido Trabalhista Brasileiro de Arcoverde realizou nas noites de quinta (9) e sexta-feira (10) mais uma etapa da Caravana da Esperança, como vem sendo denominada pelos seus organizadores e que tem à frente a presidente municipal do PTB, a ex-secretária de Ação Social, Nerianny Cavalcanti, esposa do deputado federal Zeca Cavalcanti (PTB).

Acompanhada dos deputados Zeca Cavalcanti e Júlio Cavalcanti (estadual), a trabalhista foi ouvir a população sobre os principais problemas que afligem a população e debater propostas para melhorar a qualidade de vida das pessoas, segundo nota. Na caravana ainda estavam dezenas de pré-candidatos a vereadores de vários partidos que também falaram sobre as demandas e soluções para o bairro.

Em seu discurso, o deputado Júlio Cavalcanti lamentou que, enquanto a prefeita gasta dinheiro com fogos inaugurando praças, a população da Cohab tenha que conviver com a escuridão, a falta de segurança e um atendimento de saúde precário.

Para Zeca Cavalcanti, é preciso mudar o ponteiro desta história e trazer de volta o desenvolvimento e o trabalho que tanto o povo de Arcoverde espera. Ele também destacou em seu discurso a experiência e a sensibilidade da presidente do PTB e pré-candidata a prefeita pela legenda, Nerianny Cavalcanti. Zeca lembrou que quando secretária de ação social, Nerianny herdou em 2005 apenas 4 programas sociais que eram comandados na época pela atual prefeita do município. “Nerianny fechou o governo em 2012 com 32 programas sociais em funcionamento, hoje temos apenas 17, demonstrando a falta de competência e de sensibilidade social da atual prefeita”, disse Zeca.

“Arcoverde precisa retomar seu crescimento, voltar a crescer e trazer o trabalho de volta, investindo na segurança, na iluminação pública que é de responsabilidade da prefeitura, na infraestrutura nos bairros mais afastados e na melhoria e humanização da saúde, que hoje, em Arcoverde, vive um caos”.

Na Cohab II, o encontro foi finalizado com a presença do Bispo João, da Igreja Universal, que fez uma oração com todos os presentes e pediu por uma “Arcoverde de paz, amor, trabalho e esperança”, segundo relata a presidente do PTB, Nerianny Cavalcanti, em sua página nas redes sociais.

 

imagem

A delação de Léo Pinheiro, da OAS, pode atingir uma das principais figuras da política brasileira, tida até hoje como um arauto da ética.

Segundo o jornalista Lauro Jardim, de O Globo, “na negociação da delação premiada de Léo Pinheiro, há uma revelação destinada a fazer muito barulho”. “Atinge duas figuras que têm suas imagens ligadas umbilicalmente às questões da ética e da sustentabilidade – uma, na política; a outra, no meio empresarial”.

Ele prossegue: “O ex-presidente da OAS se comprometeu com os procuradores a falar do caixa dois que, segundo ele, irrigou a campanha de Marina Silva à Presidência em 2010. O pedido a Pinheiro foi feito por Guilherme Leal, um dos donos da Natura, candidato a vice-presidente de Marina naquela eleição”.

De acordo com a nota de Jardim, que deve ser publicada em “O Globo” deste domingo (11), mas que já foi distribuída a jornais regionais, que publicam a coluna do jornalista, “Alfredo Sirkis acompanhava Leal quando a negociação foi fechada”. Sirkis já presidiu o PV. Ele é o fundador da sigla pela qual Marina disputou a presidência do país em 2010.

Na prestação de contas de Marina-Guilherme Leal, não há qualquer registro de doação da OAS

 

Dilma defende consulta para que população decida se quer novas eleições no país

 

 

A presidente afastada Dilma Rousseff defendeu na quinta-feira (9), em entrevista especial concedida à TV Brasil, uma consulta popular caso o Senado não decida pelo seu impedimento. Ao apresentador Luís Nassif, Dilma disse que é a população que tem que dizer se quer a continuidade de seu governo ou a realização de novas eleições. “O pacto que vinha desde a Constituição de 1988 foi rompido e não acredito que se recomponha esse pacto dentro de gabinete. Acredito que a população seja consultada”, disse.

Para ela, o país não conseguirá superar a crise com o governo interino. Dilma acredita que o povo não terá confiança no comando de Temer pelo fato de ele não ter passado pelo crivo das urnas. “Como você acha que alguém vai acreditar que os contratos serão mantidos se o maior contrato do país, que são as eleições, foi rompido?“, indagou. “Não acho possível fazer pacto nenhum com o governo Temer em exercício”, completou.

MINISTRO PREPARA PRIVATIZAÇÃO DO SISTEMA ELETROBRÁS

 

 

imagem

A situação da estatal de energia Eletrobras, que enfrenta prejuízos bilionários desde 2012, é “insustentável” e exigirá uma revisão do tamanho e do papel da empresa no país, afirmou nesta sexta-feira o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

Ele adiantou que o governo prepara um plano de vendas de ativos da companhia que deverá começar com empresas de distribuição e fatias minoritárias em usinas e linhas de energia.

O ministro negou, no entanto, que existam planos neste momento para vender as maiores subsidiárias da estatal que atuam em geração e transmissão de energia –Furnas, Chesf, Eletronorte e Eletrosul.

“Não vamos fazer uma liquidação da Eletrobras”, disse Coelho Filho a jornalistas após participar de reunião com o vice-governador de São Paulo, Márcio França, e empresas de energia no Palácio dos Bandeirantes

  

PRÉ CANDIDATO A PREFEITO DE CARNAIBA LUIZ ALBERTO FAZ VISITA AO DEPUTADO ÂNGELO FERREIRA

 

O Vereador Vice Presidente da Câmara de Vereadores do municipio de Carnaiba, Luiz Alberto da Silva (PTC), esteve na tarde desta sexta feira 10, visitando o Deputado Estadual Ângelo Ferreira (PSB), na cidade de Sertânia, terra do deputado onde passará o final de semana.
Na pauta, os dois politicos discutiram as eleições municipais em Carnaiba, projetos destinados ao Distrito de Ibitiranga e eleições de Sertânia em outubro próximo.
 
Luiz Alberto é pré candidato a prefeito de Carnaiba e busca bases de apoio. Esta semana deverá buscar também o apoio do prefeito Carnaibano Zé Mário Cassiano.

 

Na inauguração da nova Praça São Cristóvão, ontem, localizada no bairro de mesmo nome, a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PSB), foi alvo de protesto. Os populares e alunos  cobraram mais educação,  a prefeita nesta reta final que antecede as eleições vem tentando conquistar os eleitores mais parece que o povo de uma das mais importantes cidades do interior de Pernambuco não aceitam os discursos da prefeita, sua administração virou alvos de muitas criticas, Madalena tem sofrido com o caos na saúde em seu município, já foi cobrada pela prática nepotismo no seu governo,  até mesmo em um evento que deveria ser para tentar levantar a visibilidade da gestão teve efeito contrário com o povo cobrando ações concretas desta vez  as cobranças veio de alunos universitários, o locutor tentado esconder as palavras dos manifestantes mais não conseguiu.

 

Se moda pegar a prefeita vai ter que engolir ainda muitas manifestações pela frente como: da saúde, bairros abandonados, falta de medicamentos, falta de ambulâncias, servidores insatisfeitos resta saber qual será a estratégia da prefeita para driblar as cobranças por parte dos manifestantes no seu governo que continua nas sombras da administração do ex-prefeito Zeca Cavalcanti que deixou o governo com mais de 80% da aprovação.

 

Segundo o deputado estadual Júlio Cavalcanti (PTB), após os discursos de vereadores, no momento em que a prefeita fez uso da palavra, alunos da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde (AESA) interromperam a fala de Madalena com gritos de guerra em defesa da educação: “Praça nova não! Queremos mais educação!”.

De acordo com o parlamentar, os alunos cobravam as bolsas do Programa Universidade Para Todos em Pernambuco (Proupe) cortadas pelo Governo do Estado. Na ocasião, a prefeita alegou que não era responsabilidade dela, mas do Governo do Estado.

 

 

 

 

 

Sem aquele que é considerado o voto que definirá o desfecho do processo de cassação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o Conselho de Ética adiou para quarta-feira a votação do parecer do deputado Marcos Rogério (DEM-RO), que recomenda a perda do mandato. A decisão foi anunciada porque uma das integrantes do colegiado, a parlamentar baiana Tia Eron (PRB), não apareceu para votar.
 
A presença de Tia Eron tornou-se crucial para selar o destino de Cunha, já que o placar atual, sem a posição dela, livra o presidente afastado da Câmara com um voto de diferença. Porém, caso a deputada baiana vote pela cassação, o resultado terminará empatado em 10 a 10. Nesse caso, o voto de minerva caberia ao presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PR-BA), desafeto do peemedebista.
 

 

Os escudeiros de Cunha pressionam por diferentes vias - por exemplo, apelando ao ministro do PRB Marcos Pereira (Indústria e Comércio), do partido dela - para que a deputada baiana ajude a salvar o presidente afastado da Casa. "É muito ruim para um governo que abrigue tantos aliados do Eduardo Cunha que mais essa suspeita de tentativa de interferência em outro poder paire sobre ele. Esse é um assunto da Câmara. A Presidência da República não pode se meter nesse assunto", disse Alessandro Molon (Rede-RJ), rival de Cunha, citando encontro entre Pereira e o presidente interino da República, Michel Temer, nesta segunda-feira

 

Gilmar Mendes, ministro do STF

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, fez uma dura crítica contra o vazamento da informação de que a Procuradoria-Geral da República havia pedido a prisão de integrantes da cúpula do PMDB. "Não se pode brincar com esse tipo de coisa. Tem-se um processo oculto, pede-se sigilo, mas divulga-se para a imprensa. Isso é algo grave, não se pode cometer esse tipo de coisa. Isso é uma brincadeira com o Supremo. É preciso repudiar isso de maneira muito clara", disse.

Questionado sobre quem teria vazado, o ministro evitou apontar culpados, mas afirmou que "quem está fazendo isso está cometendo crime". Após fazer as declarações à imprensa, foi possível ouvir o ministro comentando o assunto, de maneira exaltada, com outros colegas antes do início da sessão da segunda turma do Supremo.

A divulgação da informação de que o procuradoria-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do senador Romero Jucá (PMDB-RR) e do ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) foi feita pelo jornal O Globo nesta terça-feira (07), e confirmada pelo Estado com fontes da investigação. Pesa sobre os três peemedebistas a suspeita de que eles atuaram para atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato.

Há também um pedido de prisão contra o presidente da Câmara afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que, na avaliação da PGR, mesmo longe do cargo continuaria interferindo nos trabalhos da Casa. O vazamento incomodou outros integrantes do Supremo, que viram no ato uma intenção de pressionar o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato, a tomar um posicionamento.

Reservadamente, um ministro atentou para o fato de que os pedidos chegaram à Corte há algum tempo e até agora não há uma decisão sobre eles. Segundo o Estado apurou, esses requerimentos teriam sido enviado ao Supremo há mais de duas semanas. Nesse meio tempo, vieram a público gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, que implicou a cúpula peemedebista na Lava Jato em sua delação premiada.