Get Adobe Flash player

Panificadora Samuel

 
 

Cidades acessando blog

Escola Monteiro Lobato



 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!


Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

site: emonteirolobato.com.br

 

Login

Dr. Jamildo Carvalho

Blog MM

 

 

 

Tudo posso naquele que me fortalece.

Email:blogmarcosmontinelly@gmail.com

  (87) 9 -9680-8985 

 

 

Desfile Cívico da Escola M. L.

 

Formatura do ABC Monteiro

Yane Marques

Vozes do Forro

AABB

 

Login Form

Fotos Bloco a Onda

Canaval 2016

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!

 

Cleide Carvalho e Gustavo Schmitt – O Globo

O juiz Sérgio Moro aceitou a denúncia contra o ex-ministro Guido Mantega pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na edição das medidas provisórias 470 e 472, conhecidas como MP da Crise. Ele foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ter beneficiado empresas do Grupo Odebrecht com a medida, em troca de propina de R$ 50 milhões. O juiz rejeitou a denúncia contra o ex-ministro Antonio Palocci neste caso, por falta de provas, e afirmou que ele deve ser ouvido como testemunha de defesa.

 

A ação envolve R$ 15,1 milhões pagos aos marqueteiros do PT, João Santana e Mônica Moura, em 26 entregas, feitas no Brasil, em dinheiro, e outra parte em contas no exterior.

Ainda nesta segunda-feira, a defesa do ex-ministro Guido Mantega questionou a competência de Moro para receber a denúncia. Para o advogado Fábio Tofic, o recebimento de caixa 2 para a reeleição da ex-presidente Dilma Rousseff em 2014 é caso de competência da Justiça Eleitoral do Distrito Federal. Citou como exemplo decisões da 2ª Turma do STF, que tem encaminhado casos de caixa 2 para a Justiça Eleitoral.

 

A planilha da Odebrecht denominada de “Posição Programa Especial italiano” retrata créditos de R$ 200 milhões à cúpula do PT, com saldo a pagar de R$ 66 milhões em 31 de março de 2014. Na planilha “Posição Pós Itália” o crédito é de R$ 132 milhões, com saldo a pagar de R$ 101,4 milhões em março de 2014.

 

O empresário Marcelo Odebrecht, delator da Lava-Jato, afirma que o pedido de R$ 50 milhões partiu de Mantega e que o valor foi disponibilizado pela Braskem, a petroquímica do grupo. O dinheiro pedido pelo então ministro da Fazenda teria sido colocado à disposição em 2009, mas começou a ser usado em 2013.

Moro lembrou ainda em despacho que Mantega, que ocupou o Ministério da Fazenda entre março de 2006 e janeiro de 2015, mantinha quase US$ 2 milhões no exterior não declarados às autoridades brasileiras, nem mesmo à Receita Federal.

 

O ex-ministro é dono de duas contas na Suíça, bloqueadas pelas autoridades daquele país. Em nome de uma offshore batizada de Papillon Company há uma conta com saldo de US$ 1,7 milhão. Na conta pessoal, o saldo é de US$ 143,6 milhões. Os valores só foi revelados às autoridades brasileiras em julho de 2017, quando Mantega tentou aderir ao programa de regularização cambial e tributária aprovado no ano anterior.

Os procuradores da Lava-Jato dizem que a explicação do ex-ministro para os valores mantidos no exterior é inverossímil.

 

 

 

 

Venha morar bem, há Vagas.

 

 

 

 

 

Araripina: adolescente tenta apartar briga entre irmãos e tem faca encravada na cabeça

 

 

A jovem foi socorrida para o HSM, logo depois para o Regional FB de Ouricuri, e por fim para o Traumas de Petrolina. O incidente em sua residência na rua São Francisco

Por Emanoel Cordeiro / Foto: reprodução Araripina em Foco

Na manhã desse domingo, 12 de agosto, policiais militares foram acionados por funcionários do hospital regional Fernando Bezerra em Ouricuri, dando conta que uma mulher teria dado entrada naquela unidade hospitalar com uma faca encravada do lado esquerdo da cabeça, após se envolver em uma confusão entre familiares.

Após levantamentos preliminares, a polícia conseguiu chegar até o acusado, UM ADOLESCENTE DE 13 ANOS, que relatou que durante a briga com um irmão, arremessou o objeto cortante e atingiu a vítima, LUANA DA SILVA, em sua residência na rua São Francisco em Araripina.

Devido a gravidades da lesão, a vítima foi transferida para cuidados médicos em Petrolina.

 

 

Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988 / Foto: Bobby Fabisack/JC Imagem

Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988
 

Agência Brasil / Foto: Bobby Fabisack/JC Imagem

 

Trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem sacar seus recursos a partir de hoje (14). O prazo ficará aberto até 28 de setembro.

Desde o dia 8 de agosto, o crédito para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil está sendo feito automaticamente. A partir desta terça-feira, todas as pessoas poderão sacar os recursos corrigidos. Já a partir de 29 de setembro, só será possível receber as quantias dos dois fundos nos casos previstos na Lei 13.677/2018.

Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sitesdo PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.

Quem pode sacar

Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os rendimentos anuais depositados nas contas de trabalhadores criadas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988.

Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Flexibilização

Até 2017, o saque das cotas era permitido quando o trabalhador completasse 70 anos, em caso de aposentadoria e em outras situações específicas. Desde o ano passado, o governo federal flexibilizou o acesso e até setembro pessoas de todas as idades podem retirar o dinheiro.

Em julho, o pagamento foi suspenso para o cálculo do rendimento do exercício 2017-2018. Na primeira etapa do cronograma, encerrada no dia 29 de junho, 1,1 milhão de trabalhadores fizeram o saque, retirando uma soma de R$ 1,5 bilhão.

 

 

 

 

 
Trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem sacar seus recursos a partir desta terça-feira (14). O prazo ficará aberto até 28 de setembro.
 
Desde o dia 8 de agosto, o crédito para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil está sendo feito automaticamente. A partir desta terça-feira, todas as pessoas poderão sacar os recursos corrigidos. Já a partir de 29 de setembro, só será possível receber as quantias dos dois fundos nos casos previstos na Lei 13.677/2018.
 

 

Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.
 
Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os rendimentos anuais depositados nas contas de trabalhadores criadas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988.
 
Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
 
Até 2017, o saque das cotas era permitido quando o trabalhador completasse 70 anos, em caso de aposentadoria e em outras situações específicas. Desde o ano passado, o governo federal flexibilizou o acesso e até setembro pessoas de todas as idades podem retirar o dinheiro.
 
Em julho, o pagamento foi suspenso para o cálculo do rendimento do exercício 2017-2018. Na primeira etapa do cronograma, encerrada no dia 29 de junho, 1,1 milhão de trabalhadores fizeram o saque, retirando uma soma de R$ 1,5 bilhão. (Via: Agência Brasil)

 

 
 
Uma pesquisa encomendada pela RecordTV ao instituto RealTime Big Data, divulgada nesta segunda-feira (13), mostrou que 59% dos eleitores brasileiros entrevistados ainda não têm candidato à Presidência da República. 
 
O levantamento, realizado após serem definidos dos 13 postulantes ao Planalto, apontou que 47% do eleitorado está indeciso e 12% votaria em branco ou nulo. 
 

 

Os percentuais foram colhidos a partir de respostas à pesquisa espontânea, quando os nomes dos candidatos não são citados. 
 
Também nesse cenário, a pesquisa mostrou que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lideram as intenções de voto com 15% e 13%, respectivamente. O resultado indica empate técnico porque a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou mais menos.
 
Em seguida aparecem, também empatados, Geraldo Alckmin (PSDB), com 4%, Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT), ambos com 3%, e Álvaro Dias (Podemos), com 2%. O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que pode substituir o ex-presidente Lula como candidato do PT, foi lembrado por 1% dos entrevistados.
 
A pesquisa RealTime Big Data/RecordTV entrevistou 3.200 pessoas, presencialmente, entre 10 e 12 de agosto. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-09102/2018.
 
No cenário de pesquisa estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos, o ex-presidente Lula é líder com 29%, contra 19% de Bolsonaro. 
 
Na sequência, quatro candidatos estão empatados tecnicamente: Alckmin (9%), Marina (8%), Ciro (7%) e Álvaro Dias (6%). Guilherme Boulos (PSOL), João Amôedo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB) aparecem com 1%. Votos em branco ou nulo somam 12% e indecisos, 7%.
 
Quando a pesquisa substituiu o nome de Lula por Haddad, a liderança ficou com Bolsonaro, tendo 21%. Em segundo lugar, Marina Silva (11%), Alckmin (9%) e Ciro (8%) estão empatados tecnicamente. Nesse levantamento, o número de indecisos vai a 16% e o de brancos e nulos, 20%.
 
Segundo Turno – A pesquisa da RecordTV também traçou panoramas em caso de segundo turno da eleição presidencial.
 
Veja os percentuais:
 
LULA X JAIR BOLSONARO
 
Lula: 43%
Bolsonaro: 35%
Branco/nulo: 16%
Indecisos: 6%

 

LULA X GERALDO ALCKMIN
 
Lula: 43%
Alckmin: 31%
Branco/nulo: 18%
Indecisos: 8%

 

JAIR BOLSONARO X GERALDO ALCKMIN
 
Bolsonaro: 39%
Alckmin: 35%
Branco/nulo: 19%
Indecisos: 7%

 

JAIR BOLSONARO X MARINA SILVA
 
Marina: 41%
Bolsonaro: 37%
Branco/nulo: 15%
Indecisos: 7%

 

JAIR BOLSONARO X CIRO GOMES
 
Bolsonaro: 38%
Ciro Gomes: 33%
Branco/nulo: 24%
Indecisos: 5%

 

JAIR BOLSONARO X FERNANDO HADDAD
 
Bolsonaro: 39%
Haddad: 25%
Branco/nulo: 30%
Indecisos: 6%

 

GERALDO ALCKMIN X MARINA SILVA
 
Marina Silva: 38%
Alckmin: 31%
Branco/nulo: 25%
Indecisos: 6%

 

GERALDO ALCKMIN X CIRO GOMES
 
Alckmin: 35%
Ciro Gomes: 30%
Branco/nulo: 27%
Indecisos: 8%

 

Por fim, o levantamento ouviu a opinião dos brasileiros sobre o governo do presidente Michel Temer (MDB): 75% dos entrevistados (3 a cada 4) consideram que Temer faz um governo ruim ou péssimo; 18% avaliam a gestão como regular; 5% como ótimo ou bom; 2% não souberam responder.
 

 

 
Em vídeo que circula nas redes sociais, o ex-apresentador Alexandre Farias, de 40 anos, baleado na cabeça no Alto do Moura, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, em setembro de 2017, aparece andando com ajuda de familiares e amigos. O jornalista segue em recuperação na casa do pai, no bairro de Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife.

Mais magro e recebendo palavras de apoio, Alexandre dá seus primeiros passos - ainda amparados - após passar oito meses internado. O jornalista vem sendo acompanhado diariamente por médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e técnicos de enfermagem.


Vídeo:
 
 
Relembre o caso: O ex-apresentador do telejornal ABTV 2ª Edição, da TV Asa Branca, afiliada da Rede Globo em Caruaru, foi atingido com um tiro na cabeça na noite do dia 16 de setembro. O fato aconteceu após a polícia realizar uma perseguição nas proximidades do Alto do Moura.

Dois dias depois, os três suspeitos de envolvimento no tiroteio foram presos. Durante a operação, realizada no Sítio Maniçoba, na Zona Rural da cidade, próximo ao Alto do Moura, um quarto suspeito foi morto. Em janeiro deste ano, Alexandre Farias foi aposentado por invalidez. A decisão ocorreu depois de Alexandre ter sido avaliado, em novembro do ano passado, por peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O jornalista recebeu alta do hospital no mês de maio. (Via: Folha PE)

 

 
Nos últimos anos, dados pessoais entraram no centro de disputas econômicas e políticas. Essas informações passaram a ser chamadas de “o novo petróleo” e organizações internacionais classificam como o principal insumo de uma “4ª revolução industrial”. Na política, as denúncias de interferências em processos políticos e eleições por grandes plataformas colocou em evidência o poder da coleta desses registros para direcionar anúncios e mensagens.
 

 

Neste cenário, emerge uma disputa silenciosa entre as diversas iniciativas de coleta de dados e as tentativas de se proteger dessa prática, seja por meio de legislações seja por condutas cotidianas. Navegadores usados em desktops e smartphones são um dos canais por meio dos quais cidadãos têm sido monitorados.
 
O alerta foi dado por Veridiana Alimonti, representante da entidade internacional Eletronic Frontier Foundation (EFF), na nona edição do “Seminário sobre Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais”, evento promovido pelo Comitê Gestor da Internet nesta semana em São Paulo e que reuniu especialistas internacionais no tema.
 
No encontro, a especialista em políticas digitais, que também já integrou o comitê, chamou a atenção para as formas de vigilância das pessoas por meio de sistemas como Chrome, Firefox, Safari e Internet Explorer. Por meio de diversos mecanismos, empresas coletam e reúnem informações sobre pessoas sem que elas saibam.
 
Esses registros permitem que, ao acessar determinado site ou serviço (como uma página de comércio eletrônico), o site identifique de quem se trata, abrindo espaço para formas de segmentação e até mesmo discriminação. Um exemplo desse tipo de prática é a diferenciação de preços pelo CEP do comprador.
 
Um dos mecanismos utilizados nesse monitoramento são os conhecidos cookies, instalados em dispositivos ao acessar um site. Os cookies são pequenos “pedaços de código” (ou mini-programas) criados para registrar dados da navegação das pessoas e repassar a empresas com fins de rastreamento.
 
Esse tipo de recurso é utilizado em geral por agências de marketing digital, cuja adoção ocorre para que os anúncios “sigam” os usuários pelos sites pelos quais navegam. Nesses casos, o usuário pode apagar os cookies instalados. Cada navegador oferece essa funcionalidade em determinado local das suas configurações.
 
Outra técnica de vigilância é conhecida como “supercookie”. Nela, provedores incluem códigos nos cabeçalhos de navegação para cada cliente, mas que não são vistos pelo usuário. Assim, quando uma pessoa faz um acesso, o site pode ler o identificador e saber que se trata de determinado computador ou domicílio. (Via: Agência Brasil)
 

 

 
Seis anos depois de ingressar no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a ministra Rosa Weber assume a presidência da corte nesta terça-feira (14) com um encontro marcado com a crise.
 
No dia seguinte, o PT deverá registrar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência. Militantes prometem cercar o TSE para dar massa e conteúdo político a um desafio à Justiça, particularmente ao tribunal comandado por Rosa.
 

 

Condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro, Lula encaixa-se sem sobras às previsões de inelegibilidade previstas na Lei da Ficha Limpa. Mas o ex-presidente, aproveitando-se do cipoal de recursos disponíveis, quer prolongar sua trama judicial. Desta vez, a arena será o TSE. 
 
Ao sentar-se na cadeira central do plenário do TSE, ladeada à direita e à esquerda por três ministros, Rosa Weber terá então um segundo momento decisivo diante do líder petista. Da primeira vez, Lula saiu derrotado.
 
Em abril, apesar de já ter votado contra a prisão após condenação em segunda instância, Rosa defendeu a colegialidade e é contra mudanças rápidas na jurisprudência.
 
Essas características a fizeram ganhar fama de “discreta”, “dura” e “esfinge” em um dos episódios mais importantes para o Judiciário em 2018: o julgamento do habeas corpus do ex-presidente no Supremo.
 
O pedido foi negado por 6 votos a 5, com Rosa formando a corrente majoritária. Ela invocou o princípio da colegialidade e argumentou que, apesar de sua posição pessoal, o colegiado havia reafirmado a autorização para prisão após a condenação em segunda instância há pouco mais de um ano.
 
“Aqui já afirmei, mais de uma vez, que, compreendido o tribunal como instituição, a simples mudança de composição não constitui fator suficiente para legitimar a alteração da jurisprudência, como tampouco o são, acresço, razões de natureza pragmática ou conjuntural”, disse ela na ocasião.
 
Nascida em Porto Alegre em 2 de outubro de 1948 e torcedora do Internacional, Rosa fez carreira na área trabalhista, em que até hoje mantém amigos próximos. Ingressou na magistratura em 1976 e alcançou a presidência do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 4ª Região.
Ministros e assessores acreditam que ela fará menos reuniões e eventos que seus antecessores. Os últimos presidentes do TSE — Luiz Fux, Gilmar Mendes e Dias Toffoli — são mais expansivos do que Rosa. Participam de solenidades, concedem entrevistas e valorizam relacionamentos políticos.
 
Rosa deve liderar um grupo de perfil “punitivista”, segundo integrantes do TSE. Barroso será seu vice-presidente, e o relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin, assume no fim do mês. O ministro do STJ Og Fernandes entra no fim do mês no lugar de Napoleão Nunes Maia, mais garantista.
 
Ela já ocupava uma cadeira da corte quando, em 2017, o TSE julgou as contas da chapa Dilma-Temer da eleição de 2014. Votou pela cassação da chapa, mas ficou vencida.
 
Quando falou sobre os desvios apontados pelo Ministério Público Federal, disse que o valor envolvido "obviamente causou inegável desequilíbrio em favor da coligação vitoriosa".
 
Para Rosa, ficou comprovado que houve pagamento de caixa dois. Disse ainda que "se trata de situação de extrema gravidade com a demonstração de sucessiva e reiterada prática de cumprimento de compromissos espúrios, pagamento de propina, disfarçados de doação a partido político até o ano de 2014".
 
Em 2017, Rosa, Barroso e Fachin — eles como ministros substitutos do TSE— cassaram o então governador do Amazonas, José Melo (Pros), e seu vice por compra de votos. Determinaram o afastamento imediato do político do cargo –antes da análise de eventuais recursos– e a convocação de novas eleições em três meses. A decisão é apontada como uma das mais duras do tribunal.
 
Ela foi nomeada para o TST (Tribunal Superior do Trabalho) em 2006, no início do segundo mandato de Lula. Em 2011, a então presidente Dilma Rousseff indicou Rosa para o Supremo.
 
Agora, é justamente o PT que pauta as principais questões da eleição de 2018. Como presidente, Rosa não participará do sorteio que designará o relator de um eventual pedido de impugnação da candidatura de Lula.
 
Mas assessores do TSE e do STF dizem, no entanto, que a ministra vai pautar o caso para ser discutido em plenário assim que a matéria estiver pronta para ser julgada. Ela foi firme antes. E terá pressa. (Via: Folhapress)
 
 
Enquanto issso:
 
 

Van bate em moto e mata primos na BR-316 em Trindade; Piloto é arrastado 270 metros e passageiro arremessado

 
 
Dois jovens primos morreram na noite de domingo (13) em um acidente de trânsito, na BR-316, quilômetro 49, em Trindade, no Sertão de Pernambuco. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 20h, Manoel Iomaicon Alves Lopes, de 24 anos e Micael da Silva Lopes, de 21 anos, seguiam em uma motocicleta quando uma van que estava sem o farol aceso colidiu na traseira do veículo. Eles morreram no local.
 
Segundo a PRF, o condutor da moto Manoel Iomaicon foi arrastado 270 metros e morreu sem seguida. Já o passageiro Micael da Silva foi arremessado da moto e faleceu no local. O motorista da van fugiu sem prestar socorro.
 

 

O Instituto de Criminalística (IC) esteve no local e os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina. A ocorrência foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil de Trindade, que irá investigar o caso.
 
 
 

 

 
“O PT exige que o Conselho Nacional de Justiça, o Ministério da Justiça e o Senado da República se pronunciem sobre as violações feitas por agentes do Estado contra o ex-presidente Lula. O diretor-geral da PF, Rogério Galloro, afirmou em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo que sofreu e aceitou pressões de Sergio Moro, um alerta da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e uma ordem verbal do presidente do TRF-4, Thompson Flores, para desobedecer a decisão judicial de soltar Lula naquele domingo, 8 de julho”, informa o Boletim da Resistência Democrática. Confira abaixo:

Boletim 175 – Comitê Popular Em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 12/8/2018 – 20h10

1. Em nota divulgada neste domingo (12), o PT exige que o Conselho Nacional de Justiça, o Ministério da Justiça e o Senado da República se pronunciem sobre as violações feitas por agentes do Estado contra o ex-presidente Lula. O diretor-geral da PF, Rogério Galloro, afirmou em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo que sofreu e aceitou pressões de Sergio Moro, um alerta da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e uma ordem verbal do presidente do TRF-4, Thompson Flores, para desobedecer a decisão judicial de soltar Lula naquele domingo, 8 de julho.

2. O “bom dia” ao ex-presidente Lula neste domingo (12), data em que se comemora o dia dos pais, foi festivo e musical. A militância que resiste com muita luta na Vigília #Lula Livre inovou e gritou “bom dia pai Lula”, em agradecimento ao muito que o ex-presidente fez pelos brasileiros, especialmente aos mais necessitados, nos seus oito anos de governo. O ativista cultural, João Mello, puxou o “bom dia”, e o “Lula eu te amo”. O tromPetista Fabiano também participou das atividades com o já tradicional “Olé, Olé, Olé, Olá, Lula lá, Lula lá”.

3. O “boa tarde Lula” continuou em clima de comemoração ao dia dos pais com muita música e agradecimento às políticas de inclusão social que tiraram milhões de brasileiros da miséria nos governos do PT. Os ativistas sociais Aguiar e Genival, do Pará, idealizaram uma faixa que esta na tela do artista Elson Lima. A arte retrata Lula no dia do Habes Corpus, 8 de julho, em que a justiça mais uma vez provou que é partidária e descumpriu uma ordem judicial.

4. O deputado federal Marco Maia (PT-RS) participou do “boa noite Lula” e convidou todos os brasileiros para estarem em Brasília no próximo dia 15, para se somar à Marcha Nacional Lula Livre e acompanhar o ato de registro da candidatura de Lula presidente, no Tribunal Superior Eleitoral. “Essa é a vontade do povo brasileiro para que Lula possa desfazer as maldades do governo golpista contra o povo trabalhador, para tirar o País desse caos pós-golpe”. Marco Maia pediu ainda que os militantes permaneçam firmes.

5. O décimo terceiro dia de ato extremo em Brasília foi marcado por um ato inter-religioso, com a presença dos sete ativistas que estão em greve de fome, em frente à residência do ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, para pedir justiça a Lula e ao povo pobre. “Nós viemos aqui chamar atenção, eles não podem dormir enquanto houver injustiça no Brasil. Para eles saberem que o povo não vai descansar enquanto não libertarmos Lula”, afirmou o dirigente do MST, João Pedro Stédile. Leia mais: http://www.pt.org.br/acorda-fachin-grevistas-protestam-em-frente-a-casa-do-ministro/

6. Belo Horizonte, cidade onde surgiu o primeiro Lulaço, resolveu inovar mais uma vez. Na manhã deste domingo (12), na Feira Hippie, que acontece no centro da capital mineira, uma multidão cantou o refrão da música “Anunciação”, de Alceu Valença, para anunciar a volta de Lula à Presidência da República. “Tu vens, tu vens, eu já escuto os teus sinais”.

7. Hoje, 12 de agosto, é celebrado o Dia Internacional da Juventude. Oportunidade para lembrar que Lula quer voltar à presidência e colocar em prática uma série de ideias para que os jovens possam ter perspectivas de futuro novamente, a exemplo do que foi realizado durante os 12 anos dos governos do PT.Boletim 175 – Comitê Popular Em Defesa de Lula e da Democracia

Fonte: Brasil24

 

 

Morre delegado paraibano baleado por ex-vereador

 

O delegado da Polícia Civil da Paraíba, Leonardo Machado da Costa Sousa Carvalho, morreu neste sábado (11), após três anos lutado pela vida.

Ele foi baleado em 2015 por um ex-vereador na cidade de Uiraúna, no Sertão paraibano, durante discussão em um supermercado.

Na época, com 37 anos, o delegado foi socorrido para o  Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, e depois foi transferido para Fortaleza.

O acusado, Ivamar de Paiva Barreto, fugiu da cidade, mas no dia 10 de julho de 2015 foi preso em Ceará-Mirim/RN numa operação das polícias civil da PB e RN. No dia 07 de março de 2017 ele foi condenado a 13 anos de prisão em júri realizado em Campina Grande.

Em nota, a Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia da Paraíba (ADEPDEL) lamentou a morte do delegado.

A Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia da Paraíba – ADEPDEL vem manifestar profundo pesar pelo falecimento de seu associado, Delegado Leonardo Machado.

Há três anos Leonardo vinha lutando pela vida, após ter sido, de forma covarde e vil, alvejado por disparo de arma de fogo, na cidade de Uiraúna-PB.

Rogamos a Deus para que receba nosso colega de braços abertos e que dê forças a sua família – filhos, esposa, irmãs, mãe e demais familiares – para suportar esse momento tão difícil.

Os Delegados, a Polícia Civil e a ADEPDEL estão de luto.

Steferson Gomes Nogueira Vieira

Presidente da ADEPDEL

 

 

 

 

 

 

VEREADORES DENUNCIAM PREFEITO DE ARARIPINA AO MINISTÉRIO PÚBLICO POR TER USADO DINHEIRO DA PREFEITURA PARA PAGAR PRÊMIO

 

Os vereadores oposicionistas Francisco Edivaldo, João Dias, Edsávio Coelho, Silvano do Moraes e Luciano Capitão protocolaram denúncia no Ministério Público de Pernambuco contra o prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel, pelo fato do mesmo ter utilizado dinheiro da prefeitura para pagar um prêmio de uma entidade denunciada domingo passado pelo programa Fantástico.

Na ocasião, a empresa União Brasileira de Divulgação – UBD, apontou o prefeito de Araripina entre os 100 melhores do Brasil e os 10 de Pernambuco. Essa mesma empresa foi desmascarada no programa Fantástico, chegando ao cúmulo e ridículo de “vender” um diploma e uma medalha de 100 melhores prefeitos a um jumento de nome “Precioso”.

Na denúncia, os vereadores pedem que o Ministério Público tome as devidas providências, vez que o prefeito pagou o referido prêmio com recursos públicos. “Protocolamos duas denúncias contra o prefeito: uma no Tribunal de Contas e outra no Ministério Público. O que estamos pedindo aos órgãos fiscalizadores é que eles tomem uma providência a respeito desse assunto. Não é concebível que o prefeito pague por um prêmio mentiroso usando o dinheiro público”, disse o vereador Edivaldo.

 

 

Ex-vereador do Paulista e ex-candidato a prefeito de Araçoiaba são presos em operação

 
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma quadrilha suspeita de corrupção ativa e passiva, fraudes em licitações, lavagem de dinheiro e peculato – crime de abuso de confiança pública – é o alvo da Operação Chaminé, deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco nesta sexta-feira (10). Entre os investigados, um ex-vereador do Paulista, cidade da Região Metropolitana do Recife (RMR), o empresário e ex-candidato a prefeito de Araçoiaba, também na RMR, Elias Ulysses, e uma advogada funcionária da Câmara de Vereadores do Paulista.

Foram cumpridos cinco mandados de prisão e dez mandados de busca e apreensão domiciliar na Câmara de Vereadores, em Araçoiaba e em residências. O depósito de água E. U. S. Serviços LTDA., localizado em Cruz de Rebouças, em Igarassu, também na RMR, servia de empresa de fachada para a quadrilha. “A Câmara contratava serviços para reforma do prédio e era feito um desvio de verbas que, a princípio, é de R$ 700 mil, mas pode chegar a até R$ 5 milhões”, detalhou o delegado da Diretoria Integrada Metropolitana (DIM), Sérgio Ricardo. “A empresa executava parte do serviço e repassava para terceiros fraudando a licitação”, acrescentou.

Leia também:
[Vídeo] Ex-prefeito e vereador de Buenos Aires são presos por desvio de verbas
Foragido, ex-prefeito de Rio Largo, em Alagoas, é preso no Recife

Os presos e os materiais apreendidos foram levados para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. “Apreendemos documentos, pendrives, CPUs, arquivos virtuais, agendas, celulares e objetos para subsidiar a investigação”, explicou o delegado. As investigações da operação tiveram início em abril deste ano e foram presididas pelo delegado da DIM Diego Pinheiro.

Ao todo, 70 policiais civis – entre delegados, agentes e escrivães – participaram da execução desta que é a 32ª operação de repressão qualificada do ano. Mais detalhes sobre a operação serão divulgados na próxima segunda-feira (13) pela Polícia Civil.

Com informações de Geraldo Moreira, da Rádio Folha FM

 

 

Eleitor não está nem aí para a campanha eleitoral

 
  •  
  •  
  •  
Enquanto os candidatos fazem de tudo para chamar a atenção dos eleitores eles não estão nem aí. O descredito com a situação vivenciada no país, contribuí para a falta de interesse. A campanha está fria, mas deve esquentar a partir da próxima semana!

 

 
 
O concurso público para o cargo de oficial da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) e do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE) teve 37,67% de abstenção. Dos 6.841 candidatos inscritos para realizar a prova neste domingo (12), 2.577 não compareceram ao local do exame. 

De acordo com a Comissão de Concursos do Instituto de Apoio a Universidade de Pernambuco (Conupe/Iaupe), responsável por aplicar as provas, não foi registrada nenhuma eliminação por porte de celular.

O gabarito dos exames já está disponível no site da Conupe. O resultado da seleção será divulgado no dia 28 deste mês. São 60 vagas para o cargo de oficial da PMPE e 20 para o Corpo de Bombeiros, ambos para o posto de segundo-tenente.

Durante o curso de formação, os alunos receberão bolsa-auxílio no valor de R$ 2.200. Após conclusão do curso de formação, os nomeados terão remuneração de R$ 2.319,88 mensais. A remuneração inicial, enquanto estágio probatório, é de R$ 8.576,68. Quando promovidos, o salário passa para R$ 9.007,56. (Via: Folha PE)
 
 
 

 

Polícia incinera 20 kg de maconha em Araripina

 

A ação faz  parte da 11ª Deleacia de Repressão ao Narcotráfico (DPRN)

Por Roberto Gonçalves / Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil de Araripina realizou na tarde desta sexta-feira (10), a incineração de 20 kg de maconha em uma fábrica de gesso, na zona rural do município.

A droga fazia parte de uma apreensão realizada na Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, no agreste do estado.

A ação faz  parte da 11ª Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DPRN) com o apoio da 200ª Delegacia de Araripina.

 

 

 

 

Comerciante é encontrado morto vítima de suicídio em Tabira

 

A GT ordinária realizava rondas quando foi solicitada via telefone para averiguar um possível suicídio por enforcamento no bairro João Cordeiro. O policiamento chegando ao local constatou a veracidade dos fatos, a testemunha relatou que todos os dias fazia visitas a residência da vítima e ao chegar ontem, por volta das 07h40min., avistou a vítima J. L. P. S., 44 anos, pendurado por uma corda envolta do seu pescoço, amarrada em um caibo do telhado, e já sem vida, relatou ainda que um dia antes a vítima tentara suicídio, sendo contido por ele. O policiamento preservou o local até a chegada do I.C, e a ocorrência foi passada à Delegacia de Polícia para as providencias legais cabíveis. (Foto: Júnior Terra)
 
 
 
 
 

Canal da transposição rompe próximo a Salgueiro; Ministério acredita em ato criminoso

 

Devido a atrasos e paralisações, a obra vem apresentando problemas na estrutura. Os engenheiros responsáveis já tinham sido alertados para essa possibilidade

 

Ainda rende muitos comentários no Sertão Central o rompimento do canal da transposição do Rio São Francisco, entre o Distrito de Pau Ferro e o reservatório de Mangueira, na zona rural de Salgueiro (PE). O detalhe é que o presidente Michel Temer entregou, no último dia 3 de agosto, a terceira estação de bombeamento do Eixo Norte.

Devido a atrasos e paralisações, a obra vem apresentando problemas na estrutura. Os engenheiros responsáveis já tinham sido alertados para essa possibilidade.

As águas do canal estão desaguando no Riacho Grande, que passa pelo Distrito de Umãs, e segue até o município de Terra Nova (PE), Sertão do São Francisco.

Em nota enviada ao G1, o Ministério da Integração Nacional explicou que o rompimento “foi pontual” e que uma equipe técnica deverá recuperar os estragos em 48 horas, para o canal voltar à normalidade. O órgão ressaltou ainda que os técnicos deverão verificar toda a área com o objetivo de avaliar eventuais prejuízos a comunidades próximas. O Ministério acredita que o incidente pode ter sido fruto de um ato criminoso, já que policiais militares prenderam suspeitos de tentar desviar o curso d’água daquele trecho do canal para encher um reservatório nas redondezas. Em fevereiro deste ano, uma placa de concreto de uma das estações de bombeamento se desprendeu, causando rompimento. O fato aconteceu em Cabrobó, Sertão do São Francisco. (Com a colaboração de Sávio Barros/para o Blog)

 

 

PT diz que declaração de Galloro mostra abuso de autoridade

O Partido dos Trabalhadores reagiu às falas do diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro; Em nota, a legenda criticou o que qualifica como "abuso de autoridade" e "violência jurídica" e afirmou que as declarações de Galloro são um retrato do sistema atual, que teria como objetivo evitar um novo mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Partido dos Trabalhadores reagiu à entrevista com o diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, publicada no Estado neste domingo (12). Em nota, a legenda criticou o que qualifica como "abuso de autoridade" e "violência jurídica" e afirmou que as declarações de Galloro são um retrato do sistema atual, que teria como objetivo evitar um novo mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato.

Na entrevista, a primeira desde que assumiu o cargo, há cinco meses, o diretor da corporação relata detalhes das negociações para prender o ex-presidente e cita que 30 policiais estavam prontos para invadir o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC caso Lula não se entregasse. Detalha também os bastidores da ordem do desembargador Rogério Favreto para soltar Lula e a contraordem do juiz Sérgio Moro em 8 de julho.

"É um verdadeiro retrato do sistema podre a que estamos submetidos", diz a nota. "A ilegalidade da prisão de Lula e da revogação do habeas corpus concedido a ele naquele domingo (8 de julho) já haviam sido denunciadas pela comunidade jurídica. Mas é ainda mais escandalosa a desfaçatez de agentes do Judiciário e da Polícia Federal, ao expor em público sua conduta ilegal e as razões políticas que os moveram", afirma o documento.

 

Venha morar bem, há Vagas.

 

 

 

 

 

 

Às vésperas da eleição, Temer decide facilitar renovação da CNH
 

 

 
A poucos dias para as eleições presidenciais, o presidente Michel Temer vai editar uma medida provisória para facilitar a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
 
De acordo com publicação da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, o texto, que está sendo elaborado pelo ministro das Cidades, Alexandre Baldy, determinará que a partir da expedição da CNH, motoristas façam apenas exames médicos a cada cinco anos, e não mais precisem passar pela burocracia para renovar o documento.
 

A proposta em estudo prega que a redução de exigências para renovação da CNH valha para todos os motoristas que tiverem até 55 anos. Após essa idade, a atualização do documento seria obrigatória a cada cinco anos, e a realização de exames a cada dois anos e meio.

 

 

 

Em Audiência Pública que teve a participação de mais de 400 pessoas, a primeira etapa da Fiscalização Preventiva Integrada em Pernambucana chega ao fim

Com uma Audiência Pública que começou a tarde e entrou pela noite, com a participação de mais de 400 pessoas, entre gestores públicos, agricultores, ambientalistas, professores e alunos, a primeira etapa pernambucana do Programa Fiscalização Preventiva Integrada (FPI-PE) foi encerrada nesta sexta-feira (10), com forte demonstração de apoio às ações realizadas, mas também com sugestões para aprimoramentos para etapas seguintes.

 

Foi feito um balanço sucinto de todas as setes equipes temáticas que participaram do programa (veja quadro abaixo), numa prestação de contas à população. Os seis prefeitos dos municípios envolvidos na operação – Afogados da Ingazeira, Carnaíba, Ingazeira, Iguaraci, Tabira e Tuparetama   – estiveram presentes na reunião, que lotou o auditório do Hotel Brotas, em Afogados da Ingazeira, e só terminou por volta das 20h30.

 

As atividades da FPI-PE envolveram, durante catorze dias, mais de duzentos profissionais de 21 órgãos públicos federais e estaduais e de organizações não-governamentais, sob a coordenação do Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e Ibama, com apoio do Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF).

Os resultados foram vistos de imediato pela população com, por exemplo, interdição de mercados públicos e açougues com problemas estruturais e deixando a desejar na questão da higienização; combate ao desmatamento e demolição de fornos de carvão ilegais; campanhas de conscientização e de estímulo à entrega voluntária de animais silvestres; ações de Educação Ambiental, fiscalizações e orientações sobre o uso dos agrotóxicos; levantamento da triste realidade dos lixões; vistoria nos reservatórios, etc. Também fez parte da programação um seminário de Gestão Ambiental com participação de representantes de todos os seis municípios.

 

“O mais importante da FPI é o seu carácter preventivo e integrado, uma forma de construir um novo ambiente de fiscalização. E, creio, é uma forma inovadora que por enquanto só existe no Nordeste e que pode ser estendido (a outras regiões), e não apenas na área ambiental”, afirmou o procurador regional da República da 5ª Região, Marcos Costa, que participou da Audiência Pública ao lado do promotor André Felipe Menezes, coordenador do CAOP Meio Ambiente, do MPPE, e do superintendente regional do Ibama, Francisco Campello. A idealizadora do programa, a promotora Luciana Khoury, coordenadora do Núcleo de Defesa da Bacia do São Francisco (Nusf), do Ministério Público da Bahia (MPBA), e o superintendente do Ibama-BA, Alberto Santana, também participaram.

 

“Missão cumprida. A integração de todos esses  órgãos em ações pelo bem das comunidades e do meio ambiente e um caminho sem volta. Agora é ver os desdobramentos da FPI e analisar possíveis falhas para correção nas etapas seguintes”, afirmou o promotor André Felipe Menezes.

Em data ainda a ser marcada, o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Defesa do Meio Ambiente de Pernambuco realizará encontro com todos os promotores, no Recife, para apresentar os resultados.

 

Após o balanço das ações de cada equipe temática, a população foi convidada a fazer perguntas, observações e tirar dúvidas sobre a chegada da FPI a Pernambuco.

Por mais de três horas fez elogios, perguntas e sugestões aos integrantes da operação, o que levou o debate a entrar pela noite. Em resumo, foram muitos os elogios à ação, mas também questionamentos sobre o que virá no “pós-FPI” – um forte indicativo da expectativa decomo tudo que envolve a questão ambiental deve ser olhada e tratada daqui por diante na região. E também sugestões diversas.

 

Entre elas, a necessidade de uma campanha educativa urgente e permanente sobre a questão das queimadas no Sertão; de uma maior presença de órgãos que prestem orientações ao homem do campo (extensão rural) nos municípios interioranos; e de ações de Educação Ambiental em áreas mais afastadas dos centros urbanos.

 

A FPI foi iniciada em 2002, na Bahia, com o objetivo de ser um programa continuado e permanente que visa preservar os recursos hídricos da Bacia Hidrográfica do São Francisco.

Já foram realizadas 42 etapas na Bahia, seis em Alagoas, três em Sergipe, uma em Minas Gerais e, com a primeira de Pernambuco, passa a englobar os principais Estados da bacia.

 

As instituições articuladas na Fiscalização Preventiva Integrada em Pernambuco, sob a coordenação do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Defesa do Meio Ambiente do MPPE, MPF e Ibama, com apoio da CBHSF, são: Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro); ONG Animalia; Agência Nacional de Mineração (ANM); Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac); Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa); CemaFauna Caatinga/Univasf; Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF); Agência de Bacia Peixe Vivo; Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH); Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA); Fundação Nacional de Saúde (Funasa); Fundação do Patrimônio Histórico e Artísticode Pernambuco (Fundarpe); Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama); Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra); Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan); Ministério Público Federal (MPF) e Estadual (MPPE); Polícia Militar de Pernambuco (PMPE / 23º BPM e Cipoma); Polícia Rodoviária Federal (PRF); Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas); e Secretaria Estadual de Saúde (SES). Via Nill

 

Prefeita de São Bento do Una vai apoiar João Campos para federal

 

Este blogueiro foi informado agora a pouco, que ontem (11),  quando da realização da edição do Prosa Política, comandada pelo governador e candidato a reeleição Paulo Câmara, que aconteceu na cidade de São Bento do Una-PE, a prefeita socialista Débora Almeida, fechou o apoio a candidatura de João Campos para federal.

 

 

 

Candidato à reeleição, Paulo Câmara disse que não conseguiu operações de crédito por perseguição e critica Michel Temer

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. JC Online / Foto: Andrea Rego Barros/PSB

Candidato à reeleição, o governador Paulo Câmara (PSB) disse nesta sexta-feira (10) que sua gestão não conseguiu realizar operações de crédito por “perseguição” e que ele teve que “se virar” para tocar projetos prioritários e não deixar o Estado se desequilibrar. O socialista realizou uma extensa agenda oficial de visita a obras de barragens e à Adutora do Alto Capibaribe, em cidades do Agreste; com um ato político à noite em Santa Cruz do Capibaribe.

“Todos sabem o desafio de governar um Estado na situação de hoje, em que o Brasil está parado. Pernambuco não tem acesso a crédito por perseguição. Tudo isso fez com que a gente tivesse que se virar com as nossas prioridades, com aquilo o que era importante. E a gente não deixou, de maneira nenhuma, Pernambuco se desequilibrar”, afirmou o governador, em entrevista à Rádio Comunidade.

Questionado sobre a situação das finanças do Estado, Paulo admitiu que elas estão apertadas, mas disse que elas estão assim em todo o Brasil. E criticou o governo federal por fazer um “desserviço ao Brasil” e permitir que as desigualdades regionais se ampliem. “Tem uma situação apertada. Os investimentos são cada vez menores. Por isso a gente está priorizando o que é fundamental para gerar emprego e renda”, explicou o gestor.

Adutora

Mais cedo, o Palácio do Campo das Princesas divulgou um ofício em que o governador cobra do presidente Michel Temer (MDB) a liberação de recursos para a Adutora do Agreste, projetada para levar água da Transposição para cidades de Pernambuco, mas que ainda não foi concluída.

Segundo o documento, a União, que havia repassado R$ 136 milhões para a obra em 2016 e R$ 68 milhões no ano passado, não transferiu nenhum recurso para a adutora desde o início de 2018. De acordo com o ofício, o repasse imediato dos recursos é a “única medida capaz de evitar uma nova paralisação dessa obra”.

Em Santa Cruz, o governador elogiou a capacidade do ex-presidente Lula (PT), importante aliado político, em se comprometer com a Adutora do Agreste e criticou a gestão de Temer. “Temos que fazer o nosso serviço. Não dá para ficar esperando esse governo federal”, afirmou, em referência a projetos paralelos como as adutoras do Pirangi e Sirigi.

 

 

 

Madalena Britto rifa Eduíno e coloca Cybele para ser sua candidata e defender o governo

 

O que já era esperado se concretizou. Assim como fez em 2014 quando não defendeu a candidatura do deputado estadual Júlio Cavalcanti (PTB) após aderir ao PSB de Paulo Câmara, a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PSB), repete o gesto que nas redes sociais vem sendo embalado pela música de Marília Mendonça (Infiel), e rifa o apoio a reeleição de seu aliado o deputado estadual Eduíno Brito (PP). Em seu lugar, outro Brito, na realidade, outra, a vereadora Cybele Roa, que agora passa a ser Cybele Brito (PR).

 

A vereadora foi anunciada oficialmente no último sábado (11), no Clube Democrático, lotado pelos contratados e comissionados da prefeitura, como a candidata a deputado estadual da prefeita e terá como principal papel fazer a defesa do governo durante a campanha eleitoral. Vai herdar os adeptos e defensores da prefeita, mas por tabela vai absorver também os desgastes do governo que ao longo de um ano e meio deixou a cidade em estado de abandono. Sem muitas bases eleitorais em outros municípios, a vereadora pode ser tornar apenas como porta voz do governo de Arcoverde

 

Madalena, segundo o blog Folha das Cidades, deixa pra trás Eduíno Brito após esse abrir mão de uma candidatura a prefeito em 2016 para apoiá-la em troca do apoio para a reeleição para a Assembleia Legislativa e a sucessão de 2020. Foi traído politicamente duas vezes. Depois de Júlio e Zeca Cavalcanti, a gestora mantém afiada sua tesoura e corta os laços com o outrora aliado

 

Apesar de ter feito discurso para anunciar a vereadora Cybele como sua candidata a deputada estadual, a prefeita Madalena Britto não mencionou em seu discurso o nome de seu deputado federal que, a priori, é João Fernando Coutinho (PROS), adversário de Paulo Câmara (PSB).

Além de rifar Eduíno, a prefeita por tabela acabou com os sonhos do ex-vereador e candidato a deputado estadual Luciano Pacheco (PROS) de ser o candidato oficial. Luciano está cedido ao Gabinete da Prefeita. Até o momento o deputado estadual Eduíno Brito não se pronunciou diante a decisão da prefeita, já que a mesma também teria dito em rádio local que ele era o deputado estadual dela.

 

 
Numa Operação que envolveu troca de informações entre as polícias Militar e Civil de Pernambuco, um homem de Afogados da Ingazeira, foi preso no estado de Alagoas. O fato aconteceu na manhã deste sábado (11), na cidade de Murici, no Sertão Alagoano.
 
Segundo a Polícia, a ação se deu por volta das 06h30, após operação conjunta entre Policiais Civis da 20°DESEC e Policiais Militares do 23ºBPM, onde foi dado fiel cumprimento ao mandado de prisão expedido pela Juíza de Direito da Vara Criminal da Comarca de Afogados da Ingazeira, em desfavor da pessoa identificada por José Pedro Pereira da Silva, conhecido vulgo como “Dé Relojoeio”, de 58 anos, natural de Afogados da Ingazeira-PE. O acusado foi localizado e preso na Praça Padre Cícero, centro, Murici-AL, onde no local ocorria a feira livre da cidade e o acusado possuía uma banca na qual comercializava relógios.
 

 

“Dé Relojoeio” é acusado da prática estupro de vulnerável, ocorrido em 17 de maio de 2016, fato este de bastante repercussão na cidade de Afogados da Ingazeira, por se tratar de uma criança de 07 anos de idade.
 
A Polícia ainda informou que o imputado vinha sendo monitorado pelas equipes à aproximadamente um mês, entre as cidades de União dos Palmares e Murici-AL.
 
Após a prisão, o mesmo foi conduzido a cadeia pública de Afogados da Ingazeira-PE. (Via: Portal Nayn Neto)
 

 

 

Um helicóptero que transportava o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (MDB), sofreu um acidente no fim da tarde desta sexta-feira, 10, na cidade de Domingos Martins, que fica a cerca de 40km da capital capixaba.
A aeronave caiu no momento do pouso. Segundo a assessoria de imprensa do governador, Hartung e os pilotos não se feriram e passam bem.
O helicóptero se preparava para pousar no Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) quando se chocou com a trave de um campo de futebol e acabou caindo, informou a assessoria do governador.
 Paulo Hartung se deslocou à cidade para participar de um festival de cinema em Domingos Martins na noite desta sexta-feira.
Fonte Estadão
 
 

Bandidos efetuam vários roubos na região e trocam tiros com a polícia  na cidade de Brejinho

Resultado de imagem para giro policial

 

A GT Local tomou conhecimento através da Central da 3ª CPM que dois indivíduos de estatura baixa e pele morena, em uma motocicleta Bros, um de blusão preto e o outro de blusão camuflado teriam praticado roubo a três celulares na cidade de São José do Egito. Segundo populares esses mesmos indivíduos tentaram roubar uma motocicleta na cidade de Itapetim. Foi passada esta informação para a GT de Itapetim que seguiram em diligência no intuito de localizar os meliantes, pois segundo denúncias, os mesmos seguiram sentido Ambó, possivelmente para Brejinho. 

 
O policiamento da cidade de Brejinho montou um bloqueio com o apoio da GT de Itapetim em um local estratégico, que momentos depois avistaram uma motocicleta com as mesmas características, com um indivíduo que ao avistar o policiamento empreendeu fuga sentido a cidade de Teixeira-PB. As guarnições seguiram em perseguição ao mesmo, que o indivíduo entrou em uma rua em direção ao estádio, à viatura de Itapetim seguiu atrás do indivíduo e a viatura de Brejinho seguiu em uma rua por trás no intuito de cerca-lo, em seguida o efetivo de Brejinho ouviu disparos de arma de fogo e seguiu em direção ao local, encontrou a GT de Itapetim que informou que trocou tiros com o indivíduo, sendo 11 (onze) disparos do Sd Alciole e 07 (sete) disparos do Sd Mariano, que o meliante abandonou a motocicleta Honda/Bros vermelha de placa YOS 9985, chassi 9C2KO540ER039778, e adentrou na mata, pulou uma cerca e continuou efetuando disparos contra o efetivo. Que pouco tempo depois chegou ao local uma viatura da cidade de Teixeira-PB comandada pelo Sgt Suélio o qual informou que pelas características, possivelmente, foram os mesmos que assaltaram uma farmácia e um posto de combustível na cidade de Maturéia-PB. Que essa ocorrência foi no dia 09/08/2018, mas só sendo registrada na Delegacia de Polícia local no dia 10/08/2018 para as providências legais cabíveis.
 

 

 
A Câmara Municipal de Campina Grande , na Paraíba, vai realizar concurso público ainda em 2018. A Presidente do Poder Legislativo ,vereadora Ivonete Ludgério (PSD), se reuniu com o reitor da Universidade Estadual da Paraíba, professor Rangel Júnior, na manhã desta terça-feira (31) no Gabinete da Reitoria. Ficou definido que o Concurso Público da CMCG será realizado pela Comissão Permanente de Concursos (CPCon) da UEPB. O edital deverá ser lançado no mês de setembro.
 
A determinação da Presidência é que as provas sejam realizadas em dezembro desse ano. Essa primeira reunião teve como objetivo a formalização da CPCon como a entidade responsável pela realização do concurso. Participaram também a procuradora da Câmara Municipal, Cassimira Alves Vieira, e o pregoeiro Erinaldo Araújo, assessor da Comissão de Licitação da CMCG; além do vice-reitor Flávio Romero e do vice-presidente da CPCon, Francisco Alves.
 
O edital deverá ser concluído até o final de agosto, trazendo todos os detalhes do certame, como o número exato de vagas, os cargos e as faixas salariais. As vagas deverão abranger os níveis fundamental, médio e provavelmente superior. A previsão é de abrir as inscrições ainda em setembro e as provas serem realizadas até o dia 20 de dezembro. Todas essas informações, com precisão, serão divulgadas no edital.
 
“Tivemos uma reunião muito proveitosa e podemos dizer que o concurso público da Câmara Municipal de Campina Grande já é uma realidade. A Comissão de Concursos da UEPB é uma entidade de grande credibilidade e está totalmente habilitada para realizar o nosso concurso público”, avaliou a presidente Ivonete ao término da reunião.

 

Resultado de imagem para fotos ilustrativa de morte violenta

Imagem da internet

Apenas em 2017, o Brasil registrou 63.880 mortes violentas, o maior número de homicídios da história recente do país. Os dados indicam que foram assassinadas 175 pessoas por dia, registrando elevação de 2,9% em comparação a 2016. A taxa é de 30,8 mortes para cada 100 mil habitantes.

Os dados fazem parte do 12º Anuário de Segurança Pública divulgado nesta quinta-feira (9), em São Paulo, durante o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O Rio Grande do Norte (68) registrou a maior taxa de mortes violentas por 100 mil habitantes, seguido por Acre (63,9) e Ceará (59,1).

As menores taxas estão em São Paulo (10,7), seguida de Santa Catarina (16,5) e Distrito Federal (18,2).

De acordo com o levantamento, o número de homicídios dolosos cresceu 2,1%, ao atingir os 55.900. As lesões corporais seguidas de morte totalizaram 955, com crescimento de 12,3%. Já os latrocínios caíram 8,2% e foram 2.460.

Violência policial

O número de policiais mortos reduziu 4,9%, chegando a 367. Na contramão, o número de pessoas mortas em intervenções policiais registrou aumento de 20%, com 5.144 casos em 2017.

Violência contra a mulher

Os indicadores mostram ainda que os estupros aumentaram 8,4%, chegando a 60.018. Os casos de feminicídio totalizaram 1.133.

Em 2017 foram registrados 221.238 casos de violência doméstica, uma média de 606 por dia. Também houve crescimento no número de mulheres vítimas de homicídio (6,1%), chegando a 4.539.

Armas de fogo

No ano passado, foram apreendidas 119.484 armas de fogo. Dessas, 94,9% não eram cadastradas no sistema da Polícia Federal (Sinarm). Entre as armas legais apreendidas, 13.782 tinham sido perdidas, extraviadas ou roubadas – o que equivale a 11,5% das armas apreendidas no período.

Desaparecimentos

Os dados do estudo contabilizam 82.684 registros de pessoas desaparecidas apenas em 2017.

População carcerária

De acordo com o anuário, a população carcerária brasileira era de 729.463 pessoas em 2016 - 689.947 no sistema penitenciário e 39.516 sob custódia das polícias. O estudo mostra ainda o déficit no sistema prisional que contava com 367.217 vagas, o que resulta em duas pessoas presas para cada vaga.AGÊNCIA BRASIL

 

 

JOÃO AZEVEDO REGISTRA CANDIDATURA AO GOVERNO PELO PSB NO TRE

 

O candidato ao Governo do Estado pelo PSB, João Azevêdo, registrou a sua candidatura na tarde desta quinta-feira (09) no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.
 
O socialista estava acompanhando do deputado federal e candidato ao Senado, Veneziano Vital do Rêgo (PSB).
 
“É mais um passo dessa construção que estamos fazendo, que começou lá atrás, com a minha desincompatibilização na gestão estadual. Agora esperamos, claro, ter a capacidade e que Deus nos ajude a atingir a nossa meta, mostrar ao povo da Paraíba que esse projeto tem que continuar”, afirmou o postulante à gestão estadual.
 
A candidatura de João foi homologada no último sábado (05) durante a convenção do PSB. A coligação “A força do trabalho”, ainda tem a atual vice-governadora, Lígia Feliciano (PDT), como candidata a vice, e os deputados federais Veneziano Vital do Rêgo (PSB) e Luiz Couto (PT) como candidatos ao Senado Federal.
 

 

 

 

 

Condenada por matar os pais, Suzane von Richthofen deixou na manhã desta quinta-feira (9), a penitenciária feminina de Tremembé, no interior de São Paulo, para a saída temporária de Dia dos Pais.

A mulher de 34 anos foi recepcionada pelo namorado com um beijo e um sorriso e andou rapidamente até um carro, revelam imagens da TV Globo. Suzane foi condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos pais ocorrido em 2002.

Ela está presa desde dezembro daquele mesmo ano, tendo ficado pouco menos de um ano em liberdade por habeas corpus entre 2005 e 2006.

O benefício da saída temporária é dado a detentos do regime semiaberto que têm bom comportamento.

Os presos nestas circunstâncias têm direito a cinco “saidinhas”: Dia dos Pais, Dia das Crianças, Natal e Ano Novo, Dia das Mães e Páscoa. Suzane teve progressão de pena para o semiaberto em outubro de 2015 e obteve sua primeira saída temporária em março de 2016.

Suzane von Richthofen tenta obter na Justiça progressão para o regime aberto, quando poderá cumprir o restante da pena em liberdade.

Só falta agora a Justiça brasileira permitir que Lula (preso) concorra a Presidência da República (ele pediu para participar do debate de hoje na Band ou, em última instância, ser incluído por vídeo conferência).

A decisão ainda não saiu, mas novo pedido de soltura do ex presidente foi negado, mais uma vez, por unanimidade, na tarde desta quinta feira. 

Jornal Sport News