Get Adobe Flash player

Panificadora Samuel

 
 

Cidades acessando blog

Escola Monteiro Lobato



 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!


Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

site: emonteirolobato.com.br

 

Login

Dr. Jamildo Carvalho

Blog MM

 

 

 

Tudo posso naquele que me fortalece.

Email:blogmarcosmontinelly@gmail.com

  (87) 9 -9680-8985 

 

 

Desfile Cívico da Escola M. L.

 

Formatura do ABC Monteiro

Yane Marques

Vozes do Forro

AABB

 

Login Form

Fotos Bloco a Onda

Canaval 2016

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!

Publicado em 20 de fevereiro de 2018

• Clique aqui e comente sobre isto

 

 

 

 

 

Após mais de sete horas de sessão, a Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta terça-feira (20) o decreto que autoriza a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. O texto foi aprovado por 340 votos a 72 (além de uma abstenção) e segue agora para a análise do Senado.

A previsão é de que a medida seja analisada pelos senadores já nesta terça, em sessão prevista para ter início às 16h.

 

Armando Monteiro Neto critica duramente aliança do PSB com PT

 

O senador Armando Monteiro Neto, do PTB, um dos pré-candidatos ao governo do Estado, nestas eleições, comentando sobre a possível aliança entre o Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Pernambuco, criticou a provável junção para as eleições de outubro, relembrando que os membros do partido socialista apoiaram e votaram pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), de triste memória para o Brasil.

 

“O povo às vezes fica sem entender, pois o discurso de ontem não é o mesmo de hoje. Eu me lembro dos discursos de lideranças do PT aqui de Pernambuco, muito duros contra os golpistas. Ora, se existem golpistas aqui em Pernambuco, foi a turma do PSB, foi a turma de Paulo Câmara, que votaram para derrubar a Dilma, mas agora o PT fará uma aliança exatamente com esses que chamavam de golpistas ontem”, afirmou

 

“Mas agora a pergunta é: tudo aquilo que o PT disse da administração de Paulo Câmara, da incompetência, da falta de resultados, dos descalabro na saúde e na segurança, da falta de liderança, da perda de posição no cenário nacional. Esse era o discurso que o PT fazia exatamente porque estava situado no campo de oposição em Pernambuco, mas agora como explicar a população que vai se fazer uma chapa com Paulo Câmara?”, desabafou.

Sobre sua junção com partidos como PSDB e DEM, Armando Monteiro Neto afirmou que está onde sempre esteve, no campo das oposições ao governo Paulo Câmara.

“Eu estou onde sempre estive, no campo das oposições em Pernambuco, eu não mudei de lado, agora alguns partidos que estavam na base do governo se deslocaram para a oposição, o PSDB e o DEM. Nós temos que acolhê-los, pois acho que não se pode fazer política com preconceito, se essas forças entendem também que nós devemos fazer um movimento para mudar esse governo que há 12 anos está instalado em Pernambuco, que é fundamental oferecer um novo caminho a Pernambuco, um novo rumo, então, essas forças podem sim se juntar. Agora que isso não significa que temos o mesmo compromisso no palanque a nível nacional”.

O senador reafirmou que, se Lula se candidatar novamente à presidência da República, terá o seu apoio irrestrito, por entender que Pernambuco tem uma dívida com o ex-presidente.

 

 

 

 

 

Prefeito Anchieta Patriota entrega escola de mais de R$1 milhão em Lagoa do Caroá


 

O Prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota (PSB) começou a semana entregando uma importante obra aos moradores de Lagoa do Caroá e comunidades vizinhas. Em parceria com o Ministério da Educação foi construída a Escola Martiniano Martins no valor de 1,1 milhão de reais.

O novo espaço que terá capacidade para receber 340 alunos conta com 06 salas de aula, cantina, laboratório de informática, biblioteca e banheiros masculino e feminino.

O Prefeito Anchieta Patriota disse durante seu discurso que a educação hoje em Carnaíba é tratada com seriedade e prioridade. “O governo é para os que mais precisam e que nunca tiveram oportunidades no passado”, frisou.

“Nós não podemos permitir que alguém queira transformar o poder legislativo ou executivo num balcão de negócio, temos que pensar no coletivo e nos que mais necessitam”, declarou Anchieta.

 

 

A imagem pode conter: texto

 

 

 

 

Bebê de apenas 1 ano e 4 meses morre afogado em balde dentro de casa

 

 


Ninguém está acreditando no que aconteceu com essa criança”. É assim que uma vizinha descreve o sentimento de todos no bairro Conquista, em Luís Eduardo Magalhães, região oeste da Bahia, onde o pequeno Alan Gustavo Ferreira da Silva, de apenas 1 ano e 4 meses, morreu afogado dentro de um balde nos fundos de casa, na tarde deste final de semana.
Segundo a polícia, a tragédia aconteceu quando a mãe saiu de perto da criança para atender uma vizinha na porta.
“A mãe dessa criança lavava roupas nos fundos da casa. Em um dado momento, essa mãe sai, vai à porta da casa atender uma vizinha, conversam alguns minutos, e quando retorna para o local onde estava lavando roupa, infelizmente, encontra o seu filho dentro de um balde de água”, detalha o delegado Leonardo Mendes, que está à frente das investigações.
 

 

A avó paterna de Alan afirma que a mãe do menino não teve culpa. “Foi questão de segundos, gente. Foi um acidente que aconteceu. Ninguém pode culpar ela por negligência não. Ela não teve culpa. Isso acontece. Por mais que a gente cuide de uma criança, ela cega a gente. As pessoas têm que entender, todo mundo tem que entender que ela não teve culpa”, diz a avó Ivana Rita.
 
O garotinho Alan Gustavo foi enterrado na tarde de sábado (17), no cemitério de Luís Eduardo Magalhães.
No dia da tragédia, desesperados, os familiares ainda tentaram socorrer o garoto. Ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luís Eduardo Magalhães, mas quando chegou lá, já não respirava mais.
 
“Foi tentado constatar todos os sinais vitais da criança. Não tinha nenhum sinal vital. Tentou fazer a reanimação dessa criança, que é o protocolo, e constatou o óbito após a tentativa de reanimação por 20 minutos”, afirmou o médico João Lucas Rios, diretor da UPA.
 
De acordo com o delegado, a polícia vai investigar se houve ou não responsabilidade pela morte do menino.
 
 

Oposição com data marcada para debater seus rumos

 

Blog da Folha

A oposição ao Governo Paulo Câmara (PSB) vai se reunir mais uma vez em busca de consolidar sua força e definir seus rumos para 2018. Diante de um quadro que parece ter mudado desde o fim do ano passado, quando a candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) ganhava mais força, o grupo terá de traçar estratégias para lidar com uma possível aliança entre o PT e o PSB em Pernambuco, desmanchando a programação prévia do conjunto oposicionista.

 

Depois de terem se reunido em janeiro, em Petrolina, no Sertão, num evento comandado pelo prefeito Miguel Coelho (PSB), o bloco de oposição a Paulo Câmara já tem data e local definidos para o próximo encontro: 3 de março, numa casa de shows em Caruaru, no Agreste. O grupo terá como anfitriã a prefeita Raquel Lyra (PSDB) e o ex-governador João Lyra Neto (PSDB), liderança com forte influência na região.

 

Se antes o grupo contava com o crescimento da pré-candidatura de Marília Arraes para o Governo e, com isso, poderia apostar em lançar apenas um nome para a disputa para o Palácio do Campo das Princesas, possivelmente terá de rever a sua estratégia. Para levar o pleito para o segundo turno, talvez seja preciso considerar dois nomes do mesmo grupo na disputa. Isso porque se as negociações de PT e PSB avançarem, o nome da vereadora petista ficará em segundo plano na aliança.

 

Ainda no fim de janeiro, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), que é um dos nomes cotados por esse conjunto da oposição para disputar o Governo do Estado, chegou a declarar que o melhor caminho para eles seria uma candidatura única, em função do crescimento da pré-candidatura de Marília Arraes. No entanto, se ele já havia declarado que seria “o candidato” da oposição, também já considerou que o bloco pode oferecer dois nomes.


 
 
 

Câmara aprova decreto de intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro

 

 

Após mais de sete horas de sessão, a Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta terça-feira (20) o decreto que autoriza a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. O texto foi aprovado por 340 votos a 72 (além de uma abstenção) e segue agora para a análise do Senado.

A previsão é de que a medida seja analisada pelos senadores já nesta terça, em sessão prevista para ter início às 16h.