O detento Marcelo da Silva, apontado pela Polícia Civil de Pernambuco como o responsável pela morte da garota Beatriz Angélica Mota, escreveu uma carta dizendo que não cometeu o assassinato. Um de seus advogados apresentou o documento com exclusividade no programa Cidade Alerta PE, da TV Guararapes, na noite de hoje.

Beatriz Angélica, 7 anos, foi morta a facadas em 10 de dezembro de 2015 dentro do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, no Sertão pernambucano. Desde então, o caso segue sem solução. Os pais da menina, Lúcia Mota e Sandro Romilton, pedem a federalização das investigações. (Clique aqui e assista).

 

 

Paulo Câmara admite que escolha do candidato a governador poderá não ser definida em janeiro

Diferente das declarações dadas recentemente por aliados do PSB a respeito da determinação do governador Paulo Câmara em cumprir o prazo, que ele mesmo estipulou publicamente, de escolher o nome do candidato à sucessão estadual até o fim de janeiro, o próprio chefe do Executivo já considera a possibilidade de ter mais tempo para discutir o assunto.

“As discussões vão acontecer ao longo do mês de janeiro e a gente espera que, ao longo dessas discussões, tenhamos condições de chegar a nomes adequados para as eleições de 2022. Agora é um processo de escuta, de muitas conversas e de muita serenidade. É um segmento de uma forma de governar que queremos manter em Pernambuco, então vamos utilizar o tempo possível e necessário”, afirmou o governador.

“A gente tem uma expectativa de resolução disso nas próximas semanas, mas vamos deixar as conversas fluírem mais e elas vão acontecer não apenas nessa semana, mas na próxima e, se necessário, nas próximas também”, concluiu o socialista.

A primeira rodada de reuniões com os partidos que integram a Frente Popular de Pernambuco já foi iniciada, mas ainda não foi conclusiva. Alguns fatores também contribuem para que o cronograma possa vir a atrasar. Paulo Câmara apresentou sintomas gripais na semana passada e precisou desmarcar todas as reuniões até que os testes para covid-19 dessem negativo.

Na segunda-feira (17), o socialista iria se reunir com o presidente estadual do MDB, o deputado federal Raul Henry, mas o encontro teve que ser adiado, pois o parlamentar está aguardando o resultado do teste de covid-19. O PDT, que também tem um papel importante nessa conjuntura, também não tem data definida para ir à mesa com o líder socialista, já que o presidente estadual do partido, o deputado Wolney Queiroz, testou positivo para a doença.

Dois nomes que também são fundamentais nesse processo de definição de quem será o candidato a governador encontram-se de férias. Os secretários da Casa Civil, José Neto, que retorna a partir do dia 24 de janeiro; e de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio, que mesmo afirmando que não pretende ser o candidato, segue sendo apontado por membros do partido como única solução de consenso.

Entraves

O PSB já definiu que não abre mão da cabeça de chapa. Agora a questão gira em torno de um nome provoque unidade no partido, que hoje se encontra com alas de preferências distintas. A tese defendida amplamente, inclusive por Paulo Câmara, é que o candidato tenha perfil político.

Presidente do PSD, Gilberto Kassab é internado com Covid em São Paulo

Gilberto Kassab

Gilberto Kassab, presidente nacional do Partido Social Democrático (PSD), foi diagnosticado com Covid-19 e deu entrada, nesta terça-feira (18), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, logo após o surgimento dos primeiros sintomas.

“Lá foi avaliado e [Kassab] passou o dia em observação, num quarto, para aguardar o resultado do exame e acompanhar a evolução dos sintomas”, informou a assessoria do ex-prefeito de São Paulo.

“O resultado saiu durante a noite. Kassab iniciou o tratamento, está bem disposto e cumprirá isolamento ao longo dos próximos dias no hospital”, completa o comunicado.

Kassab já concluiu o ciclo vacinal com as duas doses e o reforço da vacina contra o novo coronavírus.

 

Na Bahia, homem tenta escapar da PRF mas é preso com mais de meia tonelada de maconha

Um homem foi preso na noite desta segunda-feira (17), em Eunápolis, no sul da Bahia, após a Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrar 514kg de maconha na picape que ele dirigia, modelo Hilux SW4.

Durante uma fiscalização de rotina na rodovia próxima à entrada da cidade de Itagimirim, eles desconfiaram ao notarem que a traseira do veículo estava mais baixa do que deveria, indicando sobrepeso, e iniciaram a abordagem ao motorista.

O condutor tentou fugir e disparou com o carro em alta velocidade, mas foi alcançado no KM 692 da BR-101. Após a prisão, os policiais foram até o carro e encontraram os diversos tabletes de maconha que totalizaram mais de meia tonelada da planta.

Os agentes verificaram ainda que o veículo utilizado tinha placas clonadas de um carro roubado em Minas Gerais no ano passado.

Preso em flagrante, o homem foi levado junto com a droga e o carro recuperado para Delegacia de Polícia Judiciária local, onde serão adotadas as medidas cabíveis.

 

 

 

Sertão: Inscrições no concurso da prefeitura de Tavares, na PB, abrem nesta terça

Estão abertas a partir desta terça-feira (18) as inscrições no concurso da Prefeitura Municipal de Tavares. O certame oferece vagas para cargos nos níveis fundamental, médio/técnico e superior, com salários que variam de variam de R$ 1.210 a R$ 4 mil.

As inscrições poderão ser feitas das 10h desta terça até às 23h59 de 18 de fevereiro, exclusivamente pelo site da organizadora do certame, a Comissão Permanente de Concursos (CPCon) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Ao todo, são 56 vagas, para cargos como professor, agente administrativo, assistente social, nutricionista, técnico em edificações, motorista, dentre outros.

Confira o edital completo

A prova escrita objetiva para todos os cargos será realizada em 24 de abril. Já a publicação do resultado final do concurso será em 15 de junho.

O valor da taxa de inscrição para os cargos de nível fundamental é de R$ 65, já para as vagas de nível médio/técnico é de R$ 85. Por fim, aqueles que se inscreverem para os cargos de nível superior deverão pagar uma taxa no valor de R$ 105. A homologação da inscrição do candidato ao concurso público estará condicionada ao pagamento da taxa de inscrição dentro do prazo estabelecido.