A Polícia Federal pediu a prisão do padre Robson de Oliveira nesta semana. O religioso era investigado por suspeita de desvio de dinheiro de fiéis doados para a Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), em Trindade, na Região Metropolitana de Goiânia (GO).

 

.Segundo as investigações do Ministério Público, o padre usou dinheiro doado para comprar fazendas, casas na praia e um avião. Ao todo, o prejuízo para a associação chegaria a mais de R$ 100 milhões. Além disso, ele supostamente teria investido cerca de R$ 1,3 milhão em projetos de mineração

 

 

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) ainda precisa analisar o pedido de prisão da PF. A defesa do religioso alega que os fatos usados ​​pelo órgão são antigos e que não há motivo para ele ser detido.

“A defesa compreende que a representação padece da falta de consistência jurídica, pois os fatos invocados são antigos e já foram divulgados pela mídia”, afirmou a defesa ao portal UOL.

“Por ora, a defesa expressa sua confiança no Poder Judiciário. Não estamos nem sequer preparand

Nos EUA, Anitta fica impressionada com homem dormindo ao volante e acaba filmando acidente; Veja vídeo

Nas imagens, compartilhadas atVivendo nos Estados Unidos já há algum tempo, Anitta não escondeu a surpresa ao flagrar uma cena nas ruas norte-americanas neste sábado (20). A cantora flagrou um homem dormindo ao volante e posteriormente acabou filmando um acidente de trânsito provocado pelo motorista.

 

ravés dos stories do seu perfil oficial do Instagram, a funkeira – que se envolveu esses dias em uma polêmica com o apresentador Ratinho –  mostra um veículo circulando sem uma das rodas. No volante, um homem aparece dormindo enquanto o veículo está parado na sinaleira. Em seguida, o carro avança em alta velocidade e acaba colidindo com um muro mais à frente.

Assista: 

 

Roberto Carlos passa por perrengue e fica parado com carrão no meio da rua; Veja vídeo

Ninguém na vida escapa de passar por um perrengue hora ou outra. Prova disso é que Roberto Carlos enfrentou uma daquelas recentemente. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o Rei com o carro, um Audi R8, parado no meio da rua, no bairro da Urca, onde mora no Rio de Janeiro.

Segundo informações divulgadas pela colunista Fábia Oliveira, do site Em Off, apesar das piadas relacionando o perrengue ao preço da gasolina, a equipe do cantor informou que se tratou de um problema mecânino no automóvel. O veículo não dava partida e Roberto precisou ser socorrido por um funcionário, que o levou para casa em outro carro.

PSDB escolhe seu candidato à Presidência da República neste domingo

João Doria e Eduardo Leite são os principais candidatos nas prévias.

O ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio e os governadores de São Paulo e do Rio Grande do Sul, João Doria e Eduardo Leite, são as três opções na jogada. (Foto: reprodução)

 

O PSDB realiza neste domingo (21) a escolha do candidato tucano que disputará a eleição para Presidência da República em 2022. O ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio e os governadores de São Paulo e do Rio Grande do Sul, João Doria e Eduardo Leite, são as três opções na jogada.

Os dois principais concorrentes João Doria e Eduardo Leite são conhecidos por perfis bem opostos. Enquanto Doria traz um estilo diplomático e articulador, capaz de agregar e viabilizar unidade de centro para amenizar a polarização política em que o país se encontra, Eduardo Leite traz um estilo disruptivo, principalmente por ser um dos únicos políticos a assumir sua homossexualidade.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, divulgou um vídeo na véspera da decisão do partido, neste sábado (20), em que sugere um destino para o partido “se vai sair vencedor das prévias ou se vai sair vencido”. 

Já seu oponente, reforça destacar seus feitos como governador de São Paulo, em especial ao engajamento na pandemia com a compra da vacina Coronavac. “João vacinador, João trabalhador”, diz o jingle do pré-candidato. O paulista ainda faz questão de dizer que quer levar o trabalho feito em São Paulo para todo o país.

Ambos já estiveram na Paraíba. No mês passado, em visita ao estado, Doria causou mal-estar ao perguntar a plateia: ‘Quem aqui já foi a Dubai?’. O feito foi assunto nas principais rodas de conversa e tomou o cenário político pela escolha de uma referência distante da qual se encontra o país. Ao discorrer sobre soluções para a seca que assola o Nordeste, ele citou o exemplo da rica cidade de Dubai, nos Emirados Árabes, que prosperou em meio ao deserto, e pediu à plateia que aqueles que já tivesse ido a Dubai levantassem o braço.

O nome que for eleito nas prévias do PSDB, neste domingo deverá enfrentar o atual presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula, que já anunciaram a pretensão para o pleito. 

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o partido conta com 1.355.766 filiados, mas apenas 28.574 mil haviam se cadastrado até as 18h da última quinta-feira (11), no aplicativo criado pela legenda para a disputa, condição prévia para votar.

Caixa amplia atuação no Nordeste e cria vitrine eleitoral na região onde Bolsonaro tem pior avaliação

Pedro Guimarães com funcionários no dia da inauguração da agência da Caixa em Missão Velha, no interior do Ceará Foto: Reprodução / Agência O Globo

O Globo

Missão Velha, na região do Cariri, no Ceará, é conhecida pelas belezas naturais, pela festa do padroeiro São José e pela grande concentração de fósseis.

Em julho deste ano, a cidade de 35 mil habitantes que fica a 300 quilômetros de Fortaleza também ganhou notoriedade por inaugurar uma agência da Caixa Econômica Federal com a presença virtual do presidente Jair Bolsonaro.

Ele participou do evento por meio de uma videochamada enquanto estava em um hospital em São Paulo, onde tratava uma obstrução intestinal.

Durante seu discurso, Bolsonaro lembrou que uma vez fez uma parada em Missão Velha, foi a um bar, jogou sinuca, bebeu refrigerante e ouviu do povo “que faltava uma agência bancária”. Resolveu que não faltaria mais.

A fala foi transmitida pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que confirmou a história do chefe e contou que recebeu dele o pedido da agência para a cidade, como registra um vídeo divulgado em suas redes sociais:

— Ele repassou esse pedido para mim. Nós analisamos matemática e socialmente, e ficou claro que Missão Velha precisava de uma agência.

O evento no interior do Ceará não é isolado. Foi um dos promovidos por Guimarães no Nordeste, onde a Caixa tem reforçado sua atuação e  a popularidade de Bolsonaro é mais baixa: só 15% dos moradores da região avaliavam o governo como bom ou ótimo, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada em setembro. No Sul e Sudeste, são 28% e 23%, respectivamente.

Sementes políticas

Executivos da Caixa, integrantes do governo e lideranças políticas admitem que a guinada do banco estatal em direção ao Nordeste tem como objetivo semear dividendos políticos para Bolsonaro colher votos em 2022.

Uma parte dessa estratégia consiste em expandir a presença da instituição financeira na região.

Somente neste ano, a Caixa anunciou a abertura de 168 novas agências, sendo 70 delas, ou 42%, em cidades nordestinas.

O movimento vai na contramão do setor bancário, que reduziu em pouco mais de 10% o número de estabelecimentos no país entre 2018 e 2020, segundo levantamento recente do Banco Central.

Um superintendente da Caixa, que pediu para não ser identificado, diz que o plano de expansão do banco não faz sentido do ponto de vista estritamente comercial.

O Banco do Brasil, também controlado pela União, fechou 112 agências em 2021, das quais 44 foram na região Nordeste. Esse foi um dos motivos que levaram à saída de André Brandão da presidência do BB no início deste ano. Bolsonaro recebeu queixas de políticos de cidades que perderam agências.

A insatisfação não se repete com Guimarães. Ao contrário, o presidente da Caixa é um frequentador das transmissões do presidente em redes sociais e um dos auxiliares mais engajados no plano de sua reeleição.

Ele esteve ao lado de Bolsonaro em eventos políticos controversos como os do último Sete de Setembro e chegou a ameaçar tirar a Caixa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) por causa de um manifesto assinado pela entidade em favor da democracia após declarações golpistas do presidente.

A Caixa também expandiu nos últimos dois anos os empréstimos para governos locais do Nordeste e do Norte. A fatia das duas regiões no total de operações de crédito realizadas pelo banco saltou de 18%, em 2019, para 31,5% no período entre janeiro e outubro deste ano.

De acordo com balanço trimestral da Caixa, uma das estratégias adotadas foi a pulverização do crédito, em áreas como agrícola, construção e infraestrutura, permitindo que municípios de menor porte, que, até então, não eram contemplados com financiamentos, tivessem acesso aos recursos da instituição estatal, que centraliza o pagamento de benefícios sociais como o novo Auxílio Brasil.

Destino preferencial

Em 2021, o presidente da Caixa realizou 202 viagens pelo Brasil e exterior. Excluindo os deslocamentos até São Paulo, seu estado de origem, Guimarães realizou 153 expedições, sendo o Nordeste a região com mais destinos: 41, de acordo com dados obtidos pelo jornal O Globo via Lei de Acesso à Informação (LAI).

Uma dessas viagens ocorreu no início de julho, quando o executivo foi inaugurar uma agência da Caixa em Serrinha, município da Bahia administrado pelo prefeito Adriano Lima, do PP, partido da base do governo.

Com 81 mil habitantes, a cidade conta com nove agências, incluindo BB, Bradesco, Caixa, Itaú Unibanco, Banco do Nordeste e cooperativas. Naquela ocasião, Bolsonaro gravou um vídeo na área externa do Palácio do Planalto que foi transmitido na solenidade. O presidente destacou o fato de Guimarães ter ido até lá para abrir uma nova agência.

— Para onde ele vai só leva boa notícia, disse Bolsonaro, que arrematou dizendo que a Caixa sob Guimarães faz um “trabalho espetacular”.

Ex-bolsonarista Sara Winter abre o jogo e revela quem coordenava ataques ao STF e à imprensa

Nos últimos anos, ela se tornou o rosto mais conhecido e midiático do ativismo de direita no Brasil ao liderar o “Acampamento dos 300”, instalado em maio de 2020, em Brasília. Porém, com a derrocada, que a levou à prisão, a militante virou a chave e diz não mais reconhecer o presidente Jair Bolsonaro.

Agora ex-bolsonarista, Sara Winter abriu o jogo, revelou nomes e estratégias do bolsonarismo para ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF), parlamentares contrários ao governo e as estratégias para fortalecer as ações em apoio ao presidente. Em entrevista à revista Istoé afirma que  “o acampamento foi um surto da Sara e do Osvaldo Eustáquio que se transformou numa histeria coletiva”.

Segundo ela, os parlamentares Daniel Silveira (PTB-RJ), Carla Zambelli (PSL-SP), Sargento Fahur (PSL-PR) e Bia Kicis (PSL-DF) foram muito presentes na organização, além do ministro-chefe do Gabinete de Segurança, general Augusto Heleno. Entre as funções, Sara conta que cabia à Zambelli, que participava com maior frequência das reuniões, passar as informações sobre a repercussão do acampamento, e que foi responsável por orientar a tornar Rodrigo Maia um alvo.

Já a deputada Bia Kicis tinha o papel de ajudar na organização. “Ela ensinou a gente como chamar atenção da imprensa”, afirma Sara. A estrutura ficou a cargo de Bia: “Ela cedeu o assessor Evandro Araújo e colocou um advogado de seu gabinete para acompanhar reuniões com a Secretaria de Segurança do Distrito Federal”. Isso garantiu que a iniciativa continuasse por quase um mês.

A ativista ainda revela que o ministro general Heleno foi quem pediu para direcionar todos os esforços contra o STF. No entanto, foi combinado que o presidente não podia ser o “protagonista para não sofrer represálias”. Mas, segundo ela, era o próprio Bolsonaro que dizia quem o blogueiro  Oswaldo Eustáquio devia investigar e subir o tom.

Apesar das revelações, Sara mantém o cuidado ao falar da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, com quem tinha relação pessoal, encerrada por orientação do governo. “A Damares já sabia que eu ia ser presa e o governo orientou a não falar mais comigo”. Elas não se falam desde 27 de maio de 2020.

Além disso, ela evita falar sobre possível envolvimento do presidente e seus filhos com milícias, ela explica que, se há alguma coisa para ser descoberta, o fio da meada está na Assembleia do Rio de Janeiro: “Esse tipo de assunto nunca chega a militantes como eu”.

Decepcionada com o presidente, Sara demonstra arrependimento pelo apoio.  “Não tem mais como defender Bolsonaro. Mas se ele pedir para os bolsonaristas comerem merda, as pessoas vão comer”.  E aponta os filhos do presidente Carlos e Eduardo como os cães de guarda do capitão. “Quem tem destaque na direita, eles cooptam ou destroem”, diz.

O saldo da agresssividade militante atualmente é uma dívida de “mais de R$ 3 milhões”, por conta dos processos, além de ter sido presa. “Nunca passou pela minha cabeça que eu ia parar num presídio”. Hoje Sara afirma viver com medo e planeja  ir com o filho morar no México em breve. “Tenho medo da esquerda, medo de um fanático e medo do governo. Em janeiro eu anunciei que eu ia contar tudo que eu sabia sobre o bolsonarismo. O Planalto surtou e fez uma reunião ministerial. A Damares foi chamada. Eu não sabia o que eles tinham tanto medo do que eu possa tornar público”.

 

Serra Talhada fechou mais uma semana com aumento de casos de Covid-19

Coletiva de imprensa nesta segunda-feira (22), vai detalhar medidas que o município irá adotar para tentar barrar a taxa de transmissão da doença

Por André Luis

O município de Serra Talhada fechou mais uma semana com aumento de casos de Covid-19. Na sexta-feira (12) o município possuía 10.389 casos da doença. No boletim da terça-feira (16), com 21 casos confirmados, a cidade já contava com 10.410.

Na última sexta-feira (19), Serra fechou a semana com 10.464, foram 75 novos casos registrados na cidade em uma semana, 24 casos a mais que na semana anterior que já havia registrado 51 casos da doença.

O município também somou mais um óbito pela doença esta semana. Se trata de paciente do sexo feminino, 73 anos, moradora do bairro Bom Jesus. Comorbidades: Doença cardiovascular crônica, obesidade. Era ex-tabagista. Faleceu no dia 15 de novembro de 2021, no Hospital Eduardo Campos.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do município, Serra conta com 10.464 casos confirmados, 10.184 pacientes recuperados, 40 exames aguardando resultados, 56.132 casos descartados,  85 pacientes em isolamento domiciliar e 6 pacientes em tratamento hospitalar, somando 91 casos ativos, além de 189 óbitos.

Em relação à ocupação hospitalar, o Hospital Eduardo Campos está com 10% de ocupação dos leitos de UTI, com 8 pacientes internados, sendo 3 serra-talhadenses. Não há pacientes na enfermaria da unidade.

O HOSPAM está com 40% de ocupação dos leitos de UTI, com 4 pacientes internados, sendo 3 serra-talhadenses. Não há pacientes na enfermaria da unidade.

Não há pacientes internados nos Leitos de Retaguarda do Hospital São José.

Portanto, são 6 serra-talhadenses internados na rede pública de Serra Talhada, sendo todos em leitos de UTI.

Diante do aumento de casos e da taxa de transmissão do novo coronavírus nas últimas semanas, a Prefeitura de Serra Talhada anunciou medidas necessárias para incentivar a vacinação das pessoas que ainda não se vacinaram ou não completaram o esquema vacinal contra a Covid-19. As medidas foram anunciadas nesta sexta-feira (19) durante reunião virtual com a participação de diversos segmentos da sociedade.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a partir da próxima segunda-feira (22/11) será implantada a vacinação itinerante em todo o município. Através da Estratégia Mobiliza Saúde, as equipes de saúde da família farão busca ativa e vacinação domiciliar das pessoas que se recusaram ou não completaram o esquema vacinal contra a Covid-19. Além disso, haverá o Carro de Vacinação Itinerante circulando pelos espaços públicos na zona urbana e zona rural para atender toda a população.

Outra medida anunciada é o Passaporte de Vacina Serra Talhada, que começará a ser exigido nos ambientes fechados públicos e privados, a exemplo das repartições públicas, agências bancárias, lojas, bares, restaurantes e eventos sociais, de acordo com a Lei Nº 1.852, de 21 de setembro de 2021.

Todas as informações referentes aos casos de Covid-19, campanha de vacinação, vacinação itinerante e Passaporte de Vacina serão repassadas na próxima segunda-feira (22), em Coletiva de Imprensa, às 08h, na sede da Secretaria Municipal de Saúde de Serra Talhada.

 

Pastor serra-talhadense é encontrado morto na Paraíba

Com informações da repórter Jéssica Guabiraba, do Farol de Notícias

O pastor natural de Serra Talhada Paulo César Siqueira, 37 anos, que estava desaparecido já alguns dias, foi encontrado morto nesta sexta-feira (19), boiando em um lago na cidade de Cachoreira dos índios, na Paraíba. 

Ele morava na cidade de Ouro Branco, no Ceará, que fica próxima cerca de 70 km do local onde o corpo foi encontrado. 

O Farol conversou com familiares, que informaram que o pastor foi vítima de um infarto enquanto dirigia, na BR-116, segundo laudo do IML de Cajazeiras.

O lago onde corpo e o carro foram encontrados fica às margens da BR-116. O veículo havia sido achado na última quarta-feira. 

Nas redes sociais, familiares e amigos estavam fazendo uma campanha em busca de informações sobre o paradeiro de Paulo. Ainda, em conversa com o Farol, familiares informaram que ele será sepultado em Serra Talhada e que o corpo já está a caminho, com previsão de chegar a Capital do Xaxado por volta das 21h ou 22h. Em Serra Talhada a família do pastor mora no bairro São Cristóvão.

“Ele morava no Ceará há uns 3 anos, era pastor aqui em Serra e precisou ir embora por conta da família da esposa. As informações que sabemos foi do carro encontrado na madrugada ainda da terça para quarta. Os Bombeiros foram acionados às 2h da quarta. E de lá para cá a gente vinha nessa angústia. E o que sabemos é que, segundo o laudo do IML é que foi infarto. A gente acredita que foi com ele na direção. A nossa família está abalada”, lamentou a sobrinha, Danile Alves, em conversa com o Farol.

O corpo do pastor deve ir direto para o cemitério de Serra Talhada devido o estado de decomposição em que foi encontrado.

PM recupera caminhão roubado com carnes da Friboi na zona rural de Iguaracy

Caminhão com carga havia sido roubado na BR 232, em Serra Talhada

O efetivo 23º BPM, durante patrulhamento nesta sexta-feira (19) foi acionado pela Central de Operações para averiguar uma denúncia que vários indivíduos estariam de posse de um caminhão da empresa JBS na área rural de Iguaracy contendo uma carga de carne da Friboi, o qual foi roubado no último dia 17 na BR 232, próximo ao povoado de Varzinha, zona rural de Serra Talhada.

O policiamento chegando ao local, flagrou o veículo Scania, o qual possuía a restrição de roubo, bem como transportava, aproximadamente, 10 paletes contendo 45 caixas de carne da marca Friboi e 1 palete violado contendo, em média, entre 35 e 39 caixas, também, de carne Friboi.

Pouco tempo depois da chegada do policiamento, aproximou-se do local um veículo VW/ Novo Gol 1.0, com pelo menos três indivíduos, que ao receberem ordem de parada empreenderam fuga, sendo acompanhados pelos policias, todavia, durante o acompanhamento, eles abandonaram o carro e adentraram na caatinga tomando destino ignorado. O motorista do caminhão e vítima do roubo, chegou ao local posteriormente.

Após denúncias que um dos envolvidos poderia ter tido algum contato pessoal com indivíduos suspeitos de praticarem o roubo do caminhão e que estaria de posse de várias armas de fogo de propriedade de um outro envolvido, o qual já é falecido, os policiais se deslocaram até a residência dele, no intuito de averiguar a veracidade das denúncias.

Ao chegarem no local, o suspeito foi localizado e negou qualquer participação no delito do roubo, porém confirmou que o falecido tinha várias armas e que estava em uma casa abandonada.