O governo de Pernambuco confirmou, nesta sexta-feira (23), os dois primeiros casos no estado da variante alpha do novo coronavírus, originária do Reino Unido. Também fez o terceiro registro da variante delta, de origem indiana.

Segundo o estado, os casos da variante inglesa foram identificados em pacientes de Caruaru, no Agreste. O terceiro caso da variante delta é de um tripulante filipino do navio Shoveler.

No dia 14 de julho foram confirmados os dois primeiros casos da variante também em tripulantes filipinos do navio cargueiro. No domingo (19) um deles morreu de Covid-19.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o terceiro tripulante filipino com confirmação da variante delta tem 58 anos e já está curado da Covid-19. Na última coleta realizada, o exame dele deu negativo para a doença.

Os casos da variante alpha foram identificados em uma mulher de 45 anos e um homem de 22 que adoeceram entre abril e maio, em Caruaru.

A presença das variantes foi identificada na última rodada de amostras positivas para Covid-19 analisadas pelo Instituto Aggeu Magalhães da Fundação Oswaldo Cruz (IAM/Fiocruz-PE).

O sequenciamento genético analisou, ao todo, 147 amostras, coletadas em 25 municípios pernambucanos entre os meses de abril e julho deste ano, além do material biológico do filipino. As outras 144 amostraram deram positivo para a variante brasileira do coronavírus, denominada P1.

Uma das amostras positivas para a variante P1 foi da profissional de saúde que teve contato com dois tripulantes filipinos que positivaram para a variante Delta.

As 147 amostras biológicas analisadas são dos municípios de Afogados da Ingazeira, Angelim, Araripina, Arcoverde, Bodocó, Caetés, Carnaíba, Caruaru, Escada, Exu, Feira Nova, Garanhuns, Itapetim, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Orobó, Paranatama, Paulista, Recife, Riacho das Almas, Santa Cruz do Capibaribe, Santa terezinha, São Vicente Ferrer, Tuparetama e Vertentes. (Via: G1 PE)

 

 

Em nota oficial, bancada pernambucana condena decisão sobre futuro da Transnordestina

 

Foto: divulgação

A bancada de Pernambuco no Congresso está indignada com a afirmação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, de que o traçado da Ferrovia Transnordestina será entregue pela Concessionária somente até o Porto de Pecém, no Ceará, relegando à própria sorte a ligação do projeto até o Porto de Suape, em Pernambuco.

Esperamos que o governo reconsidere essa decisão e que não opte por uma condução desastrosa que deve prejudicar milhões de pernambucanos e nordestinos a partir de um mero interesse pessoal e financeiro do concessionário, que opera no terminal de Pecém.

A decisão tomada ignora as incontestáveis vantagens do Ramal Suape, que tem o melhor porto e que já recebeu diversos investimentos.  O trecho da ferrovia até Suape é 100 km mais curto do que o de Pecém, com investimento para conclusão das obras em torno de R$ 1,5 bilhão a menos. Outro aspecto é que o Ramal Suape é indiscutivelmente a alternativa ambientalmente mais sustentável e pode encurtar as distâncias, causando menores emissões de gases de efeito estufa.

Essa é uma perda incalculável para nosso estado e nós da bancada faremos uma reunião urgente para nos mobilizar junto ao governo federal e ao próprio ministro para que esse grande projeto logístico continue em seu traçado pelo nosso estado.

Deputado federal Augusto Coutinho – Solidariedade/PE

Deputado federal Wolney Queiroz – PDT/PE

Paulo Câmara recebe ex-aluno da rede estadual aprovado em nove universidades nos EUA

Foto: divulgação

O governador Paulo Câmara recebeu, na manhã desta sexta-feira (23.07), o estudante pernambucano Fred Ramon, que foi aprovado este ano em nove universidades nos Estados Unidos. Ele é ex-aluno da Rede Estadual de Ensino, com passagem pela Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Desportista Rubem Rodrigues Moreira, em Jaboatão dos Guararapes, onde iniciou o ensino médio, e na EREM Professor Fernando Mota, em Boa Viagem, onde concluiu a etapa. Durante esse período, Fred também participou do curso de idiomas do Programa Ganhe o Mundo (PGM).

“Fred é um exemplo importante de que, com educação, a gente pode ir em busca dos nossos sonhos. É isso que a gente quer para Pernambuco, uma educação que possa fazer com que as pessoas avancem e consigam alcançar suas metas. Agora, queremos ajudá-lo a concretizar esse sonho de ir aos Estados Unidos e fazer o seu curso escolhido. É uma história que com certeza vai inspirar muitos pernambucanos a alcançarem seus objetivos”, avaliou Paulo Câmara.

Fred mora em Cajueiro Seco, Jaboatão dos Guararapes, com a mãe, Silvia dos Santos, que é faxineira. O jovem ajuda na renda da casa dando aulas de inglês, principalmente durante a pandemia, quando passou a ensinar remotamente. Simultaneamente, Fred estudava para o vestibular nos Estados Unidos. Ele recebeu a notícia de que foi aprovado em nove universidades norte-americanas após alcançar uma nota acima da média em provas de inglês, e com recomendações de professores e da Junior Achievement PE. A instituição escolhida por Fred foi a Whittier College, na Califórnia, que lhe oferece uma bolsa de 70% dos custos e lhe permite estudar tecnologia e teatro.

O jovem sempre estudou em escolas públicas, tanto na rede municipal quanto na rede estadual, e agora vai realizar seu objetivo, que é inspirar outros jovens e ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social por meio de projetos de empreendedorismo. “Uma escola particular não é melhor que uma pública. Eu vim de uma escola pública de Pernambuco e aqui tem um diferencial: eles estão interessados em buscar parcerias e novos projetos. Temos programas que permitem levar o estudante para fora da sala de aula e melhorar a forma como aprendemos as coisas”, disse Fred Ramon.

“A história de Fred está inspirando os jovens de Pernambuco e das nossas escolas. É uma prova de que sonhos podem ser conquistados e que a educação transforma vidas. A nossa educação integral dá ainda mais oportunidades aos jovens pernambucanos, pois ocupa o tempo ocioso e abre as mentes para que eles construam e conquistem seus projetos de vida”, afirmou a secretária executiva de Educação Integral e Profissional da Secretaria Estadual de Educação e Esportes, Maria Medeiros.

Estiveram também no encontro a vice-governadora Luciana Santos; a gerente regional de educação da GRE Recife Sul, Marta Lira; a gestora da EREM Fernando Mota, Micheline Cavalcanti; e as ex-professoras de Fred, Vaneide Queiroz e Iara Marques.