NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

O Sesc Pernambuco lamenta o acidente ocorrido na manhã de ontem (17.05) no Teleférico do Centro de Turismo e Lazer Sesc Triunfo, durante a manutenção do equipamento. O funcionário acidentado foi prontamente socorrido e encaminhado para a unidade de saúde mais próxima, em Serra Talhada. O Sesc está dando toda assistência ao funcionário e a sua família. 

O Teleférico do Sesc em Triunfo movimenta o turismo na cidade e passa por manutenções semanais, sendo considerado um equipamento seguro para uso de turistas e da população local.

Sem conseguir reajuste, servidores do Detran-PE devem entrar em greve nesta sexta-feira

 

No começo deste mês, a categoria voltou a se reunir em assembleia / Acervo JC Imagem

Do JC

Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) devem entrar em greve a partir desta sexta-feira (20). No começo deste mês, a categoria voltou a se reunir em assembleia, dando até o dia 19 de maio para que o órgão estadual cumprisse o acordo assinado para a finalização da greve que aconteceu entre os dias 4 de março e 7 de abril deste ano. Como não foram atendidos, eles prometem parar.

De acordo com Alexandre Bulhões, presidente do Sindicato dos Servidores (SindiDetran-PE), o Detran disse que iria enviar, ainda nesta quarta-feira (18), um projeto de Lei para a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) que reajusta o salário da categoria em 12%. O reajuste pedido inicialmente era de 32,85%, mas o acordo feito no fim da greve foi de que seria dado um reajuste de 3% e seria corrigida a distorção na tabela do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) em até 18%, o que geraria um aumento de 21% para a maioria dos trabalhadores. 

“Este não foi o combinado. O salário médio do Detran é R$ 2.000 e este aumento de 12% geraria apenas R$ 200”, explica Alexandre. Outras reivindicações da categoria eram o aumento em R$ 100 no vale alimentação (que foi alcançado) e a contratação do plano de saúde, que ainda não foi atendido pelo Detran-PE.

O SindiDetran afirmou que não será feita uma nova assembleia da categoria. A última aconteceu no dia 4 de maio. “Vamos esperar até o dia 19, mas se não formos atendidos, no dia 20 iremos começar a greve”, declarou Alexandre neste dia.

O Detran-PE, que preferiu não se pronunciar sobre o assunto. O órgão apenas afirmou que ainda nesta quarta será realizada uma reunião entre a presidência e os servidores. A última greve dos servidores durou quase um mês e chegou a ser considerada ilegal pela Justiça de Pernambuco. Na época, foi estabelecida uma multa por dia em que a decisão não fosse cumprida e o desembargador Marco Maggi chegou a determinar o bloqueio de R$ 2.320.000 da associação e do sindicato que representam a categoria época.

 

“Aceitar Temer é só para tolos, ignorantes,ou mal-intencionados” afirma Letícia

 

 

Contra o processo de impeachment desde o começo , Letícia Sabatella expressou seu descontentamento com a decisão do Senado de dar prosseguimento ao processo de afastamento da presidenta Dilma, substituída na última semana por Michel Temer.

A atriz postou um desabafo no Facebook e criticou  o presidente interinoe as pessoas que apoiam o peemedebista.

 

“O ódio já fez este Golpe contra todos os direitos dos cidadãos. E aceitar Michel Temer com menos de 1% de popularidade, simplesmente inelegível, Michel Temer, responsável pelo pior do Governo, é só pra tolos, ignorantes, ou mal-intencionados. A Democracia deve ser defendida pelo povo, sim!”, escreveu em seu perfil.

Em Ingazeira, TRE cancelou 582 títulos

 

 

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco emitiu no ultimo dia 12 de maio de 2016, um documento onde consta o cancelamento de 582 títulos de eleitores do município da Ingazeira. A notícia teve grande repercussão pela quantidade de títulos cancelados e principalmente considerando o número anterior de eleitores que estava acima de 4.300.

 
Segundo o site do IBGE a população estimada da Ingazeira em 2015 é de 4.556habitantes, o que não se entendia é que existiam no município 4.309 eleitores. Sendo assim apenas 247 pessoas não votavam. Levando em consideração esses números era possível identificar facilmente que existam na Ingazeira muitos eleitores de outros municípios, inclusive em 2015 houve um recadastramento eleitoral no município estimulado também pelo grande número de eleitores.
 
A grande novidade é que o próprio TRE cancelou os 482 títulos e 11 títulos estão suspensos aguardando resultado. O número atual de eleitores da Ingazeira depois desses cancelamentos é de 3.716.
 
Segundo algumas fontes esses cancelamentos deixaram alguns políticos da Ingazeira muito preocupados. (Ingazeira Agora)
 
Veja o documento do TRE:
 

 

Avião da EgyptAir com 66 pessoas a bordo cai no Mediterrâneo

 

20160519072626449934a

Uma imagem de arquivo, com data de 8 de maio de 2016, mostra o EgyptAir Airbus A 320-200, que desapareceu do radar em rota de Paris para o Cairo. Foto: Andreas Soos/AFP

O avião transportava 66 passageiros, incluindo uma criança e dois bebês, sete tripulantes e três agentes de segurança

Da AFP

Um avião da EgyptAir que seguia de Paris ao Cairo, com 66 pessoas a bordo, caiu nesta quinta-feira no Mediterrâneo, próximo a uma ilha grega, após ter desaparecido dos radares na madrugada por motivos desconhecidos. Acidente ou atentado? Nenhuma informação estava disponível até este momento para explicar o desaparecimento repentino do Airbus A320.

O voo MS804 estava a uma altura de 37 mil pés (11 mil metros) e havia entrado no espaço aéreo egípcio quando desapareceu das telas dos radares às 2h45 do Cairo (21H45 de Brasília, quarta-feira), segundo a Egyptair. Sua tripulação não enviou qualquer mensagem de socorro, segundo o exército egípcio e a aviação civil grega, o que faz supor que um incidente brutal e repentino provocou sua queda.

De acordo com a aviação grega, o piloto da aeronave também não relatou “qualquer problema” em seu último contato. O chefe da diplomacia francesa, Jean-Marc Ayrault, pediu prudência, ressaltando que “nada estava confirmado” à respeito do incidente. “Devemos permanecer muito prudentes antes de fazer comentários, expressar hipóteses”, “muitas informações estão circulando, mas não foram verificadas”, ressaltou, expressando, ao mesmo tempo, “solidariedade” às famílias dos passageiros.

O avião caiu perto da ilha grega de Karpathos, entre Rhodes e Creta, “quando estava no espaço aéreo egípcio”, indicou à AFP uma fonte da aviação civil grega. “Por hora não sabemos por que o avião desapareceu”, declarou um porta-voz da EgyptAir. “Não se pode descartar nenhuma hipótese sobre as causas do desaparecimento”, afirmou o primeiro-ministro francês, Manuel Valls.

A Grécia enviou uma fragata da Marinha, um avião C-130 e um avião militar EMB-145 para participar nas buscas do avião, segundo o ministério da Defesa. Contudo, ainda não há informações sobre a descoberta de destroços do avião. O avião transportava 66 passageiros, incluindo uma criança e dois bebês, sete tripulantes e três agentes de segurança, informou a companhia.

No voo estavam 30 egípcios, 15 franceses, dois iraquianos, um britânico, um canadense, um belga, um português, um argelino, um sudanês, um chadiano, um saudita e um kuwaitiano. No aeroporto do Cairo, os parentes dos passageiros foram levados para um local reservado. Os ministros francês e egípcio das Relações Exteriores, Jean-Marc Ayrault e Sameh Choukry, trocaram condolências, segundo o ministério egípcio, o que faz supor que há vítimas.

Sem alerta – O avião decolou do aeroporto Charles de Gaulle de Paris na quarta-feira às 22h45 horário egípcio (17H45 de Brasília). A previsão de pouso no Cairo era 03h05 (22h45 de Brasília). O contato no radar foi perdido quando o avião estava “acima do Mediterrâneo a 280 km da costa egípcia”, de acordo com a EgyptAir.

“Os controladores aéreos gregos detectaram o avião nos radares às 2h55 locais (21h55 de Brasília) e entraram em contato com o piloto”, disse a fonte. “Três minutos mais tarde (…), quando o avião já havia entrado no espaço aéreo egípcio, desapareceu dos radares”, completou.

O exército egípcio negou nesta quinta-feira ter recebido uma mensagem de emergência do avião A320 da EgyptAir. “As Forças Armadas egípcias afirmam que não receberam nenhuma mensagem de emergência procedente deste voo”, afirmou um porta-voz militar no Facebook.

O fato de que os pilotos não tiveram tempo de enviar uma mensagem de emergência poderia sugerir, segundo especialistas, que aconteceu um incidente brutal e repentino no voo entre Paris e Cairo. Este é mais um anúncio contraditório sobre a existência de uma mensagem de emergência por parte da tripulação do voo MS804 ou de um sinal automático de socorro.

O vice-presidente da EgyptAir, Ahmed Adel, afirmou em um primeiro momento que a tripulação não havia enviado nenhum sinal de emergência. Alguns minutos depois, no entanto, um comunicado da EgyptAir afirmava o contrário e um porta-voz destacou que o exército havia captado uma “mensagem de emergência”, “menos de 10 minutos antes” do desaparecimento do avião dos radares.

O presidente francês, François Hollande, e seu colega egípcio Abdel Fatah al-Sisi concordaram, em uma conversa telefônica, estabelecer uma “cooperação estreita” para determinar “o mais rápido possível as circunstâncias do desaparecimento”, informou o governo da França.

Na Pajeú, Luiz Alberto lança pré-candidatura à prefeito de Carnaíba

 

LuizAlberto-CaueRodrigues-18-05-16

Por André Luis

Hoje nos estúdios da Pajeú, o vereador de Carnaíba Luiz Alberto e o blogueiro e suplente de vereador Cauê Rodrigues, falaram sobre o projeto para criar a terceira via em Carnaíba para disputar as eleições deste ano.

Luiz Alberto disse que estão criando a terceira via, por achar que Carnaíba precisa de mudanças e para isso está lançando o seu nome para disputar eleições para prefeito e o de Cauê Rodrigues como vice.

“Isso não é com a intenção de tomar poder ou de se mostrar. Carnaíba chegou a um ponto, que eu acho que o povo tem que ter a consciência de saber o que bom ou ruim para a cidade,” disse Luiz Alberto.

Luiz Alberto disse ainda que saiu do PSB de forma desonesta, pois foi convidado a se retirar do partido, com a ameaça de cassarem o seu mandato, “fui praticamente expulso do PSB”.

Luiz disse também que está aberto a discussões com a oposição e que estão sendo apoiados pelo deputado Ricardo Costa.

Cauê disse que a amizade com o grupo de oposição contínua a mesma e que aceitou a ideia de uma terceira via, para que as pessoas em Carnaíba possam ter outras opções, “a gente tem que parar com essa coisa da mesmice, sempre o mesmo candidato com aquela sede de poder, querendo sempre estar acima de tudo e estamos encarando, eu e Luiz Alberto, aceitei o convite dele,” disse Cauê.

Cauê disse ainda que o grupo de oposição está forte e assim como Luiz Alberto disse estar aberto para dialogar e dependendo das propostas podem seguir juntos.

Os dois prometem trabalhar em prol dos menos favorecidos de Carnaíba.

 

Mais de 1 milhão de pessoas se inscreveram para o concurso / Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem

Foi divulgado nesta terça-feira (17) o gabarito oficial do concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para os cargos de técnico e analista, realizado em todo Brasil. Outro concurso público que também agitou o dia foi o da Compesa, que lançou o certame com salários até R$ 7,4 mil.

O certame do INSS teve um total de 1.087.789 inscrições para um total de 950 vagas, sendo 800 delas para o cargo de técnico do seguro social e as outras 150 para analista, que exige nível superior. Atualmente, as remunerações são R$ 5.344,87 (técnico) e R$ 7.954,09 (superior). 

O gabarito oficial você confere aqui.

 

 

 

 

 

Presidente regional do PSB reclama das críticas feitas pelos deputados Aluísio Lessa e Felipe Carreras ao senador Armando Monteiro

 

http://3.bp.blogspot.com/-fjIxOp2JVgc/U6XLv4WthZI/AAAAAAAAK40/PMAdVPjQxRI/s1600/DSC_7483.jpg

Por Inaldo Sampaio

O deputado José Humberto (foto), presidente estadual do PTB, sente falta do ex-governador Eduardo Campos como principal líder político do PSB, que tinha por hábito respeitar os adversários e não tecer-lhes críticas no campo pessoal. O petebista ficou particularmente incomodado com “críticas rasteiras” dos deputados Aluísio Lessa e Felipe Carreras ao desempenho do senador Armando Monteiro à frente do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. “Dizer que Armando teve um desempenho pífio à frente da pasta, como disse o secretário do Turismo, revela total desconhecimento do que foi feito por ele ao longo de 1 ano e 4 meses de gestão”, disse o dirigente petebista, lembrando que a atuação do senador como ministro foi reconhecida e elogiada pelos grandes empresários do Brasil, além da mídia especializada. Por isso, garantiu, se Eduardo Campos fosse vivo “esse jogo baixo feito por setores do PSB não aconteceria”.

 

MPPE e SDS propõem mudanças em edital do concurso da PM que vetava a participação de transexuais

 

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) conseguiu a retirada da previsão de desclassificação das pessoas transexuais do edital do concurso da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE). Além disso, serão acrescentadas ao ponto que trata da avaliação física, previsto também no edital, as regras que tratarão do exame realizado nas pessoas transexuais, que deve ser feito de acordo com as condições biológicas de cada pessoa. Esses foram os resultados de uma audiência realizada na última segunda-feira (16), convocada pelo promotor de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos da Capital Maxwell Vignoli.

A reunião foi convocada devido à polêmica envolvendo o item 10.12 do edital do concurso, que se refere ao transexualismo como causa de desclassificação. Na reunião, o representante do Centro Estadual de Combate à Homofobia, Hugo Felipe da Silva, destacou que a polêmica desse ponto do edital foi levantada durante a III Conferência Estadual LGBT, quando foi realizada uma moção de repúdio. No entanto, ele ressaltou que não houve um diálogo entre a população LGBT e as Secretarias de Defesa Social (SDS) e de Administração (SAD).

Por sua vez, o representante da SDS destacou que não houve a intenção de excluir expressamente a participação de qualquer pessoa LGBT do certame e concordou com a retirada do ponto que prevê essa proibição no edital, com a publicação em até 15 dias. Da mesma forma, garantiu que serão estudadas as formas de melhor adequar a situação dos testes físicos.

Já o representante da Polícia Militar de Pernambuco, Murilo Accioly, informou que o edital foi formulado tomando como base editais antigos de outras instituições, de modo que não se percebeu a possibilidade de transfobia diante da confiança nos padrões de editais anteriores que serviram de base para elaborar o documento. No entanto, ao ser percebida a discriminação, a própria SDS entendeu a necessidade de discutir o assunto na audiência com o MPPE.

A coordenadora do GT Racismo da PM, capitã Lúcia Helena Salgueiro, sugeriu que o teste de aptidão física seja feito de acordo com as regras dispostas no Comitê Olímpico Internacional, que dispõe que a pessoa será examinada de acordo com as características físicas que mais se aproximam a um dos sexos binários, a fim de garantir a maior justiça na avaliação. E com relação a identificação das pessoas trans, esta seria feita por meio de laudo médico, antes da realização do exame físico.

A reunião contou com a presença de representantes das Secretarias de Defesa Social (SDS) e de Administração, da Polícia Militar, do Instituto Brasileiro de Transmasculinidade, do Centro Municipal de Referência em Cidadania LGBT e do Centro Estadual de Combate à Homofobia.

 

 

compesa

A Companhia Pernambucano de Saneamento (Compesa) divulgou na tarde desta terça-feira (17) o novo concurso público para formação do quadro profissional da companhia. São oferecidas 65 vagas para os níveis técnico e superior com salários que variam de R$ 1.844,51 a R$ 7.480.

As vagas são para todo o Estado. As inscrições começam no próximo dia 23 e vão até o dia 16 de junho. As inscrições custam R$ 85 para o cargo de analista de saneamento, R$ 70 para o de analista de gestão e R$ 60 para o assistente de saneamento de gestão.

As provas vão ser realizadas no dia 17 de julho. Para os cargos de nível superior a Compesa reservou 24 vagas.

Os aprovados vão começar a ser chamados a partir de setembro. O edital está disponível nosite da Fundação Getúlio Vargas.

                                                                                                                                                                                                              Imagem Ilustrativa

As GTs foram informadas de um possível estupro de vulnerável em Afogados da Ingazeira. O policiamento chegando ao local foi informado pelos pais da vítima (uma criança de 7 anos), que ela teria saído para brincar na casa de J. P. P., 56 anos, que é casado com uma tia da criança. Que depois de algum tempo a criança voltou para casa com as partes genitais sangrando, que em seguida o acusado veio atrás dizendo para não baterem nela que a mesma teria menstruado, momento que a mãe da criança perguntou a ela o que teria ocorrido e na frente do mesmo ela apontou para ele como sendo
Acusado (foto antiga)
 
responsável pela agressão, que na hora o acusado evadiu-se do local. A criança foi levada ao hospital onde foi constatado ter acontecido conjunção carnal. A mesma foi encaminhada ao Recife para fazer uma cirurgia. Buscas estão sendo realizadas na tentativa de localizá-lo. A ocorrência foi passada a disposição da delegacia de polícia local para os procedimentos cabíveis.

 

Wilson Dias

Na reunião que acontece neste momento entre Michel Temer e os líderes partidários, o Palácio do Planalto receberá a mensagem de que grande parte deles apoia André Moura (foto) para a liderança de governo, segundo a coluna de Lauro Jardim em O Globo.

Será um grande diferencial para Temer.

Além de ostentar o título de deputado mais próximo de Eduardo Cunha na Câmara, Moura tem no currículo algo de que nem todos no Parlamento podem se orgulhar: é investigado no STF pela tentativa de homicídio do vigia de um adversário.

Bruno Araújo foi escolhido ministro das Cidades do governo de Michel Temer

 
 
Fotos Públicas
Segundo a pasta, decisão do ministro Bruno Araújo (PSDB) visa a análise e discussão de uma das modalidades do programa
 
Bruno Araújo foi escolhido ministro das Cidades do governo de Michel Temer
 
O novo ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), revogou nesta terça-feira (17) uma portaria que autorizava a ampliação do programa habitacional Minha Casa Minha Vida. A medida, que habilitava a contratação de unidades na modalidade entidades, foi publicada na última quarta-feira (11), um dia antes da votação no Senado do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.
 
Segundo o Ministério das Cidades, a revogação da portaria é uma medida de cautela pois as autorizações foram assinadas e publicadas nos últimos dias do governo anterior e sem os recursos necessários para o atendimento.
 
“A partir de agora, as equipes técnicas da Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades vão analisar e discutir o modelo de habilitação na modalidade entidades”, informou o ministério.
 
De acordo com o ministério, a contratação nesta modalidade representa 1,5% de todo o programa Minha Casa Minha Vida.

Eduardo Cunha entra com recurso no STF para reverter ação que o transformou em réu na Lava Jato

http://www.jornalapagina.com/wp-content/uploads/2016/04/EDUARDO-CUNHA.jpg

A defesa do presidente da Câmara afastado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), entrou nesta terça-feira (17), com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar reverter à decisão dos ministros de transformá-lo em réu na Operação Lava Jato. Os chamados embargos de declaração terão que ser analisados pelo ministro relator do caso, Teori Zavascki, e serão levados posteriormente para a apreciação em plenário. Em tese, esse tipo de recurso não tem o poder de mudar uma decisão, apenas de esclarecer a possibilidade de “obscuridade, omissão ou contradição” em uma posição tomada anteriormente pela Corte.

Na peça, os advogados de Cunha argumentam que há esses três elementos na decisão tomada em março pelo Supremo de aceitar a denúncia de que o peemedebista cometeu crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, por seu suposto envolvimento no esquema de desvios na Petrobrás. No entendimento do Supremo, Cunha cometeu os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro ao usar o seu cargo de deputado para pressionar pela retomada de um esquema de propina em 2011. Esses recursos, que somariam US$ 5 milhões, seriam fruto de contratos da venda de navios-sonda para a Petrobras em 2006 e 2007.

Na peça, a defesa de Cunha questiona o fato de o Supremo ter entendido que o peemedebista teve condutas delituosas nesses dois momentos, mas não conseguiu demonstrar “um único episódio que se referisse a uma ação praticada” pelo peemedebista. Os advogados também questionam a questão temporal, uma vez que Cunha teria recebido propina em 2011, referente a “crimes consumados quatro e cinco anos antes”.

Apesar de o julgamento ter sido em março, o inteiro teor do acórdão foi publicado no último dia 12. Somente após a divulgação dessa peça é que a defesa pode entrar formalmente com recursos na Corte. O fato de Cunha ser réu na Lava Jato foi um dos argumentos usados pelos ministros do STF para determinar, no mês passado, o afastamento de Cunha do mandato e do comando da Câmara. Na avaliação dos ministros, a condição seria incompatível com o fato de estar na linha sucessória da presidência da República.

Na ocasião, os ministros também argumentaram que Cunha usava o cargo para impedir os avanços das investigações contra ele tanto na Justiça como no Conselho de Ética da Câmara. Além de réu nesta ação penal, Cunha também é alvo de outra denúncia no Supremo e responde a quatro inquéritos por suspeita de envolvimento em corrupção.

Solange
A ex-deputada federal Solange Almeida (PMDB-RJ) também entrou com recurso no Supremo. Ela foi acusada de usar o cargo de deputada em favor de Cunha ao apresentar dois requerimentos na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara para pressionar lobistas envolvidos no esquema de corrupção da Petrobras a retomarem os pagamentos de propina prometidos ao presidente da Câmara e que, na época, haviam sido interrompidos.

A defesa da ex-deputada, que hoje é prefeita de Rio Bonito (RJ), afirma que não há nem na denúncia nem no acórdão publicado pelo STF qualquer indício de que ela tenha recebido “vantagem indevida” ao fazer os dois requerimentos.

 

Homem cai do teleférico em Triunfo 

 
 
Homem cai do teleférico em Triunfo e é transferido para Hospam em Serra Talhada
 
Um grave acidente ocorreu na manhã desta terça-feira (17) na cidade Triunfo. Segundo testemunhas, um funcionário do Sesc trabalhava na manutenção do teleférico localizado no centro da cidade quando caiu da base do equipamento. Jonatas Patrício Pereira Souza, de 33 anos, fazia a manutenção dos aparelhos quando despencou da altura de aproximadamente 10 metros.
 
A vítima foi prontamente socorrida para o Hospam, em Serra Talhada. O FAROL conversou com o irmão da vítima, Jeykson Fabrício Pereira Souza, de 29 anos, que não soube precisar o estado de saúde de Jonatas. “Eu estava trabalhando, não sabemos ainda ao certo se ele estava trabalhando na torre ou na base do teleférico, o hospital ainda também não nos disse qual o quadro de saúde dele”, declarou Jeykson.
 
A reportagem do FAROL também conversou com a Assistência Social do Hospam que informou que a vítima chegou na unidade consciente e sofreu diversas fraturas. “O paciente chegou consciente, mas o diagnóstico dele não está fechado. Ele foi diretamente levado para a sala de cirurgia e em seguida transferido para a Clínica São Francisco”, informou o hospital.(Via: Farol de Notícias / repórter Jamilys Nogueira)

 

Na TV, Armando Monteiro estimula candidatura do Dr. Nena em Serra Talhada

 
Na TV, Armando Monteiro estimula candidatura do Dr. Nena em Serra Talhada
 
Segundo está no blog de Magno Martins, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) voltou a tomar gosto pela política municipal.
 
Em Serra Talhada, segundo maior colégio eleitoral do Sertão, gravou depoimento para o pré-candidato a prefeito pela Frente Trabalhista, Doutor Nena Magalhães.
 
Nena enfrentará o prefeito Luciano Duque (PT), que disputa a reeleição. está na briga também o médico Fonseca Carvalho (PR), este apoiado pelo secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, presidente da legenda no Estado.
 
Como já amplamente divulgado na Capital do Xaxado, a candidatura do Dr. Nena vem se fortalecendo, e “pelo caminhar da carruagem”, conforme comenta-se, deve polarizar a campanha com Duque, jogando para terceira via a candidatura do PR.
 
 

Após tombar, carreta incendeia na Serra de Teixeira

 

Uma carreta tombou e incendiou na manhã desta terça-feira, dia 17, por volta das 06h00, na Serra de Teixeira, na PB 110. O caso deixou a rodovia interditada nos dois sentidos e causou pânico na localidade, pois as chamas se alastraram rapidamente e se temia explosão.
 
Várias guarnições do 4º Batalhão do Bombeiro Militar (4º BBM), da cidade de Patos, se deslocaram até o local do fato e conseguiram conter as chamas. De acordo com informações das guarnições, o motorista da carreta conseguiu sair da cabine e não sofreu danos físicos.
 
A reportagem do portal Teixeira em Foco conversou com o motorista e o mesmo disse que o caminhão já vinha sem responder aos comandos dos freios, “Me vi num desespero, quando apertei e os freios não estavam respondendo, tive que jogar o caminhão na montanha, foi quando ele tombou, não sei ainda como sobrevivi”, disse o motorista ao jornalista Thercio Rocha.
 
A carreta estava carregada com sacos de batata e se deslocava com destino a cidade de Patos. A polícia militar esteve no local e relatou que não existe expectativa para liberar o trânsito. Estudantes, pacientes e trabalhadores, dentre outros que necessitam se deslocar, estão impossibilitado de locomover até a cidade de Patos.
 
Até às 08h00 desta terça-feira o veículo ainda estava interditando a PB 110 no aguardo de remoção.
 
Acidentes com caminhões e carretas na Serra de Teixeira tem sido frequentes e as autoridades de trânsito pedem cautela, pois a serra é íngreme e as curvas perigosas. (Patos On Line)
 
 

 

mendonca-filho-rafael-carvalho-1024x679

Uol

O novo ministro da Educação, Mendonça Filho, afirma que apoiará a cobrança de mensalidades em cursos de extensão e pós-graduação nas universidades públicas caso as instituições assim desejem. Em 2015, ainda como deputado federal, Mendonça posicionou-se a favor de 1 projeto sobre o tema.

A medida, sustenta o ministro, daria fôlego aos caixas das universidades, afetados nos últimos anos em decorrência da queda na arrecadação de impostos. A USP (Universidade de São Paulo), por exemplo, registra déficit desde 2013 e projeta um rombo de R$ 543 milhões para este ano.

O ex-deputado foi um dos 318 a aprovarem, em 1º turno, a PEC (proposta de emenda à Constituição) que permite às universidades públicas oferecerem vaga não gratuita para cursos de extensão, de pós-graduação lato sensu e de mestrado profissional. O projeto ainda tramita da Câmara e precisa ser votado em 2º turno antes de ser encaminhado ao Senado.

“Embora não seja prioritária no momento, esta é uma discussão que deve ser feita com os reitores e representantes das universidades”, afirma o novo ministro da Educação. “Na época da votação da PEC [outubro de 2015], esta era uma demanda muito forte do setor”.

Mas Mendonça Filho diz que sua gestão terá como principal foco a educação básica. Se isso de fato ocorrer, haverá uma espécie de rompimento com uma agenda voltada ao ensino superior que vigorou durante os governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

“Mas isso não significa que haverá descontinuidade de programas voltados à educação superior”, diz. “Nos últimos anos, o Brasil conseguiu universalizar o acesso às universidades. O desafio agora é investir em qualidade no ensino básico.”

Ainda não há, no entanto, nenhuma proposta estruturada. O ministro pretende completar, ainda nesta semana, o núcleo de sua equipe, que até agora conta com a secretária-executiva, Maria Helena Guimarães de Castro, e a presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), Maria Inês Fini.

marco-aurelio-mello

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello liberou para julgamento uma ação que discute a obrigatoriedade de a Câmara dos Deputados ter que dar seguimento ao processo de impeachment do presidente interino Michel Temer (PMDB).

Agora, cabe ao presidente do STF, Ricardo Lewandowski, marcar a data da sessão que vai discutir o caso. Em abril, Marco Aurélio concedeu uma liminar (decisão provisória) determinando que fosse instalada uma comissão especial da Câmara para discutir o afastamento de Temer, então vice-presidente.

Numa manobra acertada por líderes partidários, a comissão ainda não foi instalada porque nem todas as legendas indicaram representantes. O processo de impeachment de Temer foi apresentado pelo advogado Mariel Márley Marra e chegou ao STF porque foi arquivado na época pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – que foi afastado pelo STF do mandato e da presidência da Câmara- sob a justificativa de que não existiam elementos de que o vice cometeu crime de responsabilidade.

O advogado alega que o vice-presidente cometeu crime de responsabilidade e teria atentado contra a lei orçamentária ao assinar decretos autorizando a abertura de crédito suplementar sem autorização do Congresso. As irregularidades são as mesmas que motivam o atual pedido de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, em discussão no Senado.

No início da madrugada desta terça-feira (17), pouco depois da meia noite, o bairro de Itaparica, em Jatobá, no Sertão de Pernambuco, assistiu a uma nova investida de ladrões ao posto de atendimento do Banco do Brasil naquela cidade. As instalações do Banco foram severamente danificadas pela violência da explosão, com desabamento de parte do teto e paredes.

Segundo o Comandante da 4ª CIPM, Major Lenildo, cerca de oito homens, em uma picape Hilux preta, foram os responsáveis pela ação, com uso de explosivos, que destruiu parte do prédio em que funcionava o ponto de atendimento bancário. 

De acordo com Major Lenildo, os bandidos fugiram sem levar dinheiro, pois os caixas eletrônicos estavam vazios. Policiais militares que estavam em Jatobá, deslocaram-se para o local, mas não obtiveram êxito na captura dos bandidos, segundo o oficial da PMPE. 

Esta não é a primeira vez que o posto do Banco do Brasil em Jatobá é alvo da mesma ação. As informações são de Assis Ramalho.

 

ccc

O presidente em exercício Michel Temer (PMDB) nomeou para o cargo de Subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República, o advogado Gustavo do Vale Rocha, advogado do presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Gustavo do Vale Rocha é membro Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). A nomeação foi publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira, 16.

Em maio de 2015, o Senado aprovou a nomeação de Vale Rocha para integrar o CNMP no biênio 2015-2017. O advogado, indicado pela Câmara dos Deputados, foi sabatinado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Durante a sabatina, o advogado confirmou, após perguntas de parlamentares, advogar para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mas apenas em ações privadas, sem relação com o Ministério Público. Ele acrescentou não ser advogado de nenhum parlamentar envolvido na Operação Lava Jato.

“Agirei com a isenção e a imparcialidade necessárias. Vossas excelências podem ter certeza disso”, assegurou por diversas vezes ao longo da sabatina.

Rocha entrará no lugar de Jorge Rodrigo Araújo Messias, o ‘Bessias’, mensageiro do “polêmico” termo de posse que a agora presidente afastada Dilma Rousseff enviou ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quando pretendia nomeá-lo para a Casa Civil. Após o afastamento de Dilma, Messias passou a fazer parte da equipe a serviço do Gabinete Pessoal da Presidência, grupo designado para continuar trabalhando para Dilma até a conclusão da análise do pedido de impeachment.

O CNMP é composto por 14 conselheiros, que são indicados por suas instituições de origem e precisam também da aprovação do Senado Federal e da Presidência da República para assumir o cargo. A indicação é para uma gestão de dois anos, sendo que os conselheiros podem ser reconduzidos aos cargos por mais um mandato. O presidente do Conselho é o procurador-geral da República. Cabe aos conselheiros, entre outras atividades, elaborar projetos, propostas ou estudos sobre matérias de competência do CNMP.

 

Única brasileira com vaga já garantida no pentatlo moderno feminino nas Olimpíadas de 2016, a afogadense Yane Marques está em Paris para um treinamento intenso de duas semanas antes de seguir para o Mundial da Rússia, última grande competição antes dos Jogos no Rio.
 
 
 
Serra sem lei: Idoso é assassinado no Pátio da Feira Livre, em Serra Talhada
 
 
 
Idoso é morto no Pátio da Feira Livre, no centro de Serra Talhada
Um idoso foi assassinado na manhã desta segunda-feira (16), por volta das 09h00 da manhã, no pátio da feira livre, no centro da cidade de Serra Talhada, Sertão do Pajeú.
 
As primeiras informações dão conta que o idoso de aproximadamente 75 anos, conhecido identificado preliminarmente como “Brazinho do Xique-Xique”, residente na COHAB, foi morto a tiros por um homem de baixa estatura e aparentemente idoso também. O algoz se aproximou da vítima e efetuou os disparos de arma de fogo na cabeça da mesma, que veio a óbito no local. após o crime, o assassino se evadiu, tomando destino ignorado.
 
A polícia esteve no local e está realizando diligências, no intuito de capturar o algoz de “Brazinho do Xique-Xique”.

 

 

:

 

 

Alex Rodrigues, repórter da Agência Brasil – O despacho do juiz Sérgio Moro que autorizou a Polícia Federal (PF) a instaurar um inquérito para apurar se empresas investigadas na Operação Lava Jato pagaram por obras de melhorias em um sítio frequentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi publicado ontem (9) “inadvertidamente” no site do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, por um equívoco do Poder Judiciário.

A divulgação do despacho inicial que, segundo o próprio Moro, deveria ser sigiloso, permitiu que a imprensa noticiasse a intenção da PF de apurar a eventual relação entre empresas investigadas na Lava Jato, como as construtoras OAS e Odebrecht, e o sítio frequentado por Lula.

Em um novo despacho divulgado na manhã de hoje (10), Moro afirma que a decisão anterior foi “lançada automática e inadvertidamente” no sistema que permite ao público consultar os processos que tramitam na Justiça Federal sem os devidos cuidados para manter o segredo sobre a investigação.

Em seu primeiro despacho, datado do último dia 4 e divulgado no site do TRF4 às 18h22 dessa terça-feira (9), o juiz determinava que, a partir daquele momento, toda a investigação corresse em segredo de justiça, incluindo sua própria decisão.

“Além da extensão da investigação para além do âmbito da empresa OAS, entendemos que as diligências em curso demandam necessário sigilo, já que o fato ainda está em investigação, razão pela qual foram carregados documentos com nível de sigilo diferenciado [nível 2] daquele atualmente existente no IPL [Inquérito Policial] 0594/2014, inclusive esta própria representação”, sentenciou Moro, deixando claro que o próprio despacho deveria estar inacessível ao público.

Após o despacho ter se tornado público e a imprensa ter noticiado o fato, Moro reconheceu, em outro despacho publicado às 11h11 de hoje (10), que “prejudicado o sigilo” da decisão de desmembrar o inquérito, já “não faz sentido mantê-lo [o sigilo do despacho inicial]”. A nova decisão se aplica apenas à divulgação da autorização para que a PF investigue a relação do imóvel localizado em Atibaia (SP) com a empresa OAS e outras empresas e pessoas físicas investigadas na Operação Lava Jato.

As suspeitas de que o ex-presidente Lula ou pessoas investigadas na Operação Lava Jato tenham algum vínculo com o sítio de Atibaia surgiram recentemente e vinham sendo investigadas dentro do Inquérito Policial 0594. Para a PF, como o inquérito inicial já foi relatado, faltando apenas o resultado de algumas perícias para ser concluído, era necessário desmembrar os autos para dar prosseguimento à apuração.

Há indícios de que construtoras pagaram para reformar a propriedade, registrada em nome de Fernando Bittar e Jonas Suassuna, sócios de um dos filhos do ex-presidente Lula, Fábio Luis Lula da Silva, na empresa Gamecorp. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a ex-primeira dama, Marisa Letícia, comprou um pequeno barco de pesca de alumínio e pediu que o equipamento fosse entregue na chácara.

O Instituto Lula informou que o ex-presidente e Dona Marisa frequentam o sítio em momentos de folga, a convite dos donos, que são amigos da família. Em nota, o instituto disse haver uma tentativa de associar o petista a supostos atos ilícitos para “macular a imagem do ex-presidente”. Procurado, o instituto não se manifestou sobre a divulgação inadvertida da decisão de Moro

Arcoverde: Revoltada com falta de médico mulher quebra porta de hospital

 

De acordo com informações relatadas pela Polícia Militar, Neuma Gomes Ribeiro, 21 anos, promoveu uma verdadeira baderna no Hospital Regional de Arcoverde por volta das 06h deste domingo (15). Neuma chegou ao hospital com um filho, menor de 2 anos, e constatou que não havia médico para atendê-lo.

 

Irritada com a falta de assistência e completamente descontrolada, ela quebrou uma porta de vidro da entrada da Unidade Hospitalar. Um guarnição da Polícia Militar foi ao local e deteve a imputada. Neuma foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil – DPC local onde foi autuada em flagrante delito, pagou fiança, sendo posteriormente liberada.

 

Dois jovens morrem de acidente na BR-110 em Jatobá, no Sertão de PE

 

 
Na noite deste domingo, dia (15), dois jovens morreram em um acidente de trânsito na BR 110 no KM 209, nas proximidades da comunidade Malhada Grande, em Jatobá, no Sertão de Pernambuco.
 
O acidente foi entre um veiculo corolla e uma motocicleta Shineray, e vitimou fatalmente os jovens Wellington Andrey, de 20 anos, e o menor Alex Ferreira, de 14 anos. O proprietário do veículo segundo informações tem uma propriedade na Malhada Grande de piscicultura, e estava acompanhado de mais uma pessoa, porém tiveram ferimentos leves, foram atendidos no hospital de Itaparica e passam bem. 
 
O menor Alex foi socorrido com vida, mas veio a falecer antes mesmo de chegar ao hospital, e o seu amigo Wellington Andrey morreu no local do acidente. A causa do acidente até o momento ainda é desconhecida. 

 

Prefeito de Tabira diz a verdade ao povo e chama de oportunistas os prefeitos que não tomaram posição sobre o impeachment

 

 

SAM_2636

Durante ato promovido pela Fetape e o PT em Tabira na última 5ª feira o Prefeito de Tabira Sebastião Dias (PTB) atacou os gestores municipais que não se posicionaram sobre o impeachment da Presidenta afastada Dilma Rousseff.

Disse o prefeito Sebastião Dias , : “Nós temos obrigação de se posicionar. Quem ficar em cima do muro, eu digo que é um oportunista que não tem pensamento próprio e está esperando a vantagem. Se Dilma ficar, eu fico. Se Temer ficar, eu tô na boa. Isso não é posição de que tem militância que levou a cadeira de prefeito”.

 Prefeitos que não se manifestaram  Joelson (Calumbi), Delson Lustosa (Santa Terezinha) e José Patriota (Afogados da Ingazeira).

 

OAB defende saída de ministros de Temer investigados pela Lava Jato

 

OAB-logo

 

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, defendeu neste sábado (14) que políticos investigados pela operação Lava Jato, que apura corrupção na Petrobrás, não devem ocupar ministérios do governo do presidente em exercícioMichel Temer.

“Quem é investigado pela Operação Lava Jato não pode ser ministro de Estado, sob o risco de ameaçar a chance que o Brasil tem de trilhar melhores rumos”, diz Lamachia em nota. “Faço o alerta de que a nomeação de investigados contraria os anseios da sociedade e não deveria ser feita.”

De acordo com o Blog do Matheus Leitão, dois ministros de Temer, Romero Juca (PMDB-RR), do Planejamento, e Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), do Turismo, são investigados pela Lava Jato. A decisão do presidente em exercício dá aos dois foro privilegiado.

O ex-diretor da Petrobras e delator Paulo Roberto Costa afirmou que negociou com Jucá apoio para sua permanência no cargo em troca de propinas ao partido. Já Alves é suspeito de receber propina disfarçada de doações eleitorais de Léo Pinheiro, dono da OAS.

Justiça Lamachia afirma que a OAB poderá entrar na Justiça para pedir a saída desses ministros, caso eles se tornem réus nos processos que apuram as suspeitas de envolvimento com o escândalo na estatal.

“No futuro, se necessário, a Ordem avaliará o uso dos instrumentos jurídicos cabíveis para requerer o afastamento das funções públicas dos ministros que se tornarem réus. Foi com base nesse entendimento que a OAB pediu o afastamento do deputado Eduardo Cunha e do então senador Delcídio do Amaral.”

Ainda na nota, Lamachia diz que “todos os cidadãos têm direito à ampla defesa e ao devido processo legal.” Entretanto,  aponta que o ministério “precisa estar acima de qualquer suspeita.”

“Os investigados devem poder se defender sem, para isso, comprometer a credibilidade dos ministérios.”

Para o presidente da OAB, é preciso que Temer faça de seu governo “um exemplo ético” para “validar a legitimidade.”

“Considero que o novo governo, alçado ao poder pela via constitucional e não pela via eleitoral, precisa ser um exemplo ético para poder atender aos anseios da sociedade e validar sua legitimidade.”

“A OAB torce pelo sucesso do Brasil. Por isso, cobrará que, diferentemente do anunciado, o novo ministério não seja composto por pessoas sobre as quais pesem dúvidas”, diz Lamachia na nota.

Cinco ruas são inauguradas em Afogados da Ingazeira, confira fotos exclusivas

 

 
 
Centenas de famílias afogadenses, do Bairro São Braz e do Conjunto Residencial Miguel Arraes, comemoraram neste final de semana, a pavimentação de cinco ruas, ficando livres da poeira e da lama e vendo seus imóveis serem mais valorizados.
 
a inaugurações ocorreu no Residencial Miguel Arraes, na última sexta (13), onde o Prefeito  inaugurou as pavimentações das Ruas Antônio Marques Filho, José Pereira de Moraes e Romão Barbosa da Silva, estas últimas denominadas através de lei de autoria do Vereador Augusto Martins. As pavimentações foram discutidas com a população, em reuniões do tipo “tamborete na porta”, e atendendo a parte do requerimento do Vereador Raimundo Lima, que pede a pavimentação de todas as ruas do residencial.
 
“Além das ruas que inauguramos hoje, aqui já inauguramos o centro de educação infantil Maria Genedi Magalhães, além de assegurarmos o calçamento em frente à creche, e em breve, anunciaremos novidades para a área hoje abandonado do antigo presídio,” destacou o Prefeito 
 
No sábado, a comitiva chegou ao Bairro São Braz, onde Prefeito e Vereadores entregaram à população a pavimentação das Ruas Nossa Senhora Aparecida e Dinamérico Lopes. Esta última, atendendo a um requerimento dos Vereadores Cícero Miguel, Renon de Ninô e Antonieta Guimarães.
 
No São Braz, além de diversos calçamentos já realizados (a exemplo das Ruas Floriano Peixoto e Geraldo Cipriano), a Prefeitura entregou a melhor e mais moderna unidade de saúde do município. “Estamos trabalhando para, em breve, inauguramos a reforma e ampliação da Escola Domingos Teotônio, que ganhará novas e modernas instalações, com um primeiro andar para ampliar o número de classes,” anunciou Patriota. 
 
Participaram os vereadores Augusto Martins, Antonieta Guimaraes, Pedro Raimundo, Luiz Besourão, Igor Mariano, Cícero Miguel, Raimundo Lima, Renaldo Lima e José Carlos.
 
Investimentos – as cinco ruas representaram investimentos de quase meio milhão de Reais, com recursos da Prefeitura, Governo de Pernambuco (FEM) e Caixa Econômica Federal. Ao todo, foram inaugurados 5.457 metros quadrados de pavimentação nas cinco ruas.
Lixeiras são instaladas no centro de Afogados da Ingazeira

 

A ação visa atender as principais ruas do centro de Afogados, de modo a facilitar a coleta e garantir aos cidadãos espaço para que seja depositado o seu lixo, evitando assim que o mesmo seja jogado no chão.
 
A instalação das lixeiras neste Domingo (15) foi pessoalmente supervisionada pelo Secretário Municipal de Infraestrutura, Silvano Brito. “Nessa primeira etapa estamos instalando cinquenta lixeiras, nas cores laranja e com a logomarca da gestão. Começamos pela Avenida Rio Branco, Praça Arruda Câmara, e seguiremos para A Avenida Manoel Borba e demais ruas do Centro,” afirmou Silvano.
 

Salgueiro faz campanha de combate à exploração sexual de crianças

 

 
Nos dias 17 e 18 de maio, a cidade de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, vai receber várias ações da ‘Campanha de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’. A iniciativa partiu de vários órgãos e entidades governamentais com a promoção de palestras educativas em escolas e espaços públicos da cidade.

Segundo a coordenadora do Creas Municipal de Salgueiro, Maria Ivanuzia de Barros Silva,  as atividades em Salgueiro começaram desde o dia 27 de abril e têm como objetivo é mobilizar e conscientizar as crianças, adolescentes, jovens e a comunidade em geral sobre o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. “Esse ano fizemos a mobilização com os adolescentes com a confecção de flores e vamos distribuir o material gráfico, além das flores que é o símbolo da campanha”, explica.

Resultado de imagem para inss

 

GABARITO EXTRAOFICIAL INSS – PROVA BETA – TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL

www.blogmarcosmontinely.com.br
Questão      Questão      Questão    
1 C E 41 C E 81 C E
2 C E 42 C E 82 C E
3 C E 43 C E 83 C E
4 C E 44 C E 84 C E
5 C E 45 C E 85 C E
6 C E 46 C E 86 C E
7 C E 47 C E 87 C E
8 C E 48 C E 88 C E
9 C E 49 C E 89 C E
10 C E 50 C E 90 C E
11 C E 51 C E 91 C E
12 C E 52 C E 92 C E
13 C E 53 C E 93 C E
14 C E 54 C E 94 C E
15 C E 55 C E 95 C E
16 C E 56 C E 96 C E
17 C E 57 C E 97 C E
18 C E 58 C E 98 C E
19 C E 59 C E 99 C E
20 C E 60 C E 100 C E
21 C E 61 C E 101 C E
22 C E 62 C E 102 C E
23 C E 63 C E 103 C E
24 C E 64 C E 104 C E
25 C E 65 C E 105 C E
26 C E 66 C E 106 C E
27 C E 67 C E 107 C E
28 C E 68 C E 108 C E
29 C E 69 C E 109 C E
30 C E 70 C E 110 C E
31 C E 71 C E 111 C E
32 C E 72 C E 112 C E
33 C E 73 C E 113 C E
34 C E 74 C E 114 C E
35 C E 75 C E 115 C E
36 C E 76 C E 116 C E
37 C E 77 C E 117 C E
38 C E 78 C E 118 C E
39 C E 79 C E 119 C E
40 C E 80 C E 120 C E

Blogmarcosmontinely.com.br

PORTUGUÊS 1 A 15

Texto  I

1 Naquele novo apartamento da rua Visconde de Pirajá

pela primeira vez teria um escritório para trabalhar. Não era um

Cômodo muito grande, mas dava para armar ali a minha tenda

4 de reflexões e leitura: uma escrivaninha, um sofá e os livros.

Na parede da esquerda ficaria a grande e sonhada estante

onde caberiam todos os meus livros. Tratei de encomendá-la a

7 seu Joaquim, um marceneiro que tinha oficina na rua Garcia

D´Ávila com Barão da Torre.

O apartamento não ficava tão perto da oficina. Era

10 quase em frente ao prédio onde morava Mário Pedrosa, entre

a Farme de Amoedo e a antiga Montenegro, hoje Vinicius de

Moraes. Estava ali havia uma semana e nem decorara ainda o

13 número do prédio. Tanto que, quando seu Joaquim, ao

Preencher a nota de encomenda, perguntou-me onde seria

Entregue a estante, tive um momento de hesitação. Mas foi só

16 um momento. Pensei rápido: “Se o prédio do Mário é 228,

o meu, que fica quase em frente, deve ser 227”. Mas

lembrei-me de que ao ir ali pela primeira vez, observara que,

19 apesar de ficar em frente ao do Mário, havia uma diferença na

numeração.

– Visconde de Pirajá, 127 – respondi, e seu

22 Joaquim desenhou o endereço na nota.

– Tudo bem, seu Ferreira. Dentro de um mês estará

Lá na sua estante.

25           – Um mês, seu Joaquim! Tudo isso? Veja se reduz

Esse prazo.

– A estante é grande, dá muito trabalho…Digamos,

três semanas.

No que se refere aos sentidos do texto I, julgue os próximos itens.

  1. A expressão “armar ali a minha tenda” (l.3) foi empregada no texto em sentido figurado.
  2. De acordo com as informações do texto, Vinicius de Moraes passou a morar no apartamento onde antes residia Mário Pedrosa.
  3. O “momento de hesitação (l.15) vivido pelo narrador deveu-se ao medo de informar o endereço a um desconhecido.
  4. O verbo dever foi empregado na linha 17 no sentido de ser provável.
  5. O trecho “dá muito trabalho”(l.27) constituiu uma referência de seu Joaquim à confecção da estante, tarefa que, segundo ele, seria trabalhosa.
  6. De acordo com as informações do texto, é correto inferir que seu Joaquim era analfabeto, uma vez que ele “desenhou o endereço na nota” (l.22).

Julgue os seguintes itens a respeito de aspectos linguísticos do texto I.

  1. No período “Tanto que quando (…) momento de hesitação”(l.13 a l.15), o emprego de todas as vírgulas deve-se à mesma regra de pontuação.
  2. A correção gramatical e o sentido do texto seriam preservados, caso se substituísse o trecho “lembrei-me de que (l.18) porlembrei que.
  3. A forma verbal “teria” (l.2) está flexionada na terceira pessoa do singular, para concordar com “apartamento” (l.1), núcleo do sujeito da oração que ocorre.
  4. Seria mantida a correção do texto caso o trecho “onde caberiam” (l.6) fosse substituído por que caberia.

 Clik no link a abaixo para conferir toda a prova 

 

Continue reading

 

 

:  

Embora a Rede Globo esteja se esforçando para legitimar o presidente interino Michel Temer diante da população, a crise política ainda parece longe de terminar.

Na edição deste domingo do Fantástico, o repórter Rodrigo Alvarez foi ao vilarejo onde os pais de Temer nasceram para mostrar a festa dos seus “brimos”. Depois disso, diversas pessoas comuns enviaram perguntas a Henrique Meirelles, que foi também entrevistado por Polyanna Abritta.

O clímax da edição seria a entrevista de Michel Temer à jornalista Sônia Bridi, mas ela provocou panelaços em praticamente todas as capitais do País, durante os cerca de 30 minutos em que a Rede Globo dedicou ao presidente interino.

No centro do Rio e de São Paulo, gritava-se “Fora, Temer” das janelas e “fora, golpista”.

Na entrevista, Temer disse que pretende deixar como legado um país com desemprego menor e pacificado. Disse ainda que não pretende disputar a reeleição, mas não assumiu esse compromisso em nenhuma hipótese. No ponto mais revelador, ele não se posicionou sobre seu polêmico aliado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que, em entrevista neste domingo, fez questão de demonstrar intimidade com o presidente interino. “O Michel conversava com os partidos, não só eu falava, não. Eu participei de muitas conversas e de muitos debates, não é que cobrei, eu não preciso cobrar o Michel pra ele cumprir os acordos. Ele sabe os acordos que ele tem que fazer ou não pra ter sua base política”, disse Cunha (leia aqui).

Neste domingo, milhares de mulheres foram às ruas exigir a saída de Temer e a volta da presidente Dilma Rousseff ao poder (saiba mais aqui).

 

Nas redes sociais, a hashtag #ForaTemer se tornou uma das mais comentadas do mundo e internautas 

 

Projeto São Francisco: conheça o maior empreendimento hídrico do país

????????????????????????????????????

As obras que têm transformado a paisagem do sertão brasileiro serão responsáveis por levar água a mais de 12 milhões de pessoas. Maior obra de infraestrutura hídrica do país, o Projeto São Francisco se estende por 477 quilômetros divididos em dois eixos – Norte e Leste. A iniciativa vai garantir a segurança hídrica de 12 milhões de pessoas em 390 municípios nos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

O empreendimento engloba a construção de 13 aquedutos, nove estações de bombeamento, 27 reservatórios, nove subestações de 230 quilowatts, 270 quilômetros de linhas de transmissão em alta tensão e quatro túneis. O projeto possui o maior túnel (Cuncas 1) da América Latina para transporte de água, com 15 quilômetros de extensão. As obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco passam pelos seguintes municípios no Eixo Norte: Cabrobó, Salgueiro, Terra Nova e Verdejante (PE); Penaforte, Jati, Brejo Santo, Mauriti e Barro (CE); em São José de Piranhas, Monte Horebe e Cajazeiras (PB). Já no Eixo Leste, o empreendimento atravessa os municípios pernambucanos de Floresta, Custódia, Betânia e Sertânia; e em Monteiro, na Paraíba.

A Integração do Rio São Francisco é um relevante empreendimento de engenharia, com alto grau de complexidade. A obra é semelhante a outras transposições no mundo, como na China, Espanha e Egito, em que a conclusão dos empreendimentos foi superior a dez anos.

Vazão do rio São Francisco

O projeto não prejudicará o rio São Francisco. As ferramentas de simulação hidrológica utilizadas pela Agência Nacional de Águas (ANA) mostram que o projeto pode captar 26,4 m³/s, mesmo em períodos muito secos. Isso representa 1,4% da vazão média do rio, ou seja, duas colheres de sopa para cada litro d’água despejado no mar. Na cheia, a captação pode chegar a 127 m³/s, sem prejudicar o rio.

Ritmo das obras e expectativa de conclusão

O Projeto de Integração do Rio São Francisco é uma prioridade do governo federal. Hoje, a execução física do empreendimento é de 86,3%, conforme dados de abril de 2016, sendo 87,7% no Eixo Norte e 84,4% no Eixo Leste. O governo federal já acionou os motores da primeira Estação de Bombeamento do Eixo Norte (EBI-1) e de duas estações no Eixo Leste, EBV-1 e EBV-2. Os outros trechos da obra serão entregues em etapas até o final de dezembro de 2016.

Uso previsto para a água

A prioridade do projeto é o abastecimento humano e a dessedentação animal (suprir necessidades de água para animais). É considerado também como um instrumento que promove o desenvolvimento regional do interior e das zonas metropolitanas dos quatro estados beneficiados (Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Paraíba).

Após atender a prioridade de abastecimento, o projeto possibilitará o desenvolvimento econômico, por meio do aproveitamento dos reservatórios locais. Com a chegada do reforço hídrico do São Francisco, a água local pode ser aproveitada para gerar renda e desenvolvimento socioeconômico das famílias. Será viável, por exemplo, o suprimento de indústrias, empreendimentos turísticos e agrícolas.

 

 

MESMO INTERINO, TEMER DESFAZ MEDIDAS DE DILMA

 

O ministro da Casa Civil do governo Michel Temer (PMDB), Eliseu Padilha, já começou a reavaliar todas as ações da presidente afastada, Dilma Rousseff, de 1º de abril a 12 de maio, quando deixou o Planalto.

O foco principal, segundo reportagem do Globo, são desapropriações de terra, reconhecimento de comunidades quilombolas e criação de reservas indígenas. Só no dia 1º de abril, Dilma assinou 21 atos para desapropriar 56 mil hectares de terra. O MST diz que conflitos rurais devem aumentar.

Também será reavaliado o Marco Civil da Internet, regulamentado na última semana. A lei aprovada há dois anos é elogiada pelos movimentos sociais, mas criticado pelas operadoras de telefonia.

Uma decisão já tomada foi a demissão do presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Ricardo Mello. Ele tomou posse dois dias antes do afastamento de Dilma

Cantor Cauby Peixoto morre aos 85 anos em São Paulo

 

 

O cantor Cauby Peixoto morreu na noite deste domingo (15), aos 85 anos, em São Paulo. O fã-clube oficial do cantor informou que a morte foi por volta das 23h50. As causas da morte ainda não haviam sido divulgadas até a publicação desta reportagem. O artista estava internado desde o dia 9 de maio no Hospital Sancta Maggiore, no Itaim Bibi, na Zona Sul de São Paulo, segundo a GloboNews.
 
No dia 9 de abril, Cauby Peixoto tinha um show marcado em Vila Velha, Espírito Santo, mas o espetáculo foi adiado porque o artista se sentiu mal.
 
Cauby Peixoto, que estava em turnê pelo Brasil com a cantora Angela Maria, se apresentou ao lado da artista no dia 03 de maio no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Na ocasião, Rafael Cortez, repórter do Vídeo Show, entrevistou o cantor. Assista aqui.
 
A turnê comemorava 60 anos da carreira de cada um dos artistas. No repertório, sucessos como “Vida da bailarina”, “Cinderela”, “Gente humilde”, “Bastidores”, “Babalu” e “Conceição”
 
Sílvio Costa Filho diz que PSB de Pernambuco está sem rumo
 
  • Sílvio Costa Filho diz que PSB de Pernambuco está sem rumo

“O governo não tem a humildade de reconhecer a necessidade de reformular o Pacto pela Vida  para tentar conter esse aumento da violência”, afirmou o líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Sílvio Costa Filho (PRB), em resposta ao líder da bancada governista Waldemar Borges (PSB).

Depois de o oposicionista responsabilizar a gestão pelo aumento do índice de homicídios, o socialista divulgou uma nota em que culpa a situação à economia e atribui a crise ao senador Armando Monteiro Neto (PTB), que era ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior até a semana passada.

Sílvio Costa Filho também saiu em defesa do petebista. “Em relação ao senador Armando Monteiro, prefiro ficar com os depoimentos de Delfim Neto, Tasso Jereissati, Jorge Gerdau, José Serra, Nelson Barbosa, Miriam leitão, Marcos Lisboa, entre outros vários economistas, senadores, entidades e associações que elogiaram publicamente a atuação do senador à frente do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Trabalho reconhecido por todo o setor produtivo nacional”, afirmou em nota.

Sílvio Costa disse que Waldemar atacou Armando para “jogar uma cortina de fumaça sobre o assunto”, os números da violência no Estado. Mas ele, que é pré-candidato a prefeito do Recife contra o atual chefe do Executivo, Geraldo Julio (PSB), também criticou os socialistas.

“Por não estar conseguindo corresponder às demandas sociais e cumprir seu programa de Governo, o PSB tenta antecipar o debate eleitoral. Tenho a convicção de que muitos pernambucanos já se arrependeram de ter votado com a emoção e que o tempo da razão está batendo às casas das pessoas”, afirmou. “Não é difícil entender por que o PSB mostra tanta preocupação com o senador. Talvez, em suas pesquisas, eles já sabem que vão perder a Prefeitura do Recife este ano e o Governo do Estado em 2018”, concluiu.

 

PTB lança Nelson Daniel como pré-candidato a prefeito de Flores

 

Neste sábado (14), após realização do 3º Seminário do Partido Trabalhista Brasileiro – PTB do município de Flores, no Sertão do Pajeú, que aconteceu no prédio da Câmara de Vereadores. Seminário que foi amplamente divulgado nas redes sociais, e ainda considerando a conversa mantida com o senador Armando Monteiro, em Brasília, e também com o deputado estadual Augusto César, foi decidido em conjunto, o lançamento da pré-candidatura do advogado Nelson Tadeu Daniel (à esquerda na foto), para concorrer ao cargo de prefeito nas eleições de outubro próximo.

“Temos muitos trabalhos prestados ao município de Flores e aos Distritos, em especial a Fátima, futura cidade do Pajeú. Fomos candidatos a vereador em 2012. Temos trabalhos prestados por mais de 10 anos as Associações em Flores. Fizemos parte do Conselho de Desenvolvimento Sustentável Rural do Município, com participação efetiva, sem faltar às reuniões por vários anos”, disse Daniel, complementado que “acredita no associativismo e cooperativismo, como forma de politicas públicas para os mais necessitados, educação de qualidade é fundamental para Flores”, pontuou.

Nelson Daniel disse também ser totalmente contra a intervenção do dinheiro na politica. “Acredito em Deus e no destino traçado por ele, vamos em frente, em defesa da conscientização politica para uma vida melhor para todos. Vamos efetivamente lutar pela manutenção do Estado Democrático de Direito”.

O pré-candidato credita a Lula e Dilma pelas dezenas de ações de politicas públicas que mudaram Flores e o Nordeste. Nelson Daniel dedica essa luta a memória de seu pai Pedro Daniel (in-memorian), que já foi vice-prefeito daquele município, e pelo amor ao Sertão.

Por Cauê Rodrigues

 

 

 

temer

Todos os Ministros pernambucanos estão na lista dos que receberam doações

Dinheiro de empresas envolvidas no esquema revelado pela Operação Lava Jato irrigou as campanhas de 12 dos 13 ministros nomeados pelo presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), que se candidataram a algum cargo eletivo em 2014. Os recursos foram repassados de forma legal e declarados à Justiça Eleitoral. O levantamento é do Estado de São Paulo.

A exceção é Ronaldo Nogueira (Trabalho). Quando concorreu a vaga de deputado federal pelo PTB do Rio Grande do Sul, o agora ministro recebeu R$ 393 mil em doações. Na sua prestação de contas não há registro de empresas citadas na Lava Jato.

Os que declararam doações de empresas que estão na mira da Lava Jato foram José Serra (Relações Exteriores), Henrique Eduardo Alves (Turismo), Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo), Blairo Maggi (Agricultura), Maurício Quintela (Infraestrutura, Portos e Aviação), Raul Jungmann (Defesa), Mendonça Filho (Educação e Cultura), Leonardo Picciani (Esporte), Osmar Terra (Desenvolvimento Agrário), Fernando Coelho Filho (Minas e Energia), Bruno Araújo (Cidades) e Ricardo Barros (Saúde).

Deste grupo, o maior beneficiado é Henrique Eduardo Alves (PMDB). Na campanha para governador do Rio Grande do Norte, o então candidato declarou à Justiça Eleitoral ter recebido um total de R$ 7,8 milhões das empresas acusadas ou investigadas pelo envolvimento no esquema de desvios de recursos da Petrobras.

O valor é 34% dos R$ 23 milhões declarados como doações na prestação de contas de 2014 do peemedebista. As doações foram feitas principalmente pela Odebrecht (R$ 5,5 milhões) e Queiroz Galvão (R$ 2,1 milhões). Galvão Engenharia (R$ 200 mil) e Andrade Gurierrez (R$ 100 mil) também doaram. Alves foi derrotado por Robinson Faria (PSD) no segundo turno.

 

Pesquisa aponta que mais de 50% da população não confia no Congresso

 

Nova pesquisa realizada pelo Ipsos aponta para o cenário de devastação na confiança dos brasileiros em suas instituições. Mais de 50% da população não confiam no Congresso Nacional, governos estadual e municipal, nas eleições e nos sindicatos. Metade não confia no governo federal. As Forças Armadas estão melhor conceituadas: 20% da população não confia nela.
Quando o assunto é a classe política a pesquisa coloca os atores no subsolo. Para 86% dos entrevistados, falta um político a que se possa confiar e 79% não se sentem representados por nenhum partido político. A crise de confiança é um dos principais fatores que contribuem para o imobilismo social brasileiro.

 

São Paulo: grupo protesta contra Michel Temer

 
 
 
 
São Paulo: grupo protesta contra Michel Temer

Movimentos feministas convocaram a manifestação

Manifestantes com cartazes contra Temer em protesto em SP (Foto: Paulo Lopes/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Manifestantes protestavam na tarde deste domingo (15) contra o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), na Praça do Ciclista, região da Avenida Paulista, em São Paulo. O ato também era a favor da presidente afastada, Dilma Rousseff (PT).

Com cartazes e um carro de som, os manifestantes desciam, às 15h30, a Rua da Consolação em direção à Praça Roosevelt. Até o horário não havia balanço de público tanto da organização do ato quanto da PM.

O protesto foi organizado por grupos feministas. Elas criticavam a ausência de mulheres no ministério formado pelo presidente em exercício.

 

 

 Depois de marmita, todinho, desodorante, desta vez maconha foi encontrada em ovos na cadeia de Serra Talhada

 

 

A criatividade dos detentos da cadeia de Serra Talhada esta chamando a atenção nos últimos dias. Os detentos estão usando desde marmitas recheadas com maconha, até frascos de hidratante, frasco de desodorante, todinhos, etc.
 
Desta vez os detentos foram mais ousados ainda, e os Policiais militares da guarda da Cadeia Pública quando realizavam inspeção de rotina, suspeitaram quando uma mulher não identificada deixou 15 (quinze) ovos para serem entregues ao detendo L. D. de S. S., 20 anos. Foi realizada a inspeção e encontrado maconha em 05 (cinco) dos referidos ovos. Diante do exposto, o material apreendido foi conduzido a delegacia de polícia local para adoção de medidas pertinentes.

 

 

 

Atores favoráveis ao golpe viram piada nas redes

 

:

Atores e artistas que vinham defendendo o impeachment da presidente Dilma Rousseff viraram alvo de memes e piadas nas redes, desde que o governo interino de Michel Temer decidiu extinguir o Ministério da Cultura; foto publicada originalmente em março, em que Susana Vieira, Marcelo Serrado e Márcio Garcia dividem espaço em uma van rumo a um protesto em Copacabana, com os dizeres “Oba! Acabamos com o Ministério da Cultura” viralizou nas últimas horas

 

Ministros pernambucanos não empolgam sacerdote ligado a movimentos sociais no Pajeú

 
 

20120507011145_cv_padre_gde

De longe, o nome mais criticado pelos chamados movimentos sociais, ligados à esquerda em Pernambuco é o de Mendonça Filho, principalmente a partir do cargo que ocupará no governo Temer, de ministro da Educação e Cultura, para o qual, segundo setores que questionam a mudança, não tem alguma identificação.

Representante de movimentos sociais da Igreja, o Padre Luiz Marques Ferreira avaliou em entrevista à Rádio Pajeú a escolha de Temer por cinco nomes pernambucanos. “Não sei se a quantidade vai de acordo com o que existe necessidade de mudanças. Não acredito que uma figura como o (Ministro) da Educação vai fazer mudanças de avanços da educação do no Brasil, pois sempre foi comprometido com outro projeto”.

Mesmo questionamento foi feito aos demais ministros. “Eles se identificam muito mais com outro jeito de ver o Estado, não comungam com a forma que a gente vê hoje”. Sobre o Ministro Fernando Filho, das Minas e Energia, para o sacerdote ele “faz parte de um grupo do PSB que perdeu a identidade quando se aliou ao um projeto que não condizia com seus líderes históricos”.

Por outro lado, avaliou que o discurso de temer ontem foi equilibrado. Mas a formação dfo Ministério também teve sinais simbólicos. ”Não aparece uma mulher, um negro,  com figuras que se identificaram com a ditadura”.

 

Ele também critica o PT pelos erros cometidos que culminaram com a queda de Dilma Roussef. “Irresponsabilidades aconteceram e muitas pessoas que chegaram ao poder não souberam lidar com ele, o dinheiro, perdendo de vista um projeto maior”.

 

Saudades de Eduardo, Viatura quebrada da Polícia Militar precisa ser empurrada por populares no Maria Tereza

 

 
Um fato ocorrido ontem (13) no Perímetro de Irrigação Maria Tereza, na zona rural de Petrolina, expôs, mais uma vez, o sucateamento da frota da Policia Militar (PM) na região.
 
O flagrante mostra a viatura – que deveria fazer a segurança da comunidade – sendo empurrada por populares, que decidiram ajudar os policiais.  A falta de manutenção teria ocasionado o problema mecânico na viatura dos PMs. O detalhe é que isso, infelizmente, já não é mais novidade por aqui. Do Carlos Brito 
 

Eram deuses os brasileiríssimos, Pelé e Garrincha

 

13236037_1128670287194326_103769374_nA escalada capitalista do futebol, hoje com todo aparato midiático e construção publicitária certamente dariam a Pelé e Garrincha cifras milionárias. Por tudo que escreveram. Garrincha, brilhando solitário no BOTAFOGO. Pelé, sendo único e incomparável, simplificando e amplificando o futebol extraordinário de sua passagem no SANTOS. Dessa dupla genial, as convicções unânimes de farto futebol e arte. A certeza da invencibilidade que durou exatos quase 15 anos juntos de 1958 a 1973. Nunca perderam pra ninguém com a então imperturbável camisa amarela. Por essa matemática de gols e conquistas memoráveis de copas de futebol do mundo. Imbatíveis dentro de campo sem reconhecer rivalidade a à parte de uruguaios e tampouco, argentinos.

Essa combinação do drible desconcertante ao repebtusmo do chute, como essa bola fluía e flutuava em estética jogada de Pelé ou Garrincha. Essa dignidade dada à bola. Que se fazia respeitada. Por onde passaram, em quaisquer gramados do planeta, a dupla fez a farra das torcidas. Alvinegros nos clubes domésticos e mestiços da etnia negra e indígena a ferver a miscigenação que forma a população brasileira. Oriundos do chão esturricado e periférico do Brasil governado e escravizado. Depois, deuses dos estádios e grandiosas torcidas em preto e branco. Santos e Botafogo. Entre essas economias, a da indústria de ferro e outra, da meca cultural da bossa nova. Rio de Janeiro e São Paulo. Essa novidade a cada Domingo de PACAEMBU ou MARACANÃ, da filologia tupi. Essa espetacular mobilidade literária juntando negros e índios pelo design vivo dos domingos de sol e chuva.

Aqui não houve coadjuvantes. Eram os artífices da página esportiva. Garrincha e Pelé formatavam o calendário do futebol. Escreviam ao seu modo a alegria de incessante e vitorioso futebol em dança de baleia e estrela, solitárias. Eram assunto certo do futebol vencedor e as bancas de jornais abarrotadas na segunda-feira. Lucro certo dos jornaleiros.

A felicidade expunha em vitrine e manchetes dominicais o título individual e composto por um casamento de bola e arte. Para que toda a tabela e resultados oferecessem alegria em troca das pernas cafuzas e mamelucas. De Pelé e Garrincha.

#marcelodamascenoemdia

Fotos. Pelé e Garrincha.

Texto: Marcelo Damasceno

 

Ainda foi pouco! Estuprador “Vagola” se Deu Mau no Presídio de Juazeiro BA

 

 
O Estuprador “Vagola” se Deu Mau no Presídio de Juazeiro BA
 
Um Homem Conhecido como “Vagola” Estuprador e Respondendo pelo Crime de Dois Estupros a Crianças de 03 e 04 anos respectivamente, foi agredido no Presídio de Juazeiro BA. E necessitou te internamento urgente mediante a gravidade das agressões.

 

 

images_cms-image-000497285

Em sua matéria de capa na edição deste sábado (14), o jornal mexicano La Jornada diz que ‘o presidente interino do Brasil, Michel Temer, era um informante para a Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos em 2006, no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva’. O jornal usa informações do Wikileaks.

A publicação diz que Temer, enquanto deputado federal e presidente do PMDB, se reuniu pelo menos duas vezes com funcionários da embaixada dos EUA em Brasília para discutir a situação política e possíveis alianças eleitorais.

‘Ele acreditava que a eleição de Lula havia criado uma enorme esperança entre a população, mas pensou que seu desempenho havia sido decepcionante, que avaliou a possibilidade de que seu partido político lançou o seu próprio candidato para as eleições de outubro de 2006’, diz a matéria.

Segundo pesquisadores, Nordeste terá volume tão grande de chuvas que vai modificar até a geografia

 

 

“O sertão vai virar mar e o mar vai virar sertão!”. A segunda parte do refrão já aconteceu em várias localidades do Nordeste, onde rios viraram poeira. A primeira e mais improvável, pode não ser tão improvável assim e se tornar realidade nas próximas décadas, de acordo com a previsão de estudiosos sobre prognósticos do clima a médio e longo prazo. 
 
Após sofrer por várias décadas com a seca, o Nordeste brasileiro pode ir para o outro extremo e sofrer com excesso de chuvas, que começariam em 30 anos, de acordo com as previsões. 
 
De acordo com pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), ao Correio Online, chuvas torrenciais trarão um volume de água tão grande, a ponto de modificar a geografia nordestina, eliminando espécies e fazendo surgir novas fauna e flora. O desastre ambiental será provocado pela ação do homem, que resulta em emissão de gases do efeito estufa em altas concentrações e desequilibram o clima no planeta. O resultado disso é que as correntes marinhas irão reduzir em até 44% sua intensidade, provocando o super aquecimento das águas do Atlântico, nas imediações da região Nordeste, produzindo maior evaporação e formação de chuvas em excesso.
 
“O aquecimento global vai arrefecer as correntes marinhas de duas formas. Uma delas é intensificando as chuvas nas altas latitudes do Atlântico Norte, onde as águas precisam ser mais densas para afundar e retornar ao Sul, realimentando as correntes. Se chove muito, reduz a salinidade da água e consequentemente sua densidade, dificultado o afundamento. A outra forma é derretendo as calotas de gelo sobre a Groenlândia, liberando água doce e também reduzindo a salinidade da água, exatamente nos sítios de formação das águas profundas, onde as correntes marinhas fazem o retorno”, explicou o professor de Ciências da USP, Cristiano Chiessi, coordenador da pesquisa que estuda os efeitos da redução das correntes marinhas. (Correio Online)

 

Sem título

A formação ministerial do governo do presidente em exercício Michel Temer deverá alterar o cenário político em Pernambuco. A ida de quatro pernambucanos para a Esplanada – apelidado de “pernambuquério” – acendeu a luz de alerta no PSB, hoje praticamente hegemônico no Estado e mais especialmente na Região Metropolitana do Recife (RMR) e ameça a Frente Popular, formada por diversos partidos.

A ida dos pernambucanos Mendonça Filho (DEM), Raul Jungmann (PPS), Bruno Araújo (PSDB) e Fernando Filho (PSB), para as pastas de Educação e Cultura, Defesa, Cidades e Minas e Energia, fortalece o desejo dos partidos – que até o momento integram a base aliada do PSB em Pernambuco e na RMR de lançarem projetos próprios para as próximas eleições.

Nesta linha, a o primeiro sinal de debandada começou há poucos dias, quando o PSDB e o DEM entregaram os cargos que ocupavam na administração estadual, quando as especulações sobre quem ocuparia os ministérios ainda estavam sendo travadas. No Recife, a situação também preocupa o prefeito Geraldo Julio (PSB), que tenta a reeleição.

Dentro do PSDB o deputado federal Daniel Coelho vem tentando viabilizar sua candidatura em oposição ao socialista. No DEM, a deputada estadual Priscila Krause é quem vem se movimentando para pavimentar a sua candidatura.

Dentro do PSB a situação também é considerada desconfortável. Fernando Filho foi alçado à condição de ministro sem a anuência do governador Paulo Câmara (PSB) e de Geral Julio. Cãmara, que é vice-presidente nacional da legenda chegou a divulgar uma nota na manhã desta quinta-feira afirmando que o PSB não iria chancelar ou indicar nomes para o ministério de Michel temer. À tarde, porém Fernando Filho foi confirmado na pasta de Minas e Energia. Pouco depois a bancada do PSB na Câmara Federal emitiu uma nota dando “apoio incondicional” ao novo ministro.

“Desconforto cria. Punição cabe à Executiva Nacional se pronunciar. Evidentemente que, como filiado ao partido, eu tenho que respeitar as decisões do partido. È importante que todos os filiados respeitem”, disse o goverbnador. Um outro entrave está junto ao senador Fernando Bezerra Coelho, pai do novo ministro. FBC, que possui uma forte presença e influência no Sertão do Estado, já havia demonstrado fortes sinais de irritação quando a legenda anunciou que não iria participar diretamente do novo governo.

Câmeras flagram a ação de assassinos em Serra Talhada

 
 

 

Câmeras flagram a ação de assassinos em ST; ajude a polícia a identificar os suspeitos
 
O FAROL faz um apelo à população de Serra Talhada para quem possa identificar e encontrar pistas dos suspeitos de terem assassinado a tiros o motorista Ângelo Vieira Luckwu, 26 anos, nessa sexta-feira (13). Recebemos imagens de câmeras de segurança do momento em que os criminosos abordaram o jovem na Avenida Afonso Magalhães, por volta das 6h30. Em contato com o FAROL, a Polícia Civil reconheceu a veracidade das imagens.
 
O registro evidencia a ousadia dos bandidos, em plena luz do dia, apontando um revólver para a vítima, que ainda teria tentado argumentar diante os assaltantes. A cena mostra os bandidos agindo de capacetes e com uma moto sem placa. Ângelo saiu de casa com cerca de R$ 10 mil. O dinheiro era o apurado do dia anterior de trabalho, entregando água e gás em Serra Talhada e cidades vizinhas.
 
Na manhã da sexta, ele iria prestar contas à empresa em que trabalhava, mas foi interceptado pelos assaltantes repentinamente. A Polícia Civil não descarta que ele possa ter sido vítima de um crime premeditado, tendo como alvo o apurado da empresa. Para denúncias anônimas acionar os números (87) 3831-9223 (delegacia) ou (87) 3831-9200 (Batalhão).

 

GOLPE DESMORALIZA O BRASIL DIANTE DO MUNDO

 

imagem

A imagem do Brasil no mundo vive hoje seu ponto mais baixo em muitas décadas. O Brasil não é mais o país que eliminou drasticamente a pobreza e se consolidava como uma das democracias mais sólidas do mundo, elegendo um presidente operário e, em seguida, a primeira mulher para o comando da República.

Agora, o Brasil é, aos olhos do mundo, uma república bananeira, onde um Congresso corrupto, liderado por um presidente afastado, com milhões escondidos na Suíça, se uniu para afastar uma presidente honesta.

Esse é o tom dos editoriais dos principais jornais do mundo. A reação ao golpe parlamentar no Brasil foi praticamente consensual – e negativa

 

“Não tem renúncia”, diz Waldir Maranhão sobre deixar a presidência da Câmara

 

imagem

O presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), disse hoje (13) que não pretende renunciar ao cargo que ocupa desde que o então presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi afastado pelo Supremo Tribunal Federal. “Sem renúncia. Não tem renúncia. Vamos administrar o país”, disse ele rapidamente ao chegar à Câmara dos Deputados.

A especulação sobre uma possível renúncia de Maranhão teve início quando ele tentou, por meio de um ato, anular a sessão que encaminhou ao Senado a análise sobre o impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Posteriormente, integrantes de partidos e da Mesa pediram sua renúncia.

Um dos deputados com quem Maranhão tem conversado sobre a forma como conduzirá os trabalhos da Casa é o primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP). Ele também diz não ver motivos para a renúncia de Maranhão

Ex-prefeita de Salgueiro é 1ª mulher do Sertão Central a chegar à Câmara

 

cleuza20100309_200c

Quinta suplente de deputado federal, ex-prefeita de Salgueiro, no Sertão Central pernambucano, Cleusa Pereira (foto), vai assumir o mandato em Brasília, devido à composição ministerial do presidente interino Michel Temer.

Ex-prefeita de Salgueiro por três mandatos, Cleusa Pereira do Nascimento, nas eleições passadas, obteve cerca de 25 mil votos como candidata a deputada federal pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), ficando na 5ª suplência da coligação.

O governador Paulo Câmara convocou alguns deputados eleitos para assumir algumas secretarias no governo do estado, e agora com a nova composição do ministério do presidente interino Michel Temer, onde foi convocado outros deputados pernambucanos para assumir os ministérios da Educação, Cidades, Defesa e Minas e Energia, chegou à vez de Dona Cleusa, como é conhecida, ocupar a vaga na Câmara dos Deputados em Brasília.

A nova deputada, primeira do Sertão Central, dedicou sua vida a religiosidade e a educação, onde ela mesma relata que sua melhor experiência como professora, foi no Distrito de Umãs.

Natural de Salgueiro, filiada ao PSB, próximo de completar 80 anos de idade, ela deve assumir o mandato na semana que vem.Além de Dona Cleusa, ocuparão vagas na Câmara, Severino Ninho, ex-prefeito de Igarassu (PSB), e Guilherme Coelho, ex-prefeito de Petrolina (PSDB) e Roberto Teixeira (PP).

Afastada da Presidência, Dilma dedica fim de semana à família em Porto Alegre

Foto: Roberto Stuckert Filho/ PR

A presidente da República afastada, Dilma Rousseff, está na capital gaúcha para descansar ao lado da família. Ela chegou na noite de sexta-feira (13) à base área de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, e de lá seguiu de carro para seu apartamento, na zona sul da cidade. De acordo com a assessoria da Dilma, o objetivo da viagem é unicamente familiar. A petista quer aproveitar o fim de semana para ficar com a filha, Paula, e os dois netos, Gabriel, de 5 anos, e Guilherme, nascido em janeiro.

Neste sábado (14), ela andou de bicicleta na primeira hora da manhã, como costuma fazer quando está em Brasília. Dilma pedalou das 7h15 às 8 horas, na orla do Guaíba, acompanhada de seguranças. Depois, retornou para casa.

Esta é a primeira vez que Dilma sai de Brasília desde que foi afastada da Presidência. Enquanto aguarda o julgamento do processo de impeachment no Senado, sua residência oficial continuará sendo o Palácio do Alvorada. Dilma também deverá fazer um giro pelo Brasil e por alguns países do exterior para defender seu mandato. Mas tudo indica que, entre uma agenda e outra, vai intensificar as visitas a Porto Alegre.

A capital gaúcha, onde fez carreira política e constituiu família, é o destino preferido de Dilma nos feriados e fins de semana de descanso. Além de ficar ao lado da filha e dos netos – ela é uma avó coruja assumida -, quando está na cidade ela costuma visitar o ex-marido, o advogado Carlos Araújo, considerado seu “conselheiro informal”.

Embora o foco em Porto Alegre seja a família, a presidente afastada poderá aproveitar as passagens pela cidade para fortalecer os laços com os movimentos sociais e mobilizar os apoiadores. No domingo passado, quando também estava na capital gaúcha, Dilma atendeu a pedidos e desceu na portaria de seu edifício para receber flores de simpatizantes que se reuniram para lhe desejar um feliz Dia das Mães.

Ministro de Educação  Cultura  Mendoncinha se reúne com servidores e é vaiado

 

Ministro de Educação e Cultura, Mendonça Filho, é vaiado em encontro com servidores da pasta nesta sexta (13) (Foto: O Globo/Reprodução)

Ministro de Educação e Cultura, Mendonça Filho, é vaiado em encontro com servidores da pasta nesta sexta (13) (Foto: O Globo/Reprodução)

O novo ministro de Educação e Cultura, Mendonça Filho (DEM), foi alvo de protestos durante reuniões com servidores nesta sexta-feira (13), em Brasília.

Ele se encontrou separadamente com as equipes das duas pastas, que serão unificadas por decisão do presidente em exercício Michel Temer. Nesta sexta, Educação e Cultura ainda funcionavam em prédios distintos.

Pela manhã, a reunião com servidores da Educação teve manifestações pontuais, com gritos de “fora, golpista” e “fora, Temer”. À tarde, Mendonça Filho foi ao prédio onde funcionava o Ministério da Cultura para se apresentar aos funcionários, mas foi recebido com vaias e cartazes de protesto.

Em entrevista ao G1 por telefone, o ministro disse ter sido “bem recebido” nas pastas e classificou as manifestações como “vozes discordantes residuais”.

Segundo ele, os atos não  partiram de servidores dos ministérios, mas de “petistas infiltrados”.

“Eram petistas infiltrados que vieram com frases de efeito, ‘golpista’ aqui e acolá. Nada muito diferente do que estamos vendo no dia a dia. Fui desaconselhado a fazer as duas reuniões, mas avisei [à equipe] que não chegaria para trabalhar sem falar com os servidores”, declarou o ministro.

Vídeo feito pelo jornal “O Globo” mostra que os opositores exibiram cartazes com frases como “vaza, Mendonça Filho”, “cultura sim, golpe não” e “não reconhecemos governo golpista”. O grupo também gritou palavras de ordem como “cultura somos nós, nossa força, nossa voz”.

Ministro da Educação e Cultura, Mendonça Filho, discursa a servidores de ministério em vídeo divulgado por assessoria (Foto: Facebook/Reprodução)

Ministro da Educação e Cultura, Mendonça Filho, discursa a servidores de ministério em vídeo divulgado por assessoria (Foto: Facebook/Reprodução)

Na entrevista ao G1, Mendonça Filho disse que os programas sociais e os editais que vinham sendo tocados nas áreas de Educação e Cultura serão mantidos, assim como o orçamento que as áreas tinham nos respectivos ministérios. A garantia era um dos temas da reunião com os servidores.

“Nosso objetivo é preservar essas áreas e incrementar os programas mais importantes das pastas. Você pode ter duas pastas separadas e desprestigiadas, ou uma união de duas pastas entrelaçadas, simbolicamente importantes”, diz o ministro.

O anúncio do novo secretário Nacional de Cultura, previsto para esta sexta, não aconteceu. O nome, segundo o chefe do MEC, ainda será discutido com o presidente Michel Temer. Apesar disso, o ministro diz que vai garantir a autonomia de fundações e agências, a preservação do setor audiovisual e a execução da Lei Rouanet.

Perguntado sobre a ampliação de programas como Fies e Pronatec, caso haja espaço no orçamento ou fim da crise, Mendonça Filho diz que ainda é cedo para prometer algo. “Vamos avaliar um a um e ver o que pode ser ampliado, melhorado. Hoje ainda é meu primeiro dia de trabalho.”

Em Ouricuri, Dr.Anderson lança Massilon como seu pré-candidato a vice prefeito

 

 
Foi divulgado da última quinta-feira (12), juntamente com correligionários, pré-candidatos a vereadores e pré-candidato a prefeito de Ouricuri da coligação PTN e PC do B, em reunião que aconteceu no Auditório do Sindsep no centro de Ouricuri, quem é o pré-candidato a vice-prefeito na chapa de Dr. Anderson.
 
A reunião teve início por volta das 20h e teve como pauta principal apresentar aos membros do grupo uma decisão que acaba de uma vez por todas qualquer dúvida se Dr. Anderson vai até o fim, como também quem seria o seu vice.
 
Após os debates e apresentações de sugestões dos pré-candidatos a vereadores e correligionários sobre o que poderá ser feito para com ações e o bom uso do dinheiro público fazer com que uma boa gestão formada de pessoas honestas venha contribuir para melhorar a vida dos ouricurienses.
 
Na ocasião, um dos membros relatou que no momento os munícipes estão amargando os resultados de uma gestão atual que decepcionou a população e acrescentou que outras também falharam em cumprir com o dever de um bom administrador que é destinar o dinheiro público exclusivamente em benefícios para à sociedade que seria priorizar a educação, saúde e infraestrutura de um município.
 
Por esta razão, e pensando em formar um grupo sério e com o compromisso de trabalhar por Ouricuri, foi aprovado por todo o membros o nome de Massilon, símbolo de honestidade e de pessoa que faz o bom uso do dinheiro público, para ser o pré-candidato a vice na minha chapa, disse Dr.Anderson.
 
Massilon é professor de Ensino de Primeiro e Segundo Graus, gestor da escola Estadual Don Idílio e bem conceituado no quesito administrar a coisa pública.
 
Na ocasião, o pré-candidato a vice prefeito disse estar muito feliz em fazer parte do grupo de Dr. Anderson e falou como deve ser tratada a coisa pública. “A coisa pública tem que ser tratada com seriedade para que tenhamos resultado positivos”, Agora vai!!! disse o pré-candidato a vice prefeito de Ouricuri, Massilon.

 

UNK DO GERALDO: “PARA DE ROUBAR MERENDA E INVESTE NA EDUCAÇÃO”

 
 
 
FUNK DO GERALDO: “PARA DE ROUBAR MERENDA E INVESTE NA EDUCAÇÃO”
 
Depois de serem detidos sem ordem judicial pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), estudantes secundaristas cantaram um funk sobre a ocupação das escolas e a repressão policial; “Uma pedida para Geraldo: tira a tesoura da mão. Para de roubar merenda e investe em Educação”, cantavam os estudantes, que ainda aproveitaram para mandar um recado aos pais: “Mãe, pai, ‘to’ na ocupação. E só pra tu saber, eu luto pela educação. Mãe, pai, eu ‘to’ no camburão, e só pra tu saber, eu luto pela Educação”; detenção de 89 estudantes pelo governo tucano foi criticada por especialistas; OAB disse que a medida só deve “potencializar” o conflito; a bancada do PT na Alesp promete ir à Justiça contra o “autoritarismo” de Alckmin, hoje o político mais rejeitado pela juventude brasileira; assista
 
Estudantes secundaristas que foram retirados, a força e sem ordem judicial, pela Polícia Militar de escolas e três diretorias de Ensino na capital paulista regiram demonstraram em tom espirituoso que irão continuar os protestos contra a falta de merenda e as denúncias de corrupção envolvendo o governo de Geraldo Alckmin.
 
Logo após serem fichados por infrações como dano ao patrimônio público, furto e invasão, e liberados, um grupo de estudantes cantaram um funk sobre a ocupação das escolas e a repressão policial.
 
“Eu quero o fim da Polícia Militar. Com a cara de mal, com a bomba de gás de efeito moral. Não vai ter arrego, vai ter consciência, vai ter resistência, mas sem violência”, dizem os estudantes.
 
Em seguida o grupo manda uma sugestão para o governador Geral Alckmin: “Uma pedida para Geraldo: tira a tesoura da mão. Para de roubar merenda e investe em Educação”, cantavam os estudantes, que ainda aproveitaram para mandar um recado aos pais: “Mãe, pai, to na ocupação. E só pra tu saber eu luto pela educação. Mãe, pai, eu to no camburão, e só pra tu saber eu luto pela Educação”.
 
Ao todo, estudantes foram levados para delegacias pela Polícia Militar. A medida foi criticada por especialistas. O presidente da OAB São Paulo, Marcos da Costa, disse que a medida só deve “potencializar” o conflito.
 
O líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), deputado José Zico Prado, promete ir à Justiça contra o “autoritarismo” de Alckmin. “Uma flagrante afronta ao regramento jurídico e quebra dos parâmetros do Estado Democrático de Direito”, disse Prado (leia mais)
 
Na noite dessa sexta-feira, 13, cerca de 300 estudantes foram às ruas da capital paulista protestar contra a ação truculenta de desocupação do governo (leia mais). 
 
Assista ao vídeo:

Bancada do PT anunciou que irá à Justiça contra o que chamou de “atos autoritários e violentos” do governo Geraldo Alckmin (PSDB) na manhã desta sexta-feira, 13; segundo o deputado José Zico Prado, sem autorização judicial, estudantes que ocupavam escolas estaduais em protesto contra a corrupção e falta de merenda foram arrancados das escolas por policiais levados às delegacias; 34 foram detidos; ” Uma flagrante afronta ao regramento jurídico e quebra dos parâmetros do Estado Democrático de Direito”, disse Prado

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Quanto vale uma menina de 12 anos? Em Sergipe, pais negociaram a virgindade da própria filha com um homem de 57 anos em troca de uma vaca. O Repórter Record Investigação desta quinta-feira (12) revelou esta e outras histórias chocantes de meninas que são exploradas e se somam às quase 90 mil crianças que estão casadas no Brasil.
 
Em São Cristovão, cidade histórica de Sergipe, com quase 90 mil habitantes, criança tem preço. Na cidade, pessoas, inclusive autoridades, alugam chácaras com piscina pra passar finais de semana com adolescentes.
 
A menina, de mãos pequenas e de aparência frágil, foi vendida pelos próprios pais, exatamente aos doze anos e virgem.
 
O comprador é 44 anos mais velho que a menina, o comerciante se defende: “Foi ela que se insinuou pra mim!” Ele tem uma vida simples. Não é rico, mas diante da situação financeira da maioria na cidade, é considerado por alguns como poderoso.
 
Segundo a Justiça, os abusos aconteciam em uma casinha construída por ele, dentro das terras da família da vitima.
 
Pelo menos duas vezes por semana, o suspeito tirava proveito da menor.
 
Foram no mínimo oito meses de violência até que o comerciante foi preso. No dia da prisão, há dois anos, ele agiu como se não tivesse feito nada de errado.
 
A família da menina contou que eles eram ameaçados pelo comerciante. Quando o suspeito foi preso, a mãe da jovem estava tão apavorada que não quis mostrar o rosto.
 
Segundo o juiz de São Cristovão, a menina é mais uma vítima de uma visão preconceituosa e ultrapassada que ainda sobrevive. Ele conta que já evitou vários leilões de virgens. — Duas adolescentes, uma de 12, outra de 14 anos, foram vendidas a dois comerciantes. Virgens! Nós conseguimos chegar num sábado à tarde, 5h da tarde, e impedir a consumação.
 
A menina trocada por uma vaca não teve a mesma sorte. A Justiça não chegou a tempo.
 
A garota diz que a história que foi vendida para um homem não é verdadeira. “A história da vaca nunca aconteceu, eles inventaram. Não teve o comércio da vaca”, afirma.
 
Mas não é isso que mostra o processo, que o programa obteve com exclusividade. Nele, o conselheiro tutelar Douglas Santana afirma que o pai da vítima, ganhou uma vaca do abusador.
 
O que não resta dúvidas é que os pais acabaram aceitando o abuso contra a filha. A mãe flagrou o que aconteceu e contou para o marido, mas ele não fez nada pela menina porque ela perdeu a virgindade. Na mentalidade dele, a garota não merecia mais ser protegida.
 
Para evitar a fuga da filha, ele até permitiu que a casa fosse construída no quintal das terras dele. O conselho tutelar afirma que a menina está grávida e investiga se ela continua sofrendo abusos sexuais.
 
Depois da reportagem do Repórter Record Investigação, o pai da menina foi misteriosamente assassinado. A informação da polícia é que quatro homens apareceram, mandaram os filhos para dentro de casa e o mataram com um tiro na cabeça. Nada foi roubado. Os investigadores agora querem descobrir o real motivo do assassinato.

 

 

Líder de bando que explodiu banco de Curimatá é o quinto morto pela polícia

 

 
 
O líder da quadrilha envolvida na tentativa de assalto à agência do Banco do Brasil da cidade de Curimatá foi morto durante um novo confronto entre os criminosos e a polícia. A ação aconteceu na zona rural da cidade de Morro Cabeça no Tempo no início da manhã desta sexta-feira (13). Com a morte do líder, já são cinco criminosos mortos envolvidos no caso.
 
Quarto suspeitos continuavam foragidos quando a polícia chegou até o líder do bando, um dos assaltantes a banco mais procurados do Norte e Nordeste do Brasil conforme o coronel Paulo de Tarso, comandante de policiamento do interior. Com a morte do criminoso, três suspeitos continuam fugindo da polícia.
 
“Ele estava escondido uma parte muito fechada com o mato. Em diligências na região, a polícia chegou até o local e até tentou negociar com ele, mas insistiu em não se entregar e atirou contra a polícia. A força policial revidou e ele acabou morrendo”, disse o coronel.
 
Ainda conforme o comandante, no local onde o suspeito se escondia foram encontradas armas e munição para fuzil, uma arma de grosso calibre. Com ele ainda foi encontrado um colete a prova de balas e dinheiro.
 
“Já são vários confrontos com a polícia. Todas as vezes que encontramos com os criminosos eles insistem em atirar contra as equipes que trabalham nesse caso”, disse o coronel.
 
Equipes da Polícia Civil, Militar e Gtap continuam na região na busca dos outros quatro suspeitos que ainda continuam foragidos. O último confronto antes da morte do líder aconteceu ainda na tarde da quinta-feira (12), quando pela terceira vez em troca de tiros com a polícia, o quarto criminoso suspeito de estar envolvido na tentativa de assalto morreu.
 
Na ação policial desta quinta, a Polícia Civil apreendeu armas de grosso calibre, muita munição e dinheiro, material usado pelos criminosos. Além disso, três carros e uma motocicleta foram recuperadas.
 
A tentativa de assalto ao banco aconteceu no dia 5 de maio quando oito homens fortemente armados com fuzis explodiram a agência. Durante a ação criminosa, um homem acabou sendo morto em troca de tiros com os policiais. No segundo confronto, que aconteceu no dia 9, o que deixou dois dos criminosos mortos.
 
 

Deputado suplente do novo ministro da Saúde está preso por agressão, estupro e cárcere privado

http://www.parana-online.com.br/media/uploads/2016/fevereiro/17-02-16/osmarbertoldi.jpg

O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR) assumiu o Ministério da Saúde do governo Michel Temer nesta quinta-feira (12), abrindo espaço para que um suplente o substitua na Câmara. Mas não é tão simples assim. O candidato mais votado da sua coligação, que possuiria prioridade para assumir o cargo, é o ex-deputado estadual Osmar Bertoldi (DEM-PR/foto), preso desde fevereiro na cidade de Pinhais, no Paraná, acusado de agredir a ex-noiva. A defesa entrou com um mandato de segurança para que ele possa exercer a função.

Contra Bertoldi pesam cinco acusações: violência doméstica, lesões corporais, constrangimento ilegal, trabalho escravo, ameaças por palavras e estupro. O processo segue em segredo de justiça. A tese da defesa é de que não houve uma agressão “exclusiva” dele, pois “ambos saíram machucados”. A ex-noiva de Bertoldi, Tatiana Bittencourt, contudo, disse ter sido “encarcerada, alvo de socos e chutes, chamada dos piores termos imagináveis, sem acesso a ninguém, apenas pessoas da confiança de Bertoldi que a vigiavam”.

Tatiana denunciou o ex-deputado ao Ministério Público do Paraná no final do ano passado, que aceitou e encaminhou o processo ao Tribunal de Justiça do Estado. Bertoldi foi preso pela Polícia Federal e a Polícia Militar de Santa Catarina em fevereiro, na cidade de Balneário Camboriú, depois de ter sido considerado foragido e ter sido identificado por uma testemunha. A prisão preventiva do ex-parlamentar foi decretada em janeiro porque ele teria violado a Lei Maria da Penha ao tentar se aproximar de Tatiana.

Como primeiro suplente da chapa, Bertoldi já poderia ter assumido duas vezes, no caso da vaga do deputado federal Valdir Rossoni (PSDB-PR), que assumiu a secretaria da Casa Civil do Paraná, e de Reinhold Stephanes (PSD-PR) que assumiu a secretaria de Administração do Estado. Em seu lugar, ocuparam as vagas Paulo Martins (PSDB-PR) e Nelson Padovani (PSDB-PR). A defesa do paranaense entrou com um pedido de habeas corpus para que ele pudesse assumir as vagas, mas o pedido foi negado.

Seus advogados também entraram há cerca de um mês com um mandato de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF). O caso foi sorteado para o ministro Luiz Fux, mas ainda não foi analisado. Caso seja aprovado, a defesa defenderá que Bertoldi assuma a suplência da vaga de Ricardo Barros. A expectativa do advogado eleitoral de Bertoldi, Guilherme Gonçalves, é que o pedido seja analisado nos próximos dias. A defesa questiona que Bertoldi deveria ter sido notificado sobre a abertura das vagas, pois tinha direito “líquido e certo” sobre elas, mas ao invés disso o segundo suplente foi chamado diretamente.

Para Gonçalves, o ex-deputado também deveria ser notificado formalmente sobre a abertura da vaga de Barros. “O fato de ele ter a chance de tomar posse torna a questão dele mais relevante do que um mero direito individual” opinou. O advogado justifica a soltura do seu cliente dizendo ele não apresentaria mais nenhum risco para a vítima, pois teria que se mudar para Brasília, ficando mais afastado. A Secretaria da Mesa da Câmara informou que, antes de comunicar a abertura da vaga, verificará se Bertoldi continua preso na próxima semana. Se ele estiver, será chamado o segundo suplente, Sérgio de Oliveira (DEM-PR).

 

Ministro do STF autoriza a abertura de sexto inquérito contra Fernando Collor

Fernando Collor de Mello

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, autorizou a abertura de mais um inquérito para investigar o senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL) no âmbito da Operação Lava Jato. Essa é a sexta investigação contra Collor relacionada ao esquema de corrupção da Petrobrás.

O novo inquérito foi um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e deve investigar crime de corrupção passiva. O caso está sob segredo de Justiça.

Collor já foi denunciado ao Supremo por suposta participação criminosa relacionada à BR Distribuidora. Ele é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro. As investigações indicam que o senador recebeu R$ 26 milhões em propina entre 2010 e 2014 por um contrato de troca de bandeira de postos de combustível assinado pela subsidiária da Petrobrás e por outros contratos da estatal com empreiteiras e que são alvo da Lava Jato.

Em nota, vereadores afogadenses defendem participação em Marcha dos Prefeitos

 

IMG_1595

Vereadores governistas que foram criticados pelo oposicionista Zé Negão e por ouvintes que usaram a imprensa esta semana  defenderam suas participações na Marcha dos Prefeitos em Brasília. “Quando foi criada, há dezenove anos, a marcha era essencialmente de Prefeitos. Mas ao longo do tempo, a CNM enxergou que era preciso ampliar a luta municipalista para outros segmentos diretamente interessados, a exemplo dos vereadores e secretários municipais. São eles, ao lado dos Prefeitos, que se deparam diariamente com problemas como baixa arrecadação, subfinanciamento dos programas federais, queda de FPM, dentre inúmeros outros”, dizem em nota ao blog.

Segundo a nota, em sua XIX edição, a marcha municipalista envolveu Prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais, e foi aberta a todo e qualquer cidadão que tivesse interesse em dela participar, debatendo temas e buscando soluções de interesse dos municípios. Durante a marcha, vereadores de todo o Brasil reuniram-se no XI Fórum de Vereadores.

“Eles foram unânimes em afirmar que estão com a imagem desgastada e pagando uma conta que não são deles devido a uma má conduta política de âmbito federal. Além da participação dos vereadores, componentes da mesa do evento discutiram questões sobre qualificação do Poder Legislativo municipal para melhor gestão e o papel dos Municípios no crescimento econômico”, acrescenta.

De acordo com a consultora jurídica da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Elena Garrido, é preciso desenvolver vias e ações para valorizar o legislativo municipal, classe política que tem contato direto com os eleitores e a população dos Municípios. “O vereador, na condição de quem fala diretamente com o povo, tem condição de exigir, tem condição de cobrar”, disse ela na nota.  “A CNM acredita que é fundamenta a qualificação do legislativo municipal para uma melhor gestão”, completou.

IMG_1616

Os vereadores de Afogados afirmaram que também participaram de diversos painéis e mesas temáticas a exemplo do encontro de socialização das experiências de consórcios públicos, com iniciativas de sucesso que estão sendo levadas à cabo em todo o Brasil nas áreas de resíduos sólidos, abastecimento de água, saneamento, aquisição de medicamentos, dentre inúmeros outros.

Os vereadores Igor Mariano, Raimundo Lima, Renaldo Lima, Pedro Raimundo, Zé Carlos, Augusto Martins, Franklin Nazário e Luiz Bizorão foram unânimes em assegurar a importância quanto a participação no evento: “Aprendemos muito estes dias, a Marcha em Defesa dos Municípios te dá maior capacidade de enfrentar o legislativo construindo alternativas para atender a demanda da população, o XI Fórum de Vereadores foi uma oportunidade única de debater temas somente voltados ao Poder Legislativo, com certeza o resultado prático deste evento será a apresentação de novas ideias e propostas para dar maior qualidade a gestão municipal. Uma troca de experiência com outros vereadores de Pernambuco resultou no descobrimento de alternativas para se aumentar e estimular o uso de energias alternativas”, destacaram os parlamentares.

Ação cobra R$ 11 milhões de Roseana Sarney na Justiça

André Coelho

Roseana Sarney será cobrada na Justiça a devolver R$ 11 milhões aos cofres públicos. A Procuradoria Geral do Maranhão ingressou com ação civil por improbidade administrativa contra Roseana.

O pedido da procuradoria é baseado em auditoria realizada pela Secretaria de Transparência e Controle do Maranhão nos procedimentos de licitação e contratos celebrados com as empresas Lastro Engenharia Ltda e Proenge Engenharia e Projetos Ltda para a reforma do Hospital PAM Diamante.

 

Ministro da Justiça afirma que manterá Daiello à frente da PF

 

image

Numa entrevista exclusiva ao repórter Vladimir Netto, da TV Globo, o ministro da Justiça, Alexandre Moraes, afirmou que vai manter o diretor da Polícia Federal, Leandro Daiello, à frente do órgão.

Daiello comanda a PF desde 2011. Sob o seu comando, a Polícia Federal realizou a maior operação de sua história, a Lava Jato, que apura o esquema de corrupção bilionário montado na Petrobras. Manteve a operação, deflagrada em 2014, mesmo sob pressões de governo, parlamentares e empresários.

Antes de assumir a direção geral da PF, Daiello foi superintendente da instituição em São Paulo. Ele é natural de Porto Alegre.

A entrevista foi feita para ser exibida no Jornal Nacional desta sexta-feira (13) e também na Globonews. A informação é de Matheus Leitão.

 

Justiça Federal expede mandado de prisão contra o ex-delegado Protógenes Queiroz

Ailton de Freitas

A 1ª Vara Federal Criminal de São Paulo expediu hoje um mandado de prisão contra o ex-delegado da PF Protógenes Queiroz, que chefiou em 2008 a enrolada Operação Satiagraha, que acabou anulada tantas foram às trapalhadas e irregularidades cometidas por ele.

Protógenes não compareceu hoje a uma audiência da Justiça Federal, por isso o mandado de prisão expedido pela juíza Andrea Moruzzi.

Ele está na Suíça, onde, no mês passado, pediu asilo político. Alegou que sua vida no Brasil estava “em risco” por causa  do seu trabalho.

Em outubro de 2014, o STF condenou Protógenes a dois anos e 6 meses de prisão por violação de sigilo funcional qualificada. Em 2015, foi expulso da PF.

 

 

 

http://nossaanadia.com.br/uploads/imagens/832c51c16743468032a87aa6a95baed4.jpg

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas (IFAL) lançou dois editais, já publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (13), sobre concursos públicos para a admissão de servidores na instituição em diversos campi do estado. Do total de vagas abertas, segundo os documentos, 10% serão destinadas para as pessoas com deficiência e 20% para os candidatos negros ou pardos.

De acordo com a Comissão Permanente do Vestibular (Copeve), da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), as oportunidades são para candidatos de todos os níveis de ensino e os salários serão entre R$ 1.739,04 e R$ 3.666,54, mais auxílio-alimentação no valor de R$ 458. Os editais de nº 59 e 60/2016 somam 185 vagas na carreira técnico administrativa em educação para atuação em diversas áreas da instituição. Os candidatos já podem se inscrever no certame pela internet, no endereço www.copeve.ufal.br/sistema, a partir das 20h de hoje até ás 23h59min do dia 12 de junho. As taxas variam entre R$ 50 e R$ 90. Confira aqui os editais:

EDITAL 59/2016 – NÍVEL MÉDIO

EDITAL 60/2016 – FUNDAMENTAL E SUPERIOR

QUADRO DE VAGAS OFERTADAS

A seleção terá provas aplicadas em dias distintos. Para os cargos do edital nº 59/2016, os exames ocorrerão no dia 25 de setembro. Para cargos do edital 60/2016, as provas estão marcadas para o dia 23 de outubro. Os locais serão divulgados pela comissão organizadora com uma semana de antecedência. Os concursos, conforme as regras, terão validade de dois anos, podendo serem prorrogados uma vez, por igual período.

O edital nº 59/2016 soma, ao todo, 108 vagas para ingresso nos cargos de assistente de aluno, assistente em administração, técnico de laboratório as áreas de agroecologia, agroindústria, agropecuária, aquicultura, edificações, eletroeletrônica, eletrônica, eletrotécnica, física, hospedagem, informática, mecânica, meio ambiente, química, segurança do trabalho e soldagem, técnico de tecnologia da informação, técnico em contabilidade, técnico em edificações/construção civil, técnico em eletrotécnica, técnico em enfermagem e técnico em segurança do trabalho.

Já o edital 60/2016 conta com 77 vagas para cargos de administrador, analista de tecnologia da informação, arquivista, auditor, bibliotecário/documentalista, economista, enfermeiro, jornalista, nutricionista, pedagogo, programador visual, técnico em assuntos educacionais, auxiliar de biblioteca e auxiliar em administração.

 

Henrique Meirelles defende nova idade mínima para aposentadoria

 

Estadão conteúdo

Estadão conteúdo

Na primeira entrevista no cargo, o novo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, informou nesta sexta-feira (13) que a reforma do sistema previdenciário é fundamental para assegurar as aposentadorias no futuro. Ele defendeu a adoção de uma nova idade mínima para a aposentação e uma regra de transição com prazo equilibrado.

“Não prometemos valores que não podem ser cumpridos. Despesas públicas são sempre pagas pela população, e a Previdência também”, disse Meirelles.

O novo ministro adiantou que o governo interino de Michel Temer defenderá uma nova idade mínima de aposentadoria, mas ainda estuda qual será a regra de transição que será proposta para o novo sistema.

“O caminho está claro: idade mínima com regra de transição. E essa transição não pode ser nem muito longa e nem muito curta”, acrescentou. “Quem está contribuindo no futuro vai receber aposentaria como deveria. Com o crescimento da população e da idade média dos brasileiros, o crescimento da Previdência é insustentável no longo prazo, precisamos controlar isso”, argumentou.

O ministro lembrou que já há uma discussão extensa sobre o assunto, sem citar, no entanto, o Fórum da Previdência criado no ano passado pelo governo da presidente afastada Dilma Rousseff. “Não se trata de uma novidade, o que precisamos agora é de uma determinação do governo”, completou.

A primeira medida econômica da sua gestão será implementar um sistema de controle dos gastos que impeça o crescimento real (acima da inflação) das despesas públicas. Ele classificou esse sistema de “nominalismo”. Ele defendeu o corte de gastos e o fim dos privilégios com recursos públicos.

“Vamos estabelecer o nominalismo. As despesas terão que ser mantidas em termos nominais”, afirmou em entrevista ao programa Bom Dia Brasil da TV Globo.

Meirelles admitiu que o rombo nas contas públicas em 2016 será maior do que o déficit de R$ 96,6 bilhões previsto pela equipe econômica de Dilma Rousseff. Mas ponderou que o quadro atual exige transparência em relação aos números do governo.

“O mais importante para o Brasil é de que comecemos a dizer a verdade e a ser claros. Temos que mostrar o que está acontecendo”, afirmou Meirelles, que apesar do quadro de dificuldade procurou transmitir confiança na economia.

O ministro descartou o anúncio de medidas nesta sexta. Ele informou que a sua equipe já começou uma levantamento dos dados do governo para tomar as medidas com segurança e clareza. Ele disse, porém, que o anuncio será feito num “prazo relativamente breve”.

“Vamos fazer com calma para que as medidas sejam eficazes para a retomada do crescimento”, afirmou.

Ex-presidente do Banco Central no governo Lula, Meirelles reconheceu que houve “melhorias grandes” naquela gestão, mas ressaltou que nos últimos anos – referindo-se ao governo da presidente afastada Dilma Rousseff – o desemprego aumentou e disse que isso precisa ser enfrentado.

“Outro problema é crescimento da dívida pública. A situação é grave.

Mais um homicídio registrado em Serra Talhada

 

752b59e6-93e8-4e2c-8b08-0e35c18bd079Na manhã desta sexta-feira (13), um motorista identificado como Ângelo Henrique Godofredo Lukwu, 26 anos, conhecido como “Rodela”, foi assassinado em Serra Talhada.

Segundo o blog Nayn Neto, o crime aconteceu na Avenida Afonso Magalhães, no bairro São Cristóvão.

Segundo populares, o fato aconteceu por volta das 06h30, quando dois homens não identificados, em uma motocicleta Honda Fan, cor preta, placa não anotada, se aproximaram da vítima, a qual também seguia pela via em sua motocicleta, quando os algozes, emparelharam com a veículo da vítima e efetuaram disparos de arma de fogo contra a mesma, a qual fora atingida duas vezes, uma no tórax e outro na perna.

A vítima ainda conseguiu pilotar por alguns metros, vindo a cair em seguida. Os meliantes se evadiram, após a prática do crime.

Ele ainda foi socorrida ao Hospital Regional de Serra Talhada, onde não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. É o homicídio número 15 registrado na cidade

 

Morte prematura do irmão JOAZ entristece meio evangélico

 

13177497_1775749029311880_8286823773253180611_n

Joaz ao lado de sua esposa Cleonice

A morte prematura do comerciante JOAZ surpreendeu e entristeceu a classe evangélica na cidade de Afogados da Ingazeira. Joaz, de 51 anos, morreu na noite de quarta-feira (11), na Capital Pernambucana. Seu sepultamento aconteceu nesta quinta-feira, 12 de maio. O comerciante era presbítero da Igreja Presbiteriana do Brasil, uma verdadeiro homem de Deus. É uma perda lamentada pelos cristãos. Joaz deixa a esposa Cleonice e dois filhos.

Placar folgado não garante lua-de-mel a Temer

 

temer

Os partidários do impeachment precisavam de maioria simples dos votos — 39 dos 77 votantes — para afastar Dilma da Presidência da República por até seis meses. Levaram ao painel eletrônico do Senado 55 votos, um além dos 54 exigidos para interromper o mandato da presidente definitivamente, na fase do julgamento. O placar folgado potencializa o esfarelamento do governo petista. Mas não facilita a vida do substituto Michel Temer.

Temer não terá os cem dias de tolerância a que todo novo governo tem direito, segundo uma lei não escrita mas geralmente respeitada na política. A deferência lhe será negada por duas azões: 1) seu governo não é novo. Além de ser sócio do fiasco petista, o PMDB manteve no primeiro escalão o mesmo centrão partidário que vendeu sua fidelidade a Lula e Dilma nos últimos 13 anos; 2) Temer chega ao Planalto sem votos e com uma crise econômica por debelar. Precisa mostrar resultados rapidamente.

Temer é tão impopular quanto Dilma. Segundo o Datafolha mais recente, 60% dos brasileiros queriam que ambos fossem impedidos. Para assegurar apoio congressual, o agora presidente em exercício compôs um ministério convencional e loteado. Mas terá de obter alguma simpatia do asfalto para evitar que os supostos aliados o traiam, como fizeram com Dilma. Não será simples. A crise econômica exige a adoção de medidas impopulares. São duras de roer e demoram a surtir efeito. E não há popularidade sem prosperidade. No caso de Temer, a lua-de-mel começa com um curto-circuito na suíte nupcial.

 

 

O concurso público dos Correios já era para ter ocorrido ano passado. Mas a boa notícia é que um novo concurso da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos deverá finalmente ser realizado em 2016.
A seleção deverá ser para agente de Correios, de nível médio, nas funções de carteiro e operador de triagem e transbordo. As remunerações iniciais são de pelo menos R$ 2.885,37 (carteiro) e R$ 2.348,87 (operador). A expectativa é que o edital seja divulgado no meio do ano.
Já a estatal afirma que está reavaliando a quantidade de vagas a serem preenchidas e a necessidade de pessoal em cada localidade e que tão logo o estudo seja concluído dará ampla divulgação ao assunto.
Por sua vez, a Portaria nº 17, do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest) do Ministério do Planejamento, publicada no último dia 23, no Diário Oficial da União, os Correios têm 223 vagas ociosas em seu quadro. Isso porque a portaria fixou em 118.624 o total de vagas no quadro de pessoal da empresa, das quais 118.401 estão preenchidas. Apesar de a quantidade de vagas ociosas atualmente ser pequena, a oferta do concurso tende a ser maior, já que até a publicação do edital muitos trabalhadores deverão deixar a empresa.
O diretor regional dos Correios no Rio de Janeiro, Márcio Vieira, falou da reavaliação das demandas, a quantidade de vagas para o estado deverá aumentar um pouco. Partiu de Vieira a informação de que o edital deverá ser divulgado muito provavelmente em meados deste ano.
Publicado por Jornal Folha do Progresso

 

 

A GT foi acionada por populares para se deslocar até a Rua Antônio Santana, Nº 16, Centro, pois estava ocorrendo uma agressão na Câmara dos Vereadores. No local, a vítima G. P. P. S., 22 anos, solteira, assessora parlamentar juntamente com testemunhas relataram que a acusada M. J., casada, idade e profissão não informadas, esposa do vereador Francisco de Sales (foto), juntamente com a filha e a sobrinha (que não tiveram os nomes revelados) adentraram na câmara de vereadores, invadiram a sala da vítima e a trancaram para que ninguém mais entrasse e começaram a agredi-la com tapas no rosto, palavras de calão e ainda cortaram seu cabelo vindo em seguida a se evadirem do local. Foram feitas diligências no intuito de localizar as acusadas, porém sem êxito. A vítima foi conduzida à delegacia local. Todas as informações aqui contidas foram fornecidas pelo 23º BPM e o espaço está aberto para as pessoas citadas.

Conspirador, leal, bom negociador? Afinal, quem é Michel Temer?

 
Temer (ao microfone) nos tempos do governo Montoro (ao centro), seu padrinho político

Considerado discreto e hábil negociador, o advogado e professor de direito Michel Miguel Elias Temer Lulia (PMDB), 75, chega à Presidência da República, o maior desafio de sua trajetória, de forma interina, com uma larga experiência política e algumas suspeitas. Em 2016, com a fama de gostar do que faz, ele completa 35 anos de política partidária –sua militância começou, porém, há mais de 50 anos.
O presidente interino, nascido em 1940 na cidade de Tietê (a 143 km a noroeste da capital paulista), filiou-se ao PMDB em 1981, época em que o partido liderava a oposição à ditadura e Franco Montoro era senador e o principal líder da legenda emSão Paulo. Temer é o segundo pupilo de Montoro a chegar à Presidência da República –o primeiro foi Fernando Henrique Cardoso (PSDB).
Eleito governador de São Paulo em 1982, Montoro nomeou Temer como procurador-geral do Estado e depois como secretário da Segurança Pública. A atuação no governo do padrinho político serviu de trampolim para Temer arriscar-se em sua primeira candidatura. Lançou-se candidato a deputado federal em 1986 e conseguiu se eleger para participar da Assembleia Constituinte.

Democracia cristã
A ligação com Montoro remontava à década de 1960, quando este era um dos líderes do PDC (Partido Democrata Cristão). “Ele [Montoro] fazia um grupo de estudos. E eu trabalhei muito nas teses da democracia cristã, liderado pelo Montoro”, afirmou Temer em entrevista publicada em seu canal no YouTube em 2014. Temer e Montoro, que era católico, também conviveram como professores na PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo).
Morto em 1999, Montoro era tido como político preocupado com o social, apesar de não ser socialista. Foi importante opositor da ditadura e artífice da campanha de redemocratização do país na década de 1980. Deixou o PMDB em 1988 para fundar o PSDB, partido com o qual Temer e os peemedebistas mantêm laços

 

Fernando Filho tornou-se ministro contra a vontade de Carlos Siqueira, do governador Paulo Câmara e do prefeito Geraldo Júlio

http://i0.wp.com/carlosbritto.ne10.uol.com.br/wp-content/uploads/2016/04/Fernando-Filho-PSB.jpg?resize=800%2C533

Por Inaldo Sampaio

Pernambuco tem várias nulidades em sua bancada federal, mas tem igualmente parlamentares de valor, de que é prova a convocação de quatro deles para compor o ministério de Michel Temer: Mendonça Filho (Educação), Bruno Araújo (Cidades), Raul Jungmann (Defesa) e Fernando Filho (Minas e Energia). Nenhum outro estado da federação tem quatro deputados federais no primeiro escalão governamental- Isso é mais uma demonstração de que nossa bancada é diferenciada. Mendonça entrou na quota do DEM e Bruno Araújo do PSDB, dois dos partidos que mais lutaram pelo impeachment de Dilma. Jungmann não entrou na quota do PPS e sim do próprio Michel Temer pelo trânsito que tem com os militares, em que pese ser um ex-comunista. E Fernando Filho entrou na quota da ala do PSB que queria integrar o novo governo, atropelando o presidente Carlos Siqueira, o governador Paulo Câmara e o prefeito Geraldo Júlio.

Queimação

Às vésperas de ter seu nome confirmado para o Ministério das Cidades, o deputado Bruno Araújo (PSDB) teve um leve aborrecimento. A ala que não reza pela cartilha de Aécio Neves fez circular nos corredores da Câmara este elogio feito por ele ao deputado Eduardo Cunha. “Vossa Excelência é mais presidente hoje do que às vésperas da divulgação dessa lista (da Petrobras)”.

Luciano Duque reage às críticas de ex-aliado e diz que o responsável por ter quebrado ST tem outro nome

 

 

 
Luciano Duque reage às críticas de ex-aliado e diz que o responsável por ter quebrado ST tem outro nome
 
A relação entre o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT) e o ex-prefeito Carlos Evandro (PSB) azedou de vez. O petista não aceitou as provocações do ex-aliado, que durante entrevista aoFAROL, afirmou que o PT teria quebrado o Brasil e Duque Serra Talhada. Durante entrevista a rádio Líder do Vale FM, nessa quinta-feira (12), o prefeito estava em Brasília, mas reagiu às declarações de ‘Carlão’.
 
“Dizem que Serra Talhada vive uma crise. Eu vi um cidadão essa semana colocando na mídia, dizendo que Serra Talhada quebrou e está vivendo uma crise igual ao Brasil. A crise que Serra Talhada quebrou foi no governo dele (Carlos Evandro), não foi nesse governo, não”, pontuou o petista.
 
O contra-ataque de Luciano Duque é uma pista de como deverá ser embate nestas eleições. Em 2012, Luciano Duque esbravejava que o então prefeito Carlos Evandro teria feito uma ‘revolução’ em Serra Talhada e era exemplo de administrador. Pelo tom, o embate entre criador e criatura deve acontecer sobre a égide de quem foi o responsável por ter ‘quebrado’ a Capital do Xaxado. Façam as suas apostas!

MINISTRO DA JUSTIÇA CRIMINALIZA MOVIMENTOS SOCIAIS

 
imagem
Novo ministro da Justiça, o ex-secretário de Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, defendeu pulso firme contra ações violentas de movimentos sociais:

 

 

“A partir do momento que seja MTST, ABC, seja ZYH, que deixam o livre direito de se manifestar para queimar pneu, colocar em risco as pessoas, aí são atitudes criminosas que vão ser combatidas, assim como os crimes”, disse.

Recentemente, ele classificou protestos contra o impeachment de Dilma Rousseff de “atos de guerrilha”.

Questionado sobre a Lava Jato, reafirmou que a operação estará garantida no governo Temer: “Temos não só que mantê-la como, porque é uma belíssima operação, melhorar. Melhorar a operação com mais celeridade e mais efetividade”, afirmou

 

 
 
Veículo roubado localizado em Quixaba: A GT local ao realizar rondas e abordagens no centro da cidade se deparou com o veículo Ford Focus HC de cor branca, ano 2010, Chassi 8AFUZZFHCBJ391553 e placa NYS-7070-BA e ao suspeitar que seria objeto de furto/roubo foi feito uma consulta ao INFOSSEG, onde foi confirmado que o veículo havia sido roubado. F. de A. A. de L., 29 anos, condutor do dito veículo foi localizado e conduzido a delegacia de polícia de Afogados da Ingazeira-PE, para as devidas providências.
 
Detento recapturado em Carnaíba: A guarnição ordinária local foi acionada pela Central de Operações para que fizessem a recaptura do detento J. E. da S., 33 anos, pois o mesmo tinha violado a sua tornozeleira, quebrando assim sua condicional. O preso foi localizado e conduzido à delegacia de Afogados da Ingazeira para as devidas providências.
 
Homem invade residência e tenta agredir a ex-companheira em Tabira: A Rocam foi informada pela vítima que seu ex- companheiro I. L. dos S., 42 anos, solteiro, vendedor adentrou em sua residência com visíveis sinais de embriaguez, lhe ameaçou de morte, tentando agredi-la. O filho da vítima, um estudante de 15 anos, entrou em vias de fato com o acusado, sendo esse detido e conduzido a DP.

Adolescente tem moto apreendida em São José do Egito: Um adolescente de 15 anos, residente em Itapetim, foi flagrado conduzindo uma motocicleta Honda sem portar os documentos obrigatórios. A motocicleta foi removida para o SETRANS e o menor conduzido para a DP.

 
Menor dirige carro em Triunfo: Durante bloqueio, Policiais Militares do 14º BPM se depararam com o adolescente conduzindo uma motocicleta Honda CG 150. Foi localizado seu responsável, E L da S L, 27 anos, o qual foi encaminhado à delegacia de polícia local para serem tomadas as medidas cabíveis.

 

 

 

 
Menos de 24 horas depois de autorizar a abertura de um inquérito contra o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes acatou a argumentação da defesa do tucano e suspendeu a fase de colheita de provas sobre o envolvimento de Aécio no esquema de propina ligado a Furnas.
 
Segundo Gilmar, os advogados de Aécio conseguiram demonstrar que não há elementos novos que justifiquem a instauração de um inquérito, visto que os detalhes que constam na delação do ex-senador Delcídio Amaral (sem partido – MS) já eram de conhecimento da Procuradoria-Geral da República.
 
“A petição do parlamentar pode demonstrar que a retomada das investigações ocorreu sem que haja novas provas, em violação ao art. 18 do CPP e à Súmula 524 do STF”, afirma o ministro.

 

CUNHA MORREU, TEMER AGONIZA, DILMA RENASCE

“O governo sem voto que sucede a presidenta eleita não têm legitimidade alguma. Falta-lhe a credibilidade que só o voto soberano do povo pode conferir. A frente do que talvez seja o pior ministério da história da república, um conjunto mal ajambrado para recompensar golpistas, composto só de homens brancos e ricos, alguns investigados pela Justiça, o governo usurpador só conseguirá se manter com a força ilegítima da repressão contra trabalhadores, movimentos sociais e defensores da democracia golpeada. Trata-se de um governo natimorto, com breve prazo de validade”, afirma o colunista Marcelo Zero; segundo ele, “politicamente, Cunha já morreu, e Temer agoniza com sua total falta de legitimidade e credibilidade”; sobre Dilma, ele pondera que “mesmo afastada, começa a renascer como a mártir honesta da democracia golpeada”; “Sua dor de inocente injustiçada convence e inspira”, ressalta

Metroviários do Recife entram em greve e paralisam a partir de segunda-feira

 

O metrô funcionará nos horários de pico / Diego Nigro/JC Imagem

Os metroviários decidiram, em assembleia realizada na Estação Central, na noite desta quinta-feira (12), paralisar as atividades a partir da próxima segunda-feira (16). Na última terça-feira, a categoria decretou estado de greve. O movimento, que acontece a nível nacional, é motivado pela rejeição, por parte dos metroviários, da proposta de reajuste de 5,5% feita pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). 

De acordo com Diogo Morais, presidente do Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindmetro-PE), o índice oferecido pela CBTU está abaixo da inflação e a empresa quer cortar duas cláusulas de acordos antigos. “Nós pedimos um reajuste de 9,28% e a manutenção das cláusulas. Nós não aceitamos a redução do índice percentual. Não abrimos mão do direito. Mas continuamos articulando, tentando dialogar com a empresa e com o governo”, afirmou Diogo.

Segundo o presidente do Sindmetro-PE, as duas cláusulas que estão ameaçadas de serem retiradas são o Vale Cultura e as toalhas higienizadas que alguns funcionários recebem para retiraram a graxa antes de retornar para casa. “São coisas simples e a gente não entende porque a empresa não consegue avançar com a gente, diz que não tem condições de bancar estas cláusulas”, acrescentou.

Na última terça, os metroviários aderiram ao Dia Nacional de Paralisações, a favor da presidente afastada Dilma Rousseff e funcionou apenas nos horários de pico (das 5h às 9h e das 16h às 20h). A última greve dos metroviários por questões salariais ocorreu há três anos. Em outubro de 2014, a categoria paralisou por três dias, cobrando mais segurança.

“Estou vivendo a dor da traição e da injustiça”, diz Dilma a manifestantes

 

imagem

Em discurso a apoiadores do governo, concentrados em frente ao Palácio do Planalto, a presidenta afastada Dilma Rousseff disse que esta sendo vítima de injustiça e traição, após ter sido afastada do cargo por até 180 dias.

“Estou vivendo a dor da traição, a dor da injustiça”, disse aos manifestantes, ressaltando que são as palavras mais terríveis.

Dilma afirmou que irá resistir até o fim do processo de impeachment, que foi aberto no Senado. “Estou pronta para resistir por todos os meios legais. Lutei minha vida inteira e vou continuar lutando”, afirmou.

A presidenta afastada agradeceu o apoio de manifestantes que protestaram nos últimos meses contra o processo que, segundo Dilma, “estiveram do lado certo da história, do lado da democracia”.

Após o discurso, Dilma recebeu um buquê de flores. Ela estava acompanhada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de ex-ministros de seu governo.  (Agência Brasil)

 

Com Fernando Filho, são cinco ministros no governo Temer

 

f_55c33615-99c0-476b-a530-2a9c9761656e_bruno araujo

De Pernambuco, cinco nomes foram confirmados por Temer na formação do Ministério:

Mendonça Filho (DEM) para Educação e Cultura,  Bruno Araújo (PSDB),  para  Cidades, Raul Jungmann (PPS) para Defesa e Fernando Filho (PSB) para Minas e Energia, mesmo  sem chancela do partido.

Romero Jucá não tem base em Pernambuco mas é natural do Estado.

Depois do Golpe: FERNANDO COELHO FILHO ASSUMIRÁ MINAS E ENERGIA

 

Sem título

O deputado Fernando Coelho Filho (PE), líder do PSB na Câmara, será o novo ministro de Minas e Energia no governo do presidente interino Michel Temer. A confirmação foi feita há pouco.

Fernando Coelho Filho estava cotado inicialmente para o Ministério da Integração Nacional.

Em nota à imprensa, a bancada do PSB na Câmara declarou apoio “incondicional” à participação de Coelho Filho no governo Temer.

Leia a nota na íntegra:

“NOTA OFICIAL

A Bancada do Partido Socialista Brasileiro na Câmara dos Deputados vem por meio da presente ratificar seu incondicional apoio ao nome do seu Líder, o Deputado Federal Fernando Coelho Filho, para compor o governo do Presidente Michel Temer.

A Bancada do PSB reafirma seu compromisso com o país e sua disposição de contribuir de forma direta para que o Brasil supere este difícil momento e retome o caminho do desenvolvimento.

Liderança do PSB na Câmara dos Deputados”

 

Protesto pró-democracia fecha a avenida paulista

 

images-cms-image-000496942

Manifestantes de movimentos sociais e centrais sindicais fecharam, no início da noite desta quinta-feira (12), a Avenida Paulista, em protesto contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff e a posse de Michel Temer como presidente em exercício. O ato fecha a avenida nos dois sentidos na altura do Masp, onde o grupo se concentrou desde o final da tarde.

Um carro de som acompanha o protesto. Os manifestantes pretendem caminhar em direção ao escritório à sede da Fiesp, também na Avenida Paulista.

Por volta de 18h50, a Polícia Militar fez um cordão de isolamento para impedir que os manifestantes seguissem até a Fiesp, onde se reúne um grupo favorável ao impeachment.

Os manifestantes queimaram patos de papelão que levavam durante o protesto, em uma alusão à campanha da Fiesp pela saída de Dilma.Continue lendo →

Temer divulga lista oficial de ministros

 

imagem

O presidente interino Michel Temer já escolheu sua equipe de governo. No total, serão 22 ministérios, segundo divulgou a assessoria de imprensa da Vice-Presidência. O Ministério da Cultura, por exemplo, será incorporado ao Ministério da Educação.

Abaixo, a lista dos novos ministros:

 

– Gilberto Kassab, ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
– Raul Jungmann, ministro da Defesa
– Romero Jucá, Planejamento, Desenvolvimento e Gestão
– Geddel Vieira Lima, ministro-chefe da Secretaria de Governo
– Sérgio Etchegoyen, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional
– Bruno Araújo, ministro das Cidades
– Blairo Maggi, ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
– Henrique Meirelles, ministro da Fazenda
– Mendonça Filho, ministro da Educação e Cultura
– Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil
– Osmar Terra, ministro do Desenvolvimento Social e Agrário
– Leonardo Picciani, ministro do Esporte
– Ricardo Barros, ministro da Saúde
– José Sarney Filho, ministro do Meio Ambiente
– Henrique Alves, ministro do Turismo
– José Serra, ministro das Relações Exteriores
– Ronaldo Nogueira de Oliveira, ministro do Trabalho
– Alexandre de Moraes, ministro da Justiça e Cidadania
– Mauricio Quintella, ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil
– Marcos Pereira, ministério da Indústria e Comércio
– Fabiano Augusto Martins Silveira, ministro da Fiscalização, Transparência e Controle (ex-CGU)
– Fábio Osório Medina, AGU

Fonte: Agência Brasil

Após o Senado votar pela admissibilidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa questionou a maneira como o processo foi conduzido e, embora tenha admitido que Dilma falhou como presidente, disse que Michel Temer não tem legitimidade para governar o País. Para ele, o ideal seria que novas eleições fossem convocadas, mas admitiu que dificilmente o STF aprovaria algo desse tipo.
 
Barbosa participou nesta quinta-feira de evento em São Paulo, para o qual foi convidado para discorrer sobre as instituições brasileiras. Afirmou ter sido uma coincidência o evento ter caído no mesmo dia em que o Senado votou o processo de impeachment. Aproveitou, portanto, para fazer algumas provocações aos parlamentares.
 
“Tenho sérias duvidas quanto à integridade e à adequação desse processo pelo motivo que foi escolhido. Se a presidente tivesse sendo processada pelo Congresso por sua cumplicidade e ambiguidade em relação à corrupção avassaladora mostrada no País nos últimos anos, eu não veria nenhum problema. Mas não é isso que está em causa”, afirmou.

13174144_851637508292713_5077148592135282546_n

O prefeito de Tuparetama Dêva Pessoa, também coordenador do Cimpajeú e de Brejinho, José Vanderlei, voltaram da Marcha dos Prefeitos hoje. O primeiro reclamou da falta de encaminhamentos práticos provocada pelo momento do evento, em meio ao afastamento de Dilma Roussef.

O episódio de afastamento de Dilma gerou um dilema, pois a presidenta afastada não tinha o que resolver e o novo, Michel Temer, também não podia fazer nada porque está de chegada.

“Com exceção das visitas aos Ministérios e a outros órgãos, a Marcha não cumpriu com sua meta. Não pela Marcha em si, mais pelo momento pelo qual passa o país. Quem ontem respondia por uma pasta, hoje não responde mais”, queixou-se Dêva.

Ele disse que não foi possível sequer apresentar uma pauta de reivindicações ao Governo. Simplesmente não se sabia a quem entregar documento algum.

 

“Particularmente, eu e  José Vanderlei estivemos no Gabinete do Deputado. Gonzaga Patriota, no FNDE e FUNASA. Apesar do momento conturbado, conseguimos dirimir dúvidas e retirar pendências. Agora é esperar as emendas e projetos apresentados”, disse.

“Ordem e Progresso” será slogan do governo do golpe Temer

 

 

O slogan do governo de Michel Temer será “Governo Federal: Ordem e Progresso”. A informação foi divulgada antecipadamente pelo marqueteiro do PMDB, Elsinho Mouco, um dos idealizadores do novo conceito, nesta quinta-feira, quando Temer assumiu interinamente a presidência da República, após o afastamento de Dilma do governo pelo Senado Federal, tendo em vista a admissibilidade do processo de impeachment contra ela. No entanto, a assessoria do partido não confirma que a escolha do slogan seja definitiva.
 
A ideia do novo conceito, que substitui o lema “O Brasil: Pátria Educadora”, criado pelo governo Dilma, teria surgido nesta quarta-feira, quando Mouco teve uma reunião com a equipe de Temer para definir a imagem do novo governo.
 
Nas redes sociais já circula uma imagem que seria a usada pelo governo Temer para difundir o novo slogan, que mostra a esfera azul da bandeira do Brasil com a frase “Ordem e Progresso”, com as palavras “Brasil” e “governo federal” ao fundo.
 

 

 

Em seus 50 de História, o PMDB conseguiu emplacar hoje seu terceiro presidente da República sem que tenha sido votado para ser presidente. José Sarney, em 1985, quando Tancredo ficou doente e não pode assumir. Itamar Franco em 1992, após o impeachment de Fernando Collor, e agora Michel Temer, com o afastamento de Dilma. Todos vices que acabaram no poder. Resultado: o partido já pode pedir música no Fantástico.

Coma votação de 55 a 22 pelo Senado, Dilma é, definitivamente, a Bola Murcha da rodada. Temer, por enquanto, está com a bola cheia. Mas o quanto isso vai durar, ninguém sabe.

Agora o partido fará uma enquete para escolher a música. Temer disse a amigos que, se fosse ele a decidir, seria o hit Eu vou tirar você desse lugar, de Odair José.

Em seus 50 de História, o PMDB conseguiu emplacar hoje seu terceiro presidente da República sem que tenha sido votado para ser presidente. José Sarney, em 1985, quando Tancredo ficou doente e não pode assumir. Itamar Franco em 1992, após o impeachment de Fernando Collor, e agora Michel Temer, com o afastamento de Dilma. Todos vices que acabaram no poder. Resultado: o partido já pode pedir música no Fantástico.

Coma votação de 55 a 22 pelo Senado, Dilma é, definitivamente, a Bola Murcha da rodada. Temer, por enquanto, está com a bola cheia. Mas o quanto isso vai durar, ninguém sabe.

Agora o partido fará uma enquete para escolher a música. Temer disse a amigos que, se fosse ele a decidir, seria o hit Eu vou tirar você desse lugar, de Odair José.

 

IMG-20160507-WA0019

Depois de receber um pipa, caminhão-caçamba, retroescavadeiras e outras máquinas do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC2), do Governo Federal, a prefeitura de Arcoverde deixou de lado a função para a qual as máquinas deveriam funcionar (melhorar as estradas rurais) e acabou sendo flagrada beneficiando um terreno particular dentro da cidade, segundo denúncia encaminhada pelo jornalista Paulo Edson ao blog.

Populares flagraram um caminhão-caçamba modelo PAC e com selo da Prefeitura de Arcoverde, e uma enchedeira também com selo do PAC2, dentro de um terreno particular às margens do Corredor da Integração, realizando trabalhos de limpeza e aterro de uma área próxima ao novo prédio do Fórum de Arcoverde.

Os equipamentos são destinados exclusivamente para construção de estradas e limpeza de rios, em programas de beneficiamento das comunidades rurais e dos agricultores familiares. Outro uso fora disso é ilegal, imoral e pior ainda se for em terreno privado, beneficiando alguém em particular.

Uma portaria ainda editada em 2014 pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) assegura que todo o mapa de utilização das máquinas seja publicado na Câmara de Vereadores, que seja divulgado no município e que os sindicatos e cooperativas sejam informados, o que não acontece. Em Arcoverde, pelo visto, o único mapa que funciona é o eleitoral.

COMEÇOU A REPRESSÃO?

:

 

Antes mesmo da consumação do golpe parlamentar no Brasil, que deve afastar a presidente Dilma Rousseff, a Polícia Militar do Distrito Federal reprimiu duramente manifestantes que foram às ruas em defesa da democracia, nesta quarta (11); segundo relato dos Jornalistas Livres, os policiais “fizeram uma barreira na Esplanada, na altura do Ministério da Justiça, para impedir a marcha pela democracia de se aproximar do Congresso”; “Aí um bando de policiais resolveu deixar a barreira, avançar sobre os manifestantes e escolher alguns a dedo para revistar de maneira agressiva. Nem é preciso dizer que a maior parte dos escolhidos foram jovens negros pobres”, informa; mulheres foram agredidas e até uma jornalista foi atacada por policiais; a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) diz que é de se esperar o fortalecimento de repressões às manifestações e aos movimentos sociais

GILMAR SURPREENDE E DÁ OK A INQUÉRITO CONTRA AÉCIO

:

Ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou na noite de ontem a abertura de inquérito contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), requerida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre suspeitas de propina em Furnas; texto publicado no site do STF diz ainda que foi determinado o desarquivamento de outra ação que citava o senador; de acordo com manifestação de Janot enviada à Corte, além das acusações contra o senador feitas pelo doleiro Alberto Yousseff em delação premiada, surgiram “fatos novos” a partir da delação do senador cassado Delcídio do Amaral, ex-líder do governo no Senado Federal; o ministro Dias Toffoli também aceitou abertura de inquérito contra Eduardo Cunha (PMDB), presidente afastado da Câmara dos Deputados

Mario Magalhães: um golpe vagabundíssimo

:

“Sem blindados nas ruas e divisões de infantaria nas estradas. Com uma embalagem menos vulgar que a de 52 anos atrás. Mas mesmo assim um golpe de Estado. Mais um golpe vagabundíssimo”, diz o colunista Mario Magalhães sobre o impeachment; ele retoma a expressão de Carlos Lacerda, governador da Guanabara em 1964; o jornalista lembra que Dilma sofre processo de sem que exista um único indício ou prova de que tenha cometido crime

 

 

 

 

 

 

O plenário do Senado Federal aprovou às 6h34 desta quinta-feira (12) a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff por 55 votos a favor e 22 contra. Com a decisão, ela fica afastada do mandato por até 180 dias. O vice-presidente Michel Temer deve assumir com o afastamento de Dilma.
 
O presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) não votou – ele só votaria em caso de empate. Dois senadores se ausentaram: Jader Barbalho (PMDB-PA) e Eduardo Braga (PMDB-AM). A sessão começou às 10h desta quarta-feira (11) e seguiu ao longo do dia e da noite.
 
Dilma Rousseff deverá ser oficialmente notificada nesta quinta (12) da decisão do afastamento.
 
Segundo Renan informou após o resultado da votação, a presidente vai manter, no período em que estiver afastada, o direito à residência oficial do Palácio da Alvorada, segurança pessoal, assistência saúde, remuneração, transporte áreo e terrestre e equipe a serviço do gabinete pessoal da Presidência.
 
Agora, o Senado passará a colher provas, realizar perícias, ouvir testemunhas de acusação e defesa para instruir o processo e embasar a decisão final. O julgamento será presidido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que também comandará a Comissão Processante do Senado.
 
O impedimento definitivo da presidente depende do voto favorável de 54 (dois terços) dos 81 senadores, em julgamento que ainda não tem data para ocorrer.

Senadores afastam Dilma; Temer anunciará plano

A presidente Dilma Rousseff foi afastada do cargo pelo Senado. Ao todo, 55 senadores votaram pelo impeachment após uma sessão que durou mais de 20 horas. O vice-presidente Michel Temer planeja anunciar hoje ao País seu projeto de governo, que terá entre as principais promessas a retomada do crescimento econômico e a abertura de um grande diálogo nacional como antídotos contras as graves crises política e econômica.

Ao todo, havia 78 senadores presentes – 22 votaram contra e houve uma abstenção. Levantamento feito pelo Estado já mostrava a existência de pelo menos 51 votos a favor do relatório – eram necessário 41 do total de 81 senadores da Casa. Com a admissibilidade do processo, conforme a lei, Dilma é afastada imediatamente da Presidência por até 180 dias.

A economista Dilma Vana Rousseff, de 68 anos, assumiu a Presidência da República pela primeira vez em 1.º de janeiro de 2011 e foi reeleita, em vitória apertada sobre Aécio Neves (PSDB), em outubro de 2014. Acossada pela oposição e pela Operação Lava Jato, que investiga desvios e corrupção na Petrobrás, a petista não reuniu apoios políticos suficientes para barrar o avanço do impeachment e, em dezembro de 2015, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) aceitou o pedido assinado pelos advogados Miguel Reale Jr. e Janaína Pascoal e pelo promotor Helio Bicudo. O afastamento marca o fim da Era PT no Palácio do Planalto.

Após rápida reunião, ministros decidem pedir demissão coletiva

Ministros de Dilma em reunião na quarta-feira, 11

Portal Estadão

Mesmo já sabendo que o Senado votaria o afastamento da presidente Dilma Rousseff, ministros do governo amanheceram ontem com “muitas dúvidas” sobre o futuro de suas pastas e coube aos ministros do Gabinete Pessoal da Presidência, Jaques Wagner, e da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, reunir praticamente todos os membros da Esplanada no Palácio do Planalto para definir as ações e sanar os questionamentos.

Em uma reunião considerada rápida, que durou pouco mais de duas horas e não contou com a presença de Dilma, ficou definido que com exceção do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, e do ministro interino dos Esportes, Ricardo Laser, todos os integrantes do primeiro escalão do governo irão pedir demissão. Apenas o ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), José Eduardo Cardozo, que acompanhou a votação no Senado, e a ministra das Cidades, Inês Magalhães, que participou de um evento do Minha Casa Minha Vida, em Guarulhos (SP), não participaram da reunião.

A ideia é que Dilma assine as demissões assim que for notificada pelo Senado, o que está previsto para acontecer hoje pela manhã, às 10h. Uma edição extra do Diário Oficial será publicada com as demissões. A decisão foi discutida durante a reunião ministerial realizada no Palácio do Planalto, sob o comando dos ministros do Gabinete Pessoal da Presidência, Jaques Wagner, e da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini. A equipe de Dilma não irá fazer transição para o vice-presidente Michel Temer.

A ordem de Dilma, que não participou da reunião com os ministros, e permaneceu no Palácio da Alvorada, é de manter Alexandre Tombini para evitar qualquer tipo de turbulência econômica, para evitar causar mais problemas nesta área para o País. Da mesma forma, o ministro dos Esportes interino fica no cargo, pelo menos por enquanto, por conta da realização da Olimpíada. A ideia é que ele permaneça no posto de secretário Executivo dos Esportes. Este Diário Oficial extra vai publicar ainda a demissão dos secretários executivos dos Ministérios. Mas em alguns casos, como da Fazenda, eles permanecem em seus postos, também com objetivo de manter estabilidade do mercado.

O ministro da Defesa, Aldo Rebelo, foi quem sugeriu, na reunião que algumas pessoas fossem mantidas estrategicamente nos cargos em razão de suas funções, muito específicas. É o caso do secretário-geral do Ministério da Defesa, que é um caso especial. Em cada ministério será mantido um funcionário para repassar informações técnicas e administrativas à equipe de Temer, mas não necessariamente será o secretário executivo. Na Casa Civil, o repasse de informações será feito pelo secretário executivo adjunto Bruno Moretti.

Após rápida reunião, ministros decidem pedir demissão coletiva

Ministros de Dilma em reunião na quarta-feira, 11

Portal Estadão

Mesmo já sabendo que o Senado votaria o afastamento da presidente Dilma Rousseff, ministros do governo amanheceram ontem com “muitas dúvidas” sobre o futuro de suas pastas e coube aos ministros do Gabinete Pessoal da Presidência, Jaques Wagner, e da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, reunir praticamente todos os membros da Esplanada no Palácio do Planalto para definir as ações e sanar os questionamentos.

Em uma reunião considerada rápida, que durou pouco mais de duas horas e não contou com a presença de Dilma, ficou definido que com exceção do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, e do ministro interino dos Esportes, Ricardo Laser, todos os integrantes do primeiro escalão do governo irão pedir demissão. Apenas o ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), José Eduardo Cardozo, que acompanhou a votação no Senado, e a ministra das Cidades, Inês Magalhães, que participou de um evento do Minha Casa Minha Vida, em Guarulhos (SP), não participaram da reunião.

A ideia é que Dilma assine as demissões assim que for notificada pelo Senado, o que está previsto para acontecer hoje pela manhã, às 10h. Uma edição extra do Diário Oficial será publicada com as demissões. A decisão foi discutida durante a reunião ministerial realizada no Palácio do Planalto, sob o comando dos ministros do Gabinete Pessoal da Presidência, Jaques Wagner, e da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini. A equipe de Dilma não irá fazer transição para o vice-presidente Michel Temer.

A ordem de Dilma, que não participou da reunião com os ministros, e permaneceu no Palácio da Alvorada, é de manter Alexandre Tombini para evitar qualquer tipo de turbulência econômica, para evitar causar mais problemas nesta área para o País. Da mesma forma, o ministro dos Esportes interino fica no cargo, pelo menos por enquanto, por conta da realização da Olimpíada. A ideia é que ele permaneça no posto de secretário Executivo dos Esportes. Este Diário Oficial extra vai publicar ainda a demissão dos secretários executivos dos Ministérios. Mas em alguns casos, como da Fazenda, eles permanecem em seus postos, também com objetivo de manter estabilidade do mercado.

O ministro da Defesa, Aldo Rebelo, foi quem sugeriu, na reunião que algumas pessoas fossem mantidas estrategicamente nos cargos em razão de suas funções, muito específicas. É o caso do secretário-geral do Ministério da Defesa, que é um caso especial. Em cada ministério será mantido um funcionário para repassar informações técnicas e administrativas à equipe de Temer, mas não necessariamente será o

secretário executivo. Na Casa Civil, o repasse de informações será feito pelo secretário executivo adjunto Bruno Moretti.

 

 

Screenshot_2016-05-11-18-41-42

Em plena crise vereadores de Afogados da Ingazeira estão em Brasília na macha dos prefeitos, qual será a justificativa dos parlamentares para tal viagem, curioso que o prefeito Patriota arquitetou esse encontro mesma data onde se julga o afastamento da Presidenta, tivemos informações que ainda na comitiva de Afogados foi um fotógrafo, o secretário de finanças da prefeitura além dos vereadores Renaldo Lima, Luiz Bizorão, Raimundo Lima, Pedro Raimundo, Augusto Martins, Frankilin Nazário, Igor Mariano e Zé Carlos, ai vem a pergunta que não quer calar, as custas de quem, quem está bancando o passeio turístico dos parlamentares em Brasília?

 

Vereadores de oposição criticaram os demais colegas de participarem da Marcha dos Prefeitos em Brasília. O vereador Zé, quis deixar claro que não compactua nem se manifestou favorável em ir a Marcha, tanto que está em Afogados da Ingazeira.
 

“Não tem sentido com essa crise alardeada por tanta gente os vereadores usarem diárias para ir a uma marcha que é de prefeitos, não de vereadores. Se foram para gastar diárias e ir ver o Impeachment de Dilma fizeram errado denunciou vereador Zé Negão”.
Não foram à Marcha os vereadores Vicentinho, Cícero Miguel, Antonieta Guimarães e Renon de Ninô 

 

Os vereadores tem postado várias fotos nas redes sociais direto de Brasília são eles: Frankilin Nazário, Renaldo Lima, Luiz Bizorão, Raimundo Lima, Pedro Raimundo, Augusto Martins, Igor Mariano e Zé Carlos.
O povo precisa saber:

Qual a finalidade desses vereadores em Brasília diante da situação que o país atravessa, fica a pergunta quem vai pagar todas às despesas dos senhores vereadores, eles mesmos? a Prefeitura,? AMUPE? ou a própria câmara de vereadores ? o povo precisa saber!!!!!!! Senhores vereadores.

 

 

 

 

Governador parece que esqueceu o que foi prometido aos professores, será?

 

Foto: JC Imagem

Veja a nota oficial, intititulada Governo de Pernambuco aberto ao diálogo

“No período de janeiro de 2007 a dezembro de 2014, os professores da Rede Pública Estadual tiveram um incremento de 155,44% na remuneração média contra uma inflação de 55,24%, que importa um ganho real, no período, de 100,20% acima da inflação.

Portanto, Pernambuco vinha com uma política definida de recuperação dos salários dos professores até que se abateu profunda crise econômica sobre o Brasil arrastando também o nosso Estado, que permanece sendo um dos poucos estados da Federação a pagar salários em dia.

Pernambuco foi o primeiro Estado brasileiro a pagar o Piso Nacional de Salários dos professores do Magistério, e que durante todo esse tempo jamais deixou de cumprir essa obrigação imposta por Lei.

Como é de conhecimento da opinião pública mesmo diante das imensas dificuldades em 2015 foi cumprido o Piso, e concedido reajuste de 7,01% nos salários dos professores, sob a forma de progressões, que alcançou a todos os ativos e aposentados.

Para 2016, reafirmamos que o Governo não se afastará de sua obrigação e cumprirá mais uma vez a Lei que estabelece o reajuste do Piso para os professores com Magistério, tão pouco deixará de exercitar o salutar dialogo com o Sintepe, representante dos professores da Rede Pública Estadual, sobre outros aspectos que envolvam a carreira.

Para tanto, já está marcada para a próxima terça-feira, dia 10 de maio, reunião com o Secretario de Educação, Fred Amâncio, para que sejam discutidos os diversos temas apresentados pelo Sintepe ao Governo do Estado em longa pauta de reivindicações”.

Greenwald: Democracia sofre duro golpe no Brasil

 

:

Jornalista norte-americano, que iniciou a divulgação dos dados sobre os programas de vigilância global dos EUA, por meio dos documentos de Edward Snowden, afirma em artigo publicado no site The Intercept que a democracia brasileira sofre nesta quarta-feira 11 um duro golpe, que instalará no poder um projeto neoliberal inelegível e corrupto; para ele, o vice-presidente, Michel Temer, será um fiel servidor dos mais ricos

:

Jornalista norte-americano, que iniciou a divulgação dos dados sobre os programas de vigilância global dos EUA, por meio dos documentos de Edward Snowden, afirma em artigo publicado no site The Intercept que a democracia brasileira sofre nesta quarta-feira 11 um duro golpe, que instalará no poder um projeto neoliberal inelegível e corrupto; para ele, o vice-presidente, Michel Temer, será um fiel servidor dos mais ricos

 

 

HRA2

O deputado Júlio Cavalcanti destaca o caso Hospital Regional de Arcoverde, cuja situação o deputado acompanha de perto.

A unidade, responsável pelo atendimento de 13 municípios da VI Regional de Saúde, está devendo a fornecedores, sem suprimentos básicos para os atendimentos e, agora, sem médicos plantonistas. Há dois finais de semana que não há profissionais para atender a população.

“As pessoas estão precisando se deslocar para Sertânia em busca de atendimento, o que é um verdadeiro absurdo. Questões de saúde são urgentes”. De acordo com o parlamentar, a população está completamente sem saber o que fazer diante do descaso das gestões Municipal e Estadual com a saúde pública.

“Estou providenciando uma reunião com o secretário de Saúde, dr. José Iran, para expor a situação e pedir providências. Não é possível que o povo pernambucano continue sendo severamente penalizado dessa forma por conta da má gestão dos recursos públicos”, finalizou.

Cientista russo afirma ter registrado o momento em que “alma” deixa o corpo

 
Cientista russo afirma ter registrado o momento em que “alma” deixa o corpo
 
O que acontece quando uma pessoa morre? Alguns acreditam que a “alma” (os que possuem algum tipo de crença espiritual) deixa o corpo físico, enquanto outros pensam que, quando morremos, simplesmente deixamos de existir completamente.
 
Colocando em termos científicos, a alma nada mais é do que um conceito – nada nunca foi provado cientificamente. Contudo, o cientista russo Konstantin Korotkov, diretor do Research Institute of Physical Culture em St. Petersburg, afirmou ter evidências da existência da alma. Através de um dispositivo ele afirmou ter detectado o momento exato em que as energias deixam um corpo após a morte. Para convencer os céticos, ele ainda tirou uma série de fotos de todo o processo.
 
Apesar de não estar sendo levado muito a sério pelo restante da comunidade científica, Korotkov afirmou que o nosso corpo é composto de bioenergias localizadas em sete pontos essenciais – esse conceito, em algumas culturas, é considerado como “chakras”.
 
Assim, uma vez que o corpo morre, estas energias o abandonam formando uma espécie de ‘nuvem’ que, de acordo com ele, corresponderia à evidência da alma. Para provar isso, ele criou um dispositivo chamado GDVCAMERA, que, além de captar o movimento de energias, ainda consegue gravá-las em imagens.
 
Para capturar esse momento, o cientista conecta pequenos eletrodos na ponta dos dedos, que, em menos um milissegundo, enviam e recebem sinais elétricos. Quando essas cargas elétricas são pulsadas através do corpo, ele naturalmente responde com uma espécie de “nuvem de elétrons”, compostas por fótons de luz e que só são visíveis através do dispositivo. Cada um desses sete eletrodos representa os chakras, e, no momento da morte, essa nuvem azul abandona o corpo físico. De acordo com o russo, umbigo e cabeça são as partes que primeiro perdem a força de vida (o que seria a alma) e a virilha e coração são as últimas áreas.
 
Essa técnica, que mede em tempo real a radiação estimulada e que é amplificada pelo campo eletromagnético, é uma versão mais avançada da tecnologia desenvolvida por Semyon Kirlian, em 1939, chamada de Fotografia Kirlian – um método de fotograma que consiste em colocar uma placa fotográfica que, ao receber estímulos elétricos, projeta a imagem. Além disso, ela já foi recomendada como tratamento médico pelo Ministério da Saúde da Rússia e, atualmente, é usada por mais de 300 profissionais da saúde em todo o mundo para monitorar progresso do tratamento de pacientes com câncer, e outras doenças.
 
A teoria apresentada pelo russo, notavelmente, peca pela falta de evidências, já que não possuem uma base científica real. Korotkov já foi acusado até mesmo de ter manipulado as fotos para dar uma melhor demonstração de sua teoria – como se fosse uma espécie de reconstituição ou dramatização, e não uma prova concreta. E se você estiver interessado em adquirir o dispositivo com sistema da captação de energia, ele está à venda no site oficial de seu criador – o que reforça ainda mais sua suposta intenção em tornar-se famoso, misturando ciência e crença religiosa ao criar uma máquina como sendo algo inédito.

 

MEC envia à AGU ação contra lei que proíbe opinião de professores em sala de aula

MEC também acompanha o desdobramento de processos semelhantes em outros estados / Divulgação

O Ministério da Educação (MEC) encaminhou nesta terça-feira (10) à Advocacia-Geral da União (AGU) argumentos que justificam a ação direta de inconstitucionalidade contra a lei alagoana que instituiu o programa Escola Livre, promulgada pela Assembleia Legislativa do estado. 

A lei proíbe que professores da rede pública de Alagoas opinem sobre diversos temas e determina que os docentes mantenham neutralidade política, ideológica e religiosa em sala de aula.

“O cerceamento do exercício docente, portanto, fere a Constituição brasileira ao restringir o papel do professor, estabelecer censura de determinados conteúdos e materiais didáticos, além de proibir o livre debate no ambiente escolar. Da mesma forma, esse cerceamento pedagógico impede o cumprimento do princípio constitucional que assegura aos estudantes a liberdade de aprender em um sistema educacional inclusivo”, diz o texto enviado à AGU, assinado pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Além de Alagoas, o MEC acompanha o desdobramento de processos semelhantes em outros estados.

O projeto Escola Livre

Em novembro do ano passado, a Assembleia Legislativa de Alagoas aprovou, por unanimidade, o projeto de lei, de autoria do deputado Ricardo Nezinho (PMDB), que institui o Programa Escola Livre no sistema estadual de ensino. O governador Renan Filho (PMDB) vetou o projeto, mas a Assembleia Legislativa derrubou a decisão do Executivo.

 

Ato em Tabira critica socialistas por posição pró-impeachment

 

IMG-20160511-WA0008

IMG-20160511-WA0010

IMG-20160511-WA0011

IMG-20160511-WA0012

A FETAPE em parceria com a CUT realizaram ontem em Tabira um ato contra o Impeachment e pela democracia, seguindo o roteiro de atos similares pelo país. No evento, falas contra Deputados e Senadores a favor do Impeachment, chamados de golpistas.

Dentre os presentes com direito a fala, o prefeito de Tabira Sebastião Dias, o vereador Aristóteles Monteiro, o suplente e advogado Tote Marques, Jair Almeida (PT Afogados), Adriana Nascimento (FETAPE), representantes do Movimento Sindical do Moxotó e outros nomes.

Também entre os alvos, o prefeito de Afogados da Ingazeira e Presidente da Amupe, José Patriota, pela posição de se abster do debate em torno do tema, criticado em algumas falas. Socialistas que votaram pelo Impeachment também foram alvos do protesto, que reuniu trabalhadores rurais do Pajeú.

Governo Federal autoriza 53 rádios a migrar do AM para FM, uma em Pernambuco

 

FOTO28

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, assinou, na manhã desta terça-feira (10), o termo aditivo que autoriza a migração de 53 emissoras de rádio AM para a faixa FM.

Presidentes de associações estaduais e radiodifusores de todas as regiões do Brasil compareceram à assinatura do termo aditivo, um dos últimos passos do processo de migração. As rádios agora devem apresentar uma proposta de instalação da FM e solicitar à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a permissão de uso da radiofrequência. Após a liberação, as emissoras já podem começar a transmitir em FM.

A cerimônia também foi marcada pelo discurso de André Figueiredo, que, em tom de despedida, fez um balanço de sua gestão.

“Esse é um setor que trabalha muito, que investe, gera empregos e, como tal, precisa cada vez mais ter seus valores reconhecidos e ser efetivamente democratizado. Independente dos governos que estejam por vir, a área das Comunicações não pode ser subalterna a qualquer outra área”, disse Figueiredo.

Para o presidente da ABERT, Daniel Slaviero, o termo aditivo fortalece ainda mais a radiodifusão. “Nós estamos presenciando um dos fatos mais relevantes para o rádio dos últimos 50 anos. A assinatura coletiva que o ministro faz na reta final da sua gestão é fundamental para que essas emissoras e todas as outras que optaram por migrar mantenham sua competitividade. Na verdade, a migração é uma questão de sobrevivência”, ressaltou.

Dessas, apenas a Rádio Bom Conselho é de Pernambuco. Do Nordeste ainda foram autorizadas a migrar as rádios Rio do Ouro Jacobina, São José Itabuna, Alvorada Guanambi e Rádio Emissora de Alagoinhas (BA), Cultura de Paracuru e Araripe S/A do Crato (CE) e Itamarati de Piripiri (PI).

 

Conheça a brasileira que é uma das mais bem pagas gestoras de fundos do mundo em 2105 ela faturou US$ 60 milhões

Reprodução

Absolutamente desconhecida no Brasil, a executiva financeira brasileira Leda Braga é uma dos 50 gestores de hedge fund mais bem pagos do mundo — é, aliás, a única mulher na lista compilada pela revista americana Alpha da Institutional Investor, em sua última edição. Figurou em 44º lugar no ranking.

Leda, 49 anos, baseada em Londres, é dona da Systematica Investiments e tem sob sua responsabilidade 9 bilhões de dólares. Ela levou para casa em 2015, US$ 60 milhões.

 

Senador José Serra 

O Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu da Justiça de São Paulo nos últimos dias uma investigação que envolve o senador José Serra (PSDB-SP), a senadora Marta Suplicy (PT-SP) e o ex-ministro e presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab. O material foi enviado à Corte na sexta-feira passada (06), e foi distribuído nesta segunda-feira (09), ao gabinete do ministro Luiz Edson Fachin.

Kassab, que integrou o governo Dilma Rousseff à frente do Ministério das Cidades, é cotado para assumir uma pasta em um eventual governo Michel Temer. Caberia ao presidente do PSD o Ministério das Comunicações – que pode se fundir com o Ministério da Ciência e Tecnologia. O nome de Serra também deve compor um futuro governo do peemedebista. O tucano é sondado para assumir a pasta de Relações Exteriores.

A apuração, que chegou ao Supremo com 495 folhas, envolve a suposta prática de atos de improbidade administrativa na gestão da cidade de São Paulo. Marta foi sucedida na prefeitura da capital paulista por Serra em 2005. Em 2006, o tucano deixou o cargo para concorrer nas eleições estaduais de São Paulo e a prefeitura passou para as mãos de Gilberto Kassab, que se reelegeu para mais um mandato na sequência.

A suspeita levantada em investigações conduzidas pelo Ministério Público de São Paulo, segundo fonte com acesso ao caso, é de que os prefeitos tenham incorrido em crime de responsabilidade relacionado a aumento de salário de professores em desacordo com a lei orgânica municipal. O material da investigação ainda não foi tornado público no sistema eletrônico do Supremo Tribunal Federal.

A remessa do caso ao STF se deve ao fato de Marta e Serra possuírem foro privilegiado perante a Corte, em razão do mandato parlamentar. Não se sabe até o momento, contudo, a razão de a remessa só ter sido determinada agora.

A apuração feita na capital paulista deve passar por análise da Procuradoria-Geral da República, que pode pedir diligências sobre o caso ou solicitar o arquivamento da investigação. Todos os pedidos feitos pela Procuradoria devem ser analisados por Fachin, relator da investigação no Tribunal.

A defesa de Kassab afirmou que as informações relativas ao caso já tinham sido prestadas à Justiça. Os advogados do ex-ministro se declaram “absolutamente tranquilos quanto ao objeto da investigação”, que classificam como algo “corriqueiro da prefeitura”.

Procurada, a assessoria da senadora Marta Suplicy não enviou manifestações sobre a investigação. A assessoria do senador José Serra não retornou contatos da reportagem.

Schumi está pesando menos de 45kg / AFP

Pesando menos de 45kg, o heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, pode morrer nas próximas horas. A informação foi publicada pelo site norte-americano News Every Day nesta terça-feira (10). O ex-piloto alemão de Fórmula 1 está coma desde o dia 29 de dezembro de 2013, quando sofreu um acidente grave quando esquiava nos alpes franceses.  

“Ele não pesa mais do que 45 quilos e apenas um milagre pode mantê-lo vivo. Resta esperar. É uma questão de horas”, relatou o doutor ao News Every Day. 

Quem também visitou Schumi e não tem boas notícias é o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt. “Ele está travando a batalha mais importante de sua vida”, comentou. “Nós só podemos desejar o melhor para ele e para sua família”, afirmou Todt.

Após levantamentos realizados por policiais militares da 3°CPM em conjunto com Malhas da Lei e Polícia Civil de São José do Egito, foi dado fiel cumprimento ao mandado de prisão expedido em desfavor de José Eguinaldo Vieira dos Santos, 24 anos, morador do Bairro São João.
 
José Eguinaldo é acusado de e participar do homicídio, juntamente com Jackson Adeilson, contra o adolescente Júlio César da Silva Lima, ocorrido na madrugada do último dia 30, no bairro São João. O mesmo também é acusado de realizar diversos assaltos a estabelecimentos comerciais e transeuntes em São José do Egito.
 
Eguinaldo foi reconhecido por algumas vítimas de assalto, como sendo o garupa da moto de dupla que vinha aterrorizando a cidade.

2015_851742668-2015092287952.jpg_20150922

O senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) teve seu mandato cassado nesta terça-feira (10), após ter sido alvo de processo no Conselho de Ética do Senado por quebra de decoro. A punição foi aprovada por 74 dos 81 senadores, em votação no plenário do Senado, após o Conselho recomendar a cassação.

 

Dos 76 senadores que participaram da sessão, 74 votaram a favor da cassação, houve uma abstenção e o presidente da Casa, Renan Calheiros, não votou. Nenhum senador votou contra a punição e cinco senadores faltaram. Eram necessários 41 votos (maioria absoluta) para a cassação ser aprovada.

O ex-petista fica agora inelegível por oito anos. Com a cassação, assume seu suplente, Pedro Chaves (PSC-MS), empresário da área da educação e ligado ao pecuarista José Carlos Bumlai.

Acidente mata mais um na BR-232 em Serra Talhada: jovem de 19 anos é atropelada nessa segunda-feira

 
 

 

Acidente mata mais um na BR-232 em Serra Talhada: jovem de 19 anos é atropelada nessa segunda-feira
 
O trânsito no trecho urbano da BR-232 em Serra Talhada matou mais uma pessoa na noite desta segunda-feira (9). AoFAROL, a Polícia Civil informou que o corpo de uma jovem de 19 anos, identificada por Valéria Alves Barbosa, foi encontrado próximo ao trevo que leva ao distrito de Santa Rita. A vítima é natural de São José do Belmonte.
 
O Hospam (Hospital Regional Agamenon Magalhães) afirmou que a garota deu entrada ainda com vida na unidade médica, mas não resistiu. A polícia detalhou que no local onde a garota foi encontrada existia estilhaços de vidro pelo chão, indicando que a jovem pode ter sido atropelada por um carro, que não prestou socorro.
 
O trecho urbano da BR-232 em Serra Talhada vem registrando nos últimos meses vários acidentes e mortes. Na semana passada, o mototaxista Cícero Claudino Leite, 44 anos, morreu após colidir com uma bicicleta (relembre). O acidente também ocorreu no período da noite. O FAROL recebeu muitas reclamações dando conta da falta de iluminação no trecho urbano da rodovia.

 

Jovens armados com espingarda 12 são presos ao tentar praticar assalto em Serra Talhada

 
 
Jovens armados com espingarda 12 são presos ao tentar praticar assalto próximo à UFRPE, em ST
 
bandidosUma dupla de jovens foi presa portando uma espingarda calibre 12 após tentar roubar um carro modelo Duster na rodovia Gregório Ferraz, que dá acesso à UFRPE/Uast (Unidade Acadêmica de Serra Talhada). O crime aconteceu na manhã desta terça-feira (10), por volta das 9h. Ao FAROL, a Polícia Civil informou que os suspeitos foram identificados por Alisson da Silva Pereira, 22 anos, e Gleison Thiago Martins, 21, moradores do bairro Bom Jesus.
 
Os dois possuem passagens pela delegacia local. Gleison Thiago tem oito registros, dentre eles, por porte ilegal de arma de fogo. Alisson tem três passagens, uma delas por porte de arma branca. No depoimento à polícia, a vítima informou que a dupla saiu a pé da caatinga apontando a espingarda e mandando parar o carro. A dupla só não contou com a reação do motorista, que rapidamente deu ré no veículo conseguindo evitar a abordagem. Os criminosos não atiraram.
 
Informados do caso, equipes da Rocam e Gati, da Polícia Militar, iniciaram buscas e conseguiram prender os suspeitos. Gleison Thiago e Alisson da Silva foram autuados em flagrante por roubo e podem pegar de quatro a dez anos de reclusão, inclusive, com agravamento da pena por terem praticado ato violento portando arma de fogo. Eles serão conduzidos para a cadeia de Serra Talhada.

 

Homicídio em Araripina, homem tenta atirar em outro, a arma não dispara e termina morrendo com a própria arma

 
 
O 1º homicídio do mês de maio foi registrado em Araripina tendo como vítima o procurado da justiça Jildean Kennedy Guimarães, de 22 anos, foto acima, também conhecido por Galego ou Diabo Loiro. O corpo do mesmo foi encontrado na manhã de ontem, segunda-feira (09), por volta das 08:00, dentro de um matagal às margens da Avenida Perimetral, imediações da cachoeira e Canal São Pedro, e apresentava lesões provocadas por pauladas, pedras e um orifício semelhante a um disparo de arma de fogo na região das costelas.
 
 

Segundo informações da Patrulha do Bairro da Polícia Militar que atendeu a ocorrência, horas antes do crime, quatro elementos identificados por Adão Robério de Souza, de 27 anos, solteiro, desempregado, Pedro Alves de Souza, idade ignorada, Teófilo Alexandre do Nascimento Júnior, de 24 anos, casado, garçom, e um menor de 14 anos, estavam bebendo em uma residência no Alto da Boa Vista.

Durante a bebedeira os quatro foram surpreendidos na casa com a chegada da vítima, o Jildean, o qual tinha uma rixa antiga com o Adão Robério. Ainda segundo a polícia o Jildean de posse de um revólver mirou em direção ao seu desafeto, apertou o gatilho, mas a arma não disparou.
 
O Adão Robério vendo que a arma falhou, junto com os outros três, tomaram a arma da vítima e efetuou 02 disparos contra o jildean, mas disse na delegacia não saber se tinha acertado. Os quatro teriam perseguido a vítima, sendo que o Robério teria matado o Jildean a pedradas e pedradas, além de ser preso com a arma dele. O segundo acusado do crime conseguiu fugir, enquanto os demais arrastaram o corpo da vítima do local do homicídio e colocaram em outro lugar.
 
A prisão dos acusados e a apreensão do menor, foram realizadas durante diligências realizadas pelo GATI, Grupo de Apoio Tático Itinerante da Polícia Militar. O revólver calibre 32 Rossi com duas munições deflagradas também foi apreendido e com os demais envolvidos foram encaminhados para a DPC local.
 
A polícia militar isolou o local do crime até a chegada da polícia civil que realizou a perícia preliminar e autorizou uma equipe da Afasal, Assistência Familiar São Lázaro, a remover o corpo ao IML, Instituto Médico Legal de Petrolina. o caso foi registrado na DPC local e também será investigado pelo Departamento de Homicídios da 24ª DESEC, Delegacia Seccional.
 
 

Conforme informações da polícia civil, a vítima Jildean tinha três mandados de prisão em aberto por roubos, furtos e assaltos a mão armada. Esse foi o 1º homicídio do mês de maio em Araripina e 10º do ano no município. Esse também foi o 2º homicídio do mês de maio na Região do Araripe e com esse crime já são 43 pessoas assassinadas na Região do Araripe de janeiro até agora.

Reportagem Fredson Paiva 

Piauiense Chambinho do Acordeon atuará na novela “Velho Chico”

 
 
O cantor, compositor e ator Nivaldo Expedito de Carvalho (Chambinho do Acordeon) participará da novela “Velho Chico”, que é exibida pela Rede Globo desde março de 2016. O convite veio do diretor da novela Luiz Fernando Carvalho.
 
O ator irá para o Rio de Janeiro participar de uma reunião com a direção da novela e estará realizando a gravação das cenas nos dias 11 e 12 do corrente mês.
 
 
Nivaldo também foi intérprete do cantor Luiz Gonzaga, conhecido como “O rei do baião”, no filme “Gonzaga, de pai para filho, lançado no ano de 2012.
 

 

Não vingou:PSB de Tabira procura outro candidato para substituir Zé de Bira

Zé-de-Bira

 

Depois do chove não molha do PSB em busca de um candidato para disputar a sucessão do Prefeito Sebastião Dias (PTB), em Tabira, continua.

O partido do governador Paulo Câmara, que dias atrás tinha cerca de 5 pré-candidatos a prefeito, hoje está sem nenhum.

Depois da tumultuada reunião do PSB/PRB na semana que passou, os socialistas promoveram uma rápida reunião onde o vereador Zé de Bira alegando problemas pessoais, comunicou a sua desistência.

Resta saber quem será o próximo nome a ser “abençoado” ou “queimado” pelo partido. Lideranças não faltam: ex-vice-prefeito Joel Mariano, e os vereadores Marcos Crente, Edmundo Barros e Sebastião Ribeiro.

Coordenadoria da Mulher debate instalação da Patrulha Maria da Penha em Afogados

 

reunião

A Coordenadoria de Políticas para as Mulheres de Afogados da Ingazeira reuniu-se este final de semana com autoridades policiais e organizações de gênero para debater a implantação da Patrulha Maria da Penha em alguns municípios da região.

De um modo simplificado, mulheres vítimas de violência são cadastradas e tem acesso a uma senha. Em casos de atos iminentes de violência, a mulher pode ligar para o número 190 e, ao fornecer a senha, as autoridades policiais são automaticamente informadas da gravidade da situação e encaminham uma viatura imediatamente ao local informado da ocorrência.

“É uma grande conquista, pois dá mais agilidade na resposta da autoridade policial aos atos de violência praticados contra as mulheres,” informou Risolene Lima, coordenadora da mulher de Afogados. Ela destacou ainda a participação na reunião de representantes de outros municípios da região, que também pleiteiam a implantação do serviço, a exemplo de Iguaraci, Carnaíba, Santa Terezinha, Tuparetama e Ingazeira.

O serviço é exclusivo para mulheres em situação de violência doméstica, familiar e sexual, sob risco de morte e/ou agressões físicas. A liberação das senhas e a gestão do cadastro são coordenadas pela Secretaria Estadual da Mulher.

Mais dois integrantes do Novo Cangaço morrem em confronto com a polícia no Piauí

 

 

(Segundo informações, os assaltantes mortos no confronto de hoje dia (10) com a polícia, são do Sertão de Pernambuco)
 
Mais dois integrantes do Novo Cangaço morrem em confronto com a polícia no Piauí
 
A Secretaria de Segurança confirmou que mais dois integrantes da quadrilha que explodiu uma agência bancária em Curimatá no Piauí, morreram em confronto com a polícia no final da manhã desta terça-feira dia (10). O número de mortos subiu para três, já que um havia morrido quando o grupo encontrou com barreiras policiais durante a fuga na madrugada da última sexta-feira (06).
 
O confronto de hoje aconteceu na zona Rural do município de Morro Cabeça no Tempo. Com os acusados, preliminarmente identificados como sendo: EDVAN, vulgo “VAN VAN ARACUÔ, e NEGUINHO ARACUÃ, foram apreendidos dois fuzis. Os outros integrantes do grupo, segundo a Secretaria de Segurança, estão cercados por policiais do Piauí, Pernambuco eBahia, na mata da região de Curimatá. Eles ainda resistem à tentativa de prisão.

 

 

 

 

 

Aconteceu hoje (10), por volta das 14:30hs. em Afogados da Ingazeira  um suicídio que chocou a cidade,  o senhor  José Natal Gustavo de Lima 51 anos, conhecido como Zé, o mesmo era funcionário do açougue de preguinho,  segundo populares  o mesmo estava  sentada no meio-fio da calçada  na avenida Artur Padilha próximo a uma academia e a compensa  e ao avistar  o caminhão VW-15/80 TOCO, cor branca, placa PFG 5428, passando no quebra-molas, a vítima de forma intencional se arremessou embaixo dos pneus traseiros da caçamba.

Quando Policia Militar do 23 º BPM chegou ao local a vítima que atentou pela própria vida já estava em óbito.

 

 O local foi isolado e a Polícia Civil foi acionada e a ocorrência passada a disposição da Delegacia de Policia local para serem tomadas as medidas cabíveis.

 

Outras informações que o senhor Zé, teria momentos antes agredido sua esposa com golpes de marretas, a mesma foi encaminhada para o Hospital Regional de Afogados onde se encontra em situação grave de saúde

 

 

imagem

Em entrevista exclusiva ao 247, o ministro da Advocacia-Geral da União, José Eduardo Cardozo, fez duras críticas ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, que ontem classificou como “Operação Tabajara” a decisão – já revogada – do presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), de anular o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

– No Brasil de hoje, alguns tratam o direito de defesa como Operação Tabajara e um golpe como democracia – afirmou Cardozo.

O ministro relata que procurou Maranhão para que ele decidisse sobre um recurso apresentado pela AGU, dentro do prazo legal, contra alguns procedimentos adotados nas sessões em que o impeachment foi votado na Câmara. Essa decisão vinha sendo cobrada pela própria comissão especial do Senado, presidida por Raimundo Lira (PMDB-PB) – o que, segundo Cardozo, derruba a tese do presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL) de que a decisão foi intempestiva.

– Como pode ser intempestiva uma decisão sobre um recurso apresentado no prazo e que ainda não havia sido julgado? – indaga Cardozo.

O ministro lembra, ainda, que, em nota divulgada ontem, o próprio presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), admitiu não ter assinado a decisão relativa ao recurso – o que prova que ela não foi intempestiva (leia mais aqui).

Como Maranhão recuou, a questão se torna agora kafkiana. O recurso continua pendente de apreciação por parte da Câmara, porque Maranhão revogou sua decisão, mas não decidiu em direção contrária. Ou seja: há um limbo jurídico e o golpe pode vir a ser consumado com mais um atropelo sobre o direito de defesa. Segundo o ministro, Maranhão só voltou atrás ao ser coagido pelos parlamentares.

– Ele sofreu ameaça de expulsão do partido e de cassação sumária apenas porque tomou uma decisão compatível com as prerrogativas do cargo que exerce – diz o ministro.

Cardozo diz, ainda, que a presidente Dilma Rousseff se mantém firme e serena, ciente do processo que está em curso no Brasil, que consiste em agressão à democracia, violação das regras constitucionais e assalto ao poder por forças derrotadas na última disputa presidencial, associadas a eventuais usurpadores. Um processo, diga-se de passagem, já denunciado pela imprensa internacional, pela Organização dos Estados Americanos e por personalidades como o Nobel da Paz, Adolfo Perez Esquivel.

Nesta terça-feira, a Advocacia-Geral trabalha em novos recursos que devem ser apresentados ao Supremo Tribunal Federal. Recursos, segundo Cardozo, que podem vir antes da votação do dia 11 e também depois.

– Não estamos lutando por um mandato presidencial apenas, mas pela preservação da democracia, que foi duramente conquistada pela sociedade brasileira – afirma. (247)

 

:

 

Trabalhadores fazem agora de manhã em algumas das principais avenidas de São Paulo protestos simultâneos contra o processo impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Por volta das 6h, eles interditaram a pista expressa da Marginal Pinheiros, no sentido Castelo Branco. Um grupo de cerca de 60 pessoas caminha na altura da Ponte Laguna, no Brooklin, na zona sul.

Por volta das 6h30, os manifestantes interditaram, nos dois sentidos, a Avenida 23 de Maio, que liga a zona norte à zona sul. na altura do terminal de ônibus Bandeiras. Eles queimam pneus no local.

 

Em outro protesto na grande São Paulo, trabalhadores interditam a Rodovia Hélio Schmidt, que dá acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos.

 

Maranhão recua e revoga decisão de anular sessão do impeachment

 

15359240O presidente em exercício da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), decidiu na madrugada desta terça-feira (11) revogar a decisão que proferiu pela manhã para tentar anular a sessão da Câmara que aprovou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A Secretaria Geral da Mesa da Câmara recebeu a decisão da revogação por volta de 00h20. Maranhão assinou dois ofícios (veja ao final desta reportagem) – um com a revogação da decisão e outro destinado ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), informando sobre a nova deliberação, que deverá ser publicada nesta terça (11). O processo de impeachment tramita desde a semana passada no Senado e será votado no plenário nesta quarta-feira (10).

“Revogo a decisão por mim proferida em 9 de maio de 2016 por meio da qual foram anuladas as sessões do plenário da Câmara dos Deputados ocorridas dias 15, 16 e 17 de abril de 2016, nas quais se deliberou sobre a Denúncia por Crime de Responsabilidade n.1/2015”, diz o texto do ofício assinado por Waldir Maranhão.

A decisão de Maranhão de tentar anular a sessão da Câmara que aprovou a abertura do processo de impeachment surpreendeu o meio político pela manhã e provocou grande movimentação durante todo o dia. Opartido PHS chegou a protocolar no Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido para que a Corte derrubasse a medida tomada por Maranhão.

Em razão da decisão de Maranhão,colocou-se em dúvida se o resumo do relatório aprovado pela comissão especial de impeachment seria lido na sessão desta segunda do Senado – exigência para que a matéria seja votada pelo plenário.

Depois de reunião com as principais lideranças partidárias do Senado, Renan Calheiros anunciou que, mesmo com a decisão de Maranhão – considerada “intempestiva” –, a leitura do resumo do relatório e a sessão do plenário desta quarta-feira estavam mantidas. Se a abertura do processo for aprovada pelos senadores, Dilma será afastada da Presidência da República por até 180 dias.

Ao justificar a decisão de tentar anular a sessão da Câmara – e antes de voltar atrás, Maranhão disse que o objetivo era “salvar a democracia”.

Dentre as reações à medida de Maranhão, partidos de oposição ameaçavam denunciá-lo ao Conselho de Ética, integrantes da mesa diretora já tinham programado uma reunião para pressionar o presidente interino a revogar a decisão e deputados do PP iniciaram um movimento para expulsá-lo do partido.

Antes de anunciar a decisão pela manhã, o presidente interino se reuniu duas vezes com o ministro José Eduardo Cardozo, da Advocacia-Geral da União (AGU) – autora do pedido para anular a sessão –, e consultou o governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), contrário ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Decisão política mais comentada do dia, a anulação da tramitação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) pode ter sido uma orientação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ). As informações são do colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim.

 

A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (9) pelo deputado Waldir Maranhão (PP-MA), presidente em exercício da Câmara. Ele assumiu o cargo após o afastamento de Cunha ter sido decretado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com as informações divulgadas pelo colunista d’O Globo, Maranhão e Cunha teriam se encontrado na última sexta-feira (6). No encontro, que teria ocorrido em Brasília, Cunha fez a sugestão para o novo presidente da Câmara.

Jardim afirma que esse raciocínio mostra que Cunha poderia ter novamente ascendência sobre o fim do governo Dilma e, eventualmente, o início do governo de Michel Temer (PMDB), vice-presidente da República.

O colunista afirma que inicialmente Maranhão rejeitou a ideia, mas foi convencido por Cunha. O argumento utilizado pelo deputado do Rio de Janeiro é que o colega, ao barrar o impeachment, manteria sua coerência após ter chamado o processo de “golpe” durante a votação de 17 de abril.

A interpretação de pessoas ligadas aos políticos é que barrar o afastamento de Dilma, no momento, daria tempo aos dois. Cunha, por exemplo, teria feito o pedido acreditando que, em caso de queda da presidente, não teria mais influência no momento de fazer sua própria defesa

23º BPM IMPLANTA AÇÕES DO PROERD EM AFOGADOS DA INGAZEIRA

 

55fc9d55-c4db-4c3f-9803-b96f72f2eed3 - Cópia

O 23º BPM através do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), iniciou suas atividades de prevenção nas escolas do município de Afogados da Ingazeira atendendo alunos do Centro de Educação Infantil Maria Genedi Magalhães localizado no bairro Padre Pedro Pereira, um dos mais vulneráveis da cidade. A aplicação do programa é fruto de parceria entre a secretaria de educação do município e a polícia militar. Inicialmente 137 crianças estão recebendo a mensagem de prevenção contra as drogas e à violência, mas todas as escolas da zona urbana e rural de Afogados da Ingazeira receberão o Proerd no ano de 2016, onde serão contempladas mais de 3.000 crianças com a mensagem de prevenção. A Cb Kaline é a responsável pelas instruções no referido educandário.

 

Chuvas no Recife já ultrapassam os 100 milímetros nas últimas 24h

 

1

As chuvas que atingem toda a Região Metropolitana do Recife desde a tarde desse domingo (8) já ultrapassaram os 100 milímetros somente na capital pernambucana. De acordo com o monitoramento da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), na área central da cidade, as precipitações, ao longo de 24 horas, já chegaram aos 123 milímetros, por exemplo.

De acordo com a Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), dois deslizamentos de barreiras foram registrados na Zona Norte do Recife. Um novo alerta de chuvas foi emitido nesta segunda-feira (9).

O acumulado de chuvas ainda está causando transtornos em toda a RMR. A manhã foi de muito congestionamento no trânsito da capital, e ruas em várias partes da cidade permanecem alagadas. Em Olinda, moradores chegaram a utilizar um pequeno barco para conseguir atravessar a Avenida Presidente Kennedy.

3

2

Na Zona Norte da capital, duas barreiras deslizaram nos bairros da Guabiraba e Corrégo do Abacaxi. Nos dois casos, não há registo de vítimas.

Segundo a Apac, nas próximas 24h, as chuvas devem continuar de forma moderada a forte. A recomendação da Defesa Civil do Recife é para que moradores de áreas de risco deixem suas residências e procurem lugares seguros. A qualquer sinal de risco é possível acionar a Defesa Civil através do número 0800 081 3400, a ligação é gratuita.

Por causa das chuvas, a inauguração do Hospital da Mulher foi suspensa. Na área central, diversas lojas tiveram que fechar as portas devido aos alagamentos.

Motorista perde controle e bate em mureta de posto na BR-232, em Serra Talhada

 

Fotos: Zap Zap Campeão
 
Na tarde desta segunda-feira (09), por volta das 15h, segundo testemunhas, o motorista do Nissan Frantier, perdeu o controle da direção e bateu na mureta de proteção, em frente ao Posto São Cristóvão, na BR-232, em Serra Talhada. O motorista não sofreu ferimentos, apenas danos materiais.
 

Polícia Federal e MPF realizam nova etapa da Operação Zelotes em três estados

 
 
Polícia Federal e MPF realizam nova etapa da Operação Zelotes em três estados
 
A Polícia Federal e o Ministério Público Federal iniciaram uma nova fase da Operação Zelotes nesta segunda-feira (09). A operação ocorre no Distrito Federal, e nos estados de São Paulo e Pernambuco. A investigação examina o suposto esquema de compra e venda de votos no Carf, conselho vinculado ao Ministério da Fazenda que julga recursos de multas de grandes contribuintes. Um dos investigados nesta etapa é o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, alvo de um mandato de condução coercitiva.
 
Nesta fase há pelo menos 30 mandados de condução coercitiva e o alvo da operação é a empresa Cimento Penha, acusada de pagar propina para ter multa anulada no Carf. Não há mandados de prisão. A mesma operação apura ainda o esquema de compra de medidas provisórias nos governos Lula e Dilma.
 
Em Pernambuco, estão sendo cumpridos cinco mandados de condução coercitiva (um em Boa Viagem, dois em Paulista, um na Jaqueira e um em Olinda) e três mandados de busca e apreensão (um em Olinda e dois em Recife. Três contadores, um advogado e um auditor da Receita Federal foram levados para a sede da PF no Recie para prestar esclarecimentos.
 
Um dos principais alvos desta etapa é a empresa Cimento Penha, suspeita de ter comprado decisões do Carf. A firma é de propriedade do empresário Victor Garcia Sandri, amigo do ex-ministro da Fazenda.
 
A empresa teria comprado o então conselheiro do Carf Valmar Fonseca de Menezes para anular seu débito. O MPF sustenta que o ex-ministro nomeou, em junho de 2011, Valmar e também o então conselheiro José Ricardo da Silva – já condenado na Zelotes – para a câmara que analisou o caso do seu amigo. Com isso, a Cimento Penha conseguiu abater débito de R$ 106 milhões em julgamento no Carf.
 
Mantega já teve seus sigilos bancário e fiscal quebrados. Também foram ordenadas as mesmas medidas em relação à Coroado Administração de Bens, empresa do ex-ministro petista. A Coluna do Estadão apurou que o MPF solicitou o cumprimento de ao menos 15 mandados de busca e apreensão e 15 conduções coercitivas.
 
Em e-mails interceptados pela Zelotes, o empresário Victor Sandri menciona o nome de Mantega em conversas com o então conselheiro Valmar. As investigações teriam encontrado pagamento de R$ 15 milhões para empresa de auditoria e consultoria vinculada a Valmar.
 
A Zelotes foi deflagrada há um ano, em março de 2015. A última fase da operação, deflagrada em fevereiro, teve como um dos seus alvos o grupo siderúrgico Gerdau.
 

 

 

imagem

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), rejeitou a decisão do presidente interino da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), que anulou a admissibilidade do processo naquela Casa, realizada no dia 17 de abril.

Renan afirmou que não cabe a ele dizer se o processo do impeachment da presidente Dilma Rousseff “é justo ou injusto” e lembrou que o Supremo Tribunal Federal já havia decidido sobre o rito do impeachment. “Essa decisão é absolutamente intempestiva”, afirmou.

Renan disse ainda que admitir a decisão de Waldir Maranhão só atrasaria o processo no Congresso. Renan ressaltou também que “nenhuma decisão monocrática pode se sobrepor a uma decisão colegiada”, que foi o caso da votação dos deputados.

Após o anúncio da decisão por Renan, alguns senadores começaram a gritar ao mesmo tempo, querendo a palavra. O presidente do Congresso apelou para o silêncio, lembrando que “não se pratica a democracia com gritos”, e anulou a sessão por dois minutos os parlamentares “gritassem à vontade”

Joaquim Barbosa diz que anulação do impeachment deve ser analisada pelo STF

 

imagem

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa se manifestou no Twitter, na tarde desta segunda-feira (9), a respeito da decisão do presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão, que anulou o processo de impeachment de Dilma Rousseff no Senado. Para Barbosa, a decisão de Maranhão terá de passar pelo “crivo” da Corte.

“Dificilmente a inesperada decisão de Waldir Maranhão escapará ao crivo do STF, qualquer que venha a ser o seu desfecho. Por que? Porque ela aponta ‘vícios jurídicos’ no rito do processo de impeachment. Ou seja, matéria da alçada do tribunal”, disse, em sequência de postagens.

Logo antes, o presidente do STF durante o julgamento do Mensalão disse ter medo da imagem que a disputa política pode estar formando sobre o Brasil no cenário internacional.

“Sabem o que mundo inteiro deve estar pensando sobre nós, brasileiros? ‘A laughing stock (uma chacota, em português)’, muitos devem estar achando…”. (UOL)

CARDOZO: CÂMARA TERÁ QUE FAZER NOVA VOTAÇÃO

 

imagem

O advogado-geral da União (AGU), José Eduardo Cardozo, defendeu em coletiva de imprensa em Brasília nesta tarde que seja realizada uma nova votação da admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, depois da decisão do presidente interino da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA), que anulou a sessão da votação.

Cardozo disse ter recebido um telefona do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), para saber se poderiam procurar Waldir Maranhão a fim de falar sobre o recurso da AGU apresentado à Câmara. Cardozo então procurou o deputado na última sexta-feira para questioná-lo sobre a falta de resposta ao recurso.

Questionado se teria tentado “convencer” Maranhão a aceitar o recurso da AGU, Cardozo respondeu que isso é o que todo advogado faz, “tentar convencer quem o julga”. “Eu apresentei as minhas razões a ele, ele ouviu, enfim, agi como qualquer advogado faz”, relatou.

 

 

 

2

assalto

Já estão circulando nas redes sociais imagens do assalto ao Posto Brasilino este fim de manhã. O vídeo é feito a partir de um celular focando o sistema de câmeras de segurança do posto. Nele é possível ouvir pessoas analisando o material. O vídeo já circula nas redes sociais através do aplicativo WhattsApp.

Nas imagens, dois homens armados invadem o escritório do Posto Brasilino, na Arthur Padilha e levam um malote de dinheiro do escritório da empresa. O valor representaria o apurado no fim de semana nos postos do grupo, que detém, duas unidades em Afogados da Ingazeira. Não foi informado oficialmente quanto.

É possível ver os elementos rendendo  Tota Brasilino, a esposa e o vereador Pedro Raimundo, que estava no local.  Eram dois homens de estatura mediana armados de pistolas 360 mm, sacaram as armas e anunciaram o assalto.   Os dois estavam de capacete. Um pulou o balcão do escritório e foi direto ao local. as imagens podem ajudar a polícia a identificar os suspeitos. Veja o vídeo:

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel

Escola Monteiro Lobato

 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho

Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!