Votos válidos: Marília  tem 52% e João Campos, 48%

O Datafolha divulgou, nesta quinta-feira (26), o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para prefeito do Recife.

O levantamento foi realizado entre os dias 24 e 25 de novembro e tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes: Marília Arraes (PT), 43% e João Campos (PSB), 40%.

Em branco/nulo: 13%. Não sabem ou não responderam 4%.

Em relação ao levantamento anterior do Datafolha, divulgado em 19 de novembro:

Marília Arraes (PT): tinha 41% e subiu para 43%. João Campos (PSB): tinha 34% e subiu para 40%.

Em branco/nulo: diminuiu de 21% para 13%. Não sabe/não respondeu: saiu de 3% para 4%.

Votos válidos: nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: Marília Arraes (PT), 52% e João Campos (PSB), 48%.

Em relação ao levantamento anterior do Datafolha, divulgado em 19 de novembro:

Marília Arraes (PT) saiu de 55% para 52% e João Campos (PSB) saiu de 45% para 48%.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos.

O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Destaques por segmentos: De acordo com o Datafolha, Marília Arraes leva vantagem entre os homens (46% a 36%) e entre as mulheres ela fica no mesmo patamar de seu adversário, porém numericamente atrás (41% a 43%). Entre os mais jovens, de 16 a 24 anos, ela abre distância (47% a 33%). Na faixa seguinte, de 25 a 34 anos, a petista tem 43%, ante 41% do candidato do PSB.

No eleitorado de 35 a 44 anos, Campos fica numericamente à frente (45% a 37%), e entre quem tem de 45 a 59 anos as posições se invertem, com a deputada do PT abrindo vantagem (48% a 34%). No grupo de eleitores mais velhos, com 60 anos ou mais, o candidato do PSB tem 44% e Marília, 43%.

Na parcela com escolaridade fundamental, Campos tem 48%, ante 42% da adversária. Entre eleitores com escolaridade média, Marília Arraes obtém 42%, ante 39% do deputado do PSB, e entre os mais escolarizados a candidata do PT lidera (47% a 32%). No segmento com renda familiar de até dois salários, que contempla 58% dos eleitores, Campos tem 44% das intenções de voto, ante 40% de Marília. Na faixa de renda de dois a cinco salários, a petista passa à frente (52% a 31%), e entre os mais ricos ela mantém a dianteira com menor margem (47% a 34%).

A comparação com o levantamento anterior mostra crescimento mais intenso da candidatura de João Campos entre eleitores de 25 a 34 anos (de 30% para 41%), na faixa de 35 a 44 anos (de 30% para 45%) e entre evangélicos (de 38% para 51%). A deputada Marília Arraes, por outro lado, avançou mais no eleitorado de 45 a 59 anos (de 38% para 48%) e entre eleitores com renda de dois a cinco salários (de 40% para 52%).

É de 87% o índice de eleitores totalmente decididos sobre seu voto para prefeito no domingo (29), no mesmo patamar para aqueles que declaram voto na candidata do PT (88%) e no deputado do PSB (87%). No eleitorado que ainda pode votar em branco ou nulo, 88% estão convictos dessa opção, e 12% ainda podem mudar de ideia.

Entre os que ainda podem mudar seu voto até o dia da eleição, metade (49%) migraria para voto branco ou nulo, e os demais se dividiram entre Campos (28%) e Marília (15%), com 7% de indecisos.

A Margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Entrevistados: 1.036 eleitores do Recife.

Quando a pesquisa foi feita: entre 24 a 25 de novembro. Registro no TRE: PE-06935/2020 com Nível de confiança de 95%.

Contratantes da pesquisa: TV Globo e jornal “Folha de S.Paulo”. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3 pontos, para mais ou para menos.

Brasil chega a 6,2 milhões de casos de Covid-19 em mais um dia com alto número de infecções

As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

O país também documentou 698 mortes pela doença, chegando com isso a 171.497 óbitos desde o início da pandemia. (Foto: Reprodução)

 O Brasil chegou a 6.204.570 de casos de Covid-19, nesta quinta-feira (26), dia em que houve registro de 37.672 infecções pelo novo coronavírus. O país também documentou 698 mortes pela doença, chegando com isso a 171.497 óbitos desde o início da pandemia.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

O jornal Folha ainda divulga a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 479, o que representa um cenário de aumento de mortes em relação à média de 14 dias atrás. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média recente, porém, foi afetada por um apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país e especialistas que os acompanham têm apontado tendências de aumento de casos de Covid-19.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Morre uma das vítimas baleadas em tentativa de assalto na tarde desta quinta-feira em Itapetim

Veículo da transportadora usado pelas vítimas no momento do assalto. Foto: Via WhatsApp
Uma das duas vítimas baleadas após uma tentativa de assalto na tarde desta quinta-feira (26) em Itapetim não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital Maria Rafael de Siqueira em São José do Egito.
De acordo com informações, o rapaz estava sendo transferido para Afogados da Ingazeira juntamente com o seu colega de trabalho que também foi atingido pelos disparos, mas pela gravidade do estado de saúde ele faleceu em São José do Egito. A outra vítima foi levada para Afogados e não há informações sobre o estado de saúde.
O crime
Uma tentativa de assalto na tarde desta quinta-feira (26) deixou duas pessoas baleadas em Itapetim. Dois homens armados e em uma moto tentaram assaltar a Distribuidora Fonte, na Rua Paulo VI, Bairro Paulo VI, e na ação balearam dois entregadores de uma empresa que teriam reagido à tentativa de assalto, após os criminosos tentarem roubar o celular das vítimas.
Segundo informações, os feridos identificados como Alcide e Urbano, foram socorridos para a Unidade Mista Maria Silva e em seguida transferidos para Afogados da Ingazeira.

Caixa Econômica libera pagamento do auxílio emergencial nesta sexta-feira; veja quem recebe

São trabalhadores informais, autônomos, desempregados e MEIs que se cadastraram no aplicativo ou site ou que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico).

A Caixa Econômica Federal libera, nesta sexta-feira (27/11), o pagamento do auxílio emergencial de R$ 300, R$ 600 ou R$ 1,2 mil, a depender do número da parcela (Foto: Reprodução)

A Caixa Econômica Federal libera, nesta sexta-feira (27/11), o pagamento do auxílio emergencial – de R$ 300, R$ 600 ou R$ 1,2 mil, a depender do número da parcela – para 3,6 milhões de pessoas nascidas em abril. É o quinto ciclo de crédito.

São trabalhadores informais, autônomos, desempregados e MEIs que se cadastraram no aplicativo ou site ou que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico).

Desse total, cerca de 200 mil beneficiários recebem o auxílio de R$ 600 (ou de R$ 1,2 mil, em caso de mãe chefe de família). O valor é referente a uma das cinco primeiras parcelas. Além desses, a Caixa Econômica paga o auxílio emergencial extensão de R$ 300 (ou de R$ 600, em caso de mãe chefe de família) a 3,4 milhões de beneficiários.

O crédito será feito na conta Poupança Social Digital. O dinheiro deverá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. No primeiro momento, o auxílio ficará limitado ao uso digital, como pagamento de boletos e contas.

Ciclo 6 de crédito do auxílio emergencial
A instituição financeira realiza também nesta sexta-feira (27/11), o crédito da oitava parcela do auxílio emergencial – de R$ 300, a cota única – a 1,6 milhão de beneficiários do programa Bolsa Família.

O pagamento do benefício obedece ao calendário habitual do Bolsa Família, depositado nos últimos 10 dias úteis de cada mês, de acordo com o Número de Identificação Social (NIS) final do beneficiário. Nesta sexta, a oitava parcela será depositava para o grupo que tem o NIS final igual a 9.

Depósitos
De acordo com o Ministério da Cidadania, os depósitos do crédito seguem até dezembro de 2020. No total, as pessoas poderão receber até nove parcelas, sendo cinco de R$ 600 e outras quatro de R$ 300.

Covid-19: com mais um óbito, Sertão do Pajeú totaliza 197

Flores confirmou um óbito nesta quinta-feira (26).

Por André Luis/Nill

De acordo com os boletins epidemiológicos divulgados pelas secretarias de saúde dos municípios da região nesta quarta-feira (26.11), o Pajeú totaliza 11.326 casos confirmados de Covid-19. 

Portanto, os números de casos confirmados no Pajeú ficam assim: Serra Talhada continua liderando o número de casos na região e conta com 4.913 confirmações. Logo em seguida, com 1.430 casos confirmados está Afogados da IngazeiraTabira conta com 1.071, São José do Egito está com 921, Santa Terezinha tem 455, Carnaíba está com 417 e Triunfo tem 364.

Itapetim tem 286, Flores está com 269, Brejinho está com 209, Calumbi tem 197 casos, Iguaracy tem 177, Quixaba tem 153, Solidão tem  152, Tuparetama tem 134, Santa Cruz da Baixa Verde está com 97 e Ingazeira está com 81 casos confirmados.

Mortes – Com mais um óbito confirmado em Flores, a região tem no total, 197 óbitos por Covid-19. Todas as dezessete cidades da região registraram mortes. São elas: Serra Talhada tem 66, Afogados da Ingazeira tem 19, Carnaíba tem 15 óbitos, Flores tem 13, Triunfo, Tabira e São José do Egito tem 12 cada, Santa Terezinha tem 11, Iguaracy tem 10, Tuparetama tem 8, Itapetim tem 6, Quixaba tem 4, Brejinho tem 3, Calumbi e Santa Cruz da Baixa Verde tem 2 cada e Ingazeira tem 1 óbito.

Detalhes do óbito

Idosa, 84 anos, residente na Rua Agamenon Magalhães (Sítio dos Nunes), apresentando sintomatologia característica de Covid-19, foi admitida na Unidade Dr. Nezinho, em Flores. 

Conforme preconizado foi realizado Coleta de Swab no dia 13/11,  em seguida foi transferida para o Hospital de Campanha Eduardo Campos em Serra Talhada-PE, obtendo resultado Positivo para Covid-19 no dia 19/11, indo a óbito nesta quinta-feira (26), às 06:50h.

Recuperados – A região conta agora com 10.593 recuperados. O que corresponde a 93,52% dos casos confirmados.

Está prevista a organização do número de pontos de vacinação, e se ela será feita por agendamento e para quais grupos prioritariamente.

Segundo Dias, a estratégia definida é trabalhar com múltiplas vacinas, “começando pela primeira autorizada pela Anvisa”. (Foto: Reprodução)

 O Ministério da Saúde informou a governadores que o plano nacional de vacinação contra a Covid-19 será divulgado na próxima segunda-feira (30).

O líder do consórcio do Nordeste, o governador Wellington Dias (PT-PI), afirma que serão definidos nessa etapa os preparativos para a vacinação, como as regras de distribuição do medicamento e de armazenagem, além do treinamento das equipes.

Está prevista a organização do número de pontos de vacinação, e se ela será feita por agendamento e para quais grupos prioritariamente.

O governo havia sinalizado aos governadores que estaria pronto para fazer o anúncio na segunda, o que foi confirmado nesta quarta (25).

Segundo Dias, a estratégia definida é trabalhar com múltiplas vacinas, “começando pela primeira autorizada pela Anvisa”.

 

“Em dezembro é prevista a conclusão da terceira etapa de duas vacinas: a Coronavac e Oxford. E o Brasil, como é signatário do consórcio de países com a OMS, pode adotar outras, aprovadas pela OMS”, disse.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta quarta (25), foram registrados 08 casos para covid – 19 em nosso município. Desses, 07 já estavam em investigação.

São 06 pacientes do sexo feminino com idades de 25, 29, 37, 43, 65 e 83 anos; e 02 do sexo masculino, com idades de 05 meses e 36 anos. Entre as mulheres: 02 profissionais da saúde, 02 sem informação, 01 aposentada e 01 agricultora. Já entre os homens: 01 menor e 01 motorista. 
Hoje, 63 pacientes apresentaram resultados negativos para covid-19 em nosso município. 
Entram em investigação os casos de 25 pacientes do sexo feminino, com idades entre 02 e 88 anos, e 16 pacientes do sexo masculino, com idades entre 10 e 88 anos. 
Óbito: paciente do sexo masculino, 55 anos, taxista, hipertenso, estava internado no Hospital Eduardo Campos em Serra Talhada e faleceu após complicações da covid -19. Nossos sentimentos a todos os familiares e amigos. 
Nesta quarta, 07 pacientes apresentaram cura após avaliação clínica e epidemiológica. O município atingiu a marca de 1354 pessoas (96,09%) recuperadas para covid-19. Atualmente, 36 casos estão ativos.
O município atingiu a marca de 7.127 pessoas testadas para covid-19, o que representa 19,12 % da nossa população testada. 
Casos leves x SRAG/covid- 19: 
Leves (1352 casos), 96,30% SRAG (57 casos), 3,7 %.

Colisão no interior de São Paulo entra para a história como uma das maiores tragédias rodoviárias do país

Esse elevado número de mortes em um único evento rodoviário não é comum e costuma ocorrer justamente em casos que envolvem ônibus.

A última grande tragédia no estado de São Paulo ocorreu em 2016, quando um ônibus que levava estudantes tombou em uma pedra e capotou na rodovia Mogi-Bertioga e 18 pessoas morreram. (Foto: Reprodução)

 A colisão entre um caminhão e um ônibus no interior de SP que deixou ao menos 41 mortos entra para a história como uma das maiores tragédias rodoviárias do Brasil.

O incidente ocorreu na manhã desta quarta-feira (25) entre Taguaí e Taquarituba, na rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, por volta das 7h, após o ônibus, que transportava funcionários de uma empresa, bater no caminhão que trafegava em sentido oposto.

Esse elevado número de mortes em um único evento rodoviário não é comum e costuma ocorrer justamente em casos que envolvem ônibus.

A última grande tragédia no estado de São Paulo ocorreu em 2016, quando um ônibus que levava estudantes tombou em uma pedra e capotou na rodovia Mogi-Bertioga e 18 pessoas morreram. Em 2016, o resultado da perícia apontou falha nos freios e falta de manutenção. O ônibus, da União do Litoral, era fretado pela Prefeitura de São Sebastião para fazer o trajeto da cidade do litoral norte até a Universidade de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo.

Um dos maiores incidentes rodoviários da história ocorreu também em São Paulo, há 60 anos, também com estudantes. O evento ficou conhecido como Tragédia do Rio Turvo, quando um ônibus, que levava alunos de uma escola de São José do Rio Preto até Barretos, caiu de uma ponte no rio, e 59 das 64 pessoas que estavam no veículo morreram. Todos os anos uma missa é feita para lembrar as vítimas da tragédia.

Também no estado de São Paulo ocorreu outra grande tragédia há 22 anos. Em setembro de 1998, próximo à cidade de Araras (SP), 55 pessoas morreram após um caminhão carregado de combustível tombar e explodir.

Dois ônibus que levavam romeiros de Anápolis (GO) tentaram atravessar a fumaça e também foram atingidos pelo fogo, além de um caminhão que levava bebidas. A maioria morreu carbonizada ou pela inalação de fumaça do incêndio. A cidade de Anápolis tem hoje uma Praça dos Romeiros, em homenagem às vítimas da tragédia.

Além desses eventos, dez anos antes, em 1988, dois ônibus colidiram na altura de Paranapanema (SP). Um dos veículos caiu de uma ribanceira na represa de Jumirim e 39 pessoas morreram.

Naquele mesmo ano, um caminhão pau-de-arara capotou e caiu em um precipício em Cachoeira (BA) e 67 romeiros morreram.

Em 1987, a colisão entre dois ônibus e um carro na BR-040, que liga Belo Horizonte ao Rio, deixou 62 pessoas mortas, todos eram romeiros.

Neste ano, 4.085 pessoas foram vítimas do trânsito no estado de São Paulo de janeiro a outubro, menos que os 4.514 do ano passado no mesmo período. O principal fator de queda dessa número, no entanto, foi a pandemia de Covid-19, que retirou gente das ruas, já que até março, antes das medidas de distanciamento social, a tendência era de alta.

A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete. (Foto: Reprodução)

 O Brasil registrou 45.449 casos da Covid-19, somente nesta quarta-feira (25). O país, assim, chegou 6.166.898 pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Foram documentadas também 620 mortes pela doença, o que elevou o total de óbitos para 170.799.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

O jornal Folha de S.Paulo também divulga a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 472, o que representa um cenário de aumento de mortes em relação à média de 14 dias atrás. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média recente, porém, foi afetada por um apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país e especialistas que os acompanham têm apontado tendências de aumento de casos de Covid-19.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Nos votos válidos, que excluem brancos, nulos e indecisos, João Campos tem 51% e Marília Arraes, 49%, e estão empatados dentro a margem de erro. Levantamento foi feito entre os dias 23 e 25 de novembro.

G1-PE

O Ibope divulgou, nesta quarta-feira (25), o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para prefeito do Recife. O levantamento foi realizado entre os dias 23 e 25 de novembro e tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes: João Campos (PSB): 43%; Marília Arraes (PT): 41%; em branco/nulo: 15%; não sabe/não respondeu: 2%.

Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado em 18 de novembro: João Campos (PSB): tinha 39% e subiu para 43%; Marília Arraes (PT): tinha 45% e desceu para 41%; em branco/nulo: se manteve em 15%; não sabe/não respondeu: subiu de 1% para 2%.

De acordo com o Ibope, persiste um empate técnico entre os candidatos, mas agora com a inversão da vantagem numérica em relação à pesquisa anterior. A diferença entre ambos é de apenas dois pontos percentuais e menor que a margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais.

Votos válidos

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: João Campos (PSB): 51%; Marília Arraes (PT): 49%. 

Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado em 18 de novembro: João Campos (PSB): tinha 47% e subiu para 51%; Marília Arraes (PT): tinha 53% e caiu para 49%.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Intenção de voto espontânea: João Campos (PSB): 40%; Marília Arraes (PT): 38%; outros 1%; branco/nulo: 18%; não sabe/não respondeu: 4%.

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos; entrevistados: 1.001 eleitores do Recife; Quando a pesquisa foi feita: entre 23 e 25 de novembro; registro no TRE: PE‐04600/2020; Nível de confiança: 95%; contratantes da pesquisa: TV Globo e “Jornal do Commercio”.

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3 pontos, para mais ou para menos.

O ídolo do futebol argentino Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira em Buenos Aires. Aos 60 anos, completados no mês passado, ele trabalhava como técnico do Gimnasia Y Esgrima de La Plata e lutava contra uma série de problemas de saúde. Ele morreu depois de sofrer parada cardiorrespiratória.

Maradona tinha deixado o hospital havia duas semanas após ser internado para tratar de um hematoma no cérebro. Depois disso, o camisa 10 da Argentina foi levado para casa, na cidade de Tigre, região metropolitana de Buenos Aires, para terminar sua recuperação. A recomendação médica era para que Maradona cuidasse principalmente da dependência química de remédios e de álcool. Seu médico chegou a dizer que ele precisava se cuidar. Maradona não queria fazer o tratamento e tentou deixar o hospital antes do tempo.

O ex-jogador estava em sua casa quando se sentiu mal. Familiares e funcionários chamaram uma ambulância para socorrê-lo, mas ele morreu antes mesmo da chegada do veículo da emergência. O presidente da Argentina, Alberto Fernández, decretou três dias de luto no país. A Argentina vai parar para chorar a morte de Maradona.

POLÊMICO E GÊNIO

Polêmico e gênio da bola, o argentino transcendeu o universo do futebol e entrou para a história como um dos maiores de todos os tempos e até mesmo pelas polêmicas com Pelé. Maradona nasceu no dia 30 de outubro de 1960 e passou a infância em Villa Fiorito, na periferia de Buenos Aires. Ali, começou a se destacar por sua habilidade com a bola nos pés. Nesta época, o seu maior ídolo era o brasileiro Roberto Rivellino, canhoto como ele. No livro Yo Soy el Diego de la Gente, ele reverencia o brasileiro. “Sempre o menciono como um dos maiores. Ele teve elegância e rebeldia. Ele se rebelou contra os poderosos”, dizia Maradona. Na Copa de 70, então com dez anos, Maradona ficou encantando com os “elásticos” de Rivellino, no México.

Quase duas décadas depois, também no México, foi a vez de ele se consolidar como uma estrela do futebol, quando como capitão da seleção argentina levantou a taça da Copa do Mundo em 1986. Foi lá que marcou seus gols mais famosos: o polêmico a “mão de Deus” e outro no qual saiu driblando os adversários desde o meio de campo, ambos contra a Inglaterra.

Na Argentina, Maradona despertou devoção e paixões a ponto de alguns fãs criarem a Igreja Maradoniana, cujos fiéis o consideram seu deus. “Gostaria de ver Diego para sempre, driblando por toda a eternidade”, cantou a banda de rock Ratones Paranoicos, em uma das dezenas de canções feitas em homenagem ao camisa 10.

Pela seleção argentina, ele chorou de raiva ao receber a medalha de vice-campeão na Copa do Mundo da Itália, em 1990. Jogou outros dois Mundiais: Espanha-1982 e Estados Unidos-1994, quando pronunciou a frase “cortaram minhas pernas”, depois de testar positivo no controle antidoping para efedrina, em meio a um momento de renascimento no futebol. Mais tarde, como treinador, comandou a seleção nacional entre 2008 e 2010, até a Copa do Mundo na África do Sul, com Lionel Messi em campo. Mas seu destino foi selado com uma dura derrota para a Alemanha nas quartas de final.

Subiu para 41 o número de mortos no acidente que ocorreu na manhã desta quarta-feira em Taguaí, São Paulo. A informação foi confirmada pela Polícia Militar de São Paulo. A colisão entre um ônibus corporativo e um caminhão ocorreu por volta das 7h da manhã no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho. Há cerca de 15 feridos, mas o número total de pacientes com necessidade de atendimento ainda é indeterminado.
De acordo com informações preliminares, o ônibus teria tentado ultrapassar outro veículo quando bateu de frente com o caminhão. A rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho segue interditada para atendimento da ocorrência. Três unidades de saúde estão em alerta para o recebimento de feridos. Corpo de Bombeiros e polícia militar está no local ainda na operação de remoção de pessoas das ferragens dos veículos.
Em entrevista à CNN Brasil, o porta-voz da PM, tenente Alexandre Guedes informou que o local é de difícil acesso e que este é o maior acidente do ano com vítimas fatais. O ônibus levava cerca de 50 trabalhadores de uma empresa têxtil de jeans.
Em nota, a administração municipal de Taguaí decretou luto oficial de três dias. O texto diz: “Hoje a cidade amanheceu com a triste notícia de um acidente envolvendo um caminhão e um ônibus com trabalhadores de confecção que vinham de Itaí e Taquarituba para Taguaí. Informações mais detalhadas ainda estão sendo apuradas pelos órgãos competentes. Externamos nossos sinceros sentimentos às famílias, amigos, à empresa e colegas de trabalho destes que se foram. Dia triste”.

Folha Política

A essa altura do campeonato, quando a tática do PSB de esgarçar as fragilidades do PT se mostra consolidada, surge, no partido, um eco maior dos que defendem a entrega dos cargos que a sigla ocupa na gestão Paulo Câmara.

O senador Humberto Costa, por exemplo, que já havia defendido a devolução do espaço na Prefeitura do Recife, entregue por Oscar Barreto, ainda no 1º turno, não faz objeção à possibilidade de o partido abrir mão da cota da qual dispõe no Governo do Estado. Ele atribui, no entanto, a decisão, “tanto de entrar como de sair do governo” a um entendimento do Diretório Estadual. “Não tenho apego a esses cargos. Não sei se vale a pena no meio do processo eleitoral, tomar uma decisão, mas não tenho apego algum. O diretório estadual vai discutir”.

Presidente do PT em Pernambuco, Doriel Barros, sublinha a importância do PT para a vitória do governador Paulo Câmara em 2018, e diz que o partido “foi fundamental” para o projeto de reeleição do socialista. Faz referência às alianças em vários municípios no interior do Estado, no 1º turno, e cita Garanhuns, onde Sivaldo Albino, do PSB, foi eleito com o PT na vice.

Explica que pesou, até aqui, “uma leitura de que a presença nossa no governo se dava em função das eleições que disputamos” e reforça: “E, com apoio nosso, Paulo Câmara foi reeleito”. Naquele ano, o PT nacional rifou a candidatura de Marília Arraes em troca de uma neutralidade no PSB no 1º turno da corrida presidencial.

No 2º turno, os socialistas votaram em Fernando Haddad. Doriel explica que esse sentimento em relação à eleição de Paulo Câmara permanece, mas pondera que as coisas, de fato, estão “mais acirradas” entre PSB e PT neste 2º turno. Então, assinala: “Não concordamos com esse tipo de ataque. Agora, o central nesse momento que está em discussão é a disputa pela Prefeitura do Recife e não o Governo do Estado”.

Doriel diz ser preciso “ajudar Marília Arraes a vencer”. O dirigente admite que há uma “agressividade” na direção do PT e pontua: “Mas já nos manifestamos, não concordamos e não aceitamos”. Avisa, então, que eventual entrega dos cargos vai ao debate após o pleito. “Passadas as eleições, vamos sentar para discutir isso”, informa Doriel. E conclui: “Agora, estamos envolvidos na eleição de 2º turno”. No Governo do Estado, o PT tem em sua cota Secretaria de Agricultura, o Iterpe, EPTI e o IPA.

Sertânia: prefeito do PSB volta a proibir eventos, consumo de bebida alcoólica e futebol

Foto: reprodução

O prefeito de Sertânia Ângelo Ferreira (PSB) foi o primeiro no eixo Pajeú-Moxotó a dar um passo atrás em consequência do relaxamento das medidas contra a Covid-19.

Ângelo assinou hoje o Decreto 041/2020. Ele considera que houve aumento significativo do número de casos em Sertânia além do comprovado aumento da média nacional ds doença.

Ângelo decretou o fim do consumo de bebidas alcoólicas in loco em quaisquer estabelecimentos.

Ainda a proibição de festas de qualquer natureza em ambientes abertos e fechados, sejam clubes, casas de festa ou similares.

Ainda deverão ser fechados parques de diversões, brinquedos em áreas públicas, proibidas atividades esportivas em ginásios, quadras, além de estádios e campos de futebol.

Justiça da Paraíba decide manter prefeito reeleito de Camalaú afastado do cargo

A decisão foi publicada nesta terça-feira (24), no Diário da Justiça eletrônico do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

O gestor foi afastado em agosto no bojo da Operação Rent a Car​, que apura a ocorrência de crimes de falsidade documental, fraude a licitação e desvio de recursos públicos na Prefeitura do Município de Camalaú. (Foto: Walla Santos)

O desembargador Arnóbio Alves Teodósio manteve a decisão por ele proferida que determinou o afastamento do prefeito do Município de Camalaú, Alecsandro Bezerra dos Santos, pelo período máximo de 180 dias. A decisão foi publicada nesta terça-feira (24), no Diário da Justiça eletrônico do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

O gestor foi afastado em agosto no bojo da Operação Rent a Car, que apura a ocorrência de crimes de falsidade documental, fraude a licitação e desvio de recursos públicos na Prefeitura do Município de Camalaú.

 

Na decisão, o desembargador Arnóbio Alves Teodósio não conheceu do Agravo. “Na hipótese sub examine, o objeto da decisão impugnada — fixação de medidas cautelares diversas da prisão (suspensão do exercício de função pública) — não figura no rol taxativo circunscrito no artigo 220 do Regimento Interno do Tribunal de Justiça da Paraíba, razão porque o agravo interno encontra óbice intransponível ao seu conhecimento”, destacou.

Segundo prevê o artigo 220 do Regimento Interno do TJPB, somente caberá Agravo Interno, sem efeito suspensivo, do despacho do relator que conceder, denegar ou arbitrar fiança; decretar a prisão preventiva e recusar a produção de qualquer prova ou realização de qualquer diligência.

A Operação Rent a Car tem alicerce nos autos da ação penal movida pelo Ministério Público estadual em desfavor de agentes públicos, dentre eles o prefeito de Camalaú e de outros investigados, que uniram esforços no sentido de planejar e executar engenho voltado para desviar recursos públicos, processado após prévia emissão de documentos falsos e locação fraudulenta de veículos do prefeito (uma caminhonete 4X4, ano 2017, e um caminhão, ano 1973), registrados em nome de “laranjas”, cujos contratos revelaram prejuízo ao erário no valor de R$ 314.690,62.

Segundo a investigação, desde o início da gestão do atual prefeito, em 2017, os veículos são sistematicamente locados ao Município de Camalaú, após prévio direcionamento de processos de licitação, especialmente modelados para tal finalidade. A caminhonete foi adquirida, “zero KM”, junto a uma concessionária de Caruaru, em março de 2017, pelo valor de R$ 165.000,00. Destes, R$ 110.000,00 foram pagos por meio de transferência bancária de conta titularizada pelo próprio prefeito. Em contrapartida, o município de Camalaú já pagou, pelo menos, R$ 140.902,00 pelos contratos de locação. Ainda de acordo com o MPPB, a pick-up era vinculada ao gabinete do prefeito. Assim, o gestor fazia gozo de seu veículo, enquanto que o Município de Camalaú arcava com os custos da locação.

Da decisão cabe recurso.

Ibope: Cícero Lucena tem 44% das intenções de voto e Nilvan Ferreira, 36%, na disputa pela Prefeitura de João Pessoa

Os votos brancos e nulos somam 16% do total dos eleitores entrevistados. Já 3% responderam que não sabem em quem vão votar no segundo turno.

Os candidatos Cícero Lucena e Nilvan Ferreira disputam o segundo turno da disputa para a Prefeitura de João Pessoa (Foto: Reprodução)

A pesquisa Ibope contratada pela TV Cabo Branco e divulgada nesta terça-feira (24) indicou 44% das intenções de voto no segundo turno em João Pessoa para o candidato Cícero Lucena. Já Nilvan Ferreira, alcançou 36% das intenções de voto na pesquisa estimulada.

Faltando cinco dias para o pleito, o resultado foi divulgado na 2ª edição do JPB, apresentado pela jornalista Larissa Pereira. Também foram divulgados os números da pesquisa de votos válidos — saiba mais.

Os votos brancos e nulos somam 16% do total dos eleitores entrevistados. Já 3% não sabem ou não responderam em quem vão votar no segundo turno. No próximo domingo (29) acontece o segundo turno das eleições em João Pessoa, que definirá o próximo prefeito a governar a cidade entre 2021 e 2025.

A pesquisa eleitoral PB-09276/2020 foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e tem como estatística responsável é Márcia Cavallari Nunes, segundo apurou o ClickPB. Os eleitores entrevistados foram ouvidos entre o dia 18 de novembro e 24 de novembro. O Ibope entrevistou 602 eleitores da capital paraibana. 

De acordo com o registro no TSE, o nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

A Metodologia utilizada foi a de pesquisa quantitativa, que consiste na realização de entrevistas pessoais, com a aplicação de questionário estruturado junto a uma amostra representativa do eleitorado em estudo.

Norte e Nordeste são as únicas regiões do país com quadros de estabilidade da média móvel de mortes. Todas as demais se encontram com média móvel crescente.

Na América do Sul, chama a atenção também o número de mortos por 100 mil habitantes do Peru: 111,4. O país tem 35.641 óbitos pela Covid-19. (Foto: Reprodução)

 O Brasil chegou aos 170.179 mortos pela Covid-19 e aos 6.121.449 de casos da doença. Nesta terça-feira (24), o país registrou 638 óbitos e 33.445 pessoas infectadas.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S. Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 491, o que representa um cenário de aumento de mortes em relação à média de 14 dias atrás. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média recente, porém, foi afetada por um apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país e especialistas que os acompanham têm apontado tendências de aumento de casos de Covid-19.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S. Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Norte e Nordeste são as únicas regiões do país com quadros de estabilidade da média móvel de mortes. Todas as demais se encontram com média móvel crescente.

Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina e São Paulo têm aumento das médias móveis de mortos pela Covid-19, em relação ao dado de 14 dias atrás.
Amapá, Bahia, Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Sergipe estão em situação de estabilidade da média. Os demais estados apresentam queda.

O Brasil tem uma taxa de 81,2 mortos por 100 mil habitantes. Os Estados Unidos, que têm o maior número absoluto de mortos (259.256), e o Reino Unido (55.935), ambos à frente do Brasil na pandemia (ou seja, começaram a sofrer com o problema antes), têm 79,4 e 84,2 mortos para cada 100 mil habitantes, respectivamente.

O Brasil havia ultrapassado a taxa da Itália de mortes por 100 mil habitantes (84,9), país com 51.306 óbitos pela doença. Contudo, com a segunda onda que assola a Europa, a Itália voltou a ultrapassar o Brasil.

Médico Simão Pedro Reinaldo morre em João Pessoa vítima de covid-19

Ele seria em breve pai do seu segundo filho. De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, a esposa de Simão também é médica, na mesma área.

Simão Pedro Carcará estava há 40 dias na UTI do hospital em que trabalhava em João Pessoa. (Foto: reprodução)

O médico ginecologista e obstetra Simão Pedro Carcara Reinaldo de Sousa, de 35 anos, morreu vítima da Covid-19 nesta terça-feira (24) em João Pessoa. Simão estava internado há 40 dias na UTI do hospital em que trabalhava.

Ele seria em breve pai da segunda filha. De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, a esposa de Simão também é médica, na mesma área. 

Segundo informações preliminares, o corpo será cremado em João Pessoa e a cinzas serão levadas para a terra natal em Teresina, onde acontecerá a cerimônia reservada apenas para familiares. 

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba divulgou uma nota de pesar pela perda do profissional que era reconhecido em toda a região. “Neste momento de tristeza, o CRM-PB presta solidariedade e condolências aos familiares e amigos.”

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta terça (24), foram registrados 02 casos para covid – 19 em nosso município.

São 02 pacientes do sexo feminino, de 12 e 46 anos. Uma é estudante e a outra é copeira. 
Hoje, 19 pacientes apresentaram resultados negativos para covid – 19 em nosso município. 
Entram em investigação os casos de 25 pacientes do sexo feminino, com idades entre 15 e 87 anos; e os de 17 pacientes do sexo masculino, com idades entre 08 e 73 anos. 
Hoje, 19 pacientes apresentaram cura após avaliação clínica e epidemiológica. O município atingiu a marca de 1.347 pessoas (96,14%) recuperadas para covid – 19 em nosso município. Atualmente, 36 casos estão ativos.
O município atingiu a marca de 7.039 pessoas testadas para covid-19, o que representa 18,89 % da nossa população testada. 
Casos leves x SRAG/covid- 19: 
Leves (1344 casos), 95,93% SRAG (57 casos), 4,07 %.
Afogados de luto, com a morte de Marcos de Israel conhecido por “Marcos Taxista”, faleceu no início da noite desta terça-feira (24) na cidade de Serra Talhada, onde estava internado no hospital de campanha com Covid-19. Devido as complicações, a família do taxista havia feito campanha para doação de sangue, mas Marcos veio a óbito antes mesmo do procedimento.

A família de Marcos Taxista informou que o mesmo faleceu em Serra Talhada. 

Segundo informações, ele tinha dado entrada no hospital por estar com Covid-19. existia uma campanha para doação de sangue para Marcos, que iria fazer hemodiálise.
O Mais Pajeú se solidariza com a família e amigos enlutados.

A restrição é válida no período de cinco dias antes do pleito e 48 horas depois da votação. ​

A exceção acontece quando houver flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável e ainda por desrespeito a salvo-conduto. (Foto: Pixabay)

Os eleitores e candidatos que moram nas cidades que terão segundo turno das eleições municipais não podem ser presos a partir desta terça-feira (24). A restrição é válida no período de cinco dias antes do pleito e 48 horas depois da votação. 

O segundo turno das eleições acontece no próximo domingo (29). Cerca de 38 milhões de pessoas estão aptas a votar no segundo turno, que ocorrerá em 57 cidades do país, das quais 18 são capitais, incluindo João Pessoa. 

A exceção acontece quando houver flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável e  ainda por desrespeito a salvo-conduto. O Código Eleitoral prevê que a prisão em fragrante delito configura-se não apenas aos crimes eleitorais, a exemplo da compra de voto, boca de urna ou transporte irregular de eleitores, como também aos crimes comuns. 

Também existe a proteção aos eleitores que sofrerem violência moral ou física, que é a ordem de salvo-conduto e que pode ser expedida por juiz eleitoral ou presidente da mesa receptora. Quem desobedecer a ordem de salvo-conduto pode ser preso por até 5 dias, mesmo não sendo em flagrante. O salvo-conduto que está previsto no artigo 235 e serve para garantir a liberdade de voto.

O crime em flagrante está previsto no artigo 302 do Código de Processo Penal como sendo, de quem for encontrado cometendo o crime, acabou de cometê-lo, for perseguido logo após situação em que se presuma haver cometido ilícito penal, ou, for encontrado com elemento ou instrumentos, por exemplo, armas, que indique possibilidade de ter sido autor de delito.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira deu início na noite de ontem (23) a novos cursos de qualificação profissional. Dessa vez os cursos ofertados são nas áreas de estoque e mecânica de motos. A aula inaugural ocorreu no auditório da FASP e contou com as presenças do Prefeito José Patriota, do vice, Alessandro Palmeira, e da secretária de administração, Flaviana Rosa.

Os cursos serão realizados em uma parceria da Prefeitura com a Secretaria Estadual de Emprego, trabalho e qualificação, SENAC, SEBRAE e SENAI. 
A Prefeitura de Afogados já promoveu a realização de 95 cursos de qualificação durante a gestão Patriota, beneficiando mais de duas mil pessoas. “Essa parceria com o sistema S tem sido fundamental para a oferta de novos cursos. E agora, com a nossa central de oportunidades, iremos conectar a demanda e a oferta de vagas de trabalho disponíveis em Afogados,” destacou o Prefeito José Patriota.
“Essa é uma grande oportunidade para aqueles que estão no mercado de trabalho e também para aqueles que estão à procura de um emprego. Vamos continuar com esse trabalho, ampliando a oferta de cursos e buscando conectar os nossos jovens ao primeiro emprego,” finalizou o vice-prefeito, Alessandro Palmeira.

Na primeira pesquisa de intenções de voto para o segundo turno da disputa pela Prefeitura do Recife, realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com a Folha de Pernambuco, Marília Arraes (PT) aparece com 54% dos votos válidos (excluídos os brancos e nulos) e João Campos (PSB), com 46%. A margem de erro máximo estimada do estudo é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com a utilização de um intervalo de confiança de 95,45%. 
Na levantamento estimulado, Marília Arraes registra 44% das citações e o postulante do PSB soma 38% das menções. Assim, o desempenho de Marília Arraes pode variar de 40,5% a 47,5%, enquanto Campos pode acumular de 34,5% até 41,5% das intenções de voto. Os eleitores que afirmaram votar branco, nenhum ou ainda anular o voto são 14%. Já os que não sabem ou não responderam são 4%. 
Rejeição
A pesquisa Folha/Ipespe também avaliou o índice de rejeição dos prefeituráveis, que é quando os eleitores afirmam que “não votariam de jeito nenhum” no candidato. Nesta questão, João Campos soma 42% das citações e Marília Arraes aparece com 38%.
Já os recifenses que declaram que “votariam em qualquer um dos dois” ou “não rejeitam nenhum dos dois” são 18%. Não sabem ou não responderam somam 7%. (Folha de PE)

Apresentados pelo consórcio de veículos de imprensa, os dados desta segunda registram 344 mortes pela Covid-19 e 17.585 casos da doença.

O Brasil apresenta, nesta segunda-feira (23), média móvel de mortes por Covid-19 de 496, um panorama de crescimento de 47% em relação a 14 dias atrás, quando era de 338.

Apresentados pelo consórcio de veículos de imprensa, os dados desta segunda registram 344 mortes pela Covid-19 e 17.585 casos da doença. Com isso, o país chegou a 169.524 óbitos e 6.086.923 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

Aos domingos e segundas-feiras, os números costumam ser menores, devido a atrasos de notificação nas secretarias de saúde.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 494, o que representa um cenário de aumento de mortes em relação à média de 14 dias atrás. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média, porém, foi afetada por um recente apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país têm mostrado tendências de aumento de casos de Covid-19.
Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Sérgio Mallandro cai em golpe e perde bolada após investimentos em empresa suspeita

Acho que eu caí na pegadinha do Mallandro. Nunca tive retorno desse dinheiro”, disse ele sem revelar a quantia. (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — Contratado por uma empresa golpista, o ator Sérgio Mallandro, 65, revelou que perdeu um valor alto após fazer investimentos em uma empresa que roubou mais de R$ 170 milhões. O fato foi revelado pelo Fantástico (Globo).

Segundo ele, a empresa estava acima de qualquer suspeita. Ele não fazia a menor ideia de que se tratava de um golpe. “Nunca imaginei que poderia ter tido uma notícia dessa. Fiz investimentos e todo mês tinha relatório mostrando. Acho que eu caí na pegadinha do Mallandro. Nunca tive retorno desse dinheiro”, disse ele sem revelar a quantia.

No esquema de pirâmides financeiras, as vítimas eram atraídas com a promessa de que ganhariam lucros acima do normal em caso de grande adesão. Mas ninguém nunca ganhou.
A Polícia Civil do Rio prendeu Jonas Jaimovick no início de novembro, o dono da empresa e maior suspeito de ser o responsável pelo crime. Ele era considerado foragido desde 2019.

Homem vai apartar briga e acaba morto em Afogados da Ingazeira

Segundo informações, na noite deste domingo (22) aconteceu uma briga em um bar no bairro Sobreira e tinha uma pessoa armada com uma faca. 

Ainda segundo informações Edvaldo, conhecido por Nego de finado Tatai, foi apartar a briga do marido de uma prima dele e acabou sendo atingido, ele foi socorrido, mas veio a óbito na manhã desta segunda (23).
Mais Pajeú

Governo de Pernambuco anuncia pagamento de 13º salário de servidores

Valor será pago no dia 18 de dezembro para mais de 222 mil servidores ativos, inativos e pensionistas

Fotos: Aluísio Moreira/SEI

O governador Paulo Câmara anunciou, nesta segunda-feira (23.11), que o pagamento do 13º salário do funcionalismo estadual será pago em 18 de dezembro. Juntamente com os pagamentos das folhas de novembro e dezembro, isso representa uma injeção de R$ 3,2 bilhões na economia do Estado em um período de 30 dias. Os recursos são um forte propulsor diante da adversidade econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

O Estado possui, atualmente, 122.063 servidores ativos, 74.988 inativos e 25.589 pensionistas, totalizando 222.640 funcionários.

“Este ano tem sido um desafio para todos nós, nos mais diversos setores da administração pública. A expectativa de que teríamos um ano de recuperação fiscal foi mais uma vez frustrada, agora com a crise sem precedentes provocada pela pandemia da Covid-19. Fizemos nosso dever de casa, conseguimos reduzir despesas, além de provocar uma reação da economia a partir da retomada proporcionada pelo nosso plano de convivência. Diante de tudo isso, temos a condição de anunciar que o 13° do funcionalismo estadual será pago no próximo dia 18 de dezembro. Serão mais de R$ 3,2 bilhões injetados na nossa economia em 30 dias, quando consideramos as folhas de novembro e dezembro. Gostaria de agradecer o empenho de todos os servidores nesse ano tão desafiador, em especial aos que contribuíram diretamente para a construção desse resultado”, ressaltou Paulo Câmara.

As folhas de novembro e dezembro totalizam R$ 1,1 bilhão (cada), já o 13º salário representa R$ 1 bilhão. “Pernambuco vem fazendo seu dever de casa. Mesmo diante de uma grave situação econômica, conseguimos realizar mais de R$ 627 milhões em gastos extraordinários que não estavam previstos no orçamento com o combate ao coronavírus, recursos exclusivamente do tesouro estadual”, comentou o secretário da Fazenda, Décio Padilha.

Padilha também ressaltou a queda de arrecadação do ICMS no Estado e os desafios enfrentados para honrar os compromissos.  “Tivemos uma baixa de R$ 400 milhões na arrecadação de ICMS, quando comparamos com o mesmo valor do ano passado. A situação é desafiadora, mas vale lembrar que cortamos R$ 513 milhões em despesas de custeio, principalmente no sentido de priorizar o investimento do Estado na saúde, segurança e educação dos cidadãos”, assegurou. O secretário da Fazenda ressaltou que o primeiro quadrimestre do próximo ano será muito difícil, mas que o Estado está firme e preparado para encarar os desafios de 2021.

A secretária de Administração do Estado, Marília Lins, disse que “mesmo diante de um cenário adverso provocado pela pandemia do novo coronavírus, o governador Paulo câmara vem adotando medidas de enfrentamento e unindo esforços com o objetivo de manter as contas públicas equilibradas para honrar os seus compromissos junto aos servidores públicos”. Segundo ela, o anúncio reflete o compromisso da gestão e é mais uma medida de valorização e estímulo ao fortalecimento da gestão de pessoas no Estado.

População registra passagem de foguete chinês sobre o céu do Sertão do Araripe

Foto: reprodução

Populares registraram a passagem de um foguete chinês na noite desta segunda-feira (23) sobre o céu do Sertão do Araripe. A espaçonave foi lançada pela China na superfície lunar com o objetivo de ser a primeira nação a trazer de volta rochas lunares e amostras de solo em mais de quatro décadas, segundo o The New York Times.

A passagem do foguete pôde ser vista em vários municípios do Ceará, Rio Grande do Norte, Piauí e Bahia. Em imagens obtidas pelo G1, é possível ver, mesmo que de longe, a espaçonave em movimento.

Conforme o New York Times, a missão é a última etapa do programa espacial que a China espera culminar com uma estação de pesquisa lunar internacional e, finalmente, uma colônia humana na Lua por volta de 2030.

O astrônomo Dennis Weaver explica que a “nuvem” brilhante que apareceu no céu “é a ejeção dos gases de queima que dão o empuxo para o foguete sair da Terra com missão para a Lua”.

A confirmação de que se trata de uma aeronave chinesa, segundo o astrônomo, é possível com cruzamento de informações com a rota do foguete.

Ex-senador anunciou sua desfiliação do PTB.

Tomando conhecimento de especulações sobre mudanças no comando do PTB em Pernambuco, que até o presente momento não foram confirmadas, antecipo a minha decisão de me desfiliar em caráter irrevogável do Partido Trabalhista Brasileiro.

Comunico minha decisão, neste momento, ao meu amigo José Humberto Cavalcanti, presidente estadual, ao tempo em que reafirmo a minha irredutível decisão de apoiar a candidatura de Marília Arraes à prefeita, que representa, neste momento, a melhor alternativa para o Recife, interrompendo um já longo, medíocre, e mal sucedido ciclo de gestões do PSB.

Ao longo da minha vida pública, nunca admiti cabresto, nem recebo ordem unida.

Agradeço a todos os companheiros do partido, dirigentes, parlamentares, gestores municipais, vereadores, lideranças e correligionários em geral, que nunca me faltaram, desde que iniciamos essa construção em 2003, sob a liderança do saudoso ex-presidente e empresário, José Carlos Martinez. Estou seguro de que em breves dias, nos reencontraremos.

Armando Monteiro

Até setembro, o país registrou uma perda líquida (admissões menos demissões) de 558 mil empregos formais.

Apesar disso, Guedes diz que a perda de empregos neste ano representará cerca de 20% do resultado negativo observado em 2015 e 2016. (Foto: Reprodução)

 O ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou nesta segunda-feira (23) que o ritmo de geração de empregos observado nos últimos meses deve desacelerar. Ele prevê uma perda aproximada de 300 mil vagas formais de trabalho em 2020.

Até setembro, o país registrou uma perda líquida (admissões menos demissões) de 558 mil empregos formais. Os saldos negativos foram registrados de março a junho, com o fechamento das atividades pelo país devido à pandemia.

De julho a setembro, no entanto, houve geração de vagas (139 mil, 244 mil e 313 mil, respectivamente). “O Brasil criou empregos. Eu nem acredito que vá continuar nesse ritmo tão acelerado. É provável que dê uma desacelerada”, afirmou Guedes em seminário virtual promovido pela Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro).

Apesar disso, Guedes diz que a perda de empregos neste ano representará cerca de 20% do resultado negativo observado em 2015 e 2016. “Nós possivelmente vamos chegar ao fim deste ano perdendo 300 mil empregos”, afirmou.

Em 2015 e 2016, houve perda de 1,5 milhão e 1,3 milhão de empregos com a crise econômica vivida pelo país, respectivamente.

A pouco mais de um mês para o fim do ano, Guedes defendeu calma na observação dos números da Covid-19 para se analisar se o coronavírus está voltando em uma nova onda, o que poderia ter como consequência o fechamento de atividades. “Alguns dizem que a doença está voltando. Espera aí. Agora parece que está havendo um repique, mas vamos observar”, disse.

“Os dados são que a doença desceu substancialmente e a economia se recuperou extraordinariamente bem. Brasil e China foram as economias que se recuperaram com mais velocidade. Vamos continuar recuperando empregos daqui até o fim do ano”, disse.

Para o ministro, estaria contribuindo com a indústria nacional o patamar atual do câmbio. “O juro bem mais baixo e o câmbio lá em cima. Isso está estimulando as exportações, protegendo os mercados locais contra exportações externas no meio dessa crise”, disse.

Guedes afirmou que o principal desafio do ano que vem será transformar o que chamou de “recuperação cíclica baseada em consumo” em uma retomada sustentável baseada em investimentos para ampliação da capacidade produtiva e aumento da produtividade e salário dos trabalhadores.

Para isso, diz, serão necessárias as reformas como a PEC (proposta de emenda à Constituição) do Pacto Federativo, que limita despesas, e outras como a reforma tributária. “Vamos reduzir os impostos sobre as empresas, vamos simplificar os impostos, vamos para o imposto de valor adicionado. Então estamos no caminho certo, temos que perseverar, ter disciplina, e voltar às reformas estruturantes”, disse.

O governo tenta há meses avançar em diferentes pontos da agenda econômica, mas problemas na articulação política do governo, a pandemia e as eleições travaram o avanço das pautas.

Guedes reconheceu erros do governo em um item da agenda econômica, as privatizações. 

“O programa de privatização não andou direito. Houve obstáculos políticos e equívocos nossos dentro do próprio governo. Temos que admitir o que está errado, porque, se não, não conseguimos consertar”, disse.

Em outro seminário da manhã desta segunda, ele afirmou que outros ministros não querem as privatizações. Mas não citou nomes.

Governo vai convocar mais 244 candidatos aprovados nos concursos do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar da Paraíba, anuncia João Azevêdo

O anúncio foi feito no programa Fala Governador, nesta segunda-feira (23), na rádio Tabajara. Os 244 serão chamados para iniciar o curso de formação em janeiro.

​Serão 233 remanescentes da Polícia Militar da Paraíba e 11 do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba que serão convocados para iniciar curso de formação em janeiro de 2021, segundo explicou o governador. (Foto: Secom-PB/Arquivo)

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (23), a convocação de 244 aprovados no concurso da Polícia Militar da Paraíba. Os 244 serão chamados para iniciar o curso de formação.

O anúncio foi feito no programa Fala Governador, nesta segunda, na rádio Tabajara, conforme apurou o ClickPB. O edital de convocação deve ser divulgado na quarta-feira (25).

Serão 233 remanescentes da Polícia Militar da Paraíba e 11 do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba que serão convocados para iniciar curso de formação em janeiro de 2021, segundo explicou o governador.

 

 

Túlio diz que PSB queria comprar seu silêncio

 

O deputado federal Túlio Gadêlha, que chegou a ser pré-candidato a prefeito do Recife pelo PDT, fez uma grave denúncia na noite de hoje envolvendo um integrante do PSB. De acordo com o parlamentar, houve uma tentativa da campanha de João Campos de que o pedetista não declarasse apoio à candidatura adversária, representada por Marília Arraes (PT), numa barganha.

“Meu chefe de gabinete foi procurado pela coordenação da campanha do PSB no Recife. Disse que eles estavam querendo ‘negociar o meu silêncio’ nesse segundo turno. Dá pra acreditar?! Me senti testemunha de um crime. Crime mesmo foi o que eles fizeram nesses últimos anos no Recife”, escreveu Túlio em sua conta oficial no Twitter.

Policia recupera carreta roubada em Trindade; veículo foi encontrado em Parnamirim e estava sem os pneus

 

Na manhã desse domingo (22), policiais militares do 8°BPM, foram acionados para atenderem ocorrência de roubo à veículo. Chegando ao local, na Fazenda Favela de Baixo, zona rural de Parnamirim-PE; encontraram o veículo VOLVO FH de cor prata e placa QSJ7H03 abandonado, sem os pneus, segundo testemunhas, o motorista já estava na cidade de Parnamirim aonde teria ido registrar o fato.

Em conversa com o condutor do veículo, ele informou que, quando descansava na cidade de Trindade, foi abordado por indivíduos que o amarraram dentro do veículo e vendaram seus olhos, e que foi encontrado por populares que o socorreram.

Segundo a vítima, com as iniciais P.M.do.S.G., natural da Paraíba, foram roubados 30 (trinta) pneus e R$ 500,00 (quinhentos reais) em espécie. A ocorrência foi encaminhada à DPC local onde foi instaurado Inquérito. (Blog do Mikael Sampaio)

Araripina 2.448 confirmações de Covid-19 confira os números do Sertão Central.

O município de Araripina tem 2.448 confirmações de Covid-19, com 2.332 curas e 42 mortes. Ouricuri tem 627 registros, com 572 curas e 18 mortes.Trindade tem 591 casos confirmados, com 560 curas e 22 óbitos em função do novo coronavírus.

Ipubi tem 457 casos do novo coronavírus, 417 pacientes recuperados e 23 mortes. Bodocó tem 323 confirmações, 310 curas e oito mortes. Exu passou para 752 registros da Covid-19, com 634 curas e 12 mortes.

Sertão Central

Salgueiro tem 2.076 casos de Covid-19, 1.941 curas e 46 mortes.Em Cedro, até o momento, são 682 casos confirmados, com 673 curas e cinco óbitos. Parnamirim segue com 312 casos, 298 curas e cinco óbitos.

O cantor e compositor pernambucano, Louro Santos, faleceu após um mês internado lutando contra a covid-19. Ele é pai do também cantor Victor Santos.

Louro Santos era também instrumentista e teve passagens pelas bandas Aveloz e Forró da Malagueta. Junto com o filho, o cantor fez muito sucesso e realizou vários shows na Paraíba, onde arrastou uma multidão de fãs.

Entre os sucessos do artista estão “Te encontrei”, “Virou minha cabeça” e ” Retrato” que interpretou junto com seu filho Victor Santos. Vários artistas gravaram suas composições como Joelma e a banda Calcinha Preta.

Não haverá velório devido à causa do falecimento e o enterro acontece em Pernambuco. A morte foi comunicada no Facebook e no instagram da agenda do artista. Nas redes sociais, muitos fãs lamentaram a morte.

A empresa vencedora cuidará da operação dos reservatórios, estações de bombeamento e 477 quilômetros de canais, que alcançam quatro estados do Nordeste –Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte.

O governo tem feito sondagens com investidores e busca empresas de grande porte que poderiam operar um sistema de complexidade alta. (Foto: Reprodução)

 Marca das gestões do PT na área de infraestrutura, a transposição do rio São Francisco deve ser entregue à iniciativa privada pela gestão Jair Bolsonaro no próximo ano. O governo planeja fazer o leilão de concessão em julho de 2021.

A empresa vencedora cuidará da operação dos reservatórios, estações de bombeamento e 477 quilômetros de canais, que alcançam quatro estados do Nordeste –Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte.

O governo tem feito sondagens com investidores e busca empresas de grande porte que poderiam operar um sistema de complexidade alta.

No radar da equipe econômica, estão companhias como a brasileira Weg, que já atua em sistemas de distribuição de água e irrigação em outros países.

“O nosso objetivo é garantir o suprimento hídrico. Nas secas que ocorreram no Nordeste de 2013 a 2016, os quatro estados e o governo federal gastaram de R$ 4 bilhões a R$ 5 bilhões em medidas emergenciais para garantir o acesso da população à água”, disse à reportagem o diretor de programa da secretaria do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos), André Arantes.

A transposição do São Francisco é a maior intervenção hídrica do Brasil. As obras começaram em 2007, no governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O objetivo é interligar as águas do São Francisco a rios dos quatro estados beneficiados.

A obra está 97% concluída, segundo o governo. O eixo leste do empreendimento foi inaugurado em 2017 e está em fase de pré-operação. O eixo norte tem previsão para início das operações no primeiro semestre de 2021.

Entre as justificativas para a privatização, o governo argumenta que o empreendimento, de alto custo, é dependente do Orçamento da União, limitado por causa da crise fiscal.

O plano da concessão é uma parceria entre o PPI, do Ministério da Economia, e o Ministério do Desenvolvimento Regional.

Membros do Executivo argumentam que o governo não deveria atuar diretamente na operação de sistemas desse tipo, mas sim se preocupar com a regulação da atividade, assim como faz no setor elétrico.

Os investimentos da União na obra já alcançam R$ 10,8 bilhões e o valor total para a conclusão é estimado em R$ 12 bilhões. Além disso, o custo anual de operação e manutenção do sistema gira em torno de R$ 280 milhões, valor integralmente bancado pelo Tesouro Nacional.

Os contratos da concessão devem ter duração de 25 a 30 anos. Para fazer a modelagem, o governo contratou o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Ainda não há definição do modelo, e a conclusão dos estudos deve ser apresentada no primeiro trimestre do próximo ano.

Para atrair interessados, o governo permitirá que eventuais investidores gerem energia solar junto ao sistema da transposição, já que a região recebe alto nível de incidência do sol.

“Nós temos uma demanda bastante firme de energia, que é algo equivalente a 70% do custo de operação e manutenção do sistema. Então, tem um potencial atrativo para uma empresa interessada em prover a autoprodução para o projeto”, afirmou Arantes.

A ideia é que a empresa ou o consórcio vencedor possa usar a energia para alimentar a operação e eventualmente vender o excedente de energia produzida.

Além disso, o empreendimento vai gerar receita por meio da distribuição da água que flui pelos canais. Cada estado beneficiado pagará pelo volume que entrar em seu sistema. A forma de pagamento ainda está em discussão entre os entes e a União.
Os técnicos do governo afirmam que uma das premissas da concessão será a obrigação de que o operador preste o serviço cobrando valores baixos, possíveis de serem pagos pelos usuários.

“A gente tem buscado primordialmente a redução de custo. A ideia é perseguir a modicidade tarifária com a garantia da prestação do serviço pelo setor privado”, disse o diretor de programa do PPI.

A estimativa do governo é que a transposição beneficiará até 12 milhões de pessoas em 390 municípios quando a operação estiver em pleno funcionamento.

Embora parte do empreendimento tenha sido inaugurada em 2017, a obra apresentou falhas. No mesmo mês da inauguração, houve um rompimento que fez com que a operação fosse interrompida por 15 dias.

Como mostrou reportagem do jornal Folha de S.Paulo em 2019, a construção passou a apresentar sinais visíveis de deterioração: paredes de concreto rachadas, estações de bombeamento paralisadas, barreiras de proteção rompidas, sistema de drenagem obstruído e assoreamento do canal em alguns trechos.

Em agosto deste ano, cerca de 2.000 pessoas tiveram de ser evacuadas nas proximidades de uma barragem no município de Jati, na região sul do Ceará (cerca de 530 quilômetros de Fortaleza).

Na ocasião, uma tubulação se rompeu e gerou um vazamento na obra, que faz parte do eixo norte do projeto. O trecho havia sido inaugurado dois meses antes pelo presidente Jair Bolsonaro.

A média, porém, foi afetada por um recente apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país têm mostrado tendências de aumento de casos de Covid-19. (Foto: Reprodução)

O Brasil registrou 181 novas mortes por Covid-19 e mais de 18 mil novos casos nas últimas 24 horas. Ao todo, o país já tem mais de 6,1 milhões de pessoas infectadas pela Covid-19 e 169.197 mortes desde o início da pandemia.

Nos finais de semana, os números tendem a ser menores porque há menos equipes de plantão nas secretarias estaduais de Saúde.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 484 — no sábado, (20), eram 478. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média, porém, foi afetada por um recente apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país têm mostrado tendências de aumento de casos de Covid-19.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde neste domingo apontam 194 óbitos registrados nas últimas 24 horas e um total de 169.183 mortes confirmadas pela Covid-19.

O balanço aponta 18.615 novos casos, totalizando 6.071.401 registros da doença no país.

Entre os estados, São Paulo ainda soma o maior número total de registros -são 41.267 mortes e 1.209.588 casos até este domingo. Em seguida na lista, com relação a mortes, aparecem os estados do Rio de Janeiro (21.974) e Minas Gerais (9.777).

Arcoverde confirma mais 26 casos e 08 curados da Covid-19

A Secretaria de Saúde de Arcoverde informa que neste domingo, 22 de novembro, até às 18 horas, mais vinte e seis (26) casos de Covid-19 e oito (08) curados foram registrados no município. O boletim diário, portanto, fica com duzentos e noventa e quatro (294) suspeitos, quatro mil oitocentos e noventa e sete (4.897) descartados, dois mil e sessenta e cinco (2.065) confirmados, sessenta (60) óbitos, e mil oitocentos e cinquenta (1.850) recuperados.

Atualmente Arcoverde mantém a taxa de 74,25% de recuperação dos casos confirmados, enquanto que a taxa de letalidade permanece em 3,52%. Vale lembrar, que dentro dos 2.021 casos confirmados, estão contabilizados os 60 óbitos e 1.833 curados.

Defesa de segurança do Carrefour nega intenção de matar Beto Freitas ou motivação racista

O advogado afirma que não houve conduta dolosa. De acordo com ele, a intenção era conter João Alberto, que estaria “completamente descontrolado”. A defesa alega que o policial foi chamado até o caixa e chegou a apaziguar a situação.

O advogado diz que lamenta a morte de João Alberto, que presta sentimentos à família dele e que acredita que os responsáveis têm que responder pelos fatos, mas nos limites da lei. (Foto: Reprodução)

A defesa do policial militar Giovane Gaspar da Silva, 24, um dos seguranças presos pelo assassinato de João Alberto Silveira Freitas, 40, conhecido como Beto Freitas, em uma unidade do Carrefour de Porto Alegre, nega a intenção de matá-lo ou motivação racista e levanta a hipótese de que a vítima pode ter morrido em decorrência de um ataque cardíaco.

“A perícia também traz como provável causa um ataque cardíaco. Suspeita-se também que o senhor João Alberto estaria sob efeitos de entorpecentes tamanha a força que ele tinha no momento. Ele também tinha os olhos soltados e a íris expandida”, diz o advogado de defesa, David Leal.

O IGP-RS (Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul) apontou, em análise inicial, que a vítima morreu por asfixia. Imagens obtidas pela Folha mostram que Beto Freitas, 40, foi asfixiado por quase quatro minutos, diante de 15 testemunhas, após ser espancado por pelo menos dois minutos por dois seguranças.

Leal também afirma que o seu cliente também não teve a intenção de matar João Alberto e não agiu de forma por racismo.

“O meu cliente não teve a intenção de matar. Ele não agiu por nenhum ato racista. Ele, inclusive, tem parentes negros, o pai dele é pardo, e não tem de forma alguma qualquer preconceito quanto a isso. O Brasil é um país que é preconceituoso, com toda certeza. Existe racismo, mas, analisando, concretamente, o fato não tem nada a ver com isso”, diz Leal.

O advogado afirma que não houve conduta dolosa. De acordo com ele, a intenção era conter João Alberto, que estaria “completamente descontrolado”. A defesa alega que o policial foi chamado até o caixa e chegou a apaziguar a situação.

“Ele [João Alberto] foi conduzido até a saída para onde o senhor se encaminhou voluntariamente. Na saída, perto da porta, surpreendentemente, o senhor João Alberto desferiu um soco no rosto do meu cliente. Meu cliente diz que depois ele ainda acertou outro soco. Ele [Giovane] tomou dois socos no rosto”, diz Leal.

Ainda de acordo com o advogado, na tentativa de conter João Alberto, outras pessoas se aproximaram. “Na verdade, se formos bem justos aos fatos, mais pessoas estão envolvidas. Teve cliente que chegou ali chutando a cabeça do senhor João Alberto, pessoas que também o agrediram porque viram o que ele havia feito dentro do mercado, mas de forma alguma o resultado morte é justificado.” Ele não deu mais detalhes sobre o que teria ocorrido antes.

O advogado diz que lamenta a morte de João Alberto, que presta sentimentos à família dele e que acredita que os responsáveis têm que responder pelos fatos, mas nos limites da lei.

Além de Giovane, o segurança Magno Braz Borges, 30, foi preso. De acordo com Leal, nenhum dos dois envolvidos tem antecedentes criminais.

“O fato de o senhor João Alberto ter antecedentes criminais não justificaria a consequência trágica da morte. Infelizmente, uma vida se perdeu. Enquanto defesa, nós temos também que preservar os direitos do meu cliente de forma justa e nos limites da lei”, diz o advogado.

O advogado de Magno não foi localizado pela reportagem.

Questionada sobre o laudo conclusivo do Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul, a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul ainda não se manifestou.

Após derrota, Trump pede nova recontagem de votos na Geórgia

Derrotado nas urnas, o presidente americano acumula revezes na Justiça na tentativa de reverter a conquista democrata.

Apoiadores de Donald Trump protestam no sábado (21) em frente ao Capitólio estadual da Geórgia, nos EUA, em Atlanta — Foto: (Foto: Ben Gray/AP Photo)

A equipe de campanha de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos derrotado na tentativa de se reeleger, pediu no sábado (21) mais uma recontagem dos votos na Geórgia.

O estado no sudeste americano deu vitória ao presidente eleito Joe Biden, mas, como a margem foi inferior a 0,5 ponto percentual, as cédulas foram contadas manualmente uma segunda vez. A nova contagem não viu mudanças significativas no resultado e manteve a vitória do democrata — que foi, inclusive, oficialmente certificada.

Porém, como a vantagem continuou dentro de 0,5 ponto percentual, Trump teve direito a pedir mais uma recontagem. O procedimento, historicamente, não muda o resultado de eleições nos EUA. Desta vez, a nova apuração ocorrerá eletronicamente.

“O presidente Trump e sua campanha continuam a insistir em uma recontagem honesta na Geórgia, que precisa incluir a verificação de assinaturas e outras salvaguardas vitais”, disse a equipe do republicano.

Funcionários da autoridade eleitoral do condado de Cobb, na Geórgia, fazem auditoria dos votos na segunda-feira (16) para a recontagem das eleições presidenciais dos EUA — Foto: Mike Stewart/AP Photo

É muito difícil que uma nova contagem mude o resultado das urnas, até porque a Geórgia já certificou a vitória de Biden por uma diferença de pouco mais de 12 mil votos. Até agora, as autoridades estaduais — que têm maioria republicana, mesmo partido de Trump — não encontraram nenhum indício de irregularidade.

“O sistema eleitoral da Geórgia nunca foi tão seguro e confiável”, garantiu o secretário de Estado, Brad Raffenspenger, que é do mesmo Partido Republicano de Trump.

Apesar da derrota, Trump insiste em batalha legal

Presidente dos EUA, Donald Trump, durante pronunciamento na Casa Branca nesta sexta-feira (20) — Foto: Carlos Barria/Reuters

As projeções do Colégio Eleitoral apontam que Biden venceu as eleições por 306 votos a 232 — a mesma margem que Trump obteve sobre Hillary Clinton em 2016. Mesmo assim, o atual presidente insiste que não perdeu a disputa e que foi vítima de fraude, sem no entanto apresentar nenhuma comprovação de qualquer irregularidade.

No sábado, o republicano perdeu mais uma ação judicial na Pensilvânia. Um juiz federal se recusou a descartar milhões de votos enviados por correio no estado — prática permitida há anos nos EUA — por falta de consistência na petição. Trump disse que vai recorrer, mas há poucas chances de que o resultado mude.

O presidente também viu fracassar sua tentativa de convencer lideranças republicanas de Michigan, outro estado-chave vencida por Biden, de que a eleição foi fraudada. Os parlamentares até admitiram que todo indício deve ser investigaram, mas disseram que, até o momento, nenhuma irregularidade capaz de mudar o resultado foi encontrada.

Afogados FC só cumprirá tabela e está fora do mata-mata da Série D

Complemento da rodada tirou qualquer chance da Coruja de passar de fase

A rodada 13 do Grupo 3 da Série D do Campeonato Brasileiro, disputada neste fim de semana, deixou apenas dois times vivos na briga para ocupar a quarta e última vaga da chave na próxima fase.

O Afogados FC até tinha alguma esperança depois da vitória sobre o Campinense, a primeira depois de sete jogos, por 2×1 ontem no Vianão.  Mas o complemento da rodada pôs uma pá de cal. O Afogados está fora da competição e só cumpre tabela contra o Floresta fora de casa no domingo três da tarde.

Após os resultados do sábado e do domingo, apenas Atlético de Cajazeiras (atual quarto colocado) e Globo FC (quinto) vão para a última rodada, na próxima sexta-feira, chegam com chances de classificação.

O grande derrotado no fim de semana além do Afogados foi o Campinense, que começou a rodada dentro do G-4, mas com a derrota pra Coruja deu adeus a qualquer possibilidade de classificação.

A situação do grupo é a seguinte: América-RN, Salgueiro e Floresta já estavam classificados; o Atlético-PB é o quarto colocado, com 16 pontos; o Globo FC é o quinto, com 15; e o Campinense é o sexto, com 14. Atlético-PB e Globo FC se enfrentam no Barrettão, em Ceará-Mirim, na última rodada. Se o Atlético-PB vencer, vai a 19 e se classifica.

Se o Globo FC vencer, vai a 18, ultrapassa o Atlético-PB e se classifica. E, se der empate, o Atlético-PB vai a 17 e, mesmo que o Campinense vença o América-RN e também vá a 17, os atleticanos avançam por terem mais vitórias que os rubro-negros.

Acidente na PE-309 entre Tabira e Solidão deixa uma vítima fatal

Um acidente ocorrido na tarde deste domingo (22) causou um óbito na rodovia PE-309, que liga Tabira ao município de Solidão. O motorista de um veículo Fiesta, de Cor Prata, perdeu o controle vindo a capotar. Relatos de internautas nos grupos de whatsApp dão conta de que a vítima residia no sítio Jardim, zona rural de Solidão e era popularmente conhecido por Zé Birino. Policiais militares foram ao local e registraram a ocorrência. Aguarde mais informações! (Blog do Itamar)

Sandrinho e Daniel agradecem votação

O Prefeito eleito de Afogados da Ingazeira, Sandrinho Palmeira (PSB), foi às ruas de Afogados neste sábado (21) agradecer a votação que obteve na eleição para Prefeito.

Ao lado do seu vice, Daniel Valadares, ele percorreu as ruas da feira livre, e conversou com feirantes e populares.

Sandrinho agradeceu às demonstrações de carinho e disse “estar preparado para fazer uma grande gestão, cumprindo com os compromissos assumidos durante a campanha”

“Vamos trabalhar muito para poder honrar os compromissos assumidos, e manter a tradição que Afogados sempre teve de eleger bons gestores,” prometeu Sandrinho.

Ele foi eleito no último dia 15 com mais de 64% dos votos válidos.

Polícia Militar desarticula rinha de galos, apreende armas e conduz 80 pessoas à delegacia, em Ingá, na Paraíba

Durante averiguação, os policiais localizaram armas. Rinhas de galo funcionavam no local.

Todas as pessoas presentes no local foram encaminhadas à Delegacia de Itabaiana para prestar esclarecimentos. (Foto: Reprodução)

Uma operação da Polícia Militar realizada neste domingo (22) resultou em armas apreendidas e mais de 80 pessoas levadas à delegacia, no sítio Serra Velha, em Ingá, na Paraíba.

De acordo com informações da Polícia Militar, os policiais localizaram dois veículos com queixa de roubo no sítio. Durante averiguação, os policiais localizaram armas. Rinhas de galo funcionavam no local.

Todas as pessoas presentes no local foram encaminhadas à Delegacia de Itabaiana para prestar esclarecimentos.

Cada vez mais comuns, os golpes na internet podem atrair todas as pessoas, basta estar um pouco mais desatento e clicar em um link indevido. Isso aconteceu com a mãe da engenheira química, Rafaela Poppe, que acabou sendo segunda vítima ao realizar um depósito de R$ 1.000 na conta de sua mãe, após uma conversa no WhatsAPP, que foi clonado.(Veja o caso aqui)

 

Apesar de atrativos, dá pra se livrar dos hackers que utilizam de links suspeitos para invadir o smartphone dos usuários, através das dicas do coordenador do Grupo Especial de Repressão a Crimes por Meios Eletrônicos, da Polícia Civil da Bahia, João Cavadas. Confira abaixo.  

  • Não clique em link ou SMS que seja suspeito e que você não tenha confirmação veracidade;
  • Se recebeu um link suspeito delete imediatamente para não correr o risco de clicar; 
  • Caso tenha recebido uma mensagem no WhatsApp de algum conhecido solicitando transferências ou pagamentos de boletos, faça perguntas primárias (ex: nome completo, data de nascimento) ou específicas que só você e a outra pessoa, de fato, saberiam “tente ligar também, porque a ligação não é bloqueada ou até mensagem de texto, tenta estabelecer um canal de comunicação com a pessoa”, disse dr João Cavadas; 
  • Verifique os dados bancários para qual você está depositando o dinheiro. 

Além disso, o especialista em crimes cibernéticos deu uma dica extra para os criminosos não terem acesso aos dados pessoais do seu smartphone e computador. Leia. 

  • Troque as senhas de tudo que você usa no celular: e-mail, senha de banco, redes sociais;
  • Instale e desinstale os aplicativos;
  • Formate o telefone a cada seis ou sete meses. “Uma série de cuidados que dá trabalho, mas são necessários para garantir a sua segurança”, completou Cavadas.  

Ao todo, o país já tem mais de 6 milhões de pessoas infectadas pela Covid-19 e 169.016 mortes desde o início da pandemia.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 478 –na sexta (20), eram 544. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade. (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

O Brasil registrou 354 novas mortes por Covid-19 e mais de 34 mil novos casos nas últimas 24 horas. Ao todo, o país já tem mais de 6 milhões de pessoas infectadas pela Covid-19 e 169.016 mortes desde o início da pandemia.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 478 –na sexta (20), eram 544. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média, porém, foi afetada por um recente apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país têm mostrado tendências de aumento de casos de Covid-19.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Pernambuco contabiliza mais 946 casos confirmados e 21 óbitos pelo novo coronavírus

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou neste sábado (21) mais 946 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Entre os diagnosticados de hoje, 46 (5%) são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 900 (95%) leves.

Agora, Pernambuco totaliza 175.258 infectados pela doença, sendo 27.738 graves e 147.520 leves. Também foram confirmados 21 óbitos, ocorridos entre 10/11 e ontem (20). Com isso, o Estado totaliza 8.920 mortes pela Covid-19.

Paraíba registra 650 novos casos de Covid-19 e 08 óbitos em 24h; total de mortes chega a 3.244 e 142.265 infectados

Até o momento, 447.283 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. (Foto: reprodução)

A Paraíba registrou 650 novos casos de Covid-19 e 08 óbitos confirmados neste sábado (21), 06 deles nas últimas 24h. Até o momento, 142.265 pessoas já contraíram a doença, 113.371 já se recuperaram e 3.244, infelizmente, faleceram. Até o momento, 447.283 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. 

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 46%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 53%. Em Campina Grande estão ocupados 33% dos leitos de UTI adulto e no sertão 75% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 650, nos quais 10 municípios concentram 459 casos, o que representa 70,61% dos casos em toda a Paraíba. São eles: 

João Pessoa, com 137 novos casos, totalizando 36.035; Bayeux, com 115 casos novos, totalizando 2.465; Patos, com 52 novos casos, totalizando 5.484; Campina Grande, com 38 novos casos, totalizando 14.235; Conceição, com 38 novos casos, totalizando 664; Cajazeiras, com 26 novos casos, totalizando 2.952; Santa Rita, com 15 novos casos, totalizando 3.726; Monteiro, com 14 novos casos, totalizando 1.096; Cabedelo, com 12 novos casos, totalizando 3.558; São Bento, com 12 novos casos, totalizando 3.477.  

Os primeiros 45 minutos teve uma certa intensidade por parte dos dois times. Com a necessidade da vitória, as duas equipes mostraram as suas cartas em seus campos ofensivos. Não que tenha ocorrido muitas criações de jogadas. No entanto, Afogados e Campinense tiveram oportunidades de balançar as redes. Melhor para a Coruja, que, num chutaço de Rogerinho, de fora da área, marcou o único gol da primeira etapa.

Aos 35 minutos do segundo tempo atacante Mateus Regis do Campinense recebe pelo lado esquerdo, corta dois adversários e, já frontal ao gol, arrisca um lindo chute, que morre no ângulo de Danilo.
ARÊZ É O NOME DA ALEGRIA aos 46 minutos! Rodrigo puxa contra-ataque e deixa o camisa 5 na cara do gol. Com muita liberdade, ele toca por baixo de Waldson e recoloca a Coruja com a vantagem na partida.
Escalações:
Afogados: Everton (Danilo), Guilherme, Walter Guimarães, Heverton Luís e Rogerinho; Arêz, Arlan, Evair (Junior Juazeiro) e Candinho (Alan); James Dean (Grafite) e Rodrigo.
Campinense: Waldson, Alex Murici (Renato Cruz), Rômulo, Breno e Fabinho; Júnior Gaúcho (Matheus Régis), Bruno Menezes e Echeverría; Rafael Ibiapino (Téssio), Jobson (Aleff Diego) e Frontini.

Marta é cortada da seleção feminina após testar positivo para covid-19

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou na tarde deste sábado (21) que a jogadora Marta foi cortada da seleção brasileira após testar positivo para o novo coronavírus (covid-19). A camisa 10 da seleção havia sido convocada para dois jogos preparatórios diante do Equador.

A defensora Camila, do Avaí/Kindermann, foi a escolhida para substituir Marta.

Segundo a CBF, “o departamento médico da seleção feminina já comunicou o clube da jogadora, o Orlando Pride (EUA), sobre o resultado do exame e prestará toda a assistência necessária”.

As 25 jogadoras convocadas se apresentarão à técnica sueca Pia Sundhage na próxima segunda-feira (23), em Guarulhos (SP).

Afogados não registra novos casos de covid-19

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que neste sábado (21), não foram registrados novos casos de covid – 19 em nosso município.
Hoje, 03 pacientes apresentaram resultados negativos para Covid- 19 em nosso município.
Entram em investigação os casos de 13 homens, com idades entre 06 e 59 anos; e os de 15 mulheres, com idades entre 01 e 54 anos.
Neste sábado, 01 paciente apresentou cura após avaliação clínica e epidemiológica. O município atingiu a marca de 1.322 pessoas (95,86%) recuperadas para covid-19. Atualmente, 39 casos estão ativos em nossa cidade.
O município atingiu a marca de 6.897 pessoas testadas para covid-19, o que representa 18,51 % da nossa população testada.
Casos leves x SRAG/covid- 19:
Leves (1.323 casos), 95,93% SRAG (56 casos), 4,07 %.
Taís Araújo e Lázaro Ramos testam positivo para Covid-19
Segundo publicação feita no perfil de ambos na rede social, o casal e os dois filhos, João e Maria, estão em isolamento e seguindo protocolos de segurança.
Tanto Taís como Lázaro tiveram apenas sintomas leves, mas as crianças, João, de 9 anos, e Maria, de 5, estão assintomáticas. (Foto: Maurício Fidalgo/Globo)

SÃO PAULO, SP (FOLHARPESS) – O casal de atores Taís Araujo e Lázaro Ramos informaram aos seus seguidores no Instagram que a família testou positivo para Covid-19. Segundo publicação feita no perfil de ambos na rede social, o casal e os dois filhos, João e Maria, estão em isolamento e seguindo protocolos de segurança.

“Querido amigos, hoje nós estamos aqui para compartilhar com vocês que, infelizmente, nossa família testou positivo para Covid-19. Como todos sabem, nós caminhamos até aqui com todos os cuidados possíveis e seguindo todos os protocolos de segurança. Isto mostra que todos nós ainda precisamos estar atentos porque a pandemia infelizmente está longe do fim”, inicia o post.

Tanto Taís como Lázaro tiveram apenas sintomas leves, mas as crianças, João, de 9 anos, e Maria, de 5, estão assintomáticas. “Nós dois e as crianças, João e Maria, já estamos no meio da quarentena protocolada ao positivar a Covid 19. Estamos isolados e seguindo ainda mais rigorosamente todas as precauções médicas. Sentimos sintomas leves, e, para nosso alívio, as crianças estão assintomáticas”, continua o texto.

O casal pede que as pessoas reforcem os cuidados diante da pandemia e baixem a guarda para a doença. “Com fé, esperamos este tempo passar. Viemos aqui por respeito e para tranquilizar vocês, mas também para lembrar a todos da fragilidade humana e para pedir a todos que sigam se cuidando. Nós estamos bem, mas sabemos que fomos afortunados enquanto tantas vidas seguem se esvaindo aqui e no mundo. Se cuidem. Com amor, Lázaro e Taís”, finaliza a mensagem.

Lewis Hamilton diz que está devastado pela morte de Beto Freitas

Hamilton tem sido um dos principais protagonistas dos movimentos antirracistas no esporte mundial. Participou de protestos nas ruas após a morte de George Floyd, nos Estados Unidos.

“Devastado por ouvir essa notícia, outra vida negra perdida mais uma vez. Ainda acontece e temos que lutar para impedir que continue. Mando meus pensamentos e preces para você, Brasil. Descanse em paz, João Alberto Silveira Freitas”, escreveu o piloto. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

 Heptacampeão da F-1, o britânico Lewis Hamilton compartilhou uma mensagem sobre João Alberto Silveira Freitas, conhecido como Beto Freitas, homem negro espancado até a morte em um supermercado Carrefour de Porto Alegre (RS) na noite da última quinta-feira (19).

“Devastado por ouvir essa notícia, outra vida negra perdida mais uma vez. Ainda acontece e temos que lutar para impedir que continue. Mando meus pensamentos e preces para você, Brasil. Descanse em paz, João Alberto Silveira Freitas”, escreveu o piloto de 35 anos em uma publicação no stories do Instagram.

Hamilton tem sido um dos principais protagonistas dos movimentos antirracistas no esporte mundial. Participou, inclusive, de protestos nas ruas após a morte de George Floyd, nos Estados Unidos.

Nas pistas, mais de uma vez carregou em suas roupas e levou ao pódio da F-1 mensagens como “vidas negras importam” ou “prendam os policiais que mataram Breonna Taylor”, em referência à jovem negra alvejada em sua própria casa nos EUA.

Também fez o famoso gesto dos Pantera Negra, com o punho fechado e o braço erguido, e também homenageou o ator Chadwick Boseman após sua morte.

O assassinato de Beto Freitas aconteceu na noite anterior ao Dia da Consciência Negra no Brasil e causou revolta por todo o país.

Em diversas cidades, manifestantes foram as ruas contra o morticínio da população negra, e lojas da rede Carrefour foram atacadas.

O corpo de Beto Freitas foi velado neste sábado (21) com a aliança de seu casamento, que estava marcado para dezembro, e uma bandeira do São José, clube de futebol do Rio Grande do Sul para o qual ele torcia.

 

Marília: Prefeitura não é pirulito para dar a um menino

 

Nesta sexta-feira (21), nas considerações finais do debate da (TV Clube/Record), a candidata a prefeita do Recife pelo PT, Marília Arraes, reservou um momento para cutucar o adversário João Campos (PSB). A postulante se referiu, indiretamente, à idade do prefeiturável socialista, que tem 26 anos, e disparou um comentário inusitado.

“A Prefeitura é algo muito sério. Tem que ter experiência de vida inclusive para tomar decisões, ter errado, ter acertado ao longo da vida para assumir um posto como esse. E o Recife nunca teve uma prefeita. Agora, a gente tem a oportunidade de ter, de colocar as mulheres onde elas quiserem. E minha gente: Prefeitura não é pirulito para estar dando de presente para um menino, para estar entregando de bandeja, mas a gente está mostrando que não vai ser fácil” , declarou.

 

 

 

MP pede à Marília Arraes devolução de R$ 156 mil aos cofres públicos

O Ministério Público de Pernambuco cobrou da candidata à Prefeitura de Recife, Marília Arraes (PT), a devolução de R$ 156 mil aos cofres públicos.

Marília foi denunciada pela 43ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania por improbidade administrativa, juntamente com quatro pontos ex- assessoras. A denúncia aconteceu em dezembro de 2019.

De acordo com a revista Veja, a promotoria pediu à Polícia Civil do Recife a instauração de inquérito para apurar denúncia de irregularidades no pagamento de servidores do gabinete na época que Marília era vereadora, nos anos de 2014 e 2017.

Ainda segundo a Veja, o inquérito concluiu que Marília nomeou quatro assessoras para cargos comissionados, que recebiam salários e não prestavam serviços ao gabinete.

O portal comunicou que a irregularidade foi descoberta depois que a Polícia Civil cruzou os contracheques das servidoras com o Relatório Anual de Informações Sociais – RAIS, descobrindo que as funcionárias atuavam em outros empregos.

A revista informou que a postulante e as funcionárias foram indiciadas pelo crime de peculato. As investigações começaram a partir de uma denúncia de uma colaboradora, cujo o nome o Ministério Público mantém em segredo.

De acordo com a denúncia do MP, Marília “dolosamente utilizou-se do seu cargo para favorecer as demais demandas que, embora não tendo prestado serviço  regularmente à Câmara Municipal do Recife, receberam remuneração indevida dos cofres públicos, contribuindo decisivamente para o enriquecimento ilícito das demandadas”.

O Ministério Público justificou “falta de estrutura” para não fazer uma investigação mais aprofundada dos fatos, afirmou a Veja. Ainda segundo o portal, não consta no inquérito quebra de sigilo dos envolvidos e nem relatórios da Coaf sobre movimentações bancárias dos investigados.
“Essa ação criminal encontra-se arquivada desde 20/02/2019. Ademais, não posso entrar no mérito da ação, porque, como dito, ainda não fui intimada para apresentação de Defesa Preliminar, fase processual em que o Juízo, só depois de apreciá-la (Defesa Preliminar), é que se pronunciará sobre o recebimento da ação ou não.

Portanto, tecnicamente, a ação contra minha pessoa não foi recebida. Ou seja, que não há nenhum tipo de indício que possa macular a minha atuação política enquanto parlamentar”, afirmou a candidata.

Morre o prefeito Vanin de Danda de Santa Terezinha

Morreu na manhã desta sexta (20), no Recife, o prefeito de Santa Terezinha, Geovane Martins (Vanin de Danda), aos 51 anos. A informação foi passada pelo blogueiro Marcelo Patriota durante o programa Rádio Vivo da Rádio Pajeú. Marcelo disse que o prefeito de Santa Terezinha, Geovane não resistiu as complicações causadas pela Covid-19, vindo a falecer nesta madrugada.

Vanin concorreu a reeleição no pleito deste ano, perdendo a disputa para Delson Lustosa do Podemos.

Segundo Marcelo, a família do prefeito está em deslocamento para o Recife para as medidas cabíveis. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.

Na quarta-feira (18), o boletim médico já informava que o quadro de saúde do prefeito era gravíssimo. Coração, pulmões e rins haviam paralisado.

Ainda na manhã da quarta-feira, o atual vice-prefeito de Santa Terezinha, Adarivan Santos (Avante) foi empossado como prefeito interino.

Nas redes sociais, familiares e amigos formaram uma corrente de orações pela recuperação da saúde do gestor.

Vanin deu entrada na manhã da segunda-feira (02.11), na Unidade Mista de Saúde de Santa Terezinha, reclamando de falta de ar e dificuldades de respirar. Ele passou mal na noite do domingo (01.11). Também apresentou o diabetes muito alto.

Ele foi transferido para a Ala Covid, em São José do Egito, ainda no final da tarde daquele dia, como precaução, visto que em São José teria maior suporte, caso fosse necessário. Vanin saiu caminhando. Na manhã da terça-feira (03.11), voltou a ter complicações em seu quadro de saúde, mas os médicos conseguiram estabilizar.

Na terça-feira (03.11), uma transferência para o Recife chegou a ser ventilada, mas segundo o Irmão de Vanin, Franklin Martins, a recomendação médica foi de que o paciente permanecesse em São José do Egito.

Na noite da quinta-feira (05.11), o prefeito de Santa Terezinha foi transferido para o Hospital Alfa, no Recife.

Vanin saiu consciente e chegou a conversar e a acenar para as pessoas que estavam presentes no momento em que foi colocado na ambulância. A transferência se deu em busca de mais recursos para o tratamento.

No último dia 9 de novembro, Vanin ainda estava precisando do auxílio da máscara para respirar e estava com os pulmões bem comprometidos

Mega-Sena: confira as dezenas sorteadas neste sábado

Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h do dia do sorteio.

As dezenas sorteadas foram: 06 – 30 – 35 – 39 – 42- 48. (Foto: Walla Santos/ClickPB/Arquivo)

Foram sorteadas as seis dezenas do concurso 2.320 da Mega-Sena, em evento neste sábado (21) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

Veja as dezenas sorteadas: 06 – 30 – 35 – 39 – 42- 48.

O prêmio deste concurso está estimado em R$ 75 milhões.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

 

Arquimedes é recordista de mandato em Pernambuco como prefeito de Buíque

Com 73 anos de idade e 38 anos dedicado à vida pública, o prefeito reeleito de Buíque, Arquimedes Valença (MDB), comemora um recorde no estado, sendo o único político a ser prefeito de sua cidade por cinco vezes. Desta vez a vitória foi consagradora, com 13.434 votos contra 8.551 de seu principal adversário, o ex-prefeito Jonas Camelo. Uma diferença de 4.883, a maior já registrada no município. Sobre a vitória, o prefeito Arquimedes Valença falou a uma rádio de Arcoverde.

“Agradeço de coração cheio ao povo de Buíque que me confiou esse novo mandato. Minha terra, lugar onde nasci, a minha região da Ribeira que nunca nos faltou em nenhuma eleição, a todas as regiões que reconheceram nosso trabalho e nos deram essa nova oportunidade. Sempre estivemos e vamos continuar à disposição do povo, respeitando os amigos e aliados, bem como os concorrentes. Agora é trabalhar, trabalhar e trabalhar”, afirmou.

Durante a entrevista, Arquimedes lembrou de suas ações nas áreas de saúde, educação e assistência social que amenizaram a questão social neste ano de pandemia. Ressaltou que sua preocupação foi sempre buscar meios de atender as pessoas mais pobres e lembrou que agora é planejar o novo mandato de forma a fazer com o povo de Buíque tenha orgulho de ter depositado mais “esse voto de confiança”.

O prefeito disse que não haverá alterações maiores na equipe, apenas uns ajustes, elogiando toda a equipe de seu governo. Arquimedes disse que agora a ordem é fechar as contas para atender as exigências da LRF, mas que as obras em andamento vão prosseguir, assim como os serviços urbanos. Sobre o futuro, ele ainda citou um projeto de R$ 11 milhões que vai levar água para mais de 3 mil famílias na região da Ribeira, assim como outros projetos que vão beneficiar o Carneiro e o Catimbau.

Ex-deputado do Ceará é preso com R$ 2 milhões escondidos em caixas de televisão

Dinheiro empilhado sobre uma mesa

Policiais federais prenderam em flagrante na manhã desta quinta-feira (19), em Fortaleza, um ex-deputado federal e estadual durante operação para investigar esquema de desvios de recursos públicos a partir de licitações fictícias.

O nome do político não foi revelado. Os agentes encontraram R$ 2 milhões em espécie numa empresa ligada a ele. As notas estavam escondidas em caixas de aparelhos de televisão.

De acordo com informações da Polícia Federal, a organização criminosa usava laranjas para forjar uma concorrência. O esquema ocorria há 20 anos em contratos de locação de veículos pelo poder público.

“A empresa utilizava laranjas para participar de um mesmo certame licitatório, forjando uma concorrência. Era uma concorrência fictícia. Uma empresa vencia concorrendo com outra da mesma organização”, explicou o delegado da Polícia Federal Carlos Joésio Duarte.

Ao todos, foram cumpridos 27 mandados de busca e apreensão nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro.

A primeira fase da Operação Km Livre foi realizada há quatro anos. Na ocasião, a Polícia Federal apreendeu na empresa, com suspeitas de ser ligada ao ex-deputado Adail Carneiro (PP), R$ 5,9 milhões. Ele negou que o dinheiro seria seu e que teria ligações com a empresa.

Mulher de Queiroz ajudou no desvio de R$ 1,1 mi, diz MP

A mulher do ex-assessor Fabrício Queiroz, Márcia Aguiar, ajudou a desviar R$ 1,1 milhão da Assembleia Legislativa do Rio, por meio do esquema de “rachadinhas” no antigo gabinete do hoje senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), apontou o Ministério Público do Rio em denúncia apresentada à Justiça.

A Promotoria estima ainda que, deste total, R$ 868 mil tenham abastecido a suposta organização criminosa liderada pelo filho do presidente Jair Bolsonaro.

Márcia foi alvo de prisão preventiva em julho, mas, diferentemente do marido, não foi encontrada pela polícia e ficou foragida por 22 dias até ser beneficiada por liminar do ministro João Otávio de Noronha, então presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A medida garantiu prisão domiciliar ao casal, que está em um apartamento na zona oeste do Rio.

Foram nas contas de Márcia que a investigação também descobriu seis cheques depositados em favor da primeira-dama Michelle Bolsonaro. As transações totalizam R$ 17 mil e ocorreram em 2011 – a denúncia oferecida contra Márcia, porém, não menciona os repasses à mulher do presidente.

O Ministério Público coloca Márcia no chamado “núcleo executivo” do esquema, composto por servidores “fantasmas” do gabinete de Flávio que recebiam o salário sem bater ponto na Assembleia do Rio. Ao todo, o “núcleo executivo” desviou R$ 6,1 milhões da Assembleia Legislativa, dos quais R$ 2,079 milhões foram repassados diretamente a Queiroz, afirmam os investigadores.

A Promotoria lista que o dinheiro foi desviado por meio de 268 pagamentos feitos pela Assembleia distribuídos nos 127 meses que Márcia atuou como “assessora fantasma” de Flávio Bolsonaro, entre abril de 2007 a dezembro de 2017. Assim que recebia o salário, diz o MP, Márcia repassava a maior parte dos rendimentos ao marido.

Para os promotores, apesar de a organização tentar “despistar o caminho” do dinheiro utilizando saques e depósitos em espécie, a investigação localizou repasses que saíram da conta de Márcia e entraram no saldo de Queiroz no mesmo dia e com os mesmos valores.

“O cruzamento de dados entre os débitos na conta de Márcia Aguiar e os créditos na conta de Fabrício Queiroz possibilitou identificar ao menos 63 operações em que os valores sacados pela ‘assessora fantasma’ foram acolhidos na conta do operador da organização criminosa”, disse o Ministério Público.

Jovem acusado de agredir pai em bairro de Afogados, vítima transferida em estado grave

Foto: vítima

Na manhã deste último sábado (21), um senhor identificado por Zé Kain, ele foi agredido pelo próprio filho no Conjunto Miguel Arraes bairro  em Afogados da Ingazeira,  O motivo da agressão seria por conta de um dinheiro.

A vítima foi encaminhada para o Hospital Regional Emília Câmara e em seguida devido a gravidade dos ferimentos para a cidade de Recife. Ele teve uma parada cardíaca em Arcoverde, mas foi reanimado.
As informações que o agressor foi identificado por Fabinho o mesmo teria sido preso no bairro São Sebastião.

Flores-PE: Morre, vítima da Covid-19, o vereador e comunicador Alberto Ribeiro

Morreu na madrugada deste sábado (21), o vereador e radialista Alberto Ribeiro, 40 anos, vitima da COVID-19. 

Candidato a reeleição, foi vencedor nas urnas no último domingo (15), com 848 votos. Nem chegou a saber da sua vitória, visto estar intubado e sedado.
O Prefeito de Flores, Marconi Santana, decretou luto oficial de três dias pela morte do vereador e comunicador Alberto Ribeiro.
Alberto faleceu na madrugada deste último sábado (21), no Hospital de Campanha Eduardo Campos em Serra Talhada; aos 40 anos de idade, vítima da COVID-19.
No texto do Decreto 20/2020, Marconi Santana destacou a importância do parlamentar para população florense, o consternamento da população e a “saudade que emerge com a sua partida”.

Mais um vereador eleito em Pernambuco morre de Covid-19; Desta vez em Abreu e Lima

Morreu, na manhã deste sábado (21), vítima de Covid-19, o vereador eleito de Abreu e Lima Márcio Buchada (PSC). O prefeito Marcos José (PSB) decretou luto oficial de três dias no município da Região Metropolitana do Recife. Com a morte de Buchada, quem assume a vaga é a suplente do partido, Milena Araújo.

Márcio Buchada era líder comunitário, morador do bairro de Caetés II. Ele estava internado havia cerca de duas semanas. Buchada, como era conhecido, foi eleito com 958 votos, mas não chegou a votar no dia 15, por causa da doença. Mesmo internado, o vereador eleito ficou sabendo da sua vitória.

Não foram divulgadas informações a respeito de velório ou sepultamento. (Via: Conteúdo G1)

“O governador não vai enganar o Araripe mais uma vez”, diz Daniel Torres sobre nova licitação para recuperação da PE-630

Foto: reprodução

O coordenador geral da ADESA disse desconfiar da nova data que o governo do estado escolheu para anunciar mais uma licitação para a obra

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

A promessa do governador Paulo Câmara de recuperar a principal rodovia usada para o escoamento da produção de gesso do Araripe, a PE-630, que liga o município de Ipubi a BR 316 em Trindade, já está virando motivo de revolta.

Nesse sábado (21), Daniel Torres, coordenador geral da ADESA – Agência de Desenvolvimento Econômico e Social do Araripe, recém criada entidade que tem o objetivo de lutar pelos interesses da região, disse desconfiar da data que o governo do estado escolheu para anunciar mais uma licitação para a obra.

“Eu desconfio que essa licitação marcada para o dia 30 de dezembro, véspera de ano novo, é mais uma jogada do governo para alimentar a esperança do povo da nossa região. Nós precisamos de uma estratégia para pressionar o governo. Dizer que os empresários do gesso, os comerciantes, e os políticos do Sertão do Araripe, estão se mobilizando, pra que essa licitação realmente aconteça. Se ele pensa que vai passar a perna na gente mais uma vez está enganado, dessa vez vai ser diferente. O Araripe vai estar atento e mobilizado, porque é de se desconfiar de uma licitação marcada para o dia 30 de dezembro”, disparou.

FBC e Miguel Coelho se reúnem com Raul Henry para avaliar o resultado das eleições

Foto: divulgação

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) se reuniu nesta última sexta-feira (20), no Recife, com o presidente do MDB de Pernambuco, deputado federal Raul Henry, para discutir o resultado das eleições municipais do último domingo (15). O prefeito reeleito de Petrolina, Miguel Coelho, também do MDB, participou do encontro, no Recife Antigo. O MDB pernambucano saiu das urnas com a marca de 22 prefeitos eleitos, o que significa um crescimento de cerca 30% em relação ao pleito de 2016. O partido ainda elegeu 7 vice-prefeitos e 205 vereadores.

A legenda ainda tem chances de ampliar a sua representatividade no Estado com a candidatura de Yves Ribeiro (MDB) na cidade de Paulista. O emedebista está na disputa do segundo turno na cidade, localizada na Região Metropolitana do Recife. Em encontro esta manhã, FBC reafirmou o apoio e o compromisso com a candidatura do correligionário.

O povo de Paulista sabe a importância de eleger Yves Ribeiro prefeito da cidade. Yves tem o nosso apoio e estamos confiantes na sua eleição para que, juntos, possamos trabalhar por uma cidade melhor. Eu reafirmo a minha disposição de ajudá-lo na articulação junto ao governo federal e a trazer recursos federais para o município”, destacou FBC.

O ex-prefeito de Arcoverde Zeca Cavalcante (PTB) também se reuniu nesta sexta com o senador.

Pesquisa feita com profissionais de saúde do Reino Unido sugere que casos de reinfecção continuarão sendo muito raros

Profissionais de saúde participaram do estudo no Reino Unido (Foto: MARTIN DIVISEK/EFE/EPA)

A reinfecção pelo coronavírus é altamente improvável por pelo menos seis meses após a primeira infecção, de acordo com um estudo britânico com profissionais de saúde que estão na linha de frente da luta contra a pandemia de covid-19.

As descobertas devem oferecer alguma garantia para as mais de 51 milhões de pessoas em todo o mundo que tiveram a doença pandêmica, disseram pesquisadores da Universidade de Oxford.

“Esta é uma notícia realmente boa, porque podemos ter certeza de que, pelo menos no curto prazo, a maioria das pessoas que tiveram covid-19 não serão acometidas novamente”, disse David Eyre, professor do Departamento de Saúde Populacional de Nuffield em Oxford e um dos líderes do estudo.

 

Casos isolados de reinfecção levantaram preocupações de que a imunidade pode ter vida curta e que os pacientes recuperados podem rapidamente adoecer de novo.

Mas os resultados deste estudo, realizado em profissionais de saúde do Reino Unido – que estão entre aqueles com maior risco de contrair covid-19 – sugerem que os casos de reinfecção provavelmente permanecerão extremamente raros.

“Estar infectado com covid-19 oferece proteção contra a reinfecção para a maioria das pessoas por pelo menos seis meses”, disse Eyre. “Não encontramos nenhuma nova infecção sintomática em nenhum dos participantes com teste positivo para anticorpos.”

 

A pesquisa, parte de um importante programa de testes da equipe, cobriu um período de 30 semanas entre abril e novembro de 2020. Seus resultados não foram revisados por outros cientistas, mas estão publicados no site MedRxiv.

Durante o estudo, 89 de 11.052 funcionários sem anticorpos desenvolveram uma nova infecção com sintomas, enquanto nenhum dos 1.246 funcionários com anticorpos desenvolveu uma infecção sintomática.

Profissionais com anticorpos também foram menos propensos a testar positivo para a covid-19 sem ter sintomas, disseram os pesquisadores: 76 dos que não tinham anticorpos testaram positivo, em comparação com apenas três que possuiam anticorpos. Esses três estavam bem e não desenvolveram sintomas da doença.

“Continuaremos a acompanhar os funcionários cuidadosamente para ver quanto tempo dura a proteção e se a infecção anterior afeta a gravidade da segunda, caso isso aconteça novamente”, disse Eyre.

Prefeito eleito de São João do Tigre ignora pandemia do coronavírus e promove ‘festa da vitória’ com direito a show em praça pública

Márcio Leite (Republicanos) marca show para comemorar vitória em praça pública do município de São João do Tigre (Foto: Reprodução/Instagram)

Apesar do aumento de casos do novo coronavírus nos últimos dias na Paraíba, o prefeito eleito do município de São João do Tigre, na região do Cariri paraibano, Márcio Leite (Republicanos) decidiu comemorar sua vitória, nas urnas, com um show em praça pública. Ele convidou a banda Cavaleiros do Forró para fazer sua apresentação neste sábado (21), às 22h, na praça central da cidade.

A informação, conforme o ClickPB tece acesso, foi publicada nas redes sociais do próprio prefeito eleito da cidade, Márcio Alexandre Leite, que venceu no último domingo (15), com 2.020 votos, o que representa 61,72% conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  

Márcio Leite (Republicanos), destaca em suas redes sociais que a ‘Festa 10’ (número do seu partido) – assim como foi denominada – é em agradecimento a vitória recebida. “Nossos maiores agradecimentos se darão na forma de muito trabalho, de dedicação, de esforços, para juntos continuarmos mudando nosso município. Mas queremos simbolizar nossa alegria. Por isto, a Coligação O Futuro em Nossas Mãos tem a honra de convidar todo a população de São João do Tigre para juntos comemorarmos os 2020 votos recebidos, a vitória dos trabalhadores e trabalhadoras.Contamos com sua presença”, destaca.

No Facebook

De toda forma, dados do país têm mostrado tendências de aumento de casos de Covid-19, além de concretização da situação em locais como São Paulo.

Imagem ilustrativa do novo coronavírus com a bandeira do Brasil

As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais. (Foto: Reprodução)

 O Brasil registrou 644 mortes pela Covid-19 e 35.686 casos da doença, nesta quinta-feira (19). Com isso, o país, que vem apresentando aumento de contaminações pelo novo coronavírus, chegou a 168.141 óbitos e 5.983.089 infecções pelo Sars-CoV-2 desde o começo da pandemia.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 544, o que representa um cenário de aumento de mortes em relação à média de 14 dias atrás. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média, porém, foi afetada por um recente apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país têm mostrado tendências de aumento de casos de Covid-19, além de concretização da situação em locais como São Paulo.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

A propaganda eleitoral gratuita nas emissoras de rádio e nas emissoras de televisão do segundo turno da eleição municipal de João Pessoa recomeça nesta sexta-feira (20).

A propaganda eleitoral gratuita recomeça nesta sexta-feira (Foto: Reprodução)

A propaganda eleitoral gratuita nas emissoras de rádio e nas emissoras de televisão do segundo turno da eleição municipal de João Pessoa recomeça nesta sexta-feira (20). Os candidatos à Prefeitura de João Pessoa, Cícero Lucena e Nilvan Ferreira terão o mesmo tempo de veiculação das propagandas eleitorais.

A propaganda nas ruas também retorna nesta sexta-feira (20). Ambas seguem até o dia 27 de novembro, dois dias antes da votação do dia 29 de novembro.

Para a grade de exibição das inserções, a veiculação da propaganda de Cícero Lucena virá em primeiro lugar, por ter sido o candidato mais votado no primeiro turno, seguida por Nilvan Ferreira.

No rádio, as transmissões serão das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10. Já na TV, acontecerão das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. 

Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as emissoras de rádio e de TV e os canais de televisão por assinatura também deverão reservar 25 minutos, de segunda a domingo, para serem usados em inserções de 30 e de 60 segundos, levando-se em conta os seguintes blocos de audiência: entre as 5h e as 11h; entre as 11h e as 18h; e entre as 18h e as 24h.

Devido à pandemia de Covid-19, o TSE adotou inúmeras normas relativas à campanha eleitoral. Uma delas foi a de reduzir o tempo da propaganda gratuita em rádio e TV. A alteração no calendário eleitoral aprovada pelo Congresso Nacional diante da pandemia do novo coronavírus fez com que o segundo turno seja o mais curto da história, com apenas duas semanas de intervalo entre o primeiro e segundo turno de votação.

Na quarta-feira, mais de 2 mil novos casos de contaminação foram registrados no Japão, quase 500 em Tóquio, de acordo com dados oficiais.

Japão está em estado de alerta máximo após recorde de infecções diárias pela Covid-19. (Foto: AP Foto/Koji Sasahara)

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, anunciou nesta quinta-feira (19) que o país está em “alerta máximo” depois de alcançar um número recorde de infecções diárias por Covid-19. Na quarta-feira, mais de 2 mil novos casos de contaminação foram registrados no Japão, quase 500 em Tóquio, de acordo com dados oficiais.

Embora esses números sejam relativamente baixos em comparação aos de outros países, eles mostram um agravamento da pandemia no arquipélago japonês, que não realiza testes de detecção em grande escala.

“Considero que estamos em situação de alerta máximo”, declarou o primeiro-ministro em coletiva de imprensa. “Peço ao povo japonês que tome medidas sistematicamente, como o uso da máscara”, continuou Suga.

O premiê afirmou que apoiará as regiões que obrigarem os comércios a fechar mais cedo. Medidas como limitar a quatro o número de pessoas por mesa em restaurantes devem ser consideradas.

Até agora, as medidas adotadas no Japão desde o início da pandemia não eram obrigatórias, mas apelavam à responsabilidade da população e à pressão social. O país tem aumentado o número de testes de diagnóstico, mas eles ainda continuam limitados.

Todos os dias, entre 5 mil e 6 mil pessoas são examinadas na capital de cerca de 14 milhões de habitantes. Desde janeiro, o Japão registrou 121 mil casos de Covid-19 e pouco mais de 1,9 mil mortes.

Robô pede para clientes usarem máscara

Para incitar os clientes a usarem máscara, uma loja japonesa decidiu confiar essa delicada tarefa a um robô. Chamado de Robovie, o humanoide trabalha em uma loja de esportes em Osaka (oeste do Japão). Ele faz parte de um experimento do instituto de pesquisa ATR em Kyoto, que desenvolveu a máquina.

Equipado com câmeras e laser de detecção (Lidar), o Robovie identifica os clientes que estão sem máscara ou muito próximos entre si – neste caso, ele pede aos clientes que mantenham distância uns dos outros.

Guedes cita eventual segunda onda de Covid e diz que governo está preparado

Embora afirme que o plano prioritário do Executivo é retomar a agenda de reformas, ele disse que a administração federal sabe reagir a choques.

“A doença recuou e a economia brasileira voltou. É fato que está havendo um retorno, uma segunda onda, etc? Por enquanto, algumas regiões parecem estar acusando isso, mas não é um fenômeno geral”, disse. (Foto: Reprodução)

O ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou nesta quinta-feira (19) que o governo enfrentará eventual segunda onda da pandemia do novo coronavírus assim como enfrentou a primeira. Embora afirme que o plano prioritário do Executivo é retomar a agenda de reformas, ele disse que a administração federal sabe reagir a choques.

Em apresentação no Congresso Brasileiro de Previdência Privada, o ministro afirmou que há sinais de chegada da segunda onda em algumas regiões, mas não deixou claro se estava se referindo ao Brasil ou a regiões do mundo.

“A doença recuou e a economia brasileira voltou. É fato que está havendo um retorno, uma segunda onda, etc? Por enquanto, algumas regiões parecem estar acusando isso, mas não é um fenômeno geral”, disse.

Na primeira onda da pandemia, o governo decretou estado de calamidade pública, retirou travas fiscais e ampliou gastos públicos para mitigar os efeitos da doença na área da saúde e na economia. A equipe econômica planejava limitar essas despesas extraordinárias ao ano de 2020, mas já há pressão para continuidade de gastos com saúde e assistência social no ano que vem.

“As pessoas dizem ‘e se acontecer?’. Se acontecer é como é a tragédia, você enfrentou a tragédia uma vez. É como se uma guerra, em vez de durar um ano, ela durasse dois ou três. Os brasileiros são resilientes, sabem enfrentar e nós enfrentaremos como enfrentamos antes. […] Se a doença vier, já sabemos como temos que agir, mas não é o nosso plano. Nosso plano é seguir as reformas, mas sabemos reagir a eventuais choques” afirmou.

Nesta semana, o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou que considera baixíssima a probabilidade de uma nova onda de coronavírus no país.

Segundo ele, estudos feitos por sua equipe indicam que a chamada imunidade de rebanho já estaria sendo alcançada no país e, com isso, haveria pouca chance de uma nova escalada da pandemia.

“Vários estados já atingiram ou estão próximos de atingir imunidade de rebanho”, disse. “Acho baixíssima a probabilidade de segunda onda. Não apenas isso. Acho que os dados que temos mostram algo concreto, que é a força da retomada econômica”, afirmou Sachsida na terça-feira (17).

O projeto Comprova, coalizão que reúne 28 veículos na checagem de conteúdos, verificou há menos de um mês não haver dados que indiquem que o país já teria alcançado os percentuais necessários para uma proteção coletiva capaz de frear o vírus Sars-CoV-2.

A possibilidade de uma nova onda de coronavírus no Brasil é levantada após países como Estados Unidos, França e Alemanha registrarem aumento nos casos de Covid-19, recentemente. Lideranças dessas economias adotaram novas restrições de circulação após um período de relaxamento das medidas para combater o vírus.

Apesar de não haver um novo show, a Globo decidiu reeditar a apresentação do cantor gravada em Jerusalém em 2011, com direção de Jayme Monjardim.

Neste ano, em meio a pandemia do novo coronavírus, Roberto Carlos fez duas lives, uma no seu aniversário, 19 de abril, e outra no Dia das Mães. (Foto: Reprodução)

 A assessoria de imprensa do cantor Roberto Carlos, 79, afirmou nesta quinta-feira (19) que a sugestão de não fazer a gravação do especial de fim de ano da Globo foi uma escolha do próprio artista. Em nota, o músico disse que foi atendido pela emissora.

“Sugeri a TV Globo a não fazer meu especial este ano, pelo grande número de profissionais envolvidos e presentes nas gravações. Foi sugerido a exibição do show gravado em Jerusalém, que considerei uma boa solução. Minha parceria de mais de quatro décadas com a Globo, continua em perfeita harmonia”, afirmou.

Em 46 anos, esta será a segunda vez que o rei não terá um especial na emissora. A primeira foi em 1999, em razão da morte de sua mulher, Maria Rita. Entretanto, apesar de não haver um novo show, a Globo decidiu reeditar a apresentação do cantor gravada em Jerusalém em 2011, com direção de Jayme Monjardim.

Capturado em 3D, o que não pode ser visto por muitos espectadores pela TV, o espetáculo ganhou até uma exibição em salas de cinema no ano passado, quando o rei comemorou 60 anos de carreira, para ser apreciado com tal tecnologia.

Neste ano, em meio a pandemia do novo coronavírus, Roberto Carlos fez duas lives, uma no seu aniversário, 19 de abril, e outra no Dia das Mães. A direção da Globo avaliou que não poderia chamar de especial mais um show transmitido dos estúdios do ídolo, única opção que ele teria para este momento em que o mundo vive uma crise sanitária.

O tradicional cruzeiro do cantor, Emoções em Alto Mar, também precisou ser adiado para 2022. O evento que aconteceria entre 6 e 10 de fevereiro do ano que vem, não ocorrerá no verão do ano seguinte. Como não é possível saber como a situação estará até fevereiro, a decisão de adiar agora foi a mais prudente para evitar cancelamentos mais perto do embarque no cruzeiro.

Porém, o projeto Emoções na Praia do Forte (BA), apresentação similar à que ocorre no cruzeiro, segue marcado para o segundo semestre de 2021.

 (Foto: Brian Inganga/AP)

É o 2º dia seguido que são registrados mais de 11 mil óbitos. Países mais afetados do continente africano são África do Sul (mais de 750 mil casos), Marrocos, Egito e Etiópia.

O mundo registrou um novo recorde diário de mortes por Covid-19, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins.

Foram 11.274 óbitos na quarta-feira (18), contra 11.099 no dia anterior. É a quarta vez no mês que são registradas mais de 10 mil mortes em 24 horas.

A universidade americana tem um painel em tempo real que monitora o avanço da pandemia em todo o mundo. Ele é abastecido com dados oficiais e podem ser revisados e alterados.

A alta no número de mortes ocorre no dia em que os Estados Unidos, o país mais afetado pela pandemia, passaram de 250 mil óbitos.

Já são mais de 1,3 milhão de vítimas em todo o planeta, e os países com mais óbitos depois dos EUA são Brasil (167 mil), Índia (131 mil), México (99 mil) e Reino Unido (53 mil).

Balanço da Universidade Johns Hopkins de casos e mortes por Covid em todo o mundo na manhã desta quinta-feira (19) — Foto: Reprodução/jhu.edu

600 mil casos por dia

O mundo tem atualmente 56,3 milhões de casos registrados e bateu o recorde diário de infectados por três dias seguidos na semana passada.

Foram 644 mil casos na quarta (11), 646 mil na quinta (12) e 648 mil na sexta (13). Nesta semana, foram 609 mil novos infectados na terça (17) e mais 623 mil ontem.

Os países mais afetados são: EUA: (11,5 milhões de casos), Índia (8,9 milhões), Brasil (5,9 milhões), França (2 milhões) e Rússia (1,9 milhões).

Nesta quinta-feira (19), o Japão registrou pela primeira vez mais de 2 mil novos infectados. Foram 2.179 casos, contra 1.723 do recorde anterior, registrado no sábado (14).

Comparado a outros países, o Japão se saiu bem melhor no combate ao vírus. O país confirmou 122.966 infecções e 1.922 mortes desde o início da pandemia.

Coronavírus na África
A África ultrapassou os 2 milhões de casos e 48 mil mortes. Os dados são dos centros para controle e prevenção de doenças do continente.

Os 54 países africanos, que têm 1,3 bilhão de habitantes, concentram cerca de 4% dos infectados e óbitos do mundo. Os Estados Unidos são responsáveis por 20% do total global.

O país mais afetado é a África do Sul, que tem mais de 750 mil casos e 20 mil mortes. Na sequência vêm Marrocos (mais de 300 mil), Egito (mais de 110 mil) e Etiópia (mais de 100 mil).

De acordo com informações que o ClickPB teve acesso, o padre vai responder por homicídio, lesão corporal no trânsito, com o agravante de estar dirigindo sob efeito de bebida alcoólica​.O acidente aconteceu no último domingo em Esperança (Foto: Reprodução)

O padre suspeito de atropelar e matar um homem na BR-104, no município de Esperança, na Paraíba, vai responder ao processo em liberdade. De acordo com informações que o ClickPB teve acesso, o padre vai responder por homicídio, lesão corporal no trânsito, com o agravante de estar dirigindo sob efeito de bebida alcoólica. 

O acidente aconteceu na noite do último domingo (15). O padre teria perdido controle da direção e invadido o sentido contrário da rodovia. O carro colidiu de frente com a motocicleta. 

Na motocicleta estavam dois homens. Um deles homem morreu ainda no local, o outro foi socorrido para uma unidade de saúde. 

A Polícia Civil informou que o padre apresentava sintomas de embriaguez, porém se recusou fazer testes de alcoolemia. 

Ninguém acerta as seis dezenas e Mega-Sena acumula em R$ 75 milhões

A Quina teve 51 apostas ganhadoras e cada uma receberá R$ 74.635,43. A Quadra teve 5.009 apostas ganhadoras e cada uma leva R$ 1.085,59.

Mega-Sena acumulou em R$ 75 milhões (Foto: Reprodução)

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.319 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira (18) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio acumulou e para o próximo sorteio, no sábado (21), o prêmio previsto é de R$ 75 milhões.

Veja as dezenas sorteadas: 06 – 17 – 25 – 35 – 40 – 49.

A Quina teve 51 apostas ganhadoras e cada uma receberá R$ 74.635,43. A Quadra teve 5.009 apostas ganhadoras e cada uma leva R$ 1.085,59.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Dólar é cotado a R$ 5,3411 nesta manhã de quinta-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,34 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,6528.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta quinta-feira (19), está cotado no valor de R$ 5,3411. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,5532.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,34 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,6528.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

O Portal ClickPB apura de segunda à sexta-feira a cotação do dólar e euro

Foto: Reprodução/TV Globo

José Patriota afirmou que, embora municípios pernambucanos estejam se preparando, há uma tendência de atividades em sala só em fevereiro de 2021. Retorno depende de autorização estadual.

Por Bianka Carvalho, TV Globo

Escolas da rede privada retomaram atividades em sala de aula para todo o ensino fundamental. O governo estadual ainda não liberou o retorno das unidades públicas. Para o presidente de Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, a tendência é de que as aulas presenciais não voltem em 2020.

“Até hoje, não temos manifestação de municípios que queiram voltar integralmente. Vamos deixar que o prefeito tenha essa liberdade de fazer essa escolha. Dificilmente, ao nosso ver, voltarão às aulas neste ano presencialmente na rede municipal”, declarou Patriota em entrevista ao Bom Dia PE.

O representante dos prefeitos pernambucanos lembrou que o estado tem 184 municípios, cada um com uma estrutura própria que precisa ser adaptada para que esse retorno ocorra.

“Todos os municípios estão buscando fazer adequações estruturais nas escolas, aquisição de EPIs [equipamentos de proteção individual] – máscaras, álcool em gel, dispensadores -, adaptações sanitárias, como colocação de pias, abertura de janelas. Aí envolve pequenas reformas, mas que tem um volume muito grande e que a maioria das unidades de ensino precisam dessas adaptações. Isso já está em curso, já está sendo feito”, disse.

Patriota afirmou que a recente variação dos números da Covid-19, com 88% de aumento na média móvel de confirmações de casos no estado, serviu como mais um elemento a ser considerado pelos gestores municipais, que têm demonstrado preferência por manter aulas remotas. O ensino fundamental e infantil são de responsabilidade das prefeituras.

“Os municípios aprenderam e já têm essa estratégia em pleno exercício [de aulas a distância]. Agora o que estamos lutando é pela validação dessas aulas para que a gente possa ter avanço, para que a gente possa medir o aproveitamento dessas crianças. Nesse sentido o esforço tem sido muito grande. Há uma tendência, inclusive, de retorno somente em fevereiro”, disse o presidente da Amupe.

Segundo Patriota, apesar do retorno em 2021, os alunos devem concluir a série que estão. “Remotamente, está todo mundo tendo aula. É um direito”, declarou.

No entanto, se algum município decidir que está pronto para retomar as aulas depois que essas sejam liberadas pelo governo estadual, a Amupe apontou que não vai impor empecilhos. “Se liberar totalmente, […] não vamos criticar ou discordar do município que tem autonomia para fazer a sua retomada”, disse ainda.

As aulas em instituições de ensino foram suspensas em todo o estado em março, para evitar a disseminação do novo coronavírus. Já houve retomada de aulas no ensino superior, em cursos técnicos, profissionalizantes e de idiomas, além do ensino médio das redes privadas e públicas.

Nos colégios particulares, os estudantes do 5° ao 9° ano do ensino fundamental retomaram às atividades no dia 10 de novembro e os do 1º ao 5º ano, na terça (17). O infantil foi autorizado na rede privada a voltar no dia 24 de novembro.

Segundo a Catholic News Agency (CNA), as contas nas mídias sociais do chefe da Igreja Católica são administradas por vários funcionários da Santa Sé.

Na foto curtida, Natalia aparece com uniforme estilizado de colegial e calcinha fio-dental. (Foto: Reprodução)

O Vaticano está investigando a conta oficial do Papa Franciso no Instagram. A investigação começou após o perfil curtir uma foto sexy da modelo brasileira Natalia Garibotto, mais conhecida como Nata Gata.

Segundo a Catholic News Agency (CNA), as contas nas mídias sociais do chefe da Igreja Católica são administradas por vários funcionários da Santa Sé. A investigação quer determinar quem está por trás do like.

Na foto curtida, Natalia aparece com uniforme estilizado de colegial e calcinha fio-dental. Após ser alertada da curtida, a modelo postou no Twitter que “pelo menos vai para o céu”.

Com a disparada, Musk ultrapassou a quantia de Mark Zuckerberg, presidente do Facebook, que ocupava o terceiro lugar no ranking. A fortuna de Zuckerberg é avaliada em US$ 104 bilhões (R$ 561 bilhões).

Nesta semana, a Tesla divulgou que vai ingressar no índice acionário S&P 500 em dezembro, e as ações da empresa chegaram a disparar 12% na segunda-feira (16). (Foto: Reprodução)

Elon Musk, fundador da Tesla e da SpaceX, se tornou o terceiro bilionário do mundo de acordo com Índice de Bilionários da Bloomberg.

A fortuna de Musk é avaliada atualmente em US$ 110 bilhões (R$ 593 bilhões), após ter subido US$ 82,2 bilhões (R$ 443,5 bilhões) somente neste ano — o maior ganho observado entre as 500 pessoas mais ricas do mundo, de acordo com a Bloomberg.

Com a disparada, Musk ultrapassou a quantia de Mark Zuckerberg, presidente do Facebook, que ocupava o terceiro lugar no ranking. A fortuna de Zuckerberg é avaliada em US$ 104 bilhões (R$ 561 bilhões).

O primeiro lugar do ranking de bilionários da Bloomberg é ocupado por Jeff Bezos, da Amazon, com US$ 185 bilhões (R$ 998 bilhões). Em seguida, vem Bill Gates, da Microsoft, com US$ 129 bilhões (R$ 696 bilhões).

Nesta semana, a Tesla divulgou que vai ingressar no índice acionário S&P 500 em dezembro, e as ações da empresa chegaram a disparar 12% na segunda-feira (16).

“A Tesla será uma das adições de maior peso no S&P 500 na última década e consequentemente vai gerar um dos maiores fluxos de negócios na história do S&P 500”, afirmou a S&P Dow Jones Indices.

Com valor de mercado de mais de US$ 380 bilhões (R$ 2 trilhões), a Tesla é uma das companhias mais valiosas de Wall Street.

A inclusão da Tesla no índice significa que fundos de investimentos indexados ao S&P 500 terão que vender cerca de US$ 51 bilhões (R$ 275,2 bilhões) em ações de companhias que já estão no índice para usarem o dinheiro para comprarem ações da Tesla, de modo que seus portfólios reflitam corretamente o índice, afirmou a S&P Dow Jones Indices. A Tesla vai corresponder a cerca de 1% do indicador.

Também nesta semana, a SpaceX enviou quatro astronautas à Estação Espacial Internacional, a primeira missão Nasa a colocar uma tripulação em órbita a bordo de uma espaçonave de uma empresa privada.

“Foi um passeio e tanto”, disse o astronauta Mike Hopkins, da Tripulação Dragon, ao controle da missão SpaceX cerca de uma hora após a decolagem. “Houve muitos sorrisos.”

A Tripulação Dragon elevará sua órbita gradualmente ao longo das próximas 27 horas por meio de uma série de disparos de propulsores a bordo, dando aos astronautas tempo para saborear jantares pré-embalados e cerca de oito horas de descanso antes de atracarem na Estação Espacial Internacional às 23h do fuso horário do leste dos EUA nesta segunda-feira.

Um vazamento de ar causou uma queda de pressão inesperada na cápsula menos de duas horas antes da partida, disseram autoridades da Nasa, mas técnicos afirmaram ter realizado um exame de vazamentos bem-sucedido e o lançamento previsto foi mantido.

A tripulação da ‘Resilience’ conta com Hopkins e mais dois astronautas da Nasa, o piloto da missão, Victor Glover, e a médica Shannon Walker. Eles ainda receberam a companhia do astronauta japonês Soichi Noguchi, que já havia viajado no ônibus espacial norte-americano em 2005 e na russa Soyuz em 2009.

Por NE10

A empresária do ramo da moda Talita Cardozo Fonseca, 23 anos, conhecida como Talita de Doda (MDB), é a prefeita eleita mais jovem de Pernambuco nas eleições 2020. Entre as mulheres, é a mais jovem do Brasil. De acordo com a legislação brasileira, a idade mínima para assumir o mandato de prefeito (a) é 21 anos.

A partir de 1º de janeiro de 2021, Talita será a gestora do município de Camutanga, na Zona da Mata Norte do Estado. Ela obteve 60,65% dos votos (3.614 votos). O segundo lugar, Lula Veículos (PSB), teve 28,76% dos votos (1.714) e Dinho Parabólicas (PTC), 10,59% (631).

“Eu não esperava, é uma sensação inexplicável, estou muito feliz de estar representando minha cidade de Camutanga a partir de 2021, representando todos os jovens e toda a população camutanguense”, destacou, em entrevista à TV Jornal Interior. A jovem tem mais de 25 mil seguidores nas redes sociais.

Talita de Doda reforçou que irá começar um “belo mandato” em 2021, representando bem as mulheres e focando principalmente na saúde, na educação e em esportes e lazer: “A cidade precisa melhorar em muito aspectos. Camutanga está uma cidade muito estagnada no tempo e eu, com essa juventude, minha garra e minha determinação, vou fazer o melhor pela querida Camutanga”.

O pai da jovem, Doda Soares, se candidatou à prefeitura em 2016, mas não se elegeu por uma diferença de 35 votos.

‘Supercomputador’ que falhou nas eleições custou R$ 26,2 milhões e foi comprado sem licitação

Foto: reprodução

Responsável pelo maior vexame eleitoral do país desde o fim do voto em cédulas, o “supercomputador” usado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) neste domingo, 15, foi comprado sem processo de licitação.

O contrato no valor de R$ 26,2 milhões foi publicado no “Diário Oficial da União” no dia 25 de março deste ano. A beneficiada é a empresa Oracle do Brasil.

De acordo com a BBC News Brasil, usando a ferramenta Siga Brasil, do Senado Federal, R$ 19,5 milhões já foram empenhados — jargão orçamentário para compromisso de gastos. (Fonte: Revista Oeste)

Miguel Coelho conquistou maior votação do Norte e Nordeste entre as cidades com mais de 200 mil eleitores

Foto: divulgação

Além de se consagrar com o maior volume de votos na história de Petrolina, o prefeito Miguel Coelho (MDB) destacou-se com uma das mais expressivas votações do Brasil. Com 76,19%, o emedebista obteve o maior percentual entre os candidatos que disputaram eleições nas grandes cidades do Norte e Nordeste (mais de 200 mil eleitores). No Brasil, Miguel teve o oitavo desempenho proporcional entre os 95 municípios com maior colégio eleitoral e possibilidade de segundo turno.

121.300 petrolinenses votaram em Miguel no último domingo (15). Esta foi a primeira eleição na cidade sertaneja com possibilidade de segundo turno, porém, ao atingir mais de 76%, Miguel Coelho teve o mandato renovado automaticamente. Nem no Norte nem no Nordeste, nenhum outro candidato teve mais de 70% nesses colégios eleitorais de maior porte.

Para Miguel, a votação expressiva aumenta a responsabilidade do seu grupo político. “A população de Petrolina nos proporcionou uma eleição histórica, que nos dá muito orgulho e motivação para seguir trabalhando. Nos últimos anos, nossa cidade passou a vivenciar um momento especial com a chegada de muitos investimentos e desenvolvimento. Temos consciência que essa mesma população que nos honrou com 121 mil votos, vai exigir muito mais no segundo mandato. Estamos prontos para corresponder ao desafio de manter Petrolina como referência no Brasil”, afirma Miguel.

Stella Souza, de 33 anos, Hugo Pereira, de 32, e o filho deles, Sol, de 7 meses, aproveitavam um dia de folga nesta terça (17) na praia de Pipa quando parte de uma falésia desabou sobre eles.

Família toda morreu em acidente nessa terça-feira (17) (Foto: Reprodução)

Os corpos da família que morreu soterrada após parte de uma falésia desabar na praia de Pipa foram enterrados nesta quarta (18), por volta das 10h, no cemitério público de Tibau do Sul.

Stella Souza, de 33 anos, Hugo Pereira, de 32, e o filho deles, Sol, de 7 meses, aproveitavam um dia de folga nesta terça (17) na praia de Pipa quando parte de uma falésia desabou sobre eles. Os três morreram na hora. O cachorro da família, que estava com eles, também morreu.

“Eles eram muito alegres, uma família muito feliz. Hugo era um homem maravilhoso que cuidava muito bem de Stella e de Sol, eles se amavam muito. Eram pessoas que só deixaram felicidade”, disse a mãe de Stella, Sânzia Maria.

“A família está destruída. Foi uma fatalidade. Ninguém poderia esperar que isso acontecesse. Os dois partiram muito cedo, mas deixaram a consciência em cada um dos que ficaram de que eles viveram bem, aproveitaram a vida e que nós saibamos também aproveitar a vida”, disse Éder Jofre, primo de Stella.

Hugo Pereira era paulista e morava em Pipa há pouco mais de dois anos. O pai dele chegou a Pipa na noite de terça, mas não quis falar com a imprensa. Pedro Holanda, gerente do hotel onde Hugo trabalhava, lamentou a morte do amigo e disse que ele era “uma alma especial”.

“O Hugo era um ser humano espetacular, sempre com um sorriso no rosto, alto astral, estava muito feliz de ser pai. Era um cara muito família, gostava muito de animais, da natureza. Era um ser humano iluminado. A gente fica consternado, sem entender o porquê de tudo isso estar acontecendo”, disse Pedro.

O acidente

Hugo aproveitava um dia de folga na praia com a mulher, Stella Souza, o filho de 7 meses e o cachorro da família quando aconteceu o acidente por volta de meio dia.

Igor Caetano, empresário de passeio náutico, viu o acidente e disse que Hugo, Stella e o filho estavam sentados perto da falésia.

“Ainda deu tempo de a mãe tentar segurar a criança, por isso que os adultos estavam mais machucados, porque a mãe estava abraçada com ele [o bebê].”

“A gente cavou até encontrar o pai, e depois encontramos a mãe e a criança. O menino ainda estava respirando. Por coincidência, uma médica estava passando aqui na hora, ela tentou reanimar a criança, mas não teve mais jeito”, disse Igor.

Os moradores da região dizem que a falésia é um risco para banhistas e costumam alertar sobre o perigo de acidentes. Conforme as marés enchem e atingem a falésia, sua base vai sendo desgastada, o que deixa a parte de cima mais vulnerável a desabamento.

Falésias

A Prefeitura de Tibau do Sul sabia dos riscos de desabamento das falésias na Praia de Pipa. Os perigos do trecho já haviam sido alertados em recomendações feitas pelo Ministério Público Federal do RN (MPF-RN). Uma delas fez com que o Município contratasse uma equipe de profissionais para mapear as áreas de maior ameaça.

Falésias são um tipo de acidente geográfico formado por uma encosta íngreme ou vertical, que geralmente termina no mar e encontra-se sob a ação erosiva causada pela água. Falésias de grande dimensão costumam ser chamadas de penhasco.

A Prefeitura avalia a possibilidade de interditar o local onde aconteceu o acidente.

Pipa é um distrito de Tibau do Sul, que fica a cerca de 100 km de Natal. Além das praias, o local é conhecido por festivais culturais e gastronômicos.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (18), 826 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 45 (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 781 (95%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 172.716 casos confirmados da doença, sendo 27.635 graves e 145.081 leves.

Também foram confirmados 19 novos óbitos, ocorridos entre 03/06 e 17/11. Com isso, o Estado totaliza 8.873 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Retorno deverá ocorrer antes da posse do presidente eleito Joe Biden. Aliados de Donald Trump no Congresso são contra a medida.

Foto de 2009 mostra soldados dos EUA no Afeganistão. (Foto: Manpreet Romana/AFP)

O Pentágono anunciou nesta terça-feira (17) a redução do contingente militar dos Estados Unidos no Afeganistão e no Iraque até 15 de janeiro — ou seja, cinco dias antes de o democrata Joe Biden tomar posse como presidente dos EUA.

No Afeganistão, o número de militares americanos cairá de 4,5 mil para 2,5 mil. No Iraque, a redução será mais tímida: apenas 500 voltarão para casa, restando outros 2,5 mil soldados em solo iraquiano.

Vista aérea do Pentágono, nos EUA, de 3 de junho de 2011 — Foto: Charles Dharapak/Arquivo/AP Photo

A decisão, criticada mesmo por aliados diretos do presidente americano no Congresso (leia mais adiante sobre o assunto), faz parte de uma das bandeiras de campanha de Donald Trump. Ainda assim, a retirada será mais tímida do que o republicana gostaria: a ideia era um retorno total dos militares dos EUA em serviço nesses países.

O corte foi anunciado pelo novo secretário de Defesa, Cristopher Miller, que ocupa interinamente o cargo desde a demissão de Mark Esper.

Embora Trump se recuse a reconhecer a derrota nas eleições de novembro e tente impedir a transição, a equipe do presidente eleito já conversa com integrantes do governo americano.

Líder republicano adverte Trump

Presidente Donald Trump em sua primeira aparição oficial no cemitério de Arlington, na Virgínia, nesta quarta (11) — Foto: Carlos Barria/Reuters

O retorno de militares americanos era uma das bandeiras de campanha de Trump ainda na eleição de 2016. Neste ano, ele retomou o tema em diversos comícios e discursos, como o tradicional Estado da União em fevereiro. Na ocasião, o presidente apresentou, como surpresa aos familiares, um militar que havia acabado de retornar do Afeganistão, onde estava em serviço.

No entanto, Trump não conseguiu se reeleger. Com isso, o próprio líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, um dos maiores aliados da Casa Branca, advertiu o presidente nesta terça contra qualquer grande mudança no Departamento de Defesa ou nas política externa dos EUA — isso inclui, segundo o senador, grandes retiradas no Iraque e no Afeganistão.

Na segunda-feira, McConnell disse que apenas “uma pequena minoria” no Congresso aprovaria as decisões de Trump sobre as retiradas dos militares. “Seria abandonar nossos aliados no Afeganistão”, afirmou.

Senador Mitch McConnell, líder da maioria republicana no Senado, durante coletiva de imprensa em Washington (EUA) nesta terça-feira (17) — Foto: Jonathan Ernst/Reuters

Lideranças políticas americanas temem que a retirada dos militares enfraqueça governos aliados dos EUA. É o caso do Afeganistão, país com o qual a Casa Branca tenta costurar um acordo de paz com o grupo terrorista islâmico Talibã.

Apesar das tentativas de um cessar-fogo entre o governo afegão e a facção extremista, observadores internacionais têm observado que o Talibã não está cumprindo com os requisitos do acordo e, inclusive, continua a fazer ataques a civis no Afeganistão.

Representantes do governo afegão e do Talibã deram início em setembro a negociações de paz em Doha, no Qatar — Foto: Hussein Sayed/AP

O secretário de Defesa em Exercício, Cristopher Miller, nega que a retirada coloque em risco militares americanos ou governos aliados.

“Se forças de terror, instabilidade, divisão e ódio começarem uma campanha deliberada para prejudicar nossos esforços, estaremos prontos para aplicar as capacidades requisitadas para aniquilá-las”, disse Miller.

O país chega assim a 166.743 óbitos e a 5.909.002 registros de pessoas infectadas por coronavírus desde o início da pandemia, em fevereiro.

 O Brasil registrou 676 mortes pela Covid-19 e 32.262 novos casos da doença nesta terça (17), patamar superior ao de sexta (é comum que os registros caiam nos fins de semana, quando há menos profissionais nos hospitais para fazê-los, e subam às terças).

O país chega assim a 166.743 óbitos e a 5.909.002 registros de pessoas infectadas por coronavírus desde o início da pandemia, em fevereiro. O número real de infecções é maior, já que há subnotificação de casos.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Os números têm variado bastante nos últimos dias, isso porque as secretarias estaduais voltaram a atualizar dados que estavam em atraso devido a problemas nos sistemas do Ministério da Saúde, após indícios de a pasta ter sido alvo de um ataque hacker, que teria causado falhas no acompanhamento dos casos da Covid-19.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

A média de mortes nos últimos sete dias é de 557, superando o patamar de 500 pela primeira vez no mês. A variação foi de +52% em comparação com a média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta das mortes. Entretanto, os números foram fortemente afetados pelo recente apagão de informações de alguns estados, que baixou a média nas últimas duas semanas e concentrou registros nos últimos dias.

Médicos tem ressaltado sua preocupação com o aumento de casos e temem uma rápida deterioração do quadro com as festas e confraternizações de fim de ano.

‘Estou bem’, escreveu o artista; segundo ele, shows previstos o fim de semana no Rio de Janeiro e em São Paulo foram adiados.

Bell Marques anuncia nas redes sociais que testou positivo para Covid-19. (Foto: Redes Sociais)

O cantor Bell Marques, de 68 anos, usou as redes sociais, nesta terça-feira (17), para anunciar que testou positivo para a Covid-19. Apesar da situação, o artista comentou que nenhuma outra pessoa da família está com a doença.

O artista anunciou sobre o resultado positivo através de um vídeo. Na legenda, ele comentou:

“Infelizmente, testei positivo para COVID-19. Por conta disso, vamos adiar os shows que seriam realizados neste fim de semana, no Rio e São Paulo para os dias 5 e 6, respectivamente. Estarei sempre aqui atualizando vocês da minha recuperação, mas estou bem, e Aninha, Pipo, Rafa e Pati não testaram positivo!”.

No vídeo, Bell comentou ainda que a situação é desagradável e que, apesar de ter testado positivo, nenhuma outra pessoa da família está com a doença. Ele não detalhou qual o quadro de saúde dele.

“Existem notícias boas, ruins e desagradáveis. O que vou dizer agora é uma notícia desagradável: Eu testei positivo para a Covid-19. Em consequência disso, vou transferir os shows que seriam neste final d

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel

Escola Monteiro Lobato

 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho

Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!