:

Diferentemente do que disse o presidente interino Michel Temer, que reclamou, em entrevista à imprensa, de uma suposta herança maldita, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, desmontou, em nota, nesta sexta (24), a tese de seu chefe; “A situação do Brasil é de solidez e segurança porque os fundamentos são robustos. O país tem expressivo volume de reservas internacionais e o ingresso de investimento direto estrangeiro tem sido suficiente para financiar as transações correntes. As condições de financiamento da dívida pública brasileira permanecem sólidas neste momento de volatilidade nos mercados financeiros em função de eventos externos. O Tesouro Nacional conta com amplo colchão de liquidez”, afirmou Meirelles

 

DILMA: “HERANÇA NEGATIVA É O VICE-PRESIDENTE”

:

Presidente eleita Dilma Rousseff rebate declaração feita pelo interino, Michel Temer, em entrevista nesta sexta-feira 24 à Rádio Estadão; “Olha, eu realmente recebi uma herança um pouco mais complicada, digamos assim, do que aquela que eu imaginava”, afirmou Michel Temer, chamando ainda de “desconhecida” a herança recebida; em sua página no Facebook, Dilma respondeu: “O governo é provisório e interino e as suas consequências nefastas não serão permanentes. A grande herança negativa do governo Dilma é o vice-presidente, hoje presidente interino e provisório”; no governo Dilma, o PMDB de Temer tinha sete ministérios

 Veja vídeo

 
 
Casal vai a motel de carroça e foto repercute na internet
 
A imagem invadiu as redes sociais pela autenticidade do meio de transporte utilizado. Não há limites para o amor. Isso é o que provou o casal que foi registrado indo a um motel de carroça, na BR-406, em São Gonçalo do Amarante, Rio Grande do Norte.
 
O registro repercutiu na internet pela autenticidade do meio de transporte utilizado.
 
De acordo com o site Via Certo, não há registros da data em que o momento aconteceu, e também não há provas de que a foto é real ou brincadeira, mas a mensagem transmitida de que vale tudo no amor já nas graças dos usuários das redes sociais. informações do Noticias ao Minuto.
 

 

 

Busca na casa de Gleisi e Paulo Bernardo foi legal, diz procurador

 

GleisiO procurador Rodrigo De Grandis negou nesta sexta-feira (24) que a operação de busca e apreensão realizada pela Polícia Federal no apartamento funcional da senadora Gleisi Hoffmann tenha sido ilegal, como defendeu o Senado.

A PF entrou no local nesta quinta-feira (23) durante a operação Custo Brasil, que prendeu o ex-ministro Paulo Bernardo, marido de Gleisi e que também mora no apartamento.

Segundo o procurador, as buscas realizadas pela polícia se restringiram a itens relacionados a Paulo Bernardo e não tiveram como objetivo investigar a senadora, que tem foro privilegiado.

“O Ministério Público executou a ação de acordo com a Constituição e a lei. A medida recaiu exclusivamente sobre o ex-ministro Paulo Bernardo e documentos pertinentes a ele. O fato de o ex-ministro Paulo Bernardo ser casado com a senadora não confere a ele mesmo foro”, afirmou De Grandis.

 

No mesmo dia da operação, o Senado entrou formalmente no STF (Supremo Tribunal Federal) com um pedido de nulidade da busca, alegando que a decisão de autorizar ou não o procedimento deveria ser dada pela corte, e não por um juiz de primeira instância.

 

Pen drives podem ajudar a elucidar morte de homem forte na campanha de Eduardo Campos

 

 

moratoNo quarto onde o empresário Paulo César de Barros Morato, 48 anos, foi encontrado morto ontem (22), em um motel de Olinda (PE), foram recolhidos sete pen drives (dispositivos portáveis para armazenar dados) e três celulares que podem conter provas de transações investigadas pela Operação Turbulência, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na terça-feira (21).

Morato era considerado foragido pela Polícia Federal. Ele tinha um pedido de prisão preventiva em aberto por causa da Operação Turbulência, deflagrada terça-feira (21). A PF investiga uma suposta rede criminosa de lavagem de dinheiro formada por pelo menos 18 pessoas físicas e jurídicas, a maior parte empresas de pequeno porte e de fachada. Elas teriam movimentado mais de R$ 600 milhões desde 2010. A suspeita é que a organização teria atuado no financiamento das campanhas eleitorais do ex-governador de Pernambuco e ex-candidato à Presidência da República Eduardo Campos.

Paulo César Morato era apontado com um dos testas de ferro do grupo. De acordo com as investigações, o empresário se apresentava como dono da empresa Câmara e Vasconcelos Locações e Terraplenagem, que, segundo a PF, era de fachada. A organização foi uma das compradoras do avião usado por Eduardo Campos na campanha presidencial. O avião caiu em Santos matando Eduardo Campos e outras pessoas. No mesmo ano da compra da aeronave, em 2014, a empresa recebeu quase R$ 19 milhões de contrutora OAS por serviços de locação e terraplenagem que teriam sido realizados nas obras de transposição do Rio São Francisco.

 

Delator de Paulo Bernardo intermediou negócio milionário após viagem oficial com Lula à África

 

 

 
O delator que levou à prisão do ex-ministro Paulo Bernardo integrou a comitiva do então presidente Lula em uma viagem à África em 2007. Nos depoimentos prestados como parte do acordo de delação premiada firmado como o Ministério Público, o ex-vereador petista Alexandre Romano, o Chambinho, contou que nessa viagem conseguiu abrir uma nova frente de negócios – àquela altura, graças à proximidade com petistas graúdos, como o ex-tesoureiro Paulo Ferreira, ele já intermediava facilidades no governo em troca de propinas para os políticos que o ajudavam.

 

Chambinho contou que, nessa viagem com Lula, ele conheceu executivos da empreiteira Engevix que mais tarde o acionaram para facilitar a obtenção de um empréstimo de 260 milhões de reais no Banco do Nordeste, presidido àquela altura por um apadrinhado do deputado José Guimarães (PT-CE). A Engevix queria o dinheiro para a construção de três usinas. Chambinho se prontificou a ajudar. Ele diz que procurou o próprio José Guimarães, em seu gabinete na Câmara. Na conversa, sem rodeios, Guimarães quis logo saber quanto levaria no negócio. “Como você me ajuda depois?”, perguntou o deputado, segundo o relato de Chambinho.
 

Reino Unido decide deixar a União Europeia em referendo

 

o-reino-unido-vai-ou-nao-continuar-na-uniao-europeia_674291

Em decisão histórica, que tem potencial para mudar o rumo da geopolítica mundial pelas próximas décadas, os britânicos decidiram em referendo deixar a União Europeia (UE). A opção de “sair” venceu a de permanecer no bloco europeu por mais de 1,2 milhão de votos de diferença, em resultado divulgado por volta das 3h desta sexta-feira (24).

A apuração foi divulgada por áreas de votação e a disputa, bastante acirrada. O “sair” começou à frente e chegou a ser ultrapassado pelo desejo de continuar na UE, mas logo retomou a liderança e foi abrindo vantagem até vencer com quase 51,9% dos votos. Foram 17.410.742 votos a favor da saída e 16.141.242 votos pela permanência.

A vitória do “Brexit” derrubou as Bolsas na Ásia e os mercados futuros da Europa e dos Estados Unidos antes mesmo do resultado oficial ser divulgado. A libra esterlina, moeda do Reino Unido, despencou e atingiu o menor valor frente ao dólar em 31 anos. No Japão, a Bolsa de Tóquio desabou quase 8%.

O referendo derrubou também o primeiro-ministro britânico, David Cameron. “Os britânicos votaram pela saída e sua vontade deve ser respeitada”, afirmou o premiê, que deve deixar o cargo em outubro. Ele ponderou que o país precisa de uma nova liderança para levar a decisão adiante. “A negociação deve começar com um novo primeiro-ministro”.

Oficialmente, o plebiscito não é “vinculante”, ou seja, ele não torna obrigatória a decisão de sair do bloco europeu. Mas o futuro primeiro-ministro britânico dificilmente será capaz de contrariar a decisão da população. Parlamentares também podem bloquear a saída do Reino Unido, mas analistas consideram que isso seria suicídio político.

 

O presidente do Banco Central da Inglaterra, Mark Carney, afirmou que levará algum tempo para que o Reino Unido estabeleça novas relações com a Europa e o resto do mundo. Disse também uma volatilidade econômica “deve ser esperada”,mas não vai hesitar em tomar medidas adicionais para levar a economia adiante.

 

carro benone

Veículo que conduzia Benone

 

Mais acidente neste feriado  na região do Pajeú com mais uma vítima fatal aconteceu na PE-282, em Afogados da Ingazeira, tirando a vida do vigilante Benone José de Lima Santos, de 46 anos. Benone voltava do sítio Bezerros, onde comemorava as festividades juninas com familiares, em um Fiat Uno, Cor Prata, Placa KHC-1283, para a cidade de Afogados da Ingazeira. Nas proximidades do Serrote, ele perdeu o controle batendo nas duas guias da pista, vindo a cair em um barranco. Benone morreu no local. O corpo foi conduzido ao Hospital Regional Emília Câmara – HREC. Benone trabalhava de Guarda na Unidade Mista de Saúde de Solidão, onde fazia parte do quadro efetivo da prefeitura. Ele deixa a esposa e três filhos.

 

 
Através de informações obtidas pelas investigações da Operação Turbulência, o Ministério Público Federal (MPF) atestou que o empresário João Carlos Lyra Pessoa de Melo Filho, preso nessa terça-feira (21) pela Polícia Federal, foi encarregado de entregar propina devida pela construtora Camargo Correia ao ex-governador Eduardo Campos (PSB) e ao senador Fernando Bezerra Coelho (PSB).
 
Lyra é um dos donos do Jatinho usado por Campos na campanha presidencial de 2014, cuja a compra deu origem à operação, e teria sido reconhecido por ex-funcionários da empreiteira. As informações são do Jornal Correio Braziliense, que teve acesso ao inquérito policial.

 

 

 
 
“Colocaram o menino na maior fogueira do mundo”; diz pré-candidato a vice de Duque
 
Faeca Melo, Gonzaga Patriota (deputado federal) e Luciano Duque, ontem em São Miguel – Imagem: Whatsapp.
 
Dividindo, ao lado de Márcio Oliveira (PSD), a pré-candidatura de vice, na chapa governista, encabeçada pelo prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT); Faeca Melo do mesmo partido de Márcio, evitou alongar uma avaliação quanto à presença de Euclides Ferraz, na disputa, que surgiu defendendo uma pesquisa como critério para escolha do vice.
 
“É natural, e ele tem todo o direito de colocar o nome dele. Agora ele tem que ver como ele vai colocar”, resumiu o empresário.
 
Já ao avaliar a pré-candidatura de Victor Oliveira pelo PR, Faeca não economizou no tom, e disparou:
 
“Colocaram o menino na maior fogueira do mundo! Essa fogueira de São João vai ser pequena pra ele”, ironizou o pessedista descartando qualquer possibilidade de Victor desistir da disputa.
 
“Eu acho que ele sustenta, por que Inocêncio já está ligando pra o povo, ele não estava querendo não, mas ele já se animou e vai se sustentar a pré-candidatura dele. Inclusive alguns vereadores do grupo da gente. Ele está fazendo a parte dele; ele sabe fazer política”, disse a Faeca Júnior Campos.

 

Show de Safadão em Caruaru: José Queiroz poderia ter evitado esse desgaste

 

284f378642

  

O prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), culpou, ontem, uma emissora de TV, pela polêmica, no seu entender desnecessária, envolvendo o cachê de R$ 575 mil que será pago ao artista Wesley Safadão para se apresentar, amanhã, na grade dos festejos juninos da capital do forró. Segundo ele, o valor de Caruaru está exposto no portal de transparência do município e não está nem abaixo nem acima do que o “astro” cobra em festas concorridas como o São João no Nordeste.

“Não é verdade que Campina Grande está pagando R$ 195 mil pelo mesmo show, porque ali nem contrato existe”, disse Queiroz, profundamente irritado. Segundo ele, a cidade paraibana, que concorre com Caruaru na atração de turistas neste tipo de festejo, deve desembolsar o mesmo valor pago por Caruaru. “Um artista disputado como Wesley não faz um show neste período por menos do que estamos pagando. A TV-Globo mostrou isso numa reportagem do programa Fantástico”, alegou.

Independente de preço, o fato é que Queiroz, numa época em que os municípios enfrentam a maior quebradeira, num quadro de falência, não poderia se dar ao luxo de contratar um artista tão caro. Por conta disso, o Ministério Público Federal, o Ministério Público de Pernambuco e o Ministério Público de Contas estadual notificaram o prefeito para esclarecer detalhes da contratação.  Além de Safadão, valores pagos para outros artistas também foram superiores aos cachês de Campina Grande.

A banda Aviões do Forró receberá R$ 250 em Caruaru e R$ 195 para se apresentar na Paraíba. Já Elba Ramalho cobrou R$ 190 mil em Caruaru e R$ 160 mil em Campina Grande. Embora Queiroz tenha afirmado que nem contrato existe entre Safadão e a Prefeitura de Campina, a assessoria do prefeito paraibano explicou que contratou Wesley Safadão com um ano de antecedência e, por isso mesmo, conseguiu negociar um valor bem menor.

Já banda Aviões do Forró afirmou, através de nota, que “os valores cobrados pelos shows são calculados de acordo com inúmeras variantes que envolvem a logística das produções, o que pode acarretar tais diferenças como as de Caruaru e Campina Grande”. Três advogados entraram com uma ação popular e cancelaram a apresentação do cantor em Caruaru. Na decisão, o juiz determinou que a Prefeitura não fizesse nenhum pagamento à produtora do cantor até que o mérito da ação seja julgado.

A prefeitura, entretanto, recorreu da decisão e ganhou, mantendo o show.  O mais inusitado disso tudo é que a contratação de Safadão ocorre num momento em que a Prefeitura enfrenta crise financeira, tem gasto com pessoal acima do limite e está em estado de emergência por causa da seca. Além do cachê de Safadão, o prefeito gastará mais R$ 3,5 milhões com a contratação de artistas para o São João.

 

O custo total da festa está orçado em R$ 13 milhões. José Queiroz poderia ter evitado tamanho desgaste e exposição negativa na mídia se tivesse reconhecido que é um acinte pagar quase R$ 600 mil de cachê a um artista, por mais famoso que seja, num momento em que o País vive a maior crise financeira da sua história, uma crise sem precedentes no campo ético e moral.

(Por Magno Martins)

 

 

Um grave acidente deixou uma vítima fatal na manhã desta sexta-feira (24) em Afogados da Ingazeira. o acidente aconteceu por volta das 6h na PE-292 próximo ao trevo que da acesso a cidade da Ingazeira, no sítio Queimadas, zona rural  de Afogados da Ingazeira, a menos de 05 Km do centro da cidade.
 
A vítima o senhor José Caetano dos Santos de 59 anos, morador do sítio Riacho do Peixe, zona rural de Carnaíba. Segundo informações a vítima fatal vinha na sua moto, quando um carro que seguia no mesmo sentido o atropelou. O motorista do carro fugiu mata adentro e dentro do seu carro foi encontrado bebida, mas não se sabe se ele teria ingerido bebida alcoólica.
 

 

Homem atira na esposa e se mata em Custódia

 

Aconteceu um crime possivelmente passional na ultima quarta-feira (22) na cidade de Custódia, no Sertão pernambucano. Um homem, identificado como Edjânio Lopes, 40 anos, atirou na cabeça da mulher, Edenilta Quitéria de Farias, 40 anos, e em seguida se matou efetuando um disparo contra a própria cabeça. O crime foi registrado na casa do casal.
Segundo a Polícia Militar, o homem morreu no local e a mulher foi socorrida para o hospital do município, mas foi transferida em estado grave para Recife. Ainda de acordo com a polícia, a arma utilizada no crime foi encontrada ao lado do corpo de Edjânio. O motivo do crime não foi divulgado.
 
 

 

 

 

 

 

 
Na terra de Zé Dantas  a disputa pela prefeitura de Carnaíba, pré-candidatos definidos a informação do vice da situação foi rapassada pelo própio Jr. meses antes no posto de gasolina às 19hs.em Afogados  quando perguntado quem seria o vice Jr. confirmou a sua pré-candidatura informação que todos já sabem.
 
Na situação, o candidato será o ex – prefeito Anchieta Patriota que já administrou o município por dois mandatos, o vice será Júnior de Mocinha, atual presidente da Câmara de Vereadores, sendo o mais votado em três eleições passadas. 
 
Na oposição mesmo partindo sem unidade enttre o PMDB e PT   o pré-candidato  será o ex – prefeito José Francisco Filho, (DIDI), que já foi prefeito em Carnaíba por três mandatos.
O vice de Didi será o vereador Luiz Alberto de Ibitiranga, que rompeu com com ex- prefeito Anchieta.
A novidade nessas eleições poderá surgir  uma  uma 3° via partindo do princípio de uma nota emitida por Clovis Lira que não foi comunicado da chapa formada pelo ex-prefeito Didi e Luiz Alberto vice.

O prefeito Zé Mario é a menina dos olhos verdes de Carnaiba

Enquanto ao prefeito Zé Mário que seria o candidato natural com todo direito a reeleição, demonstrou a sua insatisfação ao emitir uma  nota que não vai mover uma palha nessa eleição em seu município  ficou claro que entre o prefeito e Anchieta Patriota as coisas não andam muito bem, a realidade o prefeito se torna “a menina dos olhos” que poderá definir a eleição em Carnaiba,  resta saber se Zé vai se neutralizar mesmo com a sua dor de não ser o candidato escolhido pelo seu grupo de situação ou vai tomar outra decisão

Senhores candidatos em Carnaiba  o apoio do prefeito  poderá ser o divisor de águas.

 

 

            A Prefeitura de Arcoverde anunciou pelo menos 14 dias antes do processo licitatório (Termo de Inexigibilidade) ser publicado no Diário Oficial do Estado, os nomes de algumas atrações do São João que legalmente teriam sido contratadas após a publicação do referido Termo de Inexigibilidade, no dia 16 de junho. No anúncio antecipado, a prefeita Madalena Britto, através dos microfones da Rádio Independente FM e do site oficial da Prefeitura anunciou os nomes de Cavaleiros do Forró, Elba Ramalho, Dorgival Dantas, Zezé di Camargo e Luciano e Aviões do Forró.
 
O Termo de Inexigibilidade nº 004/2016 é datado de 16 de junho de 2016, assinado pela presidente da CPL (Comissão Permanente de Licitação) e pela prefeita do município conforme imagem do extrato abaixo. A publicação ocorreu no dia seguinte, 17 de junho, na página 36 do Diário Oficial de Pernambuco, aonde relaciona as bandas e cantores contratados através desta modalidade de processo licitatório, mas o anúncio foi feito no dia 02 de junho conforme imagem da página oficial da PMA. O total de recursos a serem utilizados dentro deste Termo é da ordem de R$ 970.500,00 (novecentos e setenta mil e quinhentos reais). Na lista não consta ainda o nome da cantora Elba Ramalho, que se apresentou no dia 19 de junho.
 
Na relação do Termo de Inexigibilidade estão nomes, como: a dupla Zezé Di Camargo e Luciano (R$ 225.000,00) Aviões do Forró (R$ 260.000,00), Cavaleiros do Forró (R$ 85.000,00) e Dorgival Dantas (R$ 80.000,00).
 
Os chamados Artistas da terra tiveram um montante de recursos da ordem de R$ 77.500,00 para ser dividido entre 21 artistas e grupos. Além deles, ainda tem o cachê do Samba de Coco Irmãs Lopes, Quebra Coco Aliança e Samba de Coco da Malhada que vão dividir R$ 17.000,00. O Samba de Coco Raízes de Arcoverde ficou com um cachê de R$ 10.000,00 e o Trupé de Arcoverde com R$ 8.000,00. Na listagem ainda estão os arcoverdenses Mazinho de Arcoverde, Paulinho Leite, Tonino Arcoverde, Clayton Barros, Lirinha, entre outros. Abaixo a relação dos artistas e seus respectivos cachês:
 
Zezé Di Camargo e Luciano – R$ 225.000,00
Aviões do Forró – R$ 260.000,00
Dorgival Dantas – R$ 80.000,00
Artistas da terra – R$ 77.500,00 
Cavaleiros do Forró – R$ 85.000,00
Noda de Caju – R$ 25.000,00
Jonas Estigado – R$ 22.000,00
Paulinho Leite – R$ 18.000,00
Samba de Coco Irmãs Lopes, Quebra Coco Aliança e Samba de Coco da Malhada – R$ 17.000,00
Vilões do Forró – R$ 20.000,00
Wagner Carvalho – R$ 15.000,00
Os Nonatos – R$ 15.000,00
Flávio Leandro – R$ 12.000,00
Samba de Coco Raízes de Arcoverde – R$ 10.000,00
Mazinho de Arcoverde – R$ 10.000,00
Harry Estigado – R$ 10.000,00
Samba de Coco Trupé – R$ 8.000,00
Tonino Arcoverde – R$ 6.000,00
Forró Balaio de Cheiro – R$ 6.000,00
Banda Kartuxo – R$ 8.000,00
Icaro e Vitório – R$ 5.000,00
Clayton Barros – R$ 6.000,00
Lira – R$ 30.000,00
 
TOTAL: R$ 970.500,00

 

       Em entrevista no programa Notícias Populares da Rádio Itapuama FM, a presidente do PTB de Arcoverde e pré-candidata a prefeita pela legenda trabalhista, Nerianny Cavalcanti, ressaltou que o maior projeto de um futuro governo sob o seu comando é cuidar das pessoas e trazer o trabalho de volta. 
Questionada pelo jornalista João Ferreira sobre o que a levou a ser indicada como pré-candidata do grupo dos deputados Zeca e Júlio Cavalcanti, Nerianny disse que partiu da “experiência vitoriosa do governo Zeca” do qual ela contribuiu durante os oito anos e sua atuação à frente da Secretaria de Ação Social e Cidadania. Ele lembrou que de 2005 quando assumiu a pasta, que entre 1997 e 2004 esteve sob o comando da atual prefeita (Madalena Britto), existiam apenas 4 programas/núcleos de ação social no município e deixou o governo em 2012 com 32 núcleos da secretaria de Ação Social em atividades. Hoje só temos 17 unidades, comprovando que Arcoverde está regredindo, afirmou Nerianny.
 
Durante a entrevista ela também questionou a saúde do município que falta remédios, policlínica que funciona parcialmente só até as 17h com médico, a outra que está fechada no São Cristóvão e o Hospital Regional que vive um caos. Agora a prefeita diz que o hospital é de responsabilidade do governador e porque quando ele vem aqui inaugurar praça ela não leva o governador para visita e resolver os problemas do hospital, disse Nerianny. Agora com a proximidade das eleições voltam as promessas, surgem soluções, da mesma forma que em 2014 a prefeita fez ao lado do governador, disse a pré-candidata trabalhista.

 

Nerianny Cavalcanti encerrou a entrevista defendendo a participação popular durante seu governo e afirmou que está construindo um programa de governo feito com o povo, ouvindo a população. “Queremos ter um governo participativo e vamos trabalhar para gerar oportunidades para o jovens, trazer o trabalho de volta e fazer renascer a esperança nos corações dos arcoverdenses, concluiu. 
(Folha das cidades)

 

clovis lira

O advogado Clóvis Lira (PMDB), surpreendeu a dizer que “não estava sabendo de nada” sobre o anúncio da chapa José Francisco Filho e Luiz Alberto como pré-candidatos da oposição a prefeito e vice de Carnaíba, anunciada esta semana.

“Se houve decisão foi deles pra lá. Não fui comunicado nem outros companheiros”, disse. O  peemedebista afirmou que uma reunião esta manhã vai tratar da posição que irão tomar PMDB, PT e PCdoB. Participarão da reunião nomes como Luiz de Joel, Aldinho Bezerra, Nildo da Itã e Anchieta Alves, além do próprio Clóvis.

“Vamos avaliar esse anúncio e que posição esse bloco vai tomar. Depois, levaremos a decisão para o bloco que tomou essa decisão”, afirmou. A nota que confirmou a candidatura detalhou que PTB, PT do B, PSOL, PR, PTC, PV e PRP, aprovaram na noite desta terça feira 21, o nome de José Francisco Filho, o Didi  (PTB), para voltar a disputar a Prefeitura de Carnaíba.

Mas acrescentou que a decisão pela pré candidatura do petebista aconteceu após uma consulta popular realizada pelos partidos incluindo ainda o PMDB, de  Clóvis Lira, o PT, com Anchieta Alves e o PSL de Elzir Ferreira.

transposicao-ii

 

Por Karine Paixão

O desdobramento da Operação Turbulência atingiu em cheio duas das principais obras estruturadoras do Governo Federal no Estado e integrantes da cúpula do PSB: A Transposição do Rio São Francisco e a Refinaria Abreu e Lima (Rnest). Segundo as investigações, a OAS, responsável pelas obras e investigada na Lava Jato, teria repassado R$ 18,8 milhões para a Câmara & Vasconcelos, empresa que supostamente teria realizado serviços de terraplanagem no Rio São Francisco.

Ocorre que durante as investigações, a PF concluiu que a empresa era de fachada, para desviar propina na campanha presidencial de Eduardo Campos e estaria envolvida na compra do avião. O dono da empresa, Paulo Cesar de Barros Morato, inclusive, foi alvo da ação. No entanto, não foi localizado e é considerado foragido da Justiça. Durante as diligências, os investigadores também reiteraram que a Operação foi movida pelo cruzamento de dados sobre suposto desvio de recursos na Rnest.

Segundo informações, que correm em segredo de Justiça, Campos teria recebido R$ 10 milhões do esquema de desvio de dinheiro da Refinaria. Em ambas as investigações, o nome do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) aparece como o principal elo. Vale ressaltar que até o final de 2013, ou seja, a um ano do período eleitoral, FBC era o então ministro da Integração Nacional responsável pelas obras do São Francisco.

Embora não tenha sido alvo na Turbulência, o senador é citado pelos delatores da Operação Lava Jato como movimentador do esquema de propina que serviu para irrigar a campanha de Campos nas duas circunstâncias. O socialista, no entanto, repudiou a nova vinculação do seu nome com a Operação Turbulência, na qual considerou “incorreta”. “O senador não é sequer mencionado nos autos desta investigação”, frisou sua assessoria, em nota. FBC também reiterou a sua disposição junto a Justiça para esclarecimentos sobre o processo que corre no STF.

 

“Quanto à investigação que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) – ainda não concluída -, Fernando Bezerra Coelho ratifica que sempre esteve à disposição para colaborar com os ritos processuais e fornecer todas as informações que lhe foram e, porventura, venham a ser demandadas. O senador reitera, ainda, que mantém a confiança no trabalho das autoridades que conduzem o processo investigatório no STF, acreditando no pleno esclarecimento dos fatos”, afirma a nota enviada pela equipe do socialista. Por fim, Bezerra lembrou que não foi o coordenador da campanha de Campos em 2010 e 2014. “Não tendo, portanto, exercido qualquer função financeira nas campanhas de Campos”, acrescentou.

 

TURBULÊNCIA: PRESOS JÁ COGITAM DELAÇÃO PREMIADA ENVOLVENDO CHEFES DO EXECUTIVO E PARLAMENTARES DO PSB

 

 

 

 
A Portaria que determinou a instauração do Inquérito Policial que desencadeou a “Operação Turbulência”, da Polícia Federal e que levou, para o Cotel, os empresários responsáveis pela “lavagem” de pelo menos R$ 600 milhões, de recursos obtidos ilicitamente, de obras públicas, por políticos, empreiteiras e agentes públicos, em especial da Transposição do Rio São Francisco e da Petrobras, foi assinada no dia 23 de março deste ano, pela delegada da Polícia Federal Andrea Pinho de Albuquerque, observou que a empresa do peixeiro Geovane, do Pina, não tinha capacidade financeira para movimentar a quantidade de recursos apontada pelo COAF e que lhe seriam repassados pela empresa Câmara & Vasconcelos que, por sua vez, recebia tais recursos da empreiteira OAS, já citada, na Operação Lava Jato, como responsável pelo pagamento de propina a políticos e diretores de estatais. 
 
A Polícia Federal conseguiu, com a Operação Turbulência, desvendar como se dava o esquema criminoso de “lavagem” do fruto da corrupção das gestões do PSB, em Pernambuco, ocorrida, pelo menos, nos últimos seis anos, esquema esse que teria desviado, em média, R$ 100 milhões por ano, do Erário.
 
Ocorre, porém, que os empresários presos, ontem, pela Polícia Federal, atuavam apenas como operadores do esquema que foi montado para favorecer candidatos a cargos eletivos do PSB e a seus aliados e os rumores que já circulam na cidade dão conta de que esses presos não estariam dispostos a arcarem com os ônus sozinho, pois os bônus não ficaram apenas para eles, e estariam por essa razão, negociando delação premiada, onde entregariam os nomes de chefes dos executivos e parlamentares que teriam recebido dinheiro do esquema, inclusive, em espécie.
 
Pelo visto, a turbulência de ontem já pode ser considerada um verdadeiro desastre para o PSB de Pernambuco.

 

Ex-ministro Paulo Bernardo é preso pela Polícia Federal

Paulo Bernardo. Foto: André Dusek/Estadão

Em nova operação da Polícia Federal, o ex-ministro Paulo Bernardo (Planejamento e Comunicações no governo Lula), marido da senador Gleisi Hoffmann (PT-PR), foi preso nesta quinta-feira (23), em Brasília. A ação é um desdobramento de um fatiamento que ocorreu na investigação que estava no Supremo Tribunal Federal.

A PF está ainda na casa do jornalista Leonardo Attuch.

O ex-ministro, a senadora Gleisi e o empresário Ernesto Kugler Rodrigues, de Curitiba foram denunciados pela Procuradoria-Geral da República em maio deste ano.

O inquérito policial concluiu que os dois receberam R$ 1 milhão de propina de contratos firmados entre empreiteiras e a Petrobrás. O valor foi utilizado para custear as despesas da eleição dela ao Senado em 2010.

 

Temer entrega o ouro no twitter e destaca que processo de impeachment contra Dilma foi um ‘golpe‘

Durante a noite desta terça-feira, o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), gerou polêmica na Internet após escrever em seu Twitter que “a senhora presidente [Dilma Rousseff] utiliza o avião, ou utilizaria, para fazer campanha denunciando o golpe”. Inicialmente, a frase foi dita pelo peemedebista durante uma entrevista à Globo News. Para os internautas, ao fazer essa afirmação, Temer destacou que processo de impeachment contra presidente afastada foi um “golpe”.
 
 

Mulher de Afogados presa com droga em Carnaíba:

 
Ao realizar rondas a equipe da GT de Carnaíba recebeu a denúncia que a acusada F. F.S, 31 anos, estava em atitude suspeita, o efetivo se deslocou até a PE 320, Vila central onde a mesma se encontrava e ao realizar uma busca pessoal na mesma, nada de ilícito foi encontrado, mas ao revistar a bolsa dela foi encontrado em seu interior 02 (duas) sacolas plásticas contendo droga popularmente conhecida como maconha pesando aproximadamente 46 (quarenta e seis) gramas. A mesma informou que era de Afogados da Ingazeira e estava indo para o presídio de Salgueiro-PE visitar seu esposo de nome Gilvan, segundo a mesma, preso por porte ilegal de arma de fogo na cidade de Parnamirim-PE. A acusada informou que a referida droga era para consumo próprio. Diante dos fatos a mesma juntamente com a droga apreendida foi conduzida a delegacia de polícia local para adoção das medidas cabíveis.
 
 
 
Mais uma vez : Posto de gasolina assaltado em Tabira: 
 
A GT foi solicitada pela vítima, a frentista do Auto Posto Alves, em Brejinho de Tabira, a qual informou que dois indivíduos em uma moto Yamaha, cor preta, placa não identificada abasteceu a mesma e armados com um revólver anunciaram o assalto, levando todo o dinheiro da vítima. A mesma não soube informar o valor subtraído pelos assaltantes. A GT fez diligências no intuito de localizar os criminosos, porém, sem êxito.
 
Veículo furtado é recuperado em Flores: A GT de Fátima em conjunto com o NIS 2/ 14ºBPM, depararam-se com uma motocicleta BROS VERMELHA e no momento da abordagem foi consultada a placa e ela era de uma motocicleta diferente da BROS. Foi consultado o chassi da BROS e constou como furtada. A equipe indagou L. F., 24 anos e ele disse que havia adquirido ela em uma troca. Diante o exposto, a motocicleta e o jovem foram conduzidos a delegacia de polícia de Serra Talhada para serem tomadas as providências necessárias ao fato.
 
Jovem encontrado com sementes de droga em Carnaíba: A GT de Carnaíba ao realizar rondas próximo a escola Cônego Luiz Gonzaga, se depararam com R. M., 21 anos, sendo realizada uma busca pessoal, foi encontrado no seu bolso uma caixa de fósforo e dentro da mesma continha 25 (vinte e cinco) sementes da droga conhecida popularmente por maconha. Diante dos fatos, o mesmo juntamente com o material apreendido foi conduzido a delegacia de polícia local para adoção das medidas legais cabíveis.
 
Pertubação do sossego em Serra Talhada: Policiais Militares do 14° BPM realizavam rondas e abordagens quando se depararam com um homem de 27 anos transitando em um veiculo Strada de cor prata com o som muito alto. O aparelho de som foi apreendido e encaminhado a DPC para que fossem tomadas as devidas providências.
 

 

Adolescente flagrado dirigindo e sem documentação em Afogados: A equipe da ROCAM ao realizar rondas no bairro São Francisco, flagrou um adolescente de 16 anos, conduzindo o ciclomotor Shineray 50Q, cor vermelha, sem placa, no momento da fiscalização o mesmo não portava nenhuma documentação de regularização junto ao órgão de trânsito, bem como de ordem pessoal. Ainda no local foi acionado o irmão do adolescente, o qual fez acompanhamento de todo procedimento de notificação e apreensão do veículo a 24ª CIRETRAN , e a condução do menor a DP local para adoção das medidas legais cabíveis.
 

 

Deputada Socorro Pimentel revela preocupação com escalada da violência no Sertão do Araripe

 

 
A violência disseminada pelo Sertão do Araripe levou a deputada Socorro Pimentel (PSL) a fazer um alerta sobre o tema, durante a Reunião Plenária desta terça (21), na Assembleia Legislativa. A parlamentar cobrou providências do Governo do Estado para o combate aos assaltos praticados em municípios como Ouricuri, Araripina e Trindade.
 
De acordo com Socorro, a região enfrenta uma “escalada de criminalidade nunca antes vista”. Ela citou casos de crimes praticados contra transeuntes, lojas, casas lotéricas e residências. “A população está com medo de sair às ruas. A insegurança dominou o sentimento das pessoas”, disse. A deputada acredita que falta efetivo e aparelhamento das Polícias Militar e Civil, e pediu uma ação mais firme do Governo do Estado.
 
Assessoria de imprensa
 

Quadrilha que praticava assaltos em São José do Egito e Tuparetama é presa

 

Na data de ontem, 22/06/2016, por volta das 22h30min, foram abordados na cidade de Tuparetama área do 23º BPM, três indivíduos identificados por João Eudes Soares da Silva, 20 anos, Pedro Henrique dos Santos, 18 anos, solteiro, desocupado e um adolescente de 16 anos, todos residentes em Monteiro-PB; 

 
 
João Eudes, portava um revólver calibre 38, marca Taurus, nº MD13979, com 05 (cinco) munições intactas do mesmo calibre; Que, o NIS vinha fazendo levantamentos a cerca de veículos roubados na área e sabendo que a quadrilha de assaltantes eram oriundos do estado da Paraíba, chefiados pelo indivíduo conhecido por Alex.
 
Em contato com a Paraíba, os policiais descobriram que semana passada o indivíduo João Eudes, durante uma perseguição policial a sua pessoa pela equipe da ROTAM, abandonou uma motocicleta Bros de cor vermelha, roubada na cidade de Porção-PE e um revólver calibre 38, tendo ainda confirmado a participação do grupo em assaltos a veículos no estado da Paraíba e Pernambuco; 

Que, agentes deste NIS, em conversa com a pessoa de João Eudes, o mesmo confirmou a participação de ambos, em um assalto a um veículo Fiat Strada, cor branca, placas KKR 2272, na cidade de São José do Egito-PE, área do 23º BPM, no dia 17/06/2016, por volta das 00h20min, e que o referido veículo havia sido levado pela pessoa de Alex, (chefe da quadrilha), até a cidade de Porção-PE; Que, segundo ele (João Eudes), o veículo estava guardado em uma garagem de cor verde e portão vermelho, próximo de uma escola na chegada da cidade sentido São João do Tigre-PB; Que, de imediato foi feito contato com agentes do Núcleo de Inteligência de Pesqueira-PE, NIAZM-3 8ª CIPM, área que cobre a cidade de Porção-PE, onde de posse das informações, agentes daquele núcleo, com apoio da GT de área, se deslocaram ao referido endereço, aonde localizaram o veículo Fiat Strada e o proprietário da residência o qual disse haver feito uma troca do referido veículo em outro, não sabendo segundo ele, informar a procedência do veículo nem conhecer a pessoa com quem fez a negociação; Que, diante dos fatos o veículo foi apreendido e juntamente com o proprietário da residência, encaminhados a delegacia de polícia de Belo Jardim-PE, ocorrência ainda em andamento, posteriormente RELINT será confeccionado por aquela agência; 

Os indivíduos presos na cidade de Tuparetama-PE, foram passados a disposição da delegacia de polícia de Afogados da Ingazeira-PE.

 

 

 

 

HOMEM É PRESO APÓS MATAR O PRÓPRIO IRMÃO EM BELO JARDIM-PE

 

Um homem de 54 anos foi preso na quarta-feira (22) suspeito de matar o próprio irmão, de 60, em Belo Jardim, Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, o assassinato ocorreu após uma discussão e ainda não se sabe se alguma arma foi utilizada para cometer o crime.

 

O idoso chegou a ser levado para uma unidade de saúde de Brejo da Madre de Deus, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Ainda segundo a PM, o corpo da vítima apresentava “lesões na cabeça”.
O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado para o Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira, onde ficará à disposição da Justiça

 

APÓS PERÍCIA, POLÍCIA CIVIL NÃO COMENTA MORTE DE EMPRESÁRIO FORAGIDO DA OPERAÇÃO TURBULÊNCIA

 

 

eeadc374e0aee15bc68ba76f84140d60

A Polícia Civil deixou o motel onde estava o corpo do empresário Paulo César de Barros Morato, foragido da Operação Turbulência, sem dar informações à imprensa. Estavam no local a delegada do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Gleide Ângelo, e a perita Vanja Coelho. As duas são consideradas parte da “elite” da Polícia Civil do Estado. O corpo foi removido do local por volta das 22h40.

A delegada deixou o local com um pacote na mão, sem informar o conteúdo. Informou à imprensa que não poderia conceder nenhuma entrevista nesta quarta (22) sobre o assunto. A perita também comunicou a mesma coisa.

No entanto, a reportagem do JC apurou que, com o corpo de Paulo César Morato, foi encontrada uma quantia em dinheiro, o que pode indicar que ele estava se preparando para fugir. O valor não foi informado.

O corpo também foi encontrado urinado e defecado, indícios de que ele tenha sofrido um ataque cardíaco. Funcionários do motel chamaram a Polícia.

Morato é apontado pela Polícia Federal de ser o proprietário da empresa de terraplenagem Câmara & Vasconcelos, acusada de lavagem de dinheiro e com participação da compra do avião do Cessna Citation PR-AFA, que servia de transporte do ex-governador Eduardo Campos (PSB) durante a campanha presidencial de 2014

Prefeitura recua e Arraial do Dincão vai acontecer em Tabira

 

http://4.bp.blogspot.com/-kx5PaYXNUEM/VYHGAGV4JlI/AAAAAAAAqI4/TMNR7yKPBZM/s1600/arraial%2Bdo%2Bdinc%25C3%25A3o.jpg

 

Parece até que sem moído a política de Tabira não sobrevive. No último dia 03 de junho através de oficio, o ex-prefeito Dinca Brandino solicitou a Prefeitura do município à liberação de uma via pública (Rua Clovis Xavier de Siqueira) para a realização do 12º Arraial do Dincão.

Nesta quarta-feira (22), o secretário de Administração, Flávio Marques, anunciou através da Rádio Cidade FM que o espaço somente seria liberado se o ex-prefeito Dinca Brandino (PMDB), assinasse os recibos pagos de obras de perfurações de poços, perfurados por sua empresa, na atual gestão, com recursos do FEM.

Dinca entrou no mesmo programa e disse que só Deus impediria o evento. Sem apoio da Câmara de Vereadores, o prefeito Sebastião Dias recuou e ontem mesmo comunicou ao presidente da Câmara, vereador Marcos Crente, que o evento está liberado.

Assim, amanhã (24), o Arraial do Dincão vai acontecer com shows da dupla Celso e Thiago, o sanfoneiro Toinho de João de Cícera, o artista local Edy Freitas, o cantor Delmiro Barros, e as Bandas Harry Estigado e Gaviões do Forró. Em Tabira política miúda e moído estão sempre na ordem do dia.

 

 

 

 

 

 

 

Um dos procurados pela Polícia Federal de Pernambuco, através da Operação Turbulência, foi encontrado morto no município de Olinda, no bairro Jardim Brasil, no Motel Tititi, nesta quarta-feira (22). Paulo César de Barros Morato estava foragido desde a última terça (21), quando a PF cumpriu 62 mandados judiciais e prendeu quatro pessoas, no âmbito da Operação.
 
Era também suspeito de ter participado do esquema que financiou irregularmente a campanha de reeleição do ex-governador Eduardo Campos. Morato era tratado como “testa de ferro” da organização.
 
Segundo o advogado do motel, Higínio Luis Araújo Marinsalta, o empresário teria chegado ao local sozinho em um Jeep Renagade preto, na terça, por volta do meio-dia. Durante toda a estadia, não pediu nada. Na tarde da quarta, como ele não havia renovado sua diária, os funcionários do estabelecimento estranharam e abriram a porta do quarto com a chave-mestra, encontrando o seu corpo em cima da cama, sem sinais de violência, sangue ou arma.
 
Inicialmente, os investigadores suspeitam que ele teria sofrido um mal súbito, mas ainda não se sabe oficialmente quais são as circunstâncias da morte. No local, agentes da Polícias Civil, Militar e Federal fizeram as primeiras investigações e recolheram objetos. Em seguida, o corpo foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML), onde passará por exames mais detalhados. Na quinta (23), o motel ficará em quarentena para a realização de perícia papiloscópica. Nenhum familiar do empresário compareceu ao local.
 
Esquema
 
Segundo o inquérito da Polícia Federal, Morato teria “aportado recursos para a compra da aeronave PR-AFA (que sofreu um acidente em 2014 e vitimou Eduardo Campos) e recebido recursos milionários provenientes de empresas de fachada utilizadas nos esquemas de lavagem de dinheiro, engendrados por Alberto Yousseff e Rodrigo Morales e Roberto Trombeta, além de provenientes da construtora OAS”.
 
Responsável pela empresa Câmara & Vasconcelos, o empresário era considerado o “testa de ferro” do grupo criminoso. Sua empresa teria sido contratada pela OAS por R$ 18.858.978,16 para prestar serviços de terraplanagem durante as obras da transposição do Rio São Francisco e teria movimentado a maior quantia de dinheiro dentro do esquema. O inquérito aponta, ainda, que Morato mantinha R$ 24,5 milhões em sua conta.
 
“Chama a atenção na tabela o montante movimentado pelo investigado Paulo Morato e por suas empresas, o qual é evidentemente incompatível com o seu padrão de vida, evidenciando sua condição de “testa de ferro” da organização criminosa”, diz o documento.
 
Somadas, as apreensões de Morato e os outros quatro detidos na Operação Turbulência somam R$ 42,4 milhões. Eduardo Freire Bezerra Leite, Arthur Roberto Lapa Rosal e Apolo Santana Vieira, João Carlos Lyra Pessoa Filho estão detidos no Centro de Triagem (Cotel), no Grande Recife.
 
Até esta quarta-feira (23), a PF analisava a possibilidade de incluir o nome de Morato na lista de procurados da Interpol. Agora, os investigadores apuram a relação entre essas empresas citadas na Operação e grupos já envolvidos na Lava Jato e em investigações que estão no Supremo Tribunal Federal (STF).
 
Na terça (22), a PF recolheu oito automóveis de luxo, 45 relógios de marcas internacionais famosas, além de R$ 3,6 milhões, dólares, revólveres e uma espingarda. Também foram apreendidos dois barcos, dois helicópteros e um avião. (Folha de Pernambuco)

 

 

 

A ex-deputada estadual e presidente de honra do Partido dos Trabalhadores de Petrolina, Isabel Cristina, faleceu, na manhã desta quarta-feira (22). A petista teve uma parada cardíaca durante a madrugada e outra por volta das 7h20 de hoje. Isabel completaria 63 anos no dia 29 de junho.

De acordo com a presidente do PT de Petrolina e amiga da ex-deputada, Cristina Costa, o velório será realizado na Câmara de Vereadores do município, e o velório deve ocorrer na manhã desta quinta-feira (23).

Isabel Cristina fazia tratamento de um câncer há nove anos. Durante esse período, teve uma lesão do cerebelo. Durante a semana, fez duas cirurgias. Entretanto, devido ao seu quadro clínico, as medicações não faziam mais tanto efeito, segundo informou Cristina Costa. A presidente de honra do PT de Petrolina não tinha filhos, mas deixa irmãos, madrasta e sobrinhos.

POLÍTICOS LAMENTAM

Políticos de Pernambuco lamentaram, na manhã de hoje o falecimento da ex-deputada estadual e presidente de honra do Partido dos Trabalhadores (PT) de Petrolina, no Sertão, Isabel Cristina.

O deputado estadual Odacy Amorim (PT) afirmou que a correligionária deixa um legado de uma lista de serviços prestados para a região. Ele ressalta que Isabel foi educadora, professora do Estado, professora universitária, vereadora, vice-prefeita, superintendente da Codevasf e assumiu por duas vezes o mandato de deputada estadual.

“Ela vinha lutando contra essa doença há mais de oito anos. Em todos os momentos enfrentou isso de cabeça erguida. Então, fica um legado. A gente lamenta, mas entende que Deus tirou porque na sua batalha chegou o momento dela descansar dessa luta. Fica o legado dela, uma liderança sertaneja. A gente começou o diálogo para chegar ao partido através dela. Fica o legado da nossa amiga”, declarou. O parlamentar viaja para Petrolina às 11h e deve participar do velório, na Câmara de Vereadores municipal.

O deputado estadual Lucas Ramos (PSB) ressaltou a força de Isabel Cristina. Ele informou que visitou a ex-parlamentar no hospital no último domingo (19) e conversou com a família da petista. Ele lembrou a parceria da ex-deputada com o seu pai, Ranilson Ramos, durante as passagens pela Assembleia Legislativa de Pernambuco. “Eles puderam defender juntos as causas mais sociais, voltadas para a agricultura familiar, o homem e a mulher do campo, a inclusão social, a diminuição da desigualdade”, disse.

“Nossos sentimentos à família da ex-deputada Isabel Cristina. Pernambuco perde uma mulher guerreira e comprometida com o povo que deixa saudades e uma história de amor e compromisso por nossa terra. Isabel era uma verdadeira fortaleza que permanecia firme diante das dificuldades e sempre defendeu a promoção de políticas públicas estruturadoras, sólidas, com especial atenção para a educação e a agricultura familiar. Esta postura, este pensamento e estas bandeiras rompem fronteiras e nos aproximam. Petrolina chora e já sente sua falta, professora”, escreveu, no Facebook.

“E ao partir, a professora que ensinou a tantos petrolinenses nos deixa uma última lição: devemos sempre cuidar de quem mais precisa com dedicação, carinho e respeito. Isabel se vai, mas sua memória continuará ao nosso lado todos os dias, nas salas de aula, nos campos e nas ações que procuram construir um Pernambuco melhor como ela quis. Nos resta à dor da saudade e a alegria de ter aprendido com seus ensinamentos. Vá em paz, Isabel”, complementou. Ele também deve participar do velório.

Por meio de nota, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) lembrou que a petista foi sua vice-prefeita em Petrolina, no Sertão. “Foi com extremo pesar que recebi a triste notícia do falecimento da ex-deputada Isabel Cristina. Participamos juntos de inúmeras caminhadas politicas. Isabel foi minha vice-prefeita em Petrolina, colaborando de maneira fundamental para a administração municipal. Pernambuco perde um importante quadro político e Petrolina, em especial, uma mulher apaixonada pela cidade e suas melhores causas. Que neste momento de dor e sofrimento, Deus possa confortar a família e os amigos”, declarou o socialista.

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) também se pronunciou: “Foi com profundo pesar e consternação que recebi a notícia do falecimento da ex-deputada estadual Isabel Cristina. Pernambuco perde uma grande pessoa, professora, que liderou inúmeros projetos e movimentos, deixando um importante legado para a nossa política. Neste momento de dor, envio a todos os familiares e amigos meu abraço solidário. Pernambuco sem dúvida guardará com carinho esta filha que fez do diálogo marca de sua atuação na vida pública”.

Também por meio de nota, o deputado estadual Miguel Coelho (PSB) ressaltou a ex-deputada, a quem chamou de guerreira. “​Uma história de guerreira. É assim que vejo a vida da professora Isabel Cristina. Essencial na história do seu partido e de muita gente que acreditou na sua luta pelos direitos mais fundamentais. Era bonito ver e saber do seu carinho pelas pessoas e por sua família. Vá em paz, Cristina. Você cumpriu com glórias a sua missão aqui na terra”, afirmou.

 

 

 

Mapa mostra leis sobre orientação sexual ao redor do mundo.

Punições incluem multa, prisão e pena de morte.

 
 Não bastasse serem alvo de ataques e assassinatos por motivo de ódio no mundo todo, gays, lésbicas e transexuais são tratados como criminosos em vários países e estão sujeitos até à pena de morte em alguns deles.

Relações entre pessoas do mesmo sexo são consideradas crime em 73 países, segundo dados recentes da associação internacional ILGA (International Lesbian, Gay, Bisexual, Trans and Intersex Association), que monitora as leis relacionadas ao tema há 11 anos. É a chamada “homofobia de estado”. O número representa 37% do total de estados membros da ONU (Organização das Nações Unidas).

Mapa leis sobre relações homossexuais no mundo (Foto: Editoria de arte/G1)

Em 2006, quando foi feito o primeiro estudo, a lista tinha 92 países. Para Aengus Carroll, autor do relatório de 2016, o avanço é lento demais. “Ficamos perplexos de ver por que tantos países têm dificuldade de atender às necessidades básicas de pessoas LGBTI [lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersex]”, diz.

“Há muitos casos de violência pelo mundo que são puramente violações dos direitos humanos, então não dá para entender por que isso ainda é um tema problemático. Será que algumas vidas são mais importantes do que outras?”, questiona, apontando para o “ impacto terrível da repressão, supressão e opressão na vida das pessoas”.

As punições variam de multas e prisão à pena de morte. Há também países que não preveem penalidade ou não a aplicam atualmente, mas mantêm a criminalização em seu código penal – algo que não deixa de ser perigoso, avalia o especialista em relações internacionais e direitos humanos brasileiro Lucas Itaborahy, que foi pesquisador da ILGA por cinco anos.

“Essa é a desculpa que a gente costuma escutar de alguns desses países, que a lei existe, mas não é colocada em prática. Pode não ser, mas ela está ali, fazem parte do ordenamento jurídico desse pais. Isso é muito sério porque a qualquer momento aquilo pode voltar a ser aplicado”, afirma. “Enquanto esses países não descriminalizarem, seus cidadãos estarão sujeitos a qualquer arbitrariedade da justiça”, completa.

Itaborahy aponta que existem três etapas básicas no caminho para o reconhecimento legal dos direitos LGBT: descriminalização (que relações homossexuais deixem de ser crime), proteção (leis contra a discriminação, por exemplo, no acesso a emprego) e reconhecimento (casamento e direito à adoção, entre outros). O mapa acima mostra a situação de cada país nesse espectro.

O Brasil foi incluído na lista do “reconhecimento”, já que o casamento gay foi reconhecido por via judicial.

Pena de morte
Segundo o relatório, 13 países preveem a pena de morte para atos sexuais consentidos entre pessoas adultas do mesmo sexo. Em quatro deles – Sudão, Arábia Saudita, Irã e Iêmen –, a pena é efetivamente aplicada pela Justiça no país todo. Em dois – Nigéria e Somália –, é aplicada em algumas províncias.

Em cinco desses países – Mauritânia, Afeganistão, Paquistão, Qatar e Emirados Árabes Unidos – não há registro de aplicação específica recente e em dois deles (no Iraque e nos territórios controlados pelo Estado Islâmico nesse país e na Síria), os responsáveis por matar sistematicamente e com brutalidade os gays são milícias e grupos não estatais.

Homens e mulheres
O relatório da ILGA avalia outros detalhes da “homofobia de estado”. Dos 73 países que criminalizam relações entre pessoas do mesmo sexo, 45 deles aplicam a lei tanto a homens quanto a mulheres. Nos demais, somente os homens estão incluídos.

Também existe desigualdade na idade mínima de consentimento legal para relações sexuais. No Chile, por exemplo, uma lei de 2015 estabelece que o ato sexual com alguém do mesmo sexo menor de 18 anos constitui estupro, enquanto para pessoas de sexos diferentes a idade é 14 anos. Segundo o relatório, diferenças como essa ocorrem em 105 países.

Segundo Aengus Carroll, da ILGA, organizações ao redor do mundo têm feito pressão para que as relações com pessoas do mesmo sexo deixem de ser crime em cada vez mais países. “Mas a eficácia muitas vezes é baixa. Muitos grupos ativistas, particularmente na África e na Ásia, não têm acesso político nem para começar a abordar o tema”, lamenta.

Ele explica que, no âmbito internacional, a reivindicação da ONU é para que os governos entendam que o que está sendo reivindicado não são direitos especiais, mas direitos humanos. “A pressão é para que sejam aplicadas as leis de direitos humanos também à orientação sexual e de identidade de gênero”, afirma.

Lista de países que criminalizam homossexualidade (Foto: Editoria de arte/G1)
 

 

 

 
CUNHA ATACA BONNER AO VIVO E GLOBONEWS CANCELA TRANSMISSÃO
 
Canal fechado de notícias da Globo avisou aos assinantes que começaria a mostrar a coletiva do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) assim que ela começasse; Cunha, entretanto, começou desferindo chumbo grosso contra o Jornal Nacional e seu editor-chefe e apresentador, Willam Bonner; “Todos os dias o William Bonner arranja alguém para falar de mim. Se eu pegar as matérias do ‘Jornal Nacional’, em cada dia tem uma pessoa diferente, mas elas acabam se repetindo. Acho que fazem um revezamento”, disparou Cunha; segundos depois a GloboNews, que transmitia ao vivo a entrevista, interrompeu o sinal
 
O deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) convocou entrevista coletiva para se defender publicamente das acusações nesta terça-feira 21. No início de sua fala, o parlamentar afirmou ter sua defesa cerceada e criticou a cobertura dos jornais e portais sobre o caso. Ele fez ataques principalmente ao Jornal Nacional e seu editor-chefe e apresentador, Willam Bonner.
 
“Todos os dias o William Bonner arranja alguém para falar de mim. Se eu pegar as matérias do ‘Jornal Nacional’, em cada dia tem uma pessoa diferente, mas elas acabam se repetindo. Acho que fazem um revezamento”, disparou Cunha. Segundos depois, a GloboNews, que transmitia ao vivo a entrevista, interrompeu o sinal, observou nota publicada pelo site de entretenimentoBlastingnews.
 
Cunha prosseguiu: “O jornal me pede notas faltando poucos minutos para exibir as reportagens. Quando a minha defesa entrega uma resposta, eles decidem restringir minha defesa a uma frase, quando anteriormente usaram minutos e mais minutos para me acusar. As pessoas reclamam que eu não falei nada, por isso, estou usando essa coletiva para conseguir me comunicar, mesmo que saiba que não mostrarão o que eu realmente tenho a falar”.

 

Pré-candidatos a prefeito do Recife debatem no LIDE

Os jovens empresários que fazem o LIDE Futuro têm encontro marcado com os pré-candidatos à Prefeitura do Recife na segunda-feira (27), no MV Empresarial. A partir das 19h, Daniel Coelho (PSDB), Priscila Krause (DEM) e Silvio Costa Filho (PRB), que têm o perfil mais jovem entre os que se apresentam no momento na disputa, vão mostrar suas propostas para o Recife. A reunião promete esquentar e atrair os olhares de muitos, uma vez que os três fazem oposição a Geraldo Julio, atual prefeito. 

 

Operação Turbulência: PSB e FBC emitem nota

 

SiqueiraNota oficial do PSB sobre a Operação Turbulência : A direção nacional do Partido Socialista Brasileiro – PSB, em face da Operação Turbulência, da Polícia Federal, noticiada hoje (21) pela imprensa, informa à sociedade brasileira ter plena confiança na conduta do nosso querido e saudoso Eduardo Campos, ex-presidente e ex-governador de Pernambuco.

O Partido apoia a apuração das investigações e reafirma a certeza de que, ao final, não restarão quaisquer dúvidas de que a campanha de Eduardo Campos não cometeu nenhum ato ilícito.

Fernando-Bezerra-CoelhoNota oficial de Fernando Bezerra Coelho: “O senador Fernando Bezerra Coelho repudia a incorreta vinculação do nome dele à “Operação Turbulência”, uma vez que o senador não é sequer mencionado nos autos desta investigação. Além disso, Fernando Bezerra afirma que não foi coordenador das campanhas de Eduardo Campos, à Presidência da República, nem em 2010 nem em 2014; não tendo, portanto, exercido qualquer função financeira nas campanhas de Campos.

Quanto à investigação que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) – ainda não concluída –, Fernando Bezerra Coelho ratifica que sempre esteve à disposição para colaborar com os ritos processuais e fornecer todas as informações que lhe foram e, porventura, venham a ser demandadas. O senador reitera, ainda, que mantém a confiança no trabalho das autoridades que conduzem o processo investigatório no STF, acreditando no pleno esclarecimento dos fatos”.

 

Morte de onça ‘figurante’ em passagem da tocha provoca comoção e protestos

Fotos mais inusitadas do trajeto da tocha olímpica

Folha de S.Paulo

A morte da onça Juma na última segunda-feira (20), horas depois de ser exibida no revezamento da tocha olímpica em Manaus, indignou moradores da cidade, gerou protestos em redes sociais e provocou repercussão no exterior. Juma foi abatida no final da manhã com um tiro de pistola no zoológico do CIGS (Comando de Instrução de Guerra na Selva), na zona oeste da capital do Amazonas, após ter sido alvejada com tranquilizante que não a sedou. No mesmo local, pouco antes, ela foi fotografada acorrentada e segurada por dois militares em um evento de passagem da tocha olímpica.

Segundo nota emitida pelo CMA (Comando Militar da Amazônia), o felino fugiu e avançou em direção a um militar. Os dois órgãos disseram que foi instaurada sindicância para apurar a morte. Segundo o CMA, o militar encarregado de cuidar de Juma pode ser punido ou afastado. O resultado deve sair em 30 dias. A resposta do Exército não aplacou os ânimos. Primeiro, o Ipaam (Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas) disse que não deu permissão para apresentar dois felinos no evento – além de Juma, Simba foi outra onça exibida.

“A sensação geral é de tristeza”, afirmou o taxista Francisco de Assis.

“Manchou o Amazonas, a festa e o Exército. Ficou um clima chato. Faltou responsabilidade aos organizadores”, avalia Marcos Antônio, auxiliar de serviços gerais.

A onça-pintada é um dos símbolos da região e uma figura representativa do próprio CIGS, cujo zoo funcionou normalmente nesta terça. Segundo o site “Amazônia Real”, houve redução populacional do animal de 30% nos últimos 27 anos. Só na Amazônia, a queda foi de 10%. Juma foi exibida durante o revezamento da tocha olímpica para ressaltar a riqueza ambiental do Estado.

“Para mim, foi um total despreparo dos militares. Mataram um animal que é símbolo da cidade”, disse Fábio de Oliveira, gerente de vendas.

O mecânico aeronáutico Aderson da Silva Jordão, aderiu ao coro. “A onça não era exatamente selvagem, vivia confinada há muito tempo. Algo aconteceu para ela fugir no meio dos militares”. Ele lembrou que é normal o Exército levar onças-pintadas, em correntes, a desfiles como o de 7 de Setembro.

Um abaixo-assinado na internet para pedir a punição dos responsáveis pela morte reunia 55 mil signatários até as 19h30 desta terça-feira (21). O caso foi noticiado em importantes veículos de imprensa mundiais como os norte-americanos “New York Times” e “USA Today” e o britânico “The Guardian”.

O Comitê Rio-2016 disse que errou ao permitir que Juma participasse acorrentada do revezamento da tocha. “Essa cena contraria nossas crenças e valores”, afirmou. “Garantimos que não veremos mais situações assim.”

“A sensação é de tristeza absurda. Foi como colocar o King Kong para fazer teatro”, disse a servidora pública Virna Jordão, de Manaus.

 

Em São José do Egito, mulher acusa companheiro de agredi-la e tentar furar seu olho: A GT foi solicitada pela central da 3ª CPM, a qual informou que a vítima teria sido agredida por seu companheiro. Chegando ao local a vítima informou que P. F., 47 anos, lhe agrediu com um soco no rosto e que tentou furar seu olho, o mesmo foi localizado e conduzido juntamente com a vítima para delegacia de polícia local para medidas cabíveis, porém, ao chegar à delegacia a vítima desistiu de representar contra o seu companheiro.

 
Prisão por mandado em Afogados: A GT local com apoio da PB deu cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de J. F., 36 anos. O acusado foi recolhido à cadeia pública de Afogados da Ingazeira, onde permanecerá à disposição da justiça.
 
Em Flores, mãe amarra filho adolescente que estava embriagado quebrando a casa:Policias Militares da CIOSAC durante ronda se deparam com a vítima a qual informou que o menor infrator havia ingerido bebida alcoólica e que havia quebrado vários objetos no interior da sua residência. Diante da situação a vítima que é genitora do adolescente teve que amarra-lo. A polícia encaminhou os envolvidos até a delegacia de polícia local para serem tomadas as medidas cabíveis.
 
Vítima acusa irmão de tê-la agredido com um martelo em Brejinho: A guarnição ordinária foi solicitada pela vítima a qual se queixou que seu irmão a agrediu com um martelo, lesionando-a no antebraço esquerdo. A vítima também informou que seu irmão constantemente faz ameaças e rotineiramente faz ingestão de bebida alcoólica. Chegando ao local (Placa de Piedade), I. do C., 38 anos, foi localizado, em seguida detido e apresentado na DP local para adoção das medidas cabíveis.
 
Embriaguez ao volante em Serra Talhada: Durante rondas Policiais, Militares da CIOSAC realizaram abordagens em E. J. de 50 anos, que conduzia uma motocicleta HONDA CG 125 FAN. Onde foi observado que este apresentava sinais de embriaguez alcoólica. Diante dos fatos, o imputado foi conduzido a DPC local onde foi autuado em flagrante delito e posteriormente recolhido a cadeia local
 

 

Violência doméstica em Carnaíba: A guarnição ordinária foi solicitada pela Central de Operações do 23° BPM para averiguar uma ocorrência de violência doméstica em Ibitiranga. Chegando ao local a vítima informou que E., 34 anos, havia lhe empurrado e quebrado o seu celular. Diante dos fatos os envolvidos foram conduzidos à DP de Afogados da Ingazeira para as devidas providências.

 

Mário Viana diz que não há eleição fácil, mas “rejeição de Luciano” ajuda seu projeto para vencer as eleições na Ingazeira

 

IMG_20160621_105621693_HDR

Pré-candidato se diz otimista quanto ao futuro enfrentamento com Lino Morais

Os pré-candidatos a Prefeitura de Ingazeira Mário Viana Filho e Chico Bandeira foram os convidados do Debate das Dez do programa Manhã Total, da Rádio Pajeú. Mário disse que a escolha de Lino Morais e Juarez Ferreira pelo bloco governista criou um grande problema para eles resolverem. Mário falou que a pré-campanha é empolgante na oposição, mas descartou eleição fácil.

“Não existe eleição fácil ou definida. Respeito Lino e Juarez, não temos problemas pessoais. Mas o Prefeito brincou com o sentimento do grupo. Manipulou todos e jogou entre eles. Ele mesmo disse que a chapa teria rejeição”, disse.

Já o Chico de Bandeira falou de sua trajetória, desde o nascimento na Fazenda Pinga Fogo até segundo ele,  deixar a cidade por falta de oportunidade. Ele atuou como cineasta com a irmã, a ex Miss Núbia Santana e no Instituto Social Lumiar, em Brasília.

Chico negou o rótulo de que será candidato porque agregará economicamente à campanha. “Estou trazendo experiência de empresário para Ingazeira”. Também não viu problema em ser conhecido como “o irmão da Miss”. “Não tenho como desvincular meu nome de minha irmã, Núbia Santana, que tem trânsito em Brasília”.

Mário criticou a gestão Luciano, a quem acusou de baixa popularidade. “Luciano fez muitas promessas vazias. Faltam  ações voltadas ao homem do campo. Falta apoio aos jovens, cursos profissionalizante, investir no empreendedorismo. A gestão é inerte. Na saúde, faltam plantonistas, não há calendário cultural”, afirmou.

Ele disse que ano passado 2015 foram quase R$ 12 milhões para Ingazeira. Também negou que a popularidade de Luciano Torres esteja alta. “A popularidade está em baixa há muito tempo. Há grande rejeição. Disse também que o prefeito vive na Amupe ou fazenda, sem presença no município”. Também classificou a gestão de “nepotista”.

Por Nill Jr.

 

Sávio Torres Afirma: “Estou sendo vítima de divulgações falsas contra a minha candidatura na internet”

 

 

O ex-prefeito Sávio Torres enviou nota a esse blog noticiando que tem sido vítima da divulgaõo de uma lista falsa do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco em que seu nome consta como inelegível.
Imputa tal atitude a conduta inescrupulosa da oposição que tenta em vão passar para a população de Tuparetama a imagem de que ele não será candidato nas eleições de 2016.
 
O ex-prefeito esclarece que a atual lista ainda não foi publicada pelo TCE para as eleições de 2016, e que as informações que estão sendo veiculadas nas redes sociais se referem a eleiçães passadas.
Informa, ainda, que como é de conhecimento geral que uma pessoa não deixa de ser candidato apenas por que seu nome saiu numa lista do TCE, pois o que importa para a Justiça Eleitoral e se o julgamento tem ou não nota de improbidade.
 
Afirma que dos processos levianamente divulgados nenhum contém tais elementos que barrem a sua candidatura, pois a prestação de contas do exercício de 2008 foi aprovada pela Câmara através do Decreto Legislativo n 04/2011, o processo do Fundo Municipal de Saúde de 2008 tem liminar judicial suspendendo a decisão (Agravo n 425120-1), e o Fundo de Previdência é uma auditoria que não tem condenação de improbidade apenas multa.

Assim, lança desafio aos seus adversários políticos a provar algum elemento técnico consistente de que sua candidatura não será efetivada pela Justiça Eleitoral.

 

Cerveró vai deixar a prisão e deve devolver mais de R$ 18 mi aos cofres públicos

 

cervero-2-300x225

 

O ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, réu condenado em ações penais da Lava Jato, vai deixar a prisão nesta semana. Preso desde janeiro de 2015, Cerveró firmou acordo de delação premiada e deve passar a cumprir pena em prisão domiciliar a partir de sexta-feira (24).

Ele vai colocar uma tornozeleira eletrônica na quinta-feira (23) e, na sexta, será escoltado em voo comercial até o Rio de Janeiro. Na capital carioca, ele será recebido por uma equipe de policias federais que o levarão até Itaipava, no Rio de Janeiro, onde fica a casa em que vai cumprir a pena.

Ao assumir envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras, o ex-diretor se comprometeu a devolver aos cofres públicos cerca de R$ 18 milhões. A delação de Cerveró foi homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no final do ano passado, depois de descoberta uma tentativa de evitar que ele colaborasse com as investigações.

As negociações tiveram a participação do ex-senador Delcídio do Amaral (ex-PT-MS), que teve uma conversa gravada pelo filho de Nestor Cerveró, Bernardo Cerveró, no início de novembro do ano passado. Além de Delcídio, também estavam presentes na reunião, num quarto do hotel Royal Tulip, em Brasília, o então advogado do ex-diretor, Edson Ribeiro, e o chefe de gabinete do ex-senador, Diogo Ferreira.

Os três e o banqueiro André Esteves foram presos algumas semanas depois, em 25 de novembro. Depois das prisões, o escritório Beno Brandão Advogados Associados, de Curitiba, que já acompanhava Cerveró, assumiu a titularidade da defesa e fechou a delação premiada. Pelo acordo, Cerveró poderá ser condenado a uma pena máxima de 25 anos de reclusão. Os processos contra ele no âmbito da Lava Jato devem ser suspensos depois de atingido esse limite. Cerveró ficará três anos em prisão domiciliar, o primeiro ano e meio em regime fechado e o restante, em semiaberto, podendo sair durante o dia e sendo obrigado a retornar à noite.

 

Unidos, os Partidos  que fazem a frente de oposição politica de Carnaiba, composta pelos partidos PTB, PT do B, PSOL, PR, PTC, PV e PRP, aprovaram na noite desta terça feira 21, o nome de José Francisco Filho, o Didi da Felicidade(PTB), para voltar a disputar a Prefeitura de Carnaiba nas eleições que se aproxima.

A decisão aconteceu após uma consulta popular realizada pelos partidos incluindo ainda o PMDB, de Dr. Clóvis Lira, o PT com Anchieta Alves e o PSL de Elzir Ferreira, resultando como melhor opção o nome de Didi  para enfrentar o ex prefeito Anchieta Patriota.
 
A reunião aconteceu na casa de Diógenes Gomes, presidente Municipal do PV. Como pré candidato a vice prefeito, a chapa se completa com o nome do vereador Luiz Alberto da Silva (PTC), que deixou o grupo de Anchieta Patriota para aderir ao grupo de Didi e companhia.
 
Para disputar a prefeitura de Carnaiba, Didi conta com o apoio de dez partidos politicos contra CINCO que apoiam Anchieta Patriota, sendo o PROS, PSB, PSDB, PDT e PHS.
Didi ainda contará com o apoio do senador Armando Monteiro Neto e do Deputado Augusto Cérsar, ambos do PTB.
Por Cauê Rodrigues

 

 

 

imagem

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) voltou a ter o seu nome citado como um dos envolvidos no esquema de arrecadação de recursos irregulares para campanhas eleitorais. Desta vez, FBC aparece como um dos investigados pela Operação Turbulência, deflagrada pela Polícia Federal nesta terça-feira (21) e que apura, entre outros casos, a arrecadação ilícita de recursos para a campanha de reeleição de Eduardo Campos (PSB) ao governo de Pernambuco em 2010 e à Presidência da República em 2014. FBC é pai do atual ministro das Minas e Energia, Fernando Filho (PSB-PE).

“O que temos na nossa investigação, através dos dados cruzados com o STF (Supremo Tribunal Federal), é que Fernando Bezerra Coelho teria sido a pessoa encarregada de colher os valores do percentual devido para a campanha de Eduardo Campos”, afirmou a delegada Andrea Pinho em entrevista coletiva na Superintendência da Polícia Federal em Pernambuco.

O nome do senador já havia aparecido durante depoimento de delação premiada feito do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. Costa afirmou á Justiça que FBC teria recebido R$ 20 milhões que seriam destinados à campanha de reeleição de Campos em 2010. Na ocasião, FBC negou as acusações e afirmou que não trabalhou na coordenação da campanha que reelegeu Campos para o Palácio do Campo das Princesas. (Pernambuco 247

 

 

 

 

 

 
Uma corrida de táxi quase termina em trágedia no Piauí. Dois suspeitos, que fingiram ser clientes, abordaram o taxista Antônio Cláudio de Sousa- natural da cidade de Barras- que foi amarrado e colocado no porta-malas do veículo. Durante a fuga o veículo entrou em combustão e a vítima só não foi queimada viva porque conseguiu se desamarrar e fugir.
 
A vítima conta que foi contratada por Antônio Francisco Paiva da Cruz, 19 anos, para fazer uma corrida para Tiangua- CE, alegando ir à sua cidade natal pegar alguns documentos. Na volta para o Piauí, subiu no táxi o comparsa identificado como Nelson Raylandre da Cruz Cavalcante, também de 19 anos, natural de Sobral-CE.
 
“No meio do caminho, na altura da comunidade Alto Alegre, em Piracuruca, eles colocaram a faca no pescoço da vítima e disseram para ele não reagir porque só queriam o carro. Então, o amordaçaram, amarraram aos mãos e os pés do taxista e colocaram-no dentro do porta-malas do veículo”, acrescenta o delegado Jorge Terceiro, responsável pela delegacia regional e o 1º DP de Piripiri.
 
 
O taxista só conseguiu se desamarrar e pular do carro em movimento na cidade de Piripiri, na entrada da Rampa da Bananeira, BR-222. A Polícia Civil acrescenta que a vítima relatou que o táxi apresentava problemas mecânicos, que podem ter ocasionado o incêndio.
 
“Quando a vítima conseguiu fugir o carro já estava quase parando devido a esse problema. Em seguida, o carro incendiou, provavelmente, devido a essa falha. Porém será investigado se o incêndio foi intencional. O crime não pode ser caracterizado como sequestro, mas como roubo majorado, uma vez que eles mantiveram a vitima em cárcere mais que o tempo necessário para efetivar o roubo”, explica Terceiro. Segundo a Polícia Civil, a intenção era roubar o veículo para cometer crimes.
 
O delegado acrescenta que a dupla foi presa na rodoviária de Piripiri quando tentava embarcar para outra cidade. Um deles já prestou depoimento e o outro ainda será ouvido nesta terça-feira (21). Os dois ficarão temporariamente na cadeia pública da cidade, que está em condições precárias e onde já estão custodiados 10 presos.
 
A pena pelo crime de roubo majorado é de até 15 anos.

 

Assaltante é preso com mais de R$ 20 mil em Salgueiro, PE

 

 
Do G1 l Foto: Divulgação / Polícia Militar
 
Um homem de 27 anos foi preso, nesta segunda-feira (20), após realizar um assalto na cidade de Salgueiro (PE). De acordo com o 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM), ele é suspeito de ter roubado mais de R$ 20 mil de um homem próximo a um banco.
 
Ainda segundo a Polícia Militar, a vítima, que trabalha em uma distribuidora de bebidas, foi abordada por dois homens armados quando levava malotes de dinheiro para depositar em uma agência bancária da cidade.

 

A polícia foi acionada e conseguiu montar um cerco aos assaltantes. Mas, apenas um dos homens foi preso. Com ele foi encontrada a moto utilizada no assalto, a arma e a quantia de R$ 20.105 em espécie, que havia sido roubada. A PM está atrás do segundo envolvido.
 

Ator Edson Celulari é diagnosticado com câncer

 

 
Nesta segunda-feira (20), colunistas do jornal O Globo publicaram a informação de que o ator Edson Celulari, de 58 anos foi diagnosticado com um linfoma não-Hodgkin, um tipo de câncer que afeta o sistema de defesa do organismo.
 
O ator comentou sobre a descoberta e mostrou estar preparado para enfrentar a doença: “Reuni minhas forças, meus santos, um punhado de coragem… coloquei tudo numa sacola e estou indo cuidar de um linfoma não-Hodgkin. Foi um susto, mas estou bem e ao lado de pessoas amadas. A equipe médica é competente e experiente. Estou confiante e pensando positivo. Com determinação e fé, sairei deste tratamento ainda mais forte. Todo carinho será bem-vindo.”, afirmou.
 
Edson Celulari recebeu várias manifestações de carinho e apoio nas redes sociais: “Força Edson, estaremos contigo sempre em fortes orações”, disse uma seguidora. “Você é muito maior que tudo isso, estaremos todos orando por você”, falou outra.

 

MACHADO PROVARÁ ENCONTRO COM TEMER NA BASE AÉREA

 

imagem

O presidente interino, Michel Temer, nega ter se encontrado com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, na Base Aérea de Brasília, mas o delator da Lava Jato promete levar ao Ministério Público Federal uma série de provas da reunião. A informação é da jornalista Vera Magalhães, da coluna Radar Online.

Machado está prestes a descobrir e a informar a data exata do encontro, por exemplo, com base em informações da locadora do veículo. Ele também pode ter o testemunho do motorista que o levou até a Base Aérea em setembro de 2012 e disse que, se for necessário, pedirá à Justiça a quebra de sigilo telefônico para fins de localização.

Na ocasião, Machado diz que Temer pediu a ele ajuda para a campanha de Gabriel Chalita à Prefeitura de São Paulo daquele ano. O delator diz que o repasse ocorreu no valor de R$ 1,5 milhão e por meio da empreiteira Queiroz Galvão, que doou oficialmente para o diretório nacional do PMDB.

Na última semana, o presidente interino negou ter participado do encontro. Em nota, ele afirmou na quarta-feira 15 que mantinha “relacionamento apenas formal e sem nenhuma proximidade com Sérgio Machado”. O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, reforçou a defesa ao Planalto: “Não teve esse encontro

 

 

 

 

SÓCIO DE EDUARDO CAMPOS TERIA FEITO DELAÇÃO PREMIADA QUE DESENCADEOU OPERAÇÃO TURBULÊNCIA

 

Apontado como chefe do esquema que operava a “Lavagem” dos recursos que irrigaram campanhas do PSB e de partidos aliados, em Pernambuco e outros Estado, o ex-presidente da Copergás e sócio do ex-governador Eduardo Campos, Aldo Guedes, teria feito a delação premiada que possibilitou a prisão dos empresários e demais operadores do mesmo esquema João Carlos Lyra Pessoa de Melo Filho, Eduardo Freire Bezerra Leite (Ventola), Apolo Santana Vieira e Arthur Lapa Rosal, pela Operação Turbulência, que desbaratou a negociata que viabilizou a compra, por meio de “laranjas”, do jatinho utilizado na campanha presidencial de Eduardo Campos e Marina Silva.

 

Quatro pessoas foram detidas. Dois helicópteros, um avião e quatro carros de luxo foram apreendidos
 
Informações foram repassadas pela Polícia Federal no Recife
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
JC Online
Com informações da repórter Marcela Balbino
O avião que transportava o ex-governador Eduardo Campos durante a campanha presidencial de 2014 foi comprado por empresas fantasmas. Eduardo morreu em acidente aéreo em Santos no dia 13 de agosto de 2014. A informação foi repassada pela Polícia Federal nesta terça-feira, que investiga as movimentações financeiras feitas a partir da aquisição da aeronave Cessna Citation PR-AFA. Quatro pessoas foram detidas. Dois helicópteros, um avião e quatro carros de luxo foram apreendidos.

 

 
A PF constatou que essas empresas eram de fachada, constituídas em nome de ‘laranjas’, e que realizavam diversas transações entre si e com outras empresas fantasmas, inclusive com algumas empresas investigadas no bojo da Operação Lava Jato. As empresas atuavam em um regime de mescla, quando combinavam atividades lícitas e ilícitas.
 
Os empresários Apolo Santana Vieira (dono da empresa Bandeirantes Companhia Pneus), Arthur Roberto Lapa Rosal, João Carlos Lyra Pessoa de Melo Filho (filho do ex-deputado socialista Luiz Piauhylino) e Eduardo Freire Bezerra Leite foram alvos de mandados de prisão preventiva.
 
Os dois primeiros foram detidos no Recife, Apolo Santana estava malhando em uma academia no momento da prisão. Os outros dois foram localizados quando desembarcavam em São Paulo e estão sendo trazidos de volta para o Recife. O quinto mandado de prisão foi expedido para Paulo César de Barros Morato, que está foragido.
 
Há suspeita de que parte dos recursos que transitaram nas contas examinadas serviam para pagamento de propina a políticos e formação de ‘caixa dois’ de empreiteiras. O esquema criminoso teria movimentado R$ 600 milhões desde 2010. 
 
Segundo a delegada regional de combate ao crime organizado da PF, Andréa Pinho, a investigação identificou que houve movimentações volumosas de recursos desde 2010 e o volume se intensificou em 2014, desacelerando após a queda do avião.
 
“As empresas de fachada não se limitaram a compra da aeronave. O esquema era muito maior. Primeiro, porque elas faziam muitas transações entre si, o que já é bastante suspeito. Segundo, porque uma empresa de pescado, em nome de um pescador, ter adquirido um avião é suspeito. Em terceiro lugar, empresas de pequeno porte e empresas pequenas adquirido aviões com valores milionários também é suspeito”, afirmou a delegada. “Nós também detectamos que as empresas inicialmente tinham movimentações bastante volumosas desde 2010, tendo se intensificado bastante no ano de 2014 e, coincidentemente ou não, depois da queda da aeronave, houve um declínio na movimentação das empresas, embora não tenha se esgotado por aí. Na verdade, foram abertas novas empresas de fachada para serem usadas pela organização criminosa”, acrescentou. 
ACIDENTE – O ex-governador e candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB) morreu no dia 13 de agosto de 2014, após a aeronave onde ele estava, um Cessna 560 XL, cair em Santos, litoral de São Paulo. Os dois pilotos Geraldo da Cunha e Marcos Martins, Pedro Valadares Neto (assessor), Carlos Augusto Leal Filho, conhecido como Percol (assessor de imprensa), Marcelo Lyra (cinegrafista) e Alexandre Severo (ex-fotográfo deste JC) também morreram no acidente. Por coincidência, Eduardo faleceu no mesmo dia do avô, o ex-governador Miguel Arraes, morto em 2005.

 

 
Operação Turbulência: Quatro presos por lavagem de dinheiro ligada a avião de Eduardo Campos
 
 
A ação da PF ocorre no Recife e em Goiás e quatro pessoas já foram presas, sendo duas em São Paulo: João Carlos Lyra e Eduardo Freire – eles devem chegar ao Recife entre 9h e 10h em um voo comercial. Também tiveram a prisão preventiva decretada Apolo Santana Vieira, Arthur Roberto Lapa Rosal e Paulo César de Barros Morato.
 
 
A PF constatou que empresas de fachada, constituídas em nome de “laranjas”, realizavam diversas transações com outras empresas fantasmas, inclusive com algumas investigadas no bojo da Operação Lava Jato. Há suspeita de que parte dos recursos que transitaram nas contas examinadas serviam para pagamento de propina a políticos e formação de “caixa dois” de empreiteiras.
 
O esquema criminoso estava ativo desde o ano de 2010. Cerca de 200 policiais federais dão cumprimento a 60 mandados judiciais, sendo 33 de busca e apreensão, 22 de condução coercitiva e os cinco de prisão preventiva. Também estão sendo cumpridos mandados de indisponibilidade de contas e sequestro de embarcações, aeronaves e helicópteros dos principais membros da organização criminosa. (Via: Folha PE)

 

 Âncora
Uma carreta saiu da pista e capotou na rodovia BR-232, no quilômetro 359, próximo a Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, nesta segunda-feira (20).
O acidente vitimou o motorista Alderico Fernandes de Souza, 40 anos, natural de Salgueiro que conduzia uma carreta de cerveja da empresa Itaipava.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu às 4h da manhã, quando  o motorista cochilou ao volante próximo ao Sítio dos Nunes, em Flores. A vítima ainda foi socorrida para o Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães (Hospam), mas não resistiu aos ferimentos.
Segundo a PRF, a carga transportada vinha de Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife, e seguia em direção ao município de Petrolina, no Sertão.
 
 

Empresário morre em acidente na BR-232, próximo à Salgueiro

 
 
Empresário morre em acidente na BR-232, próximo à Salgueiro
 
Um empresário de 71 anos morreu, nesta segunda-feira (20), em um acidente de trânsito, na BR-232, próximo ao município de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. O homem morreu na hora.
 
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima seguia de Verdejante com destino a Salgueiro quando perdeu o controle do veículo. O carro saiu da pista e capotou.
 
A PRF afirmou que a vítima trabalhava no ramo de postos de combustíveis e com concessionárias de veículos no Sertão Central.
 
Do G1 Petrolina
 

 

 

Elementos furtam fábrica de salgados em Afogados

 
A Guarnição ordinária foi acionada pela Central de Operações do 23º BPM para averiguar uma ocorrência de furto. Chegando ao bairro Brotas, a vítima relatou que o local é utilizado para fabricação de “salgados”, e que ao chegar, encontrou o portão da murada com o ferrolho quebrado, bem como observou a grade da porta interna também danificada; informou ainda que haviam subtraído do interior da residência 03 (três) botijões de gás, e 01 (um) aparelho de DVD marca Sony. A ocorrência foi passada à delegacia de polícia local para serem tomadas as providências legais cabíveis
 

 

MOTOTAXISTA MORRE APÓS CAIR EM RIBANCEIRA NA PE 275 EM SÃO JOSÉ DO EGITO

Na madrugada de ontem, a  GT Ordinária de São José do Egito, foi informado pela central da 3ª COM, de um possível acidente na Rodovia Estadual PE 275, entre São José do Egito e Tuparetama. Chegando ao local, localizaram a vítima M.G.S., Mototaxista, de 28 anos, já sem vida. Testemunhas informaram que a vítima conduzia a motocicleta Honda/XRE 300, preta, ano 2011, de placa LPT 8245 RJ, chassi 9E2ND0910BR009040, e provavelmente perdeu o controle numa curva, saindo da pista de rolamento, e caindo na ribanceira, ocasionando várias lesões, onde a vítima não resistiu aos ferimentos, chegando a óbito no local. Foi encontrado com a vítima a quantia de R$1.120,00 (mil duzentos e vinte reais), e um celular Motorola/Moto G, que foram entregues na DP local. A polícia Civil esteve no local e realizou todos os procedimentos, logo após, o corpo foi encaminhado ao hospital local. A ocorrência foi passada à disposição da DP local para serem tomadas as medidas cabíveis

 

Acidente de trânsito no centro de Afogados

A Patrulha do Bairro se deparou com um acidente de trânsito envolvendo dois homens no centro da cidade, onde na ocasião, um deles conduzia uma motocicleta Honda CG 125 Fan, o qual colidiu com o veículo Fiat Strada, conduzido pelo segundo envolvido, causando apenas danos materiais. No entanto, o condutor da motocicleta informou não possuir CNH, bem como apresentava visíveis sinais de embriaguez alcoólica, fato este comprovado pelo teste do “bafômetro”, obtendo como resultado 1.18 mg/l. O outro envolvido também se submeteu ao teste, obtendo 0.00 mg/l. Diante do exposto, a ocorrência foi registrada na delegacia local, onde foi confeccionado o auto de prisão em flagrante contra o imputado. Posteriormente a motocicleta utilizada pelo mesmo foi recolhida a 24ª CIRETRAN por estar em situação irregular.

Os mandados judiciais estão sendo cumpridos em bairros do Recife e outras cidades pernambucanas

 

 

Cerca de 200 policiais federais dão cumprimento a 60 mandados judiciais. Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira a Operação Turbulência contra um grupo especializado em lavagem de dinheiro, em Pernambuco e Goiás, que teria movimentado mais de R$ 600 milhões desde 2010.

 
A investigação começou, segundo a PF, a partir da análise de movimentações financeiras suspeitas detectadas nas contas de algumas empresas envolvidas na aquisição da aeronave Cessna Citation PR-AFA. Esse avião transportava o ex-governador de Pernambuco e então candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, em seu acidente fatal, ocorrido em agosto de 2014.
 
A PF constatou que essas empresas eram de fachada, constituídas em nome de “laranjas”, e que realizavam diversas transações entre si e com outras empresas fantasmas, inclusive com algumas empresas investigadas no bojo da Operação Lava Jato.
 
Há suspeita de que parte dos recursos que transitaram nas contas examinadas serviam para pagamento de propina a políticos e formação de “caixa dois” de empreiteiras. O esquema criminoso sob apuração encontrava-se ativo, no mínimo, desde o ano de 2010.
 
Cerca de 200 policiais federais dão cumprimento a 60 mandados judiciais, sendo 33 de busca e apreensão, 22 de condução coercitiva e cinco de prisão preventiva. Também estão sendo cumpridos mandados de indisponibilidade de contas e sequestro de embarcações, aeronaves e helicópteros dos principais membros da organização criminosa.
 
Os mandados judiciais estão sendo cumpridos nos bairros de Boa Viagem, Cordeiro, Espinheiro, Alto Santa Terezinha, Ibura, Várzea, Imbiribeira e Pina e no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife e em outras cidades pernambucanas Jaboatão dos Guararapes (Piedade, Barra de Jangada, Muribeca e Prazeres), Paulista (Pau Amarelo), Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão, Moreno e Lagoa de Itaenga, além de Goiânia e Aparecida de Goiânia, em Goiás.
 
Já foram presos os empresários João Carlos Lyra Pessoa de Melo Filho, Eduardo Freire Bezerra Leite e Apolo Santana Vieira, apontados como donos do avião, além de Arthur Roberto Lapa Rosal. Há ainda um quinto mandado de prisão expedido, mas o nome do suspeito não foi divulgado. 
 
Os presos e os conduzidos de forma coercitiva serão levados para a sede da Polícia Federal no Recife. Os envolvidos responderão, na medida de seu grau de participação no esquema criminoso, nos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.
 

 

 

O Governo do Estado, através da Secretaria de Defesa Social e da Secretaria de Administração, convoca 3.500 candidatos aprovados na primeira etapa do concurso para soldado da Policia Militar realizado em 2016. A lista está publicada blogmarcosmontinely. no sitewww.upenet.com.br.
 
A relação determinará quem irá continuar na segunda fase do certame e participará do teste físico para o provimento de 1,5 mil vagas para o cargo.
 
A prova ocorreu no dia 29 de maio de 2016 e foi marcada por uma série de polêmicas. A falta de organização prejudicou o andamento do certame. O Ministério Público recebeu as denúncias formais feitas por alguns candidatos e as analisa. Outro grupo de concurseiros não quer a anulação da prova.
 
Confira lista: CLIQUE AQUI

 

imagem

No romance “The Strange case of Dr. Jekyll and Mr Hyde”, publicado em 1886 e popularizado nos países de língua portuguesa como “O Médico e o Monstro”, o escritor Robert Louis Stevenson narra a história de um médico, Dr. Jekyll, que, após beber uma fórmula secreta, tem seu lado demoníaco revelado.

Neste fim de semana, a revista Época, dos irmãos Marinho, da Globo, compara o interino Michel Temer a Dr. Jekyll. Ele teria feito boas escolhas na economia, com nomes como Henrique Meirelles, na Fazenda, e Ilan Goldfajn, no Banco Central, mas o restante de sua administração provisória seria digna de um filme de terror.

“Abalroado pelas revelações de Sérgio Machado, o presidente interino Michel Temer não consegue se desvencilhar da Operação Lava Jato e fazer seu governo decolar”, diz a reportagem de Ana Clara Costa.

Na semana passada, Temer perdeu seu terceiro ministro, Henrique Eduardo Alves, e foi acusado por Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, de pedir uma propina de R$ 1,5 milhão para a campanha de Gabriel Chalita em São Paulo, no ano de 2012.

A capa de Época deste fim de semana chega até a deformar os traços físicos de Temer para que ele, na imagem, se transforme numa figura monstruosa.

 

:

 Em depoimento à PF, o executivo Vinicius Veiga Borin, um dos apontados como operadores de offshores do chamado “departamento de propina” da Odebrecht, disse que a empresa controlou 42 contas fora do país sendo que a maioria foi criada após a aquisição da filial de um banco, o Meinl Bank Antigua, no fim de 2010.

Ele cita transferências “suspeitas” que somam ao menos US$ 132 milhões, segundo reportagem do Estado,  afirma que o marqueteiro João Santana recebeu US$ 16,6 milhões pela offshore Shellbill Finance.

A delação que está sendo negociada pela empreiteira de Marcelo Odebrecht com os procuradores envolve os nomes de 175 deputados federais e senadores. Conforme o 247 já havia noticiado, também devem ser envolvidos o presidente interino Michel Temer e 13 governadores.

 

Bancários do BB hostilizam “Paulinho da Farsa Sindical”

:

 

Um dos maiores aliados de Eduardo Cunha, o deputado Paulinho da Força (SDD-SP) foi alvo de um protesto organizado por mais de 50 bancários do Banco do Brasil em um voo que seguia de São Paulo para Brasília; um deles começou a discursar que entre os passageiros estava “Paulinho da Farsa Sindical”; e emendou: “Golpistas, fascistas, não passarão”; o deputado Beto Mansur (PRB-SP) que ameaçou defender o colega, também foi hostilizado; os dois ainda foram seguidos pelo saguão do aeroporto aos gritos 

 

 

temermachado

Um levantamento da Folha mostra que as doações eleitorais das empreiteiras Queiroz Galvão, Camargo Corrêa e Galvão Engenharia, nos anos de 2010, 2012 e 2014, coincidem com os relatos de Sérgio Machado.

“Ao menos 14 dos 25 citados receberam doações que sustentam a fala de Machado de que parte dos recursos ilícitos chegou a políticos por meio de doações oficiais.”

Considerando que Machado já pensava em delação em dezembro de 2015, é razoável supor que tenha feito uma consulta prévia às prestações de contas disponíveis no site do TSE.

 

Inclusive a parte que cita a delação fruto da conversa de Michel Temer com Machado. Temer negou o encontro e qualquer pedido de campanha para Gabriel Chalita. Mas os dados do TSE indicam que a primeira doação foi de exatamente R$ 1,5 milhão – valor citado pelo delator como pedido por Temer – em 28 de setembro de 2012, mais doações de R$ 1 milhão e R$ 500 mil, respectivamente

 

Vereadores do Recife têm direito a R$ 3 mil para gastos com alimentação

 

 

 

O que você faria se tivesse à disposição, todos os meses, R$ 3 mil para gastos com alimentação, além do salário? A cifra é uma realidade para os vereadores do Recife desde o ano de 2006. Enquanto a maior parte dos recifenses, assim como os demais brasileiros, precisa readequar seu orçamento para garantir a feira do mês, os legisladores da capital pernambucana desfrutam de uma situação privilegiada, se consideramos a delicada situação da economia nacional.

Por mês, cada um dos 39 vereadores recifenses tem direito a exatos R$ 3.095,86, valor que não é descontado do contracheque de R$ 15 mil (valor bruto) que cada um recebe – por mês, o benefício custa à Câmara R$ 120,7 mil e, por ano, R$ 1,4 milhão. Com essa quantia, os parlamentares podem destinar o que acharem adequado entre as duas modalidades disponíveis: refeição, para uso do legislador em restaurantes, e alimentação, na qual são contabilizados gastos em supermercado para uso exclusivo no gabinete. Vale salientar que cada gabinete pode ter, no máximo, 23 assessores.

É aí onde está o principal problema. Os gastos com alimentação para os gabinetes incluem comidas não preparadas, como açúcar, água, bolacha, café, entre outros. Naturalmente, além de atender a equipe de cada vereador, os alimentos também são destinados aos cidadãos que visitam as salas. No entanto, os vereadores que recebem o benefício não precisam prestar contas dos gastos realizados.

IMG-20160618-WA0044

Em Tabira o PRB mantém o projeto de disputar a Prefeitura Municipal com a candidatura de Edgley Freitas. Ontem, como o blog anunciou, foi  iniciada pelo Bairro das Missões o projeto das Reuniões Plenárias para ouvir os pleitos da população em busca de uma Tabira melhor, como disse o próprio Freitas.

O encontro da primeira  noite aconteceu na Praça da Comunidade.  “O povo participou, deu ideias para nosso projeto. Graças a Deus foi um sucesso”, disse Edgley ao blog. Segundo ele, ficou claro que há uma revolta com a classe política e com alguns nomes que não fizeram nada pra valer por Tabira.

“Foram várias sugestões nas áreas de educação, saúde, cultura, esporte, obras, segurança, meio ambiente, geração de renda. Cerca de 80 pessoas participaram.  Queria ver os políticos atuais numa plenária dessa. Não iriam sair vivos”, brincou. “Falamos muito pouco, só mais escutando os anseios da população”, concluiu.

O PRB mantém as conversações com outros partidos para fortalecer a aliança para a sucessão 2016. O nome do vice de Edgley será tirado dos partidos que se aliarem ao PRB. O slogam da campanha de Edgley já foi escolhido: “A mudança começa agora”.

 

 PGR denuncia Henrique Eduardo Alves ao Supremo por conta na Suíça mais um golpista

 

16075162

G1

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou ao Supremo Tribunal Federal o ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) por crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas em razão de conta atribuída a ele na Suíça.

Alves pediu demissão do cargo na última quinta (16), um dia depois da divulgação de que havia sido citado por recebimento de propina na delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.

Em nota oficial divulgada na noite de sexta (17), após informações de que ele teria deixado o cargo em razão da existência de contas no exterior, Henrique Alves negou ligação com recursos e disse que não foi citado para prestar esclarecimentos, mas que está a disposição da Justiça.

Em reportagem publicada neste sábado (18), o jornal “O Estado de S.Paulo” informou que a Suíça localizou conta de Alves e que os valores foram bloqueados naquele país. A TV Globo apurou que os dados foram recebidos pelas autoridades brasileiras e originaram a denúncia.

A investigação, iniciada na Suíça e transferida para o Brasil, identificou uma conta ligada a Alves com saldo de 800 mil francos suíços – cerca de R$ 2,8 milhões.

A transferência da investigação foi realizada para autoridades brasileiras nos mesmos moldes como ocorreu com o presidente afastado da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDb-, após a Suíça identificar contas ligadas ao deputado, à mulher dele e uma das filhas.

Como Henrique Alves não pode ser extraditado para a Suíça para responder a processo porque é brasileiro nato, a transferência do caso para o Brasil assegura a continuidade da investigação.

Ele já era alvo de dois pedidos de abertura de inquérito no Supremo. Um deles pede a inclusão do nome dele no principal inquérito da Lava Jato, o que apura se existiu uma organização criminosa para fraudar a Petrobras.

O outro pedido é baseado em mensagens apreendidas no celular do ex-presidente da OAS José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro, nas quais o empreiteiro trata com Eduardo Cunha de doações a Henrique Alves – a suspeita é de que Alves tenha recebido dinheiro desviado da estatal em forma de doação oficial para campanha.

A denúncia feita pela Procuradoria Geral da República teria ocorrido em um procedimento já instaurado, que apurava outros fatos, que não a existência das contas na Suíça. No entanto, os elementos que chegaram foram suficientes para embasar uma acusação formal contra o ex-ministro pos crimes tributários e lavagem.

Como Henrique Alves deixou o governo e perdeu o foro privilegiado, terá que ser analisado agora se o caso continuará no Supremo ou se será enviado à primeira instância.

 

Blog do Tião Lucena

Nesses tempos de corrupção impregnada no meio político nacional, causa espanto o que foi decidido pelos vereadores do município de Água Branca, no Sertão da Paraíba. Em sessão ordinária do último dia 17, foi aprovado pelo plenário que os vereadores ganharão o salário mínimo e o presidente da Câmara, por conta da representação do cargo, terá subsídios de dois salários mínimos, e ainda terão descontados desse salário, 10% por faltas não justificadas, o Projeto de Resolução aprovado passa a vigorar no quadriênio 2017/2020.

Governada por um prefeito que faz da gestão um exemplo de dignidade, probidade e capacidade, Água Branca agora dá exemplo ao Brasil, um exemplo que, dificilmente será seguido ou copiado pelos espertalhões que fazem da política um meio de ficarem mais afortunados.

Tomara que essa medida não seja motivada pela proximidade da eleição.

 

http://3.bp.blogspot.com/-j9VNFooTVpg/VmYr7h8oyBI/AAAAAAAABNA/DSP2zVz0enQ/s1600/Dep%2BZeca%2BCavalcanti.jpg

A Comissão de Seguridade Social da Câmara dos Deputados aprovou substitutivo do deputado Zeca Cavalcanti (PTB-PE) propondo penas mais rígidas para crime de agressão contra pessoa idosa. O texto altera diversos artigos do Estatuto do Idoso (Lei 10.741/03). Além de vedar a aplicação de penas alternativas para quem agride idoso, o substitutivo do deputado Pernambuco permite ao juiz determinar:

a) A suspensão de empréstimo feito pelo idoso para garantir sua subsistência;

b) O encaminhamento do agressor para tratamento médico, psicológico ou psiquiátrico;

c) O fim da curatela, se o agressor for o “cuidador”. A Lei Maria da Penha (11.340/06) deverá ser aplicada subsidiariamente em crimes contra a idosa.

O texto aprovado substitui o projeto original de autoria ex-deputado Henrique Oliveira e mais duas outras duas propostas apensadas à anterior. O texto original impedia o abrandamento de pena nos casos de os crimes contra idosos terem sido julgados em juizados especiais. Outra proposta apensada, que tornava obrigatória a criação de varas judiciais exclusivas para idosos, já previstas no Estatuto do Idoso, foi rejeitada.

Para Zeca Cavalcanti, vedar completamente a possibilidade de conciliação entre as partes “está em descompasso com a política criminal contemporânea”.

“Seria desproporcional, por exemplo, inadmitir transação penal para um motorista de ônibus, réu primário e com bons antecedentes, que lesionou culposamente um ancião ao frear bruscamente o veículo”, afirmou.

Assim, o substitutivo proíbe a transação penal, mas apenas em crimes contra o idoso com pena superior a dois anos, julgados em juizados especiais. Cavalcanti ressaltou que a transação penal e a suspensão condicional do processo, quando bem usados, ajudam na solução rápida e consensual de uma questão que pode ser absolutamente isolada no histórico do infrator. A proposta do petebista prevê também o aumento da pena máxima de um para dois anos de detenção para quem expõe o idoso a perigo de saúde e integridade.

Em caso de lesão corporal grave, a pena mínima de reclusão sobe de um para dois anos. O texto prevê ainda a criação de estrutura especializada para atender os idosos, como serviço de assistência judiciária e equipe de atendimento multidisciplinar para atuar junto às varas especializadas para idosos. A União, os estados e os municípios poderão criar centros de atendimento integral e multidisciplinar, casas abrigos, delegacias, núcleos de defensoria pública, serviços de saúde e centros de perícia médico-legal especializados no atendimento à pessoa idosa em situação de violência.

 

 

IMG_2563

Em visita a quatro municípios do Sertão pernambucano neste final de semana, o senador Armando Monteiro (PTB) ressaltou o papel de destaque que o partido visa obter nas eleições de outubro.

O petebista se reuniu com aliados e lideranças em Serra Talhada, no sábado, e em Betânia, Santa Cruz da Baixa Verde e Custódia, neste domingo.

“Essa campanha será feita com os recursos que a lei permite que sejam utilizados. Nós temos recursos modestos do fundo partidário e algumas contribuições de pessoas físicas que nós seguramente iremos mobilizar. Mas eu diria que contamos, sobretudo com o entusiasmo, com a motivação política dos nossos companheiros, porque eleição se ganha primeiro com uma causa justa para defender, quando a gente tem de um compromisso com a comunidade e deseja servir e atender às expectativas da população”, afirmou o senador.

A agenda do senador começou no sábado, em Serra Talhada, onde Armando conversou com o grupo de Nega Magalhães, pré-candidato pelo PTB à prefeitura do município. Neste domingo, o primeiro compromisso foi com Mário da Caixa (PTB), também postulante ao Executivo municipal.

Em seguida, Armando esteve com os prefeitos de Santa Cruz da Baixa Verde, Tássio Bezerra (PTB), e de Custódia, Luiz Carlos Gaudêncio (PT) – ambos candidatos à reeleição. A agenda foi acompanhada pelo deputado federal Silvio Costa (PTdoB) e pelo deputado estadual Augusto César (PTB).

“Essas agendas foram de grande significado. O PTB possui hoje 70 pré-candidaturas a prefeito em todo o Estado. São pessoas que indiscutivelmente dispõem de credenciais para se apresentarem aos seus conterrâneos e se tornarem legítimos representantes no Executivo municipal. De nossa parte, eles terão toda a nossa solidariedade nessa caminhada. Estaremos juntos para construirmos grandes vitórias em outubro em todo o Estado”, comemorou Armando Monteiro Neto.

“Tenho muito orgulho de ter raízes sertanejas. Meu avô Agamenon Magalhães saiu dessa terra e percorreu todas as posições de destaque na vida pública brasileira. Governou Pernambuco, foi ministro do Trabalho e da Justiça, e deu exemplos de que é possível fazer a vida pública com dignidade, compromisso, honradez e bravura, que é a marca do povo sertanejo. A partir dessas raízes que a eleição tem um significado muito grande para nós. Por isso, estamos nos somando com essa frente política que se desenha nesta região. Vamos estar juntos na campanha e queremos estar, sobretudo juntos para que possamos realizar grandes obras à frente das prefeituras”, concluiu o senador.

 

Governo fará supercruzamento de dados de programa sociais para eliminar acúmulo de benefícios

http://calendariobolsafamilia2016.com/wp-content/uploads/2015/09/13.jpg

Com uma conta de R$ 550 bilhões por ano para pagar em benefícios sociais, o governo fará uma varredura completa para encontrar pessoas que acumulam benefícios ou que não deveriam ser contempladas pelas regras dos programas. O supercruzamento de dados foi determinação do Ministério do Planejamento, disse o ministro interino da Pasta, Dyogo Oliveira.

Todos os ministérios responsáveis por cada uma das ações terão que abrir suas bases de dados para os demais órgãos, excetuando informações protegidas por sigilo fiscal. A medida vai possibilitar, por exemplo, descobrir quem recebe Bolsa Família mas também embolsa o abono salarial ou um beneficiário do seguro-defeso (benefício pago a pescadores artesanais no período da piracema) que também é um microempreendedor individual.

“Se economizarmos 1%, já é muito. Com R$ 5,5 bilhões, já conseguimos pagar quase um programa inteiro”, disse Dyogo. “Com certeza, teremos impacto já este ano, mas é difícil estimar o tamanho das fraudes em cada um dos programas”, afirmou.

Essa é uma das primeiras ações do Comitê de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas Federais (CMAP), instituído pelo governo federal em abril deste ano, ainda com a presidente afastada Dilma Rousseff. Com caráter interministerial, o comitê, que deve se reunir novamente nesta segunda-feira (20), faz a avaliação da eficácia do impacto das políticas e de programas selecionados. Também propõe alternativas de ajustes nos desenhos.

Farmácia Popular, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), subsídios agrícolas e construção de creches também estão passando por supervisão, além das vitrines do governo petista, como Minha Casa Minha Vida e Bolsa Família.

Com queda da arrecadação e sem dinheiro no caixa, não restou outra alternativa à área econômica de Dilma a não ser reavaliar os programas sociais para reduzir o volume de subsídios, além de colocar mais “critérios” para ter acesso aos benefícios. O movimento, no entanto, sofreu forte resistência do PT e não avançou como se esperava para garantir uma melhoria do resultado fiscal.

O governo de Dilma foi responsável por cortar recursos para o programa educacional Ciência Sem Fronteiras, mexer nas regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que banca empréstimos para estudantes do ensino superior em instituições de ensino privadas, e diminuir dinheiro para o Pronatec de qualificação profissional dos trabalhadores.

 

 

 

A Ponte da Morte, localizada na saída na PE-177, saída da cidade de Canhotinho sentido Angelim, foi mais uma vez palco para uma tragédia. O trecho ganhou esse fúnebre nome por conta da alta incidência de acidentes com vitimas fatais no local. 
 
Uma triste estatística que só cresce, fruto tanto do excesso de velocidade por parte de alguns condutores, como da falta de uma melhor sinalização sobretudo de colocação de lombadas que forcem os motoristas a reduzirem a velocidade antes de contornarem a sinuosa curva. 
 
Por volta das 06:00 deste domingo dia (19), um veículo modelo Ford Fiesta de cor preta, placas de São José do Egito, no sertão de Pernambuco, perdeu o controle da direção, passou reto na curva que dá acesso à ponte e caiu de uma altura de seis metros. Populares observam o trabalho da polícia e Bombeiros na remoção dos corpos.
 
Ainda de acordo com informações, seis pessoas viajavam no veículo e todas faleceram no local. Das seis vítimas fatais, duas mulheres e quatro homens, todos da mesma família. 
 
As vitimas residiam no Povoado Quatro Bocas, na zona rural de Angelim, as vítimas foram identificadas como sendo:
 
1. ADELSON FRANCISCO OLIVEIRA, de 44 anos,
2. IRENILDA OLIVEIRA, de 40 anos,
3. LEIGILA OLIEVIRA, de 15 anos, (pai, mãe e filha),
4. ALEX DA SILVA OLIVEIRA, de 17 anos,
5. ANDERSON HENRIQUE MADEIRA, de 20 anos,
6. JOSENILDO BERNARDO DE SOUZA, de 41 anos. 
 
O Blog apurou que a placa do carro era de São Jose do Egito, segundo relatos, seriam 3 VITIMAS de Brejinho e as outras vítimas  do povoado Quatro Bocas, município de Angelim.
 
No grave acidente de trânsito registrado por volta das 06h00 de hoje (19.06.16) na PE 177, na ponte de Canhotinho, a conhecida “Ponte da Morte”.
Envolvendo um Fiesta de cor preta, de placa MOF 6953-São José do Egito-PE, deixou um saldo de 06 vitimas fatais, sendo 04 homens e 02 mulheres, todos da mesma família, as vitimas residiam no Povoado Quatro Bocas, Zona Rural de Angelim, as vitimas foram identificadas como sendo:
 
1. ADELSON FRANCISCO OLIVEIRA, 44 anos,
2. IRENILDA OLIVEIRA, 40 anos,
3. LEIGILA OLIEVIRA, 15 anos, (pai, mãe e filha),
A família era de Brejinho-PE.
Josenildo Bernardo era de Brejinho.

WJREFINARIA50 - PE - 10/12/2014 - (((EMBARGADO E EXCLUSIVO))) ABREU E LIMA/OPERAÇÃO ESPECIAL DOMINICAL PARA ECONOMIA OE – Especial sobre a Refinaria Abreu e Lima (FOTO), a principal obra investigada pela Operação Lava Jato e que coleciona denúncias de superfaturamento, erros de projeto e trapalhadas na execução. A refinaria fica em Suape, na região metropolitana de Recife (PE), e é a primeira construída no País em 30 anos. Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Refinaria Abreu e Lima (FOTO), a principal obra investigada pela Operação Lava Jato e que coleciona denúncias de superfaturamento. A refinaria fica em Suape, na região metropolitana de Recife (PE), e é a primeira construída no País em 30 anos. Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Segundo Pedro Patente, novo presidente da Petrobras, a refinara Abrel e Lima, localizada no porto do Suape, região metropolitana de Recife (PE), saiu de um orçamento de R$ 2 bilhões para cerca de 18 bilhões. Uma variação de mais de 30% no custo de qualquer empreendimento já é motivo de avaliação criteriosa.

No caso de Abreu e Lima que já custou nove vezes mais que o previsto é motivo de uma investigação profunda.

O indício de desvios, (grandes desvios), na refinaria Abreu e Lima pode fazer muitos dos envolvidos deixarem Pernambuco para morar no presídio em Curitiba.

 

Araripina:Tico de Roberto deixa Alexandre Arraes e declara apoio ao médico Aluízio Coelho

 
Depois do grande suspense sobre qual decisão tomaria o vereador Tico de Roberto (PRB), que acabou gerando uma grande polêmica dentro do grupo do prefeito Alexandre Arraes (PSB) e do grupo de Aluízio Coelho (PP), Tico resolveu se decidir e declarou apoio à pré-candidatura a prefeito do médico Aluízio Coelho (PP) numa entrevista na manhã de hoje (17), contrariando o prefeito Alexandre Arraes, que vai apoiar Tião do Gesso (SD) para prefeito. 
 
A repercussão da ida de Tico de Roberto (PRB) para Aluízio Coelho (PP), não foi vista com bons olhos por aqueles que estavam desde o começo acompanhando o médico, a exemplo do pré-candidato a vereador Idelfonso do Mel, que desde que Aluízio se propôs como pré-candidato a deputado em 2014, ele estava lá ao seu lado, acreditando na proposta do “Novo” que  Aluízio tanto prega nos quatro cantos de Araripina, mas pelo visto o pré-candidato a prefeito Aluízio Coelho está deixando de lado o seu slogan de “o novo vem aí”, o que podemos chamar de “o novo misturado com os velhos políticos e com boa parte da massa que até então estavam com Alexandre”, que só tomam certas decisões no intuito de dar continuidade aos seus projetos pessoais. 
 
Será que esse é o novo em Araripina? 

Após ter bens bloqueados, Cunha é multado pela Receita Federal

 

 

Cunha3O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi multado em cerca de R$ 100 mil pela Receita Federal, por inconsistências em sua declaração de rendimentos do ano de 2010.

No dia 6 de junho, o peemedebista já tinha sido multado em R$ 1 milhão pelo Banco Central por ter omitido a existência de contas secretas no exterior.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a multa aplicada pela Receita resultou de um auto de infração aberto em dezembro do ano passado: os auditores do órgão apontaram que houve gastos de Cunha que não estavam cobertos pelos seus rendimentos declarados em 2010. A defesa do peemedebista já entrou com recurso e o processo foi enviado ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.

Essa foi a primeira derrota sofrida por Cunha na Receita Federal, que já havia quebrado seus sigilos por determinação do Supremo Tribunal Federal e enviado os dados à Operação Lava Jato.

Mas as multas aplicadas pela Receita e pelo Banco Central não foram os únicos revezes financeiros que Cunha sofreu neste mês. No dia 14, a Justiça Federal do Paraná decretou a indisponibilidade dos bens de Cunha e de sua mulher, a jornalista Cláudia Cordeiro Cruz. A decisão também quebrou o sigilo fiscal de Cunha desde o ano de 2007 e bloqueou os bens de empresas ligadas ao casal, como a C3 Produções Artísticas e Jornalística Ltda e C3 Atividades de Internet Ltda.

A ação que deu origem ao bloqueio dos bens de Cunha investiga a compra de direitos de exploração de poços de petróleo no Benin, em 2011, pela Petrobras. Segundo o Ministério Público Federal, o deputado recebeu US$ 1,5 milhão para que o negócio fosse concretizado.

Por meio de nota, o deputado Eduardo Cunha classificou a ação de “absurda”. A defesa do deputado já protocolou no Supremo Tribunal Federal um recurso pedindo que a decisão do juiz Augusto César Pansini, da 6ª Vara Federal em Curitiba, seja suspensa. O pedido está sob a relatoria do ministro Teori Zavaski.

O peemedebista já é réu em um processo da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, no qual é acusado de receber propina do esquema na Petrobras. Também já foi alvo de duas denúncias ao Supremo, também sobre o recebimento de propinas.

Nesta semana, Cunha teve a cassação do mandato aprovada no Conselho de Ética por 11 votos a 9. A decisão final caberá ao plenário da Casa.

Temer também pode aparecer na delação da Odebrecht, diz jornal

 

 
Depois de ser mencionado na delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, o presidente interino Michel Temer (PMDB) também pode ser citado no acordo de colaboração dos dirigentes da Odebrecht. Segundo a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, intensificou-se o debate entre os advogados que estão negociando o acordo de como Temer aparecerá nos depoimentos. A Odebrecht deu recursos ao PMDB na campanha presidencial de 2014, quando Temer era candidato a vice-presidente na chapa de Dilma Rousseff. Os valores podem chegar a 50 milhões de reais, segundo a coluna. O PT teria participado da negociação sobre os repasses ao PMDB.
 

 

Em seu acordo de delação, Sérgio Machado relatou aos investigadores da Lava Jato que Temer combinou recursos ilícitos para a campanha do então peemedebista Gabriel Chalita para a prefeitura de São Paulo, em 2012. Temer refutou as acusações, dizendo que a citação à sua pessoa é “leviana, mentirosa e criminosa”. Veja .com

 

imagem

Procuradores da República que atuam na Operação Lava Jato em Curitiba já estão convictos de que os episódios que envolvem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não têm indícios suficientes para justificar a sua prisão.

A opinião tem se firmado a partir das investigações já realizadas pela Polícia Federal (PF) e também da denúncia feita contra Lula pelo Ministério Público de São Paulo, informa nesta sexta-feira 17 o jornalista Humberto Trezzi, colunista do jornal Zero Hora.

Os procuradores da República estão decididos a agir com cautela. Primeiro porque não existem, no entender deles, indícios que justifiquem a prisão do ex-presidente. Ele não chegou a intimidar testemunhas ou mover dinheiro no exterior, nem tentou eliminar provas, como ocorreu com outros réus da Lava Jato, ponderam.

Para os investigadores, o único caso contra Lula que poderia justificar um pedido de prisão seria o da tentativa de nomeá-lo ministro, feita pela presidente Dilma Rousseff antes de ser afastada do cargo. Mas o principal indício de que a nomeação era “proteção” a Lula, um diálogo telefônico entre ele e Dilma interceptado pela PF, foi invalidado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o que fere mortalmente o argumento de que Lula interferiu na Lava Jato e, mais ainda, o embasamento para um pedido de prendê-lo.

Em tese, o ex-presidente pode responder por corrupção passiva (dois a 12 anos de prisão) e lavagem de dinheiro (três a 10 anos de reclusão) nos casos do sítio em Atibaia (SP) e do triplex no Guarujá (SP). Abundam indícios coletados pela PF no inquérito.

Nesta semana, Lula e sua família ingressaram na Procuradoria-Geral da República com ação contra o juiz Sérgio Moro por abuso de autoridade no caso da divulgação dos grampos

Senadora diz que documento do BB atesta que não houve pedaladas fiscais

 

imagem

A Comissão Processante do Impeachment retomou os trabalhos, após uma hora de intervalo, nesta tarde (17) com o comunicado por parte da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) de que o Banco do Brasil (BB) enviou à comissão um ofício informando que a presidenta afastada Dilma Rousseff não praticou atos para a liberação do Plano Safra. Dilma é acusada, entre outras coisas, de ter feito uma operação de crédito com o banco para o pagamento do programa, o que é vedado pela lei.

“Nós já começamos a receber respostas a alguns requerimentos de informações aprovados aqui. Um deles, por exemplo, chega do Bando do Brasil, dizendo que não há atos praticados diretamente pela presidenta afastada, Dilma Rousseff, na liberação dos pagamentos para o Plano Safra. O Banco do Brasil mandou essa informação. Então, se não há ato dela, onde está o dolo? Não há o dolo”, disse Vanessa.

A senadora disse que o ofício do banco atesta que a operação em que a instituição financeira arcou com o pagamento dos benefícios do plano, recebendo o repasse em atraso do tesouro nacional com juros, não configura uma operação de crédito

PACTO PELA A VIDA OU PACTO PELA SOBREVIVÊNCIA?

 

 
 
Dois jovens envolvidos em assaltos na cidade de Araripina foram encontrados mortos em rituais parecidos. Um deles de 22 anos foi encontrado morto, na segunda-feira (9), todo perfurado de arma branca e com a cabeça totalmente estraçalhada a pedradas. Os suspeitos do crime são também prováveis protagonistas da onda de assaltos que vêm acontecendo constantemente em Araripina. Apenas em uma noite no Bairro do Alto da Boa Vista, um dos mais populosos da cidade, oito assaltos consecutivos aconteceram na comunidade e a população está em alerta porque a cada instante os grupos do whatsapp, os portais de notícias, são informados de mais  ação criminosa que colocou Araripina em polvorosa.
 
Terça-feira (10), um salão de beleza na Rua 11 de Setembro foi assaltado por vários bandidos. Três suspeitos foram presos e, segundo a Polícia Militar foram encontrados com eles 8 gramas de maconha, uma arma caseira, dois celulares e outros objetos, frutos de roubos. Um menor de 15 anos também estava envolvido no crime. A proprietária contou que a todo o momento o bandido empunhava uma arma e a ameaçava pressionando a mesma sobre a sua cintura e que, forçou dois clientes a entregar os celulares e o dinheiro. Ela também foi obrigada a entregar o celular e o lucro do dia.
 
Assaltos de motos, de celulares, de lojas, hoje mesmo dia (18), um supermercado e uma drogaria foram também alvo dos bandidos que criaram na cidade uma onda de terror e arrastão, e a tensão tem provocado na população uma insegurança como nunca visto na história do Município. Não existem mais horário para os crimes, os furtos e a delinquência, seja de manhã, de tarde ou noite, Araripina está novamente refém da bandidagem.
 
O empresário Juvenal Ângelo dos Reis, o “Lunga”, dono de postos de gasolina na região, foi assaltado na segunda-feira (16), em frente ao Banco do Brasil, no centro da cidade. O empresário foi rendido por vários homens fortemente armados e encapuzados, quando a vítima ia entrando na Agência Bancária para efetuar depósito.
 
Em entrevista em uma emissora de Rádio no começo do ano, a delegada Katianna Muniz da 24ª Delegacia Seccional de Polícia Civil – DESEC – de Araripina falou que é preciso uma preocupação maior dos governantes com a segurança pública, principalmente em deslocamento de efetivo que tem sido para ela na 24ª uma necessidade mais que urgente. Segundo a delegada, são 05 delegados para atender 10 municípios, uma delegacia de homicídios e a 24ª que administra todas as outras.
 
Fala-se em 90 policiais militares para cobrir todo o município, desde os distritos, povoados, toda zona rural e zona urbana, e o Governo de Pernambuco e a Secretaria de Desenvolvimento Social – SDS, e até agora não deram sinal de que vão resolver o problema de imediato. Os vereadores informaram que já estiveram no departamento por duas vezes acompanhados de outros parlamentares da região, cobrando urgência na solução das prioridades relacionadas à segurança pública, e até agora nem uma resposta positiva veio do Governo.
 
A criminalidade tomou conta da cidade
A sociedade põe a culpa nas autoridades
(Trecho da Música de Gabriel – O Pensador)
 
Para o deputado Sílvio Costa Filho (PRB), “O governo não tem a humildade de reconhecer a necessidade de reformular o Pacto pela Vida para tentar conter o aumento de violência no Estado”.
 
Já para Waldemar Borges (PSB) líder da bancada governista, tentou minimizar o cenário, inclusive afirmando que o Estado vem mantendo o combate à violência, em níveis melhores de que alguns estados ricos.
 
Enquanto isso, nós que não estamos morando no jardim de flores do senhor Borges, e nem estamos acreditando no tal Pacto pela Vida, mas pelo Pacto de Sobrevivência, com medo de sair de casa depois das 18 horas, e de madrugada, viramos reféns da bandidagem local e flutuante que aterroriza nossa Araripina.
 
O efetivo policial é pequeno, as viaturas parecem carros da série Fred e Barney, e enquanto isso, as viagens ostentativas dos representantes municipais, provam que além de um governo inoperante do PSB no Estado, temos um governo que sempre foi uma fraude, à frente de uma terra que hoje está totalmente abandonada pelos poderes públicos e com a criminalidade assustando a sua população.
 

 

Estamos vivendo perigosamente numa cidade que antes era pacata. A certeza da impunidade tem deixado a sociedade com medo, e os bandidos mais audaciosos

 

 

 

 

Prefeito Patriota divulgou  hoje (18), em primeira mão no programa rádio vivo do comunicador Anchieta Santos,  a programação oficial dos artistas contratados  para expoagro 2016.

A maior festa do município de Afogados da Ingazeira,   em tempos de crise ficou evidente o quanto foi cortado com gastos públicos em relação ao ano passado uma iniciativa louvável pelo executivo  o mesmo teve o aval dos ouvintes que participaram reconhecendo como boa a programação, curioso que inicialmente  pelas palavras do prefeito e a surpresa do apresentador do Programa que não esperava que o prefeito fosse divulgar toda grade, como também ficou a sensação que o prefeito ao eliminar a coletiva em divulgar logo para evitar mais especulações,  veio a surpresa   pelo telefone  onde os  ouvintes da Rádio Pajeú  aprovaram as atrações para este ano da Expoagro 20016 confira:

 

http://jornalpequeno.com.br/wp-content/uploads/2016/02/dorgival-dantas-02.jpg

Dogival Dantas

 

Dia 30

Maria da Paz

Dogival Dantas

Edson Lima e Gatinha Manhosa

Dia 1° Julho  aniversário da cidade,

Alceu Valença 

Maciel Melo

Banda Capital do Sol

Dia 02

Lindomar

Mateus Fernandes

Forrozão das Antigas 

http://i0.statig.com.br/bancodeimagens/89/wj/jw/89wjjwv4ci9o2ejz1nyjn41ke.jpg

A pernambucana Yane Marques encara a primeira semana da maratona de viagens que fará até os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Na última terça-feira, ela embarcou para a Itália, onde realiza um camping de treinamento e participará de um torneio nacional do esporte no país. A missão da pentatleta é novamente ajustar detalhes da esgrima, esporte que é mais tradicional na Europa. Lá, ela tem contato com outros atletas, podendo trabalhar o esporte com outros competidores locais.

A viagem que começa na Itália só terminará após sua competição no Rio-2016. “Agora eu só paro depois da Olimpíada. É a reta final de fato. A cabeça está toda voltada para essa competição e não tem como ser diferente”, garantiu a pernambucana de Afogados da Ingazeira. Ela será a única representante brasileira na categoria feminina dos Jogos. No masculino, o também pernambucano Felipe Nascimento será o nome nacional na disputa entre os homens.

Depois da Itália, Yane volta ao Recife por uma semana e logo em seguida embarca para os Estados Unidos. Assim como no Velho Continente, o território norte-americano é mais  um destino conhecido da pentatleta, que frequentemente realiza campings para aprimorar seu nível técnico.

Atualmente, Yane é pentatleta de número 12 do mundo, ficando fora do Top 10 pela primeira vez depois de meses. No Rio-2016, ela busca repetir o desempenho que apresentou na edição dos Jogos de Londres- 2012, quando faturou a medalha de bronze. Ela persegue o sonho de novamente subir ao pódio olímpico. “Para isso, eu não quero milagre. Não canso de falar isso. Estou trabalhando para chegar o dia e repetir na prova o que venho realizando nos treinos. Quero fazer por merecer”, falou Yane, que ainda tem uma viagem para Curitiba em seu calendário.

A disputa feminina do pentatlo moderno na Olimpíada está marcada para o dia 19 de agosto. Ela aporta na capital carioca com bastante antecedência para fazer a aclimatação visando à competição.

 

 

16169739

Em documentos da Lava Jato no Supremo tornados públicos nesta sexta-feira (17), o procurador-geral, Rodrigo Janot, afirma que há indícios de recebimento de propina pelo atual ministro da Educação, Mendonça Filho, do DEM de Pernambuco.

Segundo Janot, imagens de um dos celulares de Walmir Pinheiro, ex-diretor da UTC, registram a conta para doações da campanha de Mendonça, em 2014.

O procurador diz que é curioso observar que, na prestação de contas do agora ministro, há doação de R$ 100 mil da Odebrecht e da Queiroz Galvão.

Mendonça Filho declarou que não recebeu doação da UTC na campanha para deputado em 2014. Ele disse que, na ocasião, foi procurado por interlocutores da UTC oferecendo doação legal de R$ 100 mil.

 

Mas que recusou e sugeriu que fosse feita ao partido. Ele diz que a empresa fez a doação ao DEM e o valor foi declarado à Justiça Eleitoral.

Motorista que perder CNH ficará seis meses sem dirigir a partir de novembro

 

Suspensão do direito de dirigir

Do Portal do Trânsito

A Lei 13.281/16 que, na maioria dos seus artigos, entra em vigor em novembro trouxe mais uma alteração que afeta diretamente os infratores do trânsito. Hoje, quem tem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa porque atingiu 20 pontos em seu prontuário fica, no mínimo, um mês sem dirigir. A partir de novembro, ficará, no mínimo, seis meses.

A penalidade de suspensão do direito de dirigir é imposta sempre que o infrator, no período de doze meses, atinge 20 pontos na CNH ou por transgressão às normas cujas infrações preveem a penalidade de suspensão direta do direito de dirigir, como é o caso de dirigir sob efeito de álcool, disputar racha, forçar passagem entre veículos que estejam ultrapassando, entre outras.

Novos prazos

Atualmente quem atinge 20 pontos na CNH, no período de um ano, está sujeito à penalidade de suspensão do direito de dirigir a partir de um mês. Com a nova lei, o prazo mínimo será de seis meses e, em caso de reincidência no período de um ano, o prazo será de oito meses a dois anos.

Já se o condutor cometer uma das 19 infrações que levam a suspensão direta do direito de dirigir (veja aqui quais são elas), o prazo passará a ser de dois até oito meses e, em caso de reincidência em um ano, os prazos serão de oito a 18 meses.

Para acelerar esse processo a lei trouxe outra mudança. Nos casos em que a penalidade esteja prevista na própria infração de trânsito, o processo deverá ser instaurado concomitantemente ao processo de aplicação da penalidade de multa; portanto, nestes casos, a aplicação da penalidade de suspensão será muito mais rápida.

 

Ângelo Ferreira confirmado como nome da oposição em Sertânia

 

Ângelo e correligionários: candidato lançado

Ângelo e correligionários: candidato lançado

A Frente Popular de Sertânia realizou o lançamento da pré candidatura do Deputado Ângelo Ferreira para a prefeitura Sertânia, como   antecipou o blog.

O , 40 com presidentes de partidos, lideranças políticas, simpatizantes e militantes do grupo contou com grande número de filiados e simpatizantes que lotaram o espaço da Escola Mundo Mágico.

Houve discursos inflamados e não faltou o foguetório após o anúncio . Ângelo, que além de Deputado, foi Secretário de Agricultura, busca voltar à prefeitura de Sertânia no enfrentamento contra o atual prefeito, Guga Lins, do PSDB.

 

Praticamente 99,9% das bolsas de apostas no município já indicavam que o candidato seria ele. A levar em conta as últimas pesquisas, o Deputado é  nome mais forte para enfrentar o atual prefeito.

Ainda eram cotados  o vereador Antonio Henrique (Fiapo), Paulo Roberto, Presidente da CDL, Claudinha Ferreira, Professor Ivan e Paulo Henrique Ferreira.

 

Agora, desses nomes deve sair o candidato a vice, com três mais fortes na disputa: Professor Ivan, vereador do PDT, Paulo Roberto, presidente da CDL, filiado ao PSB e Antônio Almeida, vereador filiado ao PV.

 

 

 

 

O governo interino do presidente e Michel Temer não concedeu o reajuste de 9% previsto para este mês aos beneficiários do Bolsa Família. A informação foi confirmada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, responsável pela gestão do programa, que atende 13,9 milhões de famílias no país –sendo metade delas no Nordeste. 

O anúncio do reajuste aos beneficiários foi feito pela presidente Dilma Rousseff durante ato no dia 1º de maio, em São Paulo, poucos dias antes de ser afastada pelo Senado.  

“O governo Dilma ficou dois anos sem dar reajuste no Bolsa Família. Estamos fazendo uma avaliação nos cortes promovidos pelo governo anterior, que chegam a R$ 1,6 bilhão, para poder conceder o reajuste”, informou o ministério. O texto diz ainda que não há data para a conclusão de estudos sobre as possibilidades de reajuste do benefício.

Apesar da promessa da promessa de reajuste feita enquanto ainda exercia o cargo, Dilma não editou decreto autorizando e determinando o reajuste no benefício. O presidente interino, Michel Temer também não editou decreto nesse sentido.

O pagamento dobenefício do mês de junho começou nesta sexta-feira (17), contemplando as famílias com número final de inscrição “1”. Ao todo, o pagamento do programa social ocorre em dez datas diferentes. Este mês, o calendário oficial vai até o dia 30 de junho, quando são pagos os beneficiários com número final “0”.

O governo interino do presidente e Michel Temer não concedeu o reajuste de 9% previsto para este mês aos beneficiários do Bolsa Família. A informação foi confirmada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, responsável pela gestão do programa, que atende 13,9 milhões de famílias no país –sendo metade delas no Nordeste. 

O anúncio do reajuste aos beneficiários foi feito pela presidente Dilma Rousseff durante ato no dia 1º de maio,  em São Paulo, poucos dias antes de ser afastada pelo Senado.  

 

 
Segundo Machado, que na época era líder do PSDB no Senado, o dinheiro saiu de um fundo criado por ele junto com Aécio e o então presidente do PSDB, senador Teotonio Vilela, a fim de financiar a bancada do PSDB na Câmara e no Senado. O plano era “eleger a maior bancada federal possível na Câmara para que pudessem viabilizar a candidatura de Aécio Neves à presidência da Câmara no ano 2000”.
 
Segundo Sérgio Machado, a divisão resultaria “entre 100 mil e 300 mil a cada candidato” (cerca de 50 deputados) e “a maior parcela dos cerca de R$ 7 milhões de reais arrecadados à época foi destinada ao então deputado Aécio Neves, que recebeu R$ 1 milhão de reais em dinheiro”. O tucano “recebia esses valores através de um amigo de Brasília que o ajudava nessa logística”, informou ainda o delator.
 
Dos R$ 7 milhões arrecadados, R$ 4 milhões vieram da campanha de Fernando Henrique Cardoso à presidência – que se reelegeu em 1998 – e o restante de empresas. Parte do dinheiro também veio do exterior, de acordo com Machado. O ex-presidente da Transpetro também disse na delação que parte do dinheiro da campanha que viabilizou a eleição de Aécio à presidência da Câmara veio de propina em Furnas

Em São José do Egito, Zé Marcos e Romério Guimarães batem o martelo

O ex-deputado José Marcos de Lima (PR) e o prefeito de São José do Egito Romério Guimarães (PT) bateram o martelo, e definiram a chapa de situação naquele município.
 
O candidato a prefeito será Romério Guimarães, que foi eleito em 2012 com o apoio de José Marcos. Ele tentará a reeleição. A vice ficará com o PR, e o nome mais cotado é do vereador Bal de Riacho do Meio.
 
O entendimento aconteceu após uma reunião entre os dois. O presidente do Partido da República em Pernambuco, Sebastião Oliveira foi consultado e autorizou a aliança. 
 
A notícia corre nos bastidores da política do berço imortal da poesia, mas ainda não ganhou o anúncio formal. José Marcos e Romério Guimarães farão uma coletiva de imprensa para anunciar a chapa que vai enfrentar o ex-prefeito Evandro Valadares (PSB).

 

imagem

Ao discursar, na noite de ontem, em João Pessoa, a presidente Dilma Rousseff colocou o dedo na ferida dos políticos que lideraram, contra ela e contra a democracia brasileira, uma conspiração golpista. Segundo ela, o impeachment nada mais foi do que uma tentativa de se fazer com que a Lava Jato não atingisse os caciques do PMDB (saiba mais aqui).

Depois da delação de Sergio Machado, revelada ontem, fica difícil questionar essa avaliação. Soube-se, por exemplo, que o principal beneficiário do golpe, o interino Michel Temer, aparece como responsável de um pedido de propina de R$ 1,5 milhão ao ex-presidente da Transpetro para a campanha de seu pupilo Gabriel Chalita (leia aqui).

Na companhia de Temer, despontam os demais sócios do impeachemnt. O derrotado Aécio Neves (PSDB-MG), que colocou o Brasil em guerra ao não aceitar o resultado das urnas, em 2014, aparece em sua décima delação, como beneficiário de um pagamento de R$ 1 milhão em dinheiro vivo e também como pagante de propinas a parlamentares para se eleger presidente da Câmara (leiaaqui).

Se isso não bastasse, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por sua vez, corre o risco de receber uma tornozeleira eletrônica e devolver R$ 100 milhões aos cofres públicos. Além disso, Machado relatou pagamentos de propinas à cúpula do PMDB que chegam a R$ 100 milhões, apenas no capítulo Transpetro.

Em meio a esse terremoto político, só a presidente Dilma Rousseff não aparece em nenhum esquema. E fica cada vez mais claro que ela foi vítima de uma assembleia de bandidos, presidida por um bandido, como definiu o escritor português Miguel Souza Tavares – e não pelas chamadas “pedaladas fiscais”.

A única questão relevante, agora, é: que horas ela, Dilma, e a democracia voltam ao Brasil? 

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel

Escola Monteiro Lobato

 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho

Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!