A Guarda Municipal de Tabira, em parceria com a Autoescola Bandeirantes, realizou uma blitz educativa em alguns pontos estratégicos da cidade nessa manhã de terça-feira (18).
 
O objetivo principal é orientar os condutores sobre as obrigações dos mesmos no trânsito. Panfletos foram distribuídos e também foi pedido aos motoristas que colocassem o cinto de segurança.
 
Élida Viana, da autoescola, destacou a importância das parcerias e disse que viu na Guarda Municipal de Tabira a oportunidade de fazer um trabalho muito bom em relação ao trânsito da cidade, uma vez que a nossa Guarda hoje se tornou uma referência para todas as cidades do Pajeú e até mesmo para o Estado.
 
O subcomandante Vasconcelos agradeceu o convite e a confiança da autoescola em reconhecer o trabalho da Guarda Municipal. Enfatizou que durante os bloqueios muitos condutores foram alertados sobre o uso do cinto de segurança, o capacete, o porte obrigatório dos documentos e o calçado adequado para condução de veículos.
 
A parceria vai ter continuidade e outros pontos de bloqueio e orientação serão feitos nos próximos dias.

 

GOVERNO DE PERNAMBUCO CONVOCOU 1.322 APROVADOS NO CONCURSO DA PM PARA CURSO DE FORMAÇÃO

 

O governador Paulo Câmara determinou a convocação imediata de 1.322 candidatos aprovados no concurso público para Soldados da Polícia Militar de Pernambuco, para matrícula no Curso de Formação e Habilitação de Praças da Polícia Militar. Participam dessa etapa os candidatos aprovados no exame de habilidades e conhecimentos, de aptidão física, avaliação psicológica e julgados aptos nos exames médicos.

 

O chamamento foi publicado nesta terça-feira, 18 de abril, no Diário Oficial (DO), pela portaria conjunta assinada pelos secretários Milton Coelho (SAD) e Ângelo Gioia (SDS). Também consta a lista completa dos convocados, que pode ser conferida através do link:

http://200.238.105.211/cadernos/2017/20170418/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20170418).pdf

Cada candidato deverá apresentar, no período de 02 de maio a 02 de junho de 2017, a documentação prevista no Edital e protocolá-la no Campus de Ensino Mata, localizado na BR 408, Km 76,5, Paudalho/ PE, das 08 às 12 horas, que será analisada para confirmação das matrículas e início do curso de formação.

Após a conclusão do curso na Academia de Paudalho, os novos Praças entrarão em serviço até dezembro deste ano.

 

Relator adia apresentação de reforma da Previdência com aval de Temer

 

 
Com a indefinição sobre a redução da idade mínima para aposentadoria da mulher, o presidente da comissão especial da reforma da Previdência, Carlos Marun (PMDB-MS), adiou para quarta-feira (19) a leitura do relatório final da proposta de mudança nas regras de aposentadoria. 
 
Segundo ele, o relator da iniciativa, Arthur Maia (PPS-BA), pediu um tempo maior para definir se a nova idade mínima para as mulheres será de 62 ou 63 anos. O adiamento foi definido em acordo com o presidente Michel Temer e com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. 
 

 

A leitura do documento foi remarcada para as 9h da quarta-feira (19). Para Marun, o adiamento não causa impactos no cronograma de votação da proposta, uma vez que a expectativa é de que o documento seja votado na comissão especial apenas na semana que vem. 
 
De acordo com o peemedebista, além da necessidade de novos cálculos para introduzir a mudança, 5% do relatório ainda não está pronto. Mesmo assim, Temer manteve nesta terça-feira (18) café da manhã com a base aliada para apresentar o texto incompleto. 
 
Marun minimizou que o adiamento possa causar impacto nas expectativas do mercado financeiro, que esperava a apresentação pública do texto final nesta terça-feira (18). 
 
Na noite de segunda-feira (17), Maia disse que “são grandes as chances” de diminuição na idade mínima da mulher. Ele evitou cravar a nova idade, mas defendeu um patamar próximo dos 65 anos propostos originalmente. 
 
“Eu desejo que seja algo o mais próximo de 65 possível, mas estou disposto a abraçar o que for a linha média de pensamento do governo”, disse. 
 
Em entrevista à Folha de S.Paulo, o presidente Michel Temer já havia admitido a possibilidade de redução da idade mínima para as mulheres. 
 
“Se tivermos a idade de homem de 65 anos e a de mulher, 64 ou 63, não significa que não tenha sido feita uma grande conquista”, disse. 
 
A diminuição, contudo, representa um novo recuo do governo na reforma previdenciária, já que o discurso inicial era de que a idade mínima para homens e mulheres era um dos pontos que não poderia ser alterado pelo Congresso Nacional. 
 
Em um último apelo público pela aprovação da reforma, Temer considera antecipar discurso que fará em rede nacional de balanço de um ano na presidência.  A estratégia é conquistar apoio junto a setores da sociedade para reforçar a pressão sobre a base aliada. 

 

Com o mesmo objetivo, o Planalto prepara uma nova campanha de TV favorável à proposta para ser exibida a partir do final desta semana. (Via: Folhapress – Foto Agência Brasil)

 

 

 Resultado de imagem para imagem jornal nacional

 

Vídeo:

 

 

A diretoria da secretaria Defesa Social de Pernambuco, determinou que as informações enviadas à imprensa diariamente, contenham apenas conteúdo positivo, o resumo das ocorrências policiais também não pode mais ser repassado diretamente aos jornalistas, a decisão vale apenas para região de Caruaru que é a maior cidade do interior de Pernambuco e coincide com o aumento dos índices de violência no estado, a Federação Nacional dos Jornalistas e o Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco repudiaram essa orientação. Afirmaram que se trata de uma tentativa explícita de sonegar informações, hoje o secretário de Defesa Social Ângelo Gióia, “disse, que a interpretação dada ao documento foi equivocado e que não há nenhuma orientação para maquiá dados”.

 

Enquanto isso:

Resultado de imagem para charge violência de pernambuco

 

Petrolina registra 40 homicídios no 1º trimestre de 2017

 

O município de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, registrou 40 homicídios nos primeiros três meses do ano de 2017. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE). O número equivale a 32,7% do índice de todo o ano de 2016, em que o município registrou 122 homicídios entre janeiro e dezembro. Em todo o estado, o número de homicídios até março deste ano foi de 1.522.
No Sertão de Pernambuco, Araripina registrou 15 homicídios, Santa Maria da Boa Vista 9 e Salgueiro e Cabrobó sete cada um durante os três meses. Em Parnamirim houve quatro crimes violentos letais intencionais. Em Belém do São Francisco e Lagoa Grande foram três, em Trindade e Santa Cruz foram registrados dois homicídios em cada um e em Bodocó, Orocó, Ouricuri foi um homicídio em cada município.
Já em Granito, Ipubi, Moreilândia, Santa Filomena, Serrita e Terra Nova não houve registro de homicídios em janeiro e março deste ano. (G1)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TODOS OS SERVIDORES DA ATIVA QUE MANTÉM VÍNCULO EFETIVO COM A PREFEITURA OU CÂMARA E QUE CONTRIBUEM PARA O ABPREV DEVEM COMPARECER AO CENTRO ADMINISTRATIVO DE SEGUNDA A QUINTA FEIRA

 

Visando a atualização de dados e o melhor funcionamento da base de cadastros, a Prefeitura de Água Branca convoca todos os servidores que com ela mantém vínculo efetivo para comparecerem a partir de segunda-feira, 17 de abril, com inicio às 9 horas, até quinta-feira, 20 de abril, ao Centro Administrativo a fim de realizar atualização de cadastro das fichas funcionais.

Os funcionários efetivos da Câmara de Vereadores e os que foram cedidos a outros órgãos públicos, que contribuem com o ABPREV, também estão inclusos na convocação.

No ato da atualização cadastral os servidores devem apresentar os seguintes documentos: RG, CPF, Comprovante de Residência, Portaria de Nomeação e Termo de Posse (Se concursado, se não, carteira de trabalho), Certidão de Nascimento dos filhos menores de 21 anos, se dependente inválido, levar laudo médico comprovando, RG e CPF do esposo (a) ou companheiro(a), Certidão de Casamento.

ASCOM

SINPOL avalia estouro da criminalidade em Pernambuco e aponta medidas para combater a situação

 

 

Lamentavelmente, a crescente onda de violência em Pernambuco voltou a ganhar destaque na imprensa nacional. Dessa vez foi a Folha de São Paulo que estampou em matéria de capa deste domingo (16) que a “Violência explode, e PE regride uma década com 16 assassinatos por dia”. E como se já não bastasse, a própria Folha de São Paulo precisou corrigir-se com a última atualização dos números da violência no estado: em março, superamos a marca dos 17 homicídios diários, em média.
 
Em entrevista aos repórteres especiais da Folha, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE), Áureo Cisneiros, expôs sua preocupação com a falta de medidas que efetivamente possam contribuir para a diminuição da violência no estado, como a valorização dos agentes de segurança pública, o aumento no efetivo e melhores condições de trabalho.
 

 

No final de 2014 o Sinpol já chamava a atenção do Governo do Estado para o iminente colapso na segurança pública, e em especial na polícia investigativa. Infelizmente tal prognóstico se concretizou. Na ocasião, o sindicato preparou um dossiê que foi entregue ao governador Paulo Câmara em 2015 no qual foram expostas deficiências e propostas de soluções para cada uma delas. O governo, no entanto, optou por não acolher as propostas encaminhadas e, à revelia do que diziam os agentes de segurança pública, trilhou o caminho que fez de Pernambuco um lugar cada vez mais inseguro e violento.
 
Sempre deixamos claro que a impunidade é o grande mal a ser combatido para se diminuir a violência e a criminalidade, pois, ela faz com que os indivíduos continuem reiteradamente a delinquir, causando um verdadeiro incentivo à atividade criminosa já que leva a crer que o “crime compensa”. Só há uma forme efetiva para atacar tal mal: investimento maciço na polícia que investiga e elucida os crimes. A regra nos países com baixas taxas de criminalidade é uma polícia investigativa profissional, aparelhada e com efetivo suficiente para apurar e levar os criminosos a serem julgados pela justiça com provas suficientes, evitando, assim, que os bandidos não sejam facilmente soltos. À título de exemplo, no Japão a taxa de solução de crimes chega a 95%, enquanto que no Brasil não passa de absurdos 8%!
 
Por entender que não há tempo a perder e que trata-se, literalmente, de questões de vida ou morte, o Sinpol resolve outra vez tornar pública a série de medidas aconselhadas ao Governo do Estado para diminuir a violência no Estado, salvar vidas e recuperar a imagem de Pernambuco Brasil à fora:
 
 1.  Concursos periódicos para recompor o quadro, pois, não se pode admitir que uma carreira típica de Estado tenha concursos de 10 em 10 anos. Hoje temos o mesmo efetivo que há 30 anos atrás, enquanto que a população de Pernambuco quase duplicou;
 
2. Melhorar e padronizar as Delegacias. A maioria são casas alugadas e mal adaptadas para servirem as necessidades das equipes de investigação;
 
3. Desburocratizar a estrutura de investigação dando autonomia administrativa para a Polícia Civil, focando na atividade fim do Policial, e não utilizar o efetivo para atividades administrativas, como preencher planilhas;
 
4. Aparelhar e equipar a Polícia Civil com coletes e armamento adequado e confiável, com viaturas DESCARACTERIZADAS, pois, diferentemente do policiamento ostensivo, a investigação deve ser realizada de forma velada e discreta; 
 
5. Valorização e incentivo a todos os servidores Policiais Civis, com melhores salários, já que trata-se de uma carreira de nível superior, mas, que paga como nível médio, buscado diminuir e harmonizar as diferenças entre os cargos que a compõem, incentivando a permanência na carreira;
 
6. Combate às injustiças e privilégios internos e priorização a atividade investigativa;
 
7. Integração, interiorização e descentralização das atividades Periciais da Polícia Civil, fazendo com que as perícias atuem em conjunto e no mesmo espaço que as equipes de investigação.
 
Sabemos que não há mágica para se diminuir a criminalidade: é necessário um forte e perene combate a desigualdade social juntamente com uma Polícia Investigativa forte, capaz, bem aparelhada e bem remunerada. Faltou sensibilidade por parte do Governo Estadual em dialogar e debater as dificuldades e as saídas para tão grave problema com as entidades sindicais representativas da classe, com a sociedade civil organizada, com a academia e com todos os atores que, direta ou indiretamente atuam no combate à criminalidade. Faltou ao Governo o PACTO.  

 

O Sinpol continua e continuará com sua posição crítica, porém, como sempre o foi, disposto a discutir e contribuir para uma sociedade mais justa e menos violenta para todos, pois, o nosso compromisso é com os policiais e com a sociedade pernambucana.

 

 

 

 
alt

A ação foi movida pela coligação de Odacy Amorim (PT).

Do Blog do Alvinho Patriota / Foto: reprodução

O promotor de Justiça Lauriney Reis encaminhou à Justiça Eleitoral de Petrolina um parecer pedindo a cassação do mandato do prefeito Miguel Coelho (PSB), acusado de abuso de poder econômico por supostamente ter sido beneficiado nas inserções de um canal de TV durante a campanha eleitoral. A ação foi movida pela coligação de Odacy Amorim (PT).

Com o parecer favorável à cassação, emitido pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), agora cabe à Justiça Eleitoral se cassa ou não o mandato de Miguel Coelho e Floralina Araújo Portela.

De acordo com o parecer do MPE, a coligação vencedora provocou um flagrante desequilíbrio na eleição, comentando irregularidades na arrecadação de recursos e se beneficiando de inserções na TV.

 

paquita e autor

Passados cinco meses do homicídio que vitimou Érica da Silva Souza Leite, 30 anos, crime que chocou a população tabirense em 1º de novembro de 2016, os dois acusados, mandante e autor, estarão juntos em Tabira nessa quarta-feira, dia 19 de abril.

 

O anuncio foi feito pelo próprio vereador Marcílio Pires quando fez uso da tribuna na sessão ordinária da Câmara na noite dessa segunda-feira (17).

“Nessa quarta-feira, lamentavelmente, os dois criminosos que tiraram a vida da minha esposa estarão em Tabira para audiência”, informou o parlamentar.via Radar do sertão

 

Michel Temer deve nomear Tarcísio Vieira Neto como novo ministro do TSE

 

 

O presidente Michel Temer deve nomear o advogado Tarcísio Vieira de Carvalho Neto para a vaga da ministra Luciana Lóssio, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O mandato dela se encerrará no dia 5. Ele foi o primeiro colocado na lista tríplice definida pelos ministros do Supremo Tribunal Federal. Ministro substituto no TSE desde fevereiro de 2014, Tarcísio é um dos advogados eleitoralistas mais admirados do País. A informação é do colunista Cláudio Humberto.

 

O futuro ministro Tarcísio é o mais antigo da classe de advogados no TSE. Ele foi assessor do ministro Marco Aurélio no STF durante anos.

Como o ministro Admar Gonzaga, que assumiu a vaga de Henrique Neves, Tarcísio é o que está há mais tempo na condição de substituto.

O sucessor de Luciana Lóssio poderá vir a participar do julgamento da ação do PSDB que pede a cassação da chapa Dilma-Temer.

 

 

 

http://www.brasilhipismo.com.br/wp-content/uploads/2012/08/salto600.jpg

A pernambucana Yane Marques vai encarar um desafio diferente no próximo final de semana. Trata-se da 2ª etapa do Circuito Norte/Nordeste de Hipismo, que será realizada no Caxangá Golfe Clube. A pentatleta confessou que a ideia surgiu durante uma reunião sobre a competição na prefeitura do Recife, onde ela exerce o cargo de secretária executiva de esportes. Ela pensou sobre a possibilidade de participar na série amador B e esperar pelos resultados.

 

Animada com a novidade, Yane explicou a situação. “Surgiu o interesse na reunião. Não estou treinando, mas me mantenho ativa. Estou montando de terça à sexta a mesma égua. Essa é uma ideia diferente para montar um conjunto e tentar saltar direitinho. Eu sou apaixonada por hipismo, então para mim foi fácil”, comentou a pentatleta, que no início do ano deu uma pausa no alto rendimento para se dedicar aos bastidores do esporte estadual.

 

No NO/NE, ela vai saltar os três dias do torneio. “Acabou que eu vou competir nos três dias. Para mim será uma satisfação porque eu adoro o esporte. Vai ser mais um incentivo para eu treinar mais, mudar um pouquinho a rotina”, observou. Yane não se desligou do pentatlo moderno. Hoje, ela está participando de uma reunião da comissão de atletas do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), no Rio de Janeiro. No total, apenas 19 competidores fazem parte do seleto grupo da entidade e representam 16 modalidades.

 

 

http://www.cnm.org.br/cms/images/banners/Banner_XXMarcha.jpg

A 20º edição do maior evento municipalista em número de autoridades políticas, a Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, será um grande momento de união entre os gestores municipais, que buscam superar a crise instalada país.

Mais de 2 mil pessoas já se inscreveram para o evento. A recomendação da Confederação Nacional de Municípios (CNM) é que as inscrições sejam feitas previamente para melhor organização. A CNM lembra ainda que aqueles que efetuarem o pagamento até o dia 20 de abril terão desconto na taxa de inscrição do evento. Além de evitar filas nos dias do encontro.

 

Todos os gestores municipais podem se inscrever previamente por meio do hotsite do evento www.marcha.cnm.org.br. No primeiro dia de atividades, 15 de maio, na parte da tarde, é só se dirigir ao guiché de homologados para receber o crachá e o material.

Informações importantes sobre o evento:

 

– O uso do crachá será obrigatório durante todo o evento, pois nele constará o código de barras para o controle de participação.

– O registro de presença é obrigatório na entrada e na saída de cada plenária.

 

– Será permitido o acesso à feira de exposição, sem custo, mediante retirada do crachá de visitante. Importante salientar que esse participante não terá acesso às arenas técnicas e aos auditórios.

 

– Serão adicionadas 2h extras no registro de presença dos participantes da Marcha em razão do tempo de visitação da Feira e de atendimento no Espaço CNM.

– Para ter direito ao certificado de participação na Marcha, será exigida comprovação de presença em 70% da carga horária final do evento.

 

– A confirmação da sua inscrição será enviada por e-mail. Em caso de não recebimento, entre em contato com o Departamento de Relações Institucionais da Confederação.

– Para retirar o crachá, juntamente com o material do evento, é obrigatória a apresentação de documento com foto. A credencial é intransferível e não será permitida a sua retirada por terceiros.

– A Confederação é uma entidade apartidária e não apoia ou incentiva qualquer manifestação partidária durante a Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

– O investimento com passagem, traslado, hospedagem e alimentação é totalmente por conta do participante, durante os dias de evento.

http://www.ferias.tur.br/imagemcapa/5284-870-320-1-ingaeira.jpg

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomenda ao prefeito e ao presidente da Câmara Legislativa de Ingazeira, no Sertão do Pajeú, que se abstenham da prática de nepotismo, zelando pela observância e o estrito cumprimento das normas constitucionais e os mandamentos constantes na Súmula Vinculante n°13, do Supremo Tribunal Federal (STF).

O prefeito e o presidente da Câmara Municipal devem se abster de nomear e contratar, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na Administração Pública direta e indireta em qualquer dos poderes do município, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, dos parentes da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento.

 

Os parentes são: consanguíneos até terceiro grau, em linha reta e colateral, a compreender tanto ascendentes (pai, mãe, padrasto e madrasta, avós e bisavós) e descendentes (filhos, netos, bisnetos), sem olvidar os irmãos, tios, sobrinhos e os respectivos cônjuges. Por afinidade até terceiro grau, em linhas retas e colateral, ascendente (sogros, inclusive madrasta e padrasto do cônjuge ou companheiro; avós do cônjuge ou companheiro, bisavós do cônjuge ou companheiro) e descendentes (enteados, genros, noras, inclusive do Cônjuge ou companheiro; noras, inclusive do cônjuge ou companheiro; netos e bisnetos), bem como os cunhados (irmãos do Cônjuge ou companheiro, os tios e sobrinhos do cônjuge ou companheiro e os respectivos cônjuge e companheiros).

 

Quanto aos cargos políticos da Administração Pública, no caso, o promotor de Justiça Tuparetama, Aurinilton Leão Carlos Sobrinho, reforça que a escolha dos secretários municipais recaia em pessoas que detenham a devida aptidão ao desempenho das funções públicas e estejam à altura da envergadura do cargo de elevada responsabilidade.

O prefeito e presidente da Câmera de Vereadores devem informar ao MPPE, no prazo de 10 dias, se acatam ou não a recomendação e quais medidas foram adotadas. As duas recomendações foram publicadas no Diário Oficial do último dia 13 de abril.

Mais um assalto é registrado na PE-390 entre Serra Talhada e Nazaré do Pico

 

 

 

No final da tarde desta segunda-feira dia (17), mais um assalto foi registrado na PE-390 entre Serra Talhada e Nazaré do Pico, no Sertão de Pernambuco.
 
Segundo informações, a vítima um vendedor serratalhadense que fazia o trajeto pela PE-390 em seu veículo, uma Montana de cor branca, e placa KHD-1030, foi interceptado por elementos que estavam em um veículo de cor preta, nas proximidades do trevo de acesso ao aeroporto, onde a vítima foi espancada e sendo subtraído dele a quantia de R$ 800,00.
 
Após a prática do crime, os assaltantes fugiram. Já o vendedor seguiu para a cidade de Floresta onde prestou queixa na DP local. A Polícia Civil investiga o caso.
 

 

 

 

Afogados da Ingazeira sediará, na próxima quarta-feira (19), o 2º Encontro Ouvidoria em Ação, promovido pela Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE) e Ouvidoria Geral do Estado (OGE). A inciativa pretende estimular a implantação de ouvidorias nas prefeituras, fomentando a participação social e garantindo o exercício do direito à cidadania em todas as esferas do poder público. Além disso, levar a atuação da OGE para o interior, mantendo o diálogo do cidadão da região com o Governo do Estado através desse importante canal de comunicação. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no www.scge.pe.gov.br. Podem participar do encontro ouvidores, gestores públicos e todos aqueles interessados na temática. As vagas são limitadas.
 
“Uma boa gestão se faz com a participação da sociedade. As manifestações registradas através da ouvidoria são fundamentais para a melhoria do serviço público. O Governador Paulo Câmara tem procurado ouvir e atender, sempre que possível, as necessidades da população tanto da capital quanto do interior. Daí, a importância da realização desses encontros”, ressaltou o Secretário da Controladoria-Geral do Estado e Ouvidor-Geral do Estado, Ruy Bezerra. Ainda de acordo com ele, a OGE dará orientação aos municípios interessados em implantar o serviço.
 
Serão duas palestras e uma mesa de debates com as seguintes temáticas: “Ouvidoria Geral do Estado como instrumento de gestão pública e participação social”, “Implantação de ouvidorias municipais e experiência da OGM de Afogados da Ingazeira” e “Democracia e participação social”, respectivamente. 
 
Ferramentas de interlocução com a ouvidoria do Estado:
 
Telefone: 162
 
Internet:
 
 
A OGE coordena 60 ouvidorias em todos os âmbitos da gestão estadual. Além dos ouvidores do Governo de Pernambuco, o evento contará com a presença de representantes de diversas ouvidorias municipais em todo o Estado. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Afogados da Ingazeira e será realizado no auditório da pousada de Brotas, a partir das 8h, da próxima quarta (19).
 
A Ouvidoria Municipal de Afogados da Ingazeira está localizada na Rua Júlio Câmara, 527, Centro, Afogados da Ingazeira. Confira os contatos: (87) 99978 1666 / (87) 3838 2711 / 0800 081 4040. E-mail: ouvidoria.afogados@gmail.com ou através do facebook:www.facebook.com/ouvidoria.municipal7
 

Vice dos EUA diz que acabou a paciência com a Coreia do Norte

 

 
O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, visitou nesta segunda-feira a zona desmilitarizada (DMZ) que separa as duas Coreias, em um momento de máxima tensão com a do Norte devido a seus repetidos testes de armas.
 
A poucos metros da fronteira com a Coreia do Norte, Pence destacou novamente a importância da aliança de Washington e Seul e a “determinação do povo e do presidente americano” para resolver a situação “através de meios pacíficos, através de negociações”.
 
Não obstante, o número dois do governo Trump lembrou que a “paciência estratégica” dos Estados Unidos está acabando e que “todas as opções estão sobre a mesa” para se conseguir a desnuclearização da península coreana, em uma nova insinuação de que a via militar é uma possibilidade se Pyongyang não ceder.
 

 

Pence foi levado do centro de Seul (a cerca de 50 quilômetros ao sul da DMZ) em um helicóptero militar Blackhawk até pousar em Camp Bonifas, que deve seu nome a um dos dois soldados dos EUA mortos por tropas norte-coreanas em um incidente acontecido na zona desmilitarizada em 1976.
 
Horas antes de Pence chegar à região neste domingo, a Coreia do Norte tentou lançar sem sucesso um míssil balístico que explodiu após ser disparado, no que representa mais um teste de armas do regime de Pyongyang no último ano. (Via: Agência EFE)

 
 

Violência em Pernambuco: Secretário diz que população não precisa evitar ambientes públicos

 

 

Pernambuco teve 548 assassinatos em março deste ano, totalizando 1.522 homicídios no primeiro trimestre – um aumento de 43,99% em comparação aos três primeiros meses de 2016, segundo dados do governo. O secretário de Defesa Social, Angelo Gioia, afirmou que, apesar disso, a população não deve temer sair de casa.
 
“Não é a melhor forma de agir você se recolher, você se esconder, você evitar ambientes públicos. Nós já temos números menores em relação a assalto a ônibus, a crimes violentos contra patrimônio, a estupro. É evidente que não são números a serem comemorados, mas são números melhores”, apontou.
 
Houve um aumento no número de estupros, que subiu dos 155 contabilizados em fevereiro para 165, em março. Em janeiro, foram 177. O número chegou a 497 ocorrências durante os três meses do ano.
 

 

Nos casos de Crimes Violentos Contra o Patrimônio, foram registrados 10.321 casos durante o terceiro mês do ano, totalizando 31.570 ocorrências desde janeiro. Em janeiro, foram 11.287 casos e, em fevereiro, foram 9.962 registros.
 
Motivações: Segundo Gioia, um dos principais motivos do crescimento do número de homicídios no estado é o enfrentamento de quadrilhas de tráfico de drogas. “Temos também pessoas que foram ‘tocadas’ no sistema prisional ou pelo sistema de Justiça penal do estado em algum momento, presos em flagrante, egressos do sistema prisional. E uma atuação igualmente nefasta de grupos de extermínio que matam mediante pagamento”, detalhou o secretário.
 
O trabalho de investigação qualificada e operações conjuntas entre as polícias Civil e Miltar foram apontados por Gioia como um caminho para mudar o panorama de violência no estado. Operações para cumprimento de mandados de prisão também estão na agenda do combate à violência.
 
“Só de prisão em flagrante de homicidas, foram 194 prisões. Em cumprimento de mandado de prisão, são mais 334 mandados de prisões cumpridos, ou seja, 528 prisões de pessoas que atuam matando. É muito sério, é muito complexo, mas estamos atuando”, apontou.
 
Interior: O secretário também comentou o documento divulgado no interior do estado, em que um dos comandantes da Polícia Militar orienta que sejam repassadas apenas “informações positivas” para a imprensa nas resenhas – documentos em que constam as ocorrências policiais das últimas 24 horas.

 

Gioia acrecita que houve uma interpretação “equivocada” da orientação, criticada por entidades do setor. “Os números que nós disponibilizamos a vocês, sempre no dia 15, são números transparentes, honestos, sempre com base científica. Não estamos aqui para maquiar dados ou sonegar a informação”, afirmou, acrescentando que os dados do próximo mês devem contar também com detalhes da motivação dos crimes. (Via: G1 PE)
 

Enquanto o Governo de Pernambuco insistir e criar verdades alternativas sobre seus números a violência não cairá

 

cvli

Por Fernando Castilho

O Governo de Pernambuco conseguiu algo que faria qualquer estudante da cadeira de estatística ser reprovado no curso de nivelamento nas universidades federais brasileiras: Comparar a média de um mês como fevereiro (que tem exatos 28 dias) com a média de março – que tem 31. Isso é errado. Não existe isso de média mensal para números absolutos.

 

Estão aplicando uma criativa metodologia. Ou produzindo verdades alternativas. E assim temos algumas coisas bizarras como se dizer num documento oficial que, na média (- 0,21%), houve menos assassinatos em março (quando foram mortas 548 pessoas) se comparado com fevereiro quando houveram 496. Até porque num único trimestre temos o absurdo número de 1.522 mortes.

 

Da mesma forma que está errado em dizer que houve uma redução na média entre os dois meses de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) quando, em março, 10.321 pessoas foram vítimas de um assaltante lhe apontando uma arma, ou foram vitimas de uma explosão de um caixa eletrônico, quando em fevereiro forma 9.962. O número importa pouco pois estamos falando de quase 10 mil pessoas que viveram esse drama. Então não faz qualquer sentido dizer que a média caiu 6,42% porque ninguém é assaltado na média. Até porque este ano já contamos 31.570 vítimas desse tipo de crime.

 

Outra coisa absurda é afirma que tivemos menos roubos de carros porque a média, entre fevereiro (28 dias) e março (31 dias), foi de 7,58% quando em março tivemos 584 carros roubados e em fevereiro 572.

 

Mas existem coisas que soam como uma agressão maior ao cidadão. O governo está dizendo que tivemos uma média diária menor de estupros (-3,85%) quando no mês de março 165 mulheres foram vítimas desse tipo e crime contra outros 155 em fevereiro. Estupro é um crime hediondo. Isso é um desrespeito às 497 mulheres que, este ano, sofreram o drama pessoal de serem violentadas sexualmente. Por acaso alguma mulher é violentada na média?

 

Isso não quer dizer que a Polícia esteja parada. Não é disso que se trata aqui. O que se questiona é o desrespeito de tentar se distorcer números absolutos de uma forma que agride a inteligência das pessoas. Como dizer que há redução se, em março, tivemos 52 assassinatos a mais que em fevereiro. Que em março tivemos menos crimes contra o patrimônio quando foram 359 a mais que em fevereiro? Ou que houve redução de estupros quando 10 mulheres a mais foram violentadas em março que o total de fevereiro?

 

Governador reconhece números da violência como muito ruins

 

Paulo Câmara se referiu ao aumento de 44% nos homicídios no primeiro trimestre de 2017 e prometeu ações

JC Online / Ricardo B. Labastier/JC Imagem

“Muito ruins os números. A gente espera uma resposta já em abril”, disse na tarde desta segunda-feira (17/04) o governador Paulo Câmara (PSB), ao ser questionado sobre o aumento de 44% no número de assassinatos em Pernambuco no primeiro trimestre de 2017 em relação ao mesmo período do ano anterior, divulgado em primeira mão pelo blog Ronda JC. A estatística, que tem como fonte dados da Secretaria de Defesa Social, mostra quase 600 mortes só em março.

Segundo o governador, a cobrança às equipes da segurança tem sido efetiva e diária. “Há um planejamento em curso, com uma série de ações que anunciamos na semana passada. É a pauta que a gente precisa enfrentar e, com a dedicação de todos, dar as respostas imediatas que a população espera de nós”, reconheceu.

As ações anunciadas antes do feriadão de Páscoa incluem maior investimento na Defesa Social, que passaria a representar pouco mais de 14% do orçamento do Estado, concursos, contratação de concursados e aquisição de equipamentos e materiais.

Trabalhadores rurais também reivindicam segurança no campo

As declarações sobre os números da violência, nesta segunda, foram após reunião, no Palácio do Campo das Princesas, com lideranças de trabalhadores rurais, do 6º Grito da Terra. Além de cobrar ações para sobrevivência no sétimo ano consecutivo de seca, elas reivindicaram medidas para melhor segurança na Zona Rural. O governador prometeu reforçar o policiamento no interior.

 

Tupã Folia 2017 arrasta multidão em Tuparetama

 

A prefeitura municipal de Tuparetama encerrou no domingo 16 de abril de 2017 a 14ª edição do Tupã Folia. A prefeitura realizou 2 dias de shows no Pátio de Eventos João Tunu da Costa com um público estimado de 12 mil pessoas nos dias 15 e 16.
 
No sábado 15 de abril de 2017 o evento iniciou às 21hs com as bandas Marreta é Massa e Novo Som Mix que botaram o público pra pular e dançar com músicas dos mais variados estilos. No domingo 16 de abril de 2017 os shows começaram após às 17hs e quem levou o público a pular foram as bandas Gilson & Mania e Saia Elétrica.
 
Nos intervalos dos shows nos 2 dias quem animou o público foi uma orquestra de frevo. O Tupã Folia recebeu o apoio da Pitú que patrocinou o trio elétrico. O público reagiu bem à edição de 2017 e está esperando a edição de 2018. A ornamentação do Pátio de Eventos foi assinada por Cristiane Luciano. (ASCOM)Tupã Folia 2017 arrasta multidão em Tuparetama
 

A prefeitura municipal de Tuparetama encerrou no domingo 16 de abril de 2017 a 14ª edição do Tupã Folia. A prefeitura realizou 2 dias de shows no Pátio de Eventos João Tunu da Costa com um público estimado de 12 mil pessoas nos dias 15 e 16.
 
No sábado 15 de abril de 2017 o evento iniciou às 21hs com as bandas Marreta é Massa e Novo Som Mix que botaram o público pra pular e dançar com músicas dos mais variados estilos. No domingo 16 de abril de 2017 os shows começaram após às 17hs e quem levou o público a pular foram as bandas Gilson & Mania e Saia Elétrica.
 
Nos intervalos dos shows nos 2 dias quem animou o público foi uma orquestra de frevo. O Tupã Folia recebeu o apoio da Pitú que patrocinou o trio elétrico. O público reagiu bem à edição de 2017 e está esperando a edição de 2018. A ornamentação do Pátio de Eventos foi assinada por Cristiane Luciano. (ASCOM)

Lula chama 87 testemunhas, e Moro exige sua presença em cada audiência

 
alt

O magistrado justifica que a medida foi tomada para “prevenir a insistência na oitiva de testemunhas irrelevantes.

Folha de S.Paulo – Josá Marques

O juiz federal Sergio Moro determinou que Luiz Inácio Lula da Silva acompanhe presencialmente os depoimentos das 87 testemunhas que sua defesa listou em um dos três processos em que o ex-presidente é réu na Operação Lava Jato.

O magistrado justifica que a medida foi tomada para “prevenir a insistência na oitiva de testemunhas irrelevantes, impertinentes ou que poderiam ser substituídas, sem prejuízo, por prova emprestadas [de outros processos]”.

 

No despacho, publicado no início da noite desta segunda (17), Moro reclama que “parece bastante exagerado” o número de testemunhas listadas por Lula no processo, entre elas “dois senadores, dois deputados federais, o ministro da fazenda e um ministro do TCU”.

Ele diz que é “absolutamente desnecessário” escutar todas as pessoas, porque em outra ação da Lava Jato houve “várias desistências”, inclusive durante a própria audiência, além de depoimentos “de caráter eminentemente abonatório ou sem conhecimento específico dos fatos que eram objeto da acusação”.

“De todo modo, é o caso, por ora e para evitar alegações de cerceamento de defesa, de deferir o requerido”, disse Moro.

 

“Não obstante, já que este julgador terá que ouvir oitenta e sete testemunhas da defesa de Luiz Inácio Lula da Silva, além de dezenas de outras, embora em menor número arroladas pelos demais acusados, fica consignado que será exigida a presença do acusado Luiz Inácio Lula da Silva nas audiências nas quais serão ouvidas as testemunhas arroladas por sua própria defesa”, acrescentou.

 

O próprio Lula já tem data marcada para ir a Curitiba e depor a Moro: no dia 3 de maio, mas em outra ação.

Procurada, a defesa de Lula disse em nota que a decisão é “mais uma arbitrariedade contra o ex-presidente, pois subverte o devido processo legal, transformando o direito do acusado (de defesa) em obrigação”.

“Presente o advogado, responsável pela defesa técnica, a presença do acusado nas audiências para a oitiva de testemunhas deve ser uma faculdade e não uma obrigação”, afirmou em nota o advogado Cristiano Zanin Martins.

Segundo Martins, o juiz Sérgio Moro “adota o direito penal do inimigo em relação a Lula” e “pretende, claramente, desqualificar a defesa e manter Lula em cidade diversa da qual ele reside para atrapalhar suas atividades políticas”.

 

 

 

 

 

 

Trabalhadores rurais protestam na Assembleia Legislativa de Pernambuco

 

 

Ação é contra a reforma da previdência que tramita em Brasília; protesto também cobra promessas do Governo do Estado.

Rádio Jornal / Foto: Reprodução/Rádio Jornal

Trabalhadores ligados a terra estão na frente da Assembleia Legislativa para protestar contra a reforma previdenciária, que tramita em Brasília.

O protesto promete movimentar uma audiência pública, que acontece na casa na manhã de hoje. Confira na reportagem de Rafael Carneiro.

Respostas

O Presidente da FETAPE (Federação de Trabalhadores Rurais de Pernambuco), Doriel Barros, também afirmou que está esperando uma resposta do Governador Paulo Câmara, que recebeu uma pauta com vários temas a serem debatidos, como questões de segurança e de abastecimento. Um posicionamento será cobrado durante a movimentação.

Manifestantes se concentram em frente ao Palácio do Governo

 

 

 
Após realizarem ato em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta segunda-feira (17), trabalhadores caminharam até o Palácio do Governo, onde se reúnem nesta tarde. Uma comissão formada pelos manifestantes foi recebida pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e integrantes do Governo do Estado.

O protesto é realizado pela Fetape, MST, CUT, Assocene e Fetaepe. O grupo pede uma resposta a uma pauta com demandas que passam pela Reforma da Previdência, seca, Programa Chapéu de Palha, educação no campo, cadastro ambiental no campo e segurança pública, dentre outros pontos. O ato ocorre na véspera de mobilização nacional para o dia 18 de abril. No encontro com os trabalhadores, Paulo Câmara deve dar um retorno à pauta entregue no início do mês de abril. (Via: Blog da Folha PE)

 

 

 

 

Governo quer privatizar casas lotéricas

 
alt

 

Equipe econômica quer trazer investidores para o mercado brasileiro e receitas sobre as loterias pode saltar de R$ 6 bilhões para R$ 12 bilhões.

Diário de PE / Foto: reprodução

O governo federal conta com a privatização das loterias para dobrar a arrecadação de tributos sobre as apostas dos brasileiros. Com empresas experientes no ramo operando os jogos eletrônicos em todo o mundo, a equipe econômica quer trazer os investidores para o mercado brasileiro e acredita que o volume de receitas de impostos sobre as loterias pode saltar rapidamente de R$ 6 bilhões para pelo menos R$ 12 bilhões – arrecadação que pode ajudar a reforçar o caixa do Tesouro Nacional nos próximos anos enquanto as contas públicas ainda deverão ficar no vermelho.

Antes de privatizar o setor – que é um monopólio da Caixa Econômica Federal -, o governo dividiu o conjunto de loterias em duas empresas que serão leiloadas: a Lotex (a loteria instantânea, como a raspadinha), que já existe no Brasil, e a chamada “SportBeting” (loteria de apostas, por exemplo, no time que vai ganhar, placar do jogo, prognósticos feitos por meio da internet). Esta última ainda não foi criada no País, mas os brasileiros participam desse tipo de aposta usando sites do exterior.

O jornal O Estado de S.Paulo apurou que a Casa Civil deve enviar em breve ao Congresso projeto de lei que permitirá a operação da loteria esportiva e autorizará apostas online. “Isso mais do que duplicará a arrecadação federal com as loterias, quando os sistemas das duas empresas estiverem funcionando plenamente”, projetou fonte do governo. A ideia de editar uma Medida Provisória foi abandonada depois de parecer da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

 

 
“Um presidente burro (ou cínico, fico com a primeira hipótese) o suficiente para confessar, na tevê, o golpe de Estado do qual fez parte, só permanece onde está se houver um Legislativo e um Judiciário dominados por gente do mesmo nível”, disse o jornalista Leandro Fortes, sobre a entrevista de Michel Temer à Band em que ele admite que a presidente deposta Dilma Rousseff foi vítima de um golpe parlamentar por não ter cedido chantagem do então presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) 
 
 
O jornalista Leandro Fortes afirmou que a confissão de Michel Temer na entrevista à Band News, de que a presidente deposta Dilma Rousseff foi vítima de um golpe parlamentar por não ter cedido chantagem do então presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) (leia aqui), não resulta na cassação do seu mandato apenas se o Judiciário for aliado. 
“JE M’ACCUSE!
 
Um presidente burro (ou cínico, fico com a primeira hipótese) o suficiente para confessar, na tevê, o golpe de Estado do qual fez parte, só permanece onde está se houver um Legislativo e um Judiciário dominados por gente do mesmo nível”, disse Fortes em sua página no Facebook. 
Com frieza e demonstrando tranquilidade, deixando claro que considera o episódio absolutamente normal, Temer narrou a operação com riqueza de detalhes:
“Em uma ocasião, ele [Eduardo Cunha] foi me procurar.
 
Ele me disse ‘vou arquivar todos os pedidos de impeachment da presidente, porque prometeram-me os três votos do PT no conselho de ética’. Eu disse que era muito bom, porque assim acabava com essa história de que ele estava na oposição. (…) naquele dia eu disse a ela [Dima] ‘presidente, pode ficar tranquila, o Eduardo Cunha me disse que vai arquivar todos os processos d impedimento’. Ela ficou muito contente e foi bem tranquila para a reunião.
 
No dia seguinte, eu vejo logo o noticiário dizendo que o presidente do PT e os três membros do partido se insurgiam contra aquela fala e votariam contra [Cunha no Conselho de Ética]. Mais tarde, ele me ligou e disse ‘tudo aquilo que eu disse, não vale, vou chamar a imprensa e vou dar início ao processo de impedimento ‘
Que coisa curiosa! Se o PT tivesse votado nele naquele comitê de ética, seria muito provável que a senhora presidente continuasse.
E quando eu conto isso eu conto para revelar, primeiro, que ele não fez o impedimento por minha causa. E, segundo, que eu não militei para derrubar a presidente.”

 

 

 

Resultado de imagem para Claudia cruz e sérgio Moro

 

Que tipo de acordo terá feito Cunha com Moro para essa senhora estar livre até hoje?

A ameaça de delação de toda essa quadrilha no Congresso, envolvendo PMDB e PSDB, foi só uma carta na manga de Cunha, pra Moro não mexer com Cláudia e seus filhos? Qual o segredo de Cunha?
 

Cuba suspende envio de médicos para o Brasil

 

 

O governo de Cuba suspendeu o envio para o Brasil de 710 profissionais treinados para trabalhar no Programa Mais Médicos. O grupo deveria desembarcar no País ainda neste mês. A decisão do governo cubano, comunicada ao Ministério da Saúde na terça-feira, 11, é reflexo do descontentamento com a grande quantidade de médicos que se recusam a voltar para Cuba, terminados os 3 anos de trabalho no programa. Há atualmente 88 profissionais que recorreram à Justiça para permanecer no Brasil e garantir o direito de continuar no programa do governo federal.
 
O governo cubano argumenta que a permanência dos profissionais no Brasil não estaria em conformidade com o acordo de cooperação firmado. Diante desse impasse, o governo brasileiro deve enviar uma comitiva ao país para discutir o assunto nas próximas semanas. 
 
O maior receio do governo cubano é de que um novo grupo de médicos resista em voltar para o país quando chamados de volta e que isso acabe afetando também o comportamento de profissionais que já estão atuando em outros países. Além do Brasil, Cuba tem outros acordos de cooperação, baseados no envio de profissionais de saúde. Esse tipo de cooperação é também uma forma de renda para ilha. No trato firmado entre Brasil e Cuba, parte dos salários dos médicos é paga diretamente para o governo cubano.
 
O Ministério da Saúde já havia anunciado a intenção de limitar o número de cubanos integrantes do Mais Médicos. A redução da participação de profissionais estrangeiros, no entanto, deveria ser feita de forma gradual, para não provocar vazios assistenciais, sobretudo em regiões onde há grande dificuldade de se garantir a permanência de médicos brasileiros.
 
Justamente por isso, o governo se apressou em organizar uma comitiva para discutir o assunto em Cuba e evitar que a participação de médicos daquele país caia numa velocidade maior do que considerado ideal. Os profissionais chegam ao Brasil por meio de um acordo firmado com a Organização Pan-Americana de Saúde e governo cubano. 
 
Ano passado, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou a intenção de reduzir em 4 mil o número de cubanos no Brasil. A ideia é substituí-los de forma gradual por profissionais brasileiros, em editais trimestrais.
 
Atualmente, trabalham no programa 10,4 mil cubanos – mil a menos do que no ano passado. Embora em número menor, eles continuam representando a grande força do Mais Médicos, programa criado em 2013 numa resposta às manifestações populares que reivindicavam melhoria de acesso à saúde.
 
Há três semanas, o Estado divulgou uma reportagem em que mostrava haver 84 ações de médicos cubanos reivindicando o direito de permanecer no Brasil e no programa. Entre elas, a cubana Yolexis Jaramillo que, em liminar, obteve também o direito de não apenas permanecer no programa, mas de receber do Ministério da Saúde. A liminar havia sido concedida em dezembro, mas a pasta resistiu durante meses em efetuar o pagamento. Em março, no entanto, também por força de decisão judicial, o Ministério efetuou o pagamento das mensalidades atrasadas.
 
O convênio firmado entre governo brasileiro, governo cubano e Organização Pan-Americana de Saúde previa que profissionais recrutados para trabalhar no programa ficariam no País três anos. Na renovação do acordo, em setembro de 2016, ficou determinado que, embora a lei permitisse ao grupo ficar mais três anos no Brasil, a maior parte dos 4 mil recrutados no primeiro ciclo do convênio deveria regressar ao país de origem para dar lugar a novos profissionais. A estratégia tem como objetivo evitar que cubanos estreitem os laços com o Brasil e, com isso, resistam a regressar para Cuba, quando o contrato chegar ao fim. 
 
Pelo acordo, a permissão de prorrogar o prazo desses profissionais por mais três anos seria dada apenas para aqueles que tivessem estabelecido família no Brasil ou criado vínculos. Há três semanas, Erfen Ribeiro Santos, advogado de Yolexis, comemorava o desfecho. “O pagamento feito pela União representa um pequeno buraco numa verdadeira muralha”, comparou. “É mais um passo, um bom indício.”
 
A reportagem procurou a Opas e a Embaixada de Cuba no Brasil para comentar o assunto. Até o momento, no entanto, não obteve resposta.

 

 
Fonte: Uol Notícias

 

Por que você deve comer abacate

 

Boa notícia para os amantes do abacate. Segundo estudo publicado no jornal Phytotherapy Research, a fruta ajuda a prevenir a síndrome metabólica, condição que envolve a existência de três ou mais fatores de risco para doenças cardíacas e diabetes, como pressão alta, nível alto de triglicérides e maior circunferência abdominal.
A pesquisa avaliou resultados de 129 estudos já publicados, examinando os efeitos do abacate em diferentes causas da síndrome metabólica. A maior parte desses estudos envolvia o consumo da polpa da fruta, mas outros também analisaram os efeitos das folhas, cascas, óleos e sementes.

Benefícios do abacate

Os pesquisadores concluíram que consumo da fruta pode ter influência sobre diversos aspectos, como no nível ruim de colesterol (LDL), o colesterol bom (HDL), triglicérides, colesterol total e fosfolipídeos. “Os agentes hipolipemiantes, anti-hipertensivos, antidiabéticos, anti-obesidade, antitrombóticos, anti-ateroscleróticos e cardioprotetores presentes no abacate têm sido demonstrados em vários estudos”, explicaram os autores do compilado. Em outras palavras, o abacate pode agir na prevenção de todos os sintomas da síndrome metabólica.
A maioria dos estudos recomenda comer a fruta diariamente. “Este é apenas mais um estudo para mostrar que o abacate realmente merece o status de umsuperalimento“, disse Cynthia Sass, editora de nutrição do site Health.com que não teve participação no estudo. Cynthia explicou que o abacate pode ajudar a evitar o acúmulo de gordura no abdômen, o tipo mais perigoso. Por ser rico emgordura saudável e bastante denso, proporciona maior saciedade.

Superalimento

Pessoas que comem mais abacate, segundo a pesquisa, pesam menos e tem circunferências abdominais menores do que aquelas que não o consomem, mesmo sem controlar a quantidade de calorias que ingerem. “Este é mais um exemplo de como nem todas as calorias são iguais”, afirmou Cynthia. Além disso, o abacate também é uma boa fonte de antioxidantes, fibras, vitaminas e minerais.

Como adicionar o abacate na dieta?

Além da vitamina e guacamole, é possível comer abacate acompanhando torradas e saladas, como recheio de sanduíches, omeletes e sopas. O abacate pode ser, ainda, um substituto para a manteiga em receitas e sua cremosidade pode servir de base parar sobremesas e pudins.
Fonte: Veja.Com

Sancionada lei que reconhece profissão de detetive particular

 
 
A profissão de detetive particular agora é reconhecida por lei. A Lei 13.432/2017 foi sancionada nessa terça-feira (11) e publicada com uma série de vetos nesta quarta-feira (12) no Diário Oficial da União.
A nova lei tem origem no Projeto de Lei da Câmara (PLC) 106/2014, aprovado no Senado em 15 de março. O texto entra em vigor já nesta quarta-feira (12).
Será considerado detetive particular o profissional que, por conta própria ou na forma de sociedade civil ou empresarial, colete dados e informações de natureza não criminal, para o esclarecimento de assuntos de interesse privado do cliente.
De acordo com a nova lei, o detetive particular pode colaborar com investigação policial em curso, desde que expressamente autorizado pelo cliente e com consentimento do delegado de polícia.
Farão parte dos deveres do profissional preservar o sigilo de fontes e respeitar o direito à intimidade, à privacidade, à honra e à imagem das pessoas.
Entre as proibições à atividade, estão a de aceitar serviço que contribua para a prática de crimes, divulgar os meios e os resultados da coleta de informações salvo em defesa própria, participar diretamente de diligências policiais, e ainda utilizar os dados coletados contra o cliente contratante.
O detetive particular será acionado via contrato, que poderá ou não conter seguro de vida para o profissional.
Vetos
O primeiro trecho vetado da lei dizia que o texto “regulamenta” a profissão. O presidente Michel Temer decidiu afastar o teor de regulamentação da atividade, para possibilitar a execução de funções similares por outros profissionais.
Também foi vetado o artigo que determinava as informações passíveis de investigação. De acordo com a justificativa para o veto, o texto trazia insegurança jurídica, ao não ser claro se essas atividades são privativas do detetive ou compartilháveis com outros profissionais.
Foram vetados ainda os pré-requisitos para a profissão. Entre as exigências, estavam a posse de diploma de nível médio e o atendimento a curso de formação profissional com carga horária de, no mínimo, 600 horas. De acordo com Temer, a necessidade de curso específico impediria a atuação de detetives sem a habilitação e também de profissionais de outras áreas, “sem que se caracterize potencial dano social”.
 

PT e PSDB amavam Odebrecht enquanto fanáticos se odiavam em praças públicas

 

 
Por Josias de Souza
 
PT e PSDB monopolizam as eleições presidenciais no Brasil há mais de duas décadas. Com o passar do tempo, as disputas foram adquirindo um quê de briga de pátio de colégio. Na sucessão de 2014, a coisa descambou. O tucanato dizia que o petismo roubara no mensalão e no petrolão. E o petismo respondia que o tucanato é que assaltara no mensalão mineiro e no escândalo dos trens paulistas. De repente, os delatores da Odebrecht esclarecem que os dois lados têm razão. E os torcedores fanáticos, que pareciam dispostos a matar e morrer por uma honra inexistente, percebem que fizeram papel de bobos. Não sabem onde enfiar o ódio que estocaram para alimentar suas lacraias interiores.
 

 

Há dois anos e meio, quando Dilma foi reeleita, Aécio era o principal líder da oposição e Lula se jactava de ter dado à luz um poste pela segunda vez —algo nunca antes visto na história do país. Hoje, Dilma é matéria-prima para Sergio Moro, Aécio divide com o notório Jucá o título de campeão de inquéritos da lista de Fachin e Lula nunca esteve tão próximo da cadeia. Legenda de um líder só, o PT está no brejo sem cachorro. Com Alckmin e Serra no mesmo pântano, o PSDB ficou num mato com João Doria. O tucanato, incorporado ao governo de Michel Temer, virou força auxiliar de um apodrecido PMDB. O PT, devolvido à oposição, derrete como sorvete exposto ao sol.
 
A lição primeira da hecatombe produzida pela colaboração da Odebrecht deveria ser a de que todas as premissas sobre as quais o eleitor brasileiro construiu as suas ilusões políticas depois da redemocratização do país precisam no mínimo pegar um pouco de ar. Para que o desastre servisse de aprendizado, seria preciso que os brasileiros se convencessem de que a industrialização do ódio pior do que uma sandice, é um erro. A maluquice se apaga com o esquecimento. O erro exige reflexão e correção.
 
Enquanto os fanáticos se odiavam em praça pública — ou nas redes sociais, que muitos acreditam ser a mesma coisa — petistas e tucanos amavam a Odebrecht no escurinho do departamento de propina da empreiteira. Parte da torcida ainda tenta fechar os olhos para a realidade. Mas está cada vez mais difícil. Os 78 delatores da Odebrecht azucrinam os fanáticos em toda parte. Eles estão na tevê, no rádio, na internet, no jornal, na revista…. E não adianta ignorar o noticiário. A voz de Marcelo Odebrecht pode invadir o grupo da família no aplicativo do celular, exigindo uma reação do fanático. Pode ser uma cara de nojo.
 
Há também a opção de continuar enxergando a democracia como o regime em que as pessoas têm ampla e irrestrita liberdade para exercitar a sua capacidade de fazer besteiras por conta própria, tratando a eleição como uma loteria sem prêmio e encarando o voto como um equívoco que pode ser renovado de quatro em quatro anos. De resto, aqueles que preferem odiar alguém a amar o país, podem odiar-se a si próprios. Como diria Nelson Rodrigues, um dia o sujeito acaba arrancando a própria carótida e chupando o próprio sangue, como um vampiro de si mesmo

 

Campanha de vacinação contra gripe começa nesta segunda-feira

 

Marcelo Camargo/Arquivo Agência Brasil

Começa nesta segunda-feira (17) a mobilização nacional de vacinação contra a gripe. A campanha deste ano inclui, pela primeira vez, os profissionais de educação no grupo prioritário. Cerca de 2,3 milhões de professores de escolas das redes pública e privada devem ser imunizados nos postos de saúde de todo o país.

Nos dias 2 e 3 de maio, os docentes serão vacinados nas escolas. Idosos, trabalhadores do setor de saúde, crianças de 6 meses até 5 anos, gestantes, mulheres no pós-parto, indígenas, população privada de liberdade, inclusive os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa, e pessoas com doenças crônicas continuam como público-alvo da vacinação.

A vacina permite a proteção contra os vírus A(H1N1), H3N2 e influenza B. Como os vírus são mutantes, a composição da vacina é feita somente depois da indicação da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre as cepas (variações dos vírus) que circularam com mais frequência nos últimos meses na região. Segundo a OMS, em 2016 a cepa do vírus A(H1N1) foi alterada, o que levou à produção de uma nova composição para a campanha deste ano.

Cerca de 60 milhões de doses serão distribuídas aos postos da rede pública de saúde. O Ministério da Saúde espera que pelo menos 54 milhões de pessoas sejam imunizadas até o dia 26 de maio, prazo final da campanha. O dia D da mobilização será em 13 de maio.

O principal objetivo da campanha é reduzir as hospitalizações e a ocorrência de mortes relacionadas à influenza. Segundo o Ministério da Saúde, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de internações por pneumonia e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da gripe. Em 2016, o país registrou a maior incidência dos casos de gripe desde a pandemia iniciada em 2009. Mais de 2.200 pessoas morreram no ano passado por problemas relacionados à gripe. De janeiro a abril deste ano ocorreram 48 mortes.

Apesar de a incidência de casos estar num ritmo bem menor do que o registrado no ano passado, o Ministério da Saúde alerta para a necessidade de se vacinar o quanto antes e garantir que a proteção seja efetiva no período de maior vulnerabilidade, o inverno. Além de buscar a imunização, o Ministério recomenda que a população lave as mãos várias vezes ao dia, cubra o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evite tocar o rosto, não compartilhe objetos de uso pessoal, mantenha os ambientes bem ventilados e evite a permanência em locais com aglomeração.

 

Se não tiver Lula, eleitor prefere Sérgio Moro para presidente, diz pesquisa

 

 

 
O nome do juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em primeira instância, é a primeira opção do eleitor quando o cenário não conta com o ex-presidente Lula na corrida pela presidência em 2018. Os dados estão numa pesquisa qualitativa contratada por um governador no Nordeste, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

 

Segundo o jornal, quando o eleitor é instado a citar um nome para o Palácio do Planalto que não seja o de Lula, o nome do juiz é o que aparece como primeira opção. 
 

Chuvas dão recarga de 16,3 milhões de m³ nos açudes de Coremas e Mãe d’Água em quatro dias

 

Açude de Coremas

As chuvas que vem caindo desde a quarta-feira (12) promoveram uma recarga nos açudes Coremas e Mãe d’Água, dois dos principais mananciais do estado da Paraíba, receberam juntos 16,3 milhões de metros cúbicos (m³). Porém, a recarga não foi suficiente para retirar os açudes da lista de mananciais em observação pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

De acordo com a Aesa, na última quinta-feira, o açude de Mãe d’Água tinha 27,1 milhões de m³, mas após receber água das chuvas na região registra 30,8 milhões de m³ neste domingo (16), o que corresponde a uma recarga de 3,7 milhões de m³ em três dias.

Já o açude de Coremas tinha 30,1 milhões de m³ na quinta-feira e agora registra 42,7 milhões de m³, o que corresponde a uma recarga de 12,6 milhões de m³ em três dias.

Mesmo assim, ambos os açudes ocupam a lista de observação de mananciais que registram menos de 20% da capacidade total de armazenamento, com Mãe d’Água estando em 5,4%, do total de 567,9 milhões de m³, e Coremas em 7,2%, do total de 591,6 milhões de m³.

 

 

 

 

 

 
Pernambuco registrou mais de 1.600 assassinatos nos primeiros 100 dias de 2017, num crescimento de mais de 35% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram contabilizadas 1.181 mortes. Até o último dia 10 de abril, foram registrados 1.650 homicídios em todo o Estado. Nos próximos dias, a Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco deve apresentar o balanço da criminalidade do mês de março – que, segundo dados disponíveis no próprio site da secretaria, bateu novo recorde como o mês mais violento de todo o Pacto pela Vida, com 548 mortes, o que representa uma média de 17,7 crimes por dia.
 

 

Segundo os dados oficiais da SDS, entre janeiro e março deste ano foram cometidos 1.522 crimes violentos letais intencionais (CVLIs) em Pernambuco – além de 130 casos nos primeiros dez dias de abril, segundo registro dos plantões das policias. Em relação aos crimes contra o patrimônio, que inclui casos de roubos e assaltos à população, inclusive de veículos e assaltos a ônibus, foram registradas 10.321 ocorrências no mês passado, elevando a conta no ano para 31.570 crimes violentos contra o patrimônio no ano. Os números representam uma média de um caso de roubo ou assalto a cada quatro minutos.
 
Para o deputado Silvio Costa Filho, líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, a estratégia do governo do Estado, que se restringe a trocar o secretário de Defesa Social e os comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil vem se mostrando inócua no combate à violência. “Infelizmente, essa é a realidade enfrentada pelos pernambucanos hoje. Entra secretário, sai secretário; entra comandante, sai comandante e a violência continua aumentando. Há seis meses no cargo, o secretário Angelo Gioia não conseguiu reduzir os índices de criminalidade. Muito pelo contrário, sob o seu comando a SDS registrou mais de 2.900 assassinatos em Pernambuco, uma média de quase 500 mortes por mês”, comparou.

 

O parlamentar cobra do governo do Estado ações efetivas para tirar Pernambuco dessa situação de guerra, citando exemplos de Estados como o Ceará, a Paraíba e Goiás, que reduziram os índices de criminalidade apesar de viver o mesmo quadro de crise de Pernambuco. Hoje, segundo as entidades ligadas aos agentes de segurança, a Polícia Militar opera com metade do efetivo que seria necessário e a Polícia Civil tem um efetivo menor que há 30 anos. “Chega de troca de secretário e de comandantes. Chega de trocar viatura e não ter combustível para rodar. Os princípios do Pacto pela Vida precisam ser resgatados, e isso passa pela transparência e pelo diálogo com os agentes de segurança e com toda a sociedade”, defendeu.

Mulher comete suicídio em Serra Talhada, no Sertão do Pajeú

 

 
A comoção de familiares e amigos é grande pela inestimável perca de Marta Lúcia Almeira, encontrada morta, na manhã deste domingo (16), após cometer suicídio, dentro de sua residência, próximo ao estádio de futebol Nildo Pereira de Menezes, “O Pereirão”, em Serra Talhada, no Sertão do Pajeú.
 
Segundo informações do nosso parceiro do Portal Nayn Neto, uma vizinha sentiu falta de Marta Lúcia e quando foi na sua residência visitá-la, encontrou a amiga morta, por enforcamento. A vizinha chamou a polícia, que constatou o suicídio.

 

O corpo de Marta Lúcia será velado na Casa de Homenagens Póstumas Bezerra de Melo (BM). O Enterro está previsto para esta segunda-feira (17), com horário a ser definido pela família.

 Ministério Público Federal pede revisão das contas de campanha da chapa Anchieta Patriota/Júnior de Mocinha em Carnaiba

Cerca de seis meses depois da eleição municipal, as eleições de outubro de 2016 ainda estão sendo discutidas na Justiça.
 
A Coligação União e Transformação Carnaíba para Todos, que lançou a chapa Didi / Luís Alberto (PTB/PTC) nas últimas eleições, entrou com uma ação de investigação eleitoral em Dezembro de 2016 questionando a contabilidade da campanha da chapa encabeçada por Anchieta Patriota (PSB).
 
Na primeira instância, a ação foi imediatamente arquivada, mas a coligação do PTB, representada pelo ex prefeito José Francisco Filho (Didi) recorreu e levou o processo para o TRE, em Recife.
 
A ação agora segue no Tribunal Regional Eleitoral apurando possíveis fraudes na arrecadação e nos gastos da campanha da chapa Anchieta Patriota / Júnior de Mocinha.
 
Ao tomar conhecimento do processo, o Ministério Público Federal apresentou parecer favorável às investigações e pediu a análise da prestação de contas.
 
Se a ação for julgada procedente, a Justiça pode cassar a chapa.
 
Veja o parecer na íntegra: (Clique nas imagens para ampliar) via Cauê
 
 
 

 

A La Carte sofre destruição pela segunda vez em Petrolina

 

Explosão na manhã deste domingo (16) destruiu o restaurante ‘A La Carte’ em Petrolina (PE), localizado na Av. Sete de Setembro.  A causa pode ter sido causada por um vazamento de gás na tubulação, o Corpo de Bombeiros esteve no local e juntamente com a polícia científica estão elaborando o laudo que pode confirmar as causa da explosão.

O restaurante já sofreu uma destruição no ano de 20o7, em função de problemas na parte elétrica, que é de responsabilidade da CELPE, nesta época o estabelecimento tinha sede na mesma avenida, porem, na entrada do bairro José e Maria.

Segundo informações de familiares, no momento da explosão, deste domingo, o ambiente não se encontrava em funcionamento, mas o proprietário, o senhor Alvino Coelho, se encontrava no local, mas foi socorrido, hospitalizado e passa bem e foi liberado.

Delatores citaram 415 políticos de 26 partidos 

 

 

As delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht envolveram pelo menos 415 políticos de 26 dos 35 partidos legalmente registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O PT lidera a lista com o maior número de filiados atingidos – ao todo, 93 petistas foram citados nos depoimentos. Eles são seguidos de perto pelos integrantes dos dois principais partidos que dão sustentação ao governo de Michel Temer: PSDB e PMDB. Cada um tem 77 membros citados pelos delatores.
PT, PMDB e PSDB são os três maiores partidos do Congresso e representam as três mais importantes elites partidárias do País. Juntos, eles concentram 59,5% dos políticos enredados nas delações da maior empreiteira do País. É o que mostra o levantamento feito pelo Estado (veja o infográfico aqui) em todas as 337 petições com pedidos de investigação feitas pelo procurador-geral de Justiça, Rodrigo Janot, e encaminhadas ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).
 
A questão não é apenas quantitativa. Os relatos dos delatores envolveram as principais lideranças desses partidos – são citados o atual presidente da República, Michel Temer, e cinco ex-presidentes (José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff) – ainda que com grau, intensidade e número de vezes diferentes.
Além deles, aparecem ex-candidatos à Presidência, como os senadores José Serra (PSDB-SP), Aécio Neves (PSDB-MG), o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP), o ex-governador Eduardo Campos (PSB-PE), o pastor Everaldo (PSC-RJ), José Maria Eymael (PSDC-SP), o ex-governador Leonel Brizola (PDT-RJ) e o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) – nos casos desses dois últimos, a acusação foi arquivada pelo STF. A maioria teve lugar de destaque nas corridas presidenciais desde a redemocratização do País, em 1985.
No PT, as delações atingiram ex-ministros como Jaques Wagner, Guido Mantega, Antonio Palocci, José Dirceu e Paulo Bernardo e governadores como Tião Viana (AC) e Fernando Pimentel (MG). No PMDB, foram delatados o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e senadores como Renan Calheiros (AL) e Romero Jucá (RR), o ex-governador Sérgio Cabral (RJ) e os governadores Luiz Fernando Pezão (RJ) e Paulo Hartung (ES). 
 
Os partidos médios, muitos dos quais compõem a base de Temer, também tiveram lideranças envolvidas. O PP é a quarta sigla mais afetada, com 35 citados, incluindo seu presidente, o senador Ciro Nogueira (PI). O DEM vem a seguir, com 22 denunciados, entre eles o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ). O PSB (19), o PSD (15), o PTB (11), o PR e o PC do B, com 10, o PPS (9), e o PDT (8) completam a lista. Destes, só o PC do B e o PDT não estão no governo. Entre os pequenos partidos sobram 25 citados. Aqui, só dois deles – o PSOL e o PTN – não apoiam Temer. Todos os políticos até agora citados negaram o conteúdo das delações. (O Estado de S. Paulo)

 

 

 

 

Faleceu na noite de ontem (15), na cidade do Rio de Janeiro-RJ, o comerciante, Francisco de Assis Ramos (Assis da Miudeza) aos 79 anos.

Assis estava visitando seu neto na cidade maravilhosa, acompanhado da sua filha Karla Patrícia, quando na manhã de ontem, sentiu-se mal, foi levado para uma Unidade da UNIMED, onde foi atendido e assistido durante todo dia, quando por volta das 21:30, voltou a se sentiu mal e teve um infarto fulminante, vindo a falecer.

Segundo sua nora Viviane, seu corpo deve chegar ao Recife, somente nesta segunda-feira (17) será velado na sua residência na Praça Arruda Câmara e sepultado no Cemitério São Judas Tadeu em Afogados da Ingazeira.

 

Zé Raimundo entrega a Secretaria de Esportes e cria uma saia justa para o prefeito de Serra Talhada

 

Publicado em Domingo, 16 Abril 2017 14:37

http://s.glbimg.com/es/ge/f/original/2012/02/13/jose-raimundo.jpg

O assunto mais comentado no meio político local é à saída do vereador José Raimundo da Secretaria de Esportes, em Serra Talhada, o fato, que conforme se comenta aconteceu por insatisfações do secretário com setores do governo deixa o prefeito Luciano Duque com um verdadeiro abacaxi para descascar, afinal, a ida de Zé Raimundo para Secretaria de Esportes, segundo o C1, seguia todo um cronograma, traçado pelo prefeito para abrigar outros nomes no grupo, neste caso o vereador Edmundo Gaia, que ocupou uma cadeira na Câmara de Vereadores. Agora com o retorno de Zé, a pergunta é: onde Duque irá abrigar Edmundo Gaia.

 

A semana de fato não começou bem para o prefeito. Já na última segunda-feira, o vereador Jaime Inácio, apontou sua metralhadora para o prefeito e taxativamente cobrou que o mesmo “honrasse sua palavra“, isso se referindo a promessas de campanha não cumpridas por Duque.

Devido ao seu posicionamento, comenta-se que o vereador Jaime Inácio já ensaia uma aproximação com o seu primo, o deputado federal licenciado, Sebastião Oliveira. A assessoria do vereador Jaime Inácio não confirma, mas disse que amanhã (segunda-feira) o vereador terá uma conversa com o prefeito. Também nesta segunda-feira (17), Jaime Inácio estará dando entrevista a uma emissora de rádio local onde promete esclarecer a real situação.

 

Já no caso de Edmundo Gaia, existem comentários de que ele (Edmundo) e seu grupo também possam romper com o prefeito e venha a se alinhar com o ex-prefeito Carlos Evandro.

Tudo no campo da especulação, os duquistas rebatem garantindo que também o vereador André Maio, eleito pelo bloco de oposição, mas que se autodenomina de ‘independente’ estaria se aproximando de Duque. Conforme os comentários, o prefeito estaria articulando uma pasta para Maio, trazendo para assumir uma cadeira no legislativo municipal o suplente Romero do Carro de Som, que embora tenha sido eleito suplente com votos da oposição, já chegaria a casa, na base aliada do prefeito.

A confirmação da saída de Zé Raimundo da Secretaria de Esportes foi feita na última quinta-feira e o suplente de vereador Ginclésio Oliveira (GIN) é quem deve ocupar o seu lugar e, embora o Governo Municipal não tenha feito nenhum comunicado oficial, nas redes sociais já dão conta de que a portaria com a nomeação de Gin já foi assinada.

 

 

Vídeo: barragem neste domingo

 

Vídeo: Barragem de Brotas neste domingo de Páscoa (16), ganhou um grande volume de água, detalhe: para sangrar faltam mais ou menos de 4 a 5 metros  (Imagens do Blog Marcos Montinelly)

Visitando a barragem: companheiro Finfa e sua esposa Valquiria, amigo e professor Fábio Luiz demais populares 

Foto: do companheiro Finfa momento que eu estava gravando

Uma foto histórica quando estava seca o carro bem no meio da barragem. Novo registro neste domingo de Páscoa

Paredão da barragem 

História da Barragem de Brotas construída na gestão do prefeito Dr. Silvério 

 

  O divisor de águas para o desenvolvimento de Afogados da Ingazeira:  Prefeito Sivério Queiroz Brito assinando o contrato para a construção da Barragem de Brotas.

 

No dia 08 de Setembro de 1974,  deu início às obras  na gestão do Prefeito Dr. José Silvério Queiroz de Brito, Governador era Eraldo Gueiros Leite, o Engenheiro da Obra Dr.Mário Antonino. 
 
 A construção teve início em 1974 foi até ano 1976, as fotos foram gentilmente cedidas ao blog pelo ex-prefeito Dr. Silvério, filho do saudoso Zezé Rodrigues e pai de Wagnner Nascimento de Queiroz Brito da WM eventos.
 
 
Olha ele ai Dr.Silvério ex-prefeito visitando a barragem construída no seu governo 
Dr. Sivério hoje com 71 anos de idade ainda tem a sua mãe viva Dona Creuza 92 anos,  viúva do saudoso  Zezé Rodrigues 
 
 
 

Outro momento histórico: Visita do Frei Damião à Barragem de Brotas

Trabalhadores: