A informação foi dada pelo vice-diretor de Pesquisa e Inovação da Fiocruz Amazônia, Felipe Naveca.

Felipe Naveca também afirmou que já foram detectadas mais de 30 linhagens do coronavírus no Brasil. (Foto: Reprodução)

O vice-diretor de Pesquisa e Inovação da Fiocruz Amazônia, Felipe Naveca, disse ao Jornal da CBN que a nova variante do coronavírus encontrada por autoridades japonesas em quatro pessoas procedentes do Brasil tem origem no Amazonas. Ele destacou que ainda é cedo para afirmar que a mutação tem maior poder de transmissão e pediu para a população manter as medidas sanitárias e de distanciamento social para reduzir as infecções e, consequentemente, as mudanças no vírus.

“O vírus, seja ele o mutante ou o selvagem, ele não vai passar pela máscara, ele não vai resistir à lavagem das mãos com sabão ou álcool gel. Então, as medidas de distanciamento social e as medidas de utilização de EPI como a máscara e a lavagem da mãos continuam sendo extremamente eficazes. A gente precisa, nesse momento, diminuir a circulação do vírus porque isso vai nos ajudar a desacelerar esse processo de evolução do vírus, e a gente precisa demais da ajuda da população.”

Felipe Naveca também afirmou que já foram detectadas mais de 30 linhagens do coronavírus no Brasil. Ao menos 11 delas circulam no Amazonas. Ele destacou que o estado voltou a enfrentar um cenário catastrófico com o aumento de casos da doença.

“Até tenho comentado com os amigos que a gente está vivendo abril de novo. Abril do ano passado, que foi um coisa assustadora. A gente não conseguia nem dormir direito, virando algumas noites no laboratório para poder fazer diagnóstico. Minha equipe trabalha tanto no diagnóstico quanto no sequenciamento. Então, a gente está muito sobrecarregado. Nossos colegas médicos estão dando depoimentos muito emocionados porque eles estão numa luta ferrenha. Nós chegamos, de novo, num cenário catastrófico.”

Nesta segunda-feira (11), o prefeito de Manaus afirmou à CBN que a cidade pode ficar sem cilindros de oxigênio em até quatro dias. David Almeida, do Avante, disse que os fornecedores já estão sem condições de atender à demanda por causa do aumento de internações. Nos nove primeiros dias de janeiro, os hospitais públicos da capital do Amazonas já receberam o mesmo número de pacientes de todo o mês de dezembro

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!