Faltam apenas dois dias para o sorteio da Mega da Virada, que oferece a maior bolada do ano e da história da loteria: um prêmio estimado em R$ 350 milhões. Para ganhar a premiação, alguns apostadores contam com a sorte, mas também procuram saber quais as dezenas foram mais sorteadas no concurso especial criado em 2009.

Neste período, foram realizados 12 sorteios da Mega da Virada. O número 10 foi o mais sorteado: quatro vezes, de acordo com divulgação  da Caixa à imprensa.

Em seguida, as dezenas mais sorteadas são 03, 05, 20 e 36. Todos esses números saíram três vezes nos concursos especiais das loterias Caixa.

Ao todo, 16 dezenas foram sorteadas duas vezes desde que a Mega da Virada começou a ser realizada. São elas: 02, 11, 17, 18, 33, 34, 35, 37, 38, 40, 41, 42, 51, 53, 56 e 58.

Outras 22 dezenas saíram uma vez na Mega da Virada, segundo o Valor Investe: 01, 04, 06, 12, 14, 16, 24, 25, 27, 29, 30, 31, 32, 43, 45, 46, 47, 49, 50, 52, 55, 57.

Há, ainda, 16 números que jamais foram sorteados no concurso especial. Tome nota: 07, 08, 09, 13, 15, 19, 21, 23, 26, 28, 39, 44, 48, 54, 59, 60.

As casas lotéricas e plataformas digitais da Caixa já estão recebendo apostas desde o dia 16 de novembro. A Caixa Econômica Federal fará o sorteio milionário no dia 31 de dezembro. O concurso será o de número 2.440 e até lá não haverá mais sorteios.

Por se tratar de um concurso especial, o prêmio não acumula. Caso não haja acerto para as seis dezenas, o valor será dividido entre os acertadores  de cinco dezenas. O valor prometido é maior do que o de 2020, quando a Caixa estimou o prêmio em R$ 300 milhões.

As apostas podem ser feitas nas casas lotéricas de todo o país, pelo aplicativo Loterias Caixa ou pela internet. O valor da aposta simples, com 6 números, é R$ 4,50. Vale lembrar que as apostas devem ser feitas com volante específico da Mega da Virada.

Estimativas feitas pela Caixa mostram que caso o sortudo leve a bolada sozinho, se aplicado o dinheiro na poupança, terá um rendimento de R$ 1,5 milhão mensais,  o total é dinheiro suficiente ainda para comprar 40 mansões de R$ 8,75 milhões, cada.

Bolões

Para aumentar as chances de ganhar, muitos jogadores optam por adquirir cotas dos bolões, já que concorrem com uma maior quantidade de jogos e de números em uma aposta, gastando menos.

Para realizar o bolão, basta formar um grupo, escolher os números da aposta, marcar a quantidade de cotas e registrar em qualquer uma das 13 mil lotéricas do país. Ao ser registrada no sistema, a aposta gera um recibo de cota para cada participante que, em caso de premiação, poderá resgatar o prêmio individualmente.

O apostador também pode adquirir cotas de bolões organizados pelas lotéricas. Para isso, é preciso solicitar ao atendente a quantidade de cotas que deseja e guardar o recibo para conferir a aposta no dia do sorteio. Nesse caso, poderá pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da lotérica.

Na Mega-Sena, os bolões têm preço mínimo de R$ 10. Porém, cada cota não pode ser inferior a R$ 5. É possível realizar um bolão de no mínimo 2 e no máximo 100 cotas. É permitida a realização de no máximo 10 apostas por bolão. Nos casos de mais de uma aposta, todas elas deverão conter a mesma quantidade de números de prognósticos.

 

 

Bolsonaro recusa ajuda humanitária da Argentina às vítimas das chuvas na Bahia

CNN Brasil

O Ministério das Relações Exteriores negou autorização do envio de ajuda humanitária por parte do governo da Argentina às vítimas das enchentes na Bahia, segundo informou, em nota, o governo do estado.

De acordo com o comunicado, o governo argentino se colocou disposto a enviar imediatamente ao sul da Bahia uma missão com profissionais especializados nas áreas de água, saneamento, logística e apoio psicossocial para as vítimas dos estragos que foram causados pelas fortes chuvas no estado.

O governo baiano afirmou que recebeu um documento do consulado argentino informando a decisão da União na noite desta quarta-feira (29). Na dispensa aos esforços do país vizinho, o governo brasileiro afirmou que a crise na Bahia está “sendo enfrentada com a mobilização interna de todos os recursos financeiros e de pessoal necessários”.

De acordo com o governo da Bahia, o Ministério das Relações Exteriores ainda informou que “na hipótese de agravamento da situação, requerendo-se necessidades suplementares de assistência, o Governo brasileiro poderá vir a aceitar a oferta argentina de apoio da Comissão dos Capacetes Brancos, cujos trabalhos são amplamente reconhecidos”.

Pelas redes sociais, o governador Rui Costa (PT) agradeceu a ajuda do governo argentino e pediu celeridade do governo federal para autorizar a missão estrangeira. O governador ainda expressou gratidão ao embaixador Daniel Scioli e à presidente da comissão nacional dos Capacetes Brancos, a embaixadora Sabina Frederic, assim como ao cônsul-geral da Argentina na Bahia, Pablo Virasoro.

O número de mortos em decorrência das enchentes que atingem diversas regiões da Bahia subiu para 24 de acordo com informações da Superintendência de Proteção e Defesa Civil do estado (Sudec). Diante da crise, 15 estados e o Distrito Federal anunciaram envio de ajuda para as cidades inundadas.

 

Zé Negão ” Gestão Sandrinho não entregou o que prometeu em campanha”

O ex-vereador Zé Negão, candidato a prefeito em 2020, fez duas críticas à gestão Sandrinho Palmeira, participando do Debate das Dez da Rádio Pajeú.

Acompanhado do vereador Edson Henrique, seu filho, ele disse que havia se comprometido em  não avaliar a gestão antes dos seis meses de governo e que agora se sentia a vontade para falar.

Zé criticou a gestão por questões como o trânsito, animais soltos nas ruas, o salário pago aos servidores, o tratamento aos servidores da educação. “Eles prometeram desde o governo um mega concurso” e não saiu do papel.

Disse ainda que a patrulha rural 24 horas foi outra promessa que não foi cumprida e criticou a situação nos bairros da cidade, ambos segundo ele abandonados. “A gente vê aí o povo falando na rádio. Sandrinho disse que ia fazer a gestão de fora pra dentro, zona rural e bairros. Cadê?”. Disse que o centro foi “maquiado” e os bairros, abandonados.

Zé Negão afirmou que os veículos cedidos a associações, fruto de parceria com a CODEVASF estão servindo para realizar ações que seriam de responsabilidade da Secretaria de Agricultura. Citou inclusive um exemplo em que a programação em uma estrada rural teria sido barrada por Rivelton Santos por questão política. “Não deixaram fazer o serviço na estrada e a população ficou revoltada”. Ele disse que a nota ao prefeito é menor que 4, a que ele aferiu em entrevista anterior.

Sobre 2022, Zé Negão disse ter conversado com Miguel Coelho e Raquel Lyra. Aposta que a oposição ganha as eleições em Pernambuco. Também que foi convidado pelo PODEMOS para ser candidato a Deputado Federal e que estaria avaliando.