Notícia

O governador Paulo Câmara anunciou, nesta segunda-feira (14.01), os nomes que comandarão os órgãos da estrutura descentralizada do Governo de Pernambuco, a partir de 2019, alguns como Roberto Tavares, na Compesa, Tatiana Nóbrega, na Funape, e Ricardo Leitão, na Cepe, permanecem nos cargos. “São pessoas com experiência administrativa e muitos serviços prestados ao povo de Pernambuco. Tenho certeza de que vão colaborar para que a nossa administração continue avançando, reforçando nossas políticas públicas e atuando diariamente para a melhoria da qualidade de vida dos pernambucanos”, destacou Paulo. Segue, abaixo, os nomes escolhidos pelo chefe do Executivo estadual e seus respectivos postos:

Governadoria do Estado:

Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado de Pernambuco (ARPE) – Ettore Labanca

Secretaria de Administração:

Agência Estadual de Tecnologia da Informação  (ATI) – Ila Carrazone

Instituto de Recursos Humanos do Estado de Pernambuco (IRH) – Ruy Bezerra

Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco  (FUNAPE) – Tatiana Nóbrega

Pernambuco Participações e Investimentos S/A  (PERPART) – Adaílton Feitosa

Secretaria da Casa Civil:

Companhia Editora de Pernambuco (CEPE) – Ricardo Leitão

Arquivo Público – Evaldo Costa

Secretaria de Desenvolvimento Agrário:

Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (ITERPE) –  Altair Patriota Correia Alves

Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) – Odacy Amorim

Secretaria de Saúde:

Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco Governador Miguel Arraes S/A – (LAFEPE) – Flávio Gouveia

Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos:

Agência Pernambucana de Águas e Clima  (APAC) – Suzana Montenegro

Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Pernambuco  (DER) – Bruno Cabral

Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal  (EPTI) – Jurandir Liberal

Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) – Roberto Tavares

Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação:

Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco  (DETRAN) – Roberto Fontelles

Consórcio de Transportes da Região Metropolitana do Recife (CTM) – Erivaldo Coutinho

Companhia Estadual de Habitação e Obras  (CEHAB) – Bruno Lisboa

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação:

Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia  (FACEPE) – Abraham Benzaquen Sicsú

Empresa Pernambuco de Comunicação S/A – (EPC) – Gustavo Almeida

Secretaria de Cultura:

Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco  (FUNDARPE) – Marcelo Canuto

Secretaria de Desenvolvimento Econômico:

Instituto de Pesos e Medidas do Estado de Pernambuco (IPEM) – Juliano Martins

SUAPE – Complexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros –  Leonardo Cerquinho

Porto do Recife S/A – Carlos Vilar

Companhia Pernambucana de Gás (COPERGÁS) – André Campos

Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco S/A (AD-DIPER) – Roberto Abreu

Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude:

Fundação de Atendimento Socioeducativo (FUNASE) – Nadja Alencar

Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação:

Junta Comercial do Estado de Pernambuco  (JUCEPE) – Taciana Bravo

Agência de Fomento do Estado de Pernambuco (AGEFEPE) –  Marcelo Barros

Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade:

Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) – Djalma Paes

Distrito Estadual de Fernando de Noronha –  Guilherme Rocha

 

Russos:

Cidadão poderá ter até seis armas, revela deputada aliada de Bolsonaro

A deputada federal eleita Joice Hasselmann (PSL) antecipou alguns pontos que estarão no decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para a regulamentação do porte de armas no Brasil. A expectativa é que o documento seja divulgado nesta terça-feira (15).

No Twitter, a jornalista postou que o decreto vai permitir que cada cidadão tenha até seis armas.

Joice Hasselmann@joicehasselmann

Bom dia! Hj @jairbolsonaro publica decreto q flexibiliza a posse de armas. Todo cidadão de bem poderá ter 2 armas em casa. Em caso de necessidade, esse número pula para 6. As taxas serão reduzidas. Agora mulheres de todo Brasil terão a resposta na ponta do dedo aos estupradores

 

Carros e Costas

 

Câmara de Patos quer que TCE-PB libere uso de “vale combustível” por vereadores 

sales-junior-prb

O presidente da Câmara Municipal de Patos, Sales Júnior (PRB), enviou ofício para o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) solicitando o aval do órgão para a seguinte demanda: cada vereador do município poderia receber uma ajuda de custo por mês de R$ 200 para gastar com combustível, o que resultaria em um impacto financeiro na Câmara de R$ 3.400 mensais.

De acordo com o presidente do Tribunal de Contas do Estado, André Carlos Torres, a demanda está sendo analisada pela auditoria e somente quando, juntamente à assessoria jurídica do órgão, for chegado a um parecer, ele poderá se pronunciar sobre o caso.

Na consulta, o chefe do legislativo afirma que, embora a Câmara possua três veículos disponíveis, esses estão à disposição dos setores administrativos do Legislativo, estando, muitas vezes, ocupados, quand solicitados pelos parlamentares.

Ele afirma ainda que o valor seria utilizado para a ida às comunidades, fiscalização de obras municipais e para atender à solicitação e reinvindicação, in loco, por parte da população e demais atribuições parlamentares externas.

Enquanto isso…

STJ regulamenta auxílio-moradia a juízes federais e ministros
stf_Agência Brasil

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, que também preside o Conselho Nacional da Justiça Federal, regulamentou o pagamento do auxílio-moradia aos juízes federais, reforçando as restrições estabelecidas em dezembro pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A resolução foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira.

Na semana passada, Noronha já havia publicado resolução que regulamentava o pagamento do benefício a ministros do STJ, desta vez com a previsão de que o magistrado somente poderá receber o auxílio se não tiver imóvel próprio ou funcional no Distrito Federal, onde fica a sede do tribunal.

Em sua última sessão do ano passado, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou por unanimidade, numa votação de poucos segundos, uma nova resolução para o pagamento de auxílio-moradia aos magistrados brasileiros, no valor máximo de R$ 4.377,73.

A resolução do CNJ, publicada em 18 de dezembro, prevê ao menos cinco critérios que devem ser atendidos para que o magistrado, seja no âmbito federal ou estadual, possa ter direito ao auxílio-moradia. Segundo estimativa preliminar do CNJ, aproximadamente 180 juízes estariam incluídos em tais critérios, cerca de 1% da magistratura.

Estão entre os critérios que não haja imóvel funcional disponível ao magistrado; que cônjuge ou qualquer pessoa que resida com o magistrado não ocupe imóvel funcional; que o magistrado ou cônjuge não tenha imóvel próprio na comarca em que vá atuar; que o magistrado esteja exercendo suas funções em comarca diversa do que a sua original; que o dinheiro seja gasto exclusivamente com moradia.

Após a publicação da resolução pelo CNJ, ficou a cargo de todos os órgãos subordinados da Justiça regulamentarem o pagamento do benefício dentro dos moldes estabelecidos pelo conselho.

Até novembro do ano passado, o auxílio-moradia era pago a todos os magistrados, indiscriminadamente, por força de uma liminar concedida em 2014 pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF). O próprio ministro revogou a decisão após o então presidente Michel Temer ter sancionado lei que resultou num reajuste de 16,38% no salário dos juízes brasileiros.

Número de roubos em Pernambuco no ano passado cai 21,7% em relação a 2017, afirma secretário

O Estado de Pernambuco contabilizou 94.356 roubos – os crimes violentos contra o patrimônio (CVLPs) – em 2018, de acordo com balanço divulgado nesta segunda-feira (14) pela Secretaria de Defesa Social (SDS). O número é 21,7% menor que o de 2017, quando foram registradas 120.570 ocorrências.

O mês de dezembro apresentou uma queda de 18% em relação ao mesmo período do ano anterior. Foram 6.653 roubos, o menor total absoluto desde abril de 2015, que contabilizou 6.125 CVLPs, segundo a SDS. Dezembro foi ainda o 16º mês seguido de redução dos roubos no Estado.

Os dados divulgados pela secretaria englobam assaltos a bancos, a ônibus e a transeuntes, além de roubos de cargas e de veículos e outras formas de ações violentas para roubar bens. Segundo o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, as forças de segurança chegaram a um saldo de 44 mil prisões e a apreensão de 6,8 mil armas de fogo em 2018. (Fonte: FP)

Alunos de escolas estaduais de Pernambuco podem concorrer a mil bolsas de estudos

 

Resultado de imagem para alunos em sala de aula em pernambuco

Alunos e ex-alunos de escolas públicas estaduais de Pernambuco podem se candidatar a mil bolsas de estudos pagas pelo governo do Estado. Para concorrer, é preciso antes ser aprovado em uma universidade pública. Nesta segunda edição, o Programa PE no Campus vai oferecer bolsa de R$ 950 no primeiro ano da graduação e R$ 400 no segundo ano do curso. As inscrições, somente pela internet, começam nesta terça-feira (15) e vão até dia 23 de janeiro.

O objetivo da bolsa é ajudar nas despesas do curso, moradia, alimentação e transporte. O objetivo é melhorar as condições de acesso à universidade dos estudantes egressos do ensino médio público pernambucano. Serão 900 para estudantes que optarem por concorrer pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu) e cem para quem for aprovado na UPE pelo Sistema Seriado de Avaliação (SSA).

Para concorrer ao PE no Campus o candidato deve ter estudado todo o ensino médio na rede pública estadual e ter concluído, no máximo, há cinco anos; ser atendido pelo Bolsa Família ou ter renda familiar inferior a três salários mínimos; ter residência fixa com distância igual ou superior a 50km da universidade e ter sido admitido em curso de graduação numa instituição de ensino por meio do Enem ou SSA realizado em 2018, com previsão de ingresso para 2019.

 

 

Agricultor é morto em Santa Cruz da Baixa Verde e aposentada comete suicídio em Carnaíba

Um agricultor de 30 anos foi morto a facadas após uma discussão na segunda-feira (14), em Santa Cruz da Baixa Verde, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima estava consumindo bebida alcoólica com um homem conhecido apenas por ‘Alex’, quando se desentenderam e o agricultor, segundo testemunhas, teria puxado a faca para atingir o suspeito.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, durante a briga o acusado tomou a faca da vítima e a esfaqueou diversas vezes. O homem morreu no local. Policiais militares foram até a residência do suspeito, mas ele não se encontrava. Segundo informações, ele estaria foragido no município de Manaíra (PB). A PM fez buscas na cidade, mas não conseguiu localizar o mesmo.

Suicídio – Em Carnaíba, também no Sertão do Pajeú, uma aposentada de 66 anos cometeu suicídio nesta segunda-feira (14). Segundo informações do 23º BPM, o corpo da vítima foi encontrado por populares na residência da mesma, no Bairro Caixa D’água.

O efetivo foi ao local, juntamente com o agente de plantão e constataram a veracidade dos fatos. Foi isolada a área, onde o corpo da vítima foi encontrado. Populares informaram ao policiamento que encontraram a vítima dependurada no teto da casa, presa por uma corda no pescoço. Familiares cortaram a corda antes de o efetivo chegar.

O IC esteve no local e confirmou o suicídio. A ocorrência foi passada à DP local para serem tomadas as medidas legais cabíveis. (Nill) 

Aumentou para 353 o número de suspeitos presos ou apreendidos por participação nos atos criminosos no Ceará. De acordo com a Secretaria Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o balanço corresponde às capturas até as 17h deste domingo (13).

“As prisões e apreensões registradas na capital, região metropolitana e cidades do interior são oriundas de ações das forças de segurança cearenses, e entidades parceiras, que atuam incessantemente para garantir tranquilidade a todos os cidadãos cearenses e a normalidade no funcionamento dos serviços públicos”.

Até ontem, 12º dia seguido de ataques, foram transferidos 39 chefes de grupos criminosos para presídios federais. A polícia localizou e apreendeu cinco toneladas de explosivos em um depósito clandestino.

Leis sancionadas

Na noite de domingo foi registrado mais um ataque criminoso, em Fortaleza. O alvo foi uma ponte na Rua São João, no bairro Bonsucesso. Desconhecidos que estavam em carro lançaram uma bomba contra a estrutura de concreto. O local chegou a ser isolado para polícia.

Também ontem, o governador do Ceará, Camilo Santana, sancionou as novas leis contra o crime organizado. As medidas foram aprovadas pela Assembleia Legislativa, em sessão extraordinária realizada no sábado (12).

De acordo com o governo do estado, as leis já foram publicadas e visam reforçar o combate ao ataques organizados por facções criminosas no estado desde o dia 2 de janeiro.

O governo listou as medidas que passam a valer imediatamente:

– convocação de policiais militares e bombeiros militares da reserva;

– aumento da quantidade de horas extras para policiais, bombeiros e agentes penitenciários de 48h para 84h mensais;

– pagamento em dinheiro para quem fornecer informações à polícia que resultem na prisão de criminosos ou evitem ataques;

– criação do Fundo de Segurança Pública e Defesa Social

– criação do Banco de informações sobre veículos desmontados;

– regras de restrição ao uso do entorno dos presídios do estado para prevenir fugas e garantir mais segurança;

– autorização de convênios e parceria com União e estados para a cessão de policiais ao Ceará. (Via: Agência Brasil)

O instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) ofertará a partir deste semestre, o tão aguardado curso de Engenharia Civil no campus Serra Talhada. Desejo antigo dos moradores da região, o curso foi discutido em audiência pública, realizada na câmera de vereadores do município em 2014. Desde então, o Instituto tem tentado junto ao Ministério da Educação a autorização para sua abertura e, em novembro do ano passado, foi publicado o Ato Autorizativo que concedia este direito ao campus.

O curso terá 35 vagas anuais e será realizado em turno integral (aulas manhã e tarde), com duração mínima de 5 anos. A seleção utilizará o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), exclusivamente com base nos resultados obtidos pelos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente ao ano de 2018. De acordo com o cronograma oficial da seleção, as inscrições serão realizadas entre os dias 22 e 25 de janeiro, exclusivamente pela internet, por meio do endereço eletrônico http://sisu.mec.gov.br. 

É necessário ressaltar que no mesmo período, também haverá inscrições para o curso Licenciatura em Física, ofertado no campus Serra Talhada desde 2017, além de vagas para diversos outros cursos nos demais campi do IF Sertão-PE. O resultado da seleção está previsto para o dia 28 de janeiro. O prazo para a manifestação de interesse em participar da lista de espera será entre os dias 28/01 e 04/02. 

Acesse aqui o cronograma oficial do Sisu com estas e demais informações, bem com o calendário de matrículas no IF Sertão-PE para os candidatos selecionados, que também já está disponível, além do edital da seleção e outros dados referentes ao Sisu.

 

Presidente deve flexibilizar posse de armas até 22 de janeiro

Como a primeira medida de impacto de seu mandato, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) pretende assinar nos próximos dias decreto para permitir a posse de arma de fogo a todas as pessoas sem ficha criminal do país.

A ideia é que a medida seja colocada em vigor antes da participação do presidente no Fórum Econômico Mundial, em Davos, que ocorrerá entre os dias 22 e 25.

“Ele deve implementar, com certeza, antes da viagem”, disse à reportagem o vice-presidente Hamilton Mourão.

Para a assinatura do decreto, o presidente deve promover uma cerimônia no Palácio do Planalto com a presença de parlamentares da bancada da bala, favoráveis à edição da medida.

A iniciativa deve incluir a anistia para pessoas que já possuem armas e perderam o prazo de renovação e o aumento do prazo de validade da autorização de posse de 5 para 10 anos.

O decreto foi discutido nesta terça-feira (8) em reunião ministerial. Segundo relatos, o ministro da Justiça, Sergio Moro, disse que o decreto está em fase final de elaboração.

Moro também disse no encontro que tem tido êxito o envio da Força Nacional para o Ceará para reprimir uma onda de violência estadual.

De acordo com presentes, Bolsonaro negou na reunião que será instalada uma base americana no Brasil durante seu mandato.

O presidente havia citado a possibilidade em entrevista, na semana passada, mas recuou após repercussão negativa.

Ele também orientou a equipe ministerial que seja clara e transparente nas informações repassadas, evitando mal-entendidos.

Na semana passada, os ministros Paulo Guedes (Economia) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil) tiveram um embate em torno da reforma previdenciária.

“Em um início de governo, com certeza, pode ter desconforto, mas isso já passou”, disse o ministro da Secretaria de Governo, Santos Cruz. (Via: Folhapress)

 

 

Polícia Civil de Afogados prende homem que assassinou amigo a golpes de foice

Na tarde de ontem, informações foram repassadas ao Delegado Ubiratan Rocha Fernandes dando conta de que um foragido da Justiça estava escondido na Zona Rural de Afogados da Ingazeira/PE.
Trabalhando com as informações repassadas, diligências indicaram que o foragido estava no Sítio Jatobá dos 2 Riachos, Zona Rural de Afogados da Ingazeira/PE.
Com efeito, policiais se deslocaram na manhã de hoje para a localidade e efetuaram a prisão de:
*JOSÉ VIEIRA FILHO*, vulgo *DEZINHO VIEIRA*.
Já preso, DEZINHO informou que havia assassinado um amigo a golpes de foice após desentendimentos provenientes de bebedeiras, fato este praticado no centro de Capoeiras/PE.
A prisão cessou 22 anos de fuga de DEZINHO, restabelecendo o senso de efetividade e aplicação da lei penal não só na cidade de Afogados da Ingazeira e Capoeiras, mas em todo o estado de Pernambuco.

Após os procedimentos de praxe, o autuado foi encaminhado à Cadeia Pública de Afogados da Ingazeira, onde espera sua transferência para a cidade de Capoeiras/PE.

Essa é mais uma ação da Polícia Civil na cidade de AFOGADOS DA INGAZEIRA/PE, seguindo as diretrizes do Pacto Pela Vida no combate à criminalidade.

Está cada vez mais avançado o projeto da Prefeitura de Tabira em comprar uma usina de asfalto para o município. Nesse sentido, o prefeito Sebastião Dias autorizou o secretário de Obras, Cláudio Alves, juntamente com diretor de Planejamento, Rubens Espíndola, e o diretor de Obras do município visitar a usina de asfalto de Afogados da Ingazeira para conhecer o equipamento e seu funcionamento.

A equipe foi recepcionada pelo secretário de Infraestrutura de Afogados da Ingazeira, Silvano Queiroz e Nilson Macário que coordena as ações na usina de asfalto.

Foi apresentado a equipe tabirense o funcionamento da máquina que produz intertravados, material que hoje é utilizado na construção de praças e calçadões. O equipamento gera ao município uma grande economia, uma vez que todo o material é produzido na própria cidade. “Todo o intertravados utilizado na Avenida Rio Branco, recém-inaugurada a sua revitalização, foi produzido aqui, nesse equipamento da Prefeitura de Afogados”, disse Silvano.

Depois foi a vez da equipe da Prefeitura de Afogados apresentar a usina de asfalto e todo o seu funcionamento, as particularidades de cada equipamento e as orientações importantes sobre cada um deles. “Mensalmente a Prefeitura asfalta em torno de três ou quatro ruas”, afirmou Nilson Macário.

O secretário Silvano Queiroz se comprometeu em mandar uma equipe para Tabira, assim que a máquina daquele município for adquirida, para instruir o pessoal que venha a trabalhar com ela e fazer as orientações na hora da primeira aplicação.

“Saio daqui certo que o prefeito Sebastião Dias deve continuar com o seu pensamento em comprar a usina de asfalto, porque ela vai representar um avanço enorme para o município de Tabira. Também fiquei maravilhado com a máquina de intertravados, talvez seja um próximo sonho a ser concretizado”, disse Cláudio Alves.

Bandidos armados fazem arrastão e roubam dois celulares em uma só noite em Tabira

Resultado de imagem para bandidos armados roubam celular

Imagem ilustrativa
Na noite desta terça-feira (08) por volta das 20h50min o grupamento de Ronda ostensiva Municipal (ROMU) fazia patrulhamento preventivo no Centro da cidade quando deparou-se com a vítima I E. N. F. 41 anos, divorciada, autônoma, natural de Tabira-PE, a qual relatou que estaria na casa de uma amiga na Rua José Severino do Nascimento, Bairro de Fátima 1, próximo ao Espetinho do Bosco, quando dois homens pararam uma motocicleta vermelha (não identificada) e anunciado o assalto vindo a subtraírem um aparelho celular Samsung Gran Prime. Segundo informações da própria vítima, o passageiro da motocicleta, o qual estava usando jaqueta de cor escura, teria lhe apontado uma arma de fogo em direção a sua cabeça. 
Posteriormente, às 21h00min, o grupamento ROMU foi solicitado pela vítima II, um jovem de 15 anos, solteiro, natural de Tabira-PE, o qual relatou que estaria sentado na calçada da sua residência no bairro Fátima 1, próximo ao lava-jato de Silvério, quando foi abordado também por dois indivíduos em uma motocicleta vermelha (não identificados) os quais lhe subtraíram um celular Samsung J7 Prime sob a mesma ameaça com uma arma de fogo que lhe foi apontada pelo passageiro da motocicleta. 
As vítimas foram orientadas a registrarem a ocorrência na Delegacia de Polícia Local, e a Guarnição ROMU, juntamente com o trio de motocicletas do RONDAC, todos da Guarda Municipal, efetuaram diligências no centro e periferia no intuito de localizar os indivíduos, todavia, até o momento sem êxito.

O relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) revelou que a maioria dos depósitos em espécie na conta de Fabrício José Carlos de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, coincide com as datas de pagamento na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Nove ex-assessores do filho do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), repassaram dinheiro para o motorista.

Segundo o documento, nove ex-assessores do filho do presidente eleito repassaram dinheiro para o motorista. As informações foram divulgadas na edição do Jornal Nacional, da Rede Globo, na noite desta terça-feira (11).

O Coaf apontou que Fabrício teve uma movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão durante um ano. Segundo o cruzamento das datas dos depósitos em dinheiro nas contas do ex-assessor com os dias de pagamento dos salários da Alerj, entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017, em praticamente todos os meses, a maior parte do dinheiro entra na conta de Queiroz no mesmo dia ou poucos dias após os servidores receberem o pagamento.

O Jornal Nacional fez o cruzamento das datas dos depósitos feitos em dinheiro nas contas do ex-assessor com os dias de pagamento dos salários da Alerj entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017 e encontrou uma coincidência: em praticamente todos os meses, a maior parte do dinheiro entra na conta de Fabrício no mesmo dia ou poucos dias depois de os servidores receberem o salário.

O levantamento do Coaf mostra ainda que as movimentações financeiras na conta de Fabrício Queiroz há nove pessoas que foram ou são funcionários da Assembleia Legislativa do Rio.

O documento levanta a possibilidade de que os saques e os depósitos tenham sido efetuados com o objetivo de esconder a origem ou o destino final do dinheiro que passava todos os meses pela conta de Queiroz.

“VINCENT?”

 

Reunião com presidente da Amupe Jose Patriota e outros prefeuitos com o presidente Marcos Loreto e conselheiros Dirceu Rodolfo, João Campos e Ranilson Ramos.

Membros da diretoria da Amupe reuniram-se nesta segunda-feira (10), no Tribunal de Contas, com quatro dos sete conselheiros para uma troca de opiniões sobre diversas questões de interesse dos municípios. Eles levaram uma pauta da qual faziam parte Lei de Responsabilidade Fiscal, cumprimento dos limites constitucionais nas áreas de saúde e educação, contratação de escritórios de advocacia, subordinação da Amupe ao TCE para efeito de prestação de contas, cumprimento da lei dos resíduos sólidos, compras públicas por meio de consórcios, fundos próprios de previdência e multas aplicadas pelo Tribunal, que consideram excessivas.

Pela Amupe, participaram da reunião os prefeitos José Patriota (presidente da entidade e prefeito de Afogados da Ingazeira), João Batista Rodrigues (Triunfo), Mário Ricardo (Igarassu), Débora Almeida (São Bento do Una), Luiz Aroldo (Águas Belas), Manuca (Custódia), João Tenório Filho (São Joaquim do Monte) e Edilson Tavares (Toritama), Mário Mota (Riacho das Almas) e Severino Otávio (Bezerros). Pelo TCE, compareceram o presidente Marcos Loreto e os conselheiros Ranilson Ramos, João Carneiro Campos e Dirceu Rodolfo.

FLEXIBILIZAÇÃO – De modo geral, os prefeitos pleiteiam ao TCE uma flexibilização no julgamento de contas que envolvam aquelas questões. Mas, segundo o conselheiro Dirceu Rodolfo, “um órgão de controle não pode enxergar os problemas só sobre a ótica de vocês. Temos que levar também em conta o relatório dos nossos auditores”.

Os prefeitos querem que o TCE já leve em conta em seus próximos julgamentos a mudança aprovada pelo Congresso na Lei de Responsabilidade Fiscal, que os autoriza a descumprir o dispositivo referente a gastos com pessoal em caso de comprovação de queda de 10% na receita de um modo geral, e não apenas do FPM. Gasto de mais de 54% com a folha de pessoal tem ensejado rejeição de contas e aplicação de multa aos responsáveis por parte do TCE. Os conselheiros explicaram que o Tribunal já tem tido um “olhar diferenciado” sobre essas questões, especialmente quando o município se encontra sob estado de emergência por causa da seca.

OS LIMITES – Sobre o cumprimento dos limites na área de educação (mínimo de 25% da receita corrente líquida, segundo a Constituição), a prefeita Débora Pereira declarou que o Tribunal Pernambucano tem sido mais rigoroso que outros Tribunais porque não leva em consideração outros tipos de gastos, além da manutenção e desenvolvimento do ensino. Ao final ficou combinado que a Amupe fará uma consulta ao TCE para ter um posicionamento oficial do órgão sobre esse questionamento.

Outro tema da reunião, a contratação de escritórios de advocacia para assessoramento de natureza jurídica, foi devidamente esclarecido pelos conselheiros Marcos Loreto, Dirceu Rodolfo e João Carneiro Campos. Eles disseram que essa questão já está pacificada no TCE, ou seja, é possível a contratação em casos excepcionais, desde que a prefeitura não tenha Procuradoria habilitada para resolver certos tipos de pendência. O que não faz sentido, segundo Dirceu, é contratar um escritório para executar uma simples ação fiscal que pode ser tranquilamente ajuizada por qualquer procurador da prefeitura.

Quanto à subordinação da Amupe ao TCE para efeito de prestação de contas, o presidente José Patriota fez um apelo aos conselheiros para tirar essa matéria de pauta, alegando que, por se tratar de uma associação de natureza privada, não teria essa obrigação. Porém, como a matéria está pendente de julgamento no Tribunal, os conselheiros decidiram aguardar o julgamento do processo.

MEIO AMBIENTE – O tema dos resíduos sólidos também consumiu boa parte da reunião. Há uma lei federal em vigor, obrigando as prefeituras a substituir “lixões” por aterros sanitários, mas a Amupe garante que não é possível o seu cumprimento por absoluta falta de recursos. Conforme o prefeito Patriota, “o Congresso aprova a lei e manda a conta para os municípios pagarem, mas cadê o dinheiro?”. Nesse ponto, o conselheiro Ranilson Ramos interveio dizendo que a questão ambiental dos municípios só se resolverá por meio de consórcios. João Batista Rodrigues, prefeito de Triunfo, defendeu uma prorrogação de prazo para que os prefeitos possam cumprir esta lei, mas foi imediatamente interrompido pelo prefeito de Bezerros, Severino Otávio. “O problema não é o prazo, e sim o dinheiro. E sem ajuda do governo federal esses aterros sanitários não serão construídos”.

Todos reconhecem a importância dos consórcios intermunicipais não só para o enfrentamento da questão dos resíduos sólidos e dos abatedouros, como também para a compra de medicamentos, cujos preços caem 30% quando são feitas em conjunto.

PREVIDÊNCIA – A questão que consumiu mais tempo, todavia, foi a previdenciária. Os prefeitos consideram o TCE “muito rigoroso” na análise desse problema dizendo que muitos que tomaram posse em 2017, com déficits gigantescos em seus fundos próprios, renegociaram a dívida com a Receita Federal do Brasil, mas o Tribunal não considera essa renegociação para efeito de julgamento de contas. Com base em súmula própria, continua multando prefeitos que não recolhem as contribuições patronais e dos servidores. Dirceu Rodolfo defendeu o TCE dizendo que “contribuição descontada do servidor não pertence ao município e, como tal, tem que ser obrigatoriamente recolhida, sob pena de responsabilização por apropriação indébita”. Não se chegou porém a um consenso sobre se a solução para municípios que têm fundos próprios deficitários é o retorno ao Regime Geral de Previdência Social porque os prefeitos alegam que, num eventual encontro de contas, são credores do Regime Geral da Previdência Social e não o contrário.

Ao final, tanto o presidente Marcos Loreto como o prefeito José Patriota elogiaram o resultado da reunião, que, segundo o presidente da Amupe, inaugura uma nova fase no relacionamento entre o Tribunal de Contas e os municípios.

Deputados que formarão oposição ao governo de Jair Bolsonaro, de partidos como PT, PSOL e PCdoB, movimentam-se nos bastidores para a criação de uma CPI que investigue o senador Flávio Bolsonaro (PSL) pelas movimentações financeiras de um de seus ex-assessores, o policial Fabrício de Queiroz, consideradas “atípicas” pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

Segundo a revista Veja, a ideia ainda não saiu do papel mas deve ganhar corpo a partir de hoje (11), com a chegada de parlamentares a Brasília.

Segundo o Coaf, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão ao longo de um ano, quantia incompatível com seus rendimentos. No período, ele realizou o equivalente a um saque bancário a cada dois dias. Também chamou a atenção o repasse de um cheque de R$ 24 mil a Michelle Bolsonaro, esposa do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Confira as vagas de emprego desta terça-feira (11) na Agência do Trabalho de Araripina

Atendimento ao público: 07h às 13h. Rua Joaquim Alexandre Arraes, 84, centro

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

Foram divulgadas nesta terça-feira (11) as vagas de emprego disponíveis para a cidade de AraripinaAs oportunidades são disponibilizadas pela Agência do Trabalho de Pernambuco.

Vagas FUNÇÃO ESCOLARIDADE SALÁRIO EXPERIÊNCIA OBSERVAÇÕES
1 Açougueiro Ensino fundamental completo não informado 6 meses
1 Mecânico de Maquinas industriais Ensino fundamental completo não informado 6 meses Com experiência em manuteção de fábrica de gesso
1 Técnico de O&M ( PCD) Ensino medio completo 3.172,54 + Vaga para PCD ( Deficiente), curso tecnico em eletromecanica, mecanica ou correlatos
1 Fonoaudiólogo (a) Ensino superior completo não informado 6 meses Local de Trabalho: Quaimada Nova do Piaui

 

OUTROS SERVIÇOS DA AGÊNCIA:

Habilitação de Seguro Desemprego

Emissão de Documentos: RG; e RESERVISTA

Emissão de Carteira de Trabalho Digital (CTPS)

Atendimento ao público: 07h às 13h. Rua Joaquim Alexandre Arraes, 84, centro.
Contato: (87) 3873.8381

Marli, de 34 anos; a mãe dela, Catarina, de 64; a filha, Marina, de 14; e o sobrinho, Fernando, de 30, foram algumas das vítimas — Foto: Reprodução/Redes Sociais

As seis pessoas da mesma família que morreram em um grave acidente na BR-179, em Pouso Alegre (MG), na madrugada deste domingo (9), voltavam de uma festa de casamento de um parente. A família participou da comemoração em Ipuiúna (MG) e estava a caminho de casa, em Pouso Alegre.

O acidente foi entre o Fusca da família e um ônibus. Segundo o motorista do ônibus, o Fusca teria invadido a contramão em uma curva e os dois bateram de frente.

Com o impacto, o Fusca foi arrastado e três ocupantes foram arremessados para fora. Um deles foi Ênio Dias Ferreira, de 35 anos, o motorista do carro. Ênio ainda foi atropelado por outro veículo que seguia atrás do Fusca. Outros três ficaram presos às ferragens.

Ênio Dias Ferreira, de 35 anos, era motorista de Fusca e foi atropelado após acidente na MG-179 — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Ênio Dias Ferreira, de 35 anos, era motorista de Fusca e foi atropelado após acidente na MG-179 — Foto: Reprodução/Redes Sociais

A polícia identificou todas as vítimas:

  • Marli Ferreira Barbosa, 34 anos
  • Ênio Dias Ferreira, 35 anos – marido de Marli
  • Catarina Maria de Jesus, 64 anos – mãe de Marli
  • Marina Ferreira Barbosa, 14 anos – filha de Ênio e Marli
  • Fernando dos Santos Barbosa, 30 anos – sobrinho de Marli
  • Viviane Cristini Gomes, 30 anos – namorada de Fernando

O governador Paulo Câmara foi diplomado, nesta quinta-feira (06.12) pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), para ser reconduzido ao segundo mandato como chefe do Executivo estadual, durante solenidade no Classic Hall, em Olinda. Também foram diplomados a vice-governadora do Estado, Luciana Santos, deputados federais e estaduais e o senador Humberto Costa, eleitos nas eleições de 2018. O senador Jarbas Vasconcelos foi diplomado, antecipadamente, a pedido, em decorrência de uma agenda fora do País. O ato – último do processo eleitoral para legitimar os candidatos a tomarem posse em 2019 – foi conduzido pelo presidente do TRE-PE, Luiz Carlos de Barros Figueiredo.

“Vamos continuar o nosso trabalho, pois o povo de Pernambuco assim nos conduziu. Agora, é cumprir a nova etapa, a nova tarefa, enfrentar os desafios de governar o Estado de Pernambuco diante, ainda, de um cenário econômico adverso no âmbito do Brasil e buscar melhorar os serviços públicos. Essa é a nossa missão essencial: ajudar a população e buscar manter Pernambuco na frente, equilibrado, mantendo as contas em dia”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Em seu discurso, ressaltou, ainda, que os palanques estão desmontados e as mãos abertas para outras mãos de boa fé, que queiram ajudar a resolver as questões mais urgentes. Uma delas é a retomada do diálogo nas relações políticas. “Fomos levados a um nível exacerbado de intolerância que deixou rastros profundos em toda parte. Muitos simplesmente não querem ouvir a voz contrária. E sem ouvir a voz contrária, como fortalecer a democracia, um sistema político que se consolida com o embate dos argumentos?”, enfatizou.

 

“Estamos prontos para trabalhar a favor destes acordos no plano nacional, quando estiverem em jogo decisões de relevância para o futuro do Brasil. Estamos prontos para fazer o mesmo no nosso Estado, procurando reunir todos dispostos a contribuir, de alguma forma, para o desenvolvimento econômico, social e cultural de Pernambuco”, disse o governador.

Paulo Câmara finalizou seu discurso congratulando os colegas eleitos. “Quero parabenizar a minha vice-governadora, Luciana Santos, primeira mulher eleita para esse cargo, os senadores eleitos, Jarbas Vasconcelos e Humberto Costa, todos os deputados estaduais e deputados federais. Desejo sucesso e temperança a todos no exercício dos mandatos populares legitimados pelos votos das pernambucanas e dos pernambucanos”.

Ao todo, foram diplomados 49 deputados estaduais e 23 deputados federais. Além dos deputados federais reeleitos Daniel Coelho e Augusto Coutinho, que foram, excepcionalmente, diplomados no último dia 3 de dezembro. O TRE-PE também entregou certificados aos sete conselheiros distritais eleitos em Fernando de Noronha e a mais um suplente.

 

Deputados federais e estaduais de Pernambuco são diplomados

Deputados federais eleitos foram diplomados na tarde desta quinta-feira (06) no Classic Hall. Iniciou, agora, a entrega do diploma aos 49 deputados estaduais. Além da diplomação dos eleitos, o TRE entregará certificados aos sete conselheiros distritais eleitos em Fernando de Noronha e a mais um suplente (o segundo suplente não estará presente). Neste ano, o tribunal permitiu que os moradores da Ilha, utilizando a mesma urna eletrônica, votassem tanto nos candidatos aos cargos da eleição formal quanto nos conselheiros distritais.

Após a cerimônia, a orquestra de frevo Galo da Madrugada, passistas e bonecos gigantes de Olinda farão a festa. Também haverá apresentações dos artistas Almir Rouche, Jota Michiles, Beto Ortiz, Beto do Bandolim e Márcio Menner. por Magno

a foto de perfil de Nayn Neto Nayn Neto, Texto alt automático indisponível.

Faleceu nesta segunda-feira (3), o serra-talhadense Inaildo Dionísio Neto, popularmente conhecido por Nayn Neto, editor do blog  “Portal Nayn Neto”  

Nayn era militar, do 14º Batalhão de Serra Talhada e  irmão, o Major da PM Ivaldo, que atua no 23º BPM em Afogados. ele estava travando uma luta contra o câncer. o blogueiro estava internado na unidade oncológica do Hospital São Francisco, em Serra Talhada ele ainda foi internado para  realizar uma intervenção cirúrgica no hospital da Polícia Militar, em Recife, Policial Militar, Blogueiro também foi radialista.

O corpo será velado no BM e o sepultamento será hoje as 16h30 no cemitério de Serra Talhada.

Meus sentimentos a toda família e que Deus possa trazer conforto a todos neste momento de profunda dor.

 

 

Carros capotam após colisão na BR-232 em Serra Talhada

    

Dois veículos capotaram, na manhã deste  (02), após colidirem na BR-232 em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco. Apesar do choque, os ocupantes não se feriram com gravidade.

Segundo informações de populares, um veículo Fiat Mili preto cruzava a rodovia, quando foi atingido pelo Fiat Palio Weekend, que acabou caindo num buraco às margens da rodovia.

Produto foi desenvolvido por alunos da Universidade Federal do Ceará

Imagine um molho denso, vermelho e levemente adocicado para saborear com seu sanduíche favorito ou batata frita. Rapidamente pensamos em ketchup. Agora, imagine esse molho com as mesmas características, mas feito com frutas e legumes naturais e livre de aditivos químicos e corantes. Essa é a proposta do Natchup, desenvolvido pela Universidade Federal do Ceará (UFC). No lugar do tomate, são usadas a acerola, a beterraba e a abóbora, que são abundantes no Nordeste.

A professora Lucicléia Barros, chefe do Departamento de Engenharia de Alimentos da UFC, conta que a ideia nasceu em 2016, quando os estudantes de graduação Bárbara Denise, Carolinne Filizola e Thiago Tajra queriam desenvolver um produto saudável e funcional, rico em vitamina C e livre de defensivos agrícolas, como atividade da disciplina Aspectos Básicos do Processamento de Frutos Tropicais.

“Pensamos em fazer um molho parecido com o ketchup, que é muito popular principalmente entre os jovens, mas que fosse feito a partir de um fruto e tivesse as mesmas características sensoriais. De imediato, a acerola foi a primeira cotada por ser antioxidante e rica em vitamina C. A abóbora entrou no sentido de dar a consistência do produto e por ser rica em fibras. Ficou faltando a cor e chegamos à beterraba pelo potencial corante e por também ser rica em antioxidantes.”

A ideia virou projeto de pesquisa a partir de uma bolsa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) e passou por 21 formulações para resultar no produto atual. Os três estudantes se formaram, mas a pesquisa continuou com outros professores e estudantes da UFC.

Prêmio internacional

O Natchup é um dos dois alimentos brasileiros que receberam o selo Innovation Sial 2018, concedido em outubro durante o Salão Internacional de Alimentação (Sial), realizado em Paris, e será comercializado pela empresa cearense Frutã durante cinco anos, conforme parceria estabelecida com a universidade. Parte dos recursos arrecadados com a venda do Natchup será revertida para a UFC e para entidades sociais.

A aliança entre a universidade e a empresa aconteceu no início da pesquisa. “Quando provei o molho, pensei: ‘esse produto vai estourar no mundo’. Ele é à base de acerola, que pode ser cultivada toda de forma orgânica, com menos da metade do açúcar e sódio presentes no ketchup. Ou seja, é um produto para consumir sem culpa e, além de tudo, é muito gostoso”, aposta Ana Patrícia Diógenes, sócia-diretora da Frutã, que aconselha ainda que outras empresas façam parcerias com instituições de ensino e pesquisa para o desenvolvimento de produtos inovadores.

O Natchup fará parte do portfólio da empresa, que comercializa seus produtos para parte do Brasil e Alemanha, Bélgica, Portugal, Espanha, França e EUA. Segundo Ana Patrícia, durante o salão de alimentação em Paris, dez países já encomendaram o Natchup. O molho já está à venda online e deverá ser disponibilizado nos supermercados a partir do início de 2019

CEF-Arquivo Agência Brasil
Dinheiro do Programa de Integração Social (PIS) pode ser recebido nas agências da Caixa Econômica Federal

Começa hoje (20) o pagamento do quinto lote do abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) 2018-2019, ano-base 2017.

O lote inclui os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em novembro e os servidores públicos com final de inscrição 4.

A estimativa do Ministério do Trabalho é que mais de R$ 1,4 bilhão sejam pagos a aproximadamente 1,8 milhão de trabalhadores.

O PIS é pago na Caixa Econômica Federal e o Pasep, pelo Banco do Brasil. Correntistas da Caixa e do Banco do Brasil tiveram os valores depositados em suas contas respectivamente nos dias 13 e 14.

Quem tem direito

O ministério lembra que tem direito ao abono salarial ano-base 2017 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias naquele ano, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos, e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do benefício é proporcional ao tempo trabalhado formalmente em 2017. Assim, quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, equivalente a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é de 1/12 do salário mínimo, e assim sucessivamente.

Os trabalhadores nascidos entre julho e dezembro recebem o abono ainda este ano.

Já os nascidos de janeiro a junho poderão realizar o saque em 2019. O prazo final de recebimento para todos os trabalhadores favorecidos pelo programa é 28 de junho de 2019.

Jovem de 22 anos, comete suicídio por enforcamento em Mirandiba, no Sertão

Na manhã de ontem dia (19), por volta das 08:00, Policiais Militares do 8º BPM, lotados na cidade de Mirandiba, no Sertão pernambucano, foram informados por funcionários do Hospital do município, que havia chegado naquele nosocômio, um corpo de um homem trazido por familiares, que havia cometido suicídio por enforcamento, na Rua 01, bairro Vila Bela, naquela cidade. 

Chegando ao hospital, o policiamento tomou conhecimento através de testemunhas, de que a vítima, identificada como André José da Silva, de 22 anos, foi encontrada pelos familiares, dependurada em uma corda em um dos cômodos da casa, e que os próprios familiares cortaram a corda e socorreram o jovem para o hospital, entretanto, a vítima deu entrada naquela Unidade Hospitalar, já sem vida. 

A ocorrência foi registrada  na Delegacia  de Polícia Civil da 196ª Circunscrição em Mirandiba.

Alyson correu até a casa do pai e tentou arrombar a porta. Nesse momento, o pai atirou de dentro da casa contra o filho achando que se tratava de um assalto. Alyson Azevedo foi baleado no peito, chegou a ser levado para o Hospital de Picuí, mas não resistiu e morreu.

A fumaça que saía da casa e chamou a atenção dos vizinhos era de uma panela que estava no fogão. O pai, Adilson Azevedo, vai prestar depoimento à polícia nesta terça-feira (13) sobre o caso.

Alyson Azevedo foi eleito prefeito da cidade de Baraúna em 2008, pelo MDB, enquanto seu pai, Adilson Azevedo, foi o candidato eleito das Eleições 2000, pelo mesmo partido, na época ainda PMDB.

Criança é morta pelo pai ao tentar defender a mãe durante briga

Uma criança de oito anos foi morta com um tiro de espingarda nesta segunda-feira (12) durante uma briga entre os pais na zona rural do município de Ibateguara, na região da Zona da Mata de Alagoas.

De acordo com o segundo Batalhão da Polícia Militar (BPM), no momento da discussão, o pai da criança pegou a arma para atirar contra a mulher, quando a criança entrou na frente da mãe para tentar defendê-la.

A polícia faz buscas pelo pai da criança, que fugiu do local.

Pela primeira vez diante de Jair Bolsonaro, desde que ele se elegeu presidente da República no último dia 28, o presidente do Congresso, Eunício Oliveira (MDB-CE), disse nesta terça-feira (06) ter a certeza de que o novo governo vai honrar a democracia e a Constituição.

Ao abrir uma sessão solene do Congresso Nacional em homenagem aos 30 anos da Carta Magna, o senador afirmou que a democracia foi reforçada com o último pleito realizado em outubro, quando a população elegeu novos parlamentares, governadores e o presidente e o vice-presidente da República.

“Tenho certeza que, com o governo novo e uma nova legislatura, vamos honrar os que vieram antes de nós e continuar caminhando juntos rumo a um futuro de prosperidade, de justiça e paz social, sempre sob a luz da democracia e da Constituição cidadã”, disse.

O parlamentar destacou que o futuro do país é escrito pela democracia e afirmou que a atuação cívica de governantes “cria laços em respeito à população”.

Crescimento sustentável

Segundo Eunício, na letra constituinte o presidente eleito encontrará o “enquadramento jurídico adequado para dar ao Brasil um ciclo virtuoso e permanente de crescimento sustentável para todos os brasileiros”.

Ao mencionar a mesa do Congresso composta pelo atual presidente Michel Temer, o ex-presidente José Sarney e o presidente eleito Jair Bolsonaro, Eunício Oliveira ressaltou palavras do ex-deputado federal Ulysses Guimarães e afirmou que “a Constituição é a personificação política da nossa pátria, o pacto social em viver em cooperação e respeitar uns aos outros e defender a nossa nação”. (Via: Agência Brasil)

Nenhum trabalhador vai cantar parabéns quando a reforma trabalhista completar um ano de existência no próximo dia 11. As promessas de 2 milhões de empregos nos primeiros anos feitas pelo governo Temer não foram e não deverão ser concretizadas. Até agora foram cridas apenas 372.748 vagas formais. Esses números comprovam que a alegação do Ministério Público do Trabalho, na época da aprovação da norma, de que a alteração não geraria mais empregos está sendo confirmada.

É que o que gera emprego em países em crise econômica é o desenvolvimento econômico e não flexibilizações trabalhistas, segundo estudos da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT), tendo como base exemplos anteriores ocorridos no México e na Espanha, analisa reportagem do jornal Valor Econômico.

Segundo o  advogado da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical e Nova Central Sindical dos Trabalhadores, José Eymard Loguércio, “Os números sobre contratação de trabalho intermitente – nova modalidade prevista na reforma -, ainda indicam “precarização do trabalho”. O saldo de intermitentes entre admissões e demissões no período é de 35.930.

Ele acrescenta que há notícias de empregados que firmaram acordos na demissão para serem posteriormente contratados pela mesma empresa ou por outra terceirizada como intermitentes. Nesses casos, o trabalhador que recebia um salário fixo mensal e seus reflexos, agora passa a receber apenas pelas horas trabalhadas, quando solicitado.

ELIMINAÇÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

Representante da Associação Juízes para a Democracia (AJD) e da Associação Latinoamericana de Juízes do Trabalho (AJLT), a juíza Valdete Souto Severo declarou, em entrevista ao Sul 21 que a reforma trabalhista também é uma tentativa de eliminar a Justiça do Trabalho: “E isso é uma coisa que há muito tempo vem sendo discutida, também por uma deficiência de reflexão sobre o processo histórico que nos leva a ter Justiça do Trabalho e MPT. Se nós examinarmos historicamente, tanto uma quanto outro servem para mediar o conflito entre capital e trabalho, inclusive para evitar que esse conflito tome proporções que sejam incapazes de serem moduladas pelo Estado.

Para ela, “a Justiça do Trabalho serve para o capital, o MPT serve para o capital. Porque eles mantêm as coisas como estão, mas impõem limites, fiscalizam esses limites. E aí a construção dessa relação de exploração, porque na realidade é isso, né, a gente vive numa sociedade baseada na relação de exploração que talvez fosse intolerável na perspectiva humana. Se a gente para para pensar, como assim a gente tem que trabalhar oito horas por um salário de R$ 1 mil, senão não come, não mora, não vive? A gente nem questiona isso. O Direito do Trabalho não questiona, o MPT não questiona. Qual é a função deles? Fazer falar uma legislação, o Direito, que permita que existam empregos sob parâmetros que permitam que essa força de trabalho, inclusive, se reproduza fisicamente. Historicamente, é isso. Só tem direitos trabalhistas para o cara poder dormir, comer e continuar vendendo força de trabalho. (247)

Pabllo Vittar está na disputa que vai eleger as mulheres mais sexy de 2018. Na eleição, feita pela revista “Isto é gente”, a drag queen compete com nomes como Anitta, Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Marina Ruy Barbosa, IZA e diversas outras beldades.

Até o momento, Vittar ocupa a 6ª posição, e está na frente de nomes como Cleo Pires, Isis Valverde, Juliana Paes, Giovanna Antonelli, Deborah Secco e Sabrina Sato. Que poder! Paolla, Marquezine, Marina, Anitta e IZA lideram o ranking.

Na disputa pelo homem mais sexy do ano está Thammy Miranda. O filho transgênero de Gretchen compete com Caio Castro, Cauã Reymond e Chay Suede, entre vários outros galãs

Fonte: Extra/Foto: Reproduçã

Sérgio Queiroz é procurador da Fazenda Nacional e deverá contribuir com a discussão de temas gerais. Foto: Divulgação

O procurador da Fazenda Nacional paraibano Sérgio Queiroz vai compor a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O nome dele foi confirmado pelo deputado federal eleito Julian Lemos (PSL-PB) após reunião com o capitão da reserva do Exército. O grupo poderá ser composto por até 50 membros, porém, o futuro gestor disse acreditar que não será necessário preencher todas as vagas. Ao todo, nesta semana, foram definidos 22 nomes para o início dos trabalhos. Nesta semana ocorrerá o primeiro encontro entre o candidato eleito e o presidente Michel Temer (MDB), que deixará o Palácio do Planalto no dia 31 de dezembro. Todos os dados para a transição, afirma o emedebista, serão repassados para a comissão.

Queiroz é servidor federal há 25 anos e, nesta semana, foi agraciado com o prêmio “Jubileu de Prata”. Ele explica que a contribuição que será dada por ele será fundada na sua experiência profissional. “Se dará em nível mais geral, de apoio mais geral, em razão da minha experiência de 25 anos de serviço público. Eu conheço um pouco de muitas coisas do sistema federal e estou indo como técnico para dar suporte no que for necessário. Naquilo que o presidente e os líderes da transição entenderem que eu posso ser útil”, enfatizou. Sérgio Queiroz é também conhecido no Brasil por sua atuação social por meio da Fundação Cidade Viva, da qual é seu fundador e presidente.

Agenda

Na manhã desta sexta-feira (2), o presidente eleito despachou em casa com o coordenador político deputado Onyx Lorenzoni. Na saída da reunião, Lorenzoni confirmou que Bolsonaro se encontrará com o presidente Michel Temer às 16h da próxima quarta-feira (7), e não deu detalhes da conversa com o presidente eleito, adiantando apenas que recebeu orientações. “Este é o momento de falar pouco e trabalhar muito, então, a vida dos senhores e das senhoras da imprensa vai ficar um pouco complicada, porque quem vai falar quarta-feira (7) é o futuro presidente do Brasil”, disse Onyx.

A agenda do futuro presidente prevê uma viagem a Brasília na terça-feira (6), dia em que deve se encontrar com representantes dos outros poderes; na quarta-feira (7) reunião com Temer, e na quinta-feira (8), volta para o Rio de Janeiro. Além de Lorenzoni, Bolsonaro recebeu na manhã desta sexta a visita de um alfaiate e de um cabeleireiro.

Presidência da Câmara e do Senado podem ser ocupadas por velhos conhecidos da política brasileira apesar da grande onde de renovação

A onda de renovação da política brasileira foi intensa nas eleições 2018. Enquanto na Câmara dos Deputados o  índice de novos parlamentares chegou a 52% (o maior desde 1994), no Senado, das 54 vagas em disputa este ano, 46 serão ocupadas por novos nomes: uma renovação de impressionantes 85%. Mas os eleitores que estavam desapontados com seus representantes podem esperar uma nova frustração em breve. Isso porque as presidências da Câmara e do Senado estão próximas de serem ocupadas por velhos conhecidos: Rodrigo Maia e Renan Calheiros, respectivamente.

Parte desse movimento se deve à própria renovação política. Com a alta fragmentação partidária que se apresentou como consequência, as bancadas dos partidos ficaram mais fracas e inexperientes o que faz com que figuras mais tradicionais, acostumadas a liderar bancadas pluripartidárias nos últimos anos, ganhassem força na tentativa de ocupar a presidência da Câmara e do Senado .

É o caso de Rodrigo Maia na Câmara dos Deputados. Reeleito pelo DEM, Rodrigo é filho do ex-prefeito do Rio de Janeiro César Maia e assumiu o comando da maior das duas casas do poder legislativo federal depois que Eduardo Cunha (MDB) teve seu mandato cassado por denúncias de corrupção.

No comando da Câmara, Maia criou uma agenda de pautas alinhadas ao governo do presidente Michel Temer que, por sua vez, assumiu o posto de chefe do executivo depois que Cunha conduziu o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Às vésperas das eleições, porém, Maia se afastou do atual governo, considerado muito impopular, para, primeiro, tentar lançar seu nome como candidato à Presidência e, depois, recuar e conseguir a reeleição como deputado.

Após o resultado do segundo turno, com a eleição de Jair Bolsonaro, o atual presidente da Câmara se aproveitou da proximidade do deputado de seu partido Onix Lorenzoni, futuro ministro da Casa Civil, com o presidente eleito para começar as articulações em torno de sua reeleição no cargo com o apoio do governo e da bancada do PSL que será a segunda maior da Casa a partir do ano que vem.

A articulação de bastidores pretende sufocar a intenção declarada de outros nomes para o cargo, como é o caso dos deputados eleitos Capitão Augusto (PR-SP), Kim Kataguiri (DEM-SP) e Delegado Waldir (PSL-GO), e parece que está dando certo uma vez que Bolsonaro já admite publicamente apoiar o nome de Rodrigo Maia à reeleição.

O presidente eleito tem dado declarações na linha de que ter a presidência da Câmara, do Senado e da República com o mesmo partido não seria bom para o PSL. Por isso seria bom apoiar o nome de um parlamentar de outro partido “desde que ele não trave a pauta” do governo, uma vez que o presidente da Casa tem a prerrogativa de decidir quais serão os assuntos discutidos e eventualmente votados em cada sessão.

Internamente, porém, Rodrigo Maia tem uma prova de fogo pela frente. Isso porque a equipe de transição de Bolsonaro quer aprovar algumas pautas que estão travadas no Congresso antes mesmo de sua posse em 1º de janeiro, sobretudo as mais polêmicas, para evitar um desgaste do governo no começo do mandato.

Entre elas está à considerada mais fundamental pela equipe econômica de Bolsonaro que é a reforma da Previdência. A difícil missão foi dada a Maia que avalia que haverá um intervalo de quatro semanas para colocar outros projetos em discussão e votação antes da Câmara se debruçar de vez sobre o orçamento federal para 2019.

Ainda no campo da economia, a equipe de Bolsonaro também tem interesse na votação da Medida Provisória assinada por Temer que prevê o adiamento do prometido reajuste dos servidores públicos de 2019 para 2020 e pode resultar numa economia de R$ 4,7 bilhões nos combalidos cofres públicos.

A missão de Maia segue árdua também na parte social já que Bolsonaro quer cumprir algumas promessas de campanha tão rápido quanto possível, entre elas a votação do Projeto de Lei 7.180/2014, chamado de “Escola sem Partido”, que chegou a ser pautado na Comissão Especial da Câmara nesta semana mas acabou sendo adiado, e a revisão do Estatuto do Desarmamento, a fim de flexibilizar regras como a compra e o porte de armas de fogo.

Esse segundo, por sua vez, parece estar mais adiantado já que o próprio Rodrigo Maia, ainda na campanha, defendeu que a proposta deveria ser votada “o quanto antes”, o que foi visto como o primeiro gesto do atual presidente aos aliados de Bolsonaro em busca de sua reeleição.

O curioso é que na última eleição para presidente da Câmara que consagrou Rodrigo Maia como chefe da Casa durante o biênio 2017-2018, Jair Bolsonaro também se candidatou. O novo presidente eleito, no entanto, terminou na última colocação dentre as seis candidaturas com apenas quatro votos enquanto Rodrigo Maia obteve 293 votos.

 

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 22 milhões

Foi realizado neste sábado (3) o sorteio do concurso 2.094 da Mega-Sena, em Arapiraca (AL). Ninguém acertou os números sorteados e o prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 04 – 16 – 19 – 31 – 33 – 44.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta sexta-feira, 26, que toda interferência na autonomia das universidades é, de início, “incabível”, ao comentar sobre decisões judiciais que coibiram supostas propagandas eleitorais irregulares em instituições de ensino pelo País. Marco Aurélio ressaltou que a universidade é “campo do saber“, característica que pressupõe “liberdade no pensar e de expressar ideias“. Foram ao menos 17 intervenções em nove Estados.

Apesar de ressalvar que seu pronunciamento não se refere especificamente sobre a atuação da Justiça Eleitoral nos casos, Marco Aurélio destacou que a “quadra é de extremos” e “perigosa”. Para o ministro, é preciso que a Justiça tenha cautela, para que a situação não chegue a extremos.

Universidade é campo do saber. O saber pressupõe liberdade, liberdade no pensar, liberdade de expressar ideias. Interferência externa é, de regra, indevida. Vinga a autonomia universitária. Toda interferência é, de início, incabível. Essa é a óptica a ser observada. Falo de uma forma geral. Não me pronuncio especificamente sobre a atuação da Justiça Eleitoral. Mas reconheço que a quadra é de extremos. Por isso é perigosa, em termos de Estado Democrático de Direito. Esse é o meu pensamento“, afirmou Marco Aurélio.

Outro ministro do STF ouvido em caráter reservado pelo Estadão/Broadcast Político definiu os episódios como um “um horror”.

Um integrante do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que preferiu não ser identificado destacou à reportagem que manifestações partidárias em prédios públicos são proibidas, mas lembrou que isso não se aplica a atos genéricos, sem conteúdo partidário, que discutam política. Para este ministro, a atuação de Tribunais Regionais Eleitorais nestes casos apresenta um “rigor excessivo“. Ele também destacou, por outro lado, que é preciso entender se há alguma ação organizada, o que pode ensejar algum rigor maior da Justiça.

Outro ministro da Corte Eleitoral ouvido pela reportagem acredita que as decisões judiciais causam estranhamento, lembram os anos de chumbo da ditadura e, dependendo da motivação, houve abuso de autoridade.

Nota pública

Nesta sexta-feira, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), órgão do Ministério Público Federal (MPF), lançou nota pública em que ressalta que a vedação de uso de bens públicos para propaganda eleitoral não se confunde com a proibição do debate de ideias. “Nem mesmo a maior ou menor conexão ou antagonismo de determinada agremiação política ou candidatura com alguns dos valores constitucionais pode servir de fundamento para que esses valores deixem de ser manifestados e discutidos publicamente”.

Questionado se seria responsável por algum tipo de orientação ou direcionamento nos casos, o TSE apenas destacou em nota que tais decisões não partiram da Corte Eleitoral. (Fonte: Estadão)

A pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (23) aponta que Jair Bolsonaro perdeu muito espaço nao eleitorado evangélico, tradicionalmente associado à sua candidatura. Bolsonaro perdeu 12 pontos entre os evangélicos que dizem votar nele “com certeza” em apenas uma semana, passando de 55% para 43%. Já Fernando Haddad subiu seis pontos: cresceu de 16% para 22% os eleitores evangélicos que afirmam votar “com certeza” nele.

A rejeição a Bolsonaro entre os evangélicos saltou seis pontos, de 23% para 29%; a de Haddad despencou 12 pontos, de 60% para 48%.

A rejeição a Bolsonaro entre os evangélicos vem crescendo nos últimos dias com a criação de movimentos contrários ao discurso de ódio e preconceito proferido pelo candidato de extrema direita. Grupos como a Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito, o “O Amor Vence o Ódio”, e “Evangélicos Contra Bolsonaro”, além de religiosos autônomos, que estão se opondo ao apoio de igrejas neopentecostais como a Universal do Reino de Deus (IURD) e a Assembleia de Deus, que têm feito pressão para que seus fiéis votem no candidato do PSL.

A primeira perda na bancada eleita com o apoio evangélico pró-Bolsonaro já se fez registrar. O pastor da Assembleia de Deus e Sargento da PM e deputado estadual pela Bahia, Pastor Sargento Isidório (Avante), que foi eleito o deputado federal com a maior votação na Bahia, 323.264 votos, passou a apoiar a candidatura de Haddad.

“Haddad é professor, casado com a mesma mulher durante 30 anos, pai de família. Fiquei com o filho do diabo mentindo. Descobri o perigo que a nação corre quando alguém diz que policial que não mata não é polícia. Violência gera violência. Vamos às urnas sabendo que o PT errou, mas quem não errou? Mas não pode generalizar”, disse ao justificar a mudança de palanque.

Segundo dados do Censo de 2010 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil segue sendo a maior nação católica do mundo, mas o número de evangélicos é crescente no país e, na época, já chegava a 22,2% da população.

A pesquisa Ibope, contratada pelo jornal O Estado de S. paulo e pela TV Globo, ouviu 3.010 eleitores entre os dias 21 e 23 de outubro. O levantamento possui margem de erro de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95% A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo BR‐07272/2018.

Confira os dados na Pesquisa Ibope.

Deixe seu comentário

Cidades: “Petrolina, Afogados, Pesqueira, Vitória, Recife são cidades pequenas lá é a luz de vela”. falava no vídeo.

A famosa mulher do vídeo que divulgava nas redees sociais mais uma mentira o chamado Fake News foi indicada pela Polícia Federal no Rio Grande do Sul por disseminar notícias falsas em redes sociais. Em um vídeo, a moça afirma que urnas eletrônicas teriam sido fraudadas e enviadas a cidades da Região Nordeste. A informação foi divulgada hoje  (20), pela Superintendência da Polícia Federal no Rio Grande do Sul.

urna eletrônica

A mulher também acusa o governo federal como responsável por fraudar o sistema de votações das eleições deste ano.

A Polícia Federal instaurou inquérito a pedido do Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-RS). Os agentes realizaram diligências para identificar a autora dos comentários enganosos.

A mulher foi enquadrada nos artigos 324 e 325 do Código Eleitoral, segundo os quais são crimes “divulgar, na propaganda, fatos que sabe inverídicos, em relação a partidos ou candidatos e capazes de exercerem influência perante o eleitorado” e “caluniar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando fins de propaganda, imputando-lhe falsamente fato definido como crime”.

Ela pode pegar pena de 1 a 3 anos de prisão. O tempo pode ser aumentado pelo fato da mulher ter usado redes sociais para a propagação dos conteúdos.

Mensagens falsas como a que motivou a prisão foram disseminadas em todo o país. O Tribunal Superior Eleitoral criou um site para esclarecer eleitores quanto às teorias da conspiração e acusações de supostas fraudes em urnas e no conjunto do sistema de votação.

A disseminação de desinformação sobre o tema tem crescido. A presidente do TSE, ministra Rosa Weber chegou a receber ameaças. Na quarta (17), ela reuniu representantes da candidaturas para solicitar ações de desincentivo aos questionamentos.

No balanço da votação do primeiro turno, nem o TSE nem a missão internacional da Organização dos Estados Americanos (OEA), que acompanhou o pleito, identificaram indícios de fraude ou problemas que pudessem comprometer o resultado.

 

O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, foi condenado por improbidade administrativa por supostas irregularidades em contrato para a construção da Barragem de Pirapama – que atende, além de bairros do Recife, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho. Foram condenados também o ex-presidente da Compesa, João Bosco Tavares, e a ex-diretora de engenharia Ana Maria Torres. As Construtoras Queiroz Galvão e OAS também foram penalizadas.

O juiz Rodrigo Vasconcelos Coelho de Araújo, da 35ª Vara Federal, em Pernambuco, viu “faturamento por sobrepreço e impropriedades em processo licitatório”. O contrato investigado é no valor de mais de R$ 430 milhões, do total de R$ 479 milhões incialmente destinados ao projeto. Cálculos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) usados no processo apontam sobrepreço de mais de R$ 110 milhões, o que foi refutado pelos acusados. A decisão foi tomada no dia 27 de julho deste ano, mas só divulgada agora.

Em outro processo, o ex-diretor da Odebrecht no Nordeste, João Pacífico, em depoimentos de sua delação premiada, denunciou que foi acertado com o então governador Eduardo Campos o pagamento de 3% do contrato para o Sistema Adutor de Pirapama, em contribuição da campanha do socialista.

A Compesa divulgou nota pela qual acredita que a decisão será revertida. A empresa ressalta, entre outras coisas, a “lisura e zelo” dos seus funcionários com a coisa pública nos cargos que já ocuparam. Com informações do Blog de Jamildo.

A Lei da Desburocratização, sancionada nesta terça-feira (16), vai assegurar um atendimento eficaz e rápido nas repartições públicas. Entre as novidades está o fim da exigência do reconhecimento de firma e de cópia autenticada de documentos.

Segundo a Lei 13.726, de 2018, o cidadão não precisará apresentar a certidão de nascimento se estiver com a carteira de identidade ou de habilitação. Para o autor, senador Armando Monteiro (PTB-PE), a nova lei obriga as repartições públicas a buscarem no banco de dados dos demais órgãos públicos, certidões ou documentos do cidadã


Foto/reprodução

Estão abertas até 31 de outubro as inscrições de brasileiros natos de ambos os sexos, com nível superior e mais de 18 anos de idade referentes a 31 de dezembro deste ano, para a prestação do Serviço Militar Voluntário (SMV) como Oficial da Reserva de 2ª Classe da Marinha (RM2), visando ao preenchimento de vagas em todo o país.

As vagas na área do Comando do 2º Distrito Naval são para Salvador (BA) – os candidatos devem ser formados em Cardiologia, Reumatologia, Otorrinolaringologista, Odontologia, Farmácia Hospitalar, Farmácia Clínica, Enfermagem, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Nutrição, Ciências Contábeis, Comunicação Social e Hotelaria; para Aracaju (SE), aqueles formados em Odontologia e Ciências Contábeis; e Pirapora (MG), candidatos formados em Odontologia.

Todas as informações necessárias estão publicadas nos Avisos de Convocação nº 02 e 03/2018, publicados no Diário Oficial da União (DOU) e no site www.marinha.mil.br/com2dn/srd/servico-militar, único local onde serão feitas as inscrições.

A taxa é de R$ 127,00. O processo Seletivo é constituído de uma prova escrita objetiva de Língua Portuguesa e Formação Militar-Naval, Prova de Títulos, verificação de dados biográficos e documental e inspeção de saúde. As vagas disponíveis em outras regiões do país podem ser consultadas no site da Diretoria de Ensino da Marinha www.ingressonamarinha.mar.mil.br.

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Documento foi entregue ao ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso no STF, nesta terça e investiga o presidente, ministros e aliados
Por Rafaela Felicciano/Metrópoles

A Polícia Federal entregou na tarde desta terça-feira (16/10) o relatório final do Inquérito dos Portos, que investiga o presidente Michel Temer, ao ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF). O documento pede o indiciamento do presidente da República, Michel Temer. Além disso, o relatório concluiu pelo indiciamento de Temer, do ex-assessor Rodrigo Rocha Loures, do coronel aposentado João Baptista Lima Filho e dos empresários da Rodrimar.

Segundo a reportagem, desde novembro de 2017, o delegado Cleyber Malta Lopes apura se empresas do setor portuário pagaram propina em troca de serem beneficiadas com a edição do Decreto dos Portos por Temer. O texto ampliou de 25 para 35 anos as concessões dessas companhias, que poderiam administrar terminais portuários por até 70 anos. A suspeita é que as principais beneficiárias tenham sido a Rodrimar e o grupo J&F.

O inquérito, aberto pelo então procurador-geral da República Rodrigo Janot, baseia-se nas delações de ex-executivos da J&F, grupo proprietário da Eldorado Celulose, que atua no Porto de Santos (SP). Eles denunciaram pagamentos de propina a agentes políticos, entre eles Michel Temer e seu ex-assessor e ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures.

Depois, o coronel João Baptista Lima Filho, amigo do presidente, também passou à condição de investigado: teria recebido R$ 1 milhão da J&F, a pedido de Temer, segundo os delatores. Rocha Loures e Lima Filho chegaram a ser presos. A detenção de Loures ocorreu quando ele carregava uma mala com dinheiro entregue por representantes da J&F e a qual seria, segundo ele, destinada a Michel Temer, o que lhe rendeu o apelido de “homem da mala de Temer”.

Durante quase um ano, registra o G1, a Polícia Federal também investigou uma reforma feita na casa da filha do presidente, Maristela Temer, avaliada em ao menos R$ 1 milhão e que teria sido paga com recursos do setor portuário.

A conclusão do inquérito foi prorrogada diversas vezes, com autorização judicial. Ainda não foi revelado o teor do documento entregue nesta terça (16/10) pela PF a Luís Roberto Barroso.

Uma mensagem que está sendo compartilhada na Internet sobre um possível prazo para solicitar a opção de voto em trânsito para o segundo turno das eleições é falsa. O texto vem sendo divulgado no WhatsApp e nas redes sociais sobre uma suposta reabertura do prazo até esta terça (9). “Gente, abriu hoje e vai até amanhã a votação em trânsito (quem está fora do Estado pode votar no seu endereço atual)“. Segundo alerta o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), somente as solicitações realizadas entre os dias 17 de julho e 23 de agosto serão consideradas.

O voto em trânsito é uma possibilidade oferecida pelo TSE para que eleitores que não residem em seu domicílio eleitoral possam votar. As urnas, nesse caso, são instaladas somente nas capitais e nos municípios com mais de 100 mil eleitores.

O segundo turno definirá a disputa entre os candidatos à presidência Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL). Em 15 Estados, também haverá segundo turno para governador – na Bahia, o atual governador Rui Costa (PT) foi reeleito com 75% dos votos.

Para participar do segundo turno das eleições, não é necessário ter votado no primeiro turno. Os eleitores que não votaram no último domingo (7), no entanto, precisarão justificar a ausência no cartório eleitoral ou online, por meio do Sistema Justifica, até o dia 6 de dezembro. Já quem precisar justificar a ausência no segundo turno tem até 27 de dezembro. (Com informações do Correio da Bahia)

Confirmado: entre as vítimas que veio a óbito de Triunfo e Tabira

 

O acidente que aconteceu nesta segunda pela manhã  (8), na PE 320, entre Flores e Calumbi, provocou a morte de pelo menos três pessoas. Informações preliminares indicam que uma ultrapassagem indevida teria causado  o acidente com vítimas fatais, sendo identificados até o presente uma pessoa  de Tabira e outra de Triunfo.

 Tabira: foi identificado como Edvaldo Louredo Alves de Tabira, conhecido como Galego.  para titulo de informação ele  morava em frente a uma academia de Ricardo e guiava o gol quadrado, ficando preso nas ferragens. Ele teria feito a ultrapassagem que resultou na colisão segundo testemunhas.  A outra vítima é Romero Nunes Morais,  de Triunfo. Ele estava no veículo que pegou fogo na margem da PE.

Dos três veículos, dois ficaram fora da pista, um deles um pólo. As vítimas fatais estavam em um carro de passeio com um único ocupante, preso às ferragens e os que estavam no veículo que capotou e pegou fogo ao sair da pista, ainda em número indeterminado, mortos carbonizados. parte da vegetação na área também pegou fogo.

 

Por Ricardo Brito – Jornal Extra

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, determinou nesta segunda-feira o cumprimento da liminar dada pelo ministro Luiz Fux, proibindo uma entrevista do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao jornal Folha de S.Paulo, que por duas vezes foi autorizada pelo também ministro do Supremo Ricardo Lewandowski.

Na decisão, tomada em resposta a manifestação do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, Toffoli determinou que fica valendo a decisão de Fux, e não a de Lewandowski, até que o plenário da corte se manifeste sobre o tema.

“Diante da solicitação, a fim de dirimir a dúvida no cumprimento de determinação desta corte, cumpra-se, em toda a sua extensão, a decisão liminar proferida, em 28/9/18, pelo vice-presidente da corte, ministro Luiz Fux, no exercício da presidência, nos termos regimentais, até posterior deliberação do plenário”, escreveu Toffoli na decisão.

Mais cedo, Lewandowski ignorou decisão anterior de Fux e autorizou que Lula concedesse entrevista ao jornal.

Em sua nova decisão, Lewandowski reafirmou sua posição tomada na sexta-feira e considerou que a decisão posterior de Fux –que havia proibido a entrevista de Lula na sexta-feira– não tinha amparo. Segundo ele, o colega do STF não poderia ter decidido no pedido apresentado pelo Partido Novo, o qual não teria competência legal para apresentar esse tipo de pedido.

“Bem examinados os autos, verifico que a decisão proferida pelo ministro Luiz Fux nos autos da SL 1.178 não possui forma ou figura jurídica admissível no direito vigente, cumprindo-se salientar que o seu conteúdo é absolutamente inapto a produzir qualquer efeito no ordenamento legal”, disse Lewandowski.

“É inevitável, portanto, a conclusão de que o Partido Novo não possui legitimidade ativa para a apresentação de Suspensão de Liminar, razão pela qual, como é curial, o feito deveria ter sido extinto no nascedouro”, completou.

Lula está preso desde abril cumprindo pena após condenação no processo do tríplex do Guarujá (SP). Ele teve a candidatura presidencial barrada com base na Lei da Ficha.

Lewandowski ainda disse que o fato de Toffoli não ter sido localizado quando do recurso apresentado pelo Novo “não teria o condão, de imediato”, de atrair a competência do vice-presidente.

“Não há nos autos nenhuma determinação do presidente para que tal ocorresse, não se podendo admitir a hipótese de que funcionários do Supremo hajam transferido ao ministro Luiz Fux, à revelia daquele, competência especialíssima e indeclinável que lhe cabe por delegação direta do plenário”, disse.

Policiais também encontraram outro pacote da droga na casa da mulher após confissão. Foto: Polícia Militar/Divulgação

Uma mulher de 26 anos foi presa neste sábado (29) quando tentava entrar no presídio Advogado Brito Alves, em Arcoverde, com um pacote de maconha escondido nas partes íntimas. De acordo com informações da Polícia Militar, uma equipe do 3° BPM foi acionada após um agente penitenciário receber a informação do crime através de uma denúncia anônima.

Durante a abordagem, a mulher, que não teve a identidade revelada, confessou o crime e disse que aceitou levar a droga porque estaria sendo ameaçada pelo seu cônjuge, que está preso na unidade prisional. Segundo ela, o companheiro havia ameaçado matá-la e seus irmãos caso não levasse a droga. Na ocasião, ela confessou ainda que havia outro pacote da mesma droga em sua residência, o que foi constatado pelos agentes.

Segundo a PM, ela foi encaminhada para um hospital, onde foi retirado o pacote de entorpecente e, em seguida, conduzida à delegacia local para adoção das medidas cabíveis.

Vítima

A Polícia Civil prendeu na cidade de Jericó o acusado de assassinar o produtor de eventos Wanderly Wendlis Gomes de Lima (foto), na madrugada desta segunda-feira (24).
De acordo com as primeiras informações, o acusado identificado por Alisson Lincoln foi preso ainda com a arma de fogo que teria sido usado no crime.
O acusado foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil de Catolé do Rocha para ser autuado em flagrante pelo homicídio qualificado.
A motivação do crime teria sido de natureza passional, já que a vítima teria se relacionado com a ex-mulher do acusado, e por isso vinha ameaçando a vítima, e que Wanderly vinha sendo seguido, havia alguns dias e o acusado veio nessa madrugada a executar covardemente o produtor

Folha reconhece: Haddad foi prefeito exemplar
Haddad_Secom

Folha de S. Paulo reconhece: Fernando Haddad foi um prefeito exemplar; reportagem sobre o período de Haddad na Prefeitura (2013-2016) admite: ele destacou-se na luta contra a corrupção, teve uma gestão financeira impecável e só não conseguiu concluir um ambicioso programa de obras porque metade de sua gestão (2015-16) foi impactada pelo abalo da economia decorrente crise aberta pela chantagem das elites contra Dilma.

247 – Mesmo um dos veículos da mídia conservadora que tem a marca de antipetista radical, a Folha de S. Paulo, foi obrigada a reconhecer: Fernando Haddad foi um prefeito exemplar. Os Frias fizeram nos últimos anos um percurso similar ao do partido com o qual a família sempre teve identidade, o PSDB, da social-democracia para a direita. Mesmo assim, ao fazer uma reportagem sobre o período de Haddad à frente da Prefeitura de São Paulo (2013-2016), o jornal foi obrigado a reconhecer: ele destacou-se na luta contra a corrupção, teve uma gestão financeira impecável e só não conseguiu concluir um ambicioso programa de obras porque metade de sua gestão (2015 e 2016) foi impactada pelo abalo da economia decorrente da irresponsabilidade das elites em sua ação para derrubar Dilma Roussef, que lançou o país numa crise profunda.

O artigo publicado na edição deste domingo (23) atesta que Haddad, para além das ciclovias, que acabaram se destacando como ícone de sua gestão, recuperou as finanças e ele foi um marco na luta contra a corrupção na cidade: “[Haddad deixou] outras marcas além das faixas de ônibus, embora menos midiáticas. Exemplos são a renegociação da dívida, que desafogou as contas da cidade, e a criação da CGM (Controladoria Geral do Município), responsável pela descoberta do maior escândalo de corrupção recente, a máfia do ISS.”

Sim, o jornal admite que Haddad conseguiu recuperar as finanças da cidade depois do período desastroso dos prefeitos de direita José Serra e Gilberto Kassab -o que é curioso, pois a direita e suas mídias, que fazem o discurso do “equilíbrio fiscal” e da “responsabilidade financeira”, são responsáveis por verdadeiros descalabros quando assumem os governos, como o caso paulistano e o de Temer nacionalmente. Ao contrário da esquerda, que sempre coloca “a casa em ordem”, como acontece nos governos do PT em âmbito federal, estadual e municipal.

O reconhecimento de Haddad por seu combate à corrupção é notável e deita por terra todo o discurso da própria Folha e dos demais veículos conservadores associados ao Judiciário e aos partidos de direita segundo o qual o PT seria “uma quadrilha”.  A reportagem confirmar o discurso de Haddad desde o início da campanha eleitoral segundo o qual o que importa no combate à corrupção é o fortalecimento das instituições, característica dos governos petista. A direita, ao contrário, tem ao longo da história operado na manipulação das instituições a serviço de seus interesses, como aconteceu nos governos FHC e, em São Paulo, nas gestões de Serra e Kassab.

Ainda que de maneira envergonhada, a reportagem indica que os projetos de obras importantes para a cidade foram afetados pela crise de 2015-2016. “Haddad foi eleito em um cenário de crescimento econômico, com a promessa de revolução urbanística e social”, indica o texto. A reportagem atribui as dificuldades da gestão de Haddad, aos “protestos contra o aumento da tarifa de junho de 2013, o consequente congelamento da passagem e o reajuste do IPTU barrado pela Justiça”. Mas, curiosamente, ignora o principal motivo para elas, a crise econômica aberta com o boicote do ‘mercado’ ao governo Dilma a partir do início de 2015.

Vale a pena ler a reportagem de Artur Rodrigues, aqui.

 

 

 

 

 

 

Pesquisa Ibope, divulgada ontem, mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente Michel Temer (MDB):
 
• Ótimo/bom: 4%
• Regular: 16%
• Ruim/péssimo: 78%
• Não sabe/não respondeu: 2%
 
Na pesquisa anterior do Ibope, divulgada em junho, 79% consideravam o governo “ruim/péssimo”; 16%, “regular”; e 4% o avaliavam como “bom/ótimo”.
 
A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre domingo (16) e terça-feira (18).
 
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos. (G1)

 

pesquisa pb - Haddad ultrapassa Bolsonaro na Paraíba, diz pesquisa Método / CorreioA pesquisa realizada pelo instituto Método e divulgada pelo Sistema Correio de Comunicação na última terça-feira (18),  também trouxe cenários para a corrida presidencial. Na Paraíba, o candidato do PT, Fernando Haddad, confirmado pelo partido como candidato a presidente após a impugnação da candidatura do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, aparece em primeiro lugar, com 19,5% das intenções de voto.

Em segundo lugar vem o candidato Jair Bolsonaro (PSL), com 16,8% das intenções de voto. A pesquisa tem margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, portanto Haddad e Bolsonaro estão tecnicamente empatados dentro da margem de erro.

O candidato Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro lugar com 13,1% das intenções de voto. A ex-senadora Marina Silva, da Rede Sustentabilidade, obteve 6,9% das intenções de voto na pesquisa, seguida por Geraldo Alckimin (PSDB) com 5,7%. João Amoedo, do Novo, aparece com 1,3% das intenções de voto.

Confira abaixo todos os números:

Fernando Haddad: 19,5%

Jair Bolsonaro: 16,8%

Ciro Gomes: 13,1%

Marina Silva: 6,9%

Geraldo Alckimin: 5,7%

João Amoedo: 1,3%

Henrique Meireles: 0,7%

Cabo Daciolo: 0,4%

Álvaro Dias: 0,3%

José Maria Eymael: 0,2%

Vera Lúcia: 0,2%

João Goulart: 0,1%

Branco/Nulo: 16,6%

Não sabe/não respondeu: 18,3%

Dados técnicos

A pesquisa foi registrada no TSE, sob o número BR-01555/2018. Foram aplicados 1.100 questionamentos em 60 cidades, entre os dias 12 a 15 de setembro de 2018. O intervalo de confiança é 95%, com margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: Polêmica Paraíba

 

 

 

 
A Agência Nacional de Águas (ANA) disse que publicará nesta quarta-feira resolução com o valor das tarifas da água do Eixo Leste da Transposição do São Francisco direcionada a Pernambuco e à Paraíba.
 

A agência aprovou no início de setembro o Plano de Gestão Anual (PGA), que define o rateio da água do Eixo Leste em 2018. Pernambuco vai receber 0,75 metros cúbicos por segundo de água para abastecer Sertânia, Tabira, São José do Egito, Arcoverde, Pesqueira e comunidades. Já a Paraíba receberá 4,672 metros cúbicos por segundo. Quando iniciar a operação comercial, os Estados vão trabalhar com as quantidades definidas pelo PGA. Para isso, faltam algumas etapas, como a assinatura dos contratos entre as operadoras estaduais e federal, a Codevasf.
 
“Como o Eixo Leste ainda está em fase de testes, a operação comercial não foi iniciada. A resolução vai trazer quanto Pernambuco e a Paraíba vão ter que pagar por metro cúbico e o valor anual total. Para saber essa última informação, falta a data de assinatura do contrato e do início da operação comercial. O valor total vai ser uma proporção dependendo do período de operação este ano”, explica o superintendente adjunto de Regulação, Patrick Thomas. O prazo estabelecido na outorga concedida pela ANA ao Ministério da Integração para a fase de testes termina no dia 31 de dezembro este ano. A pasta respondeu que vai cumprir o prazo dado pela agência.
 
“Hoje, Pernambuco recebe pouca água da transposição, algo em torno de 60 litros por segundo. O Estado foi muito prejudicado pela liberação de recursos (do governo federal) para obras como a Adutora e o Ramal do Agreste. O Estado tem muito interesse em participar do Projeto de Integração do São Francisco. Estamos com obras como a Adutora do Moxotó em fase de testes que vai tirar água do Eixo Leste para atender oito municípios. Mas só vamos sentir mudança no abastecimento do Agreste em três anos e meio, com a Adutora e o Ramal do Agreste. Agora, estamos estudando a minuta do contrato para chegar a um entendimento junto com os outros Estados para poder se posicionar de forma conjunta”, comenta o assessor executivo para a presidência da Compesa, Fernando Lôbo.
 

 

 

 
Dois policiais militares, entre eles um coronel, acusados de participação num grande esquema de desvio de combustíveis em Pernambuco, foram punidos pela Secretaria de Defesa Social (SDS). Segundo as investigações, quase R$ 500 mil teriam sido desviados entre os anos de 2004 e 2007.
 
O coronel Dilson Silva e Meira e o capitão Marcos Aurélio da Silva Fausto, que eram lotados no 8º Batalhão da Polícia Militar (município de Salgueiro, no Sertão), estariam entre os líderes do esquema, que utilizava créditos do cartão Ticket Card para desviar o dinheiro que deveria ser destinado para o abastecimento de combustíveis nas viaturas.
 

 

Após investigação, a Corregedoria Geral da SDS decidiu que os policiais deveriam ser punidos com a perda das patentes. A decisão, assinada pelo secretário Antônio de Pádua, foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (19).
 
Além de processo administrativo, os policiais respondem criminalmente. O coronel, o capitão e outros quatro PMs são réus pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público) há dez anos. O processo segue em tramitação na Vara de Justiça Militar, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). (Fonte: Ronda Jc)

 

Publicado: Terça, 18 Setembro 2018 16:02

A imagem foi completamente destruída pelo vândalo. / Foto: Cortesia

A imagem de São Miguel, padroeiro de Barreiros, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, foi destruída no início da manhã desta terça-feira (18). A estátua, que fica no Centro da cidade, media cerca de 70 centímetros e havia sido doada pela prefeitura em janeiro de 2016, data da reinauguração da paróquia.

 

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito é um morador de rua de 32 anos. O homem estava sob efeito de drogas e, dizendo frases sem nexo, disse que cometeu o delito “em nome da lei”.

O pároco Antônio Guilherme, que está há cinco anos à frente da Igreja, contou que providenciará uma réplica da imagem até esta quarta-feira (19), quando será realizada uma carreata para anunciar a abertura da festa do padroeiro, que acontece no próximo dia 29. Por causa do vandalismo, a festividade deste ano terá também um tom de protesto.

 

“Essa imagem representa a fé do povo, eles passavam, faziam suas devoções. Isso ofendeu pessoas de diversos credos. As pessoas configuram sua fé, seu sofrimento, a esperança e vitória, pois passaram por diversas situações e venceram, era um símbolo para os cristãos”, completou o padre.

Outros casos

No último domigo (16), enquanto era realizada uma romaria, o mesmo homem apareceu completamente despido com uma bíblia na mão na tentativa de interromper a peregrinação. Os fiéis puderam seguir com ritual apenas depois da chegada da Polícia Militar.

A destruição de imagens é um crime recorrente em Barreiros. Segundo padre Antônio, a estátua de Nossa Senhora do Rosário, que também fica no Centro, resistiu às cheias de 2010, mas um homem revoltado com a situação quebrou em vários pedaços. A restauração não foi possível e outra imagem foi colocada no local.

 

 

 

O Ibope divulgou, hoje, o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre domingo e hoje.

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

 

Os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 28%
  • Fernando Haddad (PT): 19%
  • Ciro Gomes (PDT): 11%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
  • Marina Silva (Rede): 6%
  • Alvaro Dias (Podemos): 2%
  • João Amoêdo (Novo): 2%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 1%
  • Vera Lúcia (PSTU): 0%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 0%
  • João Goulart Filho (PPL): 0%
  • Eymael (DC): 0%
  • Branco/nulos: 14%
  • Não sabe/não respondeu: 7%

Em relação ao levantamento anterior do instituto, divulgado na terça-feira (11):

  • Jair Bolsonaro oscilou positivamente dois pontos, indo de 26% para 28%;
  • Haddad cresceu 11 pontos percentuais, passando de 8% para 19%;
  • Ciro manteve os mesmos 11%;
  • Alckmin oscilou negativamente, indo de 9% para 7%;
  • Marina foi de 9% para 6%;
  • Os indecisos se mantiveram em 7% e os brancos ou nulos caíram de 19% para 14%.
  •  

Rejeição

O Instituto também perguntou: “Dentre estes candidatos a Presidente da República, em qual o (a) sr. (a) não votaria de jeito nenhum? Mais algum? Algum outro?”.

Neste levantamento, portanto, os entrevistados podem citar mais de um candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.

Os resultados foram:

 

  • Bolsonaro: 42%
  • Haddad: 29%
  • Marina: 26%
  • Alckmin: 20%
  • Ciro: 19%
  • Meirelles: 12%
  • Cabo Daciolo: 11%
  • Eymael: 11%
  • Boulos: 10%
  • Alvaro Dias: 10%
  • Vera: 9%
  • Amoêdo: 9%
  • João Goulart Filho: 8%
  • Poderia votar em todos: 2%
  • Não sabe/não respondeu: 9%
  •  

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 2.506 eleitores em 177 municípios
  • Quando a pesquisa foi feita: 16 e 18 de setembro
  • Registro no TSE: BR-09678/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”
 

 

 

 

 

 

Uma semana oficializado pelo PT candidato à Presidência da República, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad registra uma subida vertiginosa no estado. De acordo com o Instituto Opinar, o petista aparece com 41,87% das intenções de voto na pesquisa divulgada nesta terça-feira (18) no Jornal do Piauí.

No levantamento anterior, Haddad tinha 16,91% ainda na indefinição se seria candidato no lugar de Lula.

 

Empatados tecnicamente com 13% das intenções de votos estão Jair Bolsonaro (PSL) e Ciro Gomes (PDT).

A candidata da Rede, Marina Silva, registra queda com 4,71% dos votos, quando na pesquisa anterior ela tinha 6,38%. O candidato do PSDB, Geraldo Alckmin manteve estável com 2,59%.

A pesquisa entrevistou 1.082 eleitores no estado entre os dias 13 a 16 de setembro. A margem de erro é de 2,97% para mais ou para menos.

 

O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número PI-02809/2018 (cargos governador, senador, deputado estadual e federal) e BR-06496/2018 (cargo presidente). Foram entrevistados eleitores em 59 municípios.

 

 

Armando cresce e empata com Paulo no 2º turno

 

Nova rodada da pesquisa Ibope, divulgada hoje pela TV Globo, mostra que Paulo Câmara estacionou, enquanto Armando subiu mais um ponto nas intenções de voto e já empata tecnicamente no segundo turno.

De acordo com os dados do Ibope, Paulo permanece com os mesmos 33% da última pesquisa, realizada há duas semanas, entre os dias 2 e 4 deste mês, quando o guia eleitoral já estava no ar. Neste período, Armando passou de 24 para 25 pontos percentuais.

Na disputa no segundo turno, que será realizado no dia 28 de outubro, Armando e Paulo estão tecnicamente empatados. O candidato do PSB, que caiu 14 pontos desde a primeira rodada, aparece com 41% e Armando vem com 37%. Os dados do Ibope revelam que Paulo pode ter atingido o “teto” eleitoral, enquanto Armando segue crescendo.

 

Armando Monteiro Neto (PTB)

11h – Entrevista na Rádio Jornal de Caruaru;

12h – Entrevista na TV Jornal Caruaru;

17h – Caminhada em Rio Doce/Concentração: Estádio Grito da República;

19h – Caminhada no Alto do Mandú/Concentração: Terminal de ônibus do Alto do Mandú.

Julio Lossio (Rede)

6h – Entrevista, por telefone, à Rádio Brasil FM da Cidade de Pombos, Programa Forró na Hora, com Honório Alves;

12h – Almoço de Adesão/Local: Spettu’s – Derby, Av. Agamenon Magalhães – Boa Viagem – Recife;

16h30 – Entrevista para o Programa Comunica Web, TV Uninassau, com transmissão pelo Facebook/Local: Auditório Capibaribe, Bloco “C” da Uninassau – Rua Joaquim Nabuco, 778, Madalena – Recife;

19h – Debate organizado pelo Clube dos Oficiais da PM/CBM/Local: Sede do Clube dos Oficiais, Rua João de Barros, 357 – Boa Vista – Recife.

OBS: Os demais candidatos não enviaram suas respectivas agendas.

 

 

O Ibope/JC/TV Globo divulgou a primeira pesquisa após Fernando Haddad (PT) ser oficializado como candidato à Presidência, no lugar do ex-presidente Lula.
 
O petista lidera as intenções de votos com 26% em Pernambuco – crescendo 16 pontos percentuais desde o último levantamento, divulgado no dia 5 de setembro. Em seguida, vem Jair Bolsonaro (PSL) com 17% e Ciro Gomes (PDT) com 12%.
 
Marina Silva, que apareceu com 15% na pesquisa divulgada em 5 de setembro, sofreu um baque e ficou com 8% das intenções de votos. Geraldo Alckmin (PSDB) está com 5%.
 
Nos últimos 12 dias, brancos e nulos caíram de 27% para 17%. A pesquisa é registrada no TRE com o protocolo 02931/2018 e no TSE com o número 01251/2018. Foram entrevistados 1.204 em 56 municípios de Pernambuco, entre os dias 14 e 16 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.
 

 

 
 
 

Pesquisa divulgada nesta noite confirma crescimento de 11 pontos de do candidato do PT e presidente, Fernando Haddad, que se consolida no segundo turno, contra o candidato da extrema-direita.

Confira os números: Jair Bolsonaro (PSL): 28%, Fernando Haddad (PT): 19%, Ciro Gomes (PDT): 11%, Geraldo Alckmin (PSDB): 7%, Marina Silva (Rede): 6%, Alvaro Dias (Podemos): 2%, João Amoêdo (Novo): 2%, Henrique Meirelles (MDB): 2%, Cabo Daciolo (Patriota): 1%, Vera Lúcia (PSTU): 0%, Guilherme Boulos (PSOL): 0%, João Goulart Filho (PPL): 0% e Eymael (DC): 0%.

Votos bancos e nulos somam 14% e indecisos, 7%.

Na simulação de segundo turno, Fernando Haddad aparece exatamente empatado com Jair Bolsonaro, com 40% para cada. Ciro Gomes aparece empatado com Bolsonaro na margem de erro. Ciro 40% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 6%). Já contra Alckmin o quadro também é de empate. Alckmin 38% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 18%; não sabe: 6%).

A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre domingo (16) e terça-feira (18). O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos. 

 

 

Aeroporto de Caruaru tem atividades suspensas pela Anac

De acordo com a Anac, foram constatadas não conformidades às normas de aviação civil no local – Foto: Reprodução/TV Jornal

 

 

 
NE10
 

O Aeroporto Oscar Laranjeiras, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi interditado para pousos e decolagens após inspeção realizada no local, conforme informou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A decisão foi divulgada no diário oficial da união dessa segunda-feira (17), data de início da interdição.

De acordo com a Anac, foram constatadas não conformidades às normas de aviação civil no aeroporto. Ainda segundo a agência, uma medida cautelar foi aplicada. Tal medida proíbe operações de pouso de aeronaves de asa fixa na pista de pouso e decolagem 13-31.

A Anac informou ainda que a medida aplicada tem caráter provisório, sem prazo determinado, e será mantida até que o operador do aeródromo, o Governo do Estado, solicite a sua revogação e demonstre cumprimento das condições para reabertura definidas no parecer que fundamentou a decisão. Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Transportes informou que já está atuando junto à Anac, com o intuito de solucionar o problema o mais rápido possível.

 

Tabira, São José do Egito, Sertânia, Arcoverde e Pesqueira passam a receber águas do São Francisco

https://i2.wp.com/www.blogdogordinho.com.br/site/wp-content/uploads/2018/09/transposicao.jpg?resize=640%2C428

A Agência Nacional de Águas (ANA) disse que publicará nesta quarta-feira resolução com o valor das tarifas da água do Eixo Leste da Transposição do São Francisco direcionada a Pernambuco e à Paraíba.

A agência aprovou no início de setembro o Plano de Gestão Anual (PGA), que define o rateio da água do Eixo Leste em 2018. Pernambuco vai receber 0,75 metros cúbicos por segundo de água para abastecer Sertânia, Tabira, São José do Egito, Arcoverde, Pesqueira e comunidades. Já a Paraíba receberá 4,672 metros cúbicos por segundo. Quando iniciar a operação comercial, os Estados vão trabalhar com as quantidades definidas pelo PGA. Para isso, faltam algumas etapas, como a assinatura dos contratos entre as operadoras estaduais e federal, a Codevasf.

“Como o Eixo Leste ainda está em fase de testes, a operação comercial não foi iniciada. A resolução vai trazer quanto Pernambuco e a Paraíba vão ter que pagar por metro cúbico e o valor anual total. Para saber essa última informação, falta a data de assinatura do contrato e do início da operação comercial. O valor total vai ser uma proporção dependendo do período de operação este ano”, explica o superintendente adjunto de Regulação, Patrick Thomas. O prazo estabelecido na outorga concedida pela ANA ao Ministério da Integração para a fase de testes termina no dia 31 de dezembro este ano. A pasta respondeu que vai cumprir o prazo dado pela agência.

 

“Hoje, Pernambuco recebe pouca água da transposição, algo em torno de 60 litros por segundo. O Estado foi muito prejudicado pela liberação de recursos (do governo federal) para obras como a Adutora e o Ramal do Agreste. O Estado tem muito interesse em participar do Projeto de Integração do São Francisco. Estamos com obras como a Adutora do Moxotó em fase de testes que vai tirar água do Eixo Leste para atender oito municípios. Mas só vamos sentir mudança no abastecimento do Agreste em três anos e meio, com a Adutora e o Ramal do Agreste. Agora, estamos estudando a minuta do contrato para chegar a um entendimento junto com os outros Estados para poder se posicionar de forma conjunta”, comenta o assessor executivo para a presidência da Compesa, Fernando Lôbo

 

Partidos têm em 2018 o maior faturamento da História: R$2,3 bilhões

 

 

 

Os 35 partidos políticos brasileiros já embolsaram somente nos oito primeiros meses de 2018, até agosto, R$2,3 bilhões públicos dos fundos eleitoral e partidário que os políticos inventaram para evitar Policia Federal na porta. A maior parte da tunga bilionária, R$1,7 bilhão, é do fundão eleitoral criado em 2017 com base no custo da eleição de 2014, a mais cara da História: R$5,1 bilhões. Fundo partidário e multas (que retornam aos partidos) aumentam a bolada. A informação é da Coluna de Cláudio Humberto.

As doações de pessoas físicas já somam R$194,5 milhões. Magnata das distribuidoras de combustíveis, Rubens Ometto doou R$6 milhões.

Os candidatos já usaram R$191,2 milhões do próprio bolso para fazer campanha. No ranking do TSE, 17 superaram a marca de R$1 milhão.

Candidato a presidente, Henrique Meirelles (MDB) é, com folga, quem mais investiu na própria campanha: R$45 milhões até agora.

O Tribunal Superior Eleitoral mantém a lista atualizada das despesas e o total, a mais de duas semanas da eleição, já é de R$ 3,2 bilhões.

 

Jarbas e Humberto mantêm liderança na pesquisa JC/Ibope/TV Globo para o Senado

 

Resultado de imagem para jarbas, humberto, mendonça e bruno

O deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB) continua à frente na pesquisa realizada pelo Ibope, em parceria com o Jornal do Commercio e a TV Globo, divulgada nesta segunda-feira (17). O emedebista oscilou um ponto percentual em relação ao levantamento de 5 de setembro e subiu de 33% para 34% das intenções de voto. O senador petista Humberto Costa, candidato à reeleição na mesma chapa que ele, está em segundo e também oscilou um ponto, passando de 30% para 31%.

Em seguida vem o deputado federal Mendonça Filho (DEM), que oscilou um ponto, caindo de 23% para 22%. Silvio Costa (Avante) registrou uma queda de 12% para 10%.

Bruno Araújo (PSDB), que está na mesma chapa que Mendonça, manteve os 8% que já tinha na pesquisa do início de setembro.

Pastor Jairinho (Rede) oscilou um ponto, caindo de 5% para 4%

Todos os outros mantiveram os índices da pesquisa anterior. Adriana Rocha (Rede) continua com 2%. Albanise Pires (PSOL) Eugênia Lima (PSOL) e Hélio Cabral (PSTU) têm 1%. Alex Lima Rola (PCO) tinha 1% e não pontuou neste levantamento.

Brancos e nulos para a primeira vaga mantiveram 22% e para a segunda vaga caíram de 35% para 34%. Os que não sabem ou não responderam aumentaram de 24% para 28%.

Esses são os resultados da pesquisa estimulada, em que os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados.

Pesquisa JC/Ibope/TV Globo

Esta é a terceira rodada da pesquisa JC/Ibope/TV Globo, registrada no TRE com o protocolo 02931/2018 e no TSE com o número 01251/2018. Foram entrevistados 1.204 em 56 municípios de Pernambuco, entre os dias 14 e 16 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!