Cidades

O grupo Assaí Atacadista e autosserviço, do grupo francês Casino, que controla a Companhia Brasileira de Distribuição, e que está presente em todos os estados brasileiros, acaba de adquirir um terreno em Serra Talhada, onde fará um investimento de R$ 35 milhões em novas instalações no Sertão pernambucano.

De acordo com Hélio Ferraz, ex-proprietário do terreno, foi adquirido pelo grupo Casino uma área de 20 mil metros, próximo ao Shopping Serra Talhada, em frente à distribuidora de bebidas Jodibe, onde irá funcionar futuramente.

“A obra está orçada em 35 milhões de reais e o terreno que nós vendemos ao grupo foi de 20 mil metros quadrados, mas a área construída será de cerca de 10 mil metros quadrados. É um grande empreendimento que vai também gerar muitos empregos no município”, disse Hélio Ferraz, ao blog Leia Mais PE, destacando o projeto.

“O projeto tem área de 4.700 metros para loja, 2.650 m², para garagens, com 327 vagas, e para carga e descarga, que fica integrado com o deposito, 2.250 metros quadrados”, disse Ferraz.

Continuando: “o grupo quer iniciar já em dezembro as obras de terraplanagem, para iniciar as edificações em janeiro de 2019”, concluiu.

CEF-Arquivo Agência Brasil
Dinheiro do Programa de Integração Social (PIS) pode ser recebido nas agências da Caixa Econômica Federal

Começa hoje (20) o pagamento do quinto lote do abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) 2018-2019, ano-base 2017.

O lote inclui os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em novembro e os servidores públicos com final de inscrição 4.

A estimativa do Ministério do Trabalho é que mais de R$ 1,4 bilhão sejam pagos a aproximadamente 1,8 milhão de trabalhadores.

O PIS é pago na Caixa Econômica Federal e o Pasep, pelo Banco do Brasil. Correntistas da Caixa e do Banco do Brasil tiveram os valores depositados em suas contas respectivamente nos dias 13 e 14.

Quem tem direito

O ministério lembra que tem direito ao abono salarial ano-base 2017 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias naquele ano, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos, e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do benefício é proporcional ao tempo trabalhado formalmente em 2017. Assim, quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, equivalente a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é de 1/12 do salário mínimo, e assim sucessivamente.

Os trabalhadores nascidos entre julho e dezembro recebem o abono ainda este ano.

Já os nascidos de janeiro a junho poderão realizar o saque em 2019. O prazo final de recebimento para todos os trabalhadores favorecidos pelo programa é 28 de junho de 2019.

Jovem de 22 anos, comete suicídio por enforcamento em Mirandiba, no Sertão

Na manhã de ontem dia (19), por volta das 08:00, Policiais Militares do 8º BPM, lotados na cidade de Mirandiba, no Sertão pernambucano, foram informados por funcionários do Hospital do município, que havia chegado naquele nosocômio, um corpo de um homem trazido por familiares, que havia cometido suicídio por enforcamento, na Rua 01, bairro Vila Bela, naquela cidade. 

Chegando ao hospital, o policiamento tomou conhecimento através de testemunhas, de que a vítima, identificada como André José da Silva, de 22 anos, foi encontrada pelos familiares, dependurada em uma corda em um dos cômodos da casa, e que os próprios familiares cortaram a corda e socorreram o jovem para o hospital, entretanto, a vítima deu entrada naquela Unidade Hospitalar, já sem vida. 

A ocorrência foi registrada  na Delegacia  de Polícia Civil da 196ª Circunscrição em Mirandiba.

Foram divulgados nesta segunda-feira (19) os locais de prova do concurso da prefeitura de Patos, no Sertão da PB, que oferece 298 vagas de emprego em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os cartões de confirmação devem ser consultados pelos candidatos inscritos no site da organizadora.
Conforme o edital, a consulta ao local de prova deve ser feita de forma individual e os candidatos precisam informar o número do CPF no site da empresa organizadora. As provas objetivas do concurso foram adiadas e estão previstas para acontecer no dia 9 de dezembro.
Cerca de 15.790 pessoas se inscreveram para o concurso público, que oferece remunerações que variam de R$ 954 a R$ 2,5 mil, além das gratificações, para o cargo de procurador municipal.
Segundo o edital, as vagas são para condutor socorrista, dentista, técnico de enfermagem, recepcionista, psicólogo, auxiliar de saúde bucal, educador físico, médico, nutricionista, advogado, assistente social, cuidador social, terapeuta ocupacional, agente comunitário de saúde, agente comunitário de endemias, professor de nível fundamental para disciplinas específicas, intérprete de libras, professor de libras, contador, procurador, fiscal de obras, pedreiro servente de pedreiro, motorista, músico, operador de máquinas, pintor, topógrafo, vigilante, auxiliar de serviços gerais e guarda municipal.
O concurso vai acontecer em quatro etapas. A primeira fase é a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos. A segunda etapa será a avaliação de títulos, de caráter classificatório para cargos específicos, de acordo com o previsto no edital.
A terceira etapa é a prova prática, também de caráter classificatório e eliminatório para cargos específicos. A quarta e última etapa é o curso de qualificação, de caráter classificatório e eliminatório para cargos também específicos.

A Casa Branca cedeu e decidiu devolver nesta segunda (19) a credencial do jornalista da CNN Jim Acosta, encerrando uma batalha jurídica entre a emissora e a administração Trump.

O repórter perdeu o passe após discutir com o presidente Donald Trump durante uma entrevista coletiva no início do mês. A justificativa da gestão para a suspensão foi de que Acosta teria tocado de forma agressiva uma auxiliar que tentava tirar um microfone de sua mão e que agiu de forma desrespeitosa com os colegas ao não ceder a vez.

Na última sexta (16), um juiz federal ordenou que a credencial fosse restituída por 14 dias, após a CNN levar o caso à Justiça. A empresa alegou que os direitos de Acosta previstos na primeira e na quinta emendas constitucionais (que tratam da liberdade de expressão e de imprensa e do abuso de poder por parte do estado, respectivamente) haviam sido violados com a sanção.

A administração, contudo, ameaçou voltar atrás caso o jornalista não respeite as novas regras para coletivas de imprensa do Trump. Uma delas é fazer apenas uma pergunta —Acosta fez mais de uma no evento que serviu de pivô para a ação.

Trump havia afirmado na semana passada que novos regulamentos para orientar a conduta de repórteres seriam criados. “As pessoas vão ter que se comportar”, afirmou na sexta. “Você não pode fazer três e quatro perguntas. Você não pode ficar de pé e não se sentar.”

A decisão, informada por meio de uma carta, representa uma mudança na posição da Casa Branca em relação ao caso. A secretária de imprensa do governo, Sarah Sanders, havia dito que, assim que o prazo de 14 dias se encerrasse, a credencial seria suspensa novamente.

Isso levou a CNN a solicitar uma audiência de emergência a um juiz federal para que o prazo fosse estendido. Com a recuperação da credencial, a emissora retirou os processos contra Trump e seus assessores envolvidos no caso. (MB)

Enquanto isso:

Gessica Kayane pede Neymar em namoro e ele responde: ‘Manda seu currículo’

naom 5bf12fd7df565 300x169 - Gkay pede Neymar em namoro e ele responde: 'Manda seu currículo'
Desde o fim do namoro de Neymar e Bruna Marquezine, não param de aparecer pretendentes tanto para um, quanto para o outro. A bola da vez é o craque, que começou a fazer brincadeiras quando sai uma notícia sobre um suposto affair do brasileiro.
Após o jogador do PSG postar uma foto com o filho, Lucca, a influencer Gessica Kayane comentou no post dizendo “já quero namorar”. Neymar, com seu jeito brincalhão, respondeu a blogueira: “manda seu currículo”. Até agora, tudo não passa de uma brincadeira.
Veja:
Débitos milionários do Estado com a Casa de Farinha fez com que a empresa notificasse o governo sobre suspensão no fornecimento de alimento para 66 escolas.

Centenas de alunos de 66 escolas, distribuídas por 35 cidades pernambucanas, correm o risco de ter a merenda suspensa a partir desta terça-feira (20). Entre as unidades que podem ficar sem alimento estão colégios do Recife, Jaboatão, Paulista, São Lourenço da Mata e Moreno, na Região Metropolitana. A grande maioria, no entanto, fica no Interior do Estado (veja lista completa abaixo). Todas são atendidas pela empresa Casa de Farinha.

Nesta segunda-feira (19), a Casa de Farinha, firma terceirizada que fornece alimento para a rede escolar, comunicou que o governo estadual está com um débito milionário e, por isso, não poderia mais cumprir com a entrega dos alimentos aos alunos. Em nota, a Casa de Farinha informou que notificou o Governo do Estado, via Secretaria de Educação, sobre a suspensão na distribuição das merendas e a justificativa de que a paralisação acontecerá devido à falta de pagamentos de notas ficais de até seis meses, totalizando um débito de mais de oito milhões de reais, fora o mês de outubro.

“Entendemos a delicada situação financeira a qual o Estado se encontra, entretanto, aausência de pagamentos por tanto tempo torna inviável a manutenção do serviço. Mesmo com os atrasos a Casa de Farinha vem honrando a folha de pagamento e os tributos necessários, dessa forma a empresa espera que a situação seja resolvida para que o fornecimento seja restabelecido o quanto antes. A paralisação é baseada na lei 8666/93, artigo 78, inciso XV”, prossegue a nota.

Também em nota, a Secretaria de Educação de Pernambuco esclareceu que a maior parte das escolas do Estado conta com merenda escolarizada, ou seja, os alimentos são preparados pelas merendeiras da própria unidade de ensino. Para outra parte das escolas, a merenda é preparada por 13 empresas terceirizadas contratadas, sendo a Casa de Farinha uma delas. A Secretaria informou ainda que foi realizado pagamento nesta segunda-feira (19) à empresa e que o órgão está mantendo o diálogo, de forma a garantir que não ocorra a interrupção da alimentação de estudantes.

LISTA DE MUNICÍPIOS AFETADOS:

Águas Belas
Belém São Francisco
Bezerros
Bom Conselho
Bom Jardim
Bonito
Canhotinho
Carpina
Correntes
Flores
Floresta
Garanhuns
Gravatá
Itacuruba
Itaíba
Jaboatão dos Guararapes
João Alfredo
Moreno
Paudalho
Paulista
Petrolândia
Recife
Sairé
Saloá
Santa Maria Cambucá
São Lourenço da Mata
Serra Talhada
Surubim
Tacaratu
Taquaritinga Do Norte
Triunfo

Blog Marcos Montinelly via Folha de PE

O presidente eleito Jair Bolsonaro disse hoje (19), no Rio de Janeiro, que a Petrobras pode ser privatizada em parte. Ao mesmo tempo, ele avaliou que a estatal é uma empresa estratégica e que deve continuar existindo: “alguma coisa você pode privatizar. Não toda. É uma empresa estratégica.”

Segundo Bolsonaro, não há decisão tomada. “Estamos conversando. Eu não sou uma pessoa inflexível. Mas nós temos que ter muita responsabilidade para levar adiante um plano como esse.”

Pela manhã, em Brasília, o vice-presidente eleito Hamilton Mourão afirmou que o futuro governo pretende preservar o “núcleo duro” da estatal, mas a equipe estuda a possibilidade de negociar áreas como distribuição e refino.

Nomeação

Mais cedo, o economista Roberto Castello Branco foi confirmado para presidir a Petrobras. Em artigos recentes publicados na imprensa, ele defendeu a privatrização da empresa.

Indicado por Paulo Guedes, que assumirá o Ministério de Fazendo, Castello Branco aceitou o convite. Bolsonaro reiterou que Guedes tem carta branca no seu governo.

“Tudo que é envolvido com economia, ele está escalando o time. Eu só, obviamente, estou cobrando proatividade. Enxugar a máquina e fazê-la funcionar para o bem estar da população.”

O presidente eleito acrescentou ainda que quer o valor do combustível mais barato. Porém, avaliou que os preços também levam em conta decisão dos governos estaduais. “Em grande parte, depende dos governadores, que colocam o ICMS lá em cima.”

Banco do Brasil

Para o Banco do Brasil, Bolsonaro admitiu que estuda o nome de Ivan Monteiro, que atualmente está no comando da Petrobras. Segundo ele, a equipe econômica não terá direito de errar e está sendo montada com nomes que já são testados no mercado.

O presidente eleito deu as declarações na portaria do condomínio onde mora, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Ele saiu em um carro escoltado pela Polícia Federal pouco antes das 15h. O comboio voltou cerca de 30 minutos depois. Ele disse ter ido ao banco. “Eu sou um ser humano. De vez em quando eu falo para darmos um passeio aí, para poder sair de casa.”

Educação

Questionado sobre o Ministério da Educação, Bolsonaro afirmou que avalia com calma os nomes. “Desde muito tempo, [o Ministério da Educação] está aparelhado. Há um marxismo lá dentro que trava o Brasil.”

Bolsonaro disse que os governos do PT dobraram os gastos em educação e mesmo assim não houve melhoras nos índices: “a molecada não sabe fazer uma regra de três simples.”

Bolsonaro descartou a possibilidade de nomear a atual presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, como ministra. “Essa não esteve à frente dessa prova do Enem? Está fora. Não tem nem cartão amarelo. É vermelho direto.” (Brasil 247)

Oitenta hectares dedicados à plantação de mandioca. Esse é o número exato que garante o sustento da família do agricultor Vilmar da Silva Carvalho, 58 anos. “Desde pequeno trabalho na roça. Já tentei sair daqui para achar outra forma de ganhar a vida, mas Deus me disse que o meu ganha pão é esse”, afirma contente meses depois de ter recebido a notícia de que começaria a vender diretamente para uma indústria multinacional e deixar de lado a agricultura de subsistência. Vilmar e mais outras cinco famílias foram selecionadas pela Ambev para fornecer a matéria-prima para a produção da cerveja Nossa, que é distribuída em todo o território pernambucano desde o meio do ano com um preço final sugerido de R$ 3 em uma garrafa de 600 ml.

Produzida na fábrica da companhia em Itapissuma, a cerveja recebe de Araripina a fécula proveniente da mandioca sertaneja, fundamental para a sua produção. Toda a cadeia da bebida é desenvolvida no estado. E a Ambev lida diretamente com os agricultores para obter a matéria-prima. “Eu plantava mandioca em 50 ha, depois que comecei a vender para a cervejaria, minha produção vem de 150 ha”, comenta contente o agricultor Silvano Coelho, que já foi professor da rede municipal e deixou de lado a sala de aula para se dedicar integralmente à produção da raiz.

O plantio dos agricultores na cidade que fica a cerca de 600 km de distância do Recife não é por acaso. “A ONG internacional TechoServe mapeou a região onde poderíamos obter o elemento que precisávamos nas condições ideais para os dois lados”, diz o engenheiro agrônomo e um dos responsáveis pelo desenvolvimento dessa cadeia produtiva junto à Ambev, Vitor Pistoia. Araripina é a maior potência do Nordeste na produção de mandioca. Inclusive, a própria cidade já conta com a fábrica que transforma a raiz no produto que é comercializado para a indústria, a fécula. Trata-se da Maxx Amidos do Brasil, fecularia que estava pronta para começar a operar desde 2012, mas só em junho último, com o início da importação para a fábrica da Ambev em Itapissuma, começou a funcionar. Ou seja, cerca de 714 quilômetros separam a matéria-prima do produto final – distância entre a cidade sertaneja e a fábrica da cervejaria em Pernambuco. No entanto, nem toda a produção de fécula se destina para a fabricação da cerveja. “A fécula pode ser usada pela indústria para outros derivados, como polvilho azedo industrial, creme de confeiteiro, pasta de dente, glicose, papelão e até plástico biodegradável”, lista o gerente de produção da fábrica Márcio Silva.

A novidade das vendas para a cervejaria fez com que toda a mão de obra na produção contasse com contribuição das famílias desses agricultores. Vilmar é taxativo quando afirma que os filhos, genros e esposa são os trabalhadores do período da safra e entressafra. “Minha esposa cuida da nossa alimentação, meu filho dirige as máquinas, meus genros fazem o plantio e assim seguimos”, lembra, sem revelar detalhes do valor cobrado em cada tonelada de mandioca colhida. Mas estima-se que no período de entressafra, a venda de 100 kg da raiz fique em torno de R$ 350. Em tempo, a média de produção de mandioca em todo o Sertão do Araripe fica em torno de 500 mil toneladas por ano.

12/11/2018. Credito: Rafael Martins/Divulgacao. Agricultores de mandioca tercerizados pela Ambev em Araripina.

A proposta da Ambev de criar, produzir e comercializar um produto para um mercado específico vem de longa data. Exemplo disso é a cerveja Colorado e a Polar. Mas nenhuma dessas se restringe a comercialização única no seu estado de produção, como é o caso da pernambucana Nossa.

 

Fernando Haddad vira réu por corrupção passiva

O petista Fernando Haddad virou réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro nesta segunda-feira (19). A denúncia foi feita pelo promotor Marcelo Mendroni, do Gedec, e aceita pelo juiz Leonardo Barreiros, da 5ª Vara Criminal da Barra Funda. A denúncia do Ministério Público (MP) partiu de delações feitas na Operação Lava Jato. Além dessas acusações, o MP também o denunciou por formação de quadrilha, mas este trecho da acusação não foi aceito pela Justiça.

De acordo com a denúncia, entre abril e maio de 2013, Ricardo Ribeiro Pessoa, presidente da empreiteira UTC Engenharia S/A, recebeu um pedido do tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, de R$ 3 milhões.

O valor serviria para o pagamento de uma dívida da campanha de Fernando Haddad para prefeito de São Paulo, na gráfica que pertencia ao ex-deputado estadual do PT. Com isso, de acordo com a acusação, João Vaccari Neto representava e falava em nome de Fernando Haddad.

Ricardo Pessoa e Fernando Haddad, segundo a denúncia, se reuniram algumas vezes durante a campanha eleitoral no decorrer de 2012. Na denúncia, também consta que a solicitação de R$ 3 milhões teria sido atendida. Sendo assim, Ricardo Pessoa teria prometido e oferecido diretamente para João Vaccari Neto e indiretamente para Fernando Haddad a quantia. Na sequência e de modo a viabilizar o pagamento, Ricardo Pessoa e João Vaccari Neto trocaram informações a respeito dos números de telefone dos seus prepostos. (Fonte: Agência do Rádio)

Estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm até sexta-feira (23) para renovar os contratos. Aqueles que contrataram o Fies até 31 de dezembro de 2017 devem fazer o aditamento. Neste semestre, cerca de 890 mil contratos devem ser renovados, de acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
A renovação do contrato é feita pelo sistema SisFies. Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre. O pedido de aditamento é inicialmente feito pelas instituições de ensino para, depois, as informações serem validadas pelos estudantes no sistema.
Caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro, que é o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal, para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.
Contratos de 2018
Os estudantes que aderiram ao Novo Fies e contrataram o financiamento em 2018 devem seguir o cronograma da Caixa, que é o agente operador do Novo Fies. Segundo a Caixa, aproximadamente 50 mil estudantes assinaram contratos do Novo Fies no primeiro semestre de 2018. O prazo para esses estudantes vai até 30 de novembro. O aditamento é feito no site da Caixa. O novo Fies, lançado no ano passado, tem modalidades de acordo com a renda familiar.
A modalidade Fies tem juro zero para os candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos. Nesse caso, o financiamento mínimo é de 50% do curso, enquanto o limite máximo semestral é de R$ 42 mil e é bancado pelo governo.
A modalidade chamada de P-Fies é para candidatos com renda familiar per capita entre 3 e 5 salários mínimos. Nesse caso, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito, que pode ser um banco privado ou fundos constitucionais e de desenvolvimento.
Com o objetivo de estimular a prática de atividade física, bem como conscientizar a população para os malefícios causados pelo sedentarismo, a Prefeitura de Afogados da Ingazeira deu início nesta segunda (19), a mais uma edição da Semana Saúde em Movimento, projeto iniciado no ano passado.
As ações são coordenadas pela Secretaria Municipal de Saúde e promoverá, durante toda a semana, atividades físicas, ações preventivas e de orientação nutricional. Outro objetivo importante da iniciativa é a prevenção de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão arterial e doenças cardiovasculares.
Logo pela manhã, profissionais de saúde e usuários da academia da saúde do Sobreira participaram de diversas atividades na recém inaugurada academia do bairro. À tarde foi a vez do Bairro São Braz, que recebeu cerca de trinta e cinco idosas, na sede da UBS, para participarem da pesagem com as enfermeiras da unidade, receberam orientações da nutricionista Anamélia Acioly, e também do educador físico Thiago Santana, que deu dicas de como praticar uma atividade física correta. 
“O Saúde em Movimento surgiu com o objetivo principal de mostrar à população o quanto é importante se exercitar, ter uma alimentação mais saudável, para garantir uma melhor qualidade de vida, com mais saúde. A nossa expectativa é superarmos os resultados obtidos no ano passado,”declarou o Secretário de Saúde de Afogados, Artur Amorim.
Nesta Terça (20), as atividades começam logo cedo. A partir das 5h30, estão programadas ações na quadra da Escola Gizelda Simões, que atende aos bairros Costa e São Sebastião; às 7h30 na Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara; e às 16h30, na antiga estação ferroviária.

Ascom – A Secretaria Municipal de Saúde de Araripina está com inscrições abertas para a contratação de médicos para atuação nas Estratégias de Saúde da Família (ESF) e Unidades Municipais de Saúde da Família – UMSF.

As inscrições são feitas exclusivamente pelo site da Prefeitura de Araripina entre os dias 21 e 28 de novembro.

Ao todo são 22 vagas distribuídas da seguinte maneira:

12 vagas para profissionais com 40h semanais com salário de R$12.000,00; 10 vagas para profissionais com 20h semanais com salário de R$ 6.900,00.

Após a divulgação do resultado, prevista para o dia 03/12, os selecionados por avaliação curricular terão contrato de trabalho de 12 meses podendo ser renovado por igual período.

De acordo com o prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel, a seleção visa melhorar o atendimento oferecido para a população bem através das ações do programa municipal Nossa Saúde Melhor. “A prefeitura está oferecendo os melhores salários da região além da oportunidade de contribuir com o programa Nossa Saúde Melhor que vai aumentar a qualidade do atendimento médico nas ESFs e UMSFs”, destacou.

O bancário aposentado Manuel Meneses, de Salvador, Bahia, fez o que a velha imprensa deveria ter feito: visitou o tríplex que Sergio Moro atribui a Lula antes que ele fosse vendido e fez registros em fotos e vídeos. A conclusão dele e de qualquer pessoa honesta que veja as fotos é: o tríplex não teve nenhuma reforma digna desse nome.

Manuel Meneses não é filiado a partido político, mas sempre aparece em causas de interesse público na sua região. Também é um homem antenado com as questões de seu tempo. Acaba de voltar de uma viagem à África, onde conheceu pessoas e monumentos que ajudam a contar a história de Nélson Mandela.

Manuel não é rico, se aposentou como funcionário da Caixa, é formado em Direito e Psicologia e aplica seu dinheiro com expedições de interesse histórico. Foi o que viu no caso do tríplex e apresentou-se ao leiloeiro como um interessado na compra do imóvel. Fez o depósito de R$ 1.000 (reembolsado) e marcou uma visita, às vésperas do encerramento do pregão ordenado pelo juiz Sérgio Moro.

Pegou um avião em sua cidade, desceu no aeroporto de Guarulhos. Foi de ônibus até o Guarujá e, na rodoviária, pegou um táxi até o tríplex. Para não ter despesa com hotel, marcou a passagem de volta para o mesmo dia. Ao chegar ao tríplex, teve que esperar algumas horas porque, apesar do agendamento, não havia ninguém para recebê-lo e abrir a porta do apartamento.

“Eu soube que ninguém tinha visitado o tríplex, não havia nenhum interessado. O funcionário do leiloeiro abriu a porta e me deixou sozinho no apartamento. Eu tive tempo para olhar à vontade e vi que não era nada daquilo que a imprensa escrevia, sem mostrar, apenas dizia o que os procuradores falavam. Uma farsa”, afirma.

Para começar, o elevador. “Quando se falava em elevador privativo, imaginava que fosse algo que levasse da garagem ao apartamento, mas não. É um elevador que leva de um piso a outro no tal tríplex, como esses elevadores para cadeirante. Uma coisa mixuruca, que não custa muito”, disse.

“Vi ainda que o piso que teria sido trocado não é porcelanato de primeira linha, é um piso de segunda linha. Não é o pior, mas também não é o de primeira linha. Fiquei pensando: um ex-presidente pode morar num lugar mais bem arrumado”, destacou. Se a reforma era propina, pensou Manuel, Lula teria que ser o corrupto mais sem-vergonha do planeta.

”Deixaria roubar a Petrobras em troca de algo assim? Não faz sentido”, disse.

reformado

Viu ainda no apartamento um fogão velho, uma geladeira, um escritório improvisado, beliches, uma piscina com tamanho de uma banheira — “duas braçadas e você chega de uma ponta a outra”.

Também ficou escandalizado com os armários embutidos. “Tudo madeira compensada, MDF, algo assim, uma porcaria, um Minha Casa, Minha Vida, com todo respeito por quem mora no “Minha Casa, Minha Vida, mas Lula, por ser um líder mundial, poderia ter algo melhor, ainda mais em se tratando, como diz o juiz Moro, propina em troca de contratos milionários da Petrobras. Não faz sentido”, disse ele, com ênfase na expressão “Não faz sentido”.

Para não ter dúvida de que seus olhos não o estavam enganando, soube que havia outro apartamento à venda no condomínio e pediu para ver. Não é um tríplex, mas permite concluir, quando comparados, que recebeu reforma. A cozinha tem pastilhas em vermelho e preto, os quartos, com camas, foram decorados. A varanda tem vidros blindex — no tríplex da OAS, que Moro atribuiu a Lula, os vidros da varanda são comuns, assim como as estruturas de alumínio.

“Aquilo sim era reforma. O apartamento estava um brinco, muito superior ao que o juiz Moro atribuiu ao ex-presidente da república”, comentou.

Manuel também constatou que o prédio construído pela OAS é simples, com uma academia de ginástica modesta e uma piscina coletiva pequena, que não oferece nenhuma privacidade. Com a popularidade que tem, Lula jamais poderia frequentar um lugar assim.

Manuel voltou para Salvador convicto da farsa e de que não haveria lance para o leilão. “Aquilo não vale 2,2 milhão de reais”, pensou.

Ficou surpreso quando uma pessoa o arrematou e achou estranho. Quando soube que o imóvel tinha sido comprado por um sócio do primo de Geraldo Alckmin, candidato a presidente pelo PSDB, viu a luz amarela acender.

O comprador, citado em escândalos de corrupção em Brasília e dono de uma offshore que aparece no caso de lavagem internacional de dinheiro Panamá Papers, é Fernando Costa Gontijo, proprietário do Jornal de Brasília.

“Quem comprou pode fazer uma reforma de verdade e fazer desaparecer os vestígios da farsa. Por que alguém compraria o imóvel por um valor superior ao que vale? Não faz sentido, a menos que haja outros interesses”, disse.

Pelo sim, pelo não, ficou ainda mas satisfeito por ter feito o registro fotográfico do tríplex atribuído ao Lula.

“O mundo precisa saber que tudo o que foi noticiado pela imprensa é farsa, processo do tríplex é farsa. Realizei o trabalho de jornalismo investigativo que o o grupo, que eu chamo GEIVEF – Globo, Época, IstoÉ, Veja, Estadão e Folha – não fez”. 

Acusado de assassinar uma jovem mulher que o teria visitado, neste sábado (17), no grupamento especializado da Polícia Nacional, onde está preso, Piloto deve ser mandado de volta para o Brasil.

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, deu a notícia da expulsão do traficante em um post no Twitter. “Decidi expulsar Marcelo Pinheiro, vulgo “Pilot” do Paraguai. O nosso país não é uma terra de impunidade para ninguém”, escreveu o líder.

Neste domingo (18), o presidente anunciou ainda a troca do comando da Polícia Nacional após o narcotraficante ter matado a mulher dentro da prisão. A decisão foi anunciada depois de uma reunião do Conselho de Segurança convocada por Benítez.

Uma discussão motivada pelo volume alto de um aparelho de som terminou em tragédia familiar no último sábado, 17, na Fazenda Curralinho, no limite entre os municípios de Serra Talhada e Floresta.

A Polícia Civil informou que Cícero Vicente da Silva chegou em casa embriagado e começou a discutir com o filho por causa do nível do som. Os ânimos se elevaram e Cícero partiu para cima do rebento com uma faca peixeira. Bruno correu para a cozinha, pegou uma faca e matou o genitor.

Após praticar o homicídio e estarrecer a mãe, Rita de Souza, que assistia televisão no momento da confusão, Bruno fugiu da residência tomando destino desconhecido. Cícero Vicente foi esfaqueado nos braços e na cabeça. As duas facas foram apreendidas pela polícia e o corpo encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru.

Prefeitos demitiram outros médicos para contratar cubanos, diz Bolsonaro

presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou neste domingo (18) que alguns prefeitos demitiram médicos para contratar cubanos e “ficarem livres da responsabilidade”. Ele não citou quais prefeituras teriam feito isso.

“Tem prefeitura que simplesmente mandou embora o seu médico para pegar o cubano, quer ficar livre da responsabilidade. A convocação é só em situações extraordinárias”, disse ao visitar a competição mundial de jiu-jitsu Abu Dhabi Grand Slam, no Parque Olímpico da Barra (zona oeste do Rio).

Há uma ordem na escolha dos médicos. A prioridade é para brasileiros e estrangeiros com registro no Brasil, seguidos por brasileiros e estrangeiros formados no exterior que não tiveram seu diploma revalidado aqui. Por fim, se todas essas categorias não completarem o número de vagas oferecidas, são chamados os médicos cubanos.

Já o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde estima 611 cidades que poderiam ficar sem nenhuma equipe médica na rede pública com o fim do contrato entre Cuba e Brasil. O país anunciou a saída do programa após não aceitar as condições impostas por Bolsonaro para renovação.

Neste domingo, Bolsonaro também voltou a afirmar que os médicos cubanos fazem trabalho “análogo à escravidão”. “Você é mãe por acaso? Você sabe que é ficar longe dos filhos?”, perguntou a uma jornalista. “As cubanas estão aqui e estão longe dos seus filhos há mais de um ano.”

“Não podemos admitir escravos cubanos no Brasil e não podemos continuar alimentando a ditadura cubana”, disse. “É justo confiscar 70% do trabalho de uma pessoa? Não é justo.”

Diferentemente do que acontece com os médicos brasileiros e de outras nacionalidades, os cubanos do Mais Médicos recebem apenas parte do valor da bolsa paga pelo governo do Brasil.

Isso porque, no caso de Cuba, o acordo que permite a vinda dos profissionais é firmado com a Opas (Organização Panamericana de Saúde), e não individualmente com cada médico.

Pelo contrato, o governo brasileiro paga à Opas o valor integral do salário, que, por sua vez, repassa a quantia ao governo cubano. Havana paga uma parte aos médicos (cerca de um quarto), e retém o restante.

Resultado de imagem para charge bolsonaro mais medico

O app de mensagens instantâneas mais popular do mundo trouxe novas funcionalidades para os seus usuários que vão de novas figuras até informações de contatos via QR Code. Vamos conferir:

Mensagens rápidas

Agora é possível deslizar uma mensagem para a direita para respondê-la. A função estava disponível apenas para o sistema da Apple chega agora para a versão Android.

Busca por Gif’s e reprodução de mensagens de voz

Disponível apenas para o sistema da Apple, o app permite a buscar por GIFs dentro de uma conversa. Outra novidade também permite que mensagens de voz consecutivas sejam reproduzidas automaticamente em sequência.

Informações de contato via QR

O WhatsApp também está desenvolvendo um recurso que permite compartilhar seu próprio número de telefone via app. Assim, quando você quiser adicionar um novo contato no WhatsApp, pode ter a opção de adicioná-lo usando um QR Code. Quando o código for, o app vai preencher automaticamente todos os campos e o contato será adicionado.

Stickers

O uso de stickers foi disponibilizado tanto para Android como IOS.  Assim, você pode baixar e enviar figurinhas (stickers) nas conversas.

 

Enquanto isso local de trabalho:

Problemas Organizacionais

O número de pessoas que continuam desaparecidas em decorrência de dois incêndios que atingem o norte e o sul da Califórnia há uma semana chegou a 1,3 mil pessoas, segundo boletim divulgado pelas autoridades locais na madrugada de hoje (18). Além disso, foram confirmadas 79 mortes.

Os incêndios já devastaram cerca de 400 quilômetros quadros, segundo levantamento do Departamento de Proteção Florestal e de Incêndios da Califórnia.

A maior parte das vítimas é do condado de Butte, no norte do estado. O presidente Donald Trump visitou o estado neste sábado (17) e se reuniu com equipes de resgate, bombeiros e com o governador, Jerry Brown.

Ele esteve em duas localidades atingidas pelos incêndios: no condato de Paradise e em Malibu. Após visitar as áreas atingidas afirmou que a “devastação foi total”. “Nunca vimos algo assim na Califórnia”, disse Trump.

Só na região de Paradise, foram destruídos 60 mil hectares e mais de 13 mil edifícios foram queimados.

Fumaça

A fumaça das chamas afeta a qualidade do ar de várias regiões do estado, incluindo grandes áreas metropolitanas como São Francisco e Los Angeles. As autoridades aconselharam os moradores a permanecerem dentro de casa e usar máscara protetora do lado de fora.

O Serviço Nacional de Meteorologia manteve o alerta vermelho sobre a baixa umidade do ar e rajadas de vento que podem chegar a 75 quilômetros por hora (km/h) nas regiões atingidas pelos incêndios.

O número de pessoas que continuam desaparecidas em decorrência de dois incêndios que atingem o norte e o sul da Califórnia há uma semana chegou a 1,3 mil pessoas, segundo boletim divulgado pelas autoridades locais na madrugada de hoje (18). Além disso, foram confirmadas 79 mortes.

Os incêndios já devastaram cerca de 400 quilômetros quadros, segundo levantamento do Departamento de Proteção Florestal e de Incêndios da Califórnia.

A maior parte das vítimas é do condado de Butte, no norte do estado. O presidente Donald Trump visitou o estado neste sábado (17) e se reuniu com equipes de resgate, bombeiros e com o governador, Jerry Brown.

Ele esteve em duas localidades atingidas pelos incêndios: no condato de Paradise e em Malibu. Após visitar as áreas atingidas afirmou que a “devastação foi total”. “Nunca vimos algo assim na Califórnia”, disse Trump.

Só na região de Paradise, foram destruídos 60 mil hectares e mais de 13 mil edifícios foram queimados.

Fumaça

A fumaça das chamas afeta a qualidade do ar de várias regiões do estado, incluindo grandes áreas metropolitanas como São Francisco e Los Angeles. As autoridades aconselharam os moradores a permanecerem dentro de casa e usar máscara protetora do lado de fora.

O Serviço Nacional de Meteorologia manteve o alerta vermelho sobre a baixa umidade do ar e rajadas de vento que podem chegar a 75 quilômetros por hora (km/h) nas regiões atingidas pelos incêndios.

Agência Brasil

Foi preso na manhã deste sábado (17), Flávio de Lima Monteiro, conhecido por “Fatoka“, considerado o líder da facção criminosa Okaida (OKD) uma organização criminosa da Paraíba que atua em Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa.

Fatoka” foi preso durante uma ação da Polícia Federal e a PM de Alagoas. o acusado é um dos presos que fugiu do PB11 durante uma ação em massa de detentos, ocorrida em setembro.

Fatoka” estava em uma casa de veraneio curtindo uma praia quando foi preso com documentos falsos.

 

Apartamentos para alugar em Afogados:

Mega-Sena: Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 43,5 milhões

 

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.098 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (17) em Nazaré Paulista (SP). O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 02 – 08 – 18 – 27 – 38 – 60.

A quina teve 85 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 33.312,96. Outras 6.551 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 617,48. O próximo concurso (2.099) será na quarta-feira (21). O prêmio é estimado em R$ 43,5 milhões.

Foi registrado no final da tarde desde sábado (17), um acidente de transito com um caminhão na BR 428. O Repórter Gilberto Pereira, relatou que o fato aconteceu entre os município de Santa Maria da Boa Vista e Orocó, era 16:40 horas quando tudo aconteceu. Ainda de acordo com as informações do Repórter Gilberto Pereira, o motorista de um caminhão teria tentado uma manobra ao avistar assaltantes na pista. Gilberto disse ainda que um Policial Rodoviário Federal, deu explicações do ocorrido e o que teria provocado o acidente.

O PRF falou que o motorista do caminhão trafegava na BR 428 quando avistou outro caminhão parado e o motorista sendo assaltado, Gilberto Pereira relatou com base nas informações do PRF, que o motorista tentou retornar e terminou saindo da pista e descendo o aterro. Não foi o suficiente para impedir a ação dos assaltantes, os mesmos se dirigiram ao local onde o caminhão estava levaram todo dinheiro e objetos do motorista. Gilberto explica que os fatos narrados foram repassados pela PRF, conforme depoimento da vítima.

O Reporte Gilberto Pereira que trabalha na Radio Orocó, disse também que tão logo souberam do acidente os Policiais Rodoviários Federais se deslocaram até o local. Depois de prestado socorro as vítimas envolvidas nos assaltos, os Policiais Rodoviários Federais, fizeram buscas pelas imediações na tentativa de encontrar algum suspeito. A tentativa não obteve êxito, ninguém foi visto e ninguém viu nada. Gilberto Pereira, Repórter da Radio de Orocó, esclarece que o assalto aconteceu entre o canal do Projeto de Irrigação Fulgencio e o Povoado Caraíbas. (Fotos e Informações do Repórter Gilberto Pereira)

 

 

A Embratel anunciou que venceu licitação do Governo do Estado de Pernambuco para oferecer soluções de Telecomunicações, TI e Mobilidade para o Projeto Pernambuco Conectado (PE Conectado II). A empresa investirá R$ 180 milhões na infraestrutura do Estado de Pernambuco para ampliar a rede já existente e a oferta de serviços de dados, voz, segurança de rede, Wi-Fi, Comunicação Unificada e Contact Center.

Por meio da infraestrutura da operadora de telecom, Pernambuco terá acesso a modernos sistemas para beneficiar a população e incentivar o desenvolvimento tecnológico e a gestão de mais de 80 mil itens tecnológicos distribuídos por Pernambuco.

O PE Conectado é um projeto diferenciado que visa o desenvolvimento de uma nova rede corporativa no Governo de Pernambuco para integrar serviços para atendimento a órgãos e entidades do Estado. A licitação teve como objetivo a contratação de serviços técnicos especializados de implantação, operacionalização e manutenção de solução de telemática, para prestação de serviços de telefonia fixa e móvel, acesso à Internet e transmissão de dados, com operação técnica integrada especializada para o Governo do Estado de Pernambuco e outros Poderes.

A expansão da rede também beneficiará a cobertura de mobilidade e TV por Assinatura em todo o Estado. A Smart Networks é uma operadora pernambucana, embarcada no Porto Digital e especializada no atendimento a clientes corporativos e governo.

No PE Conectado II, a capital Recife será o ponto de concentração da rede. Doze cidades estratégicas servirão de pontos regionais para implantação de infraestrutura. Entre as cidades estão Goiana, Fernando de Noronha, Palmares, Caruaru, Toritama, Garanhuns, Arcoverde, Petrolândia, Serra Talhada, São José do Belmonte, Ouricuri e Petrolina.

 

 

Todos os motoristas baianos que estão com o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) atrasado podem respirar aliviados, por enquanto, ao passar por aquela blitz tensa. A seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) conseguiu na Justiça uma liminar que proíbe a apreensão de veículos com atraso no pagamento do imposto.

Na decisão, expedida no último dia 14, o juiz Evandro Reimão dos Reis, da 10ª Vara Federal da Seção Judiciária da Bahia, determinou que é ilegal e inconstitucional apreender um veículo se o motorista estiver em débito com o IPVA. Ele ainda disse que tal medida causa constrangimento ao proprietário.

Desse modo, a retenção de veículo por falta de pagamento do IPVA, a par de evidente inconstitucionalidade, submete o proprietário/detentor do veículo assim apreendido a vexatória e gravosa situação”, escreveu o magistrado.

De acordo com a gerente da Procuradoria de Prerrogativas da OAB-BA, Isabelle Borges e Silva, o objeto da Ação Civil Pública demonstrou o comprometimento da Ordem com questões que impactam na vida do cidadão. “A concessão da liminar não esgota nosso trabalho, mas é sem dúvida uma vitória da OAB em prol da população”, destacou.

Na decisão, o juiz ainda estabeleceu multa de R$ 2 mil aos réus – Detran-Ba e Transalvador – por cada veículo que deixar de ser licenciado em razão de IPVA atrasado. O magistrado também determinou que seja entregue mensalmente à Justiça uma lista com todas as ocorrências de apreensões e os motivos, bem como os veículos que tiveram negativa de licenciamento.

O Departamento de Trânsito da Bahia disse ao CORREIO que ainda não foi notificado da decisão e que essas discussões sobre a inconstitucionalidade da apreensão de veículos com atraso no IPVA é antiga.

Além disso, o órgão de trânsito afirmou que a responsabilidade de fazer blitz de IPVA é da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA). “O Detran cumpre o que determina o Código de Trânsito Brasileiro e tem a obrigação de fiscalizar se o veículo está com o licenciamento em dia. O IPVA é um dos itens do licenciamento, que ainda inclui o seguro DPVAT e a taxa do Detran. Outras liminares já aconteceram e acabaram caindo. O código é lei maior”.

Por meio de nota, a Transalvador afirmou que também não foi notificada da decisão e que não cabe ao órgão realizar blitz de IPVA, já que é um imposto estadual, e declarou também que atua seguindo estritamente o que determina o Código de Trânsito Brasileiro.

IPVA X Licenciamento

O IPVA é o imposto cobrado anualmente pela Receita Estadual e metade do dinheiro arrecadado fica no município no qual o veículo foi emplacado, enquanto a outra vai para os cofres públicos, para ser aplicado em diversas áreas, como saúde e educação.

O valor cobrado pelo imposto é calculado a partir do preço de tabela do veículo, sendo 1% para veículos destinados à locação e para os que utilizam Gás Natural Veicular (GNV), e 2,5% para os demais veículos.

Já o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV), conhecido como licenciamento, é um documento de porte obrigatório a todo motorista e que permite que o veículo circule livremente pelas ruas.

No entanto, para que se obtenha o licenciamento, é necessário quitar os débitos relativos ao veículo, como multas, IPVA e outras taxas. E é neste ponto que mora a discussão tão debatida na Justiça e que já chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O código de Trânsito Brasileiro, no artigo 230, traz que conduzir um veículo sem o licenciamento é infração gravíssima, com pena de multa e apreensão, além da perda de pontos na carteira de habilitação (CNH).

No entanto, o Estado condiciona a entrega do licenciamento ao pagamento do IPVA, por exemplo, o que, para o juiz da 10ª Vara Federal da Bahia, fere a constituição. Para ele, as blitz são realizadas para detectar, além de outras situações, a falta de licenciamento, não o atraso ou ausência de pagamento do imposto. Mas, uma coisa está diretamente atrelada à outra.

Desta forma, por entendimento da Justiça Federal da Bahia, está proibida apreensão de veículos que estejam com o IPVA em atraso em qualquer município do estado. Há, porém, outras liminares que já foram expedida com o mesmo intuito, mas, após recurso do órgão de trânsito, deixaram de ter efeito.

Súmula do STF

Na decisão, o juiz Evandro Reimão dos Reis também mencionou que o próprio Supremo Tribunal Federal já afirmou ser inconstitucional a apreensão de veículos por órgãos estaduais pela mera falta de pagamento do IPVA.

De acordo com a Súmula nº 323 do STF, o estado é proibido de apreender bens/mercadorias com o intuito de coagir o contribuinte a pagar algum tributo. Por meio de nota, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) disse que não pode se manifestar sobre o caso, mas ressaltou a legalidade da apreensão com base no artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro.

A tesoureira da OAB-BA, Daniela Borges, ressaltou a autarquia tem sido sempre firme nas lutas contra as os abusos das autoridades públicas, como é o caso da utilização da blitz como forma indireta de arrecadação de tributos. “Essa prática vem sendo reiteradamente reconhecida como inconstitucional pelo STF”, destacou. (Fonte: Correio da Bahia)

Enquanto isso: Arrependimento

Precisa desenhar?

O jovem Diogo Victor dos Santos Silva, de 17 anos, estudante do terceiro ano Ensino Médio do Vera Cruz, em Patos, morreu num acidente de carro na noite desta sexta-feira, 16.
Diogo ficou residindo com a avó no bairro Santo Antônio, em Patos, desde que seus pais decidiram se mudar para Teixeira.

Segundo informações, Diogo e mais dois amigos voltavam de Brejinho-PE para Teixeira, quando, por volta das 22h20min, um carro “trancou” o veículo dos jovens numa curva. O condutor do carro em que estavam os jovens perdeu o controle do veículo, que capotou.

Diogo, que estava no banco de trás do carro, foi a única vítima fatal do acidente. Seus amigos tiveram pequenos ferimentos e não correm risco de morte. Eles foram a Brejinho jantar em uma pizzaria.
“Ele era um ótimo jovem, filho de amigos meus. Teixeira está de luto. Os outros dois também são excelentes jovens e estão sentindo muito a morte do amigo”, disse a professora Alcione Holanda, de Teixeira. (Folha Patoense)

O  Tesouro Transparente, ferramenta do Ministério da Fazenda, responsável por realizar o acompanhamento de Estados e Prefeituras do País, classificou o Cabo de Santo Agostinho como uma das melhores cidades de Pernambuco em capacidade de pagamento (Capag) e a melhor da Região Metropolitana, incluindo Recife, obtendo a “classificação A”. O comparativo pode ser feito no site: www.tesourotransparente.gov.br/visualicoes/previa-fiscal. Esse estudo visa mostrar a capacidade de pagamento dos entes subnacionais da federação, o que explicita a gestão fiscal e financeira desses entes.

No levantamento apresentado municípios como: Recife, Olinda, Ipojuca, Petrolina, Caruaru e entre outros obtiveram a classificação C, que segundo a ferramenta essa nota restringe a aquisição de créditos para investimentos. “O equilíbrio fiscal e a consequente posição do Cabo, que possui uma das melhores capacidades de pagamento de Pernambuco e do Brasil, é fruto de um planejamento financeiro e de uma gestão zelosa.” declarou o Prefeito em Exercício Keko do Armazém.

A metodologia de classificação da capacidade de pagamento dos entes baseia-se em três indicadores: endividamento: Dívida consolidada bruta / receita corrente líquida; poupança corrente: Despesas correntes / receitas correntes; e liquidez: Obrigações financeiras / disponibilidades de caixa bruta. Para cada um dos indicadores há requisitos a serem atendidos pelo ente e conforme o atendimento na faixa de valores, assim fica definida a classificação para cada indicador, sendo A, B ou C. Com a classificação nos três indicadores, uma nova classificação dos valores por indicador definirá a nota final da CAPAG para o ente. O único modo de receber A, a melhor nota final, é tirar nota A nos três indicadores. Já, o único modo de tirar a pior nota, D, é tirar nota C nos três indicadores. Apenas as classificações gerais A ou B atestam que o ente está elegível para obter garantia da União para operações de crédito.

A vizinhança do salão HJM, no coração do comércio de Bento Ribeiro, Zona Norte do Rio, ficou assustada com o aparato de segurança montado na área. O motivo era a presença de Jair Bolsonaro, que há 26 anos corta o cabelo com Antônio de Oliveira, o dono do estabelecimento. O presidente eleito, que mora na Barra da Tijuca, Zona Oeste, deslocou-se 21 quilômetros apenas para aparar as pontas dos fios. Antônio, entretanto, teme que tenha sido a última visita de Bolsonaro.
— Não tem condições de ele vir aqui. Por causa da quantidade de seguranças e todo o aparato, acho impossível ele vir aqui novamente, lamentou ele.
O cabeleireiro desconversa quando é perguntado se a freguesia aumentou depois da visita ilustre. Mas é impossível disfarçar que, entre os fregueses, o assunto não varia: todos falam do capitão da reserva que vai receber a faixa presidencial em 1º de janeiro.
Nascido em Arcoverde, no Sertão pernambucano, Antônio foi para o Rio de Janeiro 48 anos atrás cheio de sonhos. Venceu na vida, e também sabia que Bolsonaro venceria.
“Quando ele disse que se candidataria à Presidência da República, sabia que ia conseguir. É um homem sério e muito competente. O que eu quero é que ele faça um bom governo”, declarou

Eunicio confirma a data de posse do presidente no dia 1º de janeiro, às 15 horas

Eunicio confirma a data de posse do presidente no dia 1º de janeiro, às 15 horas

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), confirmou que a solenidade de posse do presidente eleito Jair Bolsonaro foi antecipada em duas horas e ocorrerá às 15h, em 1º de janeiro. Segundo ele, a mudança foi para atender a um pedido do próprio Bolsonaro.

A cerimônia está sendo organizada por uma equipe multidisciplinar com integrantes do Congresso Nacional, da Presidência da República e do Ministério das Relações Exteriores. Há solenidades nos três locais.

Orçamento

Eunício disse ainda que pretende se reunir com os integrantes da área econômica do governo eleito. De acordo com ele, na pauta está a possibilidade de mudanças na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019.

O senador afirmou que está à disposição para colaborar com a nova equipe. Segundo ele, é importante que o governo eleito tenha ciência do orçamento que vai implementar.

A Defensoria Pública da União (DPU) ajuizou ação civil pública (ACP) em que pede à União a manutenção das atuais regras do programa Mais Médicos e a abertura deste a profissionais estrangeiros de qualquer nacionalidade. O objetivo, segundo a própria defensoria, é garantir a continuidade dos serviços prestados à população.

“O pedido de tutela de urgência em caráter antecedente à ACP visa evitar que ‘a população atendida seja prejudicada com a saída abrupta de milhares de médicos sem que a União previamente promova medidas efetivas de modo a repor imediatamente o quantitativo de médicos que estão em vias de deixar o programa’”, informou o órgão, por meio de nota.

A Defensoria Pública da União alega que qualquer mudança – incluindo a não necessidade de submissão ao Revalida – deve estar condicionada à realização de prévio estudo de impacto e comprovação da eficácia imediata de medidas compensatórias que assegurem a plena continuidade dos serviços.

O Revalida reconhece os diplomas de médicos que se formaram no exterior e querem trabalhar no Brasil. O exame é feito tanto por estrangeiros formados em medicina fora do Brasil, quanto por brasileiros que se graduaram em outro país e querem exercer a profissão em sua terra natal.

Direito fundamental

Em seus argumentos, a ação destaca que a assistência à saúde, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), é direito fundamental de todos, sendo a União responsável pela prestação dos serviços.

Na ação, a DPU cita ainda que, no julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº. 5035, o Supremo Tribunal Federal (STF) declarou a constitucionalidade do programa da forma como foi preconizado.

Assistência

Ainda de acordo com a ACP, os profissionais cubanos representam, atualmente, mais da metade dos médicos do programa. A rescisão repentina dos contratos, segundo a defensoria, impactará de forma negativa com o desatendimento de mais de 29 milhões de brasileiros – cenário citado como “desastroso” para, pelo menos, 3.243 municípios.

Dados da DPU indicam que, das 5.570 cidades brasileiras, 3.228 (79,5%) só têm médico pelo programa, enquanto 90% dos atendimentos da população indígena no país são feitos por profissionais cubanos.

Nova seleção

O Ministério da Saúde informou que fará ainda neste mês a seleção para contratar profissionais brasileiros em substituição aos cubanos que fazem parte do Mais Médicos. 
A pasta finalizou ontem (16) a proposta de edital para preencher 8.332 vagas deixadas pelos cubanos. A expectativa é que os médicos brasileiros selecionados nesta nova etapa comecem a trabalhar nos municípios imediatamente após a seleção.

Rompimento

O acordo com o governo brasileiro foi rompido quarta-feira passada (14) pelas autoridades cubanas, que não concordaram com a exigência do Revalida como requisito para a participação de profissionais cubanos no programa Mais Médicos. A medida foi anunciada pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, que também quer que os profissionais cubanos recebam integralmente o salário e tenham permissão de trazer a família para o Brasil.

No mesmo dia, o Ministério de Saúde Pública de Cuba anunciou a retirada de seus profissionais do programa no Brasil por divergir de exigências feitas pelo futuro presidente e também em decorrência de críticas feitas por ele aos médicos cubanos

Uma mulher foi morta a facadas pelo namorado nesta quinta-feira (16), em Pelotas (RS). O feminicídio ocorreu dentro da casa da vítima, onde estava sua filha, de 17 anos, que presenciou a morte da mãe. Segundo a delegada Maria Angélica Silva, responsável pelas investigações, o homem tinha um histórico de violência doméstica, ainda que a namorada, identificada como Jussara Guiote Cames, de 48 anos, não tivesse registrado ocorrência.

— A filha dela estava na casa e viu a discussão. Quando saiu do quarto, ouviu gritos no calor da violência, e viu o acusado com a faca na mão, a mãe caída num canto e perguntou: “O que você fez?”. Ela conseguiu sair de casa para pedir ajuda, enquanto ele fugiu de bicicleta, mas acabou sendo preso, e a faca, que estava com ele, foi apreendida. Fiz o pedido de prisão preventiva. Não há informações ainda sobre quantas facadas a vítima levou, mas sabemos que foram vários golpes — disse Silva.

A adolescente prestou depoimento na Delegacia da Mulher de Pelotas ainda durante a madrugada desta sexta-feira, o que contribuiu para J.P.G.S, de 66 anos, ser preso em flagrante. Ela disse que o homem estava com ciúmes de seu pai, ex-marido de Jussara.

De acordo com a delegada, a mãe da vítima morreu um dia antes em decorrência de um problema de saúde e, no sepultamento, o ex-marido falou com ela. Por causa disso, o namorado iniciou uma discussão na noite desta quinta-feira.

— Havia um ciúme doentio criado na cabeça dele — ressaltou Silva.

A adolescente disse que o namorado da mãe ofereceu uma sopa para Jussara, que recusou, dizendo que estava cansada e preferia descansar naquele momento. A delegada afirmou que a mulher tinha voltado de outra cidade, onde ocorreu o enterro da mãe.

O casal não morava junto, mas pessoas próximas à vítima disseram à polícia que J.P.G.S. era ciumento e tinha um histórico de violência doméstica. Silva frisou que havia contra ele um boletim de ocorrência registrado em 2012 por outra mulher, com quem ele teve um relacionamento amoroso, antes de namorar Jussara.

— Testemunhas contam que já vinha acontecendo ameaças por ciúmes, por ele não aceitar algumas coisas no relacionamento. O feminicídio não é algo que ocorre de uma hora para a outra. A violência doméstica faz parte de um ciclo que ocorre por questões do machismo. O homem acha que pode agredir ofender e a mulher. Há momentos de explosão, passando pela fase de reconciliação, quando a mulher acredita naquelas promessas, mas depois passa um tempo e começa tudo de novo. Por isso, é importante a intervenção de profissionais e também a denúncia da vítima — disse a delegada.

A filha da vítima foi encaminhada para a rede de proteção de testemunhas para receber apoio psicológico. Silva ressaltou que esse apoio também é oferecido para as vítimas de violência doméstica.

O volume d’água no Lago de Sobradinho, no norte da Bahia, passou a ser maior que a vazão praticada atualmente, que é de 730 metros cúbicos de água por segundo (m³/s).

Segundo Boletim da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) divulgado esta semana (veja abaixo), a previsão da afluência (quantidade de água que entra no reservatório) a partir deste sábado (17) é de 1.030 m³/s, podendo esse número aumentar para 1.160 até o próximo dia 28/11.

A previsão é que o lago aumente seu volume útil, que hoje está com pouco mais de 21% de sua capacidade total de armazenamento.

 

Deputado pernambucano Bruno Araújo deve ser o indicado de João Dória para presidência nacional do PSDB

As eleições este ano para o PSDB teriam sido um desastre completo, não fosse João Dória ter saído vencedor na disputa pelo Governo de São Paulo. Por isso mesmo a legenda sinaliza fortemente para uma reformulação completa. Nesse contexto quem aparece bem na fita é o deputado federal pernambucano Bruno Araújo.

Ex-ministro das Cidades no Governo Temer, Bruno será o indicado de Dória para a presidência nacional do PSDB, segundo o governador eleito afirmou à Revista IstoÉ nesta semana. Mas o deputado tucano evita antecipar o assunto. Ele diz apenas que a eleição para a próxima executiva do partido que presidiará esse novo momento “serão tratadas na hora oportuna”, conforme declarou à Folha de Pernambuco.

Mas uma coisa parece clara: essa nova turma do PSDB deverá procurar uma sintonia com o futuro Governo Bolsonaro, coisa que os integrantes da atual executiva não veem com bons olhos.

Monteiro-PB, homem comete suicídio dentro da delegacia

Bandidos assaltam posto de combustíveis em Monteiro

Um homem que estava detido na 14° Delegacia de Polícia Civil de Monteiro foi encontrado morto no início da tarde desta sexta-feira (16), no interior de uma sela da delegacia.

Conforme informações preliminares, o homem cometeu o suicídio utilizando um cinto. Ele havia sido detido na manhã desta sexta-feira, e encaminhado para 14ª DSPC.

Ministério da Defesa e a Marinha da Argentina informaram neste sábado que a empresa americana Ocean Infinity encontrou o submarino argentino ARA San Juan, desaparecido há um ano nas águas do Atlântico.

A confirmação dos dois órgãos oficiais foi divulgada na conta da Marinha no Twitter, em mensagem que confirmou que no ponto de interesse informado pela Ocean Infinity, mediante observação realizada com um veículo submarino operado remotamente, a 800 metros de profundidade, houve uma identificação positiva do ARA San Juan.

Segundo indicou a Ocean Infítiny, que receberá 7,5 milhões de dólares pelo achado, o submarino estava localizado a 800 metros de profundidade, a 600 quilômetros da cidade de Comodoro Rivadavia, onde se tinha montado o centro de operações durante a busca.

Os trabalhos de busca no oceano, nos quais diversos países participaram nos primeiros meses, se delimitou a 430 quilômetros do litoral, em torno de uma área onde várias agências internacionais assinalaram que detectaram uma explosão horas depois do desaparecimento do submarino.

Foi no início do último mês de setembro que a empresa americana Ocean Infinity, contratada pelo governo argentino, retomou o rastreamento do leito marinho, mas também não teve sorte.

“O primeiro lugar onde eles começaram a buscar era onde ocorreu a última comunicação. Ali não estão. Nós começamos a pedir que comecem a buscar onde se escutaram os barulhos do casco”, afirmou na quinta-feira passada a irmã de Alberto Sánchez, tripulante do submarino, durante uma homenagem por ocasião do aniversário de um ano do desaparecimento.

O submarino argentino desapareceu no dia 15 de novembro do ano passado com 44 tripulantes a bordo, quando dirigia-se de Ushuaia a Mar del Plata.

O veículo participou de manobras no porto de Ushuaia e em 13 de novembro partiu de novo para Mar del Plata, trajeto no qual, a 400 quilômetros do litoral e dois dias depois, fez sua última comunicação.

Horas antes, o comandante havia alertado de uma falha provocada pela entrada de água por um conduto de ventilação que vazou no compartimento das baterias elétricas e produziu um princípio de incêndio.

Embora a Marinha argentina tenha garantido em várias ocasiões que essa falha foi “corrigida” e que o San Juan continuou navegando para Mar del Plata, o certo é que seu rastro foi perdido e nunca chegou ao porto dessa cidade, onde deveria ter atracado em 19 de novembro.

No meio de uma grande incerteza, várias agências internacionais relataram uma explosão horas depois do desaparecimento do submarino, perto donde se perdeu a sua pista.

Foi então que começou uma operação de busca sem precedentes na Argentina, na qual participaram navios de Rússia, Grã-Bretanha e Estados Unidos, e que finalmente terminou cinco meses depois(Via: EFE – Veja)

O Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) realiza, neste domingo (18), a aplicação das provas do Processo Seletivo para ingresso, no primeiro e segundo semestres letivos de 2019, nos cursos técnicos das modalidades de Ensino Médio Integrado e Subsequente ofertados pela Instituição.

Mais de sete mil candidatos estão inscritos para concorrer a 1615 vagas, distribuídas entre os campi Petrolina, Petrolina Zona Rural, Floresta, Salgueiro, Ouricuri, Serra Talhada e Santa Maria da Boa Vista. Os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 12h20 e fechados às 13h20, horário local.

É recomendável que o candidato chegue com, pelo menos, uma hora de antecedência ao local de prova, portando documento oficial de identificação com foto, de preferência aquele que o candidato utilizou para se inscrever (tais como Registro Geral [RG], Carteira Nacional de Habilitação [CNH], Carteira de Trabalho ou passaporte).

Aqueles que, por motivos diversos, não estiverem de posse desse documento, deverão ficar atentos ao Procedimento de Identificação Especial, previsto no item 7.3 do Edital nº 49/2018, que rege a seleção. O candidato deverá levar também caneta azul ou preta.

As provas terão duração de quatro horas. Para os cursos de nível Médio Integrado ao Técnico, a prova constará de 40 questões, divididas entre Língua Portuguesa, Matemática, Geografia, História e Ciências. Já para os cursos Subsequentes, os candidatos deverão responder 30 questões, relativas às disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Os locais de prova podem ser consultados no site. Os candidatos que solicitaram local de prova em outra cidade devem ficar atentos, pois seu local de prova está indicado na lista do campus de origem. (Ascom)

 A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu em flagrante no dia 13/11/2018, por volta das 22h, no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre CHRISTINE ARBIS VIDAL, filipina, casada, 46 anos, enfermeira e residente em Fuentes Subdivision-Roxas City-Filipinas-(não possui antecedentes criminais). A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais ao selecionarem alguns passageiros e submetê-los a uma entrevista preliminar perceberam que a suspeita estava muito nervosa, impaciente e inquieta quando os policiais começaram a lhe fazer algumas perguntas, principalmente quando não soube explicar porque razão veio passar férias no Brasil.
A ação teve seu desfecho final quando os policiais federais ao procederem a abertura de sua mala identificaram 06 (seis) embalagens de detergentes líquido para lavar roupas que ao passar pelo exame narcoteste resultou positivo para cocaína, totalizando um peso bruto de 7Kg (sete quilos). Além da droga também foram apreendidos cartão de embarque, 01 (um) aparelho celular, além da quantia de U$ 301 (trezentos e um dólares americanos) – cerca de R$ 1.140 reais e RM$ 101 (cento e um ringgits malaios) – cerca de R$ 100 reais. A droga tinha como destino final Saigon-Vietnam, após fazer uma escala em Lisboa-Portugal e em Dubai, cidade dos Emirados Árabes.
Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido a droga encontrada, a filipina recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida levada para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33 c/c artigo 40 inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de entorpecentes) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão. Após a autuação, a presa realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, passou pela audiência de custódia onde foi CONFIRMADA A SUA PRISÃO PREVENTIVA para em seguida ser conduzida para a Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE.
Em seu interrogatório a presa deu poucos detalhes sobre sua participação no tráfico de drogas, limitando-se a dizer que recebeu a droga em São Paulo/SP, sem informar quem havia sido a pessoa que lhe entregou e nem a quem a repassaria quando desembarcasse em Saigon-Vietnam. Também não informou o quanto iria receber pelo transporte da droga.
ESTATÍSTICAS DE APREENSÕES:
Esta é a décima segunda apreensão de drogas no ano de 2018 realizada pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Até agora foram feitas 15 prisões (nove mulheres e seis homens). Foram apreendidos 49,1Kg (quarenta e nove quilos e cem gramas) de cocaína e 86,5Kg (oitenta e seis quilos e quinhentos gramas) de Haxixe. Em 2017 foram realizadas 22 prisões (doze homens e dez mulheres) e apreensão de 45,9Kg de cocaína, 43Kg de Skunk, 22,8Kg de Haxixe, 10,4Kg de metanfetamina e 30 quilos de maconha.

Entrada do município de Caaporã, no Litoral Sul da Paraíba

Foto: Paraíba Criativa

O prefeito de Caaporã, cidade no Litoral Sul da Paraíba, tomou uma atitude polêmica nesta sexta-feira (16). Kiko Monteiro (PDT) exonerou todos os funcionários de cargos comissionados e prestadores de serviços da Prefeitura Municipal, medida que foi publicada no Diário Oficial dos Municípios.

Segundo o documento, “a drástica diminuição das receitas” foi um dos fatores para a exoneração, da mesmo forma que “o grave problema desta edilidade para com o pagamento de sua folha de pessoal, bem como, a organização financeira que se impõe para que se honre os compromissos pretéritos com o próprio corpo de funcionários deste município”.

O déficit entre gastos e arrecadação na cidade de Caaporã pode ser observado olhando o Sagres Online do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). No mês de agosto, a Prefeitura Municipal registrou R$ 5,09 milhões entrando na conta, ao mesmo tempo em que teve despesas de R$ 6,06 milhões.

Além de acabar com diversos cargos comissionados, o gestor ainda solicitou que servidores que estiverem sob trabalhando em outros órgãos retornem para a administração municipal. Kiko Monteiro também revogou gratificações dos funcionários e concessões de horas ou serviços extras.

Outro decreto publicado pelo prefeito para equilibrar as contas públicas foi o de suspender todos os pagamentos das despesas empenhadas até 9 de novembro, “até que seja realizada revisão em todos os contratos firmados pelo município de Caaporã até esta data”.

O ônibus da banda de forró Edson Lima e Gatinha Manhosa se envolveu em um acidente na tarde desta sexta-feira, 16, no município de Simplício Mendes, no estado do Piaui.

As primeiras informações dão conta que por volta das 17h, o ônibus da banda tombou ao tentar desviar de um motociclista que trafegava na contramão.

Os integrantes da banda sofreram ferimentos leves e foram socorridos por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU e encaminhadas para hospitais da região. O motoqueiro que ainda não teve sua identificação revelada não resistiu aos ferimentos e morreu.

O cantor Edson Lima que estava no ônibus divulgou um comunicado em seu Instagram: “Aos familiares, amigos e fãs, venho por meio desta informar que acabamos de sofrer um acidente com o ônibus da banda na estrada, mas graças a Deus estamos todos bem. Breve darei mais informações”. disse Edson

 

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador Thompson Flores, assinou hoje (16) a exoneração do juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em 1º grau. O pedido foi encaminhado por Moro, convidado para assumir o Ministério da Justiça no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Thompson Flores recebeu na manhã desta sexta-feira (16) o pedido de exoneração. O prazo de vigência da medida é a partir de segunda-feira (19).

Moro argumentou que pretende “organizar a transição e as futuras ações do Ministério da Justiça”. “Houve quem reclamasse que eu, mesmo em férias, afastado da jurisdição e sem assumir cargo executivo, não poderia sequer participar do planejamento de ações do futuro governo”, diz o juiz no pedido.

O juiz federal citou seu orgulho por ter exercido a magistratura por mais de duas décadas. “Destaco meu orgulho pessoal de ter exercido durante 22 anos o cargo de juiz federal e de ter integrado os quadros da Justiça Federal brasileira, verdadeira instituição republicana.

Convite

Sérgio Moro foi convidado pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, para assumir o Ministério da Justiça, cujo foco será concentrado em duas frentes: o combate à corrupção e ao crime organizado. A pasta deverá agregar o Ministério da Segurança Pública e parte do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). (Fonte: Revista Exame)

 

Policiais militares do 8° BPM prenderam na tarde dessa quarta-feira, 14, dois homens residentes no município de Parnamirim-PE flagrados tentando fraudar a Operação Carro-Pipa do Exército. O flagrante aconteceu na BR-116, nas imediações da Serra do Boi Morto, em Salgueiro.

De acordo com a Polícia Militar, os homens estavam trafegando em uma moto Honda Pop 100 com dois GPS´s de caminhões-pipas colados na carenagem. O equipamento é usado para fiscalizar se os motoristas estão fazendo trajetos às comunidades corretamente.

A dupla foi conduzida para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro e a moto apreendida para adoção das medidas necessárias.

(Foto: SSP-BA/Divulgação)

Cerca de 200 kg de maconha que iriam da Bahia para São Paulo foram interceptados pela polícia baiana, na quinta-feira (15). O flagrante aconteceu em um trecho da BA-311, na cidade de Macururé, no norte do Estado. Um homem foi preso.

Guarnições do 20° Batalhão da Polícia Militar (BPM) e da Delegacia Territorial de Macururé montaram bloqueios, na estrada, com objetivo de reprimir o tráfico de drogas e de armas. Na ocasião, um ônibus interestadual, que saiu da localidade de Ibó, em Abaré, com destino à capital paulista, foi abordado.

No bagageiro, distribuídos em sete malas, os policiais localizaram a erva. Após checagem dos passageiros, os PMs prenderam em flagrante David Brandi, de 26 anos. O caso foi registrado na Delegacia Territorial de Paulo Afonso.

Mergulhadores realizam mais uma ação ambiental no Rio São Francisco e retiram até vaso sanitário das águas

O feriado da Proclamação da República, ontem (15), foi de intensa movimentação nas águas do Rio São Francisco, entre Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). Um grupo de voluntários voltou a fazer um ‘faxinão’ no rio e retirou muito lixo das água.

Pneus, garrafas e até um vaso sanitário foram retirados do rio por mergulhadores que fazem parte do Movimento ‘#SalveChico’. O material foi exposto na orla da cidade baiana. A ação tem como objetivo chamar a atenção para a preservação do São Francisco.

 

Levantamento: 38% dos municípios pernambucanos já pagaram a primeira parcela do 13%

De acordo com levantamento feito pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), 38,75% dos municípios pernambucanos já pagaram agora a primeira parcela do 13° salários aos seus servidores.

Cerca de 86% dos prefeitos foram contatados e 61,25% responderam que ainda não pagaram nenhuma das parcelas, mas têm previsão de quitar o débito até dezembro.

No geral, cerca de 23% dos municípios responderam que estão com dificuldades para realizar o pagamento.

“A crise financeira que estamos passando abateu todos os municípios, mas apesar de tudo, cortando gastos, buscando equilíbrio fiscal os municípios pernambucanos irão honrar com o compromisso de garantir o pagam ento do 13º salário, disse o prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Amupe, José Patriota (PSB)”.

Fotos: Ascom/PRF

Um grave acidente registrado nesta quinta-feira (15), na BR 427, próximo ao município de Serra Negra do Norte, no Rio Grande do Norte, deixou quatro freiras feridas. Elas trabalham em um colégio particular da cidade de Cajazeiras, Sertão da Paraíba.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), as freiras, haviam saído pela manhã da cidade de Cajazeiras, a caminho de Tibau do Sul, no litoral Sul do Rio Grande do Norte. Durante a viagem, ao tentar desviar de um buraco na rodovia, a freira que conduzia o veículo, uma minivan, acabou perdendo o controle da direção e o carro capotou várias vezes, saindo da pista.

As vítimas foram socorridas ao Hospital Regional de Caicó/RN. Uma das freiras fraturou um braço, as demais apenas ferimentos leves.

Ainda segundo a PRF, todas as ocupantes do veículo estava usando o cinto de segurança.

 

 

Na eleição de outubro, Jair Bolsonaro obteve 74% dos votos válidos (137.776) em Ponta Grossa, Paraná, pois é justamente essa cidade na região dos campos que perderá 75% dos médicos das unidades de saúde com a saída dos cubanos do programa Mais Médicos, anunciado ontem, quarta, 14, pelo governo de Cuba, diante de ameaças e critérios que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, revelou que irá adotar para a permanência dos profissionais no País.

Dos 80 médicos que atendem nas unidades de saúde de Ponta Grossa, 60 deles são cubanos do programa Mais Médicos, já batizados nas redes sociais de programa ‘Menos Médicos’ do Governo Bolsonaro que não começou, mas já anunciou medidas duras para o povo.

“Sem dúvida, este é o problema mais grave em todo o meu governo”, reconheceu o prefeito Marcelo Rangel (PSDB). Segundo o prefeito tucano, o impacto na população, atinge diretamente 240 mil pessoas no município.

“A situação vai ficar muito complicada. Haverá muitas filas. Faremos um remanejamento na medida do possível, mas não há profissionais suficientes para substituir”, completou Marcelo Rangel em coletiva com a imprensa local que convocou logo após tomar conhecimento da saída dos cubanos do programa. Ele revelou que Ponta Grossa é uma das cidades com maior número de médicos intercambistas por habitante do país.

Ponta Grossa fica a 110 km de Curitiba, na região dos Campos Gerais, e possui 350 mil habitantes. (Com o G1PR)

A Corregedoria da Secretaria de Defesa Social exonerou o sargento aposentado da Polícia Militar, Luiz Martins de Lima, 53 anos. A deliberação, assinada pelo secretário da SDS, Antônio de Pádua Cavalcanti, vem à tona um ano e oito meses após o caso em que o sargento aposentado teria encoxado e ejaculado nos pés de uma mulher de 24 anos dentro de um coletivo.

O fato aconteceu por volta das 15h50, do dia 7 de março do ano passado, quando o ônibus estava na altura do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no Centro do Recife. A decisão sobre a exclusão do policial foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (15).

Entre as considerações publicadas no texto, o secretário da SDS afirma que “foi possível reconhecer a veracidade das acusações, em virtude do respectivo relato do aconselhado ao admitir o ato, com o pretexto de que houve reciprocidade da vítima, cuja justificativa não se sustenta, em razão da contradição com os depoimentos da própria denunciante e de outras testemunhas trazidas à colação”.

Na época, o suspeito foi detido e encaminhado à Central de Plantões, em Campo Grande, Zona Oeste do Recife, onde assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por importunação ofensiva ao pudor e foi liberado em seguida. O caso foi registrado pelo delegado de plantão Albérico Pires Ferreira.

Prefeito de Tavares-PB indiciado e secretário preso suspeitos de cobrança de propina

O prefeito de Tavares, Aílton Suassuna (MDB) foi indiciado, e o irmão dele, o secretário de Finanças do município, Michael Suassuna, foi preso preventivamente nesta quarta-feira (14), durante uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deccor).

Eles são acusados pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) de terem cobrado propina como condição para o pagamento pela aquisição de dois veículos pela administração municipal. O G1 não conseguiu localizar as defesas do prefeito e do secretário.

A Operação República foi autorizada pelo desembargador Arnóbio Alves Teodósio, relator do caso no Tribunal de Justiça. A denúncia foi formulada pelo Ministério Público da Paraíba, com base em investigação do Gaeco. O órgão, após denúncia formulada pelo dono da concessionária, montou uma operação controlada para flagrar a tentativa de extorsão.

Em depoimento ao Gaeco, o dono de uma rede de concessionárias do Sertão da Paraíba revelou que venceu uma licitação promovida pelo município de Tavares. O pregão presencial ocorreu no dia 11 de outubro deste ano. O empresário relatou que no dia em que foi divulgado o resultado do certame, um funcionário da empresa dele, representante na audiência, relatou ter sido procurado pelo prefeito.

Durante a conversa, o gestor do município, pessoalmente, teria pedido o pagamento de propina para “facilitar” o pagamento. Os veículos em questão eram dois carros modelo Spin, da Chevrolet, no valor de R$ 78,9 mil, cada um. Ao ser informado de que a empresa não trabalhava com o pagamento de vantagens, o prefeito, segundo o relato do delator, teria pedido o contato do dono da concessionária para contato pessoal.

Provas repassadas ao Ministério Público mostraram que o prefeito teria enviado mensagem por meio de aplicativo para o empresário, dizendo que gostaria de tratar pessoalmente da desobstrução do pagamento. Os carros foram adquiridos pela concessionária para a entrega, conforme previsto pela licitação.

As notas fiscais foram emitidas e a entrega ocorreria no dia 9 de novembro, mas não aconteceu. Aílton Suassuna, no entanto, em novo contato pelo aplicativo de compartilhamento de mensagem reafirmou a necessidade da conversa. Teria dito que quem iria para o encontro seria a irmã, Maévia Pouline Suassuna Porto, secretária de Controle Interno da prefeitura.

A pessoa encaminhada para o encontro, no entanto, foi o secretário de Finanças, Michael Suassuna, também irmão do prefeito. Por meio de operação controlada, que incluiu a captação de áudio, o Ministério Público conseguiu flagrar a conversa.

Após a negociação de R$ 2 mil em propina, conforme revela a investigação, Suassuna teria liberado o pagamento das faturas referentes à compra dos carros. Os extratos do pagamento, apresentados pelo empresário delator, mostram a assinatura eletrônica do secretário e do prefeito. O pagamento da suposta propina ficou acertado para o período da tarde desta quarta-feira (14). Primeiro ficou acertado que o dinheiro seria recolhido por um terceiro, mas Michael entrou em contato com o empresário dizendo que ele mesmo faria a coleta.

O secretário de Finanças foi preso em flagrante, após o recebimento do dinheiro pago pelo empresário, em Patos. A partir daí teve início a procura pelo prefeito, que se apresentou à polícia horas depois. Entre as acusações que pesam contra os dois estão crimes de responsabilidade de prefeito municipal, peculato, concussão, corrupção passiva e organização criminosa.

O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, criticou bastante a retirada dos profissionais cubanos do programa Mais Médicos das cidades brasileiras. Em entrevista ao programa Super Manhã, da Rádio Jornal, na manhã desta quinta-feira (15), Patriota classificou a decisão do presidente eleito Jair Bolsonaro como “mal-assessorada” e que demonstra “falta de conhecimento” do programa. 
Bolsonaro disse que impôs condições à Cuba que não foram aceitas, como aplicação de teste de capacidade e salário integral aos profissionais. O governo cubano considerou as declarações “ameaçadoras e depreciativas” por ter questionado a formação dos profissionais ressaltou que os médicos da Ilha prestaram “valioso serviço ao povo brasileiro”. 
Patriota demonstrou preocupação, sobretudo, com a atenção básica, que é onde os médicos do programa mais atuam nas cidades do interior. “Como ficam os grupos de riscos? Diabéticos, hipertensos. Esses médicos ajudam muito os municípios, eles são indispensáveis. Os ‘novinhos’ (médicos brasileiros recém-formados) saem dos cursos, passam seis meses no interior e voltam para fazer residência. Eles não ficam. Isso nos preocupa muito. Tem ‘menino’ saindo da residência que não vai ao interior enfrentar a realidade dura que se encontra lá”, disse.
Ele também considerou a decisão de Bolsonaro “ideológica”, que só prejudica o atendimento da população mais carente. “As regras do outro país eles fazem lá. Não podemos interferir na soberania nacional. Os próprios médicos não estão reclamando. Eles voltam à Cuba para passear”.
Cubanos em Pernambuco
No Estado, são 414 médicos de Cuba trabalhando nos mais diversos municípios. O Ministério da Saúde informou que vai lançar editais, nos próximos dias, para substituir os médicos cubanos que devem ficar no programa até o dia 31 de dezembro. “A saída dos cubanos é uma perda irreparável. A comunidade vai ficar desassistida até que ocorra a substituição. Quem vai perder mais com isso é a população mais pobre. Há um médico cubano que está conosco há quatro anos. Os cubanos são comprometidos com a carga horária, o atendimento, fazem visitas domiciliares. Essa foi uma atitude desastrosa”, comenta a secretaria de Saúde de Gameleira, Joselma Costa.
Localizada numa das regiões mais pobres de Pernambuco, Gameleira está na Mata Sul do Estado. A cidade tem cerca de 27 mil habitantes e está a 99 km de distância do Recife. Toda a estrutura de atendimento à saúde básica do município tem oito médicos, incluindo cinco do Mais Médicos, sendo dois cubanos. “Aqui, quando os cubanos vão embora, os pacientes choram. Já estou imaginando o impacto que isso vai ter”, diz Joselma. Ela explica que a diminuição de médicos no município vai fazer mais pessoas procurarem o hospital regional da região, em Palmares, e, posteriormente, as unidades do Recife que, em sua maioria, já apresentam superlotação.
Histórico do programa
O Mais Médicos foi implantado em 2013 pela presidente Dilma Rousseff (PT). Os cubanos correspondem a 45% das vagas dos Mais Médicos e atuam principalmente em pequenas cidades. O Estado tem 414 médicos cubanos que fazem parte do Programa. Nele, o governo federal banca os salários dos médicos, no valor de R$ 11.865,00, e as prefeituras ficam responsáveis pela moradia e alimentação dos profissionais. Esse salário é pago pelo governo brasileiro à Opas (Organização Panamericana de Saúde), que repasse parte aos médicos cubanos. Profissionais brasileiros e de outras nacionalidades recebem o valor integral. (Jornal do Commercio)

O herege Moisés Soares de Souza, de 55 anos, conhecido como pastor Moisés, foi preso na última quarta-feira (21) por policiais da Delegacia Especializado no Atendimento à Criança e ao Adolescente (DEACA) de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, acusado de estuprar uma criança de nove anos. Segundo a Polícia Civil, é a segunda vez que ele é preso por abusar sexualmente de um menor.

As investigações apontaram que Moisés, aproveitando-se do fato de ser vizinho da vítima e da confiança pela sua posição de líder religioso, teria cometido o abuso sexual contra a menor. 

A vítima foi ouvida e encaminhada aos exames necessários à apuração do crime. Com base nas provas, a delegada representou junto à Justiça pela custódia preventiva de Moisés.  

Segundo a delegada Joseângela Santos, diretora da Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA), de Ananindeua, Moisés já respondeu outro inquérito policial, no ano de 2013, também pelo crime de estupro de vulnerável, contra uma menor. 

A policial civil ressalta que o atendimento na DATA de Ananindeua, onde está sediada a DEACA, está atendendo casos de violência sexual contra crianças e adolescentes, nos municípios de Ananindeua e Marituba, na Região Metropolitana de Belém.

Casos recorrentes

Em apenas três dias, três homens foram presos por estupro. Mauricio Ramos dos Santos, 58 anos, foi preso no bairro do Parque Verde, em Belém. Ele é acusado de abusar sexualmente de uma menina de três anos de idade. Já Elinelson Ramos Oliveira, de 24 anos, foi preso em flagrante, acusado de estuprar uma menina de seis anos em Melgaço, Ilha do Marajó.

Denúncias podem ser feitas de forma anônima pelo Disque 100 e 181 (sistema de segurança do Pará).

(DOL)

A alta comissária de Direitos Humanos da ONU, Michelle Bachelet, mencionou o Brasil nesta quarta-feira, 14, para exemplificar comoa “desinformação” influenciou nas eleições presidenciais.

“Em alguns países, um volume amplo de dados está sendo coletado por meio de monitoramento, e são usados para determinar pontuações pessoais ou negando acesso às oportunidades”, alertou Bachelet, em discurso na Universidade de Genebra.

“Essa relação entre inteligência artificial e a coleta de dados sobre nossas personalidades e escolhas vão um passo além quando são usadas, por atores públicos ou privados, para manipular nossos pensamentos e mudar nossas escolhas”, alertou.

“Isso não é ficção científica”, disse. “Seja na eleição presidencial dos EUA, no referendo sobre o Brexit no Reino Unido ou nas recentes eleições no Brasil e Quênia, onde pesquisas falsas e desinformação foram amplamente compartilhadas, estamos vendo um aumento do uso de campanhas de desinformação e robôs nas redes sociais para influenciar opiniões e escolhas de eleitores individuais”, alertou.

Gráfico: Ascom SDS/divulgação

O mês de outubro foi o 11º consecutivo em que o número de homicídios reduziu-se em Pernambuco, na comparação com o mês correspondente de 2017. Com isso, desde janeiro foram salvas 1.013 vidas no Estado, uma redução de 22% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) no período. Nesses dez meses em 2017, haviam sido 4.576 vítimas e, em 2018, 3.563 pessoas foram mortas nessas circunstâncias.

Apenas em outubro último, a diminuição nos registros de CVLI foi de 23% com relação a outubro de 2017 (de 432 para 331 casos). Nesse mesmo mês, as operativas da Secretaria de Defesa Social (SDS) efetuaram 195 prisões de acusados de homicídio, das quais 79 ocorreram em flagrante delito e 116 foram por cumprimento de mandado de prisão.

O secretário titular da SDS, Antonio de Pádua, reforça que a ação integrada das forças de segurança que compõem o Pacto pela Vida segue concentrada em progredir no enfrentamento à criminalidade. “Temos um quadro consolidado de queda de homicídios em comparação com o mesmo período do ano anterior, metodologia que nos permite uma aferição mais precisa dos resultados, considerando a mesma quantidade de dias dos meses, o calendário de feriados e as características de cada período do ano. Estamos motivados, e falo pelas forças de segurança como um todo, a buscar reduções ainda mais significativas”, declarou.

Regiões

Assim como no balanço dos crimes contra o patrimônio, o Agreste foi a região que mais refreou o número de homicídios. Em outubro, especificamente, a variação foi de -35,9%, saindo de 78 para 50 CVLIs. Na soma desde janeiro, 307 homicídios deixaram de ocorrer nos municípios do Agreste de 2017 para 2018, caindo de 992 para 685 (-30,95%). E, no dia 26 de outubro, nenhum CVLI ocorreu em toda a região.

O cenário de redução repetiu-se nas demais regiões pernambucanas. Entre janeiro e outubro, a Zona da Mata teve menos 19,49% CVLIs, saindo de 1.021 para 822 vítimas. Já a Região Metropolitana apresentou queda de 18,01% (de 1.327 para 1.088), enquanto o Sertão passou de 565 para 472 casos (-16,46%).

Quando se avalia apenas outubro, o Sertão mostrou queda de 28,81% (de 59 para 42). Os municípios sertanejos ainda passaram nove dias sem qualquer notificação de CVLI (2, 3, 17, 20, 21, 27, 28, 30 e 31 de outubro). Por fim, a Zona da Mata teve diferença de -27,45% (102 para 74) nos 31 dias do mês passado, e a área metropolitana caiu de 125 para 110 (-12%).

No Recife, 175 vidas foram poupadas quando se confrontam os dados de homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte entre janeiro e outubro de 2017 e de 2018. O número de vítimas reduziu-se de 671 para 496, ou seja, -26,08%. Apenas no mês passado, as ocorrências baixaram em 19,12% em relação ao mesmo mês de 2017: de 68 para 55.

Entre as Áreas Integradas de Segurança (AISs) do Estado, a de número 25, que tem sede em Cabrobó, no Sertão, não foi local de nenhum homicídio em outubro deste ano. Isso havia acontecido pela última vez em julho de 2014 (há 51 meses). A AIS 15, na região de Belo Jardim, no Agreste, teve o menor número dos últimos 40 meses, com cinco casos em outubro. Mesmo quantitativo registrado na AIS 19 (Arcoverde), que atingiu o menor patamar de CVLIs desde junho de 2016.

Motivações

Seguindo a tendência dos demais meses, outubro deste ano teve 73,41% dos casos de homicídios relacionados ao envolvimento com o tráfico de drogas, acerto de contas e outras atividades criminais. Em seguida, a causa mais frequente foram os conflitos na comunidade, com 57 casos (17,22%). Conflitos afetivos e familiares tiveram relação com sete casos (2,11%), excluindo-se daí os feminicídios. Latrocínios foram 1,81% das motivações, seis casos ao todo.

No que concerne ao período de janeiro a outubro, o percentual de vítimas de CVLIs relacionados ao tráfico e às atividades criminosas chegou a 68,31%. Os latrocínios corresponderam a 112 ocorrências (3,14%) e os conflitos afetivos ou familiares (salvo feminicídios), a 111 (3,12%). A maioria das vítimas nesses dez meses, 68%, não tinha sido submetida ao sistema de justiça criminal.

Feminicídio

As vítimas de feminicídio, assassinadas apenas por serem mulheres, foram 61 de janeiro a outubro deste ano. Um patamar 6% menor do que nesse ínterim em 2017 (65 vítimas). Em outubro de 2018, isoladamente, houve o dobro de casos em relação ao ano anterior, saindo de dois para quatro.

Os estupros denunciados às polícias tiveram uma redução de 13,3% em outubro, quando defrontados com as notificações em 2017. De 203 vítimas, o número caiu para 176. No entanto, no acumulado deste ano até o décimo mês, houve aumento de 8,58% (de 1.924 para 2.089).

Em contrapartida, aumentou a quantidade de mulheres que se dirigiram às delegacias e denunciaram ter sofrido violência doméstica e familiar. Em outubro passado, o crescimento foi de 16,59% – de 3.189 para 3.718 queixas. Entre janeiro e outubro, as notificações subiram em 20%: de 27.426 para 32.910. Esse é um tipo de crime que ocorre muitas vezes de forma silenciosa, por anos, dentro do ambiente doméstico e, por isso mesmo, deve ser denunciado. Somente com a queixa as polícias têm possibilidade de identificar e punir os autores do crime.

O mês de outubro foi o 11º consecutivo em que o número de homicídios reduziu-se em Pernambuco, na comparação com o mês correspondente de 2017. Com isso, desde janeiro foram salvas 1.013 vidas no Estado, uma redução de 22% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) no período. Nesses dez meses em 2017, haviam sido 4.576 vítimas e, em 2018, 3.563 pessoas foram mortas nessas circunstâncias.

Apenas em outubro último, a diminuição nos registros de CVLI foi de 23% com relação a outubro de 2017 (de 432 para 331 casos). Nesse mesmo mês, as operativas da Secretaria de Defesa Social (SDS) efetuaram 195 prisões de acusados de homicídio, das quais 79 ocorreram em flagrante delito e 116 foram por cumprimento de mandado de prisão.

O secretário titular da SDS, Antonio de Pádua, reforça que a ação integrada das forças de segurança que compõem o Pacto pela Vida segue concentrada em progredir no enfrentamento à criminalidade. “Temos um quadro consolidado de queda de homicídios em comparação com o mesmo período do ano anterior, metodologia que nos permite uma aferição mais precisa dos resultados, considerando a mesma quantidade de dias dos meses, o calendário de feriados e as características de cada período do ano. Estamos motivados, e falo pelas forças de segurança como um todo, a buscar reduções ainda mais significativas”, declarou.

Regiões

Assim como no balanço dos crimes contra o patrimônio, o Agreste foi a região que mais refreou o número de homicídios. Em outubro, especificamente, a variação foi de -35,9%, saindo de 78 para 50 CVLIs. Na soma desde janeiro, 307 homicídios deixaram de ocorrer nos municípios do Agreste de 2017 para 2018, caindo de 992 para 685 (-30,95%). E, no dia 26 de outubro, nenhum CVLI ocorreu em toda a região.

O cenário de redução repetiu-se nas demais regiões pernambucanas. Entre janeiro e outubro, a Zona da Mata teve menos 19,49% CVLIs, saindo de 1.021 para 822 vítimas. Já a Região Metropolitana apresentou queda de 18,01% (de 1.327 para 1.088), enquanto o Sertão passou de 565 para 472 casos (-16,46%).

Quando se avalia apenas outubro, o Sertão mostrou queda de 28,81% (de 59 para 42). Os municípios sertanejos ainda passaram nove dias sem qualquer notificação de CVLI (2, 3, 17, 20, 21, 27, 28, 30 e 31 de outubro). Por fim, a Zona da Mata teve diferença de -27,45% (102 para 74) nos 31 dias do mês passado, e a área metropolitana caiu de 125 para 110 (-12%).

No Recife, 175 vidas foram poupadas quando se confrontam os dados de homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte entre janeiro e outubro de 2017 e de 2018. O número de vítimas reduziu-se de 671 para 496, ou seja, -26,08%. Apenas no mês passado, as ocorrências baixaram em 19,12% em relação ao mesmo mês de 2017: de 68 para 55.

Entre as Áreas Integradas de Segurança (AISs) do Estado, a de número 25, que tem sede em Cabrobó, no Sertão, não foi local de nenhum homicídio em outubro deste ano. Isso havia acontecido pela última vez em julho de 2014 (há 51 meses). A AIS 15, na região de Belo Jardim, no Agreste, teve o menor número dos últimos 40 meses, com cinco casos em outubro. Mesmo quantitativo registrado na AIS 19 (Arcoverde), que atingiu o menor patamar de CVLIs desde junho de 2016.

Motivações

Seguindo a tendência dos demais meses, outubro deste ano teve 73,41% dos casos de homicídios relacionados ao envolvimento com o tráfico de drogas, acerto de contas e outras atividades criminais. Em seguida, a causa mais frequente foram os conflitos na comunidade, com 57 casos (17,22%). Conflitos afetivos e familiares tiveram relação com sete casos (2,11%), excluindo-se daí os feminicídios. Latrocínios foram 1,81% das motivações, seis casos ao todo.

No que concerne ao período de janeiro a outubro, o percentual de vítimas de CVLIs relacionados ao tráfico e às atividades criminosas chegou a 68,31%. Os latrocínios corresponderam a 112 ocorrências (3,14%) e os conflitos afetivos ou familiares (salvo feminicídios), a 111 (3,12%). A maioria das vítimas nesses dez meses, 68%, não tinha sido submetida ao sistema de justiça criminal.

Feminicídio

As vítimas de feminicídio, assassinadas apenas por serem mulheres, foram 61 de janeiro a outubro deste ano. Um patamar 6% menor do que nesse ínterim em 2017 (65 vítimas). Em outubro de 2018, isoladamente, houve o dobro de casos em relação ao ano anterior, saindo de dois para quatro.

Os estupros denunciados às polícias tiveram uma redução de 13,3% em outubro, quando defrontados com as notificações em 2017. De 203 vítimas, o número caiu para 176. No entanto, no acumulado deste ano até o décimo mês, houve aumento de 8,58% (de 1.924 para 2.089).

Em contrapartida, aumentou a quantidade de mulheres que se dirigiram às delegacias e denunciaram ter sofrido violência doméstica e familiar. Em outubro passado, o crescimento foi de 16,59% – de 3.189 para 3.718 queixas. Entre janeiro e outubro, as notificações subiram em 20%: de 27.426 para 32.910. Esse é um tipo de crime que ocorre muitas vezes de forma silenciosa, por anos, dentro do ambiente doméstico e, por isso mesmo, deve ser denunciado. Somente com a queixa as polícias têm possibilidade de identificar e punir os autores do crime.