Com a base de apoio ao governo cada vez mais desarticulada, o preço para dar o pontapé inicial à reforma da previdência no Congresso aumentou. O governo liberou R$ 1 bilhão em emendas parlamentares em troca de votos pela reforma. Mais clássica moeda de troca entre legislativo e executivo, a liberação de emendas em período pré votação, se levada ao pé da letra, ganha ares de ‘propina’ política. Há mais R$ 2 bilhões para serem liberados e o governo tentará ditar o ritmo à medida em que o desenho da votação for ficando mais evidente.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que “o governo Bolsonaro tinha a intenção (…) de pagar todas as emendas, que somam R$ 3 bilhões. Mas apenas parte delas —que representam R$ 1 bilhão— tinham cumprido todos os requisitos. O restante pode ser liberado ainda neste ano. ‘Hoje foi liberado esse recurso. Deve ter sido liberado pelos ministérios e vai chegar para os beneficiários a partir da semana que vem’, disse o deputado [Major Vitor Hugo].”

A matéria ainda informa que “cerca de R$ 700 milhões se referem a emendas individuais e aproximadamente R$ 300 milhões foram apresentadas por bancadas. O líder do governo na Câmara afirmou ainda que a medida atende a praticamente todos os partidos, inclusive os de oposição. A liberação de emendas coincide com a retomada dos trabalhos do Congresso após o feriado de Carnaval e a previsão de início dos trabalhos das comissões das Casas, previsto para esta semana.” (247)

Agência

Após o acidente da Ethiopian Airlines no último domingo (10), a Gol suspendeu temporariamente suas operações comerciais com o modelo 737 MAX 8, da Boeing. Segundo comunicado divulgado pela companhia na noite desta segunda-feira (11), não serão usados os sete modelos que fazem parte da frota da empresa.

Por meio de nota, a empresa “reitera a confiança na segurança de suas operações e na Boeing, parceira exclusiva desde o início da companhia em 2001”. A Gol afirma que espera que seja possível retornar a colocar essas aeronaves em atividade. Os clientes com viagens previstas nas aeronaves 737 MAX 8 serão, segundo a Gol, reacomodados em companhias parceiras, como a Delta Air Lines.

As aeronaves 737 MAX 8 da Gol operavam em rotas para os Estados Unidos, América do Sul e Caribe. A suspensão começou a valer às 20h desta segunda. Os voos que utilizariam o modelo também foram cancelados, assim como a venda. Eles sairiam de Brasília e Fortaleza e iriam até Miami e Orlando. [

Veja comunicado: (GOL)

São Paulo, 11 de março de 2019 – A GOL Linhas Aéreas Inteligentes informa que desde o início das operações com o avião Boeing 737 Max 8, em junho de 2018, já realizou 2.933 voos, totalizando mais de 12.700 horas, com total segurança e eficiência.

68 companhias aéreas operam com o Boeing 737 MAX
Um total de 68 companhias aéreas ao redor do mundo utilizam o 737 MAX, da Boeing. De acordo com o site da fabricante, pelo menos quatro empresas na América Latina utilizam ou estão prestes a iniciar voos com a aeronave: Aeromexico, Copa Airlines, do Panamá, Aerolíneas Argentinas e a brasileira Gol.

O acidente foi o segundo em menos de seis meses envolvendo o recém-lançado Boeing 737 Max. Este era o mesmo modelo de aeronave que caiu na Indonésia em outubro, matando 189 pessoas.

É apenas a segunda vez que um modelo com menos de dois anos de lançamento cai duas vezes: a outra foi em 1952.

Após o acidente, países como a China, Indonésia e Etiópia suspenderam os voos programados com as aeronaves, como medida de precaução.

Outras empresas ao redor do mundo adotaram a mesma medida, como a caribenha Cayman Airways. A empresa não consta na lista do site da Boeing como operadora de voos do 737 MAX.

Única brasileira que possui o modelo em sua operação, o avião é usado pela Gol para voos mais longos, como as rotas para Miami e Orlando, nos Estados Unidos, e Quito, no Equador. Ela aposta no avião para renovar e modernizar a frota, ganhar eficiência – o modelo consome 15% menos combustível por assento- quilômetro ofertado em relação aos 737 NG – e ampliar a presença internacional.

A companhia tem 135 encomendas dos MAX 8 e 10 com a Boeing e já contava com sete aviões em operação. De acordo com o informado na última divulgação de resultados, a Gol espera terminar 2019 com 24 aeronaves MAX 8, quantidade que deve subir para 34 no encerramento de 2020.

Na China, seis companhias operam com o modelo que está temporariamente impedido de voar. Na Indonésia são duas: Garuda Indonesia e Lion Air, que esteve envolvida no acidente de seis meses atrás.

A Boeing já entregou cerca de 350 aviões 737 MAX a companhias aéreas de todo o mundo e tem encomendas de mais de 5.000.

Após o acidente na Etiópia, a companhia escreveu no Twitter que estava “profundamente entristecida ao saber da morte de passageiros e tripulação” no avião.

A gigante americana disse ainda que enviaria técnicos ao local do acidente para ajudar investigadores da Etiópia e dos EUA.

Companhias que operam com o modelo:

AerCap-Aerolineas Argentinas-Aeromexico-Air Canada-Air China-Air Europa-Air Lease Corporation-Air Niugini-Air Peace-ALAFCO -Alaska Airlines -American Airlines -Arik Air -Aviation Capital Group -Avolon- Azerbaijan – Blue Air – BOC Aviation- CALC – CDB Aviation -China Eastern Airlines – China Southern Airlines – CIT Aerospace – Comair Limited – Copa Airlines – Corendon Airlines – Donghai Airlines – Eastern Air Lines – Enter Air – Ethiopian Airlines – flydubai – Garuda Indonesia – GE Capital Aviation Services – GOL Airlines – Hainan Airlines – ICBC Leasing – Icelandair – Jet Airways – Jetlines – Korean Air – LOT Polish Airlines – Lion Air – Malaysia Airlines – Mauritania Airlines – Neos – Nok Air – Norwegian Air Shuttle – Okay Airways – Oman Air – Primera Air – Qatar Airways – Ruili Airlines – Ryanair – Shandong Airlines – SilkAir – SMBC Aviation Capital – Southwest Airlines

 

 

 

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!