Em entrevista ao SBT, Fabrício Queiroz afirmou ter como uma das fontes de renda a compra e venda de carros. Relatório do Coaf indica que ele movimentou R$ 1,2 milhão em um ano

Por Gustavo Garcia, G1 — Brasília

Fabrício José Carlos de Queiroz, ex-assessor e ex-motorista do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL), afirmou em entrevista levada ao ar nesta quarta-feira (26) pelo SBT que é um “cara de negócios”. Ele atribuiu parte dos rendimentos de R$ 24 mil que diz obter mensalmente a atividades de compra e revenda de carros.

Um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), afirma que o ex-motorista movimentou R$ 1,2 milhão em uma conta bancária durante um ano. Na época da movimentação suspeita, o então assessor, que também é policial militar, recebia salário de R$ 23 mil por mês. As transações foram consideradas atípicas e por isso aparecem no relatório.

O documento do Coaf foi anexado à investigação que resultou na Operação Furna da Onça, um desdobramento da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

Na entrevista ao SBT, Queiroz afirmou ter rendimento mensal de R$ 23 mil a R$ 24 mil. Ele declarou que recebia cerca de R$ 10 mil pelos serviços prestados ao gabinete de Flávio Bolsonaro e outros R$ 10 mil a R$ 11 mil “da minha ex-função” (ele é ex-policial militar).

“Eu sou um cara de negócios. Eu faço dinheiro. Eu faço, assim, eu compro, revendo, compro carro, revendo carro. Eu sempre fui assim. Eu gosto muito de comprar carro em seguradora. Na minha época, lá atrás, comprava um carrinho, mandava arrumar, vendia. Tenho segurança, tenho uma segurança”, disse.

Queiroz faltou duas vezes a depoimentos marcados pelo Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro. Na última sexta-feira (21), os advogados afirmaram que o ex-assessor teve uma “inesperada crise de saúde” e não pôde comparecer.

Na entrevista, ele afirmou que tem um câncer no intestino e que terá de se submeter a uma cirurgia. “Não estou fugindo do MP”, disse.

O assessor não quis comentar depósitos feitos na conta dele pela filha e pela esposa. “Esse mérito de dinheiro eu queria explicar ao Ministério Público”, disse.

Queiroz recebia da Assembleia Legislativa um salário de R$ 8.517 e acumulava rendimentos mensais de R$ 12,6 mil da Polícia Militar. Ele foi exonerado em outubro do gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

O documento do Coaf também aponta que Queiroz repassou R$ 24 mil para Michelle Bolsonaro, futura primeira-dama. Sobre esse pagamento, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que se referia à quitação de um empréstimo de R$ 40 mil feito por ele ao ex-motorista.

Questionado sobre o depósito na conta da futura primeira-dama, Queiroz reiterou a versão apresentada por Jair Bolsonaro.

“O nosso presidente já esclareceu. Tive um empréstimo de R$ 40 mil e passei dez cheques de R$ 4 mil. Nunca depositei R$ 24 mil”, afirmou.

 

 

Megaoperação combate associações criminosas em Pernambuco

No total, estão sendo cumpridos 33 mandados de prisão e 27 de busca e apreensão / Foto: Reprodução/Polícia Civil

Cinco operações foram desencadeadas pela Polícia Civil com o objetivo de combater quadrilhas responsáveis por mais de 70% dos homicídios em Pernambuco
JC Online / Foto: Reprodução/Polícia Civil

A Polícia Civil de Pernambuco deflagou cinco Operações de Repressão Qualificada simultaneamente na Região Metropolitana e em Caruaru, no Agreste, na manhã desta quinta-feira (27). A ação, denominada de ‘Pernambuco pela Paz’, tem o objetivo de combater associações criminosas voltadas para homicídios e tráfico de drogas, e que são responsáveis por mais de 70% das mortes violentas em todo o estado.

A megaoperação também tem como foco o combate ao comércio ilegal de arma de fogo. No total, foram expedidos 33 mandados de prisão, sendo 27 cumpridos até o momento. Entre as prisões, três mulheres foram detidas durante a ação.

Outros 27 mandados busca e apreensão domiciliar também estão sendo cumpridos. De acordo com a Polícia Civil, a ‘Pernambuco pela Paz’ já apreendeu armas e drogas, como crack e cocaína, com a quantidade que ainda estão sendo contabilizadas.

As cinco operações estão sendo denominadas de: Miracles IIGolden BallBeachÁlia, que estão sendo realizadas no Grande Recife, e a Sprint Final, com execução em Caruaru.

Estão sendo empregados nesta mega operação, 240 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. Os detidos estão sendo levados para as sedes do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Diretoria Integrada no Interior I (Dinter I). Os detalhes das ações serão divulgados pela Chefia da Polícia Civil ainda na manhã desta quinta.

‘Miracles II’

A 69° Operação de Repressão Qualificada, denominada de ‘Miracles II’, teve suas investigações iniciadas em janeiro deste ano e tem como objetivo prender integrantes de uma quadrilha voltada aos crimes de homicídio, tráfico de drogas, comércio ilegal de armas de fogo e associação criminosa no Grande Recife.

Na operação, estão sendo cumpridos cinco mandados de prisão e sete de busca e apreensão domiciliar. Todos foram expedidos pela Vara Criminal pela Comarca de Recife.

Foram empregados 45 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A ‘Miracles II’ está sendo coordenada pela Diretoria Integrada Metropolitana (DIM) e supervisionada pela Polícia Civil.

‘Golden Ball’

O objetivo desta operação é prender integrantes de uma associação criminosa voltada aos crimes de homicídio, tráfico de drogas, comércio ilegal de armas de fogo e organização criminosa na Região Metropolitana do Recife.

A Golden Ball teve suas investigações iniciadas em junho deste ano e cumpre oito mandados de prisão e três de busca e apreensão domiciliar. Todos foram expedidos pela Vara Criminal pela Comarca de Recife.

Foram empregados 55 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A ‘Golden Ball’ está sendo coordenada pela Diretoria Integrada Metropolitana (DIM) e supervisionada pela Polícia Civil.

‘Beach’

A 72° Operação de Repressão Qualificada denominada de ‘Beach’ cumpre cinco mandados de prisão e quatro de busca e apreensão domiciliar.

O objetivo da operação, que teve suas investigações iniciadas em junho deste ano, é prender integrantes de uma quadrilha voltada aos crimes de homicídio, tráfico de drogas, comércio ilegal de armas de fogo e organização criminosa no Grande Recife.

Todos os mandados foram expedidos pela Vara Criminal pela Comarca de Recife.

Na ação, foram empregados 30 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A ‘Beach’ está sendo coordenada pela Diretoria Integrada Metropolitana (DIM) e supervisionada pela Polícia Civil.

‘Ália’

Já a 73° Operação de Repressão Qualificada, denominada de ‘Ália, tem o objetivo de prender integrantes de uma associação criminosa voltada aos crimes de homicídio, tráfico de drogas e associação para o tráfico na Região Metropolitana do Recife.

A operação, que teve suas investigações iniciadas em fevereiro deste ano, cumpre 10 mandados de prisão e quatro de busca e apreensão domiciliar.Todos foram expedidos pela Vara Criminal pela Comarca de Recife.

Foram empregados 40 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A ‘Ália’ está sendo coordenada pela Diretoria Integrada Especializada (Diresp) e supervisionada pela Polícia Civil.

‘Sprint Final’

E em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, a Polícia Civil desencadeou a 69° Operação de Repressão Qualificada, denominada de ‘Sprint Final’. A ação, que teve suas investigações iniciadas em janeiro deste ano, tem o objetivo de prender integrantes de uma organização criminosa voltada para as práticas de crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico no município agrestino.

Na operação, estão sendo cumpridos cinco mandados de prisão e nove de busca e apreensão domiciliar. Todos foram expedidos pela Vara Criminal pela Comarca de Caruaru.

Foram empregados 70 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A ‘Sprint Final’ está sendo coordenada pela Diretoria Integrada no Interior I (Dinter I) e supervisionada pela Polícia Civil.

Apartamentos para alugar, Afogados da Ingazeira

Contato: (87) 9- 9943-4466

Administração do Sistema Jornal de rádio e TV em PE,  busca novo formato na programação, antigos veteranos da comunicação terão seus contratos rescindidos.

A modernidade chegou com isso a rotina de muitos comunicadores veteranos não acompanharam a nova linguagem, o novo método, e a mudança é eminente, exemplo dos Jornais impressos que perderam espaço para nova roupagem, assim, são muitos comunicadores de rádios e TVs  que fizeram sucesso, problema que eles acham que os novos ouvintes e telespectadores ainda curtem o mesmo linguajar de 10, 20, 30 anos atrás, são profissionais de fato, mais que estacionaram e começaram perder espaço, As empresas trabalham em em cima de resultados, essa prática da velha comunicação está acabando nos grandes centros, mais ainda predomina nas cidades do interior onde as rádios deixam um locutor por décadas ou até mais, no mesmo horário sem nenhuma mudança, ou com medo de uma mudança!

As vezes o próprio diretor que teme sair da sua zona de conforto, com isso  ainda prevalece esse tipo de grade na (programação), rotineira e fadada nas emissoras das pequenas cidades do interior, é muito comum  devido o quase monopólio, geralmente se tem uma ou duas emissoras, diferente dos grandes centros onde a concorrência é muito maior.

Outro motivo é  falta de visão administrativa, que faz com que as programações se tornem cansativas, até os ouvintes, são os mesmos os “Veteranos  Josés, e Marias,” que participam trivialmente todos os dias na mesma programação costumeira, ninguém aguenta a falta de criatividade. isso tem levado a nova geração a escutar cada vez menos as emissoras que estão perdendo ouvintes da nova geração para o novo método de se comunicar e fazer uma nova programação, nos tempos atuais é mais fácil para alguns manter a comodidade do que a inovação, gerenciar é diferente de ter  simplesmente o nome de diretor.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!