O ritmo de entrega de obras continua intenso por toda a Paraíba. O governador Ricardo Coutinho anunciou, ontem (5), um novo calendário de inaugurações com 100 obras que serão entregues até o final do ano. O pacote, que representa R$ 210 milhões de investimentos, inclui duas Escolas Técnicas, uma em Itaporanga e outra em Serra Branca; a segunda etapa do Parque Bodocongó, em Campina Grande; o Centro Especializado em Reabilitação, em Sousa; a reforma do Teatro Santa Catarina, em Cabedelo, e outras obras nas áreas da educação, infraestrutura, saúde, cultura, mobilidade urbana, saneamento e abastecimento. O anúncio foi feito durante o programa semanal Fala Governador, transmitido em cadeia estadual pela rádio Tabajara.

“Vamos entregar 100 obras até o fim do ano, as quais representam R$ 210 milhões e ainda deixaremos cerca de 80 obras em execução para serem entregues por João Azevêdo, no próximo ano. Entre as Escolas Técnicas que faltam ser concluídas, entregaremos as de Itaporanga e Serra Branca e ficarão as escolas de Sousa e Guarabira para João entregar”, disse o governador.

Ele ainda acrescentou: “Também teremos a satisfação de inaugurar a grande reforma do Teatro Santa Catarina, em Cabedelo. Já em Campina Grande, vamos entregar as obras do Mutirão do Serrotão, uma demanda do Orçamento Democrático que melhora a vida daquela comunidade, além de muitas outras obras pelo Estado”, comentou Ricardo Coutinho.

Segundo o governador, entre as inaugurações previstas, 49 obras são relacionadas às áreas de saneamento e abastecimento d’água. São quase R$ 38 milhões aplicados em obras como o sistema adutor Nova Camará e a adutora de Arara; além do sistema de abastecimento d’água de Paulista; a adutora de Bernardino Batista; o sistema de abastecimento d’água da cidade de Emas; o sistema de abastecimento da área do R21, em João Pessoa, entre outras ações.

Também serão inauguradas, até o final de dezembro, 31 obras de responsabilidade da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), que representam mais de R$ 100 milhões de investimento. Entre elas, 12 são na área da educação; 11 ligadas à infraestrutura; quatro de saúde; três em áreas diversas e uma obra na área da cultura.

Destas 31 obras da Suplan, se destacam as inaugurações das Escolas Técnicas de Itaporanga e Serra Branca; a segunda etapa do Parque Bodocongó, a entrega do gramado com sistema de irrigação do Estádio O Amigão e a urbanização do Mutirão do Serrotão, ambos em Campina Grande; Ampliação da Ala de radiologia do Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa; o Campus da UEPB de Monteiro; a conclusão da reforma do Teatro Santa Catarina, em Cabedelo e o Centro Especializado em Reabilitação, em Sousa.

“Este Centro de Reabilitação vai operar toda a parte de fisioterapia, reabilitação motora, vai atender também crianças autistas, pessoas com deficiências motoras, ou seja, tudo o que a Funad faz aqui em João Pessoa, esse Centro fará para a população do sertão”, garantiu o governador.

Já nas áreas de estradas e mobilidade urbana, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), está executando 20 obras com recursos na ordem de R$ 70 milhões. Estão entre as obras que serão inauguradas: a duplicação do acesso ao aeroporto Castro Pinto; a Via Litorânea de Intermares, em Cabedelo; a PB-057, entre Mamanguape, Araçagi e Guarabira; o Binário de Lagoa Seca; a ponte da Baía da Traição – Aldeia São Miguel; a restauração da PB-087: Travessia urbana de Pilões; a travessia de São José de Piranhas e outras.

Durante o programa, o governador Ricardo Coutinho ainda enfatizou que o Estado está no caminho correto, cheio de obras para serem entregues, com políticas públicas diferenciadas, enfim, “a Paraíba paga suas contas, consegue investir e continua evoluindo. Assim será também nessa nova etapa de governança que virá em 2019, com o governador João Azevêdo”.