Banheiros sujos, falta de água, sujeira no interior e fora do prédio, são motivos para reclamações constantes de quem passa ou trabalha no local; 

O terminal rodoviário de Araripina continua sendo alvo de muitas críticas. Banheiros sujos, falta de água, sujeira no interior e fora do prédio, são motivos de reclamações constantes tanto por parte de quem está de passagem, como de quem trabalho no local.

Nesta segunda-feira (05), o ouvinte ‘Rominho da Progresso’, participou do programa Araripina Urgente pela rádio Arari-FM e fez um desabafo sobre a triste situação em que se encontra a rodoviária da maior cidade do Sertão do Araripe.

“A rodoviária de Araripina só dava certo quando era entregue à Prefeitura. Na época de Bringel e Valdeir, o terminal era bem zelado, até sala vip com ar condicionado tinha lá”. Na época de São João, tinha sonfoneiro, entregavam a chave para os turistas que vinham curtir a festa na cidade. Tinha uma pessoa exclusivamente para fazer a limpeza e tudo era muito limpo”, frisou. 

Via: Roberto Gonçalves