Monthly Archives: março 2016

Quatro auxiliares do socialista pretendem voltar a Câmara Federal para participarem do processo de votação do impeachment contra Dilma (Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco)

O governador Paulo Câmara (PSB) admitiu que ainda não conversou com seus secretários que pediram para voltarem aos cargos de deputados federais e participarem do processo de votação de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff (PT). Em entrevista à imprensa, nesta quarta-feira (30), no Palácio do Campo das Princesas, o socialista afirmou que a decisão sobre a saída dos seus auxiliares é precipitada.
Os quatro secretários que foram eleitos para Câmara Federal e que trabalham no governo estadual são André de Paula (Cidades), Danilo Cabral (Planejamento e Gestão), Felipe Carreras (Turismo), e Sebastião Oliveira (Transportes).
“Acho que foi um pouco precipitado porque ainda tem um tempo para se decidir isso. Se houver mesmo à vontade deles, eles foram eleitos pelo povo, tem o direito de pleitear isso. Mais para frente à gente decide”, disse o gestor.
O Chefe do Executivo Estadual afirmou que a questão “é um ponto pequeno” diante da crise que assola Pernambuco e o País.
“Eu estou com tanta questão para definir, tanta questão para avançar, que acho que isso é um ponto pequeno em relação a todo o momento em que o país passa, que Pernambuco passa”, finalizou.

 

Análise de grampos de Lula ficam com STF, decidem ministros

 

 

mj

A maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) já votou pela remessa ao Supremo dos procedimentos relacionados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em que ocorreram interceptações telefônicas autorizadas. As gravações foram feitas no âmbito da Operação Lava Jato e autorizadas pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba. A data do julgamento do mérito da questão ainda não foi marcada.

Apesar de acompanhar o voto do relator Teori Zavascki de que o STF é competente para julgar se os grampos envolvendo a presidente Dilma e o ex-presidente Lula devem ficar no Supremo, o ministro Edson Fachin questiona se todos os processos ligados às gravações devem fazer parte da análise, antecipando sua opinião pelo desmembramento do processo quando for julgado o mérito. Assim como Fachin, o ministro Marco Aurélio Mello defende o desmembramento dos processos sobre o grampo, mesmo que o julgamento de hoje ainda não esteja avaliado o mérito.

O ministro do STF Teori Zavascki, relator do processo e autor da liminar que determinou a remessa dos processos dos grampos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Supremo, critica a forma “imediata” como as conversas foram divulgadas, inclusive, sem contraditório.

Ele adianta que vê como questionável a legalidade do próprio grampo entre Lula e a presidente Dilma Rousseff, já que o juiz Sergio Moro havia encerrado a interceptação, apesar de não ser o objeto a ser julgado hoje. Teori defende que o Supremo tem que julgar a instância onde devem ser analisados os grampos, porque, entre outros pontos, há citação de integrantes da Corte como a ministra Rosa Weber. O ministro elogiou a “eminente magistrada conhecida por sua honradez e retidão”.

Justiça manda PSB indenizar morador de casa atingida por avião de Eduardo Campos

 

campos

A 4ª Vara Cível da Comarca de Santos determinou que o PSB (Partido Socialista Brasileiro) e dois empresários deverão pagar uma indenização de R$ 7.500 por danos materiais ao proprietário do imóvel atingido na queda do avião em que estava o então candidato à presidência da República, Eduardo Campos, em agosto de 2014. Outras seis pessoas morreram no acidente.

De acordo com a sentença proferida na quarta-feira (30) pelo juiz Frederico dos Santos Messias ficou claro que os empresários detinham a posse e a exploração do avião mesmo que indiretamente, por serem responsáveis pela tripulação, pelo pagamento de seus salários e da hospedagem do comandante e copiloto durante as viagens de campanha.

“Já o partido detinha a exploração direta, pois o jato foi cedido para uso exclusivo da campanha. Ainda que se admita que a utilização do avião tenha sido oferecida de forma gratuita, através de doação de horas de voo, por certo que a aeronave era utilizada exclusivamente pelo PSB, que determinava a agenda de viagens e tinha alguma ingerência sobre a tripulação”, diz a decisão.

 

A ação inicial pedia o pagamento de R$ 15 mil em indenização, referentes aos danos causados ao imóvel e eletrodomésticos. Como o autor da ação é proprietário de metade do imóvel o juiz considerou que ele tenha direito a metade da indenização. Os réus ainda podem recorrer da decisão e o PSB disse que não vai se manifestar sobre o assunto, por enquanto.

 

 

 

Vicentinho prevê eleição muito difícil para candidatos ao Legislativo e profetiza que dos governistas, “uns três vão dançar”

 

 

 

Por André Luis

 

No Debate das Dez da Rádio Pajeú desta quinta-feira (31), o vereador Vicente Ferreira Zuza (Vicentinho), falou sobre o seu futuro político, sobre os trabalhos da Câmara, dos preparativos para as próximas eleições e também  sobre o comentário do blogueiro Júnior Finfa, que participando de um debate entre blogueiros, disse ter tido a informação de que Vicentinho seria um dos vereadores que não iriam se candidatar a reeleição, a partir de interpretação de fala do próprio vereador.

O vereador disse que foi muito questionado a partir da informação, mas que ao ficar sabendo ligou para o blogueiro afirmando que a informação não procedia. “Ele não teve a intenção de me prejudicar e nem eu me senti prejudicado. Acho que isso até ajuda, quando você é falado é lembrado e muita gente começou a me ligar. Tudo não passou de um mal entendido, com o disse me disse por ai, levou Finfa a chegar a essa conclusão”.

Vicentinho confirmou a sua candidatura a reeleição e disse que não poderia pegar uma história política de quatro eleições disputadas, e deixar em vão. “Acho que quem tem que decidir se eu permaneço na Câmara, ou não tem que ser os eleitores”.

Falando sobre as dificuldades que serão enfrentadas nas eleições deste ano, Vicentinho disse que todos os treze vereadores terão dificuldades em se reeleger. “Essas eleições serão diferente das outras, eu acho que essa ilusão de vereadores que estão naquela expectativa de dar estouro de votos não vai ser assim. Eu vou trabalhar com o pensamento de me eleger, agora essa questão de esbanjar apoio em votação. As eleições estão mudando”, disse.

Falando sobre a sua ida para o grupo de oposição do município, Vicentinho disse que os vereadores do bloco terão grandes dificuldades, mas que os da base governista também terão. Disse ainda que os nove vereadores que fazem parte da Frente Popular, não vão conseguir se reeleger todos. “Acho que uns três vão dançar”.

 
 
GLOBO PERDEU A BATALHA DA COMUNICAÇÃO: É GOLPE
 
Campanha de manipulação preparada pela Globo para tentar provar que “impeachment não é golpe por estar previsto na Constituição” fracassou; na noite de ontem, Jornal Nacional teve de exibir uma fala contundente da presidente Dilma Rousseff em que ela demonstra que um impeachment sem crime de responsabilidade não merece outro nome, a não ser golpe – o que também foi dito pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal; sem argumentos, restou à Globo tentar provar a validade da tese da advogada Janaina Paschoal, convertida em “jurista” pelos Marinho, de que “pedaladas fiscais” que ainda nem foram apreciadas pelo Congresso Nacional são motivos suficientes para afastar um presidente; nesse debate, a Globo também será derrotada
 
O grupo Globo de comunicação tinha um plano traçado: manipular a sociedade para que ela se convencesse de que o golpe jurídico-midiático de 2016, consubstanciado na palavra impeachment, não constitui um golpe de Estado travestido de legalidade porque o instrumento jurídico do impeachment está previsto na Constituição Federal.
 
Para isso, a Globo escalou seus editorialistas e repórteres para que buscassem fontes dispostas a repetir essa obviedade: se está na Constituição, não é golpe (leia maisaqui). A Globo só não disse que a mesma Constituição Federal impõe como pressuposto essencial de um processo de impeachment a existência se um crime de responsabilidade que possa ser atribuído à presidência da República no curso do seu mandato – o que no caso da presidente Dilma Rousseff inexiste.
 
No entanto, a Globo caiu na sua própria armadilha. Como seus argumentos são frágeis, foram desmontados na noite de ontem, em pleno Jornal Nacional, pela presidente Dilma. “Para o impeachment estar correto a Constituição exige que se caracterize crime de responsabilidade. É isto. Impeachment sem crime de responsabilidade é o que? É golpe. É essa a questão. Não adianta fingir que nós estamos discutindo em tese o impeachment. Nós estamos discutindo um impeachment muito concreto, sem crime de responsabilidade. Não adianta, não adianta discutir se o impeachment está ou não previsto na Constituição. Está sim. O que não está previsto é que sem crime de responsabilidade ele é passível de legalidade, de legitimidade. Não é. E aí o nome é golpe”, disse ela (assistaaqui a reportagem).
 
O que foi dito pela presidente também confirmado por ninguém menos que o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal. “Acertada a premissa, ela tem toda razão. Se não houver fato jurídico que respalde o processo de impedimento, esse processo não se enquadra em figurino legal e transparece como golpe”, afirmou. Mello disse ainda que um impeachment ilegal e ilegítimo, sem crime de responsabilidade, poderá até ser questionado por Dilma no próprio STF (leia mais aqui).
 
Como a estratégia de manipulação não vingou, a Globo se viu forçada a debater o mérito da questão. Por isso mesmo, a manchete do jornal O Globo desta quinta-feira é dedicada à tese da advogada Janaina Paschoal, convertida em “jurista” pelos Marinho, de que “pedaladas fiscais” que ainda nem foram apreciadas pelo Congresso Nacional são motivos suficientes para afastar um presidente.
 
Motivo fútil
 
O fato, porém, é que nesse debate, a Globo também será derrotada. O motivo principal: as contas da presidente Dilma Rousseff nem foram apreciadas pelo Congresso Nacional, que é quem tem o poder de julgá-las. Portanto, se o Congresso não deliberou sobre o tema, como pode uma comissão da Câmara, num processo de impeachment conduzido por Eduardo Cunha (PMDB-RJ), condená-la? Evidentemente, seria passar o carro na frente dos bois. Além disso, as tais “pedaladas” são práticas comuns a todos os governos estaduais.
 
Não custa lembrar que, no ano passado, o governador paulista Geraldo Alckmin, do PSDB, chegou a afirmar que se Dilma caísse por um motivo fútil como as pedaladas, todos os governantes estariam ameaçados (leia mais aqui).
 
Isso não significa dizer que a responsabilidade fiscal é um valor menor. Mas nada tem causado tantos danos à responsabilidade fiscal quanto a sabotagem golpista, de setores da oposição e da mídia, a um governo que assumiu seu segundo mandato disposto a promover um duro ajuste fiscal – e que só não o fez porque muitos apostaram no “quanto pior, melhor”. Nesse ambiente de caos, o País registrou déficit recorde em fevereiro, de R$ 23 bilhões. Ou seja: o golpe, que é o impeachment sem crime de responsabilidade, está custando muito caro ao País.
 
Assista, abaixo, o vídeo da presidente Dilma Rousseff, em que ela demonstra por que o impeachment que a Globo tenta promover no Brasil é golpe:

imagem

Como a politica é muito dinâmica e muda como uma nuvem, os políticos se deslocam facilmente como uma pedra de xadrez no tabuleiro. O senador e ex-ministro de Dilma, Fernando Bezerra Coelho (PSB), que até ontem estava indeciso, como seu filho o dep. federal Fernando Bezerra Filho (PSB), sobre o afastamento da presidente Dilma, poderão estar de volta à base do governo federal, independentemente da orientação do governador Paulo Câmara (PSB), segundo informações dos bastidores da politica.

Fernando Bezerra já estaria mantendo conversas que foram aceleradas com o ex-presidente Lula e o ministro Jaques Wagner depois da decisão de Julio Lóssio. As conversas são no sentido de preencher as vagas deixadas pelo PMDB e o PP que se encontra indeciso do o processo de afastamento de Dilma o PP controla o Ministério da Integração e comando da CODEVASF em Petrolina órgão estratégico para  base do grupo do senador.

Caso essa aproximação se confirme, FBC se fortaleceria também no campo das eleições municipais em Petrolina, já que o prefeito Julio Lossio fez a opção pelo o afastamento da presidente Dilma seguindo o seu aliado, o vice-presidente Michel Temer (PMDB).

 

PF no RS identifica suspeitos de ameaças a ministro Teori Zavascki

 

27fev2014---o-ministro-teori-zavascki-confirmou-as-expectativas-e-considerou-em-sessao-na-manha-desta-quinta-feira-27-no-stf-supremo-tribunal-federal-que-as-acusacoes-de-formacao-de-quadrilha-1393510540954_1200x864

Alguns dos crimes foram cometidos no RS, onde o magistrado reside.
Ele recebeu comentários ofensivos nas redes sociais e por e-mail, diz a PF.

Do G1

A Polícia Federal identificou suspeitos de usar a internet para ameaçar e cometer injúria contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki. Alguns dos crimes foram cometidos no Rio Grande do Sul, onde o magistrado reside e onde ele representou pela investigação. A corporação não informou detalhes da investigação.

Segundo a PF, o inquérito para investigar se Teori foi vítima de ameaça e injúria foi instaurado na última quinta-feira (24). Por meio de nota, a corporação informou que comentários ofensivos e intimidadores foram publicados em redes sociais e também enviados por e-mail.

As ameaças tiveram início após o ministro determinar, na terça-feira (22), que o juiz federal Sérgio Moro envie para o STF as investigações da Operação Lava Jato que envolvem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

Em Porto Alegre, um grupo de manifestantes deixou uma faixa em frente ao prédio onde vive o ministro em Porto Alegre. “Deixa o Moro trabalhar”, dizia a faixa criticando a decisão de Zavascki e, ao mesmo tempo, apoiando o trabalho do juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal do Paraná, onde são conduzidas as investigações da Operação Lava Jato. A mensagem foi retirada do local durante a manhã desta quarta-feira (23).

ONU FAZ APELO POR FIM DA CRISE POLÍTICA NO BRASIL

 

imagem

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki Moon, fez nesta quarta-feira, 30, um apelo para que a crise política do Brasil seja solucionada de maneira “harmoniosa”.

“Por enquanto, esse é um problema político doméstico. Mas o Brasil é um país muito importante e qualquer instabilidade política no Brasil é uma preocupação social para nós”, disse Ban Ki Moon, em Genebra. “Peço que os líderes adotem soluções harmoniosas e tranquilas”, declarou. “Sei que é um desafio que o país vive. Mas acho que vão conseguir superar “, disse.

Em um apelo direcionado ao governo federal e aos demais partidos políticos, a Organização das Nações Unidas disse esperar que os agentes públicos brasileiros “cooperem totalmente” com as autoridades judiciárias, mas alertou que o Judiciário deve atuar com “escrúpulos, dentro das regras do direito doméstico e internacional, evitando adotar posições político-partidárias.”

“Estamos preocupados com a possibilidade de que um círculo vicioso possa estar sendo desenvolvido que acabe afetando a credibilidade tanto do Executivo como do Judiciário”, disse Rupert Colville, porta-voz da ONU. (247)

 

 

Dilma: ‘Se fazem isso contra mim, o que não farão contra o povo?’

 

dilma

Sob muitos gritos de “não vai ter golpe”, foi lançada nesta quarta-feira (30) a terceira fase do programa Minha Casa, Minha Vida. O lançamento, no Palácio do Planalto, teve clima de comício e acontece um dia depois de o PMDB, maior partido do Congresso Nacional, oficializar sua saída da base aliada.

“A democracia é um direito que nós conquistamos. Não caiu do céu. Ela foi conquistada com muito empenho e grande participação de todos nós brasileiros e brasileiras que ao longo dos anos resistimos, metabolizamos e no fim engolimos a ditadura. A Constituição de 1988 tem de ser honrada porque reflete nossas lutas”, afirmou a presidente. “Não existe essa conversa: ‘Não gosto do governo, então ele cai’. Impeachment está previsto na Constituição. Mas é absolutamente má-fé dizer que todo impeachment está correto. Para isso, precisa haver crime de responsabilidade. Impeachment sem crime de responsabilidade é o quê? É golpe.”
 
Ela também criticou a intolerância atual. “Se fazem isso contra mim, o que não farão contra o povo?”
 
“Não agridem a mim simplesmente. Não é só a mim que pretendem atingir. Eu lamento que se crie na sociedade brasileira um clima de intolerância e ódio. Eu acho que isso é imperdoável. O Brasil é um país que gosta do diálogo, do convívio. Ora, ressentimento, preconceito é algo que tínhamos passado ao largo apesar do preconceito contra os negros do nosso país. Que temos de enfrentar.”

Dilma rebateu ataques ao programa assistencial e a campanhas lançadas contra o governo. “Os tributos são fundamentais para o povo não pagar o pato. Temos orgulho de subsidiar porque sabemos que a conta do bolso do trabalhador brasileiro, dos quilombolas, não fecha”, afirmou Dilma, criticando, sem citar nomes, campanha lançada pela Fiesp sobre impostos. A entidade apoia o impeachment de Dilma.

Antes dela, discursaram líderes de movimentos sociais. A fala mais dura foi de Guilherme Boulos, coordenador do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto). “O impeachment em si não é golpe. Mas sem crime de responsabilidade e conduzido por um bandido na presidência da Câmara é golpe, sim. Não tem legitimidade”, disse, citando o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Ele também afirmou que “estamos e estaremos nas ruas para resistir a esse golpe”. “Isso [golpe] não funciona mais hoje. Não funcionará e é por isso que dizemos: vai ter luta, vai ter resistência. Não passarão com esse golpe de araque no Brasil.”

“Pode gemer, pode chorar. A Dilma fica e o Lula vai voltar”, entoaram integrantes de movimentos sociais ligados ao direito a moradia. Eles também gritaram palavras de ordem contra a Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), o vice-presidente Michel Temer (PMDB) e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). “Fiesp, golpista. Temer, golpista. OAB, golpista. Sérgio Moro, golpista”, eram frases usadas pelos militantes.

Outro que foi alvo dos militantes foi o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Em diversos momentos antes do lançamento, os militantes gritaram: “Fora, Cunha”. Entre os movimentos sociais que participaram do evento estão MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto), FNL (Frente Nacional de Luta Campo e Cidade) e MNLM (Movimento Nacional de Luta pela Moradia).

 

Entre os ministros presentes ao evento estavam Marcelo Castro (Saúde), Celso Pansera (Ciência e Tecnologia) e Kátia Abreu (Agricultura), todos do PMDB. A ida ao evento acontece um dia depois de o diretório nacional do PMDB ter decidido, por aclamação, a saída do partido da base governista. Segundo o vice-presidente do partido, Romero Jucá (RR), filiados ao partido não podem mais ocupar cargos no governo. Mesmo assim, pelo menos esses três de seis ministros do PMDB dão demonstrações de que querem permanecer no governo.

SÁVIO TORRES TEM CONTAS DE 2011 APROVADAS PELO TCE-PE

 

SAVIO

O Pleno do Tribunal de Contas de Pernambuco – TCE-PE, julgou nesta quarta-feira (30) o recurso e aprovou as contas relativas ao ano de 2011, do ex-prefeito de Tuparetama, Sávio Torres (foto).

 

Com esse resultado, dos 8 anos de gestão, só falta ser aprovada as contas de 2007, tendo o ex-prefeito, documentos suficientes para sua aprovação.

Filha de vereador de município na Mata Sul de PE desaparece, diz família

 
 
(Foto: Reprodução/Facebook)
 
Filha de vereador de município na Mata Sul de PE desaparece, diz família
 
Adolescente desaparecida em Palmares foi vista na rodoviária em um ônibus para Caruaru 
 
Está desaparecida desde a segunda-feira (28) a adolescente de 15 anos Bruna Tayane Santana, filha do vereador de Palmares, Abraão José dos Santos – conhecido como Abraão Machante. A merendeira Edineide Santana, mãe da jovem, informou nesta quarta-feira (30) que a filha “vinha mantendo contato com uma mulher por telefone”.
 
De acordo com a mãe, Bruna teria conhecido essa mulher – que morava no Recife – via internet. Edineide contou que no mesmo dia em que a filha desapareceu, registrou a ocorrência na Delegacia de Polícia Civil do município.
 
“Eu estava trabalhando quando ela saiu de casa. Os vizinhos me informaram que ela estava com uma bolsa e foi para a rodoviária com destino a Caruaru. Desde então ninguém a viu mais”, explicou a merendeira.
 
“Até o momento, ninguém da polícia me deu retorno. Estou pedindo para que as pessoas compartilhem as fotos da minha filha e liguem para a delegacia, caso saibam de alguma coisa”, pediu a mãe. 
 

 

TCE julga irregular contratação de 218 servidores em 2 prefeituras do Sertão

http://nilljunior.com.br/blog/wp-content/uploads/2014/11/DSC_0277.jpg

As contratações temporárias de 218 servidores nos municípios de Iguaraci e Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, foram julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). As admissões foram julgadas pelas primeira e segunda câmaras do órgão, em sessão realizada na última terça-feira (29).

A prefeitura de Arcoverde através da assessoria informou por meio de nota que “as nomeações não estão mais em vigor, porque os funcionários concursados já assumiram os cargos”. A nota informou ainda que “o município vai recorrer e vai postular reforma da decisão do Tribunal de Contas do Estado”. A prefeitura de Iguaraci não enviou resposta até a publicação desta matéria.

De acordo com a assessoria do TCE, em Iguaraci, a irregularidade está nas admissões de 135 servidores em 2013. Segundo o conselheiro substituto Ricardo Rios, relator do processo na primeira câmara, não houve realização de concurso público, conforme determina a Constituição Federal.

Rios disse ainda que houve desobediência – por parte da administração pública – aos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. O relator explicou que apesar da defesa apresentada pela prefeitura, ele determinou a nulidade das contratações.

Em Arcoverde, a segunda câmara do TCE julgou irregular as contratações temporárias de 83 profissionais para atuar nas áreas de saúde para os cargos de médicos, nutricionistas, enfermeiros e dentistas. De acordo com o conselheiro substituto Marcos Nóbrega, as admissões foram realizadas no ano de 2014. Para ele, a não realização de concurso público feriu os limites da LRF no que se refere a despesas com pessoal.

 

Mais uma denúncia contra a falta de assistência no Hospital Dom Malan (HDM/Imip), em Petrolina choca a população. Nesta terça-feira (28), uma mãe deu à luz sozinha em cima de uma maca no hospital e viu seu filho morrer após cair do equipamento.
De acordo com a tia do pai da criança, Cláudia Rodrigues, a mãe da criança, Jackeline Pereira, de 34 anos, sentiu as contrações durante a madrugada e procurou ajuda no Hospital, mas acabou dando à luz sozinha, sem assistência alguma.
“Quando ela chegou lá, a mãe dela arrumou uma cadeira de rodas e ela sentou e ficou lá sofrendo com as dores. Quando foi pela manhã ela já não aguentava mais gritava pedindo socorro, mas não apareceu nem um médico ou enfermeira para ajudá-la”, conta a familiar.
Ainda de acordo com a tia, a única companhia da paciente era sua mãe e quando a mesma saiu para pedir ajuda a criança acabou nascendo sozinha e caiu da maca quebrando o pescoço. “Quando a mãe dela saiu para pedir ajuda a criança saiu do ventre e caiu da maca, teve afundamento do crânio e quebrou o pescoço. Muita falta de vergonha para a saúde pública”, disse.
Após o ocorrido, a família pretende acionar o Ministério Público para pedir investigação sobre o caso. “Vamos entrar com uma ação no Ministério Público para exumar o corpo e comprovar que a criança morreu por causa da queda. No laudo, diz que a criança morreu por falta de oxigênio no cérebro, mas o médico que assinou o laudo nem estava lá depois chegou perguntando a enfermeira o que tinha acontecido e fez um laudo lá”, finalizou Cláudia em entrevista a Marco Aurélio na rádio Jornal Petrolina.

Em nota, a direção do HDM/Imip informou apenas que a criança já estava morta quando a mãe deu entrada no hospital e que os médicos deram toda a assistência à paciente. (Fonte:Carlos Britto)
Peritos afirmam que a menina não foi morta no local onde foi encontrada.
 
Do G1
A perícia que investiga a morte de Beatriz Angélica Mota aponta que ao menos cinco pessoas estão envolvidas no crime. Segundo a Polícia Civil, que na terça-feira (29) apresentou novas informações sobre o caso, o assassinato da menina de 7 anos foi premeditado, e os suspeitos conheciam a escola onde ela estudava.
 
No dia do crime, Beatriz estava acompanhada do pai e professor da instituição, Sandro Romilton; da mãe, Lúcia Mota, e da irmã mais velha, que estava entre os formandos. O corpo foi encontrado cerca de 40 minutos depois que a criança saiu de perto da mãe para beber água e não voltou mais.
Desde o dia do crime, as informações colhidas pela polícia estavam sob sigilo para não atrapalhar o andamento das investigações.
 
Suspeitos
 
Segundo o delegado responsável pelo caso, Marceone Ferreira, e o perito criminal Gilmário Lima, quatro homens e uma mulher foram identificados e podem estar envolvidos na morte de Beatriz.
 
Um dos homens aparece nas imagens da cobertura oficial do evento, visivelmente nervoso, perto do horário do crime. Outro negou ter estado dentro da quadra, mas imagens da festa mostram o contrário. O terceiro suspeito pediu para não trabalhar dentro da quadra no dia da formatura e disse à polícia que não esteve em momento algum no local, mas testemunhas o viram na festa.
 
 
O quinto suspeito, um vigilante, foi visto entrando em uma sala vazia, onde ficou cerca de 1h40, quando deveria estar em outro setor. “Esse personagem ficou dentro dessa sala e só saiu quando o crime certamente já havia acontecido. Ele teve uma atitude realmente inexplicável. Ele tinha inclusive a função de vigilância da escola e estava na verdade dentro de uma sala, no momento que o crime aconteceu”, disse Marceone.
 
 
A polícia ainda suspeita de uma mulher que aparece nas imagens seguindo em direção à área onde o corpo foi achado. De acordo com o delegado, todos os suspeitos mentiram ou caíram em contradição nos depoimentos.
 
Sobre a identidade dos cinco, Marceone disse que não pode adiantar informações, mas enfatizou que os envolvidos conheciam o colégio. “São personagens que preferimos não identificar inicialmente. Mas, são pessoas de dentro da escola. Gostaria de fazer uma ressalva de que uma coisa é um funcionário eventualmente ter participado, ou sabia ou está com medo de falar o que sabe, uma coisa é o funcionário ter envolvimento com a situação outra coisa é a escola. Mas, esses personagens são pessoas que trabalham na escola”, esclareceu o delegado.

Brasília - Deputados trocam insultos e acusações ao final da reunião da comissão especial da Câmara que analisa o pedido de impeachment da presidenta Dilma (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Terminou em tumulto a reunião da comissão especial da Câmara que analisa o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Houve bate-boca e um princípio de agressão física entre deputados. O presidente do colegiado, deputado Rogério Rosso (PSD-DF) foi acusado de manobrar a reunião a pedido do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para favorecer os parlamentares favoráveis ao impeachment.

A confusão começou após Rosso encerrar a reunião pouco depois da exposição dos advogados e autores do pedido de impeachment, Miguel Reale Junior e Janaína Paschoal, sob a justificativa de que a pauta de votações no Plenário havia começado e que o regimento da Casa determinava o encerramento dos trabalhos das comissões.

A atitude provocou a indignação de deputados que queriam fazer perguntas aos convidados. Alguns reagiram e acusaram Rosso de quebrar um acordo feito hoje de manhã com líderes partidários de que a reunião prosseguiria mesmo após a abertura das votações no Plenário, por se tratar de uma audiência pública. “Líderes e demais integrantes da comissão terão três minutos para indagações”, disse Rosso após a reunião que definiu as regras para os depoimentos.

O líder do PSOL, Ivan Valente (SP), lembrou do acordo e disse que a ordem do dia no Plenário já havia começado desde as 15h. “Ele [Rosso] prometeu que todos os líderes e todos os membros da comissão falariam. De repente, ele recebe uma ordem do Eduardo Cunha e suspende a sessão, cancela a fala dos líderes e de todos os deputados. Isso é antidemocrático e ele perdeu a palavra. Ele não tem mais autoridade na presidência dessa comissão”, disse Valente. “É manobra, é golpe”, criticou.

Em resposta, Rosso disse que obedeceu as regras da Câmara. “Temos que cumprir o regimento. Não pode ter funcionamento de comissão enquanto há ordem do dia.”

Durante o bate-boca, houve um princípio de agressão envolvendo Ivan Valente e o tucano Caio Nárcio (PSDB-MG), que começaram a se empurrar e tiveram que ser separados. “Eu me virei para as câmeras para explicar que a reunião podia continuar, porque a ordem do dia só impede que as comissões deliberem, votem, e o deputado Caio Nárcio começou a me provocar e gritar atrás de mim”, disse Valente, que admitiu ter dado “um chega pra lá” em Nárcio.

Para o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), o tumulto poderia ter sido evitado se Rosso tivesse mantido a reunião. “Na medida em que o presidente faz esse acordo e ele não cumpre, vários líderes estão inscritos e não falam, ele provoca essa situação, o que caracteriza o cerceamento da defesa, ele rompe o acordo que assumiu com os líderes de todas as bancadas e provoca essa instabilidade que cria essa situação lamentável para o Parlamento, para o Brasil e que não é boa para ninguém”, disse.

Segundo o deputado Paulo Teixeira (PT-SP), a manobra serviu para evitar que integrantes da base aliada pudessem elaborar questões de ordem sobre os trabalhos da comissão. Desde a abertura da reunião, deputados governistas tentaram apresentar questões de ordem, mas foram interrompidos por Rosso com a promessa de que poderiam fazê-lo após as falas dos líderes. “Ele encerrou, rompendo o acordo que fizemos de que ele [Rosso] receberia a reclamação por não ter respondido a questão de ordem em relação a ilegalidade do prazo de defesa”, disse.

A questão formulada por deputados da base aliada pede que a contagem do prazo para a defesa de Dilma seja reaberta. Eles argumentam que Dilma deveria ser notificada novamente a respeito do processo, uma vez que foi retirada da denúncia a parte relativa à delação premiada do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS).

Segundo Teixeira, Rosso evitou receber a reclamação para não ter que responder à questão de ordem. “Como foi aditado um documento ilegal, ele deveria ter sido desentranhado e nova notificação deveria ser feita, além da recontagem de prazo. Formulamos essa questão na primeira reunião da comissão e, lamentavelmente, esta é mais uma sessão em que ele não responde a essa questão de ordem”, criticou Teixeira.

 

 No dia desta segunda feira 28, o músico Recifense José Carlos da Silva, conhecido como Zeca Silva, teve sua residência arrombada e invadida pelo acusado R.S. de 24 anos, na Rua Riacho dos Campos, na Vila da Caixa Econômica no Bairro de Carnaíba Velha, em Carnaíba.
Segundo informações da testemunha, o meliante invadiu a residência furtando uma bicicleta e ainda danificou moveis e pichou paredes internas da residência, móveis e colchões, inclusive com desenhos obscenos. A Guarnição Tática da Policia Militar foi informada e conseguiram capturar o causado, sendo encaminhado para a Delegacia de Policia Civil onde prestou depoimento e mesmo em flagrante, foi liberado após ser ouvido. o que revolta a vitima. 
 
O ladrão ainda revirou guarda roupas e caixas deixando um montante de produtos e roupas espalhados pela casa.
Zeca Silva, que decidiu sair da violenta Recife, decidiu escolher Carnaíba para viver devido a paz que a cidade oferecia. Acabou fixando residência onde já residia há dois anos e no dia 29 de Outubro de 2015, recebeu o Título de Cidadão Carnaibano cedido pela Câmara de Vereadores de Carnaíba.
 A revolta maior é que o acusado foi reconhecido, apreendido pela Policia Militar e liberado em seguida na Delegacia de Policia. 
De quem é a culpa?
O governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria de Segurança do Estado não nomeia um delegado titular para Carnaíba, tendo que doze (12) cidades do Pajeú ter que ser atendidas na Delegacia de Plantão de Afogados da Ingazeira.
O cidadão honesto que paga seus impostos e trabalha para ter seus objetivos conquistados é quem acaba pagando o preço!
Com a palavra a Secretaria de Segurança do Estado de Pernambuco!
Por Cauê Rodrigues

:

Quatro secretários estaduais do Governo de Pernambuco devem pedir demissão para reassumirem seus mandatos de deputados federais e voltar à Câmara com um único e claro objetivo: votar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff; são eles: Danilo Cabral (Planejamento), Felipe Carreras (Turismo) e André de Paula (Cidades); já o secretário dos Transportes, Sebastião Oliveira (PR), aguarda posição da direção nacional do partido; após cumprirem “a tarefa” avalizada pelo governador Paulo Câmara (PSB), eles deverão retornar aos seus respectivos cargos

 Zé Marcos e o Prefeito Romério estariam unidos para derrotar Evandro em São José do Egito ?

 

 

Foto: Arquivo
 

O ex-deputado José Marcos (PR) reaproximou-se do prefeito de São José do Egito, Romério Guimarães (PT), a quem apoiou em 2012. Ele se queixa da “falta de gestos” do prefeito, que raramente o procura para tratar das questões locais. Mas tem consciência de que se o grupo dividir-se favorecerá a volta do ex-prefeito Evandro Valadares (PSB). Na reunião que aconteceu no início desta semana foi reafirmado o compromisso entre o ex-deputado e o prefeito que uma pesquisa até o meio do ano definirá o candidato do grupo. Jose Marcos conta com apoio maior de vereadores e lideranças do que o Dr. Romério e acredita que fará um clássico nas urnas contra Evandro Valadares

Chuva no Sertão: mais de 215 milímetros registrados em São José do Egito

 

Imagens da chuva em São José do Egito enviada por Fabrício Ferreira ao blog, aós compartilhada nas redes sociais. Cidade foi uma das recordistas de chuva.

Imagens da chuva em São José do Egito enviada por Fabrício Ferreira ao blog, aós compartilhada nas redes sociais. Cidade foi uma das recordistas de chuva.

Em Brejinho, foram 213 mm. Segundo IPA, é o maior volume da história desde que o índice começou a ser aferido

A chuva voltou a cair na região sertaneja. Choveu em municípios como Tabira, Ingazeira, São Jose do Egito, Itapetim, Solidão e Afogados da Ingazeira. Até 22h, Itapetim já registrava mais de 90 mm de chuva.

Em São José do Egito, a chuva tomou as ruas da cidade, com forte enxurrada. Informações falam de mais de 200 milímetros registrados na cidade. Uma tromba dágua, maior que o recorde no Pajeú, que era de 141 milímetros em Ingazeira, há cerca de 15 dias.

As ruas mais pareciam rios, com a água invadindo casas e lojas, derrubando uma residência e provocando medo nas famílias. No Bairro Pajeú ninguém sabia o que era Praça, calçadas ou ruas, tudo coberto pelas águas. Ainda não se sabe se alguém ficou ferido.

População observa enxurrada em São José do Egito

População observa enxurrada em São José do Egito

Em Itapetim a chuva atingiu 180,5 mm. De acordo com o IPA as chuvas de São José do Egito e Itapetim estão entre as maiores da história, inclusive fazendo sangrar a Barragem de Caramukuqui, e deixando meia a barragem de Mãe Dágua. Já tem água correndo no Rio Pajeú.

Em Afogados foram 58 mm Ainda houve registros em Carnaíba (45mm), Caldeirão Dantas de Tabira (127 mm), Ibitiranga (35 mm), São José do Egito (215 mm), Sito Riacho Fundo de Carnaíba (78 mm), Quixaba (81 mm), Passagem da Cobra, município de São José do Egito (100mm), Sitio Encruzilhada de Afogados, com 29 mm, . Há registro de muita chuva também em comunidades como Carnaubinha e Carnaúba. A apuração foi do programa Rádio Vivo, esta manhã.

Choveu ainda em outras áreas sertanejas. Há registros em Serra Talhada, Salgueiro, Iguaracy e Sertânia. Aliás, hoveu em boa parte do estado. Motoristas que passaram pela BR 232 entre as 19h e meia noite registraram fortes chuvas em todas as regiões do Estado.

Ruas pareciam rios

Ruas pareciam rios

 

2- Brejinho: 213 mm
3- Itapetim: 180 mm
4- Triunfo: 123,1 mm
5- Serra Talhada: 117,1 mm
6- Tuparetama: 90 mm
7- Flores: 87,4 mm
8- Quixaba: 81 mm
9- Afogados da Ingazeira: 55 mm
10- Solidão: 52,7 mm
11- Ingazeira: 50 mm
12- Carnaíba: 45 mm
13- Tabira: 40 mm
14- Iguaracy: 16,2 mm
15- Calumbi: 9 mm
16- Santa Terezinha: 124 mm
17- Santa Cruz da Baixa Verde: 19 mm

AÇUDE SÃO JOSE II-S.J.EGITO AGORA CEDO (JAIR SOM)

BARRAGEM MACAMBIRA S.J.EGITO

LOTEAMENTO EM S.J.EGITO

RIO PAJEU EM TUPARETAMA

BARRAGEM DE CARAMUCUQUI-ITAPETIM

 

BARRAGEM DO DISTRITO  PIEDADE, MUNICIPIO DE ITAPETIM

 

 

 

Sidney Rezende trabalhou durante 20 anos para as Organizações Globo. (Foto: Divulgação)

Sidney Rezende trabalhou durante 20 anos para as Organizações Globo. (Foto: Divulgação)

Redação VN
redacao@varelanoticia.com.br

O jornalista Sidney Rezende, de 57 anos, abriu o jogo e falou pela primeira vez sobre a sua demissão do canal GloboNews, em novembro de 2015, após publicar um texto que criticava a obsessão dos jornalistas por notícias ruins e pela aposta no impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) como “único caminho para a redenção nacional”.

Durante uma premiação dos melhores do Carnaval do Rio de Janeiro, no último final de semana, ele disse que a emissora está “extrapolando os seus limites” e “impedindo que as expressões populares do nosso país funcionem de uma maneira mais clara”. “A Globo não é dona do Brasil, a Globo não é dona do Carnaval, a Globo não é dona do futebol”, bradou, propondo um “questionamento de competência” da emissora.

Rezende afirmou que, como detentora da transmissão, a Globo tem todo o direito de exigir um bom espetáculo. No caso do Carnaval, pode determinar quantas câmeras e quantos microfones captarão a transmissão, mas não impor o ritmo e o tempo do desfile, como vem gestando nos bastidores. As declarações foram divulgadas pelo Notícias da TV.

Sidney Rezente trabalhou para as Organizações Globo por mais de 20 anos e foi um dos fundadores da GloboNews e do modelo de programação da rádio CBN. O contrato dele com a empresa venceu neste domingo (28) e, por isso, somente agora ele pôde se manifestar sobre o caso.

 

Humorista e vereador Marco Antônio Ricciardelli (PTB), o Marquito, é investigado pelo Ministério Público
 
Marco Antônio Ricciardelli, o humorista, e também vereador, Marquito (PTB), está sendo investigado pelo Ministério Público por suspeita de envolvimento em um esquema ilegal. 
 
Segundo informações do Estadão Conteúdo, funcionários que trabalham no gabinete de Marquito estão sendo obrigados a devolver parte dos salários para o parlamentar. Até agora, dois ex-funcionários de Marquito prestaram depoimento ao MP.
 
Um dos ex-funcionários disse que foi nomeado como assessor parlamentar de Marquito em fevereiro de 2013, com salário de R$ 8.000, e no primeiro pagamento foi obrigado a devolver metade do que ganhou, por ordem do chefe do gabinete e advogado de Marquito, Edson Roberto Pressi, que também está sendo investigado
 
Segundo o promotor de justiça que investiga o caso, Cassio Conserino, há indícios de peculato (apropriação de bem ou de dinheiro público para fins particulares) e, também, de improbidade administrativa: “A investigação, que ainda está no começo, não se resume a declarações apenas. Já há um conjunto de provas materiais que vão desde extratos bancários com os saques na boca do caixa de valores altos para supostamente repassar ao vereador a vídeos que registraram o tal pedido. Os fatos são graves”, declarou Conserino.
 
Procurado pela equipe do Estadão Conteúdo, Marquito não quis falar sobre a investigação. O humorista deve ser intimado para depor nos próximos dias.

 

 
Homens roubam R$ 300 mil de comerciantes em em Santa Cruz da Baixa Verde
 
Na tarde desta segunda-feira (28), por volta das 15h30, dois homens, em motocicleta, de características não anotadas, assaltaram um motociclista que fazia serviço de transporte de valores dos comerciantes da cidade de Santa Cruz da Baixa Verde, Sertão de Pernambuco.
 
Segundo a vítima, dois elementos de moto, um deles armado de pistola, nas proximidades da residência de Geraldo de “Biinha” na PE-365, o abordaram e anunciaram o assalto, tomando todo o dinheiro que ele conduzia, cerca de R$ 300.000,00, dinheiro pertencente aos comerciantes da cidade de Santa Cruz da Baixa Verde; em seguida, subiram na garupa de sua moto, obrigando-o a seguir até a estrada de que da acesso ao SESC, próximo ao Motel Pica-Pau, liberando-o com a sua moto, porém, levando a chave da mesma. Após a prática do assalto os meliantes fugiram, tomando destino ignorado.
 
O efetivo policial realizou diligências por diversos lugares onde os elementos pudessem se encontrar, porém, sem êxito. A vítima foi orientada a procurar a Delegacia de Policia Civil e prestar queixa do ocorrido.
 
Via Nayn Neto

 

Pernambuco registra mais de 1,8 mil casos de microcefalia

http://www.fortenanoticia.com.br/Public/arquivos/7a4db92757081c88494abf57a20d0d0d.jpg?w=728

O número de casos de microcefalia registrados no estado subiu para 1.829 nesta semana. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, 728 atendem aos parâmetros da Organização Mundial de Saúde para microcefalia, o equivalente a 39,8% dos casos. Os dados consideram notificações entre 1º de agosto de 2015 e 26 de março de 2016.

Já foram registrados 24 casos de bebês natimortos e 21 que vieram a óbito logo após o nascimento, mas nenhum dos casos teve microcefalia como causa básica de morte.

Em Pernambuco, o Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães/Fiocruz, na Universidade Federal de Pernambuco, confirmou 99 casos de microcefalia relacionados ao vírus zika por detecção do anticorpo IgM no líquido cefalorraquidiano. Os reagentes foram fornecidos pelo Centro de Controle de Doenças dos EUA (CDC). Outros 31 casos deram negativos e 2 inconclusivos, totalizando 127 testes realizados.

Sintomas
Desde que a notificação de casos de gestantes com exantemas foi tornada obrigatória, no período de 2 de dezembro de 2015 a 26 de março de 2016, 131 municípios notificaram 3.438 casos de gestantes com esse quadro clínico. Desse total, apenas 18 gestantes foram detectadas com microcefalia intraútero.

 

 

 

 
Após 8 anos, defesa quer anular júri do caso Isabella; avô é investigado
 
Nenhum comentário em Após 8 anos, defesa quer anular júri do caso Isabella; avô é investigado
 
caso Isabella completa oito anos nesta terça-feira (29) sem um desfecho. Isso porque a defesa do casal Nardoni ainda aguarda a Justiça julgar um último recurso que pede a anulação do júri que condenou o pai e a madrasta da menina pelo assassinato dela. Além disso, a Polícia Civil abriu recentemente um novo inquérito para apurar se o avô paterno da criança também teve participação no crime.
 
Isabella tinha 5 anos de idade quando foi encontrada morta no jardim do Edifício London, na Zona Norte da capital, na noite de 29 de março de 2008. Para a acusação, a madrasta asfixiou a criança, após discutir com ela, e o pai a jogou da janela do sexto andar do prédio. Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá sempre negaram o homicídio. Sustentavam que um invasor, que nunca foi identificado, matou a menina.
 
Em entrevista ao G1, o advogado Roberto Podval, que defende o casal, afirmou que aguarda o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar o pedido para que seus clientes tenham um novo julgamento.

 

TJPE julga inconstitucional o pagamento dos quinquênios dos servidores municipais de Afogados da Ingazeira

http://blog.euvoupassar.com.br/wp-content/uploads/2013/02/Edital-anuncia-data-da-1%C2%AA-etapa-do-concurso-para-juiz-substituto-do-TJPE.jpg

Do Afogados On-line

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) julgou inconstitucional o pagamento dos quinquênios dos servidores da Prefeitura de Afogados da Ingazeira. Essa batalha já se arrastava há vários anos, desde que um grupo de servidores entrou na Justiça para ter o direito de receber os quinquênios e que tiveram o pedido deferido em Primeira Instância.

A Associação dos Professores Municipais também entrou na Justiça e obtiveram êxito na Primeira Instância, sendo que o Procurador do município recorreu ao TJPE e durante sessão de julgamento, foi decidido que o pagamento dos quinquênios é inconstitucional. A advogada da Associação dos Professores Municipais de Afogados da Ingazeira, Renata Tattiane, disse que mesmo tendo sido julgado inconstitucional, conseguiram manter o pagamento dos quinquênios aos servidores ativos e inativos que já vinham recebendo e que também receberão o retroativo.

Resumindo, tudo isso significa que, quem entrou na Justiça e teve ganho de causa vai permanecer recebendo e quem não entrou na Justiça, agora não há mais o que fazer. 

Inscrições para Concurso Público da Prefeitura de Salgueiro encerraram-se com mais de 5 mil inscritos

 

02

As inscrições para o Concurso Público da Prefeitura de Salgueiro se encerraram na última quarta-feira (23) e do total de cinco mil inscritos, foram efetivados 3178, sendo concedidas 811 isenções de taxas para os membros de família de baixa renda inscritos no Cadastro Único – CadÚnico do Governo Federal.

Os candidatos concorrerão no próximo dia 17 de abril, a 145 vagas em cargos de níveis médio, técnico e superior com remunerações iniciais que variam entre R$ 1.045,15 e R$ 8.894,36, além das gratificações.

O maior número de inscritos foi para o cargo de professor de educação infantil e ensino fundamental no primeiro distrito. Nesse caso, concorrerão a 43 vagas, 704 inscritos. Na ordem, as mais concorridas foram às vagas para enfermeiro, com 514 inscritos; auxiliar de enfermagem, com 435; auxiliar bucal, com 164; assistente social lotado na Secretaria de Desenvolvimento Social, com 156; assistente social lotado na Secretaria de Saúde, com 148; técnico de controle interno, com 130 e psicólogo com 114.

Pessoas com deficiência têm os dias 6 e 7 de abril para interpor recursos sobre a análise de atendimento especial e, em 8 de abril, serão divulgados os locais onde as provas serão aplicadas, no site da empresa realizadora do concurso (http://makiyama.net.br/Ckm/Home/DetalhesConcurso/214).

Esse é o terceiro concurso realizado nas duas gestões do prefeito Marcones Libório de Sá. Os dois primeiros foram em 2010 e 2012 e todos os aprovados, dentro das quantidades de vagas oferecidas, foram convocados.

De acordo com Libório, o concurso público é uma forma democrática de renovação de quadro que impacta em diversos setores. “Primeiramente, é um incentivo à educação porque as pessoas têm uma motivação para se qualificarem; a outra questão é que, pelo menos, momentaneamente, dá uma equilibrada na questão previdenciária e, o principal, é, sem dúvida, a melhoria dos serviços prestados à população”, explicou.

Vagas 2016

As vagas de nível médio e técnico são para os cargos de Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Saúde Bucal e Técnico de Laboratório.

Já para o nível superior, serão oferecidas vagas para Assistente Social, Analista de Laboratório (para formados em Bioquímica ou Biomedicina), Farmacêutico, Fonoaudiólogo, Médico (Clínica Geral e Pediatria), Psicólogo, Professores (Diversas Habilitações),Técnico de Controle Interno (para formados em Economia, Ciências Contábeis, Administração de Empresas ou Direito) e Terapeuta Ocupacional.

 

 

http://redepindorama.com/wp-content/uploads/2016/02/sil_desperdicio1.jpg

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) confirmou nesta terça-feira (29), o acionamento da bandeira verde nas contas de luz a partir de abril. Será a primeira vez, desde a implantação do sistema, que não haverá cobrança adicional nas tarifas de energia.

Segundo o relator da proposta, o diretor Tiago de Barros Correia as condições de geração de energia estão favoráveis em todo o País, exceto no Nordeste, onde a situação ainda não é tão confortável. Porém, esse cenário é compensado pelas demais regiões. Além disso, há um saldo acumulado de R$ 2 bilhões na conta centralizadora das bandeiras tarifárias.

No mês de março vigorou a bandeira amarela, que adiciona R$ 1,50 a cada 100 quilowatt-hora de consumo na conta de luz. Desde janeiro de 2015, quando o sistema entrou em vigor, a bandeira era vermelha, que sinaliza piores condições de geração de energia.

 

Totonho disse que tem que ser forte, se não for forte na política você não é escutado para militar, precisa juntar muita gente e citou exemplo do partido PSD recentemente com adesão dos quatro vereadores da  base do governo.

Enquanto a Dra. Lúcia disse está muito feliz pela filiação da vice-prefeita no PMDB em Afogados que tem como Presidente seu Filho Daniel.

Tô deixou seu recado para o prefeito Patriota contrariando todas os planejamentos do prefeito que não esperava essa decisão  que vai mudar toda estratégia do prefeito.

Valadares defendeu  o nome da atual vice-prefeita Lúcia Moura como sua candidata a vice, mantendo a chapa que ganhou as eleições a quatro anos, lembrando que a Dra. Lúcia  se filiou ao PMDB presidido por seu filho Daniel Valadares. Totonho disse: “A chapa deveria ser a mesma que ganhou a eleição passada. Por que não? Ela não foi importante para ganhar as eleições? Por que não é agora?” – questionou. Perguntado do distanciamento entre Lúcia Moura e Patriota, o ex-prefeito questionou. “Mas por que houve esse afastamento entre ela e o prefeito? Será que a responsabilidade foi dela? ela foi importante para a eleição, mas não para governar Afogados?”

Foi incisivo, em relação qualquer decisão de escolher nome “do bolso”. Disse: “Essa história de escolher e tirar do bolso eu não tive, por que vão ter agora? Aí  eu vou brigar pra ser candidato, vou colocar meu nome no jogo”. Mais uma vez cutucou o prefeito.

Valadares  ainda não se definiu qual partido vai se filiar, disse que convites não faltaram, afirmou que está avaliando entre , PMDB, PTB , PCdoB, DEM, PSL e  PSDB.

Na verdade, começa a se desenhar um novo quadro de forças de lideranças em Afogados da Ingazeira, com a filiação da vice-prefeita Dra. Lúcia Moura fica evidente a união de forças, basta observar quando Valadares disse: “política precisa ter um grupo forte, não necessariamente para romper, mas para ser escutado. Se (o grupo) for fraco, não tem como ser escutado”. Pois bem, para um bom entendedor isso foi mais que um recado direto do ex-prefeito que balançou as estruturas do governo de Patriota que aparentemente estava indo tudo muito bem, (com seus planos, já empregamos o irmão dele, basta  definir quem será meu vice e o meu plano de ser deputado está tudo certo.  Errado!!

As declarações de Valadares mexem com muita gente, a começar com os planos do prefeito, e todos os outros candidatos que queriam ser o vice de Patriota, por um lado a preferência do prefeito em colocar uma pessoa de extrema confiança para no futuro caso se elegesse ajudaria no seu plano para a candidatura de deputado, nomes cogitados para compor a vice do (“Rei”) estão eles:  Eraldo Feijó, Dr. Edmilson e Augusto Martins, mas com as declarações de Valadares Daniel fica de fora, acontece que ao  defender que a chapa que seja a mesma entre Patriota e a Dra. Lúcia  outros rumos serão tomados, outra dimensão na frente popular para serem avaliados, quem vai comprar a briga?  Até por que durante todo governo de Patriota foi deixar de morno a vice-prefeita que sem duvidas é a maior insatisfação dentro do grupo da frente pelo que ela passou mesmo sem dar declarações, e isso não é novidade para ninguém  como foi o  tratamento que ela teve nessa gestão.

Em suma, Valadares está pronto para o embate, deixou nas mãos do prefeito, qual posição que ele vai tomar? se aceita o apoio de Tô que defende a Dra. Lúcia para continuar a chapa? ou vai partir para o desafio. E agora Patriota?

Depois da avaliação feita pelo Jornal Folha do Pajeú o prefeito Patriota vai pensar duas vezes antes de tomar uma decisão, você deve está imaginando o que isso tem haver, explicamos:  o prefeito e parte de sua equipe despencaram na votação popular eletrônica feita pelo Jornalista Mário Viana do Jornal Folha do Pajeú que premiou os melhores prefeitos da região.

Confira os números: foram mais de 138 mil votos.

Na votação para escolha do melhor prefeito da região tomou atenção foram os números que despencaram para avaliação de Patriota que obteve entre  os mais de 138 mil votos apenas 2,9%  perdendo para o prefeito Dessoles de Iguaracy que teve  34% dos votos e Romero Guimarães de São José do Egito teve 23,3% dos votos e a maior diferença ficou entre Luciano Duque de Serra Talhada que teve 36,2% dos votos contra apenas 2,9% do prefeito  Patriota de Afogados da Ingazeira, o que tem haver  são os números que toma atenção e refletem como anda avaliação do prefeito em relação aos outros prefeitos na região do Pajeú um incativo negativo para gestão.

Prefeito Luciano Duque de Serra Talhada 36,2%             Patriota apenas 2,9% dos votos 

Perguntar pode, responde se quiser.

Patriota vai concordar com Valadares ou vai se ariscar em perder o seu maior aliado?.

 

hc

O líder do Governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), avalia que a presidente Dilma Rousseff (PT) tem votos suficientes para impedir o impeachment, mesmo com uma possível saída do PMDB da base. Segundo o parlamentar, o Governo deve recompor a base com parlamentares peemedebistas que não concordam com a decisão do partido, bem como com as demais legendas aliadas.

“Se tivermos uma perda de integrantes do PMDB no Congresso, nós vamos trabalhar com aqueles que ainda nos apoiam e com os partidos que são fiéis. Vamos convocá-los à ação de governar e vamos, sem dúvida, recompor essas forças para o enfrentamento do impeachment”, avaliou o senador, durante entrevista, nesta terça-feira (29), à Rádio CBN Recife.

Humberto disse ainda que as articulações devem também ser feitas diretamente com parlamentares e governadores e devem contar com o apoio do ex-presidente Lula. “Vamos ter que trabalhar levando em consideração os partidos e outros fatores que interferem na correlação de forças no Congresso Nacional. Vamos conversar com os parlamentares individualmente com os governadores de Estado e com vários outros atores que terão influência na decisão final”, afirmou o líder governista.

O senador voltou a criticar setores do PMDB que vêm defendendo o rompimento com o Governo Dilma. “O PMDB sempre se caracterizou por ser um partido vinculado à democracia e à liberdade. Mas pode estar comentado um suicídio político e queimando a sua biografia apoiando um movimento que é claramente golpista”, disse.

Humberto Costa fez ainda um chamamento às ruas e disse que a população não “aceitará calada o golpe”. No próximo dia 31, diversas manifestações estão sendo organizadas em todo o país. No Recife, o ato acontece a partir das 15 horas, na Praça do Derby, e deve percorrer as principais ruas do Centro do Recife.

 

Repórter da Rede Record no estado de Minas Gerais, Renato Soares faleceu na tarde desta segunda-feira (28) na cidade de Curvelo, a 170 quilômetros de Belo Horizonte, capital de Minas.
 
O fato ocorreu por volta das 13h, e surpreendeu a todos os colegas do jornalista, que lamentam profundamente o fato nas redes sociais. A Polícia Cívil de Minas já investiga o caso, mas segundo apurações do NaTelinha, Renato cometeu suicídio, pulando de um prédio no centro da cidade interiorana.
 
O motivo do suicídio ainda é desconhecido, segundo a Associação dos moradores de Curvelo falou à nossa reportagem, em contato telefônico.
 
Renato estava de licença do trabalho na Record, ainda decorrente do desaparecimento por 52 horas em setembro do ano passado. Ele estava se tratando de uma depressão que o afetava já de algum tempo. Mas a doença acabou lhe vencendo. Ainda não se tem informações de velório ou enterro.
 
Presidente da Record Minas, Gustavo Paulus, através de sua conta no Twitter, lamentou o falecimento de Renato Soares, ressaltando que ele era bastante querido: “Acabo de receber a notícia que o reporter Renato Soares faleceu há pouco. Nossos sentimentos a família… Forças neste momento de dor”.
 
Antes de trabalhar na Record Minas, Renato Soares atuou na Globo de Minas Gerais, e sempre foi visto como um jornalista exemplar pelos colegas e amigos (Na Telinha)

lucia2

A vice prefeita de Afogados da Ingazeira Dra. Lúcia Moura resolveu se filiar ao partido (PMDB), o fato aconteceu nesta segunda dia (28) na presença do presidente estadual do partido o vice Governador de Pernambuco Raul Henry, o deputado Ricardo Costa  líder da sigla na Alepe e Daniel Valadares.

O PMDB em Afogados da Ingazeira tem como seu Presidente Daniel o mesmo é filho do ex-prefeito Totonho Valadares que até então havia rumores que ele poderia compor a chapa ao lado do prefeito Patriota, os patriototistas  dizem que essa possibilidade é remota chegam até  subestimar  a liderança do ex-prefeito Valadares que tanto fez por Afogados

 A filiação da atual Vice prefeita Dra. Lúcia Moura provoca  curiosidades como todos sabem ela não teve seu espaço no governo que ela mesma  ajudou a construir foi  totalmente blindada pelo seu companheiro o prefeito Patriota que centralizou o governo em prol dele mesmo.

lucia

lucia1

O modelo de governo municipal  tem balançado até a câmara de vereadores segundo informações vários deles estão de orelha em pé porque o prefeito já sinalizou em determinadas localidades o apoio a  pessoas novas para compor a câmara isso implica que no governo Totonho o vereador ele tinha mais autonomia até mesmo para resolver as coisas, hoje tudo tem que passar pelo o prefeito  isso tem preocupado vereadores da base uns vão formar o chapão onde poderão tirar um bom número de votos como também  serem surpreendidos pelo novatos inclusive apoiados pelo próprio prefeito ou seja vereadores da situação corem um grande risco de não voltar mais a ser parlamentar a exemplo de… escrevam e mandem em nosso email monthinelly@hotmail.com.br 

 

 

 

 

 

 
Jovem é amarrado e espancado por populares após roubar em Petrolina
 
Em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, um jovem de 22 anos foi preso no sábado (26) no bairro Nova Petrolina. Segundo informações do 5º Batalhão da Polícia Militar (5º BPM), após ameaçar com uma faca peixeira um vigilante e roubar celulares de duas pessoas na comunidade, ele foi quase linchado, populares o colocaram deitado amarrado e em seguida começaram a espancar o rapaz.
 
A Central de Operações do 5ª BPM foi acionada, chegando no local, o jovem que também é morador do bairro Nova Petrolina foi preso e conduzido juntamente com faca e os produtos do roubo até a 1ª Delegacia de Polícia Civil. Em seu desfavor, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).
 
Do G1 Petrolina

 

A Informação é do vereador Vicentinho  proprietário da casa de eventos “Kactu’s Recepções”  disse que a agência do INSS de Afogados da Ingazeira passará a funcionar naquelas dependências na rua  Rua Vitorino Gaudêncio da Silva próximo a antiga fábrica de doce  no Bairro Brotas, segundo Vicente o contrato será por um período de cinco anos, podendo ser renovado por mais cinco. Isso deve acontecer no próximo mês de maio ou início de junho.

 Vicentinho, que coordena a casa de eventos junto com a sua esposa Viviane Zuza, disse que fechou contrato  depois de muitas negociações com a gerência regional daquele órgão em Garanhuns. motivo que levou a contração segundo Vicentinho, não estava compesando já que casa as vezes passava um mês fechada, alegou  falando sobre as condições de arcar com as despesas”, preferiu ter um receita certa todo mês,. “Ter um imóvel com uma área de 400 m² fechado, é um prejuízo incalculável”, pontuou

 

Sobre o aluguel, ele disse que com a conversa que teve com os representantes do INSS, ficou pendente apenas alguns documentos que já estão sendo providenciados, disse também que o corpo de engenharia esteve no local para averiguar e chancelar a locação, o que foi feito e dado o sinal verde, ficando apenas uns ajustes burrocraticos .

“Eles queriam fazer a inauguração da nova agência já no dia 1º de maio, mas devido às pendencias com as documentações, a transferência da mobília e outros ajustes, eles devem inaugurar, presumo, no final de maio ou inicio de junho” finalizou Vicentinho.

A casa de eventos:

 

Dr. Arthur Frazão

A Síndrome de Guillain-Barré é uma doença neurológica grave caracterizada pela inflamação dos nervos e fraqueza muscular, que em alguns casos pode ser fatal. Geralmente ela é diagnosticada após algumas semanas de uma infecção viral como dengue ou Zika Vírus, por exemplo.

A Síndrome de Guillain-Barré progride em 2 a 4 semanas e a maioria dos pacientes recebe alta hospitalar após 4 semanas, mas o tempo total de recuperação pode demorar meses ou anos. A maioria dos pacientes se recupera e volta a andar após 6 meses a 1 ano de tratamento, mas existem alguns que tem maior dificuldade e que precisam de cerca de 3 anos para se recuperar.

Sintomas da Síndrome de Guillain-Barré

Os sinais e sintomas da Sintomas da Síndrome de Guillain-Barré podem se desenvolver rapidamente e pioram ao longo do tempo, podendo deixar o indivíduo paralisado em menos de 3 dias. No entanto, nem todos os pacientes são gravemente afetados porque alguns podem somente apresentar fraqueza nos braços e nas pernas.

Os sintomas da Síndrome de Guillain-Barré podem ser:

  • Fraqueza muscular, que geralmente começa nas pernas, mas depois atinge os braços, diafragma e também os músculos da face e da boca, prejudicando a fala e a alimentação;
  • Formigamento e perda de sensibilidade nos braços e nas pernas;
  • Dor nas costas, nos quadris e nas coxas;
  • Palpitações no peito, coração acelerado;
  • Alterações da pressão, podendo haver pressão alta ou baixa;
  • Dificuldade para respirar e para engolir;
  • Dificuldade em controlar a urina e as fezes;
  • Medo, ansiedade, desmaio e vertigem.

Quando o diafragma é atingido, o paciente começa a sentir dificuldade para respirar, e neste caso é importante que o paciente seja ligado a aparelhos para respirar.

Em caso de suspeita de Guillain-Barré deve-se ir rapidamente para o hospital ou ao neurologista. Veja o que falar para o médico na consulta.

 

Sintomas, causas e tratamento para Síndrome de Guillain-Barré

 

Diagnóstico da Síndrome de Guillain-Barré

O diagnostico da Síndrome de Guillain-Barré pode ser feito com base nos sintomas apresentados pelo paciente e é confirmado através de exames como ressonância magnética da coluna, punção lombar; exame de sangue para avaliar os leucócitos e eletromiografia.

Todos os pacientes diagnosticados com Síndrome de Guillain-Barré devem permanecer internados no hospital para serem devidamente acompanhados e tratados, porque quando esta doença não é tratada, pode levar à morte.

Tratamento da Síndrome de Guillain-Barré

O tratamento da Síndrome de Guillain-Barré não cura definitivamente a doença, mas ajuda a reduzir seus sintomas e aceleram a recuperação. Inicialmente o tratamento é feito no hospital mas após a alta é necessário continuar o tratamento fazendo fisioterapia.

Um tratamento usado no hospital é a plasmaferese, um método que consiste numa espécie de hemodiálise, em que o sangue é removido do corpo e filtrado, de forma a reter os anticorpos que estão a atacar o sistema nervoso.

Uma outra alternativa consiste na injeção de altas doses de anticorpos (imunoglobulina) contra os anticorpos que estão atacando os nervos, reduzindo a sua inflamação e destruição da bainha de mielina.

Quando estão presentes complicações graves, como dificuldade em respirar, problemas de coração ou gastrointestinais, pode ser necessário que o paciente fique internado na UTI para que seja monitorada sua respiração e coração.

Saiba mais detalhes sobre o tratamento para Síndrome de Guillain-Barré.

Fisioterapia na Síndrome de Guillain-Barré

A fisioterapia na Síndrome de Guillain-Barré é importante para a recuperação das funções musculares e respiratórias do paciente e deve ser mantida por longos períodos até que o paciente recupere o máximo de suas capacidades.

O acompanhamento de um fisioterapeuta com exercícios diários realizados com o paciente é necessário para estimular a movimentação das articulações, melhorar amplitude de movimento das articulações, manter força muscular e prevenir complicações respiratórias e circulatórias. Sendo que para a maioria dos pacientes o principal objetivo é voltar a andar sozinho.

Quando o paciente encontra-se internado na UTI, pode ser ligado a aparelhos para respirar e neste caso o fisioterapeuta também é importante para garantir a oxigenação necessária, mas após a alta hospitalar o tratamento fisioterapêutico pode ser mantido por 1 ano ou mais, dependendo do progresso alcançado pelo paciente.

O que causa Síndrome de Guillain-Barré

As causas da Síndrome de Guillain-Barré estão relacionadas as defesas do próprio organismo, porque neste caso os anticorpos devido a um erro, atacam o próprio sistema nervoso periférico, destruindo a bainha de mielina que recobre os nervos, gerando os sintomas.

Ao perder a bainha de mielina que recobre os nervos, estes ficam inflamados e isto impede que o sinal nervoso seja transmitido para os músculos, levando a fraqueza muscular e a sensação de formigamento nas pernas e nos braços, por exemplo.

Muitos indivíduos antes de serem diagnosticados com a Síndrome de Guillain-Barré foram vacinados recentemente, fizeram alguma cirurgia ou apresentaram doenças como gastroenterite ou infecções virais, como: Epstein-Barr, citomegalovirus, HIV, Dengue ou Zika vírus

Homem morre com Guillain-Barré após doença ser confundida com virose

 

Ivaldo Alves procurou a UPA Sotave três vezes onde foi diagnosticado com virose. Foto: Arquivo PessoalVirose. Esse foi o diagnóstico ouvido pela família do metalúrgico Ivaldo Alves da Costa, 53, nas três vezes em que procurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sotave, em Jaboatão dos Guararapes. No último dia 16, depois de 12 dias internado no Hospital da Restauração (HR), no Recife, Ivaldo morreu. No atestado de óbito, a rara Síndrome Guillain-Barré (SGB) – associada a processos infecciosos como dengue, chikungunya e zika – consta como causa da morte e revolta a família, que acredita que ele poderia estar vivo caso tivesse sido diagnosticado a tempo. Nos últimos dois dias, outras duas pessoas morreram com suspeita da síndrome no HR, que investiga os casos. Na unidade de saúde que é referência para o tratamento da síndrome neurológica no estado, a taxa de mortes associadas à Guillain-Barré foi de 16,3% – superior a estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), que não chega a 10%. 

Uma dor muito forte na perna e uma febre leve foram os sintomas que levaram Ivaldo a procurar, no fim de janeiro, um Posto de Saúde, em Jaboatão. Poucos dias depois, com dor nas juntas, formigamentos, dormência e sem conseguir se alimentar direito, procurou a UPA Sotave, onde uma suposta virose foi confirmada, mesmo sem a realização de exames específicos – segundo relata a família. Nos dias seguintes, voltou à mesma UPA duas vezes, já sem conseguir ficar em pé sozinho e com dificuldade de suportar as fortes dores. O diagnóstico era sempre o mesmo.

 

Revoltada diante da falta de atenção com o marido, que piorava agressivamente a cada dia, a viúva Valdênia Vieira chegou a pressionar o médico para que ao menos um nome fosse dado à tal virose. “Deve ser uma virose dessas, tipo chikungunya”, foi a resposta que ouviu, conta, lembrando de outros abusos ocorridos dentro da unidade de saúde. “Na segunda vez que fomos eu perguntei se ele não ia nem aferir a pressão e nem fazer teste de glicose e o médico perguntou ‘ele é diabético? é hipertenso? então não precisa fazer’”, relata. “Se o médico, que estudou para isso, está dizendo que é uma virose, uma pessoa simples como eu vai dizer o que?”, questiona. 

Ivaldo já não andava, havia perdido os movimentos das mãos, o controle sobre urina e fezes, respirava com dificuldade e oscilava momentos de lucidez e inconsciência quando voltou à UPA pela quarta vez, no Sábado de Zé Pereira, quando finalmente foi encaminhado para o Hospital da Restauração. “Foi a primeira vez que o médico da UPA levantou da cadeira e examinou meu marido de verdade. Fez algumas perguntas, um teste de sensibilidade e me disse que era mais sério do que eu pensava”, lembra a viúva, ainda abalada. “Na hora da transferência queriam que ele andasse, mas ele nem ficava de pé. Ele já estava com muita dificuldade para respirar e foi para o balão de oxigênio, a pressão dele estava 23×12, dava para ver o coração batendo rápido”, conta. 

No HR, a confirmação: Ivaldo já estava com o corpo paralisado do pescoço para baixo e as atividades digestivas e respiratórias já estavam comprometidas. Ele foi entubado e ficou internado por 12 dias na Sala Vermelha da unidade de saúde – que estaria com o dobro da capacidade de pacientes. 

Dentro do hospital, conta a viúva, ouviu de uma assistente social que o quadro poderia ser outro, caso o atendimento tivesse sido realizado da forma correta. “Perdi o amor da minha vida. Foram 27 anos de casados e ele era, além de marido, meu amigo. Sei que nada acontece se não for a vontade de Deus, mas imagino que se ele tivesse sido recebido de outra forma, talvez ainda estivesse aqui. O médico disse que desde a primeira vez ele deveria ter sido transferido, mesmo que tivesse morrido, podia ter chegado no hospital a tempo de ser bem cuidado”, lamenta, emocionada. 

O filho de Ivaldo, Emerson Alves, acredita que a falta de preparação e organização médica e a falta de informação da sociedade colaboraram para a morte do seu pai. “Não houve nenhum cuidado especial, a UPA sequer avisou à Secretaria de Saúde. Tem que haver mais cuidado, mais informação porque se a gente tivesse conhecimento meu pai não teria morrido, e se continuar assim ainda terão muitas vítimas”, preocupa-se. 

Casos recentes no HR
Na última terça-feira o recepcionista Artur da Silva, 33, morreu no HR após 10 dias de internamento com suspeita de complicações após arboviroses. Em uma ficha de esclarecimento, a equipe médica do hospital aponta a suspeita de  Síndrome de Guillain-Barré. No domingo, também no HR, morreu Ana Paula do Carmo Pereira da Silva, 27, cujo atestado de óbito também sugere a síndrome como causa. 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) esclareceu que a síndrome de Guillain-Barré não é de notificação compulsória no Brasil e que, portanto, não há um protocolo a ser seguido neste sentido, mas garantiu que a orientação é para que os casos suspeitos sejam encaminhados imediatamente ao Hospital da Restauração, centro de referência para a síndrome. A SES ainda informou que a UPA Sotave é responsabilidade do município. 

A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, procurada pela equipe do Diario, informou que vai apurar as denúncias, mas não havia dado resposta até o momento desta publicação.

 

Veja depoimento de quem teve sídrome de popularmente  Guiné Barré   ( Guillain-Barré)

 

 

 

 
 
 
 
 
Casal morre após veículo colidir em bloco de concreto na BR-232, em Gravatá
 
Motorista perdeu o controle do carro, capotou e colidiu no bloco de concreto. Homem e mulher morreram no local; caso ocorreu em Gravatá, no Agreste.
 
Um casal morreu em um acidente na BR-232 na madrugada deste domingo (27) em Gravatá, Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do carro perdeu o controle do veículo, capotou e bateu em blocos de concretos que estavam próximos a um posto de combustíveis. Ainda segundo a PRF, o homem e a mulher morreram no local do acidente – ocorrido no quilômetro 77 da rodovia. As vítimas seguiam no sentido Gravatá – Recife. Os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Acidente de moto deixa um morto e um ferido na BR-232, em Serra Talhada

 
Um grave acidente deixou um homem morto e outro ferido, na BR-232, próximo ao distrito de Varzinha, zona rural do município de Serra Talhada, Sertão do Pajeú.
 
O acidente aconteceu na tarde deste domingo (27), por volta das 14h00, deixando como vítima fatal um homem identificado como Alex, 25 anos e seu irmão, de nome não revelado, o qual quebrou a perna e teve várias escoriações pelo corpo, o qual foi socorrido para o Hospital Regional Agamenon Magalhães (HOSPAM), em Serra Talhada.
 
Testemunhas relataram que as vítimas são residentes do Sítio Mel e seguiam para um a partida de futebol na localidade Saco da Roça, na zona rural de Serra Talhada, quando, em uma ultrapassagem, bateram na lateral de uma carreta e caíram na pista, tendo Alex morrido no local e seu irmão foi socorrido por populares para o hospital.
 
Alex deixa esposa e dois filhos.
(*) Fonte: Nayn Neto

Tronco de eucalipto destrói carro no Sertão pernambucanohttp://www.alvinhopatriota.com.br/wp-content/uploads/2016/03/0arvore-em-carro.jpg

 

O proprietário de um veiculo, da marca VW Gol, teve um grande prejuízo nesse fim de semana em São José do Belmonte, Sertão pernambucano, mas, por sorte, o seu bem maior não foi atingido: A vida. Segundo informações do blog do Silva Lima, o incidente aconteceu no último sábado (26), na Avenida Euclides de Carvalho, no bairro Cacimba Nova.

Ainda de acordo com Silva Lima, as árvores de eucaliptos que estão ao longo da Avenida Euclides de Carvalho representam um perigo constante para os pedestres e condutores de veículos que trafegam pelo local. O risco de acidente é iminente, porém, no período de chuvas essa possibilidade aumenta e as providencias de uma tragédia anunciada não são tomadas.

Amupe distribui cartilha didática com prefeitos

http://www.amupe.org/wp-content/uploads/2016/03/Alex-Brassan-29.jpg

Fogo Cruzado

O prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Amupe, José Patriota (PSB), encomendou uma cartilha sobre as eleições municipais e já começou a distribuí-las com os associados. A cartilha esclarece, didaticamente, prazo para desincompatibilização, para a realização das convenções e para o registro de candidaturas, início da propaganda eleitoral, financiamento de campanha, limite de gastos com propaganda, etc.

Auditor da Receita terá aumento e até bônus

Na contramão do discurso de ajuste fiscal propagado pela equipe econômica para reduzir as despesas obrigatórias e reequilibrar as contas públicas, o governo aceitou dar um reajuste diferenciado para os auditores fiscais da Receita Federal que inclui um “bônus” de eficiência atrelado à meta de arrecadação de impostos e contribuições federais. O acordo foi assinado na última quinta-feira.

Com remuneração variável, o bônus vai beneficiar até mesmo servidores aposentados e já causa preocupação de enfraquecer o discurso do ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, que apresentou um projeto de limitar o crescimento das despesas do governo para diminuir o endividamento público.

Os termos do acordo, que foi negociado pelo Ministério do Planejamento, a qual o Broadcast – serviço de notícias em tempo real da Agência Estado – teve acesso, prevê inicialmente um bônus fixo mensal de R$ 3 mil entre agosto e dezembro deste ano. A partir de janeiro de 2017, o benefício salarial passará a ser vinculado as desempenho e metas da produtividade global da Receita. O nível em razão do tempo de sua permanência no acordo. O acordo também prevê um reajuste da remuneração básica de 21,3% em quatro anos.

Pesou na decisão a pressão feita pelos servidores que intensificaram, nos últimos meses, operação de redução das atividades diárias, o que tem afetado o esforço de arrecadação nesse momento de forte queda do recolhimento dos tributos. A categoria não quis assinar o acordo salarial feito com os demais servidores, no final do ano passado, e insistiu na operação padrão.

Refém

Para uma fonte da área econômica, o governo ficou “refém” dos auditores e acabaram recebendo um adicional para “fazer o que é dever deles”. “Até aposentados estão no pacote. Se o bônus é de eficiência por que aposentados?”, disse uma fonte que teme que a medida dispare insatisfação geral em outras categorias do serviço público, que não ficaram satisfeitas com os reajustes recebidos.

O presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais (Sindifisco), Claudio Damasceno, discorda e defende os termos do acordo pela importância do órgão para o funcionamento do serviço público e do ajuste fiscal, já que é responsável pela arrecadação. A parcela do bônus para os servidores inativos diminui à medida que o tempo da sua aposentadoria aumenta. Segundo o dirigente sindical, merecem o bônus porque muitos autos de infração demoram anos para serem finalizados e como também os seus efeitos na arrecadação.

A Receita informou que o bônus é um modelo adotado em vários Estados e também já existiu, no passado, no Fisco com outros nomes. Ele terá como fonte os valores arrecadados em multas e leilões de mercadorias, que fazem parte do Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização (Fundaf). A Receita admitiu que o movimento dos auditores-fiscais pode, também, ter contribuído para a queda da arrecadação dos meses recentes. Mas informou não há como mensurar esta contribuição.

Procurado, o Ministério do Planejamento defendeu o acordo e avaliou que não há contradição com o ajuste fiscal. Segundo o Planejamento, o objetivo é incentivar os servidores a melhorarem a produtividade e, consequentemente, a arrecadação. Não foi informado o custo para as contas públicas do reajuste aprovado.

 

 

 

 

 

 

O poícial foi encontrado morto depois tantas denúncias 

 

Aqui temos duas conversas gravadas pela Atriz Tássia Camargo com o Policial Civil Lucas Gomes Arcanjo que denunciou o Aécio Neves por diversos crimes, como lavagem de dinheiro, desvio de dinheiro público, tráfico de drogas, homicídio… Confira essas duas entrevistas.


A atriz Tássia Camargo divulgou dia 21 de Outubro em sua página do Facebook uma conversa que teve por telefone com o Investigador de Polícia Civil de Minas gerais Lucas Gomes Arcanjo. O diálogo foi gravado e está sendo divulgado pelas redes sociais.

 
Lucas ficou conhecido pelo vídeo viral em que denuncia Aécio Neves. Alguns vídeos (confira no link).
 

Trecho abaixo retirado do Facebook de Tássia:

 
 
 
 
 
 
 
 
(reprodução)

“Consegui o telefone do senhor Lucas Gomes Arcanjo para entender melhor os fatos que vem postando no seu Facebook . Denuncias sobre Aécio Neves e muitos outros. Tenho a autorização do mesmo, via e-mail, para divulgar essa gravação no meu youtube. Gravação caseira. Foi feita da seguinte maneira: Do meu telefone fixo, no viva voz, liguei o gravador do meu IPHONE e gravei. O senhor Lucas estava ciente da mesma. Gravado hoje dia 21 de outubro de 2014 sem qualquer edição. Obrigada pela atenção de todos. Tássia Camargo”
 
Ouça a 1ª conversa: Veja o vídeo
 

———————————————————————————————————
 
Ouça a 2ª conversa:

NO SEGUNDO DIA DE INVESTIGAÇÃO, TÁSSIA CAMARGO REVELA DENÚNCIAS DE HOMICÍDIO E TORTURA EM MG.

Novo depoimento do policial e investigador Lucas Gomes Arcanjo – Tortura e assassinatos. 

Essa entrevista foi publicado na madrugada de 23 de outubro de 2014, mas a sede do Youtube, é Palo Alto. Por essa razão eles registram a postagem com horário local deles. 
 
A atriz, produtora e documentarista Tássia Camargo parece que se engajou de vez na luta contra a corrupção promovida durante a gestão Aécio Neves em MG (2003/2010).
 
Na madrugada da última sexta-feira (23), Tássia e o policial revelam novas denúncias incluindo lavagem de dinheiro e assassinato. A produtora disponibilizou um link no youtube onde relata uma nova conversa de 30 minutos com o detetive Lucas.
 
Confira: veja o vídeo
 

 
———————————————————————————————————

TÁSSIA CAMARGO FAZ NOVA DENÚNCIA: BOLETIM DE OCORRÊNCIA DE OSSADA ENCONTRADA EM CLÁUDIO/MG.

A atriz Tássia Camargo postou mais uma grave denúncia contra o Senador Aécio Neves em seu facebook. Leia abaixo o trecho retirado da linha do tempo de Tássia:
 
(reprodução)
 
” Amigos como sou produtora e documentarista gosto de averiguar muitas coisas, principalmente as erradas.
Depois de ter conversado, via telefone, ontem com o senhor Lucas Gomes Arcanjo resolvi olhar mais atentamente a pagina do mesmo no facebook.
Encontrei abaixo de um vídeo que o próprio postou uma descrição onde encontrei o número do RED (B.O) que é o nº 2010-1170331-001.
Passei o meu dia averiguando e não importa onde, mas achei o que queria. 
O próprio documento com graves denuncias sobre Aécio Neves.
Aqui deixo registrado o documento que tem 4 páginas. Todas são importantes, mas prestem atenção na página 3. Nela diz que foi encontrada OSSADA HUMANA. Vejam o documento e saibam onde foi encontrada a ossada humana.
Obrigada a todos pela atenção. 
Tássia Camargo. “

 




 
 

 

 
A Polícia Federal marcou para o dia 7 de abril o depoimento da jornalista Mirian Dutra, que teve um relacionamento extraconjugal com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso nos 1990. O depoimento será realizado em São Paulo.
Mirian Dutra afirma que FHC pagou parte de despesas dela e do filho, Tomás, no exterior, através de uma empresa que era concessionária do governo. A Polícia Federal abriu, no dia 26 de fevereiro, inquérito para apurar as declarações de Mirian.
 
Reportagem da ‘Folha’ ouviu Mirian DutraDe acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, esta empresa seria a Brasif S.A. Exportação e Importação. Segundo Mirian, a transferência foi feita por meio da assinatura de um contrato fictício de trabalho, celebrado em dezembro de 2002 e com validade até dezembro de 2006.
 
A Folha afirma que em um documento, aparece como contratante a Eurotrade Ltd., empresa da Brasif com sede nas Ilhas Cayman

 

 

manuscritoManuscrito apreendido pela Lava Jato no escritório do executivo da Odebrecht Benedicto Barbosa da Silva Jr. sugere que houve formação de cartel e pagamento de propina em obra do governo Geraldo Alckmin (PSDB) em 2002, de acordo com reportagem publicada neste sábado (26) no jornal “Folha de S.Paulo”.

A anotação, de uma página, tem como título o nome Mogi Dutra, em referência à obra de duplicação da rodovia. Logo abaixo, aparece escrito: “valor da obra = 68,730,00 (95% do preço DER)”. Depois, na linha seguinte, a anotação é: “custos c/ o santo = 3,436,500”. A palavra “santo” aparece escrita sobre a palavra “apóstolo”, que foi riscada.

Nas linhas seguintes, o manuscrito tem a expressão “acomodação de mercado”. Segundo a “Folha”, isso sugere que as empreiteiras que participaram da licitação da obra formaram cartel e depois dividiram os valores.

O jornal afirma ainda que a construtora que venceu a licitação foi a Queiroz Galvão, que apresentou o menor preço: R$ 68.678.651,60. As outras participantes da disputa, segunda a Folha, apresentaram preços acima de R$ 70 milhões, com variação pequena entre a que ficou em 2º lugar (a OAS) e a que ficou em 5º (a Odebrecht).

Segundo a “Folha”, o padrão de preços muito parecidos em licitações é parecido com o observado entre as mesmas construtoras nos contratos da Petrobras investigados na Lava Jato.

No manuscrito apreendido, há ainda uma anotação ao lado das iniciais da Construtora Norberto Odebrecht (CNO) o percentual de 19%. Segundo a “Folha”, esse é o percentual do contrato que caberia à construtora. Ao G1, a assessoria de imprensa do governador Alckmin e do DER disseram que quem deve dar respostas sobre as anotações é quem fez o manuscrito.

“A licitação para a referida obra foi vencida pela empresa Queiroz Galvão. Quem tem que explicar as anotações mencionadas pela reportagem é quem as fez. A licitação para a referida obra foi vencida pela empresa Queiroz Galvão. Como a regra do governo do Estado é a total transparência, o documento foi enviado para apuração da Corregedoria Geral da Administração. Já a partir de segunda-feira, o corregedor-geral,  Ivan Agostinho, irá requerer à Polícia Federal permissão para o acesso a depoimentos que esclarecem essas anotações.”, afirma nota do governo.

A Odebrecht não quis emitir comentários sobre os documentos apreendidos no escritório de seu executivo. “Os esclarecimentos foram prestados durante as oitivas realizadas pela Polícia Federal”, afirmou a construtora. A Queiroz Galvão afirmou que não comenta investigações em andamento.

 

Anotações revelam pagamentos de propinas pela Odebrecht desde os anos 80, afirma ex-funcionária

Anotações revelam pagamentos de propinas pela Odebrecht desde os anos 80, afirma ex-funcionária

A 26ª fase da operação Lava Jato expôs, na última terça-feira (22), a existência de um “departamento de propina” na empreiteira Odebrecht, que teria sido utilizado para movimentar altas somas de dinheiro em pagamentos ilícitos para agentes públicos e políticos principalmente em 2014. O esquema, no entanto, pode ser muito mais antigo.

Documentos mostram que, durante o mandato presidencial de José Sarney (1985-1990), procedimentos bem semelhantes aos apontados pelos investigadores da Lava Jato envolviam 516 agentes públicos, empresários, empresas, instituições e políticos. Entre eles, há ex-ministros, senadores, deputados, governadores, integrantes de partidos como PSDB, PMDB e PFL (atual DEM).

O UOL teve acesso a quase 400 documentos internos da empreiteira, a maioria datada de 1988, detalhando remessas e propinas a diversos políticos. A documentação estava de posse de uma ex-funcionária da Odebrecht. Como no esquema divulgado pela Lava Jato na terça-feira (22), eram utilizados codinomes para os receptores dos pagamentos e as propinas eram calculadas a partir de percentuais dos valores de obras da empreiteira nas quais os agentes públicos estavam envolvidos.

A Odebrecht afirmou “que não se manifestará sobre o tema”. Todos os políticos ouvidos negaram qualquer envolvimento em esquema de propinas com a construtora.

Na documentação chamada “Livro de Códigos”, havia uma lista, batizada de “Relação de Parceiros”, que detalha os codinomes de políticos, agentes públicos e empresários relacionados às obras da Odebrecht nas quais teriam atuado.

Um dos nomes que aparecem é de Antonio Imbassahy, atual deputado federal pelo PSDB – que tinha o codinome “Almofadinha”, e estaria relacionado à obra da barragem de Pedra do Cavalo, na Bahia. Imbassahy presidiu a Desenvale (Companhia do Vale do Paraguaçu) nos anos 1980, quando era filiado ao PFL. A Desenvale foi o órgão público responsável pela obra de Pedra do Cavalo.

uol2

Chamada “Relação de Parceiros”, a lista cita nomes de políticos com respectivos codinomes

Também do PSDB, Arthur Virgílio, atual prefeito de Manaus, recebe o codinome “Arvir”. Do PMDB, são citados Jader Barbalho (“Whisky”), atualmente senador, ligado à obra da BR-163, no Pará, e o ex-ministro de Minas e Energia, senador Edison Lobão (“Sonlo”). Os filhos do ex-presidente José Sarney, Fernando e José Filho, aparecem com os codinomes “Filhão” e “Filhote”; Roseana Sarney, como seu nome de casada, “Roseana Murad”, aparece como “Princesa”.

Na lista, está também o ex-presidente e atualmente senador recém-desfiliado do PTB, Fernando Collor de Mello (“Mel”), relacionado a um emissário submarino construido na década de 1980, quando ele era governador de Alagoas. Há também o nome de Aroldo Cedraz, atual presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), de codinome “Toldo” e ligado à obra adutora do Sesal – ele ocupava na época os cargos de presidente da Cerb (Companhia de Engenharia Rural da Bahia) e de secretário de Recursos Hídricos e Irrigação da Bahia.

O já falecido ex-deputado federal e governador do Mato Grosso, Dante Oliveira (1952-2006), que ficou famoso como o autor do projeto que pedia eleições diretas para presidente nos anos 1980, tinha o apelido “Ceguinho” e estaria relacionado a obras de canais em Cuiabá, cidade onde foi prefeito por três mandatos.

 
O corpo do Conselheiro Tutelar Milton Antonio, Miltinho, que faleceu esta manhã em Recife deverá está chegando a Afogados da Ingazeira por volta das 23h.
 

 

O velório será realizado em sua residência na Vila Bom Jesus, a pedido de sua mãe. O sepultamento será no cemitério São Judas Tadeu, às 16h.

 

Afogados vive momento de profundo pesar com a morte do Conselheiro Tutelar Miltinho

 

milt-450x600-1-300x400

Miltinho tinha 38 anos

Faleceu no início da tarde deste sábado no Hospital Otávio de Freitas, em Recife, o Conselheiro Tutelar de Afogados da Ingazeira Milton Antonio, o Miltinho. Ele tinha 38 anos.

Miltinho chegou a precisar de uma transfusão de sangue e um familiar chegou a ir para Recife hoje para o procedimento, mas ele teve complicações e faleceu. A informação preliminar é de falência múltipla dos órgãos em consequência de uma pancreatite diagnosticada quando internado em Recife.A informação foi confirmada pelo Presidente do Conselho de Direito da Criança e Adolescente, Alessandro Palmeira, que articula a vinda do corpo e familiares de Recife a Afogados.

Internado na unidade desde 7 de março, o Conselheiro chegou a apresentar  alguma melhora na última semana. A informação foi da irmã do Conselheiro Tutelar Leninha, que acompanhou a sua luta em Recife. Ela falou ao programa Manhã Total, da Rádio Pajeú. “Tem muita gente fazendo orações por ele. Ele continua na UTI em coma induzido porque quando acorda do coma, fica ansioso”, afirmou, esperançosa.

Ele foi acometido por uma pancreatite, que comprometeu outras funções. Miltinho ainda foi submetido a tratamento de hemodiálise, por conta de disfunção renal. O início da pancreatite aguda costuma ser muito repentina. Já a pancreatite crônica é uma inflamação que se repete. Os pacientes com pancreatite crônica podem sofrer danos permanentes ao pâncreas. Sua incidência é estimada entre cinco e 10 casos para cada 100 mil indivíduos por ano. O tecido cicatricial se desenvolve a partir de inflamação de longa duração e pode fazer o pâncreas parar de produzir a quantidade normal de enzimas digestivas.

miltinho-2012-1-534x400

Miltinho também era conhecido por ações sociais para crianças carentes todos os meses de outubro.

Doenças autoimunes e doenças genéticas, tais como a fibrose cística, também podem causar a pancreatite crônica em alguns pacientes. Ainda não há detalhes do horário do velório e sepultamento. Familiares buscam acelerar o traslado do corpo para Afogados da Ingazeira.

Milton foi o quinto candidato ao Conselho Tutelar mais votado na escolha de 4 de outubro passado, com 1.127 votos. Era um dos mais experientes do Conselho, que  ainda conta com Simone da Feira,  Danilo Gonçalves, Patrícia do Abatedouro e  Romero Moraes. Assumirá o suplente Pedro Rafael. Também era conhecido por ações sociais para crianças carentes todos os meses de outubro.

 

 

 

 

poserra_seis_delacoes_aecio

 

por Luís Nassif, no Jornal GGN

Não é novidade para o Procurador Geral da República Rodrigo Janot a informação que consta da delação do senador Delcídio do Amaral, de que o também senador Aécio Neves mantém uma conta em Liechenstein em nome da própria mãe.

O Blog deu todos os dados, em um post de 2 de janeiro de 2015 (http://migre.me/teLlF). Nele se conta a história da Operação Norbert deflagrada em 8 de fevereiro de 2007 no Rio de Janeiro.

Em 8 de fevereiro de 2007 foi deflagrada a Operação Norbert, visando apurar denúncias de lavagem de dinheiro na praça do Rio de Janeiro. Conduzida por três jovens brilhantes procuradores – Marcelo Miller, Fabio Magrinelli e José Schetino – foi realizada uma operação de busca e apreensão nos escritórios de um casal de doleiros do Rio de Janeiro.

No meio da operação, os procuradores se depararam com duas bombas.

A primeira, envolvia o corregedor do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Carpena do Amorim.

Carpena foi peça central no assassinato de reputação da juíza Márcia Cunha, trabalhando em parceria com a Folha de S. Paulo no período em que o jornal se aliou a Daniel Dantas. Coube a Carpena endossar um dossiê falso preparado por um lobista ligado a Dantas, penalizando uma juíza séria

Ao puxar o fio da meada de uma holding, os procuradores toparam com Carpena. O caso foi desmembrado do inquérito dos doleiros, tocado pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro e resultou na condenação do ex-juiz a três anos e meio de prisão.

O segundo fio foi puxado quando os procuradores encontraram na mesa dos doleiros uma procuração em alemão aguardando a assinatura de Inês Maria, uma das sócias da holding Fundação Bogart & Taylor – que abriu uma offshore no Ducado de Liechtenstein.

Os procuradores avançaram as investigações e constataram que a holding estava em nome de parentes de Aécio Neves: a mãe Inês Maria, a irmã Andréa, a esposa e a filha.

Como o caso envolvia um senador da República, os três procuradores desmembraram do inquérito principal e encaminharam o caso ao então Procurador Geral da República Roberto Gurgel. Foi no mesmo período em que Gurgel engavetou uma representação contra o então senador Demóstenes Torres.

O caso parou na gaveta de Gurgel, onde permanece até hoje.

Com a delação de Delcídio, o PGR Rodrigo Janot tem tudo à mão. Não haverá sequer necessidade de abrir um inquérito suplementar porque todas as informações necessárias constam da Operação Norbert.

É apenas o tempo de abrir sua gaveta e retirar de lá o inquérit

 

Mário Fanton, enviado a Curitiba-PR para investigar vazamentos nas investigações, delatou colegas da Polícia Federal que manipularam provas

Jornal Diário da Manhã

Matéria publicada nos diários Jornal do Brasil e Folha de S.Paulo mostram que delegados e agentes da Polícia Federal, simpatizantes da candidatura do senador Aécio Neves (PSDB-MG), manipularam provas na Operação Lava Jato, que apura suposta formação de cartel por empreteiras que fornecem à Petrobras.

Conforme reportagem da Folha, um delegado da Polícia Federal que foi a Curitiba apurar vazamentos da Operação Lava Jato relatou ter sofrido pressão dos colegas do Paraná e recomendou que a sindicância sobre a escuta na cela do doleiro Alberto Youssef fosse refeita.

Segundo também apurou o JB, a informação consta em um despacho interno do delegado Mário Fanton de maio, no qual ele afirma ter presenciado “uma participação direta do delegado de Polícia Federal (DPF) Igor Romário de Paula” e de outra delegada “para quererem ter ciência e manipular as provas”.

Fanton foi a Curitiba, de acordo com o jornal, para apurar boatos sobre vazamentos das investigações para a confecção de um dossiê com o objetivo de anular a Lava Jato, o que teria gerado insatisfação e desconfiança dos delegados da operação.

“Sugiro que o Ministério Público Federal (MPF) reanalise as provas, inclusive a sindicância da escuta clandestina, se possível refazendo-a, e conduza diretamente a presente investigação ou com grande proximidade a um novo delegado a se indicar, pois não acreditamos mais nas provas antes constituídas”, escreveu Fanton.

Este é mais um episódio que desacredita as investigações feitas pela PF e também pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, responsável pelo caso. Matérias publicadas no mês de dezembro de 2014 em periódicos do Paraná, e reproduzidas no portal Brasil247, dão conta que Rosângela Wolff de Quadros Moro, esposa do juiz é assessora jurídica de Flávio Arns (PSDB-PR), que é vice do governador do Paraná Beto Richa (PSDB-PR).

Reportagem do jornal Estado de S.Paulo, publicada em 13 de novembro do ano passado também mostrou que delegados encarregados das investigações da Lava Jato exaltavam o candidato Aécio Neves (PSDB-MG) e criticavam em seus portais no Facebook a presidente Dilma Roussef (PT-MG) e o ex-presidente Lula (PT-SP). Sob o título “Delegados da Lava Jato exaltam Aécio e atacam PT na rede” a matéria da jornalista Júlia Dualibi revelava que “durante a eleição, perfis de policias que investigam o escândalo na Petrobras chamam Lula de ‘anta’ e replicam conteúdo crítico a Dilma”.

Por este viés ideológico, clamaramente anti-PT, confissões conseguidas por meio do prolongamento das prisões arbitrárias e pelos vazamentos irresponsáveis de depoimentos que deveriam estar protegidos pelo segredo de Justiça, que vários advogados que defendem investigados pela Lava Jato e juristas de renome entendem que a operação deve ser anulada.

Economista adverte: Lava Jato pode levar o Brasil à depressão

lava jato2

O economista Gesner Oliveira, ligado ao PSDB, fez uma grave advertência em artigo publicado na Folha de S.Paulo: as arbitrariedades cometidas pelo juiz Sérgio Moro na Operação Lava Jato podem levar o País a uma depresssão econômica.

Gesner é insuspeito para fazer qualquer análise sobre a operação. Não é ligado ao governo federal ou ao PT, partido que tem sido caçado por Moro e pelos delegados aecistas na Lava Jato. Conforme revela o jornalista Fernando Brito, do portal Tijoço. Gesner Oliveira foi um dos principais conselheiros da campanha de José Serra, em 2010, e foi indicado pelo senador tucano para a direção da Sabesp, depois de ter sido dirigente do Conselho Administrativo de Defesa a Econômica (o Cade que, em tese, tem o dever de impedir a formação de cartéis monopólios) no governo Fernando Henrique.

Mas até Gesner se diz chocado com os danos ao Brasil causados pelo que está sendo feito pela mídia e pelo juiz Sérgio Moro, em artigo publicado hoje na Folha, assinado também pelos seus dois sócios, Fernando Marcatto e Pedro Scazufca:

“Exercício simples utilizando dados do IBGE mostra que o potencial de destruição de renda e emprego de uma Operação Lava Jato mal conduzida pode custar mais de R$ 200 bilhões em termos de PIB e mais de dois milhões de empregos.”

Fernando Brito avalia que os dados de Gesner mostram a política de “terra arrasada” com que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) pretende inviabilizar o funcionamento do governo:

“R$ 200 bilhões são 4% do Produto Interno Bruto do Brasil e dois milhões de empregos representam 5% de todos os trabalhadores formais do País!”, atesta.

Para Brito, aquilo que Oliveira chama de “excessos e espetaculariazação da Lava Jato” representa “um passo na direção de algo pior que a recessão vivida atualmente: a depressão”.

Na opinião de Brito, o Judiciário, o MP e a Polícia Federal (que está sob a autoridade do ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso) devem promover, no mínimo, uma “freada de arrumação” nos vazamentos sórdidos que se produzem na 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná. (Com informações do site Tijoço)

 

 

Na tarde desta sexta-feira, dia (25), por volta das 14:00, policiais militares foram acionados para se deslocarem para a PE 292 que liga a cidade de Afogados da Ingazeira à Iguaracy, próximo ao Recanto dos Mouras, para verificar uma colisão entre dois veículos deixando como vitima fatal o senhor João Batista de Oliveira, de 61 anos, conhecido como “Bar da Bochada”, que dirigia uma Veraneio, de cor creme, de placas KDH- 6055 – Afogados da Ingazeira, sentido Iguaracy, que colidiu com um veiculo Corsa Sedan, de cor cinza, de placas KIR – 4864, com três ocupantes que seguiam sentido Afogados da Ingazeira, ficando todos os ocupantes feridos feridos.   

 

As vitimas que foram identificadas como Frausia de Melo Menezes, que guiava o corsa, acompanhada do esposo Ricardo Henrique Ferreira Campos e o filho Renato Francisco de Melo Campos, que ficaram com ferimentos graves e foram socorridas por populares para o Hospital da cidade de Afogados da Ingazeira. Frausia teve fraturas nas duas pernas e no fêmur. O esposo e filho apresentam ferimentos com múltiplas escoriações
 
Foto: Divulgação / Voz de Pernambuco
 
Corpo de adolescente levada durante assalto em Paudalho é encontrado no Curado
 
 
A adolescente foi levada por um homem de dentro da casa do tio
O corpo de Elaine Santana de Azevedo, de 15 anos, levada após um assalto no município de Paudalho, na Zona da Mata, foi encontrado às margens da BR-232, no bairro do Curado, na Região Metropolitana do Recife.
 
O reconhecimento do corpo foi feito pelos pais da jovem. De acordo com o Instituto de Medicina Legal (IML), a causa da morte não foi identificada. Também não foram detectados sinais de violência sexual. O corpo de Elaine será sepultado hoje, às 15h, no Cemitério de Paudalho.
 
A adolescente foi levada da casa do tio, onde trabalhava num comércio de alimentos, após um homem que se passava por cliente assaltar o local. Até o momento, nenhum suspeito do crime foi identificado pela polícia. 
De acordo com testemunhas, um veículo escuro, possivelmente utilizado pelo suspeito, foi visto horas depois do crime. Quem tiver informações pode ligar para o Disque-Denúncia, no 3421.9595.
 
Do JC Online
Com informações da Rádio Jornal

 

 

EMBAIXADA DA ITÁLIA DETONA VEJA: NEM FOTO É REAL

 
 
 
EMBAIXADA DA ITÁLIA DETONA VEJA: NEM FOTO É REAL
 
Não durou nem 24 horas a fictícia capa da revista Veja que noticia um suposto plano de fuga do ex-presidente Lula para a Itália, como asilado político. Em nota, a Embaixada do país europeu, comanda por Raffaele Trombetta, diz que informações são “inverídicas”; “Relativamente ao evento no Palácio do Planalto, a pessoa destacada na fotografia e sentada em uma das primeiras fileiras não é o Embaixador Trombetta, como pode-se constatar facilmente. O Embaixador Trombetta estava sentado, junto a todos os demais embaixadores, no espaço reservado ao corpo diplomático”, diz a nota
 
Não durou nem 24 horas a fictícia capa da revista Veja que noticia um suposto plano de fuga do ex-presidente Lula para a Itália, como asilado político. Em nota, nesta sexta-feira (25), a Embaixada do país europeu diz que informações são “inverídicas”.
 
A publicação da editora Abril inventou que o “ex-presidente e aliados estudam requerer que país europeu o receba como perseguido político. Itália foi escolhida porque sua família tem dupla cidadania”.
 
Abaixo a nota da Embaixada da Itália:
 
Em relação à matéria “O plano secreto” publicada na última edição da revista Veja, a Embaixada da Itália declara:
 
1. As informações referentes à Embaixada e às supostas conversas do Embaixador Raffaele Trombetta são inverídicas.
 
2.Relativamente ao evento no Palácio do Planalto, a pessoa destacada na fotografia e sentada em uma das primeiras fileiras não é o Embaixador Trombetta, como pode-se constatar facilmente. O EmbaixadorTrombetta estava sentado, junto a todos os demais embaixadores, no espaço reservado ao corpo diplomático.
 
3. Na conversa telefônica citada, foi dito ao jornalista que não se queria comentar fatos que, no que tange à Embaixada, eram e são totalmente inexistentes.
 
Via brasil 247

 

Acidente por volta das 14hs. desta sexta-feira (25), na PE 292 que liga a cidade de Afogados da Ingazeira à Iguaracy próximo ao Recanto dos Mouras, houve uma colisão entre dois veículos deixando como vítima fatal Batista conhecido como Batista do Bar da Buchada residente no Bairro Brotas de Afogados da Ingazeira, onde o mesmo dirigia uma Veraneio que acabou colidindo com um veículo Corsa de placa não anotada, deixando ainda três feridos que foram socorridos para hospital regional Emília Câmara, segundo informações um casal e uma criança com ferimentos graves, ainda não se sabe o que motivou o acidente.

Batista tinha aproximadamente 62 anos de idade, atualmente estava trabalhando transportando estudantes, o mesmo era pai do policial Edson Nogueira, Leandro que trabalha na secretaria de saúde e Leirson que trabalha na compesa. Pessoas conhecidas em Afogados, nossos sentimentos.

 

 

 
 
 

Se depender da Igreja Católica, todo coxinha golpista vai arder no fogo do inferno (as orelhas do ministro Gilmar Mendes e do juiz Sérgio Moro devem ter ardido hoje); bispo da Diocese de Crateús (CE), Dom Ailton Menegussi, afirmou neste domingo (20) que a Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) não aceitará golpes no país; "Não aceitamos que partido político nenhum se aproveite dessa crise para dar golpe no país", disse em sermão a fiéis, que ainda arrematou: “A corrupção não foi inventada de 15 anos para cá. Não sejamos inocentes, o que está acontecendo é que agora se está permitindo que as coisas apareçam"; abaixo, assista ao vídeo.

Se depender da Igreja Católica, todo coxinha golpista vai arder no fogo do inferno (as orelhas do ministro Gilmar Mendes e do juiz Sérgio Moro devem ter ficado vermelhas ); bispo da Diocese de Crateús (CE), Dom Ailton Menegussi, afirmou  que a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) não aceitará golpes no país; “Não aceitamos que partido político nenhum se aproveite dessa crise para dar golpe no país”, disse em sermão a fiéis, que ainda arrematou: “A corrupção não foi inventada de 15 anos para cá. Não sejamos inocentes, o que está acontecendo é que agora se está permitindo que as coisas apareçam”; abaixo, assista ao vídeo.

 

Se depender da Igreja Católica, todo coxinha golpista vai arder no fogo do inferno (as orelhas do ministro Gilmar Mendes e do juiz Sérgio Moro devem ter ficado vermelhas hoje).

O bispo da Diocese de Crateús (CE), Dom Ailton Menegussi, afirmou que a Igreja não aceitará golpes no país.

“Não aceitamos que partido político nenhum aproveite-se dessa crise para dar golpe no país”, disse em sermão a fiéis no município de Tauá, sertão cearense.

Assista ao vídeo:

O religioso falou em nome da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Menegussi afirmou que ninguém concorda com corrupção e todos os bispos apoiam que investigações sejam feitas, denúncias apuradas e, uma vez provadas, não antes, que se punam os culpados.

“Mas os culpados não são desse partido ou daquele só, não. Tem corrupto em tudo que é partido”, assegurou.

O bispo de Crateús disse ainda que a corrupção não foi inventada de 15 anos para cá. “Não sejamos inocentes, o que está acontecendo é que agora se está permitindo que as coisas apareçam”.

“Não vamos apoiar troca de governo, de pessoas interesseiras, que querem se apossar porque são carreiristas. Tem muita gente posando de santinho, mas que nunca pensou em pobre. Fazem discurso bonito porque querem o poder. E com isso a CNBB não concorda”, exortou o bispo Ailton Menegussi.

Fonte:http://www.esmaelmorais.com.br/

Compartilhem

 

 

 

PF erradica 170 mil pés de maconha em cidades do Sertão de PE
 
A Polícia Federal (PF) divulgou, nesta sexta-feira (25), o resultado da ‘Operação Cânhamo I’, realizada em 14 localidades do Sertão de Pernambuco, entre os dias 1º a 8 de março. Na ação foram erradicados 170 mil pés de maconha, o que contribuiu para a redução da produção e a oferta da droga no interior e na capital do Estado. Ninguém foi preso.
 
A Operação foi deflagrada em Orocó,Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista, Belém do São Francisco, Dormentes, Afrânio e Ilhas do São Francisco, todas no interior pernambucano. A ação ocorreu ainda em Mirandiba, Ibimirim, Carnaubeira, Floresta, Betânia, Manaris ePetrolândia, também no interior de Pernambuco.
 
 
Para localizar as plantações, a PF contou com o trabalho de 40 policiais, entre federais, civis e militares do Corpo de Bombeiro. Foram utilizadas três aeronaves e quatro botes infláveis. Ao todo foram erradicados 170 mil pés de maconha, 31 plantios foram destruídos e 58 mil mudas foram incineradas. A polícia ainda apreendeu 400 kg da droga pronta para consumo. Com a ‘Operação Cânhamo I’, deixaram de ser produzidas 56 toneladas de maconha. 
 
Balanço: Em 2015 a Polícia federal erradicou 806 mil pés de maconha, 260 plantios e 361 mil mudas. 268 toneladas do entorpecente deixaram de ser produzidos e houve ainda a apreensão de 546 kg da droga pronta para consumo. Segundo o chefe de comunicação da PF, Giovani Santoro, as contantes operações estão fazendo com que os produtores abandonem a prática. 
 
“A gente percebeu que desde a última operação, que tem diminuído muito o número de plantios. Se não fosse uma roça com mais de 100 mil pés, que nós nem estávamos esperando, teríamos encontrado um número abaixo de 67 mil pés, o que é incomum. Antes encontrávamos 400 a 500 mil. Isso mostra que os agricultores estão procurando outras culturas de subsistência e não mais a maconha”, destaca Giovani. 
 
Durante as ações, a polícia acompanha o ciclo produtivo da maconha e quando se aproxima do período da colheita, a operação é realizada interrompendo a secagem e a introdução da droga no mercado consumidor. De acordo com Giovani, como a produção da droga na região está escassa, os traficantes estão importando a droga de outros lugares.
 
“Grande parte da maconha da região vem do Paraguai, como na última apreensão que fizemos, de mais de uma tonela, é porque a demanda aqui não está sendo tão grande assim. Quando isso acontece, quando diminui a oferta de maconha na região, a tendência natural é reduzir os assaltos, homicídios, brigas entre gangues, porque são coisas que giram em torno da droga”, explica Giovani. (Via: Ascom / G1 Petrolina)

imagem

5A Ilha do Fogo deve receber cerca de 500 pescadores e pescadoras artesanais durante um congresso sobre a atividade pesqueira artesanal da Bacia do São Francisco. O evento acontece entre os dias 1 e 3 de abril. O tema do Congresso é  “Grito do Rio e seu Povo na Busca do Bem Viver!” O tema escolhido para o Congresso dos Pescadores e Pescadoras Artesanais da Bacia do Rio São Francisco deixa claro a proposta do momento: os povos querem o São Francisco vivo!

Em carta convocatória para o Congresso, os organizadores evidenciam o aceleramento do processo de morte do Velho Chico. O incentivo do governo ao agro e hidronegócio, as barragens, a transposição e a privatização dos corpos d’água são algumas das ameaças apontadas ao São Francisco. “Os peixes diminuem em quantidade e em qualidade e as comunidades pesqueiras vêm perdendo seus territórios tradicionais e direitos já conquistados. As nascentes do Rio São Francisco se encontram em processo crescente de extinção. Na sua Foz o mar avança para dentro do rio”, denuncia a carta.

A estimativa é que cerca de 500 pessoas possam debater soluções para a revitalização do Velho Chico e o fortalecimento da identidade do seu povo. Serão cerca de 10 oficinas temáticas que também colocarão em evidência a importância da pesca artesanal para o povo brasileiro. “Precisamos dar atenção ao rio que proporciona geração de renda aos pescadores que vivem da pesca artesanal”, comenta a agente do Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP), Rizoneide Gomes.

 “Não deixe o Rio morrer, se não morre o ribeirinho de fome de sede e não sei mais o quê…!”, o canto popular dos povos do Velho Chico traduz a luta das pescadoras e dos pescadores por aquele que faz parte do imaginário e da vida de seus pais e filhos: o Rio São Francisco.

SERVIÇO

O que: Congresso dos Pescadores e Pescadoras Artesanais da Bacia do São Francisco;

Onde: Ilha do Fogo;

Quando: 1, 2 e 3 de abril;

Com quem: mais de 500 pessoas entre palestrantes, pescadores e pescadoras artesanais  e organizações de apoio.

Comissão Pastoral da Terra Juazeiro

Blog do Banana

 

 

 
 Fotos: Reprodução – Redes Sociais
 
Adolescente pede socorro pelo WhatsApp e é encontrada morta na casa dos avós
 
Um pedido de socorro pelo aplicativo WhatsApp não foi o suficiente para salvar a vida da jovem, Yasmin França Bueno de 14 anos, na cidade de Xinguara, sul do Pará. De acordo com a imprensa local, a Polícia Civil da região e uma prima informaram, que a adolescente foi encontrada morta em seu quarto, na casa onde morava com os avós, na tarde de terça-feira (22) e estaria seminua, sem a calcinha, com uma perfuração no lado esquerdo do peito, além de marcas roxas no pescoço. Ela enviou uma mensagem em um grupo de WhatsApp, na madrugada anterior.
 
Na mensagem a adolescente fez um alerta avisando a seus amigos que havia um homem dentro de casa: “Socorro, gente. Tem um homem aqui em casa”. As autoridades também confirmam que Yasmin estava sozinha em casa no momento do crime. Apesar dessa informação, serão colhidos os depoimentos dos avós.
 
Por Redação: Bocão News

 

Duquinho

Do C1

Os sucessivos ataques de Sebastião Oliveira (PR) contra ex-aliados continuam rendendo. Conhecido pelo discurso ácido contra a gestão petista no município de Serra Talhada, o líder republicano parece que escolheu novos alvos:  Nomes da oposição que se afastaram do ninho republicano após conversas entre ele e o prefeito Luciano Duque, sofrem agora com a língua afiada do antigo líder do bloco, que pelas colocações deixa claro sua insatisfação com o desfecho político na Capital do Xaxado.

O empresário João Duque Filho (Duquinho/foto), irmão e adversário político de Luciano Duque, reforçou durante entrevista ao C1 que foi Sebastião quem preferiu se afastar, ou talvez não tenha “feito força” para que os entendimentos entre o PR e a demais siglas acontecesse.

Duquinho disse ainda que “tudo se tornou muito estranho. Até a semana passada, duas semanas atrás, um bloco de oposição com a liderança, inclusive indicada pelo governador Paulo Câmara, do Sebastião Oliveira liderando esse bloco de oposição ao governo municipal, que é um governo do PT, naturalmente é um partido opositor ao governo do Estado”, lembrou João Duque Filho, que emendou: “De repente começaram movimentos estranhos da imprensa e das assessorias, tanto do prefeito como do deputado com declarações denegrindo imagem de partidos, de companheiros, comentários assim, indelicados”, concluiu.

Para o peemedebista a postura de Sebastião Oliveira é um pecado, pois num passado recente era contra Luciano Duque que ele disparava sua metralhadora cheia de ironias, críticas e trocadilhos. “E hoje ele busca aliança com o mesmo”, frisou. Duquinho também falou sobre o suposto “patrulhamento” feito pelo seu partido, que foi duramente criticado pelo secretário de transportes do Estado, Sebastião Oliveira.  “A gente não tá patrulhando ninguém, nem nada, a gente quer buscar um consenso de um grupo de oposições para continuar também fazendo um trabalho por Serra Talhada, sem projetos pessoais de ninguém”, 

Serra: Carlos Evandro descarta reaproximação com Duque. “Tenho vergonha e uso”

 

Carlos-Evandro_Luciano-Duque-422x330

O ex-prefeito de Serra Talhada Carlos Evandro (PSB) rechaçou qualquer possibilidade de reaproximação com o atual prefeito Luciano Duque, hoje no PT. A possibilidade foi ventilada após a notícia de conversações entre o prefeito e o Secretário de Transportes Sebastião Oliveira.

Como Carlos está no mesmo bloco de Oliveira, mesmo com luz própria e independência, a possibilidade chegou a ser cogitada pelo irmão de Sebastião, Waldemar Oliveira. “Eu tenho vergonha”, disse ao Caderno 1. Carlos Evandro, que acrescentou ser impossível sequer ventilar essa possibilidade. “É uma questão pessoal. Não  se cogita nem em sonho“.

Carlos Evandro falou do tema em Recife, onde trata de questões ligadas à sua participação no processo eleitoral e o respaldo do PSB a suas pretensões, ainda não muito claras.

Carlos  continua na presidência do partido no município, que tem como vice o vereador Leirson Magalhães, Socorro Brito como secretária e o ex-vereador Ronaldo Melo como tesoureiro.

Dilma pedala com seguranças em Porto Alegre

 

dilma_poa_g0MWUUD

G1

Em Porto Alegre para passar o feriado de Páscoa com a família, a presidente Dilma Rousseff saiu para pedalar, mesmo com o tempo instável, na manhã desta sexta-feira (25). Pouco antes das 6h, a presidente saiu da sua casa, na Zona Sul da capital, acompanhada de seguranças.

Vestindo calça, casaco e tênis próprios para atividades físicas, além de capacete, ela percorreu avenidas como Diário de Notícias e Guaíba, e outras vias do bairro Assunção. Dilma esteve acompanhada de dois seguranças de bicicleta e mais três carros, que seguiam atrás. Ela desejou feliz Páscoa aos jornalistas e voltou para casa, na Avenida Copacabana, por volta das 7h.

Os passeios de bicicleta da presidente começaram no ano passado. Na última visita à capital, no feriado de Carnaval em fevereiro, ela também passeou pela orla.

Dilma chegou pouco depois das 20h de quinta-feira (24) ao Rio Grande do Sul. O desembarque ocorreu na Base Aérea de Canoas, na Região Metropolitana, cidade a cerca de 18 quilômetros de Porto Alegre. De lá, ela se deslocou até a capital, com destino à Zona Sul, onde tem um apartamento.

Dilma irá passar o feriadão da Páscoa com a família. Ela aproveita a viagem para comemorar, no domingo (27), o aniversário de sua filha, Paula Araújo. Dilma deve retornar a Brasília somente no domingo (27). Oficialmente, o Palácio do Planalto não informa detalhes da programação da presidente na capital gaúcha, nem mesmo da data de retorno a Brasília.

Dilma viaja para o Rio Grande do Sul no momento mais conturbado de seu governo. Alvo de um processo de impeachment no Congresso Nacional, ela tenta evitar uma debandada dos partidos que compõem sua base no parlamento. Ao retornar à capital federal, a presidente deverá realizar os últimos esforços para manter o PMDB na base governistas. Na terça-feira (29), a cúpula peemedebista tem reunião marcada para decidir se desembarca do governo do PT.

:

 

247 – Cerca de 30 mil pessoas cercaram a sede da Rede Globo em São Paulo na noite desta quinta-feira (24), ao finalizar manifestação em defesa da democracia. O protesto pacífico, intitulado “Ato em Defesa da democracia – A saída é pela esquerda”,  teve início no Largo da Batata, em Pinheiros, região oeste da capital paulista. Os manifestantes são favoráveis a permanência da presidente Dilma Rousseff no governo e contra o impeachment. O movimento acusa a Globo de “apoiar um golpe contra a democracia no país”.

Por volta das 18h40, o grupo começou a marchar pela Avenida Faria Lima em direção à Zona Sul da capital paulista. Eles passaram pelas avenidas Juscelino Kubitschek e Engenheiro Luis Carlos Berrini. Às 20h45 os manifestantes entraram na Avenida Chucri Zaidan e chegaram em frente à sede da TV Globo.

“Golpe nunca mais, eu tô nas ruas por direitos sociais” foi um dos gritos entoados no protesto. Os manifestantes também entoaram: “barrar a Direita no governo, no Congresso e nas ruas”.

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, que participa do protesto, destacou que “muita gente de vários setores sociais estão lutando contra o golpe”. “O impeachment signigica um retrocesso, a imposição de uma pauta neo-liberal, com a precarização do trabalho, arrocho. Não haverá estabilidade com impeachment”, afirmou.

Falcão defendeu que o Supremo Tribunal Federal retire a suspensão da nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil. “Lula é ficha limpa, portanto não há nenhuma razão para ele não ser ministro”, disse o presidente do PT

O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, Guilherme Boulos, disse em discurso que o objetivo do protesto é “deter uma ameaça à democracia e às garantias constitucionais”. “Importante dizer que não estamos aqui para defender governo algum”, discursou.

 

O deputado federal Ivan Valente (PSOL), afirmou: “Estamos aqui para defender os direitos dos trabalhadores e contra o ajuste fiscal. O processo de impeachment está sendo tocado por um delinquente que deveria estar preso: Eduardo Cunha”.

 

 

 

FLORES: Justiça Federal concede liminar obrigando CELPE a responsabilizar-se pela manutenção da iluminação pública.

 
FLORES: Justiça Federal concede liminar obrigando CELPE a responsabilizar-se pela manutenção da iluminação pública.
 
A partir de agora, as reclamações sobre problemas na iluminação pública devem ser feitas diretamente a CELPE.
 
Após receber notificação para assumir a responsabilidade do parque elétrico do município, a Prefeitura de Flores ingressou, na Justiça, Ação protocolada sob o n.º 0800008-26.2016.4.05.8303, em desfavor da Celpe para que esta cumpra, antes da entrega, as condições exigidas no processo de transferência de responsabilidade, fazendo os REPAROS TOTAIS DA REDE DE POSTES, REATORES, RELÉS, PORTA-LÂMPADAS, FIOS, LÂMPADAS, LUMINÁRIAS ETC.
 
Nessa semana, a Prefeitura de Flores conseguiu, através de liminar, devolver o parque elétrico do Município à Celpe, para que esta reassumisse a responsabilidade da manutenção da iluminação pública no parque elétrico. A sentença, que acata pedido, é assinada por Juiz Substituto da 38ª Vara Federal.
 
Diante do parque elétrico em péssimo estado e com uma grande quantidade de luminárias no final da vida útil, a secretaria de Infraestrutura de Flores, se viu na obrigação moral (e não legal) de atender aos pedidos dos populares para efetuar os reparos devidos, tendo vista os problemas de falta de iluminação apresentados em várias ruas da cidade e dos distritos.
 
Com a decisão da Justiça, a Prefeitura fica desobrigada de fazer a manutenção do parque elétrico do município, cabendo a CELPE esta responsabilidade e, por consequência, as reclamações sobre problemas na iluminação pública devem ser feitas diretamente a CELPE.

 

EX-PREFEITO TOTONHO VALADARES VAI SE FILIAR NO PCdoB

 

FOTO: JÚNIOR FINFA

FOTO: JÚNIOR FINFA

 

Acabei de ser informado, por uma fonte da capital pernambucana, que o ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, Totonho Valadares (foto), acertou seu ingresso no Partido Comunista do Brasil – PCdoB, sigla que tem a deputada federal Luciana Santos, como Presidente Nacional. Luciana é esposa do deputado estadual Waldemar Borges, que foi apoiado nas eleições de 2014 pelo ex-prefeito de Afogados da Ingazeira.

 

MÉDICO JÚNIOR MOURA PERMANECE NO PSOL

 

Em nota enviada ao Blog, o Presidente do PSOL de Afogados da Ingazeira, Fernando Moraes, confirmou que teve um encontro, com o médico e ex-candidato a prefeito Junior Moura (foto), e o mesmo confirmou sua permanência no PSOL.

 

Na conversa Júnior, destacou que a imagem política do PSOL é a melhor do país, e se sente honrado por ser filiado desde 2014. “Fiz uma escolha ideológica, é o único partido sem nenhum envolvimento com os ilícitos que envolve integrantes da maioria deles, e que estão sendo investigados pela operação lava-jato”, comentou.

 

Para Fernando Moraes, Junior Moura é um patrimônio político e profissional de Afogados da Ingazeira, uma referência importante que todo partido gostaria de ter. “Com a permanência de Junior Moura, ficamos ainda mais convictos de que o PSOL caminha como força política alterna

Elias Gomes (PSDB) é condenado por improbidade administrativa referente a período de gestão no Cabo

 

 

 
O atual prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB), foi condenado pela Quarta Câmara de Direito Público, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), por contratações irregulares entre os anos de 2001 e 2004, quando era prefeito do Cabo de Santo Agostinho.
 
Segundo sentença do desembargador Relator Rafael Machado da Cunha, houve desvirtuamento na finalidade do programa assistencial municipal “Onda Limpa”, destinado a trabalhadores de baixa renda do município.
 
“Houve evidente desvirtuamento da finalidade do programa assistencial municipal denominado ‘Onda Limpa’ para fins de contratar mão de obra barata, sem o pagamento de salário mínimo, encargos previdenciários e trabalhistas, além de não realizar concurso público, utilizando os munícipes cadastrados no referido programa como mão de obra em empresas terceirizadas”, diz trecho do documento.
 
LEIA TAMBÉM:
> Heraldo Selva pode voltar para a Compesa e deixar caminho aberto para acordo com Elias Gomes
> Para Elias Gomes movimentação sindical é demagoga e não leva em consideração futuro da previdência municipal
> Elias Gomes festeja aceno de Temer e diz que Jarbas ganha força para presidir Câmara
 
Elias foi condenado à suspensão dos direitos políticos por três anos, perda da função pública, proibição de contratar com a administração pública e pagamento de multa no valor equivalente a 30 vezes o valor da remuneração que recebia como prefeito do Cabo.
 
A defesa do prefeito de Jaboatão alegou que vai recorrer da decisão. Além disso, foi informado que Elias já havia sido absorvido, em decisão de primeiro grau, pela juíza Sílvia Maria de Lima Oliveira, da Vara da Fazenda Pública do Cabo.
 
“O prefeito Elias Gomes está tranquilo e certo da relevância social do programa desenvolvido em sua gestão no Cabo e que prosseguiu na gestão posterior. É farta, inclusive, a jurisprudência no Superior Tribunal de Justiça pela não caracterização de improbidade, sempre que não se verifica dolo ou intenção de errar, conforme citou a própria juíza, na decisão primeira, mais próxima do fato e onde os testemunhos foram colhidos”, afirmou o advogado Márcio Alves.
 

 

“Estamos certos de que o recurso vai restabelecer o entendimento do julgamento de primeiro grau, até porque o próprio desembargador-relator (Rafael Machado de Cunha Cavalcanti), mesmo considerando que houve improbidade, o que consideramos um equívoco, deixou claro em sua decisão que não houve prejuízos aos cofres públicos”, completou.
 
Do Jamildo 

 

 
LISTÃO DA ODEBRECHT CITA DONO DO AVIÃO DE AÉCIO
 
Diálogo de 19 de setembro de 2014, entre Marcelo Odebrecht e o presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Junior, trata de uma doação de R$ 15 milhões para um personagem identificado como “Mineirinho”; os recursos são viabilizados por Sergio Neves, diretor da construtora em Minas Gerais, preso nesta semana na Operação Xepa, para repasse a uma pessoa identificada como “Oswaldo”; ao que tudo indica, trata-se de Oswaldo Borges da Costa Filho, um dos personagens mais próximos ao senador Aécio Neves (PSDB-MG), que foi nomeado por ele presidente da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig) e é um dos donos do jato usado pelo presidente nacional do PSDB para voar pelos céus do País; listão da Odebrecht, que mostra os repasses ao “Mineirinho”, teve seu sigilo determinado pelo juiz Sergio Moro, que conduz a Operação Lava Jato
 
Uma das prisões da mais recente fase da Operação Lava Jato, batizada como Xepa pela Polícia Federal, pode trazer problemas para o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Isso porque um dos presos foi Sergio Neves, diretor da Odebrecht que cuidava dos repasses a um personagem batizado como “Mineirinho”.
 
Neves foi citado num diálogo realizado no dia 19 de setembro de 2014, em plena campanha presidencial, entre Marcelo Odebrecht e Benedicto Júnior, presidente da construtora. Nele, os dois falam de um repasse de R$ 15 milhões ao “Mineirinho”, que seria feito por Neves a um personagem chamado “Oswaldo”.
 
Eis um trecho de reportagem de Fausto Macedo sobre o caso:
 
Alguns nomes não identificados, contudo, chamaram a atenção dos investigadores, sobretudo pelo grande volume de recursos que teriam recebido, como é o caso de “Mineirinho”, apontado como destinatário de R$ 15 milhões entre 7 de outubro e 23 de dezembro de 2014. As entregas, segundo as planilhas, teriam sido feitas em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.
 
A quantia foi solicitada pelo diretor superintendente da Odebrecht Infraestrutura para Minas Gerais, Espírito Santo e Região Norte, Sérgio Neves, à secretária Maria Lúcia Tavares, que fez delação e admitiu operar a “contabilidade paralela” da empresa a mando de seus superiores. O pedido foi intermediado por Fernando Migliaccio, ex-executivo da empreiteira que fazia o contato com Maria Lúcia e que foi preso na Suíça. 
 
A solicitação foi encaminhada no dia 30 de setembro de 2014, 13 dias após o então presidente da holding Odebrecht Marcelo Odebrecht conversar com o presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedicto Junior sobre a “viabilização” de “15” a um destinatário que até então não estava claro para a PF. “Diante das novas informações ora colacionadas, resta claro que os ’15’ representam, na verdade, R$ 15 milhões, o total de recursos disponibilizados a Mineirinho, via Sérgio Neves”, assinala a Polícia Federal no relatório que embasou a 26ª fase da operação.
 
Ao que tudo indica, o “Mineirinho” que recebeu R$ 15 milhões durante a campanha presidencial, e também depois, é o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Especialmente porque o pedido de recursos teria sido feito por “Oswaldo”, que seria Oswaldo Borges da Costa, uma das pessoas mais próximas do senador tucano, que o nomeou presidente da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig). Oswaldo é também dono do avião Learjet que Aécio usa em suas viagens pelo País (a esse respeito, leia “Dono do Aeciojato ganhou estatal”).
 
Na última terça-feira, a Odebrecht anunciou o desejo de realizar uma ampla colaboração com a Justiça, falando de todas as suas doações ao sistema político. Em nota, o Ministério Público Federal negou estar negociando uma delação com a Odebrecht. O “listão” da empreiteira, com doações a mais de 200 políticos, teve seu sigilo determinado pelo juiz Sergio Moro, que conduz a Lava Jato. Se Sergio Neves decidir falar, ele poderá esclarecer suas relações com “Oswaldo” e as doações de R$ 15 milhões ao “Mineirinho”.

CABO LISBOA DIZ QUE SUA PRÉ CANDIDATURA A PREFEITO DE CARNAIBA ESTÁ FIRME PELO PR

 

Após matéria publicada no Site Caderno 1, do companheiro Maciel Rodrigues, de Serra Talhada sobre a politica de Carnaiba, o Cabo da Policia Militar Espedito Lisboa (PR), emitiu nota ao Blog do Cauê Rodrigues afirmando que a sua pré candidatura pelo Partido da Republica -PR está firme, esperando uma pesquisa que está sendo elaborada pelo grupo da oposição e que em momento algum o seu nome e a sigla tenha “esfriado” na politica carnaibana.
 
Lisboa que foi candidato a vice prefeito nas eleições de 2004 na chapa encabeçada por Didi da Felicidade, é esposo da vereadora Silvonete Carlos e presidente do PR em Carnaiba.

 

Lisboa ainda informou que o Diretório Estadual do PR bateu o martelo tanto pela Comissão como pelo Deputado Federal Sebastião Oliveira e pelo Deputado Estadual Rogério Leão. O Republicano espera a realização da pesquisa e se houver nome melhor que o seu para enfrentar o grupo de Anchieta Patriota, adere. por Cauê Rodrigues

 

Mulher e filha de Cunha recorrem ao STF para fugir de Moro

 

Claudia Cruz, mulher do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Com informações do Portal Terra

Claudia Cruz, mulher do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Com informações do Portal Terra

Os advogados da mulher e da filha do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que elas não sejam julgadas pelo juiz federal Sérgio Moro, da Justiça Federal em Curitiba.

No último dia 15, o ministro Teori Zavascki atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e desmembrou a investigação, deixando somente a parte do inquérito referente ao presidente da Câmara no Supremo.

De acordo com a denúncia apresentada neste mês contra o presidente da Câmara, Cláudia e Danielle, que também são investigadas com o marido e pai no Supremo, foram beneficiadas pelos recursos que estavam depositados em contas na Suíça atribuídas a Cunha. Com a decisão, somente Cunha reponderá às acusações no STF.

 

Pela denúncia, US$ 165 mil foram encontrados em uma conta na Suíça atribuída à mulher de Cunha. De acordo com as investigações, parte do valor foi usada para pagar despesas do cartão de crédito de Danielle Cunha. O pedido será julgado pelo ministro Celso de Mello.

Políticos pernambucanos garantem ter prestado contas à Justiça sobre doações da Odebrecht

 

os-11-da-lista

Catorze políticos pernambucanos estão na lista da Odebrecht. Alguns garantiram que os valores que receberam  foram legais e devidamente registrados em suas prestações de contas ao TRE-PE. “Não conheço (a lista divulgada). As minhas contas estão disponíveis na internet e são da campanha”, afirmou o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). Ele disse que as contas de campanha dele foram aprovadas pela Justiça Eleitoral.

O senador Humberto Costa (PT) informou que “não houve qualquer doação da Odebrecht à campanha” dele em 2012. “O que pode ter ocorrido – se efetivamente houve a doação – é que ela tenha sido feita diretamente ao PT nacional, que repassou cerca de R$ 1,7 milhão para contribuir com a campanha do senador”, informou a assessoria do petista. A assessoria do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) também informou que a doação ao socialista “foi feita via Diretório Nacional do PSB, cujas prestações de contas das campanhas municipais de 2012 foram aprovadas pela Justiça Eleitoral”.

O deputado federal Mendonça Filho (DEM) garantiu que sua “campanha para prefeito do Recife em 2012 recebeu doação empresarial da Odebrecht de forma legal, repassada por meio das contas do Democratas”. Também candidato a prefeito do Recife em 2012, o deputado federal Daniel Coelho (PSDB) defendeu a Lava-Jato. “Que se investigue tudo (…) Tenho a tranquilidade de não ter recebido absolutamente nada além do que foi declarado oficialmente no período eleitoral.”

O ex-líder da oposição na Câmara, deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), disse que as citações a seu nome na lista são referentes às campanhas eleitorais de 2010 e 2012. Segundo ele, os valores de 2010 foram doados a sua conta de campanha para deputado federal. Já as de 2012, disse, são referentes a valores recebidos por seu partido e repassados “oficialmente” a candidaturas a prefeito em Pernambuco.

O prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB), afirmou que “o Diretório Nacional do PSDB recebeu doações da citada empresa e repassou para os diversos diretórios estaduais, inclusive o de Pernambuco, de maneira que está devidamente justificada a inclusão do seu nome na relação”.

 

Também informaram ter recebido doações legais e declaradas à Justiça Eleitoral o deputado federal Raul Jungman (PPS) e Jarbas Filho (PMDB), filho do deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), candidato a vereador do Recife em 2012. (Da redação com AE)

AFOGADOS: SERVIDOR MUNICIPAL VAI RECEBER O PEIXE DA SEMANA SANTA

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira vai distribuir 1.400 kg de peixe, das espécies tilápia e tambaqui, com os servidores públicos municipais que recebem remuneração de até mil Reais. O objetivo é contemplar os servidores com menores salários e que possam ter alguma dificuldade em levar para casa esse item tão importante, sobretudo durante a semana santa.
Os servidores que serão beneficiados já receberam suas respectivas senhas. A distribuição tem início às seis da manhã desta quinta (24), no Ginásio Desportivo Municipal, devendo ser concluída até o meio-dia. Segundo a Secretária de Assistência Social de Afogados, Joana Darc, também serão contempladas as famílias de catadores que retiram o sustento do lixão.

 
Uma mulher de 32 anos foi encontrada morta na piscina do Recife Monte Hotel, na Rua dos Navegantes, Boa Viagem, zona sul do Recife. Natural de Serra Talhada, sertão de Pernambuco, Anne Trindade Brasil Mourato, filha de Adauto Mourato (Adautinho), ex-secretário de agricultura de Serra Talhada. Anne tinha 32 anos, trabalhava na secretaria de saúde de Recife e frequentava a academia de ginástica que funciona no hotel.
 
Por volta das 21h desta quarta-feira, o corpo foi localizado na piscina e retirado por funcionários do hotel. No local também foram encontradas garrafas de bebidas alcoólicas que podem ter sido consumidas pela vítima antes de entrar na água.O corpo foi recolhido pelo Instituto de Medicina Legal (IML) para a realização de exames que deverão definir se Anne morreu afogada. A vítima trabalhava na secretaria de saúde do município. (Diário de Pernambuco)

 

Feijão da CONAB é entregue em Afogados, no sertão

 

Transcorreu na mais absoluta normalidade a distribuição das 27 toneladas de feijão disponibilizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) para a Prefeitura de Afogados. A distribuição aconteceu nesta quarta (23) e foi coordenada pela Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com diversos conselhos de bairro.
 
Foram instalados sete pontos de distribuição para atender às 7.525 pessoas cadastradas e que integram a rede de atendimento sócioassistencial do município. “Nossa tarefa foi cadastrar os beneficiários e organizar a logística de distribuição. Para que tudo transcorresse sem incidentes, buscamos ouvir a população através do auxílio dos representantes de bairro,” afirmou a Secretária de Assistência, Joana Darc. A distribuição está regulada pelo decreto federal nº 8.481/2005.