A ex-miss Pato Branco foi condenada em 2013 por forjar um sequestro para extorquir dinheiro da mãe, Vanessa Dallagnol.

Segundo informações da Record TV, ela cumpria regime semiaberto em razão da condenação. (Foto: Reprodução)

Lauren Adana Lorenzetti foi presa na manhã desta segunda-feira (11) na região metropolitana de São Paulo. A ex-miss Pato Branco foi condenada em 2013 por forjar um sequestro para extorquir dinheiro da mãe, Vanessa Dallagnol.

O caso aconteceu em 2010 na cidade de Francisco Belrão, no Paraná. A modelo contou com a ajuda de dois amigos e do ex-namorado. Segundo informações da Record TV, ela cumpria regime semiaberto em razão da condenação.

Lauren, que está grávida de nove meses, foi encaminhada hoje pelos agentes do Departamento de Operações Policiais Estratégicas para a sede da Divisão de Captura da polícia.

Xuxa diz que pode se mudar para a Itália após não renovar contrato com a Record

A apresentadora contou que já está de olho em casas na região de Toscana e que sua filha, Sasha Meneghel, 22, gosta do país.

Em entrevista para Carolina Ferraz, 52, no programa Domingo Espetacular (Record), exibido neste domingo (10), a rainha dos baixinhos confirmou a sua saída do canal após cinco anos. (Foto: Reprodução/TV Record)

Xuxa, 57, que deixou a Record no final do ano e está sem contrato com emissoras brasileiras, afirmou que pensa em se mudar para a Itália com seu namorado, Junno Andrade, 57.

A apresentadora contou que já está de olho em casas na região de Toscana e que sua filha, Sasha Meneghel, 22, gosta do país.

Em entrevista para Carolina Ferraz, 52, no programa Domingo Espetacular (Record), exibido neste domingo (10), a rainha dos baixinhos confirmou a sua saída do canal após cinco anos. 

“Eu tenho muita gratidão pelo que vivi aqui. O Dancing Brasil foi um dos programas mais bonitos da minha carreira”, disse. Na emissora, ela também comandou o The Four, o Programa Xuxa Meneghel e o Canta Comigo All Stars.

“Minha filha gosta da Itália, a gente tem nacionalidade italiana, então é uma grande possibilidade”, afirmou Xuxa. Ela contou também que planeja vender sua mansão no Rio de Janeiro. Questionada sobre projetos futuros, revelou que pretende ter uma série infantil e um filme de ficção.

Entre seus projetos mais recentes estão uma participação no programa Cartas Para Eva, apresentado por Angélica, 47, e lançado em janeiro no Globoplay.

Xuxa foi convidada para participar do episódio Violência Contra a Mulher, em que Angélica entrevista mulheres que já sofreram agressões tanto físicas quanto psicológicas e denunciaram esses abusos. A conversa também contou com a participação da jornalista Miriam Leitão, 67.

Morre Raymundo Magliano Filho, ex-presidente da Bolsa de Valores, vítima da Covid-19

Empresário presidiu a bolsa brasileira por sete anos e é apontado como um dos responsáveis por popularizar o mercado de capitais no país.

Raymundo Magliano Filho, então presidente da Bovespa, durante entrevista em abril de 2005. (Foto: Heloisa Ballarini/Estadão Conteúdo/Arquivo)

Morreu na manhã desta segunda-feira (11), aos 78 anos, o empresário Raymundo Magliano Filho, ex-presidente da Bolsa de Valores brasileira. Ele estava internado há 46 dias no Hospital Albert Einsten, em São Paulo, com Covid-19 e não resistiu às complicações decorrentes da doença.

Segundo a assessoria do empresário, ele tinha asma, o que agravou o quadro provocado pelo coronavírus. Magliano deixou três filhos, netos e a atual esposa.

Ainda segundo a assessoria, como ele morreu em decorrência da Covid-19, não haverá velório. A previsão era de que corpo dele seria levado, ainda na tarde desta segunda-feira, do hospital diretamente para o Cemitério do Araçá, Zona Oeste da capital paulista, onde será enterrado no jazigo da família.

Legado no mercado financeiro

Nascido em São Paulo, Raymundo Magliano Filho começou a trabalhar cedo, juntamente com o pai, no comando da corretora Magliano Investe, fundada em 1927, a mais antiga a operar na bolsa brasileira. E foi no mercado de ações que ele deixou o seu maior legado profissional.

“Perdemos hoje um dos nossos fundadores, um dos pioneiros do mercado de capitais e uma das pessoas que mais incansavelmente nos ajudaram a transformar, inovar e nunca perder o espírito de quem aprende”, destacou a B3 em nota de pesar divulgada pela manhã.

Formado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Magliano Filho presidiu a Bovespa entre os anos de 2001 e 2008, quando ela se fundiu com a BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros) para formar a B3. Antes, ele havia sido vice-presidente da bolsa entre 1997 e 2000.

Segundo a B3, uma das principais marcas da gestão de Magliano à frente da Bolsa foi o programa por ele desenvolvido para a popularização do mercado de capitais no Brasil. Batizado de Bovespa Vai Até Você, o programa foi lançado em 2002 e chegou a mais de 300 mil pessoas.

“Não há demonstração mais inequívoca do legado e do profundo reconhecimento que devemos ao dr. Magliano Filho do que o fato de a B3 ter hoje 3 milhões de investidores pessoas físicas chegando ao mercado de capitais. Ele plantou a semente da democratização e do acesso à bolsa e não há orgulho maior para nós do que ajudar a colher esses frutos”, disse o atual CEO da B3, Gilson Finkelsztain.

Além de presidir a bolsa por sete anos, ele também comandou a Federação Ibero-Americana de Bolsas e foi membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) do Governo Lula.

 

 

 

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!