Sem categoria

Um grave acidente envolvendo uma carreta e uma caminhonete foi registrado por volta das 13:30h deste domingo (26) no Trevo dos Sem Terra, próximo ao Ibó-BA, município de Abaré, no Sertão.

Segundo informações extraoficiais repassadas pelo nosso parceiro do Blog Didi Galvão, dois passageiros da caminhonete não resistiram aos ferimentos e morreram ainda no local.

Uma equipe da PRF do Trevo do Ibó, foi deslocada para a região, onde faz o controle do trânsito e adota as medidas cabíveis. (Logo mais informações).

Vídeo:

Casos de Covid-19 aumentam mais de 100% em Serra Talhada em apenas 48 horas

https://i0.wp.com/faroldenoticias.com.br/wp-content/uploads/2020/12/testagem-covid.jpg?resize=300%2C199&ssl=1

Farol de Notícias

Agora é correr atrás do prejuízo e apostar na prevenção. Os casos de Covid-19 em Serra Talhada cresceram 113% em 48 horas, e uma espécie de ‘bomba’ de efeito retardado tende a explodir nos próximos dias. O Professor Dr. Leandro Lucena, professor de estatística da UFRPE-UAST, teve acesso ao site do Ministério da Saúde, onde os números da capital do xaxado impressionam. Na semana passada, o governo municipal informou que estava com problemas no mapeamento dos números, mas vinha ‘alimentando’ o governo federal.

“De 21 a 23 de junho o aumento foi de 113%. Dia 21 foram 65 casos e no dia 23, 134 novos casos. Dobrou em 48 horas”, explicou Lucena, que ao fazer um estudo mais apurado dos casos em Serra Talhada, observou que houve meses de pico com relação a doença: “Em abril foram registrados mais de 400 casos em um único dia. Depois os casos voltaram a baixar até o final de maio. De janeiro até abril o número de casos diários girou acima de sessenta. Depois oscilou entre 5 a 10 casos diários até 21 de junho, quando houve este crescimento rápido”, reforçou Leandro Lucena.

Nesta segunda-feira (27) uma unidade móvel de testagem estará na Praça Sérgio Magalhães a partir das 08h e o trabalho segue até a próxima sexta-feira. O Laboratório José Paulo Terto também abre as portas e atenderá, diariamente, até às 15 horas. Ontem (domingo) foram detectados 103 casos negativos para a Covid e 81 positivos, após testes no laboratório.

 

Ex-assessor de Milton Ribeiro e pastor estiveram 10 dias no mesmo hotel em Brasília, diz PF

Ex-gerente de projetos da Secretaria Executiva do Ministério da Educação, Luciano Musse, e religioso Arilton Moura são investigados em operação da Polícia Federal que apura desvios de verba na pasta. G1 tenta contato com defesa dos suspeitos.

Por Bruno Tavares/TV Globo

O ex-gerente de projetos da Secretaria Executiva do Ministério da Educação (MEC), Luciano Musse, e o pastor Arilton Moura estiveram no mesmo hotel em Brasília em pelo menos 10 ocasiões entre 2021 e 2022, segundo análise da Polícia Federal. Os dois e o ex-ministro Milton Ribeiro chegaram a ser presos na última semana em uma operação que investiga desvios de verba na pasta federal.

Os policiais ainda confirmaram uma hospedagem do pastor Gilmar Silva dos Santos no mesmo hotel. Ele também é investigado na operação. O g1 tenta contato com a defesa dos suspeitos.

No documento que ensejou os mandados de busca e apreensão, a Justiça afirma que viu “indícios de que Milton, Gilmar e Arilton cooptaram prefeitos para interesses pessoais”.

Já Luciano Musse teria papel de “operador financeiro” no esquema. Ele chegou a assumir a gerência de Projetos da Secretaria-Executiva do ministério, em abril de 2021, mas foi exonerado em março deste ano, em meio às denúncias contra a pasta.

No inquérito, a Polícia Federal diz que “Luciano, no contexto investigativo, é personagem importante no suposto esquema de cooptação de prefeitos para angariar vantagens pessoais através do direcionamento ou desvio de recursos do FNDE /MEC a pretexto de atender políticos/prefeituras, caracterizando, hipoteticamente, uma sofisticada captação ilegal de recursos públicos com a eventual infiltração de operador financeiro na gestão da pasta”.

 

 

Ex-presidente da Petrobras diz que celular tinha mensagens que incriminam Bolsonaro

https://uploads.metropoles.com/wp-content/uploads/2022/06/26174925/WhatsApp-Image-2022-06-26-at-17.39.36-1-1024x976.jpeg

Portal Metrópoles

Durante uma discussão em um grupo de economistas, o ex-presidente da Petrobras Roberto Castello Branco afirmou que devolveu seu celular corporativo à estatal, ao deixar o comando da empresa, com material que, segundo ele, poderia incriminar o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Castello Branco debatia com Rubem Novaes, ex-presidente do Banco do Brasil, sobre a elevação do preço dos combustíveis. Novaes então diz que o colega economista – primeiro presidente da Petrobras na gestão de Bolsonaro, indicado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes – ataca a atual gestão do governo federal.

“Se eu quisesse atacar o Bolsonaro não foi e não é por falta de oportunidade (sic). Toda vez que ele produz uma crise, com perdas de bilhões de dólares para seus acionistas, sou insistentemente convidado pela mídia para dar minha opinião. Não aceito 90% deles [dos convites] e quando falo procuro evitar ataques”, retruca o ex-presidente da estatal.

A conversa ocorreu em troca de mensagens ao longo do último sábado (26).

No meu celular corporativo tinha mensagens e áudios que poderiam incriminá-lo. Fiz questão de devolver intacto para a Petrobras”, concluiu Castello Branco, sem entrar em detalhes sobre quais crimes o presidente teria cometido e estariam registrados no aparelho.

Em outro trecho da discussão, Roberto Castello Branco classifica Bolsonaro como “psicopata” ao relatar uma teoria conspiratória que teria sido dita a ele pelo chefe do Executivo federal.

“Já ouvi de seu presidente psicopata que nos vagões dos trens da Vale, dentro da carga de minério de ferro vendido para os chineses, ia um monte de ouro”, afirmou o ex-dirigente da petrolífera. Castello Branco tinha assumido o comando da empresa justamente depois de trabalhar por 15 anos na Vale, onde foi economista-chefe e diretor de relações com investidores.

O Metrópoles entrou em contato com Roberto Castello Branco. O economista afirmou que não iria falar sobre o assunto, mas não negou a veracidade da conversa. “Se nunca comentei, não vou comentar agora. Até porque me desfiz das provas”, respondeu ao questionamento da reportagem.

Rubem Novaes também disse que não comentaria a troca de mensagens, porque ela aconteceu em um grupo fechado, e também não negou a autenticidade da discussão.

 

Pernambuco tem 44% da população na pobreza, maior índice em 10 anos

Levantamento realizado pelo Instituto Mobilidade e Desenvolvimento Social mostra que 22,3% da população brasileira terminou 2021 na pobreza

JC Online

Cerca de 47,3 milhões de brasileiros terminaram o ano passado na pobreza, de acordo com levantamento realizado pelo Imds (Instituto Mobilidade e Desenvolvimento Social) e divulgado pelo jornal Folha de São Paulo neste sábado (25). Levando em conta a renda das famílias, o número equivale a 22,3% do total da população, sendo o maior percentual em dez anos.

Os índices também são expressivos no Nordeste, onde 5,5 milhões caíram na pobreza somente no ano passado, o que fez o número de pobres nordestinos saltar para 22,8 milhões – cerca de 40% da população da região.

Assim, o Nordeste comporta metade da população que caiu na pobreza no ano passado. O número total é de 11 milhões. Desses, 6,3 milhões caíram para a extrema pobreza, com cotidiano marcado pela falta de comida. O Brasil fechou 2021 com 20 milhões de pessoas na extrema pobreza.

44% de pernambucanos na pobreza

O Estado de Pernambuco terminou o ano de 2021 com quase 44% da população na pobreza, cerca de 4,2 milhões de pernambucanos. De acordo com o estudo do Imds, essa foi a primeira vez que o indicador ficou acima de 40% na série. O maior percentual até então foi de 38,2%, em 2012.

Recortes sobre pobreza

Ainda de acordo com o levantamento do Imds, crianças e adolescentes (35,6%) e a população negra (73%) também são bastante atingidos pelo crescimento da pobreza no Btrasil.

 

O Brasil registrou, em 24 horas, 114 mortes por covid-19, segundo o boletim epidemiológico divulgado neste sábado (11) pelo Ministério da Saúde. O número de casos ficou em 27.796.

Desde o início da pandemia, as mortes somaram 668.074 e o número total de casos confirmados, 31.445.137.

Ainda segundo o boletim, 30.182.173 pessoas se recuperaram da doença e 594.890 estão em acompanhamento. 

No levantamento, não consta atualização do Distrito Federal, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Roraima e Tocantins, além dos óbitos em Mato Grosso do Sul.

São Paulo lidera o número de casos, com 5.591.276, seguido por Minas Gerais (3.478.575) e Paraná (2.569.772). O menor número de casos é registrado no Acre (125.176).

Uma colisão nessa quinta-feira (09), na BR-232, nas proximidades do viaduto de Serra Talhada, acabou tirando a vida de uma professora serra-talhadense de 38 anos. A vítima foi identificada como MARALI OLÍMPIA DA SILVA CAVALCANTI LIMA.

De acordo como Farol de Notícias, MARALI conduzia uma motocicleta modelo Bis, por volta das 23:50, quando foi atingida por um carro modelo Siena, sendo jogada às margens da rodovia.

O SAMU foi acionado e conduzi-o a vítima para o Hospam, mas devido a gravidade dos ferimentos veio a óbito.

As informações são de que o motorista de 43 anos estava embriagado. Também foi encontrado no banco traseiro do carro uma criança, que não se feriu. O motorista teve apenas ferimentos leves.

O país chega, assim, a 666.365 vidas perdidas e a 30.917.196 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

O Brasil registrou 117 mortes por Covid e 48.251 casos da doença, nesta sexta-feira (27). É o terceiro dia nesta semana com números elevados de infecções.

O país chega, assim, a 666.365 vidas perdidas e a 30.917.196 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

A média móvel de casos cresceu 27% em relação ao dado de duas semanas atrás. Ela agora é de 22.527 infecções por dia. A média de mortes agora é de 110 por dia, situação de estabilidade (sem variação superior a 15% também em relação ao dado de duas semanas atrás).

A média de casos é a maior desde 3 de abril deste ano, quando era de 22.950.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Em relação à vacinação, o Brasil registrou 474922 doses de vacinas contra Covid-19 nesta sexta. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 44.831 primeiras doses e 105.376 segundas doses. Também foram registradas 1.949 doses únicas e 322.766 doses de reforço.

Ao todo, 178.384.098 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil –161.072.864 delas já receberam a segunda dose do imunizante. Somadas as doses únicas da vacina da Janssen contra a Covid, já são 165.879.013 pessoas com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Assim, o país já tem 83,04% da população com a 1ª dose e 77,21% dos brasileiros com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Até o momento, 91.963.534 pessoas já tomaram dose de reforço, o que representa 42,81% da população brasileira. Outros 3.228.508 tomaram a quarta dose da vacina.

O consórcio reúne também o registro das doses de vacinas aplicadas em crianças. A população de 5 a 11 anos parcialmente imunizada (com somente a primeira dose de vacina recebida) é de 60,23%, totalizando 12.346.472. Na mesma faixa etária, 31,97% (6.554.170) recebeu a segunda dose ou a dose única.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 foram afetados pelo ataque hacker ao sistema do Ministério da Saúde, ocorrido em dezembro, o que levou à falta de atualização em diversos estados por longos períodos de tempo.

O consórcio de veículos de imprensa recentemente atualizou os números de população brasileira usados para calcular o percentual de pessoas vacinadas no país. Agora, os dados usados são a projeção do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para 2022. Todos os números passam a ser calculados de acordo com esses valores, inclusive os do ano passado. Por isso, os percentuais de pessoas vacinadas podem apresentar alguma divergência em relação aos números publicados anteriormente.

Mesmo quem recebeu as duas doses ou uma dose da vacina da Janssen deve manter cuidados básicos, como uso de máscara e distanciamento social, afirmam especialistas.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (PL), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

A Caixa Econômica Federal paga nesta quinta-feira (26) a parcela de maio do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 7. O valor mínimo do benefício é R$ 400. As datas seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava nos dez últimos dias úteis do mês.
O beneficiário poderá consultar informações sobre datas de pagamento, valor do benefício e composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.
Atualmente, 17,5 milhões de famílias são atendidas pelo programa. No início do ano, 3 milhões foram incluídas.
Benefícios básicos
O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha filho que se destaque em competições esportivas, científicas ou acadêmicas.
Podem receber o benefício famílias com renda per capita até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e até R$ 200, em condição de pobreza.

Uma bebê de 1 mês morreu antes da transferência para um leito de terapia intensiva, nesta terça-feira (24). A menina, que estava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Curado, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, aguardava há quatro dias por vaga em UTI. 

Giovanna Amélia, de 1 mês e 17 dias, deu entrada na UPA na quinta-feira (19). “Ela tinha conseguido duas horas antes o leito de UTI. Foi quando ela estava esperando a ambulância que não resistiu”, disse a tia da menina, Lanna Luz. A menina teve uma parada cardiorrespiratória.

Ontem, um menino de 11 meses morreu na emergência pediátrica do Hospital Barão de Lucena, no Recife, à espera de um leito de UTI. Segundo o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), hoje, há 88 crianças e bebês aguardando um leito.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) explicou que a Giovanna chegou à UPA com quadro de tosse e cansaço, recebendo uma pulseira amarela ao passar pela triagem, que é para casos de gravidade moderada. Ela foi internada na unidade e passou a ser acompanhada.

“Com quadro de bronquiolite viral aguda, a paciente passou a receber suporte ventilatório […], realizou exames laboratoriais e raio-X, iniciou terapia com antibiótico, aspiração nasal, entre outros”, informou a secretaria.

Espera por leito

O número de crianças e bebês esperando por leito de UTI no estado foi recebida pelo MPPE pelo governo de Pernambuco, nesta terça-feira (24).

Quando a lista foi disponibilizada pela Secretaria Estadual de Saúde para o MPPE, nesta segunda, 73 crianças e 15 bebês aguardavam por uma vaga de UTI (veja lista abaixo). Com síndrome respiratória aguda grave, havia 62 crianças e 11 bebês. De acordo com o governo, o número pode variar de acordo com o horário do dia.

Doenças respiratórias em alta

Na quarta (18), o secretário de Saúde, André Longo, afirmou que houve um aumento de casos de doenças respiratórias como nunca havia sido visto, com um maior grau de severidade e também com maior frequência de solicitação de leitos pediátricos.

Na ocasião, secretário disse que está predominando o vírus sincicial respiratório (VSR) em crianças de até 2 anos e o rinovírus, nos meninos e meninas a partir dessa idade.

O VSR um dos principais agentes de uma infecção aguda nas vias respiratórias, que pode afetar os brônquios e os pulmões. O rinovírus é o causador do resfriado comum, capaz de desenvolver quadros infecciosos mais graves em crianças.

Diante dessa crise, Sociedade Brasileira de Imunologia recomendou que pais e responsáveis evitassem tirar crianças pequenas de casa nos próximos dias, sobretudo, por causa de doenças respiratórias.

No Pajeú

Em entrevista ao repórter Marcony Pereira para o programa A Tarde é Sua da Rádio Pajeú, nesta segunda-feira (23), o diretor do Hospital Regional Emília Câmara (HREC), Sebastião Duque informou que está preocupante o aumento de entradas na pediatria do hospital de crianças com problemas respiratórios. “Inclusive, eu, e o Doutor Jair Flávio, que é o diretor clínico da unidade estávamos tentando entender esse aumento”, informou.

Ainda segundo o diretor da unidade, é comum nesta época do ano o aumento de casos de pediatria, “mas nunca em quatro anos que eu estou aqui na unidade uma quantidade tão grande de crianças sendo internadas. Temos mais de 100% de ocupação”, revelou. A informação é do g1.

Esquema revelado pelo ‘Estadão’ mostra disparada na aquisição de veículos com suspeita de sobrepreço de R$ 109 milhões

A compra e distribuição de caminhões coletores de lixo pôs de ponta cabeça a lógica das políticas públicas. Como revelou o Estadão, a proliferação de veículos adquiridos por estatais controladas pelo Centrão no governo Bolsonaro expõe que os critérios pouco ou nada têm de técnicos. O que parece valer é a política paroquial. Nas redes sociais, o caso já foi batizado de “Bolsolão do lixo”.

Na nova modalidade de despejar recursos do orçamento federal em compactadores de lixo, os movimentos são desconexos: veículos comprados com preços diferentes pelo mesmo órgão público no intervalo de apenas um mês; cidades que precisam de um caminhão e recebem dois, enquanto municípios sem padrinho político não recebem nenhum.

Nesse jogo em que quem apadrinha o dono da caneta oficial pode indicar onde e como gastar os recursos, ganha quem pode mais. E poder mais, como mostra a reportagem do Estadão, é estar ligado aos aliados do governo Bolsonaro. De preferência, os do Centrão.

Assim, a cidade alagoana de Barra de São Miguel, comandada pelo pai do presidente da Câmara Arthur Lira (Progressista), foi agraciada com três caminhões novos. O município tem menos de 9 mil habitantes. Levando em conta que cada morador de zona urbana de pequenas cidades brasileiras produz em média 0,6 kg de lixo por dia, a frota nova que Lira assegurou para seu pai tem capacidade de coleta 4,6 vezes maior do que produção local de resíduos. E parece não importar se a 80 quilômetros dali, a cidade de Marimbondo, não tenha nenhum.

Ter o lixo recolhido na porta de casa é benefício que todo mundo quer. E a universalização do serviço está registrada nos planos de melhoria das condições de vida mundo afora. Mas, pelo que se vê das compras públicas, a farra com veículos compactadores apenas se escuda na aparência de que toda cidade merece ter seu caminhãozinho de lixo. Já no mundo real das estatais do Centrão, política pública tem novo significado. Ao invés de se avaliar primeiro quem realmente precisa e qual a melhor forma de se aplicar os recursos públicos, o que parece contar é apenas a promoção política.

A pesquisa eleitoral de maio do instituto Paraná Pesquisas para o Governo de Pernambuco, divulgada com exclusividade pela coluna, mostra Marília Arraes (SD) liderando a corrida. É a primeira vez que o levantamento testa a ex-petista como pré-candidata ao executivo.

No levantamento estimulado, quando apresenta-se os nomes dos pré-candidatos aos entrevistados, Marília Arraes fica com doze pontos percentuais de vantagem com relação a Raquel Lyra (PSDB), pré-candidata que ocupa o segundo lugar no ranking de intenção de voto ao Governo de Pernambuco.

Ela aparece empatada tecnicamente com Miguel Coelho (UB), terceiro colocado, que por sua vez está empatado tecnicamente com Anderson Ferreira (PL), quarto lugar na pesquisa eleitoral. Danilo Cabral, que nesta semana amarrou a presença do PT à sua chapa lançando Teresa Leitão ao Senado, ficou em quinto lugar.

Os candidatos mais à esquerda, João Arnaldo (PSOL) e Jones Manoel (PCB), ocupam as últimas posições no ranking de intenção de voto ao Governo de Pernambuco. Juntos, eles somam 2%.

Chama atenção que, num cenário sem Raquel Lyra concorrendo ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes chega a 34,9% de intenção de voto. No último levantamento feito pelo Paraná Pesquisas, em março, a tucana liderava com 25,8%, mas a ex-petista estava no principal cenário da disputa.

Num terceiro cenário, sem Miguel Coelho, Marília Arraes seria a maior beneficiada, ganhando 3,8 pontos percentuais. Raquel Lyra, por sua vez, soma 2,8% sem o ex-prefeito de Petrolina concorrendo ao Governo de Pernambuco.

No cenário 1,Marília Arraes (SD): 28,8%; Raquel Lyra (PSDB): 16,0%; Miguel Coelho (UB): 13,6%; Anderson Ferreira (PL): 12,1%; Danilo Cabral (PSB): 7,1%; João Arnaldo (PSOL): 1,3%; Jones Manoel (PCB): 0,7%; Branco ou nulo: 13,5%; Não sabe ou não respondeu: 7%.

No Cenário 2, sem Raquel,  2 – Marília Arraes (SD): 34,9%; Miguel Coelho (UB): 15,4%; Anderson Ferreira (PL): 12,8%; Danilo Cabral (PSB): 8,3%; João Arnaldo (PSOL): 2,2%; Jones Manoel (PCB): 1,5%; Branco ou nulo: 17,0%; Não sabe ou não respondeu: 7,9%.

E no Cenário 3, sem Miguel, Marília Arraes (SD): 32,6%; Raquel Lyra (PSDB): 18,8%; Anderson Ferreira (PL): 12,6%; Danilo Cabral (PSB): 7,7%; João Arnaldo (PSOL): 1,4%; Jones Manoel (PCB): 0,9%; Branco ou nulo: 18,2%; Não sabe ou não respondeu: 7,7%.

Para o segundo turno, Marília Arraes (SD) 51,4% x 18,7% Danilo Cabral (PSB) | B/N: 23,4%. No embate entre Raquel Lyra (PSDB) e Danilo Cabral (PSB), 41,8% a 20,3% para a tucana. Brancos e nulos,  27,5%. Na disputa entre Miguel Coelho (UB) e Danilo Cabral (PSB), 35,0% a 22,7% para o ex-prefeito de Petrolina. Brancos e nulos, 30,9%. Danilo Cabral (PSB) bate Anderson: 29,1% x 28,1% para o socialista.

O trabalho de levantamento de dados foi feito através de 1510 entrevistas pessoais com eleitores com 16 anos ou mais em 60 municípios entre os dias 10 a 14 de maio de 2022. O nível de confiança é de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,6% para os resultados gerais. (Via: Blog do Jamildo)

Carro forte é metralhado durante assalto na BR-230 entre Aparecida e Pombal

O caso ocorreu na zona rural da cidade de Aparecida (Foto: Reprodução)

Na tarde desta segunda-feira (16), um carro forte foi assaltado no interior da Paraíba. O caso ocorreu na zona rural da cidade de Aparecida e em uma localidade conhecida como Serrote do Tigre.

O caso ocorreu no início da tarde e de acordo com as primeiras informações,  testemunhas ouviram disparos de armas de fogo na BR-230. Os tiros eram de metralhadora e foram efetuados pela quadrilha durante o roubo ao veículo de transporte de valores.

Testemunhas também viram uma fumaça preta vindo do mesmo local.

Guarnições da Polícia Militar de toda a região estão realizando diligências, para localizar os criminosos.

Foto: Rafael Vieira/DP.

Foi uma sexta-feira de fé e devoção no Recife, uma cidade que tem amor enorme à Nossa Senhora de Fátima, cujo 13 de maio se celebra a aparição, em Portugal, há mais um século. As celebrações aconteceram no santuário no antigo Colégio Nóbrega, na Soledade, área central da capital. Durante todo dia, milhares de fiéis passaram pelo local, inclusive o prefeito João Campos e familiares. Ele veio trazer a imagem da Santa, que peregrinou em sua casa. Após missa lotada, à noite, uma procissão, a primeira desde 2019 (as celebrações não ocorreram por conta da pandemia de Covid-19), percorreu as ruas adjacentes ao Nóbrega.
A devoção recifense à Nossa Senhora de Fátima é histórica. De acordo com a Diocese de Olinda e Recife, o santuário pernambucano, inaugurado em 1935, é o primeiro no mundo dedicado à aparição de Maria, antecedendo até mesmo o da cidade de Fátima, que foi inaugurado só em 1953.
Emoção que também contagiou os fiéis. “Participo da festa faz 15 anos. Ficar esse tempo sem a festa foi triste, mas ela sempre esteve com a gente. Estou muito feliz por essa retomada hoje, a festa está linda”, contou a devota Zenaide Araújo de 81 anos. (Com reportagem de Tainá Milena)
Neste ano, a festa no Santuário pernambucano tem o tema “Mãe da Eucaristia” e faz alusão ao 18º Congresso Eucarístico Nacional, que está sendo realizado na Arquidiocese de Olinda e Recife, desde o dia 11 – e vai até o dia 15 de novembro próximo –, com presença de fiéis, bispos, padres e diáconos de todo o Brasil. “É uma festa de extrema gratidão à Maria e a seu Filho pelo avanço no controle da pandemia. É também a oportunidade de pedirmos paz para o mundo”, afirmou o reitor do Santuário, o padre Antônio Mota.
A programação da festa do desse dia 13 contou com novena, celebrações eucarísticas, momentos de louvor e a esperada procissão. E muita fé. “Eu sou devoto de Nossa Senhora de Fátima e, quando assumi a Prefeitura, o padre Mota me deu a honra de ficar momentaneamente com a imagem da Virgem, com o objetivo de me ajudar a tomar conta da cidade naquele momento tão difícil da pandemia. Durante esse período, ela me orientou na hora de tomar as decisões mais complexas, a enxergar qual o melhor caminho a ser seguido”, disse o prefeito João Campo, que revelou grande emoção ao devolver a imagem ao templo. “Foi um momento muito especial compartilhar com todos que participaram da missa, renovando nossa fé e devoção à Virgem.”
Emoção que também contagiou os fiéis. “Participo da festa faz 15 anos. Ficar esse tempo sem a festa foi triste, mas ela sempre esteve com a gente. Estou muito feliz por essa retomada hoje, a festa está linda”, contou a devota Zenaide Araújo de 81 anos.

Uma licitação aberta pela Secretaria de Administração de Pernambuco pode alcançar ares de escândalo nacional e parar no Ministério Público Eleitoral. A gestão do PSB no Governo do Estado quer usar recursos do erário público para monitorar a imprensa pernambucana neste ano eleitoral de 2022. 

O edital da licitação foi publicado no Diário Oficial hoje e tem como objeto a “contratação, por lote, de empresa especializada na prestação de serviços de monitoramento de mídia eletrônica (rádio e televisão), em todo o Estado de Pernambuco”.

O Governo do PSB quer, com esta licitação, monitorar o que é falado da gestão em todas as rádios do interior e também as reportagens negativas nos canais de TV, como a matéria feita pela TV Globo sobre o colapso do Hospital da Restauração. A gestão do PSB já reservou verba do orçamento estadual para fazer o monitoramento. Segundo o edital, serão gastos inicialmente R$ 622.152,48 (seiscentos e vinte e dois mil, cento e cinquenta e dois reais e quarenta e oito centavos).

Ainda de acordo com o blog Magno Martins, sem coincidência, o “monitoramento” da imprensa com recursos públicos é lançado em licitação na mesma semana em que a TV Globo e o Jornal do Commercio lançam candentes matérias sobre o colapso do atendimento nos hospitais estaduais do Grande Recife. O que a gestão estadual fará com este “monitoramento” em ano eleitoral?

A gestão do PSB tem pressa em começar o monitoramento de toda a imprensa pernambucana. Já está marcada a abertura das propostas pelas empresas interessadas para a próxima quinta-feira (6). O edital oficial, com a palavra “monitoramento” em destaque, foi assinado pela pregoeira da Secretaria de Administração de Pernambuco. A licitação será decidida na forma de pregão eletrônico. A Secretaria tem pressa e já indicou aos licitantes os documentos a serem apresentados. “Recomenda-se que os licitantes iniciem a sessão de abertura da licitação com todos os documentos necessários à classificação/habilitação previamente digitalizados”, exige a Secretaria, para agilizar a contratação.

 

 

SERTÃO: Homem matou esposa e amigo em Santa Rita após desconfiar de traição

O homem acusado de matar a esposa e um comerciante teria agido motivado por ciúmes da companheira com o amigo, um feirante da região. Após matar os dois, o homem cometeu suicídio.

 

As primeiras informações são de que o homem desconfiou que a mulher o traía com o feirante identificado como Jordâneo Alvino. Ele, então, teria ido à feira e assassinado o amigo. (Foto: Reprodução/Redes sociais)

 

O caso de violência que chocou a cidade de Santa Rita, nesta terça-feira (3), envolve uma suposta traição entre um casal e entre amigos. O homem acusado de matar a esposa e um comerciante no bairro Alto das Populares teria agido motivado por ciúmes da companheira com o amigo, um feirante da região. Após matar os dois, o homem cometeu suicídio.

As primeiras informações são de que o homem desconfiou que a mulher o traía com o feirante identificado como Jordâneo Alvino. Ele, então, teria ido à feira e assassinado o amigo. Logo depois, teria assassinado a esposa e cometido suicídio. O autor dos atentados não teria envolvimento com outros crimes.

A Polícia Civil investiga o caso. Onão conseguiu contato com o delegado Aldrovilli Grisi, que atendeu o caso no local.

A assessoria da Polícia Militar informou  que a PM foi acionada para a Rua São José, no Alto das Populares, em Santa Rita, às 7h30 da manhã de hoje. Na casa foram encontrados mortos Antônio Alexandre do Nascimento, de 58 anos, e Maria José dos Santos Nascimento, de 59. Pouco antes, às 6h50, Jordâneo Florêncio de Souza, de 58 anos, foi morto com um tiro na Rua São Paulo, também no bairro Alto das Populares. Os dois locais de crimes foram isolados para que a Polícia Civil fizesse os procedimentos de praxe.

ClickPB

Um acidente com um ônibus escolar deixou pelo menos oito pessoas mortas e outras 15 feridas, na BR-467, no trecho da cidade de Marechal Cândido Rondon, na região oeste do Paraná, na manhã desta segunda-feira (02).

De acordo com o G1, socorristas que estão no local relataram que a maior parte das vítimas são crianças. Ainda não há informações sobre o sexo e idade das vítimas que morreram.

O acidente aconteceu próximo ao distrito de Iguiporã, no interior de Marechal Cândido Rondon.

“Que ninguém tema a morte, já que a morte do Salvador nos libertou… Cristo ressuscitado de entre os mortos, tornou-se como primícia dos que morreram. A ele a glória e o poder pelos séculos dos séculos.” (São João Crisóstomo).

Alicerçados na fé e na esperança que promanam do Mistério Pascal que intensamente estamos celebrando, nós, bispos do Regional Nordeste 2 da CNBB, solidarizamo-nos com a Diocese de Afogados da Ingazeira e familiares, entristecidos pelo falecimento de Mons. Joao Carlos Acioly Paz, ocorrido nesta Sexta-Feira Santa.

Suplicamos ao Senhor, que este humilde e alegre servidor da Igreja, unido a Jesus Cristo pelo Batismo e pelo dom do Ministério Sacerdotal, e também configurado ao Senhor no sofrimento, encontre no abraço da misericórdia de Deus o acolhimento destinado ao “servo bom e fiel”, a quem é reservada a posse do Reino da vida e da bem-aventurança.

Reconhecemos e sinceramente agradecemos a Deus pela vida e pelos inúmeros serviços prestados, de forma humilde e discreta, pelo Mons. João Carlos Acioly às Igrejas particulares do nosso Regional. Que a sua generosidade e sincero amor pela Igreja e pelo sacerdócio nos inspirem em nossa missão, enquanto peregrinamos rumo à pátria definitiva.

Dom Francisco de Sales Alencar Batista, O. Carm – Bispo de Cajazeiras e Secretário do Regional NE2

 O Brasil registrou 276 mortes por Covid e 30.440 casos da doença nesta quarta-feira (30). Com isso, o país chega a 659.570 vidas perdidas e a 29.912.417 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

As médias móveis de mortes e de casos continuam em queda em relação aos dados de duas semanas atrás. A média de óbitos agora é de 215, redução de 36%, e a de infecções é de 26.180, diminuição de 34%.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Em relação à vacinação, o Brasil registrou 787.242 doses de vacinas contra Covid-19 nesta quarta. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 9.565 primeiras doses e 219.255 segundas doses. Também foram registradas 587.828 doses de reforço.

As doses únicas ficaram negativas, com registro de -29.406. Isso ocorreu devido, principalmente, às -18.036 doses únicas no Espírito Santo. O estado também teve registro negativo de primeiras doses (-107.396).

Santa Catarina também teve alto registro negativo de doses únicas (-14.552).

O Amazonas também teve registro negativo de doses únicas (-1).

A Bahia teve registro negativo de segundas doses (-6.241).

Ao todo, 175.700.134 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil –155.787.277 delas já receberam a segunda dose do imunizante. Somadas as doses únicas da vacina da Janssen contra a Covid, já são 160.507.838 pessoas com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Assim, o país já tem 81,79% da população com a 1ª dose e 74,71% dos brasileiros com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Até o momento, 77.013.123 pessoas já tomaram dose de reforço, o que representa 35,85% da população brasileira.

O consórcio reúne também o registro das doses de vacinas aplicadas em crianças. A população de 5 a 11 anos parcialmente imunizada (com somente a primeira dose de vacina recebida) é de 51,84%, totalizando 10.628.290. Na mesma faixa etária, 15,18% (3.110.942) recebeu a segunda dose ou a dose única.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 foram afetados pelo ataque hacker ao sistema do Ministério da Saúde, ocorrido em dezembro, o que levou à falta de atualização em diversos estados por longos períodos de tempo. Neste domingo, as informações foram atualizadas em 23 estados e no Distrito Federal.

O consórcio de veículos de imprensa recentemente atualizou os números de população brasileira usados para calcular o percentual de pessoas vacinadas no país. Agora, os dados usados são a projeção do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para 2022. Todos os números passam a ser calculados de acordo com esses valores, inclusive os do ano passado. Por isso, os percentuais de pessoas vacinadas podem apresentar alguma divergência em relação aos números publicados anteriormente.

Mesmo quem recebeu as duas doses ou uma dose da vacina da Janssen deve manter cuidados básicos, como uso de máscara e distanciamento social, afirmam especialistas.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (PL), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

O Brasil registrou 300 mortes por Covid e 35.544 casos da doença, nesta quinta-feira (24). O país chegou, com isso, a 658.367 vidas perdidas e a 29.764.701 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

As médias móveis de mortes e casos continuam em queda em relação ao dado de duas semanas atrás. A média de óbitos agora é de 269 mortes por dia, queda de 42%, e a de infecções chegou a 34.145, redução de 27%.

O Espírito Santo não atualizou os dados por causa de problemas técnicos.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Em relação à vacinação, o Brasil registrou 590.316 doses de vacinas contra Covid-19 nesta quinta. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 113.179 primeiras doses e 119.081 segundas doses. Também foram registradas 8.258 doses únicas e 349.798 doses de reforço.

Ao todo, 175.318.247 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil –154.884.163 delas já receberam a segunda dose do imunizante. Somadas as doses únicas da vacina da Janssen contra a Covid, já são 159.634.287 pessoas com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Assim, o país já tem 81,61% da população com a 1ª dose e 74,31% dos brasileiros com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Até o momento, 74.455.088 pessoas já tomaram dose de reforço, o que representa 34,66% da população brasileira.

O consórcio reúne também o registro das doses de vacinas aplicadas em crianças. A população de 5 a 11 anos parcialmente imunizada (com somente a primeira dose de vacina recebida) é de 50,25%, totalizando 10.301.443. Na mesma faixa etária, 12,06% (2.472.233) recebeu a segunda dose ou a dose única.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 foram afetados pelo ataque hacker ao sistema do Ministério da Saúde, ocorrido em dezembro, o que levou à falta de atualização em diversos estados por longos períodos de tempo. Neste domingo, as informações foram atualizadas em 20 estados e no Distrito Federal.

O consórcio de veículos de imprensa recentemente atualizou os números de população brasileira usados para calcular o percentual de pessoas vacinadas no país. Agora, os dados usados são a projeção do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para 2022. Todos os números passam a ser calculados de acordo com esses valores, inclusive os do ano passado. Por isso, os percentuais de pessoas vacinadas podem apresentar alguma divergência em relação aos números publicados anteriormente.

Mesmo quem recebeu as duas doses ou uma dose da vacina da Janssen deve manter cuidados básicos, como uso de máscara e distanciamento social, afirmam especialistas.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (PL), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

ClikPB

As inscrições para o concurso público da Prefeitura de Tavares, no Sertão da Paraíba, estão previstas para encerrar, nesta quinta-feira (03). A banca organizadora, a CPCon (Comissão Permanente de Concursos) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) já havia prorrogado o prazo de inscrição na semana passada. Ao todo estão sendo ofertados, como apurado pelo ClickPB, 56 vagas com salários que chegam a até R$ 4 mil.

As vagas são para os níveis Fundamental, Médio, Técnico e Superior como para a parte da educação – profesores. As inscrições são feitas, exclusivamente via internet por meio do site da CPcon. O edital com as retificações também podem ser vistos na página da banca organizadora. 

Os profissionais aprovados e que irão assumir a vaga terão que cumprir a carga horária de 25 a 40 horas semanais, de acordo com a função, e os salários variam de R$ 1.210,00 a R$ 4 mil. Em relação a taxa de inscrição, o edital aponta que varia de R$ 65 a R$ 105. A prova está prevista para acontecer no dia 24 de abril de 2022.

Distribuição das vagas

As 56 vagas estão distribuídas entre os cargos de Agente de Limpeza Urbana (3); Auxiliar de serviços gerais (2); Vigilante (2); Motorista (3); Técnico de Edificações (1); Agente Administrativo (3); Técnico em Saúde Bucal (3); Técnico em Enfermagem (4); Técnico em Laboratório (1); Assistente Social (1); Educador Físico (1); Nutricionista (2); Enfermeiro (PSF) (2); Médico (PSF) (3); Médico Veterinário (1); Odontólogo (3); Fisioterapeuta (1); Biomédico (1); Farmacêutico (1); Psicólogo (1); Auditor Fiscal de Tributos (1); Professor II – Matemática (3); Professor II – Língua Portuguesa (2); Professor II – Língua Estrangeira/ Inglês (3); Professor II – Educação Física (2); Professor de Geografia II (2); Professor II – História (2) e Professor II – Ciências (2).

 

Também de acordo com a Gazprom, o total de gás restante na Europa é de 29,5%, porém as instalações da Alemanha já se encontram 70,6% vazias e na França 77,1% do armazenamento está esvaziado. A empresa acrescentou ainda que este é um desafio muito sério, considerando os limites diários de enchimento, que são estritamente limitados pelas capacidades tecnológicas das instalações de armazenamento.
Por outro lado, ontem (27), a secretária britânica de Relações Exteriores Liz Truss informou que o Reino Unido pediu ao bloco econômico do G7, grupo dos países mais industrializados do mundo, para limitar o gás e o petróleo importados da Rússia. “Eu defenderia colocar um limite na quantidade de gás e petróleo que é importado da Rússia para que, com o tempo, eliminemos nossa dependência em toda a Europa. É algo em que estamos trabalhando com nossos parceiros do G7 porque não podemos fazer isso sozinhos”, comentou Truss.
Atualmente a União Européia importa cerca de 90% do gás, sendo a Rússia seu principal fornecedor, que garante 40% dos embarques de combustível aos países do bloco

Afogados  fica no empate com o Náutico pelo Pernambucano

Na etapa final, novamente o Náutico conseguiu rapidamente balançar as redes. Com dez minutos, Ewandro tocou por cavadinha após ótimo lançamento e abriu vantagem para o Timbu. Fatura liquidada? Nada disso. Aos 17, o Afogados, sempre explorando o frágil lado esquerdo da defesa alvirrubra, diminuiu com Anderson. A partir dos 36 minutos, o Náutico passou a atuar com dez jogadores, após o zagueiro João Paulo se machucar (o técnico Felipe Conceição já havia feito todas as cinco mudanças). E aos 49, Victor Juffo, com um chute da entrada da área, empatou. A Coruja ainda teve a chance da virada, no último lance da partida após cobrança de escanteio. Lucas Perri salvou o Náutico.

FICHA TÉCNICA

AFOGADOS
Jeferson Danilo; Mattheus Silva (Geraldo), Airton Júnior, Félix e Willian Gaúcho; Rômulo, Lucas Vinícius, Tauã (Dacás) e Breno; Anderson e Wellington Nunes (Filipe Eduardo). Técnico: Sérgio China.

NÁUTICO
Lucas Perri; Hereda, Carlão, Camutanga (Rafael Ribeiro) e Luan (João Paulo); Rhaldney, Richard Franco e Jean Carlos; Ewandro (Pedro Vitor), Robinho (Jhon Kennedy) e Juninho Carpina (Wagninho). Técnico: Felipe Conceição.

Local: Vianão
Árbitro: Hugo Soares Dias Figueiredo
Assistentes: John Andson Alves Ribeiro e Matheus Valentim da Silva
Gols: Náutico – Jean Carlos (14 do 1º tempo), Ewandro (10 do 2º tempo); Afogados – Anderson (17 do 2º tempo), Victor Juffo (49 do 2º tempo).
Cartões amarelos: Airton Júnior, Rômulo, Félix, Tauã (Afogados); Jean Carlos, João Paulo, Jhon Kennedy, Hereda (Náutico)
Público: 300 pessoas
Renda: RS 9.000,00

Saíde do participante caisou comoção na casa.

Foto: globo

Na primeira semana, o participante propôs transformar o “Jogo da Discórdia” em “Jogo da Concórdia”. Ele tentou mudar o foco do programa, muito centrado nas desavenças e atritos, para algo mais apaziguador.

“Acabou pra mim”, disse Tiago Abravanel

O ator saiu de despedindo de todos os participantes do reality e disse “Obrigado”, olhando em volta da casa.

O brother apertou o botão da desistência, que fez soar um alarme por toda a casa e acordou os participantes que ainda dormiam. “Tiago, você não vai fazer isso não”, pediu Jessilane. “Tiago, não!”, disse Eliezer.

A saída do participante causou comoção, especialmente em Arthur Aguiar, que o tinha como principal aliado e amigo na casa. Agora, a produção já anunciou oficialmente a desistência do ator.

Por ter medo de críticas e de ser cancelado, Tiago decidiu por apertar o botão de desistência em um dia que provavelmente iri parar no paredão.

Juiz mantém condenação de Flávio Marques e Sebastião Dias por abuso de poder político em 2020

Publicado em Notícias por  em 25 de fevereiro de 2022

O juiz eleitoral de Tabira, Jorge Willian Fredi Juiz da 50ª ZE, manteve após Embargos de Declaração a condenação por abuso de poder político-econômico os dois candidatos governistas Flávio Marques e Aldo Santana nas eleições de 2020.

Na decisão inicial, ainda foram condenados o ex-prefeito Sebastião Dias, a ex-secretária de saúde Zeza Almeida e a ex-coordenadora do CREAS Socorro Leandro. A ação de investigação foi formulada pela Coligação “Por Uma Tabira Melhor”, da prefeita Nicinha Melo e do marido, Dinca Brandino.

A acusação era de aumento considerável de funcionários públicos nas mais diversas áreas, entre os meses de fevereiro e agosto de 2020, através de notas de empenho e contratos temporários, tendo se dado única e exclusivamente com o propósito de captação de sufrágio, visto que foram realizadas pelo então Prefeito, Sebastião Dias, e por Flávio Marques, secretário de Administração à época, que já anunciava ostensivamente, quando ainda compunha os quadros da administração municipal, seu propósito de concorrer ao pleito de 2020, recebendo apoio de Sebastião.

Num segunda ação, que tramitou em segredo de justiça e em conexão com a primeira, a coligação de Nicinha Melo alegou que os denunciados se utilizaram dos servidores do município para realizar, dentro e fora do horário de expediente, diversos atos de campanha, notadamente os popularmente conhecidos como “porta a porta”.

Os grupos de acordo com a acusação eram dirigidos por Socorro Leandro, Coordenadora do CREAS, e Zeza Almeida, secretária de saúde. Os candidatos a prefeito e vice, Flávio Marques e Aldo Santana, tinham notório conhecimento de sua existência, tendo o último até mesmo participado de um deles. Para comprovação do alegado, solicitou a oitiva de testemunhas, bem como acostou aos autos inúmeros documentos, a exemplo de áudios de reuniões e prints de conversa.

O juiz decretou a inelegibilidade dos investigados para as eleições que se realizarem no período de oito anos, a contar de 15 novembro de 2020.

O juiz recebeu a ação de embargo, que pedia para reconsiderar a decisão.  Dentre os argumentos da defesa de Flávio, Sebastião e cia, a de que houve a percepção errônea da contratação. “Muitos prestaram serviços apenas um mês e tiveram seus contratos suspensos por conta da pandemia”. Ainda que no mês de fevereiro e normal o acréscimo de servidores em qualquer município devido ao retorno das atividades escolares. “As contratações sobre o argumento de excepcional interesse público são corriqueiras em todo país”.

Mas disse o magistrado: “Em que pesem as alegações dos embargantes, não verifico a presença de contradição ou obscuridade. O entendimento deste juízo foi manifestado no ato decisório ora embargado, tendo sido devidamente fundamentado. A sentença deixou claro que a união das ações de nºs 0600147- 43.2020.6.17.0050 e 0600249-65.2020.6.17.0050 foi fator primordial para delinear o abuso de poder perpetrado pelos embargantes”.  Clique aqui e veja a decisão .

Cabe recurso: a decisão ainda pode ser revisada. Cabe á defesa de Flávio Marques, Sebastião Dias, Zeza Almeida, Aldo Santana e Socorro Leandro recorrerem ao Tribunal Regional Eleitoral, TRE.

No primeiro tempo a Coruja do Sertão teve o controle total e fez 1×0 com Nunes.

O segundo tempo o AIFC manteve o domínio e ampliou com Anderson, que fez seu primeiro jogo pela equipe. O Caruaru ainda descontou.

 

Morreu nesta quarta-feira (23) a cantora Paulinha Abelha, vocalista da banda Calcinha Preta, aos 43 anos, em Aracaju. Ela estava internada desde 11 de fevereiro por causa de problemas renais. A informação foi confirmada pela assessoria do Hospital Primavera

No início da tarde desta quarta, a equipe médica de Paulinha Abelha havia divulgado boletim com a informação de que ela seguia em estado grave e sem alterações clínicas desde a última atualização do quadro de saúde.

Ela estava na UTI, respirava  com ajuda de aparelhos e fazia “hemodiálise para ajuste da função renal”.

Leia nota na íntegra:

“O Hospital Primavera comunica, com pesar, que a cantora, Paula de Menezes Nascimento Leca Viana, Paulinha Abelha, faleceu hoje às 19h26 em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico.
Nas últimas 24 horas apresentou importante agravamento de lesões neurológicas, constatadas em ressonância magnética, e associada a coma profundo.
Foi então iniciado protocolo diagnóstico de morte encefálica, que confirmou hipótese após exames clínicos e complementar específicos.
Ela estava internada no Hospital Primavera desde o dia 17 de fevereiro, sob os cuidados das equipes médicas de terapia intensiva, neurologia e infectologia.

Dr. Ricardo Leite –CRM 3355
Diretor Técnico do Hospital Primavera
Dr. André Luis Veiga de Oliveira – CRM 2499 – RQE 2825
Médico Intensivista do Hospital Primavera
Dr. Marcos Aurélio Alves – CRM 1592

Médico Neurologista do Hospital Primavera”

Prefeitura alerta para proibição de evento anunciado para AABB

A Vigilância Sanitária da Prefeitura de Afogados da Ingazeira emitiu notificação para a empresa SOS eventos.

A empresa estava divulgando a realização no salão da AABB, Associação Atlética Banco do Brasil o evento “Decolou”, com Douglas Pegador,  Luan Douglas e Bruno Fagundes. Segundo cards circulando nas redes sociais, o evento já tinha o primeiro lote de ingressos a venda por R$ 20.

“A Secretaria Municipal de Saúde e a Vigilância Sanitária municipal informa, que de acordo com o Decreto Municipal 002/2022, fica proibida a realização de eventos festivo-culturais,  públicos ou privados”.

A prefeitura determina que a organização suspenda imediatamente a venda de ingressos ou mesas do evento, por não estar permitido com base na legislação.

Encontrado corpo de afogadense vítima da tragédia em Petrópolis

Corpo de dona Lindinalva foi encontrado uma semana após a tragédia que se abateu sobre a cidade

Por André Luis/Blog Nill

Uma semana após a tragédia que se abateu sobre a cidade serrana de Petrópolis, no Rio de Janeiro, foi encontrado na manhã desta quarta-feira (23), o corpo de Lindinalva Leite, de 86 anos, que foi soterrada após a casa em que estava desabar com a força das águas. Ela morava na cidade com duas filhas.

A informação foi confirmada pelo genro de dona Lindinalva, José Carlos, que disse que a família ainda precisará ter um pouco de paciência, pois o corpo foi levado para o IML que está superlotado e talvez demore a liberação do corpo.

José Carlos ainda não soube informar se o corpo de dona Lindinalva será trazido para Afogados da Ingazeira, ou se será sepultado no Rio de Janeiro.

Em Afogados da Ingazeira, a família mora no bairro São Sebastião e tem vivido o mesmo drama das famílias de desaparecidos após o temporal que se abateu sobre a cidade serrana de Petrópolis.

Na semana passada a família chegou a reacender a esperança de encontra-la com vida, isto porque o cachorrinho da família foi encontrado em baixo dos escombros “sem nenhum arranhão”, informou uma das filhas de dona Lindinalva em áudio enviado para familiares.

José Carlos informou ainda que o número de mortos na tragédia se aproxima dos duzentos. E que desaparecidos, são noventa. “Seguramente será em torno de trezentos mortos na tragédia”, destacou.

O temporal que causou a tragédia em Petrópolis aconteceu na terça-feira (15).

 

Bastante conhecida em Tabira por ser de uma família de comerciantes e por participar de movimentos religiosos, a jovem Carla Gizele, de 34 anos, que lutava a cerca de um ano e meio contra um câncer, não resistiu e morreu na tarde desta terça-feira (22).

 

Gizele estava internada no Hospital Português, em Recife, quando faleceu. Familiares e amigos usaram as redes sociais para lamentar a morte precoce da jovem, demonstrando grande comoção.

Ela trabalhou por anos na Loja Passarela, de Eliane Bezerra, como gerente, onde ficou bastante conhecida e querida pelos tabirenses pelo seu jeito simples e carismático de atender a todos. Atualmente ela tinha o seu próprio negócio, ‘Gi Lingerie’, na Praça Gonçalo Gomes. É irmã do também empreendedor Bô Cell.

Gizele descobriu o câncer tipo linfoma recentemente após dá à luz a sua primeira filha e desde então travou uma luta pela vida. Pessoa de muita fé, nunca se mostrou desanimada e logo iniciou o tratamento na capital pernambucana. De acordo com amigos próximos, no mês passado Gizele já não se sentia mais bem e foi levada para Recife novamente, onde ficou internada e veio a falecer nesta tarde.

Ainda não há informações sobre a chegada do corpo em Tabira. O velório acontecerá na residência dos seus pais na Rua José Maria, próximo a ponte do Bairro Vitorino Gomes. O sepultamento provavelmente será na tarde desta quarta-feira (23) no cemitério Parque da Saudade. Carla Gizele deixa esposo e uma filha que completará dois anos em agosto deste ano. (Via: Tabira Hoje)

 

Estado de Saúde: saiba como está Paulinha Abelha, da ‘Calcinha Preta’

Médicos afirmam que a situação da cantora é gravíssima e que ela está no nível mais baixo de uma escala que mede o estado de um coma.

 

Paulinha Abelha é vocalista da banda ‘Calcinha Preta’ e está internada na UTI de um hospital particular de Aracaju – FOTO: (Foto: Instagram/Reprodução)

Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (22), foi informado que Paulinha Abelha, vocalista da ‘Calcinha Preta’, está em estado gravíssimo. De acordo com médicos que acompanham estado de saúde da cantora, ela apresenta lesão grave no cérebro.

Investigações para identificar a origem das insuficiências nos órgãos afetados de Paulinha Abelha, estão sendo realizadas. A cantora deu entrada em um hospital e foi internada com uma insuficiência renal no último dia 11 de fevereiro. Após alguns dias, fígado e cérebro foram atingidos, deixando a cantora em coma. 

Como ainda não há um diagnóstico claro que justifique o início das lesões nos órgãos da artista, os médicos trabalham em diversas frentes de tratamento.

Um “diagnóstico sindrômico” implica que deve ser tratadas diversas possibilidades levantadas pelos especialistas, como inflamações e questões autoimunes.

“Além da toxicidade, intoxicação medicamentosa, existe um cenário inflamatório que é claro, nítido, que a gente vem tratando também do ponto de vista anti-inflamatório. Existe também uma investigação se finalizando do ponto de vista da autoimunidade”, explicou o médico.

 

A equipe médica realiza exames laboratoriais de forma complementar para identificar se existe uma substância que esteja intoxicando o corpo de Paulinha Abelha. Além dos exames de sangue, foram encaminhadas amostras dos órgãos atingidos para biópsia a fim de identificar as causas das lesões.

Qual o atual estado de saúde de Paulinha Abelha ?
Os médicos afirmam que a situação da cantora é gravíssima e que ela está no nível mais baixo de uma escala que mede o estado de um coma.

“O tratamento que vem sendo dado é no sentido de diminuir, regredir ou compensar as diversas disfunções que ela tem, para ver se existe a possibilidade de fazer a compensação do dano neurológico. Hoje ela está em coma profundo, na escala de coma de Glasgow, ela está em 3, apresentando um rebaixamento severo do sensório”, complementou o médico.

Há chance de recuperação sem sequelas?
Sobre uma possível recuperação e sequelas que devem ficar no corpo de Paulinha Abelha, o médico prefere não se pronunciar o assunto, apesar de afirmar que o estado de coma é reversível.

“Hoje, o nosso interesse é mantê-la viva. E não está sendo uma missão fácil. Eu não me sinto confortável em falar sobre possibilidade de sequelas em um paciente em que a princípio nosso esforço é mantê-la viva. Sequelas vem depois, se sobreviver”, finalizou o especialista durante a coletiva de imprensa.

Em grave incidente, avião da GOL perde o eixo da pista e quebra luzes no pouso em Recife

 

As nuvens estavam baixas, a 1.700 pés, mas não a ponto de afetar a visibilidade da aproximação. (Foto: Divulgação – GOL)

 

Um avião Boeing 737 da GOL acabou atingindo luzes de sinalização durante a decolagem no Aeroporto do Recife, informa um registro no Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA). O órgão classifica o incidente como grave.

O caso, reportado ao órgão da Força Aérea responsável por investigações de incidentes e acidentes no Brasil, aconteceu no dia 16 de fevereiro e envolveu um Boeing 737-800 de matrícula PR-GUH, que chegava em Recife após um voo de duas horas proveniente de Brasília, com 172 passageiros a bordo.

Segundo informações constantes do CENIPA, durante a corrida de desaceleração após o pouso, o avião acabou saindo momentaneamente da pista, ficando com um dos trens de pouso fora da lateral direita e atingindo as luzes do balizamento da pista.

Dados da plataforma FlightRadar24 (imagem abaixo) apontam que o avião desviou para a direita do eixo da pista, próximo da intersecção com a antiga pista desativada do aeroporto pernambucano. No momento do pouso, a meteorologia indicava ventos calmos com chuva na vizinhança do aeroporto. As nuvens estavam baixas, a 1.700 pés, mas não a ponto de afetar a visibilidade da aproximação.

O avião ficou um dia parado em Recife, e voltou a voar no dia 18. Segundo o CENIPA a aeronave está liberada, mas o incidente ainda está sendo analisado pelo órgão.

 

Uma bebê nasceu, neste domingo (20/2), em um ponto de apoio montado pela Prefeitura de Petrópolis (RJ), cidade tomada pelo luto após a morte confirmada de 155 pessoas por causa dos deslizamentos e enchentes na última semana. A recém-nascida levou alegria, esperança e vida ao cenário de devastação.

Registrada com o nome Ana Alice, a pequena nasceu às 8h42 na Escola Paroquial Bom Jesus e chamou a atenção de moradores acolhidos no local por causa da tragédia.

Grávida de nove meses, Giovana Cerqueira, de 19 anos, chegou ao ponto de apoio por volta das 7h30 para avisar a sua mãe, que é avó da bebê e está abrigada no local, sobre as fortes contrações na barriga por causa do período final da gestação.

Logo em seguida, a equipe médica do posto de saúde, que atuava no ponto de apoio da escola, foi chamada e examinou Giovanna.

“Ela estava tendo contrações fortes. Acionamos a Defesa Civil, que chamou a ambulância, mas não deu tempo. A bebê nasceu aqui mesmo. Foi a coisa mais emocionante que vi na vida”, contou a diretora da escola, Renata Zacharsk.

Renata contou que o nascimento da bebê deixou todas as pessoas emocionadas. “Ela [Giovana] não estava abrigada na escola, só a mãe dela. Foi um momento muito emocionante para todos aqui”, ressaltou a diretora.

O parto foi feito pela equipe do posto de saúde que estava no ponto de apoio, segundo a enfermeira Tatiana Jardim Costa. “Eu e a mãe dela a colocamos no chão, e eu falei: ‘Faz força’. Logo já vi a cabeça da bebê, e ela nasceu. Foi lindo”, disse a profissional.

Após o parto, Giovana e Ana Alice foram levadas pelo Samu de ambulância para o Hospital Alcides Carneiro (HAC), em Corrêas. As duas passam bem. (Via: Metrópoles)

 

 

Rússia diz que ataque vindo da Ucrânia destruiu posto de fronteira

O incidente ocorreu a 150 metros da linha de fronteira entre a Rússia e a Ucrânia, de acordo com o texto da Interfax.

 

O incidente ocorreu a 150 metros da linha de fronteira entre a Rússia e a Ucrânia, de acordo com o texto da Interfax. (Foto: Reprodução)

 

A agência FSB, um dos serviços de segurança da Rússia, afirmou nesta segunda-feira (21) que um obus disparado do território da Ucrânia destruiu um posto de fronteira russo na região de Rostov. Não houve mortos nem feridos, de acordo com a agência de notícias Interfax.

O incidente ocorreu a 150 metros da linha de fronteira entre a Rússia e a Ucrânia, de acordo com o texto da Interfax.

“Em 21 de fevereiro, às 9h50, um obus de tipo não identificado disparado do território da Ucrânia destruiu o posto de serviço dos guardas de fronteira na região de Rostov, a uma distância de cerca de 150 quilômetros da fronteira russo-ucraniana”, relatou a FSB, citado pelas agências russas de notícias.

“Não houve vítimas. O pessoal especializado em desminagem trabalha no local”, acrescentou o FSB, que também é responsável pelo serviço de guarda de fronteira na Rússia.

Um vídeo atribuído à FSB e publicado pela agência pública de notícias Ria Novosti mostra uma pequena estrutura destruída em uma planície arborizada e escombros espalhados pelo chão.

Oleksiy Danilov, o principal líder de segurança da Ucrânia, afirmou que o país não ataca civis.

Desde 2014, há grupos de separatistas rebeldes no leste da Ucrânia que é considerado pró-Rússia. Na região há conflitos há anos.

Na semana passada, os grupos rebeldes e o governo ucraniano trocaram acusações de ataques.

Violações de cessar-fogo
Houve mais de 1.500 registros de violações do cessar-fogo em 24 horas no leste separatista pró-Rússia da Ucrânia, um recorde até agora neste ano, informou a Monitores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) n o sábado (19).

Da tarde de quinta-feira à noite de sexta-feira, observadores da OSCE registraram 591 violações do cessar-fogo em Donetsk e 975 em Luhansk, os dois enclaves separatistas.

Os combates mais intensos ocorreram no noroeste da região de Lugansk, cerca de 20 quilômetros a sudeste de Severodonetsk, uma localidade leal ao governo de Kiev.

A OSCE, cujos membros incluem a Rússia e os Estados Unidos, implantou sua missão de paz na Ucrânia em 2014, após a anexação da Crimeia pela Rússia e a eclosão de um conflito entre Kiev e separatistas na região de Donbas, que deixou mais de 14.000 mortos.

No sábado, a organização alertou para um “aumento drástico” nas violações do cessar-fogo assinado em 2015.

O exército ucraniano informou que dois soldados foram mortos neste sábado em um bombardeio por separatistas.
Mais de dez bombas explodiram a algumas centenas de metros do ministro do Interior ucraniano, Denis Monastirski, quando ele visitava a linha de frente com os separatistas.

 

 

 

Paulinha Abelha apresenta quadro neurológico grave, diz boletim médico deste domingo (20)

A cantora Paulinha Abelha, da banda Calcinha Preta, apresenta quadro neurológico grave, é o que diz o último boletim médico divulgado no final da manhã deste domingo (20) pelo hospital particular onde ela está internada em Aracaju.

Paulinha permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). De acordo com o boletim, o quadro clinico é estável e sem necessidade de drogas para manutenção da vida. Ela também permanece em coma e intubada.

Integrantes da banda, familiares e fãs fizeram mais uma vigília de oração pela restauração da saúde da artista na noite desse sábado (19).

No fim da manhã deste sábado foi divulgado que após a investigação com exames complementares, foi afastada a possibilidade da cantora estar com “doenças infecciosas de interesse epidemiológico para a comunidade”. O documento não trouxe mais detalhes sobre quais doenças seriam essas.

Entenda o caso

Paulinha Abelha foi hospitalizada em 11 de fevereiro em Aracaju depois de chegar de uma turnê com a banda Calcinha Preta em São Paulo. A internação foi para tratar de problemas renais, mas a causa não foi divulgada.

No dia 14, o quadro da cantora se agravou e ela foi transferida para a UTI, além de passar a fazer diálise.

No boletim médico divulgado na tarde da quinta (17), foi anunciado que Paulinha estava em coma, e por causa da instabilidade neurológica, não tinha condições clínicas suficientes para a transferência, mas no fim da noite a situação mudou, e por volta das 23, ela foi transferida para o Hospital Primavera, na Zona Sul de Aracaju, para fazer novos exames renais.

No início da tarde desta sexta-feira (18), o boletim médico informou que a cantora permanecia em coma, clinicamente estável, com quadro de infecção controlado e respirando com o suporte de aparelho. A assessoria da cantora informou ainda que está descartada a possibilidade de morte cerebral, e que nesta tarde ela passa por mais uma sessão de hemodiálise. Informou também que ela está sendo submetida a um novo tratamento, que só deve apresentar resposta em 72 horas. Com relação à transferência de Paulinha Abelha para hospital de outro estado, a assessoria informou que não há previsão de quando isso pode acontecer.

Na noite desta sexta-feira (18), segundo o boletim , Paulinha continuava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em coma, mas em estabilidade clínica, sem necessidade de drogas para manutenção da vida, recebendo terapia renal substitutiva sem intercorrências.

Por G1 SE

BA: Policiais trocam tiros com assaltante e recuperam caminhão roubado no Sertão

Na tarde de ontem dia (19), por volta das 16:20, policiais foram acionados pelo Cap PM Hugo, onde  foram sinformando que um  Veículo: VW/24.250 CLC 6X2; placa: EFW8B38; cor: AZUL; Chassi: 9535N8247AR046682; São Paulo/SP, tinha saído da rota pré determinada e possivelmente teria sido fruto de roubo. 

De acordo com informações repassadas ao Blog O Povo com a Notícia, de imediato a Guarnição se deslocou pela BR 116 onde encontrou o referido veículo, sendo dada voz de parada e o seu condutor (Assaltante) efetuou disparos de arma de fogo contra a guarnição que revidou, porém o agressor conseguiu fugir pela área de caatinga. 

Em ato continuo a Guarnição fez diligências com com o intuito de localizar o motorista do caminhão, sendo que o mesmo foi localizado na cidade de Abaré, no Sertão da Bahia, e informou aos PMs que por folta das 11:40 na BR 116, Km 158 teve seu caminhão tomado de assalto  por homens armados que estavam em uma caminhonete Hilux Branca. Posteriormente a Guarnição se deslocou até Delegacia de Paulo Afonso para as medidas cabíveis.

Sem Marília, PT de Pernambuco tem reunião com Danilo Cabral

Por André Luis/Nill

Neste domingo (20), o pré-candidato ao Governo de Pernambuco, deputado Danilo Cabral (PSB), se encontrou com membros do Partido dos Trabalhadores de Pernambuco. O encontro foi registrado nas redes sociais do socialista.

“Momento é de unidade, resistência e luta pelo #forabolsonaro. Estamos juntos na Frente Popular de Pernambuco que irá eleger Lula presidente e avançar nas mudanças em Pernambuco”, escreveu Danilo.

Participaram da reunião o presidente estadual do PT, deputado estadual Doriel Barros, o deputado federal Carlos Veras, a deputada estadual Teresa Leitão e o dirigente do PT Oscar Barreto, além do presidente da Contag, Aristides Santos.

Como já é de conhecimento de todos, Veras está sendo cotado para ocupar a vaga do Senado na chapa majoritária da Frente Popular. Teresa colocou o nome a disposição e Doriel corre por fora. 

Já a melhor colocada apontada na pesquisa encomendada pelo PT para ocupar a vaga, Marília Arraes, não estava presente no encontro.

Ela sofre com a rejeição do PSB. Com uma posição crítica ao comando do partido no Estado, tem rusgas com o governador Paulo Câmara e o primo, João Campos, prefeito do Recife. E ainda sofre com a falta de apoio do próprio PT. Mais uma vez será rifada no processo.

No final da manhã deste sábado (19), a banda Calcinha Preta divulgou, através dos stories do perfil oficial do grupo, um novo boletim médico da cantora Paulinha Abelha. A artista está internada no Hospital Primavera, em Aracaju, para onde foi transferida nesta semana, e segue em coma.

 

BOLETIM

 

No informe, que traz assinatura da equipe médica, a unidade de saúde destaca que a forrozeira segue na unidade de terapia intensiva, mas com estabilidade no quadro clínico e sem necessidade de medicamentos. Além disso, foi descartada qualquer possibilidade de infecção por covid-19.

“Informamos que a paciente Paula de Menezes Nascimento Leca Viana, segue em unidade de terapia intensiva em coma. Mantém estabilidade clínica, sem necessidade de drogas para manutenção de vida. Destacamos que após a investigação com exames complementares foram afastadas doenças infecciosas de interesse epidemiológico para a comunidade”.

A cantora foi internada inicialmente para tratamento de um problema renal, evoluindo para quadro grave e transferência para UTI. No entanto, a assessoria descartou a informação de que ela foi diagnosticada com uma bactéria no cérebro, divulgada pelo colunista Leo Dias.

Nesta sexta-feira (18), amigos da forrozeira iniciara e convocaram os fãs para uma corrente de orações. O pontapé inicial da ação foi dado pelo cantor e parceiro de banda, Daniel Diau. Ele fez a convocação através do seu perfil oficial do Instagram.

 

https://www.instagram.com/danieldiauoficial/?utm_source=ig_embed&ig_rid=a7c76b39-969b-4a1e-bce5-bb3406afdb9b

 

A vítima fatal estava acompanhada de outro sertaniense, que se encontra fora de perigo. Cicinho infelizmente faleceu devido os ferimentos provocados pelo acidente.

Cicinho estava na garupa da moto, quando segundo informações extra oficiais que conseguimos apurar com amigos da vítima, ele teria sofrido um infarto vindo a cair no asfalto.

O acidente aconteceu quando chegavam nas imediações da cidade de Iguaracy, o condutor do veículo conhecido por Wanderson está bem.

A cidade de Sertânia está consternada por se tratar de uma pessoa bem conhecida da sociedade.

 

PT trava disputa interna em PE com promessa de não intervenção de Lula

Ao menos três petistas querem vaga de candidato ao Senado em aliança que tem PSB na cabeça de chapa ao governo

Por José Matheus Santos/Folha de S. Paulo

Em meio aos impasses na negociação da federação partidária com o PSB, o PT enfrenta uma corrida interna na disputa pelo Senado na aliança em Pernambuco.

Integrantes do PT nacional e de Pernambuco dizem acreditar que a sigla ficará com a indicação para a vaga ao Senado após abrir mão da pré-candidatura do senador Humberto Costa ao Governo de Pernambuco, em um gesto para o PSB, que ainda não oficializou o pré-candidato a governador.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, em entrevista à Rádio Clube de Pernambuco, na semana passada, que o PT deseja indicar o candidato a senador.

Entre os nomes cotados para a postulação ao Senado estão os dos deputados federais Carlos Veras e Marília Arraes e o da deputada estadual Teresa Leitão. Corre por fora, com chances remotas, o ex-prefeito de Petrolina Odacy Amorim.

O desejo do PT para o Senado surpreendeu outros partidos aliados do PSB no estado. No entanto, a possibilidade já era tratada como iminente pelos pessebistas antes mesmo da concretização da saída de Humberto da disputa pelo governo.

A posição na chapa majoritária também é desejada pelos deputados federais André de Paula (PSD), Eduardo da Fonte (PP), Silvio Costa Filho (Republicanos) e Wolney Queiroz (PDT) e pela vice-governadora Luciana Santos (PC do B).

A ambição pela vaga se dá em meio ao desejo de usar o rótulo de “senador de Lula”, mantra de candidatos ao Senado em eleições anteriores para surfar na alta popularidade do ex-presidente na campanha eleitoral em Pernambuco.

Parte dos concorrentes argumenta, nos bastidores, que a vaga não deveria ser do PT, que já tem um senador em Pernambuco, Humberto Costa. O parlamentar discorda e usa argumento similar ao de Lula.

Segundo ele, “o PT fez um gesto enorme” quando desistiu de ter uma candidatura ao governo do estado em prol do PSB, sem nem saber quem seria o candidato do partido.

“O mínimo que a gente pode requerer de reciprocidade é ocupar o espaço que considerarmos que tem relevo para a importância que o PT tem, o próprio Lula falou isso, que é justo o PT querer a vaga do Senado”, afirmou Humberto.

Mesmo com a ampla concorrência, líderes do PSB argumentam, nos bastidores, que podem ceder a vaga do Senado ao PT diante da necessidade de contar com a presença de Lula no palanque do postulante ao governo estadual.

Lula e a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, firmaram um compromisso com Humberto Costa para que não haja intervenção da direção nacional da legenda e que a definição fique a cargo do diretório pernambucano.

O diretório petista estadual é formado em sua maioria por aliados do senador Humberto Costa. A predominância é garantida pelo apoio do ex-presidente do PT do Recife Oscar Barreto e seus aliados.

A preferência do grupo de Humberto Costa é pelo deputado federal Carlos Veras para o Senado. Pesam contra ele resistências no PSB e em outros partidos da aliança.

Para tentar se viabilizar, Veras costura um acordo para que, caso sua indicação para o Senado seja efetivada, o presidente do PT de Pernambuco, Doriel Barros, seja candidato a deputado federal em seu lugar, herdando o espólio eleitoral.

O grupo ainda lançaria um outro aliado interno para a Assembleia Legislativa.

Já a deputada federal Marília Arraes conta com a simpatia de integrantes da direção nacional do PT, sob o argumento da viabilidade eleitoral. Ela é a mais bem posicionada entre os petistas em pesquisas de intenção de voto para o Senado contratadas a pedido do partido.

A rejeição a Marília vem do PSB, principalmente do prefeito do Recife, João Campos. Ambos disputaram o segundo turno das eleições de 2020 para a prefeitura. Os pessebistas temem também que, sendo eleita senadora, Marília se candidate ao governo do estado em 2026, caso não haja a federação partidária.

Como o grupo de Marília é minoritário no PT pernambucano, a parlamentar tem feito gestos na direção de outros petistas. No dia 3 de fevereiro, teve um encontro com o ex-presidente do PT recifense Oscar Barreto, que tem forte influência no partido em Pernambuco.

A reunião foi interpretada no PT, além de um movimento de Marília para ganhar força interna, como um gesto de Oscar em busca da unidade partidária. Na eleição de 2020 no Recife, ele era defensor da aliança com João Campos (PSB) e contra a candidatura própria de Marília Arraes pelo PT.

No quinto mandato de deputada estadual, Teresa Leitão também se colocou no PT para o Senado. Neste mês, ela, que é professora, encontrou-se em São Paulo com Lula para discutir propostas de educação para um eventual futuro governo dele.

Teresa não faz parte do grupo de Humberto Costa, mas tem trânsito entre diferentes alas do PT. 

“Não estou me colocando para disputar, mas como alternativa”, diz. “O debate tem que ser transparente e democrático ao ponto de que não existam vencedores nem derrotados”, frisa.

A média móvel de mortes chegou a 840 óbitos por dia, um aumento de 12% em relação ao dado de duas semanas atrás, o que representa uma situação de estabilidade.

As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais. (Foto: Reprodução)

 

 O Brasil registrou 1.114 mortes por Covid e 122.748 casos da doença, nesta sexta-feira (18). Com isso o país chegou a 643.111 vidas perdidas e a 28.064.224 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

A média móvel de mortes chegou a 840 óbitos por dia, um aumento de 12% em relação ao dado de duas semanas atrás, o que representa uma situação de estabilidade.

Já a média de casos agora é de 110.312 infecções por dia, uma queda 37% também em relação ao dado de duas semanas atrás.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 foram afetados pelo ataque hacker ao sistema do Ministério da Saúde, ocorrido em dezembro, o que levou à falta de atualização em diversos estados por longos períodos de tempo. Nesta quarta, as informações foram atualizadas em 20 estados e no Distrito Federal.

O consórcio de veículos de imprensa recentemente atualizou os números de população brasileira usados para calcular o percentual de pessoas vacinadas no país. Agora, os dados usados são a projeção do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para 2022. Todos os números passam a ser calculados de acordo com esses valores, inclusive os do ano passado. Por isso, os percentuais de pessoas vacinadas podem apresentar alguma divergência em relação aos números publicados anteriormente.

O Brasil registrou 1.477.298 doses de vacinas contra Covid-19, nesta sexta. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 328.272 primeiras doses, 314.843 segundas e 2.006 doses únicas. Também foram registradas 832.177 doses de reforço.
A Bahia teve registro de -1.122 primeiras doses. O Ceará registrou -225 doses de reforço. Também com dados negativos em doses de reforço, o Distrito Federal registrou -50.

Ao todo, 170.938.256 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil –149.093.866 delas já receberam a segunda dose do imunizante. Somadas as doses únicas da vacina da Janssen contra a Covid, já são 153.759.398 pessoas com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.
Assim, o país já tem 79,57% da população com a 1ª dose e 71,57% dos brasileiros com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen. Considerando somente a população adulta, os valores são, respectivamente, de 105,66% e 95,04%.
Somente 27,66% da população tomou dose de reforço até o momento.

O consórcio começou a fazer também o registro das doses de vacinas aplicadas em crianças. A população de 5 a 11 anos parcialmente imunizada (com somente a primeira dose de vacina recebida) é de 33,71%.

Considerando toda a população acima de 5 anos, 85,40% recebeu uma dose e 76,82% recebeu duas doses ou a vacina de dose única da Janssen.

Mesmo quem recebeu as duas doses ou uma dose da vacina da Janssen deve manter cuidados básicos, como uso de máscara e distanciamento social, afirmam especialistas.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (PL), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Bombeiros e PMs pedem justiça durante homenagem a presidente de associação assassinado a tiros

Policiais e bombeiros militares fizeram um ato, na tarde desta s

exta (18), pedindo justiça no caso do assassinato de Albérisson Carlos, presidente da Associação dos Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE). Ele foi morto a tiros na noite da quarta (16), momentos após sair da sede da entidade, na Zona Oeste do Recife.

Os participantes do ato se reuniram na Praça do Derby, na área central do Recife, com coroas de flores e faixas. A manifestação foi em frente ao Monumento ao Soldado Tombado em Cumprimento do Dever.

Ainda de acordo com o G1 PE, os cabos e soldados relembraram a trajetória e a morte de Albérisson Carlos. Eles deram as mãos e fizeram um abraço simbólico do monumento. Também rezaram e entregaram uma coroa de flores a uma representante da família de Albérisson Carlos.

O monumento fica em frente ao Quartel do Derby, sede da Polícia Militar de Pernambuco. Na escultura está escrito “aqui faz o homem, aqui nasce o herói”.

Líder da chamada “operação padrão” da Polícia Militar de Pernambuco, Albérisson Carlos ficou conhecido por fazer duras críticas ao governo e foi expulso da PM em 2017, com o vice da associação, Nadelson Leite.

Os dois encabeçavam o movimento da categoria quando policiais abandonaram o Programa de Jornadas Extras (PJEs) e iniciaram a operação padrão, no fim de 2016.

Os dois chegaram a ser presos durante uma assembleia da categoria. Na época, as associações de classe reivindicavam aumento salarial e melhorias nas condições de trabalho.

Albérisson Carlos tinha 50 anos e foi enterrado na quinta-feira (16), sob forte comoção, no Cemitério Parque das Flores, no bairro de Tejipió, na Zona Oeste do Recife.

Os colegas de farda de Albérisson acompanharam a chegada do caixão e gritaram palavras de ordem, como “força e honra”. (Matéria relacionadas, clique aqui).

Biden diz que Putin está decidido a invadir a Ucrânia e que a Rússia vai atacar Kiev nos próximos dias

Moradores de áreas separatistas do leste da Ucrânia deixaram a região em direção ao território russo nesta sexta. Alegações de que as forças ucranianas irão atacar essa região não fazem sentido, segundo o presidente americano.

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos da América Reprodução. (Foto: CNN)

O presidente americano Joe Biden disse nesta sexta-feira (18) acreditar que a Rússia vai atacar a capital da Ucrânia, Kiev, nos próximos dias.

“Temos motivos para acreditar que as forças russas atacarão nos próximos dias, especificamente a capital ucraniana de Kiev “, afirmou.

Biden enfatizou ainda acreditar que o presidente russo, Vladimir Putin, está decidido a invadir a Ucrânia. “A partir deste momento, estou convencido de que ele tomou a decisão”, disse Biden na Casa Branca.

Biden havia dito anteriormente que não acreditava que o líder russo já tivesse se decidido pelo ataque, mas reconheceu na época que sua visão sobre o pensamento de Putin eram limitada.

Falando na Casa Branca, Biden disse que as notícias divulgadas ao público russo de que a Ucrânia está planejando lançar um ataque em Donbass, controlado pelos separatistas, carecem de evidências. Ele disse que essas alegações desafiavam a lógica.

“Tudo isso é consistente com a cartilha que os russos usaram antes”, disse Biden. “Isso também está de acordo com o cenário de pretexto sobre o qual os Estados Unidos e nossos aliados e parceiros vêm alertando há semanas”, continuou Biden. Ou seja, a alegação de um ataque ucraniano à região separatista do leste seria uma maneira de justificar uma invasão por parte de Moscou.

Ele disse que houve um aumento nas violações do cessar-fogo no leste da Ucrânia e que isso pode servir de pretexto para uma invasão.

Movimentação separatista

Separatistas apoiados pela Rússia anunciaram nesta sexta a súbita retirada surpresa de suas regiões separatistas no leste da Ucrânia, uma reviravolta em um conflito que o Ocidente acredita que Moscou planeja usar para justificar uma grande invasão de sua vizinha.

Sirenes de alerta soaram em Donetsk depois que ela e a outra autoproclamada “República Popular”, Luhansk, anunciaram a retirada de centenas de milhares de pessoas para a Rússia, com mulheres, crianças e idosos indo primeiro.

Sem fornecer provas, Denis Pushilin, líder separatista em Donetsk, acusou a Ucrânia de se preparar para atacar as duas regiões em breve –uma acusação que Kiev disse ser falsa.
“Não há ordens para libertar nossos territórios pela força”, disse a principal autoridade de segurança da Ucrânia, Oleksiy Danilov.

Horas após o anúncio da retirada, um jipe explodiu do lado de fora de um prédio do governo rebelde na cidade de Donetsk, capital da região de mesmo nome. Jornalistas da Reuters viram o veículo cercado por estilhaços e uma roda arremessada pela explosão.

A mídia russa disse que pertencia a uma autoridade separatista.

Milhares de civis vivem nas duas regiões controladas pelos rebeldes no leste da Ucrânia. A maioria fala russo e muitos já receberam a cidadania russa.

Poucas horas após o anúncio, famílias se reuniram para embarcar em ônibus em um ponto de retirada em Donetsk, de onde as autoridades disseram que 700 mil pessoas partiriam.

O anúncio da retirada veio depois que a zona de conflito do leste da Ucrânia viu o que algumas fontes descreveram como o mais intenso bombardeio de artilharia em anos na sexta-feira, com o governo de Kiev e os separatistas se acusando mutuamente.

Países ocidentais têm afirmado acreditar que o bombardeio, que começou na quinta-feira e se intensificou em seu segundo dia, é parte de um pretexto criado pela Rússia para justificar uma invasão.

Washington disse que a Rússia — que diz ter começado a retirar tropas perto da Ucrânia nesta semana — fez o oposto: aumentou a força que ameaça seu vizinho para entre 169.000 e 190.000 soldados, de 100.000 no final de janeiro.

Os países ocidentais temem um conflito na Europa em uma escala não vista pelo menos desde as guerras da Iugoslávia na década de 1990, que mataram centenas de milhares de pessoas e deslocaram milhões de pessoas. A Ucrânia é o segundo maior país da Europa em área, depois da própria Rússia, e abriga 40 milhões de pessoas.

“Esta é a mobilização militar mais significativa na Europa desde a Segunda Guerra Mundial”, disse o embaixador dos EUA, Michael Carpenter, em uma reunião na Organização para Segurança e Cooperação na Europa, com sede em Viena.

A Ucrânia disse que a Rússia estava planejando ataques encenados, incluindo um vídeo falso de um ataque a uma fábrica de produtos químicos, e acusando-a falsamente de planejar uma ofensiva nas áreas separatistas.

O cineasta, cronista e jornalista Arnaldo Jabor, de 81 anos, morreu na madrugada desta terça (15) em São Paulo. Ele estava internado desde dezembro do ano passado no Hospital Sírio-Libanês, na região central da cidade.

Jabor havia sido internado após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Segundo a família, Jabor faleceu por volta da meia-noite, em decorrência de complicações do AVC.

Jabor dirigiu “Eu sei que vou te amar” (1986), indicado à Palma de Ouro de melhor filme do Festival de Cannes. É colunista de telejornais da TV Globo desde 1991.

Arnaldo Jabor teve extensa carreira dedicada ao cinema, à literatura e ao jornalismo. No cinema, dirigiu sete longas, dois curtas e dois documentários. Também era cronista e jornalista.

Nem a pandemia parou Arnaldo Jabor – longe da redação, gravava as colunas em casa. Graças ao avanço da vacinação, conseguiu voltar pra redação da TV Globo, em São Paulo. O último comentário foi no dia 18 de novembro, quando comentou sobre as suspeitas de interferência no Enem.

Com a negativa do deputado federal André de Paula de disputar a vice-governadoria da Frente Popular, notícia dada com exclusividade pelo Ponto de Vista, o PSB vai atrás de um nome mais próximo ao centro para compor a chapa majoritária que terá o deputado federal Danilo Cabral na cabeça e um nome chancelado pelo PT no Senado.

O PSB, que preferia André de Paula para o Senado e um nome do PT para a vice, se viu em um grande embaraço depois que o ex-presidente Lula reivindicou para o PT o direito de indicar o candidato à Casa Alta, tirando André do páreo. Por esta razão o debate para a vice recomeçou e o Palácio já trabalha com outros cenário. Vamos ao possíveis escolhidos.

No cenário de garantir o PDT na coligação repetindo a dobradinha do Recife, e ainda como uma forma de fazer um contraponto à Raquel Lyra no Agreste, o nome do deputado estadual Zé Queiroz, adversário da prefeita de Caruaru, passa a ser uma boa alternativa de centro/esquerda.

Uma referência na política, Queiroz poderia vir a somar à chapa. Vale lembrar que Eduardo Campos teve por duas vezes um caruaruense em sua chapa quando governou Pernambuco, o também ex-prefeito de Caruaru João Lyra Neto, pai de Raquel.

No PSB há também uma preocupação em relação a ter um nome feminino na chapa, para ganhar discurso e evitar cobranças. Se o PT não indicar a deputada estadual Teresa Leitão para o Senado, preferindo lançar um homem, a cota feminina pode ficar na vice. Nesse cenário, o nome da deputada estadual Roberta Arraes, ex-socialista e atualmente no PP, de Araripina, não pode ser esquecido.

Roberta poderia vir chancelada pelo presidente estadual do PP, Eduardo da Fonte, que há muito pleiteia uma vaga na majoritária para seu partido. Outra vantagem de Roberta candidata à vice seria dividir suas bases, notadamente no Sertão do Araripe, com outros deputados do PP e da Frente Popular que precisam de votos para se reelegerem.

Ainda pela ótica do PP na vice, dois outros nomes figuram na bolsa de apostas: o deputado estadual Antônio Moraes e o ex-deputado federal Kaio Maniçoba, filho da prefeita de Floresta, Rorró Maniçoba. Kaio pretende disputar mandato na Alepe. Contudo, sua ida para a vice pode desencadear uma briga com dois outros aliados de do Palácio, os deputados estaduais Rodrigo Novaes e Fabrizio Ferraz.

Mas é fato que, apesar de todos esses nomes, fica difícil para o PP de Pernambuco indicar o nome da vice na Frente Popular se nacionalmente o partido é um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro, tendo, inclusive, a prerrogativa de filiar o futuro candidato a vice do ex-capitão.

Também se fala em trazer de volta o deputado federal Raul Henry ao posto de vice, cargo que ele já ocupou entre 2015 e 2018. Raul como vice asseguraria o MDB na Frente Popular o distanciando do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, cujo pai, o senador Fernando Bezerra Coelho, é filiado à sigla. Outra vantagem seria dividir as bases de Raul entre alguns federais do PSB com mandato arriscado, como Tadeu Alencar e Milton Coelho.

Por fim, em uma composição mais à esquerda, a manutenção da vice-governadora Luciana Santos ainda não está descartada. O gesto seria simbólico para o PCdoB, já que Luciana, além de ser mulher, é a presidente nacional dos comunistas. Nada, entretanto, está decidido ainda.

 

Japão encontra corpo de tripulante desaparecido de avião F-15

Por: AFP

 ( Oli Scarff/AFP)

Oli Scarff/AFP

A Força Aérea japonesa anunciou, neste domingo (13), que recuperou o corpo de um dos dois tripulantes de um avião de combate desaparecido há duas semanas. 
A aeronave F-15 estava em uma missão de treinamento em 31 de janeiro, quando desapareceu dos radares pouco depois de decolar da base de Komatsu, na região central de Ishikawa. 
A Força Aérea disse que a Marinha encontrou um corpo na sexta-feira, durante uma operação de busca no Mar do Japão. A identidade do corpo foi confirmada, mas seu nome não foi relevado.
A busca pelo outro piloto continua. 
Ainda não foi esclarecido o que causou a queda do avião, mas o Ministério da Defesa suspendeu os voos do F-15 após o episódio.
O Japão teve acidentes anteriores com sua Força Aérea. Em 2019, um F-35A caiu no mar depois que o piloto sofreu uma desorientação.

Pelé voltou neste último domingo (13) a ser internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para dar continuidade ao tratamento contra um tumor no cólon descoberto em setembro do ano passado.

O Rei do Futebol ficou internado no mesmo local de 31 de agosto a 30 de setembro. Pelé havia sido internado originalmente para fazer exames de rotina e durante os procedimentos os médicos identificaram um tumor no cólon direito, região do intestino grosso. O ex-jogador foi submetido a uma cirurgia para retirada do tumor e segue em tratamento desde então.

Durante a internação, foi levado algumas vezes para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva), a última delas em 16 de setembro. Segundo o boletim divulgado na época, o craque teve uma instabilidade respiratória.

Apesar do susto e da continuidade do tratamento de quimioterapia oral que provoca manchas na pele, Pelé mostrou descontração ao informar a rotina aos seus seguidores no Instagram.

“Amigo, como tenho feito mensalmente, eu estou indo para o hospital continuar meu tratamento. Tomara que tenha pipoca, para assistir ao Super Bowl logo mais. Estarei vendo a partida apesar de meu amigo @tombrady não estar jogando. Obrigado por todas mensagens de carinho”, afirmou o ídolo do futebol.

Pesquisa Ipespe: Lula tem 43% e Bolsonaro, 25%; Moro e Ciro empatam com 8%

Pesquisa foi realizada com 1.000 entrevistados, pelo telefone, entre os dias 24 e 25 de janeiro de 2022; margem de erro é de 3,2 pontos percentuais

A nova pesquisa Ipespe relativa à disputa presidencial das eleições 2022, divulgada nesta quinta-feira (27), mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na frente no cenário estimulado para o primeiro turno com 44%, contra 24% do presidente Jair Bolsonaro (PL) e 8% dos ex-ministros Sergio Moro (Podemos) e Ciro Gomes (PDT), que empataram.

Nas outras posições, sequencialmente, aparecem João Doria (PSDB), com 2%, e Simone Tebet (MDB), Rodrigo Pacheco (PSD) e Alessandro Vieira (Cidadania) com 1% das intenções de voto. O pré-candidato Felipe d’Avila (Novo) não pontuou.

Outros 8% dos entrevistados responderam que não votariam em nenhum dos apontados, não votariam no geral ou que registrariam voto branco ou nulo, e 4% não soube escolher entre os nomes citados.

Primeiro turno

Intenção de voto estimulada para presidente – cenário COM Sergio Moro (Podemos)

  • Lula (PT) – 44%
  • Jair Bolsonaro (PL) – 24%
  • Sergio Moro (Podemos) – 8%
  • Ciro Gomes (PDT) – 8%
  • João Doria (PSDB) – 2%
  • Simone Tebet (MDB) – 1%
  • Rodrigo Pacheco (PSD) – 1%
  • Alessandro Vieira (Cidadania) – 1%
  • Felipe d’Avila (Novo) – 0%
  • Branco/nulo/não vai votar – 8%
  • Indecisos – 4%

Intenção de voto estimulada para presidente – cenário SEM Sergio Moro (Podemos)

  • Lula (PT) – 44%
  • Jair Bolsonaro (PL) – 26%
  • Ciro Gomes (PDT) – 9%
  • João Doria (PSDB) – 4%
  • Simone Tebet (MDB) – 1%
  • Rodrigo Pacheco (PSD) – 1%
  • Alessandro Vieira (Cidadania) – 1%
  • Felipe d’Avila (Novo) – 1%
  • Branco/nulo/não vai votar – 10%
  • Indecisos – 4%

Intenção de voto espontânea para presidente

  • Lula (PT) – 35%
  • Jair Bolsonaro (PL) – 23%
  • Sergio Moro (Podemos) – 4%
  • Ciro Gomes (PDT) – 4%
  • João Doria (PSDB) – 1%
  • Simone Tebet (MDB) – 0%
  • Rodrigo Pacheco (PSD) – 0%
  • Branco/nulo/não vai votar – 6%
  • Indecisos – 26%

Segundo turno

A Ipespe apresentou sete cenários de segundo turno entre os quatro primeiros colocados na pesquisa.

Cenário 1

  • Lula (PT) – 54%
  • Jair Bolsonaro (PL) – 30%
  • Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 16%

Cenário 2

  • Lula (PT) – 50%
  • Sergio Moro (Podemos) – 31%
  • Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 19%

Cenário 3 

  • Lula (PT) – 51%
  • Ciro Gomes (PDT) – 25%
  • Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 24%

Cenário 4

  • Lula (PT) – 52%
  • João Doria (PSDB) – 19%
  • Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 29%

Cenário 5

  • Ciro Gomes (PDT) – 45%
  • Jair Bolsonaro (PL) – 33%
  • Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 22%

Cenário 6 

  • João Doria (PSDB) – 42%
  • Jair Bolsonaro (PL) – 33%
  • Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 25%

Cenário 7 

  • Sergio Moro (Podemos) – 35%
  • Jair Bolsonaro (PL) – 28%
  • Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 37%

Metodologia

A pesquisa foi realizada com 1.000 entrevistados maiores de 16 anos de todas as regiões do país, pelo telefone, entre os dias 24 e 25 de janeiro de 2022.

A margem de erro máximo estimada é de 3.2 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,5% (se 100 pesquisas fossem realizadas, ao menos 95 apresentariam os mesmos resultados dentro da margem de erro).

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR 06408 2022.

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB), confirmou nesta sexta-feira (11/2) que não será candidato a vice ao lado de Jair Bolsonaro (PL) para tentar a reeleição. O militar informou que disputará o cargo de senador pelo estado do Rio Grande do Sul.

Durante conversa com jornalistas, Mourão ressaltou que, em entrevista ao jornal O Globo, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) teria dito que o atual vice-presidente da República será candidato ao Senado, pelo Rio Grande do Sul. “Foi o que o senador Flávio andou falando. [A formalização] será comunicada brevemente, mas já me decidi”, enfatizou o general.

O vice-presidente usava uma máscara do estado do Rio Grande do Sul e foi questionado se seria um indicativo. Ele retrucou: “Lógico, né”. “Isso, é por aí mesmo. Agora, é só a questão de partido”, completou.

Mourão afirmou que dialoga com dois partidos, mas não especificou quais são as legendas. Atualmente, o político é filiado ao Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), sigla na qual ele se registrou em 2018, para compor a chapa do presidente Jair Bolsonaro.

O general ainda ventilou a possibilidade de “casar” com algum dos candidatos da base bolsonarista que disputarão o governo do estado – o atual ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, e o senador Luiz Carlos Heinze (PP-RS).

Na quarta-feira (9/2), em entrevista à CNN Brasil, Mourão afirmou que o atual ministro da Defesa, Walter Braga Netto, é “extremamente capacitado” para ser o novo vice de Bolsonaro.

“A escolha do vice é sempre feita, na minha visão, tomando por base dois grandes eixos: composição política, que vai fortalecer a chapa, e o outro é o nome da confiança daquele que é o cabeça da chapa. Julgo que o ministro Braga Netto tem um excelente relacionamento com o presidente Bolsonaro e é uma pessoa extremamente capacitada a ser o novo vice-presidente de Bolsonaro”, afirmou Mourão.

Preso em Afogados acusado de pedofilia e estupro em Minas Gerais

Publicado em Notícias por  em 11 de fevereiro de 2022

O acusado possuía fotografias de cunho sexual da enteada de 11 anos no celular, além de várias montagens de cunho sexual com as imagens da menor. Ele estava foragido e foi preso no Bairro Padre Pedro Pereira.

Por Juliana Lima

Na manhã desta sexta-feira (11), a 13ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Afogados da Ingazeira deu cumprimento ao Mandado de Prisão contra um indivíduo investigado pelo crime de estupro de vulnerável cometido contra duas enteadas em Minas Gerais.

Segundo as investigações, trata-se de um foragido da Justiça da Comarca de Unai-MG. O crime foi descoberto pela genitora das vítimas, que acionou a Polícia Civil Mineira, porém o investigado logrou êxito em fugir para o Estado de Pernambuco, quando passou a realizar ameaças contra a genitora das vítimas por telefone.

As vítimas relataram que o investigado há anos praticava atos libidinosos diversos da conjunção carnal, mediante  ameaças, contra as mesmas. O acusado possuía fotografias de cunho sexual da enteada de apenas 11 anos armazenadas em seu celular, além de várias montagens também de cunho sexual com as imagens da menor.

O suspeito foi capturado no Bairro Padre Pedro Pereira, em Afogados da Ingazeira. A ação contou com a atuação dos delegados Ubiratan Rocha, Lucas Sampaio e Liliam Rodrigues, além do apoio da Polícia Militar de Pernambuco e Polícia Civil de Minas Gerais. Após capturado, o suspeito foi interrogado e mantido em prisão até Audiência de Custódia.

Outra prisão de acusado por abusos contra duas enteadas: também na manhã de hoje, Policiais Civis integrantes da 13ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Afogados da Ingazeira deram cumprimento a mandado de prisão contra homem investigado por crime de estupro de vulnerável cometido contra duas enteadas.

As vítimas relataram que o investigado há anos praticava atos libidinosos diversos da conjunção carnal, mediante ameaças, contra elas.

Segundo Andreza Gregório Lima,  Delegada titular da 13º DEAM,  é necessário que em todos os casos a vítima se manifeste da sua própria maneira, seja devidamente acolhida e ouvida sem questionamentos.

Qualquer pessoa que suspeitar de algo pode denunciar à 13ª DEAM, pelo telefone (87) 9 9807-2345, ou pelo Disque 100.

Governador de Pernambuco  anuncia aumento de 35% para professores da Rede Estadual

Com o aumento, a base para profissionais com carga horária de 200 horas mensais passará para R$ 3.900,00

Por André Luis

Em comunicado divulgado nas redes sociais do Governo de Pernambuco na noite desta sexta-feira (11), o governador Paulo Câmara anunciou um reajuste de 35% no piso salarial dos professores da rede pública estadual.

Com o aumento, a base para profissionais com carga horária de 200 horas mensais passará de R$ 2.886,15 para R$ 3.900,00, valor acima do piso nacional. O reajuste beneficia 36.124 professores efetivos e temporários e 33.499 aposentados e pensionistas.

O governador destacou que Pernambuco obteve conquistas significativas nos últimos anos. “Nosso estado tem a Rede Estadual de Ensino mais atrativa do Brasil, a menor evasão escolar e alcançamos a universalização do ensino integral. Também somos o único estado que sempre avançou em todas as avalização do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), desde que esse indicador foi criado em 2007”, destacou.

“Nós nos empenhamos incansavelmente em garantir às professoras e aos professores uma remuneração digna e, sobretudo, compatível com a imensa responsabilidade que é a de preparar nossos jovens para uma vida profissional dinâmica e a cada dia mais exigente”, pontuou Paulo Câmara.

O governo começa a pagar o benefício anual conforme o mês de aniversário.

 A partir desta terça-feira, os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em janeiro com direito ao PIS poderão sacar o abono salarial nas agências da Caixa Econômica Federal.

O governo começa a pagar o benefício anual conforme o mês de aniversário. O pagamento inclui os 154 mil trabalhadores que não conseguiram receber o abono referente ao ano-base de 2019.

No caso do Pasep, o abono será pago pelo Banco do Brasil (BB) a partir do dia 15. Fazem jus ao pagamento servidores e funcionários de empresas públicas. O pagamento será feito de acordo com o número de inscrição no programa.

O calendário deste ano é mais sucinto do que os de anos anteriores, que começavam em julho de um determinado ano e se estendiam até junho do ano seguinte.

Por conta da necessidade de guardar recursos para pagar o auxílio emergencial em 2021, o governo federal adiou para este ano todo o cronograma de liberação do abono.

Quem tem direito
Têm direito ao pagamento aqueles que trabalharam com registro formal em 2020 por pelo menos 30 dias, recebendo, em média, dois salários mínimos nacionais. Também é preciso estar inscrito no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos.

Com o aumento do salário mínimo em 1º de janeiro, o valor do abono salarial passou a variar de R$ 101 a R$ 1.212, de acordo com a quantidade de meses trabalhados. Só receberá o valor máximo quem trabalhou os 12 meses de 2020.

No caso dos 154 mil trabalhadores que poderão receber o abono de 2019, esses precisam ter recebido, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exercido atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias naquele ano.

É preciso também que o trabalhador já estivesse inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos naquele ano, e com os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou eSocial, conforme categoria da empresa.

O valor do abono salarial de 2019 ficou entre R$ 92 a R$ 1.100, de acordo com a quantidade de meses trabalhados durante o ano-base 2019.

Não têm direito ao abono

Empregados domésticos
Trabalhadores rurais empregados por pessoa física
Trabalhadores urbanos empregados por pessoa física
Trabalhadores empregados por pessoa física equiparada a jurídica

Dinheiro esquecido

Neste ano, o Ministério do Trabalho e Previdência vai permitir também o saque do benefício referente ao ano-base 2019.

Mais de 320 mil trabalhadores têm direito ao saque, mas terão que esperar até 31 de março — quando acaba o calendário regular — para solicitar o pagamento. Será preciso, no entanto, comparecer a uma unidade do Ministério do Trabalho.

Neste caso, há R$ 208 milhões à espera dos brasileiros.

Como fazer a consulta

Para ter acesso às informações do Abono Salarial na Carteira de Trabalho Digital será necessário que o trabalhador atualize o aplicativo, depois acesse a aba “Benefícios” e “Abono Salarial”, para verificar o valor, dia e banco de recebimento.

O download é gratuito nas lojas virtuais App Store e Play Store, ou no portal gov.br, por meio do endereço eletrônico. Para obter o documento digital, o trabalhador vai precisar do número do CPF e deverá criar uma conta autenticada no portal gov.br. Após o login, o trabalhador deverá consultar a opção “Benefícios”, no menu inferior, e depois selecionar “Abono salarial”.

Veja o calendário

PIS
A liberação ocorrerá de forma escalonada, e o dinheiro ficará disponível para saque até 29 de dezembro.

Mês de nascimento x Data de pagamento

Janeiro – 08/02/2022
Fevereiro -10/02/2022
Março – 15/02/2022
Abril – 17/02/2022
Maio – 22/02/2022
Junho – 24/02/2022
Julho – 15/03/2022
Agosto – 17/03/2022
Setembro – 22/03/2022
Outubro – 24/03/2022
Novembro – 29/03/2022
Dezembro – 31/03/2022

Pasep

O saque vai depender do número de inscrição do servidor público. O prazo para retirada também será 29 de dezembro.

Número de inscrição x Data de pagamento

0 e 1 – 15 de fevereiro
2 e 3 – 17 de fevereiro
4 – 22 de fevereiro
5 – 24 de fevereiro
6 – 15 de março
7 – 17 de março
8 – 22 de março
9 – 24 de março

Covid: Média móvel de mortes segue em alta e atinge 783 nesta segunda

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 428 mortes provocadas pela Covid-19. Com isso, a média de óbitos diários subiu para 783 – a maior desde 22 de agosto de 2021. O número representa uma alta de 135% em relação ao verificado há 14 dias.

O país também confirmou, nesta segunda-feira (7/2), mais 66.583 casos de coronavírus. A média diária de infecções pela Covid está em 167.550.

Os dados são do mais recente balanço divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

No total, o Brasil já perdeu 632.621 vidas para a doença e computou 26.599.593 casos de contaminação.

Devido ao tempo de incubação do novo coronavírus, adotou-se a recomendação de especialistas para que a média móvel do dia seja comparada à de duas semanas atrás.

Variações na quantidade de mortes ou de casos de até 15%, para mais ou para menos, não são significativas em relação à evolução da pandemia. Já percentuais acima ou abaixo devem ser encarados como tendência de crescimento ou de queda.

Os cálculos são feitos pelo (M)Dados, núcleo de análise de grande volume de informações do Metrópoles.

Média móvel

Acompanhar o avanço da pandemia de Covid com base em dados absolutos de morte ou de casos está longe do ideal. Isso porque eles podem apresentar variações diárias muito grandes, principalmente atrasos nos registros. Nos fins de semana, por exemplo, é comum perceber redução significativa dos números.

Para reduzir esse efeito e produzir uma visão mais fiel do cenário, a média móvel é amplamente utilizada ao redor do mundo. A taxa, então, representa a soma das mortes divulgadas em uma semana dividida por sete.

O nome “móvel” é porque varia conforme o total de óbitos dos sete dias anteriores.

Os Loucos! Damares é eleita por bolsonaristas como a ‘ministra mais bonita do Brasil’

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, foi apresentada em um evento realizado na sede da pasta, nesta segunda-feira (7), como a ministra “mais bonita do Brasil”.
A brincadeira foi feita pelo mestre de cerimônias do evento de abertura da Semana de Valorização dos Povos e Comunidades Tradicionais.

Justiça Eleitoral declara Sandra da Farmácia inelegível por oito anos

Juíza eleitoral entendeu que houve a comprovação do ato de abuso de poder político e de autoridade 

Por André Luis

Primeira mão

A Justiça Eleitoral de Pernambuco declarou inelegíveis, por oito anos, a ex-prefeita e ex-candidata a reeleição de Calumbi Sandra da Farmácia e o seu companheiro de chapa, ex-candidato a vice-prefeito, Gustavo Melo Diniz Cavalcanti.

A juíza da 108ª Zona Eleitoral/PE, Vivian Maia Canen, entendeu que houve a comprovação do ato de abuso de poder político e de autoridade ocorridos nas eleições municipais de 2020.

Comprovada a prática de ato com abuso de poder político e de autoridade de Sandra de Cácia Pereira Magalhães Novaes Ferraz e Gustavo Melo Diniz Cavalcanti, JULGO PARCIALMENTE PROCEDENTE esta Ação de Investigação Judicial Eleitoral para, com fundamento no art. 22, XIV, da Lei Complementar nº 64/1990, DECLARAR INELEGÍVEIS os investigados para as eleições a se realizarem nos 8 (oito) anos subsequentes à eleição municipal de 2020.

A ação foi ajuizada pela Coligação Unidos por Calumbi, formada pelos partidos políticos AVANTE, PSL e PCdoB, liderada pelo atual prefeito, Joelson (AVANTE). A agremiação política alegou, em síntese, que houve:

1 utilização de adesivos de campanha dos representados por alguns garis, funcionários de empresa contratada pelo Município de Calumbi para realizar a limpeza das vias públicas; 

2 utilização, pelos garis, de uniformes da empresa em tonalidade de cor que coincidia com a empregada na campanha pelos representados; 

3 utilização de máquinas de terraplanagem para recuperação das estradas vicinais e realização de reforma de quadra poliesportiva; 

4 utilização das redes sociais (grupo de WhatsApp “Reeleição 2020 – 13”) para divulgar as obras realizadas pelo Poder Público Municipal;

5 fornecimento de combustíveis para veículos em evento de carreata; 

6 realização de carreatas em desacordo com a decisão proferida nos autos do Processo nº 0600135- 49.2020.6.17.0108.

Na ação de abuso de poder político e de autoridade, a coligação pediu o ressarcimento ao erário dos gastos realizados em campanha pela ex-prefeita à época no exercício do cargo, porém a juíza acatou apenas o pedido de inelegibilidade de Sandra da Farmácia e de seu candidato a vice, Gustavo Cavalcanti por oito anos. Dessa decisão, cabe recurso ao  pleno do Tribunal Regional Eleitoral – TRE-PE. Leia aqui a íntegra da sentença.

O padre Geraldo de Oliveira, de 77 anos, foi encontrado morto no início da noite desta terça-feira (1°) na Igreja de São Sebastião, em Surubim, no Agreste. Segundo a Polícia Civil, o corpo estava no chão, com a cabeça em um travesseiro, entre os bancos perto da porta principal do templo. 

Em uma lixeira, próxima ao cadáver, foram achados uma garrafa de champanhe quebrada e dois frascos de uma substância que a polícia acredita ter sido utilizada pelo sacerdote para tirar a própria vida.

Na segunda-feira (31), ele celebrou uma missa e quando os fiéis saíram, pediu ao sacristão que fechasse as portas e ficou sozinho na igreja. Padre Geraldo deixou uma carta de quatro páginas assinada com a data de 1° de fevereiro, na qual expõe divergências com dois padres da Paróquia.

Há 27 anos ele morava em Surubim. Antes, foi pároco nas cidades de Agrestina e São Caetano. Também foi professor de Filosofia da extinta faculdade Fafica, em Caruaru.

Uma das marcas da atuação de Padre Geraldo era o trabalho social. Ele construiu 78 casas em Surubim e outras 20 em Nazaré da Mata para famílias carentes. Realizava também de forma permanente campanhas para doação de cestas básicas e roupas.

Ainda de acordo com o Portal Agreste Violento, na carta de despedida, o padre manifestou o desejo de ser sepultado em Surubim, mas a família nem a Diocese de Nazaré, até agora não divulgaram informações em relação ao velório e sepultamento.

 

 

Funcionários e pacientes de um posto de saúde de Rio Largo, em Alagoas, ficaram impressionados com uma cena incomum. Uma mulher levou o marido amarrado para tomar o imunizante contra a Covid-19.

A situação foi filmada e o vídeo viralizou nas redes sociais. “O homem veio amarrado para tomar a vacina, pelo amor de Deus”, comenta uma mulher.

 

Vista com desconfiança ainda por algumas alas do próprio PT, a chapa Lula-Alckmin também encontra resistência entre movimentos sociais e sindicatos. A principal preocupação é que o ex-PSDB conspire contra o petista no futuro, assim como aconteceu com Dilma Roussef. A própria ex-presidente disse a Lula que Alckmin poderia ser o seu “Michel Temer”.

 

Apesar das discordâncias, a necessidade de uma aliança capaz de derrotar Jair Bolsonaro (PL) é o que une os principais sindicatos e movimentos. Tanto o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) garantiram o apoio a Lula, apesar de enxergarem Alckmin como alguém comprometido com “as elites”.

Os dois movimentos vão lançar candidatos à Câmara Federal e ao Senado e defendem a importância de vencer também no Legislativo. A expectativa é que nos próximos meses os candidatos sejam apresentados e os programas sejam entregues ao PT.

“Iremos apoiar Lula. É quem se apresenta como a possibilidade mais concreta de derrotar Bolsonaro e ser um porta-voz das necessidades urgentes do país. Mas aí, considerando que não basta só eleger ele, é necessária a construção de um projeto que resolva, de fato, os problemas do povo”, disse o MST.

“O histórico de Alckmin no Estado de São Paulo mostra seu compromisso com as elites e com uma agenda política de manutenção das desigualdades. Não achamos que esse nome é o melhor para vice de Lula, num governo que vai ter o desafio de reconstruir o Brasil e retomar direitos do povo pobre”, afirmou o MTST.

Já a CUT (Central Única dos Trabalhadores), Força Sindical, UGT (União Geral dos Trabalhadores), CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), NCST (Nova Central Sindical de Trabalhadores) e CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros, planejam um congresso em abril para decidirem se vão apoiar algum candidato à presidência.

Em entrevista ao Poder360, o presidente da UGT, Ricardo Patah, disse que “Alckmin pode sedimentar uma possibilidade concreta de Lula voltar ao Planalto”, posição semelhante ao secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves.

Gonçalves, conhecido como Juruna, defende a chapa de “centro”.

“Chapa de centro é fundamental para a governabilidade e para avançar com as pautas no Congresso”, disse.

A CUT, por outro lado, resiste ao nome de Alckmin, mas o ex-governador não sera impecilho para o apoio a Lula.

Sertão: Justiça suspende aumento de salário do prefeito de Arcoverde

O juiz Cláudio M P Lima, do Tribunal de Justiça de Pernambuco – TJPE, deu deferimento ao pedido de tutela antecipada antecedente ao ajuizamento de Ação Civil Pública contra o município e a Câmara de Vereadores de Arcoverde expondo, em síntese, que foi expedido ato normativo pela Câmara visando ao aumento dos subsídios dos agentes políticos do Poder Executivo do município de forma flagrantemente inconstitucional, uma vez que a Casa Legislativa tratou do acréscimo dos agentes políticos do Poder Executivo Municipal mediante Decreto Legislativo. 

Na quinta-feira (20), TJPE intimou a Prefeitura de Arcoverde e a Câmara de Vereadores para que prestassem esclarecimentos sobre o aumento dos salários aprovados.

Nesta segunda-feira (31), o juiz Cláudio M P Lima, deferiu a tutela de urgência do MPPE e suspendeu o aumento dos salários do Prefeito, Wellington Maciel e dos secretários. Ainda de acordo com o Blog Nill Júnior, o vice-prefeito, Israel Rubis – rompido com o prefeito, optou por receber o salário do Estado como delegado da Polícia Civil.  Leia abaixo a decisão do juiz:

“Diante do exposto, e, tendo em vista os preceitos legais atinentes à espécie, defiro a tutela de urgência em caráter antecedente para determinar que os requeridos se abstenham de implementar o aumento dos subsídios de Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários Municipais, objeto do Decreto Legislativo nº 013/2021 até ulterior deliberação deste Juízo, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 (mil reais), ou acaso já tenha recebido que seja devolvido aos cofres públicos”.

“O que houve lá em Arcoverde foi um erro formal, isto é, o Poder Legislativo deveria aprovar um projeto de lei em sentido estrito, o qual, após sanção pelo prefeito, se tornaria lei e entraria em vigor. Erraram a forma do ato, posto que realizam por decreto, e não por lei. Nesse ponto, bem fundamentada a decisão do magistrado”, comenta um advogado consultado pelo blog.

“Não obstante, nada impede que seja editada uma lei, aí sim, apta à realizar o fim proposto do aumento”, completou o advogado.

 

Bolsonaro tem mais gastos no cartão corporativo do que seus antecessores

O presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda tem pouco mais de onze meses de mandato pela frente, mas já excedeu os valores do cartão corporativo, em comparação com os gastos dos ex-presidentes Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB) nos quatro anos de gestão. 

Em levantamento feito pelo jornal O Globo, os dados apontam que o chefe do Executivo gastou R$ 29,6 milhões com cartões corporativos até dezembro de 2021. O valor é 18,8% maior do que os R$ 24,9 milhões consumidos nos quatro anos da gestão anterior, de Dilma (2015-2016) e Temer (2016-2018).

Em dezembro do ano passado, conforme apuração do jornal, as compras com os cartões exclusivos da família presidencial chegaram a R$ 1,5 milhão. O valor é o mais alto, para um único mês, dos três anos da atual gestão. No fim de dezembro, o presidente e família passaram alguns dias de folga em Santa Catarina.

Apenas em 2021, as despesas chegaram a R$ 11,8 milhões, o maior valor dos últimos sete anos. Segundo o próprio Palácio do Planalto, diz o jornal, dois dos cartões ficam permanentemente sob poder de Bolsonaro. Os cartões podem ser utilizados para despesas do dia a dia, mas as razões dos gastos são sigilosas. A alegação é de que a divulgação delas colocaria o presidente em risco.

O Globo levou em consideração os gastos presidenciais desde 2013, quando o governo federal passou a divulgar de forma separada as despesas relativas ao presidente da República e de sua família dos outros gastos da Presidência.

Por: Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal paga nesta segunda-feira (31) o Auxílio Brasil a beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 0. O valor mínimo do benefício é R$ 400. As datas seguirão o modelo do Bolsa Família, que pagava nos dez últimos dias úteis do mês.

Em janeiro, foram incluídas 3 milhões de famílias no programa, aumentando para 17,5 milhões o total atendido. Segundo o Ministério da Cidadania, foram gastos R$ 7,1 bilhões este mês com o Auxílio Brasil.
O beneficiário poderá consultar informações sobre datas de pagamento, valor do benefício e composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.
Com o pagamento de hoje, a Caixa encerra os depósitos da parcela de janeiro do programa. A parcela de fevereiro será paga nos dez últimos dias úteis do mês.
Confira o calendário:

 

Auxílio Gás
O Auxílio Gás também é pago hoje – retroativamente – às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com NIS final 0. O benefício segue o calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil.
Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,5 milhões de famílias até o fim de 2026, com o pagamento de 50% do preço médio do botijão de 13 quilos a cada dois meses. Atualmente, a parcela equivale a R$ 52. Para este ano, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão.
Só pode fazer parte do programa quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).
A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.
Benefícios básicos
O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha um filho que se destaque em competições esportivas, científicas e acadêmicas.
Podem receber o benefício as famílias com renda per capita até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e até R$ 200, em condição de pobreza.

Fantasiado de bebê, Dudu Nobre é eliminado no ‘The Masked Singer Brasil’

O cantor participou da competição fantasiado de bebê e deixou os jurados surpresos ao ser revelado no palco.

“Quero falar o seguinte: ‘Vou pedir o VAR'”, disse Dudu, que completou: “Primeira vez que a voz do povo não foi a voz de Deus”. (Foto: Reprodução/TV Globo)

 (UOL/FOLHAPRESS) – Dudu Nobre foi o segundo eliminado da segunda temporada do “The Masked Singer Brasil” (Globo), que estreou no domingo, 23 de janeiro, e já teve Gretchen eliminada. O cantor participou da competição fantasiado de bebê e deixou os jurados surpresos ao ser revelado no palco.

“Quero falar o seguinte: ‘Vou pedir o VAR'”, disse Dudu, que completou: “Primeira vez que a voz do povo não foi a voz de Deus”.

Roberta Miranda fez uma participação especial na bancada de jurados e deu palpites ao lado de Taís Araújo, Tatá Werneck, Rodrigo Lombardi e Eduardo Sterblitch. Priscilla Alcântara comandou os bastidores do programa.

As disputas do segundo programa da temporada foram: Pavão x Camaleão, Caranguejo x Dragão e um combate triplo de Bebê x Boto x Robô.

Fiuk é citado e Tatá brinca:

Roberta Miranda, que participou da bancada de jurados, citou o filho de Fábio Jr., como uma das apostas de mascarados. Tatá, que faz parte do juri fixo, brincou ao ouvir o nome de Fiuk.”Não fala esse nome não, querida. Meu Deus do céu. Acabei de fazer as pazes”, brincou a apresentadora.

Roberta Miranda seguiu insistindo que Fiuk seria um dos mascarados, e Tatá seguiu a brincadeira, avisando: “Não sei se ele toparia não”.

O Brasil registrou pela primeira vez, desde o início da pandemia, 1 milhão de casos de novo coronavírus na mesma semana.

De acordo com números do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), nas últimas 24 horas, o país registrou 179.816 infecções e 640 mortes decorrentes da doença.

Com isso, a quarta semana epidemiológica de 2022 (entre 23 e 19 de janeiro), teve 1.305.447 casos de Covid-19 registrados.

A semana anterior (16 a 22 de janeiro) teve 933.452. Com isso, houve um crescimento de 39,8% entre a semana anterior e a atual.

O número de óbitos decorrentes da doença também saltou, de 1.830 para 3.723, de uma semana para a outra – aumento de 103%.

A média móvel de casos, que leva em conta os últimos sete dias, atingiu o recorde de 186.492 pacientes infectados, enquanto a de mortes, também em alta, está em 532.

Pandemia foge do controle, de novo, no Amazonas

Estado bate recorde de casos e profissionais de saúde denunciam falta de condições para enfrentar a Covid-19

Imagem acima mostra pacientes recebendo atendimento dentro de uma unidade de saúde de Manaus, em 14 de janeiro de 2022 – Raphael Alves / Amazônia Real

O Amazonas volta à fase vermelha da transmissão do novo coronavírus, o que na prática significa descontrole da pandemia. Na quinta-feira (27), foi o estado brasileiro que apresentou a maior taxa de transmissão (Rt), de 2,04, segundo dados da plataforma Loft Science. Cada 100 infectados podem transmitir o vírus a outras 204 pessoas. A Rt para o Brasil é de 1,78, de acordo com o Imperial College de Londres, a mais alta desde julho de 2020. Já no terceiro ano da doença, e tendo enfrentado duas ondas avassaladoras, o governo estadual ainda peca no combate à pandemia. Profissionais de saúde denunciam que falta até Equipamentos Proteção Individuais (EPIs) nas unidades.

Nos últimos dias, a reportagem da Amazônia Real ouviu o relato de enfermeiros que atuam em três hospitais da capital amazonense: o Pronto Socorro (PS) João Lúcio, na Zona Leste, Instituto de Saúde da Criança do Amazonas (Icam) e do PS da Criança, na Zona Sul. Além da falta de EPIs adequados, os profissionais denunciam a carga excessiva de trabalho provocada pelo afastamento de inúmeros colegas afastados de suas funções por contraírem o novo coronavírus. A situação é grave.

“A direção do Icam suspendeu os testes para Covid-19, porque muitos estão positivando e já estão ficando sem funcionários lá. Olha a palhaçada! E querem que a gente trabalhe doente”, conta uma enfermeira do Icam, que pede o anonimato por medo de retaliações. A cada plantão de 12 horas, segundo ela, estão disponibilizadas três máscaras de proteção, as descartáveis e a de tripla camada com clipe nasal. “Máscara N95, só quando o funcionário está cuidando de pacientes já positivado com Covid. A questão é que a transmissão está sendo feita de funcionário para funcionário”, explica. Eles estão recebendo capotes, forro e propés, mas a proteção não é total. As viseiras só foram utilizadas na primeira onda da pandemia.

“Tivemos afastamento de pelo menos 60% de profissionais positivados para Covid-19, nas duas primeiras semanas de janeiro. Economia com EPIs é uma atitude burra”, atesta a profissional. Na segunda semana de janeiro, os profissionais começaram a aparecer com sintomas gripais, alguns provavelmente já com covid-19, e procuraram o setor de farmácia para pedir máscaras protetivas do tipo N95.  “A resposta foi exatamente essa: só para quem está cuidando de pacientes com Covid-19”, relata.

A consequência é o descontrole da pandemia, de novo. O Amazonas enfrenta a terceira onda causada pelo novo coronavírus. Com a chegada da variante ômicron, o Estado já superou o número de novos casos, chegando a 81.627, na quinta-feira (27). No ano passado, em todo o mês de janeiro – considerado o pior da pandemia até então – foram registrados 66.381 novos casos. Até o momento, 13.913 pessoas morreram de Covid-19 em todo o Amazonas. São 9.561 óbitos em Manaus e 4.352 no interior. 

De acordo com o último boletim da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) do Amazonas, Manaus possui 581 pacientes de Covid-19 internados, sendo 447 em leitos clínicos, 120 em UTI e 13 em sala vermelha. Do total, 266 não foram vacinados e 154 têm esquema vacinal incompleto, o que corresponde a 74% das internações. Ou seja, as pessoas que se negam a completar a imunização são as que mais estão demandando agora os serviços de saúde.

Além do crescimento exponencial de transmissão do coronavírus no Amazonas, outros estados da região Norte estão com taxas RTs maiores que a média nacional, segundo a Loft Science: Amapá (1,95), Acre (1,66) e Rondônia (1,56). Os dados da Loft Science, plataforma desenvolvida pela empresa de comercialização de imóveis Loft, são atualizados diariamente pela equipe de data science da empresa e baseados em uma estimativa. A média nacional desta plataforma está em 1,49, portanto abaixo da apontada pelo Imperial College de Londres, a fonte mais confiável.

Máscaras N95 só na UTI


Profissional da saúde no atendimento para a Covid-19 dentro de uma unidade de saúde de Manaus, em 14 de janeiro de 2022 / Raphael Alves / Amazônia Real

No PS da Criança, a máscara N95, ideal para quem atua na linha de frente de enfrentamento, é fornecida apenas para os profissionais da UTI e da cozinha, como conta uma das enfermeiras que atua na unidade de saúde. Ela contraiu a Covid-19 pela primeira vez, nesta terceira onda.

“Quando eu pedi a máscara N95, me disseram que eu não tinha direito. Disseram, olha, quem trabalha na semi-intensiva, não tem direito, não. Essas máscaras são só para quem trabalha direto na UTI. Tu já pensou um negócio desse? Aí disseram que foi uma ordem da gerência”, revela. 

A enfermeira acredita que o alto número de profissionais afastados por Covid-19 poderia ser infinitamente menor se os protocolos fossem seguidos à risca. “Eles dão máscaras para a gente, mas não é a máscara adequada. A gente se sente desprotegido. Não tem N95 para todo mundo. O nosso trabalho na unidade semi-intensiva é bem puxado. Eu acho isso um absurdo”, protesta.

A enfermeira conta que sempre teve muito cuidado para não contrair a doença, e conta como foi no dia em que recebeu o diagnóstico positivo. “Quando eu recebi o resultado pensei que ia surtar. Tinha medo de sentir os sintomas ruins, falta de ar, mas o que senti foram os sintomas gripais. Foi muito diferente do quadro que tínhamos no ano passado, quando muita gente morreu. Mesmo assim fiquei preocupada, mas graças a Deus deu tudo certo”, conta a enfermeira que já sarou e até recebeu a dose de reforço da vacina contra o novo coronavírus.

No PS João Lúcio, no bairro São José, localizado na região mais pobre e populosa da capital amazonense, a situação se repete. “A única máscara aqui que tem disponível no meu setor é a cirúrgica”, conta a enfermeira que atua no PS da Zona Leste. Para ela, a falta do EPI já nem assusta tanto. “É óbvio que necessitamos dessas máscaras porque elas diminuem a probabilidade de contaminação, mas o medo é menor hoje em dia por conta da vacina. O número de casos graves da doença diminuiu muito”, pontua.

Para a enfermeira, a sobrecarga por conta do alto número de profissionais que precisam se afastar por conta da doença tem dificultado o combate à pandemia. “Tem setores aqui no João Lúcio que tem duas enfermeiras e três técnicos de enfermagem para dar conta de 22 a 25 pacientes. Tem muito funcionário de atestado. Acho que o dimensionamento do Estado não está correto. Soube com umas amigas que no HUGV há seis enfermeiras e dez técnicos para cada seis pacientes. Essa divisão não é satisfatória. A demanda do João Lúcio é muito grande e a equipe de saúde é pequena”, explica.

Problema é conhecido

Pacientes em enfermaria recebem atendimento para a Covid-19 dentro de uma unidade de saúde de Manaus, em 14 de janeiro de 2022 / Raphael Alves / Amazônia Real

Diretora do Sindicato dos Profissionais Enfermeiros Servidores Públicos no Estado do Amazonas (Sinproenf-AM), a enfermeira Hilda Rios confirma a situação denunciada pelas enfermeiras. “Todos os sindicatos estão cobrando (soluções) para o que está acontecendo. Então é uma situação geral mesmo. A sobrecarga de trabalho é porque tem muitos funcionários afastados”, conta.

O governo do Estado e a prefeitura de Manaus informaram, em reuniões com os sindicalistas, que estavam contratando profissionais. A presidente do Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Área da Saúde do Amazonas (Sindsaúde), Cleidinir Francisca, faz um relato da situação dos hospitais da rede pública. “Falta de estrutura é geral, porque aumenta o número de atendimentos todas as vezes no início do ano, quando acontece essas ondas, e eu não vejo ainda uma preparação como deveria ser”, afirma.

Segundo ela, os representantes dos sindicatos ligados à área de saúde se reuniram diversas vezes com o poder público, mas os problemas se repetem. “Eles (profissionais de saúde) reclamam muito de falta de profissionais. É um déficit muito grande de recursos humanos, de insumo, de EPIs, de pessoas para lidar com uma onda, e essa aqui já é a terceira confirmada pela Fiocruz”, relata a sindicalista.

Uma portaria de 13 de janeiro suspendeu as férias programadas neste início de ano, por conta dos aumentos de internações causados pela variante ômicron. “Todas as vezes que acontece essa demanda, os profissionais de saúde são surpreendidos por essas portarias suspendendo as férias”, conta Cleidinir, que lembra que o Estado já assinou Termos de Ajustamento de Conduta (TAC), e que mesmo assim, a solução parece longe de ser resolvida.

Falta uniforme completo


Protesto dos funcionários do Samu na Prefeitura de Manaus em 25 de janeiro de 2021 / Juliana Pesqueira/Amazônia Real

No Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), vinculado à prefeitura de Manaus, a oferta de EPIs está em dia, como conta o socorrista Denison Vilar. Por lá, os problemas são outros. “Nós temos a questão dos uniformes. Nós estamos há mais de cinco anos sem receber o uniforme completo, que é bota, macacão, camisa, boné”, revela.

Denison conta que solicitou recentemente, capas de chuvas para os profissionais e que, até o momento, o pedido não foi atendido. “Uniforme, camisa e boné são coisas que fazem parte indiretamente do nosso EPIs do nosso contato com o paciente”, afirma.

O socorrista aponta ainda o déficit de profissionais como sendo um problema que reflete diretamente na prestação de serviço e na carga de trabalho para os trabalhadores. “Vai ser realizado um concurso público, agora, que a gente não consegue entender. Porque tem 20 e poucas vagas para condutor-socorrista e a gente vive numa cidade com mais de 2 milhões e 200 mil habitantes. A gente sabe que um efetivo de 25 condutores após dez anos de concurso público – o último foi em 2012 – não vai suprir a necessidade”, analisa Denison.

O que dizem as autoridades


Pessoas aguardam atendimento na recepção da UPA José Rodrigues, na Zona Norte de Manaus, em 14 de janeiro de 2022 / Raphael Alves / Amazônia Real

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) negou a falta de EPIs para os profissionais de saúde da rede estadual. De acordo com o governo, esse material está disponível e em estoque em todas as unidades. “O HPSC da Zona Sul esclarece que todos os profissionais da assistência estão recebendo a máscara modelo N95 e assinando o protocolo. Com relação à testagem rápida, o profissional que estiver sintomático e que está de plantão da unidade poderá ter a testagem realizada”.

A SES-AM lembra que uma nota técnica, assinada com a FVS do Amazonas, recomenda que o teste rápido seja feito “apenas em indivíduos sintomáticos”. E finaliza garantindo que a pasta já disponibilizou 1.300 profissionais para recompor o quadro daqueles que foram afastados por questões de saúde.

Já a Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa), que é a gestora do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu 192 Manaus, disse ser improcedente a informação de que os socorristas estão há mais de cinco anos sem receber o fardamento. A secretaria disse que um processo de aquisição de mais uniformes está em andamento.

No que diz respeito ao quantitativo de vagas no edital do concurso público em andamento, para suprir as vagas no Samu, a secretaria informa que a reposição de vagas é aberta “em razão de vacância, seja por óbito, exoneração ou quaisquer outros motivo”, e serve também para formação de cadastro de reserva.

Vítima é uma menina de 8 anos, que foi levada para hospital em Recife

 

Após um ataque de tubarão a uma menina de 8 anos, ocorrido ontem (28) na Praia do Sueste, no Parque Nacional Marinho, em Fernando de Noronha (PE), o local permanecerá fechado até que as investigações sobre o caso sejam encerradas.

 

De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) a jovem foi socorrida pela equipe do parque. O instituto se solidarizou com a menina e sua família e destacou que ataques de tubarão são raros no local, “havendo regramento quanto aos horários e locais permitidos para utilização da praia”.

Por meio de nota, o Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit), órgão da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS), informou que se reunirá nos próximos dias para avaliar o caso. “Apenas após a análise de documentos será possível identificar a espécie do tubarão”, informou o órgão.

“A vítima, atingida na perna direita, é uma menina de 8 anos que estava na Baía de Sueste, praia que é parque marinho federal e é gerido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Até então, as vítimas mais jovens registradas no estado tinham 14 anos. No entanto, a ocorrência desta sexta-feira apenas poderá ser incluída nas estatísticas oficiais após análise do Cemit”.

Segundo o órgão, haviam sido registrados até agora seis incidentes com tubarão em Fernando de Noronha, sem mortes, entre 2015 e 2020.

“O primeiro ocorreu em 21 de dezembro de 2015 na Baía de Sueste, mesma praia da ocorrência desta sexta-feira. A vítima era um banhista de 32 anos, do sexo masculino, que teve lesão no braço direito. As demais estavam nas Praias do Leão, de Conceição, do Bode e da Cacimba (dois casos). Das seis vítimas, todas eram adultas, sendo dois banhistas e quatro surfistas. Todos os casos aconteceram entre dezembro e março”.

A menina, que é de São Paulo e estaria com o pai no momento do ataque, foi atendida em um hospital no arquipélago e depois levada em uma aeronave de salvamento para Recife. Não há informações sobre o estado de saúde dela.

Saquarema

Em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, um tubarão adulto foi avistado ontem (29) na Praia da Vila. Imagens que circularam pelas redes sociais mostram banhistas impressionados com a proximidade do animal, em águas rasas e bem próximo à faixa de areia.

A prefeitura fez uma postagem com um vídeo aéreo no Instagram:

PMPI_Saquarema

Agência Brasil

Acidente com ônibus que levava 50 pessoas mata criança de 7 anos

 (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Um acidente com um ônibus de turismo que levava 50 pessoas matou uma criança de 7 anos e deixou 19 feridos em Minas Gerais. O veículo tombou na BR-251, perto de Montes Claros, no Norte mineiro, na noite de sábado (29). Os 48 passageiros, o motorista e o auxiliar saíram de Vitória da Conquista (BA) com destino ao estado de São Paulo.
“O motorista do ônibus da empresa Novo Horizonte afirmou que, ao fazer uma curva, perdeu o controle do veiculo que saiu da pista vindo a tombar”, afirmou o Corpo de Bombeiros, por nota.
Os militares afirmam que um óbito foi confirmado – o da criança de 7 anos – e 19 passageiros ficaram feridos. “Foram imobilizados e conduzidos ao recurso hospitalar das cidades de Francisco Sá e Montes Claros”, explicam os bombeiros.
“Após triagem, foram feitas as imobilizações das vítimas conforme prioridades, respectivamente (vermelha, amarela e verde) que foram conduzidas ao recurso hospitalar”, complementou o Corpo de Bombeiros, sem precisar quantos foram socorridos em estado grave.
A equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) compareceu ao local e efetuou o controle do trânsito e demais diligências.
Mais de 300 mil trabalhadores ainda não sacaram o Abono Salarial 
São R$ 208,5 milhões nos cofres do Estadocarteira-de-trabalho-digital_mcamgo_abr

O Abono Salarial é um direito do trabalhador inscrito no PIS, que pode receber uma remuneração de até um salário mínimo, referente aos meses trabalhados no ano anterior. Esse dinheiro pode ser de grande ajuda. Mesmo assim, mais de 300 mil trabalhadores ainda não sacaram o abono a que têm direito referente ao ano de 2019. São R$ 208,5 milhões nos cofres do Estado ainda aguardando seus beneficiários.

 

Os 320.423 trabalhadores que não sacaram o abono, que já está disponível desde 2020, ainda podem fazê-lo. Eles podem solicitar o pagamento no próximo calendário vigente. Ou seja, podem sacar o valor atrasado do abono de 2019 junto com o abono de 2020, que começa a ser pago em 8 de fevereiro.

O calendário estipula as datas de pagamento pelo mês do aniversário, se for trabalhador da iniciativa privada, ou pelo número da inscrição, se for trabalhador do setor público.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, 22,2 milhões de trabalhadores têm direito ao Abono Salarial referente ao ano base de 2019. Desses, 21,9 milhões fizeram o saque de sua quantia correspondente, totalizando R$ 17,2 bilhões já retirados. Segundo a pasta, 98,56% dos trabalhadores com direito ao saque já o fizeram.

Quem tem direito

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos, e que tenha trabalhado formalmente por, no mínimo, 30 dias no ano-base considerado para a apuração, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Os trabalhadores também podem checar se têm direito ao saque pelo site do governo federal ou da Carteira de Trabalho Digital. A central Alô Trabalhador, telefone 158, também está disponível para atendimento.

Valor

O valor do abono é proporcional ao período em que o empregado trabalhou com carteira assinada em 2020. Cada mês trabalhado equivale a um benefício de R$ 101, com períodos iguais ou superiores a 15 dias contados como mês cheio. Quem trabalhou 12 meses com carteira assinada receberá o salário mínimo cheio, que atualmente é de R$ 1.212.

Agência Brasil

Por: AFP

Foto: FACEBOOK PAGE OF THE IRAQI MINISTRY OF TRANSPORTATION / AFP

Bagdá, Iraque- Seis foguetes foram disparados nesta sexta-feira (28) contra o aeroporto de Bagdá, sem provocar vítimas, mas sim danos em um avião civil, informaram fontes das forças de segurança.
Os seis foguetes caíram no estacionamento e nas pistas. Um avião civil, que estava vazio, foi atingido e danificado.
Uma fonte confirmou que o ataque foi executado com seis drones contra as instalações civis do aeroporto.
O avião atingido é um Boeing 767 da companhia aérea aérea iraquiana que passava por reparos.
O ataque não foi reivindicado até o momento.
Nas últimas semanas os lançamentos de foguetes ou ataques com drones atingiram a denominada “Zona Verde”, onde fica a embaixada dos Estados Unidos.
Também tentaram atingir uma área diplomática dos Estados Unidos – instalada em uma parte do aeroporto – e as tropas da coalizão internacional presentes em bases iraquianas, que lutam contra os extremistas.
Os atos, que nunca são reivindicados, são atribuídos por Washington a facções pró-Irã no Iraque, que exigem a saída das tropas americanas do país como parte do combate contra os extremistas.

Dia Internacional da Proteção de Dados: especialista dá dicas para o uso seguro da internet

 Diario de Pernambuco

Dia da Internet Segura: saiba quais medidas adotar para proteger as  crianças no uso da rede - Certificado Digital Serasa

Criador: Traitov | Crédito: Getty Images/iStockphoto
Desde quando entrou em vigor em 2020, a Lei Geral de Proteção de Dados, promulgada pela Lei Federal nº 13.709/2018, vem trazendo uma nova ótica sobre a proteção dos dados pessoais e a responsabilidade sobre sua gestão por parte das empresas. Entre os impactos positivos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), está a garantia de proteção aos direitos fundamentais de liberdade, privacidade e do livre desenvolvimento da personalidade dos cidadãos. 
Quando o assunto é consumidor (ou usuário), se faz necessário ter uma breve noção de alguns cuidados importantes para manter seus dados protegidos. Pensando nisso, no dia Internacional da Proteção de Dados, celebrado nesta sexta (28), a advogada e especialista em Direito Digital e parceira da HSBS, empresa do grupo Nagem, Júlia Medeiros, destaca e alerta para cinco pontos importantes a serem observados:
O primeiro e mais importante passo é o da informação e conscientização sobre os direitos no tratamento dos dados pessoais para exigir das organizações o cumprimento das disposições normativas da LGPD, bem como entender os locais em que é possível registrar uma reclamação em virtude de violação à privacidade;
O 2º passo é limitar a divulgação ou fornecimento de dados pessoais na internet, inclusive nas redes sociais, ou para empresas, aos casos estritamente necessários;
A 3ª dica é criar senhas fortes, que contenham a combinação de caracteres especiais, letras maiúsculas, minúsculas e números, evitando utilizar dados pessoais ou palavras comuns, bem como, se disponíveis, realizar a autenticação de duplo fator, principalmente em sistemas de armazenamento em nuvem e aplicativos de mensagens, a exemplo, do Instagram, WhatsApp, entre outros aplicativos;
Outro passo importante de proteção é a criação de backups dos dados armazenados, principalmente em nuvem (como o OneDrive), bem como ativação da criptografia nos discos e mídias externas, como pendrives;
Em quinto e último lugar, sempre desconfie de links recebidos com promoções, brindes e/ou boletos por meio de aplicativos de mensagens. Não clique em nenhum link de mensagem que ofereça serviços grátis, brindes e promoções recebidos por aplicativos de mensagens, a exemplo, o WhatsApp, mesmo que tenha vindo de um amigo ou parente, especialmente quando há na mensagem senso de urgência. E se clicar, não informe nenhum dado solicitado.

 

O país também registrou 606 mortes por Covid. Com isso, a média móvel de óbitos chegou a 369, aumento de 194%.

Os registros do dia levaram a 624.507 vidas perdidas e 24.553.950 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

Os aumentos dos casos e mortes, e das médias ocorrem em meio à expansão da variante ômicron no país.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (PL), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes

Morre aos 56 anos a cantora gospel e pastora Ludmila Ferber

O último post de Ludmila em seu Instagram foi na última segunda (24), quando ela citou um trecho de sua canção Buscar Tua Face é Preciso.

 

A pastora morreu nesta quarta-feira em decorrência de um câncer (Foto: Reprodução)

 

A cantora gospel e pastora Ludmila Ferber, de 56 anos de idade, que foi diagnosticada em 2018 com câncer, morreu na noite desta terça-feira (26). A informação foi confirmada por uma fonte à Quem.

Em 2018, ela mesma revelou o diagnóstico. “‘Em tempos de guerra, nunca pare de lutar’. Hoje estou entrando num momento único e surpreendente da minha vida: o tratamento de quimioterapia. Mas, ainda que o ritmo de viagens para ministrações diminua durante um tempo, meu ministério não parou. E nem vai parar”, começou Ludmila.

“Sou grata por todo o amor e apoio que tenho recebido desde o diagnóstico e creio que já estou no caminho do meu milagre. Essa é a hora de profetizar profundamente as canções que tem abençoado a tantos por todos esses anos. Por favor, intercedam por mim, e, acima de tudo, alegrem-se, porque a glória da segunda casa será maior do que a primeira”, completou ela.

O último post de Ludmila em seu Instagram foi na última segunda (24), quando ela citou um trecho de sua canção Buscar Tua Face é Preciso.

“‘Quando tudo parece estranho ao redor / Buscar tua face é preciso, Deus / Quando a gente não sabe o que está  ocorrendo / Buscar tua face é preciso, Deus / Quando a fúria dos ventos vem contra nós / E a vontade é sumir e calar a voz / É nessa hora que a gente precisa lutar / E jamais desistir / Justamente agora é o momento de se humilhar / E buscar a face de Deus’. Esse é um trecho da minha canção Buscar Tua Face é Preciso. Tenho certeza que essa música vai renovar as suas forças para continuar a jornada… mas lembre-se, busque a Face de Deus!! Dele vem o nosso fôlego de vida!!”, escreveu ela.

Ex-integrante do grupo Koinonya – com o qual gravou 8 discos – Ludmila partiu para a carreira solo em 1996, quando lançou seu primeiro álbum, Marcas. De lá pra cá, lançou mais 12 discos de estúdio, sendo o último Um Novo Começo, de 2020. Ela ainda tem nove álbuns ao vivo lançados e um disco dedicado a canções infantis, Meu Amigão do Peito.

Ludmila, que foi casada de 1987 a 2014 com José Antônio Lino, deixa as três filhas do ex-casal: Daniela Ferber Lino, Ana Lídia Ferber Lino e Vanessa Ferber Lino.

Mega-Sena pode pagar R$ 31 milhões nesta quinta-feira

Mega realiza sorteio nesta quinta-feira (Foto: Reprodução)

O concurso 2.448 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 31 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta quinta-feira (27) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada também pela internet até 19h.

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Movimentação de pessoas no centro da cidade no primeiro dia de flexibilização do uso de máscaras ao ar livre no Estado do Rio de Janeiro.

Total de óbitos chegou a 296 no mesmo período

Em 24 horas, o Brasil registrou mais 135.080 casos de covid-19. Desde o início da pandemia, o país  tem 24.044.255 casos de covid-19 acumulados.

Ainda há 1.571.613 casos em acompanhamento, de pessoas que tiveram o quadro de covid-19 confirmado.

Os dados compilados pelas secretarias e pelo Ministério da Saúde apontam 623.097 mortes em decorrência de complicações da covid-19. Em 24 horas, foram confirmados 296 óbitos.

No total, foram 21.849.545 pessoas recuperadas, o que representa 90,9% dos casos.

Os dados estão no balanço divulgado neste domingo (23) pelo Ministério da Saúde. A atualização reúne informações sobre casos e mortes enviadas pelas secretarias estaduais de Saúde.

Estados

Segundo o balanço, o estado com maior número de mortes por covid-19 é São Paulo (156.493), seguido por Rio de Janeiro (69.677), Minas Gerais (56.962), Paraná (40.988) e Rio Grande do Sul (36.640).

Os estados com menos óbitos resultantes da pandemia de covid-19 são Acre (1.857), Amapá (2.036), Roraima (2.086), Tocantins (3.983) e Sergipe (6.074).

Boletim Epidemiológico

Edição: Claudia Felczak

(Agência Brasil).

 

Mais 15 milhões de doses pediátricas contra Covid chegam hoje ao Brasil

O terceiro lote da vacina pediátrica contra a Covid-19 da Pfizer, com 1,8 milhão de doses, chega ao Brasil nesta segunda-feira (24).

Com essa remessa, o total de imunizantes para crianças de 5 a 11 anos da farmacêutica no país já chega a 4,3 milhões, para a campanha de vacinação, de acordo com calendário dos municípios.

O desembarque da nova remessa, que chegaria no dia 27 mas foi antecipada, estava previsto para as 3h40 no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). A distribuição das doses por estado e Distrito Federal, coordenada pelo Ministério da Saúde, segue o critério populacional (de acordo com a faixa etária).

O primeiro carregamento desembarcou no dia 13 e o segundo, dia 16 de janeiro, com um total de 2,4 milhões de doses pediátricas. A Pfizer prevê a chegada de outra remessa, em 27 de janeiro, com 1,8 milhão de doses de vacina, totalizando neste mês 4,3 milhões de unidades. A expectativa é que sejam entregues mais 7,2 milhões em fevereiro e 8,4 milhões em março, podendo chegar a 30 milhões no primeiro trimestre, segundo o Ministério da Saúde.

Após aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para crianças a partir de 6 anos na última quinta-feira (20), a vacina CoronaVac foi incluída pelo Ministério da Saúde na campanha de vacinação contra Covid-19 para a faixa etária de 6 a 17 anos.

Com a orientação de que não seja aplicado em imunocomprometidos, a ampliação do uso do imunizante passou a fazer parte na sexta-feira (21) do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO).

Para esse público, a dose aprovada da vacina, produzida a partir de vírus inativado, é a mesma usada para adultos (600 SU em 0,5 ml), com um intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda aplicação. A CoronaVac é produzida no Brasil pelo Instituto Butantan.

No caso da vacina da Pfizer para as crianças, o esquema vacinal prevê duas doses com intervalo de oito semanas. O imunizante tem dosagem e composição diferentes das que são utilizadas para os maiores de 12 anos.

Moro prefere atacar o PT a debater reforma, dizem ex-secretários do Ministério da Justiça

Na sexta (21) Moro reagiu a um artigo publicado na Folha crítico às suas propostas de reforma do aparato judicial no Brasil, escrito por Bottini, Renault e outros cinco signatários.

“Quando chamado a debater seriamente a reforma do Judiciário, Moro faz o usual: deixa de lado os argumentos e prefere atacar o PT”, disseram em nota os advogados Pierpaolo Cruz Bottini e Sergio Renault, ex-titulares da secretaria. (Foto: Clilson Júnior/Arquivo)

 

Dois ex-secretários da Reforma do Judiciário durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) rebateram crítica feita pelo ex-ministro Sergio Moro (Podemos) em um grupo de WhatsApp ao desempenho do Ministério da Justiça em governos do PT.

“Quando chamado a debater seriamente a reforma do Judiciário, Moro faz o usual: deixa de lado os argumentos e prefere atacar o PT”, disseram em nota os advogados Pierpaolo Cruz Bottini e Sergio Renault, ex-titulares da secretaria.

Na sexta (21) Moro reagiu a um artigo publicado na Folha crítico às suas propostas de reforma do aparato judicial no Brasil, escrito por Bottini, Renault e outros cinco signatários.

O ex-juiz escreveu em tom de ironia: “Bom foi o Ministério da Justiça durante o governo do PT. Corrupção se espalhou, assassinatos explodiram, crime organizado cresceu”.

Bahia diz que União anunciou ‘recursos velhos’ a cidades afetadas por chuva

Governo estadual alegou que recursos federais já eram de direito dos municípios.

Imagens aéreas dos estragos deixados pelas chuvas na Bahia (Foto: Reprodução)

O Governo da Bahia disse neste domingo (23) que o governo federal anunciou recursos já previstos como se fossem novos. Os valores, publicados no sábado, são direcionados a 155 cidades em situação de emergência causada pelas fortes chuvas que deixaram 27 mortos e 86 mil pessoas desalojadas ou desabrigadas.

“O que se vê na portaria nº 80 do Ministério da Saúde, publicada no Diário Oficial da União, é uma antecipação de recursos que já eram de direito dos municípios e se desconta ao longo do ano”, diz a nota do governo baiano.

A reportagem procurou o governo federal e o Ministério da Saúde, e aguarda posicionamento sobre o caso. Assim que houver resposta, essa nota será atualizada.

Segundo o governo da Bahia, o trecho da portaria no qual diz que “o gestor municipal de saúde poderá manifestar interesse pelos percentuais de dedução mensal de 30%, 30%, 20% e 20% ou 40%, 30%, 20% e 10% dos valores” se refere à antecipação dos recursos. O total previsto para adiantamento seria de R$ 104 milhões para 155 municípios baianos.

Ainda de acordo com a administração do Estado, a Bahia tem enfrentado problemas que incluem a “perda de equipamentos, insumos e até a destruição de Unidades Básicas de Saúde”, o que tem levado dificuldades aos serviços essenciais de saúde e risco no enfrentamento de doenças como leptospirose, dengue, Chikungunya, Influenza e Covid-19.

“É com surpresa e espanto que vemos essa atitude. São mais de 800 mil pessoas afetadas e os municípios encontram-se com estruturas arrasadas, sendo necessário recursos adicionais, não uma antecipação do que já era de direito das prefeituras”, afirma a secretária da Saúde da Bahia, Tereza Paim.

BB22: Naiara, Luciano e Natália estão no primeiro paredão da temporada

Por: Pedro Grigori – Correio Braziliense

 (Foto: Reprodução/Globo)

O primeiro paredão da 22ª edição do Big Brother Brasil está formado. Naiara Azevedo, Luciano Estevan e Natália Deodato estão na berlinda e um deles será eliminado na próxima terça-feira (25).
A formação de paredão deste domingo (24) começou com o líder da semana, o ator Douglas Silva, indicando a cantora Naiara Azevedo à berlinda. Como o indicado do líder vai direto ao paredão, Naiara não teve direito de participar da prova bate e volta.
Porém, Naiara recebeu o poder do contra-golpe, e puxou Luciano para o paredão.
Na votação no confessionário, os brothers tiveram que votar em dois participantes. Pedro Scooby, Jade Picon e Natália foram os mais votados, cada um com sete votos (veja Quem votou em quem no final da matéria). A decisão voltou para o líder, que deveria escolher dois nomes, entre os três, para ir ao paredão. Douglas escolheu salvar o amigo Pedro Scooby.
Jade, Luciano e Natália disputaram a prova bate e volta. Os participantes tinham que quebrar porquinhos até encontrar o correto. Jade saiu como vencedora e se livrou do paredão.
A última surpresa da noite ficou por conta de Naiara Azevedo, que pediu para o público votar para que Luciano e Natália ficassem.
A votação já está aberta no site do Gshow e a primeira eliminação do BBB22 ocorrerá na terça-feira.
Quem votou em quem
– Rodrigo vota em Pedro Scooby e Paulo André.
– Bárbara vota em Natália e Jessilane.
– Laís vota em Pedro Scooby e Paulo André.
– Arthur vota em Natália e Brunna Gonçalves.
– Brunna Gonçalves vota em Lucas e Natália.
– Eliezer vota em Pedro Scooby e Natália.
– Eslovênia vota em Jessilane e Natália.
– Jade Picon vota em Lucas e Vinicius.
– Jessilane vota em Pedro Scooby e Paulo André.
– Lina da Quebrada vota em Lucas e Jade Picon.
– Lucas vota em Brunna Gonçalves e Pedro Scooby.
– Luciano vota em Jade Picon e Natália.
– Maria vota em Jade Picon e Natália.
– Naiara Azevedo vota em Lucas e Jade Picon.
– Natália vota em Jade Picon e Pedro Scooby.
– Paulo André vota em Jessilane e Brunna Gonçalves.
– Pedro Scooby vota em Jessilane e Eliezer.
– Tiago Abravanel vota em Lucas e Jade Picon.
– Vinicius vota em Jade Picon e Pedro Scooby.

País recebe mais 1,8 milhão de doses contra Covid-19 para crianças

Com novo lote, total de doses da Pfizer para crianças chega a 4,3 milhões

O terceiro lote da vacina pediátrica contra a Covid-19 da Pfizer, com 1,8 milhão de doses, chega ao Brasil nesta segunda-feira (24). Com essa remessa, o total de imunizantes para crianças de 5 a 11 anos da farmacêutica no país já chega a 4,3 milhões, para a campanha de vacinação, de acordo com calendário dos municípios.

O desembarque da nova remessa, que chegaria no dia 27 mas foi antecipada, estava previsto para as 3h40 no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). A distribuição das doses por estado e Distrito Federal, coordenada pelo Ministério da Saúde, segue o critério populacional (de acordo com a faixa etária).

O primeiro carregamento desembarcou no dia 13 e o segundo, dia 16 de janeiro, com um total de 2,4 milhões de doses pediátricas. A Pfizer prevê a chegada de outra remessa, em 27 de janeiro, com 1,8 milhão de doses de vacina, totalizando neste mês 4,3 milhões de unidades. A expectativa é que sejam entregues mais 7,2 milhões em fevereiro e 8,4 milhões em março, podendo chegar a 30 milhões no primeiro trimestre, segundo o Ministério da Saúde.

Após aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para crianças a partir de 6 anos na última quinta-feira (20), a vacina CoronaVac foi incluída pelo Ministério da Saúde na campanha de vacinação contra Covid-19 para a faixa etária de 6 a 17 anos.

Com a orientação de que não seja aplicado em imunocomprometidos, a ampliação do uso do imunizante passou a fazer parte na sexta-feira (21) do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO).

Para esse público, a dose aprovada da vacina, produzida a partir de vírus inativado, é a mesma usada para adultos (600 SU em 0,5 ml), com um intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda aplicação. A CoronaVac é produzida no Brasil pelo Instituto Butantan.

No caso da vacina da Pfizer para as crianças, o esquema vacinal prevê duas doses com intervalo de oito semanas. O imunizante tem dosagem e composição diferentes das que são utilizadas para os maiores de 12 anos.

Alta no preço da energia faz 22% dos brasileiros atrasarem a conta para comprar comida 

energia_eletrica_interruptor_de_luz

A alta nos preços das tarifas de energia elétrica levou cerca de 22% dos brasileiros a trocarem o pagamento da fatura pela aquisição de alimentos básicos, como arroz e feijão, aponta uma pesquisa realizada pelo Ipec para o Instituto Clima e Sociedade (iCS).

 

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o estudo mostrou que o aumento do preço da energia comprometeu, em média, 50% do orçamento de um quarto dos brasileiros de baixa renda, além de ter corroído ao menos 25% dos vencimentos de metade da população brasileira.

De acordo com a reportagem, os maiores cortes de despesas foram registrados nas regiões  Nordeste e no Centro-Oeste, onde um em cada quatro habitantes, 28% e 27%, respectivamente, atrasaram os boletos de pagamento para comprar comida. No geral, quatro entre dez brasileiros reduziram despesas deixando de comprar roupas, sapatos e eletrodomésticos para arcar com a luz, aponta o levantamento.

A alta da tarifa está atrelada à crise hídrica – 2021 foi o mais seco dos últimos 91 anos, e a contratação de termelétricas pelo Governo Federal, que produzem uma energia mais cara que a gerada por hidrelétricas. O custo desta geração chega a ser dez vezes maior que o preço de referência. Segundo o iCS, esta política energética resultou em uma  alta na tarifa duas vezes acima da inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Gretchen é a primeira desmascarada de The Masked Singer e choca a web

O programa de estreia teve como novidade Tata Werneck como nova jurada e Priscila Alcantara no comando do bate-papo com os mais votados.

A cantora fez a performance da música “Amor I Love You”, de Marisa Monte, fantasiada como rosa, neste domingo (23). (Foto: Reprodução/TV Globo)

 

 Gretchen foi a primeira desmascarada da segunda temporada de The Masked Singer Brasil (Globo). A cantora fez a performance da música “Amor I Love You”, de Marisa Monte, fantasiada como rosa, neste domingo (23). O programa de estreia teve como novidade Tata Werneck como nova jurada e Priscila Alcantara no comando do bate-papo com os mais votados.

“Eu amei ser eliminada primeiro, porque eu acho que foi uma descoberta para todo mundo”, falou a artista após tirar a fantasia. Entre os chutes dos jurados, nomes como Viih Tube, Zezé Motta, Deolane Bezerra e Narcisa foram citados. Gretchen participará do Encontro na segunda-feira (24).

Na primeira rodada, a dupla Lampião e Maria Bonita ganhou do Abacaxi. Já na segunda, a vaga foi disputada entre Borboleta e a Motoqueira, sendo o bichinho colorido o mais votado pelo público.

O programa também contou com um embate triplo entre a Ursa, a Rosa e a Coxinha. Na rodada, a Ursa saiu como campeã pela votação do público.

Depois das apresentações, a banca formada pelos jurados escolheu os três personagens que continuam na competição. Estreante, Tata Werneck, foi a porta-voz do grupo formado por Sorocaba, Taís Araújo, Rodrigo Lombardi e Eduardo Sterblitch. Eles salvaram a Abacaxi, a Coxinha e a Motoqueira, levando a rosa à berlinda.

O programa vai ar ar aos domingos, a partir das 15:45, na Globo.

Material escolar reaproveitado ajuda famílas a economizar nas compras 
Até livros didáticos podem ser reutilizados, ensinam especialistas

material_escolar_abr

Mais um ano letivo se aproxima, e os pais têm que dar a atenção aos filhos em férias e, ao mesmo tempo, cuidar da compra do material escolar. Em grande parte das escolas, a volta às  aulas está programada para fevereiro. Com estimativa de alta de até 30% nos preços do material escolar, uma das alternativas é reaproveitar os itens do ano anterior.

 

É o que pretende fazer a dona de casa Amanda Oliveira do Nascimento. Mãe de Ana Luísa, de 6 anos, que vai para a 1ª série do ensino fundamental em uma escola particular no Rio de Janeiro, Amanda diz que vai reaproveitar alguns itens, como lápis, borracha e apontador.
A dona de casa, que já comprou os demais itens da lista, constatou aumento de preços do material escolar. “Aumentaram justamente quando começou a campanha da volta às aulas. Por exemplo, um caderno brochura de 96 folhas, estava por R$ 7,90, no mesmo dia que coloquei no carrinho do aplicativo, aumentou para R$ 9,90 antes de eu conseguir finalizar a compra.”
A educadora financeira Lorelay Lopes diz que reutilizar o que está conservado é uma boa alternativa para economizar. “Guardando o material do ano anterior, a pessoa vai apenas repondo o necessário. Isso vale, por exemplo, para lápis de cor e canetinhas, priorize a marca. Assim, você pega aquela cor que desapareceu da sobra de anos anteriores. Borrachas de qualidade duram muito. O principal é conscientizar a criança de que, ao comprar algo apenas para ter uma coisa nova, gera-se lixo desnecessariamente. O resultado é economia e educação.”
Lorelay indica o comércio eletrônico para fazer a comparação de preços. “Quanto ao que precisa realmente ser comprado, a internet está aí para que possamos comparar preços. Com muitos sites oferecendo frete grátis, comprar tudo pela internet salva seu tempo e seu dinheiro.”

No entanto, o ambiente virtual também pode ser um influenciador para crianças desejarem materiais novos e diferentes, ressalta a educadora financeira. “A internet está cheia de vídeos com crianças expondo material escolar importado. Mas também tem muito conteúdo sobre como reaproveitar o material antigo. Fique de olho nas influências, no por quê as crianças acham tão importante ter tudo novo na volta às aulas. Conscientize, explique o impacto das compras”, recomenda Lorelay.
Já a analista financeira Rosana Archila Michelin, mãe de Diego, que vai para o 3° ano do ensino fundamental em uma escola pública de São Paulo, não precisa se preocupar com a compra de material escolar. É que o estado fornece kits de material escolar para os estudantes.
Mesmo assim, Rosana diz que reaproveitará material do ano passado porque a entrega dos kits é feita em meados de fevereiro, depois de iniciadas as aulas. “O kit vem com uma quantidade que dá para aproveitar nos outros anos. Então, aproveito os lápis de escrever, apontador, régua, borracha e cola branca”. Na rede pública, os livros também são fornecidos pelo estado.

Livros usados

A empresária Claudia de Oliveira Rocha, mãe de Julia, de 14 anos, que vai começar o 1º ano do ensino médio em uma escola particular de São Paulo, conta que a  única vez que conseguiu aproveitar livros usados foi quando a filha trocou de colégio, em meados de 2019. “Consegui os livros de uma aluna que tinha mudado para outra escola depois de ter comprado os livros. E ainda dois livros de história da arte que ela usou do 7º até o 9º ano.”

Segundo Claudia, no colégio anterior, existia a Ciranda de Livros, que são livros de literatura que os alunos leem ao longo do ano. “Estes eu conseguia emprestar ou pegar emprestado, às vezes, pois a própria escola não repetia. Então, os do Juan [filho mais velho], que já havia passado da 5ª série, por exemplo, às vezes, eu conseguia emprestar para uma amiga quando o filho dela chegava à 5ª série.”

Para a educadora financeira Lorelay, é importante essa rede de contatos para troca ou venda de livros usados. “Use e abuse dos grupos de pais e mães do WhatsApp. A troca entre os anos faz toda diferença nessa hora. Venda os seus livros nos grupos de alunos que ingressam no ano escolar anterior ao de seu filho e compre dos que estão um ano à frente. Sem vergonha de economizar e cuidar do planeta.”

No entanto, muitos livros didáticos das séries iniciais são interativos, ou seja, usam recursos didáticos como jogos de recortar, adesivos, desenhos para colorir e lacunas de preenchimento que inviabilizam a reutilização. O jeito é ficar de olhos nos descontos, como faz Amanda, do Rio de Janeiro. “Nunca comprei livros didáticos usados. Porque a escola oferece e dá desconto pagando tudo de uma vez e também porque é o primeiro ano do ensino fundamental.”

Erica Cardoso, gerente de Marketing e Comunicação da Estante Virtual, um sebo que vende livros usados pela internet, explica que 80% dos livros comprados no início do ano são seminovos e usados. “A procura de paradidáticos é para todos os anos do ensino fundamental ao ensino médio. Já os didáticos mais buscados são os a partir do 6º ano.”

No caso dos livros em que os estudantes escrevem, muitos são aceitos, mas os didáticos têm algumas particularidades, diz Erica. “Primeiro, é o fato de as edições terem tempo de validade, que varia de dois a quatro anos. Normalmente, as escolas pedem uma edição específica, a mais atual. Os livros didáticos no Brasil não são feitos para durar. Muitas coleções até quebram o conteúdo em um caderno principal e um de exercícios, o que permite a compra separada apenas da parte perecível, mas este não é um padrão universal.”

Livros já usados ou com grifos e anotações podem ser vendidos na Estante Virtual. “Todos os seminovos e usados disponíveis no site têm descrições detalhadas dos vendedores sobre o estado de conservação e condições gerais”, explica Erica, que lamenta o fato de edições muito antigas e de publicações com muitos exercícios feitos não serem atrativas e perderem valor. “Já os paradidáticos, que são as leituras obrigatórias e/ou sugeridas pelas escolas, não sofrem tanto esse efeito.”

Erica ressalta que o cenário econômico tem impulsionado a procura por livros usados. “Estamos com aumento de visitas e de vendas de 40% em relação ao mês de dezembro, muito puxado pela busca de livros didáticos. A compra de livros seminovos e usados é uma realidade no atual cenário de inflação, com preços mais altos em tudo que é essencial. Então, vemos o sebo como uma oportunidade para os pais economizarem neste período em que a compra de material didático pesa no orçamento.”

Dicas para economizar

O educador financeiro Roberto de Souza Barbosa, da Escola de Pais XD, tem dicas para que os pais economizem na compra do material escolar e recomenda que estes ensinem educação financeira aos filhos:

– Faça uma lista do que é básico. “Algumas escolas já oferecem aos alunos, mas, se este não for o seu caso, faça a própria lista e lembre-se de colocar o que for realmente básico, porque na papelaria há muitas coisas que são uma tentação aos olhos dos pais e dos filhos.”

– Pesquise em pelo menos três sites na internet e veja os orçamentos. “Compare os preços das lojas, olhe em aplicativos, que sempre têm promoções e vendem a preços acessíveis, pois, às vezes, mesmo pagando o frete, os produtos ainda saem mais baratos.”

– Cuidado com as exigências dos pequenos. Todos os pais e mães já devem ter passado por isso: os filhos veem aqueles artigos coloridos, com desenhos, que custam o triplo ou quatro vezes mais que os outros. “Estamos vivendo uma época em que toda economia é bem-vinda, seja a curto ou longo prazo. E estamos em um período em que o IPTU e o IPVA vão começar a chegar. Portanto, tenham equilíbrio para agradar a criança, mas não se endividar com isso.”

– Compre em conjunto. “Junte-se a outros pais para comprar o material em conjunto, pois no atacado sai bem mais barato. Por exemplo, ao invés de comprar cinco lápis de escrever, compra-se uma caixa fechada e divide-se com os demais. Haverá uma quantidade maior e ainda sairá mais barato para todo mundo.”

– Compre à vista. “Eu sei que talvez este não seja um bom momento, porém, se puder, pense a respeito, pois à vista é possível conseguir um descontinho maior, que vai ajudar bastante.”

– Dê prioridade ao que for urgente. “Se sua condição na hora da compra estiver difícil, priorize o que for urgente e compre o restante no decorrer das aulas.”

Agência Brasil

Término entre empresários expõe escândalo na alta sociedade com acusação de estelionato e lavagem de dinheiro

O que era para ser o fim de uma relação amigável, se transformou em um verdadeiro escândalo. Depois de terem um relacionamento de cinco anos, os empresários Alvaro Garnero, que teve o filho envolvido em uma polêmcia com Ronaldo Fenômeno, e Cristiana Arcangeli agora se enfrentam em uma batalha judicial, que envolve muito dinheiro e acusação de crimes como estelionato e lavagem de dinheiro.

Segundo informações divulgadas pelo colunista Leo Dias, do site Metrópoles, dois anos após o fim do relacionamento, em 2017, Alvaro teria convencido Cristiana, que é CEO da Beauty’in e um dos principais nomes no ramo de cosméticos no Brasil, de fazer um alto investimento em criptomoedas, mais precisamente 300 mil dólares.

De acordo com a publicação, consta no processo que o combinado entre o ex-casal era que o retorno obtido com o montante seria investido em uma empresa chamada Híbridos. De titularidade de Hélio Caxias Ribeiro Filho e Thalia Alves Andrade Ribeiro, a empresa já estava sendo investigada por estelionato.

No entanto, parece que o investimento em criptomoedas nunca aconteceu. Isso porque Cristiana acusa o ex-namorado de ficar sem dar informações sobre o valor por meses e, depois disso, recebeu alguns depósitos que não chegaram a totalizar 100 mil dólares.

Acontece que, segundo o colunista, no computador utilizado por Hélio, da MPB PERNAMBUCO – pessoa jurídica operadora da Meu Pé de Bitcoin, consta uma lista de clientes da Híbridos e nessa lista não está o nome de Cristiana. Com isso, existe a suspeita de que Alvaro não tenha feito nenhum investimento com o dinheiro de Cristiana, e que, na verdade, ele fazia parte da Híbridos, que responde a dezenas de processos.

Com o processo correndo na Justiça de São Paulo, a vítima busca receber de volta o valor investido. Porém, caso o montante fosse convertido em criptomoedas, como prometido, a empresária teria atualmente quase trinta milhões de reais em mãos. Ou, mais precisamente, R$ 29.804.927,77.

 

Torcedor do Náutico entra no estádio com teste positivo da covid-19 e é preso

Na vitória do Náutico por 3 a 0 contra o Íbis, nesta tarde de sábado (22), pelo Campeonato Pernambucano, um torcedor alvirrubro conseguiu entrar no estádio dos Aflitos com um teste positivo para a covid-19 e ainda usou as redes sociais para debochar da situação. Após assistir à partida durante todo o primeiro tempo, o homem foi retirado e recebeu voz de prisão da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE).

Em parceria com o Governo de Pernambuco, o Náutico realizou testes gratuitos para seus torcedores antes da partida. De acordo com o protocolo, apenas pessoas com o ciclo vacinal completo, além de teste negativo de covid-19 podem entrar nos estádios.

Durante a partida, o torcedor usou as redes sociais para publicar duas fotos: a primeira com a imagem do resultado positivo e a legenda “Balão kkk”, e outra de si próprio nas arquibancadas dos Aflitos, utilizando a legenda “Tropa da Covid”.

Após o ocorrido, o Náutico também utilizou suas redes sociais para lamentar o fato e informar que irá reforçar sua fiscalização nas próximas partidas do clube.

“Optou pela liberdade e hoje torna-se um líder mundial nesta área, enquanto vídeos bizarros da Austrália inundam a internet”, afirmou o deputado federal.

Djokovic chegou a treinar na Austrália enquanto impasse durava. (Foto: Kelly Defina / REUTERS)

 

 O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PL), elogiou o tenista sérvio Novak Djokovic, deportado neste domingo (16) da Austrália por tentar entrar no país sem estar vacinado contra a Covid-19.

“Se vencesse o Grand Slam de Melbourne, o sérvio Djokovic bateria Roger Federer e se tornaria o maior campeão de Grand Slam de todos os tempos. Optou pela liberdade e hoje torna-se um líder mundial nesta área, enquanto vídeos bizarros da Austrália inundam a internet”, afirmou o deputado federal.

A mensagem foi publicada nas páginas do político em diferentes redes sociais.

Eduardo Bolsonaro já se opôs à vacinação contra a Covid-19 em diversos momentos, numa posição que vai na contramão da recomendação de cientistas de todo o mundo.

Em um encontro virtual com atletas sérvios realizado em abril de 2020, Djokovic foi enfático ao se posicionar contra a exigência da vacina. “Pessoalmente, sou contra a vacinação e não quero que alguém me force a ser vacinado para viajar”, afirmou.

Djokovic viu a Justiça australiana rejeitar o recurso de sua defesa e manter a suspensão do visto de entrada no país. Após a audiência, o atual campeão do torneio foi deportado. Ele pegou um voo no aeroporto de Melbourne com destino a Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

O tenista entrou na Austrália no dia 5 de janeiro sem se vacinar, apresentou uma isenção médica e alegou que testou positivo para Covid-19 em 16 de dezembro. Ao desembarcar no aeroporto, ele foi parado pela polícia alfandegária por não apresentar todos os documentos necessários para justificar a entrada no território australiano.

O atleta será substituído no Aberto da Austrália pelo italiano Salvatore Caruso, número 150 do mundo no ranking da ATP.