Sem categoria

A média, porém, foi afetada por um recente apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país têm mostrado tendências de aumento de casos de Covid-19. (Foto: Reprodução)

O Brasil registrou 181 novas mortes por Covid-19 e mais de 18 mil novos casos nas últimas 24 horas. Ao todo, o país já tem mais de 6,1 milhões de pessoas infectadas pela Covid-19 e 169.197 mortes desde o início da pandemia.

Nos finais de semana, os números tendem a ser menores porque há menos equipes de plantão nas secretarias estaduais de Saúde.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 484 — no sábado, (20), eram 478. Nas últimas semanas, o país variou entre situações de queda da média e estabilidade.

A média, porém, foi afetada por um recente apagão de dados de alguns estados. De toda forma, dados do país têm mostrado tendências de aumento de casos de Covid-19.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde neste domingo apontam 194 óbitos registrados nas últimas 24 horas e um total de 169.183 mortes confirmadas pela Covid-19.

O balanço aponta 18.615 novos casos, totalizando 6.071.401 registros da doença no país.

Entre os estados, São Paulo ainda soma o maior número total de registros -são 41.267 mortes e 1.209.588 casos até este domingo. Em seguida na lista, com relação a mortes, aparecem os estados do Rio de Janeiro (21.974) e Minas Gerais (9.777).

Arcoverde confirma mais 26 casos e 08 curados da Covid-19

A Secretaria de Saúde de Arcoverde informa que neste domingo, 22 de novembro, até às 18 horas, mais vinte e seis (26) casos de Covid-19 e oito (08) curados foram registrados no município. O boletim diário, portanto, fica com duzentos e noventa e quatro (294) suspeitos, quatro mil oitocentos e noventa e sete (4.897) descartados, dois mil e sessenta e cinco (2.065) confirmados, sessenta (60) óbitos, e mil oitocentos e cinquenta (1.850) recuperados.

Atualmente Arcoverde mantém a taxa de 74,25% de recuperação dos casos confirmados, enquanto que a taxa de letalidade permanece em 3,52%. Vale lembrar, que dentro dos 2.021 casos confirmados, estão contabilizados os 60 óbitos e 1.833 curados.

Defesa de segurança do Carrefour nega intenção de matar Beto Freitas ou motivação racista

O advogado afirma que não houve conduta dolosa. De acordo com ele, a intenção era conter João Alberto, que estaria “completamente descontrolado”. A defesa alega que o policial foi chamado até o caixa e chegou a apaziguar a situação.

O advogado diz que lamenta a morte de João Alberto, que presta sentimentos à família dele e que acredita que os responsáveis têm que responder pelos fatos, mas nos limites da lei. (Foto: Reprodução)

A defesa do policial militar Giovane Gaspar da Silva, 24, um dos seguranças presos pelo assassinato de João Alberto Silveira Freitas, 40, conhecido como Beto Freitas, em uma unidade do Carrefour de Porto Alegre, nega a intenção de matá-lo ou motivação racista e levanta a hipótese de que a vítima pode ter morrido em decorrência de um ataque cardíaco.

“A perícia também traz como provável causa um ataque cardíaco. Suspeita-se também que o senhor João Alberto estaria sob efeitos de entorpecentes tamanha a força que ele tinha no momento. Ele também tinha os olhos soltados e a íris expandida”, diz o advogado de defesa, David Leal.

O IGP-RS (Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul) apontou, em análise inicial, que a vítima morreu por asfixia. Imagens obtidas pela Folha mostram que Beto Freitas, 40, foi asfixiado por quase quatro minutos, diante de 15 testemunhas, após ser espancado por pelo menos dois minutos por dois seguranças.

Leal também afirma que o seu cliente também não teve a intenção de matar João Alberto e não agiu de forma por racismo.

“O meu cliente não teve a intenção de matar. Ele não agiu por nenhum ato racista. Ele, inclusive, tem parentes negros, o pai dele é pardo, e não tem de forma alguma qualquer preconceito quanto a isso. O Brasil é um país que é preconceituoso, com toda certeza. Existe racismo, mas, analisando, concretamente, o fato não tem nada a ver com isso”, diz Leal.

O advogado afirma que não houve conduta dolosa. De acordo com ele, a intenção era conter João Alberto, que estaria “completamente descontrolado”. A defesa alega que o policial foi chamado até o caixa e chegou a apaziguar a situação.

“Ele [João Alberto] foi conduzido até a saída para onde o senhor se encaminhou voluntariamente. Na saída, perto da porta, surpreendentemente, o senhor João Alberto desferiu um soco no rosto do meu cliente. Meu cliente diz que depois ele ainda acertou outro soco. Ele [Giovane] tomou dois socos no rosto”, diz Leal.

Ainda de acordo com o advogado, na tentativa de conter João Alberto, outras pessoas se aproximaram. “Na verdade, se formos bem justos aos fatos, mais pessoas estão envolvidas. Teve cliente que chegou ali chutando a cabeça do senhor João Alberto, pessoas que também o agrediram porque viram o que ele havia feito dentro do mercado, mas de forma alguma o resultado morte é justificado.” Ele não deu mais detalhes sobre o que teria ocorrido antes.

O advogado diz que lamenta a morte de João Alberto, que presta sentimentos à família dele e que acredita que os responsáveis têm que responder pelos fatos, mas nos limites da lei.

Além de Giovane, o segurança Magno Braz Borges, 30, foi preso. De acordo com Leal, nenhum dos dois envolvidos tem antecedentes criminais.

“O fato de o senhor João Alberto ter antecedentes criminais não justificaria a consequência trágica da morte. Infelizmente, uma vida se perdeu. Enquanto defesa, nós temos também que preservar os direitos do meu cliente de forma justa e nos limites da lei”, diz o advogado.

O advogado de Magno não foi localizado pela reportagem.

Questionada sobre o laudo conclusivo do Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul, a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul ainda não se manifestou.

Após derrota, Trump pede nova recontagem de votos na Geórgia

Derrotado nas urnas, o presidente americano acumula revezes na Justiça na tentativa de reverter a conquista democrata.

Apoiadores de Donald Trump protestam no sábado (21) em frente ao Capitólio estadual da Geórgia, nos EUA, em Atlanta — Foto: (Foto: Ben Gray/AP Photo)

A equipe de campanha de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos derrotado na tentativa de se reeleger, pediu no sábado (21) mais uma recontagem dos votos na Geórgia.

O estado no sudeste americano deu vitória ao presidente eleito Joe Biden, mas, como a margem foi inferior a 0,5 ponto percentual, as cédulas foram contadas manualmente uma segunda vez. A nova contagem não viu mudanças significativas no resultado e manteve a vitória do democrata — que foi, inclusive, oficialmente certificada.

Porém, como a vantagem continuou dentro de 0,5 ponto percentual, Trump teve direito a pedir mais uma recontagem. O procedimento, historicamente, não muda o resultado de eleições nos EUA. Desta vez, a nova apuração ocorrerá eletronicamente.

“O presidente Trump e sua campanha continuam a insistir em uma recontagem honesta na Geórgia, que precisa incluir a verificação de assinaturas e outras salvaguardas vitais”, disse a equipe do republicano.

Funcionários da autoridade eleitoral do condado de Cobb, na Geórgia, fazem auditoria dos votos na segunda-feira (16) para a recontagem das eleições presidenciais dos EUA — Foto: Mike Stewart/AP Photo

É muito difícil que uma nova contagem mude o resultado das urnas, até porque a Geórgia já certificou a vitória de Biden por uma diferença de pouco mais de 12 mil votos. Até agora, as autoridades estaduais — que têm maioria republicana, mesmo partido de Trump — não encontraram nenhum indício de irregularidade.

“O sistema eleitoral da Geórgia nunca foi tão seguro e confiável”, garantiu o secretário de Estado, Brad Raffenspenger, que é do mesmo Partido Republicano de Trump.

Apesar da derrota, Trump insiste em batalha legal

Presidente dos EUA, Donald Trump, durante pronunciamento na Casa Branca nesta sexta-feira (20) — Foto: Carlos Barria/Reuters

As projeções do Colégio Eleitoral apontam que Biden venceu as eleições por 306 votos a 232 — a mesma margem que Trump obteve sobre Hillary Clinton em 2016. Mesmo assim, o atual presidente insiste que não perdeu a disputa e que foi vítima de fraude, sem no entanto apresentar nenhuma comprovação de qualquer irregularidade.

No sábado, o republicano perdeu mais uma ação judicial na Pensilvânia. Um juiz federal se recusou a descartar milhões de votos enviados por correio no estado — prática permitida há anos nos EUA — por falta de consistência na petição. Trump disse que vai recorrer, mas há poucas chances de que o resultado mude.

O presidente também viu fracassar sua tentativa de convencer lideranças republicanas de Michigan, outro estado-chave vencida por Biden, de que a eleição foi fraudada. Os parlamentares até admitiram que todo indício deve ser investigaram, mas disseram que, até o momento, nenhuma irregularidade capaz de mudar o resultado foi encontrada.

Afogados FC só cumprirá tabela e está fora do mata-mata da Série D

Complemento da rodada tirou qualquer chance da Coruja de passar de fase

A rodada 13 do Grupo 3 da Série D do Campeonato Brasileiro, disputada neste fim de semana, deixou apenas dois times vivos na briga para ocupar a quarta e última vaga da chave na próxima fase.

O Afogados FC até tinha alguma esperança depois da vitória sobre o Campinense, a primeira depois de sete jogos, por 2×1 ontem no Vianão.  Mas o complemento da rodada pôs uma pá de cal. O Afogados está fora da competição e só cumpre tabela contra o Floresta fora de casa no domingo três da tarde.

Após os resultados do sábado e do domingo, apenas Atlético de Cajazeiras (atual quarto colocado) e Globo FC (quinto) vão para a última rodada, na próxima sexta-feira, chegam com chances de classificação.

O grande derrotado no fim de semana além do Afogados foi o Campinense, que começou a rodada dentro do G-4, mas com a derrota pra Coruja deu adeus a qualquer possibilidade de classificação.

A situação do grupo é a seguinte: América-RN, Salgueiro e Floresta já estavam classificados; o Atlético-PB é o quarto colocado, com 16 pontos; o Globo FC é o quinto, com 15; e o Campinense é o sexto, com 14. Atlético-PB e Globo FC se enfrentam no Barrettão, em Ceará-Mirim, na última rodada. Se o Atlético-PB vencer, vai a 19 e se classifica.

Se o Globo FC vencer, vai a 18, ultrapassa o Atlético-PB e se classifica. E, se der empate, o Atlético-PB vai a 17 e, mesmo que o Campinense vença o América-RN e também vá a 17, os atleticanos avançam por terem mais vitórias que os rubro-negros.

Acidente na PE-309 entre Tabira e Solidão deixa uma vítima fatal

Um acidente ocorrido na tarde deste domingo (22) causou um óbito na rodovia PE-309, que liga Tabira ao município de Solidão. O motorista de um veículo Fiesta, de Cor Prata, perdeu o controle vindo a capotar. Relatos de internautas nos grupos de whatsApp dão conta de que a vítima residia no sítio Jardim, zona rural de Solidão e era popularmente conhecido por Zé Birino. Policiais militares foram ao local e registraram a ocorrência. Aguarde mais informações! (Blog do Itamar)

Sandrinho e Daniel agradecem votação

O Prefeito eleito de Afogados da Ingazeira, Sandrinho Palmeira (PSB), foi às ruas de Afogados neste sábado (21) agradecer a votação que obteve na eleição para Prefeito.

Ao lado do seu vice, Daniel Valadares, ele percorreu as ruas da feira livre, e conversou com feirantes e populares.

Sandrinho agradeceu às demonstrações de carinho e disse “estar preparado para fazer uma grande gestão, cumprindo com os compromissos assumidos durante a campanha”

“Vamos trabalhar muito para poder honrar os compromissos assumidos, e manter a tradição que Afogados sempre teve de eleger bons gestores,” prometeu Sandrinho.

Ele foi eleito no último dia 15 com mais de 64% dos votos válidos.

Polícia Militar desarticula rinha de galos, apreende armas e conduz 80 pessoas à delegacia, em Ingá, na Paraíba

Durante averiguação, os policiais localizaram armas. Rinhas de galo funcionavam no local.

Todas as pessoas presentes no local foram encaminhadas à Delegacia de Itabaiana para prestar esclarecimentos. (Foto: Reprodução)

Uma operação da Polícia Militar realizada neste domingo (22) resultou em armas apreendidas e mais de 80 pessoas levadas à delegacia, no sítio Serra Velha, em Ingá, na Paraíba.

De acordo com informações da Polícia Militar, os policiais localizaram dois veículos com queixa de roubo no sítio. Durante averiguação, os policiais localizaram armas. Rinhas de galo funcionavam no local.

Todas as pessoas presentes no local foram encaminhadas à Delegacia de Itabaiana para prestar esclarecimentos.

Além de falar de novas ações para segunda etapa, candidato reafirmou disposição em ouvir a população, apresentar propostas que atendam os anseios do recifense e debater o futuro da cidade

O candidato a prefeito João Campos (PSB) reuniu, no início da noite desta segunda-feira (16), representantes dos partidos que integram a Frente Popular para agradecer o apoio demonstrado no primeiro turno e traçar ações para a segunda etapa da campanha. Além dos presidentes de partido, a reunião contou com as presenças do prefeito Geraldo Julio (PSB) e da candidata a vice-prefeita Isabela de Roldão (PDT).

“Esse time foi essencial para a nossa conquista no primeiro turno e, tenho certeza, nos dará uma contribuição importante para uma grande vitória no final dessas eleições. Fizemos uma reunião produtiva, discutindo o planejamento para os nossos próximos passos”, destacou João Campos

João pontuou que tem debatido e apresentado um projeto de cidade, que aponta caminhos para o Recife, sempre defendendo a ampliação e a prática do diálogo e mostrando a todos, lideranças políticas ou não, principalmente à população recifense, o que defendemos para fazer o Recife avançar no que deve crescer, também mudando no que precisa.

“Mas andando pra frente. Buscar convergências é fundamental nos momentos difíceis, exigentes, como o atual. Preservando todos os princípios. Da seriedade, da transparência, do debate, da construção”, ressaltou.

Participaram da reunião os presidentes do PSB, Sileno Guedes; do PSD, André de Paula; do PROS, João Fernando Coutinho; do Republicanos, Silvio Costa Filho; e do Solidariedade, Augusto Coutinho, que estava acompanhado do filho o vereador Rodrigo Coutinho.

Foto: Diego Nigro

Pix: novo sistema de pagamento instantâneo entra em funcionamento 
Clientes de 734 instituições podem fazer pagamentos e transferências

Depois da fase de operação restrita, o Pix, sistema de pagamento instantâneo entra em funcionamento pleno hoje (16). Todas as pessoas e empresas com conta corrente, poupança ou conta de pagamento pré-paga em uma das instituições aprovadas pelo Banco Central já podem fazer transferências pelo novo sistema que vai funcionar por 24h todos os dias.

Em outubro, o BC relatou que 762 instituições tinham sido aprovadas para ofertar o Pix, a partir deste mês. Hoje, o BC informou que desse total, 19 instituições que têm participação facultativa no novo sistema, não realizaram todos os testes durante o período de operação restrita e, portanto, retornaram à etapa de homologação, que ocorrerá a partir de 1º de dezembro de 2020. Assim, essas instituições, deixaram para ofertar o Pix em momento futuro. Além disso, nove cooperativas foram incorporadas por outras instituições.

Hoje, são 734 instituições com o Pix disponível para toda a base de clientes. Confira a lista de instituições participantes no site do BC.

Desde o dia 5 de outubro, pessoas e empresas estão fazendo o cadastro das chaves Pix, para identificar a conta para receber pagamentos e transferências. E a fase restrita de operação ocorreu de 3 a 15 deste mês, com horários específicos para fazer as transações, disponível apenas para alguns clientes selecionados pelas instituições financeiras.

Segundo o Banco Central, não há limite mínimo para pagamentos ou transferências via Pix. As instituições que ofertam o Pix podem estabelecer limites máximos de valor para reduzir de riscos de fraude, lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo.

Para fazer transferência ou pagamento, bastar ter a chave de quem vai receber o dinheiro, em vez de informações sobre agência, conta e dados pessoais do recebedor.

A chave Pix previamente cadastrada pode ser CPF, CNPJ, e-mail, número de celular ou chave aleatória (uma sequência alfanumérica gerada aleatoriamente que poderá ser utilizada por usuários que não queiram vincular seus dados pessoais às informações de sua conta). O recebedor também pode gerar QR Codes.

O Pix deve ser gratuito para pessoas físicas nas operações de transferência e de compra. As exceções serão o recebimento de vendas de produtos e de serviços, que poderão ser tarifadas pelas instituições financeiras.

Também pode haver cobrança se os clientes (pessoas físicas e jurídicas) que, podendo fazer a transação por meio eletrônico (site ou aplicativo), preferir fazê-la presencialmente ou por telefone. Nesse caso, as instituições poderão cobrar tarifas.

Em relação às pessoas jurídicas, as instituições financeiras poderão cobrar tarifa tanto no envio como no recebimento de dinheiro por meio do Pix. Serviços acessórios ligados ao pagamento e ao recebimento de recursos também poderão ser tarifados.

No site Banco Central, há perguntas e respostas sobre o novo sistema de pagamentos.

Agência Brasil

Trump afirma que ‘tempo dirá’ que administração estará no futuro à frente dos EUA

Presidente segue sem admitir que perdeu para Biden, mas muda de tom levemente ao cogitar em discurso que sua reeleição não é algo certo como defendia.

O presidente dos EUA, Donald Trump, fala a jornalistas na Casa Branca, na sexta-feira (13). (Foto: AP Photo/Evan Vucci)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou publicamente pela primeira vez nesta sexta-feira (13) desde que as projeções apontaram sua derrota para Joe Biden, e afirmou que “o tempo dirá” qual será a administração dos EUA no futuro.

O breve comentário representa uma mudança de discurso — ainda que tímida e sem citar seu oponente — em relação à sua até então ostensiva recusa em admitir que perdeu.

“Esta administração não entrará em lockdown. Espero que, aconteça o que acontecer no futuro, quem sabe qual será a administração, o tempo dirá, mas posso afirmar: esta administração não vai para um lockdown”, disse, ao comentar o impacto que causaria um fechamento da economia em meio à pandemia do novo coronavírus.

Trump falou no Jardim das Rosas da Casa Branca sobre a “Operação Warp Speed”, na qual o governo fez parceria com empresas farmacêuticas para criar e distribuir uma vacina contra o coronavírus. O programa distribuiu US$ 13 bilhões (R$ 71 bilhões) entre ao menos 14 candidatas a vacina contra Covid-19.

O presidente afirmou que espera que uma vacina esteja disponível para toda população do país em abril. Também disse que espera uma autorização de uso de emergência para a vacina da Pfizer “extremamente em breve”.

Resultados finais

As grandes redes de TV dos EUA anunciaram nesta sexta a projeção do resultado final da eleição: o democrata Biden obteve 306 votos no Colégio Eleitoral contra 232 para o presidente republicano. Ironicamente, o número é o inverso do que deu a vitória surpreendente de Trump sobre Hillary Clinton em 2016.

Biden, que obteve quase 78 milhões de votos em todo o país, mais de cinco milhões a mais do que Trump, foi declarado vencedor nesta sexta-feira na Geórgia, onde os democratas não venciam desde 1992 com Bill Clinton. O resultado consolidou sua vitória.

Trump venceu na Carolina do Norte, mas não foi o suficiente para superar a liderança de Biden no Colégio Eleitoral de 538 membros.

Nos últimos dez dias, o presidente se ausentou de suas funções presidenciais normais, sem sequer comentar a repercussão da pandemia, que deixou mais de 242 mil mortos e 10,5 milhões de infecções nos Estados Unidos, e nos últimos dias espalhou-se com números recordes.
Fechado na Casa Branca, de onde só saiu para jogar golfe no fim de semana e comparecer a uma breve cerimônia do Dia dos Veteranos na quarta-feira, Trump repetiu várias vezes no Twitter que ganhou a reeleição, enquanto promove ações judiciais para questionar os resultados sem provas relevantes.

“Esta eleição foi manipulada!”, tuitou nesta sexta-feira, depois de anunciar que ele poderia “tentar vir e cumprimentar” seus apoiadores no comício que planejam neste sábado em Washington para apoiar suas alegações de fraude.

No entanto, autoridades eleitorais de todo o país disseram que as eleições foram “as mais seguras da história dos Estados Unidos”, ressaltando que “não há evidências” de votos perdidos ou trocados, nem de sistemas de votação alterados.

O horizonte continuou escurecendo para o presidente republicano depois que Biden recebeu cumprimentos não só de aliados americanos históricos, como Reino Unido, Israel e França, mas também da China.

Assim, Trump e seu entorno parecem viver em uma realidade paralela.

“O presidente participará de sua própria posse”, disse a secretária de imprensa de Trump, Kayleigh McEnany, à Fox News. “Quando todos os votos legais forem contados, o presidente Trump vencerá.”
“Estamos trabalhando aqui na Casa Branca sob a suposição de que haverá um segundo mandato de Trump”, disse à Fox News o assessor comercial de Trump, Peter Navarro.

Embora Biden continue seus preparativos para assumir o cargo em 20 de janeiro, a questão preocupa sua equipe.

O novo chefe de gabinete de Biden, Ron Klain, considera que o bloqueio do acesso da nova administração às reuniões informativas confidenciais do governo atual representa um perigo crescente.

Em declarações à MSNBC na noite de quinta-feira, Klain destacou a necessidade de estar a par dos planos de vacinação de covid-19 entre “fevereiro e março”, quando Biden já estará no Salão Oval.

“Quanto mais cedo conseguirmos que nossos especialistas em transição se reúnam com as pessoas que estão planejando a campanha de vacinação, mais tranquilo será”, afirmou.

A persistente demora do governo Trump em reconhecer a vitória de Biden representa “um sério risco para a segurança nacional”, alertaram mais de 150 ex-autoridades da área em uma carta na quinta-feira, incluindo alguns que trabalharam com Trump.

Entre os signatários, democratas e republicanos, estão o ex-chefe do Pentágono Chuck Hagel, republicano, e Michael Hayden, ex-chefe da Agência de Segurança Nacional (NSA) e, posteriormente, da CIA durante presidências democratas e republicanas.

O grupo instou a diretora da Administração de Serviços Gerais (GSA), Emily Murphy, a reconhecer oficialmente Biden como presidente eleito.

Sem a confirmação da GSA, Biden não tem acesso a fundos de transição e outros recursos, incluindo relatórios de inteligência.

Embora muitos no Partido Republicano tenham se mostrado leais a Trump, outros acreditam que, para o bem do país, Biden deve ser capaz de acessar informações confidenciais.

James Lankford, um senador republicano de Oklahoma, disse à rádio Tulsa KRMG no início da semana que daria ao governo Trump até sexta-feira para possibilitar isso e, caso contrário, interviria “para pressioná-los”.

Mega-Sena pode pagar R$ 40 milhões neste sábado

O sorteio ocorre às 20h deste sábado (14) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

Mega-Sena realiza sorteio neste sábado (Foto: Reprodução)

O concurso 2.318 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 40 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h deste sábado (14) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet – saiba como fazer.

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

 

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta terça (10), foram registrados 27 casos para covid – 19 em nosso município. Desses, 23 já estavam em investigação.
São 17 pacientes do sexo feminino, com idades de 10, 13, 24, 25, 26, 28, 29, 29, 31, 35, 37, 41, 42, 44, 47, 56 e 85 anos; e 10 pacientes do sexo masculino, com idades de 05, 18, 19, 16, 35, 43, 43, 46, 61 e 64 anos. Entre as mulheres: 06 de profissão não informada, 03 estudantes, 05 profissionais da saúde, 02 donas de casa e 01 auxiliar administrativa. Entre os homens: 03 de profissão não informada, 01 estudante, 01 profissional da saúde, 01 funcionário público, 01 menor, 01 auxiliar de produção, 01 aposentado e 01 pintor.
Entram em investigação os casos de 33 mulheres, com idades entre 06 e 75 anos; e os de 17 homens, com idades entre 05 e 96 anos.
Hoje, 90 pacientes apresentaram resultados negativos para covid-19 em nosso município.
15 pacientes apresentaram cura após avaliação epidemiológica e clínica. O município atingiu a marca de 1186 pessoas (90, 95%) recuperadas para covid-19. Atualmente, 102 casos estão ativos.
Afogados atingiu a marca de 6.474 pessoas testadas para covid-19, o que representa 17,37 % da nossa população.
Casos leves x SRAG/covid- 19:
Leves (1.252 casos), 96,01% SRAG (52 casos), 3,99%.

Professora ‘ensina’ que Bolsonaro armou assassinato de Marielle

Foto: reprodução

Colégio afirma que funcionária realiza “brilhante trabalho”

Por Revista Oeste

A unidade de Rio do Sul (SC) do colégio particular COC deu espaço para “ensinar”, durante disciplina de redação, que o presidente Jair Bolsonaro “armou” o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco. A afirmação foi feita durante aula virtual conduzida pela professora Tanay Gonçalves Notargiacomo.

Ao falar sobre violência na política, a professora garantiu que Bolsonaro não foi vítima de crime político no decorrer da campanha eleitoral de 2018. Apesar de o então candidato ter sido esfaqueado por um homem que foi filiado ao Psol, ela definiu o caso como protagonizado por “popular”, um mero “civil” da sociedade.

“Bolsonaro levou uma facada? Levou. Foi uma violência? Foi. Mas não foi praticada por político”, disse a professora do COC de Rio do Sul, cidade do interior de Santa Catarina.

Sobre o caso da vereadora assassinada em março de 2018, a situação foi diferente (ao menos na visão da professora). Indo contra todas as investigações, ela garantiu que Marielle foi vítima de violência política armada pelo homem que é o atual presidente da República.

“O que o Bolsonaro armou, né, para matar Marielle Franco… ele, sendo um político, matando uma outra política… isso, sim, é uma violência política”, “ensinou” a funcionária do colégio catarinense.

“Brilhante trabalho”

Em nota divulgada no último domingo, 8, a direção do COC Rio do Sul garantiu que “procedimentos internos cabíveis” foram iniciados após conhecimento da acusação feita pela professora de redação. No entanto, em meio à tentativa de propaganda das aulas virtuais realizadas desde o início da pandemia, o comando da instituição faz questão de classificar o caso como “episódio isolado”, além de definir como “brilhante trabalho” a atuação de Tanay.

No mesmo dia em que saiu em defesa de sua funcionária, a direção do COC Rio do Sul divulgou carta assinada pela professora. No texto, Tanay pede “desculpas aos ofendidos”. Ciente de que acusou o presidente da República de homicídio, ela pontuou que a “frase foi infeliz, ainda mais quando retirada de contexto”.

Com mais 693 casos e 23 óbitos, PE soma 167.233 pacientes e 8.763 mortes por Covid-19

Foto: Marcelino Siqueira

Foram registrados, nesta terça-feira (10), 693 novos casos e 23 óbitos por Covid-19 em Pernambuco. Com esse acréscimo, o estado passou a ter 167.233 pacientes confirmados e 8.763 mortes de pacientes infectados pelo novo coronavírus. Os números começaram a ser contabilizados em 12 de março.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), 49 dos 693 casos confirmados nesta terça são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), enquanto outros 644 são de pessoas com quadro leve. Com isso, o estado passou a ter 27.408 casos graves e 139.825 leves.

Além disso, o boletim registra um total de 149.090 pacientes recuperados da doença, desde março. Destes, 17.530 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 131.560 eram casos leves.

Em relação aos óbitos, as 23 mortes registradas nesta terça ocorreram entre os dias 17 de abril e a segunda-feira (9). Foram 12 mulheres e 11 homens, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

Em 6ª alta seguida, Bolsa vai a 105 mil pontos, maior patamar desde julho

O movimento levou o Ibovespa, maior índice acionário do Brasil, ao seu sexto pregão seguido de alta nesta terça-feira (10), contabilizando valorização de quase 12% no período.

Pelo segundo pregão seguido, o dólar fechou estável, a R$ 5,39. O turismo está a R$ 5,53. (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Bolsa brasileira ainda surfa a onda da vitória do democrata Joe Biden nos Estados Unidos e a eficácia de 90% da vacina da Pfizer em parceria com a BioNTech, somada aos resultados das companhias no terceiro trimestre deste ano.

O movimento levou o Ibovespa, maior índice acionário do Brasil, ao seu sexto pregão seguido de alta nesta terça-feira (10), contabilizando valorização de quase 12% no período.

Nesta sessão, o índice subiu 1,5%, a 105.066 pontos, maior valor desde 27 de julho. A alta foi impulsionada pelas fortes valorizações de Petrobras e bancos. No melhor momento do pregão, o Ibovespa chegou a 105.758 pontos, máxima intradia desde 5 de março.

A petroleira teve uma das maiores altas do pregão, em linha com a alta de quase 4% nos preços do petróleo. As ações preferenciais (sem direito a voto) da estatal subiram 6,8%, a R$ 23,08. As ordinárias (com direito a voto) saltaram 7,94%, a R$ 23,64.
O Santander subiu 7,65% e o Banco do Brasil, 5,10%. As ações preferenciais de Bradesco subiram 6,45% e as ordinárias, 5,59%. Itaú ganhou 4,52%.

Outro destaque foi a Ambev, que subiu 6,96%, a R$ 15,21.

Na ponta oposta, a B2W caiu 8,3%, após forte resultado da concorrente Magazine Luiza, que superou pela primeira vez a B2W em vendas brutas no meio digital. Apesar dos números positivos, a Magazine Luiza caiu 4,6%.

Pelo segundo pregão seguido, o dólar fechou estável, a R$ 5,39. O turismo está a R$ 5,53.

Nos EUA, a Bolsa de tecnologia em Nasdaq teve seu segundo pregão de baixa nesta terça, com qieda de 1,4%, com investidores vendendo papéis de tecnologia, que se beneficiaram dos lockdowns induzidos pelo coronavírus, e favorecendo setores que mais sofreram durante a pandemia, com otimismo de que uma vacina contra a Covid-19 vai provocar uma virada positiva na economia.

A Amazon caiu 3,46%, impactada pela acusação formal e investigação da União Europeia sobre abuso de poder de mercado da companhia americana.

Na acusação, anunciada nesta terça, etapa chamada de Declaração de Objeções no processo antitruste europeu, a UE acusou a Amazon de usar indevidamente em seu próprio proveito dados de vendedores terceirizados que usam sua plataforma e seus serviços de comércio eletrônico.

Se for condenada, a companhia pode ser multada em até 10% de seu faturamento global, ou cerca de US$ 19 bilhões (R$ 102 bilhões).

O índice Dow Jones subiu 0,9% e o S&P 500 perdeu 0,14%.

Quatro pessoas morrem carbonizadas após veículos pegarem fogo na estrada entre Teixeira e Desterro, na Paraíba

Todos os ocupantes dos dois veículos morreram carbonizados.

No início da tarde desta terça-feira ( 10), um grave acidente foi registrado na estrada que liga as cidades de Teixeira e Desterro na Paraíba. Dois veículos pegaram fogo após colidirem frontalmente. De acordo com informações da Polícia Militar, todos os envolvidos morreram.

O acidente ocorreu nas proximidades do Sítio Catolé, em um pontilhão, provavelmente um dos carros perdeu o controle da direção. Não se pode afirmar o número certo de pessoas envolvidas. Mas pelas imagens são cerca de quatro pessoas nos dois carros.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Patos-PB se deslocou para o local. Populares ainda tentaram apagar as chamas e salvar as vítimas, porém sem sucesso.

A PM também continua no local buscando informações que confirmem a identidade das vítimas.

Informações dão conta de que, em um dos carros, estava Zeca da Padaria e seu filho Ramon, ambos de Desterro-PB, os ocupantes do segundo veículos ainda não foram identificados. As imagens circulam em grupos de WhatsApp.

Via blog Marcello Patriota

Bahia é o principal reduto de rejeição ao bolsonarismo no país

Maquiavel/VEJA

As melhoras nos índices de aprovação que o presidente Jair Bolsonaro colheu desde que o governo federal passou a pagar um auxílio emergencial para aqueles que foram afetados pela pandemia de Covid-19 não refletiram em ganhos de imagem na Bahia. As últimas pesquisas de opinião ratificaram que o estado é o principal foco de rejeição ao bolsonarismo no país. Metade dos baianos consideram que o presidente faz uma gestão ruim ou péssima. Na capital Salvador, 62% rechaçam a administração federal.

Dados do IBGE apontam que a Bahia ficou só atrás de São Paulo e foi o segundo estado que mais recebeu o auxílio emergencial durante a pandemia, com 61,2% das pessoas beneficiadas. Uma pesquisa do Instituto DataPoder 360, divulgada em julho, mostrou que o presidente ganhou cinco pontos percentuais na sua aprovação, subindo para 27%. Mas, no estado, 50% dos baianos o rejeitam.

A situação de Bolsonaro é ainda mais grave em Salvador. Nenhuma capital rechaça tanto o governo do presidente quanto a cidade. O índice de 62% está dez pontos percentuais acima dos números registrados em Porto Alegre, a segunda capital que mais rejeita o bolsonarismo, segundo levantamento do Ibope divulgado em outubro.

Melhorar a imagem no Nordeste tem sido uma das prioridades elencadas por Bolsonaro para antes da eleição de 2022. Salvador é a quarta cidade com a maior proporção de eleitores no país, com mais de 1,8 milhão. Já a Bahia, com mais de 10 milhões de eleitores, é o quarto colégio eleitoral entre todos os estados brasileiros. Em 2018, o petista Fernando Haddad conquistou 72% dos votos na disputa de segundo turno contra o atual presidente. Bolsonaro ganhou em apenas quatro das 417 cidades baianas. Em Salvador, o presidente perdeu em todas as zonas eleitorais. Continue lendo →

Causa da morte de voluntário da vacina CoronaVac foi suicídio, diz polícia

A causa da morte do voluntário que participava dos testes da vacina CoronaVac foi suicídio, indicou o boletim de ocorrência obtido nesta terça-feira (10) pela TV Globo.

Na véspera, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) havia suspendido temporariamente os testes do imunizante, que é desenvolvido pela farmacêutica chinesa SinoVac. No Brasil, a produção da vacina ficará a cargo do Instituto Butantan, que é vinculado ao governo de São Paulo e também coordena os testes da CoronaVac no país.

Ao fazer o anúncio da interrupção dos estudos, a Anvisa citou “evento adverso grave”, mas não deu detalhes sobre o motivo específico que levou à suspensão.

Pouco depois da divulgação da causa da morte do voluntário, o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, afirmou em entrevista coletiva que “objetivamente, não havia essa informação [de que o voluntário se suicidou] entre as que recebemos ontem [segunda-feira]”.

Ao chegar ao apartamento, os policiais foram recebidos pelo zelador do prédio, que mostrou um homem de 32 anos no chão do banheiro – perto do braço dele, havia uma seringa e diversas ampolas de remédio. O corpo do jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Até a última atualização desta reportagem, o laudo necroscópico não havia sido divulgado. O resultado depende do exame toxicológico, que demora mais tempo para ficar pronto. Com a interrupção do estudo da CoronaVac, nenhum novo voluntário poderá ser vacinado nos testes no Brasil.

O governo de São Paulo acordou a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, que esteve no centro de uma disputa envolvendo Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde e o governador paulista, João Doria (PSDB), adversário político do presidente. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), há atualmente dez vacinas na terceira e última etapa de testes em humanos – um desses imunizantes é justamente a CoronaVac.

Antes de ser liberada para a população, uma vacina tem de passar por três estágios de ensaios clínicos que comprovem sua segurança e eficácia. A cada etapa, mais voluntários são recrutados, e os resultados dos testes são analisados pelos pesquisadores para garantir que o imunizante possa ser licenciado.

Lei Aldir Blanc: como presidente da Amupe, José Patriota envia mensagem aos gestores pernambucanos

Em Pernambuco, 179 do total de 184 municípios se cadastraram para receber os recursos da Lei Aldir Blanc. Tanto a Secult-PE quanto a Amupe, que se tornaram parceiras na execução da Lei Aldir Blanc no Estado, estão montando uma forte articulação para que os municípios apliquem os recursos. Eles terão até 60 dias após o recebimento dos recursos para publicar a programação orçamentária, e até o dia 31 de dezembro deverão ter repassado os recursos para o público beneficiário.

Diante o curto espaço de tempo o presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, enviou mensagem aos gestores municipais.

Eis a mensagem:

“Colegas prefeitos e prefeitas venho por meio desta mensagem pedir aos gestores que deem encaminhamento à inclusão, na Lei Orçamentária Anual, a LOA, dos valores provenientes da Lei Aldir Blanc para os municípios. É necessário informar onde e de que forma esses repasses serão investidos. Sei da dificuldade de todos vocês, que também é a nossa, da escassez de tempo para a execução da tarefa, mas demandem para os seus secretários a realização de tal trabalho.

Saliento que, para receber as orientações devidas e elaboração obrigatória de decreto, vocês deverão procurar a Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco (Secult/PE), pelo telefone (81) 9.9612-3225 (Agricélia), ou o Sesc do município ou região, que irão receber todas as orientações devidas. É importante que os devidos encaminhamentos sejam tomados o mais rápido possível, mesmo antes das Eleições Municipais do dia 15 de novembro, com os colegas designando os responsáveis pela cultura para executar as ações. O prazo que temos é muito apertado e vai até o dia 31 de dezembro. No entanto, sabemos que o financeiro fecha antes, no dia 20 de dezembro. Municipalismo forte se faz com a participação de todos”.

Pesquesa Ibope no Recife: João 33%; Marília 21%; Mendonça 17% e Patrícia 12%

Foto: reprodução

Pesquisa Ibope divulgada esta noite aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a prefeitura do Recife nas Eleições 2020:

João Campos (PSB) lidera com 33%, seguido de Marília Arraes (PT), com 21%. Mendonça Filho (DEM) tem 17%. A Delegada Patrícia (Podemos), 12%. Coronel Feitosa (PSC), 1%, assim  como Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB), Carlos (PSL) e Charbel (Novo). Brancos e nulos são 10%. Não sabem ou não responderam 3%.

Claudia Ribeiro (PSTU), Thiago Santos (UP) e Victor Assis (PCO) tiveram menos de 1% das intenções de voto.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 36%.

Até o momento, 423.058 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.​(Foto: Reprodução)

A Paraíba registrou 339 novos casos de Covid-19 e 08 óbitos confirmados desde a última atualização, 04 deles nas últimas 24h. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde ao ClickPB nesta quinta-feira (5), 134.297 pessoas já contraíram a doença, 186.866 já se recuperaram e 3.138, infelizmente, faleceram. Até o momento, 423.058 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

  • Casos Confirmados: 134.297
  • Casos Descartados: 186.866
  • Óbitos confirmados: 3.138
  • Casos recuperados: 109.721

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 36%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 40%. Em Campina Grande estão ocupados 16% dos leitos de UTI adulto e no sertão 66% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 339, nos quais 10 municípios concentram 221 casos, o que representa 65,19% dos casos em toda a Paraíba. 

São eles:

  • João Pessoa, com 123 novos casos, totalizando 33.107; 
  • Rio Tinto, com 20 casos novos, totalizando 1.258; 
  • Campina Grande, com 19 novos casos, totalizando 13.821; 
  • Boqueirão, com 12 novos casos, totalizando 609; 
  • Patos, com 10 novos casos, totalizando 4.918; 
  • Água Branca, com 08 novos casos, totalizando 177; 
  • Sousa, com 08 novos casos, totalizando 2.470; 
  • Cabedelo, com 07 novos casos, totalizando 3.320; 
  • Guarabira, com 07 novos casos, totalizando 4.688; 
  • Santa Cruz, com 07 novos casos, totalizando 78;  

*Dados oficiais preliminares (fonte: SIM, e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 05/11, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Continuar Cuidando: Até o dia 04/11 foram entrevistados 917 paraibanos, em 538 residências distribuídas por 35 cidades.

Até hoje, 176 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 08 óbitos registrados nesta quinta ocorreram em residentes de 06 municípios, entre 30 de outubro e 04 de novembro, 07 deles ocorridos nas últimas 48 horas. Os pacientes tinham idade entre 39 e 80 anos. Diabetes foi a comorbidade mais frequente. Dos locais, 01 ocorreu em hospital privado e os demais em hospitais públicos

Homem, 44 anos, residente em João Pessoa. Diabético e etilista. Início dos sintomas 26/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 04/11/2020. 

Homem, 47 anos, residente em Campina Grande. Diabético e obeso. Início dos sintomas 16/10/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 04/11/2020. 

Homem, 70 anos, residente em Queimadas. Cardiopata e portador de neoplasia. Início dos sintomas 18/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 04/11/2020. 

Homem, 72 anos, residente em Cajazeiras. Diabético. Início dos sintomas 20/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 04/11/2020. 

Homem, 80 anos, residente em João Pessoa.Portador  de doença respiratória. Início dos sintomas 09/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 03/11/2020. 

Mulher, 70 anos, residente em Santa Rita. Hipertensa, diabética, cardiopata e portadora de doença neurológica. Início dos sintomas 30/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 03/11/2020. 

Mulher, 39 anos, residente em João Pessoa. Diabética e portadora de doença renal. Início dos sintomas 21/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 02/11/2020. 

Homem, 72 anos, residente em Catolé do Rocha. Diabético e cardiopata. Início dos sintomas 22/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 30/10/2020

– Na nova rodada de pesquisa do Instituto Opinião, um fato novo vem à tona: disparou a rejeição da delegada Patrícia Domingos, candidata do Podemos, que chamou a capital pernambucana de “Recifilis” e disse que seu povo é feio. Entre os que disseram que não votariam nela de jeito nenhum subiram dez pontos, de 2,1% para 11,8%. Nesse quesito, só perde para o candidato do PSB, João Campos. Entre os que disseram que não votariam no socialista de jeito nenhum estão 21,3% (na sondagem anterior eram 24,4%).

Quanto aos números de intenção de voto, João Campos cresceu sete pontos percentuais em relação ao levantamento de 9 de outubro. Passou de 20,1% para 27,5% e se mantém na liderança em relação aos demais candidatos. Em segundo lugar, a petista Marília Arraes oscilou positivamente menos de um ponto, indo de 17,3% para 17,8%, mantendo-se no segundo lugar e distanciando-se da delegada Patrícia Domingos e Mendonça Filho, do DEM, que aparecem empatados.
Patrícia saiu de 12,3% para 12,5% e Mendonça caiu de 14,6% para 12,4%. Os candidatos considerados não competitivos se mantiveram praticamente na mesma posição. Alberto Feitosa, do PSC, saiu de 1,3% para 2,1%; Marco Aurélio de 1,4% para 1,6%; Carlos Siqueira, do PSL, que estava com 0,3%, agora tem 0,6%. Cláudia Ribeiro, do PSTU, tinha 0,9% e agora pontuou 0,4%; Thiago Santos, da UP, tinha 0,3% e permanece no mesmo patamar, enquanto Charbel, do Novo, que tinha 0,4%, agora pontua 0,3%. Victor Assis, do PCO, que não havia pontuado, tem 0,1%. Brancos e nulos, que eram 14,8%, agora representam 12,9%. Já os indecisos caíram de 16,3% para 11,5%.
Na sondagem espontânea, em que o entrevistado é forçado a lembrar o nome do postulante sem o auxílio da lista com os nomes de todos os candidatos, João cresceu 14 pontos, saindo de 11,1% para 24,9%, enquanto Marília cresceu quase cinco pontos, indo de 9% para 13,6%. Mendonça também cresceu de 6,5% para 10,6%, ultrapassando a delegada Patrícia Domingos, que foi de 3,4% para 7,5%. Os demais candidatos foram mencionados abaixo de 1%. Neste cenário, o número de indecisos cai em relação ao levantamento anterior, de 54,7% para 28,3%. Entre os que disseram que votam e branco ou anulam são 13,1%.
No quesito rejeição, João Campos se mantém na dianteira. Na anterior, 24,4% disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Agora, esse percentual foi reduzido para 21,3%. A surpresa em rejeição é o segundo lugar, antes de Mendonça Filho, agora ocupado por Patrícia. Entre os que afirmaram que não votariam nela de jeito subiram de 2,1% para 11,8%, superior a Mendonça, que vem em seguida com 11,5%. Dos candidatos que estão na briga pra valer, Marília é a menos rejeitada: 8,3%, mas com crescimento. Antes eram apenas 4,6% que disseram que não votariam nela de jeito nenhum.
O levantamento foi a campo nos dias 31 de outubro e 1 de novembro, sendo aplicados 800 questionários. O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. O protocolo de registro é o de número PE-04489/2020.
Estratificando a pesquisa, João tem suas melhores taxas de indicações de voto entre os eleitores com grau de instrução até o 9º ano (39%), entre os eleitores com renda família até dois salários mínimos (35,2%) e entre os eleitores jovens, na faixa etária de 16 a 24 anos (30,3%). Por sexo, entre os entrevistados, 31,6% são mulheres e 22,4% são homens.
Já Marília Arraes pontua melhor entre os eleitores com grau de instrução superior (22%), entre os eleitores jovens (20,2%) e entre os eleitores com renda familiar acima de cinco salários (19%). Por sexo, entre os que se manifestaram por ela, 19,4% são mulheres e 15,7% são homens. A delegada tem melhores pontuações entre os eleitores na faixa etária de 35 a 44 anos (15,9%), entre os eleitores com renda superior a cinco salários (14,9%) e entre os eleitores com grau de instrução superior (14,4%). Entre os que já decidiram votar nela, 15,1% são homens e 10,4% são mulheres.
Mendonça Filho, por fim, pontua melhor entre os eleitores com renda superior a cinco salários (19%), entre os eleitores com grau de instrução superior (19,1%) e entre os eleitores na faixa etária entre 35 a 44 anos (13,5%). Por sexo, entre os eleitores que já se decidiram votar no democrata, 14,8% são homens e 10,4% são mulheres.
SEGUNDO TURNO
Na pesquisa anterior, projetando-se o segundo turno, Marília Arraes, embora tenha sido ultrapassada por João, batia todos os adversários. Nesta, quem lidera todos os cenários da disputa final é o candidato do PSB. Frente a Marília, João teria 37% dos votos contra 31,1% da petista. Brancos e nulos seriam 27% e indecisos 4,9%.
No embate com Mendonça Filho, a vantagem do socialista seria bem maior. João aparece com 42% ante 32,6% de Mendonça. Brancos e nulos somariam 20,5% e indecisos 4,9%. Frente à delegada Patrícia, João também seria eleito com 45,1% dos votos contra 29,6%. Brancos e nulos seriam 20,9% e indecisos 4,4%.
No caso de João não ir ao segundo turno, Marília derrotaria Mendonça com 41,4% ante 31,6%. Brancos e nulos somariam 21,5% e indecisos 5,5%. No enfrentamento de Marília com a delegada, a petista ganharia com folga. Teria 42,9% dos votos ante 29,3%. Brancos e nulos seriam 22,5% e indecisos 5,3%. Já Mendonça frente à delegada, o democrata levaria vantagem: 36,9% a 30%. Brancos e nulos seriam 27% e indecisos 6,1%.
Blog do Magno

Aplicativo Caixa Tem. Foto: Agência Brasil

Foi ampliado o uso da conta poupança social digital para recebimento de benefícios sociais do Governo Federal. Originariamente a conta foi criada em razão da pandemia da Covid-19, com a finalidade de receber depósitos do auxílio emergencial de R$ 600. 

Pela lei nova lei a poupança digital poderá ser usada para receber o benefício pago ao trabalhador em caso de jornada de trabalho reduzida ou contrato suspenso e o saque extraordinário do FGTS. 

Poderão também ser depositados nessa conta outros benefícios sociais, incluindo os de estados e municípios. Além disso, ela poderá ser usada para o depósito de benefícios previdenciários, mas apenas se a pessoa autorizar expressamente a abertura desse tipo de conta ou a utilização de outra já existente em seu nome.

A abertura da conta poderá ser automática, sendo criada mesmo que o cidadão não faça nada. As regras serão as mesmas da poupança tradicional, podendo ser fechada a qualquer tempo, sem custos e de forma simplificada, ou mesmo convertida em conta corrente ou de poupança em nome do titular.

Os bancos poderão emitir cartão físico para a movimentação da poupança social, o que era proibido no texto original da MP 982. Segundo o relator da proposta, o deputado Gastão Vieira (PROS-MA), a mudança foi feita pois haja uma crescente inclusão digital, ainda há cidadãos que não têm condições plenas de uso do meio digital

 Afogados volta a perder para o Salgueiro
 
 

No primeiro tempo, o Salgueiro chegou forte e aproveitou as boas chances. E em uma delas, uma cobrança de pênaltis, que Dadinha fez o primeiro gol. Mas, o Afogados também começou o jogo bem e aos 20 minutos Dennis igualou o placar. Mas, aos 36 minutos, o Salgueiro desempatou com o gol de Daniel. 

No segundo tempo o Carcará em menos de um minuto de jogo, veio o terceiro gol. Na segunda etapa, a equipe do Afogados tentou esboçar uma reação, mas ela não reverteu o placar, que encerrou em 3 a 1 para o Salgueiro.

Desemprego dos jovens bate recorde e atinge quase 30%

Desemprego dos jovens no Brasil bate recorde e atinge quase 30% • Jornal de Leste a OesteA pouca experiência laboral faz com que jovens enfrentem piores condições no mercado de trabalho do que seus pares mais velhos. Essa tendência histórica e universal ganhou contornos dramáticos no Brasil dos últimos anos.

A sucessão de crises econômicas e políticas vivida pelo país nesta década levou a desvantagem e a vulnerabilidade da população na faixa dos 20 anos a patamares recordes, capturados por vários indicadores.

A diferença entre a taxa de desemprego dos jovens de 18 a 24 anos e da média dos brasileiros ativos atingiu 16,4 pontos percentuais no segundo trimestre deste ano, em meio à pandemia do coronavírus.

Pernambuco apresenta crescimento na geração de empregos em setembro

Pelo segundo mês consecutivo, Pernambuco apresentou o maior desempenho do Nordeste na geração de empregos com carteira assinada. De acordo com o levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – (Caged) 45.481 pessoas foram admitidas e 23.680 desligadas, os dados representam um saldo positivo de 21.801 postos de trabalho em setembro.

A maior geração de postos de trabalho no Estado aconteceu nos setores da indústria, com 10.015 novos empregos, agropecuária com 4.521, serviços com 3.182 e construção com 1.640.

De acordo com o secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, o plano de retomada econômica do Governo do Estado tem sido muito importante para esse desempenho e mantêm os empregos em crescimento. Outra área que apresenta saldo positivo é a de Jovem aprendiz, com 62 vagas.

O setor que mais contratou nesta faixa etária, de 14 a 24 anos, foi o comércio. O saldo acumulado em 2020, de janeiro a setembro, registrou um impacto de 28.963 postos de trabalho, levando em conta os meses de março e abril, no auge da pandemia.

“Como muito de meus órgãos, incluindo o óbvio, que não funciona há muito tempo, minha memória a cada dia que passa vai se apagando vagarosamente”, afirmou Silvio.

“Considero que estava qualificado para exercer a Presidência da República e tenho certeza de que a equipe que escolheria, no mínimo, melhoraria as condições das pessoas mais necessitadas neste país”, continuou o dono do SBT. (Foto: Reprodução)

Prestes a completar 90 anos, Silvio Santos admitiu que sua cabeça não é mais a mesma. Foi em uma carta de agradecimento a Marcondes Gadelha, que publicou recentemente o livro “Sonho Sequestrado”.

No livro, o autor trata da campanha do apresentador à Presidência da República, nas eleições de 1989. A carta foi reproduzida no prefácio da obra.

“Como muito de meus órgãos, incluindo o óbvio, que não funciona há muito tempo, minha memória a cada dia que passa vai se apagando vagarosamente”, afirmou Silvio.

“Este seu livro me lembra de acontecimentos que eu já tinha esquecido e me deixa emocionado a cada página que leio.”

“Considero que estava qualificado para exercer a Presidência da República e tenho certeza de que a equipe que escolheria, no mínimo, melhoraria as condições das pessoas mais necessitadas neste país”, continuou o dono do SBT.

“Parte do povo mais humilde do Brasil, infelizmente, ainda vive debaixo de pontes, em casebres de papelão ou de madeira, onde, muitas vezes, só tem um prato de feijão para comer e ainda precisa se preocupar com saúde e com os remédios que precisa tomar”, lamentou. “Minha atuação seria voltada para esses temas que tanto afligem a nossa pobre população.”

“Os demais problemas do nosso país seriam enfrentados também pelo presidente Silvio Santos, mas preservada sempre a prioridade dada à habitação e à saúde”, afirmou.

Silvio disse estar emocionado com as lembranças que o livro trouxe. “Você, com seu talento de escritor e generosidade de amigo, me deixou por diversos momentos com lágrimas de saudade e emoção ai trazer de volta aqueles compromissos”, contou.

“Hoje, com 90 anos, me pergunto se teria sido bom para mim, para a minha família, para a minha televisão e para as pessoas que gostam de mim ter colocado a faixa verde e amarela que estampa a capa deste excelente livro”, disse, referindo-se à imagem em que aparece com o acessório presidencial. “Sei, porém, que teria sido bom para a causa. E isso me basta. O desafio, então, estava aceito em qualquer circunstância.”

Até o início da tarde desta quinta-feira (22), apenas Camilo Duarte (PCO) aguardava julgamento do pedido de registro de candidatura.

João Pessoa tem 14 candidatos a prefeito de João Pessoa, com pedidos de candidaturas registrados no TSE. (Foto: Reprodução)

A Justiça Eleitoral deferiu os pedidos de registros de candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) e de Ítalo Guedes (PSOL) à Prefeitura de João Pessoa. Até o início da tarde desta quinta-feira (22), apenas Camilo Duarte (PCO) aguardava julgamento do pedido de registro de candidatura. Todos os demais candidatos já tiveram deferimento de seus respectivos registros, conforme apurou o ClickPB.

Ricardo Coutinho disputa o cargo de prefeito de João Pessoa pelo PSB. Já foi eleito ao mesmo cargo por dois mandatos, no ano de 2004 e em 2008, tendo renunciado ao segundo mandato em março de 2010 para concorrer ao cargo de governador, para o qual também foi eleito por duas vezes, tendo dois mandatos, até 2018.

Na chapa do PSB consta o registro de Paula Frassinete como candidata a vice-prefeita. Ela havia sido a primeira escolhida para compor a chapa e foi substituída por Antônio Barbosa, do PT. A Justiça Eleitoral determinou que o vice fosse trocado, tendo em vista que a candidatura de Anísio Maia a prefeito, pelo PT, também foi deferida e o Partido dos Trabalhadores aparecia como registrado em duas chapas. Com isso, Paula Frassinete voltou a constar como candidata a vice, na chapa do PSB.

O impasse segue na Justiça Eleitoral. O PT nacional questiona a candidatura de Anísio Maia e busca registrar-se na vaga de vice na chapa de Ricardo Coutinho.

Ítalo Guedes substituiu o candidato a prefeito de João Pessoa pelo PSOL, Pablo Honorato, o qual renunciou à disputa e se desfiliou do partido. Márcio Roberto consta como candidato a vice-prefeito da Capital pelo PSOL.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, divulgou uma nota de pesar pelo falecimento da mãe de seu vice.

Mãe de Manoel Júnior faleceu nesta terça-feira (Foto: Reprodução/Redesocial)

Faleceu nesta terça-feira (13), Lucila Ribeiro Alves, mãe do vice-prefeito de João Pessoa e candidato a prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Júnior.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, divulgou nota de pesar. Leia:

O prefeito Luciano Cartaxo vem a público lamentar profundamente a morte da senhora Lucila Ribeiro Alves, mãe do vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior. Lucila foi uma mulher querida e respeitada por todos e deixa saudades entre os que puderam com ela conviver. Nos solidarizamos com os familiares e amigos nesse momento de dor e luto e rezamos para que Deus os conforte.

Foto: reprodução

Pernambuco teve, nesta terça-feira (29), a confirmação de mais 32 mortes e 1.229 casos de pessoas com Covid-19. Com esse acréscimo, o estado passou a contabilizar a 8.222 óbitos e 146.325 confirmações desde março, quando foram notificados os primeiros casos.

Dos 1.229 novos casos registrados pela Secretaria Estadual de Saúde, 21 foram de pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 1.208 casos de pessoas com quadros leves da doença, ou seja, que não precisaram ser internadas.

Ao todo, Pernambuco passou a contabilizar pacientes 26.256 graves e 120.069 leves.

O total, uma pessoa faleceu, duas renunciaram e outros dois foram detalhados como ‘não conhecimento do pedido’.

Cinco registros de candidaturas para as eleições municipais de 2020 na Paraíba foram consideradas inaptas, conforme dados do DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta terça-feira (29). Do total de inaptos, uma pessoa faleceu, duas renunciaram e outros dois foram detalhados como ‘não conhecimento do pedido’. O prazo para registro de candidaturas terminou no último sábado (27).

Em Cuité, no Curimataú paraibano, a candidata a vereadora, a agricultora Neuza Maria Gomes de Melo, com nome de candidato na urna, “Neusa do Pequeno”, faleceu. Ela disputaria a vaga pelo partido Cidadania. 

Já em relação os registros das candidaturas para veereador de Leonardo Maciel (Naná da Borracharia) e Mariano de Souza Donato (Mariano Donato), pelo partido Republicano, em Campina Grande, no Agreste do Estado, foram inaptos por conta dos pedidos de renúncia. 

Enquanto de Edvanildo de Medeiros Santos Júnior (Edvanildo Júnior), a vice-prefeito pelo PTB, em Solânea, e Kayser Nogueira Pinto Rocha (Kaiser Rocha), pelo DEM a prefeito, em Solânea, foram consideradas inaptas por conta do ‘não conhecimento do pedido’.

Fonte: TSE

Você quer ser presidente?”, questionou a garota. “Em hipótese alguma”, respondeu o general da reserva, sob risos da equipe ministerial.

Segundo eles, nas últimas semanas, Bolsonaro vinha demonstrando incômodo com o fato de Mourão ter retomado o hábito de conceder entrevistas diárias sobre questões variadas do governo. (Foto: Reprodução)

 No início deste mês, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) orientou uma youtuber de dez anos a fazer uma pergunta ao vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) durante uma reunião ministerial.

“Você quer ser presidente?”, questionou a garota. “Em hipótese alguma”, respondeu o general da reserva, sob risos da equipe ministerial.

Assessores palacianos não viram o episódio apenas como uma brincadeira, mas como um recado.

Segundo eles, nas últimas semanas, Bolsonaro vinha demonstrando incômodo com o fato de Mourão ter retomado o hábito de conceder entrevistas diárias sobre questões variadas do governo.

O que mais desagradou o presidente foi declaração do general sobre o leilão do 5G.

Em entrevista à agência de notícias oficial do governo chinês, no começo de setembro, o vice-presidente disse que o Brasil não distingue as empresas que participam do processo pelo seu país de origem. A multinacional chinesa Huawei é uma das principais interessadas no certame.

No dia seguinte à divulgação da entrevista, Bolsonaro fez questão de deixar claro, em live nas redes sociais, que quem decidirá sobre o processo de escolha é ele.

“Vou deixar bem claro. Quem vai decidir 5G sou eu. Não é terceiro. Ninguém dando palpite por aí, não. Eu vou decidir o 5G.”

O desconforto com o general não é o primeiro episódio em que o presidente trava uma disputa pública pelo protagonismo de sua própria gestão.

Conhecido pelo estilo centralizador e personalista, Bolsonaro acumula desgastes políticos causados pela tentativa de evitar que auxiliares presidenciais tenham mais visibilidade que ele.

Sempre que tem a oportunidade, o presidente costuma repetir à equipe ministerial que ele é quem tem a palavra final em todas as decisões do governo.

Ele já pediu mais de uma vez, segundo relatos de assessores, que ministros e secretários evitem encontros ou entrevistas à imprensa, já que cabe a ele próprio ser o porta-voz de sua própria gestão.

Para evitar uma indisposição, após testemunharem quedas de colegas justamente por terem disputado espaço com o presidente, muitos assessores do governo adotaram como hábito consultar previamente o Palácio do Planalto antes de confirmarem entrevistas, sejam elas exclusivas ou coletivas.

A ordem é também para que os anúncios de medidas positivas sejam centralizados em Bolsonaro. Com o receio de retaliações, tornou-se comum que auxiliares do governo apontem para o retrato do presidente, presente nos gabinetes oficiais, para justificar restrições na divulgação de medidas.

O código de conduta para garantir o protagonismo de Bolsonaro é chamado de “lei do silêncio”.

“[Em] algumas pessoas do meu governo, algo subiu à cabeça deles. Estão se achando demais. Eram pessoas normais, mas, de repente, viraram estrelas, falam pelos cotovelos, tem provocações”, reclamou o presidente em abril, em conversa com um grupo de religiosos transmitida pela internet.

A ordem de silêncio foi repetida na semana retrasada, em reunião do presidente com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Em encontro no Planalto, Bolsonaro pediu a Guedes para orientar os secretários da pasta a não darem entrevistas sobre iniciativas em estudo.

A solicitação foi feita após o presidente ter decidido extinguir o Renda Brasil, programa social que substituiria o Bolsa Família, o que elevou o desgaste entre Bolsonaro e Guedes.
O presidente se irritou com entrevistas de secretários da equipe econômica sobre a iniciativa. Em conversas reservadas, ele disse que os assessores do governo queriam aparecer às custas da medida.

No episódio, o presidente ameaçou a equipe econômica com “cartão vermelho” e determinou restrição no contato com a imprensa, inclusive de Guedes, o que ficou evidente na ultima quarta-feira (23).

O titular da Economia foi orientado pela equipe de articulação política a não responder perguntas de jornalistas em pronunciamento para lançar a ofensiva pela criação da nova CPMF.

Um assessor palaciano explica que, diante do grande volume de informações que chega ao presidente diariamente, é recorrente que ele avalize uma medida, mas não se recorde de sua conivência e se surpreenda ao ver o assunto estampado no noticiário.

De acordo com auxiliares, há ainda assuntos que chegam de maneira enviesada e genérica ao chefe do Executivo, o que o leva a se irritar quando descobre pela imprensa aspectos de determinado projeto que não foram apresentados a ele na totalidade.

Bolsonaro demonstra incômodo até mesmo com auxiliares que não têm status de ministro, caso do general Otávio Rêgo Barros, que atuava como porta-voz do governo desde o início do mandato do presidente. Com aparições diárias na mídia, foi exonerado, e a função foi extinta.

Inicialmente, Bolsonaro esvaziou o papel do general e mudou o formato do briefing diário. O militar deixou de responder a perguntas de repórteres e passou a apenas ler um informe oficial.

Mesmo com a alteração da função, que rendeu a Rêgo Barros o apelido de “porta-notas”, Bolsonaro interrompeu as leituras semanais.

Outro militar que causou incômodo ao presidente pelo destaque que ganhou nos meios de comunicação foi o ex-ministro da Secretaria de Governo Carlos dos Santos Cruz. O também general foi demitido após ter, na visão de Bolsonaro, contrariado a ordem presidencial de evitar contatos com a imprensa.

Em junho do ano passado, quando Bolsonaro protagonizava recorrentes ataques a veículos de comunicação, Santos Cruz adotava uma postura cordial com jornalistas, o que lhe rendia comentários positivos. Segundo assessores, os elogios ao general enciumaram o presidente.

Bolsonaro também afastou do governo outro auxiliar que fez contraponto público a ele.

Em abril, o então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, deixou a pasta após ter resistido a criticar o isolamento social e a defender a prescrição da hidroxicloroquina no estágio inicial de contaminação pelo novo coronavírus. A substância não tem eficácia ou segurança comprovadas.

A postura do ministro, em sintonia com as orientações das autoridades de saúde, aumentou a popularidade de Mandetta, como mostraram pesquisas de opinião, e lhe renderam elogios públicos de governadores e prefeitos, o que deixou Bolsonaro incomodado.

Segundo assessores presidenciais, além de ter dificuldades em aceitar que ministros tenham mais destaque que ele, Bolsonaro não costumar aceitar declarações de auxiliares que contrariam suas posições públicas.

“Quem manda sou eu, vou deixar bem claro. Eu dou liberdade para os ministros todos, mas quem manda sou eu”, disse o presidente, no ano passado. “Eu tenho poder de veto. Ou vou ser um presidente banana agora?”, indagou à época.

 

Bolsonaro havia declarado que não se envolveria nas eleições municipais, mas mudou de ideia e admitiu apoiar o deputado federal na disputa na capital paulista.
Bolsonaro pediu a seus seguidores que acompanhassem o discurso de Russomano, que durava 17 minutos. Classificou o vídeo do seu aliado como “uma aula de humildade e conhecimento”. (Foto: Reprodução)

 Líder na pesquisa, o candidato à Prefeitura de São Paulo Celso Russomanno (Republicanos) foi visitar, neste sábado (26), o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), que estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, se recuperando de uma cirurgia de retirada de um cálculo na bexiga. Logo após a visita, Bolsonaro recebeu alta hospitalar.

Russomanno postou a foto com o presidente nas suas redes sociais. “Hoje pela manhã estive no hospital Albert Einstein para visitar o nosso presidente Jair Bolsonaro, que passou por uma cirurgia. Torço pela sua rápida recuperação, para podermos seguir propondo bons projetos para o nosso Brasil”, escreveu Russomanno.

Bolsonaro havia declarado que não se envolveria nas eleições municipais, mas mudou de ideia e admitiu apoiar o deputado federal na disputa na capital paulista. No sábado dia 19 de setembro, Bolsonaro fez uma dobradinha em suas redes sociais com Russomanno. Postou o vídeo do candidato, que defendia o presidente na polêmica sobre a alta do preço do arroz.

No vídeo, Russomanno comenta a fala do deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), que criticou o presidente por ter pedido explicações a redes varejistas e cooperativas sobre a alta do preço do arroz.

O candidato, criticou a indústria de beneficiamento do arroz, afirmando que eles controlam os preços. Defendeu também a atitude do Ministério da Justiça de buscar informações para entender como está a cadeia produtiva do produto e averiguar se há sobrepreço.

Bolsonaro pediu a seus seguidores que acompanhassem o discurso de Russomano, que durava 17 minutos. Classificou o vídeo do seu aliado como “uma aula de humildade e conhecimento”.

Neste sábado, Bolsonaro recebeu Russomanno em seu quarto, no Hospital Israelita Albert Einstein. O presidente vestia uma camisa do Ferroviário Atlético Clube, time de futebol do Ceará que disputa a série C (terceira divisão) do Campeonato Brasileiro.

O presidente se recupera de uma cirurgia, realizada nesta sexta (25), de retirada de um cálculo na bexiga. O presidente recebeu alta do hospital às 13h30. Segundo o último boletim médico, Bolsonaro apresenta ótima evolução clínica e sem complicações cirúrgicas.

O documento diz que ele não apresenta sangramentos e não tem febre. A sonda vesical, instalada durante a cirurgia, foi retirada para que ele urine espontaneamente.

O deputado federal Celso Russomanno lidera a primeira pesquisa do Datafolha para a eleição com 29% das intenções de voto.

Atrás dele vem o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), com 20%, quase o mesmo índice daqueles que dizem que vão votar em branco ou nulo (17%).

Em terceiro lugar empatam Guilherme Boulos (PSOL, 9%) e o ex-governador paulista Márcio França (PSB, 8%). Não sabem responder 4%.

Acumulada, Mega-Sena deve pagar R$ 50 milhões neste sábado

Os apostadores podem fazer seus jogos até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país, ou pela internet.

Apostas podem ser feitas até às 19h deste sábado (Foto: Reprodução)

O Concurso 2.303 da Mega-Sena sorteia neste sábado (26) o prêmio acumulado de R$ 50 milhões.

As seis dezenas serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

Ainda neste sábado, serão sorteadas as modalidades Timemania, com prêmio estimado em R$ 3,7 milhões; Loteca, com prêmio previsto de R$ 1,4 milhão; Dia de Sorte, com previsão de R$ 700 mil, e Dupla Sena, com prêmio estimado em R$ 600 mil.

Os apostadores podem fazer seus jogos até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país, ou pela internet.

Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega-Sena e aplique todo o valor na poupança, receberá cerca de R$ 57 mil em rendimentos mensais. Se ele optar por investir na venda de combustíveis, poderá abrir 75 postos de gasolina a um custo de R$ 285 mil cada.

A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

‘O novo é sempre um desafio’, diz Tarcísio Meira sobre saída da Globo

Foi no Conversa com Bial, exibido na madrugada deste sábado (26).

“Eu acho que a Globo está tomando novos e diferentes rumos, o que acho muito bom, acho ótimo”, avaliou o ator. “Agora, para nós mais velhos, o novo é sempre um desafio.” (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Tarcísio Meira, 84, e Glória Menezes, 85, fizeram a primeira participação em um programa da Globo após encerrarem a relação de mais de 50 anos com a emissora. Foi no Conversa com Bial, exibido na madrugada deste sábado (26).

“Eu acho que a Globo está tomando novos e diferentes rumos, o que acho muito bom, acho ótimo”, avaliou o ator. “Agora, para nós mais velhos, o novo é sempre um desafio.”

“O nosso contrato terminou, e contrato que termina… termina”, conformou-se. “Nos acomodamos bem na Globo. Fizemos boas coisas, bons trabalhos, e temos a certeza de que fomos muito importantes para a Globo, e ela foi muito importante para nós. Nós devemos muito à Globo.”

A notícia da saída do casal da emissora deixou muitos fãs revoltados na internet, por considerarem que a emissora havia sido “ingrata” com eles. “Uma coisa que foi muito carinhosa é que, quando divulgaram que nós não estávamos mais na Globo, as pessoas ficaram indignadas, perdidas, e recebemos milhares de manifestações carinho”, afirmou.

Sobre o casamento de 57 anos, eles disseram que, ao contrário do que as pessoas pensam, nem tudo são flores. “Não somos o casal perfeito, somos apenas um casal”, defendeu o ator.

“Eu amo profundamente o Tarcísio e tenho a certeza absoluta de que o Tarcísio ama profundamente a Glória”, contou a atriz. “Eu sei que é uma coisa rara, mas isso aconteceu com a gente, o amor. E o amor supera tudo, as brigas e as coisas. No fim, o amor é muito maior do que tudo.”

 Candidato a prefeito de Antônio Martins é encontrado no Ceará

João Venâncio (PT), de 73 anos, foi localizado na cidade de Pereiro, no Ceará, e está bem, de acordo com familiares.

O carro dele havia sido encontrado às margens da BR-226, que dá acesso a Pau dos Ferros, na tarde de quinta-feira (24). (Foto: Reprodução)

O advogado e candidato a prefeito da cidade de Antônio Martins, na região Oeste do Rio Grande do Norte, João Venâncio (PT), de 73 anos, foi encontrado na noite de sexta-feira (25), em Pereiro, no estado do Ceará. Ele estava desaparecido desde a tarde da última quarta-feira (23), quando saiu de casa para fazer o registro da candidatura em Pau dos Ferros e não retornou.

O carro dele havia sido encontrado às margens da BR-226, que dá acesso a Pau dos Ferros, na tarde de quinta-feira (24).

A familiares, João Venâncio relatou que foi parado na estrada por homens que estavam em um carro branco. Um deles estava armado. Foi levado para uma casa, onde foi mantido em cativeiro, encapuzado durante a maior parte do tempo. Não houve pedido de resgate. Ele afirmou que os criminosos falavam que iriam liberá-lo no sábado ou domingo, mas que decidiram antecipar na sexta-feira. João Venâncio foi solto em uma estrada na Serra do Ererê, também no Ceará, e conseguiu uma carona para Pereiro, onde procurou a delegacia. Pereiro fica a 44 km de Antônio Martins e 40 km de Pau dos Ferros.

Sargento do Corpo de Bombeiros e esposa morrem em acidente na PE-60; 3 pessoas ficaram feridas

Foto: reprodução

Duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas num acidente de trânsito nesta sexta-feira (25), na PE-60, no município de Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco. O acidente envolveu dois veículos e ocorreu no sentido Tamandaré.

Segundo o Corpo de Bombeiros, morreram um sargento da corporação, de 39 anos, e a esposa dele, de 36. A filha do casal, de 4 anos, foi levada ao Hospital da Restauração, no Recife.

Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), outras duas pessoas ficaram feridas. Uma delas, uma mulher de idade não informada, foi levada ao Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife.

Um homem de 35 anos, que também ficou ferido, foi levado ao Hospital da Restauração. Não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

Através de imagens enviadas ao WhatsApp da TV Globo, é possível ver que a parte dianteira de um dos veículos ficou completamente destruída. As circunstâncias em que o acidente ocorreu não foram divulgadas.

Quando passei no sentido Maragogi, vi que o corpo de uma mulher foi arremessado do carro e outra pessoa estava presa no volante. Também estavam fazendo o resgate de uma criança. Acho que a cadeirinha pode ter salvo a criança“, contou a auxiliar administrativa Dianna Fernanda, que presenciou o resgate às vítimas.

Uma viatura do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) passou no local após o acidente e parou para dar assistência. |G1 Petrolina|

 

 

Nininho Carvalho lidera pesquisa Múltipla em Parnamirim: 46,3% contra 34,7% de Múcio Angelim

Foto: reprodução

Por Nill Junior

O candidato governista Nininho Carvalho, do PSB, lidera as intenções de voto para prefeito de Parnamirim, no Sertão Central do Estado.

Na pesquisa estimulada, em que são apresentadas as opções para o eleitor, ele tem 46,3% dos votos contra 34,7% de Múcio Angelim, do PTB. Há 14,3% indecisos, 3,3% que disseram votar branco ou nulo e 1,3% que não opinaram.

Na pesquisa espontânea, onde não são oferecidas opções para o eleitor, Nininho aparece com 41% contra 26% de Múcio Angelim. 15,3% se disseram indecisos, 14,7% não opinaram e 3% disseram votar branco ou nulo.

No item rejeição, 35,7% afirmaram não votar em Nininho Carvalho de jeito nenhum. Já a rejeição de Múcio Angelim é de 41,7%.

A cidade tem uma curiosidade: o atual prefeito, Tácio Pontes (PSB), tinha direito à reeleição mas desistiu, apoiando Nininho, que é seu tio.

Nininho foi vice-prefeito de 2005 a 2008 e prefeito de 2009 a 2016. Já Múcio Angelim foi inclusive seu vice de 2009 a 2012. Eles romperam e disputaram a prefeitura naquele ano, com vitória de Nininho.

A decisão de Tácio pode ter uma explicação: segundo a pesquisa, seu governo é desaprovado por 48,3% da população, contra 32% que aprovam e 19,7% que não opinaram. Quando chamada a classificar a gestão, 33,7% a consideram regular, 23% dizem que é péssima, 18%, boa, 10,7% ruim, 6,7% ótima e 8% não opinaram.

O Múltipla é o único Instituto de Pesquisa que disponibiliza seu relatório completo: Relatório completo Parnamirim

Número de identificação da pesquisa é o PE-08597/2020. Período de realização da coleta:  18 e 19/09/2020. Margem de erro: 5,7% para mais ou para menos.

Intervalo de confiança: 95%. Número de entrevistas:   300.  Nome da entidade que realizou a pesquisa: Ronald Dias Falabella Neto & CIA LTDA.  Nome de fantasia: Instituto Múltipla de pesquisa e consultoria. Nome do contratante: Ronald Dias Falabella Neto & CIA LTDA. Nome de fantasia: Instituto Múltipla de pesquisa e consultoria.

A Campanha Eleitoral 2020 será iniciada neste domingo (27), e também nesta data será lançado o novo sistema Pardal, um aplicativo onde a população pode denunciar irregularidades de candidatos durante o período eleitoral. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza esse sistema como forma de facilitar os registros, que nas últimas eleições totalizaram 16.169 denúncias, tendo o Nordeste com o maior número 5.937, o que representa 36,7% do total.

O Pardal é um aplicativo gratuito e está disponível para download nas lojas virtuais Apple Store e Google Play. Diversos tipos de infrações eleitorais, podem ser denunciadas como compra de votos, uso da máquina pública, crimes, doações e gastos eleitorais.

Para realizar uma denúncia por meio do Pardal, o cidadão deve, obrigatoriamente, apresentar o nome e CPF, além de elementos que indiquem a existência do fato, como vídeos, fotos ou áudios. A identidade de quem denuncia é preservada pela autoridade responsável por apurar a infração eleitoral.

A data das eleições municipais está marcada para 15 de novembro e o segundo turno, que ocorre apenas em cidades com mais de 200 mil eleitores, o pleito será em 29 de novembro.

O Pardal foi lançado pelo TSE em 2016 e atualizado este ano com o objetivo de Pelo aplicativo, é possível fazer denúncias de propaganda de rua irregular, compra de votos, uso da máquina pública, crimes eleitorais, doações e gastos na campanha. As informações são da Agência Brasil.

Até o momento, 362.482 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. ​

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 31%. (Foto: Reprodução)

A Paraíba registrou 567 novos casos de Covid-19 e 16 óbitos confirmados desde a última atualização, 06 deles ocorridos nas últimas 24h. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta sexta-feira (25), 119.134 pessoas já contraíram a doença, 92.668 já se recuperaram e 2.778, infelizmente, faleceram. Até o momento, 362.482 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. 

  • Casos Confirmados: 119.134
  • Casos Descartados: 160.216
  • Óbitos confirmados: 2.778
  • Casos recuperados: 92.668
  • Total de municípios: 223

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 31%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 31%. Em Campina Grande estão ocupados 32% dos leitos de UTI adulto e no sertão 39% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 567, nos quais 10 municípios concentram 349 casos, o que representa 61,55% dos casos em toda a Paraíba. 

São eles:

  • João Pessoa, com 95 novos casos, totalizando 29.339; 
  • Campina Grande, com 77 novos casos, totalizando 13.007; 
  • Alagoa Grande, com 32 casos novos, totalizando 1.502; 
  • São Bento, com 32 novos casos, totalizando 2.921; 
  • Sousa, com 27 casos novos, totalizando 2.023; 
  • Itaporanga, com 22 novos casos, totalizando 800; 
  • Pirpirituba, com 18 casos novos, totalizando 359; 
  • Santa Rita, com 16 casos novos, totalizando 3.341; 
  • Mogeiro, com 15 casos novos, totalizando 320; 
  • Pocinhos, com 15 casos novos, totalizando 251. 

*Dados oficiais preliminares (fonte: SIM, e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 25/09, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Até hoje, 167 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 16 óbitos registrados nesta sexta ocorreram entre 02 de junho e 25 de setembro, 07 deles nas últimas 48 horas, entre residentes de 11 municípios. Os pacientes tinham idade entre 05 meses e 99 anos, 06 deles tinham menos de 65 anos. Cardiopatia foi a comorbidade mais frequente. Dos locais, três ocorreram em hospitais privados, um em residência e os demais em hospitais públicos. 

Mulher, 70 anos, residente em Coremas. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 10/09/2020. Foi a óbito em residência no dia 25/09/2020.

Mulher, 85 anos, residente em Piancó. Cardiopata. Início dos sintomas em 10/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 24/09/2020. 

Homem, 75 anos, residente em Rio Tinto. Hipertenso e cardiopata. Início dos sintomas 14/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 24/09/2020. 

Homem, 69 anos, residente em Tenório. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 16/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 24/09/2020. 

Homem, 62 anos, residente em João Pessoa. Hipertenso e portador de doença neurológica. Início dos sintomas em 13/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 24/09/2020. 

Homem, 27 anos, residente em Mamanguape. Cardiopata. Início dos sintomas em 15/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 24/09/2020. 

Homem, 85 anos, residente em João Pessoa. Hipertenso, cardiopata e portador de neoplasia. Início dos sintomas em 18/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 23/09/2020.

Homem, 73 anos, residente em Campina Grande. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 23/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 22/09/2020. 

Mulher, 65 anos, residente em Serra Branca. Hipertensa e obesa. Início dos sintomas em 17/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 12/09/2020. 

Homem, 37 anos, residente em Cachoeira dos Índios. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 27/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 31/08/2020.

Criança, sexo masculino, 05 meses, residente em Santa Luzia. Portador de atresia esofágica. Início dos sintomas em 21/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 27/08/2020.

Mulher, 35 anos, residente em João Pessoa. Portadora de doença renal. Início dos sintomas em 16/07/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 31/07/2020.

Mulher, 29 anos, residente em Pocinhos. Diabética, cardiopata, obesa e portadora de doença respiratória. Início dos sintomas em 08/07/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 19/07/2020.

Mulher, 77 anos, residente em João Pessoa. Comorbidade não informada. Início dos sintomas em 22/06/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 09/07/2020.

Mulher, 99 anos, residente em João Pessoa. Comorbidade não informada. Início dos sintomas em 30/05/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 10/06/2020.

Mulher, 88 anos, residente em João Pessoa. Comorbidade não informada. Início dos sintomas em 21/05/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 02/06/2020.

.

Governador de São Paulo, João Dória (PSDB), durante coletiva de imprensa para informar as últimas novidades no combate ao coronavírus (Covid-19) — (Foto: ANTONIO MOLINA/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que 94,7% dos mais de 50 mil voluntários que participam de teste na China não apresentaram nenhum efeito adverso à Coronavac, vacina contra o coronavírus desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceira com o Instituto Butantan. O dado faz parte de estudo divulgado em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (23).

“Esses resultados comprovam que a Coronavac tem um excelente perfil de segurança e comprova também a manifestação feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS), indicando a Coronavac como uma das 8 mais promissoras vacinas em desenvolvimento no seu estágio final em todo o mundo”, disse Doria.

A pesquisa testou a segurança da vacina em 50.027 voluntários na China. De acordo com os dados divulgados pela gestão estadual, só foram percebidos efeitos adversos de grau baixo em 5,36% dos participantes. As reações mais frequentes foram dores leves no local da aplicação (3,08%), fadiga (1,53%) e febre moderada (0,21%).

“Os resultados dos estudos clínicos realizados na China mostraram um baixo índice de efeitos adversos e de baixa gravidade. Efeitos adversos de baixa gravidade para uma minoria de pessoas são comuns em vacinas amplamente utilizadas. A vacina da gripe, por exemplo, produzida aqui pelo Instituto Butantan, apresenta efeitos pouco nocivos como dor no local da aplicação, e não mais do que 10% dos que são vacinados apresentam reação dessa natureza”, disse o governador.

Crianças e Idosos começaram a ser testados em setembro na China, mas o país só realiza as fases 1 e 2 da vacina. Segundo o estudo, até o momento foram vacinadas 422 pessoas maiores de 60 anos no país. Também foram vacinados 552 voluntários com idade entre 3 e 17 anos.

No Brasil, que está na fase 3 de testes da CoronaVac, dos 9 mil profissionais de saúde voluntários, 5.584 já receberam a dose até o último dia 21. Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, afirma que os testes devem ser ampliados para 13 mil voluntários no país. A expansão, segundo o diretor, já foi aprovada pela Anvisa. Deverão ser incluídos nesses testes grupos considerados de risco, como idosos e crianças.

Nesta quarta-feira (23), o representante do laboratório Sinovac na América do Sul, Xing Han, participou da entrevista coletiva, acompanhado de um tradutor, e disse que daqui a um ou dois meses os resultados finais da fase 3 devem ser divulgados.

Em estudo preliminar na China, com 24 mil voluntários, sendo 421 com mais de 60 anos, o governador João Doria disse que a resposta imunológica dos idosos submetidos aos testes da vacina ficou entre 98% e 99%. Nesta quarta-feira (23), o governador voltou a citar estudo, baseado nas fases de testes 1 e 2 na China.

“Além de segura a CoronaVac está se mostrando altamente eficiente. Na China, demostraram que a CoronaVac apresentou 98% de eficiência na imunização das pessoas que foram lá testadas”, disse Doria.

No entanto, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, reforçou que a eficácia da vacina só poderá ser comprovada após a conclusão da fase 3, que está sendo realizada aqui no Brasil.

“Além de afirmarmos que não houve efeitos adversos graves, nós ainda não temos os dados disponíveis em relação a eficácia. A eficácia será incluída uma vez que terminada a inclusão dos 9 mil voluntários com duas doses vacinais. A partir do dia 15 de outubro poderemos ter o aparecimento dos dados de eficácia que permitirá o registro da vacina na Anvisa. A Sinovac iniciou também um estudo de fase 3 na Turquia e isso vai corroborar o processo de registro dessa vacina no mundo”, afirmou.

Doria (PSDB) também afirmou nesta quarta-feira que a previsão é a de que a vacinação comece na segunda quinzena de dezembro em médicos e paramédicos.

“Deveremos por óbvio aguardar a finalização desta terceira e última fase de testagem, os seus resultados e a aprovação da Anvisa. Mas já em dezembro, na segunda quinzena, poderemos iniciar a imunização de acordo com os critérios de vacinação adotados pela Secretaria da Saúde e dentro do protocolo também do Ministério da Saúde. E os primeiros que receberam a vacina, obviamente, serão médicos e paramédicos”, disse Doria.

Promessa de vacina para a população de SP

Doria voltou afirmar nesta quarta-feira que a vacinação da população deve ir até fevereiro de 2021 e que as doses do acordo com o laboratório chinês serão suficientes para imunizar toda a população de São Paulo.

“Até 31 de dezembro teremos 46 milhões de doses da vacina Coronavac, e até 28 de fevereiro 60 milhões de doses desta vacina, o que é suficiente para a imunização de todos os brasileiros de São Paulo. Já fizemos negociações com o Ministério da Saúde para que pudessem comprar mais 40 milhões de doses desta mesma vacina para permitir a vacinação de brasileiros de outros estados. E esperamos também que com o sucesso da vacina de Oxford e de outras vacinas o governo federal possa vacinar a totalidade dos brasileiros no menor tempo possível”, disse.

Na segunda-feira (21), o governador já havia prometido que toda a população do estado vai receber a vacina contra a Covid-19 até fevereiro de 2021.

“Aos brasileiros de São Paulo, sim, garanto que teremos a vacina, a CoronaVac, para atender a totalidade da população de São Paulo, já ao final deste ano e ao longo dos dois primeiros meses de 2021, e vamos imunizá-los”, disse Doria nesta segunda.

O governador não explicou como será feita a distribuição das vacinas. O secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, afirmou no último dia 10 que o cronograma dos testes está sendo respeitado e a expectativa é a de que os resultados sejam enviados para a Anvisa no final de outubro. Com isso, ainda de acordo com ele, a vacina será incluída no calendário de vacinação nacional no início de janeiro.

Em julho, o governador havia dito que a vacina seria distribuída pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para milhões de brasileiros, não apenas em São Paulo.

“Nessas circunstâncias nós já poderemos iniciar a produção da vacina em dezembro e imediatamente na sequência iniciar a vacinação, com o SUS, de milhões de brasileiros, não apenas em São Paulo como também em outros estados”, declarou Doria na época.

Ao apresentar o projeto desta vacina para o Ministério da Saúde, em agosto, Dimas Covas, diretor do Butantan, também declarou que “a vacina é para brasileiros, não é para paulistas”.

“O Butantan fornece vacinas, todas as vacinas que ele produz, ao Ministério da Saúde, o Programa Nacional de Imunização, e esse é o projeto. Vamos oferecer essa vacina, esses 45 milhões de doses ao Ministério da Saúde”, disse Dimas Covas no dia 25 de agosto.
O acordo com o laboratório chinês prevê o envio de doses prontas da CoronaVac, fabricadas na China, além da transferência de tecnologia para que o Butantan possa fabricá-las em território nacional no futuro.

Até a última segunda-feira, o governo estadual afirmava que seriam 45 milhões doses ainda neste ano. Neste domingo, Doria disse, pelas redes sociais, que o total de doses será de 46 milhões apenas em 2020.

O estado de São Paulo tem cerca de 44 milhões de habitantes, segundo o IBGE. Os testes da CoronaVac em voluntários, no entanto, são feitos com duas doses da vacina por pessoa.

Plano alternativo

Questionado sobre como seria feita a imunização em SP, Doria afirmou nesta segunda-feira (21) que o governo estadual já possui um plano alternativo de vacinação, caso a distribuição não seja feita pelo SUS.

“Temos, sim, um plano alternativo, mas preferimos acreditar num plano nacional, num plano que envolva o Ministério da Saúde. É nisso que nós temos trabalhado com o ministro Eduardo Pazuello. Não faz sentido acreditar que o Ministério da Saúde com seriedade, imagine que não vá ter um tratamento igual para todos os brasileiros”, disse Doria.

“O que eu posso garantir é que os brasileiros que residem em São Paulo não vão ficar sem a vacina”, completou.

Doria também afirmou que não existirá preferência para alguns brasileiros em detrimento de outros na distribuição da vacina.

“Entendo que a imunização de todos os brasileiros é fundamental. A meu ver, não existem brasileiros de primeira classe, que tomam a vacina antes dos brasileiros de segunda classe, que tomam a vacina depois. E no meu entendimento também a vacina deve ser obrigatória”, disse o governador.

Vacina ainda em testes

Toda vacina precisa passar por etapas importantes de testes antes que sua distribuição em larga escala seja autorizada. Os testes são necessários para verificar a segurança e eficácia de uma vacina.

A CoronaVac está na terceira fase de testes. Essa etapa serve para avaliar se ela poderá ser distribuída em massa. Esses testes com voluntários começaram no Brasil no dia 21 de julho, no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

De acordo com Clinical Trials, que reúne informações sobre estudos clínicos de vacinas, o Instituto Butantan informou que o último voluntário da CoronaVac será examinado em outubro de 2021. No entanto, o governo planeja oferecer a vacina em janeiro de 2021.

Em agosto, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, admitiu, que vai buscar a aprovação da vacina chinesa CoronaVac antes mesmo do fim dos estudos clínicos com os 9 mil voluntários brasileiros.

Metade dos voluntários recebem placebo e a outra metade a vacina. Esse tipo de estudo é denominado de duplo cego, pois pesquisadores e pesquisados não sabem quem recebeu qual tipo de tratamento. Após 14 dias da aplicação da primeira dose, os voluntários são submetidos a uma segunda.

Em 3 de julho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou a nova etapa do projeto. Dias depois, o governador João Doria (PSDB) anunciou que a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) também aprovou a realização dos testes.

A vacina está sendo aplicada em doze centros de pesquisa selecionados no país e coordenados pelo Instituto Butantan. Ao todo, 9 mil profissionais da saúde devem participar dos testes nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Brasília, durante a terceira fase de testes da vacina chinesa.

Apenas profissionais de saúde que estejam atuando diretamente no combate à Covid-19 podem participar. Outros pré-requisitos são que os voluntários não tenham se contaminado pela doença anteriormente, mulheres não estejam grávidas ou planejem engravidar nos próximos três meses, e que os voluntários morem perto de um dos 12 centros de pesquisa que conduzirão o projeto.

5 milhões de doses

Doria anunciou neste domingo (20) que o estado vai receber 5 milhões de doses da vacina contra Covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan já no mês de outubro.

“Os testes continuam com os médicos e enfermeiros voluntários em seis estados e, em breve, se tudo correr como planejado, poderemos imunizar milhões de brasileiros. Vacina simboliza a esperança, a certeza de que tudo isso vai passar. Bom domingo a todos”, disse Doria em post nas redes sociais.

Os detalhes do acordo do governo estadual com a Sinovac, laboratório chinês que desenvolve a vacina em parceria com o Butantan, são sigilosos. Se a vacina for aprovada nos testes clínicos da fase 3, que estão em curso atualmente, sua produção em solo nacional será feita em uma fábrica que o governo estadual pretende adaptar.

Número de doses

O total de doses que o governo afirma que serão recebidas por meio do acordo com a Sinovac não consta em nenhum documento oficial. O valor divulgado pelo governador e por seus porta-vozes já variou algumas vezes.

Quando o governo de São Paulo anunciou o investimento de R$ 96 milhões em doações para obras na fábrica, no dia 29 de julho, Doria disse que, se a gestão estadual alcançasse a meta de R$ 130 milhões, seria possível dobrar a produção de 60 milhões de doses previstas para 120 milhões.

No entanto, em um comunicado enviado à imprensa no mesmo dia, a gestão estadual afirmou que já eram previstas 120 milhões de doses da vacina, e que o investimento possibilitaria dobrar esse número, alcançado 240 milhões de doses.

Dias antes, em apresentação online, Dimas Covas, diretor do Butantan, anunciou outra previsão. Segundo ele, a expectativa era a de que seriam recebidas 120 milhões de doses da vacina prontas e semi-prontas e a fábrica do instituto poderia produzir outras 100 milhões de doses.

Posteriormente os valores divulgados mudaram mais uma vez. Atualmente, o acordo com o laboratório chinês prevê, segundo o governo, o envio de 15 milhões prontas e 30 milhões semi-prontas neste ano. Outros 16 milhões de doses semi-prontas estão previstas para serem entregues até março de 2021.

O governo de São Paulo ainda negocia com o Ministério da Saúde um investimento de cerca de R$ 1,9 bilhão que possibilitaria a oferta de 100 milhões de doses da vacina até maio de 2021.

Expansão de fábrica do Butantan

Doria anunciou na última segunda-feira (14) a conclusão de uma nova etapa de arrecadação de doações para a fábrica do Instituto Butantan que deve produzir a vacina contra Covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o instituto.

Segundo Doria, as doações de empresas do setor privado somam R$ 97 milhões. Em 29 de julho, o governo já havia anunciado que obteve R$ 96 milhões em doações para a empreitada.

Na época, o governo estimava que seriam necessários R$ 130 milhões para a empreitada – faltavam, portanto, R$ 34 milhões em doações. No entanto, nesta segunda, o governo anunciou um novo valor estimado para a obra: R$ 160 milhões. Diante dessa nova estimativa, o valor que ainda precisa ser arrecadado pulou para R$ 63 milhões. Toda a verba não virá, necessariamente, de doação. O governo estadual ainda pleiteia aporte do governo federal.

O governo de São Paulo negocia com o Ministério da Saúde um investimento de cerca de R$ 1,9 bilhão, dos quais:

  • R$ 85 milhões iriam para o estudo clínico
  • R$ 60 milhões para reforma da fábrica
  • o restante possibilitaria que a oferta de vacinas chegasse a 100 milhões de doses até maio de 2021

A juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos Ruth Bader Ginsburg, ícone progressista e do movimento a favor dos direitos das mulheres, faleceu aos 87 anos de idade, após uma longa batalha contra um câncer de pâncreas, anunciou a maior instância jurídica americana nesta sexta-feira (18).
Ginsburg morreu “esta noite rodeada por sua família em sua casa em Washington, D.C.”, informou a corte em comunicado.

A menos de dois meses para as eleições presidenciais americanas, é provável que o presidente republicano Donald Trump se apresse para indicar o sucessor de Ginsburg, segunda mulher a se tornar juíza da Suprema Corte.

O Senado, controlado pelos republicanos, também poderia confirmar uma indicação em tempo recorde para garantir uma maioria conservadora na corte, que tem a última palavra em muitos dos temas mais sensíveis que dividem os Estados Unidos na atualidade: do aborto, passando pelo porte de armas, até os direitos civis e a pena de morte.

Filme

Ginsburg, nascida no Brooklyn, Nova York, em 1933, serviu a Suprema Corte americana por 27 anos. Sua história e luta pela igualdade entre homens e mulheres inspirou o filme Suprema, no qual foi interpretada pela atriz Felicity Jones (veja trailer abaixo). Ela ainda foi retratada no documentário A juíza, dirigido por Julie Cohen e Betsy West.

“Nossa nação perdeu uma jurista de relevância histórica”, declarou o presidente da corte, John Roberts, em comunicado. “Perdemos uma querida colega. Hoje, estamos de luto, mas confiamos que as gerações futuras lembrarão de Ruth Bader Ginsburg como nós a conhecemos: uma incansável e obstinada campeã da justiça”, completou.

 

O aniversário de emancipação político-administrativa de Araripina aconteceu nesta última sexta-feira (11) sem o tradicional desfile cívico-militar, mantendo apenas o hasteamento dos pavilhões na frente da Prefeitura. 

Na solenidade desta manhã, o hino nacional e o hino do município serão executados pela Banda Maestro Álvaro Campos. O ato deve contar com a participação do prefeito Raimundo Pimentel, vereadores, e secretários municipais.

História

Araripina é conhecida como a capital do gesso, sendo a responsável por 95% de todo o gesso produzido no Brasil e fica a 690km da capital pernambucana, Recife. 

Melhor época ?

Quem gosta do agito dos arraiais com forró e festas juninas devem escolher julho e setembro, respectivamente. Araripina se torna única, de certa forma, sediando grandes eventos típicos: São João e a Vaquejada. Em qualquer época do ano, a qualidade do roteiro gastronômico se mantém. Lembrando que esse ano todas as festas foram canceladas devido a pandemia.

A princesa do Sertão Pernambucano nos seus  92 anos de emancipação política. Se consolidou como uma cidade polo no Brasil devido a sua localização na divisa com dois estados o Piauí e o Ceará.

PESQUISA EM ARARIPINA – PRÉ-CANDIDATO A REELEIÇÃO, RAIMUNDO PIMENTEL LARGA NA FRENTE COM 48% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 36,3% DE TIÃO DO GESSO

Em Araripina (PE), principal cidade do Sertão do Araripe, o atual prefeito e pré-candidato à reeleição Raimundo Pimentel (PSL) larga na frente na corrida eleitoral das eleições do próximo dia 15 de novembro. É o que aponta o levantamento realizado pelo Instituto Múltipla, em parceria com o Blog do Carlos Britto, onde Pimentel aparece com 48% das intenções de voto, contra 36,3% de Tião do Gesso (SD). Brancos e nulos somam 4,7%; Indecisos 8% e Não opinaram 3%.

O atual prefeito e pré-candidato Raimundo Pimentel tem como pré-candidato a vice o vereador Evilásio Mateus e a chapa do pré-candidato Tião do Gesso tem como vice, Aluísio Coelho.
 
Sobre a pesquisa
A amostra é composta por 300 entrevistas que foram realizadas nos dias 21 e 22 de agosto de 2020. O intervalo de confiança estimado é de 95% para uma margem de erro, para mais ou para menos, de 5,7%. A pesquisa foi registrada sob o nº 08073-2020. A soma das respostas que não totalizarem 100% são decorrentes de arredondamento do programa. O relatório completo da pesquisa pode ser conferido no link disponibilizado pelo Blog.
 
 Blog do Carlos Britto

Vítima era  jovem e tinha uma filha de dois anos.

Um homicídio chocou a pacata Santa Cruz da Baixa Verde no início da tarde desta quinta-feira (10). Karine Rangel, filha do médico Rubens Rangel, foi assassinada no dia do seu aniversário a tiros.

Segundo o Blog Nayn Neto, Karine estava em um almoço de comemoração na cidade de Triunfo. Ao retornar para Santa Cruz, foi seguida com sua amiga, que estavam em uma motocicleta.

Ao chegar em frente à casa que eles residiam, o executor, seu ex-companheiro, que é policial, mandou a amiga dela se afastar e efetuou um tiro na sua cabeça.

Ela morreu no local. Ela e o PM residiam juntos, mas estariam separados devido à quantidade de briga entre eles, por conta de ciúmes. Karina deixa uma filha de 2 anos.

O PM já teria se entregue e está preso, segundo os populares. Em um grupo de WhatsApp ele assumiu a autoria. “Comandos, a vida da gente é imprevisível, pedi muito a ela que não me provocasse, que pensasse na menina, mas ela não teve cabeça e nem muito menos eu tive. Vou me apresentar”, finalizou.

O Policial Militar autor do feminicídio em Santa Cruz da Baixa Verde não se entregou

O Delegado Edson Augusto, a frente das delegacias de Triunfo e Santa Cruz da Baixa Verde  ao contrário do que sinalizou em rede social, o PM que matou Karine Rangel, filha do médico Rubens Rangel, não se entregou à polícia.

Em um grupo de WhatsApp ele assumiu a autoria do crime contra a ex-companheira por  ciúmes. “Comandos, a vida da gente é imprevisível, pedi muito a ela que não me provocasse, que pensasse na menina, mas ela não teve cabeça e nem muito menos eu tive. Vou me apresentar”, finalizou.

Ela foi morta com vários tiros que a atingiram em várias partes do corpo, inclusive na cabeça. “O autor do crime não se entregou e tomou destino ignorado após ter assassinado a vítima. Um crime brutal, frio e sem fornecer qualquer chance de defesa a vitima”, disse o Delegado.

Mesmo no fim da noite dessa quinta, a equipe liderada pelo Delegado está buscando localizar e prender o autor do feminicidio. O paradeiro do PM ainda é desconhecido. O crime chocou a cidade, turística e tida como pacata.

 

 

G1

A Polícia Civil está investigando a morte de um policial militar de 32 anos que foi encontrado morto na tarde da quarta-feira (09) após um acidente de carro na BR-316, em Floresta, no Sertão de Pernambuco. Segundo a Polícia Militar, o acidente ocorreu no Km 225, próximo ao Povoado da Ingazeira.

Uma equipe da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) esteve no local e encontrou o policial Dario Lourenço da Silva (foto), que era lotado na 4ª Cia do 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Paulo Afonso, na Bahia já sem vida. O corpo apresentava lesão de tiro na cabeça.

Testemunhas encontraram uma bolsa com roupas, documentos pessoais, um celular, uma pistola, três carregadores e 14 munições. Os materiais foram entregues à Delegacia de Floresta, que instaurou inquérito para esclarecer a morte do policial.

Bolsonaro descarta fim do seguro-defeso

 (Foto: Jair Bolsonaro/Facebook)

 

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (10) que não pretende acabar com o programa seguro-defeso, pago a pescadores artesanais. A notícia foi dada pelo secretário especial da Pesca, Jorge Seif, durante a live semanal do presidente, transmitida pelas redes sociais.  

“Houve um ruído da questão do fim do seguro-defeso, que é fake news total. O presidente definiu que o seguro-defeso vai continuar nos mesmos moldes que anteriormente, ou seja, ele não entra no Renda Brasil. E o que nós estamos continuando a fazer é filtrar, fazer o recadastro, para trazer seriedade no programa”, afirmou Seif.

Em seguida, Bolsonaro disse que o fim do seguro-defeso para criação do Renda Brasil foi uma ideia trazida pela equipe econômica, mas foi descartada.

“A questão do Renda Brasil, o pessoal dá ideias. Quem decide, na ponta da linha, um programa como esse, somos o Paulo Guedes e eu. Nós ouvimos todo mundo, cada um traz suas ideias e algumas ideias que chegam são absurdas”, afirmou. No mês passado, durante uma agenda pública, o presidente também descartou eliminar o abono salarial, benefício pago a trabalhadores que ganham até dois salários mínimos.

O Renda Brasil está em estudo no governo para expandir o alcance e suceder o Bolsa Família, que é pago a famílias que estão em situação de pobreza extrema e miséria.

Seguro-defeso

O seguro-defeso é um benefício pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ao pescador artesanal durante o período de defeso de alguma espécie, quando é proibida a atividade pesqueira. O defeso é a paralisação temporária da pesca para a preservação das espécies, seja para reprodução de peixes e crustáceos ou em decorrência de fenômenos naturais ou acidentes.

Atualmente, o benefício tem o valor de um salário mínimo (R$ 1.045) e é pago durante um período que varia de 4 a 5 meses. O gasto anual do governo é de aproximadamente R$ 2,5 bilhões e, segundo o secretário especial da Pesca, cerca de 800 mil pessoas recebem o seguro, mas a maior parte delas não preenche os requisitos para o programa.

“Segundo a CGU [Controladoria Geral da União], 69% são pessoas que não vivem da pesca, não sabem diferenciar um camarão de uma baleia”, disse Jorge Seif, durante a live.

Entre as exigências da legislação para o pescador receber o benefício, está o de exercer a atividade de forma ininterrupta, ter registro ativo no Ministério da Agricultura e comprovar a comercialização do pescado.

PSB de São José do Egito:  Convenção virtual oficializa candidaturas de Evandro e Dr. Eclériston

O PSB (Partido Socialista Brasileiro), oficializou através de convenção virtual a candidatura de Evandro Valadares e Eclériston Ramos, para prefeito e vice, respectivamente da Capital dos Poetas.

Segundo nota, foram respeitados todos os protocolos de saúde estabelecidos para o enfrentamento da pandemia.

O evento aconteceu na noite dessa quinta (10) e foi transmitido pelo Facebook de Evandro. Além dos candidatos a prefeito e vice, o partido também oficializou a candidatura de 19 postulantes à Câmara Municipal de Vereadores.

São candidatos pelo PSB egipciense: Henrique Marinho, Vicente de Vevei, Damião de Carminha, Irmão Daniel, Flávio Jucá, Gerson Souza, Maurício do São João, Beto de Marreco, Doido de Zé Vicente, João de Maria, Prato de Papa, Pretinho Riachão do São João, Tadeu do Hospital, Lourdes Wanderley, Lôra, Marcilene, Lindinete do Bairro Borja, Bernadete Figueirôa e Patrícia de Bacana.

De máscara e frasco de álcool em gel na mochila escolar, as crianças voltaram aos colégios e conheceram um novo ambiente.

Antes de entrar, todos tinham a temperatura medida e só alunos e funcionários são permitidos dentro da escola. (Foto: Reprodução)

 Depois de quase seis meses fechadas, parte das escolas particulares de Sorocaba voltou a funcionar nesta terça (8).

De máscara e frasco de álcool em gel na mochila escolar, as crianças voltaram aos colégios e conheceram um novo ambiente. Antes de entrar, todos tinham a temperatura medida e só alunos e funcionários são permitidos dentro da escola.

O governador João Doria liberou a reabertura das escolas para atividades de reforço e acolhimento a partir desta terça em cidades que estivessem há mais de 28 dias na fase amarela. Elas só podem funcionar com até 35% dos alunos.

A maioria das cidades paulistas, no entanto, optou por não retomar as aulas presenciais nessa data. Além de Sorocaba, outras quatro cidades liberaram a reabertura das escolas, mas apenas para a rede particular.

“Foi pela vontade dela de ver os amigos que eu decidi que ela voltaria para a escola nesse primeiro momento. Além de que ela já não estava mais isolada em casa, sempre brincava com os vizinhos”, disse a delegada Ana Paula Saribe, 39, mãe de uma aluna de 5 anos.

Pelo convívio com outras crianças durante a pandemia, Saribe disse acreditar que a menina já está bem adaptada ao uso de máscara e manter o distanciamento dos colegas.

Como teve de trabalhar presencialmente durante todo o período de suspensão das aulas, Saribe também disse que a reabertura da escola permite que a filha receba um acompanhamento mais adequado. “Minha motorista foi quem virou a professora dela, era quem acompanhava as aulas virtuais com ela.”

A médica Ana Carolina Swensson, 43, também não parou de trabalhar presencialmente, por isso, optou por fazer parte do primeiro grupo de pais a enviar os filhos para a escola. “Meu marido também é médico e a gente se revezava no cuidado das meninas, mas elas estavam sentindo muita falta do ambiente escolar”.

Mãe de dois alunos de 4 e 6 anos de idade, Swensson disse que a retomada é importante para as crianças nesse momento. “Qual recado estamos passando aos nossos filhos ao dizer que podemos ir ao shopping e restaurantes, mas não para a escola?”

Para a volta às aulas presenciais, o colégio Uirapuru consultou os pais para saber quantos tinham interesse em enviar os filhos. Dos cerca de 1.900 alunos, um terço optou pelo retorno. Nesta terça, só voltaram as crianças da educação infantil (dos 0 aos 5 anos) e dos anos iniciais do ensino fundamental (do 1o ao 5o ano).

“A volta é opcional para os alunos, mas não para os professores e funcionários. A não ser, claro, aqueles que são do grupo de risco e que vão permanecer em casa”, disse Arthur Fonseca, diretor do colégio.

Depois de terem a temperatura medida, as crianças entram na escola, mas precisam tirar os sapatos para ficar em sala de aula. O colégio pediu para que os pais enviassem chinelos ou meias extras.

O colégio também orientou aos pais para que enviassem os filhos com máscaras brancas, sem desenhos. A medida é para evitar que as crianças queiram trocar o equipamento com os colegas.

Além da máscara branca, as crianças também tiveram de levar outras duas unidades, uma branca e outra cinza. Para que fossem trocadas a cada duas horas.

“Eles explicaram que as cores diferentes são para que os professores possam controlar se houve mesmo a troca”, contou Lúcia Nakano, 47, mãe de uma aluna de 10 anos.

Nas salas de aulas, todas as janelas e portas devem ficar abertas durante todo o tempo, as carteiras também foram organizadas para que as crianças fiquem a 1,5 metros de distância uma das outras.

Aumento será menor que o previsto na LDO

A queda da inflação fez o governo reduzir o reajuste do salário mínimo para o próximo ano. Segundo o projeto do Orçamento de 2021, enviado hoje (31) ao Congresso, o mínimo subirá para R$ 1.067 em 2021.

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021, enviado em abril, fixava o salário mínimo em R$ 1.075 para o próximo ano. O valor, no entanto, pode ser revisto na proposta de Orçamento da União dependendo da evolução dos parâmetros econômicos.

Segundo o Ministério da Economia, a queda da inflação decorrente da retração da atividade econômica impactou o reajuste do mínimo. Em abril, a pasta estimava que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) encerraria 2020 em 3,19%. No projeto do Orçamento, a estimativa foi revisada para 2,09%.

A regra de reajuste do salário mínimo que estabelecia a correção do INPC do ano anterior mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos) de dois anos antes perdeu a validade em 2019. O salário mínimo agora é corrigido apenas pelo INPC, considerando o princípio da Constituição de preservação do poder de compra do mínimo.

PIB

O projeto do Orçamento também reduziu as estimativas de crescimento econômico para o próximo ano na comparação com os parâmetros da LDO. A projeção de crescimento do PIB passou de 3,3% para 3,2% em 2021. A previsão para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), usado como índice oficial de inflação, caiu de 3,65% para 3,24%.

Outros parâmetros foram revisados. Por causa da queda da Selic (juros básicos da economia), a proposta do Orçamento prevê que a taxa encerrará 2021 em 2,13% ao ano, contra projeção de 4,33% ao ano que constava na LDO. O dólar médio chegará a R$ 5,11 em 2021, contra estimativa de R$ 4,29 da LDO.

 

O Banco Central informou que lançará, às 13h30 da próxima quarta-feira (2), a nova nota de R$ 200. A cédula, com a imagem do lobo-guará, começa a circular no mesmo dia.

A imagem da foto, no entanto, permanece sob sigilo. O desenho, a cor e as informações de segurança só serão revelados na quarta-feira, quando a cédula entrará em circulação.

Essa será a sétima cédula da família de notas do Real. O Banco Central encomendou à Casa da Moeda a produção, até dezembro, de 450 milhões de cédulas do novo valor.

Essa será a primeira cédula de um novo valor da família do real em 18 anos. A última cédula, a de R$ 20, tinha sido lançada em 2002.

Um ano antes, em 2001, surgiu a nota de R$ 2. No meio tempo, houve a aposentadoria da nota de R$ 1, em 2005.

Em comum, os lançamentos de cédulas têm um mesmo objetivo: diminuir as transações feitas com dinheiro vivo, economizando com impressão de papel moeda.

Outro motivo apontado é a necessidade de fazer frente ao pagamento do auxílio emergencial – estimado em mais de R$ 160 bilhões considerando as cinco parcelas aprovadas.

Boa parte dos beneficiários, sobretudo os de menor renda, preferiu sacar o benefício em espécie. Apenas segundo números da Caixa Econômica Federal, mais de 20 milhões de saques foram feitos até essa quarta-feira.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que neste sábado (29), foi detectado 01 novo caso de covid-19 em nosso município. O mesmo já estava em investigação. 

O caso novo é o de uma paciente do sexo feminino, 56 anos, profissional de segurança. 
Informamos que hoje um paciente do sexo masculino, 47 anos, que estava em investigação veio a óbito na UTI do Hospital Regional Emília Câmara. O óbito está em investigação tendo em vista alguns sintomas compatíveis para covid-19 que o paciente apresentava. 
Não temos novos casos em investigação neste sábado. 
Hoje tivemos 09 casos descartados após os pacientes apresentarem resultados negativos para covid-19. 
Neste sábado, 04 pacientes apresentaram cura após avaliação clínica e epidemiológica. Já são 368 (83,2%) recuperados para covid-19 em nosso município. Atualmente, 66 casos estão ativos em Afogados da Ingazeira.
Hoje o município atingiu a marca de 2.904 pessoas testadas para a COVID – 19.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira inicia o pagamento do funcionalismo público municipal nesta quarta-feira, mais uma vez dentro do mês vigente, sem atrasos.

Com o pagamento, serão injetados 2,3 milhões de Reais na economia do município. Confira o calendário de pagamento, de acordo com os setores da administração municipal:
Quarta, 26 de Agosto – Servidores das secretarias de administração, agricultura, assistência social, controle interno, cultura e esportes, finanças, infraestrutura, transportes, procuradoria, ouvidoria, coordenadoria da mulher e gabinete.
Quinta, 27 de Agosto – Servidores da secretaria de educação, aposentados e pensionistas que recebam um salário mínimo e que tenham a primeira letra do nome entre A e L. Neste caso, o salário deverá estar disponível no banco a partir das 13h.
Sexta, 28 de Agosto – Servidores da secretaria de saúde, aposentados e pensionistas que recebam um salário mínimo e que tenham a primeira letra do nome entre M e Z. Neste caso, o salário deverá estar disponível no banco a partir das 13h.
Segunda, 31 de Agosto – aposentados e pensionistas que recebem até 1.500 Reais. O salário deverá estar disponível no banco a partir de 8h.
Terça, 01 de Setembro – aposentados e pensionistas com salários entre 1.501 e 3 mil Reais. O salário deverá estar disponível no banco a partir das 8h.
Quarta, 02 de Setembro – aposentados e pensionistas que recebem acima de 3 mil Reais. O salário deverá estar disponível a partir das 8h. 

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta segunda (24) foram detectados 27 casos para covid-19 em nosso município. Desses, 20 casos já estavam em investigação. 

Os casos novos são 16 pacientes do sexo masculino (9, 11, 22, 25, 27, 30, 30, 33, 34, 36, 43, 51, 55, 65, 69 e 86 anos) e 11 pacientes do sexo feminino (21, 23, 26, 32, 33, 37, 40, 51, 61, 68 e 80 anos). Os homens são 03 estudantes, 03 autônomos, 03 agricultores, 02 profissionais de segurança, 02 aposentados, 01 borracheiro, 01 motorista e 01 pasteleiro. Já entre as mulheres, são 03 agricultoras, 02 aposentadas, 02 não informadas, 01 gerente, 01 profissional da saúde, 01 professora e outra autônoma. 
Temos 23 novos pacientes em investigação, sendo 08 mulheres, com idades entre 21 e 58 anos, e 15 homens com idades entre 4 e 53 anos. 
Tivemos também 23 casos descartados após os pacientes apresentarem resultados negativos para covid-19.
Hoje, 11 pacientes apresentaram cura após avaliação clínica e epidemiológica. Já são 302 (77,2%) recuperados para covid-19 em nosso município. Atualmente, 81 casos estão ativos em Afogados. 
Hoje, o município atingiu a marca de 2.650 pessoas testadas para a covid-19.
A última semana epidemiológica (SE 34) apresentou 72 casos, 02 casos a menos que a semana anterior (SE 33), a qual apresentou 74. Estamos atentos e seguimos monitorando os números de acordo com as semanas. A média móvel na semana que terminou no último sábado, manteve-se em patamar elevado com pouca variação na comparação (SE 33 – 10,57/ SE 34 – 10,28).
Um número relevante a ser registrado é que 95,9% dos casos em Afogados são leves. Nesta segunda (24) completamos 165 dias ininterruptos de trabalho no combate e prevenção à pandemia.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que neste domingo (23) foram detectados 05 casos para covid-19 em nosso município. Os 05 casos já estavam em investigação.

Os casos novos são os de 02 pacientes do sexo masculino (11 e 14 anos) e 03 pacientes do sexo feminino (38, 50 e 65 anos). Os 02 homens são estudantes. Já entre as mulheres: 01 auxiliar de serviços gerais, 01 agricultora e outra e balconista.
Não temos novos casos em investigação.
Tivemos também 11 casos descartados após os pacientes apresentarem resultados negativos para covid-19.
Hoje, 01 paciente apresentou cura após avaliação clínica e epidemiológica. Já são 291 (79,9%) recuperados para covid-19 em nosso município. Atualmente, 65 casos estão ativos em Afogado

Arcoverde confirma 27 novos casos de Covid-19 e mais quatro curados neste domingo (23)

A Secretaria de Saúde de Arcoverde informa que, neste domingo, 23 de agosto, até às 18 horas, foram confirmados mais vinte e sete (27) casos de Covid-19 e quatro (04) novos curados. O boletim diário, portanto, fica com trezentos e trinta (330) suspeitos, mil oitocentos e oitenta e sete (1.887) descartados, mil e quarenta e dois (1.042) confirmados, trinta e três (33) óbitos, e setecentos e vinte e sete (727) recuperados.

Segundo a repartição municipal, a taxa de recuperação dos casos confirmados atualmente é de 71,23%, enquanto que a taxa de letalidade no município está em 3,25%. Estão sendo testadas aproximadamente 100 pessoas por dia. Arcoverde está tendo nos resultados de testagens promovidas, o seu maior número de casos positivos ultimamente.
Vale lembrar, que dentro dos 1.042 confirmados, estão contabilizados os 33 óbitos e 727 curados. No total, a cidade tem três (03) pacientes em UTI e doze (12) em enfermaria.
No Hospital Regional Ruy de Barros Correia, há dois (02) pacientes de Arcoverde na UTI e seis (06) na enfermaria. No Hospital de Campanha há seis (06) internados. No Hospital Memorial Arcoverde há um (01) paciente na UTI.
Nas barreiras sanitárias das entradas da cidade, foram abordados 157 carros de fora. Não confunda flexibilização do comércio com cura do Covid-19. Não saia de casa, se não for necessário. Caso precise sair, use a proteção. Para dúvidas ou sugestões ligue para o Disk Coronavírus do município: 0800-281-55-89 e 3821-0082.

São José do Egito registra um novo caso de covid-19 neste domingo (23)

A partir da próxima segunda-feira (24), o inquérito epidemiológico começa a visitar os domicílios do bairro São Borja para realizar uma leitura e buscar as melhores medidas que possam modificar o cenário atual que essa localidade atravessa. É o segundo bairro com maior incidência de covid-19 em nossa cidade.

Nas últimas 24hs, tivemos apenas 1 novo caso de Coronavírus confirmado em nosso município. Continuamos com 5 pacientes em estado grave internados na UPA/COVID.

Fila Caixa Econômica Federal de Bonsucesso: pagamentos de auxílio e FGTS

Trabalhadores nascidos em agosto com contas vinculadas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço vão receber nesta segunda-feira (24), o depósito de até R$ 1.045 referente ao saque emergencial do FGTS. O dinheiro será creditado em poupanças sociais digitais abertas exclusivamente pela Caixa Econômica Federal para este fim, mas o saque ainda não estará liberado. Por enquanto, será possível somente pagar boletos e compras pelo aplicativo Caixa Tem. A retirada ou a transferência bancária, neste caso, só poderá ser feita a partir de 17 de outubro.

Já os nascidos em dezembro que aguardam novas parcelas do auxílio emergencial terão o depósito do benefício feito em suas poupanças sociais digitais na próxima quarta-feira (26), também sem direito a retirada. Poderão apenas movimentar os recursos via Caixa Tem. O saque para este grupo será permitido somente a partir de 17 de setembro.

Na quinta-feira (27), os que fazem aniversário em julho — e que receberam o crédito em suas contas no dia 12 de agosto — já poderão sacar o dinheiro.

Esses cidadãos aguardam diferentes parcelas do auxílio. Há quem espere a primeira, a segunda, a terceira ou a quarta cota do benefício. Isso depende do mês em que cada um recebeu o primeiro pagamento ou se cadastrou no site do banco ou no aplicativo Caixa/Auxílio Emergencial.

Há também pessoas que começaram a receber o valor, mas tiveram seus benefícios reavaliados em julho, por conta de atualizações no bancos de dados do governo federal. O depósito para este grupo foi restabelecido agora.

Bolsa Família

Também nesta semana, a Caixa fará o pagamento da quinta parcela aos beneficiários do Bolsa Família com Números de Identificação Social (NIS) de finais 5 a 9 — ou seja, um grupo por dia. Esses cidadãos já poderão sacar o auxílio em dinheiro, com o cartão original do programa social.

As retiradas poderão ser feitas nas agências da Caixa, nas casas lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui. Os que têm NIS de final 0 só terão direito ao pagamento na semana que vem, no dia 31.

Cronograma do FGTS

Crédito em conta

29 de junho – nascidos em janeiro

6 de julho – nascidos em fevereiro

13 de julho – nascidos em março

20 de julho – nascidos em abril

27 de julho – nascidos em maio

3 de agosto – nascidos em junho

10 de agosto – nascidos em julho

24 de agosto – nascidos em agosto

31 de agosto – nascidos em setembro

8 de setembro – nascidos em outubro

14 de setembro – nascidos em novembro

21 de setembro – nascidos em dezembro

Liberação de saque ou transferência

25 de julho – nascidos em janeiro

8 de agosto – nascidos em fevereiro

22 de agosto – nascidos em março

5 de setembro – nascidos em abril

19 de setembro – nascidos em maio

3 de outubro – nascidos em junho

17 de outubro – nascidos em julho

17 de outubro – nascidos em agosto

31 de outubro – nascidos em setembro

31 de outubro – nascidos em outubro

14 de novembro – nascidos em novembro

14 de novembro – nascidos em dezembro

Datas do auxílio emergencial para quem não tem Bolsa Família

CICLO 1

– Quem recebeu o crédito da primeira parcela em abril de 2020 – receberá a quarta parcela

– Quem recebeu o crédito da primeira parcela em maio de 2020 – receberá a terceira parcela

– Quem recebeu o crédito da primeira parcela em junho ou até 4 de julho de 2020 – receberá a segunda parcela

– Quem se cadastrou entre 17 de junho e 2 de julho de 2020 – receberá a primeira parcela

Depósito do dinheiro

22 de julho – nascidos em janeiro

24 de julho – nascidos em fevereiro

29 de julho – nascidos em março

31 de julho – nascidos em abril

5 de agosto – nascidos em maio

7 de agosto – nascidos em junho

12 de agosto – nascidos em julho

14 de agosto – nascidos em agosto

17 de agosto – nascidos em setembro

19 de agosto – nascidos em outubro

21 de agosto – nascidos em novembro

26 de agosto – nascidos em dezembro

Liberação de saque e transferência

25 de julho – nascidos em janeiro

1º de agosto – nascidos em fevereiro e março

8 de agosto – nascidos em abril

13 de agosto – nascidos em maio

22 de agosto – nascidos em junho

27 de agosto – nascidos em julho

1º de setembro – nascidos em agosto

5 de setembro – nascidos em setembro

12 de setembro – nascidos em outubro e novembro

17 de setembro – nascidos em dezembro

Calendário do Bolsa Família

18 de agosto – NIS de final 1

19 de agosto – NIS de final 2

20 de agosto – NIS de final 3

21 de agosto – NIS de final 4

24 de agosto – NIS de final 5

25 de agosto – NIS de final 6

26 de agosto – NIS de final 7

27 de agosto – NIS de final 8

28 de agosto – NIS de final 9

31 de agosto – NIS de final 0

Petrolina: Bares, restaurantes poderão funcionar das 6h até às 23h

Foto: reprodução

A partir de segunda-feira (24), a VII e VIII Gerências Regionais de Saúde (Geres), que compreendem os municípios de Salgueiro e Petrolina, no Sertão Pernambucano, avançam mais uma etapa do Plano de Convivência com a Covid-19 do Governo do estado. Com isso, academias, bares e restaurantes podem funcionar com restrições. Em Petrolina, a prefeitura publicou na sexta-feira (21), um decreto que estende o horário de funcionamento para o setor alimentício, como bares, restaurantes e similares das 6h até às 23h.

De acordo com a gestão municipal, a decisão de flexibilizar o horário levou em consideração o índice de mortalidade por Covid-19 em Petrolina, avaliado como o menor entre as grandes e médias cidades do Nordeste.

O setor alimentício está sem funcionar aberto ao público no município desde a segunda quinzena de março, sendo limitado ao formato de entrega de pedidos.

Petrolina totaliza 3.989 casos de Covid-19, com 2.923 curas clínicas, 71 óbitos e 995 casos ativos da doença. (G1 Petrolina)

Serra Talhada supera marca de 3 mil casos positivos do novo coronavírus

 

Foto: reprodução

Como já era esperado, o município de Serra Talhada (PE), Sertão do Pajeú, superou a marca de 3 mil casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). A informação é da Secretaria Municipal de Saúde (SM), no boletim de ontem (21).

De acordo com a pasta, foram registrados 75 novos casos positivos de Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 3.014 infectados pela doença. São 29 pacientes do sexo masculino e 46 do sexo feminino, com idades entre 7 e 86 anos.  Os casos foram confirmados através de testes rápidos (51), método de Swab (13) e exames particulares (11). O número de casos suspeitos caiu para 98 e o de descartados subiu para 11.329.

Quanto à evolução dos casos confirmados, são 2.618 pacientes recuperados, 338 em tratamento domiciliar e 14 em leitos de internamento. Serra Talhada soma, até o momento, 44 óbitos. Em relação aos profissionais de saúde, são 106 recuperados e 6 em tratamento. O município tem 16 pacientes internados (casos suspeitos e confirmados), sendo 5 no Hospital Agamenon Magalhães (Hospam), 10 no Hospital Eduardo Campos e um nos Leitos de Retaguarda Municipais do Hospital São José.

Governo lança na terça pacote com medidas econômicas; saiba o que será anunciado

Foto: reprodução

O governo do presidente Jair Bolsonaro lança na próxima terça-feira um megapacote de medidas nas áreas social e econômica, numa tentativa de reativar a economia, pavimentar o caminho para as eleições de 2022 e construir uma marca própria da atual gestão. O evento vem sendo chamado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, como o “Big bang day” do governo, que irá lançar num só dia o chamado Renda Brasil, medidas para geração de empregos, novos marcos legais e ações para corte de gastos.

Todas as ações estarão sob o guarda-chuva do programa batizado pelo governo de Pró-Brasil. Lançado pela Casa Civil da Presidência da República, esse programa rachou o governo quando foi mencionado na reunião de ministerial de 22 de abril — que posteriormente teve o vídeo divulgado por decisão do Supremo Tribunal Federal. Guedes via o pacote como um novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), marca da gestão Dilma Rousseff.

Para contornar o problema, Guedes assumiu o programa e transformou em um guarda-chuva para todas as medidas do governo. Uma delas é o programa Renda Brasil, que irá substituir o Bolsa Família. O novo programa social irá aumentar o número de beneficiários de 14 milhões de famílias para mais de 20 milhões. Além de aumentar o valor pago aos beneficiários.

Para sustentar uma despesa anual superior a R$ 50 bilhões (o Bolsa Família custa R$ 30 bilhões por ano), o governo irá extinguir programas como o Abono Salarial, o Salário-Família e o Seguro Defeso (pago a pescadores durante o período em que a pesca é proibida).

O governo também vai anunciar a desoneração da folha de pagamentos das empresas para a faixa salarial de até um salário mínimo (hoje em R$ 1.045). Essa medida faz parte do que Guedes chama de “rampa de acesso” do Renda Brasil para o emprego formal.

A equipe econômica quer lançar o novo imposto, nos moldes da antiga CPMF, também nesta terça-feira, mas encontra ainda resistências da área política do governo para incluir a medida do pacote. O temor de ministros com assento no Palácio do Planalto é contaminar um dia que o governo vê como oportunidade de anunciar medidas consideradas positivas, embalado pelo resultado positivo para a geração de empregos em julho.

O anúncio deve ser feito à tarde. Pela manhã, o governo vai lançar a reformulação do Minha Casa, Minha Vida, chamado de Casa Verde Amarela, que vai permitir realização de reformas com dinheiro público. Fonte: O Globo

Os casos de estupro no Brasil vivem uma demanda crescente, só em 2018, foram 66 mil casos, contabilizando 180 casos por dia. Os dados do 13º Anuário Brasileiro de segurança Pública revelam que 53,8% das vítimas são meninas menores de 13 anos, por hora quatro meninas até essa idade são violentadas, e 82% das vítimas são do sexo feminino.

Desde 2009 o crime de estupro é considerado uma afronta à dignidade e liberdade sexual, sendo classificado como hediondo. “O código penal criminaliza a conduta com pena de reclusão de seis a dez anos, mas se no ato criminal há lesão corporal de natureza grave ou a vítima é menor de 18 anos ou maior de 14 anos a pena de reclusão pode ser de oito a 12 (doze) anos. Se ocorrer morte, a pena pode chegar a 30 anos”, explica a coordenadora do curso de Direito, da UNINASSAU Petrolina, Mariane Moraes.

Para vítimas menores de 14 anos a pena de reclusão pode variar de oito a trinta anos a depender do resultado do crime. “É importante ressaltar que a mera prática de ato libidinoso já configura o estupro, bem como o autor e/ou a vítima poderão ser homens ou mulheres”, acrescenta Mariane.

Os dados do estudo revelam que de cada 10 estupros, oito ocorrem com meninas e mulheres.  “A violência em razão de gênero é algo ainda constante e condutas como estas não poderão jamais ser normalizadas. A cultura repressiva e de posse precisa ser erradicada, pois ela é violenta e desencadeia problemas não só de segurança, mas também de saúde pública”, frisa a coordenadora.

A pesquisa, que engloba dados de todos estados do país, ainda traçou o perfil do agressor, sendo, geralmente, alguém próximo da vítima como avô, pai e padrasto. “Crimes que envolvem crianças e adolescentes provocam consequências alarmantes e devastadoras, em termos não só físicos, mas, sobretudo, psicológicos, uma vez que o processo de formação da autoestima e personalidade se dão fortemente nessa fase da vida”, alerta Mariane.

Para denunciar alguns dos canais são Disque 100, Disque 180 ou a delegacia mais próxima.

Uma pesquisa de iniciativa do “Projeto Suspeição em Suspenso”, divulgada neste sábado (15), reuniu a opinião dos mais renomados juristas brasileiros sobre a suspeição do ex-juiz Sergio Moro, referente à sentença que condenou o ex-presidente Lula no âmbito  da operação Lava Jato.

De acordo com o levantamento feito com 283 docentes na área do Direito, lecionando em entidades públicas e privadas de todas as regiões do país, com predominância nas regiões Sudeste, 97,5% consideram que “na relação do juiz Sérgio Moro e a Força-Tarefa da Lava Jato houve, de modo geral, violação ao dever de equidistância das partes no processo penal, relacionado aos processos do ex-Presidente Lula”. Apenas 1,7% dos professores consideram que a relação entre Moro e os Procuradores não viola o dever de equidistância.

Para 80,9% dos professores, o juiz Sérgio Moro não presumia o acusado como inocente antes da instrução processual. Já para 19%, sim, antes da instrução processual, o juiz presumia o acusado como inocente.A pesquisa também mostrou que 96,8% dos entrevistados tiveram contato com as matérias do The Intercept Brasil”, que revelou os bastidores da Vaza Jato. Apenas 3,8% responderam que não tiveram contato.

A pesquisa também indagou se “no caso do ex-Presidente Lula, o Juiz Sérgio Moro atuou com a imparcialidade exigida do julgador para um julgamento justo no caso”. 97,88 dos professores consideram que não, que não atuou com imparcialidade. Apenas 2,1% consideram que sim.

Acompanhe o programa Prerrogativas deste sábado que aborda a  imparcialidade no Sistema de Justiça: 

(247)

Deixe seu comentário

As vagas são para médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e fiscais sanitários. as inscrições começam neste sábado (15) e seguem até a terça-feira (18).

Serão selecionados 11 profissionais da área da saúde (Foto: Reprodução)

A Prefeitura de Conde, através da Secretaria de Saúde, abriu processo seletivo simplificado para contratação temporária de profissionais da saúde para prestação de serviços no enfrentamento à Covid-19 no município. Ao todo, 11 vagas serão ofertadas para os níveis superior e técnico, sendo divididas para médicos (3), enfermeiros (2), técnico em enfermagem (2) e fiscal sanitário (4).

A carga horária para os profissionais será de 40 horas semanais e poderá ser fracionada em plantões, a depender da categoria. Os salários ofertados para as vagas são de até R$ 9 mil.

O contrato de trabalho terá validade de 90 dias, podendo ser prorrogado por sucessíveis períodos, até o máximo de 12 meses, a contar da data da assinatura do contrato, a critério da necessidade da Administração Pública.

As inscrições ocorrerão por meio do preenchimento do formulário constante do endereço eletrônico https://forms.gle/F5PV2PWCDpFF… das 0h00 deste sábado (15) até às 23h59 da próxima terça-feira (18). Não serão cobradas taxas para a realização da inscrição.

No resultado do processo seletivo simplificado não caberá interposição de recurso, devido à finalidade de emergência e urgência para conclusão.

Todo e qualquer ato referente ao processo seletivo será publicado no Diário Oficial da Prefeitura de Conde e/ou nos canais de comunicação do site da gestão (https://conde.pb.gov.br/).

A abertura do processo seletivo leva em consideração a declaração realizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) do dia 11/03/2020, relativa à situação de pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), o que levou à edição municipal dos decretos n.º 226/2020, de 16 de março, e decreto n.º 227, de 17 de março, e decreto nº 232, de 07 de abril de 2020, que decretam a situação de emergência e de calamidade pública no município.

Em caso de dúvidas, os candidatos deverão encaminhar os questionamentos à Secretaria de Saúde de Conde, por meio do e-mail selecaosmscondepb@gmail.com, durante o período de inscrição.

A relação final do cadastro deve ser publicada no dia 21 de agosto de 2020. Acesse o edital aqui.

Concurso público para a Câmara Municipal de Santa Rita é homologado

A lista com 13 candidatos aprovados foi publicada no Diário Oficial do Estado deste sábado (15).

Aprovados irão trabalhar na Câmara Municipal de Santa Rita (Foto: Reprodução)

O resultado do concurso público realizado para a Câmara Municipal de Santa Rita foi homologado com 13 candidatos aprovados. A homologação, que data da última quarta-feira (12), só foi publicada no Diário Oficial do Estado deste sábado (15).

Veja a lista de aprovados:

Casal morre e dois ficam feridos após carro bater contra poste na zona leste de SP

Segundo registrado no 31º DP, o Renault Clio onde estavam as vítimas seguia em alta velocidade pela rua Emília Marengo quando bateu de frente com um poste.

A força da colisão fez com que o carro se deslocasse quase dez metros do local da batida. (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas após o carro que ocupavam bater contra um poste, por volta da 1h deste sábado (15), ao lado de um posto de combustíveis na região do Tatuapé (zona leste da capital paulista).

Segundo registrado no 31º DP (Vila Carrão), o Renault Clio onde estavam as vítimas seguia em alta velocidade pela rua Emília Marengo quando, em circunstâncias ainda investigadas pela polícia, bateu de frente com um poste. A coluna impediu que o veículo colidisse contra uma bomba de combustível. A força da colisão fez com que o carro se deslocasse quase dez metros do local da batida.

Policiais militares passavam pela região para atender a outra ocorrência quando foram abordados por algumas pessoas, informando sobre o acidente. Os agentes constataram no local que um homem e uma mulher, ambos de 24 anos, estavam caídos no chão. Eles foram encaminhados ao pronto-socorro do Tatuapé, onde permaneciam internados até a publicação desta reportagem.

Outro casal, não identificado até a tarde deste sábado (15), estava preso às ferragens do veículo. As duas pessoas morreram no local. Exames foram feitos para ajudar na identificação de ambos.

Os policiais não localizaram nenhuma testemunha do acidente, que foi registrado como homicídio culposo (sem intenção) na direção de veículo automotor. Segundo o boletim de ocorrência, a polícia teria encontrado garrafas de bebida vazias dentro do veículo.

Mortes em acidentes Entre janeiro e junho deste ano foram registrados 1.439 acidentes fatais nas ruas e rodovias paulistas, registrados como homicídios, representando quase oito mortes diárias, considerando o período. Deste total de casos, 14 pessoas foram vítimas de homicídios dolosos (com intenção) no trânsito.

No mesmo período em 2019, oito pessoas morreram em acidentes de trânsito registrados como homicídios dolosos no estado. Assim, o primeiro semestre de 2020 teve uma alta de 75% neste tipo de crime. Os dados são da Secretaria da Segurança Pública, sob gestão (PSDB).

Justiça da Paraíba proíbe realização de vaquejada em Soledade para evitar aglomeração

A Justiça também determinou que o Município suspenda os atos que autorizaram a realização do evento e que utilize seu poder de polícia para evitar e impedir a realização da vaquejada.

Na ação, a promotora plantonista argumentou que a vaquejada ocorreria em um contexto de crescente alta dos casos do novo coronavírus. (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

A 8ª Vara Cível de Campina Grande deferiu a tutela provisória de urgência requerida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e determinou a suspensão da vaquejada prevista para acontecer neste sábado (15) e domingo (16), no município de Soledade. Também determinou que o Município suspenda os atos que autorizaram a realização do evento e que utilize seu poder de polícia para evitar e impedir a realização da vaquejada, sob pena de aplicação de multa no valor de R$ 20 mil aos demandados, além da apuração da responsabilidade pessoal, civil e penal e por improbidade administrativa do gestor.

A decisão judicial determinou ainda a expedição de ofícios às polícias Civil e Militar, à Guarda Municipal, ao Conselho Municipal de Saúde e à Vigilância Sanitária Municipal, notificando-os da liminar proferida, para que fiscalizem seu cumprimento, noticiando nos autos, mediante relatório, se o evento ocorreu. O não atendimento acarretará ao infrator a prática do crime de desobediência. A decisão servirá como mandado, autorizando desde já o uso da força policial para o seu cumprimento.

A ação civil pública para defesa de direito indisponível com pedido liminar de antecipação dos efeitos da tutela foi ajuizada, na manhã deste sábado (15), pela promotora de Justiça plantonista, Rhomeika Maria de França Porto, contra Edvan Fonseca Salustiano e o Município de Soledade, após receber comunicado da Polícia Militar sobre a realização de uma vaquejada denominada “Bolão do EMK”, no Sítio Belo Monte e no Parque & Haras EMK, localizado em Soledade, a partir das 17h de hoje e com previsão de término às 5h neste domingo, em descumprimento às recomendações ministeriais encaminhadas anteriormente pela Promotoria de Justiça de Soledade ao organizador do evento e ao prefeito municipal.

Ao organizador, a promotoria recomendou que se abstivesse de realizar a vaquejada, uma vez que ela geraria aglomeração de pessoas e estaria em desacordo com os decretos estadual e municipal que versam sobre o enfrentamento da pandemia da covid-19. Ao prefeito foi recomendado que adotasse as medidas cabíveis para impedir esse e qualquer evento que gere risco de disseminação da covid-19.

Na ação, a promotora plantonista argumentou que a vaquejada ocorreria em um contexto de crescente alta dos casos do novo coronavírus; que o quadro epidemiológico atual do município de Soledade demonstra um estado de alerta, devido ao número de casos confirmados e exige medidas de contenção e que, conforme o Decreto Estadual do “Novo Normal” para a reabertura gradual e segura das atividades, a última avaliação datada do dia 10 de agosto classificou o município na bandeira amarela, fase em que não está autorizada a retomada de eventos de massa, como jogos, torneios, campeonatos, festivais culturais, shows, vaquejadas etc. “O direito à saúde se sobrepõe à atividade econômica e/ou cultural”, defendeu a representante do MPPB.

No mérito da ação, a Promotoria requer que o Município seja condenado a proibir a realização de festas ou eventos que causem aglomerações em locais públicos, sob pena de multa pessoal ao gestor no valor de R$ 1 mil por evento.

A decisão

A decisão judicial foi proferida pelo juiz plantonista Leonardo Sousa de Paiva Oliveira e é amparada no artigo 300 do Código de Processo Civil.

Segundo ele, a vaquejada, ainda que tenha obtido autorização junto aos órgãos municipais, não tem natureza essencial e descumpre todas as normas razoáveis e científicas que regem o atual momento. “Não se trata de mero evento esportivo, como figura nos ofícios encaminhados pelo ente municipal, mas de evento de cunho cultural (evento de massa)… Na cidade de Soledade, em específico, são 151 casos confirmados (de covid-19). Para uma população de cerca de 14 mil habitantes, tem-se uma taxa média de um caso a cada 92 pessoas. Portanto, considerando esses dados, não há como conferir razoabilidade e flexibilidade para a realização de um evento cultural que atrairá centenas de pessoas durante toda a noite e que se estenderá pela madrugada”, argumentou.

O magistrado também destacou que, no plano de flexibilização das atividades adotadas pelo Governo Estadual, por meio do Decreto Estadual nº 40.304/20, os eventos de massa (como é o caso dos autos), foram classificados como de alto risco para a propagação do novo coronavírus.

Pentágono cria unidade para o estudo de óvnis

Para o Exército americano, os óvnis não têm nada a ver com possíveis extraterrestres, mas sim com adversários dos EUA.

Logo do Pentágono na sala de briefing do Departamento de Defesa americano em Arlington, na Virgínia. — (Foto: Al Drago / Reuters)

O Pentágono anunciou nesta sexta-feira (14) a criação de uma unidade encarregada de estudar oficialmente objetos voadores não identificados, os óvnis, que focará em detectar possíveis manobras de espionagem realizadas por adversários dos Estados Unidos.

Com a criação da “célula de trabalho sobre fenômenos aéreos não identificados”, aprovada em 4 de agosto e que estará sob responsabilidade da Marinha, pretende-se “compreender melhor a natureza e origem” de aparições, disse Susan Gough, porta-voz do Departamento de Defesa, em comunicado.

Para o Exército americano, os óvnis não têm nada a ver com possíveis extraterrestres, mas sim com adversários e inimigos dos Estados Unidos muito reais.

Washington mostra-se particularmente preocupado com a capacidade de espionagem da China, através de drones ou outros meios aéreos.

A missão da nova unidade do Pentágono é “detectar, analisar e catalogar estes fenômenos aéreos não identificados que poderiam representar uma ameaça para a segurança nacional”, afirmou a porta-voz.

O Pentágono “leva muito a sério qualquer incursão de aeronaves não autorizadas em nossos centros de treinamentos ou em nosso espaço aéreo, e revista todos os relatórios”, completou.

O Senado dos Estados Unidos se interessou nas atividades do Pentágono nesta área em junho, confirmando assim oficialmente a existência de um grupo de trabalho informal sobre este tema.

A nova unidade formaliza as operações destes soldados e permitirá ao Congresso monitorar mais de perto a atividade.

O Pentágono publicou três vídeos filmados por pilotos da Marinha em final de abril, que mostram encontros em voo com o que parecem ser óvnis. Um dos vídeos, em preto e branco, data de novembro de 2004, enquanto os outros dois são de janeiro de 2015

Covid-19: Pajeú conta com 4.561 casos confirmados, 3.820 recuperados e 89 óbitos

De acordo com os boletins epidemiológicos divulgados nesta sexta-feira (14.08), pelas secretarias de saúde dos municípios do Pajeú, a região totaliza 4.430 casos confirmados de Covid-19. Sete cidades registraram juntas, 131 novos casos nas últimas 24 horas.

Portanto, os números de casos confirmados no Pajeú ficam assim: Serra Talhada continua liderando o número de casos na região e conta com 2.669 confirmações. Logo em seguida, com 360 casos confirmados está Tabira São José do Egito está com 346 casos confirmados, Afogados da Ingazeira está com 279 e Carnaíba está com 133, Triunfo tem 124 e  Calumbi está com 116 casos confirmados.

Flores tem 93 casos, Quixaba tem 73, Itapetim tem 71, Brejinho está com 59, Iguaracy tem 55, Tuparetama Santa Cruz da Baixa Verde estão com 49 cada, Solidão está com 41, Santa Terezinha tem 32,  e Ingazeira tem 12 casos confirmados.

Mortes – Com mais um jóbito em Carnaíba a Região tem agora no total, 89 óbitos por Covid-19. Até o momento, treze cidades registraram mortes. São elas: Serra Talhada 36, Triunfo 9, Carnaíba tem 8, Afogados da Ingazeira 7, Tabira tem 6, Flores tem 5, Tuparetama tem 4, Quixaba, Iguaracy e Itapeitm tem 3 cada, São José do Egito e Santa Terezinha tem  2 óbitos cada, Calumbi tem 1 óbito.

Recuperados – A região conta agora com 3.820 recuperados. O que corresponde a 84% dos casos confirmados. 

O levantamento foi fechado às 10h40 deste sábado (15.08), com os dados Fornecidos pelas secretarias de saúde dos municípios. 

Por André Luiz /RádioPajeú

 

Os três aparelhos decolaram de sua base no Missouri (EUA) na terça e, 29 horas depois, chegaram a Diego Garcia sobrevoando o Pacífico apoiados por diversos voos de aviões-tanque.

Incursões aéreas e exercícios navais se multiplicam de lado a lado, aumentando a possibilidade de um choque acidental. (Foto: Reprodução)

 Os Estados Unidos enviaram três bombardeiros com capacidade nuclear B-2 para a base de Diego Garcia, uma ilha no oceano Índico que permite ações em todo o flanco sul da China.

É a primeira vez que isso acontece desde 2016, e o recado é direcionado a Pequim, com quem Washington vive um período de alta tensão diplomática, comercial e militar, dentro da chamada Guerra Fria 2.0 entre os países.

Obviamente ninguém está pensando em bombardear o adversário, mas a lógica do deslocamento é a da intimidação e a de demonstrar poder, num momento em que chineses e americanos intensificam seus jogos de guerra no disputado mar do Sul da China.

Além disso, a posição de Diego Garcia, a 1.800 km ao sul da costa indiana, sinaliza apoio a Nova Déli, que há dois meses entrou em choque militar com Pequim em uma remota região dos Himalaias, perdendo 20 soldados.

Central no gesto americano é a escolha da arma apresentada. O deslocamento dos aviões é um gesto público, calculado. E o B-2 é um aparelho único em suas capacidades.

Ele é a aeronave mais cara já produzido, custando US$ 2 bilhões (R$ 10,8 bilhões) cada. É apelidado de avião invisível, por adotar tecnologias que o tornam furtivo à detecção por radares. Os EUA operam 20 deles.

Podem lançar bombas e mísseis convencionais ou nucleares em ambientes altamente protegidos, como seria o caso de instalações chinesas.

Os três aparelhos decolaram de sua base no Missouri (EUA) na terça e, 29 horas depois, chegaram a Diego Garcia sobrevoando o Pacífico apoiados por diversos voos de aviões-tanque.

Lá já estão postados seis bombardeiros estratégicos B-52, também com capacidade nuclear, mas esses são aviões dos anos 1950, feitos para lançar mísseis a longa distância.

Além do simbolismo, ainda mais na semana em que a China ameaça a ilha de Taiwan, aliada dos EUA, com exercícios militares, a ida dos B-2 é um exemplo da nova tática da Força Aérea americana.

No começo do ano, o país desativou sua força permanente de bombardeiros em Guam, a principal base no Pacífico. Agora, grupos menores de aviões são rotacionados por bases, aumentando a imprevisibilidade estratégica.

Diego Garcia é bastante distante de alvos em terra: aviões que saíam de lá contra o Afeganistão demoravam dez horas para começar a atacar. Isso também é, por outro lado, uma vantagem.

Quando os seis B-52 foram enviados para lá em janeiro, o objetivo era tê-los à mão para uma ação contra o Irã, contra quem os EUA quase foram à guerra este ano.
Se ficassem no ponto usual de ações no Oriente Médio, a base de Uded (Qatar), estariam à mercê de ataques com mísseis balísticos de Teerã que não chegam a Diego Garcia.

Desde que Donald Trump assumiu, em 2017, a retórica ante os chineses passou a ser mais agressiva. Ambos os países se preparam para retomar negociações para congelar a guerra tarifária disparada pelos americanos, que veem injustiça na relação bilateral com Pequim.

Mas as hostilidades se ampliaram, em especial neste ano, em que Trump precisa agradar sua base de apoio numa corrida eleitoral que hoje estaria perdida para o democrata Joe Biden. Mas o pleito é só em novembro.

Assim, agora há uma política aberta de qualificar a China como um adversário do dito mundo livre, e os embates vão da defesa da autonomia amputada por Pequim em Hong Kong ao manejo da pandemia do novo coronavírus, passando por fechamentos de consulados.

O aspecto militar se delineou mais claramente com o aumento de atividade americana no mar do Sul da China, que Pequim diz ser 85% seu. Desde 2014, os chineses militarizaram áreas na região. Em 2016, Pequim perdeu uma disputa na ONU com as Filipinas sobre um trecho territorial, mas não aceitaram o resultado. Não por coincidência, esse julgamento ocorreu no mesmo momento da última visita dos B-2 a Diego Garcia.

Incursões aéreas e exercícios navais se multiplicam de lado a lado, aumentando a possibilidade de um choque acidental. Na segunda (17), os EUA começam uma grande manobra militar no Pacífico, e até o fim do ano deve ocorrer o Malabar, encontro das marinhas da Índia, EUA e Austrália -todos adversários de Pequim.

Araripina: Morre Dona Tatá Batista

Morreu na noite desta quinta-feira (13), aos 82 anos, após sofrer um infarto fulminante, Dona Tatá Batista. Ela era prima do ex-prefeito de Araripina Dr. Pedro Batista, e também prima do pai de Dona Volúsia, esposa do ex-prefeito e ex-deputado estadual, Emanoel Bringel.

A família Batista informou que não haverá velório, e o corpo de Dona Tatá deve ser sepultado ainda nesta sexta-feira (14), no Cemitério do Iracema, no bairro Alto da Boa Vista, zona norte da cidade.

Após ordem para voltar à cadeia, Queiroz sai de casa para fazer exame médico

Ministro do STJ revogou a autorização para que o casal investigado pelas rachadinhas cumpra prisão domiciliar.

A defesa de Queiroz não explicou se após o exame ele será levado de volta à cadeia. (Foto: Reprodução)

Fabrício Queiroz deixou sua casa, na Zona Oeste do Rio, na manhã desta sexta-feira (14), para fazer um exame médico que já havia sido determinado pelo Tribunal de Justiça do Rio, segundo o advogado.

Nesta quinta (13), o ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que revogou a prisão domiciliar dele e de sua mulher, Márcia Aguiar. A defesa de Queiroz, no entanto, não explicou se após o exame ele será levado de volta à cadeia.

Ele saiu de casa, na Taquara, às 11h20 e, pouco antes, um carro do poder judiciário também deixou o condomínio. Por volta das 12h, Queiroz chegou a uma clínica privada na Barra da Tijuca.

O ministro determinou que o Tribunal de Justiça do Rio analise, com urgência, a situação dos dois. Enquanto isso, fica restabelecida a ordem de prisão de Queiroz e Márcia em regime fechado.

A defesa de Queiroz informou que recebeu com surpresa a decisão do ministro e que está tomando todas as medidas legais para revertê-la, pelo risco que existe à saúde dele e de sua mulher em razão da pandemia. Segundo a defesa, eles fazem parte de grupo de risco.

Queiroz é apontado pelo Ministério Público como operador financeiro do esquema das “rachadinhas”. As irregularidades teriam, ocorrido no gabinete de Flávio Bolsonaro quando ele era deputado estadual do Rio de Janeiro. O parlamentar nega as acusações.

Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e amigo da família do presidente Jair Bolsonaro, Queiroz estava em prisão domiciliar desde 9 de julho.

Na data, o presidente do STJ, João Otávio de Noronha, concedeu o benefício a ele e a Márcia. Ela estava foragida desde 18 de junho, dia em que a Polícia Federal deflagrou a Operação Anjo e prendeu Queiroz. Na ocasião, Noronha decidiu sobre o caso porque, como presidente, estava à cargo dos pedidos urgentes feitos no período de recesso do Judiciário.

Fabrício Queiroz chegou a ficar preso no complexo penitenciário de Bangu, no Rio. O vídeo abaixo mostra cinco pontos que ajudam a entender a primeira prisão dele. Ele tinha sido encontrado pela polícia na casa do advogado Frederick Wassef, amigo da família de Jair Bolsonaro que já representou Flávio Bolsonaro e o próprio presidente em causas privadas.

A mulher de Queiroz, Márcia, ficou foragida durante todo o período em que ele esteve preso e só se apresentou à Polícia do Rio para colocar tornozeleira eletrônica, já após a ordem de prisão domiciliar.

O recurso da PGR

Na decisão desta quinta, o ministro Felix Fischer levou em consideração um pedido do subprocurador-geral da República Roberto Luís Oppermann Thomé para que a decisão de Noronha fosse derrubada.

Segundo o procurador, há uma série de elementos que justificam a prisão de Queiroz:

  • ligações de familiares com “alusão a seu poder de influência mesmo de dentro da cadeia”;
  • declarações de endereço e hospedagem falaciosos;
  • “desaparecimento a ponto de virar meme o mote ‘Onde está o Queiroz?'”,
  • “desaparição de sua companheira e foragida paciente”, em referência a Márcia Aguiar;
  • “estranhas contabilidade e movimentações bancárias”
  • “relacionamentos familiares concomitantes com exercício de cargos públicos comissionados”, e “patrimônio a descoberto”.
  • Ainda de acordo com o procurador, Queiroz teria ligação com milicianos e poderia exercer influência mesmo dentro da cadeia.

“Em síntese, um conjunto de circunstâncias que se (ainda) não configuram prova suficiente a formação de eventual opinio delicti [suspeita de crime], demandam de parte do Ministério Público e do Poder Judiciário a atenção devida à busca da verdade real”, escreveu o subprocurador em seu parecer”, escreveu.

O presidente do STJ concedeu prisão domiciliar a Queiroz no dia 9 de julho e escreveu na decisão que as “condições pessoais” de saúde e idade de Queiroz não recomendam mantê-lo na cadeia durante a pandemia. O benefício foi estendido à esposa dele, Márcia Aguiar, que estava foragida.

Depois de dizer que preferia morrer transando do que tossindo, filho de Bolsonaro está com Coronavírus

Segundo pessoas próximas a Jair Renan, ele está com sintomas leves, como perda de olfato.

Filho de Bolsonaro está com Coronavírus (Foto: Reprodução)

Jair Renan, a quem Bolsonaro sempre chama de filho ’04’, está com covid-19. Segundo pessoas próximas a Jair Renan, ele está com sintomas leves, como perda de olfato.

Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, já foram infectados, assim como Heloisa Bolsonaro, esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro.

Jair Renan é filho de Ana Cristina Valle, assessora parlamentar e ex-mulher do presidente. Procurado, o Palácio do Planalto não se manifestou até a publicação desta nota.

Em abril, Jair Renan fez piada com a pandemia e disse que preferia “morrer transando que tossindo”. As declarações foram feitas no dia 20 de abril no Twitch, um site de streaming focado na transmissão de videogames.

 Região do Pajeú tem 4.431 confirmados, 3.713 recuperados, 88 óbitos e 630 pessoas ainda com a doença

Confirmados mais dois óbitos por Covid-19 em Exu, no Sertão do Araripe

Foto: reprodução

O Município de Exu, no Sertão pernambucano, confirmou no boletim divulgado nesta quinta-feira (13) mais dois óbitos de pacientes com o Novo Coronavírus. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, um deles é de um homem de 47 anos, que morava no bairro Nossa Senhora das Graças. Este óbito estava em investigação. Não há informação se o paciente tinha histórico de comorbidades. A outra vítima era uma idosa de 88 anos, que morava na Zona Rural do município.

Nesta quinta-feira, o município também confirmou 13 novos pacientes com o Novo Coronavírus. Segundo a Secretaria de Saúde do município, são quatro mulheres e nove homens. O boletim informa que todos estão com quadro leve, em isolamento domiciliar. O número de recuperados também aumentou. passou de 194 para 217.

Exu possui, até o momento, 319 casos confirmados do Novo Coronavírus, 217 pacientes recuperados e 7 óbitos.

No Sertão do Araripe já foram registradas 81 mortes decorrentes do novo coronavírus. Foram 26 em Araripina, 17 em Ipubi, 12 em Trindade, 11 em Ouricuri, 07 em Bodocó, 07 em Exu e 01 em Moreilândia.

Habitação: Caixa entrega residencial nesta sexta-feira em Petrolina

Foto: divulgação

Está marcada para às 16h desta sexta-feira (14) a entrega do Residencial do Novo Tempo 6. O conjunto habitacional vai beneficiar 227 famílias que moram em ocupações irregulares, áreas de risco ou insalubres. O ato contará com a participação de cinco famílias contempladas convidadas, além de representantes da administração municipal e Caixa Econômica Federal, inclusive de Pedro Guimarães, presidente da instituição financeira.

Para evitar aglomerações e garantir o cumprimento das medidas de prevenção ao novo coronavírus, a solenidade não será aberta ao público. Os demais sorteados na última segunda-feira (10), devem aguardar o contato da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação que, por telefone, vai agendar as vistorias e entrega das chaves com dia e horário marcados.

O conjunto habitacional conveniado pelo município, faz parte do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ do Governo Federal. O recurso investido na obra foi superior a R$ 18 milhões. Cada imóvel tem área de 42m², com sala, 2 quartos, banheiro, cozinha e área de serviço. Todos são adaptáveis às pessoas com deficiência. O equipamento ainda com pavimentação, saneamento, iluminação pública, arborização, bancos, área de lazer com pista de caminhada, parque infantil, área para atividades físicas, espaço de convivência para prática de jogos de mesa e quadra de areia.

Região do Pajeú tem  431 casos confirmados de convid-19, 3.713 recuperados, 88 óbitos e 630 pessoas ainda com a doença

A região hoje conta com 4431 casos confirmados de Covid-19, sendo 3713 curas e 88 óbitos. Com os números apresentados ainda temos oficialmente 630 pessoas ainda com a doença na região.
Confira abaixo dados atualizados:

Até o momento, a receita direcionada para o enfrentamento da Covid-19 é de R$ 358,8 milhões.
A aquisição de equipamentos médico-hospitalar está entre os investimentos (Foto: Reprodução)

O Governo da Paraíba já investiu R$ 177,932.702,47 para as ações de combate à Covid-19. Até o momento, a receita direcionada para o enfrentamento da Covid-19 é de R$ 358,8 milhões.

Deste valor, R$ 177 milhões já foram utilizados de março a julho, por meio das Secretarias de Estado de Saúde, do Desenvolvimento Humano e da Educação, por exemplo, nas ações de assistência social e saúde no enfrentamento da Covid-19. 

As informações estão no Portal da Transparência que disponibiliza para a população os dados sobre recursos utilizados pela gestão estadual para o enfrentamento da pandemia. 

O secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, explica que “o investimento em saúde contempla o custeio das unidades hospitalares, aquisição de equipamentos e insumos”. 

Do recurso destinado pelo Fundo Nacional de Saúde, R$ 29 milhões já foram utilizados para custeio dos Centros de Referência Covid em todo estado, R$ 9 milhões para aquisição dos Testes Rápidos. 

A Controladoria Geral do Estado explica que a aplicação dos recursos federais, sob a forma de Apoio Financeiro, destinado exclusivamente a ações de Assistência Social e Saúde ao enfrentamento da Covid-19, faz parte de um plano de aplicação específico, que inclui, entre outras ações,  a aquisição de equipamentos médico-hospitalar já em licitação para ampliação da assistência a população, no fortalecimento do apoio diagnóstico com a aquisição de kits laboratoriais para Covid-19, na aquisição de medicamentos utilizados no tratamento hospitalar dos pacientes Covid-19 por meio de utilização  de ata que estão em tramitação no Ministério da Saúde, no valor de R$ 18 milhões e também para pagamento de folha dos profissionais que estão trabalhando na linha de frente da Covid-19.

Prefeito de SP diz que volta às aulas na capital não tem data definida
Segundo ele, retorno presencial poderá ocorrer só em 2021

Bruno Covas

A volta às aulas na rede municipal de ensino de São Paulo ainda não tem uma data definida para ocorrer, disse ontem (7) o prefeito da capital paulista, Bruno Covas. Segundo ele, o retorno presencial poderá ocorrer a partir de 7 outubro, mesma data definida para o retorno pelo governo do estado, nos meses seguintes, ou até em 2021.

“Nós estamos aqui analisando os dados para tomar com toda cautela, com toda tranquilidade. Nós estamos preparando a rede municipal para retomada, seja ela em outubro, novembro ou dezembro, ou no ano que vem”, disse em encontro online realizado hoje com empresários.

Covas ressaltou que a data do retorno das aulas será decidida pela área da saúde da administração municipal, e que uma pesquisa sorológica com amostra representativa de estudantes está sendo feita para embasar a decisão. O levantamento pretende avaliar o grau de incidência e a transmissibilidade entre os alunos.

“Vocês imaginem em uma sala de aula, com 40 alunos, que até hoje as escolas não conseguiram segurar o piolho, como é que você vai conseguir segurar o vírus do coronavírus? Enquanto a gente não tiver total tranquilidade de que é o momento apropriado, não é pressão do grupo A, não é o interesse do grupo B que vão definir a data de retorno às aulas”, disse.

O prefeito destacou que a rede municipal está sendo preparada para o momento da retomada das aulas, e que a prefeitura já aprovou, na Câmara Municipal, uma lei que dá a possibilidade de a administração contratar vagas de ensino infantil nas escolas particulares para alocar alunos da rede pública.

“Se houver um aumento de procura nas escolas públicas, nós não vamos deixar as pessoas na fila. Nós vamos comprar vaga na escola privada, e vamos colocar esse aluno lá. Pelo mesmo preço unitário que eu tenho hoje de investimento no aluno do ensino infantil ou na pré-escola”, afirmou Covas.

Fase 4

Bruno Covas também que a expectativa da prefeitura é que o município consiga entrar na quarta fase de abertura do Plano São Paulo na segunda quinzena de setembro. A quarta fase é a etapa Verde do plano de reabertura do estado, e prevê um menor número de restrições para a realização de atividades que envolvam aglomeração de pessoas.

De acordo com o prefeito, a cidade está há nove semanas consecutivas com diminuição no número de óbitos causados pela covid-19. “A cidade que chegou a ser responsável por 90% das mortes do estado, hoje tem 42% dos óbitos no estado de São Paulo. A gente vem em nove semanas consecutivas reduzindo o número de óbitos apesar de a gente já ter, há praticamente dois meses e meio, iniciado o processo de reabertura”.

Agência Brasil

Mega-Sena acumulada pode pagar R$ 6,5 milhões neste sábado

O sorteio ocorre às 20h deste sábado (8) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.
Mega Sena realiza neste sábado sorteio (Foto: Reprodução)

O concurso 2.287 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 6,5 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h deste sábado (8) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet – saiba como fazer.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

 

Sikêra Jr. é condenado pela Justiça a pagar R$ 300 mil a modelo trans: ‘raça desgraçada’

Apresentador exibiu em seu programa a imagem de Viviany – que é transsexual – enquanto falava um crime cometido por um casal de lésbicas.

Na decisão, o juiz determinou ainda que a imagem da modelo seja retirada da reportagem publicada no YouTube. (Foto: Reprodução)

O apresentador de TV Sikêra Jr. foi condenado pela Justiça a pagar R$ 300 mil à modelo Viviany Beleboni, após exibir em seu programa a imagem de Viviany – que é transsexual – enquanto falava um crime cometido por um casal de lésbicas. Na oportunidade, ele ainda usou a expressão “raça desgraçada” ao se referir às suspeitas. A informação é do site O Dia. 

Na decisão, o juiz determinou ainda que a imagem da modelo seja retirada da reportagem publicada no YouTube. Ainda cabe recurso.

Homens são detidos com caminhonete de luxo roubada após atirarem na polícia em Sertânia

Veículo apreendido pela PRF — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

G1

Nesta sexta-feira (07), dois homens foram detidos com uma caminhonete de luxo roubada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-232, em Sertânia, no Sertão de Pernambuco. Durante a fuga, o motorista perdeu o controle do veículo e bateu em uma mureta de proteção.

Segundo a PRF, os policiais rodoviários federais estavam realizando uma fiscalização no posto da PRF, no quilômetro 278 da rodovia, quando observaram um veículo com as mesmas características de um que havia sido roubado no dia anterior, na cidade de Garanhuns, no Agreste. Foi dada ordem de parada ao veículo, contudo o motorista desobedeceu e empreendeu fuga.

Ainda segundo a PRF, a equipe de plantão seguiu o veículo, quando foram realizados disparos pelos assaltantes e na sequência os policiais revidaram a injusta agressão. Durante a fuga, o motorista perdeu o controle do veículo e bateu na mureta de proteção da ponte Riacho Seco, no quilômetro 275 da rodovia. Eles abandonaram o veículo e adentraram na caatinga. Os policiais fizeram buscas na região e não localizaram os indivíduos.

Horas depois, populares informaram aos PRFs, que havia dois homens com atitude suspeita em um posto de combustível. Ao chegarem lá, os homens demonstraram grande nervosismo e admitiram que estavam na caminhonete roubada. Eles informaram ainda que haviam sido contratados por uma pessoa, para levar o veículo de Garanhuns para a cidade de Tamandaré, no Litoral Sul e que pelo serviço, receberiam aproximadamente R$ 400

Libaneses realizam protestos e cobram respostas sobre explosões que mataram mais de 150 pessoas

A polícia entrou em ação quando os manifestantes tentaram ultrapassar uma barreira que bloqueava o acesso ao edifício do Parlamento.

Protestos exigem explicações. Explosões deixaram mais de 60 pessoas continuam desaparecidas. (Foto: G1/Anwar Amro / AFP)

Uma manifestação contra o governo do Líbano em Beirute neste sábado (8) foi interrompida por policiais especializados em conter protestos. Eles jogaram bombas de gás na direção dos manifestantes que criticava a forma como a administração pública tem gerenciado a megaexplosão que aconteceu no começo da semana.

Parte de Beirute foi devastada pela explosão, matando mais de 150 pessoas, enquanto cerca de 60 ainda estão desaparecidas.

Neste sábado, cerca de 5.000 pessoas se reuniram no centro de Beirute. Algumas delas jogaram pedras contra o prédio do congresso. A polícia entrou em ação quando os manifestantes tentaram ultrapassar uma barreira que bloqueava o acesso ao edifício do Parlamento.

Os manifestantes pediam a “queda do regime” e, nas faixas, chamavam o governo de assassino.

Dois dias após a visita histórica do presidente francês Emmanuel Macron, a atividade diplomática se intensifica em Beirute para organizar o apoio internacional ao país, na véspera de uma conferência de doadores.

Pelo quarto dia consecutivo, Beirute acordou ao som de vidro quebrado recolhido nas ruas pelos moradores e um exército de voluntários, equipados com vassouras e mobilizados desde o amanhecer.

O incidente de terça-feira no porto, cujas circunstâncias ainda não estão claras, teria sido causado por um incêndio que afetou um enorme depósito de nitrato de amônio, um produto químico perigoso.

As imagens do momento da catástrofe mostram uma deflagração que muitos compararam às bombas atômicas sobre o Japão em 1945, enquanto as equipes de resgate comparavam as cenas de destruição às resultantes de um terremoto.

O desastre deixou pelo menos 154 mortos, mais de 5.000 feridos, incluindo 120 em estado crítico, de acordo com o ministério da Saúde libanês, além de quase 300 mil desabrigados.

Mais de 60 pessoas continuam desaparecidas, enquanto a esperança de encontrar sobreviventes diminui.

Dia do Julgamento

Ainda em estado de choque após as explosões de violência sem paralelo na história do país, muitos libaneses exigem prestação de contas de uma classe política que denunciam como negligente e corrupta.

Na Praça dos Mártires, epicentro da contestação popular desde outubro passado e onde está programado um protesto na parte da tarde, sob o lema “Dia do Julgamento”, os ativistas já ergueram uma forca.

“Depois de três dias limpando os escombros e curando nossas feridas, é hora de deixar nossa raiva esvair e puni-los por matar pessoas”, declarou Farès al-Hablabi, de 28 anos.

“Devemos nos levantar contra todo o sistema (…) a mudança deve ser compatível com a escala do desastre”, acrescentou este militante que saiu às ruas no momento da eclosão do levante popular em 17 de outubro de 2019.

Se o movimento perdeu força nos últimos meses, especialmente devido à pandemia de coronavírus – que continua se agravando no Líbano – a tragédia pode reanimá-lo.

“Não temos mais nada a perder. Todos devem ir para as ruas”, disse Hayat Nazer, uma militante por trás de muitas iniciativas de solidariedade.

O presidente Michel Aoun, cada vez mais criticado, deixou claro na sexta-feira que se opõe a uma investigação internacional, dizendo que as explosões poderiam ter sido causadas por negligência ou por um míssil.

Cerca de vinte funcionários do porto e da alfândega foram presos, segundo fontes judiciais e de segurança.

Assistência imediata

Dois dias após a visita de Macron, que criticou severamente a classe política, uma videoconferência de doadores em apoio ao Líbano acontecerá no domingo, co-organizada pela ONU e pela França, segundo informou a presidência francesa à AFP.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que participará. “Todo mundo quer ajudar!”, tuitou.

O Líbano atravessa uma severa crise econômica, depois de não pagar sua dívida, e seus líderes não conseguiram chegar a um acordo sobre um resgate econômico com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, é esperado neste sábado em Beirute, para mostrar a “solidariedade” dos europeus. A UE já liberou 33 milhões de euros.

O chefe da Liga Árabe, Ahmad Aboul Gheit, junto com o vice-presidente turco, Fuat Oktay, e o ministro das Relações Exteriores, Mevlüt Cavusoglu, também visitarão Beirute para assegurar seu apoio.

Sem demora, vários países despacharam equipamentos médicos e sanitários, bem como hospitais de campanha.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está preocupada com a saturação dos hospitais, já em situação complicada pela pandemia de coronavírus, escassez crônica de medicamentos e de equipamentos médicos.

Enquanto as autoridades estrangeiras se sucedem e a ajuda internacional chega, os governantes do Líbano tentam claramente tirar vantagem da situação, segundo o analista Nasser Yassin, do Instituto Issam Fares.

“O temor é que as autoridades aproveitem este desastre e a atenção árabe e internacional para se manter na superfície”, disse.

Neste contexto, o líder do partido Kataeb, Samy Gemayel, anunciou neste sábado sua renúncia junto com outros dois deputados do histórico partido cristão após o desastre no porto, dizendo que havia chegado a hora de construir um “novo Líbano”.

Sua renúncia acontece após uma decisão semelhante por dois outros parlamentares nesta semana.

 

Prefeito de Petrolina pede que Estado seja justo e solicita reabertura de bares, restaurantes e academias da cidade

Foto: reprodução

Após mais de quatro meses do registro do primeiro caso do novo coronavírus (covid-19), Petrolina segue como a cidade do Nordeste de médio ou grande porte com menos mortes – no último boletim divulgado são 59 óbitos – e com a menor taxa de mortalidade – 16,9 por 100 mil habitantes. O município também tem registrado queda contínua de novos casos de transmissão da covid-19. Por conta desse cenário, o prefeito Miguel Coelho reivindicou do Governo de Pernambuco a reabertura gradual e segura de bares, restaurantes e academias em Petrolina.

O posicionamento foi manifestado em um vídeo postado nas redes sociais, nesta sexta-feira (7). Miguel lembra que, devido ao trabalho preventivo, políticas de saúde eficientes e investimentos prioritários no tratamento, testagem e rastreio do vírus em pacientes, a cidade se tornou referência no Nordeste no combate a covid-19. Comparada a municípios pernambucanos do mesmo porte, Petrolina tem quatro ou até sete vezes menos mortes pela doença. Ainda assim, Petrolina segue sem autorização para funcionamento de vários segmentos econômicos e de saúde, ao contrário do Agreste, Zona da Mata e Região Metropolitana.

Miguel ressalta no posicionamento que não se trata de politização da pandemia. Pelo contrário, o prefeito de Petrolina segue defendendo a união dos entes federais, estaduais e municipais no enfrentamento a covid-19, porém, considera o tratamento injusto com os sertanejos diante dos dados comparativos e quadro epidemiológico. “Não queremos politizar nem polemizar com o assunto, mas Petrolina tem os melhores números no combate à pandemia em Pernambuco. Se for para mortalidade, é a menor do estado, se for para ocupação de leitos, pela primeira vez, estamos abaixo de 50% e estamos registrando queda no número de novos casos. Queremos o mesmo tratamento e sabemos que Petrolina fez um grande trabalho, e se for baseado nos dados, estamos melhor que as demais cidades“, concluiu Miguel. (Com informações do Blog do Carlos Britto)

Prefeitura de Ipubi institui toque de recolher

Foto: reprodução

A prefeitura de Ipubi, no Sertão de Pernambuco, instituiu o toque de recolher no município a partir desta sexta-feira (7). A medida é válida das 20h às 5h, até o dia 17 de agosto.

De acordo com a gestão, os estabelecimentos comerciais estão proibidos de vender bebida alcoólica durante o período do toque. Além disso, serviços de delivery, missas e cultos só podem funcionar até às 21h.

A medida faz parte do Decreto Municipal 052/2020 de prevenção ao aumento de casos do novo coronavírus

Paciente foge sem roupas do Hospital Universitário de Petrolina

Foto: reprodução

Um paciente não identificado fugiu do Hospital Universitário de Petrolina (PE) provavelmente na tarde desta sexta-feira (7).

Ele foi visto em ponto de ônibus próximo a unidade hospitalar conversando com populares e apresentava alguns hematomas pelo corpo, e estava sem roupas com algumas sacolas nas mãos e curativos.

A assessoria de comunicação do Hospital Universitário confirmou a informação e enviará em breve uma nota sobre o episódio. (Blog do Edenevaldo Alves)

‘Preço do botijão de gás vai cair muito’, garante ministro de Minas e Energias

Foto: Clemilson Campos/Acervo JC Imagem

Em live realizada nesta sexta-feira (07), o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, informou que o preço do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), o popular gás de cozinha, vai ficar mais barato. Segundo Albuquerque, “o preço do botijão vai cair muito porque nós estamos adotando ações para tornar a concorrência maior no setor”, justificou. Ele afirmou ainda que o produto está disponível em abundância no Brasil, por isso, o preço deve registrar queda.

Ao lembrar dos recordes de produção nos últimos meses, o ministro falou que “se hoje nós [Brasil] importamos, em oito anos poderemos ser exportadores de gás natural, mas para isso precisamos de investimentos”, completou.

De acordo com o chefe da pasta de Minas e Energia, atualmente o preço médio do botijão de 13 kg custa entre R$ 25,00 e R$ 27,00 nas refinarias e o valor elevado que chega ao consumidor é de responsabilidade das distribuidoras e vendedores. O valor médio do botijão é de R$ 70, mas já chegou a custar bem mais. Questionado, Bento não confirmou a afirmação do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o preço do produto cairá de R$ 80 para R$ 60. “O Paulo Guedes é melhor em números do que eu”, se esquivou.

“Muitas pessoas estocaram o botijão por causa da pandemia e o próprio revendedor se aproveitou dessa situação, mas agora o consumo já caiu um pouco”, relatou o ministro.

Prefeito decreta toque de recolher em Santa Maria da Boa Vista

Foto: reprodução

O prefeito de Santa Maria da Boa Vista (PE), Humberto Mendes, decretou toque de recolher na cidade a partir da próxima segunda-feira (10), das 19h às 5h.

Segundo informações, os casos relacionados ao Novo Coronavírus continuam aumentando no município, que pode decretar  lockdown.

Cidades do Sertão de Pernambuco mostram reação no número de empregos, segundo Caged

Empresa de exportação de manga em Petrolina — Foto: Reprodução/ TV Grande Rio

Enquanto o Brasil passa por uma crise no mercado de trabalho com mais de 1 milhão de vagas de emprego fechadas no primeiro semestre de 2020, sendo mais de 10 mil só em junho, dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) mostram que o cenário começa a mudar em algumas cidades do Sertão de Pernambuco. Petrolina, Salgueiro e Araripina voltaram a apresentar saldos positivos depois de meses, principalmente devido à agroindústria.

Em uma empresa de exportação de manga que fica em Petrolina, a produção está bastante acelerada. A empresa, que fica na BR-407, o número de exportações de manga para a Europa e Estados Unidos aumentaram em 20% nos últimos meses, em relação ao mesmo período de 2019. Para o mercado interno, a procura também deu um salto. O crescimento foi inesperado para uma pandemia. Com tanta gente em casa, o consumo de frutas mais que dobrou e foi preciso reforço no quadro de funcionários.

Desde o início da pandemia, a empresa está fazendo contratações. Somente no mês de julho foram admitidos mais 100 colaboradores para as áreas administrativas e campo. Em agosto, quando inicia a segunda safra, vão ser contratados mais 150 funcionários para o packing house

Palmeiras e Corinthians voltam a se encontrar para a grande final do Campeonato Paulista neste sábado

Esta será a décima primeira final direta de campeonato entre eles em 103 anos de rivalidade. sA final acontece às 16h30 (horário de Brasília), no Allianz Parque.

Com o empate por 0 a 0 na ida, em Itaquera, qualquer vitória simples a um dos times garante o título estadual. (Foto: Reprodução)

Palmeiras e Corinthians voltam a se encontrar para a grande final do Campeonato Paulista 2020 neste sábado (8), às 16h30 (horário de Brasília), no Allianz Parque. Com o empate por 0 a 0 na ida, em Itaquera, qualquer vitória simples a um dos times garante o título estadual. Em caso de empate, a decisão irá para os pênaltis.

No lado dos donos da casa, a escalação da zaga é, ainda, uma incógnita. O Alviverde não divulgou detalhes sobre a preparação da equipe e não se sabe se Felipe Melo retomará seu posto – ele ficou de fora no último Dérbi por conta de uma lesão muscular na coxa. Caso ele atue, Luan volta para o banco. Também não se sabe se Vanderlei Luxemburgo manterá Zé Rafael na equipe no lugar de Willian.

Do outro lado, o Corinthians deve repetir a escalação de seus últimos três jogos no Paulistão. Cantillo, que já ficou no banco na primeira partida da decisão, deve permanecer como opção de Tiago Nunes e a dupla Gabriel e Éderson tende a ser mantida para iniciar o duelo da final neste sábado. O único desfalque será Boselli, que ainda ser recupera de cirurgia na face.

Esta será a décima primeira final direta de campeonato entre eles em 103 anos de rivalidade. O lado verde leva vantagem com sete canecos (Paulistas de 1936, 74 e 93; Paulista Extra de 1938; Torneio Rio-São Paulo de 51 e 93; e Brasileiro de 94), porém, as três vezes quem o Timão levou a melhor foram justamente nos últimos encontros (1995, 1999 e 2018).

PALMEIRAS X CORINTHIANS
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data/Horário: 8 de agosto de 2020, às 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Marcelo Van Gasse e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa

PALMEIRAS: Weverton, Marcos Rocha, Luan (Felipe Melo), Gómez e Viña; Patrick de Paula, Ramires e Gabriel Menino; Zé Rafael (Willian), Rony e Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Desfalques: Felipe Melo (dúvida), Gabriel Veron (machucado) e Luan Silva (em transição)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos Augustos; Gabriel e Éderson; Ramiro, Luan e Mateus Vital; Jô. Técnico: Tiago Nunes

Desfalque: Boselli (recuperação de cirurgia na face)

Leitos de UTI do Hospital Emília Câmara passa a atender 12 cidades do Sertão do Pajeú

Doze municípios do Sertão do Pajeú, em Pernambuco, passam a contar com a disponibilidade dos seus primeiros 10 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) no Hospital Regional Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira, reforçando a assistência aos pacientes com suspeita e diagnóstico da covid-19 na região. A unidade, já tem 10 vagas de enfermaria para o atendimento desses casos. Na manhã de ontem, o secretário Estadual de Saúde, André Longo, visitou o novo serviço, ao lado prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, que também é presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe).

“Esta é uma grande obra para o Sertão do Pajeú, uma UTI com dez leitos, absolutamente equipada com o que há de melhor em tecnologia médica a serviço da população sertaneja. Esse é um compromisso do governador Paulo Câmara com a ampliação da nossa capacidade instalada no interior do Estado, inicialmente para atender os pacientes com a Covid-19, mas esse equipamento será um legado pois ficará para atender outras patologias tão logo a gente consiga superar essa fase difícil da Covid”, afirmou o secretário.

“Como sertanejo, fico muito feliz em poder propiciar este momento, que será um marco para a medicina e para a população da região”, completou o secretário que nasceu em Patos, na Paraíba.

A UTI foi nomeada de Otoniel Barbosa de Lima, em homenagem a um dos primeiros servidores da unidade, que prestou 35 anos de serviço e faleceu aos 100 anos de covid-19. “Quero agradecer essa homenagem a meu pai e dizer que estou encantada com esses leitos para a região. Tenho certeza de que salvará muitas vidas”, disse a filha do homenageado, Fernanda Barbosa Lima.

Até o fim deste mês, ainda serão instalados os equipamentos necessários para ofertar terapia renal substutiva (diálise) para os pacientes que apresentarem algum tipo de insuficiência renal aguda por causa do uso de antibióticos. “Estamos ofertando a linha de cuidado necessária para prestar a devida assistência para os nossos pacientes do Sertão do Pajeú. Além de maquinário e insumos, também contamos com uma equipe multiprofissional capacitada para atender a demanda que chegar à unidade”, frisou o diretor do Emília Câmara, Sebastião Duque. O hospital conta com 62 leitos de enfermaria, nas especialidades de clínica médica, cirúrgica, obstétrica, pediátrica e ortopédica. A unidades, antes da pandemia, realizava uma média mensal de 12 mil atendimentos na urgência, 180 partos, 560 internamentos e 150 cirurgias de urgência e eletivas.

Deputados comparam cheques para Michelle Bolsonaro com caso Collor e PC Farias

O depósito de 21 cheques na conta bancária da primeira dama Michele Bolsonaro realizado por Fabrício Queiroz, conforme reportagem da revista Crusoé, fez com que deputados associassem o ocorrido com o caso de corrupção envolvendo o ex-presidente Fernando Collor e Paulo César Farias, conhecido como PC Farias.

Reportagem publicada nesta sexta-feira (07) aponta que o ex-policial militar teria depositado na conta da primeira-dama, entre os anos de 2011 e 2018, ao menos 21 cheques que totalizam R$ 72 mil. Parlamentares da oposição relembraram caso similar tratado em uma CPI instalada no Congresso que investigou acusações de depósitos feitos por PC Farias. Na época, foi identificado que um cheque assinado por um sócio de PC Farias teria sido usado para a compra de um carro modelo Fiat Elba destinado à ex-primeira-dama, Rosane Collor. O caso culminou no impeachment do então presidente.

Em sua conta pessoal no Twitter, à deputada Margarida Salomão (PT-MG) afirmou que o depósito dos cheques por Queiroz não ocasionará em um possível impeachment do chefe do executivo, mas que o  “desbaratamento de sua milícia e de suas mentiras” pode.

A deputada Sâmia Bomfim (Psol – SP) fez referência à compra do carro Fiat Alba para a ex-primeira-dama. “Quantos Fiat Elba daria pra comprar com os 21 cheques de Queiroz para Michelle Bolsonaro?”, ironizou.

Em referência ao caso que envolve integrantes da família Bolsonaro, o deputado e vice-líder da oposição na Câmara, Afonso Florence (PT-BA), escreveu na rede social que “Queiroz é o PC Farias da família”.

Em entrevista ao site O antagonista, em reportagem assinada por Cedê Silva, o deputado Marcelo Calero (Cidadania-RJ) disse hoje que está “cada vez mais claro que podemos estar diante de um novo PC Farias” e, por isso, uma CPI deve ser instalada com urgência.

Os casos confirmados estão distribuídos por 221 dos 223 municípios paraibanos. (Foto: Reprodução)

A Paraíba registrou nesta quarta-feira (05) 1.311 novos casos de Covid-19 e 21 óbitos confirmados desde a última atualização, 03 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento, 87.071 pessoas já contraíram a doença, 40.094 já se recuperaram e 1.922 faleceram. Até o momento, 252.751  testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 51%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 58%. Em Campina Grande, estão ocupados 42% dos leitos de UTI adulto e no sertão, 67% dos leitos de UTI para adultos.  O índice de Isolamento Social foi de apenas 37,2%, considerado baixo em relação à meta de 70% e à mínima de 50%.

Os casos confirmados estão distribuídos por 221 dos 223 municípios paraibanos:

Água Branca (50); Aguiar (23); Alagoa Grande (829); Alagoa Nova (255); Alagoinha (803); Alcantil (54); Algodão de Jandaíra (6); Alhandra (589); Amparo (17); Aparecida (65); Araçagi (472); Arara (178); Araruna (222); Areia (355); Areia de Baraúnas (10); Areial (43); Aroeiras (187); Assunção (44); Baia da Traição (496); Bananeiras (167); Baraúna (129); Barra de Santa Rosa (48); Barra de Santana (83); Barra de São Miguel (41); Bayeux (1511); Belém (830); Belém do Brejo do Cruz (28); Bernardino Batista (7); Boa Ventura (4); Boa Vista (78); Bom Jesus (9); Bom Sucesso (18); Bonito de Santa Fé (18); Boqueirão (315); Borborema (20); Brejo do Cruz (295); Brejo dos Santos (22); Caaporã (904); Cabaceiras (59); Cabedelo (2478); Cachoeira dos Índios (91); Cacimba de Areia (8); Cacimba de Dentro (224); Cacimbas (43); Caiçara (385); Cajazeiras (1309); Cajazeirinhas (21); Caldas Brandão (194); Camalaú (1); Campina Grande (10982); Capim (144); Caraúbas (36); Carrapateira (43); Casserengue (228); Catingueira (17), Catolé do Rocha (272); Caturité (102); Conceição (429); Condado (113); Conde (681); Congo (67); Coremas (126); Coxixola (29); Cruz do Espírito Santo (269); Cubati (71); Cuité (159); Cuité de Mamanguape (103); Cuitegí (344); Curral de Cima (24); Curral Velho (1), Damião (17); Desterro (50); Diamante (109); Dona Inês (88); Duas Estradas (68); Emas (44); Esperança (415); Fagundes (86); Frei Martinho (6); Gado Bravo (94); Guarabira (3523); Gurinhém (405); Gurjão (22); Ibiara (44); Igaracy (8); Imaculada (39); Ingá (1048); Itabaiana (995); Itaporanga (196); Itapororoca (647); Itatuba (302); Jacaraú (288); Jericó (10); João Pessoa (22384); Joca Claudino (10); Juarez Távora (271); Juazeirinho (157); Junco do Seridó (42); Juripiranga (439); Juru (83); Lagoa (6); Lagoa de Dentro (116); Lagoa Seca (619); Lastro (16); Livramento (80); Logradouro (122); Lucena (347); Mãe d’Água (18); Malta (86); Mamanguape (2103); Manaíra (10); Marcação (274); Mari (1019); Marizópolis (25); Massaranduba (309); Mataraca (155); Matinhas (70); Mato Grosso (14); Matureia (33); Mogeiro (144); Montadas (39); Monte Horebe (14); Monteiro (302); Mulungu (308); Natuba (51); Nazarezinho (34); Nova Floresta (53), Nova Olinda (15); Nova Palmeira (58); Olho D´Água (39); Olivedos (75);  Parari (5); Passagem (30); Patos (2800); Paulista (163); Pedra Branca (2); Pedra Lavrada (34); Pedras de Fogo (1228); Pedro Régis (42); Piancó (142); Picuí (181); Pilar (280); Pilões (93); Pilõezinhos (228); Pirpirituba (264); Pitimbu (574); Pocinhos (130);  Poço Dantas (5); Poço de José Moura (18); Pombal (391); Prata (5); Princesa Isabel (67); Puxinanã (250);  Queimadas (966); Quixaba (28); Remígio (230); Riachão (67); Riachão do Bacamarte (221);  Riachão do Poço (87); Riacho de Santo Antônio (28); Riacho dos Cavalos (12); Rio Tinto (985); Salgadinho (26); Salgado de São Felix (217); Santa Cecília (65); Santa Cruz (49); Santa Helena (20); Santa Inês (53);  Santa Luzia (216); Santa Rita (2445); Santa Terezinha (53); Santana de Mangueira (5); Santana dos Garrotes (17); Santo André (14); São Bentinho (41); São Bento (1476); São Domingos do Cariri (45);  São Francisco (33);  São João do Cariri (95); São João do Rio do Peixe (215); São João do Tigre (10); São José da Lagoa Tapada (51); São José de Caiana (36); São José de Espinharas (31); São José de Piranhas (151); São José de Princesa (2); São José do Bonfim (58); São José do Brejo do Cruz (10); São José do Sabugi (207); São José dos Cordeiros (32); São José dos Ramos (224); São Mamede (38); São Miguel de Taipu (121); São Sebastião de Lagoa de Roça (200); São Sebastião do Umbuzeiro (8); São Vicente do Seridó (46); Sapé (912); Serra Branca (145); Serra da Raíz (18); Serra Grande (9); Serra Redonda (231); Serraria (140); Sertãozinho (138); Sobrado (175); Solânea (380); Soledade (133); Sossego (9), Sousa (1304); Sumé (214); Tacima (123); Taperoá (67); Tavares (81); Teixeira (154); Tenório (14); Triunfo (45); Uiraúna (70); Umbuzeiro (73); Várzea (14); Vieirópolis (5); Vista Serrana (5), Zabelê (24).

*Dados oficiais preliminares (fonte: SIM, e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 05/08, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

 

Araripina: chega a 806 casos confirmados de Covid-19: Três óbitos nas últimas 24h

 

Por Roberto Gonçalves 

Foram registrados nesta quarta-feira (05), mais 38 casos da Covid-19 em Araripina, no Sertão de Pernambuco. Agora o município contabiliza 806 pessoas infectadas pela doença, 405 curas clínicas, 19 óbitos e 164 casos em investigação.

De acordo com a Secretaria de Saúde, 2664 exames já foram realizados em Araripina, sendo 2195 testes rápidos e 469 analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE).

No Sertão do Araripe já foram registradas 63 mortes decorrentes do novo coronavírus. Foram 19 em Araripina, 16 em Ipubi, 10 em Trindade, 08 em Ouricuri, 05 em Bodocó, 04 em Exu e 01 em Moreilândia.

Hospital Regional de Salgueiro registra 100% de ocupação de leitos de UTI para Covid-19

 

Foto: reprodução

Os cidadãos de Salgueiro precisam redobrar os cuidados para não contrair a Covid-19. No momento o município está sobrecarregado em termos de estrutura para atendimento a casos graves da doença.

Segundo informações colhidas nesta quarta-feira, 5, os cinco leitos de UTI instalados no Hospital Regional de Salgueiro para casos de (Síndrome Respiratória Aguda Grave) estão ocupados no momento. Um dos pacientes mora em Salgueiro e outros quatro em municípios da região.

Já no Hospital de Campanha Nova Esperança, dos 24 leitos de enfermaria que o local possui para casos leves e moderados, cinco estão ocupados atualmente. Na rede privada são dois leitos de UTI para pacientes com Covid-19, mas não obtemos dados da ocupação.

Confira a situação dos casos da Covid 19 nos municípios do Sertão Central:

Salgueiro tem 547 casos registrados e 17 mortes, Cedro 260 casos e 04 mortes, Parnamirim 130 casos e 02 mortes, Serrita 65 casos registrados e 04 mortes e Terra Nova 28 casos e 01 morte.

Operação da PF nos Correios encontra R$ 3,5 milhões na casa de um dos investigados

 

Foto: divulgação PF

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (4), a segunda etapa da Operação Postal Off que visa desarticular uma organização criminosa que subfaturava valores devidos à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT), além de desviar para si clientes no seguimento de postagem de cartas comerciais.

Ao todo, foram 12 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Praia Grande, São Vicente e Rio de Janeiro, em residências de investigados e sedes da EBCT, seis foram cumpridos no Rio.

Na capital fluminense, na residência de um dos investigados foi encontrado R$ 3,5 milhões em espécie.

Os investigados poderão responder por corrupção passiva e ativa, estelionato, violação de sigilo funcional e formação de organização criminosa, de acordo com a medida  de suas responsabilidades.

Paulo Guedes diz que chamar imposto digital de CPMF é maldade ou ignorância

O tributo pensado por ele seria aplicado a pagamentos, em especial sobre serviços e comércio eletrônico, com alíquota de pelo menos 0,2%.

Segundo Guedes, ninguém, nem o presidente da República, tem direito de interditar o debate sobre o tema. (Foto: Reprodução)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O ministro Paulo Guedes (Economia) disse nesta quarta-feira (5) que o novo imposto sobre pagamentos, planejado por ele, tem sido chamado de CPMF (Comissão Provisória sobre Movimentações Financeiras) por maldade ou ignorância. Ele disse que ninguém, nem o presidente da República, tem direito de interditar o debate sobre o tema.

“As pessoas inadequadamente, por maldade ou ignorância, falam que é CPMF. Mas não tem problema, o tempo é senhor da razão. Vamos seguindo em frente”, afirmou em audiência virtual da comissão mista da reforma tributária no Congresso.

O tributo pensado por ele seria aplicado a pagamentos, em especial sobre serviços e comércio eletrônico, com alíquota de pelo menos 0,2%. De acordo com os estudos do Ministério, renderia ao menos R$ 120 bilhões.

“O imposto digital é para pensarmos à frente, mas é claro que a economia é cada vez mais digital e isso está sendo estudado em países mais avançados. Netflix, Google, o brasileiro usa, e são belíssimas inovações tecnológicas, mas ainda não conseguimos tributar corretamente. Sim, estamos estudando”, disse.

Apesar de rechaçar a comparação e dizer que o novo imposto não seria aplicado a movimentações financeiras, Guedes ainda não apresentou formalmente os detalhes da nova cobrança para mostrar quais exatamente seriam as diferenças em relação à antiga CPMF.

Até hoje, o momento em que a ideia do novo imposto foi divulgada com mais detalhes foi em setembro de 2019, durante apresentação da Receita Federal em seminário sobre o tema.

Ali, foi revelado que o governo planejava taxar até saques e depósitos em dinheiro com uma alíquota inicial de 0,4%. Já para pagamentos no débito e no crédito, a alíquota seria de 0,2% (para cada lado da operação, pagador e recebedor).

Na ocasião, a própria Receita Federal fez uma análise do comportamento do novo tributo tendo como base a antiga CPMF, o que comprovou a semelhança. Após a repercussão da apresentação, o então secretário especial da Receita (Marcos Cintra) foi demitido.

A CPMF era cobrada em quase todas as transações bancárias (como saques de contas-correntes, transferências entre contas de diferentes titulares, cheques, pagamentos da fatura do cartão de crédito, de contas e boletos bancários).

A Contribuição foi criada em 1993 pelo então ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso, durante o governo Itamar Franco. Após um intervalo, durou até 2007 (quando o governo Lula sofreu uma derrota no Senado). Dilma já tentou ressuscitá-la, sem sucesso.

Parlamentares como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vêm chamando a ideia de CPMF. “Minha crítica não é se é CPMF, se é microimposto digital, se é um nome inglês para o imposto para ficar bonito, para tentar enrolar a sociedade. Minha tese é a seguinte: nós vamos voltar à mesma equação que foi de 1996 a 2004, 9% de aumento da carga tributária”, disse Maia na semana passada.
Durante a audiência desta quarta, Guedes disse que há pessoas usando o discurso de proteção aos mais pobres para evitar o novo imposto. Em sua visão, a cobrança impede sonegação, inclusive de políticos corruptos.

“Não podemos ter nenhuma sombra de absolutismo. Nem de achar que um ministro pode impor um imposto, nem acharem que alguém pode impedir esse debate.  Ninguém tem direito de interditar esse debate, nem o relator, nem presidente da Câmara, nem o presidente do Senado, nem o presidente da República pode impedir debate sobre qualquer imposto”, disse.

O presidente Jair Bolsonaro já se posicionou de forma contrária à CPMF em diferentes ocasiões. Recentemente, no entanto, deu aval a Guedes para falar sobre o tema. “O que eu falei com o Paulo Guedes, você fala CPMF, né, pode ser o imposto que você quiser, tem que ver por outro lado o que vai deixar de existir”, disse no último domingo (2).

“Se o povo não quiser, […] se não quiser mexer, deixa como está”, afirmou Bolsonaro.
Nesta quarta, Guedes aproveitou para rebater uma fala recente do relator da reforma tributária, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), que chamou de medieval a ideia de criar um novo imposto durante live promovida pelo jornal Valor Econômico.

“O relator Aguinaldo cometeu um excesso. Parece que já existia tudo isso na Idade Média, os bispos e padres nas catedrais góticas já usavam Netflix, Google, Waze. Foi um exagero que ele cometeu”, disse o ministro. Guedes ainda fez outra crítica aos parlamentares ao contestar as metodologias adotadas por algumas das propostas. “Nós achamos, por exemplo, que o cálculo de 25% que está colocado lá para substituir ICMS, ISS e PIS/Cofins é impróprio”, disse.

Segundo ele, o cálculo do governo estimava que a superposição de impostos daria uma alíquota superior a 30%. “O que é muito ruim. Nós não queremos impostos tão altos.”
O ministro defendeu que todas as metodologias de cálculo sejam disponibilizadas para “ver quem é que está calculando corretamente, quem é que está calculando inadequadamente”. A uniformização, disse, é importante para embasar as críticas às propostas.

“Porque senão é muito fácil você também falar ‘olha, isso aí está errado, tem que fazer isso, tem que fazer aquilo’. Qual é a sua metodologia de cálculo?”, questionou. “Isso é bom para todos nós, nós todos vamos simular melhor todas as propostas”, afirmou Guedes, que prometeu tornar as contas do governo transparentes.

“E se for possível, por algum erro nosso, baixar para 10%, para 9%, para 8%, é o que nós queremos”, afirmou. “É um compromisso nosso, se realmente aumentar a arrecadação, se a gente arrecadar mais do que está achando, nós vamos reduzir a alíquota. Todo aumento de arrecadação que tiver nós queremos reduzir a alíquota”.

A crise também atinge as universidades particulares; setor segue sem data definida para reaberturaPor Natália Hermosa – Rádio Jornal / Foto: reprodução

As salas de aulas das instituições de ensino de Pernambuco estão vazias há quatro meses. Com as aulas suspensas desde o início da pandemia do novo coronavírus, as escolas particulares do estado estão enfrentando um desafio e tanto para se manterem com as contas em dia.

Em um colégio que fica no bairro no Parnamirim, em Recife, 30% dos pais cancelaram as matrículas. Um percentual considerado bem razoável, diante da realidade de outras escolas, mas, com um detalhe: os pais que decidiram ficar ganharam um desconto de 50% na mensalidade.

Uma iniciativa ousada, mas a única encontrada por Flávia Lyra, que é a dona da escola. No final do ano passado, ela investiu mais de R$ 300 mil nas obras de ampliação da unidade. Segundo ela, estava tudo correndo bem, até a chegada da pandemia. “Foi difícil, está sendo difícil. Pelo menos a gente está conseguindo manter as contas pagas. Várias escolas de colegas meus fecharam as portas porque não tinha recurso em caixa para isso e tiveram realmente que fechar as portas”, relatou Flávia.

A empresária revelou ainda que foi graças à iniciativa de reduzir o valor da mensalidade que ela conseguiu manter os pais adimplentes. E, assim, continuar com as obras, com a escola aberta e com a equipe de funcionários.

A expectativa agora é pelo retorno às aulas. Os trabalhos para se adequar à nova realidade estão a todo vapor. Desde a instalação de pias, dispense com álcool em gel e tapetes sanitizantes. Porém, nem todos os empresários do setor podem dizer o mesmo. Muitos colégios particulares estão em crise financeira, é o que lamenta o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Pernambuco, José Ricardo Diniz.

“Das 2.400 escolas que temos em Pernambuco. 80% são dessas escolas que têm até 250 alunos. Delas, nós vamos ter metade que não retornaram às atividades presenciais. Como fica o restante das escolas particulares? O esforço que todas elas desenvolveram para cumprir as determinações, os protocolos.”

A crise na educação, provocada pela pandemia do novo coronavírus, não se restringe apenas às escolas. As universidades também passam por dificuldades, é o que alerta o empresário Rodrigo Bauier. “A gente têm ai como consequência que uma previsão de que 30% das instituições de ensino superior do Brasil, sobretudo as menores, aquelas que têm um caixa menos protegido podem acabar encerrando as suas atividades.”

O decreto que suspende as atividades presenciais nas escolas das redes pública e privada, além de faculdades e univesidades de Pernambuco por causa do novo coronavírus têm validade até o dia 31 de julho.

Renato Barros, vocalista da banda Renato e Seus Blue Caps, morreu nesta terça-feira (28), aos 76 anos, no Hospital de Clínicas de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. Ele estava internado havia 10 dias, após uma cirurgia cardíaca, e teve complicações pulmonares.

Durante a cirurgia, o cantor já havia apresentado problemas e chegou a ficar 30 minutos sem as funções vitais.

Nos anos 1960, a banda fez sucesso com hits como “Até o fim”, ” Menina Linda “, “Não te esquecerei” e “Feche os Olhos”.

Em entrevista à GloboNews em 2012, Renato contou como surgiram os sucessos inspirados nos Beatles. Segundo ele, o produtor musical Carlos Imperial pedia para que eles aprendessem a tocar as músicas da banda inglesa de um dia para o outro.

“A gente não sabia falar inglês e não conseguia decorar as letras, o jeito era inventar em português.. Foi assim que começamos a fazer as versões das músicas dos Beatles”, conta.

Renato Barros amava Pernambuco. E fez uma homenagem ao Sport. É dele a música do fim dos anos 1970 Treme Terra – “Chegando lá na Ilha do Retiro” –  cantada até hoje.

Dólar fecha com leve queda após dados positivos no Brasil

O dólar comercial encerrou esta terça-feira (28) vendido a R$ 5,157, com queda de apenas R$ 0,001 (-0,02%). (Foto: Reprodução)

Num dia de muita oscilação no mercado financeiro, o dólar fechou praticamente estável, depois de chegar a subir quase 1% durante a sessão. A bolsa de valores caiu 0,35%, em meio à realização de lucros, quando investidores vendem papéis para embolsarem ganhos dos dias anteriores.

O dólar comercial encerrou esta terça-feira (28) vendido a R$ 5,157, com queda de apenas R$ 0,001 (-0,02%). Na máxima do dia, por volta das 10h40, a cotação chegou a bater em R$ 5,205, mas recuou nas horas seguintes. A divisa acumula alta de 28,52% em 2020.

Divulgação de dados

A moeda norte-americana começou a recuar depois de o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostrar desaceleração no ritmo de perdas de postos de trabalho com carteira assinada em junho ante os meses anteriores. No mês passado, houve o fechamento de 10.984 vagas formais de trabalho no mês passado, bem abaixo dos números de março (-259.917), abril (-918.286) e maio (-350.303).

A melhora em alguns indicadores recentes pode fazer o Banco Central (BC) desistir de cortar a taxa Selic (juros básicos da economia) em 0,25 ponto percentual na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) na próxima semana. A interrupção dos cortes nos juros estanca a fuga de capitais financeiros do país. Atualmente, a Selic está em 2,25% ao ano, no menor nível da história.

Também hoje, o Banco Central divulgou que o Brasil registrou, em junho, superávit de US$ 2,2 bilhões, o melhor resultado da história para o mês. Os investimentos estrangeiros diretos no país somaram US$ 4,754 bilhões no mês passado. Esses fluxos ajudam a compensar a retirada de capitais financeiros do país nos últimos meses, reduzindo a pressão sobre o dólar.

Bolsa

O Ibovespa, principal índice da B3 (a bolsa de valores brasileira), fechou em leve queda nesta terça, com a hesitação nas bolsas no exterior e com movimentos de realização de lucros. O indicador fechou aos 104.109 pontos, com recuo de 0,35%, depois de alternar altas e baixas ao longo do dia.

As negociações em torno do novo pacote de estímulos à economia norte-americana contribuíram para as oscilações no mercado financeiro. Os senadores republicanos anunciaram ontem (27) uma ajuda adicional de US$ 1 trilhão para enfrentar a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

A proposta provocou reação dos democratas, que a consideraram tímida em comparação com a proposta de US$ 3 trilhões aprovada na Câmara dos Deputados em maio, e de alguns republicanos, que a consideraram muito cara.

O impasse interferiu nos mercados norte-americanos. O índice Dow Jones, da bolsa de Nova York, fechou esta terça com recuo de 0,77%. O enfraquecimento da confiança do consumidor norte-americano, segundo indicadores divulgados hoje, também pesou nas negociações.

 

Pernambuco é o 2º estado do país em número de leitos abertos para enfrentar a Covid-19

Estudo do Conselho Federal de Medicina estabeleceu um ranking de ampliação de leitos no Brasil.  São Paulo aparece em primeiro

O Conselho Federal de Medicina publicou um estudo que analisou o número de leitos nos estados e capitais brasileiros entre fevereiro e junho de 2020.

Pelo levantamento, Pernambuco aparece como o segundo estado brasileiro em ampliação da rede hospitalar. São 2.697 novos leitos criados em função do enfrentamento da Covid-19. O estado de São Paulo contabilizou 5.354.

“Isso só foi possível, graças não só ao esforço dos profissionais da Secretaria Estadual de Saúde, mas também de várias áreas do governo que se engajaram no nosso Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 e realizaram a maior operação logística e sanitária da história da saúde pública pernambucana e, agora, comprovadamente, uma das maiores do país”, avaliou o governador Paulo Câmara.

Assim como o estado de Pernambuco, o Recife só perdeu para o município de São Paulo em número de leitos abertos durante a pandemia. “A melhor notícia em relação a todos esses leitos é que a taxa de ocupação deles está há quase dois meses abaixo de 80%, mesmo com o Plano de Convivência com a Covid-19 tendo avançado até a etapa 6, na Região Metropolitana, na Zona da Mata e em parte do Agreste”, completou o governador. O estudo do Conselho Federal de Medicina está disponível na página oficial do órgão: portal.cfm.org.br.

Nesta sexta-feira(24), o balanço diário do Ministério da Saúde sobre os números da covid-19 trouxe 55.891 novos casos registrados nas últimas 24 horas. Ontem (23), o painel marcou 59.962 novos diagnósticos acrescidos às estatísticas e na quarta-feira(22), 67.860. No total, o Brasil chegou a 2.343.366 de pessoas infectadas notificadas desde o início da pandemia.

Já o número de novas mortes por causa da covid-19 registradas nas últimas 24 horas foi de 1.156. O total de óbitos desde o início da pandemia é de 85.238. Ainda há 3.741 óbitos em investigação.

De acordo com o Ministério da Saúde, 655.847 pacientes estão em acompanhamento. Outras 1.592.281 pessoas já se recuperaram da doença.

Covid-19 nos estados

Os estados com mais registro de mortes por covid-19 são: São Paulo (21.206), Rio de Janeiro (12.654), Ceará (7.426), Pernambuco (6.237) e Pará (5.646). As Unidades da Federação com menos falecimentos pela pandemia são: Mato Grosso do Sul (281), Tocantins (334), Roraima (465), Acre (480) e Amapá (552).

Os estados com mais casos confirmados da doença são: São Paulo (452.007), Ceará (156.242), Rio de Janeiro (151.549), Pará (144.467) e Bahia (138.358). As Unidades da Federação com menos pessoas infectadas registradas são: Acre (18.393), Tocantins (19.965), (19.423), Mato Grosso do Sul (20.303), Roraima (28.874) e Rondônia (34.873).

MS-Covid-19

Agência Brasil

As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais. O balanço é fechado diariamente às 20h.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 1.052. (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — O Brasil registrou recorde de número de novos casos nesta quarta-feira (22). Foram registradas 65.339 infecções nas últimas 24 horas, o que elevou o número total para 2.231.871. O número de mortes se manteve acima de mil, com 1.293. Com isso, os óbitos chegaram 82.867.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo, G1 e UOL para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais. O balanço é fechado diariamente às 20h.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

O volume registrado às segundas tende a ser baixo, porque laboratórios têm atividade menor aos fins de semana. Já a média móvel para a segunda-feira considera também os dados dos seis dias anteriores, uma informação mais estável.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 1.052.

O Piauí não enviou dados atualizados de casos até o fechamento do balanço.

O Brasil tem uma taxa de cerca de 39,6 mortos por 100 mil habitantes. Os Estados Unidos, que têm o maior número absoluto de mortos, e o Reino Unido, ambos à frente do Brasil na pandemia (ou seja, começaram a sofrer com o problema antes), têm 43,7 e 68,6 mortos para cada 100 mil habitantes, respectivamente.

Na Argentina, onde a pandemia desembarcou nove dias mais tarde que no Brasil e que seguiu uma quarentena muito mais rígida, o índice é de 5,6 mortes por 100 mil habitantes.

O Ministério da Saúde informou, nesta quarta, que o Brasil registrou 67.860 casos de contaminação pelo novo coronavírus e 1.284 mortes em decorrência da Covid-19 nas últimas 24 horas.

O total já chega a 82.771 mortes e 2.227.514 casos pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Petrolina e Serra Talhada ganham hospitais no próximo sábado

Os Hospitais de Campanha de Serra Talhada e de Petrolina, no Sertão, serão inaugurados no próximo sábado (25), segundo informou ontem o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, em coletiva de imprensa transmitida pela internet.

Para a abertura de novos leitos, o governador Paulo Câmara visitará a região, que atualmente passa por alta de casos e óbitos por Covid-19. Em Serra Talhada, serão colocadas em funcionamento 158 vagas, sendo 30 de unidade de terapia intensiva (UTI). “O Estado vive um cenário epidemiológico heterogêneo. Há uma tendência de resolução no Recife, mas há fases diferentes (da epidemia) no Agreste, no Sertão Central e no São Francisco. Hoje temos maior preocupação com essas regiões, que carecem de cautela. Estamos acompanhando cada uma delas semanalmente”, disse Longo.

Atualmente Petrolina contabiliza 2.132 casos de Covid-19. Desse total, 168 são de reeducandos da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes. Além disso, o município totaliza 47 mortes em decorrência de complicações da doença.

A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI da rede pública é de 54%. Dos 50 leitos disponíveis, 27 estão ocupados, sendo que 12 pacientes são de moradores de Petrolina e 15 de pessoas residentes em outras cidades da região. Até o próximo dia 26, Petrolina passa por uma série de medidas rígidas de isolamento social para reduzir o número a velocidade de transmissão da Covid-19.

Vacina contra covid-19 poderá ser vendida a R$ 15 antes do fim de 2020
Executivos e políticos russos já receberam a vacina contra covid ...

A vacina contra o coronavírus (covid-19) desenvolvida pela Universidade de Oxford com a AstraZeneca será vendida “a preço de custo”, de acordo com o diretor do laboratório farmacêutico britânico.

A expectativa é realizar a entrega antes do fim do ano. De acordo com o diretor-geral da AstraZeneca, Pascal Soriot, a meta é fornecer a vacina sem lucro: “Nosso objetivo é fornecer a vacina para o mundo inteiro, temos uma meta que também é fazer isso sem lucro, ou seja, entregaremos a vacina a preço de custo em todo o mundo”.

No Brasil, o preço de custo ficaria aproximadamente R$ 15. “A preço de custo, será em torno de 2,5 euros por unidade”, completou.

O grupo Johnson & Johnson disse que prefere fazer o mesmo. Pfizer, Merck e Moderna anunciaram nessa terça-feira (21) que não venderão suas vacinas a preço de custo.

Os primeiros testes da vacina AstraZeneca produziram uma resposta imune e provaram ser seguros. A eficácia será testada em um estudo com um número maior de participantes. Estão sendo produzidas vacinas em muitas regiões para que elas estejam disponíveis para o uso.

Em Wuhan, na China, um outro projeto de vacina está sendo realizado e os resultados são encorajadores durante os primeiros ensaios clínicos.

Ministério da Saúde gastou menos de um terço da verba para Covid, diz TCU

Nove militares são nomeados para o primeiro escalão do Ministério ...

O Ministério da Saúde gastou apenas 29% da verba emergencial prevista para combater o novo coronavírus a partir de março, aponta auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União).

Dos R$ 38,9 bilhões prometidos por meio de uma ação orçamentária específica criada em março, mês em que a OMS (Organização Mundial e Saúde) anunciou a pandemia, R$ 11,4 bilhões saíram dos cofres federais até 25 de junho –quando já havia 55 mil mortos e 1,2 milhão infecções notificadas no país.

Os valores foram anunciados por meio de medidas provisórias que abriram créditos extraordinários, com o objetivo de fortalecer o atendimento ambulatorial e hospitalar.

Tanto as despesas feitas diretamente pelo ministério quanto as realizadas por meio de transferência a estados e municípios ficaram muito aquém do prometido.

Cartórios registram aumento de 18,7% nos divórcios durante a pandemia

Pandemia: aumento nos pedidos de divórcio | Jornal Contábil - Com ...

O número de divórcios consensuais realizados pelos cartórios de notas do país, durante a quarentena decretada pela pandemia do novo coronavírus, entre os meses de maio e junho deste ano, aumentou 18,7%. O aumento coincide com a autorização nacional para que divórcios, inventários, partilhas, compra e venda, doação e procurações possam ser feitos de forma remota, por videoconferência por meio da plataforma e-Notariado.

Desde maio, o Provimento nº 100, editado pela Corregedoria Nacional de Justiça, disciplinou a realização de atos à distância pelos cartórios de notas de todo o país. Desta forma, atos de divórcios consensuais e que não envolvam menores passaram a ser resolvidos de forma mais prática e rápida, sem a necessidade de deslocamentos ou encontros entre as partes, ao mesmo tempo ou em momentos distintos, utilizando inclusive o aparelho celular.

Números – Em números absolutos, os divórcios consensuais passaram de 4.471 em maio para 5.306 em junho de 2020. Houve crescimento em 24 estados brasileiros, especialmente no Amazonas (133%), Piauí (122%), Pernambuco (80%), Maranhão (79%), Acre (71%) Rio de Janeiro (55%) e Bahia (50%). Segundo o levantamento, apenas três unidades federativas não viram crescimento neste período: Amapá, Mato Grosso e Rondônia.

 

Dois vereadores do Cabo de Santo Agostinho são presos em operação da Polícia Civil

Operação cumpre 32 mandados no Cabo de Santo Agostinho contra ...

A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou, na manhã desta quarta-feira (22), a 29º Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada “Rateio”. Dois vereadores do Cabo de Santo Agostinho foram presos na ação.

Um mandado de prisão preventiva foi cumprido, o do vereador do Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife, afiliado ao PSB, Flávio Avilo da Silva Leite de 44 anos, conhecido como “Flávio do Fórum”. Na casa do vereador, foi encontrado uma sacola com dinheiro que não teve o valor revelado pela polícia. Flávio teve seus bens e documentos apreendidos e foi levado à Dracco.

Outro alvo da investigação é o também vereador Vicente Mendes Silva Neto, o “Neto da Farmácia”. Ele é presidente da Câmara dos Vereadores e teve busca e apreensão realizadas em sua residência.

Iniciada em junho de 2019, a operação teve como objetivo identificar integrantes de grupo criminoso, voltado à prática dos seguintes crimes: peculato, falsidade documental, organização criminosa, e frustração de direitos trabalhistas.

Segundo as investigações, a organização se apropriava de parte dos salários dos funcionários, não realizava o pagamento do décimo terceiro, e subtraia as férias.

Ordens judiciais – Nesta quarta-feira (22), foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão domiciliar, e quatro de medidas cautelares diversas da prisão. Também foram executados um afastamento de cargo político, oito afastamentos de cargos comissionados, decisão de sequestro de veículos e bloqueio de bens.

Ao todo, 102 policiais civis participaram da operação, entre delegados, agentes e escrivães.

A Operação foi coordenada pela Diresp e supervisionada pela Chefia de Polícia. As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (Dintel).

Por meio de nota o vereador Vicente Mendes, afirmou que recebeu a notícia do mandado de prisão com “tranquilidade”. Ele se reuniu com sua assessoria jurídica para tomar conhecimento da situação e tomar as “medidas cabíveis”. Mendes ainda reforçou que irá cooperar com a justiça para esclarecimento dos fatos investigados.

Confira a nota íntegra:

O Presidente da Câmara Municipal do Cabo de Santo Agostinho, Vereador Neto da Farmácia, recebeu com tranquilidade a notícia da operação da Polícia Civil de Pernambuco, iniciada hoje (22) pela manhã, que apura possível irregularidade relacionada ao gabinete de outro Vereador da casa.

A operação se estendeu ao seu gabinete provavelmente em razão dele ser o atual Presidente da Casa Legislativa, nada mais. O Vereador está reunido com sua assessoria jurídica para tomar conhecimento dos detalhes da ação e adotar as medidas cabíveis.

Neto informa, ainda, que irá cooperar com a justiça no que for preciso para o esclarecimento dos fatos investigados.

Câmara dos Deputados aprova PEC do novo Fundeb em 2º turno

Câmara dos Deputados tem a maior renovação dos últimos 20 anos ...

A Câmara dos Deputados aprovou em segundo turno, nessa terça-feira (21), por 492 votos favoráveis, seis contrários e uma abstenção, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que torna o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) permanente (PEC 15/15).

Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição, o texto precisa ser aprovado por três quintos dos deputados, o que correspondente a 308 votos favoráveis, em dois turnos de votação. Em seguida, o texto segue para apreciação do Senado, onde também deve ser analisado em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 senadores.

Embora todos os partidos tenham orientado favoravelmente ao texto da PEC, votaram contra o projeto, em segundo turno, os parlamentares Bia Kicis (PSL-DF), Chris Tonietto (PSL-RJ), DR Zacharias Calil (DEM-GO), Filipe Barros (PSL-PR), Paulo Martins (PSC-PR),Junio Amaral (PSL-MG) e o deputado Márcio Labre (PSL-RJ) se absteve.

A Voz do Brasil faz 85 anos

 (Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil)

O programa de rádio A Voz do Brasil completa 85 anos nesta quarta-feira (22). Idade avançada para pessoas e para instituições no Brasil. Uma frase atribuída a Leonardo da Vinci, que morreu idoso para o seu tempo (aos 67 anos), sentencia que “a vida bem preenchida torna-se longa”.

Em oito décadas e meia, A Voz do Brasil preencheu a vida dos ouvintes com notícias sobre 23 presidentes, em mandatos longínquos ou breves. Cobriu 12 eleições presidenciais, e manteve-se no ar durante a vigência de cinco constituições (1934, 1937, 1946, 1967 e 1988).

O programa cobriu a deposição dos presidentes Getúlio Vargas (1945) e João Goulart (1964), o suicídio de Vargas (1954), a redemocratização do país em dois momentos (1946 e 1985), o impeachment e renúncia de Fernando Collor (1992) e o impeachment de Dilma Rousseff (2016).

Além de notícias dos palácios do governo federal, A Voz do Brasil levou aos ouvintes informações sobre a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). O programa narrou as conquistas do país em cinco Copas do Mundo e a derrota em duas – a mais traumática em 1950. A Voz registrou a inauguração de Brasília (1960) e cobriu a morte de ídolos como Carmen Miranda (1955) e Ayrton Senna (1994).

Pelo rádio, e pela A Voz do Brasil, muitos brasileiros souberam da invenção da pílula anticoncepcional (1960), da descida do homem na Lua (1969), dos primeiros passos da telefonia móvel (1973), da queda do Muro de Berlim (1989) e da clonagem da ovelha Dolly (1998).

Idosa de 100 anos vence a Covid-19 e deixa Hospital de Clínicas em Campina Grande sob aplausos e distribuindo beijos

Ela passou 25 dias internada no Hospital de Clínicas de Campina Grande. Chegou a ocupar a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por sete dias, mas depois continuou o tratamento na enfermaria.

Dona Joana saiu do hospital sob aplausos dos profissionais de Saúde e ao som da música ‘We Are The Champions’ (Nós somos campeões). (Foto: Divulgação/Ascom Hospital de Trauma de Campina Grande)

Uma idosa de 100 anos venceu a Covid-19 e recebeu alta médica do Hospital de Clínicas de Campina Grande, nesta quarta-feira (22). Feliz, ele saiu acenando para a equipe e soltando ‘beijinhos’. “Eita, coisa linda. Beijo, dona Joana”, disse um dos profissionais de Saúde que esteve ao lado da dona Joana Gomes, na despedida.

Ela passou 25 dias internada no Hospital de Clínicas de Campina Grande. Chegou a ocupar a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por sete dias, mas depois continuou o tratamento na enfermaria, segundo informou ao ClickPB o diretor técnico da unidade, o médico Jhony Bezerra. Hoje dona Joana voltou para casa, no bairro Santa Rosa.

Ela saiu do hospital sob aplausos dos profissionais de Saúde e ao som da música ‘We Are The Champions’ (Nós somos campeões).

“Eu sou Sônia, filha de dona Joana, que tem 100 anos. Venho agradecer ao Hospital de Clínicas pelo atendimento e por tudo aquilo que eles fizeram por minha mãe. Só tenho a agradecer pelo empenho e pela comunicação que eles tiveram com a família”, disse a filha de dona Joana.

Afogados FC joga a quartas de final no domingo a noite em rodada dupla na Arena de Pernambuco

Após o encerramento da primeira fase do Campeonato Pernambucano, restam apenas 12 jogos para o término do Estadual. E dois deles acontecem já neste domingo (26), conforme oficializado nesta terça-feira pela Federação Pernambucana (FPF). Em rodada dupla na Arena de Pernambuco, o Náutico enfrenta o Central, enquanto o Retrô joga contra o Afogados FC, em partidas válidas pela fase de quartas de final.

A rodada será iniciada às 16 horas, com o jogo do Timbu, que voltará a mandar um jogo na Arena de Pernambuco, um ano e meio após deixar de utilizar o estádio da Copa como sua casa principal. Quatro horas depois, às 20hs, o Retrô entrará em campo, como mandante, enfrentando o Afogados. O time de Camaragibe é o único classificado que já realizava suas partidas em São Lourenço da Mata.

O vencedor da primeira partida enfrentará o Santa Cruz na semifinal do Estadual, enquanto quem ganhar na outra chave, jogará contra o Salgueiro.

Inicialmente, as partidas estão previstas para a quarta-feira seguinte, dia 29, mas o planejamento pode ser alterado de acordo com o andamento da Copa do Nordeste, como alertou o presidente da entidade, Evandro Carvalho. “Está tudo indo dentro do normal. Agora é aguardar o andamento da Copa do Nordeste, para saber quais são os clubes que ficam, se todos ficam, se algum não fica, para a gente reformar a nossa tabela. Porque eu só posso fazer a tabela do Estadual, depois que a CBF libera a da Copa do Nordeste, ela tem a questão legal (jurídica) de dar as datas”, explicou Evandro Carvalho.

Quadrangular

A FPF também definiu o início da disputa do quadrangular do rebaixamento, que contará com a presença do Sport. O quadrangular do rebaixamento será iniciado na próxima segunda-feira (27). Ainda sem definições de horário e local das partidas, o Leão estreia contra o Vitória das Tabocas, enquanto Petrolina e Decisão formam a outra partida. As outras rodadas ainda não foram divulgadas pela Federação, mas pela previsão inicial, o Sport, na segunda rodada, enfrenta o Decisão e conclui a participação no Pernambucano contra o Petrolina

 Serra Talhada chega a 1.579 casos de Covid-19

Fila na Caixa Econômica em Serra Talhada / Foto: reprodução

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada informa que foram registrados 50 casos positivos de Covid-19 nesta quarta-feira (22/07), totalizando 1.579 casos. O número de casos suspeitos subiu para 60 e o de casos descartados subiu para 4.750.

Quanto à evolução dos casos confirmados, o município tem 1.157 pacientes recuperados, 394 em tratamento domiciliar, 09 em leitos de internamento e 19 óbitos. Quanto aos profissionais de saúde contaminados, 65 estão recuperados e 17 em isolamento.

O boletim diário, portanto, fica com 1.579 casos confirmados, 60 casos suspeitos, 1.157 recuperados, 4.750 descartados e 19 óbitos.

 

A Prefeitura de Petrolina começou mais uma semana dando sequência ao trabalho de intensificação dos testes rápidos para detectar a covid-19. Só nesta última  segunda-feira (20) foram realizados 737 testes, com 99 positivos. O município também recebeu 22 confirmações por meio de exames laboratoriais. Dos testes, são 53 pessoas do sexo feminino com idades entre 6 a 81 anos, e 46 do sexo masculino, entre 01 a 68 anos. Dos exames laboratoriais são 11 pacientes do sexo masculino, entre 33 a 80 anos, e 11 do sexo feminino entre 10 meses de vida e 81 anos.

Com esses 121 novos casos, Petrolina contabiliza 2.066 registros até o momento – destes, 168 são detentos da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes. Do total de positivados, 1.617 foram confirmados por testes rápidos da prefeitura e 499 diagnosticados através de exames laboratoriais. As curas clínicas aumentaram para 771.

Petrolina tem mais três óbitos por covid-19, mas todos ocorreram na semana passada e só foram confirmados nesta segunda-feira com o recebimento dos respectivos exames analisados pelo Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE). O primeiro é de uma criança de 10 meses de vida que faleceu no dia 15.  Um idoso de 80 anos que veio a óbito no mesmo dia também estava positivado. O terceiro registro é de um homem de 55 anos, que faleceu no dia 17. Com isso, o total de óbitos subiu para 46.

A prefeitura aguarda os resultados de exames coletados de três pessoas que faleceram em Petrolina e foram notificadas como Síndrome Respiratória Guarda Grave (SRAG). Um ocorreu nesta segunda-feira. Era um idoso de 76 anos. Os outros dois óbitos foram registrados nos dias 17 e 18, ambos de pacientes do sexo masculino, sendo um de 85 e outro de 44 anos.

Internamentos

A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI da rede pública é de 60%. Dos 50 leitos disponíveis, 30 estão ocupados, sendo que 13 pacientes são de Petrolina e 17 de outras cidades da região. Os dados completos seguem em anexo.

Taxa de ocupação de leitos 20.07.2020 (1)

Ascom PMP

As dezenas sorteadas foram: 14 – 27 – 35 – 40 – 50 – 55. Quina teve 43 apostas ganhadoras e cada uma leva R$ 52.989,08.

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.281 da Mega-Sena, realizado na cidade de São Paulo, neste sábado (18). O prêmio acumulou em R$ 29 milhões.

Veja as dezenas sorteadas: 14 – 27 – 35 – 40 – 50 – 55.

A Quina saiu para 43 apostas e cada uma vai receber R$ 52.989,08. Outras 2.462 apostas acertaram a Quadra e levam R$ 1.322,11 cada.

O próximo concurso (2.282) será nesta quarta-feira (22).

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

A Secretaria Estadual de Administração homologou o resultado final do concurso público da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro). As vagas são distribuídas em diversos municípios pernambucanos, como a capital Recife, Caruaru, no Agreste do Estado e Petrolina, no Sertão. A lista dos aprovados está disponível no site da Universidade de Pernambuco (UPE), responsável pela realização do certame e na edição do Diário Oficial dessa quinta-feira (16).

Serão nomeadas 90 pessoas para o cargo de assistente de Defesa Agropecuária, nível técnico, e 50 para o cargo de fiscal Estadual Agropecuário, nível superior, sendo 40 da área de Medicina Veterinária e 10 da área de Agronomia. 

Todos terão um expediente de 40 horas semanais. A remuneração de assistente de Defesa Agropecuária é de R$ 2.601,93 e de Fiscal Agropecuário de R$ 4.860,21. 

O concurso foi realizado em 3 de fevereiro de 2019 por mais de 10.425 inscritos, por meio de uma prova objetiva. O prazo para a homologação do certame era de dois anos. 

Veja as lotações dos cargos

Fiscal Estadual Agropecuário:

Medicina Veterinária: Caruaru (02 vagas), Garanhuns (05 vagas), Ouricuri (06 vagas), Palmares (04 vagas), Petrolina (02 vagas), Recife (01 vaga), Salgueiro (02 vagas), Sanharó (09 vagas), Serra Talhada (04 vagas), Sertânia (03 vagas) e Surubim (02 vagas).

Fiscal Estadual Agropecuário:

Agronomia: Caruaru (01 vaga), Recife (05 vagas), Palmares (01 vaga) e Petrolina (03 vagas).

Assistente de Defesa Agropecuária:

Caruaru (06 vagas), Garanhuns (11 vagas), Ouricuri (07 vagas), Palmares (06 vagas), Petrolina (04 vagas), Recife (08 vagas), Salgueiro (05 vagas), Sanharó (14 vagas), Serra Talhada (09 vagas), Sertânia (11 vagas) e Surubim (09 vagas).

 

A PF pediu o acesso às informações do Facebook após a exclusão das contas inautênticas, conforme antecipou a Folha de S.Paulo.

O levantamento teve acesso a nomes e identidades das pessoas que registraram as contas falsas. (Foto: Reprodução)

 O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), autorizou a Polícia Federal a acessar informações de uma investigação do Facebook sobre perfis nas redes sociais ligados ao PSL e a gabinetes da família Bolsonaro. Essa apuração resultou na remoção de uma série de contas.

A decisão de Moraes é da semana passada e, a partir dela, os dados reunidos pela empresa poderão ser utilizados em dois inquéritos, o das fake news e da dos atos antidemocráticos. Ambos relatadas pelo ministro, as investigações correm sob sigilo no Supremo.

A PF pediu o acesso às informações do Facebook após a exclusão das contas inautênticas, conforme antecipou a Folha de S.Paulo.

Os investigadores querem ter acesso a todos os dados da apuração privada realizada pela empresa. A pesquisa da rede social ligou um assessor do Planalto, Tércio Arnaud Tomaz, a ataques contra opositores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).
A polícia argumentara no pedido, assinado pela delegada Denisse Dias Ribeiro, que a determinação à rede social deveria ocorrer de maneira urgente, para que as pessoas envolvidas com as contas removidas não tenham tempo de se desfazer dos dados.

Levantamento do Laboratório Forense Digital do Atlantic Council em parceria com o Facebook apontou a ligação direta de Tomaz, assessor especial de Bolsonaro, com um esquema de contas falsas nas redes sociais.

Tomaz é apontado como responsável por parte dos ataques a opositores do presidente da República, como ao ex-ministro Sergio Moro na sua saída do governo e a integrantes de outros Poderes, e por difundir desinformação em temas como a Covid-19. Mais recentemente, as contas atacaram o STF e o Congresso Nacional.

“Os dados mostram uma rede conectada a Bolsonaro e aliados dele, usando funcionários do governo e de deputados, dedicada a manipular informação e criar narrativas, com ataques a opositores”, diz Luiza Bandeira, pesquisadora do Digital Forensic Research Lab do Atlantic Council e uma das autoras do levantamento.

Além de Tomaz, cinco ex e atuais assessores de legisladores bolsonaristas, entre eles um funcionário do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), foram identificados como conectados à operação de desinformação no Facebook e no Instagram.

O levantamento teve acesso a nomes e identidades das pessoas que registraram as contas falsas. Muitos dos posts eram feitos no horário de expediente.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!