Pesquisa

O Múltipla aferiu a corrida eleitoral para a Câmara de Afogados da Ingazeira.

Como costuma destacar o Diretor do Instituto Ronald Falabella, é sempre um cenário mais difícil de ser aferido, principalmente considerando a margem de erro.

De toda forma, o dado encontra-se no Relatório anexo. O Múltipla é o único instituto que disponibiliza seu relatório completo: Clik aqui e confira relatório completo da pesquisa em Afogados da Ingazeira  blogmarcosmontinely

Via blog Nill Jr.

O vice-prefeito e candidato à prefeitura de Afogados da Ingazeira, Alessandro Palmeira (PSB) lidera as intenções de voto no município de acordo com a primeira pesquisa do Instituto Múltipla para este blog.

Ele tem na pesquisa estimulada, em que são oferecidas as opções para o eleitor 42,7%. O segundo colocado é o ex-presidente da Câmara e candidato do Podemos, José Negão, que aparece com 23% dos votos.

O Capitão Sidney Cruz, do PSC, vem na sequência, com 3,7%. Declararam voto branco ou nulo, 4%. O número de indecisos ainda é alto, 22,3%. Não opinaram, 4,3%.

Na pesquisa espontânea, em que não são oferecidas opções para o eleitor, Sandrinho tem 35%, contra 11,7% de Zé Negão. Neste cenário, onde não são apresentadas opções para o eleitor, Capitão Sidney tem 1,7%, são 29,3% indecisos, 17,7% não opinaram, 4,3% disseram votar branco ou nulo e 0,3% citaram outro nome.

No item rejeição, Zé Negão tem 46,7%, Capitão Sidney 28,7% e Sandrinho, 27,3%.

Estimulada

Espontânea

Rejeição dos candidatos

Aprovação de Patriota: principal cabo eleitoral do candidato socialista, o prefeito José Patriota (PSB) tem aprovação de 75,3%. Um total de 15,3% desaprovam e 9,3% não opinaram. Quando a população é chamada a classificar a gestão, 16,7% consideram o governo ótimo, 48% dizem que é bom, 28,3%, regular, 3% o colocam como ruim, 3,7% como péssimo e 0,3% não opinaram.

A pesquisa foi registrada sob o número de identificação PE-02241/2020. Foram 300 entrevistas realizadas no dia 09 de outubro. A margem de erro é de 5,7% para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

Nome da entidade que realizou a pesquisa: André Cavalcante Falabella LTDA – nome de fantasia: Instituto de pesquisa Múltipla. Nome do contratante: André Cavalcante Falabella LTDA – nome de fantasia: Instituto de pesquisa Múltipla. Observação: A soma das respostas que não totalizarem 100% são decorrentes de arredondamento do programa. via Nill

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta segunda (05) foram registrados 09 casos para covid-19 em nosso município. Todos já estavam em investigação. 
São 08 pacientes do sexo feminino, com idades de 14, 20, 22, 25, 34, 36, 44 e 67 anos; e 01 do sexo masculino, de 32 anos. As mulheres são: 03 agricultoras, 02 de profissão não informada, 01 estudante, 01 aposentada e 01 dona de casa. O homem é biomédico. 
Entram em investigação os casos de 11 mulheres, com idades entre 05 e 53 anos; e os de 04 homens, com idades entre 17 e 61 anos. 
Hoje, 23 pacientes apresentaram resultados negativos para covid-19. 
Nesta segunda, 33 pacientes apresentaram cura após avaliação clínica e epidemiológica. O município atingiu a marca de 789 pessoas recuperadas (92,49%) para covid-19 em nosso município. Atualmente, 51 casos estão ativos. 
Afogados atingiu a marca de 4.469 pessoas testadas para covid-19. 
Semana Epidemiológica: 
Na última SE 41 foram detectados 62 casos para covid-19. Pela primeira vez, conseguimos encerrar todos os casos da semana dentro do período da análise. Ao analisar às últimas 05 semanas, nota-se uma tendência de estabilidade. Avaliação de casos por SE: SE 36 (107), SE 37 (75), SE 38 (66), SE 39 (46) e SE 40 (62). Ao avaliar a média móvel, durante as semanas epidemiológicas em questão, nota-se um cenário estável, o qual irá ser observado durante as próximas semanas. Média Móvel: SE 36 (15,28), SE 37 (10,71), SE 38 (9,42), SE 39 (6,57) e SE 40 (8,85).

São José do Egito registra mais 4 novos casos positivos para covid-19

Nessa segunda-feira (5), nossas unidades de saúde realizaram 36 testes para detecção do novo coronavírus, até o momento, foram feitos 2.581 exames como esses em nossa cidade. Nas últimas 24hs, 3 pessoas que contraíram o vírus e estavam cumprindo isolamento em suas residências, finalizaram o tratamento e estão livres da doença. Tivemos a confirmação de 4 novos casos de covid-19 em nosso município. Atualmente, 86 pessoas que testaram positivo, estão em isolamento domiciliar e 3 estão internados na UTI da UPA/COVID, todos sob os cuidados da nossa equipe multidisciplinar.

Petrolina:  Miguel lidera com folga em Petrolina

Via: Blog do Carlos Britto, um dos mais acessados do Nordeste.

Hoje, ele publicou a primeira pesquisa de intenções de votos em parceria com o Instituto.

O levantamento é composto por 400 entrevistas realizadas entre os dias 30/09 e 03/10 deste ano. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro, para mais ou para menos, é de 4,9%.

A pesquisa foi registrada sob o nº PE 06837/2020. A soma das respostas que não totalizarem 100% é decorrente de arredondamento do programa. 

Na pesquisa estimulada, em que são oferecidas as opções para o eleitor, o prefeito e candidato à reeleição Miguel Coelho tem 66,8% das intenções de voto, contra 10,5% de Odacyr Amorim, o segundo colocado.

Depois, Júlio Lóssio, com 5,8%, Gabriel Menezes, com 2,3%, Dr Marcos, com 0,3% e  Deomiro Santos, com 0,3%. Indecisos são 11,3% com brancos e nulos 2,5%. Não sabem ou não opinaram 0,5%. Veja gráfico:

Tabira: seis homicídios em 20 dias

Depois de noticiar a morte de Gilberto Melo, choveram mensagens cobrando solução paraa onda de violência que vive Tabira.

Isso porque nos últimos 20 dias, foram seis homicídios na Cidade das Tradições.

É  no momento a cidade com maior média de mortes per capita, quando comparados os crimes em relação à população do município.

Uma situação absolutamente preocupante. Nem a Covid tem intimidado os crimimosos.

A morte de Gilberto tem características parecidas com parte dos demais: crime de execução. É preciso uma resposta das autoridades.

Pesquisa Ibope encomendada pela TV Globo e pelo Jornal do Commercio, divulgada nesta sexta-feira (2), aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a prefeitura do Recife nas Eleições 2020: O socialista João Campos (PSB) lidera com 23% das intenções de voto, seguido de Mendonça Filho (DEM), com 19%. Eles encontram-se tecnicamente empatados.

Na sequência, Marília Arraes (PT), com 14% e Delegada Patrícia (Podemos), com 11%. Empátados com 1% Cláudia Ribeiro (PSTU), Coronel Feitosa (PSC) e Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB). Nenhum/branco/nulo somam 22%. Não sabem ou não responderam 7%.  Carlos (PSL), Charbel (Novo), Victor Assis (PCO) e Thiago Santos (UP) tiveram menos de 1%. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo Jornal do Commercio.

A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. João Campos (PSB) e Mendonça Filho (DEM) tem rejeição de  36%, seguidos de Marília Arraes (PT), com 20%, Coronel Feitosa (PSC) com 17%. Com 11% Carlos (PSL), Charbel (Novo) e Victor Assis (PCO). Com 10%, Cláudia Ribeiro (PSTU), Delegada Patrícia (Podemos), Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) e Thiago Santos (UP). Poderiam votar em todos 1%. Não sabe ou não responderam 12%.

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Quem foi ouvido: 805 eleitores da cidade do Recife. Quando a pesquisa foi feita: 30 de setembro e 2 de outubro. Número de identificação no TRE-PE: PE 09685/2020. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 691, o que mantém uma posição de estabilidade nos dados, embora com números elevados.

As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais. O balanço é fechado diariamente às 20h. (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — O Brasil registrou mais 516 mortes pela Covid-19 e 17.526 casos da doença, nesta terça-feira (8). Com isso, o país chega a 127.517 mil óbitos pelo novo coronavírus e 4.165.124 infecções desde o início da pandemia.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais. O balanço é fechado diariamente às 20h.

O jornal Folha de S.Paulo também divulga a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 691, o que mantém uma posição de estabilidade nos dados, embora com números elevados.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.