Notícia

Estadão

O papa Francisco aceitou o pedido de demissão do bispo de Limeira Dom Vilson Dias de Oliveira, informou o Vaticano nesta sexta-feira, 17, em um comunicado. O bispo está sob investigação por suspeita de acobertar casos de abuso sexual e extorsão.

Em carta de despedida, o bispo reconheceu suas “limitações”, apontando que “nesses últimos meses enfrentamos todo tipo de cruzes, por meio de ataques à nossa Igreja Particular de Limeira, a mim e a vários presbíteros”. “Hoje me despeço de vocês como Bispo Diocesano e peço minha renúncia por amor à Igreja de Cristo e pelo bem desta Diocese.” Ele não comentou os dois inquéritos policiais abertos contra ele.

O Vaticano anunciou que Dom Orlando Brandes, arcebispo de Aparecida, será o administrador apostólico “sede vacante” da diocese. A Santa Sé sempre informa as demissões de bispos em seus comunicados, mas sem especificar os motivos.

Em fevereiro, o Vaticano interveio em uma diocese brasileira em razão das denúncias de suposto abuso de coroinhas por um padre e desvio de dinheiro de fiéis por um bispo no interior paulista. Os crimes teriam sido registrados em Americana, Araras e Limeira. 

Um dos investigados era Vilson Oliveira, suspeito de fraude e de ser omisso em relação às denúncias de abuso cometido pelo padre Pedro Leandro Ricardo, que está suspenso de suas funções. 

Cúpula mundial

Diante de uma série de escândalos de abusos sexuais que mancharam a imagem da Igreja Católica, o papa Francisco organizou em fevereiro uma cúpula mundial de bispos sobre o assunto, prometendo ações concretas.

Na semana passada, ele mudou a legislação interna da Igreja para obrigar padres e religiosos a denunciar qualquer suspeita de agressão sexual ou assédio.

O “motu proprio”, uma carta emitida diretamente pelo papa, também obriga a denunciar qualquer tentativa da hierarquia católica de encobrir abusos sexuais cometidos por um padre ou religioso. Ele também insta todas as dioceses do mundo a criar, dentro de um ano, um sistema que permita ao público denunciar casos de abusos. / AFP

Imagem relacionada

José Dirceu se entrega à Polícia Federal para cumprir pena de mais de oito anos

Condenado pela segunda vez na Operação Lava Jato, o ex-ministro José Dirceu se entregou à Polícia Federal (PF), em Curitiba, na noite desta sexta-feira (17). Ele foi sentenciado a cumprir uma pena de 8 anos e 10 meses pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Dirceu deveria ter chegado à Superintendência da PF às 16h, prazo estipulado pelo juiz federal Luiz Antonio Bonat. No entanto, como ele viajou de carro de Brasília para Curitiba, acabou se entregando somente após às 21h. Mesmo assim, ele não foi considerado foragido.

Ele foi preso depois de o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negar, por unanimidade, um recurso da defesa que pedia prescrição da pena. Mesmo assim, a defesa do ex-ministro ainda pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Como último recurso, ainda tem a possibilidade de entrar com embargos dos embargos, no próprio TRF-4. (Via: Agência Brasil)

 

Preso um dos que venderam imóveis em prédio que caiu no RJ

Sertanejo procurado continua foragido, fiz Polícia Civil

A Polícia Civil do Rio prendeu neste sábado (17) Rafael Gomes da Costa, 26 anos, apontado como um dos vendedores dos apartamentos que caíram na Muzema, Zona Oeste do Rio, no dia 12 de abril, matando 24 moradores.

Ele foi preso no Leblon e levado para a 16ª delegacia, na Barra da Tijuca, responsável pela investigação.

A Justiça decretou a prisão temporária de três investigados no desabamento de dois prédios na comunidade da Muzema, na Zona Oeste do Rio de Janeiro no dia 19 de abril. Desde esta data eles eram considerados foragidos.

Além de Rafael Gomes, foi pedida a prisão de José Bezerra de Lima, o Zé do Rolo, Renato Siqueira Ribeiro, que continuam foragidos. Eles são suspeitos de construir e vender os apartamentos dos prédios que desabaram. A polícia acredita que Zé do Rolo tenha fugido para o Nordeste. Ele é de Santa Terezinha, no Alto Pajeú.

Os três vão responder por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar, segundo informações da polícia.

Governo entrega kits produtivos a agricultores de Manari, no Sertão

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), entregou nesta sexta-feira (17) 125 kits do Programa Pernambuco Mais Produtivo aos agricultores e agricultoras familiares do município de Manari, no Sertão do Moxotó.

Os kits, compostos por caixas d’água de 500 litros e implementos voltados à caprinocultura, avicultura e agricultura; possibilitam a manutenção da produção agropecuária mesmo em períodos de escassez de chuva, proporcionando renda às famílias beneficiadas pelo programa.

Com essa entrega dos kits, a SDA conclui a execução do programa no município de Manari, que beneficiou ao todo 425 familias. Juntos, os dois convênios do Pernambuco Mais Produtivo contemplam a implantação de 22.630 kits, beneficiando número igual de famílias em todo o Estado.

Para o secretário de Desenvolvimento Agrário do Estado, Dilson Peixoto, o programa dá uma importante contribuição para o desenvolvimento rural no município, que já foi considerada a cidade mais pobre do País. O secretário destacou ainda que esta não será a única ação do Governo de Pernambuco para fortalecer a agricultura familiar no município e no semiárido.

“Temos os programas Água para Todos e o Água Doce que também estão contribuindo para que os agricultores e agricultoras familiares consigam continuar no campo, produzindo, gerando renda e fortalecendo a economia nos municípios do semiárido”, destacou.

Na cerimônia que marcou a entrega dos kits produtivos, o prefeito de Manari, Van de Otaviano, aproveitou para fazer um convite ao secretário, para que visitasse o município outras vezes para conhecer a realidade da zona rural do município e discutir outros projetos que possam contemplar os produtores rurais locais.

 

Não há governo ingovernável, diz prefeito de Salvador

O prefeito de Salvador (DEM-BA), Antônio Carlos Magalhães Neto, rebateu o presidente Jair Bolsonaro ao afirmar que “não existe governo ingovernável”, durante evento em Londres, neste sábado, 18. “Não existe governo ingovernável (…) O povo quer ver compromisso, seriedade e trabalho”, disse o presidente do DEM, registra a Folha.

Bolsonaro endossou na sexta, 17, uma mensagem de internet, de um ex-candidato a vereador do Novo dizendo que o País é ingovernável quando não se submete a conchavos.

ACM Neto reafirmou que seu partido é a favor das reformas, mas “sem viés ideológico, sem radicalismos e sem desperdiçar energia com o que não precisa”.  (Estadão)

Líderes:: prematuro tratar impeachment de Bolsoaro

Líderes da Câmara avaliam ser prematuro falar em impeachment de Bolsonaro. Tema foi um dos assuntos mais comentados no Twitter nesta sexta-feira.

Presidente Jair Bolsonaro Foto: CARL DE SOUZA / AFP

Da Época 

Mesmo antes de surgir nos assuntos mais falados do Twitter, a palavra “impeachment” já havia entrado novamente no radar nacional pela boca daquele que seria o maior prejudicado caso ele prosperasse.

Disse Jair Bolsonaro em Dallas:
“Quem decide não sou eu. Ou querem que eu sofra impeachment?”.
Nas conversas dos líderes da Câmara, entretanto, a palavra já aparece há algumas semanas.

E há um consenso de que não existe base política nem fato para isso — ainda.

 

Última onda de uma semana de tsunamis

 Estadão –

Mesmo os especialistas em mercado mais esperançosos com Jair Bolsonaro terminam a semana receosos. O texto compartilhado pelo presidente, em que fala de um país “ingovernável”, foi a última onda numa semana de tsunamis.

Parlamentares do PSL dizem que Bolsonaro está “saturado” e que o texto traduz seus sentimentos. Para eles, o modelo de gestão não vai mudar, cabe ao Congresso se adaptar.

A articulação do governo está disparando ligações para deputados para saber o posicionamento deles em relação às MPs em pauta na Câmara.

Querem tomar o pulso porque devem pedir inversão de pauta para salvar a MP (870) do redesenho da Esplanada.

A saída do delegado da Polícia Federal Elmer Coelho Vicenzi da presidência do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) está ligada a uma divergência sobre acesso a dados dos estudantes coletados pelo Censo da Educação.

De acordo com fontes ligadas à área da educação no governo, o pedido para quebra de sigilo de dados dos alunos, coletados pelo Inep todos os anos, foi um dos motivos que pesaram na demissão de Elmer Vicenzi.

O delegado Elmer Vicenzi, então como presidente do Inep, participou de audiência na Câmara no dia 14 — Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O delegado Elmer Vicenzi, então como presidente do Inep, participou de audiência na Câmara no dia 14 — Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O pedido para acessar os dados foi feito por Elmer com o conhecimento do ministro da Educação Abraham Weintraub. O objetivo era emitir uma nova carteirinha estudantil que o governo pretende lançar.

Este foi o início da queda de braço entre o presidente do Inep e a procuradoria jurídica do mesmo instituto. A procuradoria negou o pedido, argumentando que a confidencialidade é garantida por lei.

O Diário Oficial desta sexta-feira (17) trouxe os últimos atos assinados por Elmer Vicenzi. Um deles, a exoneração de Rodolfo de Carvalho Cabral, procurador-federal junto ao Inep.

Rodolfo de Carvalho Cabral foi o autor do parecer que levantou os impedimentos legais para que os dados sigilosos dos alunos sejam repassados para o Ministério da Educação.

O parecer de Cabral condicionou o acesso aos dados à garantia de que as informações só serão usadas para a formulação de políticas públicas positivas, que estimulem e não prejudiquem as pessoas. Fontes ligadas ao Inep afirmam que o ato de Elmer Vicenzi vai ser tornado sem efeito e a exoneração do procurador, revertida.

MEC confirma carteirinha

A assessoria de imprensa do MEC informou que o projeto da carteirinha estudantil existe, mas que para que ele seja implementado não é necessário utilizar os dados do Censo da Educação.

Entretanto, a pasta confirmou que foi feito o pedido de acesso a esses dados por meio de um ofício e que esse pedido não foi autorizado. A assessoria reforçou que os dados só serão usados se isso for “legal”.

Sobre a demissão do presidente, a assessoria reforçou que ela ocorreu a pedido do próprio Vicenzi.

Decisão do STF contra acesso

Em dezembro de 2018 o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu que o Inep não precisava compartilhar dados individualizados do Censo Educacional e do Enem. Na ocasião, o ministro considerou plausível a alegação do Inep de que os dados dos alunos são sigilosos.

A decisão de Barroso foi no sentido de deferir um pedido, apresentado pelo próprio Inep, para não entregar dados pessoais de alunos para auditoria do Programa Bolsa Família. O parecer de Barroso suspendeu uma decisão anterior do Tribunal de Contas da União (TCU), que havia determinado que o Inep fornecesse os microdados. O objetivo era analisar o programa Bolsa Família em relação ao acesso ao mercado formal de trabalho pelos integrantes das famílias beneficiárias com idade em torno de 18 anos.

No mandado de segurança deferido por Barroso, o Inep sustenta que a decisão da corte de contas “fere sensivelmente” o sigilo estatístico. Segundo o MEC, a disponibilização dos dados compromete a médio e a longo prazos os objetivos públicos da sua pesquisa estatística e vulnera a privacidade dos indivíduos que prestaram as informações.

Troca no comando do Inep

Após a demissão de Vicenzi, Alexandre Lopes foi nomeado para o cargo. Lopes é bacharel em direito pela Universidade de Brasília (2004) e engenheiro químico pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-1996). Desde 2006, ocupou cargos públicos.

Alexandre Lopes é o novo presidente do Inep — Foto: Divulgação

Alexandre Lopes é o novo presidente do Inep — Foto: Divulgação

Em janeiro de 2019, passou a desempenhar a função de diretor legislativo da Casa Civil da Presidência da República. Entre suas atribuições, acompanhava e coordenava o processo de sanção e veto dos projetos de lei enviados pelo Congresso Nacional.

Lopes é o 4º ocupante do cargo desde o começo do ano. Confira abaixo a cronologia:

  • Maria Inês Fini, que desempenhava a função no governo Temer, foi demitida em 14 de janeiro.
  • Marcus Vinicius Rodrigues a substituiu. Ele foi a primeira nomeação do governo Bolsonaro para o Inep e permaneceu no posto de 22 de janeiro a 26 de março.
  • Elmer Vicenzi foi anunciado em 15 de abril pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub. Saiu no dia 16 de maio.
  • Um dia depois, Lopes foi anunciado como novo ocupante do órgão.

Crise no MEC

O MEC vive uma crise que se arrasta desde a metade de janeiro. Trocas de cargos, bloqueios orçamentários em universidades federais e disputa entre grupos marcaram os últimos meses da pasta.

Na semana em que o governo Bolsonaro completou 100 dias, em abril, o então ministro Ricardo Vélez Rodríguez foi demitido. Em sua gestão, houve recuos e controvérsias sobre temas importantes.

Dentre as polêmicas, estavam a permissão para compra de livros didáticos com erros e propagandas, a extinção da avaliação de alfabetização, a ordem para filmar crianças cantando o hino nacional e a revisão de obras que tratam do golpe de 1964.

Além disso, com Vélez no comando, ocorreram trocas intensas de cargos essenciais – foram quatro secretários-executivos anunciados em três meses.

Em seu lugar, foi nomeado Abraham Weintraub, que atuava como secretário-executivo da Casa Civil. Em pouco mais de um mês de gestão, ele foi envolvido em mais uma crise no MEC.

Universidades federais tiveram parte do orçamento bloqueado, afetando a verba que seria destinada para pagamento de contas de luz, água, telefone, funcionários terceirizados, equipamentos e obras nas instituições de ensino. O MEC diz que a verba será liberada caso a economia nacional retomar o crescimento e a Reforma da Previdência for aprovada.

Para a nova loja que será inaugurada até o fim de 2019, no município de Serra Talhada, no Sertão pernambucano, o Assaí Atacadista está com 200 vagas abertas, incluindo oportunidades para pessoas com deficiência, nos setores de frente de caixa, mercearia, hortifrúti, perecíveis, depósito e manutenção. As inscrições seguem até esta sexta-feira (12) na Agência do Trabalho (SINE) do município, localizada na Rua Enock Inácio de Oliveira, número 1312, no bairro Nossa Senhora da Penha.

Os interessados em participar do processo seletivo devem ir à agência munidos de carteira profissional, RG e CPF. Embora não revele o valor da remuneração, a rede garante oferecer salário compatível com o mercado, além de um pacote de benefícios que inclui vale transporte, vale alimentação, refeição no local de trabalho, assistência médica e odontológica e seguro de vida.

Fruto de um investimento de R$ 40 milhões, a unidade do Assaí em Serra Talhada está sendo construída às margens da BR-232, próximo ao Centro e ao lado do Shopping Serra Talhada. Quando pronta, a loja reunirá mais de sete mil itens, entre alimentos, bebidas, embalagens e produtos de bazar, higiene pessoal e limpeza de marcas nacionais e importadas.

A promessa da rede é levar ao Sertão preços competitivos para compras no varejo e no atacado, com etiquetas de preços diferenciados para compras em grosso já a partir de pequenas quantidades. O Assaí estima que a soma da construção e operação da loja gerará aproximadamente 460 vagas de empregos diretos e indiretos.

“Serra Talhada é um polo em saúde, comércio e educação e possui uma posição geográfica privilegiada, atendendo a outros três importantes Estados da região – Pernambuco, Bahia e Ceará – o que a torna um importante polo econômico e de abastecimento na região. O município tem todas as características que avaliamos serem importantes para a instalação de uma loja do Assaí”, conta Belmiro Gomes, Presidente do Assaí Atacadista.

A rede atende a comerciantes e clientes finais, os preços, segundo o Assaí com base em dados da consultoria Nielsen, são de 15 a 20% mais baratos do que supermercados tradicionais.

A rede

Parte do grupo GPA, que além do Assaí detém as marcas Pão de Açúcar, Extra, Ponto Frio e Casa Bahia, e detém mais de 2 mil pontos de venda em todas as regiões do Brasil.

O Assaí Atacadista possui 145 unidades em 18 estados (AL, AM, BA, CE, DF, GO, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, SE, SP). A rede opera com o formato Cash&Carry, conhecido como atacado de autosserviço, e está em plena expansão. Em 2018, a rede inaugurou 18 novas unidades no Brasil e fechou o ano com vendas brutas de R$ 24,9 bilhões, expansão de 24,2% em relação ao ano anterior.

Além do Assaí, no mesmo segmento, o interior do Estado também está recebendo um investimento de R$ 500 milhões pelos próximos quatro anos da rede mineira Novo Atacado. Com previsão de abertura de lojas em Arcoverde, Carpina e Vitória de Santo Antão, o Novo, a partir de junho, estará com processo seletivo aberto nos municípios para contratar 1,5 mil funcionários.

O jornalista Juca Kfouri publicou em seu blog sobre uma reunião do ministro da Economia, Paulo Guedes, com  seis presidentes de Tribunais de Contas estaduais.
Num determinado momento da conversa, Paulo Guedes, soltou uma frase que chamou muito a atenção:  “Estamos convencidos de que Lula não roubou um tostão. E seu patrimônio prova isso. Ele não teve foi quem o avisasse do que acontecia em torno de seu governo. Acabou vítima do jeito de fazer política no Brasil. Serve como exemplo”.
Em outro encontro, na Câmara, ele fez um elogio a Lula.
Ao abordar a forma como se gasta o dinheiro público no Brasil,  apontou como um bom exemplo de gasto público o Bolsa Família.
E isso justificaria o prestígio popular de Lula.
“Vários governos que passaram gastaram R$ 300 bilhões, R$ 400 bilhões por ano pagando juros da dívida sem tomar nenhuma medida para corrigir. E o Lula chegou e pegou R$ 10 bilhões só, e atingiu 40 milhões de família favoravelmente com o Bolsa Família. Isso é um impacto extraordinário. Mereceu ganhar uma eleição, duas eleições. Soube trabalhar. Com pouco dinheiro melhorou a vida de muitos de brasileiros”, disse Guedes.

Juíza proíbe retirada de radares das rodovias federais

A juíza Diana Vanderlei, da 5ª Vara Federal em Brasília, proibiu hoje (10) a retirada de radares de velocidade das rodovias federais de todo o país. A decisão foi motivada por um pedido liminar feito pelo senador Fabiano Contarato (REDE-ES), mas não é definitiva e cabe recurso.

Na decisão, a juíza também determinou que seja realizada a renovação dos contratos do Programa Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade por mais 60 dias.

“A não renovação dos contratos para a manutenção dos medidores de velocidade foi realizada sem ao menos ser efetiva a implementação de novo modelo de gestão para a segurança nas rodovias federais”, afirmou a magistrada.

Na semana passada, o Ministério da Infraestrutura informou que a instalação de novos sensores foi suspensa para que seja feita uma análise rigorosa do plano de instalação, que foi realizado no governo anterior.

De acordo com a pasta, o atual contrato poderia chegar ao custo de R$ 1 bilhão em cinco anos. A análise também deverá priorizar a redução do uso do equipamento onde não é necessário a segurança viária, com possibilidade de uso de outros mecanismos de segurança.  (Agência Brasil)

Ingressos para a decisão do terceiro lugar entre Afogados e Salgueiro já estão sendo vendidos

 Os ingressos para a decisão do terceiro lugar do Campeonato Pernambucano já estão sendo vendidos. A partida entre Salgueiro e Afogados será realizada neste sábado, às 20h, no estádio Cornélio de Barros. Os bilhetes custam R$20 (inteira) e R$ 10 (meia).
Em Salgueiro, as entradas para o jogo estão sendo vendidas na Mercearia do Rolando, na loja do Carcará e no carro de som que faz a divulgação da partida pelas ruas de Salgueiro. Quem vencer o confronto sertanejo garante vaga na Copa do Brasil 2020. Se a partida terminar empatada, a decisão será nos pênaltis.

Caminhão que transportava papelão pega fogo na BR-116 em Salgueiro

Incêndio em caminhão na BR-116 em Salgueiro

Foto: Divulgação/ PRF

Um caminhão que transportava papelão prensado pegou fogo na noite de terça-feira (09), na BR-116, quilômetro 9, em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. De acordo com o 5º Grupamento de Bombeiros, o incêndio tomou médias proporções e já foi controlado. Ninguém ficou ferido.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que foi acionada, por volta das 18h30, o motorista do caminhão conseguiu desatrelar a parte da frente do veículo e o fogo atingiu a parte de trás, o reboque. A suspeita é que o incêndio teria sido provocado por uma pane elétrica.

A PRF realizou a orientação do trânsito. O veículo encontra-se no acostamento e a via já está liberada.

O próximo dia 23 pode definir a saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da cela improvisada na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba para prisão domiciliar, de acordo com o Correio Braziliense.

Condenado a 12 anos e um mês de prisão pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) por lavagem de dinheiro e corrupção passiva no caso do triplex do Guarujá, o entendimento de juristas é de que a condenação por corrupção seja mantida no STJ (Superior Tribunal de Justiça), mas a lavagem de dinheiro pode ser descaracterizada pelo fato de o ex-presidente não ter incorporado o imóvel.

Lula foi condenado em primeira instância por Sérgio Moro a seis anos de prisão por corrupção passiva e três anos e seis meses por lavagem de dinheiro. Ao ter o recurso negado na segunda instância, o TRF-4 aumentou a pena em 29%. Se a lavagem de dinheiro de fato cair, a pena poderá ser reduzida de imediato e resultar na progressão de regime.

Uma vez que já completou um ano de prisão, marcado no último domingo, se houver a confirmação da exclusão da pena por lavagem de dinheiro, Lula já estaria próximo de cumprir um sexto do tempo de prisão e, automaticamente, conseguir ir para o semiaberto. Dentro do novo regime, Lula teria de trabalhar durante o dia, mas existe o temor de o sistema penitenciário não ser capaz de garantir a segurança, o que levaria à prisão domiciliar

Concorrência é de cerca de 167 candidatos para uma vaga; Provas estão marcadas para o próximo dia 05 de maio.

Os participantes do concurso da Guarda Civil de Petrolina vão ter um páreo duro na disputa de uma das 80 vagas disponíveis no certame. Após o período de inscrições, 13.369 confirmaram presença no processo seletivo. Destes, 12.222 candidatos pagaram R$ 125 pela taxa de inscrição enquanto que 1.147 candidatos tiveram seus pedidos de isenção da taxa aceitos pelo Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB), responsável oferecer serviço técnico-especializado na coordenação, organização, planejamento e execução no processo seletivo.

As provas estão marcadas para o dia 05 de maio e os candidatos precisam seguir acompanhando as publicações sobre o concurso no site do IDIB, www.idib.org.br, ou no site da Prefeitura de Petrolina, www.petrolina.pe.gov.br, uma vez que a lista com os locais de prova ainda será divulgada. A seleção será realizada em duas etapas. A primeira terá cinco fases: prova objetiva, teste de aptidão física, avaliação psicológica, apresentação de exames médicos e investigação social. Todas de caráter eliminatório. A segunda fase, também eliminatória e classificatória, será composta por duas etapas: fase teórica do Curso de Formação Profissional e fase prática do Curso de Formação Profissional.

Para o presidente da Comissão Especial de Concurso Público, Cícero Dirceu da Silva, o número de inscritos coloca a Guarda Civil de Petrolina em um novo patamar. “Nossa Guarda Civil já era destaque no Nordeste por ser a primeira a ter porte de arma e agora ganha projeção nacional, não só pelo número de inscritos, pelo menos três vezes maior do que no último concurso da instituição, como também porque esses inscritos são de várias regiões do Brasil. Com o incremento no efetivo, vamos seguir com a proposta de modernização da Guarda Civil, proposta pelo prefeito Miguel Coelho que investe cada vez mais na qualificação da corporação, graças à preocupação que ele tem com um tema tão importante quanto a segurança pública”, destaca Silva.

CONCORRÊNCIA: Com 13.369 inscritos e 80 vagas disponíveis, sendo 40 são para ampla concorrência e as outras 40 para formação de cadastro de reserva, a concorrência estimada do Concurso da Guarda Civil de Petrolina é de cerca de 167 candidatos para uma vaga. Uma das maiores já registradas num concurso público do município sertanejo. O concurso público tem validade de dois anos, prorrogável uma única vez por igual período, a contar da data de sua homologação. O trabalho terá regime de escalas e uma carga horária de 180h mensais com remuneração inicial de R$ 3.261,48. Por meio da Comissão Especial de Concurso Público, a Prefeitura de Petrolina faz o acompanhamento e a fiscalização de todo o certame.

 

  Um domingo triste para os afogadenses, faleceu hoje (07),  Ubaldo Júnior conhecido por “Nena”como era chamado carinhosamente pelos amigos.

Informações preliminares que  após sofrer um infarto fulminante na manhã deste domingo  em sua residência ele não resistiu. Ubaldo  Alves de Siqueira Júnior,  50 anos, um homem alto, loiro, amigo e cheio de vida retorna a casa do Pai Celestial,  estava estudando no IFPE Campus Afogados da Ingazeira, Ubaldo era motorista e fazia viagens para São Paulo, para título de informação filho de Ubaldo Guarda Rodoviário aposentado, seus irmãos: Georgia que é veterinária em Afogados, Plínio, Rivelte, Coco e Quiane.

O corpo de Nena será velado na Rua Diomedes Gomes, centro de Afogados da Ingazeira, na casa do seu pai,  próximo a Panificadora Samuel e o ki -preço.

O sepultamento será hoje (8), às 10hs. no cemitério São Judas Tadeu 

Nossos sentimentos de pesar a todos os familiares.

A partir da próxima quarta-feira (10),começa a campanha de vacinação contra a gripe deste ano.

A meta do Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 90% do público-alvo. O Dia D da 21ª Campanha de Vacinação Contra a Influenza (gripe) será realizado no dia 4 de maio. A previsão é encerrar a campanha no dia 31 de maio.

A novidade deste ano é que a faixa etária das crianças que precisam se vacinar foi ampliada. Antes, o Ministério da Saúde (MS) recomendava imunizar os menores de 5 anos. Agora a vacina será para os menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias).

Entre os próximos dias 10 e 17, das 8h às 17h, serão vacinadas apenas as gestantes e as crianças de 6 meses a menores de 6 anos. Na semana seguinte, serão imunizados os outros grupos prioritários: pessoas com 60 anos de idade ou mais, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, povos indígenas; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade em cumprimento de medidas socioeducativas; os detentos e os funcionários do sistema prisional; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

O prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, colocou toda a equipe da defesa civil municipal em estado de alerta. A decisão é em decorrência das fortes chuvas vem caindo no município nas últimas semanas, deixando os bairros da cidade e diversas comunidades da zona rural em situação bastante complicada. Desde o início do ano já choveu mais de 400 mm, mais do que a média histórica prevista para este mesmo período.

Durante reunião no Centro Municipal de Logística, José Patriota recebeu das equipes de governo um balanço da situação nas áreas mais afetadas. “As equipes estão atuando de forma integrada, com o objetivo emergencial de garantir a trafegabilidade das áreas mais atingidas. Vamos novamente disciplinar o acesso à barragem de brotas e monitorar 24hs as áreas da calha do rio mais vulneráveis em caso de cheia,” destacou o prefeito. Participaram da reunião as secretarias de Educação, Agricultura, Saúde e Infraestrutura, além do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar. 

A partir deste sábado (06), será retomado o trabalho de controle e disciplinamento no acesso à barragem de Brotas, semelhante ao realizado no ano passado. Segundo o corpo de bombeiros, 2018 foi o único ano em que a barragem sangrou e que não houve vítimas fatais. A Prefeitura já recebeu um ofício do Jeep Club de Afogados se colocando à inteira disposição da municipalidade para auxiliar no atendimento às áreas que estejam em situação crítica e isoladas.

A Prefeitura também está monitorando as estacas de marcação de nível que registram o volume de água ao longo da calha do Rio Pajeú, sobretudo em áreas já identificadas como de maior risco, em caso de um volume maior de chuvas. A Prefeitura disponibiliza o telefone (também zap) da Defesa Civil, para casos de emergência: 99629-5758. Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal.

Governador de Pernambuco desde 1º de janeiro de 2015, Paulo Câmara herdou de João Lyra Neto um estado com números de violência em franco crescimento, e precisou dar um freio de arrumação para combater a onda que estava colocando em xeque o Pacto Pela Vida.

Entre os três primeiros anos de governo, 2015 e 2017, Paulo Câmara fez investimentos significativos para inverter a curva de homicídios no estado, e em fevereiro deste ano conquistou pelo décimo quinto mês consecutivo mais uma redução nos homicídios em Pernambuco. Também chamou atenção a redução dos feminicídios no estado, quando conseguiu o melhor resultado desde 2004.

No comparativo com fevereiro de 2018, o governo de Pernambuco reduziu 141 homicídios, o que significou uma queda de 33,9%, e em números absolutos, caiu de 416 para 275 mortes violentas no estado. O resultado dos homicídios se deu em todas as regiões do estado, evidenciando que o governo de Pernambuco retomou as rédeas da segurança pública, e comprovando que o Pacto Pela Vida segue ajudando a salvar vidas no estado.

Como a segurança pública é uma das principais demandas da sociedade, e em Pernambuco não é diferente, o governador Paulo Câmara está conseguindo ser exemplo tanto para o Nordeste quanto para todos os demais estados do Brasil que veem Pernambuco vencendo a luta contra o crime e a violência.

Resumo:

Susto – O deputado federal Danilo Cabral (PSB) sofreu um acidente na altura de Betânia quando o veículo em que ele estava colidiu com uma pequena boiada que estava atravessando a pista. Felizmente todos que estavam no veículo passam bem e o parlamentar já voltou para a cidade do Recife.

Diálogo – O governador Paulo Câmara foi um dos primeiros governadores a serem recebidos pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para tratar da reforma da Previdência. Economista de formação, o governador sabe a real situação do problema e tem dado a sua contribuição técnica e política para que a reforma não penalize quem mais precisa.

Intermodal – O Complexo Industrial Portuário de Suape participa de mais uma edição da Intermodal South America, que será realizada de 19 a 21 de março em São Paulo, buscando e oferecendo negócios. O carro-chefe será a apresentação do maior projeto de arrendamento portuário em curso no Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) do Governo Federal: o segundo terminal de contêineres (Tecon II). Bastante aguardado pelo mercado, o Tecon II terá capacidade para movimentar 1 milhão de TEUs/ano (unidade de medida de 20 pés) e deve receber investimentos de R$ 1,2 bilhão.

RÁPIDAS

Aeroporto – O aeroporto internacional dos Guararapes, considerado um dos melhores aeroportos do Brasil, foi arrematado pela empresa espanhola Aena, que ficou responsável pela gestão do empreendimento, que a partir de agora terá condições de receber novos investimentos.

Afinado – O deputado federal Silvio Costa Filho (PRB) já se ambientou em Brasília na Câmara dos Deputados, e tem se aproximado do presidente Jair Bolsonaro, bem como dos seus ministros. Além disso, a Frente Parlamentar em defesa do Pacto Federativo tem garantido notoriedade ao pernambucano.

A Rádio Pajeú mais uma vez realizou uma enquete popular com seus ouvintes em relação quem deve ser o próximo a comandar os destinos de Afogados da Ingazeira, o futuro sucessor do então prefeito José Patriota que goza de uma avaliação popular de 85% de aprovação, o vice- prefeito Alessandro Palmeira parece que aprendeu bem a lição com o  seu aliado, o resultado da enquete no programa de maior audiência da emissora “Manhã Total” com o radialista Nill  Jr. apontou que Sandrinho é o favorito pela opinião dos ouvintes  com 57%  disseram que Sandrinho deve ser o futuro sucessor  o vice prefeito vem crescendo a cada dia pela opinião popular muito atuante trabalha incansavelmente ao lado do prefeito com um grande diferencial em relação aos demais com seu  o seu próprio gabinete a caneta do prefeito é a do vice tem o mesmo potencial o poder de força e decisão na gestão, uma responsabilidade concedido pelo prefeito Patriota no atual modelo de gestão os dois trabalham todos os dias,  enquanto o prefeito está em Brasilia, Recife batalhando na prefeitura de Afogados está Sandrinho em plena sintonia mais parece unha e carne com prefeito   o vice que tem o mesmo poder de decisão, assina, despacha, atende as pessoas, faz reuniões, assim disse o prefeito ” Eu tenho um vice que trabalha até 8,9 10 hs da noite se for preciso até mais de confiança que atua do meu lado com responsabilidade, administrando o município”.

A enquete apontou o ex-prefeito de Afogados da Ingazeira Totonho Valadares defensor nato de uma pesquisa para tomar a decisão se ele é ou não candidato pela frente popular.

Os ouvintes deram apenas 35% ao ex-prefeito Totonho, a enquete não define uma pesquisa oficial mais serve de termomanômetro para avaliação como anda a cabeça do povo e para o próprio Tô, se os ouvintes em um programa popular de maior audiência no horário  apontam essa diferença em desfavor de Valadares assim  estaria o mesmo a ser engolido pelo vice prefeito que conta com apoio do seu aliado Patriota que  aprendeu a lição Dom Francisco, Arraes e  Eduardo e amigo do Governador Paulo Câmara  parece que ensinou bem a um rapaz de família  humilde que ele pode ser o próximo… E o critério de pesquisa que o ex-prefeito se pega tanto pode ser a maior frustração que um ex-prefeito possa ter depois que trabalhou tanto pelo município, difícil é acreditar que o sentimento de renovação a sede pelo poder não consiga enxergar que tudo tem seu tempo é maturidade sem razoabilidade torna um ser humano cego ao ponto de não distinguir que o ciclo continua e ninguém e tão capaz ao ponto de ser insubstituível   

As causas do acidente com o Boeing 737 ainda não foram divulgadas; passageiros de pelo menos 30 países estavam a bordo da aeronave

 

B Dalsh/File Photo

ADIS ABEBA – Um avião da companhia Ethiopian Airlines que se dirigia da capital etíope a Nairobi, capital do Quênia, caiu neste domingo, 10, com 157 pessoas a bordo, informaram as autoridades do país. O CEO da Ethiopian Airlines, Tewolde Gebremariam, confirmou que não há sobreviventes entre as vítimas, de 33 nacionalidades diferentes.

Entre os mortos, estão 32 quenianos e 17 etíopes, de acordo com informações da empresa. Até o momento, não há informações sobre a lista de passageiros e membros da tripulação. Familiares de passageiros ainda aguardam explicações.

A Ethiopian Airlines confirmou que a aeronave perdeu contato e provavelmente caiu às 8h44 (horário local), seis minutos depois de decolar do aeroporto internacional de Adis Abeba às 8h38 (horário local, 2h38 em Brasília), perto da cidade de Bishoftu, informou em comunicado.

A empresa alega que o avião não tinha problemas técnicos conhecidos. O operador de tráfego aéreo do país disse que a aeronave apresentou velocidade vertical instável após a decolagem e que a visibilidade parecia estar clara.

Acidente

Acidente

O avião, com número de voo ET302, tinha previsão de aterrissar no aeroporto internacional de Nairobi Jomo Kenyatta às 10h25 (horário local). A aeronave tinha pouco mais de quatro meses de uso. 

A Ethiopian Airlines é a maior companhia aérea da África, com vários voos não somente com destinos internacionais, e com uma boa reputação em matéria de segurança aérea.

O acidente ocorreu menos de cinco meses depois que, em outubro de 2018, outro Boeing737 da companhia Lion Air caiu na Indonésia 12 minutos após a decolagem e, de acordo com informações das caixas-pretas, a queda ocorreu devido a um erro no sistema automático, causando a morte de 189 pessoas.

Em 25 de janeiro de 2010, um avião da Ethiopian Airlines caiu no Mar Mediterrâneo e deixou 90 pessoas mortas. A aeronave caiu pouco depois de ter iniciado uma viagem de Beirute a Adis Abeba/ EFE

Advogado executa esposa dentro de casa e se mata em seguida

A comerciante Calliane Fraga Cintra Macedo, 31 anos foi morta pelo seu marido dentro da casa onde residiam na cidade baiana de Itatim, Centro Norte baiano. De acordo com a Polícia Civil, o advogado Daniel Macedo Santos cometeu suicídio após matar a esposa. 

A Polícia Militar informou que o advogado não aceitava o fim do relacionamento. Calliane tinha uma loja de venda de bolsas e calçados femininos e deixa dois filhos. As crianças estavam na casa da avô materna, no momento do crime. O casal tinha uma menina de 3 anos. A outra criança, de 11 anos, era filho de Calliane com seu ex-marido.

Ex-diretor da Dersa e apontado como operador de propinas do PSDB, Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, foi condenado a 145 anos de prisão por supostos desvios de R$ 7,7 milhões que deveriam ser aplicados na indenização de moradores impactados pelas obras do Rodoanel Sul e da ampliação da avenida Jacu Pêssego; é a segunda condenação de Vieira de Souza em menos de 10 dias; juíza Maria Isabel do Prado o condenou a 27 anos de prisão pelos crimes de cartel e fraudes em licitações no Rodoanel e em obras da Prefeitura de São Paulo.

 O ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Sousa, o Paulo Preto, apontado como operador de propinas do PSDB, foi condenado a 145 anos de prisão por supostos desvios de R$ 7,7 milhões que deveriam ser aplicados na indenização de moradores impactados pelas obras do Rodoanel Sul e da ampliação da avenida Jacu Pêssego.

É a pena mais alta concedida no âmbito da operação Lava Jato, numa decisão da juíza Maria Isabel do Prado, da 5.ª Vara Criminal Federal de São Paulo. É a segunda condenação de Vieira de Souza em menos de 10 dias. Maria Isabel do Prado o condenou na quinta-feira, 28, a 27 anos de prisão pelos crimes de cartel e fraudes em licitações no Rodoanel e em obras da Prefeitura de São Paulo. Somadas, as duas penas já impostas a Vieira de Souza chegam a 172 anos, 8 meses e 8 dias de reclusão.

Na sexta-feira, 1, ele virou réu pela terceira vez na Lava Jato São Paulo. O juiz Diego Paes Moreira, da 6.ª Vara Federal, aceitou uma denúncia da força-tarefa da Lava Jato São Paulo contra o ex-diretor da Dersa por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O ex-diretor da Dersa está preso desde 19 de fevereiro pela Operação Ad Infinitum, fase 60 da Lava Jato no Paraná. Neste caso, Vieira de Souza é investigado por lavagem de dinheiro no esquema de propinas da Odebrecht.

Brasil 247

Na manhã desta quarta-feira (06), uma carreta carregada com leite condensado tombou na estrada da Serra de Teixeira, no Sertão do Estado/PB. Testemunhas acreditam que o motorista pode ter perdido o controle do veículo.

O acidente foi registrado em um dos trechos mais sinuosos da rodovia. Populares disseram que o condutor do caminhão conseguiu pular do veículo momentos antes da carga tombar. Porém, um ajudante que estava no caminhão ficou gravemente ferido.

A vítima, um jovem identificado como Jonas dos Santos, de 22 anos, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado até o Hospital Regional de Patos.

Toda a carga, com várias latas de leite condensado, se espalhou às margens da via e foi saqueada por populares. O estado de saúde do ajudante é critico.

O Carro é de IPUBI-PE  KHP 7461

 

Com recursos próprios, prefeito Sebastião Dias apresenta Usina de Asfalto a população Tabirense

O prefeito de Tabira, Sebastião Dias, aproveitou o período carnavalesco para apresentar a Usina de Asfalto que foi adquirida com recursos próprios. O prefeito havia anunciado que faria a aquisição em troca de contratação de artistas para o carnaval.

Ao menos para a “apresentação” estilo Atrás da Usina de Asfalto só não vai quem já morreu,  Dias e membros da equipe de governo, desfilaram pelas ruas ao som de marchinhas, com três das cinco máquinas da Usina de Asfalto, que a Prefeitura adquiriu com o dinheiro que seria gasto com o carnaval.

Em linhas gerais, a maioria da população aprovou a troca , diante de ruas que precisam de reparos na cidade, considerando também que o carnaval era criticado pela total falta de identificação cultural.

Os equipamentos custaram R$472 mil reais. A previsão da chegada das outras duas máquinas ainda é para esta semana, segundo o Secretário de Obras, Cláudio Alves.

Cidades de Afogados da Ingazeira e Tabira em luto.

 

Informações atualizadas: 06/03/2019

Uma jovem estudante, casada, mãe de dois filhos morre após se envolver em um acidente de trânsito na PE – 320, entre Brejinho e Tabira, a vítima Viviane Sousa, idade 31 anos, estudante de odontologia, morreu quando seu carro foi atingido por uma caminhonete  D-20, com impacto não resistiu e  veio a óbito.

Filha de José Otaviano e Dona Celeste residente na avenida central do Bairro Brotas em  Afogados da Ingazeira e casada com o tabirense Valdeir, conhecido por Deir, nora de Xavier da Borracharia. 

Viviane e seu esposo

As informações que eles estavam em Afogados durante a tarde, quando retornavam para Tabira para o povoado de Arara para uma chácara do casal. No momento do acidente ela seguia sozinha em um  veículo Corsa e seu marido ia atrás de moto, relatos que o marido ficou desesperado com episódio  a informação que ele estava com um dos filhos.

Segundo relatos ao tentar fazer ultrapassagem foi atingida por uma D-20 que vinha sentido contrário  O veículo da vítima
A mesma tem uma irmã que trabalha na prefeitura de Afogados, conhecida por Vandilma, para título de informação a vítima também é irmã Vivian ex-esposa do falecido Carlinhos .

Postado por Viviane em sua página face.
Eu e minhas irmãs Réveillon — com Vandilma SousaViviane Sousa PiresVivielle SousaVandilma SousaVivian Lee SousaViviane Sousa Pires e Vanessa Sousa.
A imagem pode conter: Viviane Sousa Pires, sentado e interiores
O corpo está sendo velado em sua residência em Tabira e em seguida  será em Afogados a partir das 10hs.  Na avenida principal do Bairro Brotas próximo ao Posto Brasilino II, o sepultamento será às 16hs em Afogados.
Com muita comoção, chega o corpo de Viviane Sousa na residência dos seus Pais.
Boletim policial:
Durante rondas e abordagens, a equipe da ROCAM foi solicitada para atender a uma ocorrência de acidente de trânsito. 
A equipe se deslocou a PE 320, Povoado da Arara, Zona Rural, Tabira-PE, onde as vítimas já não se encontravam no local, segundo populares, os envolvidos no acidente, já haviam sido socorridos para o hospital, e que a vítima Viviane Souza, 31 anos, teria falecido. 
Testemunhas relataram, que a mesma, seguia sentido Tabira-PE, no veículo GM/CORSA, cor Bege, ano 2011, placa JIQ-4500, quando colidiu frontalmente com a GM/D20, cor vermelha, ano 1996, placa KGK- 1948, que seguia sentido São José do Egito-PE. o condutor da D20 não foi localizado. 
Diante do exposto, a ocorrência foi repassada a Delegacia de Polícia local para adoção das medidas cabíveis.

 

Sob forte esquema de segurança e chorando, o ex-presidente Lula  deixa o cemitério Jardim da Colina, onde seu neto, Arthur, foi velado e cremado neste sábado.

Sob forte esquema de segurança e chorando, o ex-presidente Lula acaba de deixar o cemitério Jardim da Colina, onde seu neto, Arthur, foi velado e cremado neste sábado.O ex-presidente Lula chegou por volta das 11h ao local, em São Bernardo do Campo, para acompanhar a cerimônia.Arthur tinha 7 anos e morreu na manhã desta sexta-feira em decorrência de uma meningite meningocócica.Lula chegou ao velório escoltado por agentes federais e policiais militares, recebido aos gritos por centenas de militantes e apoiadores que se concentram na entrada do local.A entrada no cemitério – o mesmo onde a mulher do ex-presidente e avó do menino, Marisa Letícia, foi cremada em fevereiro de 2017 – foi restrita aos familiares do menino e a amigos.Lula foi autorizado por uma decisão da juíza federal Carolina Lebbos a sair da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde cumpre pena, para participar do velório.A ex-presidente Dilma e o candidato à Presidência pelo PSOL em 2018, Guilherme Boulos, estão entre os que compareceram ao local.*Crédito das imagens: Felipe Souza/ BBC News Brasil**Confira a reportagem no nosso site: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-47423955

Publicado por BBC News Brasil em Sábado, 2 de março de 2019

O corpo de Arthur Lula da Silva, de 7 anos, neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, é velado desde a noite de sexta-feira (1°) no Cemitério Jardim das Colinas, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Ele morreu na sexta vítima de meningite meningocócica.

O velório prossegue neste sábado (2) com a presença de parentes e amigos. Entre eles estará Lula, que foi autorizado pela Justiça a participar da cerimônia do neto. O petista Fernando Haddad e Guilherme Boulos (PSOL), que disputaram a presidência na última eleição, estão presentes.

Arthur deu entrada no Hospital Bartira, em Santo André, às 7h20 de sexta-feira com “quadro instável” e faleceu às 12h11 “devido ao agravamento do quadro infeccioso de meningite meningocócica, segundo a assessoria da Rede D’Or São Luiz, da qual o hospital faz parte.

Rui Falcão e Dilma Rousseff conversam ao chegarem ao velório do neto de Lula, em São Bernardo do Campo — Foto: Estadão Conteúdo

Vice-líder do governo desde a última terça-feira dia (26), o deputado capitão Augusto (PR-SP) afirmou que a Polícia Militar pode entrar em greve contra a reforma da Previdência.

A notícia foi dada em uma reunião da bancada do partido, e, de acordo com o parlamentar, pode envolver policiais de todo o país caso as novas regras alterem na garantia de mesmo salário para PMs da reserva e da ativa.

Regras desagradam: As regras para a Previdência contidas na proposta enviada ao Congresso não agradaram aos policiais. Segundo eles, as atividades de bombeiros e policiais devem ter um tratamento previdenciário diferente do oferecido às Forças Armadas.

“Eu não vejo as Forças Armadas chamarem homens de 60 anos de idade para fazer o serviço militar. Eles só chamam com 18. E com 20, 22, eles já estão descartando. Ou seja, se tiver uma guerra, as próprias Forças Armadas têm que levar para uma eventual guerra um contingente com vigor físico invejável. Por que a polícia militar, então, tem que trabalhar até os 60, 65 anos?”, indagou o deputado Coronel Tadeu (PSL-SP), em uma reunião realizada na última terça-feira.

Para o parlamentar, ampliar a idade mínima para a aposentadoria pode trazer prejuízos à sociedade. “O que você acha de um senhor de 65 anos de idade portando uma arma, um colete, um cinturão, correndo atrás de um bandido com fuzil? Vigor físico não bate”. Yahoo

Hamilton Mourão

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou que “tudo é negociável” nas discussões sobre o novo regime previdenciário das Forças Armadas. Entretanto, destacou a importância da integralidade e da paridade, afirmando que a categoria, além de ser mal remunerada se comparada a outras carreiras de Estado, também sofre com o “trauma” de uma medida provisória de 2001 (MP 2215/2001) que eliminou benefícios sem uma regra de transição.

“O pessoal mais novo, que está ativa hoje, olha (e pensa) ‘será que vamos perder tudo de novo’”?, disse, em entrevista à GloboNews na noite desta quarta-feira (27).

Ainda de acordo com Mourão, o projeto dos militares vai mexer em cinco leis, como as que estabelecem as promoções de oficiais e praças. “Os militares vão aumentar o tempo de serviço na ativa, haverá um pagamento das pensionistas, dos cadetes, dos soldados que são engajados e não pagam, e vai haver aumento progressivo da alíquota que é descontada hoje para pensão dos militares”, acrescentou.

Sobre a reforma geral da Previdência, o vice-presidente afirmou que o governo federal precisa realizar esforços de comunicação para convencer tanto o Legislativo quanto a sociedade da necessidade do projeto. Perguntado se, em prol da reforma da Previdência, o presidente Jair Bolsonaro deveria fazer nova declaração pública de que não pretende disputar uma reeleição, Mourão respondeu: “Vamos ver como ele vai reagir”.

O Hospital Regional Emília Câmara – HREC, hoje gerido pela OS, Hospital Tricentenário, fechou parceria nesta quarta-feira (27), com a UNIP – Universidade Paulista, Polo Afogados da Ingazeira.

A parceria foi fechada após reunião do representante comercial da UNIP, André Santos com a gestora geral do HREC, Patrícia Queiroz de Farias e o gestor administrativo e financeiro, Sebastião Duque Cajueiro.

O intuito do acordo fechado com a UNIP é gerar oportunidade para aqueles que desejarem ingressar no ensino superior. Os colaboradores do HREC ganharão descontos especiais no valor de 30% nas mensalidades.

A UNIP oferece educação a distância nas mais diversas áreas, como Administração, Artes visuais, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas e muito mais. Todas elas com descontos de até 30% nas mensalidades.

Recentemente, a UNIP recebeu autorização do Ministério da Educação – MEC para ofertar mais quatro cursos, sendo eles: enfermagem, farmácia, nutrição, e biomedicina, que em breve estarão sendo disponibilizados no polo de Afogados da Ingazeira.

Para mais informações ligue: UNIP: (87) 383-1763 ou (87) 9.9998-1141 ou (81) 9. 9522-0243 –André Santos – Representante comercial. Site: unip.br/ead

Capitão pede distância máxima do presidente de seu partido

Após o escândalo das candidaturas laranjas e de notícias sobre desvio de recursos públicos na campanha do presidente do PSL, Luciano Bivar (PE), a ala do partido mais ligada a Jair Bolsonaro começou um pente-fino nas prestações de contas de deputados que concorreram pela sigla.

O material pode ser usado para pressionar a saída de Bivar do comando do partido. O grupo se movimenta com o discurso de que, se nenhuma medida for tomada agora, o ônus dos casos pode acabar caindo no colo do presidente.

Bolsonaro disse a aliados mais próximos que quer distância máxima de Bivar. Não pretende fazer contato com ele tão cedo.

Michelle e Barack Obama na avenida?

Michelle e Barack Obama no Carnaval do Brasil? A escola de samba Vai-Vai, de SP, está fazendo o possível para o sonho virar realidade.

A diretoria executiva da agremiação entrou em contato com o consulado americano para formalizar o convite ao casal.

A escola, que desfila no sábado no Sambódromo, está homenageando o ex-presidente americano em um de seus carros alegóricos.

O novo embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, participou do evento LIDE China, em SP, na quarta (27). 

 Em seu discurso, desejou “muito sucesso” às reformas propostas pelo governo e afirmou que, “sob a liderança de Jair Bolsonaro, o Brasil entra numa nova etapa de desenvolvimento”. Depois, falou à coluna, acompanhado de uma tradutora.  (Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo)

 

 

 

Mais uma candidata a deputada estadual de Pernambuco está sob suspeita de ter sido “laranja” na campanha eleitoral de 2018. Segundo informações reveladas pelo jornal O Globo nesta sexta-feira (22), o partido destinou R$ 128 mil para a candidata a deputada estadual Mariana Nunes, de Pernambuco. Assim que chegou à conta da postulante, o dinheiro já foi quase todo recebido por gráficas entre os dias 5 e 6 de outubro com a aquisição de santinhos, folders e praguinhas a menos de dois dias das eleições.

Mariana Nunes obteve apenas 1.741 votos na tentativa de conquistar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco, ficando na 189ª posição. Sua campanha custou R$ 127.860,00, de acordo com a prestação de contas feita à Justiça Eleitoral, ficando bem acima de campeões de votos da sigla. Um exemplo disso é a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP), que foi a mais votada da história do Brasil, e que gastou R$ 58,4 mil na campanha.

Dos R$ 128 mil recebidos da direção estadual do PSL, R$ 118 mil ficaram à disposição de Mariana Nunes entre os dias 2 e 5 de outubro. Quase toda a verba (88%) foi gasta na confecção de cinco milhões de santinhos e um milhão de adesivos na gráfica Juliane Mirella de Carvalho Gonçalves, localizada nas Graças, na Zona Norte do Recife. A mesma empresa foi contratada por Maria de Lourdes Paixão e Érika Siqueira, candidatas que também receberam grandes cifras do partido a poucos dias da eleição. Lourdes obteve 274 votos para deputada federal, enquanto Érika recebeu 1.315 votos na tentativa de chegar à Alepe.

 

 

 

Jurandir Pires será o homenageado do Asa no Frevo no Carnaval 2019

Com mais de quatro décadas de envolvimento com a história do carnaval de Afogados, o bancário Jurandir Pires será o homenageado de 2019 do Bloco Asa no Frevo. Sábado (02), a partir do meio dia, no Pilão, Quinteto do Samba e Orquestra Show de Frevo animam a festa. Na terça (05) a partir de 12h, a orquestra Show de Frevo estará ao vivo na AABB. O abadá está sendo vendido ao preço de R$ 20,00.

O blog teve acesso ao registro do BO na 14° Delegacia Seccional de Policia Civil de Caruaru, onde se apresentou um dos acusados que supostamente seria um dos envolvidos no acidente que deixou saldo de um morto e outro gravemente ferido em Afogados da Ingazeira.

O acusado André Fernando da Silva (Foto), estudante de Administração na Unopar, trabalha com confecções, além de venda e compra de veículos conforme foi divulgado pela imprensa local, o mesmo registrou Boletim de Ocorrência alegando que várias vezes o veículo Chevrolet Cruze, placas OYY 4141 foi clonado e recebeu multas conforme depoimento na delegacia.

 

BOLETIM DE OCORRÊNCIA REGISTRADO EM 13 DE FEVEREIRO DE 2019

A VÍTIMA RELATA QUE SEU VEÍCULO (OYY-4141, CRUZE, DE COR BRANCO) FOI CLONADA POR INDIVÍDUO DESCONHECIDO, RELATA QUE NO DIA 01/01/2019 CHEGOU UMA MULTA DE EXCESSO DE VELOCIDADE, NA CIDADE DO RECIFE, O QUAL AFIRMA NÃO TER SAÍDO DA CIDADE DE CARUARU NESTE DIA. RELATA AINDA QUE NA DATA DE HOJE (13/02/2019) RECEBEU UMA LIGAÇÃO DE UMA PESSOA DIZENDO QUE O MESMO TERIA COLIDIDO NO VEÍCULO DO SEU IRMÃO E TERIA FUGIDO DO LOCAL, NA CIDADE DE AFOGADOS DA INGAZEIRA, CIDADE EM QUE O VEÍCULO CLONADO FICOU APREENDIDO, MAS QUE O CONDUTOR FUGIU DO LOCAL, COMPARECEU A DELEGACIA DE PLANTÃO DE CARUARU PARA INFORMAR O FATO E SOLICITAR QUE AS MEDIDAS CABÍVEIS SEJAM TOMADAS.

Imagem do veículo (OYY-41, CRUZE, DE COR BRANCO) enviada ao blog através de André Fernando da Silva

Imagem do veículo no dia do acidente

Segue abaixo as informações recebidas dos Boletins de Ocorrências.

Vídeo enviado ao blo pelo acusado.

 

Romildo Barbosa (Suspeito)

Essa é a foto do celular encontrado dentro veículo dos suspeitos, foi certificado que o motorista do Cruze fez uma ultrapassagem irregular que provocou o acidente dexando saldo de morto um pai de familía e outro gravemente ferido,  o caso está sendo investigado pelo Delegado Regional, Marlon Frota Viana. A população clama por justiça, o fato está tendo uma grande reverberação pela forma negligente e corvade dos ocupantes do Cruze que não prestarão socorro às vitímas, informações que  “O ponteiro do Cruze travou em 192 quilômetros por hora”. A polícia ainda não duvulgou o fechamento do caso. 

O blog segue a sua linha jornalística que todos os citados nesta plataforma tem o seu direito de defesa, como também será divulgado com o mesmo ímpeto tão logo os orgão competentes elucidarem os fatos.

Romildo Barbosa (Suspeito)

André Fernado Silva (Suspeito)

O Celular deixado dentro do veículo Cruze que bateu no gol e ocasionou a morte de um afogadense, um trabalhador e pai de família (Vaguinho), deixando outro gravemente ferido, no último sábado entre Afogados e Carnaíba, foi a principal linha de investigação para Polícia Civil identificar os imprudentes que estavam no veículo após o momento do choque. Outras informações que eles residem em Caruaru, de onde também é a placa do veículo, um deles André Fernando estuda Administração na Unopar e trabalha com confecções também comercializa venda e compra de veículos.

Os dois suspeitos fugiram sem prestar nenhum socorro às vítimas, agindo de uma forma desumana e irresponsável.

Foto: Celular encontrado dentro do carro dos suspeitos

 Os suspeitos, André Fernando da Silva, 29 anos e Romildo Barbosa, da cidade de Dois Vizinhos, do estado do Paraná, estavam no Chevrolet Cruze, placas OYY 4141, placa de Caruaru quando bateram frontalmente no veículo gol que era conduzido por Lucélio Vasconcelos, conhecido como Célio que ficou gravemente ferido, quebrou o fêmur (osso mais longo e mais volumoso do corpo humano), e teve outras fraturas no corpo, foi socorrido para hospital de referência (HREC), administrado pelo Tricentenário em Afogados da Ingazeira onde foi realizado uma Laparotomia pelo então cirurgião Dr. Fernado Nunes, Cerearense  um dos melhores do país que atualmente dá platão no Emília Câmara, há quem diga que três fatores salvaram a vida de Célio que era o condutor do Gol, Deus, banco do carro que no momento do impacto fastou,  e o experiente e renomado médico na agilidade do procedimento cirúrgico que de imediato realizou a incisão cirúrgica na cavidade abdominal, para resolver o problema de Hemorragias internas provocadas por lesões ou fraturas.

Já o passageiro do gol Fagner Silva (Vaguinho),  não resistiu e veio a óbito ainda no local, ele  era casado deixa dois  filhos um de quatro anos, informações que o segundo filho pelo fato da esposa está gravida.

Este caso está sob a responsabilidade da Delegacia de carnaíba, onde ocorreu o acidente.

Os suspeitos: há informações que  ainda não se apresentaram.

O episódio  tirou a vida um trabalhador e pai de familía,  não se sabe se os ocupantes estavam sob efeito de álcool, essa proposição fica difícil de saber, pelo fato de fazer dias, mas a supressão e a fuga já é indício de culpa segundo a polícia. 

 

Célio  teve que ser transferido para unidade em Serra Talhada encontra-se na UTI no Hospital São Vicente, o seu estado é estável apresentado evolução na recuperação, as informações que hoje quarta-feira dia 13, ele começou a renconhecer as pessoas, uma outra notícia boa, é que foi liberado alimentação líquida e a retirada da sonda nasográstica. O tratamento é lento e doloroso devido a gravidade dos ferimentos, mas os familiares e amigos na fé, formam uma corrente de oração para recuperação deste pai de família exemplar, vítima da negligência no trânsito. 

Para título de informação ele é cunhado do vice-prefeito de Afogados da Ingazeira Alessandro Palmeira, este blogueiro foi testemunha das noites varando as madrugadas da esposa e familaires do própio Sandrinho no Hospital Regional de referêrencia  em Afogados que foi determinante com toda equipe médica guiada por Deus para salvar mais uma vida.

Neste domingo (3), completam-se dois anos do falecimento de dona Marisa Letícia, esposa e companheira de caminhada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ela faleceu no dia 3 de fevereiro de 2017 em decorrência de um AVC, aos 66 anos.
Ela se manteve discreta em sua vida pessoal, embora sempre tenha sido uma ativista. Quando jovem, dos 13 aos 19 anos, trabalhou embalando bombons em uma fábrica de chocolates.
Iniciou sua militância na política junto com o marido, eleito presidente do Sindicato dos Metalúrgicos em 1975. Foi ela quem liderou a Passeata das Mulheres, em protesto pela liberdade dos sindicalistas.
Participou da vida política de Lula, mas teve também sua militância própria, inclusive durante a ditadura militar. Em 1980, Lula e outros líderes metalúrgicos estavam presos e Marisa Letícia, por conta de uma intervenção no sindicato, transferiu sua sede à sala de sua casa e ajudou a organizar passeatas de mães e filhos de metalúrgicos.
Junto com Lula, participou da fundação do Partido dos Trabalhadores (PT) em 1980.
Marisa teve uma atitude discreta durante os dois mandatos de Lula e foi vítima de ataques infundados e criminosos nas rede sociais e da operação Lava Jato nos seus últimos anos de vida.

Instituições financeiras, consultadas pelo Banco Central (BC), reduziram a projeção para o crescimento da economia, neste ano e em 2020. A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi ajustada de 2,53% para 2,50%, em 2019.

Para o próximo ano, a expectativa caiu de 2,60% para 2,50%. Em 2021 e 2022, a projeção segue em 2,50%. Essas são as previsões de instituições financeiras consultadas pelo BC todas as semanas sobre os principais indicadores econômicos.

A inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve ficar em 4% este ano.

Na semana passada, a projeção para o IPCA estava em 4,01%. A estimativa segue abaixo da meta de inflação (4,25%), com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%, este ano.

Para 2020, a projeção para o IPCA segue em 4%, há 82 semanas seguidas. Para 2021 e 2022, a estimativa permanece em 3,75%.

A meta de inflação é 4%, em 2020, e 3,75%, em 2021, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

O BC usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,5% ao ano, para alcançar a meta da taxa inflacionária.

De acordo com o mercado financeiro, a Selic deve encerrar 2019 em 7% ao ano e continuar a subir em 2020, encerrando o período em 8% ao ano, permanecendo nesse patamar em 2021 e 2022.

O Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic para conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Quando o Copom diminui a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação.

A manutenção da taxa básica de juros indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,75 no final deste ano, e em R$ 3,78, no fim de 2020.

CADU ROLIM/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

CADU ROLIM/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

O repórter-fotográfico do jornal O Estado de S. Paulo foi até Brumadinho e relata parte da experiência vivida. Confira o depoimento:

A busca é feita pelo cheiro, pelo olhar atento que percorre a superfície da lama fétida, em busca de algum sinal de corpo humano, ou do que restou dele. Os brigadistas apontam para algo no meio do barro. Acompanho de longe, ao lado da casa que foi engolida pelo rejeito. Dali, não consigo ver nada além de entulho. “É um corpo. Vamos até lá”, diz um deles.

Na equipe, são 11 brigadistas em operação. Dois deles entram no mato e voltam carregados de galhos para lançar sobre o barro mole. Vão fazendo uma ponte improvisada até chegar ao que parece ser parte de alguém. Um brigadista se volta para mim. Penso que serei expulso. A área foi isolada e não há mais ninguém ali. Ele pede ajuda. “Ei, você, me dá essa madeira aí no canto, rápido”, diz ele, apontando um pedaço da porta que restou de um guarda-roupas. Entrego a madeira. Eles lançam sobre o barro.

Caminhar na lama ainda é impossível. Dois dias depois da enxurrada de rejeito da Vale varrer o Córrego do Feijão e estraçalhar tudo o que encontrou pela frente, o barro ainda segue mole. Um passo em falso e você afunda até as canelas, sem conseguir sair. Para a equipe de brigadistas que trabalha nas margens do desastre, nesta região de Brumadinho conhecida como “Berço Alberto Flores”, o limite do salvamento são cinco, seis metros lama adentro. “Qualquer coisa para além disso, é risco de não conseguir voltar”, me diz um deles. “Procuramos sobreviventes, sempre. Mas aqui, a verdade é que estamos nos guiando pelo cheiro dos corpos ou pelo o que conseguimos ver.”

Andando sobre as madeiras, eles chegam ao que seria um corpo humano. É. Com luvas, um deles se abaixa e passa a recolher órgão de alguém. Vísceras, estômago, fígado. Roupa. Em fila indiana, passam de mão em mão o que encontraram pela frente, até depositar as partes sobre uma manta metálica no chão.

Rapidamente recolhem o material e somem pela mata. O deslocamento de vítimas que têm sido encontradas próximas de estradas é feito por meio de ambulâncias. Em áreas mais remotas, o trabalho é apoiado pelo helicópteros, que não param de cruzar o céu.

Olho para o horizonte do mar de lama que se abriu na mata. Ao longe, nos cantos da vegetação, é possível ver mais mantas metálicas espalhadas, aguardando para serem recolhidas.
“É melhor você ir agora”, me diz um dos brigadistas. “Essa região ainda não está segura e foi isolada, o solo ainda está muito movediço.”

Me despeço e saio pela mata. Toda a região foi cercada pela polícia e os acessos pelas estradas estão proibidos. Meu acesso à equipe de brigadeiros se deu casualmente, quando decidi entrar por uma estrada de terras que seguia até o curso do Rio Paraopeba, outra vítima fatal da catástrofe. Sítios e chácaras que não foram inundados estão vazios, com as portas trancadas. A polícia ronda a região, por causa de saques que ocorreram em algumas áreas.

Uma dessas casas é a chácara “Recanto Feliz”, número 126, bem na beira da estrada que foi interditada pelo mar de rejeitos de minério de ferro. Sobraram sinais da felicidade por ali. Brinquedos de crianças largados no sofá. Na pia, louça suja de um almoço feito dois dias atrás. Na varanda, uma casinha de madeira para as crianças com vista para o que era o córrego. Não há mais vista. Nem crianças.

Edson Silva - 2011/Folhapress

O relatório do mês de janeiro do programa Bolsa Família aponta que o número de famílias beneficiadas foi reduzido em 381 mil em relação a dezembro de 2018.

O corte, segundo o Ministério da Cidadania, é fruto de procedimentos que geram cancelamentos por “inadequações” e desligamentos voluntários.

Segundo o programa, em dezembro foram pagas 14,1 milhões de famílias. Já no primeiro mês do ano foram 13,7 milhões.

O pagamento dos beneficiários começou na sexta-feira, dia 18, e obedece um calendário que leva em conta o número final de cadastro da família. Janeiro é o primeiro mês do programa sob o governo de Jair Bolsonaro (PSL), que assumiu dia 1º..

Jovem morre afogado em Sertânia

Na noite deste domingo, dia 27, foi encontrado o corpo do jovem MAELSON CAMPOS, 19 anos, filho de Marcos moto-táxi e irmão de João Coca-Cola. O mesmo foi encontrado enganchado numa rede de pesca.
Segundo informações da polícia, a GT local foi acionada pela Central da 2ª CPM para averiguar um caso de afogamento próximo a Barragem dos Campos. De acordo com as testemunhas que estavam com a vítima na hora do fato, viram subir e descer várias vezes e depois não a viram mais. 
Foi acionado o Corpo de Bombeiros que iria iniciar as buscas, porém até a conclusão dessa ocorrência o corpo foi localizado por populares na barragem. A ocorrência foi repassada para DP local para providências legais cabíveis.
O corpo de MAELSON será encaminhado para o IML de Caruaru, seu sepultamento ocorrerá em Sertânia.
Prioridade é procurar sobreviventes, diz delegação israelense 

Divulgação-PR

O chefe da delegação de Israel que chegou a Brumadinho (MG) após o rompimento da barragem da mineradora Vale, coronel Golan Vach, disse hoje (28) que a prioridade, neste primeiro momento, é encontrar sobreviventes. O plano é utilizar tecnologia israelense para detectar sinais de aparelhos celulares que permanecem ligados quase quatro dias após a tragédia.

Durante coletiva de imprensa, Vach explicou que a equipe sobrevoou  nas primeiras horas da manhã. a área onde os rejeitos foram derramados. Após o reconhecimento da região, segundo ele, a delegação terá uma noção completa do que precisa ser feito. Os primeiros homens da comitiva já chegaram às margens do Rio Paraopeba, onde o trabalho com radares será feito.

O coronel elogiou o trabalho das forças brasileiras que trabalham quase que de forma ininterrupta desde a tarde da última sexta-feira (25). “Eles trabalham em um local muito complicado e muito perigoso.” Em um segundo momento, sonares israelenses serão utilizados na localização de corpos que permanecem submersos nos rejeitos. A tecnologia é capaz de localizar corpos que estão entre 3 e 4 metros abaixo da lama.

Governador

Após a chegada da comitiva israelense a Brumadinho, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, afirmou que a tecnologia estrangeira deve aumentar a possibilidade de encontrar sobreviventes no local da tragédia, além de dar mais agilidade na recuperação de corpos. “O que, de certa forma, vai amenizar e muito a angústia que as famílias dessas vítimas têm passado”, destacou.

Zema reforçou que, neste momento, não há necessidade de envio de donativos e que a grande preocupação de todos que estão no local é localizar sobreviventes e vítimas. “Sou muito grato ao nosso pessoal, que tem se empenhado muito. Polícia militar, polícia civil, corpo de bombeiros têm feito o possível e o impossível. E, a partir de hoje, somando as forças de Israel, com toda certeza esse trabalho vai melhorar e vai ser agilizado”, concluiu.

Agência Brasil

Bolsonaro passa por cirurgia na manhã de hoje em São Paulo 

twitter-bolsonaro

A cirurgia de retirada da bolsa de colostomia e de reconstrução do trânsito intestinal do presidente Jair Bolsonaro começou às 6h30 de hoje (28). A operação é feita no centro cirúrgico do Hospital Israelita Abert Einstein, na capital paulista, onde o presidente deu entrada no sábado (26).

Há quatro meses, desde o ataque a facadas em Juiz de Fora, Minas Gerais, Bolsonaro utiliza a bolsa em seu corpo. No ano passado, ele passou por outras duas cirurgias de emergência.

O porta-voz da presidência, general Otávio Santana do Rêgo Barros, concederá entrevista ao meio-dia para divulgar o estado de saúde do presidente. Além do porta-voz, estão no hospital o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, a esposa Michele Bolsonaro e os filhos Carlos Bolsonaro e Eduardo Bolsonaro.

Passadas 48 horas da cirurgia, Bolsonaro voltará ao trabalho, no hospital, onde deve ficar 10 dias em recuperação. O hospital organizou um espaço para o presidente despachar.

A equipe responsável pelo procedimento é o cirurgião Antônio Luiz Macedo, o cardiologista Leandro Echenique e o superintendente Miguel Cendoroglo.

Agência Brasil

Os pernambucanos do Sertão do Araripe tiveram uma boa surpresa neste domingo (27), por conta de chuvas na região. O fato ocorreu na comunidade rural de Barra Bonita, divisa entre os municípios de Dormentes (Sertão do São Francisco) e Santa Filomena (Araripe). Já em Araripina, também no Araripe choveu cerca de 10 mm na tarde do sábado.

Um dos integrantes da Comissão Permanente pela Pavimentação da PE-630, o coordenador geral do Conselho Popular de Petrolina (CPP), Rosalvo Antônio, registrou as chuvas e não escondeu sua alegria. A Comissão tinha novo encontro agendado neste domingo (27), sobre a rodovia, em Barra Bonita.

Para este final de semana havia previsão de chuvas fortes em algumas partes do Estado, conforme divulgado pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).  (Blog do Britto)

Dudu Morais se apresenta nove dias após homicídio e sem mandado em aberto, é liberado

Delegado de Tabira teria solicitado prisão temporária, mas caso ainda não foi apreciado pelo Judiciário

O poeta e advogado Dudu Morais se apresentou hoje na 20ª Delegacia Seccional de Afogados da Ingazeira, onde acontece o plantão do fim de semana para depor sobre o homicídio onde figura como autor contra o próprio tio.

Em 18 de janeiro, Dudu , de 29 anos, matou a tiros o próprio tio Clênio Evandro Cordeiro, de 42, após um desentendimento, na Rua Rosa Xavier.

Com uma perfuração que atingiu o fígado, baço, intestino e pâncreas, Evandro não resistiu e morreu no Hospital Regional Emília Câmara.

Dudu se apresentou acompanhado de um advogado e teria ficado em silêncio no interrogatório.

Como não havia nenhum mandado de prisão contra ele, o advogado e poeta saiu pela porta da frente, com base  no prazo expirado do flagrante, conforme  o Código de Processo Penal.

Segundo informações a que o blog teve acesso, houve pedido de prisão preventiva feito pelo Delegado de Tabira, Thiago Souza, mas ainda não deliberada pelo Judiciário, o que impede que ele seja preso.

A motivação do crime ainda não é oficial, no entanto, duas versões circulam na cidade de Tabira. A primeira informação é que a vítima Clênio Evandro teria agredido uma irmã de Dudu, sendo a causa do desentendimento que acabou em tragédia.

A segunda versão comentada é que os dois tinham um desentendimento por causa de herança. A Polícia Civil vai investigar o caso. (Via Nill)

O governador Paulo Câmara anunciou, nesta segunda-feira (14.01), os nomes que comandarão os órgãos da estrutura descentralizada do Governo de Pernambuco, a partir de 2019, alguns como Roberto Tavares, na Compesa, Tatiana Nóbrega, na Funape, e Ricardo Leitão, na Cepe, permanecem nos cargos. “São pessoas com experiência administrativa e muitos serviços prestados ao povo de Pernambuco. Tenho certeza de que vão colaborar para que a nossa administração continue avançando, reforçando nossas políticas públicas e atuando diariamente para a melhoria da qualidade de vida dos pernambucanos”, destacou Paulo. Segue, abaixo, os nomes escolhidos pelo chefe do Executivo estadual e seus respectivos postos:

Governadoria do Estado:

Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado de Pernambuco (ARPE) – Ettore Labanca

Secretaria de Administração:

Agência Estadual de Tecnologia da Informação  (ATI) – Ila Carrazone

Instituto de Recursos Humanos do Estado de Pernambuco (IRH) – Ruy Bezerra

Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco  (FUNAPE) – Tatiana Nóbrega

Pernambuco Participações e Investimentos S/A  (PERPART) – Adaílton Feitosa

Secretaria da Casa Civil:

Companhia Editora de Pernambuco (CEPE) – Ricardo Leitão

Arquivo Público – Evaldo Costa

Secretaria de Desenvolvimento Agrário:

Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (ITERPE) –  Altair Patriota Correia Alves

Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) – Odacy Amorim

Secretaria de Saúde:

Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco Governador Miguel Arraes S/A – (LAFEPE) – Flávio Gouveia

Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos:

Agência Pernambucana de Águas e Clima  (APAC) – Suzana Montenegro

Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Pernambuco  (DER) – Bruno Cabral

Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal  (EPTI) – Jurandir Liberal

Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) – Roberto Tavares

Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação:

Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco  (DETRAN) – Roberto Fontelles

Consórcio de Transportes da Região Metropolitana do Recife (CTM) – Erivaldo Coutinho

Companhia Estadual de Habitação e Obras  (CEHAB) – Bruno Lisboa

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação:

Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia  (FACEPE) – Abraham Benzaquen Sicsú

Empresa Pernambuco de Comunicação S/A – (EPC) – Gustavo Almeida

Secretaria de Cultura:

Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco  (FUNDARPE) – Marcelo Canuto

Secretaria de Desenvolvimento Econômico:

Instituto de Pesos e Medidas do Estado de Pernambuco (IPEM) – Juliano Martins

SUAPE – Complexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros –  Leonardo Cerquinho

Porto do Recife S/A – Carlos Vilar

Companhia Pernambucana de Gás (COPERGÁS) – André Campos

Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco S/A (AD-DIPER) – Roberto Abreu

Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude:

Fundação de Atendimento Socioeducativo (FUNASE) – Nadja Alencar

Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação:

Junta Comercial do Estado de Pernambuco  (JUCEPE) – Taciana Bravo

Agência de Fomento do Estado de Pernambuco (AGEFEPE) –  Marcelo Barros

Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade:

Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) – Djalma Paes

Distrito Estadual de Fernando de Noronha –  Guilherme Rocha

 

Russos:

Cidadão poderá ter até seis armas, revela deputada aliada de Bolsonaro

A deputada federal eleita Joice Hasselmann (PSL) antecipou alguns pontos que estarão no decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para a regulamentação do porte de armas no Brasil. A expectativa é que o documento seja divulgado nesta terça-feira (15).

No Twitter, a jornalista postou que o decreto vai permitir que cada cidadão tenha até seis armas.

Joice Hasselmann@joicehasselmann

Bom dia! Hj @jairbolsonaro publica decreto q flexibiliza a posse de armas. Todo cidadão de bem poderá ter 2 armas em casa. Em caso de necessidade, esse número pula para 6. As taxas serão reduzidas. Agora mulheres de todo Brasil terão a resposta na ponta do dedo aos estupradores

 

Carros e Costas

 

Câmara de Patos quer que TCE-PB libere uso de “vale combustível” por vereadores 

sales-junior-prb

O presidente da Câmara Municipal de Patos, Sales Júnior (PRB), enviou ofício para o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) solicitando o aval do órgão para a seguinte demanda: cada vereador do município poderia receber uma ajuda de custo por mês de R$ 200 para gastar com combustível, o que resultaria em um impacto financeiro na Câmara de R$ 3.400 mensais.

De acordo com o presidente do Tribunal de Contas do Estado, André Carlos Torres, a demanda está sendo analisada pela auditoria e somente quando, juntamente à assessoria jurídica do órgão, for chegado a um parecer, ele poderá se pronunciar sobre o caso.

Na consulta, o chefe do legislativo afirma que, embora a Câmara possua três veículos disponíveis, esses estão à disposição dos setores administrativos do Legislativo, estando, muitas vezes, ocupados, quand solicitados pelos parlamentares.

Ele afirma ainda que o valor seria utilizado para a ida às comunidades, fiscalização de obras municipais e para atender à solicitação e reinvindicação, in loco, por parte da população e demais atribuições parlamentares externas.

Enquanto isso…

STJ regulamenta auxílio-moradia a juízes federais e ministros
stf_Agência Brasil

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, que também preside o Conselho Nacional da Justiça Federal, regulamentou o pagamento do auxílio-moradia aos juízes federais, reforçando as restrições estabelecidas em dezembro pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A resolução foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira.

Na semana passada, Noronha já havia publicado resolução que regulamentava o pagamento do benefício a ministros do STJ, desta vez com a previsão de que o magistrado somente poderá receber o auxílio se não tiver imóvel próprio ou funcional no Distrito Federal, onde fica a sede do tribunal.

Em sua última sessão do ano passado, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou por unanimidade, numa votação de poucos segundos, uma nova resolução para o pagamento de auxílio-moradia aos magistrados brasileiros, no valor máximo de R$ 4.377,73.

A resolução do CNJ, publicada em 18 de dezembro, prevê ao menos cinco critérios que devem ser atendidos para que o magistrado, seja no âmbito federal ou estadual, possa ter direito ao auxílio-moradia. Segundo estimativa preliminar do CNJ, aproximadamente 180 juízes estariam incluídos em tais critérios, cerca de 1% da magistratura.

Estão entre os critérios que não haja imóvel funcional disponível ao magistrado; que cônjuge ou qualquer pessoa que resida com o magistrado não ocupe imóvel funcional; que o magistrado ou cônjuge não tenha imóvel próprio na comarca em que vá atuar; que o magistrado esteja exercendo suas funções em comarca diversa do que a sua original; que o dinheiro seja gasto exclusivamente com moradia.

Após a publicação da resolução pelo CNJ, ficou a cargo de todos os órgãos subordinados da Justiça regulamentarem o pagamento do benefício dentro dos moldes estabelecidos pelo conselho.

Até novembro do ano passado, o auxílio-moradia era pago a todos os magistrados, indiscriminadamente, por força de uma liminar concedida em 2014 pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF). O próprio ministro revogou a decisão após o então presidente Michel Temer ter sancionado lei que resultou num reajuste de 16,38% no salário dos juízes brasileiros.

Número de roubos em Pernambuco no ano passado cai 21,7% em relação a 2017, afirma secretário

O Estado de Pernambuco contabilizou 94.356 roubos – os crimes violentos contra o patrimônio (CVLPs) – em 2018, de acordo com balanço divulgado nesta segunda-feira (14) pela Secretaria de Defesa Social (SDS). O número é 21,7% menor que o de 2017, quando foram registradas 120.570 ocorrências.

O mês de dezembro apresentou uma queda de 18% em relação ao mesmo período do ano anterior. Foram 6.653 roubos, o menor total absoluto desde abril de 2015, que contabilizou 6.125 CVLPs, segundo a SDS. Dezembro foi ainda o 16º mês seguido de redução dos roubos no Estado.

Os dados divulgados pela secretaria englobam assaltos a bancos, a ônibus e a transeuntes, além de roubos de cargas e de veículos e outras formas de ações violentas para roubar bens. Segundo o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, as forças de segurança chegaram a um saldo de 44 mil prisões e a apreensão de 6,8 mil armas de fogo em 2018. (Fonte: FP)

Alunos de escolas estaduais de Pernambuco podem concorrer a mil bolsas de estudos

 

Resultado de imagem para alunos em sala de aula em pernambuco

Alunos e ex-alunos de escolas públicas estaduais de Pernambuco podem se candidatar a mil bolsas de estudos pagas pelo governo do Estado. Para concorrer, é preciso antes ser aprovado em uma universidade pública. Nesta segunda edição, o Programa PE no Campus vai oferecer bolsa de R$ 950 no primeiro ano da graduação e R$ 400 no segundo ano do curso. As inscrições, somente pela internet, começam nesta terça-feira (15) e vão até dia 23 de janeiro.

O objetivo da bolsa é ajudar nas despesas do curso, moradia, alimentação e transporte. O objetivo é melhorar as condições de acesso à universidade dos estudantes egressos do ensino médio público pernambucano. Serão 900 para estudantes que optarem por concorrer pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu) e cem para quem for aprovado na UPE pelo Sistema Seriado de Avaliação (SSA).

Para concorrer ao PE no Campus o candidato deve ter estudado todo o ensino médio na rede pública estadual e ter concluído, no máximo, há cinco anos; ser atendido pelo Bolsa Família ou ter renda familiar inferior a três salários mínimos; ter residência fixa com distância igual ou superior a 50km da universidade e ter sido admitido em curso de graduação numa instituição de ensino por meio do Enem ou SSA realizado em 2018, com previsão de ingresso para 2019.

 

 

Agricultor é morto em Santa Cruz da Baixa Verde e aposentada comete suicídio em Carnaíba

Um agricultor de 30 anos foi morto a facadas após uma discussão na segunda-feira (14), em Santa Cruz da Baixa Verde, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima estava consumindo bebida alcoólica com um homem conhecido apenas por ‘Alex’, quando se desentenderam e o agricultor, segundo testemunhas, teria puxado a faca para atingir o suspeito.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, durante a briga o acusado tomou a faca da vítima e a esfaqueou diversas vezes. O homem morreu no local. Policiais militares foram até a residência do suspeito, mas ele não se encontrava. Segundo informações, ele estaria foragido no município de Manaíra (PB). A PM fez buscas na cidade, mas não conseguiu localizar o mesmo.

Suicídio – Em Carnaíba, também no Sertão do Pajeú, uma aposentada de 66 anos cometeu suicídio nesta segunda-feira (14). Segundo informações do 23º BPM, o corpo da vítima foi encontrado por populares na residência da mesma, no Bairro Caixa D’água.

O efetivo foi ao local, juntamente com o agente de plantão e constataram a veracidade dos fatos. Foi isolada a área, onde o corpo da vítima foi encontrado. Populares informaram ao policiamento que encontraram a vítima dependurada no teto da casa, presa por uma corda no pescoço. Familiares cortaram a corda antes de o efetivo chegar.

O IC esteve no local e confirmou o suicídio. A ocorrência foi passada à DP local para serem tomadas as medidas legais cabíveis. (Nill) 

Aumentou para 353 o número de suspeitos presos ou apreendidos por participação nos atos criminosos no Ceará. De acordo com a Secretaria Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o balanço corresponde às capturas até as 17h deste domingo (13).

“As prisões e apreensões registradas na capital, região metropolitana e cidades do interior são oriundas de ações das forças de segurança cearenses, e entidades parceiras, que atuam incessantemente para garantir tranquilidade a todos os cidadãos cearenses e a normalidade no funcionamento dos serviços públicos”.

Até ontem, 12º dia seguido de ataques, foram transferidos 39 chefes de grupos criminosos para presídios federais. A polícia localizou e apreendeu cinco toneladas de explosivos em um depósito clandestino.

Leis sancionadas

Na noite de domingo foi registrado mais um ataque criminoso, em Fortaleza. O alvo foi uma ponte na Rua São João, no bairro Bonsucesso. Desconhecidos que estavam em carro lançaram uma bomba contra a estrutura de concreto. O local chegou a ser isolado para polícia.

Também ontem, o governador do Ceará, Camilo Santana, sancionou as novas leis contra o crime organizado. As medidas foram aprovadas pela Assembleia Legislativa, em sessão extraordinária realizada no sábado (12).

De acordo com o governo do estado, as leis já foram publicadas e visam reforçar o combate ao ataques organizados por facções criminosas no estado desde o dia 2 de janeiro.

O governo listou as medidas que passam a valer imediatamente:

– convocação de policiais militares e bombeiros militares da reserva;

– aumento da quantidade de horas extras para policiais, bombeiros e agentes penitenciários de 48h para 84h mensais;

– pagamento em dinheiro para quem fornecer informações à polícia que resultem na prisão de criminosos ou evitem ataques;

– criação do Fundo de Segurança Pública e Defesa Social

– criação do Banco de informações sobre veículos desmontados;

– regras de restrição ao uso do entorno dos presídios do estado para prevenir fugas e garantir mais segurança;

– autorização de convênios e parceria com União e estados para a cessão de policiais ao Ceará. (Via: Agência Brasil)

O instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) ofertará a partir deste semestre, o tão aguardado curso de Engenharia Civil no campus Serra Talhada. Desejo antigo dos moradores da região, o curso foi discutido em audiência pública, realizada na câmera de vereadores do município em 2014. Desde então, o Instituto tem tentado junto ao Ministério da Educação a autorização para sua abertura e, em novembro do ano passado, foi publicado o Ato Autorizativo que concedia este direito ao campus.

O curso terá 35 vagas anuais e será realizado em turno integral (aulas manhã e tarde), com duração mínima de 5 anos. A seleção utilizará o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), exclusivamente com base nos resultados obtidos pelos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente ao ano de 2018. De acordo com o cronograma oficial da seleção, as inscrições serão realizadas entre os dias 22 e 25 de janeiro, exclusivamente pela internet, por meio do endereço eletrônico http://sisu.mec.gov.br. 

É necessário ressaltar que no mesmo período, também haverá inscrições para o curso Licenciatura em Física, ofertado no campus Serra Talhada desde 2017, além de vagas para diversos outros cursos nos demais campi do IF Sertão-PE. O resultado da seleção está previsto para o dia 28 de janeiro. O prazo para a manifestação de interesse em participar da lista de espera será entre os dias 28/01 e 04/02. 

Acesse aqui o cronograma oficial do Sisu com estas e demais informações, bem com o calendário de matrículas no IF Sertão-PE para os candidatos selecionados, que também já está disponível, além do edital da seleção e outros dados referentes ao Sisu.

 

Presidente deve flexibilizar posse de armas até 22 de janeiro

Como a primeira medida de impacto de seu mandato, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) pretende assinar nos próximos dias decreto para permitir a posse de arma de fogo a todas as pessoas sem ficha criminal do país.

A ideia é que a medida seja colocada em vigor antes da participação do presidente no Fórum Econômico Mundial, em Davos, que ocorrerá entre os dias 22 e 25.

“Ele deve implementar, com certeza, antes da viagem”, disse à reportagem o vice-presidente Hamilton Mourão.

Para a assinatura do decreto, o presidente deve promover uma cerimônia no Palácio do Planalto com a presença de parlamentares da bancada da bala, favoráveis à edição da medida.

A iniciativa deve incluir a anistia para pessoas que já possuem armas e perderam o prazo de renovação e o aumento do prazo de validade da autorização de posse de 5 para 10 anos.

O decreto foi discutido nesta terça-feira (8) em reunião ministerial. Segundo relatos, o ministro da Justiça, Sergio Moro, disse que o decreto está em fase final de elaboração.

Moro também disse no encontro que tem tido êxito o envio da Força Nacional para o Ceará para reprimir uma onda de violência estadual.

De acordo com presentes, Bolsonaro negou na reunião que será instalada uma base americana no Brasil durante seu mandato.

O presidente havia citado a possibilidade em entrevista, na semana passada, mas recuou após repercussão negativa.

Ele também orientou a equipe ministerial que seja clara e transparente nas informações repassadas, evitando mal-entendidos.

Na semana passada, os ministros Paulo Guedes (Economia) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil) tiveram um embate em torno da reforma previdenciária.

“Em um início de governo, com certeza, pode ter desconforto, mas isso já passou”, disse o ministro da Secretaria de Governo, Santos Cruz. (Via: Folhapress)

 

 

Polícia Civil de Afogados prende homem que assassinou amigo a golpes de foice

Na tarde de ontem, informações foram repassadas ao Delegado Ubiratan Rocha Fernandes dando conta de que um foragido da Justiça estava escondido na Zona Rural de Afogados da Ingazeira/PE.
Trabalhando com as informações repassadas, diligências indicaram que o foragido estava no Sítio Jatobá dos 2 Riachos, Zona Rural de Afogados da Ingazeira/PE.
Com efeito, policiais se deslocaram na manhã de hoje para a localidade e efetuaram a prisão de:
*JOSÉ VIEIRA FILHO*, vulgo *DEZINHO VIEIRA*.
Já preso, DEZINHO informou que havia assassinado um amigo a golpes de foice após desentendimentos provenientes de bebedeiras, fato este praticado no centro de Capoeiras/PE.
A prisão cessou 22 anos de fuga de DEZINHO, restabelecendo o senso de efetividade e aplicação da lei penal não só na cidade de Afogados da Ingazeira e Capoeiras, mas em todo o estado de Pernambuco.

Após os procedimentos de praxe, o autuado foi encaminhado à Cadeia Pública de Afogados da Ingazeira, onde espera sua transferência para a cidade de Capoeiras/PE.

Essa é mais uma ação da Polícia Civil na cidade de AFOGADOS DA INGAZEIRA/PE, seguindo as diretrizes do Pacto Pela Vida no combate à criminalidade.

Está cada vez mais avançado o projeto da Prefeitura de Tabira em comprar uma usina de asfalto para o município. Nesse sentido, o prefeito Sebastião Dias autorizou o secretário de Obras, Cláudio Alves, juntamente com diretor de Planejamento, Rubens Espíndola, e o diretor de Obras do município visitar a usina de asfalto de Afogados da Ingazeira para conhecer o equipamento e seu funcionamento.

A equipe foi recepcionada pelo secretário de Infraestrutura de Afogados da Ingazeira, Silvano Queiroz e Nilson Macário que coordena as ações na usina de asfalto.

Foi apresentado a equipe tabirense o funcionamento da máquina que produz intertravados, material que hoje é utilizado na construção de praças e calçadões. O equipamento gera ao município uma grande economia, uma vez que todo o material é produzido na própria cidade. “Todo o intertravados utilizado na Avenida Rio Branco, recém-inaugurada a sua revitalização, foi produzido aqui, nesse equipamento da Prefeitura de Afogados”, disse Silvano.

Depois foi a vez da equipe da Prefeitura de Afogados apresentar a usina de asfalto e todo o seu funcionamento, as particularidades de cada equipamento e as orientações importantes sobre cada um deles. “Mensalmente a Prefeitura asfalta em torno de três ou quatro ruas”, afirmou Nilson Macário.

O secretário Silvano Queiroz se comprometeu em mandar uma equipe para Tabira, assim que a máquina daquele município for adquirida, para instruir o pessoal que venha a trabalhar com ela e fazer as orientações na hora da primeira aplicação.

“Saio daqui certo que o prefeito Sebastião Dias deve continuar com o seu pensamento em comprar a usina de asfalto, porque ela vai representar um avanço enorme para o município de Tabira. Também fiquei maravilhado com a máquina de intertravados, talvez seja um próximo sonho a ser concretizado”, disse Cláudio Alves.

Bandidos armados fazem arrastão e roubam dois celulares em uma só noite em Tabira

Resultado de imagem para bandidos armados roubam celular

Imagem ilustrativa
Na noite desta terça-feira (08) por volta das 20h50min o grupamento de Ronda ostensiva Municipal (ROMU) fazia patrulhamento preventivo no Centro da cidade quando deparou-se com a vítima I E. N. F. 41 anos, divorciada, autônoma, natural de Tabira-PE, a qual relatou que estaria na casa de uma amiga na Rua José Severino do Nascimento, Bairro de Fátima 1, próximo ao Espetinho do Bosco, quando dois homens pararam uma motocicleta vermelha (não identificada) e anunciado o assalto vindo a subtraírem um aparelho celular Samsung Gran Prime. Segundo informações da própria vítima, o passageiro da motocicleta, o qual estava usando jaqueta de cor escura, teria lhe apontado uma arma de fogo em direção a sua cabeça. 
Posteriormente, às 21h00min, o grupamento ROMU foi solicitado pela vítima II, um jovem de 15 anos, solteiro, natural de Tabira-PE, o qual relatou que estaria sentado na calçada da sua residência no bairro Fátima 1, próximo ao lava-jato de Silvério, quando foi abordado também por dois indivíduos em uma motocicleta vermelha (não identificados) os quais lhe subtraíram um celular Samsung J7 Prime sob a mesma ameaça com uma arma de fogo que lhe foi apontada pelo passageiro da motocicleta. 
As vítimas foram orientadas a registrarem a ocorrência na Delegacia de Polícia Local, e a Guarnição ROMU, juntamente com o trio de motocicletas do RONDAC, todos da Guarda Municipal, efetuaram diligências no centro e periferia no intuito de localizar os indivíduos, todavia, até o momento sem êxito.

O relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) revelou que a maioria dos depósitos em espécie na conta de Fabrício José Carlos de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, coincide com as datas de pagamento na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Nove ex-assessores do filho do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), repassaram dinheiro para o motorista.

Segundo o documento, nove ex-assessores do filho do presidente eleito repassaram dinheiro para o motorista. As informações foram divulgadas na edição do Jornal Nacional, da Rede Globo, na noite desta terça-feira (11).

O Coaf apontou que Fabrício teve uma movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão durante um ano. Segundo o cruzamento das datas dos depósitos em dinheiro nas contas do ex-assessor com os dias de pagamento dos salários da Alerj, entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017, em praticamente todos os meses, a maior parte do dinheiro entra na conta de Queiroz no mesmo dia ou poucos dias após os servidores receberem o pagamento.

O Jornal Nacional fez o cruzamento das datas dos depósitos feitos em dinheiro nas contas do ex-assessor com os dias de pagamento dos salários da Alerj entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017 e encontrou uma coincidência: em praticamente todos os meses, a maior parte do dinheiro entra na conta de Fabrício no mesmo dia ou poucos dias depois de os servidores receberem o salário.

O levantamento do Coaf mostra ainda que as movimentações financeiras na conta de Fabrício Queiroz há nove pessoas que foram ou são funcionários da Assembleia Legislativa do Rio.

O documento levanta a possibilidade de que os saques e os depósitos tenham sido efetuados com o objetivo de esconder a origem ou o destino final do dinheiro que passava todos os meses pela conta de Queiroz.

“VINCENT?”

 

Reunião com presidente da Amupe Jose Patriota e outros prefeuitos com o presidente Marcos Loreto e conselheiros Dirceu Rodolfo, João Campos e Ranilson Ramos.

Membros da diretoria da Amupe reuniram-se nesta segunda-feira (10), no Tribunal de Contas, com quatro dos sete conselheiros para uma troca de opiniões sobre diversas questões de interesse dos municípios. Eles levaram uma pauta da qual faziam parte Lei de Responsabilidade Fiscal, cumprimento dos limites constitucionais nas áreas de saúde e educação, contratação de escritórios de advocacia, subordinação da Amupe ao TCE para efeito de prestação de contas, cumprimento da lei dos resíduos sólidos, compras públicas por meio de consórcios, fundos próprios de previdência e multas aplicadas pelo Tribunal, que consideram excessivas.

Pela Amupe, participaram da reunião os prefeitos José Patriota (presidente da entidade e prefeito de Afogados da Ingazeira), João Batista Rodrigues (Triunfo), Mário Ricardo (Igarassu), Débora Almeida (São Bento do Una), Luiz Aroldo (Águas Belas), Manuca (Custódia), João Tenório Filho (São Joaquim do Monte) e Edilson Tavares (Toritama), Mário Mota (Riacho das Almas) e Severino Otávio (Bezerros). Pelo TCE, compareceram o presidente Marcos Loreto e os conselheiros Ranilson Ramos, João Carneiro Campos e Dirceu Rodolfo.

FLEXIBILIZAÇÃO – De modo geral, os prefeitos pleiteiam ao TCE uma flexibilização no julgamento de contas que envolvam aquelas questões. Mas, segundo o conselheiro Dirceu Rodolfo, “um órgão de controle não pode enxergar os problemas só sobre a ótica de vocês. Temos que levar também em conta o relatório dos nossos auditores”.

Os prefeitos querem que o TCE já leve em conta em seus próximos julgamentos a mudança aprovada pelo Congresso na Lei de Responsabilidade Fiscal, que os autoriza a descumprir o dispositivo referente a gastos com pessoal em caso de comprovação de queda de 10% na receita de um modo geral, e não apenas do FPM. Gasto de mais de 54% com a folha de pessoal tem ensejado rejeição de contas e aplicação de multa aos responsáveis por parte do TCE. Os conselheiros explicaram que o Tribunal já tem tido um “olhar diferenciado” sobre essas questões, especialmente quando o município se encontra sob estado de emergência por causa da seca.

OS LIMITES – Sobre o cumprimento dos limites na área de educação (mínimo de 25% da receita corrente líquida, segundo a Constituição), a prefeita Débora Pereira declarou que o Tribunal Pernambucano tem sido mais rigoroso que outros Tribunais porque não leva em consideração outros tipos de gastos, além da manutenção e desenvolvimento do ensino. Ao final ficou combinado que a Amupe fará uma consulta ao TCE para ter um posicionamento oficial do órgão sobre esse questionamento.

Outro tema da reunião, a contratação de escritórios de advocacia para assessoramento de natureza jurídica, foi devidamente esclarecido pelos conselheiros Marcos Loreto, Dirceu Rodolfo e João Carneiro Campos. Eles disseram que essa questão já está pacificada no TCE, ou seja, é possível a contratação em casos excepcionais, desde que a prefeitura não tenha Procuradoria habilitada para resolver certos tipos de pendência. O que não faz sentido, segundo Dirceu, é contratar um escritório para executar uma simples ação fiscal que pode ser tranquilamente ajuizada por qualquer procurador da prefeitura.

Quanto à subordinação da Amupe ao TCE para efeito de prestação de contas, o presidente José Patriota fez um apelo aos conselheiros para tirar essa matéria de pauta, alegando que, por se tratar de uma associação de natureza privada, não teria essa obrigação. Porém, como a matéria está pendente de julgamento no Tribunal, os conselheiros decidiram aguardar o julgamento do processo.

MEIO AMBIENTE – O tema dos resíduos sólidos também consumiu boa parte da reunião. Há uma lei federal em vigor, obrigando as prefeituras a substituir “lixões” por aterros sanitários, mas a Amupe garante que não é possível o seu cumprimento por absoluta falta de recursos. Conforme o prefeito Patriota, “o Congresso aprova a lei e manda a conta para os municípios pagarem, mas cadê o dinheiro?”. Nesse ponto, o conselheiro Ranilson Ramos interveio dizendo que a questão ambiental dos municípios só se resolverá por meio de consórcios. João Batista Rodrigues, prefeito de Triunfo, defendeu uma prorrogação de prazo para que os prefeitos possam cumprir esta lei, mas foi imediatamente interrompido pelo prefeito de Bezerros, Severino Otávio. “O problema não é o prazo, e sim o dinheiro. E sem ajuda do governo federal esses aterros sanitários não serão construídos”.

Todos reconhecem a importância dos consórcios intermunicipais não só para o enfrentamento da questão dos resíduos sólidos e dos abatedouros, como também para a compra de medicamentos, cujos preços caem 30% quando são feitas em conjunto.

PREVIDÊNCIA – A questão que consumiu mais tempo, todavia, foi a previdenciária. Os prefeitos consideram o TCE “muito rigoroso” na análise desse problema dizendo que muitos que tomaram posse em 2017, com déficits gigantescos em seus fundos próprios, renegociaram a dívida com a Receita Federal do Brasil, mas o Tribunal não considera essa renegociação para efeito de julgamento de contas. Com base em súmula própria, continua multando prefeitos que não recolhem as contribuições patronais e dos servidores. Dirceu Rodolfo defendeu o TCE dizendo que “contribuição descontada do servidor não pertence ao município e, como tal, tem que ser obrigatoriamente recolhida, sob pena de responsabilização por apropriação indébita”. Não se chegou porém a um consenso sobre se a solução para municípios que têm fundos próprios deficitários é o retorno ao Regime Geral de Previdência Social porque os prefeitos alegam que, num eventual encontro de contas, são credores do Regime Geral da Previdência Social e não o contrário.

Ao final, tanto o presidente Marcos Loreto como o prefeito José Patriota elogiaram o resultado da reunião, que, segundo o presidente da Amupe, inaugura uma nova fase no relacionamento entre o Tribunal de Contas e os municípios.

Deputados que formarão oposição ao governo de Jair Bolsonaro, de partidos como PT, PSOL e PCdoB, movimentam-se nos bastidores para a criação de uma CPI que investigue o senador Flávio Bolsonaro (PSL) pelas movimentações financeiras de um de seus ex-assessores, o policial Fabrício de Queiroz, consideradas “atípicas” pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

Segundo a revista Veja, a ideia ainda não saiu do papel mas deve ganhar corpo a partir de hoje (11), com a chegada de parlamentares a Brasília.

Segundo o Coaf, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão ao longo de um ano, quantia incompatível com seus rendimentos. No período, ele realizou o equivalente a um saque bancário a cada dois dias. Também chamou a atenção o repasse de um cheque de R$ 24 mil a Michelle Bolsonaro, esposa do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Confira as vagas de emprego desta terça-feira (11) na Agência do Trabalho de Araripina

Atendimento ao público: 07h às 13h. Rua Joaquim Alexandre Arraes, 84, centro

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

Foram divulgadas nesta terça-feira (11) as vagas de emprego disponíveis para a cidade de AraripinaAs oportunidades são disponibilizadas pela Agência do Trabalho de Pernambuco.

Vagas FUNÇÃO ESCOLARIDADE SALÁRIO EXPERIÊNCIA OBSERVAÇÕES
1 Açougueiro Ensino fundamental completo não informado 6 meses
1 Mecânico de Maquinas industriais Ensino fundamental completo não informado 6 meses Com experiência em manuteção de fábrica de gesso
1 Técnico de O&M ( PCD) Ensino medio completo 3.172,54 + Vaga para PCD ( Deficiente), curso tecnico em eletromecanica, mecanica ou correlatos
1 Fonoaudiólogo (a) Ensino superior completo não informado 6 meses Local de Trabalho: Quaimada Nova do Piaui

 

OUTROS SERVIÇOS DA AGÊNCIA:

Habilitação de Seguro Desemprego

Emissão de Documentos: RG; e RESERVISTA

Emissão de Carteira de Trabalho Digital (CTPS)

Atendimento ao público: 07h às 13h. Rua Joaquim Alexandre Arraes, 84, centro.
Contato: (87) 3873.8381

Marli, de 34 anos; a mãe dela, Catarina, de 64; a filha, Marina, de 14; e o sobrinho, Fernando, de 30, foram algumas das vítimas — Foto: Reprodução/Redes Sociais

As seis pessoas da mesma família que morreram em um grave acidente na BR-179, em Pouso Alegre (MG), na madrugada deste domingo (9), voltavam de uma festa de casamento de um parente. A família participou da comemoração em Ipuiúna (MG) e estava a caminho de casa, em Pouso Alegre.

O acidente foi entre o Fusca da família e um ônibus. Segundo o motorista do ônibus, o Fusca teria invadido a contramão em uma curva e os dois bateram de frente.

Com o impacto, o Fusca foi arrastado e três ocupantes foram arremessados para fora. Um deles foi Ênio Dias Ferreira, de 35 anos, o motorista do carro. Ênio ainda foi atropelado por outro veículo que seguia atrás do Fusca. Outros três ficaram presos às ferragens.

Ênio Dias Ferreira, de 35 anos, era motorista de Fusca e foi atropelado após acidente na MG-179 — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Ênio Dias Ferreira, de 35 anos, era motorista de Fusca e foi atropelado após acidente na MG-179 — Foto: Reprodução/Redes Sociais

A polícia identificou todas as vítimas:

  • Marli Ferreira Barbosa, 34 anos
  • Ênio Dias Ferreira, 35 anos – marido de Marli
  • Catarina Maria de Jesus, 64 anos – mãe de Marli
  • Marina Ferreira Barbosa, 14 anos – filha de Ênio e Marli
  • Fernando dos Santos Barbosa, 30 anos – sobrinho de Marli
  • Viviane Cristini Gomes, 30 anos – namorada de Fernando

O governador Paulo Câmara foi diplomado, nesta quinta-feira (06.12) pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), para ser reconduzido ao segundo mandato como chefe do Executivo estadual, durante solenidade no Classic Hall, em Olinda. Também foram diplomados a vice-governadora do Estado, Luciana Santos, deputados federais e estaduais e o senador Humberto Costa, eleitos nas eleições de 2018. O senador Jarbas Vasconcelos foi diplomado, antecipadamente, a pedido, em decorrência de uma agenda fora do País. O ato – último do processo eleitoral para legitimar os candidatos a tomarem posse em 2019 – foi conduzido pelo presidente do TRE-PE, Luiz Carlos de Barros Figueiredo.

“Vamos continuar o nosso trabalho, pois o povo de Pernambuco assim nos conduziu. Agora, é cumprir a nova etapa, a nova tarefa, enfrentar os desafios de governar o Estado de Pernambuco diante, ainda, de um cenário econômico adverso no âmbito do Brasil e buscar melhorar os serviços públicos. Essa é a nossa missão essencial: ajudar a população e buscar manter Pernambuco na frente, equilibrado, mantendo as contas em dia”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Em seu discurso, ressaltou, ainda, que os palanques estão desmontados e as mãos abertas para outras mãos de boa fé, que queiram ajudar a resolver as questões mais urgentes. Uma delas é a retomada do diálogo nas relações políticas. “Fomos levados a um nível exacerbado de intolerância que deixou rastros profundos em toda parte. Muitos simplesmente não querem ouvir a voz contrária. E sem ouvir a voz contrária, como fortalecer a democracia, um sistema político que se consolida com o embate dos argumentos?”, enfatizou.

 

“Estamos prontos para trabalhar a favor destes acordos no plano nacional, quando estiverem em jogo decisões de relevância para o futuro do Brasil. Estamos prontos para fazer o mesmo no nosso Estado, procurando reunir todos dispostos a contribuir, de alguma forma, para o desenvolvimento econômico, social e cultural de Pernambuco”, disse o governador.

Paulo Câmara finalizou seu discurso congratulando os colegas eleitos. “Quero parabenizar a minha vice-governadora, Luciana Santos, primeira mulher eleita para esse cargo, os senadores eleitos, Jarbas Vasconcelos e Humberto Costa, todos os deputados estaduais e deputados federais. Desejo sucesso e temperança a todos no exercício dos mandatos populares legitimados pelos votos das pernambucanas e dos pernambucanos”.

Ao todo, foram diplomados 49 deputados estaduais e 23 deputados federais. Além dos deputados federais reeleitos Daniel Coelho e Augusto Coutinho, que foram, excepcionalmente, diplomados no último dia 3 de dezembro. O TRE-PE também entregou certificados aos sete conselheiros distritais eleitos em Fernando de Noronha e a mais um suplente.

 

Deputados federais e estaduais de Pernambuco são diplomados

Deputados federais eleitos foram diplomados na tarde desta quinta-feira (06) no Classic Hall. Iniciou, agora, a entrega do diploma aos 49 deputados estaduais. Além da diplomação dos eleitos, o TRE entregará certificados aos sete conselheiros distritais eleitos em Fernando de Noronha e a mais um suplente (o segundo suplente não estará presente). Neste ano, o tribunal permitiu que os moradores da Ilha, utilizando a mesma urna eletrônica, votassem tanto nos candidatos aos cargos da eleição formal quanto nos conselheiros distritais.

Após a cerimônia, a orquestra de frevo Galo da Madrugada, passistas e bonecos gigantes de Olinda farão a festa. Também haverá apresentações dos artistas Almir Rouche, Jota Michiles, Beto Ortiz, Beto do Bandolim e Márcio Menner. por Magno

a foto de perfil de Nayn Neto Nayn Neto, Texto alt automático indisponível.

Faleceu nesta segunda-feira (3), o serra-talhadense Inaildo Dionísio Neto, popularmente conhecido por Nayn Neto, editor do blog  “Portal Nayn Neto”  

Nayn era militar, do 14º Batalhão de Serra Talhada e  irmão, o Major da PM Ivaldo, que atua no 23º BPM em Afogados. ele estava travando uma luta contra o câncer. o blogueiro estava internado na unidade oncológica do Hospital São Francisco, em Serra Talhada ele ainda foi internado para  realizar uma intervenção cirúrgica no hospital da Polícia Militar, em Recife, Policial Militar, Blogueiro também foi radialista.

O corpo será velado no BM e o sepultamento será hoje as 16h30 no cemitério de Serra Talhada.

Meus sentimentos a toda família e que Deus possa trazer conforto a todos neste momento de profunda dor.

 

 

Carros capotam após colisão na BR-232 em Serra Talhada

    

Dois veículos capotaram, na manhã deste  (02), após colidirem na BR-232 em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco. Apesar do choque, os ocupantes não se feriram com gravidade.

Segundo informações de populares, um veículo Fiat Mili preto cruzava a rodovia, quando foi atingido pelo Fiat Palio Weekend, que acabou caindo num buraco às margens da rodovia.

Produto foi desenvolvido por alunos da Universidade Federal do Ceará

Imagine um molho denso, vermelho e levemente adocicado para saborear com seu sanduíche favorito ou batata frita. Rapidamente pensamos em ketchup. Agora, imagine esse molho com as mesmas características, mas feito com frutas e legumes naturais e livre de aditivos químicos e corantes. Essa é a proposta do Natchup, desenvolvido pela Universidade Federal do Ceará (UFC). No lugar do tomate, são usadas a acerola, a beterraba e a abóbora, que são abundantes no Nordeste.

A professora Lucicléia Barros, chefe do Departamento de Engenharia de Alimentos da UFC, conta que a ideia nasceu em 2016, quando os estudantes de graduação Bárbara Denise, Carolinne Filizola e Thiago Tajra queriam desenvolver um produto saudável e funcional, rico em vitamina C e livre de defensivos agrícolas, como atividade da disciplina Aspectos Básicos do Processamento de Frutos Tropicais.

“Pensamos em fazer um molho parecido com o ketchup, que é muito popular principalmente entre os jovens, mas que fosse feito a partir de um fruto e tivesse as mesmas características sensoriais. De imediato, a acerola foi a primeira cotada por ser antioxidante e rica em vitamina C. A abóbora entrou no sentido de dar a consistência do produto e por ser rica em fibras. Ficou faltando a cor e chegamos à beterraba pelo potencial corante e por também ser rica em antioxidantes.”

A ideia virou projeto de pesquisa a partir de uma bolsa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) e passou por 21 formulações para resultar no produto atual. Os três estudantes se formaram, mas a pesquisa continuou com outros professores e estudantes da UFC.

Prêmio internacional

O Natchup é um dos dois alimentos brasileiros que receberam o selo Innovation Sial 2018, concedido em outubro durante o Salão Internacional de Alimentação (Sial), realizado em Paris, e será comercializado pela empresa cearense Frutã durante cinco anos, conforme parceria estabelecida com a universidade. Parte dos recursos arrecadados com a venda do Natchup será revertida para a UFC e para entidades sociais.

A aliança entre a universidade e a empresa aconteceu no início da pesquisa. “Quando provei o molho, pensei: ‘esse produto vai estourar no mundo’. Ele é à base de acerola, que pode ser cultivada toda de forma orgânica, com menos da metade do açúcar e sódio presentes no ketchup. Ou seja, é um produto para consumir sem culpa e, além de tudo, é muito gostoso”, aposta Ana Patrícia Diógenes, sócia-diretora da Frutã, que aconselha ainda que outras empresas façam parcerias com instituições de ensino e pesquisa para o desenvolvimento de produtos inovadores.

O Natchup fará parte do portfólio da empresa, que comercializa seus produtos para parte do Brasil e Alemanha, Bélgica, Portugal, Espanha, França e EUA. Segundo Ana Patrícia, durante o salão de alimentação em Paris, dez países já encomendaram o Natchup. O molho já está à venda online e deverá ser disponibilizado nos supermercados a partir do início de 2019

CEF-Arquivo Agência Brasil
Dinheiro do Programa de Integração Social (PIS) pode ser recebido nas agências da Caixa Econômica Federal

Começa hoje (20) o pagamento do quinto lote do abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) 2018-2019, ano-base 2017.

O lote inclui os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em novembro e os servidores públicos com final de inscrição 4.

A estimativa do Ministério do Trabalho é que mais de R$ 1,4 bilhão sejam pagos a aproximadamente 1,8 milhão de trabalhadores.

O PIS é pago na Caixa Econômica Federal e o Pasep, pelo Banco do Brasil. Correntistas da Caixa e do Banco do Brasil tiveram os valores depositados em suas contas respectivamente nos dias 13 e 14.

Quem tem direito

O ministério lembra que tem direito ao abono salarial ano-base 2017 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias naquele ano, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos, e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do benefício é proporcional ao tempo trabalhado formalmente em 2017. Assim, quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, equivalente a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é de 1/12 do salário mínimo, e assim sucessivamente.

Os trabalhadores nascidos entre julho e dezembro recebem o abono ainda este ano.

Já os nascidos de janeiro a junho poderão realizar o saque em 2019. O prazo final de recebimento para todos os trabalhadores favorecidos pelo programa é 28 de junho de 2019.

Jovem de 22 anos, comete suicídio por enforcamento em Mirandiba, no Sertão

Na manhã de ontem dia (19), por volta das 08:00, Policiais Militares do 8º BPM, lotados na cidade de Mirandiba, no Sertão pernambucano, foram informados por funcionários do Hospital do município, que havia chegado naquele nosocômio, um corpo de um homem trazido por familiares, que havia cometido suicídio por enforcamento, na Rua 01, bairro Vila Bela, naquela cidade. 

Chegando ao hospital, o policiamento tomou conhecimento através de testemunhas, de que a vítima, identificada como André José da Silva, de 22 anos, foi encontrada pelos familiares, dependurada em uma corda em um dos cômodos da casa, e que os próprios familiares cortaram a corda e socorreram o jovem para o hospital, entretanto, a vítima deu entrada naquela Unidade Hospitalar, já sem vida. 

A ocorrência foi registrada  na Delegacia  de Polícia Civil da 196ª Circunscrição em Mirandiba.

Alyson correu até a casa do pai e tentou arrombar a porta. Nesse momento, o pai atirou de dentro da casa contra o filho achando que se tratava de um assalto. Alyson Azevedo foi baleado no peito, chegou a ser levado para o Hospital de Picuí, mas não resistiu e morreu.

A fumaça que saía da casa e chamou a atenção dos vizinhos era de uma panela que estava no fogão. O pai, Adilson Azevedo, vai prestar depoimento à polícia nesta terça-feira (13) sobre o caso.

Alyson Azevedo foi eleito prefeito da cidade de Baraúna em 2008, pelo MDB, enquanto seu pai, Adilson Azevedo, foi o candidato eleito das Eleições 2000, pelo mesmo partido, na época ainda PMDB.

Criança é morta pelo pai ao tentar defender a mãe durante briga

Uma criança de oito anos foi morta com um tiro de espingarda nesta segunda-feira (12) durante uma briga entre os pais na zona rural do município de Ibateguara, na região da Zona da Mata de Alagoas.

De acordo com o segundo Batalhão da Polícia Militar (BPM), no momento da discussão, o pai da criança pegou a arma para atirar contra a mulher, quando a criança entrou na frente da mãe para tentar defendê-la.

A polícia faz buscas pelo pai da criança, que fugiu do local.

Pela primeira vez diante de Jair Bolsonaro, desde que ele se elegeu presidente da República no último dia 28, o presidente do Congresso, Eunício Oliveira (MDB-CE), disse nesta terça-feira (06) ter a certeza de que o novo governo vai honrar a democracia e a Constituição.

Ao abrir uma sessão solene do Congresso Nacional em homenagem aos 30 anos da Carta Magna, o senador afirmou que a democracia foi reforçada com o último pleito realizado em outubro, quando a população elegeu novos parlamentares, governadores e o presidente e o vice-presidente da República.

“Tenho certeza que, com o governo novo e uma nova legislatura, vamos honrar os que vieram antes de nós e continuar caminhando juntos rumo a um futuro de prosperidade, de justiça e paz social, sempre sob a luz da democracia e da Constituição cidadã”, disse.

O parlamentar destacou que o futuro do país é escrito pela democracia e afirmou que a atuação cívica de governantes “cria laços em respeito à população”.

Crescimento sustentável

Segundo Eunício, na letra constituinte o presidente eleito encontrará o “enquadramento jurídico adequado para dar ao Brasil um ciclo virtuoso e permanente de crescimento sustentável para todos os brasileiros”.

Ao mencionar a mesa do Congresso composta pelo atual presidente Michel Temer, o ex-presidente José Sarney e o presidente eleito Jair Bolsonaro, Eunício Oliveira ressaltou palavras do ex-deputado federal Ulysses Guimarães e afirmou que “a Constituição é a personificação política da nossa pátria, o pacto social em viver em cooperação e respeitar uns aos outros e defender a nossa nação”. (Via: Agência Brasil)

Nenhum trabalhador vai cantar parabéns quando a reforma trabalhista completar um ano de existência no próximo dia 11. As promessas de 2 milhões de empregos nos primeiros anos feitas pelo governo Temer não foram e não deverão ser concretizadas. Até agora foram cridas apenas 372.748 vagas formais. Esses números comprovam que a alegação do Ministério Público do Trabalho, na época da aprovação da norma, de que a alteração não geraria mais empregos está sendo confirmada.

É que o que gera emprego em países em crise econômica é o desenvolvimento econômico e não flexibilizações trabalhistas, segundo estudos da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT), tendo como base exemplos anteriores ocorridos no México e na Espanha, analisa reportagem do jornal Valor Econômico.

Segundo o  advogado da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical e Nova Central Sindical dos Trabalhadores, José Eymard Loguércio, “Os números sobre contratação de trabalho intermitente – nova modalidade prevista na reforma -, ainda indicam “precarização do trabalho”. O saldo de intermitentes entre admissões e demissões no período é de 35.930.

Ele acrescenta que há notícias de empregados que firmaram acordos na demissão para serem posteriormente contratados pela mesma empresa ou por outra terceirizada como intermitentes. Nesses casos, o trabalhador que recebia um salário fixo mensal e seus reflexos, agora passa a receber apenas pelas horas trabalhadas, quando solicitado.

ELIMINAÇÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

Representante da Associação Juízes para a Democracia (AJD) e da Associação Latinoamericana de Juízes do Trabalho (AJLT), a juíza Valdete Souto Severo declarou, em entrevista ao Sul 21 que a reforma trabalhista também é uma tentativa de eliminar a Justiça do Trabalho: “E isso é uma coisa que há muito tempo vem sendo discutida, também por uma deficiência de reflexão sobre o processo histórico que nos leva a ter Justiça do Trabalho e MPT. Se nós examinarmos historicamente, tanto uma quanto outro servem para mediar o conflito entre capital e trabalho, inclusive para evitar que esse conflito tome proporções que sejam incapazes de serem moduladas pelo Estado.

Para ela, “a Justiça do Trabalho serve para o capital, o MPT serve para o capital. Porque eles mantêm as coisas como estão, mas impõem limites, fiscalizam esses limites. E aí a construção dessa relação de exploração, porque na realidade é isso, né, a gente vive numa sociedade baseada na relação de exploração que talvez fosse intolerável na perspectiva humana. Se a gente para para pensar, como assim a gente tem que trabalhar oito horas por um salário de R$ 1 mil, senão não come, não mora, não vive? A gente nem questiona isso. O Direito do Trabalho não questiona, o MPT não questiona. Qual é a função deles? Fazer falar uma legislação, o Direito, que permita que existam empregos sob parâmetros que permitam que essa força de trabalho, inclusive, se reproduza fisicamente. Historicamente, é isso. Só tem direitos trabalhistas para o cara poder dormir, comer e continuar vendendo força de trabalho. (247)

Pabllo Vittar está na disputa que vai eleger as mulheres mais sexy de 2018. Na eleição, feita pela revista “Isto é gente”, a drag queen compete com nomes como Anitta, Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Marina Ruy Barbosa, IZA e diversas outras beldades.

Até o momento, Vittar ocupa a 6ª posição, e está na frente de nomes como Cleo Pires, Isis Valverde, Juliana Paes, Giovanna Antonelli, Deborah Secco e Sabrina Sato. Que poder! Paolla, Marquezine, Marina, Anitta e IZA lideram o ranking.

Na disputa pelo homem mais sexy do ano está Thammy Miranda. O filho transgênero de Gretchen compete com Caio Castro, Cauã Reymond e Chay Suede, entre vários outros galãs

Fonte: Extra/Foto: Reproduçã

Sérgio Queiroz é procurador da Fazenda Nacional e deverá contribuir com a discussão de temas gerais. Foto: Divulgação

O procurador da Fazenda Nacional paraibano Sérgio Queiroz vai compor a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O nome dele foi confirmado pelo deputado federal eleito Julian Lemos (PSL-PB) após reunião com o capitão da reserva do Exército. O grupo poderá ser composto por até 50 membros, porém, o futuro gestor disse acreditar que não será necessário preencher todas as vagas. Ao todo, nesta semana, foram definidos 22 nomes para o início dos trabalhos. Nesta semana ocorrerá o primeiro encontro entre o candidato eleito e o presidente Michel Temer (MDB), que deixará o Palácio do Planalto no dia 31 de dezembro. Todos os dados para a transição, afirma o emedebista, serão repassados para a comissão.

Queiroz é servidor federal há 25 anos e, nesta semana, foi agraciado com o prêmio “Jubileu de Prata”. Ele explica que a contribuição que será dada por ele será fundada na sua experiência profissional. “Se dará em nível mais geral, de apoio mais geral, em razão da minha experiência de 25 anos de serviço público. Eu conheço um pouco de muitas coisas do sistema federal e estou indo como técnico para dar suporte no que for necessário. Naquilo que o presidente e os líderes da transição entenderem que eu posso ser útil”, enfatizou. Sérgio Queiroz é também conhecido no Brasil por sua atuação social por meio da Fundação Cidade Viva, da qual é seu fundador e presidente.

Agenda

Na manhã desta sexta-feira (2), o presidente eleito despachou em casa com o coordenador político deputado Onyx Lorenzoni. Na saída da reunião, Lorenzoni confirmou que Bolsonaro se encontrará com o presidente Michel Temer às 16h da próxima quarta-feira (7), e não deu detalhes da conversa com o presidente eleito, adiantando apenas que recebeu orientações. “Este é o momento de falar pouco e trabalhar muito, então, a vida dos senhores e das senhoras da imprensa vai ficar um pouco complicada, porque quem vai falar quarta-feira (7) é o futuro presidente do Brasil”, disse Onyx.

A agenda do futuro presidente prevê uma viagem a Brasília na terça-feira (6), dia em que deve se encontrar com representantes dos outros poderes; na quarta-feira (7) reunião com Temer, e na quinta-feira (8), volta para o Rio de Janeiro. Além de Lorenzoni, Bolsonaro recebeu na manhã desta sexta a visita de um alfaiate e de um cabeleireiro.

Presidência da Câmara e do Senado podem ser ocupadas por velhos conhecidos da política brasileira apesar da grande onde de renovação

A onda de renovação da política brasileira foi intensa nas eleições 2018. Enquanto na Câmara dos Deputados o  índice de novos parlamentares chegou a 52% (o maior desde 1994), no Senado, das 54 vagas em disputa este ano, 46 serão ocupadas por novos nomes: uma renovação de impressionantes 85%. Mas os eleitores que estavam desapontados com seus representantes podem esperar uma nova frustração em breve. Isso porque as presidências da Câmara e do Senado estão próximas de serem ocupadas por velhos conhecidos: Rodrigo Maia e Renan Calheiros, respectivamente.

Parte desse movimento se deve à própria renovação política. Com a alta fragmentação partidária que se apresentou como consequência, as bancadas dos partidos ficaram mais fracas e inexperientes o que faz com que figuras mais tradicionais, acostumadas a liderar bancadas pluripartidárias nos últimos anos, ganhassem força na tentativa de ocupar a presidência da Câmara e do Senado .

É o caso de Rodrigo Maia na Câmara dos Deputados. Reeleito pelo DEM, Rodrigo é filho do ex-prefeito do Rio de Janeiro César Maia e assumiu o comando da maior das duas casas do poder legislativo federal depois que Eduardo Cunha (MDB) teve seu mandato cassado por denúncias de corrupção.

No comando da Câmara, Maia criou uma agenda de pautas alinhadas ao governo do presidente Michel Temer que, por sua vez, assumiu o posto de chefe do executivo depois que Cunha conduziu o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Às vésperas das eleições, porém, Maia se afastou do atual governo, considerado muito impopular, para, primeiro, tentar lançar seu nome como candidato à Presidência e, depois, recuar e conseguir a reeleição como deputado.

Após o resultado do segundo turno, com a eleição de Jair Bolsonaro, o atual presidente da Câmara se aproveitou da proximidade do deputado de seu partido Onix Lorenzoni, futuro ministro da Casa Civil, com o presidente eleito para começar as articulações em torno de sua reeleição no cargo com o apoio do governo e da bancada do PSL que será a segunda maior da Casa a partir do ano que vem.

A articulação de bastidores pretende sufocar a intenção declarada de outros nomes para o cargo, como é o caso dos deputados eleitos Capitão Augusto (PR-SP), Kim Kataguiri (DEM-SP) e Delegado Waldir (PSL-GO), e parece que está dando certo uma vez que Bolsonaro já admite publicamente apoiar o nome de Rodrigo Maia à reeleição.

O presidente eleito tem dado declarações na linha de que ter a presidência da Câmara, do Senado e da República com o mesmo partido não seria bom para o PSL. Por isso seria bom apoiar o nome de um parlamentar de outro partido “desde que ele não trave a pauta” do governo, uma vez que o presidente da Casa tem a prerrogativa de decidir quais serão os assuntos discutidos e eventualmente votados em cada sessão.

Internamente, porém, Rodrigo Maia tem uma prova de fogo pela frente. Isso porque a equipe de transição de Bolsonaro quer aprovar algumas pautas que estão travadas no Congresso antes mesmo de sua posse em 1º de janeiro, sobretudo as mais polêmicas, para evitar um desgaste do governo no começo do mandato.

Entre elas está à considerada mais fundamental pela equipe econômica de Bolsonaro que é a reforma da Previdência. A difícil missão foi dada a Maia que avalia que haverá um intervalo de quatro semanas para colocar outros projetos em discussão e votação antes da Câmara se debruçar de vez sobre o orçamento federal para 2019.

Ainda no campo da economia, a equipe de Bolsonaro também tem interesse na votação da Medida Provisória assinada por Temer que prevê o adiamento do prometido reajuste dos servidores públicos de 2019 para 2020 e pode resultar numa economia de R$ 4,7 bilhões nos combalidos cofres públicos.

A missão de Maia segue árdua também na parte social já que Bolsonaro quer cumprir algumas promessas de campanha tão rápido quanto possível, entre elas a votação do Projeto de Lei 7.180/2014, chamado de “Escola sem Partido”, que chegou a ser pautado na Comissão Especial da Câmara nesta semana mas acabou sendo adiado, e a revisão do Estatuto do Desarmamento, a fim de flexibilizar regras como a compra e o porte de armas de fogo.

Esse segundo, por sua vez, parece estar mais adiantado já que o próprio Rodrigo Maia, ainda na campanha, defendeu que a proposta deveria ser votada “o quanto antes”, o que foi visto como o primeiro gesto do atual presidente aos aliados de Bolsonaro em busca de sua reeleição.

O curioso é que na última eleição para presidente da Câmara que consagrou Rodrigo Maia como chefe da Casa durante o biênio 2017-2018, Jair Bolsonaro também se candidatou. O novo presidente eleito, no entanto, terminou na última colocação dentre as seis candidaturas com apenas quatro votos enquanto Rodrigo Maia obteve 293 votos.

 

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 22 milhões

Foi realizado neste sábado (3) o sorteio do concurso 2.094 da Mega-Sena, em Arapiraca (AL). Ninguém acertou os números sorteados e o prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 04 – 16 – 19 – 31 – 33 – 44.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta sexta-feira, 26, que toda interferência na autonomia das universidades é, de início, “incabível”, ao comentar sobre decisões judiciais que coibiram supostas propagandas eleitorais irregulares em instituições de ensino pelo País. Marco Aurélio ressaltou que a universidade é “campo do saber“, característica que pressupõe “liberdade no pensar e de expressar ideias“. Foram ao menos 17 intervenções em nove Estados.

Apesar de ressalvar que seu pronunciamento não se refere especificamente sobre a atuação da Justiça Eleitoral nos casos, Marco Aurélio destacou que a “quadra é de extremos” e “perigosa”. Para o ministro, é preciso que a Justiça tenha cautela, para que a situação não chegue a extremos.

Universidade é campo do saber. O saber pressupõe liberdade, liberdade no pensar, liberdade de expressar ideias. Interferência externa é, de regra, indevida. Vinga a autonomia universitária. Toda interferência é, de início, incabível. Essa é a óptica a ser observada. Falo de uma forma geral. Não me pronuncio especificamente sobre a atuação da Justiça Eleitoral. Mas reconheço que a quadra é de extremos. Por isso é perigosa, em termos de Estado Democrático de Direito. Esse é o meu pensamento“, afirmou Marco Aurélio.

Outro ministro do STF ouvido em caráter reservado pelo Estadão/Broadcast Político definiu os episódios como um “um horror”.

Um integrante do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que preferiu não ser identificado destacou à reportagem que manifestações partidárias em prédios públicos são proibidas, mas lembrou que isso não se aplica a atos genéricos, sem conteúdo partidário, que discutam política. Para este ministro, a atuação de Tribunais Regionais Eleitorais nestes casos apresenta um “rigor excessivo“. Ele também destacou, por outro lado, que é preciso entender se há alguma ação organizada, o que pode ensejar algum rigor maior da Justiça.

Outro ministro da Corte Eleitoral ouvido pela reportagem acredita que as decisões judiciais causam estranhamento, lembram os anos de chumbo da ditadura e, dependendo da motivação, houve abuso de autoridade.

Nota pública

Nesta sexta-feira, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), órgão do Ministério Público Federal (MPF), lançou nota pública em que ressalta que a vedação de uso de bens públicos para propaganda eleitoral não se confunde com a proibição do debate de ideias. “Nem mesmo a maior ou menor conexão ou antagonismo de determinada agremiação política ou candidatura com alguns dos valores constitucionais pode servir de fundamento para que esses valores deixem de ser manifestados e discutidos publicamente”.

Questionado se seria responsável por algum tipo de orientação ou direcionamento nos casos, o TSE apenas destacou em nota que tais decisões não partiram da Corte Eleitoral. (Fonte: Estadão)

A pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (23) aponta que Jair Bolsonaro perdeu muito espaço nao eleitorado evangélico, tradicionalmente associado à sua candidatura. Bolsonaro perdeu 12 pontos entre os evangélicos que dizem votar nele “com certeza” em apenas uma semana, passando de 55% para 43%. Já Fernando Haddad subiu seis pontos: cresceu de 16% para 22% os eleitores evangélicos que afirmam votar “com certeza” nele.

A rejeição a Bolsonaro entre os evangélicos saltou seis pontos, de 23% para 29%; a de Haddad despencou 12 pontos, de 60% para 48%.

A rejeição a Bolsonaro entre os evangélicos vem crescendo nos últimos dias com a criação de movimentos contrários ao discurso de ódio e preconceito proferido pelo candidato de extrema direita. Grupos como a Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito, o “O Amor Vence o Ódio”, e “Evangélicos Contra Bolsonaro”, além de religiosos autônomos, que estão se opondo ao apoio de igrejas neopentecostais como a Universal do Reino de Deus (IURD) e a Assembleia de Deus, que têm feito pressão para que seus fiéis votem no candidato do PSL.

A primeira perda na bancada eleita com o apoio evangélico pró-Bolsonaro já se fez registrar. O pastor da Assembleia de Deus e Sargento da PM e deputado estadual pela Bahia, Pastor Sargento Isidório (Avante), que foi eleito o deputado federal com a maior votação na Bahia, 323.264 votos, passou a apoiar a candidatura de Haddad.

“Haddad é professor, casado com a mesma mulher durante 30 anos, pai de família. Fiquei com o filho do diabo mentindo. Descobri o perigo que a nação corre quando alguém diz que policial que não mata não é polícia. Violência gera violência. Vamos às urnas sabendo que o PT errou, mas quem não errou? Mas não pode generalizar”, disse ao justificar a mudança de palanque.

Segundo dados do Censo de 2010 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil segue sendo a maior nação católica do mundo, mas o número de evangélicos é crescente no país e, na época, já chegava a 22,2% da população.

A pesquisa Ibope, contratada pelo jornal O Estado de S. paulo e pela TV Globo, ouviu 3.010 eleitores entre os dias 21 e 23 de outubro. O levantamento possui margem de erro de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95% A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo BR‐07272/2018.

Confira os dados na Pesquisa Ibope.

Deixe seu comentário
Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!