Mundo

Com os dados desta quinta, o país chegou a 577.605 óbitos e a 20.675.343 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

O Brasil registrou 875 mortes por Covid e 30.288 casos da doença, nesta quinta-feira (26). A média móvel de óbitos foi de 696, menor que 700 pela primeira vez desde 3 de janeiro.

Com os dados desta quinta, o país chegou a 577.605 óbitos e a 20.675.343 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

A média móvel de casos permaneceu em estabilidade e agora é de 25.904.
Mesmo com números inferiores aos elevados dados anteriores, o momento merece atenção e cuidado. O país já tem circulação comunitária da mais transmissível variante delta, que vem causando aumentos expressivos de casos em outros países. A delta também já parece causar problemas no Rio de Janeiro, que vê aumentos de casos e internações.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Lula diz que vai regular imprensa e internet, se for eleito

Diante das falas golpistas de Jair Bolsonaro, o ex-presidente Lula vestiu a fantasia de democrata e passou a tentar mostrar que é melhor que o atual presidente em determinados assuntos. Lula lidera as pesquisas para o Planalto em 2022.

Livre das condenações da Lava Jato graças aos erros da investigação, o petista tem se sentido cada vez mais solto para voltar a ser o velho Lula de sempre. Além de negar a corrupção na Petrobras, agora resgatou um antigo fetiche do autoritarismo petista: controlar a atuação da imprensa livre.

“Todo dia me perguntam: quando é que você vai fazer uma autocrítica? Tenho que fazer uma autocrítica. Nós não tratamos a reforma da comunicação, a regulação (da mídia), como deveria ser tratada. Aprovamos um programa para que a gente pudesse regulamentar os meios de comunicação. Eu não sei por que ‘cargas d’água’ não foi colocado no Congresso esse projeto”, disse o petista.

“Eu gostaria que a Rede Globo pedisse desculpas pra mim”, diz Lula. “Eu vi como a imprensa na Venezuela destruía o Chávez. Nós vamos ter que ter um compromisso público de que nós vamos ter que fazer um novo marco regulatório dos meios de comunicação e espero que os senadores e deputados entendam que isso é necessário para a democracia. Inclusive discutir com a sociedade uma regulação da internet. Para que a internet se transforme numa coisa do bem”, segue o petista. (Via: Blog Radar da Veja)

A man walks along the main road in the central business district of Sydney on June 26, 2021, as Australia’s largest city entered a two-week lockdown to contain an outbreak of the highly contagious Delta variant. (Photo by Saeed KHAN / AFP)

 

As restrições vão ser reforçadas em Sydney, a maior cidade da Austrália que entra em sua oitava semana de confinamento, anunciaram neste sábado (14) as autoridades, que lamentaram “o dia mais preocupante desde o início da pandemia”.
Por muito tempo, a Austrália se manteve em uma situação segura em relação ao controle da pandemia de coronavírus. Mas agora é atingida por um surto de contaminações, provocado principalmente pela variante Delta, que ameaça a sua estratégia de “covid zero”. 
Mais de 10 milhões de habitantes estão confinados, especialmente nas duas maiores cidades do país, Sydney e Melbourne, bem como na capital Canberra.
E a partir de segunda-feira, as pessoas que não cumprirem as restrições enfrentarão pesadas multas, já que as medidas tomadas até agora não conseguiram conter a propagação da epidemia.
As medidas de confinamento também foram estendidas a todo o estado de Nova Gales do Sul pela primeira vez este ano. E entraram em vigor na tarde deste sábado por um período mínimo de sete dias
As patrulhas policiais e os postos de controle serão reforçados, enquanto centenas de soldados serão responsáveis por garantir o estrito cumprimento do confinamento.
Neste sábado, um número recorde de casos de coronavírus, 466, foi registrado no estado de Nova Gales do Sul, o mais populoso do país.
“Hoje temos o dia mais preocupante desde o início da pandemia”, disse a primeira-ministra de Nova Gales do Sul, Gladys Berejiklian, em entrevista coletiva. 
Chamando os esforços para conter a epidemia de uma “guerra” contra a “maligna” variante Delta, Berejiklian afirmou que a Austrália enfrenta uma séria ameaça.
“Por um tempo, pensamos que a Austrália era diferente de outras partes do mundo, mas não é”, ressaltou.
Mick Fuller, o chefe de polícia do estado, anunciou que pediu mais poderes aos policiais para que possam lidar com aqueles que violam as restrições.
Os mais de cinco milhões de habitantes da maior cidade do país só podem sair de casa para praticar esportes, trabalhar – se o trabalho for considerado imprescindível – ou para fazer compras.
A polícia redobrará seus esforços para fazer cumprir as restrições, disse ele.
As regras para deixar Sydney também foram reforçadas para evitar que o surto se espalhe para outras áreas. 
Mais de 7.300 casos e 43 mortes foram registrados no estado de Nova Gales do Sul desde o início deste surto devido à variante Delta em meados de junho. 
Vozes começam a se levantar no país para denunciar a lentidão da campanha de vacinação. Apenas um quarto dos australianos estão totalmente vacinados.

O governo britânico anunciou um plano para garantir a realização de festivais, shows e outros eventos que reúnam o público, frente ao risco de cancelamento em caso de novas restrições sanitárias.
Em colaboração com a seguradora britânica Lloyd’s, este programa de 750 milhões de libras esterlinas (em torno de US$ 1,045 bilhão) “cobrirá os custos decorrentes em caso de cancelamento, devido à impossibilidade legal de organização do evento, por causa das restrições anticovid do governo”, anunciou o Ministério das Finanças, na quinta-feira (5/8) à noite.
Nesse programa, o governo desempenhará o papel de “reassegurador”, ou seja, intervirá, “oferecendo uma garantia para que as seguradoras possam propor os produtos de que as empresas do setor de eventos precisam”, explicou o Ministério.
A nova onda da pandemia que atingiu o Reino Unido no início do verão (inverno no Brasil) obrigou alguns festivais a desistirem dos eventos previstos para este ano, diminuindo as esperanças de recuperação do setor cultural, muito afetado pela pandemia.
“Temos alguns dos melhores eventos do mundo aqui no Reino Unido, festivais mundialmente famosos”, destacou o ministro das Finanças, Rishi Sunak, explicando que, com este programa, eventos profissionais poderão ser organizados “com confiança”.
Temendo uma diminuição da vacinação entre os jovens, o governo se voltará para o setor de entretenimento noturno, para estimular este segmento da população a se vacinar.
Recentemente, o primeiro-ministro Boris Johnson anunciou que, a partir do final de setembro, será exigida a dupla vacinação contra o coronavírus para a entrada em boates, ou para se participar de eventos que reúnam um grande número de pessoas.

O Exército israelense informou nesta sexta-feira (6/8) que está lançando ataques contra o Líbano, após disparos de foguetes procedentes do país vizinho e reivindicados pelo movimento xiita Hezbollah.
“O Exército israelense está atacando as fontes de lançamento (dos foguetes) no Líbano”, afirma um comunicado militar, pouco depois do disparo de mais de dez projéteis na direção do Estado hebreu.
A maioria deles foi interceptada pelas forças israelenses.
Em nota divulgada nesta sexta, o Hezbollah disse ter lançados foguetes contra territórios na região da Colina de Golã, ocupada por Israel desde 1967, em “resposta aos ataques aéreos israelenses”.
“A resistência islâmica bombardeou com dezenas de foguetes um território próximo às posições das forças de ocupação israelenses na região das fazendas Shebaa”, o nome libanês desse setor, declarou o grupo.
A Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul) descreveu, nesta sexta-feira, como uma “situação muito perigosa” a escalada militar entre Israel e o movimento xiita Hezbollah pró-iraniano e pediu um cessar-fogo “imediato”.
“É uma situação muito perigosa, com atos de escalada observados dos dois lados nos últimos dias”, advertiu a Finul em um comunicado.
O comandante desta missão da ONU, general Stefano Del Col, disse estar em contato com as partes envolvidas, as quais fez um apelo por um “cessar-fogo imediato”.
Um correspondente da AFP no sul do Líbano relatou ter ouvido várias explosões e visto fumaça subindo na área das fazendas de Shebaa.
Na quinta-feira (5/8), a Força Aérea israelense reivindicou seus primeiros ataques aéreos em anos no Líbano. Disse ter tido como alvo locais de lançamento de foguetes, após disparar contra o norte de Israel.
A aviação israelense bombardeia, regularmente, o que afirma serem posições do movimento islâmico palestino Hamas na Faixa de Gaza. Também realiza operações na vizinha Síria, onde ataca alvos de elementos pró-iranianos.
Em relação ao Líbano, porém, seus últimos ataques aéreos conhecidos remontavam a 2014, confirmou o Exército israelense em contato com a AFP. A última vez que Israel atacou o reduto do Hezbollah no sul do Líbano foi em 2006.

Tandara é cortada das Olimpíadas após suspeita de violação de regra antidoping

 

 

Não há nenhum outro caso pendente. Todas as jogadoras foram testadas na cidade fluminense, e o resultado de Tandara foi o único positivo.

A oposta da seleção brasileira feminina de vôlei Tandara Caixeta, 32, está cortada das Olimpíadas de Tóquio e retornará ao Brasil.

O COB (Comitê Olímpico do Brasil) informou na noite desta quinta-feira (5) ter recebido uma notificação da ABCD (Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem) sobre a suspensão provisória da atleta por potencial violação de regra antidoping.

A nota não especifica qual seria a violação. O teste, de acordo com o COB, foi realizado em um período fora de competição, no centro de treinamento da modalidade em Saquarema, no dia 7 de julho. Não há nenhum outro caso pendente. Todas as jogadoras foram testadas na cidade fluminense, e o resultado de Tandara foi o único positivo.

“A gente entendeu que desde já a Tandara tinha de retornar ao Brasil, para que não tivesse influência sobre o grupo, que foi comunicado em conjunto pelo treinador da seleção”, afirmou Marco La Porta, chefe do COB no Japão, à reportagem. “Tenho certeza de que o grupo vai entender a situação. São jogadoras experientes e vão entrar focadas no jogo de hoje.”

A seleção disputa contra a Coreia do Sul uma vaga na decisão dos Jogos de Tóquio às 9h desta sexta (6). Na partida de quartas de final, realizada na quarta (4), Tandara não vinha bem e foi substituída por Rosamaria, que se tornou o principal destaque da vitória brasileira diante das russas. Natália Pereira, que atua como ponteira, também pode fazer a posição de oposta.

Em nota, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) lamentou que “a atleta, campeã olímpica e uma das principais referências da equipe brasileira, atravesse este momento”. A entidade também afirmou aguardar os resultados dos trâmites processuais, “cujo conteúdo é de caráter particular da atleta e confidencial”.

Em um post no Instagram, a assessoria da atleta disse estar trabalhando na defesa dela e que só se manifestará após a conclusão do caso.

Medalha de ouro nos Jogos de Londres-2012, Tandara era considerada um dos pilares do time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães.

Antes do início dos Jogos, Fernando Reis, 31, esperança de medalha do Brasil no levantamento de peso, foi flagrado em exame antidoping e não embarcou para Tóquio.

O esportista teve teste positivo em exame feito em 11 de junho, fora do período de competições. Segundo a ABCD, foi encontrado um hormônio do crescimento na urina do brasileiro. Trata-se de uma substância proibida.

Principal nome do país no levantamento de peso, Fernando Reis é tricampeão dos Jogos Pan-Americanos e foi bronze no Mundial de 2018, medalha apenas confirmada neste ano porque o terceiro colocado do torneio, o uzbeque Djangabaev Rusta, também teve teste positivo no antidoping.

A viagem também é considerada um passo prévio para um eventual encontro entre o presidente dos EUA, Joe Biden, e o líder chinês, Xi

 

“Instamos os Estados Unidos a mudarem sua mentalidade equivocada e sua política perigosa”, acrescentou o comunicado. (Foto: Reprodução)

 

 A China acusou os Estados Unidos de “demonizarem” o país, adotando um tom confrontativo durante a visita da secretária assistente de Estado americana, Wendy Sherman, para raras conversas de alto nível entre as duas potências.

A número dois da diplomacia americana chegou no domingo (25) à cidade portuária de Tianjin, no norte da China, para reuniões com a diplomacia chinesa em um momento de tensão entre os dois países, envolvendo temas como cibersegurança e direitos humanos.

A viagem também é considerada um passo prévio para um eventual encontro entre o presidente dos EUA, Joe Biden, e o líder chinês, Xi Jinping.

De acordo com um comunicado divulgado pelo ministério das Relações Exteriores chinês, o vice-chanceler, Xie Feng, disse a Sherman nesta segunda-feira (26) que os EUA querem “reacender o senso de propósito nacional colocando a China como um inimigo imaginário” e mobilizam seu governo para sufocar Pequim.

“A esperança pode ser que, ao demonizar a China, os Estados Unidos poderão de alguma maneira (…) culpar a China por seus próprios problemas estruturais”, afirmou, segundo o comunicado, acrescentando que a relação bilateral se encontra “estagnada e enfrenta sérias dificuldades”.

Pequim apresentou ainda uma lista de exigências, entre elas a suspensão das sanções contra autoridades e das restrições de vistos a estudantes e o fim da “supressão” de empresas chinesas, afirmou o porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Zhao Lijian, a jornalistas.

Ele também solicitou o fim dos pedidos de uma nova investigação sobre as origens do coronavírus na China, em mais uma advertência para que “parem de pisar nas linhas vermelhas”.

“Instamos os Estados Unidos a mudarem sua mentalidade equivocada e sua política perigosa”, acrescentou o comunicado.

Xie afirmou que a população de seu país “vê a retórica antagonista dos Estados Unidos como uma tentativa mal disfarçada de conter e suprimir a China”.

No domingo, a diplomata tuitou que havia conversado com empresários americanos sobre “os desafios que enfrentam na China” e enviou suas condolências às vítimas das inundações na província de Henan.

Na semana passada, os Estados Unidos disseram que Washington quer evitar um “conflito” e que esperam que os diálogos sejam uma oportunidade para mostrar a Pequim como é uma concorrência “saudável e responsável”.

Na véspera da chegada de Sherman, o chanceler Wang Yi prometeu “dar uma lição aos Estados Unidos sobre como tratar os países com equidade”, antecipando um início de visita tumultuado.

“A China não vai aceitar a superioridade autoproclamada de nenhum país”, afirmou Wang, citado em um comunicado no sábado (24).

A visita à China foi adicionada de última hora ao itinerário de Sherman em sua viagem pela Ásia, que inclui paradas no Japão, na Coreia do Sul e na Mongólia.

Além de Sherman, John Kerry, enviado especial de Washington sobre o clima, havia sido o único funcionário de alto nível do governo Biden a visitar a China, em abril.
As duas partes se comprometeram a cooperar no tema das mudanças climáticas, apesar de suas múltiplas diferenças.

Biden manteve a política de firmeza com a China adotada por seu antecessor, Donald Trump, enquanto Washington busca construir uma frente unida de “aliados democráticos” contra Pequim.

Na semana passada, Estados Unidos e China trocaram sanções iniciadas por Washington em resposta ao que os EUA consideram como a repressão de liberdades em Hong Kong.

Washington também emitiu uma advertência às empresas que operam em Hong Kong sobre a deterioração da autonomia da cidade.

Também nesta última semana, os Estados Unidos condenaram os ciberataques em larga escala procedentes da China.

Dezenove milhões de brasileiros acordam atualmente sem saber se vão conseguir alguma refeição para o dia. Dois anos atrás, eram 10 milhões. Essa situação tem levado famílias brasileiras a cenas como as mostradas na reportagem acima do Fantástico, da TV Globo, na noite deste domingo (25).

Em Cuiabá, uma cena chama atenção: a distribuição de pedaços de ossos com retalhos de carne tem formado filas. O açougue, que distribui os ossos há dez anos, diz que isso acontecia antes apenas uma vez por semana e, agora, são três. A crise provocada pela pandemia só fez a fila crescer.

“Tem gente que pega e já come cru, ali mesmo”, se emociona Samara Rodrigues de Oliveira, dona do local.

Desde o início da pandemia, o arroz ficou 56% mais caro e o preço do feijão preto aumentou 71%. A saída para muitos brasileiros tem sido os grãos de segunda linha, como arroz fragmentado e feijão bandinha, que vem quebrados e com mais impureza.

A auxiliar de serviços gerais Cátia Barbosa Gomes, que está desempregada e conta apenas com R$ 260 do Bolsa Família para alimentar os três filhos, é uma delas. “O feijão bandinha deve estar uns três ou quatro reais. O outro tá oito reais”, conta.

Douglas Luiz recebe cartão vermelho aos 13 minutos do primeiro tempo, em lance polêmico, após revisão do VAR.

Depois de quatro gols e um festival de chances criadas na estreia nas Olimpíadas, contra a Alemanha, a Seleção masculina de futebol passou em branco neste domingo e ficou no 0 a 0 com a Costa do Marfim, em duelo em Yokohama. O Brasil jogou desde os 13 minutos do primeiro tempo com um jogador a menos, por conta da expulsão do volante Douglas Luiz, após revisão do VAR, em lance bastante discutível. Mesmo com um a menos até os 34 minutos do segundo tempo, quando os africanos também receberam um cartão vermelho, a equipe de André Jardine se segurou bem, criou as principais chances na etapa final, mas não conseguiu balançar as redes.

Como fica

Com o empate, a seleção brasileira vai a quatro pontos, se mantém na liderança do Grupo D e fica a um empate da classificação para as quartas de final. A Costa do Marfim também tem quatro pontos. Derrotadas na estreia, Alemanha e Arábia Saudita se enfrentam às 8h30 deste domingo.

Primeiro tempo

A expectativa era de um jogo de defesa contra ataque, com o Brasil pressionando e a Costa do Marfim mais fechada na defesa. Porém, esse cenário durou pouco. Com a expulsão de Douglas Luiz (veja no vídeo abaixo), os africanos passaram a ter mais a bola (53% x 47%) e também as principais chances da etapa inicial. Foram sete finalizações marfinenses, que exigiram boas defesas do goleiro Santos. A equipe de André Jardine ficou mais contida e tentou explorar os contra-ataques, mas criou poucas chances de perigo.

Segundo tempo

O Brasil voltou muito bem do intervalo e, mesmo com um menos, teve a partida sob controle, não permitindo nenhuma finalização da Costa do Marfim. Aos 11, Matheus Cunha foi lançado dentro da área e por pouco não conseguiu finalizar. Cinco minutos depois, o camisa 9 cabeceou firme, mas parou no goleiro Tape. Em busca da vitória, Jardine tentou dar fôlego novo na frente, trocando os três atacantes. A pressão aumentou nos 15 minutos finais, após a expulsão de Eboue Kouassi, que deixou a partida com 10 contra 10. Nos acréscimos, Malcom teve ótima chance, após cruzamento de Martinelli, mas acabou cabeceando para fora.

Desfalque confirmado

Com a expulsão, Douglas Luiz terá de cumprir suspensão na próxima rodada. As principais opções do técnico André Jardine para o setor são Gabriel Menino e Matheus Henrique.

Próximo jogo

O Brasil encerra a participação na fase de grupos das Olimpíadas na quarta-feira, quando enfrenta a Arábia Saudita, às 5h30 (de Brasília), em Saitama. Já a Costa do Marfim terá a Alemanha pela frente.

 

 

Bandidos roubam parte de carga e abandonam o caminhão no Sertão de PE

Neste sábado, dia 24, policiais militares do 3º BPM, durante patrulhamento na BR 232, foram solicitados pela vítima que relatou que estava conduzindo o caminhão, na Serra de Mimoso quando foi interceptado por um veículo FIAT na cor prata com três indivíduos, portando  armas de fogo, os quais forçaram a parar, que ao ser rendido os indivíduos tomaram o volante do caminhão, e seguiram para uma estrada vicinal.

Ainda de acordo com informações repassadas ao Blog O Povo com a Notícia, o caminhão ao desviar da rota foi bloqueado pelo sistema eletrônico, com isso os indivíduos abandonaram o motorista juntamente com o caminhão levando apenas parte da carga.

Diante do exposto, o motorista e o caminhão foram conduzidos à DPC local, onde foi instaurado um inquérito por portaria.

 

 

Delegado é morto com tiro na cabeça após confusão em casa de eventos

O delegado José Valney Calixto de Oliveira, da Polícia Civil, foi morto com um tiro na cabeça na noite deste sábado (24) em uma casa de eventos localizada na Estrada dos Periquitos, em Porto Velho.

Segundo informações divulgadas pela assessoria da Civil, o delegado estava participando do evento quando houve um desentendimento e uma troca de tiros no local. Ainda não foi divulgado a motivação dos disparos.

 

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em agosto

Trabalhadores informais nascidos em agosto recebem hoje (25) a quarta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.

No último dia 15, a Caixa anunciou a antecipação do pagamento da quarta parcela. O calendário de depósitos, que começaria na última sexta-feira (23) e terminaria em 22 de agosto, teve o início antecipado para o último dia 17 e será concluído em 30 de julho.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Bolsa Família
Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

O pagamento da terceira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 19 e segue até o dia 30. O auxílio emergencial somente será depositado quando o valor for superior ao benefício do programa social.

Em todos os casos, o auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

O programa se encerraria neste mês, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para as parcelas.

 

Com nomeação de Ciro Nogueira, governo está refém do Centrão

 (Marcos Correa/ PR)

O governo do presidente Jair Bolsonaro ficou conhecido, entre outras particularidades, por ser estruturado em diferentes alas. Nelas, a disputa por espaço é uma constante. Cada grupo desses, seja ideológico, seja econômico ou militar, teve seus dias de protagonismo, até ser escanteado pela crise da vez, ou “atropelado”, na expressão usada pelo general Luiz Eduardo Ramos, atual chefe da Casa Civil, ao saber que, com outros fardados, estava sendo ejetado da articulação política. A partir de agora, a relação com o Congresso estará nas mãos dos caciques dos partidos que compõem o Centrão, a mais nova ala desta gestão, mas uma velha conhecida nos bastidores das negociações do poder em Brasília.

A saída do general Ramos da Casa Civil, na minirreforma ministerial que Bolsonaro deve formalizar nesta semana, é o desfecho mais recente dessa disputa por espaços dentro do governo. O militar será substituído no cargo pelo presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), uma das principais lideranças do Centrão — bloco que, em troca de cargos e outras benesses da máquina pública, deu também sustentação a governos anteriores, como os dos então presidentes Michel Temer (MDB), Dilma Rousseff (PT), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Ao longo de todo esse tempo, o Centrão vem atuando como o fiel da balança na relação do Congresso com o Executivo. Sua atuação foi determinante, por exemplo, para manter ou tirar presidentes do cargo, aprovar ou rejeitar reformas e estabelecer o ritmo da pauta de votações, principalmente quando o governo tem dificuldades em construir uma base parlamentar.

O general Ramos foi o último entre os militares abatidos pelas pressões do Centrão para assumir o controle da articulação com o Congresso, às quais Bolsonaro — desgastado com as investigações da CPI da Covid, com baixos índices de popularidade e alvo de mais de 130 pedidos de impeachment na Câmara — foi obrigado a se curvar. Nessas voltas que a política dá, hoje a sobrevivência do mandato do presidente depende diretamente da “velha política” e do “toma lá dá cá” que ele havia prometido extinguir e que são o principal modus operandi do Centrão.

À frente da Casa Civil, o coração do governo, o senador Ciro Nogueira vai reforçar a presença do bloco partidário no seleto grupo de ministros que despacham no Palácio do Planalto. Antes dele, já havia tomado posse, como ministra da Secretaria de Governo, a deputada Flávia Arruda (PL-DF), levada ao cargo pelas mãos do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que tem demonstrado fidelidade a Bolsonaro. Um dos principais caciques do Centrão, o deputado é responsável, entre outras competências, por determinar o início da tramitação dos pedidos de impeachment contra o presidente da República.
Negociações

A partir da minirreforma ministerial, Ciro Nogueira — que até antes do recesso parlamentar vinha apresentando um desempenho discreto na base governista da CPI da Covid — comandará negociações importantes com o Legislativo, como a indicação de nomes para cargos no Executivo e a liberação de verbas de emendas parlamentares. Também caberá ao líder do Centrão encontrar uma solução para o impasse criado após a decisão do Congresso que triplicou os recursos do Fundo Eleitoral, de R$ 1,8 bilhão para R$ 5,7 bilhões.

O Centrão foi levado para o governo pelo próprio Luiz Eduardo Ramos, no auge do prestígio da ala militar e em meio ao avanço de investigações incômodas para Bolsonaro, como a do caso Queiroz. Muito provavelmente pela falta de traquejo político, o general acabou abrindo um atalho para o bloco tomar de vez o comando do Executivo.

“O Centrão mostrou que é político profissional e acabou dando um nó na ala militar, que estava bonita na foto, com Braga Netto (general, atualmente ministro da Defesa), Ramos e todo mundo. Se o governo queria profissionais na política, então chamou o Centrão, e deu no que estamos vendo agora”, diz o cientista político André Pereira César, da Hold Assessoria Legislativa.

O analista também alerta para o fato de o apoio do Centrão ser de momento, podendo, inclusive, perdurar. “Se o governo retomar a musculatura política e a popularidade, superar o desemprego e outros desafios da economia, avançar na vacinação para que o povo possa voltar a circular com segurança, ou seja, enquanto o governo não atingir isso, esse apoio do Centrão estará em risco, e o preço desse apoio vai subir”, destaca.

Ele acrescenta que também pode pesar na balança do Centrão o favoritismo do ex-presidente Lula nas pesquisas de intenção de voto. “Tem um outro ator político no outro lado da rua, chamado Lula, que já trabalhou com o Centrão e que está muito forte nas pesquisas. Então, a perspectiva de poder leva o Centrão, pragmático por natureza, por essência, a olhar para o outro lado da rua”, ressalta. “Então, se Bolsonaro, caminhando para o final do ano, não responder às demandas da sociedade, o Centrão pode ir para outro lado.”

Ele dá como exemplo o ex-prefeito e ex-ministro Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, uma das siglas do Centrão. O político paulista tem se afastado do governo e trabalhado na articulação de uma terceira via para concorrer às eleições do ano que vem. Tudo indica que o nome do candidato será o do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que, por sua vez, também se distanciou de Bolsonaro.

“Kassab está pulando fora a cada dia mais. O Centrão nunca perdeu, nunca perde e não vai ser agora que vai perder. São profissionais, no bom sentido. O Centrão não carrega caixão, pois sabe da importância que tem. Então, o jogo é esse”, frisa o cientista político. “Ganhe (João) Doria (governador de São Paulo pelo PSDB), ganhe Lula, reeleito Bolsonaro ou ganhe Ciro Gomes (PDT), não importa. Já que o sistema é esse, de presidencialismo de coalizão, é o jogo que se tem para jogar.”
União

O deputado Bibo Nunes (PSL-RS), um dos aliados mais próximos de Bolsonaro, considera positiva a indicação de Ciro Nogueira para o comando da Casa Civil. Segundo ele, como o presidente deve se filiar ao PP, o mesmo partido do senador, é natural que esse importante espaço no governo seja dado ao aliado.

Nunes discorda de quem vê contradição na aproximação entre Bolsonaro e o Centrão, bloco que o presidente já apontou como símbolo da “velha política” e que classificou como “a nata do que há de pior”. Ele assegurou que o mandatário não entrará no “jogo” do grupo partidário. “Eu sou daqueles que pensam que o presidente não vai se tornar refém do Centrão. Não é o presidente que está indo para o Centrão, é o Centrão que está vindo para um governo sério. Seria uma contradição se o presidente entrasse no jogo deles”, ressalta. “Eu não vejo como um toma lá dá cá. O Centrão já apoia o governo há bastante tempo e, agora, está recebendo a Casa Civil. Eu não admito toma lá dá cá, em hipótese alguma.”

Rachadinhas

O policial militar da reserva Fabrício Queiroz responde a processo por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa no caso das “rachadinhas” com o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro.

Acordo pela sobrevivência
A aproximação de vez com o Centrão é uma tentativa do presidente Jair Bolsonaro de estancar as crises pelas quais passa o governo. Se, na campanha eleitoral de 2018, o então candidato ao Planalto levantou a bandeira da rejeição à “velha política” e ao “toma lá, dá cá”, agora se rende às práticas que ele demonizou, porque é ameaçado por pedidos de impeachment, está em queda na popularidade e enfrenta denúncias de corrupção dentro do Executivo.

Na avaliação de André Borges, professor de ciência política da Universidade de Brasília (UnB), a decisão de Bolsonaro de se unir ao Centrão mostra a fragilidade da base do governo. Além disso, representa uma derrota para a ala militar, com a saída de Luiz Eduardo Ramos da Casa Civil para a nomeação do senador Ciro Nogueira (PP-PI). “A articulação feita pelo Ramos não estava, de fato, funcionando a contento. A entrada de Ciro indica uma derrota desse grupo militar. Por um lado, isso reforçará, na opinião pública, a percepção de que o presidente traiu o compromisso de campanha de governar de forma diferente. Inclusive, pessoas muito próximas deram a entender que o governo não buscaria esse apoio”, ressalta. “Esse movimento só vai ampliar a percepção de que quem manda é o Centrão, mas pode dar um fôlego para evitar um processo de impeachment. No entanto, isso não garante que o Centrão o apoiará até o final.”

Ricardo Ismael, cientista político da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), destaca que Ciro Nogueira no comando da Casa Civil aumentará a influência do Centrão nas decisões do governo. Ele frisa, no entanto, que o bloco não decidiu sobre o apoio a Bolsonaro em 2022. “O Centrão não vai caminhar para o abismo se Bolsonaro não for competitivo. Mas com cargos e emendas, ainda vê o presidente mais ganhando que perdendo”, diz. “O governo está dependente desse apoio no Congresso. É um acordo para sobrevivência política, mas é preciso ter cuidado, pois o bloco muda de candidato como se muda de roupa.”

O especialista aponta que o mandatário não conseguirá evitar o desgaste causado pela aliança. “Isso tem reflexo negativo junto ao eleitorado bolsonarista raiz. Ele vai ter de enfrentar esse risco. O Centrão vai apoiar propostas do governo como a reforma tributária, mas Bolsonaro fica refém durante o ano inteiro.”

Na opinião de Vera Chemin, advogada constitucionalista, com a aproximação, Bolsonaro encontrará mais facilidade de aprovação das pautas no Congresso. “Com Ciro Nogueira na chefia da Casa Civil, é possível deduzir que os projetos de interesse institucional da Presidência da República terão maior suporte nas duas Casas Legislativas e poderão ser agilizados, uma vez que o Centrão detém um número significativo de partidos políticos”, afirma. Porém, do ponto de vista eleitoral, é provável que esse arranjo cause enfraquecimento do mandatário. “Quem votou em Bolsonaro para não votar no PT poderá, sim, mudar o voto, isto é, transitar para uma provável terceira via. A única dúvida é se haverá uma alternativa viável.”

O cientista político Rodrigo Prando, professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, destaca que Bolsonaro “não desceu do palanque e atacou sistematicamente o Centrão na campanha, no governo”. “Agora, está de braço dados e o trouxe para o núcleo duro. É um presidente enfraquecido e acuado. Em termos de política imediata, pode sair ganhando, pois mantém o mínimo de uma base que poderá ajudá-lo no trânsito com o Congresso”, ressalta.

Mega-Sena acumula e pode pagar prêmio de R$ 12 milhões na quarta-feira

 (Tânia Rêgo/ Agência Brasil)

O concurso de número 2.393 da Mega Sena não teve nenhum acertador das 6 dezenas, sorteadas na noite deste sábado (24), em São Paulo. Assim, o prêmio acumulou e a estimativa é que o próximo sorteio pague prêmio de R$ 12 milhões.

As dezenas sorteadas foram:
26 – 27 – 28 – 32 – 38 – 51

Vinte e oito apostas acertaram a quina e vão receber prêmio de R$ 80.268,42 cada uma. Já a quadra – quando o apostador acerta 4, das 6 dezenas sorteadas -, teve 2.368 ganhadores, que receberão prêmio de R$ 1.355,88 cada um.

O próximo sorteio acontece será na quarta-feira (28), e está programado para as 20h. O evento terá transmissão ao vivo pelo YouTube, e pode ser acessado no canal da Caixa.

Enem 2021 tem 3,1 milhões de inscritos confirmados, menor número desde 2005

Publicado em Notíciaspor em 24 de julho de 2021

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou, na noite de sexta-feira (23), que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021 teve 3.109.762 pessoas com a inscrição confirmada, menor número desde 2005.

Mesmo antes da confirmação das inscrições, o exame deste ano já tinha a menor quantidade de inscritos desde 2007.

O total de inscrições confirmadas equivale a 77,5% dos 4 milhões de alunos que haviam se inscrito no exame. Para confirmar a inscrição, era necessário pagar a taxa, de R$ 85, até segunda-feira (19). Sem essa validação, a inscrição não era concluída.

Mesmo antes da confirmação das inscrições, o exame deste ano já tinha a menor quantidade de inscritos desde 2007.

O total de inscrições confirmadas equivale a 77,5% dos 4 milhões de alunos que haviam se inscrito no exame. Para confirmar a inscrição, era necessário pagar a taxa, de R$ 85, até segunda-feira (19). Sem essa validação, a inscrição não era concluída.

O skate, assim como o surfe, alguns dos novatos no programa olímpico, devem impulsionar o Brasil no quadro de medalhas.

Hoefler, de 28 anos, avançou à final com a quarta melhor nota. (Foto: R7/TOBY MELVILLE/REUTERS)

O primeiro pódio do skate olímpico teve brasileiro. Kelvin Hoefler conquistou a prata na manhã deste domingo (25) e, de quebra, garantiu a primeira medalha do país em Tóquio 2020. O japonês Yuto Horigome foi o primeiro colocado, com o norte-americano Jagger Eaton também no pódio do street, no Ariake Sports Park.

Hoefler, de 28 anos, avançou à final com a quarta melhor nota. Os também brasileiros Giovanni Vianna (12º) e Gustavo Felipe (14º) ficaram pelo caminho, já que apenas oito passavam.

E se Kelvin mostrou certo nervosismo na fase de classificação, na decisão ele foi praticamente perfeito nas suas duas voltas, na liderança, somando 17,82 (8,98 e 8,84), superando até mesmo Nyjah Huston (7,90 e 9,11), dono de oito medalhas nos X-Games, uma espécie de Olimpíada dos esportes radicais.

Na disputa por manobras, o brasileiro somou 8,99 na primeira nota, mas depois zerou duas vezes, o que o fez despencar na disputa. Ele ainda teve um 7,58 (descartado) e um 9,34 para confirmar o segundo lugar com o somatório de 36,15.

O ouro ficou com o japonês Yuto Horigome, com 37,18 na soma das quatro maiores notas. O norte-americano Jagger Eaton levou o bronze.

O skate, assim como o surfe, alguns dos novatos no programa olímpico, devem impulsionar o Brasil no quadro de medalhas. Ainda sobre rodinhas, as chances de um pódio triplo para o país no street feminino são consideráveis. Leticia Bufoni, Rayssa Leal e Pamela Rosa brigam por mais medalhas nesta segunda.

Sem público, como medida de segurança sanitária do governo japonês para conter a disseminação da covid-19, a organização teve de se virar com muita música entre as sessões. Agradou, mas justamente pela ausência de público, a comparação com os grandes eventos da modalidade não seria das mais justas.

Uma outra preocupação com a competição olímpica estava ligada à vestimenta dos atletas. O estilo mais despojado dos competidores foi adaptado dentro do uniforme das organizações nacionais. As calças continuavam largas, mas dentro de um padrão, acompanhadas de uma camiseta multicolorida entre as principais delegações.

A bateria final começou com 33ºC na pista que será um dos legados olímpicos para a capital japonesa — Hoefler, inclusive, teve um papel fundamental para que a disputa começasse mais cedo e fugisse pelo menos um pouco do calor.

Além do skate e do surfe, o basquete 3×3, o BMX freestyle, o caratê e a escalada esportiva estrearam no programa olímpico. O beisebol e o softbol, tradições japonesas, voltaram ao evento.

A Seleção Brasileira feminina de futebol feminino goleou a China por 5 a 0, no Estádio de Miyagi, no início da manhã desta quarta-feira, 21, na estreia dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Os gols brasileiros foram marcados por Marta (dois), Debinha, Andressa Alves, de pênalti, e Bia Zaneratto.

Com os dois gols, a camisa 10 chega a 12 tentos em cinco edições de Olimpíada, passa canadense Christine Sinclair, e se isola como a segunda maior artilheira da história do torneio, a dois gols da também brasileira Cristiane, que tem 14. Marta também passou a ser a primeira jogadora a marcar em cinco edições de Olimpíada.

Marta abriu o marcador aos 8 minutos. Bia Zaneratto recuperou a bola no ataque, e cruzou. Debinha cabeceou no travessão e no rebote, Bia entregou para a camisa 10, que chutou, de primeira: 1 a 0.

O time de Pia Sundhage era soberano em campo e aos 21 minutos ampliou o placar. Bia Zaneratto recebeu pela direita, entrou na área e chutou forte. A goleira Peng Shimeng deu rebote, e Debinha, sozinha na pequena área, não teve trabalho: 2 a 0. Com esse gol, a jogadora é a artilheira da era Pia Sundhage, com 13 tentos.

O Brasil ainda teve outras oportunidades com Andressinha, que tentou por cobertura. E também com Érika, que tentou de primeira, mas a bola saiu.

A única chance chinesa aconteceu aos 39 minutos. Miao Siwen chutou forte da entrada da área, mas Bárbara defendeu no canto direito e espalmou para escanteio.

Na etapa complementar, as orientais assustaram aos 6 minutos. Wang Shanshan foi lançada, chutou e acertou a trave. No rebote, Miao Siwen chutou por cima.

O Brasil respondeu com a mesma moeda, aos 13. Debinha recebeu na entrada da área, girou e chuta com perigo. A goleira Peng Shimeng espalmou, e a bola acertou a trave.

A comandante brasileira Pia Sundhage fez a primeira alteração, tirou Duda e entrou Andressa Alves. Depois entrou Júlia Bianchi e saiu Formiga.

E o Brasil ampliou o marcador aos 28 minutos. Marta cruzou da direita para Bia Zaneratto, que tentou. O corte foi mal feito pelas rivais e a bola sobrou para a camisa 10, que chutou no canto esquerdo da goleira.
No final, Ludmila ainda entrou no lugar de Marta.

O Brasil ampliou aos 36 minutos. Andressa Alves foi derrubada na área por Wang Xiaoxue. Pênalti, que ela mesma converteu: 4 a 0.

O time canarinho ainda fechou o marcador aos 43 minutos. Debinha recuperou, e cruzou na medida para Bia Zaneratto, que desviou de pé esquerdo: 5 a 0.

A Seleção Brasileira feminina de futebol volta a campo neste sábado diante da Holanda, no mesmo estádio de Miyagi, às 8h (de Brasília).

O Brasil está no grupo F, junto com China, Zâmbia e Holanda.

Dólar é cotado a R$ 5,2307 nesta manhã de quarta-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,16 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,4703.

 

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

 

O valor do dólar na manhã desta quarta-feira (21), está cotado no valor de R$ 5,2307. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,4210.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,16 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,4703.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

O Portal ClickPB apura de segunda à sexta-feira a cotação do dólar e euro.

Jeff Bezos, a pessoa mais rica do mundo, se juntará ao clube de astronautas nesta terça-feira (19) no primeiro lançamento com tripulação de sua empresa Blue Origin, outro marco em um grande mês para a incipiente indústria do turismo espacial. 
A missão acontecerá dias depois que o fundador da Virgin Galactic, Richard Branson, cruzou a fronteira final do planeta, superando por pouco o magnata da Amazon no duelo espacial entre os dois bilionários. 
No entanto, o objetivo da Blue Origin é mais alto: literalmente em termos de quão alto sua nave reutilizável New Shepard irá subir, em comparação com o avião espacial da Virgin, mas também em suas ambições futuras. 
Bezos fundou a Blue Origin em 2000, com o objetivo de um dia construir colônias flutuantes no espaço a partir de gravidade artificial, onde milhões de pessoas viveriam e trabalhariam. 
Sua jornada a mais de 100 km do solo terrestre acontecerá apenas duas semanas após deixar o cargo de CEO da Amazon, grupo do qual ele detém cerca de 10% das ações. 
Em sua façanha espacial, Bezos estará acompanhado de seu irmão Mark, um financista que dirige a fundação da família de Bezos, mas o destaque será para a aviadora Wally Funk, que aos 82 anos se tornará, com essa jornada, a astronauta com mais idade da história.  
A outra pessoa sortuda para este passeio no espaço será Oliver Daemenen, que se tornará o mais jovem viajante espacial da história, aos 18 anos. O jovem holandês é o primeiro cliente pago da empresa.
Notavelmente ausente está o misterioso vencedor de um leilão de US$ 28 milhões por uma vaga, que teve “conflitos de agendamento” e participará de um voo futuro, e pediu para permanecer anônimo, anunciou a empresa. 
A New Shepard decolará às 08h00 (10h00 em Brasília) do dia 20 de julho de uma base remota no deserto do oeste do Texas, chamada Launch Site One, cerca de 40 quilômetros ao norte de Van Horn, a cidade mais próxima.
Após a decolagem, a New Shepard irá acelerar no espaço a velocidades superiores a Mach 3, usando um motor de hidrogênio/oxigênio líquido sem emissão de carbono. 
O evento será transmitido ao vivo a partir de uma hora e meia antes do lançamento pelo site BlueOrigin.com.
– “Emocionante” –
Por outro lado, a Blue Origin também afirma que seu foguete é mais ecologicamente correto do que o de seu rival, da Virgin Galactic.
Hoje, a empresa está desenvolvendo um foguete orbital de carga pesada chamado New Glenn e também um módulo lunar que espera poder negociar com a NASA no âmbito do programa Artemis. 
“Eles tiveram 15 voos não tripulados bem-sucedidos em New Shepherd e há anos esperamos para ver quando eles começarão a levar pessoas”, conta Laura Forczyk, fundadora da consultoria espacial Astralytical, à AFP, qualificando a viagem de “um momento emocionante” para os entusiastas do espaço. 
As ambições da moderna empresa de Bezos não param no turismo espacial, que agora espera se tornar uma importante subcontratada para as missões da NASA. 
Tudo isso surge a partir de uma empresa como a Amazon, que em 27 anos deixou de ser uma startup montada em uma garagem para se tornar uma empresa em crescimento avaliada em 1,8 trilhão de dólares na bolsa. 
Atualmente, a firma SpaceX do bilionário Elon Musk é o principal parceiro do setor privado da agência espacial americana, que inclui o transporte de vários astronautas para a Estação Espacial Internacional (ISS) desde 2020.

Thank you for watching

TAGS: jeff bezos | espaço |

Elaine Lessa, mulher do policial reformado Ronnie Lessa, apontado pela polícia como o executor da vereadora Mariela Franco, foi presa pela Polícia Federal (PF), na manhã deste domingo (18), por tráfico internacional de armas.

De acordo com informações do G1, policiais federais começaram as investigações após a Receita Federal duvidar de uma encomenda vinda de Hong Kong, na China.

No pacote, havia 16 quebra-chamas para fuzil AR-15, peça que serve para ocultar as chamas decorrentes de disparos de armas de fogo, de modo a não revelar a posição do atirador.

O pacote com as armas tinha como destino a Academia Supernova, que funcionava em uma comunidade do Rio, área controlada por milícias. Ronnie e Elaine eram sócios do estabelecimento.

Lessa

O juiz Carlos Eduardo Carvalho de Figueiredo, da 19ª Vara Criminal da Capital, condenou Lessa a quatro anos e seis meses de reclusão pela ocultação de armas usadas no assassinato de Marielle e de seu motorista, Anderson Gomes. 

Como o ex-PM responde também pelo assassinato, ele segue preso na penitenciária de segurança máxima de Porto Velho, em Rondônia, ao lado do ex-PM Élcio Queiroz, outro acusado pelas duas mortes.

 

Presidente Jair Bolsonaro recebe alta médica

 

O presidente estava internado para tratar de uma obstrução intestinal. De acordo com o comunicado, Bolsonaro seguirá com acompanhamento ambulatorial pela equipe médica assistente. (Foto: reprodução)

O Hospital Vila Nova Star, onde o presidente Jair Bolsonaro está internado, divulgou nota anunciando a alta do presidente. A nota é assinada pela equipe médica que acompanha o presidente desde o dia 14 de julho, quando foi internado.

O presidente estava internado para tratar de uma obstrução intestinal. De acordo com o comunicado, Bolsonaro seguirá com acompanhamento ambulatorial pela equipe médica assistente.

O boletim não informa se a obstrução que o levou ao hospital foi completamente desfeita. O presidente saiu andando do hospital, por volta das 9h40, e conversou com os jornalistas sem máscara. Ele deve seguir para o Aeroporto de Congonhas e embarcar para Brasília.

A íntegra da nota                

O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, teve alta hoje do Hospital Vila Nova Star, da Rede D’Or. Ele estava internado desde a quarta-feira, 14 de julho, para tratar um quadro de suboclusão intestinal. Ele seguirá com acompanhamento ambulatorial pela equipe médica assistente.

 

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (5) uma operação contra Claudio José de Oliveira, conhecido como “Rei do bitcoin”, que teve a prisão preventiva decretada. A Justiça ainda determinou o sequestro de diversos bens de Oliveira, como imóveis e uma chácara, que somam ao menos R$ 5,3 milhões.

Oliveira é investigado por suposta prática de crimes falimentares, estelionato, lavagem de capitais, organização criminosa, além de delitos contra a economia popular e o sistema financeiro nacional por meio de sua empresa, o GBB (Grupo Bitcoin Banco).
A reportagem não conseguiu contato com representantes da empresa nem com a defesa de Oliveira.
Para a polícia, os valores dos clientes movimentados nas plataformas do grupo, como a TemBTC e a NegocieCoins, eram desviados, sem serem investidos em criptomoedas de fato. As investigações começaram em 2019, pela Polícia Civil do Paraná, em razão de denúncias de possíveis vítimas após não conseguirem mais sacar dinheiro de suas aplicações.
O GBB alega que teria sido alvo de um ataque cibernético, o que paralisou seus sistemas, impossibilitando os saques de clientes, mas não colaborou com a investigação do suposto crime. Também, ainda segundo as investigações, chegou a prometer a clientes que fizeram denúncias a celebração de termos de confissão de dívidas e acordos
extrajudiciais e a devolução integral dos valores investidos.
À época, o grupo alegava problemas de liquidez, o que o impedia de dar saída aos investidores. Ainda em 2019, a empresa entrou em recuperação judicial junto à 1ª Vara de Falências de Curitiba, afirmando que teria 7.000 bitcoins -equivalente a R$ 1,2 bilhão- como garantia para as dívidas.
A Justiça permitiu que grupo continuasse as atividades e pediu que, com os bitcoins, quitasse as dívidas. Segundo a PF, no entanto, esses bitcoins eram de outras carteiras, e não do GBB, mas, pela inexperiência dos clientes e do Judiciário em criptomoedas, a empresa teria conseguido iludi-los.
No início do ano de 2020, foi constatado que o GBB não estaria cumprindo as obrigações do plano de recuperação judicial e, para promoção de suas atividades e atração de novos clientes, seguia oferecendo contratos de investimento coletivos sem registro junto à CVM (Comissão de Valores Mobiliários), o que fez a PF assumir as investigações.
Segundo estimativa feita pelo administrador judicial do processo de recuperação judicial -que pediu, no fim do ano passado, que fosse decretada a falência da empresa-, o grupo deve cerca de R$ 1,5 bilhão a mais de 7.000 credores.
Segundo as investigações, após o colapso do suposto esquema Oliveira continuou movimentando “vultosos recursos” por meio de terceiros, buscando transferir, ocultar ou se desfazer rapidamente de seus bens.
Uma das manobras foi a abertura de contas no exterior em nome de sua esposa, Lucinara da Silva Oliveira, e no Brasil em nome de outra mulher. Elas foram detidas, bem como outros dois investigados que teriam auxiliado Oliveira a ocultar os bens.
Na operação desta segunda, também foram apreendidos cerca de R$ 2,5 milhões em véiculos, além de jóias, dinheiro vivo e bolsas de luxo. O objetivo é leiloar os bens e reverter os valores a credores. (Via: Folhapress)

Dave Smith, que é instrutor de autoescola e músico nas horas vagas em Bristol, no oeste da Inglaterra, contraiu a covid-19 em março de 2020.

Agora curado, Dave diz ser um “homem milagroso”. (Foto: Reprodução)

Um britânico de 72 anos teve o caso mais longo de covid-19 já registrado no mundo.

Dave Smith, que é instrutor de autoescola e músico nas horas vagas em Bristol, no oeste da Inglaterra, contraiu a covid-19 em março de 2020. Mas ele não esperava o que estava por vir.

Dave testou positivo para a doença 43 vezes e só se curou 290 dias depois da infecção.

“Todos os testes davam positivo. Uma semana depois, positivo. Rezava para que o próximo fosse negativo, mas nunca era”, conta ele à BBC.

Quando contraiu a doença, seu sistema imunológico estava vulnerável por causa de um tratamento quimioterápico para tratar leucemia.

Dave afirma que, nesses dez meses com a covid-19, foi parar no hospital sete vezes. Ele conta ter perdido 63 kg durante o tempo em que teve a doença.

“Uma vez eu tossi por 5 horas sem parar. Não falo de tossir, parar, tossir, parar. Mas de tossir, tossir e tossir sem parar, por 5 horas. Consegue imaginar o cansaço que isso causa ao seu corpo?”, relata.

A situação fez Dave e sua esposa, Lynda Smith, pensar que ele não sobreviveria.

“Houve momentos em que achávamos que ele não conseguiria (sobreviver)”, afirma Lynda.

Dave conta que chegou a se despedir da família.

“Fiquei resignado. Liguei para minha família, fiz as pazes com todos e me despedi. Fiz uma lista com as músicas que queria que tocassem em meu velório”, diz ele.

A melhora só veio ao fim de 10 meses de sofrimento. Dave foi tratado com um coquetel de remédios antivirais cedidos pela empresa americana Regeneron.

Quando recebeu a ligação de que havia testado negativo, ele não acreditou.

“Tínhamos uma garrafa de champanhe fazia não sei quanto tempo. Abrimos e bebemos. E nós nem bebemos”, conta.

Não é possível, no entanto, afirmar que foi o coquetel de remédios o responsável pela melhora de Dave.

Ed Moran, médico do Southmed Hospital, onde Dave se tratou, diz que a única maneira de ter certeza disso é através de um estudo adequado.

“Havia uma chance pequena de que ele estava prestes a melhorar, por conta própria, e isso seria apenas uma coincidência. Isso seria uma história de paciente, uma anedota. Mas é bem convincente, já que ele estava mal fazia 10 meses ou mais e sua recuperação foi associada ao uso deste agente.”

Cientistas da Universidade de Bristol agora estudam o caso de Dave para tentar entender como o coronavírus se comporta.

A ideia é descobrir como o vírus se esconde e sofre mutações no corpo humano, e como ele consegue infectar uma pessoa de forma persistente.

Agora curado, Dave diz ser um “homem milagroso”.

“Agora eu sou uma estrela? Acho que eu deveria ganhar uma medalha ou um certificado”, brinca.

“É como se tivessem me dado minha vida de novo. Você pensa: ‘o que eu posso fazer com essa vida?’ Estou próximo dos 73 anos, mas talvez ainda tenha algo de bom sobrando em mim.”

Em pronunciamento no dia da saída do ministério, o ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, anunciou que um novo concurso Ibama e ICMBio foram autorizados e publicação ocorrerá na próxima semana.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) solicitou o provimento por meio de concurso de 2.311 cargos, sendo:

  • 970 de Analista Ambiental
  • 336 de Analista Administrativo e
  • 1.005 de Técnico Administrativo.

Resumo do concurso

  • situação: previsto
  • cargos: analistas e técnicos
  • escolaridade: níveis médio e superior
  • salários: até R$ 9 mil
  • Edital 2012 (Técnico Administrativo)
  • Edital 2013 (Analista Ambiental)
  • Edital 2013 (Analista Administrativo)

Prefeitura de Bodocó abre seleção simplificada com 32 vagas para contratação de médicos

Foto: reprodução

A Prefeitura de Bodocó, no Sertão de Pernambuco, está com inscrições abertas para a seleção simplificada que visa a contratação de médicos. Ao todo, estão sendo disponibilizadas 32 vagas para contratação imediata e cadastro de reserva. As inscrições podem ser feitas a partir desta segunda-feira (28), através do site da prefeitura.

Das vagas oferecidas, 5% serão destinadas a pessoas com deficiência, onde os candidatos serão analisados pelo currículo profissional, com oportunidades para áreas de especialidades como neurologia, ginecologia, psiquiatria, cardiologia, pediatria, cirurgião-geral, entre outras.

Com a contratação, os profissionais vão atuar na área de saúde da família e no Hospital Municipal Eulina Lócio de Alencar. As remunerações salariais estão entre R$3.500,00 a R$ 18.000,00 e a carga horária de trabalho varia entre 20h e 40h semanais.

As inscrições seguem até o dia 7 de julho e resultado final da seleção será divulgado no dia 20 de julho. Para mais informações, os candidatos podem acessar o edital do certame.

EUA desenvolvem máscara que detecta Covid-19 em 90 minutos

O diagnóstico sai em 90 minutos, relata trabalho publicado nesta segunda (28) na revista Nature Biotechnology.

 

O resultado aparece de forma semelhante ao de um teste doméstico de gravidez: uma linha de controle e uma segunda linha que, se estiver preenchida, indica contaminação. (Foto: Reprodução)

Uma máscara facial desenvolvida por engenheiros da Universidade Harvard e do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) pode indicar se seu usuário está contaminado com o Sars-Cov-2. O diagnóstico sai em 90 minutos, relata trabalho publicado nesta segunda (28) na revista Nature Biotechnology.

No novo teste, biossensores minúsculos são liofilizados, ou seja, desidratados por um método que congela a vácuo e depois retira a água congelada por sublimação (direto do estado sólido para o de vapor). Essa técnica conserva o material estável por muitos meses.

Os sensores liofilizados são então incorporados à parte interna de máscaras de papel, para detectar partículas virais em seu hálito e respiração. Quando o usuário está pronto para fazer o teste, ele aciona um botão que libera água no material, reidratando e reativando os biossensores, que são capazes de detectar material genético do coronavírus.

O resultado aparece de forma semelhante ao de um teste doméstico de gravidez: uma linha de controle e uma segunda linha que, se estiver preenchida, indica contaminação. 

Como o resultado só é visível no lado interno da máscara, a privacidade do paciente é resguardada.

O teste é tão sensível quanto o padrão ouro, PCR, mas é tão rápido quanto os testes de antígenos, diz um dos líderes do estudo, Peter Nguyen, do Wyss Institute for Biological Inspired Engineering de Harvard. “Essencialmente, reduzimos todo um laboratório de diagnóstico a um pequeno sensor que funciona com qualquer máscara facial e combina alta precisão com velocidade e baixo custo”, afirmou Nguyen.

Os pesquisadores entraram com o pedido de patente da tecnologia e pretendem ver o produto desenvolvido e vendido por empresas. “Já tivemos muito interesse de grupos externos que gostariam de usar os esforços de protótipo que temos e levá-los a um produto aprovado e comercializado”, diz James Collins, professor de engenharia médica e ciência do MIT.

Collins começou a trabalhar na tecnologia que resultou na máscara em 2014, quando demonstrou que era possível extrair a “maquinaria” molecular usada pelas células para detectar moléculas de RNA derivadas de patógenos, liofilizá-la e acoplá-la a uma proteína que indica a detecção, mudando de cor ou ficando fluorescente.

Esse “circuito genético” foi acoplado em papel, o que permite um diagnóstico barato, preciso e portátil. Collins usou essa abordagem para criar diagnósticos para os patógenos que causam Ebola e Zika.

Em 2017, ele avançou a pesquisa e criou um método baseado em enzimas, que chamou de sensores Sherlock, para detectar com muita sensibilidade ácidos nucleicos (RNA ou DNA, que formam o material genético).

Quando ativados pela água, esses sensores liofilizados interagem com sua molécula alvo, que pode ser qualquer sequência de RNA ou DNA ou outros tipos de moléculas, e produz um sinal, como a mudança na cor nas tiras de testes de gravidez.

Numa segunda etapa, Collins, Nguyen e Luis Soenksen, que pesquisa aprendizado de máquina em saúde para a Clínica Abdul Latif Jameel do MIT, passaram a testar os melhores tecidos para a incorporação desses sensores, para criar diagnósticos vestíveis.

“Essas técnicas exigiam colocar células vivas no próprio vestível, como se o usuário estivesse usando um aquário minúsculo. Se o aquário quebrasse, o vazamento poderia chegar ao usuário, e ninguém gosta dessa ideia “, disse Nguyen. Os pesquisadores passaram a testar metodicamente mais de cem tipos diferentes de tecidos.

Estavam no final do estudo quando a Covid-19 começou a se espalhar pelo mundo, no começo de 2020. Decidiram então usar sua tecnologia para criar rapidamente a máscara de diagnóstico para o Sars-Cov-2.

Todo o projeto foi feito em quarentena ou distanciamento social estrito a partir de maio de 2020. “Trabalhamos em casa, às vezes trazendo equipamentos não biológicos e montando dispositivos manualmente. Era definitivamente diferente da infraestrutura de laboratório normal com a qual estamos acostumados, conseguimos garantir que os sensores funcionassem de verdade”, relata Soenksen.

Na máscara de diagnóstico, acontecem três diferentes reações biológicas. A primeira abre a membrana do vírus Sars-CoV-2, se ele estiver presente na respiração do usuário, e expõe seu RNA. A segunda faz várias cópias do gene que codifica a proteína S, usada pelo coronavírus para penetrar nas células. A reação final, usando sensores Sherlock, detecta qualquer fragmento do gene S e, neste caso, corta uma molécula “detectora” em dois pedaços menores que mudam as cores da tira de ensaio.

Em seu trabalho preliminar a equipe produziu também o protótipo de uma jaqueta com cerca de 30 desses sensores incorporados em uma combinação de poliéster e outras fibras sintéticas, mistura muito usada na indústria da moda, que deu o melhor resultado nos testes, diz Soenksen.

Os reagentes ficam numa área pequena, circunscrita por um anel que impede que a amostra evapore ou se espalhe pela tela, na parte externa da roupa. Quando respingada com um líquido contendo partículas de vírus, como se fossem gotas de saliva de um paciente contaminado, seus sensores reagem.

O resultado pode aparecer como cores visíveis a olho nu ou, de acordo com a programação, sinais fluorescentes que são detectados por espectrômetro portátil (semelhante ao usado por peritos em filmes policiais, para identificar vestígios de sangue).

Também foi projetado um espectrômetro que pode ser integrado ao tecido. O aparelho lê na própria roupa os resultados e os transmite para um dispositivo móvel. “Isso permite monitorar à distância a exposição ambiental de uma pessoa, além de marcar o local em que ela ocorreu e avisar seu usuário”, diz Nguyen.

A jaqueta foi testada com sensores para Sars-Cov-2, influenza, Ebola e Zika e para substâncias químicas ou tóxicas como os organofosforados, compostos usados em agrotóxicos, que podem atacar o sistema nervoso.

“Esta tecnologia pode ser incorporada em aventais de laboratório para cientistas que trabalham com materiais perigosos ou patógenos, blusas para médicos e enfermeiras ou uniformes de socorristas e militares que podem ser expostos a patógenos perigosos ou toxinas, como gás nervoso”, disse co-autora Nina Donghia, cientista da equipe do Wyss.

A Agência de Redução de Ameaças de Defesa, do governo americano, foi uma das instituições que financiou a pesquisa, ao lado do setor de inovação da Johnson e Johnson, do Grupo de Fronteiras Paul G. Allen, de institutos e fudações ligados a Harvard e ao MIT.

Paulista lança cadastro do público LGBTQIA+ para elaboração de política, assistência e proteção no município

 (Foto: Camila Pifano/Arquivo DP)

A Secretaria de Políticas Sociais e Direitos Humanos do Paulista iniciou, nesta segunda-feira (28), o cadastramento do público LGBTQIA+ residentes do município. De acordo com a pasta, o objetivo do registro é elaborar políticas, ações, assistência e proteção da comunidade. 

O cadastramento é realizado pela primeira vez no município e acontece por meio de um formulário online, elaborado pela Diretoria da Pessoa LGBTQIA do Paulista. Segundo a Secretaria, serão coletados dados demográficos, condições financeiras, situação de moradia, inserção do entrevistado em programas sociais. A pasta informou que os dados apurados servem para traçar o perfil sócio-econômico e entender com precisão as demandas do público. Os dados disponibilizados serão mantidos em sigilo.

“A produção da informação com base nos dados coletados fornecerá subsídios para o planejamento contínuo e dinâmico de políticas públicas condizentes com as necessidades informacionais da população LGBTQIA do município do Paulista, e consequentemente impactará socialmente no seu empoderamento e inclusão social”, afirmou a Diretora da Pessoa LGBTQIA do município, Karla Augusta.

“CPF cancelado”, diz Bolsonaro após prisão e morte de Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa foi morto após uma troca de tiros com a polícia nesta segunda-feira (28). A força-tarefa das policiais de Goiás e do Distrito Federal encontrou o criminoso após 20 dias de buscas.

” Brasil agradece! Menos um para amedrontar as famílias de bem. Suas vítimas, sim, não tiveram uma segunda chance”, escreveu o presidente no Twitter. (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro comentou nas redes sociais sobre a prisão e morte de fugitivo Lázaro Barbosa na manhã desta segunda-feira (28). Nas redes sociais, Bolsonaro parabenizou a força-tarefa que trabalhou nas buscas pelo criminoso durante 20 dias.

“Parabéns aos heróis da PM-GO por darem fim ao terror praticado pelo marginal Lazaro, que humilhou e assassinou homens e mulheres a sangue frio. O Brasil agradece! Menos um para amedrontar as famílias de bem. Suas vítimas, sim, não tiveram uma segunda chance”, escreveu o presidente no Twitter.

Lázaro Barbosa foi morto após uma troca de tiros com a polícia nesta segunda-feira (28). A força-tarefa das policiais de Goiás e do Distrito Federal encontrou o criminoso após 20 dias de buscas.

Também nas redes sociais, Caiado parabenizou a polícia pelo trabalho. “Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido”, escreveu o governador no Twitter.

A força-tarefa que buscava por Lázaro estava concentrada em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, onde testemunhas alegaram ter visto o criminoso. O local fica a cerca de 20 km de onde foi montada a base da operação.

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 8 
Pagamento da terceira parcela será concluído quarta-feira

predio_da_caixa_economica_federal_170120182641

Os beneficiários do Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) terminado em 8 recebem hoje (28) a terceira parcela do auxílio emergencial 2021. Os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem, por quem recebe pela conta poupança social digital, ou sacados por meio do Cartão Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.

Na quarta-feira (30), a Caixa Econômica Federal conclui o pagamento da terceira parcela para os participantes do Bolsa Família. O recebimento dos recursos segue o calendário regular do programa social, pago nos últimos dez dias úteis de cada mês. A terceira parcela começou a ser depositada no último dia 17, conforme o dígito final do NIS.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o siteauxilio.caixa.gov.br.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.
Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Regras

Pelas regras estabelecidas, o auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

Quem recebe na poupança social digital, pode movimentar os recursos pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele, é possível fazer compras na internet e nas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas. A conta é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil.

Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

Agência Brasil

A confirmação foi dada pela prefeita do condado de Miami-Dade, onde fica localizado o condomínio residencial, Daniella Levine Cava, na manhã de hoje.

De acordo com as autoridades, o edifício, localizado no condomínio Champlain Towers South, tinha 136 apartamentos e 55 foram destruídos. (Foto: Reprodução)

Subiu para quatro o número de mortos no desabamento parcial de um prédio em Miami, na madrugada de ontem. A confirmação foi dada pela prefeita do condado de Miami-Dade, onde fica localizado o condomínio residencial, Daniella Levine Cava, na manhã de hoje. Segundo ela, há 159 desaparecidos.

“Tragicamente, acordei e recebi a notícia de que três corpos foram retirados dos escombros durante a noite”, disse ela. Ontem, um corpo já havia sido encontrado. “Temos agora 120 pessoas localizadas, o que é uma notícia muito, muito boa, mas nosso número de não localizados subiu para 159”, completou Cava.

A prefeita afirmou que as operações de busca e resgate continuarão “porque ainda temos a esperança de encontrar pessoas com vida”. Ela destacou que aos integrantes das equipes de resgate “estão motivados com a perspectiva de encontrar pessoas”.

De acordo com as autoridades, o edifício, localizado no condomínio Champlain Towers South, tinha 136 apartamentos e 55 foram destruídos. Ainda não há informações sobre as causas do desmoronamento. Na véspera, uma moradora relatou ter ouvido estalos.

As autoridades enfatizaram que “desaparecido” não significa necessariamente que essas pessoas estavam no prédio no momento do colapso. Entre desaparecidos estão venezuelanos e argentinos, e ainda parentes da primeira-dama do Paraguai, Silvana López-Moreira.

De acordo com o jornal paraguaio Ultima Hora, trata-se da irmã da primeira-dama, Sophia López Moreira, do seu marido, Luis Pettengill, dos três filhos menores de idade do casal e da babá Leidy Luna Villalba.

As autoridades estão colhendo amostras de DNA dos familiares dos desaparecidos para facilitar a identificação de possíveis corpos. Devido à tragédia, o governador da Flórida, Ron de Santis, decretou estado de emergência no condado.

Em Guadalajara, no México, lenda do MMA supera mexicano.

Spider comemora vitória no México. (Foto: Manuel Velasquez/Getty Images)

Um dos maiores nomes da história do MMA, Anderson Silva ganhou os holofotes na madrugada deste domingo dentro do ringue e não do habitual octógono. Aos 46 anos, o brasileiro foi protagonista de uma luta de boxe no Estádio Jalisco, em Guadalajara, no México. Anderson venceu o mexicano Julio Cesar Chaves Jr.

A luta marcou a reestreia de Anderson na modalidade. Ele já tinha feito outros dois combates oficiais no boxe, o mais recente deles em 2005. Com o resultado deste sábado, Spider tem agora no cartel duas vitória e uma derrota nos ringues. Vale destacar ainda que para a luta contra Chaves Jr., Anderson Silva treinou com Luiz Dórea, que foi treinador de Acelino Popó Freitas.

Ao contrário de Anderson, Julio Cesar Chaves Jr é boxeador nato, tendo sido campeão mundial dos médios pela WBC entre 2011 e 2012. Estava longe dos ringues desde novembro de 2020, quando venceu por nocaute técnico o equatoriano Jeyson Minda.

O duelo contra Julio Cesar Chaves Jr começou movimentado ainda nos bastidores, no momento da pesagem. Isso porque o mexicano não conseguiu bater o peso e teve de pagar mais de R$ 505 mil como multa. Chavez Jr pesou 184 libras (cerca de 83,4kg), duas a mais que o limite de 182 libras (cerca de 82,5kg).

Anderson anulou mexicano e dominou a luta — Foto: Jam Media/Getty Images

No ringue, Anderson foi superior física e tecnicamente. Depois de dois rounds de muita análise dos dois lados e pouca ação, a luta começou a esquentar. O Spider mostrou o lado provocador que já era consagrado no MMA, chamou o adversário para o combate e tentou mais golpes. A partir do quarto round, o brasileiro passou a dominar. Chávez Jr se defendeu bem, mas não conseguiu ser mais agressivo.

– Eu me sinto muito feliz. Queria dizer obrigado! Quando eu comecei a treinar eu conversei com meus técnicos e disse que eu precisava fazer isso por um sonho de muitos anos. Pelo meu respeito ao boxe eu tinha que vir aqui e dar meu melhor – disse o brasileiro após a vitória.

Importante destacar que o adversário de Anderson tem genética de campeão. Ele é simplesmente filho da lenda do boxe Julio Cesar Chavez. Aliás, aos 58 anos, o pugilista que foi campeão mundial em três diferentes categorias e esteve invicto por 90 lutas até 1994 também foi atração no Estádio Jalisco. O Chavez “pai” fez uma luta exibição contra Héctor Machito Camacho Herrera Jr.

Brasileiro voltou ao boxe depois de 16 anos — Foto: Jam Media/Getty Images

Aos 46 anos, Anderson Silva estava sem lutar desde 31 de outubro de 2020, quando perdeu para Uriah Hall no UFC Fight Night, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Segundo o atleta, a preparação para a luta desde sábado teve apenas pequenas diferenças em relação aos seus treinos para as lutas de MMA.

– Senti um pouco de diferença na parte dos detalhes técnicos, de trabalhar o jogo de perna, de fazer os movimentos corretos. Mas tive bons professores, que entendem o meu jogo e tudo está se encaixando, porque eu nunca parei de treinar – comentou o ex-campeão do UFC.

Brasileiro surpreendeu ao vencer ex-campeão mundial — Foto: Manuel Velasquez/Getty Images

Questionado sobre o futuro, Anderson não soube dizer se continuará lutando no boxe ou se migrará para outra modalidade.

– Acho que tudo é possível, o que vier agora é lucro. Não sei se vou lutar boxe na próxima luta, ou jiu-jítsu, ou muay-thai. Depois da luta desse sábado, só penso em ajudar o Eliezer (sparring) e o Gabriel (filho) que vão lutar no kickboxing em breve. Quero aproveitar o momento para fazer o que eu gosto – concluiu.

Projeção na Torre de Londres pede prisão de Bolsonaro

 

“Jail Bolsonaro”, dizia a projeção na Torre de Londres, castelo histórico localizado às margens do rio Tâmisa e um dos pontos turísticos mais populares da Inglaterra.

Enquanto cerca de 750 mil brasileiro ocupavam as ruas de mais de 400 cidades em atos contra a política genocida do governo neste sábado (19), uma projeção na Torre de Londres foi além e pediu a prisão de Jair Bolsonaro.

O vídeo foi divulgado no Twitter pelo jornalista Tom Philips, correspondente do jornal The Guardian na América Latina.

Fundado por volta do ano de 1.066, a Torre de Londres é um castelo histórico localizado às margens do rio Tâmisa e um dos pontos turísticos mais populares da Inglaterra.

Mega-Sena: um apostador ganha o prêmio de R$ 7 milhões

 (Foto: Wilson Dias / Agência Brasil
)

Uma aposta feita pela internet levou o prêmio de R$ 7.098.061,76 milhões da Mega-Sena.
O apostador acertou as seis dezenas do concurso 2382 sorteadas na noite de ontem. Os números foram: 06 – 09 – 19 – 38 – 53 – 55.
Outros 52 apostadores acertaram cinco dezenas e receberão R$ 41.816,2859, cada. Mais 4.044 apostas acertaram quatro dezenas e vão levar um prêmio de R$ 768,13.
O próximo sorteio da Mega-Sena está marcado para quarta-feira (23). O prêmio previsto para o concurso 2383 é de R$ 2,5 milhões.
O evento começará a partir das 20h (horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo pela internet, no canal da Caixa no YouTube.

Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio para nascidos em março

 (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A Caixa paga neste domingo (20) a terceira parcela do auxílio emergencial 2021 para beneficiários nascidos em março. Os recursos serão depositados nas contas digitais dos beneficiários. Os valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas de estabelecimentos comerciais. Os beneficiários também conseguem movimentar os recursos usando o Caixa Tem na Rede Lotérica. O saque desta parcela será liberado a partir de 5 de julho.
A Caixa lembra que o calendário da terceira parcela foi antecipado. Marcado inicialmente para encerrar em 12 de agosto, com a possibilidade de saques para os nascidos em dezembro, o terceiro ciclo agora finaliza no dia 19 de julho.
De acordo com a Caixa, central telefônica 111 funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h, gratuitamente, e está preparada para atender os beneficiários do Auxílio Emergencial. Além disso, o banco disponibiliza, ainda, o site.

A região é um dos pontos de atrito mais agudos do mundo, com forças aéreas da Otan (aliança militar ocidental) e de países nórdicos aliados em contato direto com as russas.

Depois da anexação da Crimeia em 2014, a aliança montou uma força expedicionária para operar na região em nome da proteção de seus vulneráveis sócios. (Foto: Reprodução)

 Em meio a uma tensa semana nas relações entre o Ocidente e a Rússia, Moscou intensificou a rotina de enviar aviões militares para testar a capacidade de reação dos adversários sobre o mar Báltico.

A região é um dos pontos de atrito mais agudos do mundo, com forças aéreas da Otan (aliança militar ocidental) e de países nórdicos aliados em contato direto com as russas.

Uma ação notável ocorreu no dia 9, quando o presidente Joe Biden desembarcou no Reino Unido para seu giro europeu, no qual encontrou-se com líderes do G7 e da Otan, finalizado na quarta (16) com a reunião de cúpula com o russo Vladimir Putin.

A situação chamou atenção de analistas, visto que usualmente cargueiros não têm escolta, e foi especulado se os russos não queriam justamente atrair os F-35 para analisar de perto suas características de voo próximas aos sensores de um de seus principais caças.

O americano F-35 é um avião com tecnologias furtivas ao radar e, após anos de desenvolvimento caríssimo e com atrasos, está em operação em diversas forças da Otan. É tido, apesar de seus problemas, como o caça mais avançado do mundo.

Os aviões italianos estão baseados desde abril na Estônia como parte da patrulha da Otan na região. O país e os outros Estados Bálticos, Lituânia e Letônia, são ex-repúblicas soviéticas membros da aliança, e não têm aeronáuticas próprias para fazer frente à intensa atividade russa ao seu redor.

Depois da anexação da Crimeia em 2014, a aliança montou uma força expedicionária para operar na região em nome da proteção de seus vulneráveis sócios.

Já na terça (15), um dia depois de Biden assinar o comunicado conjunto de líderes da Otan no qual a Rússia figura como a principal ameaça à segurança dos seus membros, houve uma interceptação mais dramática.

Dois bombardeiros supersônicos com capacidade nuclear Tu-160 deixaram suas bases no sul da Rússia e voaram até o Golfo da Finlândia, entrando no espaço aéreo neutro do mar Báltico escoltados por quatro caças, dois Su-35 das Forças Aeroespaciais e dois Su-27, um modelo mais antigo, da Frota do Báltico.

Ele voaram até a altura de Kaliningrado, o bastião russo entre a Lituânia e a Polônia, e fizeram o caminho de volta. No percurso, foram interceptados pelos mesmos F-35 italianos e por F-16 da Noruega, outro membro da Otan.

Além disso, a Suécia, que é neutra mas próxima da aliança, enviou um caça Gripen –o modelo mais recente do qual o Brasil está recebendo.

Tais ações ocorrem com frequência, mas houve um aumento significativo nos relatos do fim de 2020 para cá. Normalmente, são cerca de 300 interceptações ocidentais por ano, e a Otan mantém 60 caças prontos para ação no continente.

Com a tensão a partir da repressão da ditadura de Belarus contra a oposição em agosto passado e a concentração de tropas russas junto à fronteira da Ucrânia em abril deste ano, os russos anunciaram que iriam reforçar suas atividades no Distrito Militar Ocidental, que abarca a região do Báltico.

Segundo as Forças Aeroespaciais Russas, houve crescimento de incursões de aviões da Otan próximos ao espaço aéreo do país tanto na região como no mar Negro, onde operam principalmente aviões-espiões P-8 Poseidon.

Esse balé ocorre também entre forças americanas e aliadas no Pacífico, onde enfrentam a China com frequência, e no Alasca, onde ficam frente a frente com os russos. No Ártico, região que o Kremlin vê como sua, os EUA também têm feito incursões.

Além dos testes mútuos de prontidão e avaliação eventual do equipamento do rival, há a pressão política que acompanha tais ações.

O perigo, alertam especialistas, é o de choques não intencionais ou erros humanos que acabem levando a acidentes. No ano passado, uma missão conjunta russo-chinesa quase foi abatida na Coreia do Sul, por exemplo.

Link para ver o momento da interceptação:

O Brasil registrou, nesta terça-feira (15), 80.609 novos casos da Covid-19 e 2.468 mortes nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).  

Com a atualização, o país passa a acumular 490.696 óbitos decorrentes do coronavírus e 17.533.221 de casos da doença desde o início da pandemia no Brasil, em março de 2020. 

Ainda nesta terça, a média móvel de mortes ficou em 1.986. O índice revela a média de óbitos nos últimos sete dias no país. 

A média móvel de mortes por Covid-19 chegou a 2.000 no domingo (13) e a 1.973 na segunda-feira (14).  

De acordo com dados da Universidade Johns Hopkins,  os Estados Unidos passaram a marca de 600 mil mortes por Covid-19 nesta terça (15). O país norte-americano é o que acumula mais mortes pela doença no mundo, o Brasil aparece em seguida e a Índia ocupa o terceiro lugar, com mais de 377 mil mortes pela doença.

Um comprador não identificado pagou 28 milhões de dólares em um leilão neste sábado (12) para acompanhar Jeff Bezos e seu irmão no primeiro voo espacial tripulado da empresa Blue Origin, no mês que vem.
O fundador da Amazon revelou esta semana que ele e seu irmão Mark estarão a bordo do New Shepard em 20 de julho para uma viagem de apenas 10 minutos.
A eles se juntarão o vencedor do leilão beneficente, cuja identidade será revelada nas próximas semanas, e um quarto turista espacial, ainda a ser definido, de acordo com a diretora de vendas da Blue Origin, Ariane Cornell.
O terceiro viajante venceu cerca de 20 rivais em um leilão que começou em 19 de maio e cujos últimos 10 minutos foram transmitidos pela televisão.
Os lucros serão destinados à fundação Club for the Future, da Blue Origin, que tem como objetivo inspirar as gerações futuras a seguir carreiras em ciência, tecnologia, engenharia e matemática.
O New Shepard decolará de um deserto no oeste do Texas. A cápsula que levará os passageiros se separará do propulsor e ultrapassará a Linha de Karman, a cerca de 100 quilômetros de altura, que marca o limite entre a atmosfera da Terra e o espaço.
Dos 10 minutos de duração da viagem, os viajantes passarão quatro no espaço, onde poderão sentir a falta de gravidade e observar a curvatura da Terra vista do espaço.
Bezos, que anunciou no início deste ano que deixará o cargo de CEO da Amazon para dedicar mais tempo a outros projetos, incluindo o Blue Origin, disse que conhecer o espaço é um sonho de toda sua vida.
A Blue Origin conduziu uma dúzia de testes bem-sucedidos com o New Shepard, embora todos não tripulados, a partir de suas instalações nas montanhas de Guadalupe, no oeste do Texas.
O sistema de foguetes suborbitais reutilizáveis foi batizado em homenagem a Alan Shepard, o primeiro norte-americano a chegar ao espaço, 60 anos atrás.

Uma jovem foi atacada e xingada por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) depois de mostrar um cartaz com o número de mortos pela Covid-19 no Brasil, na chegada do chefe do Executivo em Vitória, no Espírito Santo.
Em um vídeo, é possível ver a jovem sendo chamada de ‘comunista’ e algumas pessoas gritando ‘mito’. Em outros momentos, apoiadores do presidente dirigem palavrões à mulher e questionam se ela não tem um trabalho melhor.
‘Olê, olê, olê, mito, mito’, gritam os apoiadores bolsonaristas.
Essa é a primeira vez que Bolsonaro visita o estado desde que assumiu o mandato como presidente, em janeiro de 2019.
Em sua chegada ao aeroporto de Vitória, por volta das 10h15, Bolsonaro voltou a causar aglomerações, tirou a máscara de proteção, abraçou e tirou fotos com apoiadores. O uso de máscaras é obrigatório no estado.
Bolsonaro chegou acompanhado pelos ministros Tarcísio Gomes de Freitas, Rogério Marinho e João Roma.

Paulo Câmara decreta quarentena rígida nos Sertões do Pajeú e Moxotó; Araripe continua como está

Foto: reprodução

Macrorregião 3, que engloba o Moxotó e o Pajeú, registra alta nas solicitações de UTI e entrará em quarentena rígida. A Macro 4 permanece com o status atual

O Governo de Pernambuco informou, nesta quinta-feira (10.06), que as Macrorregiões 1 e 2, que contemplam a Região Metropolitana (RMR), Zona da Mata e Agreste, voltarão a avançar no Plano de Convivência com a Covid-19. Nas duas primeiras, o comércio de varejo e serviços poderá funcionar nos finais de semana dos dias 19 e 20 e 26 e 27, com horário reduzido. O Agreste, que estava com medidas restritivas mais severas, retomará suas atividades também nos dias de semana. Já as 35 cidades da Macrorregião 3, no Sertão, onde houve aumento na solicitação de leitos de UTI, entrarão em quarentena rígida a partir da próxima segunda-feira (14.06). Até o dia 20 de junho, nos municípios das Gerências Regionais de Saúde (Geres) VI, X e XI – com sedes em Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, respectivamente – só poderão funcionar, diariamente, as atividades permitidas no decreto. A Macrorregião 4, no Vale do São Francisco e Araripe, segue no esquema atual.

Na RMR, o varejo de bairro e centro, assim como bares e restaurantes, estará autorizado a funcionar nos finais de semana até às 18h, para o estabelecimento que abrir às 10h. Na Zona da Mata, o comércio está autorizado a abrir mais cedo, entre as 5h às 20h, respeitando o limite máximo 10 horas contínuas durante a semana, e entre 6h até às 18h nos fins de semana, completando oito horas de funcionamento. Já as lojas varejistas, localizadas nos municípios do Agreste, devem fechar mais cedo. Podem abrir das 5h às 18h, respeitando o máximo de 10 horas de expediente nos dias de semana, e nos sábados e domingos também são permitidas oito horas de abertura, entre 6h e 18h.

O secretário estadual de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebelo, abriu a coletiva de imprensa online com o detalhamento dos números epidemiológicos de cada região do Estado, assim como do progresso da vacinação. Em seguida, o secretário estadual de Saúde, André Longo, comentou os índices, reiterando que Pernambuco ainda vive um momento delicado e preocupante em relação à pandemia, mas já está colhendo os primeiros frutos do atual período de restrições mais severas. “Na 1ª Macrorregião já há desaceleração. Foi registrada uma redução de 10% nas solicitações de leitos de UTI na semana passada. Já nesta semana, de domingo até ontem, tivemos uma redução de 17% em comparação aos primeiros dias da semana anterior”, apontou, com base nos números apresentados por Rebelo.

No Agreste, após mais de 20 dias de intensas restrições, também foram registradas melhoras. “As solicitações de leitos de UTI tiveram estabilidade na semana passada, mas já nos primeiros quatro dias desta semana, houve queda de 31%”, justificou André Longo. De acordo com esses dados, segundo ele, já existe um processo de diminuição progressiva da fila por leitos de terapia intensiva e, neste momento, a oferta de vagas já supera o número de solicitações.

Longo também comentou a situação da Macrorregião 3, que contempla os sertões do Moxotó e Pajeú. “Lá, os indicadores caminham no sentido contrário, com forte aceleração”, disse. A região vive seu pior momento em termos de solicitações de UTI, com um crescimento de 57% nos primeiros dias desta semana. Já a 4ª Macrorregião permanece com estabilidade nos indicadores, de acordo com a Secretaria de Saúde. Mas no começo desta semana apresentou um aumento nas solicitações de leitos de UTI. “Vamos acompanhar o desenvolvimento desses números para reavaliar a situação”, concluiu.

MÁSCARAS – O secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, também participou da coletiva online, e anunciou a distribuição de 30 mil máscaras, partir do dia 14 próximo, nas feiras de Toritama, Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe, para ajudar a combater o vírus nessas cidades. “A gente pede que todos continuem usando máscaras, continuem com o distanciamento e usando o álcool em gel. A economia tem sido afetada, e é importante que todos colaborem, cumprindo tudo o que as organizações de saúde estão propondo, para que a gente possa manter os empregos, algo tão importante neste momento para o povo pernambucano”, completou Lopes.

Alívio e emoção. As duas palavras foram necessárias para explicar como a eterna Rainha dos Baixinhos se sentiu ao tomar a vacina contra a Covid-19 nesta sexta-feira (4). Xuxa Meneghel não escondeu lágrimas dos seguidores ao finalmente ser imunizada contra o vírus, aos 58 anos.
“É uma mistura de tudo. Felicidade, com dever cumprido comigo e com pessoas que eu gosto. Uma mistura de muita coisa. A gente ouve tanta coisa que não vai sair, que não vinha e saiu, está aqui no meu braço. Que bom que chegou meu dia, minha idade. Graças a Deus”, afirmou Xuxa.

O chefe do médico da UTI, Everton Padilha Gomes, examina uma radiografia de tórax de um paciente em um hospital de campo criado para tratar pacientes que sofrem da doença por coronavírus (COVID-19) em Guarulhos, São Paulo

O Brasil chegou a 16.803.472 casos de covid-19 já confirmados no país. Apenas nas últimas 24 horas, foram 83.391 novos casos e 1.682 óbitos. Já o número total de mortes chegou a 469.388. O número de pessoas recuperadas totalizou 15.228.983.

Os dados estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado no início da noite de hoje (3). O balanço é elaborado a partir dos dados sobre casos e mortes levantados pelas autoridades locais de saúde.

O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (113.441), Rio de Janeiro (51.320) e Minas Gerais (40.880), ainda que os dados de mortes em Minas Gerais não tenham sido atualizados pela secretaria de saúde local, sendo, portanto, referentes ao balanço de ontem (2). Já as Unidades da Federação com menos óbitos são Roraima (1.649), Acre (1.680) e Amapá (1.712).

Em relação aos casos confirmados, São Paulo também lidera, com 3,3 milhões de casos. Minas Gerais, com 1,6 milhão, e Paraná, com 1,1 milhão de casos, aparecem na sequência. O estado com menos casos de covid-19 é o Acre, (82,9 mil), seguido por Roraima (104,5 mil) e Amapá (112,6 mil).

Os dados da vacinação atualizados não foram informados pelo Ministério da Saúde até o fechamento da matéria.

Boletim epidemiológico covid-19 03.06-2021
Boletim epidemiológico covid-19 03.06-2021 – Divulgação/Ministério da Saúde

(Agência Brasil)

 

O padre estava internado no Hospital Pedro I e acabou morrendo na madrugada deste sábado.

O padre faleceu nesta madrugada (Foto: Reprodução)

O padre Hachid Ilo B. de Sousa morreu na madrugada deste sábado (22), em Campina Grande, vítima de complicações da covid-19. Ele estava internado no Hospital Pedro I para tratar da doença, mas não resistiu e faleceu por volta das 2h30.

A Diocese de Campina Grande publicou uma nota de pesar nas rede sociais, informando sobre o falecimento.

Antes de adoecer, o padre estava atuando na Paróquia São Sebastião de Picuí.

 

Pela primeira vez, em entrevista exclusiva ao jornal francês Paris Match, Lula lançou a sua candidatura a presidente em 2022.

“Eu serei candidato contra Bolsonaro” é o título da entrevista dada ao semanário francês. Nela, Lula afirma ainda: “Se estou na melhor posição para ganhar as eleições presidenciais e gozo de boa saúde, sim, não hesitarei. Acho que fui um bom presidente”, afirmou.

Nas mais recentes pesquisas de intenção de votos para 2022, Lula aparece na frente de Bolsonaro em todos os cenários. Segundo a última pesquisa Datafolha, em um suposto segundo turno entre eles, o petista detém 55% das intenções de votos, enquanto que o atual presidente levaria 32%.

“Acho que fui um bom presidente. Criei laços fortes com a Europa, América do Sul, África, Estados Unidos, China, Rússia. No meu mandato, o Brasil tornou-se um importante ator no cenário mundial, notadamente criando pontes entre a América do Sul, África e os países árabes, com o objetivo de estabelecer e fortalecer uma relação Sul-Sul”, argumentou Lula.

O ex-presidente voltou ao cenário eleitoral após o Supremo Tribunal Federal anular os processos do petista na operação Lava Jato.

O enterro ocorreu por volta das 9h30 no cemitério Jardim Saudade, em Prata, após o corpo ser velado na casa de parentes do menino.

O corpo do menino Gael Nunes, de 3 anos, que morreu possivelmente vítima de espancamento, em São Paulo, foi enterrado na manhã desta quinta-feira (13), no município da Prata, no Cariri paraibano, onde vivem as famílias dos pais do garoto.

O enterro ocorreu por volta das 9h30 no cemitério Jardim Saudade, em Prata, após o corpo ser velado na casa de parentes do menino. Inicialmente, o velório ocorreria em um ginásio esportivo, mas por recomendação do Ministério Público foi transferido para um local reservado à família, para evitar aglomerações.

O cortejo até o cemitério reuniu centenas de pessoas e teve muita comoção.

Entenda o caso

Gael Nunes morreu na última segunda-feira (10) em um hospital de São Paulo. ele foi encontrado desacordado na companhia da mãe, Andréia Freitas de Oliveira, na cozinha do apartamento onde eles viviam, na região central de São Paulo. A suspeita é de que ela teria espancado a criança. O menino de três anos chegou a ser socorrido em um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Andréia Freitas de Oliveira, que tem 37 anos, foi presa na madrugada da terça-feira (11). Ela foi indiciada por homicídio qualificado por meio cruel. O motivo do crime ainda é investigado.
No mesmo dia, ela foi transferida para a penitenciária feminina I de Tremembé, onde ficará isolada em uma cela por 15 dias, atendendo aos protocolos sanitários contra a Covid-19.

O advogado Fábio Gomes da Costa, responsável pela defesa de Andréia Freitas de Oliveira, disse ao G1 que ela não se lembra do que aconteceu na noite do crime e que, ao ficar sabendo da morte do filho, chorou por 40 minutos.

Ele disse ainda que Andréia não assume a autoria do crime. “Ela está muito abalada e não se lembra de nada”, declarou Costa.

O advogado informou que vai pedir a prisão domiciliar ou a transferência para um hospital psiquiátrico, além de um exame de insanidade mental.

Sem matéria-prima, produção da CoronaVac será paralisada nesta sexta, diz Butantan

O Instituto Butantan vai suspender completamente a produção da CoronaVac (Foto: Reprodução)

O Instituto Butantan vai suspender completamente a produção da CoronaVac, vacina contra a Covid-19, por falta de matéria-prima nesta sexta-feira (13).

O Instituto aguarda a liberação pelo governo chinês de um lote com 10 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) para retomar a produção.

No final de abril, o Instituto já havia suspendido o envase do imunizante na fábrica do Brasil, mas os setores de rotulagem e controle de qualidade ainda funcionavam para entregar as doses para o Ministério da Saúde.

Com a entrega estimada para esta sexta-feira (14) de mais 1,1 milhão de doses da CoronaVac para o governo federal, não há mais material para processamento em nenhuma etapa de produção.

De acordo com o Butantan, até a chegada de novos lotes do IFA, os setores vão assumir a produção da vacina da gripe.

O Butantan aguardava a liberação de ao menos 3 mil litros de IFA até o sábado (15). No entanto, o diretor do Instituto, Dimas Covas, afirmou nesta quarta (12) que não há mais previsão de quando a matéria-prima deve chegar.

“Até o final da semana passada, havia a perspectiva de autorização de exportação [do IFA] no dia 13. Na reunião de hoje [com o laboratório Sinovac], vimos que essa previsão não vai se cumprir. Portanto, não temos data neste momento para essa autorização. Estamos aguardando, isso pode acontecer a qualquer momento, mas por enquanto não há essa previsão”, disse em coletiva de imprensa na quarta-feira (12).

O governo de São Paulo tem participado de reuniões com o embaixador do Brasil na China para tentar viabilizar a autorização para a exportação dos insumos da vacina.

De acordo com o governador João Doria (PSDB), com os 10 mil litros de IFA prontos no laboratório da Sinovac na China para serem enviados ao Brasil, o Instituto poderá produzir aproximadamente 18 milhões de doses da CoronaVac.

Doria atribui os entraves na importação às constantes declarações contra a China feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Se não recebermos mais insumos para mais vacinas, nós infelizmente teremos que parar a produção. Então é muito importante que a diplomacia brasileira, o ministro das Relações Exteriores, os embaixadores possam atuar para que o governo chinês libere o embarque destes 10 mil litros de insumos da vacina do Butantan”, afirmou o governador na quarta.

A China é fornecedora de matéria-prima para a produção tanto da CoronaVac, do Instituto Butantan, como da vacina de Oxford, produzida pela Fiocruz. A CoronaVac corresponde a aproximadamente 75% das vacinas contra a Covid aplicadas no Programa Nacional de Imunização (PNI).

No estado de São Paulo, ao menos 65 cidades já interoperam a aplicação da segunda dose por falta da CoronaVac, segundo levantamento da GloboNews.

Contratos com o Ministério da Saúde
O Butantan cumpriu na quarta-feira (12) a entrega de todas as 46 milhões de doses da CoronaVac previstas no primeiro contrato firmado com o Ministério da Saúde para o PNI.

Inicialmente, o montante total estava previsto para o final de abril, mas houve atraso por conta da falta de matéria-prima. A nova remessa de 1,1 milhão de doses desta sexta (14) já referente ao segundo contrato de 54 milhões de doses que devem ser entregues até setembro.

Na segunda (10), Dimas Covas disse que o programa nacional poderá ser afetado a partir de junho, caso o Instituto não receba um novo lote.

Veja abaixo as entregas de doses do Butantan ao ministério:

Janeiro: 8,7 milhões
Fevereiro: 4,583 milhões
Março: 22,7 milhões
5 de abril : 1 milhão
7 de abril : 1 milhão
12 de abril : 1,5 milhão
14 de abril: 1 milhão
19 de abril: 700 mil
22 de abril: 180 mil
30 de abril: 420 mil
6 de maio: 1 milhão
10 de maio: 2 milhões
12 de maio: 1 milhão – totalizando as 46 milhões do primeiro contrato
14 de maio: 1,1 milhão

O homem foi levado ao hospital para acompanhamento e está em “estado emocional e físico estável”, segundo autoridades locais.

Um turista ficou pendurado em uma ponte a 100 metros de altura na China (Foto: Reprodução)

 Um turista ficou pendurado em uma ponte a 100 metros de altura na China, cujos painéis de vidro se romperam com uma forte ventania na sexta-feira (7/5). O homem foi levado ao hospital para acompanhamento e está em “estado emocional e físico estável”, segundo autoridades locais.

Vários pedaços do piso caíram com o vento, que chegou a uma velocidade de 150 km/h. O incidente aconteceu na montanha de Piyan, perto da cidade de Longjing, no nordeste do país.

Segundo a agência de notícias Xinhua, bombeiros correram para socorrer o turista, mas ele conseguiu voltar a um ponto seguro com a ajuda de pessoas presentes no local. A área foi fechada e uma investigação sobre o incidente foi iniciada.

Imagens do turista pendurado no meio da ponte foram amplamente compartilhadas nas redes sociais chinesas. Acredita-se que a China tenha cerca de 2.300 pontes de vidro –projetadas como atração no crescente turismo doméstico do país.

Em 2016, um turista se feriu ao cair em pedras enquanto caminhava em uma passarela de vidro na cidade de Zhangjiajie. Em 2018, a província de Hebei fechou todas as suas 32 atrações de vidro –incluindo pontes, passarelas e mirantes– para inspeções de segurança.

Em outro ponto do país, na província de Guangxi, uma pessoa morreu e outras seis ficaram feridas ao escorregarem em uma placa de vidro em 2019.

Entre os armamentos apreendidos estão dezenas de mísseis antitanque russos e milhares de rifles de assalto chineses, segundo a frota americana baseada no Bahrein.

A Marinha dos Estados Unidos apreendeu um grande carregamento ilícito de armas no Mar da Arábia, anunciou a Quinta Frota da Marinha americana.

Entre os armamentos apreendidos estão dezenas de mísseis antitanque russos e milhares de rifles de assalto chineses, segundo a frota americana baseada no Bahrein.

A apreensão do arsenal foi feita pelo navio cruzador de mísseis guiados USS Monterey na quinta-feira (6), perto de Omã e do Paquistão, e divulgada no sábado (8). As fotos foram reveladas no domingo (9).

Segundo a Marinha americana, o carregamento ilícito estava em uma embarcação sem bandeira que navegava em águas internacionais no Norte do Mar da Arábia.

A carga levou dois dias para ser transferida para o USS Monterey. A tripulação foi interrogada, recebeu água e comida e foi liberada, segundo a Marinha americana.

A quantidade de armas apreendida é tão grande que cobriu grande parte da cabine de comando traseira do USS Monterey, que tem 567 pés (173 metros) de comprimento, segundo a CNN.

“O carregamento de armas incluía dezenas de mísseis guiados antitanque russos avançados, milhares de rifles de assalto chineses tipo 56, centenas de metralhadoras PKM, rifles de precisão e lançadores de granadas propelidas por foguete”, segundo comunicado.

A Marinha americana acrescentou que o armamento está sob custódia dos EUA enquanto a fonte original e o destino estão sob investigação.

Origem Irã, destino Iêmen
Segundo a Associated Press, uma investigação inicial da Marinha americana aponta que o navio saiu do Irã e tinha como destino o Iêmen, para apoiar os rebeldes Houthis, apesar do embargo de armas da ONU.

Desde 2015, o Conselho de Segurança da ONU impôs um embargo de armas aos Houthis.

Apesar disso, especialistas da ONU alertam que “um número crescente de evidências sugere que indivíduos ou entidades na República Islâmica do Irã fornecem volumes significativos de armas e componentes aos Houthis”.

A missão do Irã na ONU não respondeu a um questionamento da Associated Press. O país já negou no passado ter armado os rebeldes Houthis.

A apreensão é uma das várias já feitas pelos EUA durante a guerra no Iêmen, que começou em setembro de 2014 e deu origem a uma das piores crises humanitárias do mundo.

A guerra já matou cerca de 130 mil pessoas, incluindo mais de 13 mil civis, segundo o Armed Conflict Location & Event Project.

Guerra no Iêmen
Forças pró-governo, apoiadas por uma coalizão regional liderada pela Arábia Saudita, enfrentam os rebeldes Houthis, que contam com o apoio do Irã.

O conflito começou quando os Houthis capturaram Sanaa, a capital e maior cidade do Iêmen, e iniciaram uma marcha para o Sul, para tentar dominar todo o país.

A Arábia Saudita, junto com os Emirados Árabes Unidos e outros países, entrou na guerra em março de 2015, ao lado do governo internacionalmente reconhecido do país. O Irã apoiou os rebeldes.

A guerra já viu atrocidades de todos os lados. Os ataques aéreos sauditas mataram crianças em idade escolar e civis com bombas de fabricação americana. Os Houthis empregam crianças como soldados e colocam minas terrestres indiscriminadamente.

A apreensão ocorre no momento em que vários países tentam encerrar o conflito no Iêmen, que é o país mais pobre do mundo árabe.

UM MORTO E TRÊS BALEADOS EM MANARI, NO SERTÃO DE PE

Um homem foi assassinado a tiros quando se encontrava bebendo no Povoado Cercadinho no município de Manari, no Sertão de Pernambuco, neste domingo dia (09).

Segundo informações, Weliton da Silva Pereira de 24 anos estava bebendo junto com outras pessoas próximo a Quadra de Esporte, quando foi surpreendido por vários disparos de arma de fogo, vindo a óbito no local. Três homens que também se encontravam na localidade foram alvejados pelos disparos e socorridos ao hospital do município.

A polícia não conseguiu encontrar os assassinos que desapareceram. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Empresário mata a esposa com facada no pescoço em Teresina; suspeito foi encontrado morto

Um empresário identificado apenas como Lones, matou a própria esposa identificada como Tainara, na madrugada desse sábado (08/05), na chácara da família localizada no bairro Angelim na zona Sul. O homem foi encontrado morto no local.

Os policiais do 17° Batalhão da Polícia Militar do Piauí foram acionados para atender a ocorrência. O homem era proprietário de um açougue de frangos, no bairro Promorar.

O casal já vivia em crise há alguns meses, eles iniciaram uma discussão, quando Lones desferiu um golpe de faca na garganta da esposa e em seguida foi até o quarto onde tirou a própria vida. O caseiro do local ouviu a confusão e ao chegar no local viu os dois já sem vida.

Os corpos foram removidos pelo Instituto de Medicina Legal (IML). O caso será investigado pelo Núcleo de Feminícidio do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP).

Fonte: 180Graus

Um possível recorde mundial pode ter sido quebrado no Marrocos, de acordo com o site Daily Mail. Uma mulher descobriu que seria mãe de nove filhos durante o parto. Inicialmente, Halima Cissé sabia que estava grávida de sete bebês, mas dois não apareceram nos exames de ultrassom. 

A mãe teve de ser transferida de Mali, país da África Ocidental, para o Marrocos e conseguiu ter os bebês. Após uma cesariana, as nove crianças, cinco meninas e quatro meninos, passam bem e devem retornar para casa nas próximas semanas. 

Ainda de acordo com Daily Mail, o médico que acompanhava a gestação da mãe informou que haveria 50% de chance de um único filho não sobreviver, mas todos estão vivos. Apesar da gravidez ser inédita, ainda não há informações se foi por meios naturais ou fertilização

O país também registrou 69.378 casos da doença e, assim, chegou a 14.860.812 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2.

Nesta terça, foram registradas 1.009.515 doses aplicadas da vacina contra a Covid, 564.791 primeiras doses e 444.724 segundas. (Foto: Reprodução)

SO Brasil registrou 3.025 mortes por Covid, nesta terça-feira (4), e chegou a 411.854 óbitos desde o início da pandemia.

O país também registrou 69.378 casos da doença e, assim, chegou a 14.860.812 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2.

A média móvel de mortes continua elevada: 2.361 óbitos por dia. Nesta terça, a média completou 49 dias acima de 2.000 mortes por dia e 104 dias acima de 1.000. O dado é um instrumento estatístico que busca amenizar variações nos dados, como os que costumam acontecer aos finais de semana e feriados. A média é calculada pela soma das mortes dos últimos sete dias e pela divisão do resultado por sete.

Os dados do país, coletados até as 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diariamente com as secretarias de Saúde estaduais.

Foram atualizadas as informações repassadas sobre a vacinação contra a Covid-19 por 25 estados e o Distrito Federal.

Nesta terça, foram registradas 1.009.515 doses aplicadas da vacina contra a Covid, 564.791 primeiras doses e 444.724 segundas.

Já foram aplicadas no total 49.605.059 doses de vacina (32.881.298 da primeira dose e 16.723.761 da segunda dose), de acordo com as informações disponibilizadas pelas secretarias de Saúde.

Com os dados vacinais desta segunda, 20,43% da população com mais de 18 anos recebeu a 1ª dose da vacina contra a Covid e 10,39% recebeu a segunda.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Ascom

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira está usando as doses recebidas está semana da vacina AstraZeneca para iniciar a vacinação de pessoas com comorbidades.

Gestantes de alto risco estão sendo vacinação no Centro de Saúde da Mulher. Os pacientes que vivem com HIV estão sendo vacinados no Centro de Testagem e Aconselhamento, próximo à rodoviária.

As demais comorbidades deverão entrar no site: https://afogadosdaingazeira.imunizape.com.br se cadastrar e fazer o agendamento. Com exceção dos acamados ou com mobilidade reduzida, que serão vacinados em casa, os demais serão vacinados em sua UBS de acordo com data e horário do agendamento realizado.

Todos precisarão comprovar a comorbidade no ato da vacinação. O cadastro da UBS será consultado e uma ficha será preenchida para efeito de comprovação. A única exceção são os pacientes com síndrome de down.

Confira as faixas etárias e as comorbidades:

De 18 anos a 59 anos

Síndrome de Down

Hemodiálise

HIV

Obesidade mórbida

Gestante com comorbidade

Puérpera com comorbidade

Pessoas transplantadas

DE 55 A 59

Diabetes Mellitus

Asma de forma grave

Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)

Hipertensão Arterial Grave

Infarto agudo do miocárdio

Insuficiência Cardíaca

Doenças cardíacas

Acidente vascular cerebral (AVC)

Insuficiência Renal Crônica

Anemia Falciforme

Cirrose Hepática

Eles anunciaram que irão continuar trabalhando juntos na fundação, que combate a pobreza e doenças infecciosas.

Eles afirmaram, por meio de nota, que nos últimos 27 anos, criaram “três crianças incríveis” e construíram uma fundação que trabalha no mundo todo para permitir às pessoas uma “vida saudável e produtiva”. (Foto: Reprodução)

Bill Gates, fundador da Microsoft, e sua esposa, Melinda, anunciaram nesta segunda-feira (3) que estão se separando, “após muita reflexão”.

Eles afirmaram, por meio de nota, que nos últimos 27 anos, criaram “três crianças incríveis” e construíram uma fundação que trabalha no mundo todo para permitir às pessoas uma “vida saudável e produtiva”.

Gates, bilionário que deixou a presidência da Microsoft em 2014, ofereceu ao menos US$ 1,75 bilhão à reação global à pandemia de Covid-19 através da Fundação Bill e Melinda Gates — o que inclui apoio a alguns fabricantes de vacinas, diagnósticos e tratamentos em potencial.

Eles anunciaram que irão continuar trabalhando juntos na fundação, que combate a pobreza e doenças infecciosas.

O filantropo é a quarta pessoa mais rica do mundo, segundo a Forbes, e acumula um patrimônio de cerca de US$ 124 bilhões.

A agenda de convocações foi definida pelo relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Marcelo Queiroga será convocado na CPI da Covid (Foto: Walla Santos)

A CPI da Covid aprovou nesta quinta-feira (29) a convocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e dos ex-ministros da pasta no governo Jair Bolsonaro: Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello.

Durante a sessão, os senadores também aprovaram a convocação do diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres.

Pelo calendário definido durante a sessão:

  • Mandetta e Teich serão ouvidos próxima terça-feira (4);
  • Eduardo Pazuello será ouvido na quarta-feira (5);
  • Marcelo Queiroga e Barra Torres serão ouvidos na quinta-feira (6).

A agenda de convocações foi definida pelo relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL). Durante a sessão, o relator também anunciou o pedido de compartilhamento de informações da CPI das Fake News que tratam sobre a pandemia.

O depoimento de Eduardo Pazuello é um dos mais aguardados pelos integrantes da CPI. O general do Exército comandou o Ministério da Saúde entre maio de 2020 e março de 2021.

A gestão de Pazuello foi marcada por recordes sucessivos no número de mortes por Covid. O ex-ministro deverá abordar temas como aquisição de vacinas; indicação de remédios sem eficácia comprovada contra a Covid; e o colapso na saúde de Manaus (AM).

Informações

O plano de trabalho proposto pelo relator também prevê:

  • inteiro teor dos processos administrativos de contratações de mais tratativas relacionadas à aquisição de vacinas e insumos no âmbito do Ministério da Saúde;
  • toda a regulamentação feita pelo governo no âmbito da lei de enfrentamento à emergência de saúde pública, especialmente sobre temas como isolamento, quarentena e proteção de coletividade;
  • registros de ação e documentos do governo relacionados a medicamentos sem eficácia comprovada, inclusive indicados pelo Tratecov, aplicativo feito pelo Ministério da Saúde;
  • todos os documentos e atos normativos requerentes a estratégia de campanhas de comunicação do governo e do Ministério da Saúde, além dos gastos associados;
  • documentos e informações sobre o planejamento e critérios de definição dos recursos para o combate à Covid e sua distribuição entre os entes subnacionais;
  • todos os contratos, convênios e demais ajustes da união que resultaram em transferência de recursos para estados e capitais, inicialmente;
  • encaminhamento pela Secretaria de Saúde do Amazonas dos pedidos de auxílio e de envio de suprimentos, em especial oxigênio, além das respostas do governo federal.

Wajngarten adiado

O plano inicial do relator previa para esta quinta-feira a votação da convocação do ex-secretário de Comunicação do governo federal Fábio Wajngarten.

No entanto, senadores governistas não concordaram e pediram que houvesse um prazo maior para avaliação do plano de trabalho e das audiências que não são uma unanimidade no colegiado.

O presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), definiu que na próxima semana serão feitas as audiências e, depois, votados os requerimentos de convocação, entre os quais o de Wajngarten.

A comissão quer ouvir o ex-assessor de Bolsonaro porque ele disse, em entrevista à revista “Veja”, que houve “incompetência” do Ministério da Saúde durante as negociações para aquisição das vacinas da Pfizer, ofertada ao governo brasileiro em agosto de 2020. A oferta, porém, foi recusada.

Bate-boca
Durante a reunião desta quinta-feira, houve um princípio de bate-boca entre Renan Calheiros e Ciro Nogueira (PP-PI), aliado do Palácio do Planalto.

Quando Renan anunciou os requerimentos que queria colocar em votação, Ciro Nogueira solicitou que fossem aprovados todos os pedidos de informação já apresentados à comissão, isto é, mais de 200.

“Por que não aprovamos todos os pedidos de informação?”, questionou Nogueira.

Renan, então, respondeu: “Porque os requerimentos de informação terão de ter um parecer de cada um e votados, aprovados pela maioria. Nós não vamos transformar essa CPI em uma batalha eleitoral, política.”

Na sequência, Ciro Nogueira indagou: “E o que que tem a ver isso, senador Renan?”.

E o relator respondeu: “Se algum dos senhores têm problemas a ajustar nos seus estados, precisa ter fato determinado para isso.”

Nogueira, então, emendou: “Quem tem problemas para ajustar é o senhor, senador Renan. Todos têm fatos determinados. O senhor está com medo de aprovar os requerimentos de informação. É isso que o senhor está mostrando.”

Em resposta, Renan disse: “Eu não estou com medo. Com medo está quem não quer que a comissão prossiga.”

Outro bate-boca
Em outro momento da reunião, houve mais um bate-boca entre Renan e governistas sobre a votação de requerimentos.

Ao se referir ao fato de uma servidora do Palácio do Planalto ter elaborado requerimentos apresentados por senadores, Renan questionou: “Vamos votar os [requerimentos] que vieram do Palácio do Planalto?”.

Ciro Nogueira, então, retrucou: “Vamos votar, se foi assinado por senador. O senhor [Renan] não vai impedir de votar nenhum requerimento, não”.

Outro governista, Marcos Rogério (DEM-RO) entrou no debate e, se dirigindo a Renan, declarou: “Não sei o medo que o relator tem das informações que virão a partir dos requerimentos. Vossa excelência está apresentando um medo absurdo.”

Visivelmente exaltado, o relator respondeu: “Essa coisa de tropa de choque, de pegar senadores novos, com carinha de novo para vir aqui defender coisa indefensável do governo. Isso não vai passar”

Marcos Rogério, então, disse para Renan “afastar o ódio”.

Na sequência, o relator respondeu: “Nunca vi tropa de choque recorrer ao STF.”

Marcos Rogério, Eduardo Girão (Podemos-CE) e Jorginho Mello (PL-SC) pediram ao Supremo que impeça Renan de integrar a CPI.

Reunião suspensa
Diante do impasse entre os parlamentares, Omar Aziz, presidente da CPI, decidiu suspender a reunião para organizar os requerimentos de informação que serão analisados nesta terça-feira.

O presidente americano, Joe Biden, comemorou nesta quarta-feira (21) a marca “assombrosa” de 200 milhões de doses de vacinas anticovid aplicadas no país, alcançada antes do previsto.

Biden destacou que este marco foi alcançado uma semana antes de completados os 100 primeiros dias desde sua posse, data que havia fixado como limite para cumprir o desafio das 200 milhões de doses.

“Fizemos isso hoje, hoje acertamos 200 milhões de tiros”, disse, em discurso transmitido pela TV da Casa Branca. É “um feito incrível para a nação”, acrescentou.

Biden qualificou as 200 milhões de vacinas aplicadas em 100 dias como um “objetivo incomparável no mundo ou aos esforços anteriores de vacinação em massa dos Estados Unidos”. “O progresso que fizemos foi assombroso”, disse.

Ao anunciar uma isenção fiscal para incentivar as empresas a dar a todos os funcionários um dia livre para se vacinarem, Biden disse que o país ainda estava “no caminho” de poder comemorar o feriado de 4 de julho, Dia da Independência americana, com relativa normalidade.

Mas alertou que, devido ao aumento das taxas de infecção em algumas regiões do país, ainda é cedo demais para cantar vitória. “Se deixarmos de ficar em alerta agora e pararmos de estar atentos, este vírus vai apagar o progresso”, alertou.

Embora os Estados Unidos liderem o número de mortes pela covid-19 no mundo, também se destacam no processo de vacinação, superando alguns dos principais países europeus e o vizinho, Canadá.

O presidente assumiu o cargo em 20 de janeiro com a promessa inicial de aplicar 100 milhões de doses em seus primeiros cem dias no cargo. Em 25 de março, com muito mais doses de vacinas entregues do que previa, ele dobrou a meta.

A partir de maio, todos os estados do país deverão eliminar as restrições de elegibilidade para acesso às vacinas gratuitas. Muitos já o fizeram. Um aumento repentino nas taxas de infecção em algumas partes do país, como no estado de Michigan, ofusca o clima de festa na Casa Branca.

“Sim, tenho trabalhado bastante em casa compondo novas canções”, afirmou.

Roberto Carlos fará 80 anos nesta segunda-feira (19). (Foto: Reprodução)

 Uma grande notícia surge do bairro da Urca, no Rio de Janeiro, onde Roberto Carlos mora desde 1980, numa cobertura do prédio Golden Bay – o rei está trabalhando. “Sim, tenho trabalhado bastante em casa compondo novas canções”, afirmou, em entrevista distribuída por sua assessoria de imprensa. O artista fará 80 anos nesta segunda-feira (19).

Não é uma notícia menor para os fãs. Para um artista cuja carreira se confundia com o hábito de lançar um álbum de inéditas todo final de ano, Roberto tem se mostrado muito pouco produtivo nas últimas décadas.

Seu último álbum de inéditas naquela toada quase anual – ele já vinha pulando um ano ou dois – é de 2005.

Depois disso, ele lançou apenas dois EPs, com quatro músicas cada um, puxados pelos hits “Esse Cara Sou Eu”, em 2012, e “Sereia”, em 2017.

Questionado sobre que tipo de música estaria fazendo se ainda tivesse 20 anos, ele lembrou esses últimos sucessos.

“Estaria fazendo o mesmo tipo de música que faço hoje. ‘Esse Cara Sou Eu’ e ‘Sereia’ são exemplos disso.”

Roberto também adiantou a próxima canção que vai lançar. “Tenho um dueto com [a cantora paraense] Liah Soares para a próxima novela das nove da TV Globo, ‘Um Lugar ao Sol’, de autoria de Licia Manzo. É uma linda canção, composição da Liah e Iana Marinho, e estou muito contente com esse trabalho.”

Outra novidade é o início das filmagens de uma obra sobre sua vida. “Um filme sobre a minha vida dirigido por Breno Silveira começa a ser rodado no início de 2022 e contando tudo da minha vida, desde que nasci. Vamos contar tudo”, lembrando provavelmente o acidente que sofreu quando criança, em Cachoeiro do Itapemirim, e que custou a ele parte da perna direita.

As afirmações de Roberto fazem parte de um questionário de cerca de 60 perguntas enviadas por jornais e revistas do Brasil inteiro em razão de seu aniversário.

O artista respondeu por escrito a cerca de um terço delas, contando inclusive que a pandemia do coronavírus atrasou um pouco o tratamento do transtorno obsessivo compulsivo, ou TOC, de que ele sofre há décadas.

“Não estou curado totalmente do TOC. Na realidade, do conjunto de coisas que tenho do TOC, uma delas é a higienização, lavar as mãos, essa coisa toda. E isso, logicamente, ficou mais rigoroso. Mas não estou curado do TOC totalmente não, ainda tem muita coisa, estou tentando, estou lutando”, afirmou ele.

“Lido com total cuidado, até de repente um pouco exagerado, mas sigo realmente tudo o que deve ser feito, os cuidados que devem ser tomados.”

“Defendo, de verdade, a ciência”, disse, a respeito da primeira dose da vacina que tomou, no dia 1º de março.

“A ciência é que realmente pode orientar o povo, o que deve ser feito em relação à vacina, a importância da vacina. Defendo a ciência e tudo que alguém diz em nome da ciência. Me vacinei, estou mais tranquilo e agora estou para receber a segunda dose da vacina, mas estou mantendo os mesmos cuidados de sempre. Repito: a vacina é muito importante e todos devem se vacinar. Vacina sim!”

Roberto também pediu que as recomendações sanitárias sejam seguidas por seus fãs.
“O que eu quero pedir é que levem a sério, que sigam rigorosamente as orientações das autoridades do setor de saúde. Usem máscaras, lavem as mãos, usem álcool em gel, mantenham o distanciamento social o máximo possível e tomem vacina. Isso com certeza vai ajudar muito a acabar com esse problema.”

E lembrou que não gostaria que esses fãs programassem homenagens para seu aniversário na segunda-feira, na frente de seu prédio.

“[Vou passar o aniversário] em casa. Para evitar aglomerações, peço a vocês que também fiquem em casa e eu estarei recebendo esses abraços, esse carinho e todo esse amor a distância, que é como deve ser feito nesse momento.”

“O momento de aniversário é sempre um momento de muita reflexão, de se pensar muito na vida, no passado, no presente e no futuro. Brindo sempre à saúde, ao amor, à felicidade e às bênçãos do nosso Deus de bondade. Amém.”

Além de trabalhar em novas canções, o artista revelou um pouco do seu dia a dia na cobertura da avenida Portugal.

“Sou fã do BBB e assisto quase todos os dias, me divirto muito”, disse ele, respondendo ainda que a única coisa que não pode faltar em sua geladeira é sorvete.
Comentou também a falta que sente dos palcos e do amigo e parceiro Erasmo Carlos.

“Sinto falta de tudo isso, do palco, das luzes e principalmente da plateia. De estar de frente para o público em contato direto com as pessoas, dos sorrisos, dos olhares, desse carinho e desse amor que eu recebo nesse momento em que estou no palco.”

“Sinto falta sim, mas isso vai passar e daqui a pouco a gente está de volta”, afirmou.

“A minha amizade com Erasmo continua a mesma de sempre. Erasmo é meu grande irmão, meu parceiro em quase todas as canções que tenho feito até hoje. Mas nós respeitamos muito as regras de distanciamento social. Vamos nos falar por telefone com o abraço de sempre e, quando tudo isso passar, a gente vai comemorar com um outro grande abraço.”

Questionado sobre arrependimentos, Roberto Carlos disse que os têm principalmente por não ter agido em algumas ocasiões. “Sim, por algumas coisas que não fiz e outras poucas coisas que fiz. Mas me arrependo sim, seja como for me arrependo sim.”

Ao fim, Roberto Carlos deixou sua visão a respeito de se tornar octogenário.

“Eu sou, aos 80 anos, o mesmo de sempre. E chegar aos 80 anos não me assusta porque isso vem acontecendo gradativamente. O importante é que eu me sinto bem e me sinto com menos idade do que a que tenho. Sou um cara com muitos sonhos aos 80 anos.”

RC em 80 canções

1963″

‘Parei na Contramão’
Troca da bossa nova pelo rock

‘Splish Splash’
Fórmula do que seria a jovem guarda

1964″

‘É Proibido Fumar’
Letra direta em arranjo meio latino

‘O Calhambeque’
Carros, paqueras e humor

‘Aquele Beijo que Te Dei’
Romantismo ingênuo

‘Escreva uma Carta, Meu Amor’
A voz aveludada para canções de amor

‘História de um Homem Mau’
Parece um rap precoce

‘Lobo Mau’
Versão do hit do rock ‘The Wanderer’

‘Mexericos da Candinha’
Brincadeira com colunista de fofocas

‘Não É Papo pra Mim’
O solteirão que foge de compromissos

‘Pega Ladrão’
Surf rock com letra engraçada

‘Quero que Vá Tudo pro Inferno’
O namorador compulsivo busca redenção no amor

‘Os Sete Cabeludos’
Surf rock de guitarras nervosas

1966″

‘É Papo Firme’
O suburbano deslumbrado com a menina moderninha

‘Eu Te Darei o Céu’
Promessa romântica

‘Namoradinha de um Amigo Meu’
Cobiçar a mulher do outro foi ousadia

‘Nossa Canção’
Ponto mais triste do repertório

‘Querem Acabar Comigo’
Fala da briga com Erasmo

1967″

‘Como É Grande o Meu Amor por Você’
Declaração de amor grandiosa

‘De que Vale Tudo Isso’
A revolta do homem abandonado
‘Eu Sou Terrível’
De novo o conquistador

‘Por Isso Corro Demais’
Volta a fixação pelos carros

‘Quando’
Música de dor de corno

‘Só Vou Gostar de Quem Gosta de Mim’
Canção de espírito juvenil

‘Você Deixou Alguém a Esperar’
Batida do pop inglês

‘Você Não Serve pra Mim’
O desprezo pela ex

1968″

‘As Canções que Você Fez pra Mim’
Uma das mais regravadas do Rei

‘Ciúme de Você’
De Luiz Ayrão, com pegada de soul

‘Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo’
Influenciado pela música negra americana

‘Se Você Pensa’
Inspirada pelo funk e pelo soul americanos

‘O Show Já Terminou’
Uma letra metafórica

1968″

‘As Curvas da Estrada de Santos’
Música mais do Erasmo que do Roberto

‘As Flores do Jardim da Nossa Casa’
Tem o amor maduro como tema

‘Sua Estupidez’
Letra ousada para a época

1970″

‘Jesus Cristo’
A primeira religiosa e para muitos a melhor no filão

‘Vista a Roupa, Meu Bem’
Perfeita na radiografia do machismo

1971″

‘Amada Amante’
Clássico romântico

‘Como Dois e Dois’
Entre blues e balada, Roberto rouba a canção de Caetano Veloso

‘Debaixo dos Caracóis dos seus Cabelos’
Canção para Caetano, então no exílio

‘Detalhes’
Imagética e recorda um amor do passado
‘Todos Estão Surdos’
Quase um hino religioso, com batida funk, forte nos EUA

1972″

‘Como Vai Você’
Amor derramado em canção

‘O Divã’
O momento mais depressivo

‘A Montanha’
Segue a linha de ‘Jesus Cristo’

‘Quando as Crianças Saírem de Férias
A maturidade de um casal, que reclama da falta de privacidade em casa

1973″

‘Proposta’
Troca as promessas ingênuas por uma letra sensual

1974″

‘É Preciso Saber Viver’
Livros de autoajuda poderiam ser sintetizados nesse verso

‘Eu Quero Apenas’
Roberto quer ter 1 milhão de amigos

‘O Portão’
Trilha do inesquecível comercial de cigarro

1975″

‘Além do Horizonte’
O sonho de um mundo melhor

‘Olha’
Bela declaração de amor

1976″

‘Ilegal, Imoral ou Engorda’
Momento raro e empolgante de crítica social

‘O Progresso’
Primeira incursão na defesa da ecologia

‘Os Seus Botões’
Mais tocada nas rádios naquele ano

1977″

‘Amigo’
Virou a música oficial de reencontros

‘Cavalgada’
A música de motel definitiva

‘Falando Sério’
Um Roberto maduro, querendo relacionamento longo

‘Jovens Tardes de Domingo’
Homenagem à turma do ‘Jovem Guarda’

‘Outra Vez’
Bela e triste

‘Sinto Muito, Minha Amiga’
Sobre final de relação
1978″

‘Café da Manhã’
Roberto sendo Roberto

‘Força Estranha’
Retribuição de Caetano para ‘Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos’

‘Lady Laura’
Mãe é mãe

1979″

‘Meu Querido, Meu Velho, Meu Amigo’
Tributo ao pai

‘Na Paz do Seu Sorriso’
Romântica singela e solar

1980″

‘Amante à Moda Antiga’
Ainda chama de querida a namorada

‘A Guerra dos Meninos’
Canção pacifista

1981″

‘As Baleias’
Manifesto ecológico

‘Cama e Mesa’
Mistura de trilha de motel e canção de referências visuais

‘Emoções’
Cartão de visitas de Roberto

1982″

‘Fera Ferida’
A melhor de sofrência

‘Meus Amores da Televisão’
Declaração de amor à TV

1983″

‘O Côncavo e o Convexo’
Abusa das metáforas sexuais

1984″

‘O Caminhoneiro’
O motorista de caminhão como herói

‘Eu e Ela’
Volta às canções de amor

1985″

‘Verde e Amarelo’
Canção ufanista

1992″

‘Mulher Pequena’
Homenagem às baixinhas

1993″

‘Coisa Bonita’
Ode às gordinhas

‘Nossa Senhora’
Agrada senhoras carolas

2012″
‘Esse Cara Sou Eu’
Lançada em EP digital, para se adaptar ao mercado fonográfico

“Até o momento não se tem ciência de manifestação por parte do governo da China sobre a suficiência do que foi apresentado”, cita o documento. (Foto: Reprodução)

 A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) pediu ajuda à área internacional do governo Jair Bolsonaro para destravar a importação dos insumos necessários à produção dos primeiros lotes de imunizantes contra a Covid-19 e registrou, em ofício, que o Escritório de Vacinas do Governo da China exigia uma manifestação do governo brasileiro, o que não vinha ocorrendo.

A reportagem obteve uma cópia do ofício, que tem a data de 11 de dezembro de 2020. Naquele momento, o Escritório de Vacinas chinês já tinha em mãos, havia 11 dias, a documentação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que liberava a importação dos insumos.

O primeiro lote do chamado IFA (ingrediente farmacêutico ativo) só chegou ao Brasil em 6 de fevereiro, mais de dois meses depois de o governo chinês receber a documentação da Anvisa.

As primeiras vacinas ficaram prontas três meses e meio depois do recebimento dos documentos.

A decisão favorável à importação do IFA foi tomada pela Anvisa em 26 de novembro.
Os documentos foram enviados a Bio-Manguinhos, unidade da Fiocruz responsável pela produção de vacinas, e logo remetidos ao governo chinês, que deu um recebido no dia 30, quatro dias depois. Faltava uma posição do governo brasileiro sobre o destino a ser dado ao insumo importado.

Foi por isso que Maurício Zuma, diretor de Bio-Manguinhos, enviou um ofício a Flávio Werneck, assessor especial para assuntos internacionais do então ministro da Saúde, o general da ativa Eduardo Pazuello. O assunto era uma “solicitação de auxílio” na importação do IFA, necessário para a produção das vacinas.

“Bio-Manguinhos vem solicitar o apoio deste ministério no processo de importação de 90 ‘criovaults’ da substância ativa, em função de exigência, por parte do governo da República da China, de manifestação de órgão competente do governo federal do Brasil”, afirmou o diretor no ofício.

O governo brasileiro deveria atestar “ciência da importação e destinação a ser dada pelo importador, em função da emergência sanitária em que o país se encontra”.

Segundo os documentos da Anvisa, os 90 “criovaults” continham 16 litros de IFA cada, suficientes para a produção de 15 milhões de doses da vacina desenvolvida pela Fiocruz em parceria com a Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca.

O primeiro lote do IFA chinês, que desembarcou no Brasil somente em 6 de fevereiro, foi suficiente para apenas 2,8 milhões de doses, segundo a Fiocruz. O processamento desse material, com a disponibilização da vacina, foi concluído em 17 de março.

O restante dos insumos chegou ao país em 27 de fevereiro, numa quantidade suficiente para mais 12,2 milhões de doses, conforme a Fiocruz.

À reportagem o Ministério da Saúde afirmou que encaminhou o ofício da Fiocruz ao Ministério das Relações Exteriores no mesmo dia, 11 de dezembro, “solicitando gestões da Embaixada do Brasil em Pequim junto ao governo chinês e empresas envolvidas”.

No dia 14, o Itamaraty relatou a existência de um diálogo com a China e com a filial da AstraZeneca no país, segundo nota do Ministério da Saúde. Contatos na empresa produtora do IFA foram providenciados, conforme a nota.

Reuniões foram feitas para tratar do tema, envolvendo Ministério da Saúde, embaixada em Pequim e AstraZeneca.

“A dificuldade do processo de exportação do IFA esbarra na alta procura de insumos e de vacinas no mercado mundial. O governo federal manteve contato direto e aberto com o governo chinês, que priorizou o envio dos insumos para parceiros estratégicos, entre eles o Brasil”, afirmou o Ministério da Saúde.

O atraso dos insumos ocorreu num momento em que a pandemia ganhava corpo no Brasil, atingindo níveis de gravidade ainda não vistos.

Em 30 de novembro, dia em que o Escritório de Vacinas do Governo da China recebeu a documentação da Anvisa, o país registrou 317 mortes em 24 horas e chegou a 173,1 mil óbitos. Em 17 de março, data da entrega das primeiras doses fabricadas em Bio-Manguinhos, foram 2.700 mortes, e um total de 285,1 mil óbitos.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e um de seus filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), vocalizaram diversas críticas e acusações ao governo da China em diferentes momentos da pandemia.

A postura era compartilhada pelo então ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que foi demitido do cargo no dia 29 de março, principalmente em razão da política externa antivacinas.

O novo chanceler, Carlos França, teve conversa recente com seu homólogo na China em que concordaram com a urgência do combate à pandemia e da cooperação bilateral em vacinas, IFAs e medicamentos, segundo nota do Itamaraty.

“O Itamaraty tem facilitado os contatos frequentes entre autoridades dos dois países, inclusive por meio da Embaixada em Pequim, com vistas a agilizar as remessas”, afirmou.

A Embaixada da China em Brasília não respondeu aos questionamentos da reportagem.

No ofício da Fiocruz à assessoria internacional do Ministério da Saúde, o diretor de Bio-Manguinhos explicou que o governo chinês havia solicitado uma posição favorável da Anvisa à importação, o que foi feito. O envio do material ao Escritório de Vacinas chinês foi intermediado pelo setor de relações internacionais da AstraZeneca, conforme o ofício.

“Até o momento não se tem ciência de manifestação por parte do governo da China sobre a suficiência do que foi apresentado”, cita o documento.

“Essa ausência de posicionamento, especialmente em um momento de crucial importância no processo de produção da vacina, traz inafastável preocupação sobre a eventual necessidade de complemento de informações.”

A Fiocruz precisava saber sobre “possíveis exigências complementares”, para que fossem providenciadas as medidas necessárias.

“Por essas razões, solicita-se o apoio deste ministério, mediante assessoramento acerca das ações adequadas no contexto, balizadas pelas normas que regem as relações diplomáticas, buscando-se, prioritariamente, a interação com o órgão técnico da China sobre a suficiência do documento que anteriormente lhe foi disponibilizado”, pediu o diretor de Bio-Manguinhos.

O duque de Edinburgo, que recentemente passou um mês sendo tratado de uma infecção e um problema cardíaco pré-existente, teria morrido repentina e inesperadamente, mas “pacificamente” na companhia de sua esposa.

Rainha Elizabeth II estava ao lado do príncipe Philip na cama quando ele veio a falecer (Foto: Reprodução)

Fontes próximas à realeza britânica disseram ao jornal Daily Mail que a rainha Elizabeth II estava ao lado do príncipe Philip na cama quando ele veio a falecer, na manhã da última sexta-feira.

O duque de Edinburgo, que recentemente passou um mês sendo tratado de uma infecção e um problema cardíaco pré-existente, teria morrido repentina e inesperadamente, mas “pacificamente” na companhia de sua esposa. O Telegraph relatou que o duque queria morrer “em sua própria cama” e “em seus próprios termos”.

“Ele passou a maior parte das quatro semanas no hospital tentando voltar para casa. Eles operaram seu coração na tentativa de lhe dar um pouco mais de tempo, talvez com o centésimo aniversário em mente. Mas ele realmente não se importou com isso”, disse a fonte ao jornal, que acrescenta: “Não há como alguém como ele querer morrer no hospital”.

Embora os funcionários do palácio tenham se recusado a “entrar em detalhes” sobre a natureza de sua morte, entende-se que sua condição frágil piorou durante a noite da última quinta-feira e que pessoas de dentro avisaram que ele estava “gravemente doente”. No entanto, qualquer conversa sobre levar o duque ao hospital foi rapidamente descartada pela Rainha.

Auxílio emergencial: Caixa esclarece dúvidas sobre nova etapa de pagamentos

Aplicativo auxílio emergencial do Governo Federal.

A Caixa Econômica Federal realiza, nesta sexta-feira (9/4), o segundo pagamento do auxílio emergencial. Agora é a vez de trabalhadores nascidos em fevereiro receberem a primeira parcela do benefício, com valor médio de R$ 250. Na terça-feira (6), o banco iniciou o depósito do recurso aos aniversariantes de janeiro. Até o fim de abril, cerca de 40 milhões de famílias vão receber a parcela 1 na poupança digital, de acordo com o Ministério da Cidadania.

Para esclarecer informações, o presidente do banco estatal, Pedro Guimarães, promoveu a segunda live no canal oficial da instituição no YouTube. No último encontro, o representante disse que a Caixa vai promover lives a cada dois dias nesta primeira fase de pagamentos.

Guimarães abriu o a sessão virtual explicando os canais digitais para esclarecer informações do programa e o calendário de pagamentos, que segue o mês de aniversário dos beneficiários. Em relação ao crédito da parcela 1, o cronograma obedece uma média de créditos a cada dois dias úteis.

Pedro Guimarães explicou os requisitos exigidos para receber o benefício, período de saque e transações financeiras por meio do aplicativo Caixa Tem. Em relação aos saques do dinheiro para nascidos em abril, o prazo inicia em 4 de maio e termina em 4 de junho, seguindo a ordem do mês de aniversário.

Além disso, reforçou que a população “não precisa ir às agências para receber o auxílio emergencial”, pois os canais de atendimento da Caixa e aplicativos atendem às principais dúvidas e orientações para atualização cadastral do benefício. Mas, ponderou: “aqueles usuários que trocaram de número celular precisam renovar os dados na agência, a fim de se minimizarem as chances de fraudes”.

Beneficiários do Bolsa Família começam a receber no dia 16/4, seguindo a ordem do último dígito do Nú

mero de Identificação Social — que totaliza 10 algarismos. Até 30/4 todo esse grupo deve receber a parcela 1.

De acordo com o Butantan, isso faz parte da cadeia produtiva da vacina e não deverá atrapalhar o cronograma de entrega das doses ao Plano Nacional de Vacinação.

O Instituto Butantan suspendeu nesta quarta-feira, 7, o envase de doses da vacina CoronaVac após atraso na chegada de matéria-prima vinda da China. (Foto: Reprodução)

O Instituto Butantan suspendeu nesta quarta-feira, 7, o envase de doses da vacina CoronaVac após atraso na chegada de matéria-prima vinda da China.

De acordo com o Butantan, isso faz parte da cadeia produtiva da vacina e não deverá atrapalhar o cronograma de entrega das doses ao Plano Nacional de Vacinação.

Em nota, o instituto confirmou que todas as doses com a matéria-prima já recebida já foram envasadas, mas diz que a produção não parou porque cerca de 2,5 milhões de doses estão no processo de inspeção de qualidade. Os insumos, que deveriam chegar nesta semana, atrasaram para a semana que vem. A CoronaVac é feita com insumos da chinesa Sinovac e ainda depende do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) importado para manter sua produção

Segundo o Butantan, a interrupção no processo de envase não é um problema, mas, até o recebimento do novo IFA, não haverá produção de novas doses.

“A chegada estava prevista para essa semana, houve atraso e estamos aguardando para a próxima semana. Estamos trabalhando a todo vapor para o que cronograma seja mantido e até adiantado. Nosso pedido é que haja aumento de volume e até adiantar entregas.”, disse Dimas Covas, diretor do instituto, em entrevista coletiva na tarde desta quarta.

Covas disse ainda que o atraso se tratou de burocracia e que, com a nova remessa de IFA, prevista para a próxima semana, será possível integralizar todas as 46 milhões de doses referentes ao primeiro contrato com o Ministério da Saúde até o dia 30 de abril.

Dólar é cotado a R$ 5,6404 nesta manhã de quinta-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,70 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 7,0316.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta quinta-feira (08), está cotado no valor de R$ 5,6404. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,8441.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,70 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 7,0316.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.240 novos óbitos pelas secretarias estaduais de Saúde.

A soma de casos acumulados foi de 12.984.956. De ontem para hoje, foram notificadas 31.359 novos casos de infecção. (Foto: Reprodução)

O Brasil chegou a 331.433 mortes por covid-19, conforme atualização do Ministério da Saúde divulgada neste domingo (4). Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.240 novos óbitos pelas secretarias estaduais de Saúde. 

A soma de casos acumulados foi de 12.984.956. De ontem para hoje, foram notificadas 31.359 novos casos de infecção. Os dados indicam também que 1.296.002 pacientes estão, neste momento, em acompanhamento. Outros 11.357.521, o correspondente a 87,5% dos infectados, já se recuperaram.

Os registros de casos e mortes costumam ser menores em feriados, sábados e domingos, em razão da dificuldade de alimentação dos dados pelas secretarias de Saúde. O represamento das informações durante os fins de semana costuma inflar os dados dos dias seguintes.

Estados
São Paulo chegou a 2.527.400 pessoas contaminadas. Os outros estados com maior número de casos no país são Minas Gerais (1.156.435) e o Rio Grande do Sul (860.136). Já o Acre tem o menor número de casos (71.157), seguido de Roraima (90.350) e do Amapá (98.898).

Em número de mortes, São Paulo também lidera, com 77.020 óbitos. O Rio de Janeiro (37.687) e Minas Gerais (25.654) aparecem na sequência. Os estados com menos mortes são o Acre (1.291), Amapá (1.323) e Roraima (1.352).

Dólar é cotado a R$ 5,7148 nesta manhã de segunda-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,73 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 7,0666.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta segunda-feira (05), está cotado no valor de R$ 5,7148. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,9487.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,73 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 7,0666. 

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

O Portal ClickPB apura de segunda à sexta-feira a cotação do dólar e euro.

Estados Unidos já aplicaram 165 milhões de doses de vacina contra Covid-19

O número representa um aumento em relação às 161.688.422 doses de vacina que o CDC disse ter usado para imunizar a população até o sábado (3).

Um total de 7.742.126 doses de vacinas foram administradas em instituições de cuidados de longo prazo, como casas de repouso e casa de reabilitação, disse o CDC. (Foto: Reprodução)

Os Estados Unidos aplicaram mais de 165 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 até a manhã deste domingo (4) e distribuíram quase 208 milhões, informou o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC).

O número representa um aumento em relação às 161.688.422 doses de vacina que o CDC disse ter usado para imunizar a população até o sábado (3), com 207.866.645 doses distribuídas.

A agência disse que 106.214.924 pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina, enquanto 61.416.536 pessoas foram totalmente vacinadas até este domingo.

A contagem do CDC inclui as vacinas de duas doses da Moderna e da Pfizer/BioNTech, bem como a vacina de dose única da Johnson & Johnson, e traz dados atualizados até a manhã deste domingo.

Um total de 7.742.126 doses de vacinas foram administradas em instituições de cuidados de longo prazo, como casas de repouso e casa de reabilitação, disse o CDC.

Segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica, a estatal encolheu R$ 74,2 bilhões apenas no pregão de hoje.

A Petrobras foi avaliada nesta segunda na bolsa em R$ 280,5 bilhões, contra R$ 382,9 bilhões no fechamento da última quinta-feira (18) (Foto: Reprodução)

Com o forte tombo na cotação das ações nesta segunda-feira (22), a Petrobras perdeu bilhões em valor de mercado. Segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica, a estatal encolheu R$ 74,2 bilhões apenas no pregão de hoje.

Foi a segunda maior queda diária em valor da mercado da Petrobras desde o início do plano Real.

Na sexta-feira (19), antes mesmo do anúncio do presidente Jair Bolsonaro da indicação de um novo presidente-executivo para a Petrobras, a estatal já tinha visto o seu valor na Bolsa encolher R$ 28 bilhões.

Com o derretimento das ações da Petrobras nesta segunda, a perda de valor de mercado em duas sessões superou os R$ 100 bilhões.

Na noite de sexta, Bolsonaro anunciou a indicação do general Joaquim Silva e Luna, atual diretor da Itaipu Binacional, para a presidência da Petrobras, no lugar de Roberto Castello Branco, gerando muitas críticas. Para que a troca na presidência da Petrobras seja concretizada, a indicação ainda precisa do aval do Conselho de Administração da Petrobras, que tem reunião prevista para esta terça-feira (23).

O levantamento da Economatica desta segunda considera o valor de fechamento dos papéis. As ações ordinárias (PETR3) recuaram 20,48% (R$ 21,55), e as preferenciais (PETR4) registraram queda de 21,51% (R$ 21,45). 

A Petrobras foi avaliada nesta segunda na bolsa em R$ 280,5 bilhões, contra R$ 382,9 bilhões no fechamento da última quinta-feira (18), retrocedendo para o menor patamar desde novembro de 2020. No início do governo Bolsonaro, valia na bolsa R$ 316 bilhões. Em maio de 2008, chegou a valer R$ 510 bilhões.

Segundo a Economatica, a maior queda diária já registrada no valor de mercado da Petrobras foi registrada no dia 9 de março do ano passado, na esteira de um tombo nos preços internacionais do petróleo, quando a estatal perdeu R$ 91,1 bilhões.

A deterioração dos ativos também atingiu outras empresas estatais. Nesta segunda, o valor de mercado do Banco do Brasil encolheu R$ 10,8 bilhões, e o da Eletrobras diminuiu em R$ 280 milhões.

Repercussão negativa
A decisão e Bolsonaro de trocar o comando da Petrobras repercutiu negativamente entre investidores, com vários analistas cortando a recomendação dos papéis, bem como reduzindo preços-alvo.

A XP Investimentos, por exemplo, cortou a recomendação para os papéis da Petrobras de “neutro” para “venda” no domingo, em relatório sob o título “Não há mais como defender”.

“As declarações recentes do presidente acendem um enorme sinal amarelo – senão vermelho ao cenário político local”, afirmou o estrategista Dan Kawa, da TAG Investimentos, em comunicado a clientes.

Já para a equipe a Mirae Asset, a decisão de Bolsonaro “tende a comprometer a venda de ativos da empresa, que vinham tendo uma performance positiva”.

Ações das estatais Eletrobras e Banco do Brasil também caíam forte na B3 nesta segunda.

“O momento político no Brasil não é um dos melhores diante de tantas de urgências que nós temos, reformas para serem aprovadas, austeridade fiscal e controle de gastos públicos. No atual momento em que o país se endivida mais. Tudo isso em meio a uma pandemia que ainda não foi embora”, avaliou Rafael Panonko, analista chefe da Toro Investimentos.

 

Dólar é cotado a R$ 5,4554 nesta manhã de terça-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,64 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,9689.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta terça-feira (23), está cotado no valor de R$ 5,4554. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,6906.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,64 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,9689.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

 

Ela estava internada no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, desde dezembro do ano passado.

A mãe de Ronaldinho Gaúcho morreu vítima do Coronavírus (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO, SP, E CHEPECÓ, SC (UOL/FOLHAPRESS) – Dona Miguelina, mãe do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, morreu neste sábado (20) aos 71 anos, em decorrência de complicações da Covid-19. Ela estava internada no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, desde dezembro do ano passado.

Segundo uma pessoa próxima da família, ouvida pela reportagem, Dona Miguelina chegou a ter uma breve evolução, mas teve o quadro piorado nos últimos dias em razão de uma infecção.

O UOL apurou com pessoas ligadas ao hospital que o estado de Miguelina se agravou nesta manhã. A família foi chamada, mas a mãe de Ronaldinho Gaúcho morreu no final da tarde de hoje.

Ronaldinho ainda não chegou ao hospital, mas dois irmãos dele (Roberto Assis, também empresário do jogador, e Deise Moreira) estão no local.

A informação da internação de Dona Miguelina tinha sido divulgada pelo próprio ídolo do futebol em dezembro, através de uma publicação através das redes sociais.

“Queridos amigos, minha mãe está com Covid-19 e estamos na luta para que ela se recupere logo. Ela está no centro de tratamento intensivo, recebendo todos os cuidados. Agradeço desde já as orações, as energias positivas e o carinho de sempre. Força mãe”, disse Ronaldinho em dezembro.

Até o momento, no entanto, o ex-jogador da seleção não se pronunciou oficialmente a respeito da morte da mãe. No entanto, Ronaldinho trocou a foto em seu perfil do Instagram por uma imagem escura que sugere luto.

A notícia da morte de Dona Miguelina gerou reação imediata nas redes sociais. Alexandre Kalil, atual prefeito de Belo Horizonte e ex-presidente do Atlético-MG, na época em que Ronaldinho atuou no clube, manifestou solidariedade ao ex-jogador.

O Atlético-MG tem uma relação especial com a mãe de Ronaldinho. Em 2012, na época em que o astro defendia o clube de Minas Gerais, a torcida do Galo levou aos estádios uma enorme bandeira com o rosto de Dona Miguelina, que enfrentava a recuperação de um câncer na oportunidade.

Nesta noite, o Atlético-MG também manifestou pesar sobre a morte de Dona Miguelina através das redes sociais.

O drama foi acompanhado num misto de presencial e remoto, com o número de pessoas no centro de controle do JPL (Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa) restrito pela pandemia.

O rover desceu às 15h53 (hora local na cratera Jezero). E tem uma pegadinha: o dia marciano é um pouco mais longo que o terrestre, 24h39. (Foto: Ilustração)

 Após os “sete minutos de terror”, o rover Perseverance já está seguramente postado no interior da cratera Jezero, em Marte, onde retomará uma busca por vida marciana iniciada pelas sondas Viking, mais de 40 anos antes.

O drama foi acompanhado num misto de presencial e remoto, com o número de pessoas no centro de controle do JPL (Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa) restrito pela pandemia.

A espaçonave foi enviando “tons”, numa transmissão de banda estreita enviada diretamente para a Terra, indicando cada nova etapa do pouso. No minuto final, o local de descida perdeu linha direta de visada para o terceiro planeta, e a Nasa teve de contar com a retransmissão da telemetria feita pelo orbitador Mars Reconnaissance Orbiter. 

Às 17h55, estava tudo terminado. O rover estava em solo marciano e transmitiu suas primeiras imagens, produzidas com as câmeras de engenharia do veículo. (Tenha em mente que esse é o horário em que os sinais foram recebidos na Terra; tudo aconteceu cerca de 11 minutos antes, de forma automatizada, e o atraso tem a ver com o tempo que um sinal de rádio leva para atravessar a distância Terra-Marte.)

Com o sucesso, são 9 de 10 tentativas bem-sucedidas para os americanos no planeta vermelho, uma impressionante taxa de sucesso de 90%. E o que não faltarão, nos próximos dias, são visões sensacionais de Marte. Afinal de contas, estamos falando da missão com o maior número de câmeras já enviadas num único pacote a qualquer destino no espaço: são 23 ao todo, com direito a dois microfones (outra novidade).

Durante a descida, a comunicação é limitada. Mas, concluída a descida, a torrente de informações chegando do planeta vizinho deve ser avassaladora e se estender pelos próximos dias. “Vou dar uma descansada, porque eu vou ser a pessoa que vai estar recebendo os dados vindos da primeira manhã marciana”, conta Ivair Gontijo, físico brasileiro que trabalha no JPL e faz parte da missão.

O rover desceu às 15h53 (hora local na cratera Jezero). E tem uma pegadinha: o dia marciano é um pouco mais longo que o terrestre, 24h39. Com isso, os pesquisadores envolvidos com as primeiras operações do veículo vão passar um mês em “fuso marciano”. “Vou trabalhar a noite inteira, das 20h às 6h30 da manhã de quinta para sexta, quando estaremos recebendo os dados da primeira manhã marciana”, completa Gontijo. “A cada três dias, a gente muda dois fusos horários, 40 minutos mais tarde todos os dias.”

CHECAGEM DE SISTEMAS

Boa parte dos primeiros 30 dias é gasta para testar todos os equipamentos de bordo para o início das operações em Marte. O mastro central precisa se erguer, e o braço robótico faz exercícios de “calistenia” para checar se está tudo em ordem.

Isso envolve também um pequeno trânsito de cinco metros para testar a locomoção e, claro, todos os instrumentos devem enviar dados de operação e calibragem, após uma viagem de cerca de sete meses em espaço profundo.

Entre os dados que devem ser enviados à Terra num primeiro momento estão os ligados ao próprio processo de pouso. Pela primeira vez, teremos câmeras gravando em alta definição todas as etapas da descida, da abertura dos paraquedas à ação do guindaste propulsado que colocará o rover no chão. E há microfone embarcado, de modo que se pode esperar pela primeira vez ouvir os sons de Marte.

LOCAL DE POUSO ÚNICO

A cratera Jezero foi escolhida cuidadosamente pelos cientistas e engenheiros para trazer o melhor retorno científico para a missão.

É um local onde missões anteriores jamais poderiam descer, por conta da irregularidade do terreno. Apenas a inteligência artificial embarcada na missão Mars 2020, que leva o rover Perseverance e seu fiel escudeiro, o mini-helicóptero Ingenuity, permitiria um pouso tão arriscado.

A característica que torna Jezero tão atraente é a clara presença de um antigo delta de rio, desembocando num antigo lago. Hoje, tudo seco, claro. Mas, 4 bilhões de anos atrás, água fluía pela superfície marciana. 

Análises feitas com imagens orbitais sugerem que este é um dos melhores lugares em Marte para a preservação de fósseis como estromatólitos — traços deixados por bactérias e arqueias que podem ter existido no planeta vermelho há bilhões de anos.

Antes de ganharem o espaço interplanetário, os instrumentos do Perseverance foram testados exaustivamente em condições similares aqui na Terra, analisando rochas da região de Woomera, na Austrália, onde se encontram algumas das evidências mais antigas de vida na Terra. 

A premissa é de que, se algo similar existiu em Marte na mesma época, o rover poderá identificar.

Claro, a ciência não é um jogo simples assim. Os pesquisadores apostam que quaisquer sinais de vida tendem a ser ambíguos a ponto de impedirem uma determinação irrefutável, ainda mais com a limitação instrumental de operar remotamente em Marte. Por isso, uma das metas mais importantes da missão é colher amostras e isolá-las em tubinhos, que depois serão recolhidos por outro rover e despachados num foguete de volta à Terra.

Acredita-se que somente com observações feitas nos laboratórios mais bem-equipados deste planeta será possível confirmar, de forma inquestionável, que houve vida no mundo vizinho.

Ainda assim, nunca estivermos tão perto da resposta à pergunta ancestral: estamos sós no universo? Claro, descobrir que Marte teve bactérias há 4 bilhões de anos, não nos faz muita companhia. Mas é preciso ir além do fato objetivo, para suas implicações: se o planeta vermelho viu a vida florescer, como ocorreu na Terra, isso é sinal de que a biosfera terrestre não é fruto de um acidente. Pelo contrário, sempre que as condições para a vida se manifestam, a vida aparece. E isso necessariamente conduz à conclusão de que o universo estava estar cheio de vida.

Claro, a inversa também é verdadeira. Se o Perseverance, num dos locais mais promissores para a busca de fósseis microbianos em Marte, não achar nada, o resultado também tem implicações. “Mesmo se a gente chegar à conclusão de que não existe absolutamente nada lá, é um resultado interessante também”, diz Gontijo. 

Tanto o planeta Marte quanto o planeta Terra se formaram da mesma nebulosa de onde vem o Sol e vêm os outros planetas. Por que existe tanto carbono e tanto carbono vivente aqui e não existiria lá?”

Esta é, pois, a aventura da exploração. As respostas nos aguardam em Marte.