Cultura

 Uma proposição e justa homenagem do presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros 

“Esta homenagem só vai confirmar uma coisa que eu já sei que sou: uma cidadã pernambucana”, declarou a Marrom, em Reunião Solene no Plenário da Assembleia, proposta pelo presidente Eriberto Medeiros

O #TBT de hoje é com o meu amigo Cloves Benevides. Puxamos um verso de samba, na entrega do título de cidadã pernambucana à cantora Alcione. São momentos como esse, de descontração, que trazem leveza ao nosso trabalho. Com alegria, a gente trabalha 10 vezes melhor! 😄👨🏻 #alepe #alcione #pernambuco

Publicado por Eriberto Medeiros em Quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Vídeo 2:

Alcione é cidadã pernambucana – Relembre alguns momentos dessa bonita homenagem onde todos se emocionaram com a música e o talento da nossa Marrom! #alepe #alcione #pernambuco

Publicado por Eriberto Medeiros em Segunda-feira, 4 de novembro de 2019

“Esta homenagem só vai confirmar uma coisa que eu já sei que sou: uma cidadã pernambucana.” Foi assim que a cantora Alcione recebeu o Título de Cidadã de Pernambuco, concedido a ela na noite desta quinta (31), em Reunião Solene realizada no Plenário da Assembleia Legislativa. A homenagem foi proposta pelo presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PP), que comandou a cerimônia. Para o parlamentar, fã da Marrom (como é conhecida), ela é “uma das melhores e mais autênticas intérpretes do País”.

Alcione Dias Nazareth nasceu em São Luís do Maranhão, no dia 21 de novembro de 1947. Começou a carreira musical já aos 12 anos, graças ao seu pai, que era policial e integrante da banda da corporação. “Meu pai aprendeu a tocar trompete andando 12 quilômetros por dia para ir até a casa do professor. Ele se tornou mestre da Banda da Polícia Militar do Maranhão, era o cara que mais sabia música naquele Estado”, relembrou a cantora.

 

Foto: Breno Laprovitera -blogmarcosmontinelly

Em 1968, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde sua trajetória começou a ganhar projeção e ela fez as primeiras gravações, em 1972. O primeiro álbum, A Voz do Samba, de 1975, popularizou a clássica canção “Não Deixe o Samba Morrer”. Na carreira de Alcione, destacam-se sucessos como “Sufoco”, “Gostoso Veneno”, “Menino sem Juízo”, “Você me Vira a Cabeça” e “Meu Ébano”.

“Já faz quase cinco décadas que, com sua voz potente, sorriso largo e muito samba de qualidade, a Marrom tem conquistado o público por onde passa. Em Pernambuco, sua influência é sentida nos sambistas da cidade e em todas as nossas escolas de samba”, observou, em discurso, o presidente da Alepe. “Mesmo com toda essa bagagem e reconhecimento, Alcione nunca negou ou esqueceu suas origens. Sempre fez questão de dizer que é de São Luís, do Maranhão, e nordestina com muito orgulho”, ressaltou Medeiros. O carinho pelas origens nordestinas foi confirmado pela cantora. “Eu tenho orgulho nesta vida de três coisas: de ser mulher, ser negra e ser nordestina. Se falarem de qualquer uma dessas três, me tiram do sério”, declarou Alcione, em entrevista coletiva antes da Reunião Solene.

Na cerimônia, um dos momentos que emocionaram a cantora foi a lembrança de Edson Cavalcante Queiroz, representado pelo seu filho, o instrumentista Rafael Queiroz, um dos artistas que cantaram para Alcione durante o evento. Edson Queiroz era médico e médium, e se destacava pela prática de cirurgias espirituais atribuídas ao espírito do Dr. Fritz, que tratou de um edema nas cordas vocais da artista.

“Eu tinha um edema do tamanho de uma cabeça de alfinete, e um médico tinha me dado apenas mais um ano para continuar cantando. Depois do tratamento espiritual com Edson Queiroz, tive mais 18 discos de ouro na minha carreira”, relatou Alcione. Eleito para um mandato de deputado estadual na Alepe em 1990, o médico Edson Queiroz não chegou a completar oito meses na Casa, pois foi assassinado em outubro de 1991. “Fico muito feliz de saber que Alcione nunca deixa de falar do benefício que teve, através de Deus e do Dr. Fritz. A espiritualidade me deu, agora, a oportunidade de conhecê-la e tocar para ela”, afirmou o músico Rafael.

Outras homenagens foram feitas a Alcione na cerimônia, com apresentações do poeta Toinho Mendes, dos cantores Telmo Santiago, Andreia Luiza e do sargento Cordeiro, da Banda de Música da Polícia Militar de Pernambuco. Os hinos do Brasil e de Pernambuco foram executados pela Banda da PM – o que, segundo a cantora, recordou-lhe a herança musical que teve do seu pai.

A Marrom relembrou também artistas pernambucanos já falecidos, como Luiz Gonzaga e Reginaldo Rossi. “Tive a honra de conhecer Gonzagão pessoalmente e sempre era lembrada por Reginaldo Rossi”, registrou. Em outro momento da Reunião Solene, foi exibido um vídeo com depoimentos dos artistas Maciel Melo, Anastácia, Nando Cordel, Ayrton Montarroyos, Lenine e Fabiana Karla parabenizando a cantora.

Além do Título de Cidadã de Pernambuco, Alcione já recebeu outras homenagens oficiais, como a Ordem do Rio Branco (a mais alta comenda do Brasil); as Medalhas Pedro Ernesto e Tiradentes (concedidas pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro); Medalha do Mérito Timbiras (a maior comenda do Estado do Maranhão); Medalha Daniel De La Touche (entregue pela Câmara Municipal de São Luís); e a Medalha Luiz Gonzaga (da Câmara Municipal de São Paulo).

“Mas, ganhar esta homenagem de um Estado tão exigente com sua cultura é a glória. Tenho só a agradecer por tudo o que tive nestes 47 anos de carreira”, enfatizou a cantora, ao fim da solenidade. O diploma foi entregue a Alcione por Eriberto Medeiros, que, na ocasião, chamou todos os deputados presentes para acompanhar o momento. Entre as autoridades, estava a vice-governadora Luciana Santos, representando o governador Paulo Câmara.

Fonte: Alepe

 

Formação sobre novas regras eleitorais para 2020 contemplou Salgueiro

Deputado Eriberto Medeiros (PP)

O Curso Eleições Municipais 2020 – Novas Regras chegou à sua 9ª edição, na manhã desta quinta (7), em Salgueiro. Moradores da região lotaram o plenário da Câmara Municipal, discutindo as atualizações na legislação para o pleito do ano que vem.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eriberto Medeiros (PP), participou do curso, ao lado do deputado estadual Lucas Ramos (PSB) e do superintendente da Escola do Legislativo, José Humberto Cavalcanti. Entre as autoridades municipais, estavam o vice-prefeito, Francisco Sampaio, o presidente da Câmara, George Arrais Sampaio, além de demais vereadores e servidores do Poder Público.

O evento é uma parceria entre a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), União dos Vereadores de Pernambuco (UVP) e Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe). Com o objetivo de percorrer os principais municípios das 12 microrregiões de desenvolvimento, o curso já contemplou pessoas de 138 cidades pernambucanas.

Para o presidente da Alepe, é fundamental ressaltar esse caráter preventivo que a formação tem, preparando candidatos, profissionais e a população para o pleito. “Antes de punir, é preciso informar, esclarecer. Logo, esse curso cumpre um papel decisivo de dar ao candidato e à população as ferramentas e o conhecimento para exercer a democracia, para que a política continue como grande instrumento de transformação”, afirmou Medeiros.

“O nosso próximo encontro será no dia 14 de novembro, em Vitória de Santo Antão (Mata Sul). Contaremos com a participação dos técnicos do TRE-PE Marcos Andrade, Breno Russell e o advogado especialista em Direito Público Leucio Lemos”, complementou o superintendente da Escola do Legislativo.

O empresário Jesus Sangalo, irmão de Ivete, faleceu na manhã desta última quinta-feira (7), no Hospital Santa Izabel. A informação foi confirmada ao Bahia Notícias pela assessoria da rede de saúde. Mais informações devem ser divulgadas em breve pela assessoria da Ivete.

Com 54 anos, o empresário apresentava um quadro de sepse abdominal decorrente de complicação pós-operatória. A doença é uma síndrome multifatorial e complexa relacionada a uma resposta inflamatória sistêmica mediada por citocinas do hospedeiro inicialmente compartimentalizada na cavidade peritoneal em decorrência de infecção bacteriana ou fúngica. Desde o final de 2018, o baiano vem sendo internado por problemas de saúde. (Bahia Noticias)

Composta pelo vigilante maranhense Manoel Gomes, canção já conquistou mais de 8 milhões de visualizações no YouTube desde seu lançamento

“Caneta azul/ Azul caneta/ Caneta azul/ Está marcada com a minha letra”. Adicione a esses versos uma interpretação musical cheia de emoção: aí está a receita do sucesso da canção Caneta Azul, composta pelo maranhense Manoel Gomes. A música sobre uma caneta perdida pelo autor numa escola já conquistou mais de 8 milhões de visualizações no YouTube desde seu lançamento, no dia 18 de outubro. “Todo dia eu viajo para o colégio/ Com uma caneta azul e uma caneta amarela/ Eu perdi minha caneta/ E peço, por favor, para quem encontrou me entrega ela”, continua a canção.

O sucesso da composição fez com que seu autor – que trabalha como vigilante – investisse na carreira. Na última segunda-feira 28, Gomes foi a um cartório para registrar os direitos autorais da canção. “Hoje foi um dia de muita alegria e realizações! Pois foi registrado o hit Caneta Azul no Cartório do Segundo Ofício da Cidade de Balsas, MA!”, escreveu em post no Instagram. “Os agradecimentos maiores são para nosso Pai! Obrigado, meu Deus! Obrigado a todos os amigos, artistas, familiares e admiradores pelo carinho!”

O refrão chiclete não chamou a atenção somente dos internautas. Celebridades como a cantora Simaria, o humorista Tirullipa e o apresentador Rodrigo Faro compartilharam vídeos com seus próprios covers do hit nas redes sociais. Confira:

Enquanto Alok deu uma batida eletrônica ao sucesso nos Estados Unidos, Wesley Safadão decidiu cantar um trechinho da música em seu show na cidade de Marabá, no Pará. “O resto eu não aprendi, não”, confessou.

Desde a publicação do vídeo, Manoel Gomes foi chamado para pequenas performances e participações em programas locais. Mas no último sábado 26, o compositor amador teve um gostinho real da fama: ele foi convidado ao subir no palco do cantor sertanejo Thiago Brava durante um show em Porto Nacional, Tocantins.

“A música perdeu um pouco da alegria, de música para cima, música pra se divertir, engraçada…”, comentou o sertanejo após o show. “Acho que o povo está com saudade disso daí, um negócio irreverente. E é isso aí, galera. Caneta Azul pipocou no Brasil, tem que respeitar o homem. Não dá pra acreditar não.”

“Aí a gente para para refletir como é que a nossa música… O tanto que é democrático hoje o negócio das redes sociais”, completou.

Engana-se quem pensa que o maranhense vai parar por aí. O cantor já lançou sua segunda música, Eu Vou Deixar de Ser Besta, e revelou que sua ambição é que Caneta Azul se torne o hit do Carnaval 2020. Será?

 

Enquanto Alok deu uma batida eletrônica ao sucesso nos Estados Unidos, Wesley Safadão decidiu cantar um trechinho da música em seu show na cidade de Marabá, no Pará. “O resto eu não aprendi, não”, confessou.

Desde a publicação do vídeo, Manoel Gomes foi chamado para pequenas performances e participações em programas locais. Mas no último sábado 26, o compositor amador teve um gostinho real da fama: ele foi convidado ao subir no palco do cantor sertanejo Thiago Brava durante um show em Porto Nacional, Tocantins.

“A música perdeu um pouco da alegria, de música para cima, música pra se divertir, engraçada…”, comentou o sertanejo após o show. “Acho que o povo está com saudade disso daí, um negócio irreverente. E é isso aí, galera. Caneta Azul pipocou no Brasil, tem que respeitar o homem. Não dá pra acreditar não.”

“Aí a gente para para refletir como é que a nossa música… O tanto que é democrático hoje o negócio das redes sociais”, completou.

Engana-se quem pensa que o maranhense vai parar por aí. O cantor já lançou sua segunda música, Eu Vou Deixar de Ser Besta, e revelou que sua ambição é que Caneta Azul se torne o hit do Carnaval 2020. Será?

Blogmarcosmontinelly Aqui você fica muito mais informado

 

 

História por trás de cada uma:

Destaque para os artistas da terra na área de pintura, escultura, música, literatura e arte.

Luciano Pires:

 

Edgley Brito

 

Música:

A capacidade de usar instrumentos para criar belos sons faz da música, uma das 7 artes clássicas.

Essa manifestação artística acompanha a humanidade desde a sua existência, sendo uma forma de comunicação, mas também uma arte que, acima de tudo, gera prazer. Essa é uma das abordagens mais práticas da arte.

Literatura:

A literatura é uma forma de arte que se baseia no uso das palavras. Nesta forma de expressão também faz parte a poesia e o teatro. Isso porque ambos, inegavelmente, oferecem contribuições importantes para a humanidade.

Arquitetura:

A arquitetura é a primeira das 7 artes clássicas. É considerada arte devido à engenhosidade e ao uso da estética para criar edifícios que sejam harmônicos com o espaço e que perdurem no tempo.

Escultura:

Escultura é outro entre os 7 tipos de arte. A capacidade de usar essa habilidade para criar formas e monumentos 3D foi reconhecida desde a antiguidade, e hoje essa ainda é considerada uma das formas primárias da arte.

Pintura:

Entre as 7 artes, a pintura é talvez uma das mais reconhecidas. Afinal, desde a antiguidade, ela é usada como uma forma de expressão e como um modo de registrar a realidade.

 

TEATRO:

 

CINEMA:

Por último, mas não menos importante é a sétima arte: cinema. Hoje é um dos meios mais populares de expressão artística no mundo, com peças audiovisuais de grande valor que são consideradas clássicas entre os estudiosos e cinéfilos.

Aniversariante do dia:  Professora Maysa Raquel, 3° ano ensino fundamental 

Maysa, recebendo os parabéns da diretora  Zeza e presidente da escola.

Ao longo da história, a arte esteve intrinsecamente ligada à vida humana, servindo como meio de expressão e como linguagem universal em que a beleza e a estética prevalecem.

Seja por meio da dança, música, cinema, arquitetura, literatura, pintura ou da escultura, a arte inspira por meio de peças únicas desenvolvidas como modo de expressão individual ou coletiva, elas emocionam e encantam todos os apreciadores.

 

Blog Marcos Montinelly aqui você fica muito mais informado

Clique Aqui! e confira as outras fotos:

 

 

Afogados da Ingazeira fez parte da história de Gabriel Diniz, carnaval 2019Blog Marcos Montinelly

Publicado por Marcos Montinelly em Terça-feira, 28 de maio de 2019

Familiares e amigos prestaram nas redes sociais homenagens, nesta sexta-feira (18), ao cantor Gabriel Diniz, pelo seu aniversário. GD morreu em maio deste ano, vítima de um acidente aéreo em Sergipe. Gabriel faria 29 anos nesta sexta-feira.

De acordo com levantamento feito pelo ClickPB, o pai de GD, seu Cizinato Diniz chamou o filho de anjo e disse que o amor só aumentava. Disse que Gabriel cresceu e surpreendeu a todos “com uma capacidade de amar, de fazer o bem de fazer rir por rir e de ser gentil e doce assim partiu deixando o melhor da pessoa dele”.

A noiva Karoline Calheiros juntou várias músicas do cantor e postou uma homenagem. “Agora é a vez de mostrar o seu talento num lugar de paz e sem julgamentos, eu to aqui te aplaudindo de pé! Você está de parabéns em todos os sentidos, palmas pra você, vida! Dia 18/10 sempre será mais iluminado por conta da sua luz! te amo”, diz Karoline.

O cantor Wesley Safadão postou stories em homenagem ao amigo. Safadão aproveitei a noite desta quinta-feira (18) e homenageou GD durante um show. 

Cantor, conhecido pela música ‘Arrebita’, estava internado havia 5 dias no Hospital Samaritano após reação alérgica a um medicamento e teve, nas últimas horas, insuficiência renal.

 

Morreu na madrugada deste domingo (15), em São Paulo, o cantor português Roberto Leal, aos 67 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital Samaritano, onde o cantor estava internado. Ele ficou conhecido pela música “Arrebita”.

Segundo a assessoria de imprensa do cantor, Leal estava internado no hospital desde terça-feira (10), após ter uma reação alérgica a um medicamento que tomou. O cantor vinha há dois anos tratando um câncer.

As causas da morte não foram divulgadas. A assessoria do cantor informou, porém, que, nas últimas horas, ele teve complicações em decorrência de uma insuficiência renal.

Roberto Leal morava na capital paulista havia alguns anos.

Carreira

Em 45 anos de carreira, vendeu mais de 17 milhões de discos e gravou mais de 400 músicas. Entre elas, também estão faixas como “Bate o pé” e “A festa ainda pode ser bonita”.

Nascido em Macedo de Cavaleiros, no norte de Portugal, o cantor se mudou para o Brasil aos 11 anos, com os pais e nove irmãos. Em São Paulo, trabalhou como sapateiro e vendedor em uma feira.

Em 1978, protagonizou o filme “O milagre – O poder da fé”, inspirado em sua própria história.

No final dos anos 80, voltou a morar em Portugal para se dedicar ao mercado musical europeu. Nesse período, comandou um programa na TV do país.

Mais de 20 anos depois do lançamento de “Arrebita”, a popularidade do cantor ganhou vida nova quando, em 1995, os Mamonas Assassinas lançaram “Vira-vira”, que satiriza músicas dele.

Em entrevistas, Leal costumava dizer que se sentia homenageado pelo grupo.

Retornou ao Brasil em 1998 e, dois anos depois, lançou o disco “Roberto Leal canta Roberto Carlos”. Seguiu produzindo discos e coletâneas. O último, “Arrebenta a festa”, saiu em 2016.

Em 2018, foi candidato a deputado estadual de São Paulo pelo PTB, mas não conseguiu se eleger.

Em uma visita fora da agenda, o ministro da Justiça e ex-juiz Sergio Moro teve uma reunião a portas fechadas na Superintendência da Polícia Federal do Paraná, onde o ex-presidente Lula está aprisionado.

O reunião foi com o chefe de corporação no Estado, o delegado Luciano Flores. Segundo a jornalista Bela Megale, do O Globo, Moro disse a pessoas próximas que foi ao local fazer “uma visita técnica”.

No momento em que Moro se reunia com Flores, o ex-presidente Lula estava reunido com a deputada e sua advogada Gleisi Hoffmann (PR), presidente nacional do PT, que visitava o ex-presidente.

Luciano Flores assumiu o posto quando Maurício Valeixo aceitou o convite de Moro para se tornar diretor-geral da PF. Agora, Valeixo deve deixar o cargo por decisão de Jair Bolsonaro.

 

Grito dos Excluídos une movimentos sociais e religiosos em protesto no Recife

Integrantes de movimentos sociais e religiosos participaram, este sábado (7), da 25ª edição do Grito dos Excluídos, realizada no bairro do Derby, na área central do Recife. Segundo a organização, o evento realizado no Dia da Independência busca lutar pelos direitos das minorias e por uma sociedade mais justa e libertária.

O movimento deste sábado também inclui manifestantes contra a Reforma Trabalhista e os cortes feitos pelo governo federal na área da educação. Parte dos integrantes também se posicionaram pela liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, levando faixas e cartazes. Os incêndios na região amazônica também foram lembrados durante o protesto.

O ato teve concentração iniciada por volta das 8h, na Praça do Derby, com apresentações culturais de adultos e crianças. Por volta das 11h, o grupo saiu em caminhada pela Avenida Agamenon Magalhães. O trajeto foi acompanhado por agentes da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife e por policiais militares, com bloqueios parciais da via.Em uma das performances da concentração, pessoas vestidas de preto e vendadas com a bandeira do Brasil caminharam em frente a um palco montado na praça. Crianças também participaram recitando poemas. Em outra apresentação, em defesa da Amazônia, um homem com um cocar foi amarrado a uma cruz.

Presente na concentração, o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, mencionou a necessidade de colocar em prática os valores descritos no Evangelho. “O Grito dos Excluídos é fruto de uma Campanha da Fraternidade e existe para que as pessoas possam lutar em defesa dos mais pobres”, afirma.

“O Grito dos Excluídos é uma luta histórica da classe trabalhadora. Hoje, estamos evidenciando os ataques à classe feitos pelo governo federal, com a retirada de recursos para a educação, para a saúde e para o meio ambiente”, diz o presidente da Central Única dos Trabalhadores em Pernambuco, Paulo Rocha.

A busca pela garantia de direitos trouxe a psicopedagoga Cleide Ferreira Lima e a professora Socorro Barros ao ato deste sábado (7). “Eu sou evangélica e ela é católica, mas somos todos iguais. Estamos unidos em Cristo e estamos aqui para lutar por dias melhores”, declara Cleide.

“Estamos perdendo nossos direitos. A Constituição de 1988 está sendo sucateada. Estamos aqui lutando pelos nossos direitos e por um país melhor”, afirma Socorro.

Filme, A Vida Invisível do diretor Karim AÏnouz, desbancou outros 11 filmes e foi escolhido hoje (27) representante do Brasil na corrida ao Oscar. O anúncio foi feito pela Academia Brasileira de Cinema. O filme vai concorrer a uma vaga entre os cinco indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro do próximo ano.

O filme é baseado no livro A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, de Martha Batalha, e conta a história das irmãs Gusmão, Eurídice e Guida. Eurídice é uma jovem talentosa e introvertida. Guida é o oposto de seu temperamento em relação ao convívio social. Ambas vivem em um rígido regime patriarcal, o que faz com que trilhem caminhos distintos: Guida decide fugir de casa com o namorado, enquanto Eurídice se esforça para se tornar uma musicista, ao mesmo tempo em que precisa lidar com as responsabilidades da vida adulta e um casamento sem amor. O filme estreia nos cinemas brasileiros no dia 31 de outubro.

Fernanda Montenegro e Carol Duarte dividem o papel de Eurídice, enquanto Julia Stockler interpreta Guida.

A última vez que o Brasil concorreu nessa categoria foi em 1999, com Central do Brasil, de Walter Salles, filme que também contava com a participação da atriz Fernanda Montenegro, que foi inclusive indicada ao Oscar de melhor atriz naquele ano.

A Vida Invisível foi selecionado por uma comissão formada pela Academia Brasileira de Cinema, composta, entre outros, pelos cineastas Anna Muylaert e Zelito Viana; o idealizador do festival É Tudo Verdade, Amir Labaki; e a diretora de programação do festival do Festival do Rio, Ilda Santiago; entre outros.

O anúncio dos filmes estrangeiros finalistas ao Oscar será no dia 13 de janeiro. A cerimônia do Oscar está agendada para o dia 9 de fevereiro.

Fátima Bernardes elogia Brigitte Macron e internautas apontam indireta a Bolsonaro

A jornalista da Globo postou em seu Instagram a imagem da capa do livro “Brigitte Macron: L’Affranchie”, escrito por Maëlle Brun.

Na legenda, escreveu: “Que ela é inteligente, elegante, corajosa e vinte e cinco anos mais velha que o marido, o presidente da França Emmanuel Macron, eu já sabia. Mas nesse livro a autora se propõe a mostrar a mulher por trás das aparências. Acabei de começar a ler. Acho que vou gostar.”

Assim como Brigitte, Fátima é 25 anos mais velha que o seu namorado, o deputado federal Túlio Gadêlha (PDT).

Seguidores de Fátima Bernardes viram na publicação uma indireta da apresentadora a Bolsonaro.  “Ah Fátima elegante até pra mandar indireta”, escreveu uma delas. “Não teria a classe de Fátima para esculhambar o Bozo Kkkkkkkkkkkk” (sic), comentou outro.

O presidente brasileiro está em meio a uma guerra diplomática com o presidente francês em função dos recentes incêndios na Amazônia.

No último sábado (24), ao comentar um post do mandatário brasileiro em sua página no Facebook, o seguidor Rodrigo Andreaça escreveu “É inveja presidente do macron pode crê” (sic), postando também uma imagem.

Na gravura se vê uma foto de Bolsonaro e de sua esposa, Michelle Bolsonaro, abaixo de um retrato de Macron e de sua mulher, Brigitte Macron. Ao lado das fotos dos casais, há os dizeres: “Entende agora pq Macron persegue Bolsonaro?” (sic).

O perfil de Bolsonaro respondeu “não humilha cara. Kkkkkkk” (sic), dando a entender que as recentes críticas de Macron ao presidente brasileiro seriam motivadas por inveja da esposa do brasileiro.

Também nesta segunda-feira (26), a atriz e cantora Gretchen, 60, pediu desculpas ao presidente francês pela atitude do mandatário brasileiro.

“Perdão, presidente Emmanuel Macron. Brigitte Macron é uma mulher maravilhosa e inspiradora como você. Eu a admiro e amo muito a sua história”, publicou Gretchen, em francês, no Twitter.

 

Advogado de Lula entram com novo pedido de habeas corpus no STF

Os defensores juntaram ao pedido a reportagem publicada nesta terça pelo UOL, em parceria com o site The Intercept Brasil, que mostra procuradores da Operação Lava Jato ironizando a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia. 

Eles debocham do comportamento do ex-presidente, tanto no velório dela quanto no enterro do neto. Arthur, de 7 anos, morreu no começo do ano, vítima de infecção generalizada causada por uma bactéria.

“Referidas mensagens mostram, em verdade, que a atuação dos procuradores da República em questão sempre foi norteada por ódio e desapreço pessoal pelo paciente e pelos seus familiares”, afirma o advogado Cristiano Zanin.

Tal ódio, diz ainda o defensor, torna os investigadores “absolutamente incapazes de cumprir com seus deveres de imparcialidade, impessoalidade e isenção garantidos pela legislação pátria e internacional”.

Em uma das mensagens, a procuradora Laura Tessler diz, depois da morte de Marisa: “Quem for fazer a próxima audiência do Lula, é bom que vá com uma dose extra de paciência para a sessão de vitimização”.

Já a procuradora Jerusa Viecili diz: “Querem que eu fique para o enterro?”.

Eles ainda comentam o discurso de despedida de Lula no velório de Marisa, em que ele diz esperar que os “facínoras que fizeram isso contra ela [Marisa] tenham um dia a humildade de pedir desculpas”.

“Bobagem total…. ninguém mais dá ouvidos a esse cara”, diz Deltan Dallagnol.

A reportagem mostra ainda mensagens trocadas entre os procuradores quando Vavá, irmão de Lula, morreu, no começo deste ano.

Um deles, Antônio Carlos Welter, pondera que Lula tem direito de ir ao enterro, como a lei prevê para qualquer preso. O procurador Januario Paludo responde: “O safado só queria passear e o Welter com pena”.

Quando o neto de Lula morreu, a procuradora Jerusa Viecili comentou no grupo: “Preparem para nova novela ida ao velório”.

blogmaarcosmontinely

A cantora paraibana Lucy lançou sua nova música na última sexta-feira (23) e demonstra uma aproximação cada vez mais forte com o universo POP, mas sem deixar de lado as raízes nordestinas. A nova música: “Amor de Ouro” foi lançada em conjunto com um videoclipe.

Com uma batida forte, envolvente e toda romântica, a gravação de todos os instrumentos em “Amor de Ouro” foi feita pela própria Lucy.

O videoclipe mostra mensagens de tolerância ao amor em todas as suas formas.

“Além de trazer minhas raízes nordestinas muito pulsantes, com um perfume, um acabamento latino como um todo, ‘Amor de Ouro’ traz uma imagem muito forte e muita sensualidade, fogo. Uma temperatura que eu acredito estar muito presente nas minhas músicas e que eu acho bem característica do Nordeste. Tudo isso com uma mensagem de amor e tolerância e linguajar simples, porque o mundo precisa disso”, afirma Lucy sobre sua nova música.

Somos admiradores do trabalho de Lucy, Blog.

blogmarcosmontinely.com.br

Morreu nesta segunda-feira, 12, o ator João Carlos Barroso, aos 69 anos, devido às complicações de um câncer. A notícia foi confirmada por amigos do artista nas redes sociais.

“É com imensa tristeza que recebo esta notícia […] Que Deus o receba em seu reino de luz. Meus sentimentos à família”, lamentou o ator Mario Cesar Nogueira

Resultado de imagem para ator carlos barroso

João Carlos Barroso estreou no cinema em 1961 em Pedro e Paulo, ao lado de nomes como Jardel FilhoFrancisco Cuoco e Jece Valadão. Trilhou carreira na TV, estrelando novelas e seriados do Globo, incluindo os humorísticos Os Trapalhões e Zorra Total.

Resultado de imagem para ator carlos barroso

Entre seus personagens mais famosos estão o Tavico, de Estúpido Cupido (1976) e Toninho Jiló, de Roque Santeiro(1985). Seu trabalho mais recente nas telinhas foi em 2016, na novela Sol Nascente, na qual deu vida ao delegado Mesquita.

Resultado de imagem para ator carlos barroso

 

Publicado por Sandra Véras em Quarta-feira, 31 de julho de 2019

Nos últimos dias um acontecimento envolvendo o cantor Thullio Milionário vem repercutindo bastante no meio forrozeiro. Como de costume, o artista sempre convida algumas mulheres para dançar a música “Dançar Forró beijando”, no palco de seus shows. Além de dançar, como diz a música, o cantor e as fãs geralmente acabam se beijando.

Acontece que em um show recente, na cidade de Mauriti, no Ceará, uma das mulheres que beijou Thulio era casada. Após o acontecido, ela se mostrou arrependida e pediu a retirada do vídeo da página oficial dele no Instagram.

O caso repercutiu e Luciene Borges resolveu conceder uma entrevista à um portal local. Ela disse que foi forçada a beijar o cantor Thullio Milionário e que virou motivo de piada em sua cidade. Também declarou que não considera o episódio um caso de traição: “Muita gente chama ele (o marido) de corno, mas ele não é corno porque eu não considero que isso seja uma traição.”

Ela decidiu que entraria com uma ação contra o cantor, que recentemente, nas redes sociais, falou sobre o caso.

Um documento secreto da Aeronáutica contradiz a versão do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), sobre o desaparecimento de Fernando Santa Cruz, pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz. Fernando foi preso em fevereiro de 1974 durante a ditadura militar, e nunca houve uma confirmação do paradeiro dele.

As informações são do jornal O Globo.

A reportagem teve acesso a um relatório secreto RPB 655, do Comando Costeiro da Aeronáutica, que mostra a prisão do estudante de direito pelo regime em 22 de fevereiro de 1974, no Rio de Janeiro. Anexado ao relatório da Comissão Nacional da Verdade (CNV), o documento comprova que Fernando Santa Cruz estava sob proteção do Estado quando desapareceu.

Criada em 2011, a CNV ouviu o ex-delegado Cláudio Guerra, que, na ocasião, disse que Fernando Santa Cruz teria sido morto na prisão e o corpo, incinerado na Usina Cambahyba, em Campos, norte do Rio de Janeiro. Apesar disso, a família do militante nunca recebeu informações oficiais sobre a morte dele.

Presidente da OAB vai ao STF por fala de Bolsonaro sobre morte do pai

YouTube/Reprodução

presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, decidiu interpelar o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), no Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito das declarações sobre a morte de seu pai, Fenando Santa Cruz.

Santa Cruz já comunicou ao advogado Cesar Brito para preparar a ação “para que o presidente diga o que sabe”. Além disso, ele pretende contar com a assinatura de todos os ex-presidentes da Ordem na ação.

Bolsonaro provocou o presidente da OAB por duas vezes nesta segunda-feira (29/07/2019) ao dizer que ele estaria “equivocado”sobre a morte do pai. “Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, conto para ele. Ele não vai querer ouvir a verdade”, ironizou o presidente da República, pela manhã, no palácio da Alvorada.

Apresentações energéticas e manifestações de exaltação à força e à cultura nordestina marcaram o segundo dia de shows do Festival de Inverno de Garanhuns-PE

FIG, um dos maiores festivais de cultura do País, Os artistas aproveitam o palco para fazer críticas e externar o que sentem. O multi Antonio Carlos Nóbrega, na igreja Matriz, falou em forma de repente: “Não precisa ser doutor, muito menos explicar. Nem carece de patente de diplomata. Quando corre da mamata, que só anda a prosperar. Os requisitos são bem poucos para o fulano, basta ser miliciano e um hambúrguer fritar. E ser padrinho de um laranja. O Queiroz dá banana para “nós” e para o Trump se abaixar”.

Já no palco Dominguinhos, alguns artista intercalavam apresentações com um “Fora Bolsonaro”. 

 

Zélia Duncan realizou sua apresentação no Festival e Inverno de Garanhuns e Duncan não deixou passar manifestações políticas. Foto: Fundarpe

Zélia Duncan lembrou que a arte é um meio de resistência. Já a cantora carioca Letrux (foto) executou uma performance com a bandeira de Lula Livre pelo rosto e corpo. Festival de cultura tem de ter protesto e pronunciamento da classe artística.

Barão Vermelho, última atração confirmada na programação do Palco Dominguinhos, encerrou o show com uma sequência de clássicos. Foto: Fundarpe

Barão Vermelho, última atração confirmada na programação do Palco Dominguinhos, começou o show às 00h50. Logo no começo, já inflamou o público com Beth Balança e Eclipse Oculto. Zélia Duncan fez uma participação em Amor meu grande amor. O clássico Por Você contou com colaboração do sanfoneiro Cosme Vieira, resultando em uma bela versão nordestina da canção. “Sempre pedem para que toquemos Raul Seixas, então aqui vai”, disse Rodrigo Suricato, antes de tocar Tente Outra Vez. 

Na noite desta terça-feira (16), poderá ser observado no céu o fenômeno do eclipse lunar parcial. Esse fenômeno astronômico, se dá quando a Lua é ocultada pela sombra da Terra. Poderá ser observado, dessa vez, em qualquer lugar do território brasileiro.

O fenômeno desta terça-feira, também poderá ser deslumbrado nos continentes da Ásia, Europa, Oceania e América do Sul. No Brasil, esse ano, aconteceu apenas um eclipse lunar total, que ocorreu no dia 21 de janeiro. E acontecerá somente um parcial, que será o desta terça.

Hoje é o Dia Nacional de Combate a Cefaleia. A cefaleia, mais conhecida como dor de cabeça, atinge 93% da população mundial em algum momento da vida. É uma das causas mais comuns de busca de atendimento médico e 70% das mulheres apresentam pelo menos um episódio de cefaleia ao mês. Geralmente, a cefaleia se torna crônica, ou seja, se inicia com dores menos frequentes, consideradas “normais”, e com o aumento das crises e o uso excessivo de analgésicos se transforma em uma cefaleia quase diária.

Existem mais de 150 tipos descritos de cefaleia, e consequentemente diversas e variadas causas. Aspectos emocionais e estresse, causas oftalmológicas ou odontológicas, herança genética, bruxismo, variações bruscas de temperatura e umidade do ar, menstruação e outros fatores hormonais. Em alguns casos a dor também pode começar com o consumo de queijos amarelos, frutas cítricas, banana, linguiças, frituras, chocolate, café, chá, refrigerantes a base de cola, vinhos e cervejas. As mulheres sofrem mais e são mais suscetíveis devido as oscilações hormonais, após a menopausa a proporção se iguala aos homens, pois já não há mais as oscilações hormonais.

A dor de cabeça do tipo tensional representa mais de 70% dos casos. É moderada, dói dos dois lados da cabeça e não lateja, mas aperta. Não piora com exercícios e raramente causa náuseas. Quanto ao tratamento, primeiro é necessário identificar na pessoa o que desencadeia a dor, você pode anotar como num diário os momentos que teve a dor, tudo o que você comeu até 24 horas antes e as atividades que possam ter desencadeado outra crise.
Recomendações:

  • Evite usar “telas” (computador, smartphone, notebook, etc.) por longos períodos.
  • Beba pelo menos 2,5L de água por dia. (Afinal o seu cérebro é composto por 77% de água)
  • Evite longos períodos de Jejum.
  • Coma moderadamente
  • NÃO faça auto-medicação
  • Faça Acupuntura.
  •  Evitar os alimentos que podem “engatilhar” a dor de cabeça:
    – Queijos amarelos envelhecidos;
    – Frutas cítricas (laranja, limão, abacaxi e pêssego);
    – Banana (principalmente banana d’água);
    – Linguiças;
    – Frituras e gorduras;
    – Salsicha e alimentos com coloração avermelhada em conserva;
    – Chocolates;
    – Café, chá e refrigerantes a base de coca;
    – Vinhos;
    – Cervejas
    Sentir dor de cabeça não é normal, procure um médico para o adequado diagnóstico e tratamento.  Tenha um estilo de vida saudável, assim você estará prevenindo crises e tratando a doença.

Dr. Renato Kalil – Médico do Esporte do Kurotel

Fonte – OMS (Organização Mundial de Saúde) | Sociedade Brasileira de Cefaléia (SBC)

O município de São José do Belmonte será palco das tradicionais Cavalhada e Cavalgada. As duas atividades acontecem nos dias nos dias 25 e 26 de maio, respectivamente. Elas movimentam a economia da cidade e recebem milhares de turistas.

A Cavalhada Zeca Nirom representa a luta entre os Mouros e os Cristãos. O nome foi dado em homenagem ao Belmontense de mesmo nome, que fundou a atividade no ano de 1996 e faleceu no ano de 2003. Ela tem influência direta nos torneios de cavaleiros da Idade Média e foi trazida ao Brasil no século XVI pelos portugueses. Na apresentação há a disputa para saber qual grupo acerca mais lanças na argolinha. Se é o encarnado (vermelho) ou o azul. Cada equipe tem seis cavaleiros e todos eles utilizam uma lança. Segundo Edízio Carvalho, membro da associação cultural Pedra do Reino, são realizadas duas corridas para acertar a argolinha. “No primeiro momento, o cavaleiro joga a lança por cima da corda e pega do outro lado. Isso se chama o “Lance das Lanças”. Já no segundo momento, o cavaleiro utiliza a espada para acertar a lança”, explica.

A concentração ocorre às 14h, em frente a Igreja Matriz de São José, localizada no centro da cidade, onde se apresentará a Banda Filarmônica do município e em seguida a Banda de Pífano do Mestre Ulisses. “O cortejo até o Carvalhão virá com duas portas-bandeiras de frente, seguido pela Rainha da Cavalhada, Lara Barros, acompanhada dos reis Toninho Carvalho (azul) e Caio Neres (encarnado). Em seguida vem as amazonas, que são as mulheres a cavalo, representando cada cor. No final, vem os cavaleiros representando cada cor. Eles vestem manto, chapéu e carregam uma lança na mão.” descreve Carvalho. Ao passar em frente ao Castelo Armorial, na metade do caminho, o grupo encontra com as madrinhas, as daminhas e as floristas.

O Carvalhão é o centro de convenções do município. Além das etapas da Cavalhada, haverá diversas apresentações de danças. O evento termina às 17h30 com a divulgação do grupo vencedor e a coroação dos reis. Depois, o cortejo volta até a Igreja Matriz, onde acontece a cerimônia de despedida do público e o agradecimento por mais uma Cavalhada.

Prefeito de Camaragibe entra na Justiça para tentar barrar votação de impeachment que acontece nesta quinta

 

Se o processo for aprovado, Demóstenes Meira sai do cargo imediatamente. Foto: Reprodução/TV Globo (Se o processo for aprovado, Demóstenes Meira sai do cargo imediatamente. Foto: Reprodução/TV Globo)

Mesmo com a Câmara de Vereadores de Camaragibe tendo marcado para essa quinta-feira (23) a votação do pedido de impeachment do prefeito Demóstenes Meira (PTB), a defesa do gestor entrou com mandado de segurança na comarca da cidade contra o processo. A decisão tem como objetivo evitar uma eventual saída do mandato, que pode acontecer em caso de aval dos parlamentares. Não há prazo para decisão judicial.

Mesmo com o pedido ao Judiciário, a sessão de votação do impedimento continua com início previsto para as 9h e será aberta ao público. No início, a defesa do prefeito Meira terá até duas horas para se pronunciar contrária ao afastamento. Em seguida, o autor da denúncia, vereador Toninho Oliveira (PTB), irá se pronunciar pelo mesmo prazo de tempo. Na sequência, cada vereador terá até 15 minutos para defender seu posicionamento e, assim, a votação será iniciada.

São 13 parlamentares no Legislativo camaragibense. Para o processo de impeachment ser aprovado, são necessários dois terços dos votos, ou seja, o aval de nove vereadores. Se o pedido for aprovado, a vice-prefeita Nadegi Queiroz (PSDC) será convocada para tomar posse como prefeita de Camaragibe. Se a maioria qualificada não for atingida, Demóstenes Meira continua à frente da Prefeitura da cidade.

Confira os dois vídeos, com a música interpretada e acusada de plágio de Wesley Safadão. e a versão original como aponta o autor do hit, João Paulo Jr.

João Paulo Jr vai tornar público  nacionalmente, a briga que trava na justiça com Safadão. Ele acusa o astro do ‘forronejo’ de gravar uma música de sua autoria sem sua autorização e com outro nome. O cantor gravou reportagem para a TV Record sobre o assunto.

O nome dele é João Paulo Jr, cantor e compositor, irmão do também cantor Alcimar Monteiro, que está processando por plágio, o astro do ‘forronejo’, Wesley Safadão. Segundo João Paulo, Safadão se “apoderou” de uma de suas músicas e gravou sem seu consentimento e com outro nome.

A canção original tinha como título: Dinheiro não tenho, e bonito não sou. Mas conforme o autor da canção, Safadão gravou a música e ainda trocou o nome para ‘Tem que ser por amor’, tudo sem nunca falar nada para ele que é o autor original do sucesso.

“Já teve a primeira audiência. Ele indicou dois compositores que parece que nem vivo são mais, segundo nossa pesquisa no Ecad. Vai dar um rebuliço grande essa história. Ele está todo enrolado”, disse João Paulo Jr em conversa com o Blog. Ele frisou que gravou reportagem sobre o assunto para a TV Record e a matéria deve ir ao ar na próxima segunda-feira, dia 25.

“Os repórteres da Record gravaram a matéria. Ele gravou minha música e trocou o nome, tudo sem minha permissão e ainda botou o nome dele no CD e nas redes sociais, portanto entrei com o processo na justiça”, esclareceu João Paulo Jr,

 via blog Banana

 

 

Deixe seu comentário

A representante de Minas Gerais, Júlia Horta, foi coroada como Miss Brasil 2019 na noite deste sábado (9). Em segundo lugar ficou a Miss Ceará, Luana Lobo, e na terceira posição, a Miss São Paulo, Bianca Lopes. A gaúcha Bianca Scheren chegou ao top 5 da competição.

Realizado no centro de exposições São Paulo Expo, o concurso contou com 27 candidatas. Júlia Horta tem 24 anos e é jornalista e palestrante, além de influenciadora digital – ela tem mais de 100 mil seguidores em sua conta no Instagram

Mariana Pekin/BOL

Candidatas desfilam na abertura do concurso Miss Brasil 2019

Mariana Pekin/BOL

Candidatas levam ao palco a mensagem “Lute como uma miss”

A mineira deu um show nos desafios do concurso: venceu a tarefa de tutorial de maquiagem, foi a mais votada pelas colegas no Júri Miss (uma espécie de miss simpatia) e entrou para o top 15 do concurso pelo voto popular.

A disputa começou ao som da bateria da escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi. As 27 candidatas desfilaram vestindo roupas coloridas, com destaque para tons em néon. A gaúcha vestiu um cropped laranja e uma saia de tule. 

O apresentador Cássio Reis, ao lado das últimas quatro representantes brasileiras no Miss Brasil – Marthina Brandt (2015), Raissa Santana (2016), Monalysa Alcântara(2017) e Mayra Dias (2018) -, comandou a cerimônia que se estendeu por cerca de duas horas.

Cleiby Trevisan / Miss Brasil BE Emotion
Júlia Horta é coroada por Mayra Dias, a Miss Brasil 2018Cleiby Trevisan / Miss Brasil BE Emotion

Logo no início, foram reveladas as 15 semifinalistas, escolhidas anteriormente durante o confinamento das misses em um hotel em Campos do Jordão, na região serrana de São Paulo. As representantes de Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Distrito Federal, Paraíba, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, São Paulo, Tocantins, Roraima, Piauí, Paraná, Santa Catarina, Sergipe e Minas Gerais foram as escolhidas para seguir na disputa.

O desfile de biquíni, com a trilha sonora de Luedji Luna, contou com peças em diferentes cores e uma saída de praia amarela no formato de saia. Bianca Scheren usou um biquíni marsala. 

Depois, foi a vez de revelar as integrantes do top 10: Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Santa Catarina, Piauí, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio Grande do Norte e Tocantins continuaram na busca pela coroa. O júri responsável pela escolha foi formado por Alexandre Herchcovitch, Marcos Proença, Luiza Brunet, Rachel Maia, Natália Guimarães, Mônica Salgado, Taciele Alcolea, Ricky Hiraoka e Leila Schuster. 

Miss Brasil Be Emotion / Divulgação
Miss Minas Gerais acena após conquistar a faixa e a coroaMiss Brasil Be Emotion / Divulgação

Na etapa de gala, as misses usaram vestidos pretos e brancos marcados pelas transparências, franjas e capas. A partir daí foi definido o top 5, composto por Ceará, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio Grande do Norte e Minas Gerais. 

Júlia foi questionada pelos jurados sobre como explicaria o momento do Brasil para um estrangeiro e citou a importância da união do povo e da responsabilidade no exercício do voto. Já a gaúcha Bianca precisou falar sua posição sobre o aborto, e frisou a importância da mulher ser dona do próprio corpo.

A cerimônia ainda foi marcada ainda por referências ao Dia da Mulher. Antes da divulgação das três finalistas, as misses se engajaram na luta contra a violência e fizeram referência à frase “Lute como uma Miss” junto aos apresentadores. Todas estavam vestindo roupas pretas.

Julia chegou à grande final da competição ao lado da Miss São Paulo e da Miss Ceará. Nas redes sociais, ela foi comparada a cantora britânica Dua Lipa pelo seu corte de cabelo curtinho.

Entre os jurados que elegeram a Miss Brasil em 2019 estão Luiza Brunet, Wanderley Nunes, Alexandre Hercovitch e a Miss Brasil 2007, Natália Guimarães.

(Fonte: Dona da Gente)

 

Diretor presidente do bloco Rogério Jr.

Bloco A Onda quebra recorde de público no enceramento do carnaval 2019, em Afogados da Ingazeira, diretor presidente  Rogério Júnior conseguiu mais uma vez fechar com chave de ouro o carnaval do Gigante do Sertão nesta terça feira (05).

O puxador foi Gabriel Diniz na sua 18ª edição do bloco, ele  atraiu mais de 20 mil  que seguiu o trio elétrico na avenida Rio Branco, embalada por seus maiores sucessos, entre elas a música mais tocada do carnaval ” O nome dela é… “Jenifer” foi a primeira do show levando a multidão a euforia.

 Cidades como: Serra Talhada, Recife, Carnaíba, Quixaba, Iguaracy, Sertania, Ingazeira, Flores, Princesa Isabel, Monteiro, Patos, Custódia  marcaram presença,  Afogados se corrobora efetivamente como o maior carnaval do interior pernambucano na região do sertão.

 Foram  quatro dias de muito agito, passaram na avenida os puxadores  Igor Kannário, Ramon Schnayder, Aldair Playboy e a grande atração Gabriel Diniz que estourou em todo Brasil foi o destaque do ano 2019 a hit do ano mais 161 milhões já visualizaram da música Jenifer se consagrando entre as grandes feras da musica popular em nosso país.

 

Ramon mais um vez provou porque é o querido do carnaval em Afogados no Bloco a Onda, ontem dia (03), na 18° edição no segundo dia do maior carnaval do Sertão ano 2019, ele levantou a multidão na avenida dando show de animação sendo aclamado, Afogados é a única cidade  do sertão pernambucano com um bloco que arrasta uma legião de mais 20 mil pessoas, associados é o maior do interior por isso leva o nome o Gigante do Sertão.

 

Hoje o puxador  fica por conta de Aldair Playboi às 21hs.

Ó abre alas que a equipe do Monteiro Lobato vai passar!

Nesta  última quinta (28), foi o dia dos foliões da Escola Monteiro Lobato colocar o Bloco na rua.

Uma linda equipe formada pela coordenação da escola, professores, alunos, familiares e um grande público que prestigiava o evento.

Com diversas apresentações elaboradas pelos alunos e professores, animaram ainda mais a comemoração que teve percurso da escola até a praça Monsenhor Arruda Câmara.

Confiram as fotos:

Clique no Link abaixo para ver as outras fotos:

https://www.facebook.com/marcos.monthinelly/media_set?set=a.2330737393837652&type=3

Publicado por Marcos Montinelly em Sábado, 2 de março de 2019

 

A noite deste Domingo (16) foi cheia de luz e fé em Afogados da Ingazeira com a inauguração da iluminação/decoração natalinas na Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara, em frente à catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios. 
A iluminação conta com mais 500 piscas em led branco, iluminando peças decorativas como o trenó do Papai Noel, túnel que dá acesso ao presépio, velas decorativas, árvore de natal e um grande letreiro com os dizeres “Feliz Natal”. O presépio montado pela Prefeitura traz peças em tamanho real, e foi abençoado pelo Padre Gilvan Bezerra. 
Um bom público prestigiou a inauguração das peças decorativas, que, de imediato, tornaram-se pontos atrativos para fotos e selfies. A cerimônia contou com as presenças do Prefeito José Patriota e primeira-dama, Madalena Leite; Vice-Prefeito Alessandro Palmeira e esposa, Vereadores, além do Secretário de Cultura e Esportes, Edygar Santos, e o seu adjunto, César Tenório, sob quem ficou a responsabilidade pela decoração e iluminação natalinas. 
A noite também teve apresentações dos Músicos da Escola Municipal Bernardo Devanir Ferreira, e das alunas da Escola Argemiro Veras, da cidade de Ingazeira, que ao som de Todas as Nossas Senhoras, de Roberto Carlos, dançaram e encantaram o público que lotou a praça.
“Esse ano pensamos em uma decoração mais iluminada, aproveitando também a iluminação fixa da praça, para que não só a população, mas também os visitantes possam não só tirar foto mas lembrar que Jesus é luz, é paz, e é essa a mensagem que queremos passar para as pessoas com a decoração desse ano”, destacou Cesar Tenório.
O Prefeito José Patriota destacou a alegria do momento, em poder compartilhar com a população a alegria dessa inauguração. “Essa é uma noite de muita alegria e também de demonstração de fé, pois todos os anos a inauguração da decoração natalina reúne várias famílias, jovens, crianças e idosos em um só sentimento, o de gratidão e de amor por tudo o que representa Jesus Cristo em nossas vidas”, destacou Patriota.
Segundo o Secretário de Cultura, Edygar Santos, a programação para as festas de fim de ano será lançada pela secretaria ainda esta semana, mas já conta com nomes confirmados como o tenor Igor Alves, da cidade de Triunfo.

O mais moderno aparelho, um circuito completo de Beleza e alta tecnologia

Espaço Estética Raio de Sol, localizado na Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara Nº 103, 1º Andar, centro, Afogados da Ingazeira, conta com os serviços da Esteticista Roberta Nogueira, especialista em Dermoestética Cosmetológica, atuando na saúde da população de Afogados e Região.

O espaço Estética Raio de Sol conta com os seguintes serviços:

• Tratamento de gordura localizada e flacidez:
Métodos:
Lipomodelagem 4D LIPOLYSIS

•Tratamento de celulite;
Método Lipomodelagem 4D LIPOLYSIS

•Tratamento de estrias Método: STRIORT

•Drenagem linfática facial e corporal;

•Drenagem linfática em gestantes e pós cirúrgico

•Massagem Relaxante

•Tratamento de rejuvenescimento facial.

E atualmente, o Espaço Estética Raio de Sol está inovando com um máquina de última geração, o BODY HEALTH.

Você sabe o que é?

Não?

Então venha conhecer! Marque logo sua avaliação pelo telefone: (87) 9 9938-5486, venha cuidar da sua Beleza e seu Bem- estar.  

Criofrequência

BODY HEALTH

O que é? Atualmente, é considerada pelos especialistas uma das 5 máquinas mais poderosas, principalmente porque “ataca” o trio inimigo de todos os corpos: celulite, gordura localizada e flacidez. Além disso, o procedimento pode também ser feito na face, produzindo um lifting instantâneo, progressivo e duradouro desde a primeira sessão.

Como funciona? A Criofrequência funciona emitindo radiofrequência, através de conversão de energia elétrica em calor. Quando os pólos estão em temperaturas abaixo de zero com um efeito frio calor, isto provoca uma contração imediata do tecido estimulando a produção de colágeno e elastina, obtendo um efeito lifting instantâneo de modo não invasivo.

A máquina tem uma ponteira ultra congelada que esfria a epiderme a menos 10 graus C, provocando a contração imediata das fibras de colágeno, garantindo o efeito lifting no corpo. “O choque térmico entre o frio e o quente aumenta a eficiência da técnica, trazendo resultados contra a flacidez em menos tempo”, explica Liliane. Além disso, é capaz de trabalhar ao mesmo tempo a flacidez de pele e o contorno corporal, reduzindo de 20 a 25% da gordura corporal.

Terceira edição consolidou feira

Entre os dias 28 de novembro a 01 de dezembro, a Prefeitura Municipal de Afogados da Ingazeira, em parceria com a Unidade Sertão Central, Pajeú, Moxotó e Itaparica do Sebrae/PE, vai realizar a IV Feira de Empreendedorismo, na Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara.

O evento, que tem como objetivo fortalecer a economia local, com a participação de empreendedores de diversos segmentos, contará com palestras, rodadas de negócio, apresentações culturais e Feira de negócios.

De acordo com a analista do Sebrae, Leila Monte, todos os expositores receberam capacitações sobre: Como Participar de Feiras e Vitrinismo, com o objetivo de melhor se prepararem para receberem seus clientes.

“Montamos essas capacitações para que os expositores percebam as melhores formas e técnicas de apresentarem-se, tanto com relação aos produtos e serviços, quanto em suas abordagens no momento da venda”, conta a analista.

Ainda, segundo a analista, 10 municípios do Pajeú irão participar da feira. “Estes municípios participam do Programa Território Vivo do Sebrae, que tem como principal objetivo o desenvolvimento do territorial, valorizando o comércio, cultura, gastronomia e turismo de toda região e não só de uma cidade específica”, ressalta Leila completando: “Nesse ano, teremos o Espaço do Sebrae, onde acontecerão: Atendimentos, jogos empresariais e orientações”.

A Feira acontece todos os dias das 19h às 22h. As inscrições das palestras são gratuitas e podem ser feitas no dia e local do evento.

Programação:

Quarta, 28/11:

18h – Balé Infantil

18h30 – Orquestra Sanfônica (Carnaíba)

19h30 – Xaxado Nascer do Sol (Quixaba)

20h – Abertura Oficial

21h – Lindomar Souza

Local: Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara

Quinta, 29/11:

08h – Rodada de negócios com o segmento de beleza (IFPE – sala 01)

08h – Rodada de negócios com o setor gastronômico e agricultura familiar (IFPE – sala 02)

Local: Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara

18h – Capoeira “Cordão de Ouro”

18h40 – Academia Estação Atlética (Zuma)

19h20 – Aulão de ritmos com estudantes de educação física – UNIP

20h – Academia Xtreme (funcional)

20h40 – Academia Falcon (Step and Jump)

21h20 – Chikão Team Jiu Jitsu

Sexta, 30/11:

08h – Fórum Regional de Secretários e dirigentes de desenvolvimento econômico e Encontro Regional de Atores de Desenvolvimento (IFPE – auditório)

Local: Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara

18h – Samba de Coco (Iguaracy)

18h40 – Balé cultural de Afogados da Ingazeira e Balé Cultural Expressart

19h20 – Xaxado bandoleiros (Solidão)

19h50 – Reisado do Santo Antônio (Afogados da Ingazeira)

20h30 – Desfile da grife Moda Matuta

Sábado, 01/12:

18h – Noite de autógrafos com os poetas Alexandre Morais, Wellington Rocha, Elenilda Amaral, e Zé Alberto. Lançamento do livro “Música para o povo que não ouve”, do músico Cannibal, vocalista da Banda Devotos de Recife.

19h – Talk show com o poeta Antonio Marinho

20h – Encerramento oficial

21h – Mesa de Glosa com os poetas Dudu Morais (Tabira), Zé Adalberto (Itapetim), Francisca Araújo (Iguaracy) e os poetas Afogadenses Alexandre Morais, Wellington Rocha e Elenilda Amaral. Mediação de James Manu (Tabira)

Local: Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara

Nas cidades onde houver feriado, data limite é dia 29; quase 85 milhões de pessoas devem receber um total de R$ 211,2 bilhões em 2018

Termina no próximo dia 30 (sexta-feira) o prazo para o pagamento da primeira parcela do 13º salário de 2018. Nas localidades onde for feriado, como o Distrito Federal (que comemora o Dia do Evangélico), a gratificação deve ser paga até o dia 29. A data limite para a segunda parcela é 20 de dezembro.

Para este ano, a previsão é de que 84,5 milhões de pessoas recebam o 13º salário, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). São 48,7 milhões de trabalhadores ativos e 35,8 milhões de aposentados e pensionistas. A instituição estima que R$ 211,2 bilhões sejam injetados na economia (R$ 139 milhões dos empregados formais ativos). O valor médio do benefício é de R$ 2.320 por pessoa.

O 13º salário tem natureza de gratificação (gratificação natalina) e está previsto na Lei 4.749/1965. A determinação é de que o benefício seja pago em duas vezes e que a primeira parcela seja quitada entre 1º de fevereiro e 30 de novembro.

Quem recebe – Todo trabalhador que atuou por 15 dias ou mais durante o ano – e que não tenha sido demitido por justa causa – tem direito à gratificação. Quem se desligou da empresa deve receber pagamento proporcional ao período trabalhado.

Com a modernização trabalhista, é proibido que convenção e/ou acordo coletivo de trabalho suprimam ou reduzam o 13º salário. Para os contratos intermitentes, o empregado recebe também o proporcional, mas ao final de cada prestação de serviço.

Atraso – Quem não receber a primeira parcela até a data limite deve procurar as Superintendências do Trabalho ou as Gerências do Trabalho para fazer a reclamação. Outra opção é buscar orientação no sindicato de cada categoria. A empresa que não fizer o pagamento no prazo pode ser autuada por um auditor-fiscal do Ministério do Trabalho e pagar multa pela infração.

O pagamento da primeira parcela pode ocorrer também por solicitação do próprio trabalhador, por ocasião das férias. Neste caso, o empregado deve fazer o requerimento por escrito ao empregador até janeiro do mesmo ano. 

Afogados: Incêndio a margem da PE-320 mobiliza Bombeiros

Na tarde desta terça-feira (20), militares do Posto Avançado do Corpo de Bombeiros tiveram muito trabalho para conter o avanço de um incêndio que consumiu boa parte da vegetação existente às margens da rodovia PE-320, que liga Afogados da Ingazeira a Tabira.

O fogo ameaçava atingir algumas propriedades rurais próximas e deixou o trânsito perigoso por conta da fumaça. A vegetação seca contribuiu para alastrar ainda mais as chamas.

A reportagem do blog do Itamar França foi ao local e constatou outros focos de incêndio entre as duas cidades. Além de diminuir a umidade do ar, as queimadas causam problemas respiratórios, e colocam em risco casas, animais e a rede elétrica.

Afogados: Morre aos 94 anos o “Doutor Aloísio Arruda”

Faleceu agora pela manhã no Hospital da Unimed, aos 94 anos, o odontólogo Aloísio Arruda. Ele lutava contra um quadro de insuficiência respiratória na UTI da unidade, que evoluiu para insuficiência renal. Ele sentiu-se mal há 15 dias e foi levado para a unidade. Ainda não há detalhes de velório e sepultamento Em outubro, o blog homenageou o profissional pela bela festa que brindou suas mais de nove décadas.

Em 29 de setembro, filhos, netos, bisnetos, demais familiares e amigos se reuniram no espaço Olga Cajueiro para uma justa homenagem ao odontólogo. “Doutor Aloísio, que no auge dos seus 94 anos, é parte da memória viva de Afogados da Ingazeira, cidade que abraçou como sua. 

Alvirrubro apaixonado, daqueles que chamavam os amigos em casa só para brindar fracassos de rubro-negros e tricolores com muito bom humor, compensava o que o tempo lhe tirou da visão com os ouvidos, como radio ouvinte de prefixos como Jornal, CBN e Pajeú de Afogados da Ingazeira. Com isso, era mais atualizado que a geração WhatsApp, capaz de discutir os temas mais contemporâneos com plena lucidez.

Quantos bons frutos a partir de seu Aloísio e Dona Ivone! Mais que a formação acadêmica e caminho de cada um, fica o sentimento de que o casal soube edificar personalidades,  construir um legado, replicar na prole os valores que não são definidos por fatores econômicos, mas sim por patrimônio humano.

Gentilmente, o historiador Fernando Pires nos cedeu texto a partir de entrevista com o Doutor Aloísio:

Aloisio Arruda nasceu em Cabaceiras (PB) no dia 29 de setembro de 1924, na fazenda Riacho Grande, em virtude de seus genitores, naturais de Surubim (PE), estarem residindo naquela localidade, onde permaneceram 10 anos.

Quando tinha três anos de idade, a família retornou para Surubim, onde fez o curso primário. O ginasial cursou em Limoeiro. E para dar continuidade aos estudos, teve que se deslocar para o Recife, em 1943, quando contava 19 anos, e onde, no Ginásio Pernambucano fez o curso científico.

Em 1945 foi submetido ao vestibular de Odontologia e, logrando êxito, estudou na Faculdade de Odontologia do Recife, formando-se em 1948. Em seguida foi para Lajedo (PE) para exercer a profissão de Odontólogo, ficando naquela cidade uns 5 meses. Mas, a sua aspiração era o sertão pernambucano.

Através de um amigo do Recife, Heraldo Reis da Silva Rêgo, que conhecia o então comerciante afogadense José Torreão, foi conhecer a cidade de Afogados da Ingazeira em companhia do Heraldo, aonde chegaram em meados de 1949. Na cidade iria conhecer o médico Hermes de Sousa Canto, contemporâneo do seu irmão, também médico.

Recorda-se que a viagem foi de trem, pela Rede Ferroviária Federal que acabara de chegar a Afogados da Ingazeira. O trecho entre Sertânia e o seu destino final estava em fase de testes, senão teria vindo em cima de caminhão ou em marinete que faziam essa rota.

Tem vaga lembrança sobre sua estada na cidade, mas que passou um dia fazendo o reconhecimento, e ficou na hospedaria de dona Milinha, localizada nas imediações dos Correios e Telégrafos, onde funcionou a X Dires. Aqui tomou conhecimento da existência do Doutor Wilfredo, também odontólogo, e do protético Otávio Ferreira.

Sua decisão foi imediata: gostou da cidade e disse que viria residir no sertão. Voltou no dia seguinte à capital pernambucana para se organizar e retornar àquela que seria o seu porto seguro para o resto da vida.

Não havendo qualquer objeção da família, em 9 de agosto de 1949 se mudou para o sertão do Pajeú. Vizinho à hospedaria alugou uma sala onde instalou seu consultório odontológico. Na sua bagagem, trouxe uma carta de apresentação do irmão que foi colega de turma (em 1938 ) do médico Hermes Canto, lhe apresentando.

Aqui também encontrou os médicos Herbert Miranda Henriques e Vicente Jesus Lima.

Estabelecido na pequena cidade sertaneja, exerceu com dedicação, por muitos anos, sua profissão de dentista em Afogados e cidades circunvizinhas, além de atender através do sindicato, aos funcionários da Rede Ferroviária Federal.

Seu primeiro contato com a jovem Ivone Góes, aquele que viria a ser sua esposa, se deu no dia 8 de dezembro de 1949, em meio às festas de final de ano, quando se colocavam mesas defronte à Igreja e as famílias envolvidas pelos momentos festivos natalinos e de final de ano, se confraternizavam.

Algum tempo depois eles iniciaram o namoro pra valer. Dona Ivone dizia: “Aloísio era muito assediado pelas garotas afogadenses, por ser jovem, bonito e com graduação superior”.

No dia 4 de setembro de 1955, na Catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios, o jovem casal subiu ao altar para selar o compromisso de amor. O celebrante, Padre Antônio de Pádua Santos abençoou a união. Aloísio contava 31 anos de idade incompletos e dona Ivone 28.

Os frutos desse matrimônio foram 6 filhos: Alexandre, Valéria, Verônica, Aloísio, Isabel e Ana Tereza.

O imóvel onde reside até hoje foi construído por Herbert de Miranda Henriques, quando médico em Afogados da Ingazeira, na déc de 50.

Exímio professor de matemática, Dr. Aloísio Arruda ensinou nas principais escolas da cidade. Recorda-se de alguns alunos: Josezito Padilha, Virgílio Amaral, Newton César, José Virgínio Nogueira, Alberto Virgínio Nogueira, Cláudio Virgínio Nogueira, Silvano Queiróz (Bombinha), Silvério Queiróz, Claudete Oliveira, Adailton Vidal, Fernando Pires entre muitos outros.

Dentre os inúmeros postos de responsabilidade assumidos por ele, citamos a Secretaria da Prefeitura Municipal de Afogados da Ingazeira nos governos de Miguel de Campos Góes, José Rodrigues de Brito e João Alves Filho (no primeiro mandato). Também secretário da Escola Normal Rural e do Ginásio Mons. Pinto de Campos; diretor do ACAI e Fiel da Companhia de Armazéns Gerais do Estado de Pernambuco – CAGEP. Manteve convênio com o Sindicato dos Ferroviários.

Recordava-se do bar do senhor Aurélio Pires,  avô de Fernando Pires, localizado na praça Domingos Teotônio, hoje Mons. Alfredo de Arruda Câmara, onde ele, Doutor Hermes, Doutor Serpa e outros amigos passavam momentos de descontração.

Dr. Aloísio se aposentou nos anos 1970. Em janeiro desde ano sofreu uma grande perda com o falecimento de dona Ivone Arruda, sua esposa.

Fotos de Júnior Finfa

Foi preso na manhã deste sábado (17), Flávio de Lima Monteiro, conhecido por “Fatoka“, considerado o líder da facção criminosa Okaida (OKD) uma organização criminosa da Paraíba que atua em Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa.

Fatoka” foi preso durante uma ação da Polícia Federal e a PM de Alagoas. o acusado é um dos presos que fugiu do PB11 durante uma ação em massa de detentos, ocorrida em setembro.

Fatoka” estava em uma casa de veraneio curtindo uma praia quando foi preso com documentos falsos.

 

Apartamentos para alugar em Afogados:

Mega-Sena: Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 43,5 milhões

 

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.098 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (17) em Nazaré Paulista (SP). O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 02 – 08 – 18 – 27 – 38 – 60.

A quina teve 85 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 33.312,96. Outras 6.551 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 617,48. O próximo concurso (2.099) será na quarta-feira (21). O prêmio é estimado em R$ 43,5 milhões.

Resultado de imagem para expoagro santana o cantador blog marcos montinely

A Festa que começa às 22hs com Santana o Cantador 

A meia noite com o Grande Encontro. 

Hoje na Festa de Zé Dantas em Carnaíba,  na programação dedicada ao grande compositor do rei do Baião Luiz Gonzaga.

Alceu Valença de São Bento do Una, Geraldo Azevedo de Petrolina e Elba Ramalho da Cidade de Conceição na Paraíba,  serão as atrações .

 

Entre os dias 28 de novembro e 01 de dezembro, a Unidade do Sebrae no Sertão Central, Moxotó, Pajeú e Itaparica, e a Prefeitura Municipal de Afogados da ingazeira, realizarão a IV Feira do Empreendedorismo. De acordo com a analista Leila Monte, a feira contará com 100 expositores do comércio, serviço e indústria da região.  “O evento conta ainda com a arena gastronômica, que terá 20 expositores, entre bares, restaurantes e lanchonetes”.

A Arena Gastronômica foi uma novidade do Sebrae, lançada em 2017, que tem obtido grande sucesso em todas as feiras que se fez presente. “Todos os expositores passam por treinamentos e cursos oferecidos pelo Sebrae”, explica Leila.

Participarão da Feira do Empreendedorismo mais de 10 municípios do Pajeú, que fazem parte do Programa Território Vivo do Sebrae, cujo objetivo é construir uma agenda de trabalho e planejamento coletivo para fortalecer a capacidade de desenvolvimento econômico e qualidade de vida à população.

A feira é gratuita. Mais informações pelo número (87) 3831-1552. Na quarta-feira, dia 28, às 18h, Apresentações Culturais e às 20h, a abertura oficial. Às 21h, apresentações culturais. Quinta-feira, dia 29, das 08h às 17h, Encontro de Atores de Desenvolvimento – IFPE. Paralelamente,  Encontro de negócios – Gastronomia (Restaurantes / Bares / Hotéis / pousadas – Agricultores),  Encontro de Negócios – Beleza (Fornecedores – Cabeleireiros / Manicure), também no  IFPE. Das 19h às 20h,  Espaço Fitness. E das 20h às 22h o Talk Show “Blogueiros”, no Auditório da Secretaria de Educação.

Na sexta-feira, dia 30, das 08h às 12h,  Fórum de Secretários. Das 13h às 17h,  Seminário Cooperativas Financeiras e às 20h, Desfile Moda Matuta, todos no IFPE. No sábado, dia 01/12, 19h haverá o encerramento. Às 20h, Talk Show: Artista Empreendedor no Auditório da Secretaria de Educação e às 21h, Mesa de Glosa.

“Sandro das antenas” ou “da moto movida a água”. É assim que o paraibano Sandro Alves de Oliveira, de 37 anos, é conhecido pelos moradores da cidade de Alagoa Nova, no Agreste da Paraíba, depois que inventou um sistema que faz com que a motocicleta dele seja movida a água, através de um reator de alumínio, em que as moléculas de hidrogênio se tornam o combustível para a moto.

Sandro diz que resolveu criar o sistema para fazer a moto funcionar com água após a greve dos caminhoneiros na Paraíba, em maio deste ano. “Com a falta de gasolina naquele tempo e com o alto preço do combustível, decidi criar esse sistema com água para economizar”, explica ele.

Segundo o inventor, a moto faz 1.000 km com apenas 1 litro do líquido. “Eu comecei a desenvolver uns negócios aqui dentro de casa. Fiz uma célula de hidrogênio, coloquei uma bateria, um produto dentro da água e a moto explodiu, consigo andar na cidade toda com ela”, revela.

Sandro diz que resolveu criar o sistema para fazer a moto funcionar com água após a greve dos caminhoneiros na Paraíba, em maio deste ano — Foto: Érica Ribeiro/G1

Sandro diz que resolveu criar o sistema para fazer a moto funcionar com água após a greve dos caminhoneiros na Paraíba, em maio deste ano — Foto: Érica Ribeiro/G1

Questionado sobre os experimentos serem perigosos, Sandro diz que fez o projeto com muito cuidado.“Não é perigoso quando a gente sabe exatamente a quantidade de produto que precisa ser colocado junto com a água, eu fiz direitinho e deu certo”, explica.

Mas antes de ficar conhecido na cidade pela invenção da motocicleta movida a água, alguns moradores já sabiam quem era Sandro. O primeiro trabalho do inventor foi desenvolver antenas para TV e é isso que ele faz até hoje.

O primeiro trabalho do inventor Sandro Alves, de Alagoa Nova, no Agreste da Paraíba, foi desenvolver antenas para TV e é isso que ele faz até hoje — Foto: Érica Ribeiro/G1

O primeiro trabalho do inventor Sandro Alves, de Alagoa Nova, no Agreste da Paraíba, foi desenvolver antenas para TV e é isso que ele faz até hoje — Foto: Érica Ribeiro/G1

 

“Hoje em dia é tudo digital, eu comecei a trabalhar fazendo antenas e tá dando certo. Eu criei minha própria antena pra mostrar aos vizinhos e depois eles começaram a me pedir pra fazer pra casa deles”, conta.

A produção de uma antena dura cerca de 25 minutos. Além desse trabalho, Sandro aprendeu sozinho a consertar eletrodomésticos e eletrônicos e hoje é procurado pelos moradores para fazer esse serviço.

Genaldo Gonçalves, que se mudou recentemente para a Avenida São Sebastião, onde a casa de Sandro fica localizada, diz que conheceu o trabalho do inventor através de amigos e das redes sociais.

“Eu ouvi falar do Sandro e das invenções dele, e o que impressiona é por ele não ter estudo e desenvolver tão bem esse trabalho com eletrônicos. As pessoas da cidade procuram consertar os aparelhos eletrônicos com ele, porque ele é muito inteligente”, afirma.

‘Inventor’ nasceu na zona rural da cidade e nunca estudou

Sandro nasceu na zona rural do município e há dez anos mudou-se para o Centro da cidade. O inventor nasceu com uma deficiência que compromete a fala. Ele diz que não sabe ler, nem escrever, e que aprendeu sozinho a consertar eletrônicos e criar suas invenções. “Eu só sei assinar meu nome, porque eu tive problema de cabeça e nunca consegui estudar”, explica

Mas o quarto da casa já não é suficiente para guardar todo o material. Sandro conta que quase todos os dias moradores vão até a residência e entregam eletrônicos velhos para que ele utilize em seus projetos.

Sandro Alves tem um quarto reservado só para colocar os materiais que irão ser utilizados nas novas invenções, em Alagoa Nova, no Agreste da PB — Foto: Érica Ribeiro/G1

Sandro Alves tem um quarto reservado só para colocar os materiais que irão ser utilizados nas novas invenções, em Alagoa Nova, no Agreste da PB 

Para as criações, o inventor conta com a ajuda do amigo desenhista José Carlos, de 30 anos. “Eu conheci o Sandro desde que ele veio morar aqui na Avenida São Sebastião, aí a gente começou a inventar esses projetos. Eu ajudo ele com os desenhos e na produção das antenas também”, diz José Carlos.

Umas das primeiras invenções de Sandro, que o amigo José Carlos ajudou a criar, foi a miniatura de um trio elétrico com materiais recicláveis. O projeto chama a atenção dos moradores da cidade, que querem vê de perto a criatividade do inventor alagoa-novense.

“Tem uns que eu ainda consigo consertar, mas os que não servem mais eu desmonto e uso para fazer outras coisas”, diz ele.

Umas das primeiras invenções de Sandro foi a miniatura de um trio elétrico feito de materiais recicláveis, em Alagoa Nova, na PB — Foto: Érica Ribeiro/G1

Umas das primeiras invenções de Sandro foi a miniatura de um trio elétrico feito de materiais recicláveis, em Alagoa Nova, na PB — Foto: Érica Ribeiro/G1

STF – FILHO DE BOLSONARO TERÁ QUE RESPONDER DENÚNCIA DE AMEAÇA A JORNALISTA

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, e reeleito este ano com a maior votação da história da Câmara, foi notificado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na última terça-feira para responder à denúncia de ameaça de uma jornalista.
Patrícia Lélis, que também foi candidata este ano ao cargo de deputada federal, pelo PROS, mas não foi eleita, ficou conhecida por acusar, em 2016, o deputado e pastor Marcos Feliciano de estupro, quando virou ré por falsa comunicação de crime. Dessa vez, ela acusou Eduardo Bolsonaro de ter ameaçado ela de morte por meio de um aplicativo de celular. Na versão dela, a desavença começou quando ela revelou o relacionamento que eles tiveram quando ela trabalhava no antigo partido do deputado, o PSC (Partido Social Cristão). 
“Foram 3 anos e 8 meses em um relacionamento abusivo. Eu estou percebendo que tudo na vida evolui, menos você”, escreveu a jornalista em uma rede social. Eduardo chegou a gravar um vídeo negando o relacionamento. Em seguida, a jornalista publicou fotos da conversa que teria tido com o deputado por meio de um aplicativo, onde ele a ameaça de morte.
Em abril deste ano, Eduardo Bolsonaro foi denunciado pela Procuradoria Geral da República (PGR). O crime apontado pela procuradora-geral Raquel Dodge foi o de ameaça por palavra ou gesto, que prevê prisão de um a seis meses – considerado um crime de menor potencial ofensivo.
A notificação do STF foi assinada por Eduardo Bolsonaro na terça-feira e ele terá 15 dias – até 14 de novembro – para responder.

 

Gonzaga Patriota nega alteração do destino de tratores em Tabira

O Deputado Gonzaga Patriota negou em áudio enviado ao blog que tenha havido alteração no destino de dois tratores para Tabira, fruto de uma emenda parlamentar do deputado.

“Gonzaga não alterou os destinos dos tratores. Essa emenda está disponível a mais de quatro meses. Além do mais Gonzaga é amigo pessoal de Genedy”, disse Valdemir Amaral.

Os tratores foram pleiteados pela ex-vice-prefeita Genedy Brito e pelo empresário Paulo Manú em favor das Associações Rurais de Poço Redondo e Picada. .

“Esses tratores foram pedido da minha amiga Genedy Brito e do amigo Paulo Manú. As comunidades foram indicadas ao prefeito e acredito que ele faça o encaminhamento através da Câmara a essas comunidades. E vou continuar indicando emendas para essa terra”, disse o parlamentar.

Com a chegada de um voo regular da empresa azul ao Sertão do Pajeú, aumentou o interesse do trade turístico nas potencialidades da região. O Prefeito de Afogados da Ingazeira reuniu ontem (31) profissionais do turismo, no hotel Brotas, para apresentar ao segmento as potencialidades do município. Ele esteve acompanhado do Vice-Prefeito Alessandro Palmeira e da Secretária de Administração, Flaviana Rosa.
Para um público formado por agentes de viagem, guias turísticos, representantes do setor hoteleiro e jornalistas do segmento turístico, o Prefeito apresentou diversos vídeos mostrando o potencial da cidade e atrativos importantes como a Serra do Giz e suas inscrições rupestres, a beleza arquitetônica da catedral do Senhor Bom Jesus dos Remédios, o cineteatro São José, o museu do Rádio, a infraestrutura hoteleira e de receptivo. Tiago Késsio e Mateus Abel recitaram versos de poetas do Pajeú, mostrando a riqueza poética da região.
“O Pajeú como um todo tem muitos atrativos, seja em sua geografia privilegiada, seja na riqueza da sua cultura, dos seus poetas e cantadores, suas igrejas, a religiosidade do seu povo, enfim, temos muito a mostrar aos turistas. Precisamos aprender a vender bem nossas potencialidades. Esse encontro é uma troca. Mostramos o que temos e aprendemos como atrair os turistas, segmento importante para alavancar nossa economia,” destacou o Prefeito Patriota. 
Patriota também chefiou uma delegação de Afogados a um encontro do segmento do turismo realizado esta semana em Triunfo, no Centro de convenções do SESC, reunindo diversas Prefeituras do Pajeú cujos municípios serão beneficiadas com o Aeroporto sediado em Serra Talhada.
Afogados da Ingazeira apresentou o estande com as belas roupas da Moda Matuta, divulgação do Hotel Brotas e o empresário, Antonio Ângelo, que representou a rede gastronômica da cidade.
Durante o Voo do Desenvolvimento, aconteceram rodas de negócios entre as empresas participantes, e a roda de debate com os representantes da ABAV (Associação Brasileira de Agentes de Viagens), FECOMÉRCIO, Sebrae, CDL Serra Talhada, e os Prefeitos João Batista (Triunfo), Djalma Alves (Solidão) e José Patriota (Afogados).
Apartamentos para alugar em Afogados.

Na semana passada foi firmado um convênio entre a Prefeitura de Ibimirim, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Governo de Pernambuco, através da Secretaria Executiva de Recursos Hídricos, para liberação de kits de irrigação aos pequenos agricultores do município. Os sistemas do tipo gotejo deverão melhorar o padrão alimentar e renda das famílias beneficiadas.

Além de Afogados da Ingazeira, a ação contempla outros 29 municípios do Agreste e Sertão, entre eles, Serra Talhada, São José do Egito, Salgueiro, Custódia, Inajá, Ibimirim, Floresta, Tacaratu, Itacuruba, São José do Belmonte, Araripina, Passira, Cumaru, Buíque, Tupanatinga, Águas Belas, Pedra, Jupi, Lagoa do Ouro, Pesqueira, Sanharó e Bom Jardim.

Os kits são formados por caixas d´água de mil litros, bombas, mangueiras, adaptadores, torneiras, tubos, abraçadeiras galvanizadas e outros itens necessários para a instalação do sistema de gotejamento.

Nova loja de atendimento da Compesa na Avenida Guararapes, em Petrolina/Foto divulgação

Em nota oficial emitida pela assessoria, o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, o ex-presidente João Bosco de Almeida e a ex-diretora de Engenharia Ana Maria Torres esclarecem que a ação de improbidade que tramita na 35ª Vara Federal do Cabo de Santo Agostinho teve origem em relatório preliminar do Tribunal de Contas da União (TCU), o qual analisa preços supostamente superiores ao mercado, na aquisição de tubos de ferro e de aço no contrato relativo à obra do Sistema Adutor de Pirapama.

No âmbito do TCU a auditoria em questão ainda não foi concluída, em virtude da defesa apresentada pela Compesa, “não havendo, portanto, decisão final do TCU que confirme as suspeitas relativas a eventual irregularidade no contrato”, ressalta a nota.

Eles esclarecem, ainda, que o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) reformou decisão anterior do mesmo juiz, que havia decretado a indisponibilidade de bens dos gestores nesse mesmo processo, afastando a responsabilidade dos dirigentes da Compesa, decisão esta que foi confirmada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) por unanimidade.

Registram também que o Sistema Pirapama foi uma das obras mais importantes para a Região Metropolitana do Recife, responsável pelo aumento de 50% na produção, e foi concluída com êxito para benefício de milhões de pernambucanos, tendo sido demonstrado pela Compesa a correção dos preços praticados, cujas cotações foram realizadas por técnicos competentes, com base em tabelas oficiais vigentes à época, tendo sido tais preços apreciados e validados pelo Tribunal de Contas do Estado (e confirmados como abaixo do mercado em licitações posteriores feitas pela própria Compesa).

Funcionários públicos de carreira, com serviços prestados nos cargos que já ocuparam e conscientes de que atuaram com lisura e zelo com a coisa pública, os gestores confiam na reforma de tal decisão, quando do julgamento do processo pelos Tribunais competentes”, fecha nota.

A Lei da Desburocratização, sancionada nesta terça-feira (16), vai assegurar um atendimento eficaz e rápido nas repartições públicas. Entre as novidades está o fim da exigência do reconhecimento de firma e de cópia autenticada de documentos.

Segundo a Lei 13.726, de 2018, o cidadão não precisará apresentar a certidão de nascimento se estiver com a carteira de identidade ou de habilitação. Para o autor, senador Armando Monteiro (PTB-PE), a nova lei obriga as repartições públicas a buscarem no banco de dados dos demais órgãos públicos, certidões ou documentos do cidadã

Apesar de o 12 de outubro ser um dos feriados mais aguardados pelos brasileiros, poucas pessoas sabem por que ele é comemorado em todo o país. Não é pelo Dia das Crianças que foi criado na década de 1920, quando o deputado Galdino do Valle Filho teve a ideia de homenagear as crianças no dia 12 de outubro, e foi oficializada pelo presidente Arthur Bernardes, em 1924. Mas, sim, por conta de uma celebração católica: a data presta homenagem à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

A imagem da santa negra foi encontrada em 1717 por três pescadores no Rio Paraíba (SP), chamado à época de Rio Itaguaçu. Eles tentavam há horas, sem sucesso, fisgar algum peixe. Em determinado momento, ao puxarem a rede de pesca, içaram a imagem de uma santa degolada. Em nova tentativa, a rede trouxe a cabeça que faltava.

A partir desse momento, as redes dos três pescadores ficaram cheias de peixes. Para eles, foi um milagre da santinha resgatada. Ao limparem a escultura, perceberam que a imagem era de Nossa Senhora da Conceição, mas estava com cor escura devido ao contato com a lama do fundo do rio.

Então, passaram a chamá-la de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Começava assim a história de devoção àquela que viria a ser consagrada padroeira do Brasil.

Em 1954, o Papa tornou a data comemorativa à Nossa Senhora Aparecida (aniversário do aparecimento da imagem milagrosa no rio). Em 30 de junho de 1980, foi publicado o Decreto nº 6.809, no qual o último general-presidente da República, João Batista Figueiredo, tornou o dia da descoberta feriado nacional, em consagração à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

Ela estava internada há pouco mais de um mês por causa de uma infecção e não resistiu

Considerada uma das principais cantoras da história da música brasileira, Angela Maria morreu por volta das 22h deste sábado (29).

Ela estava internada há pouco mais de um mês no Hospital Sancta Maggiore por causa de uma infecção e não resistiu.

A informação sobre a morte foi confirmada à Folha por Rodrigo Giglio, assessor pessoal da artista. Mais cedo ele, o marido e empresário Daniel D´Angelo e o filho Alexandre anunciaram a morte por meio de um vídeo publicado na página oficial da cantora no Facebook.

A intérprete de “Babalu” tinha 89 anos e será velada a partir das 10h deste domingo no Cemitério Congonhas, em São Paulo. O enterro será as 16h.

(Foto: Divulgação)

De 28 a 30 de setembro Afogados da Ingazeira e Iguaracy, no Sertão Pajeú, vão receber o Cine Sesi – projeto que leva cinema de qualidade, pipoca e filmes premiados de graça para cidades, onde a sétima arte não chegou ou tenham cinemas desativados. As apresentações iniciam às 18h30. Em Afogados será em frente à Catedral Senhor Bom Jesus dos Remédios, e em Iguaracy na Academia da Cidade. Nas duas será montada uma grande estrutura com exibição de filmes nacionais, com sistema de sonorização potente e projeto Full HD.

Segundo o superintendente do Sesi-PE, Nilo Simões, o Cine Sesi, além de proporcionar cultura para o trabalhador da indústria, acaba por beneficiar toda a população dos municípios contemplados no projeto, já que as exibições acontecem sempre em praça pública e em locais de grande fluxo de pessoas. “É uma oportunidade de levar cinema de qualidade a todos“, ressalta. “Além de estimular o aprendizado da sétima arte por meio das oficinas de stop motion que são oferecidas“, complementa.

São 17 anos de projeto, 5,2 milhões de pessoas impactadas e apresentações em cerca de 700 cidades de 12 Estados brasileiros. Em Pernambuco, o projeto entra na sua 12ª edição e já foi visto por mais de 1 milhão de pessoas de 118 municípios.

Filmes

Este ano estão em cartaz os seguintes filmes: curtas ‘Plantae’, uma animação de Guilherme Gehr; ‘Próxima’, de Luiza Campos; e ‘Médico de Monstros’, de Gustavo Teixeira. Já os longas, são ‘Pequeno Segredo’, de David Schumann; ‘O Filho Eterno’, de Paulo Machline; e a animação ‘O Touro Ferdinando’, de Carlos Saldanha.

O ‘Pequeno Segredo’ relata a relação da Família Schumann com a menina Kat, uma criança frágil, mas de muita personalidade; enquanto ‘O Filho Eterno’ retrata a história de um casal que espera a chegada do primeiro bebê. Mas a alegria do pai vira incerteza com a descoberta de que o filho tem síndrome de down.

Outro destaque é o ‘Touro Ferdinando’. Grande e forte, mas de temperamento doce, Ferdinando é escolhido por engano para as touradas. Sua verdadeira luta é provar que não se deve julgar ninguém pela aparência. Direção do brasileiro Carlos Saldanha.

Nesta edição a iniciativa já passou por Ouricuri, Santa Terezinha, Trindade e Tabira, Salgueiro, Itapetim, Goiana e Sertânia.

Outras cidades

Até o final de fevereiro do ano que vem o projeto chegar ao Cedro, Triunfo, Itamaracá, Arcoverde, Venturosa, Itaquitinga, Itambé, Macaparana, Machados, Escada, Pombos, Buenos Aires, Cumaru, Limoeiro, Cortês, Moreno, Tabira, Poção, Pesqueira, Cabrobó, Belém de São Francisco, Floresta, São Bento do Uma, Belo Jardim, São José da Coroa Grande, Rio Formoso, Lajedo, Sairé, Alagoinha, Brejo da Madre de Deus, Condado, Lagoa do Ouro, Maraial e Jaqueira. Dessas, 15 vão receber o Cine Sesi pela primeira vez.

Apartamentos para alugar em Afogados:

O presidente da República em exercício, Dias Toffoli, sancionou nesta terça-feira (25) projeto de lei que inscreve o nome do ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes no Livro dos Heróis e das Heroínas da Pátria. 
Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Toffoli assumiu temporariamente o Palácio do Planalto em razão da viagem do presidente Michel Temer aos Estados Unidos.
Feito de aço, o livro fica guardado no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, na Praça dos Três Poderes, em Brasília.
O panteão é um memorial cívico dedicado a figuras ilustres da história do país. O primeiro a ter seu nome inserido no livro foi o inconfidente Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como Tiradentes.
Para que um novo nome seja incluído no livro, o Senado e a Câmara dos Deputados precisam aprovar uma lei.
Também estão no livro nomes como Zumbi dos Palmares, Marechal Deodoro da Fonseca, Chico Mendes, Santos Dumont, Getúlio Vargas, Heitor Villa-Lobos, Leonel Brizola, Zuzu Angel, Machado de Assis e Anita Garibaldi, entre outros.
Trajetória
Nascido em Araripe (CE), Miguel Arraes foi deputado estadual e federal, prefeito do Recife e governador de Pernambuco por três mandatos.
Em 1964, no seu primeiro mandado como governador, foi deposto pela ditadura militar, ficou preso por quase um ano e depois se exilou na Argélia, onde permaneceu por 14 anos.
Um dos principais quadros do PMDB e, posteriormente, do PSB, o político é uma das principais referências da esquerda no Brasil. Arraes morreu aos 88 anos, em 2005, no exercício do seu mandato no Congresso Nacional. (G1)
Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!