Segundo a Secretaria da Saúde do Ceará, “foram feitas alterações que trarão melhorias no processo de consolidação das informações”, o que pode afetar os dados da Covid pelos próximos dias.

O Brasil registrou 248 mortes por Covid e chegou a 591.034 óbitos desde o início da pandemia.

Mais uma vez, os dados do dia foram afetados por problemas em alguns secretarias estaduais de saúde. O Ceará apresentou dados negativos de casos (mais de 12 mil), o que fez com que o total de infecções no dia ficasse também negativo (-2.389).

Segundo a Secretaria da Saúde do Ceará, “foram feitas alterações que trarão melhorias no processo de consolidação das informações”, o que pode afetar os dados da Covid pelos próximos dias.

O estado de São Paulo também relatou problemas e disse que os óbitos notificados são inferiores ao esperado “devido a uma instabilidade no serviço do Sivep, sistema federal onde são notificados os casos graves de Covid-19 e as mortes”.

Segundo a Secretaria da Saúde de São Paulo, o Ministério da Saúde foi notificado, mas não deu retorno.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Estado recebe mais de 100 mil doses de vacinas da Astrazeneca

Imunizantes devem ser utilizados exclusivamente para aplicação de segundas doses

Na tarde desta segunda-feira (20), 100.500 imunizantes da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz chegaram a Pernambuco. O voo aterrissou no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre às 16h50, e as vacinas foram levadas para a sede do Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), para checagem, armazenamento e separação por município.

A remessa seguirá para as sedes das Gerências Regionais de Saúde (Geres) nesta terça-feira (21), onde ficarão à disposição dos gestores municipais para retirada. Os imunizantes deverão ser utilizados, exclusivamente, para aplicação de segundas doses.

Desde o início da campanha, em janeiro deste ano, Pernambuco já recebeu 12.260.000 doses de vacinas contra a Covid-19. Desse total, foram 4.316.770 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz, 4.481.720 da Coronavac/Butantan, 3.287.700 da Pfizer/BioNTech e 173.810 da Janssen.