O senador Chico Rodrigues (DEM), flagrado pela Polícia Federal com dinheiro na cueca e escondido nas partes íntimas, deve voltar ao Senado no mês de fevereiro.

Ele é suspeito de desviar recursos que seriam utilizados para o enfrentamento da Covid-19. À época, ele era vice-líder do governo Bolsonaro no Senado.

Depois de ser pego com os R$ 30 mil em espécie, ele pediu afastamento de 120 dias do cargo e não há nenhum indício de que o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AM), irá convocar o suplente de Chico Rodrigues,  Pedro Arthur Ferreira Rodrigues (DEM-RR), o seu filho. As informações são do Congresso em Foco, do UOL.

Procurada, a assessoria de Alcolumbre alegou que o dinheiro encontrado com o senador do seu partido “é declarado em imposto de renda e as emendas que Chico Rodrigues destinou para covid-19 ainda não foram pagas, não havendo nada ilegal”.

A Operação Desvid-19 apura contratações feitas pela Secretaria de Saúde do Estado de Roraima, que somam um valor de R$ 20 milhões. O senador Chico Rodrigues foi um dos alvos da operação e foi flagrado por agentes da Polícia Federal com R$ 30 mil.

Os investigadores suspeitaram do comportamento do senador, até que fizeram uma revista íntima e localizaram parte do montante escondido. A outra parte só foi encontrada após uma nova investida dos policiais, que descobriram um punhado de notas entre as nádegas do parlamentar. (Via: Agência Senado)

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!