No balanço, foram confirmados 13.943.071 diagnósticos positivos desde o primeiro, em fevereiro de 2020.

O número de mortes em decorrência da pandemia do novo coronavírus chegou a 373.335. (Foto: Reprodução)

Em 24 horas, houve 42.980 novos casos de covid-19 no Brasil. O número consta da atualização do Ministério da Saúde (MS) deste domingo (18). No balanço, foram confirmados 13.943.071 diagnósticos positivos desde o primeiro, em fevereiro de 2020. 

O número de mortes em decorrência da pandemia do novo coronavírus chegou a 373.335. De ontem para hoje, foram confirmados 1.657 novos óbitos.

Ainda há 3.660 mortes em investigação por equipes de saúde. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente. O número de pessoas recuperadas está em 12.391.599. Já o total de pacientes com casos ativos, em acompanhamento por equipes de saúde, ficou em 1.178.137.

Dados
Os dados em geral são menores aos domingos e segundas-feiras pela menor quantidade de trabalhadores para fazer os novos registros de casos e mortes. Já às terças-feiras eles tendem a ser maiores porque neste dia o balanço recebe o acúmulo das informações não processadas no fim de semana.

Estados
O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (88.350), Rio de Janeiro (41.310), Minas Gerais (30.309), Rio Grande do Sul (23.192) e Paraná (20.349). Já as unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.418), Roraima (1.445), Amapá (1.467), Tocantins (2.374) e Sergipe (3.955).

 

Léo do Ar é eleito o novo Presidente da UVP

Léo do Ar é eleito o novo Presidente da UVP

Aconteceu neste domingo (18), a eleição da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP).

O vereador de Gravatá, Léo do Ar (PSDB), foi eleito com 315 votos, derrotando Zé Raimundo (Serra Talhada) que teve 178 votos e Welber (Carnaubeira) com 117.

Dos 1291 vereadores (eleitores), 680 se abateram de votar.

 

 

 

Empresário itapetinense de 33 anos morre de covid-19

Empresário itapetinense de 33 anos morre de covid-19

Morreu em João Pessoa-PB, o Empresário itapetinense do Ramo de Móveis Planejado, Daniel Gomes de Lucena de 33 anos, Daniel testou positivo no inicio do mês de abril, o quadro piorou e teve que ser internado na capital paraibana, o empresário morreu nesse sábado(18) e seu sepultamento foi na manhã deste domingo no Distrito de São Vicente em Itapetim.

Daniel deixou esposa(Dayna) e um filho de 5 anos , Dona Raimunda Gomes de Lucena, sua mãe testou positivo para Covid19, mas está bem, seu irmão foi cirurgiado de apendicite no Hospital Mestre Vitalino em Caruaru, e também está com covid, mas passa bem.

Em contato com o Blog do Marcello Patriota familiares informaram que Daniel não tinha nenhuma comordidade.

Bombeiros encontram corpo de mecânico serra-talhadense no fundo do Açude Cachoeira II

Mergulhadores do Corpo de Bombeiros localizaram e resgataram o corpo de André Luciano da Silva, 31 anos, que se afogou nesse sábado (17) no açude Cachoeira II, em Serra Talhada. Ontem os mergulhadores encerraram as buscas por volta das 17 horas, e reiniciaram por volta das 09h20 deste domingo. Em menos de 1 hora o resgate foi feito.

De acordo com o Farol de Notícias, durante toda a manhã, familiares e dezenas de amigos, além de populares, acompanharam à distância o trabalho dos bombeiros. O momento em que a vítima foi entregue à família foi de muita emoção. André Luciano era mecânico.

Paraíba registra queda de 23% no número de mortes por Coronavírus, segundo consórcio de veículos de imprensa

A informação foi dada pelo consórcio de veículos de imprensa, na noite deste domingo (18).

Paraíba registra queda em número de mortes por Covid-19 (Foto: Reprodução)

A Paraíba segue em queda na média do número de mortes por Covid-19. A informação foi dada pelo consórcio de veículos de imprensa, na noite deste domingo (18). 

De acordo com o levantamento, a Paraíba registrou uma queda de 23% no número de mortes por Coronavírus. Além dele, Ceará, Distrito Federal, Mato Grosso, Santa Catarina, e Rio Grande do Sul, também registraram queda no número de mortes. 

A Paraíba vem registrando queda no número de mortes desde o último domingo (11). O consórcio registrou uma queda de 18%. 

Nesta quarta-feira (14), a Paraíba totaliza 280.063 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Já são confirmados 6.444 mortes pela Covid-19.

 

Pernambuco registra menores taxas de mortalidade do Brasil, segundo relatório da Opas

Os números da mortalidade por Covid-19 em Pernambuco e a Região Nordeste registraram as menores taxas do Brasil, segundo relatório da Organização Panamericana de Saúde (OPAS), divulgado na última sexta-feira (16). Os dados da publicação foram analisados pelo governador Paulo Câmara e pelos integrantes do Gabinete de Enfrentamento ao Coronavírus, em reunião realizada na manhã deste domingo (18).

De acordo com o relatório, nos últimos 30 dias Pernambuco registrou uma taxa de mortalidade de 16,5 casos para cada 100 mil habitantes. Menos da metade da média nacional, que foi de 39,2 casos para cada 100 mil habitantes. Já a taxa de mortalidade da Região Nordeste ficou em 25,1 casos por habitante, bem abaixo das regiões Norte (29,1), Sudeste (42,8), Centro-Oeste (56,6) e Sul (55,7).

“Ainda temos um longo caminho pela frente nessa batalha contra a Covid-19. No entanto, um levantamento como esse mostra que só uma combinação de ações como ampliação da rede de saúde com leitos de enfermaria e terapia intensiva, medidas restritivas e vacinação são capazes de reduzir a quantidade de vítimas da doença”, avaliou Paulo Câmara.

O secretário estadual de Saúde, André longo, ressaltou que as medidas restritivas foram retomadas em Pernambuco desde dezembro de 2020, e destacou que, somente do início de março até agora, já foram abertos mais de 600 novos leitos de UTI em todas as regiões do Estado. “Nossa rede de saúde conta, hoje, com 1.611 leitos de terapia intensiva para pacientes com Covid-19, em 17 municípios. Um esforço que só se tornou possível com todas as áreas do governo priorizando a saúde da população”, concluiu Longo.

 

Rede estadual retoma aulas presenciais nesta segunda-feira

Barreira de acrílico na sala de aula

Estão previstas para serem retomadas, nesta segunda-feira (19), as aulas presenciais da rede estadual para os cerca de 87 mil estudantes do 3º ano do Ensino Médio, Educação Infantil e Fundamental Anos Iniciais (1º ao 5º ano). No entanto, o retorno pode ser prejudicado por conta de um impasse.

Apesar de o Governo do Estado garantir que o calendário está mantido, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) afirma que os profissionais começam hoje uma greve por tempo indeterminado, mesmo a Justiça tendo considerado o movimento ilegal.

No último sábado (17), motivado por uma ação da Procuradoria Geral do Estado, o desembargador Fábio Eugênio Dantas de Oliveira Lima estipulou multa diária de R$ 200 mil para o Sintepe, caso a categoria descumpra a decisão. De acordo com a presidente do Sindicato, Valéria Silva, o Departamento Jurídico da entidade irá recorrer da decisão. A categoria reivindica a vacinação de todos os profissionais da educação para só então as atividades presenciais serem retomadas.

“Estamos defendendo nos manter no trabalho remoto por conta da situação que a pandemia se encontra neste momento com altos índices de contaminação e letalidade. Não é hora de voltar para o presencial e entendemos que só deve ocorrer com a vacina. Não vale a pena colocar em risco as nossas vidas, dos estudantes, de seus familiares e da comunidade escolar como um todo para um retorno que não vai resolver tudo que se coloca do ponto de vista das perdas pedagógicas em todo esse período de pandemia”, disse.

Segundo Valéria, a direção do sindicato vai se reunir para marcar uma nova assembleia para avaliar a greve e os próximos passos da categoria. Ela disse ainda que não há reunião agenda com o governo para uma nova rodada de negociação.

Em nota, a Secretaria de Educação e Esportes (SEE) afirmou que, dentro do processo de negociação e durante todo este período de enfrentamento à pandemia, sempre esteve apostando no diálogo como o caminho para construir um processo de retorno que pudesse beneficiar os estudantes e também atendesse as orientações das autoridades de saúde, para preservar também os professores e demais trabalhadores da educação.

“Neste sentido, as unidades escolares da rede pública estadual foram preparadas desde o ano passado atendendo a todos os critérios estabelecidos no Protocolo Setorial”, diz a nota. Segundo a SEE, a decisão do retorno dos estudantes às escolas é das famílias, devendo ser oferecido o modelo virtual de ensino.

Calendário

Em 18 de março, as aulas presenciais em toda a educação básica de Pernambuco foram suspensas pelo Estado por conta do avanço da pandemia. Com a retomada das atividades econômicas, a rede privada reabriu as escolas no dia 5 de abril. Para os colégios da rede estadual, o retorno foi dividido em três etapas, com a primeira iniciando hoje. No dia 26 de abril poderão retornar às aulas presenciais os estudantes do 2° ano do ensino médio e dos 8° e 9° ano do ensino fundamental.

Por fim, a rede pública de Pernambuco retomará aulas presenciais para alunos do 1° ano do ensino médio e 6° e 7° anos do ensino fundamental no dia 3 de maio. O calendário também autoriza as escolas das redes municipais retornarem de forma presencial a partir do dia 26 de abril.