Afogados da Ingazeira perde Raul Cajueiro
Faleceu na madrugada desta quarta-feira, por volta da meia noite, Dr. Raul Cajueiro de Albuquerque, 96 anos, de falência múltipla do órgãos.

Ele estava na Eco Clínica, em Afogados da Ingazeira.

Seu Raul Cajueiro deixa um legado, foi vereador, coletor estadual, defensor público e era conhecido como o advogado dos pobres.

Ele deixa filhos, netos e bisnetos.

Prefeitura de Afogados iniciou pagamento do funcionalismo público municipal.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira inicia nesta terça-feira (27) pelos servidores da Secretaria municipal de Educação, o pagamento do funcionalismo público municipal.

Serão 3,2 milhões de Reais injetados na economia local, referentes ao pagamento de 1.467 servidores.

Na terça também recebem aposentados e pensionistas com vencimentos de um salário mínimo, por ordem alfabética – de A a L.

Na quarta (28) será a vez dos servidores das Secretarias de agricultura, administração, assistência social, controle interno, cultura e esportes, finanças, governo, infraestrutura, transportes, além do gabinete, procuradoria, ouvidoria e coordenadoria da mulher. Na quarta recebem também os aposentados e pensionistas com vencimentos de um salário mínimo, por ordem alfabética – de M a Z.

Confira o restante do calendário:

29/04 – servidores da saúde, além de aposentados e pensionistas que recebem vencimentos maiores do que um salário mínimo até 3 mil Reais.

30/04 – recebem aposentados e pensionistas com vencimentos acima de três mil reais.

 

 

 

 

As prefeituras de Petrolina e Caruaru, maiores cidades do Sertão e do Agreste de Pernambuco, respectivamente, suspenderam a aplicação da segunda dose da vacina CoronaVac/Butantan por falta de vacinas. 

Em nota oficial, a Secretaria de Saúde de Petrolina informou que a quantidade insuficiente de doses enviada pelo Ministério da Saúde ao estado na última remessa – apenas 28 mil, quando eram esperadas mais de 120 mil – inviabiliza a aplicação do reforço neste momento. 

“Esse número é insuficiente para atender a demanda dos idosos com aprazamento da segunda dose para os últimos dias”, comunicou o município. A secretaria destacou que a população será convocada assim que novas vacinas chegarem em Petrolina.

“Vale ressaltar que todo o Brasil passa por dificuldades em relação à vacinação, assim como diversas partes do mundo. O atraso na aplicação da segunda dose da CoronaVac está acontecendo não apenas em Petrolina, mas em muitos municípios e estados”, frisou a nota. 

“Desde março, o Ministério da Saúde recomendou que a segunda dose deixasse de ser reservada, já que novas remessas seriam fornecidas. Entretanto, um imprevisto com o fornecimento do IFA – matéria-prima necessária para a produção das vacinas, que vem da China – acabou atrasando a fabricação das doses, paralisando a produção no Instituto Butantan por 10 dias. Isso, infelizmente, causou um efeito em cadeia. no fornecimento, na aplicação e no cumprimento do calendário inicialmente previsto. Mesmo com a produção retomada, as consequências deste atraso ainda serão vistas nos próximos dias, o que só será normalizado com a chegada de novas doses”, acrescentou o órgão