O presidenciável, ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes (PDT) compartilhou um vídeo nas redes sociais nesta terça-feira (5/7) chamando o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de “corrupto”, após acusações de rachadinha. Ele fez um “compilado” de várias vezes que alertou sobre os esquemas do chefe do executivo, enquanto ainda era deputado.
Zema sobre Novo e impeachment: embates políticos não podem ser priorizados
Usando a tag #CiroAvisou, ele separou vários trechos de entrevistas em que aparece acusando o presidente de ter funcionários fantasmas em seu gabinete quando ainda era deputado.
“Bolsonaro enganou muitos brasileiros se apresentando de combatente à corrupção. Hoje nosso povo foi surpreendido com mais evidências dos seus crimes de peculato – que chamam docemente de “rachadinha”. Ele sempre foi corrupto e corrompeu todos ao seu redor! #CiroAvisou”, escreveu Ciro Gomes.
O presidenciável se refere ao áudio divulgado pelo UOL nesta terça, que indica o envolvimento de Bolsonaro em um esquema de rachadinha enquanto era deputado federal.
Bolsonaro ocupou o cargo de 1991 a 2018, ano em que se elegeu para a Presidência da República.
No áudio divulgado, Andrea Siqueira Valle (irmã da ex-mulher de Bolsonaro, Ana Cristina Valle) diz que o então deputado demitiu André Siqueira Valle, irmão dela, por ele não seguir corretamente o esquema de rachadinha no gabinete.
Andrea foi uma das assessoras parlamentares do deputado Bolsonaro por oito anos.

 

Japão corre contra o tempo para encontrar sobreviventes de deslizamento

 (Foto: CHARLY TRIBALLEAU / AFP)
Tóquio, Japão – As autoridades da cidade de Atami, na região central do Japão, tentavam estabelecer nesta terça-feira (7/6) um balanço de vítimas do grande deslizamento de terra provocado pelas chuvas torrenciais que destruiu dezenas de casas e provocou pelo menos quatro mortes.
A esperança de encontra sobreviventes diminui com o passar do tempo e o período de 72 horas após a catástrofe – no qual segundo os especialistas é possível encontrar pessoas com vida – chegou ao fim na manhã de terça-feira. O balanço oficial até o momento registra quatro mortes, mas as autoridades enfrentam dificuldades para localizar algumas pessoas porque muitas casas da região são usadas como residências secundárias.
O canal público NHK informou que a lista de moradores que podem ter sido atingidos pelo deslizamento de terra inclui 29 pessoas. Os nomes foram divulgados pela imprensa com a esperança de que apresentem notícias sobre seu paradeiro. “Faremos todo o possível (…) e vamos rezar para que possamos encontrar todas as pessoas”, declarou o prefeito de Atami, Sakae Saito, que algumas horas antes havia mencionado 24 pessoas desaparecidas.
As autoridades anunciaram na segunda-feira que uma das vítimas identificadas era Chiyose Suzuki, de 82 anos, que não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital. Seu filho mais velho, 56 anos, declarou à agência Kyodo que lamenta não ter conseguido retirar a mãe, que tinha dificuldades para caminhar, quando a polícia ordenou a evacuação. “Deveria ter retornado e a retirado eu mesmo”, disse.
O deslizamento de terra aconteceu no sábado, após vários dias de fortes chuvas em Atami, um balneário cercado por montanhas. Três dias após a catástrofe, Atami tem um cenário de desolação, com várias casas destruídas, veículos tombados e ruas intransitáveis. Quase 130 edifícios foram destruídos ou danificados pelo deslizamento de terra que atingiu uma zona residencial da cidade.
Imagens filmadas a partir de helicópteros mostram um rio de lama e rochas de quase dois quilômetros que segue até o mar. Os 1.100 socorristas retomaram os trabalhos de busca e tentavam abrir caminho entre os escombros.
Atami, que fica na encosta de uma montanha, 90 km ao sudoeste de Tóquio, registrou 313mm de chuva em 48 horas na sexta-feira e sábado. A média de julho nos últimos anos é 242mm. Grande parte do Japão está em plena temporada de chuvas, o que provoca inundações e deslizamentos de terra.
De acordo com os cientistas, o fenômeno é agravado pela mudança climática, pois a atmosfera mais quente retém mais água e aumenta o risco e a intensidade das chuvas.

 

 

 Datena assina filiação ao PSL, que aposta em apresentador como “terceira via” 

datena

O apresentador de TV José Luiz Datena assinou nesta segunda-feira (5) sua filiação ao PSL.

 

A sigla quer lançá-lo como candidato na disputa presidencial de 2022. O objetivo é transformar o apresentador na “terceira via”.

Com a filiação, Datena deixa o MDB. A saída do partido foi acertada em um jantar em São Paulo na semana passada com os deputados Baleia Rossi (MDB-SP) e Luciano Bivar (PSL-PE).

Datena chegou a anunciar em 2020 que seria candidato a prefeito de São Paulo, mas desistiu na sequência.(Com informações de Bela Megale, no Globo).

Servidora que autorizou compra da Covaxin depõe na CPI da Covid

 (Foto: Reprodução/TV Senado)

A servidora do ministério da saúde Regina Célia Silva Oliveira depõe na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid nesta terça-feira (6/7). Ela é apontada como a responsável pela autorização de compra da vacina indiana Covaxin, mesmo após alertas de irregularidades no contrato.
O depoimento de Regina Célia é um desdobramento da declaração dos irmãos Miranda feita na comissão no dia 25 de junho. Segundo o deputado Luís Miranda e seu irmão, o servidor do Ministério da saúde Luís Ricardo, Regina era a fiscal do contrato com a Bharat Biotech, empresa indiana que desenvolveu a vacina, e fazia “pressão atípica” pela liberação do imunizante Covaxin.
O deputado Luis Miranda relatou que levou o caso ao presidente Jair Bolsonaro. Segundo Miranda, Bolsonaro teria demonstrado conhecimento das pressões em favor da Covaxin e afirmado que o responsável era o deputado Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara. Barros era ministro da Saúde quando Regina Célia foi nomeada, em 2018, para uma função na Secretaria de Vigilância em Saúde, onde está lotada hoje. A servidora já havia passado por outras lotações no Ministério da Saúde desde 2006.
Os pedidos pela convocação da servidora foram apresentados pelos senadores Humberto Costa (PT-PE) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE). Para Humberto, ouvir Regina Célia será “fundamental para esclarecer as suspeitas de corrupção” em torno do contrato da Covaxin.

Zezé di Camargo responde Rodrigo Faro e alerta: ‘Se insistir, vou mostrar’

O apresentador do “Hora do Faro”, programa da Record TV, pediu respeito à sua mãe para o sertanejo, depois de Zezé Di Camargo dizer que “Rodrigo Faro vende até a mãe por audiência”.

 

O cantor se pronunciou no último sábado (3), e rebateu Rodrigo dizendo que sua crítica é em razão de uma mágoa antiga. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

 

Depois de Zezé Di Camargo dizer que “Rodrigo Faro vende até a mãe por audiência”, o apresentador do “Hora do Faro”, programa da Record TV, pediu respeito à sua mãe para o sertanejo. O cantor se pronunciou no último sábado (03), e rebateu Rodrigo dizendo que sua crítica é em razão de uma mágoa antiga.

Através do Instagram, a dupla de Luciano fez questão de ressaltar que não ofendeu à mãe do apresentador e pediu para ele não forçar um briga pública por ter provas de um problema entre eles que ainda não chegou ao conhecimento do público.

“Quando a gente fala isso, a gente não tá falando da mãe da pessoa, né! Pelo contrário, a gente tá exaltando, tá dizendo que o cara é capaz de fazer até alguma coisa pela mãe por alguma coisa. Então, Rodrigo, você sabe que não falei da sua mãe. Pelo contrário, respeito muito as mães de todo mundo. Não conheço sua mãe, mas respeito muito ela como ser humano, uma mulher, uma mãe e uma senhora que já deve ser. Enfim, não falei da sua mãe, falei de você”, disse Zezé.

“Eu tenho motivo pra falar isso, você sabe. Sua produção sabe disso há algum tempo. Se você insistir no assunto, eu vou pegar a montagem de dois programas que nós fizemos para mostrar porque eu estou falando isso. E é só todo mundo lembrar o que você fez na época da morte do nosso querido Gugu, qual foi sua atitude. Então, cara, sua mãe é um anjo como a minha e tenho o maior respeito. Você sabe muito bem que não estou usando nada contra à sua mãe”, acrescentou o músico.

Zezé terminou o desabafo desejando melhoras a Faro, que testou positivo para a Covid-19 e ainda alertou que nem sempre vale tudo pela audiência. Saúde pra você. “Que Deus te abençoe aí. Você está passando por um momento de saúde, de recuperação, mas não vamos aqui esclarecer os detalhes, não, você sabe a que eu me refiro. A internet não perdoa. Eles têm tudo gravado. Muita saúde, principalmente pra sua mãe. Eu nunca quis ofendê-la, jamais quis atacá-la. Saúde aí companheiro. Mas ó, cabeça, a vida não é só audiência não, tá. Respeito aos amigos, a gente tem que ter. Tá bom?”, concluiu.

 

 

Covid-19: capital paulista registra primeiro caso da variante Delta 
Secretaria está monitorando três pessoas da família do infectado

São Paulo_Agência Brasil

A capital paulista identificou o primeiro caso da variante Delta do novo coronavírus, com origem na Índia, de acordo com informações divulgadas hoje (5) pela prefeitura. Um homem de 45 anos testou positivo para a variante e está em monitoramento pela Unidade Básica de Saúde (UBS) da sua região.

A identificação foi possível devido a uma iniciativa, em parceria com o governo do estado, em que desde abril o município encaminha parte das amostras de exames RT-PCR positivos ao Instituto Butantan para análise genômica a fim de identificar as cepas em circulação na cidade.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está monitorando três pessoas da família do paciente – mulher, enteado e filho -, que são acompanhadas também pelas equipes de saúde da UBS local.

Segundo o município, o monitoramento das variantes na capital é realizado por meio de cálculo amostral, por semana epidemiológica, com cerca de 250 amostras semanais que seguem para análise do laboratório do Butantan, onde é realizado o sequenciamento genético.

Além disso, a SMS informou que fechou acordo de estudo de variantes (cerca de 300 amostras) com o Instituto de Medicina Tropical de São Paulo e com o Instituto Adolfo Lutz, que fazem a vigilância com o objetivo de identificar quais cepas circulam pela cidade.