Monthly Archives: junho 2021

A ação ocorrerá numa fábrica de cerâmica na cidade de Boqueirão, com previsão de início dos trabalhos às 11h.

 

Polícia Federal incinera drogas na Paraíba (Foto: Reprodução)

A Polícia Federal realiza nesta sexta-feira (25), a incineração de 361 kg  de drogas, na Paraíba. Ao todo serão incineradas 248 kg de maconha e 113 kg de cocaína. 

A ação ocorrerá numa fábrica de cerâmica na cidade de Boqueirão, com previsão de início dos trabalhos às 11h.

A incineração será realizada no período em que se celebra a Semana Nacional Antidrogas, instituída pelo Decreto de 28 de maio de 1999.

Participarão do evento a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e o Ministério Público Federal.

Tornado deixa mortos e destrói casas na República Tcheca

 (Foto: Michal Cizek/AFP)

Um tornado deixou pelo menos três mortos e dezenas de feridos no sudeste da República Tcheca, onde também destruiu várias casas, anunciaram as autoridades.
A porta-voz dos serviços de emergência, Hedvika Kropackova, informou que 63 pessoas foram hospitalizadas, 10 delas em estado grave.
“Mas o número vai aumentar porque continuamos transportando pessoas feridas durante a noite”, declarou.
O tornado, acompanhado por chuva de granizo, atingiu várias localidades e provocou danos em uma casa de repouso e em um zoológico.
Também provocou diversos cortes de energia elétrica e interrupções do tráfego pela queda de cabos de alta tensão na autoestrada que liga Praga à capital da Eslováquia, Bratislava.
Um total de 78.000 casas estavam sem energia elétrica nesta sexta-feira (25).
De acordo com a agência tcheca de notícias CTK, o prefeito de Hrusky afirmou que metade da cidade foi devastada pelo tornado.

Senador José Serra é internado com Covid-19 em São Paulo

 

Serra é internado com Covid-19 em São Paulo (Foto: Reprodução)

 

O senador José Serra (PSDB) foi internado no Hospital Sírio Libanês, no Centro de São Paulo, após ser diagnosticado com Covid-19 na terça-feira (22).

Em nota, a assessoria de imprensa do partido afirma que ele não apresenta nenhum sintoma da doença.

“Sua hospitalização é preventiva e para realização de exames, e garante também a segurança de familiares e pessoas próximas ainda não vacinadas”, afirma o comunicado.

Serra tem 79 anos e, segundo o Senado Federal, já recebeu duas doses da vacina contra o coronavírus em São Paulo.

O estado de São Paulo já registrou em junho mais casos de Covid-19 do que no pior momento da epidemia em abril. Foram 358.208 novas confirmações da doença até esta quarta-feira (23), contra 341.713 casos registrados de 1 a 23 de abril.

Dólar é cotado a R$ 4,9034 nesta manhã de sexta-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 5,85 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,1446.

 

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

 

O valor do dólar na manhã desta sexta-feira (25), está cotado no valor de R$ 4,9034. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,0710.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 5,85 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,1446. 

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

Covaxin: entenda o escândalo que abriu uma guerra entre o governo e a CPI

 (Foto: Câmara dos Deputados/Reprodução)
A vacina indiana Covaxin, comprada em março pelo governo federal, abriu uma nova batalha entre o Palácio do Planalto e a CPI da Covid. O imunizante é uma dos mais caros negociados pelo Ministério da Saúde com os fornecedores internacionais. Além disso, há suspeitas de “pressões anormais” para a liberação da vacina. O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) afirma que o governo federal foi avisado sobre irregularidades, mas decidiu seguir com as negociações mesmo assim.
O parlamentar veio a público após o irmão, Luis Ricardo Miranda, técnico do Ministério da Saúde, ser alvo de inquérito no Ministério Público Federal. Em depoimento, o servidor afirmou ter sido pressionado pelos superiores para assinar uma licença de verba adiantada a fim de viabilizar a importação da vacina mesmo sem aprovação da Anvisa. Nesta sexta-feira (25), os irmãos Miranda depõem, como convidados, na CPI. 
Entenda os principais pontos do escândalo que se tornou o epicentro do terremoto político em Brasília.
Ministério da saúde e governo federal sabiam de irregularidades
Prints de mensagens divulgadas pelo deputado Luis Miranda mostram o ex-secretário executivo Élcio Franco e o coronel Marcelo Pires, que estava à frente da Diretoria de Programas do ministério de janeiro a abril até a chegada de Marcelo Queiroga. Em uma dessas mensagens, o coronel Pires exige ao servidor Luis Ricardo Miranda velocidade no processo de liberação da licença.
“Meu amigo, estamos com muitos brasileiros morrendo. Precisamos fazer de tudo para ajudar. O representante da empresa veio agora à noite falar com Élcio para agilizar a LI (referência à licença de importação) para embarcar as vacinas esta semana”, dizia.
Em entrevista ao Correio, o deputado afirma que tinha conhecimento do caso desde março, mas só o revelou três meses depois por causa da situação enfrentada pelo irmão. Além disso, sustenta o deputado, as irregularidades foram comunicadas ao Presidente da República. Segundo o parlamentar bolsonarista, o presidente disse que acionaria a Polícia Federal. “Tudo o que eu falei e o que meu irmão falou são documentos que inclusive constam nos arquivos do Ministério da Saúde.”
Outro problema apresentado pelo servidor do Ministério da Saúde seria o pagamento antecipado de parte do valor do contrato a uma outra empresa, a Madison Biotech, localizada em Cingapura. O valor pago foi de US$ 45 milhões. “Botaram uma pressão gigante para passar de qualquer jeito, e ele segurou. Erro no processo é improbidade administrativa, é crime, então, não se insiste”, defende o deputado.
 
Reação do governo
Em resposta às acusações dos irmãos Miranda, o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Onyx Lorenzoni, procurou desqualificar as acusações. Disse que o Palácio do Planalto acionaria a Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União para investigar a conduta dos denunciantes. E ameaçou o deputado demista. “Deputado Luís Miranda, Deus está vendo. Mas o senhor não vai só se entender com Deus, mas com a gente também. E vem mais. O senhor vai explicar e pagar pela irresponsabilidade, pelo mau-caratismo, pela denunciação caluniosa e pela produção de provas falsas”, falou.
Nas redes sociais, o deputado Luís Miranda rebateu os ataques e cobrou uma resposta do presidente. “Presidente Jair Bolsonaro você fala tanto em Deus e permite que eu e meu irmão, sejamos atacados por tentarmos ajudar o seu governo, denunciando para o senhor indícios de corrupção em um contrato do Ministério da Saúde! Sempre te defendi e essa é a recompensa?”, postou.
No post seguinte, o deputado pede ao presidente que confirme sua reunião no dia 20 de março em que apresentaram as falhas no contrato, além disso, ele afirma que Jair Bolsonaro o atacou com “fake news”. “Cobramos nos dias 20/03, 22/03, 23/03 e 24/03, e tenho certeza que tomou a melhor decisão para travar, tanto que até hoje não efetuou nenhum negócio. Então porque me atacar com Fake News através do Onyx Lorenzoni???? Só tentei combater uma possível corrupção. Deus sabe da verdade!”, falou.
Comparecimento à CPI e pedido de prisão de Onyx Lorenzoni e Élcio Franco
Nesta sexta-feira (25/06) o deputado Luís Miranda e seu irmão, o servidor do Ministério da Saúde, Luís Ricardo Miranda, vão comparecer à sessão da CPI da Covid para esclarecer os fatos envolvendo a aquisição da Covaxin. A sessão começará com o depoimento do servidor. Graças a um acordo com o Senado, o parlamentar acompanhará o irmão.
Depois das declarações de Lorenzoni, o deputado Luis Miranda protocolou, na CPI do Senado, um pedido de prisão do chefe da secretaria-geral da Presidência da República e do assessor da Casa Civil Élcio Franco. O parlamentar alega ter sido vítima de ameaça.

Erilene tinha 40 anos e estava internada no Hospital Regional de Piancó.

Erilene morreu vítima da Covid-19 (Foto: Reprodução)

Morreu nesta quinta-feira (24), a vereadora da cidade de Piancó, na Paraíba, Erilene Alves da Silva Azevedo de Lacerda, vítima da Covid-19. Erilene tinha 40 anos e estava internada no Hospital Regional de Piancó. 

A vereadora testou positivo para Covid-19 no dia 02 de junho. Já no dia 11 ela precisou ser intubada devido as complicações da doença. 

De acordo com informações, haverá um cortejo que passará na frente da câmara dos vereadores e na residência da vereadora. 

Erilene Alves, deixa esposo Arthur Azevedo de Lacerda e dois filhos, Arthur Gabriel 8 anos e Ana Rita 19 anos.

Sessão do Supremo Tribnal Federal que a nalisa | Sérgio Lima/Poder360 00.nov.2019| Sérgio Lima/Poder360 00.nov.2019

Uma decisão liminar tomada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, determina que autoridades políticas no Espírito Santo abstenham-se de praticar atos com o objetivo de responsabilizar jornalistas pela proteção ao sigilo da fonte, por divulgação de suposto esquema de corrupção envolvendo o Departamento de Trânsito do Estado (Detran/ES). Segundo o site Migalhas, a decisão atende em parte pedido da Associação Brasileira de Imprensa (ABI).

A ABI relata na ação que, após a imprensa noticiar o conteúdo de pen drive obtido de por meio de fonte sigilosa, que conteria provas de direcionamento em licitação no Detran, e parlamentares pedirem investigações diante de evidências de corrupção, a procuradora-geral de Justiça do Espírito Santo, Luciana Gomes Ferreira de Andrade, requisitou a instauração de inquérito policial contra os denunciantes.

A procuradora-geral disse que as informações foram obtidas por meio de prova ilícita, sem autorização judicial, caracterizando afronta à inviolabilidade do sigilo das comunicações e à intimidade, protegidos pela Constituição Federal. 

De acordo com informações do site, além de solicitar que qualquer investigação e responsabilização de jornalistas e parlamentares pela obtenção do pen drive e divulgação de seu conteúdo seja impedida, a ABI pede que o inquérito policial seja remetido ao Supremo e que o pen drive deixe de ser considerado prova ilícita.

Sigilo da fonte

Na decisão, o ministro Dias Toffoli considerou que há plausibilidade na tese da ABI no sentido de que nenhum jornalista poderá ser constrangido a revelar o nome de seu informante ou a indicar a fonte de suas informações. Ainda de acordo com a decisão, os profissionais não poderá sofrer qualquer sanção, direta ou indireta, quando se recusar a quebrar esse sigilo de ordem profissional e de estatura constitucional.

Segundo o ministro, a “plausibilidade do direito alegado e o perigo de dano “consiste “na iminência de jornalistas serem expostos a procedimentos investigatórios criminais que visem à descoberta da fonte e à criminalização de sua atividade”. Na decisão, S. Exa. informa que pelo menos um jornalista já foi convocado para prestar depoimento.

Para Dias Toffoli, a situação revela aparente afronta às decisões do Supremo nas ADPFs 130 e 601. Toffoli considerou também a alegação de que a deputada Federal Soraya Manato (PSL-ES), que utilizou a tribuna da Câmara dos Deputados para pedir investigação sobre o conteúdo do pen drive, pode vir a ser ou já está sendo investigada por autoridade incompetente, o que configuraria usurpação de competência do Supremo.

Na visão do ministro, tais circunstâncias impõem o deferimento da liminar com relação à suspensão imediata das apurações relativas aos jornalistas e parlamentares, até que sejam suficientemente esclarecidos os fatos, com a vinda de informações completas quanto ao conteúdo do procedimento investigatório determinado pela Procuradoria-Geral de Justiça do Espírito Santo, bem como do que se continha no procedimento por ela arquivado diante da conclusão de ilicitude da prova.

Trabalhadores informais nascidos em julho recebem hoje (25) a terceira parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.
O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.
Também hoje, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 7 poderão sacar o benefício.
No último dia 15, a Caixa anunciou a antecipação do pagamento da terceira parcela. O calendário de depósitos, que começaria no último domingo (20) e terminaria em 21 de julho, teve o início antecipado para a última sexta-feira (18) e será concluído em 30 de junho.
Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.
Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.
O pagamento da terceira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 17 e segue até o dia 30. O auxílio emergencial somente será depositado quando o valor for superior ao benefício do programa social.
Em todos os casos, o auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.
 (Arte: Agência Brasil)
A reportagem elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

A avaliação positiva do governo do presidente Jair Bolsonaro caiu para 23%, de acordo com pesquisa divulgada hoje pelo instituto Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec).

A parcela de quem considera o governo ótimo/bom é cinco pontos percentuais menor do que o registrado em fevereiro, quando 28% aprovavam a gestão.

A taxa de ruim/péssimo, por sua vez, saltou de 39% para 50%.

A taxa de quem avalia como regular passou de 31% em fevereiro para 26% em junho. Um porcento não respondeu, ante 2% em fevereiro. A pesquisa Ipec (antigo Ibope) foi realizada entre 17 e 21 de junho, com 2.002 entrevistados em 141 municípios.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Nesse período, o país atingiu a marca de 500 mil mortes provocadas pela covid-19. Entre maio e junho, houve dois grandes protestos contrários ao presidente, que levaram milhares de pessoas às ruas em cidades de todos os Estados e no Distrito Federal.

Em duas ocasiões também o presidente promoveu “motociatas”, no Rio e em São Paulo, que reuniu menor número de apoiadores.

A avaliação negativa de Bolsonaro é maior entre os moradores das regiões Nordeste e Sudeste, onde o governo é ruim/péssimo para 52% – as taxas de ótimo/bom foram 18% e 25%, respectivamente.

O Ipec também perguntou se os entrevistados aprovam ou desaprovam a maneira como o presidente governa o país.

O percentual de quem aprova caiu de 38% para 30%. Já quem desaprova passou de 58% para 66%. Outros 4% não responderam ou disseram não saber – ante 5% em fevereiro. No Nordeste, 73% dos entrevistados declararam desaprovar a gestão presidencial. Na região Sul, por outro lado, houve a maior taxa de aprovação, de 36% (ante 59% de desaprovação).

O índice de confiança em Bolsonaro também caiu de 36% para 30%. Aqueles que responderam que “não confiam” eram 61% em fevereiro e agora são 68%. Dois porcento não responderam ou disseram não saber – foram 3% na pesquisa anterior.

A PGR (Procuradoria-Geral da República), porém, apontou mais de 30 violações na tornozeleira eletrônica que Silveira tinha sido obrigado a usar desde que deixou a prisão.

O ministro já havia determinado a Silveira o pagamento de R$ 100 mil de fiança pelo descumprimento do uso do monitoramento eletrônico. (Foto: Reprodução)

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou novamente a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

O parlamentar foi preso em fevereiro após publicar um vídeo nas redes sociais com ataques e ameaças a ministros do Supremo, mas, em 14 de março, Moraes havia permitido que ele fosse para prisão domiciliar.

A PGR (Procuradoria-Geral da República), porém, apontou mais de 30 violações na tornozeleira eletrônica que Silveira tinha sido obrigado a usar desde que deixou a prisão.

O ministro já havia determinado a Silveira o pagamento de R$ 100 mil de fiança pelo descumprimento do uso do monitoramento eletrônico.

Para o magistrado, a postura do deputado obriga que ele seja preso novamente.

“O réu Daniel Silveira, entretanto, manteve seu total desrespeito à Justiça, cometendo novas violações ao monitoramento eletrônico mesmo após a decisão que estabeleceu a fiança”, afirmou Moraes.

Na filmagem que levou à sua prisão, Silveira usa palavras de baixo calão contra o ministro Edson Fachin e outros ministros do Supremo, acusa-os de vender sentenças e sugere agredi-los.

“Hoje você se sente ofendidinho, dizendo que é pressão sobre o Judiciário, é inaceitável. Vá lá, prende Villas Bôas. Seja homem uma vez na tua vida, vai lá e prende Villas Bôas. Seja homem uma vez na tua vida, vai lá e prende Villas Bôas. Fala pro Alexandre de Moraes, o homenzão, o fodão, vai lá e manda ele prender o Villas Bôas.”

O deputado segue com as ofensas: “Vai lá e prende um general do Exército. Eu quero ver, Fachin. Você, Alexandre de Moraes, Marco Aurélio Mello, Gilmar Mendes, o que solta os bandidos o tempo todo. Toda hora dá um habeas corpus, vende um habeas corpus, vende sentenças”, afirmou.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida para a sucessão presidencial do ano que vem, com 49% das intenções de voto, 26 pontos percentuais à frente do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tem 23%, na primeira pesquisa Ipec. O petista tem 11 pontos percentuais a mais do que a soma de seus possíveis adversários, e venceria o pleito em primeiro turno, caso as eleições fossem hoje.

O pedetista Ciro Gomes (PDT), que deve disputar a quarta eleição presidencial, tem 7%, empatado tecnicamente com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que tem 5%. O ex-ministro da Saúde na gestão Bolsonaro Luiz Henrique Mandetta (DEM) aparece com 3% das citações, enquanto brancos e nulos somam 10%, e eleitores que não sabem ou não respondem, 3%. A margem de erro é de dois pontos.

A intenção de voto no ex-presidente Lula é mais expressiva entre os entrevistados que moram no Nordeste (63%), região em que Bolsonaro aparece com apenas 15% das menções — o menor índice entre todas as regiões do país. Lula aparece ainda à frente do presidente entre os mais jovens (53% a 17%); entre os que têm ensino fundamental II (59% a 19%); entre os que se autodeclaram pretos ou pardos (54% a 21%) e entre os que são de outras religiões que não a católica e a evangélica (54% a 19%).

Já Bolsonaro mantém a maior intenção de voto no eleitorado que integra a base de sustentação de sua popularidade. O presidente tem os maiores índices de ótimo e bom nas regiões Sul (29%), Norte e Centro-Oeste (28%); entre os homens (28%); entre os evangélicos (32%) e entre quem se autodeclara branco (29%).

A professora de Ciência Política Maria do Socorro Sousa Braga, da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), explica que o índice de intenção de voto do ex-presidente Lula é resultado de uma maior exposição do petista no cenário político e do início das articulações com vistas a 2022.

— Ele entrou mais no debate nos últimos meses, após o restabelecimento de seus direitos políticos, e vive uma maré positiva de notícias sobre processos a que responde, além de contar ainda com a queda na aprovação do governo do atual presidente. Outro ponto que devemos levar em consideração é o cenário de candidatos ainda incerto. Por enquanto, o centro ainda não tem nomes competitivos e não chegou a um acordo sobre alianças. Isso acaba levando as pessoas a aderirem aos polos, seja com Lula ou Bolsonaro, explica.

Enquanto Ciro busca apoio de setores da centro-direita em conversas com DEM, PSD, e com a centro-esquerda, com PSB e Rede, o PSDB vai definir um candidato somente após prévias no partido. Com isso, segundo Maria do Socorro, os eleitores tendem a buscar os nomes com maior estabilidade: Lula e Bolsonaro.

Avaliação do governo

Com o avanço das investigações e depoimentos na CPI da Covid no Senado, a reprovação do presidente Bolsonaro subiu 10 pontos, de 39% para 49%, segundo pesquisa do Ipec. Já a aprovação do mandatário caiu de 28% para 24% — quatro pontos a menos em relação a fevereiro, antes do início dos trabalhos da comissão parlamentar de inquérito.

A pesquisa mostra que entre os entrevistados, 26% avaliam o presidente como regular — uma queda de cinco pontos em comparação com a pesquisa anterior, produzida em meio a recordes diários de mortes e casos confirmados de Covid-19. Com a instalação da CPI para apurar ações e omissões do governo Bolsonaro no enfrentamento ao vírus e a destinação dos estados e municípios dos repasses federais, a reprovação do presidente disparou.

— Os entrevistados levam em conta todas as informações sobre a atualidade. A pesquisa foi feita em uma conjuntura de divulgação dos 500 mil mortos por Covid-19, as manifestações contrárias ao governo e as apurações da CPI. Todo esse contexto se reflete na pesquisa. Há uma piora rápida na avaliação do governo, se compararmos com a pesquisa de quatro meses atrás, explicou Márcia.

Cerca de dois terços dos entrevistados pelo Ipec afirmaram que não concordam com a maneira do presidente governar (66%) e não confiam nele (68%). Os que aprovam a forma de gestão são 33% e os que confiam em Bolsonaro, 30%.

IPEC: sucessor do ibope

Entre o eleitorado evangélico, principal base de apoio de Bolsonaro, a queda na avaliação positiva foi ainda maior que a média geral. Aqueles que consideravam o governo bom ou ótimo eram 38% há quatro meses. No levantamento atual, o índice caiu nove pontos percentuais e chegou a 29%.

Para manter o núcleo duro de apoio coeso, Bolsonaro investe em acenos aos evangélicos. Recentemente, participou de uma “motociata”, em São Paulo, batizada de “Acelera para Cristo com Bolsonaro” e se aproximou de líderes neopentecostais, que ganharam força no governo. Apesar da queda nos índices de aprovação no segmento, os evangélicos ainda são os que mantêm o maior apoio ao governo (29%).

— O presidente mantém, desde a campanha de 2018, um apoio sólido entre evangélicos, homens e as pessoas com uma renda maior. A situação econômica e sanitária, com 500 mil mortes por Covid, parece começar a mudar como parte desse grupo vê o presidente, como vemos na queda do número de ótimo e bom do governo por parte dos evangélicos, afirma Maria do Socorro.

O Ipec foi fundado neste ano por ex-executivos do Ibope Inteligência, que encerrou as atividades.

 

Registrando o menor índice desde 24 de novembro de 2020, a taxa de ocupação de UTIs em Pernambuco atingiu a marca de 79% nesta quinta-feira. No momento, há 368 leitos de terapia intensiva disponíveis para pacientes de Covid-19 em todo o estado, ocasionando a ausência de fila de espera por vagas. Segundo a assessoria de imprensa do governo, Pernambuco tem, atualmente, 1.812 leitos ativos de UTI, sendo a sexta maior rede do país e a maior de todos os estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Segundo o governador Paulo Câmara, a caminhada foi longa e ainda tem muito o que avançar. “Só que é fundamental destacar esse momento porque ele é fruto de muito trabalho e dedicação, sobretudo dos nossos profissionais de saúde e de todos que têm feito a sua parte, usando máscara, evitando aglomerações e mantendo as mãos higienizadas”, disse. “Precisamos continuar valorizando esses cuidados”, pontuou.

A assessoria também afirmou que, a maior capacidade de atendimento dos casos graves de Covid-19 também se reflete em outro índice importante. “Pernambuco tem a segunda menor taxa de mortalidade em decorrência do novo coronavírus no Brasil em 2021, ficando atrás apenas do Maranhão. O ranking é publicado semanalmente pela Organização Panamericana da Saúde (OPAS), entidade ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS)”.

Paulo Câmara também destacou sobre a chegada de mais vacinas a Pernambuco, afirmando que estão programadas para esta quinta as entregas de 117 mil doses da Coronavac, 94 mil doses da Pfizer e 62 mil doses da Janssen, que chega pela primeira vez ao estado. A vacina será distribuída em cidades estratégicas, por ser um imunizante de dose única. Recife, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira, serão as cidades que receberão a distribuição, “onde há mais contaminação, para acelerar a proteção da população”, finalizou a assessoria.

Morreu, na quarta-feira (23), a influenciadora digital paraibana e filha do ex-vice-prefeito de Cajazeiras Sinésio Martins, Mayara Valêncio, de 24 anos, vítima de complicações da Covid-19. A jovem estava há trinta dias no Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa.
De acordo com as informações, Mayara Valêncio havia se curado da doença, mas após complicações, não resistiu.

Mayara Valêncio era filha de Sinésio Martins e Lucieide Valêncio. Seu pai foi vice-prefeito de Cajazeiras entre 1996 e 2000, ao lado do prefeito Epitácio Leite Rolim.

O certame oferece 4.480​ vagas de Escriturário para Nível Médio, com remuneração inicial de R$ 3.022,37 mais benefícios.

As inscrições têm valor de R$ 38,00 e podem ser realizadas no período de 24 de junho a 28 de julho de 2021. (Foto: Reprodução)

 

O Banco do Brasil e a Fundação Cesgranrio divulgaram nesta quinta-feira (24), no Diário Oficial da União, o Edital de Abertura da Seleção Externa 2021/001. 

O certame oferece 4.480 vagas de Escriturário para Nível Médio, com remuneração inicial de R$ 3.022,37 mais benefícios. 

As inscrições têm valor de R$ 38,00 e podem ser realizadas no período de 24 de junho a 28 de julho de 2021 no site da organizadora. A realização das provas está prevista para o dia 26 de setembro de 2021 e seguirá os protocolos de prevenção à Covid-19, conforme regras do edital.

Confira aqui o edital.

A seleção será realizada para provimento de:

  • 2 mil vagas para Escriturário – Agente Comercial, mais 2 mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios;
  • 240 vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, e outras 240 de cadastro de reserva, com foco em Conhecimentos de TI.

O cargo de escriturário possui nomenclaturas específicas para uso no relacionamento com o mercado, que variam de acordo com a unidade em que o funcionário está lotado. 

Para este concurso, os candidatos podem concorrer para Agente Comercial, que trabalha na rede de agências do BB, em todo o país, ou para Agente de Tecnologia, que assume na área de Tecnologia, em Brasília.

“Nosso objetivo é atrair novos talentos, em nível nacional, que se identifiquem com nosso propósito de cuidar do que é valioso para as pessoas. Em decorrência da pandemia, tivemos o cuidado de definir um cronograma mais extenso para realizar a inscrição, possibilitando mais tempo de estudo aos candidatos”, explica Fausto Ribeiro, presidente do BB.

Para participar da seleção, é preciso ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e idade mínima de 18 anos completos, até a data da contratação.

As Provas

As provas irão conter questões de Conhecimentos Básicos (25 questões): Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Atualidades do Mercado Financeiro e Conhecimentos Específicos (45 questões), de acordo com a vaga pretendida:
 
– Agente de Tecnologia:
Probabilidade e Estatística, Conhecimentos Bancários e Tecnologia da Informação.

– Agente Comercial:
Matemática Financeira, Conhecimentos Bancários, Negociação e Vendas e Conhecimentos de Informática.

Serão ofertadas vagas em dependências situadas em todos os estados e no Distrito Federal. No momento da inscrição, o candidato deverá escolher a UF/Macrorregião/Microrregião e a cidade de realização das provas.

A seleção externa tem validade de um ano, a contar da data de publicação do Edital de Homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogada, uma única vez, por igual período.

Remuneração e benefícios

A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais, ajuda alimentação/refeição de R$ 831,16 por mês e, cumulativamente com o benefício de ajuda alimentação/refeição, o Banco concede a cesta alimentação, no valor mensal de R$ 654,87, na forma do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT. Há possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência; e previdência complementar.

Os funcionários do BB possuem, ainda, acesso à Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB), que promoveu 3,5 milhões de ações de capacitação apenas em 2020. “Estamos sempre investindo no encarreiramento dos nossos funcionários. Agora em maio, lançamos um movimento interno, chamado de ‘evolution’, para trazer oportunidades de qualificação profissional, direcionadas para o incremento e desenvolvimento de competências digitais”, destaca o presidente do BB.
 
O Banco irá oferecer bolsas de idiomas, incentivos para graduação, pós-graduação lato sensu, mestrado e doutorado, oportunidades de mentoria, compartilhamento de experiências e hackathons. “A nossa cultura organizacional é baseada em valores consolidados de foco no cliente, ética, inovação, senso de dono, confiabilidade, eficiência e espírito público”, finaliza Fausto.

O Brasil teve dificuldades, mas derrotou a Colômbia no Nilton Santos. Após sair atrás no placar a Seleção Canarinho buscou a virada e venceu o duelo desta quarta-feira (23), pela 4ª rodada, por 2 a 1.

Luis Díaz abriu o placar para os colombianos ainda no primeiro tempo. Mas, na segunda etapa, Roberto Firmino e Casemiro, aos 54 minutos, garantiram o triunfo.

Com a vitória, a Seleção Brasileira assegurou a primeira colocação do Grupo B. Classificados e com nove pontos ganhos, os comandados de Tite não podem mais ser ultrapassados.

Antes das quartas de final, o Brasil ainda voltará a campo pela 5ª rodada, no próximo domingo (27), diante do Equador, às 18h, no Estádio Olímpico, em Goiânia-GO.

 

Suspeitos de matar eletricista dentro de carro da Celpe são presos

 

Dois suspeitos de assassinar o eletricista da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) Ejanilson Severino Batista, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife, em 7 de junho, foram presos pela Polícia Civil de Pernambuco.

De acordo com informações da corporação divulgadas nesta quarta-feira (23), a Operação Nobreak resultou na prisão de dois suspeitos apontado como envolvidos no homicídio de Ejanilson e na tentativa de homicídio de Wellington José Cardoso, também funcionário da Celpe, que estava no local.

O crime ocorreu na rua 8 de Maio, no bairro Chã de Tábua, em São Lourenço da Mata, no último dia 7. Segundo informações iniciais, Ejanilson foi executado dentro do carro da Celpe, enquanto se dirigia para a realização de uma inspeção, procedimento de fiscalização de medidores de energia, gasto de energia das residências e funcionamento das redes elétricas.

Os suspeitos pararam ao lado do veículo da companhia e efetuaram diversos disparos. Ejanilson morreu no local e Wellington foi socorrido.

Em parceria com Disque-Denúncia, a Celpe ofereceu uma recompensa de até R$ 100 mil para quem fornecer informações sobre identificação dos suspeitos de cometerem os crimes.

“A polícia começou a investigação no dia em que aconteceu o crime. Fomos buscando informações no local do crime e com a vítima sobrevivente, no hospital. Começamos a ligar os pontos e conseguimos deflagrar a operação para prender os dois criminosos que cometeram o crime“, explicou a delegada Thayná Fioresi, adjunta da 10ª Delegacia de Homicídios.

A delegada informou que as investigações identificaram detalhes de como ocorreu o crime. Segundo a polícia, os suspeitos são proprietários de restaurantes. Os medidores de energia elétrica dos estabelecimentos apresentavam irregularidades, segundo perícia feita pela Celpe.

“As duas vítimas são responsáveis por fazer inspeção de irregularidades de adulteração de medidores. Quando saíram do almoço e iriam fazer uma outra inspeção ocorreu o crime“, acrescentou. “Acreditamos que tem mais duas pessoas envolvidas nos crimes, as investigações continuam“, finalizou Thayná.

O superintendente de operações da Celpe, Evandro Simões, informou que medidores do local onde ocorreu o crime foram encaminhados para perícia.

“Todos os medidores foram encaminhados para um laborotário técnico e foram detectados que estavam avariados com indícios de algumas fraudes“, explicou Evandro.

“Muito importante a polícia avançar tão rapidamente num caso tão complexo“, acrescentou o superintendente.

 

 

Pernambuco lidera ranking dos estados brasileiros em falta de água. Veja lista

LEO MOTTA/ACERVO JC IMAGEM

Com base em dados de 2019, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (23) os Indicadores Sociais de Moradia no contexto da pré-pandemia de Covid-19. Os números refletem o preparo de estados e municípios em relação às condições dadas aos seus respectivos moradores para que pudessem cumprir as medidas restritivas e de higiene necessárias para evitar o contágio da doença. No quesito de abastecimento de água regular à população, Pernambuco, assim como a Região Metropolitana do Recife, lideram com os piores resultados do País.

No Estado, a irregularidade no abastecimento atingia quase metade dos moradores (47,9%). Percentual um pouco acima do registrado no Grande Recife (46,6%). Se levada em consideração apenas a capital, 31,5% sofrem com desabastecimento ao menos uma vez por semana. O Recife é a terceira pior capital nesse sentido.

Confira o ranking:

Percentual no Estado e Região Metropolitana no Nordeste de parcela da população com falta de abastecimento de água ao menos uma vez por semana

Pernambuco 47,9%
RM Recife 46,6%

Piauí 36,4%
Grande Teresina 1,5%

Rio Grande do Norte 32,1%
RM Natal 9,8%

Bahia 26,4%

RM Salvador 14,6%

Paraíba 24,8%
RM João Pessoa 10,7%

Sergipe 24,2%
RM Aracaju 12,3%

Alagoas 17,7%
RM Maceió 4,2%

Maranhão 14,8%
RM Grande São Luís 28,3%

Ceará 13,1%
RM Fortaleza 4,7%

Índice das regiões

Nordeste 24,8%

Norte 6,6%

Sudeste 5,1%

Centro-Oeste 4,8%

Sul 2,8%

Pernambuco (47,9%) e piores resultados por região

Ler mais

Mais um homicídio registrado em Tabira-PE

Novamente a cidade de Tabira, sertão do Estado, distante 394 quilômetros do Recife, registrou crime de morte.

O fato aconteceu nesta última quarta-feira (23), um jovem conhecido por “Manuel” de Dora, que morava no Bairro das “Casinhas” em Tabira, foi atingindo com tiro na cabeça, o mesmo foi socorrido ao hospital local, onde de lá foi levado ao Hospital Regional Emília Câmara em Afogados da Ingazeira, após atendimento o mesmo foi transferido para o Hospital da Restauração em Recife mais não resistiu e veio á óbito.

O criador do antivírus informático John McAfee foi encontrado morto nesta quarta-feira (23) em sua cela em uma prisão espanhola, aparentemente após cometer suicídio, horas depois de a Audiência Nacional aprovar sua extradição para seu país de origem, os Estados Unidos, informou uma porta-voz oficial.
“Foi encontrado morto em sua cela, aparentemente por suicídio”, informou a porta-voz do sistema penitenciário na Catalunha (nordeste), sem dar detalhes.

Thank you for watching

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Pernambuco registrou, nesta quarta-feira (23), mais 2.358 casos e 64 mortes por Covid-19, segundo balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Com a atualização, o Estado soma 542.173 infecções – 48.927 graves e 493.246 leves – e 17.407 mortes em decorrência do coronavírus desde o início da pandemia.

Entre os registros confirmados nesta quinta, há 150 de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), equivalente a 6% do total, e outros 2.208 (94%) de casos leves.

As 64 mortes ocorreram entre os dias 18 de abril de 2021 e essa terça-feira (22).

Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela SES-PE. (Folha-PE)

 

Copa América registra 166 casos da Covid-19, diz Ministério da Saúde

A Copa América chegou, nesta quarta-feira (23), a 166 casos confirmados da Covid-19 entre as pessoas envolvidas na realização do evento no Brasil. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde.

Os casos da doença foram confirmados em Brasília (DF), Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e no Rio de Janeiro (RJ). Entre os infectados, 48 são jogadores e membros das delegações, 115 prestadores de serviços contratados para o evento e três funcionários da Conmebol – inclui arbitragem, médicos e equipe logística.

O Ministério da Saúde informou que já foram realizados 22.856 testes de RT-PCR nas pessoas envolvidas na realização da competição sul-americana desde o início do evento. 

Na competição, o Brasil vai jogar contra a Colômbia na 4° rodada da fase de grupos da Copa América. O jogo acontece nesta quarta-feira (23) no estádio Nilton Santos, o Engenhão, às 21h.

Vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirma que o “maior erro” do governo foi não ter feito campanha “firme” para orientar a população sobre a Covid

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou nesta terça-feira (22), em entrevista ao programa Roberto D’Avila, da GloboNews, que o “maior erro” do governo foi não ter feito campanha “firme” para orientar a população sobre a Covid. Mourão também elogiou o governo na pandemia, além de fazer críticas.
Segundo o consórcio de veículos de imprensa, com base em dados das secretarias estaduais de Saúde, o país soma cerca de 505 mil mortes pela doença, além de mais de 18 milhões de casos confirmados.
“Vou dizer para ti qual é o nosso maior erro. Na minha visão, a questão de comunicação, desde o ano passado, de campanhas de esclarecimento da população. Eu acho que este foi o grande erro: [não ter feito] uma campanha de esclarecimento firme, como tivemos no passado, de outras vacinas. Então, uma campanha de esclarecimento da população sobre a realidade da doença, orientações o tempo todo para a população”, declarou Mourão.
“Eu acho que isso teria sido um trabalho eficiente do nosso governo”, acrescentou.
Desde o início da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro critica as medidas de prevenção da doença preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e por entidades médicas nacionais e internacionais, entre as quais o uso de máscara e o distanciamento social.

O Supremo Tribunal Federal confirmou nesta quarta-feira (23), por 7 votos a 4, a suspeição do ex-juiz Sergio Moro na condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá. Com a manutenção da decisão da Segunda Turma, o caso precisará ser retomado da estaca zero pelos investigadores. 

No dia 22 de abril, a Corte já havia formado maioria pelo reconhecimento da suspeição. Na ocasião, sete dos 11 ministros votaram pela manutenção do entendimento firmado pela Segunda Turma: Gilmar Mendes, Kassio Nunes Marques, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Rosa Weber. Foram contra Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Marco Aurélio Mello e Luiz Fux.

Agora, as provas já colhidas serão anuladas e não poderão ser utilizadas em um eventual novo julgamento pela Justiça Federal do Distrito Federal, para onde o caso foi enviado.

Araripina avança na vacinação imunizando público acima de 45 anos

Foto: Blog do Roberto

Araripina, no sertão do Araripe, está avançando com a imunização da população geral contra a covid-19. A Secretaria de Saúde baixou a faixa etária para 45 anos, e nessa quarta-feira (23) milhares de pessoas foram imunizadas. Os grupos prioritários estão sendo vacinados conforme recomendam os governos Federal e do Estado.

Na véspera de São João, o prefeito Raimundo Pimentel usou as redes sociais para deixar um recado para população.

“São João bom é no Parque Três Vaqueiros dançando forró.  Mas, minha gente, melhor ainda é São João aplicando ‘doses de esperança’ na nossa população. Hoje começamos a imunização contra a Covid do grupo a partir dos 45 anos. Não tem sensação melhor do que perceber o sorriso no rosto das pessoas à espera por dias melhores. É com essa imagem de vacinação que desejo um ótimo São João a todos e que Deus abençoe! Se cuidem”, escreveu o gestor.

O ciclo junino é a mais importante festa do Nordeste. A que reúne todas as mais importantes tradições do povo sertanejo e nordestino. A que vivenciamos com um misto de religiosidade e festa. É no São João que nossa alma verdadeiramente se entrega à celebração. Fogueiras, fogos, comidas de milho, quadrilhas juninas, forró legítimo.

Infelizmente, nesses últimos dois anos, estamos contidos, curtindo de nossas casas, relembrando a nostalgia dos anos anteriores à pandemia.

Mas pra não deixar passar totalmente em branco esse momento tão importante, a Secretaria de Cultura e Esportes de Afogados da Ingazeira levou a música do período junino para as ruas de afogados.

Em um percurso itinerante, os músicos Leandro Cavalcanti, Edinho Oliveira e Cacá Malaquias, levaram o melhor da música nordestina para a população, as que estavam em casa e as que precisaram ir às ruas cumprir seus afazeres.

“Ainda não estamos podendo celebrar a nossa principal festa por conta da pandemia. Por isso levamos a alegria da música, do nosso forró, para que as pessoas possam celebrar, ainda que distanciadas, esse momento. Que o ano que vem, com o avanço da vacinação, possamos retomar plenamente as comemorações desse período”, destacou o secretário de Cultura e Esportes, Augusto Martins,

Municípios do Sertão avançam no Plano de Convivência

Nas gerências regionais com sedes em Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, estabelecimentos poderão funcionar até às 20h

O Governo de Pernambuco, após análise do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, anunciou em coletiva online, que a partir da próxima segunda-feira (28.06) a Macrorregião 3 – que engloba parte do Sertão e tem como sedes as cidades de Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada – vai avançar no Plano de Convivência.

As atividades econômicas podem voltar a funcionar até às 20h, tanto nos dias de semana como aos sábados e domingos. Os comércios de bairro e de rua e os escritórios terão horário especial, podendo funcionar até às 19h nos finais de semana. A capacidade permitida nos estabelecimentos será de 50% do total.

A secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, alertou que apesar da flexibilização, todos precisam manter os cuidados e a atenção máxima no cumprimento dos protocolos.

“Durante as festas juninas, devemos evitar as aglomerações, restringindo as comemorações apenas aos núcleos familiares. Essa é uma fase essencial para que o governo consiga manter o suporte na saúde e que a economia não precise sofrer novas restrições”, apontou.

Ela relembrou a recomendação do Ministério Público de Pernambuco, em vigor desde o ano passado, sobre a proibição de fogueiras e queima de fogos de artifício.

Ana Paula reforçou ainda as medidas válidas nas demais macrorregiões do Estado. “No Grande Recife, nas Zonas da Mata Norte e Sul, no Agreste e nos demais municípios do Sertão, no geral, o horário de funcionamento das atividades pode se estender até às 22h durante a semana e 21h nos fins de semana”, explicou.

Segundo ela, a exceção são as academias de ginástica, que devem fechar às 22h durante a semana e às 18h nos sábados e domingos. Museus, teatros e cinemas podem funcionar, mas com limite de 30% da capacidade, e os eventos corporativos podem ser realizados com até 50 pessoas.

ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA – De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, na análise da última Semana Epidemiológica (SE 24), pela 3ª semana consecutiva, Pernambuco observou uma redução nos indicadores da Covid-19, configurando uma tendência clara de desaceleração.

“Em relação aos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), foram 1.395 registros – o menor patamar desde meados de março. E na comparação com a Semana 23, houve redução de 21%. Em 15 dias, a queda foi de 28,5%”, informou.

Já em relação às solicitações de leitos de UTI, Pernambuco teve uma redução de 15%. Com isso, pela primeira vez em sete meses – desde novembro do ano passado – a taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva está na casa dos 80%. Até na 3ª Macrorregião, a mais preocupante, também houve queda nos casos de SRAG – de 21% em uma semana e 23% em 15 dias, justificando o avanço no Plano de Convivência.

SÃO JOÃO – Apesar da tendência de queda nos indicadores, André Longo ressaltou que a população precisa ficar atenta para evitar um novo recrudescimento da doença, e alertou para os cuidados durante os festejos juninos.

“Apesar de animadores, os indicadores não significam que vencemos a pandemia. O vírus continua entre nós e, neste momento, 1.750 pessoas estão internadas, lutando pela vida em leitos de UTI das redes pública e privada. Assim como já vimos em outros momentos, o comportamento negligente no São João poderá cobrar seu preço. Comemore com segurança, porque só protegendo a vida poderemos superar a pandemia e seguir em frente”, completou o secretário.

 

Prefeito de Afogados reúne-se com deputado Carlos Véras e garante 400 mil reais em emenda para Afogados

O Prefeito de Afogados da Ingazeira, Alessandro Palmeira, reuniu-se no final da manhã desta terça (22), com o Deputado Federal Carlos Veras, do Partido dos Trabalhadores.
A reunião ocorreu no gabinete do Prefeito, e contou com as presenças do vice-prefeito, Daniel Valadares, e de assessores do gabinete do parlamentar.
O assunto principal da reunião foi a destinação de 400 mil reais em emendas do parlamentar para obras em Afogados da Ingazeira.
“Foi uma reunião bastante produtiva. Ficamos muito agradecidos, em nome da população de Afogados, pela destinação das emendas. Serão 400 mil reais que iremos utilizar para pavimentação de ruas nos bairros de nossa cidade, levando qualidade de vida para centenas de famílias,” destacou Sandrinho Palmeira.

As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União nesta tarde.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles (Foto: Reprodução)

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu demissão nesta quarta-feira (23) ao presidente Jair Bolsonaro.

Salles é alvo de inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal) por operação da Polícia Federal que mira suposto favorecimento a empresários do setor de madeiras por meio da modificação de regras com o objetivo de regularizar cargas apreendidas no exterior.

Foi nomeado como novo ministro Joaquim Pereira Leite, secretário da Amazônia e Serviços Ambientais. 

As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União nesta tarde.

O Brasil ultrapassou a marca de 18 milhões de pessoas infectadas desde o início da pandemia de Covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registrados 87.822 novos casos da doença. Com isso, o total de pessoas que pegaram a doença chegou a 18.054.653. O país tem ainda 1.161.089 casos ativos, em acompanhamento.
A quantidade de pessoas que sucumbiram à pandemia chegou a 504.717. Nas últimas 24 horas, foram registradas 2.131 novas mortes por Covid-19. Ontem, o número de vítimas que perderam a vida em função de complicações vinculadas à doença estava em 502.586.
Ainda há 3.708 óbitos em investigação. O termo é empregado pelas autoridades de saúde para designar casos em que um paciente morre, mas a causa segue sendo apurada mesmo após a declaração do óbito.
Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite desta terça-feira (22). O balanço é produzido a partir das informações sobre casos e mortes recolhidas pelas secretarias estaduais de saúde.
A soma de pessoas que pegaram Covid-19, mas se recuperaram desde o início da pandemia subiu para 16.388.847. Isso corresponde a 90,8% do total dos infectados pelo vírus.
Os números são em geral mais baixos aos domingos e segundas-feiras em razão da menor quantidade de funcionários das equipes de saúde para realizar a alimentação dos dados. Já às terças-feiras os resultados tendem a ser maiores pelo envio dos dados acumulados.
Estados
Com 123,1 mil mortes, São Paulo lidera o número de óbitos entre os estados. Em seguida vêm Rio de Janeiro (54.452), Minas Gerais (44.623), Rio Grande do Sul (30.605) e Paraná (30.148). Já na parte de baixo da lista, com menos vidas perdidas para a pandemia, estão Roraima (1.713), Acre (1.734), Amapá (1.807), Tocantins (3.119) e Alagoas (5.176).
Vacinação
Até o momento, foram enviadas a estados e municípios 123,2 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19. Deste total, foram aplicadas 83,7 milhões de doses, sendo 61 milhões da 1ª dose e 22,6 milhões da 2ª dose.

 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 inicia agora uma “nova frente” para apurar a relação entre agentes públicos e privados em negociações no âmbito de aquisições de vacina ou medicamentos sem eficácia comprovada contra a covid-19, como hidroxicloroquina, conforme ressaltado pelo vice-presidente da comissão, Randolfe Rodrigues (Rede-AP). As dúvidas recaem principalmente sobre o contrato entre o governo federal e a Precisa Medicamentos, representante do laboratório indiano Bharat Biotech, para aquisição de 20 milhões de doses da Covaxin, no valor de R$ 1,6 bilhão.
“Nós estamos abrindo uma nova vertente agora, que é o fato de que ocorreu um cumpliciamento entre agentes privados e agentes públicos em detrimento do erário público, e tem outros elementos, outros crimes a serem investigados, a partir de agora, pela CPI”, disse o vice-presidente da CPI.
Essa nova frente citada por Randolfe não envolve apenas a Precisa, mas também as empresas produtoras de cloroquina e ivermectina. O senador informou que esse “cumpliciamento entre agentes privados e agentes públicos em detrimento do erário público” envolve também as empresas envolvidas com produção de hidroxicloroquina, como a Apsen e a EMS.
Oitiva de servidor
Na próxima quarta-feira (23), os senadores irão aprovar convites para ouvir o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda, e seu irmão, o deputado federal Luis Claudio Miranda (DEM/DF). O servidor relatou, em depoimento ao Ministério Público Federal (MPF), “pressões anormais” no fechamento do contrato de aquisição da vacina indiana Covaxin com o governo federal brasileiro. A intenção era ouvir apenas Luis Ricardo, mas o deputado pediu para ser convidado. As oitivas são consideradas “bombas” pelos senadores.
Questionado sobre o motivo de convidar o deputado a depor, o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM) apenas pontuou: “Porque o deputado disse que iria junto ao irmão e que os dois têm o que falar”.
Randolfe afirmou que é inevitável ouvir o servidor. “A partir das deliberações que tomaremos amanhã (aprovação de requerimentos de convocação e quebras de sigilo), a comissão entra em uma terceira e decisiva fase, que é a de investigação de outros crimes além dos anteriores. Até então, os indícios eram de crimes contra a ordem sanitária, precarização. Nós vamos entrar agora numa área de investigar a ocorrência de corrupção ativa e passiva por parte de agentes públicos e privados”, disse.
“Não justifica”
Nesta terça-feira, foi divulgado um despacho do dia 16 de junho da procuradora da República Luciana Loureiro Oliveira no qual ela aponta suspeitas em relação às negociações do governo federal na aquisição da vacina Covaxin. Luciana pede abertura de investigação específica sobre as negociações, ressaltando que apesar de o contrato prever entrega de 20 milhões de doses até 70 dias após a assinatura do contrato (no dia 25 de fevereiro), isso não ocorreu, e também não houve atitude corretiva por parte do governo para a execução do contrato.
“Somada ao histórico de irregularidades que pesa sobre os sócios da empresa Precisa e ao preço elevado pago pelas doses contratadas, em comparação com as demais, torna a situação carecedora de apuração aprofundada, sob duplo aspecto cível e criminal, uma vez que, a princípio, não se justifica a temeridade do risco assumido pelo Ministério da Saúde com essa contratação, a não ser para atender a interesses divorciados do interesse público”, pontuou o documento assinado pela procuradora.
Após o despacho, foi aberta uma notícia de fato no 11º Ofício de Combate ao Crime e à Improbidade Administrativa. Luciana Loureiro ressaltou que “apurou-se que a empresa tem, entre suas sócias, a Global Saúde”. A empresa, segundo a procuradora, há pouco mais de três anos, negociou um contrato “para venda de medicamentos ao Ministério da Saúde mas não os entregou, causando prejuízos a centenas de pacientes dependentes de medicamentos de alto custo, e prejuízo de mais de R$ 20 milhões ao erário, ao que consta ainda não ressarcidos”.
O fato gerou uma ação de improbidade administrativa que recai sobre o então ministro da Saúde Ricardo Barros e de outros servidores. Há um inquérito policial em curso.
Vacinas mais caras
As doses da Covaxin adquiridas pelo governo brasileiro custam US$ 15, valor mais elevado que a da Pfizer, por exemplo, que foi de US$ 12. Essa questão também foi pontuada pela procuradora. À época em que o contrato foi assinado, não havia sequer estudo fase 3 da vacina no Brasil aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Somente em 14 de maio de 2021 a agência deu aval à realização de ensaios clínicos do imunizante no Brasil.
A Covaxin ainda sofre restrições de importação. No início de junho, a Anvisa autorizou somente o uso sob condições controladas, concessão que pode ser suspensa “caso o pedido de uso emergencial em análise pela Anvisa ou pela Organização Mundial da Saúde (OMS) seja negado, ou ainda com base em informações provenientes do controle e do monitoramento do uso da vacina Covaxin no Brasil”, como informa a agência.
Documentos sigilosos entregues à comissão de telegramas do Itamaraty, e revelados pelo Correio na edição de ontem, já mostraram um movimento positivo do governo em relação ao imunizante que ainda não tem autorização de uso emergencial no país.
Em nota enviada ao Correio, a Precisa disse desconhecer oficialmente “qualquer investigação do Ministério Público Federal em relação ao contrato firmado para importação de vacinas”, mas que estaria à disposição da CPI para prestar esclarecimentos. Defendeu, ainda, que os preços firmados em contrato com o Brasil foram inferiores aos cobrados a hospitais privados, cujo “preço da dose foi definido em US$ 16”.
“A Precisa informa que as tratativas entre a empresa e o Ministério da Saúde seguiram todos os caminhos formais e foram realizadas de forma transparente junto aos departamentos responsáveis do órgão federal”.
Apesar das alegações da empresa, os senadores reclamam que documentações com especificações do contrato e detalhamento de valores já requisitados pela CPI não foram apresentados. “O Brasil todo está ouvindo. Não é possível que o Ministério da Saúde não ouça”, apelou Omar Aziz, pedindo à pasta uma celeridade.

As agências bancárias em Afogados da Ingazeira terá expediente normal para o público nesta quarta-feira (23), e fecham na quinta-feira (24), feriado em comemoração ao dia de São João, já decretado pelo Governo Municipal.

Na sexta-feira (25) o expediente será normal em todas as agências, postos de atendimento, casas lotéricas e Caixa Aqui.

Os bancos recomendam a seus clientes e a população em geral concentrar, ao máximo, suas atividades bancárias via aplicativo de celular e internet, pelo atendimento telefônico e nos caixas eletrônicos, nas salas de autoatendimento das agências e caixas 24 horas.

Clique aqui em Central de Atendimento e entre em contato com o seu banco.

Base do SAMU em Carnaíba é aprovada por equipe técnica do Cimpajeú

https://1.bp.blogspot.com/-6huDWarKnqY/YNDOXAqH2iI/AAAAAAABXKo/aqAhV4v2RfIcDN1xAvLaTZLak2Coi-aMwCLcBGAsYHQ/w400-h365/203350478_354164676084166_4325812996476923366_n.jpg

A técnica do Cimpajeú, Renata Souza, fez uma vistoria na base descentralizada do SAMU de Carnaíba na última segunda-feira. Essa ação faz parte da primeira fase de implantação do SAMU consorciado III Macrorregião de Saúde, com o objetivo de verificar se a base está apta para funcionamento de acordo com as diretrizes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

Segundo Renata, a base instalada em Carnaíba é uma das melhores já inspecionadas até agora. “O município está de parabéns, tudo ficou muito bem estruturado e organizado, a preocupação em oferecer um espaço confortável para os profissionais é muito louvável, mesmo com poucos recursos o Sertão demonstra que leva a vida das pessoas a sério”, elogiou.

Em paralelo a inspeção nos municípios, está sendo providenciado o processo licitatório para contratação da empresa que ficará responsável pelos profissionais que atuarão com o SAMU. “O município é responsável pela estruturação e manutenção da base descentralizada, o Ministério da Saúde não disponibiliza recursos para isso, foi realizado com recursos próprios, mas a seleção para contratação dos técnicos e o pagamento do salário dos mesmos é de responsabilidade do Consórcio, que administra os recursos do município, estado e governo federal. O custeio da manutenção do SAMU é de responsabilidade dos três entes federativos”, explicou a secretária de Saúde, Alessandra Noé, que acompanhou a visita juntamente com a diretora do hospital Joelma Clementino.

 

O repentista Edezel Pereira, irmão do consagrado poeta João Paraibano (já falecido), morreu na noite dessa segunda-feira (21), aos 56 anos, vítima da Covid-19.

Edezel estava internado  há dias, chegou a ser intubado e chegou a ser extubado.

No início da tarde Edezel teve uma parada cardio-respiratória, ainda foi reanimado. Entretanto,  em novo episódio,  não resistiu e faleceu.

Nas redes sociais, amigos, familiares e artistas  lamentaram a morte do violeiro.

A cultura popular nordestina fica órfã de mais uma expressão autêntica.

 

  COMPARTILHE POR AÍ: COMENTE

 

Por G1 PE e TV Globo

Dinheiro apreendido durante cumprimento da Operação Suborno, desencadeada pela Polícia Civil de Pernambuco nesta terça-feira (22) — Foto: PCPE/Divulgação

 

A Operação Suborno, desencadeada nesta terça-feira (22) em Pernambuco e outros quatro estados, resultou na prisão de 18 suspeitos de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro e na apreensão de mais de R$ 500 mil em dinheiro, dez carros, armas, relógios, joias, segundo a Polícia Civil. Entre os presos, estava um ex-diplomata, que não teve o nome divulgado.

Também foram apreendidos dólares e euros, em quantia ainda não contabilizada, bloqueados R$ 44 milhões do grupo criminoso e sequestrados imóveis, incluindo entre eles um posto de combustível que a polícia acredita que era utilizado para lavagem de dinheiro, segundo o delgado Ivaldo Pereira, titular das investigações.

No posto, foi apreendido um cofre, foi levado para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE). Nele, havia R$ 2 mil e cheques, segundo a investigação.

Ao todo, foram emitidos 20 mandados de prisão, sendo que dois alvos já estavam no sistema prisional. Os mandados foram cumpridos no Recife e em CaruaruCabrobó Vitória de Santo Antão, no interior do estado, além do Rio Grande do NorteMato GrossoMato Grosso do Sul e Acre (veja vídeo abaixo).

Operação Suborno da Polícia Civil prende 18 pessoas suspeitas de integrar quadrilha

Operação Suborno da Polícia Civil prende 18 pessoas suspeitas de integrar quadrilha

O delegado Ivaldo Pereira, titular das investigações, apontou que a maioria dos presos eram pernambucanos. Mulheres de detentos e de ex-detentos também foram alvos de mandados de prisão. Segundo o investigador, elas eram responsáveis pela lavagem de dinheiro.

“Elas não têm passagem pelo sistema carcerário e pensam que vão passar desapercebidas”, declarou Pereira.

A polícia acredita que os traficantes pernambucanos negociavam maconha com criminosos no Mato Grosso e cocaína com grupos do Mato Grosso do Sul.

“Nós estamos […] trabalhando com as pessoas que realmente possuem dinheiro, os chefões do tráfico. As pessoas que movimentam realmente dinheiro, trabalham com aquisição da droga, mas não coloca a mão na massa”, afirmou o delegado.

Polícia Civil apreendeu dinheiro, relógios e joias durante cumprimento de mandados da Operação Suborno, nesta terça-feira (22) — Foto: PCPE/Divulgação

Polícia Civil apreendeu dinheiro, relógios e joias durante cumprimento de mandados da Operação Suborno, nesta terça-feira (22) — Foto: PCPE/Divulgação

Segundo Pereira, o dinheiro do esquema criminoso era “lavado” em Pernambuco. “Vários alvos possuíam empresas, de laticínios, de cosméticos, posto de combustível. Esse dinheiro entrava sujo e saía por meio de notas fiscais para parentes e conhecidos “, disse.

O delegado afirmou que as investigações prosseguem para verificar a possível participação de outros envolvidos no esquema criminoso. Os nomes dos presos não foi divulgado.

Carro foi apreendido durante operação que investiga suspeitos de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Carro foi apreendido durante operação que investiga suspeitos de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Os presos no Recife e Região Metropolitana foram encaminhados à sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste da capital.

A ação contou com apoio da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Seopi/MJSP) e da Polícia Civil dos estados para onde os mandados foram expedidos.

Arma e dinheiro apreendidos durante Operação Suborno, desencadeada pela Polícia Civil de Pernambuco nesta terça-feria (22) — Foto: PCPE/Divulgação

Arma e dinheiro apreendidos durante Operação Suborno, desencadeada pela Polícia Civil de Pernambuco nesta terça-feria (22) — Foto: PCPE/Divulgação

Relógios apreendidos por policiais durante a Operação Suborno — Foto: PCPE/Divulgação

Relógios apreendidos por policiais durante a Operação Suborno — Foto: PCPE/Divulgação

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), enquadrou o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), que resolveu culpar governadores e prefeitos pelo mau gerenciamento da pandemia do coronavírus, além de ter dito que Jair Bolsonaro teve o poder de ação na crise sanitária limitado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com Aziz, dizer que o STF tirou poder de Bolsonaro “é a maior mentira que existe”. “O presidente vai para motociata sem máscara, faz o que quer e ninguém faz nada”, disse.

“Quem faz política sanitária no Brasil é o governo federal, não é prefeito e nem governador. O médico preserva a vida e a economia vem depois”, afirmou Aziz.

O presidente da CPI também destacou que a “economia já vinha decadente antes da pandemia”, ao rebater declarações de que o isolamento prejudicou a economia brasileira.

O senador do PSD já havia criticado Osmar Terra ao chamar o emedebista de “pitaqueiro, charlatão” por causa das críticas ao isolamento social.

 

Marcos André Pereira da Silva, o Nego Téu, era envolvido em vários crimes

Segundo Delegado Ubiratan Rocha, é o quarto envolvido com o crime que é morto. Mortes que assustaram cidade tem conexão com o caso

Fotos: 1 – Marcos André Pereira da Silva, conhecido por Nego Téu; 2 – documentos falsos encomendados por Marcos para despistar a polícia; 3 – imagem da comunidade em Palmeira dos Índios onde Nego Téu se escondeu, descoberta pela inteligência da Polícia.

 

Uma investigação da Polícia Civil coordenada pelo Delegado Regional Ubiratan Rocha chegou ao executor de uma empresária morta em Tabira.

A comerciante Glaucia Ricarte Nunes de Melo, có-proprietária da LB Móveis Eletro foi morta na noite de 15 de junho de 2020 na chácara da família, na PE que dá acesso ao município de Solidão. Glaucia era esposa de Gilberto Melo, também assassinado em outubro do mesmo ano.

A polícia chegou ao elemento Marcos André Pereira da Silva, conhecido por Nego Téu, executor de Gláucia. Entretanto, no curso das investigações foi morto em uma troca de tiros com a Polícia Civil da Bahia na operação Aerarium, capitaneada pela Polícia Judiciária daquele estado.

O criminoso era o principal envolvido na morte da empresária, em um dos primeiros homicídios da onda que atormentou a cidade em 2020. “As investigações continuaram com o trabalho de inteligência para chegar até ele”, disse o Delegado.

Segundo ele, no segundo semestre de 2020, Nego Téu foi visto em Palmeira dos Índios, Alagoas, em um povoado indígena. A notícia chegou a policiais lotados em Tabira.

“Infelizmente ele deixou o local e tomou rumo ignorado. Mas semana retrasada entramos de novo no encalço dele haja vista que a gente estava com foco na Operação Prólogo, que investigou esses crimes em Tabira e pegamos um ponto investigativo em Petrolina, onde ele usava nome falso de Antonio Marcos de Sena”, revelou.

A residência em que ele se escondeu foi identificada, mas veio a surpresa. “Quando a gente foi aprofundar a investigação tomou ciência que na terça passada, Nego Téo morreu em confronto com a Polícia Civil, como alvo principal, investigado por assaltos a bancos no estado”.

Ele tinha uma extensa ficha. Natural de Pedreiras, Maranhão, participou de várias organizações criminosas no Estado e em outras praças do Nordeste, apesar de ter apenas 25 anos.

Em Tabira, a investigação chegou a ele por ter esquecido um celular no lugar do crime contra a empresária. Do crime, três suspeitos segundo Rocha já faleceram em virtude da onda de homicídios daquele ano. “Queríamos prendê-lo para aprofundar as investigações sobre a passionalidade ou não do delito”.

Segundo ele, as investigações não param com sua morte. “Vamos aprofundar as investigações. A operação Prólogo foi o estopim para que a gente pudesse vincular cada membro às práticas delituosas para aprofundar os fatos. O caso da empresária Gláucia originou a cadeia de homicídios”.

As mortes seguintes, diz o Delegado, escolhiam menores como executores para garantir a impunidade dos mandantes, que controlavam o crime organizado.

O passo agora é aprofundar as causas e motivações da morte dos empresários que morreram em Tabira.

“Já avançamos. As investigações seguem em sigilo. O que podemos dizer é que esse é o quarto suspeito que morre com envolvimento no crime de Gláucia”.

Outra revelação é que Nego Téu não foi o mesmo executor ou mandante da morte do empresário Gilberto Melo. “Está exposto nos autos”.

Outra etapa é aproximar os laços entre as investigações de Pernambuco e Bahia, para possível identificação de novos acusados de participação nos episódios.

Ele destacou que a Polícia Civil e Judiciária estão prestes a completar a montagem de mais esse complexo quebra-cabeças, com investigações de alto nível e suporte da inteligência.

“Parabenizo os policiais da 20a DESEC pela qualidade. Vamos responder à sociedade sobre esse delicado momento para levar mais alento e tranquilidade. 

Via Nill Júnior

Blog MarcosMontinelly

O juiz federal Frederico Botelho de Barros Viana, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, decidiu nesta segunda-feira (21) absolver o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro Gilberto Carvalho e outros cinco acusados em um processo por corrupção relacionado à operação Zelote.

A acusação era de que Lula teria editado uma medida provisória para favorecer empresas do setor automotivo em troca de recebimento de propina. De acordo com o Ministério Público, R$ 6 milhões teriam sido prometidos pelos empresários para financiar campanhas do PT.

A denúncia do MP foi aceita em 2017 e, desde então, os sete acusados eram réus no processo – os políticos, por corrupção passiva, e os empresários, por corrupção ativa.

Moro se irrita ao ser flagrado passeando em Washington, nos Estados Unidos; 

 
Moro se irrita ao ser flagrado passeando em Washington, nos Estados Unidos; Veja vídeo
O ex-juiz da Lava Jato no Paraná e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro se irritou ao ser flagrado passeando em Washinton, nos Estados Unidos, na noite desta sexta-feira (18).

Ele foi abordado por uma opositora, que gravou um vídeo do momento. “Vou só mostrar para vocês. Aqui está andando no meio da rua o homem que destruiu o Brasil”, disse ela, apontando a câmera para Moro.

O ex-juiz reagiu, chamando a mulher de “mocinha” e pedindo para que ela parasse de filmar.

 

 

Mulher julgada por matar marido que estuprou, bateu e forçou à prostituição

Estuprada desde os 12 anos pelo padrasto, que mais tarde se tornou seu marido, espancada e forçada à prostituição: uma mulher de quarenta anos, que se tornou o novo símbolo da violência doméstica na França, que começou a ser julgada ontem segunda-feira (21) por ter matado seu suposto carrasco.
O julgamento de Valérie Bacot começou nesta segunda em um tribunal em Saône-et-Loire, no centro da França. Cerca de 600.000 pessoas assinaram uma petição para exigir a libertação desta mulher que narrou, em um livro, o inferno que viveu por anos.

Em 13 de março de 2016, Valérie Bacot, então com 35 anos, matou Daniel Polette, de 61 anos. Com a ajuda de dois de seus filhos, ela enterrou o corpo em uma floresta, mas foi denunciada e presa em outubro de 2017. Ela confessou imediatamente o crime e justificou seu ato por 25 anos de calvário.

Aos 12 anos, ela foi estuprada por Daniel Polette, que era amante de sua mãe na época. Condenado e preso em 1995, a justiça autorizou-o, ao sair da prisão, a voltar para a casa da família.

“Tudo começou a ser como era antes”, contou Bacot em seu livro publicado no mês passado. Quando ela engravidou aos 17 anos, sua mãe a expulsou de casa e Valérie Bacot não teve escolha a não ser se estabelecer com “Dany”.

Mas o homem, que era alcoólatra, foi se tornando cada vez mais violento. Num Natal, por exemplo, ele bateu nela com um martelo porque um pisca pisca que havia comprado não estava funcionando. Outro dia ele a estrangulou até ela desmaiar, apesar de estar grávida, relatou a ré.

A essa violência física cotidiana, segundo Bacot, somou-se a prostituição que seu marido lhe impôs no banco traseiro de seu carro. Ele lhe dava “instruções” por meio de um fone de ouvido para melhor satisfazer o cliente.

“Tinha medo o tempo todo. Quis fugir mil vezes”, narrou a acusada. Mas ela temia não conseguir escapar de seu marido violento, que regularmente a ameaçava com uma arma.

Blogueiro atualiza quadro de Anchieta Santos

O blogueiro Júnior Finfa conversou com o radialista Anchieta Santos e deu detalhes dos próximos passos no tratamento do problema de saúde identificado semana passada.

O radialista confirmou que na próxima segunda-feira (28), estará se internando no Hospital da Restauração. Nesta terça-feira (22), tem um encontro com o neurocirurgião Paulo Thadeu Brainer.

O profissional médico é um dos mais respeitados no país em sua área, conhecido pelas participações em programas de TV da Rede Globo, Rádio Jornal e outros veículos partilhando sua experiência.

“Além dos médicos Pedro Alves e Josete Amaral, tenho recebido apoio de Geraldo Freire, José Patriota, da jornalista Edna Nunes, do empresário Paulo Manu,  do médico Gilson Brito e de muitos outros amigos da política, da saúde e da comunicação. A equipe do Hospital da Restauração é o que tem de melhor no Nordeste”, afirmou Anchieta. Continuamos com fé em Deus e confiantes.

O radialista, nosso companheiro de muitos anos, responsável pela formação de muitos profissionais na Rádio Pajeú e Repórter do Sertão na Rádio Jornal teve diagnóstico de um nódulo descoberto na cabeça semana passada.

Nos últimos dias, Anchieta passou a sentir dores de cabeça após o programa Rádio Vivo. Brincava que ela tinha hora marcada para acontecer, pouco antes de terminar o programa. Buscou ajuda e realizou um exame de imagem que revelou na última quinta um nódulo na cabeça, que exigia cuidados mais intensivos.

O uso obrigatório de máscaras foi imposto em outubro de 2020, quando o país entrava em uma segunda onda da pandemia e as autoridades lutavam para conter o surto de infecções.

A Itália vai suspender a exigência de que as pessoas usem máscaras faciais ao ar livre a partir da próxima segunda-feira (28), disse o governo, considerando uma queda contínua nos casos e nas hospitalizações por Covid-19.

O uso obrigatório de máscaras foi imposto em outubro de 2020, quando o país entrava em uma segunda onda da pandemia e as autoridades lutavam para conter o surto de infecções.

O governo de Mario Draghi vem suspendendo as restrições desde abril, abrindo atividades como restaurantes, bares, cinemas e academias e permitindo a liberdade de movimento em todo o país.

O uso de máscaras foi uma das últimas regras a se manter, e ainda será obrigatório em áreas internas.

A decisão entrará em vigor na próxima segunda-feira (28), quando se espera que todo o país seja uma zona branca Covid-19, o nível de risco mais baixo no sistema italiano de código de cores de quatro camadas para calibrar as restrições em suas 20 regiões.

Dezenove das regiões já estão na faixa branca, com exceção da minúscula área do Vale de Aosta que está na fase amarela, denotando o segundo nível de risco mais baixo.

“A partir de 28 de junho deixaremos para trás a necessidade de usar máscaras em zonas brancas”, postou o ministro da Saúde, Roberto Speranza, no Facebook, após ser aconselhado por especialistas do governo.

Os italianos ainda devem levar uma máscara com eles quando saírem de casa e estar prontos para usá-la ao ar livre se houver uma multidão.

O anúncio segue decisões semelhantes em outros países europeus, como França e Espanha, embora continuem as preocupações no continente sobre a disseminação da nova variante Delta, altamente contagiosa.

Cerca de 26% dos italianos foram totalmente vacinados contra Covid-19, enquanto cerca de 52% receberam pelo menos uma dose, números amplamente semelhantes aos de outros grandes países da União Europeia (UE).

Os casos estão em seu nível mais baixo em 2021 e a pressão sobre os hospitais está diminuindo constantemente.

Presidente da Anvisa apela à população que tome segunda dose da vacina

O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA, Antonio Barra Torres, realiza entrevista coletiva para falar sobre a interrupção dos estudos da vacina Coronavac.

O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, apelou às pessoas que já tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 que, no momento indicado, tomem a segunda dose, completando o ciclo de imunização.
Ao abrir, hoje (21), a 12ª reunião da diretoria colegiada da agência, Torres também enfatizou a importância do uso de máscaras e das demais orientações das principais autoridades sanitárias mundiais, como o distanciamento social e a frequente e adequada higienização das mãos.
“As vacinas representam, neste momento, a medida farmacológica de maior comprovação, credibilidade e eficácia disponíveis no mercado em todo o mundo”, disse Torres, enfatizando a importância da segunda dose da vacina.
“Temos observado índices que apontam uma baixa procura pela segunda dose da vacina em alguns municípios, mesmo quando elas são disponibilizadas à população. Isso não é razoável. Não há nenhum sentido em [a pessoa] tomar uma dose da vacina e não se apresentar para tomar a segunda dose. Quem assim o faz está com uma proteção incompleta, insuficiente e inadequada”, alertou Torres.
“Reitero o posicionamento da Anvisa. Posicionamento irrevogável até o presente momento, em relação [à necessidade de] ao uso de máscaras, ao distanciamento social e às boas normas de higiene em termos gerais. A Anvisa se mantém atrelada aos princípios técnico-científicos que norteiam os trabalhos da casa”, disse Torres.

Com isso, o país chegou a 502.817 mortes pela Covid e 17.969.806 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

 O Brasil registrou 899 mortes por Covid-19 e 43.413 casos da doença, nesta segunda-feira (21). A média móvel de mortes completou seis dias seguidos acima de 2.000 óbitos por dia.

Aos domingos, segundas e feriados, os números da Covid no país costumam ser menores devido a atrasos de notificação nas secretarias de saúde, que trabalham com menos gente, em regime de plantão, aos finais de semana.

Com isso, o país chegou a 502.817 mortes pela Covid e 17.969.806 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

Nesta segunda, a média foi de 2.059, número 20% superior ao registrado há duas semanas. A média é um instrumento estatístico que busca suavizar variações nas notificações de mortes e casos. O valor é obtido pela soma do número de mortes dos últimos sete dias e a divisão do resultado por sete.

Foram atualizados os dados da vacinação contra a Covid-19 no Distrito Federal e em 23 estados.

O Brasil registrou 1.359.260 doses de vacinas contra Covid-19, nesta segunda. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 1.249.278 primeira doses e 109.982 segundas.

Os dados do país, coletados até às 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

 

Pode ser uma imagem de 1 pessoa, em pé e texto que diz "COVID Mortes em países com população similar à do Brasil PAÍS Indonésia Paquistão Brasil Nigéria Bangladesh POPULAÇÃO 276 milhões 225 milhões 214 milhões 211 milhões 166 milhões MORTES 54 mil 22 mil 500 mil 2 mil 13 mil"

 

 

 

Dólar é cotado a R$ 5,0222 nesta manhã de terça-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 5,99 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,2846.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta terça-feira (22), está cotado no valor de R$ 5,0222. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,2009.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 5,99 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,2846. 

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

Pandemia desacelera, mas EUA não se dispõe a abrir fronteiras como a UE

 (Foto: Alex Edelman/AFP)

À medida que a pandemia de Covid-19 recua no Ocidente, a Europa abre suas fronteiras aos americanos, mas o contrário não ocorre, pois os Estados Unidos não cedem às restrições impostas há 15 meses.
O presidente Joe Biden elogiou o progresso na vacinação, com a meta de 70% dos americanos receberem pelo menos uma dose até 4 de julho, e as autoridades de saúde relaxaram as recomendações sobre máscaras faciais, mas Washington mantém restrições às viagens.
“Esperamos a retomada das viagens transatlânticas assim que a ciência permitir”, disse o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, nesta segunda-feira.
“Não posso colocar um prazo específico porque vai depender muito do curso da epidemiologia, da resposta ao vírus no mundo e da evolução, incluindo o impacto e a presença de variantes”, disse.
Biden prometeu restaurar alianças após a turbulenta presidência de Donald Trump e, na semana passada, cortejou aliados europeus em sua primeira viagem ao exterior.
Mas ele deixou claro que não tem pressa quando se trata de viagens, e seu governo também renovou até 21 de julho o fechamento das fronteiras terrestres com o Canadá e o México.
Durante a pandemia, os Estados Unidos proibiram a maioria dos visitantes da União Europeia, assim como do Reino Unido, Brasil, China, Índia, Irã e África do Sul.
No entanto, Biden permitiu um número crescente de isenções, com jornalistas, estudantes e outros podendo viajar apesar das restrições impostas aos turistas comuns.
Já a União Europeia decidiu reabrir suas fronteiras para os americanos com a condição de que estejam vacinados ou apresentem testes negativos para o vírus.
Impulsionados pelo turismo
A União Europeia se abriu aos EUA sob pressão de Estados-membros que dependem do turismo, como Grécia, Itália e Espanha, ansiosos por reativar um setor devastado pela pandemia.
Nos Estados Unidos, não há força semelhante pedindo a entrada de estrangeiros, embora as companhias aéreas e outros setores da indústria do turismo tenham expressado apoio ao relaxamento das restrições. O The Wall Street Journal, em um editorial recente, afirmou que não há razão para não corresponder à decisão europeia.
O governo Biden anunciou no início de junho a formação de grupos de trabalho com a União Europeia, Reino Unido, Canadá e México sobre os próximos passos.
Milhares de expatriados pagam impostos nos Estados Unidos e podem receber familiares no país, mas não podem sair sem se preocupar se poderão voltar.
Celia Belin, uma acadêmica francesa da Brookings Institution de Washington, observa que Biden foi eleito com a promessa de enfrentar a luta contra a pandemia melhor do que Trump e “não quer correr nenhum risco” em meio a preocupações com a variante Delta do coronavírus.

Também nesta terça, recebem a terceira parcela os beneficiários do Bolsa Família com NIS encerrado em 4.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial, pelo site auxilio.caixa.gov.br ou pelo https://consultaauxilio.cidada… (Foto: Reprodução)

A Caixa Econômica Federal (Caixa) paga nesta terça-feira (22) a terceira parcela do Auxílio Emergencial para os trabalhadores nascidos em abril, inscritos no programa por meio do site e do aplicativo, além daqueles que fazem parte do Cadastro Único, mas estão fora do Bolsa Família.

Também nesta terça, recebem a terceira parcela os beneficiários do Bolsa Família com NIS encerrado em 4.

Para os trabalhadores fora do Bolsa Família, ajuda será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta terça serão liberados no dia 6 de julho. (veja nos calendários mais abaixo).

Para os beneficiários do Bolsa Família, os pagamentos são feitos da mesma forma que o Bolsa.

  • trabalhadores que não fazem parte do Bolsa Família, nascidos em abril
  • beneficiários do Bolsa Família com NIS final 4

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial, pelo site auxilio.caixa.gov.br ou pelo https://consultaauxilio.cidada…

BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA

Segundo o Ministério da Cidadania, 9,77 milhões de famílias receberão a terceira parcela do Auxílio Emergencial 2021.

O ministro Marco Aurélio Mello, decano do Supremo Tribunal Federal, fez uma defesa do voto eletrônico nas eleições. Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, Mello citou a lisura do processo eleitoral e a rapidez da apuração. “Nós não tivemos, ao contrário do que ocorria no sistema anterior (voto em cédulas), uma única impugnação minimamente séria, procedente, quanto à fidelidade do voto depositado na urna eletrônica”, disse ele, na noite desta segunda-feira (21), que presidiu o Tribunal Superior Eleitoral em três oportunidades (1996-1997, 2006-2008 e 2013-2014).
Nesta segunda-feira, o ministro Luís Felipe Salomão, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu prazo de 15 dias para que o presidente Jair Bolsonaro apresente provas de que ocorreram fraudes nas eleições de 2018, como o chefe do Executivo tem alegado. A determinação também se estende a outros políticos que tenham feito acusações do mesmo teor.
Salomão também determinou que seja aberto procedimento administrativo para avaliar os riscos de fraudes no pleito de 2022, e se realmente ocorreu alguma irregularidade na votação em que Bolsonaro foi eleito.
Na entrevista ao Roda Viva, Marco Aurélio também comentou os ataques de Bolsonaro à imprensa, como ocorrido nesta segunda, quando questionado sobre o uso de máscaras por uma repórter da Globo, mandou ela “calar a boca”. “É o estilo do presidente da República um estilo muito agressivo para alguns. Agora, é ruim em termos de sociedade, de avanço cultural, (…) porque aprendemos desde cedo que o exemplo vem de cima”, diz o ministro do STF Marco Aurélio Mello. “Precisamos de uma imprensa que elogie e também critique. A crítica construtiva é bem-vinda e tem que ser percebida assim por todos os homens públicos”, emendou.

Por: Estado de Minas

Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) provocou nesta segunda-feira (21) os jornalistas William Bonner e Miriam Leitão, ambos da Rede Globo. O governante ironizou os dois profissionais de imprensa ao tratá-los como médicos, dizendo que quem fosse diagnosticado com o coronavírus deveria procurar eles.
“Quem tiver com Covid sabe quem procurar agora, o doutor William Bonner, falou pessoal? A doutora Miriam Leitão também é muito boa”, afirmou Bolsonaro, em Brasília, durante conversa informal com apoiadores e enquanto tirava foto com eles.
O Brasil superou, no último sábado (19), a marca de 500 mil mortos por causa das complicações da Covid-19. Neste dia, o Jornal Nacional, que tem William Bonner como principal âncora, criticou as ações do governo federal em editorial lido pelo jornalista e também por Renata Vasconcellos, outra apresentadora do principal programa jornalístico da Rede Globo.
Nesse domingo (20), o Brasil chegou à marca de 501.825 vidas perdidas por causa do coronavírus. Também ao todo, foram 17.927.928 infectadas com a COVID-19, sendo que 1.205.865 seguem em acompanhamento e 16.220.238 se recuperaram. Os dados são do Ministério da Saúde.

Boates em Madri e Barcelona reabrem

 (A máscara será obrigatória na pista de dança, e os grupos deverão ser de no máximo seis pessoas no interior do recinto, e de dez, no exterior, detalhou o governo regional catalão. Foto: Reprodução/Pixabay)

As boates e outros estabelecimentos noturnos reabrem as portas, nesta segunda-feira (21), em uma parte da Espanha, como Madri e Barcelona, graças à melhora da situação sanitária.
Os locais terão de cumprir restrições em relação à lotação e aos horários máximos de abertura estabelecidos pelas regiões, competentes na Espanha em matéria de saúde e na gestão da crise sanitária pela pandemia da Covid-19.
Na região da Catalunha, onde fica Barcelona, as boates poderão reabrir, após um ano fechadas, com 50% de sua capacidade e até 3h30 da manhã.
A máscara será obrigatória na pista de dança, e os grupos deverão ser de no máximo seis pessoas no interior do recinto, e de dez, no exterior, detalhou o governo regional catalão.
Em Madri, os locais noturnos poderão usar a pista de dança apenas se estas forem ao ar livre. Também haverá restrição no número de presentes. O horário de fechamento será 3h da madrugada.
Já no arquipélago das Baleares, que inclui Ibiza, capital mundial da noite, as discotecas ainda não foram autorizadas a voltar a funcionar.
Após semanas de uma clara queda no número de casos, à medida que a campanha de vacinação avança, a Espanha suspenderá em 26 de junho a obrigatoriedade de usar máscara ao ar livre.
Segundo os últimos números do governo, 48% dos 47 milhões de espanhóis receberam ao menos uma dose da vacina, e quase 30% já estão totalmente imunizados.

Um levantamento do pesquisador Daniel Duque, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV), apontou que o Brasil ficou em segundo lugar entre 38 países no ranking do índice de mal-estar por causa da combinação de desemprego recorde e inflação alta. O teor da pesquisa foi publicado pelo jornal O Globo.

A lista da FGV relacionou o Brasil e membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que reúne economias avançadas. De acordo com dados do IBGE e da OCDE reunidos pelo pesquisador, a taxa de desconforto socioeconômico no país chegou a 19,83% no primeiro trimestre de 2021 e só perdeu para a da Turquia, que teve o último registro referente ao quarto trimestre de 2020 (26,28%).

Em seguida, apareceram Espanha (16,09%), Colômbia (15,63%), Grécia (14,08%) e Chile (13,42%). Quanto mais alto esse percentual, pior é a taxa.

O número de desempregados no Brasil ficou em 14,8 milhões em março (14,7%), de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 6,1% em doze meses, o nível mais alto em quase quatro anos e meio, segundo estatísticas divulgadas pelo IBGE no dia 11 do mês passado. A meta do Banco Central para 2021 é 3,75%.

Os profissionais contratados para atuar de forma presencial recebem máscaras de proteção individual e kit de higienização. (Foto: Ilustrativa)

A empresa de telemarketing e tecnologia AeC está com 630 vagas abertas para a função de atendente na Paraíba. São 450 vagas para a unidade de Campina Grande e 180 para de João Pessoa.

De acordo com a empresa, as contratações irão até o final do mês de junho. Há vagas tanto para trabalho presencial quanto para home office. A definição do modelo de jornada ocorrerá durante a seleção.  

Para participar é preciso ter mais de 18 anos e ter concluído o Ensino Médio. Não é necessário ter experiência prévia como atendente. Os interessados devem se cadastrar no site https://sou.aec.com.br

A primeira etapa do recrutamento é realizada pela internet.  Além de remuneração compatível com o mercado, os contratados terão direito a plano de saúde e plano odontológico.  

Os profissionais contratados para atuar de forma presencial recebem máscaras de proteção individual e kit de higienização. 

O novo decreto do Governo de Pernambuco com flexibilização às atividades econômicas entra em vigor nesta segunda-feira (21). As medidas ocorrem por causa de uma leve melhora nos indicadores da covid-19 no estado.

As mudanças para o Grande Recife, Zona da Mata e partes do Agreste e Sertão valem até 4 de julho. Nas regiões de Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira, seguem até o dia 27 de junho.

No Grande Recife e na Zona da Mata, os estabelecimentos comercais poderão abrir até as 22h nos dias de semana. Até ontem, eles estavam autorizados a funcionar até as 20h. Nos finais de semana, o comércio e os bares e restaurantes vão poder funcionar até as 21h. Até a semana passada, eles só podiam abrir até as 18h.

Caberá aos municípios do litoral decidir se vão liberar o funcionamento do comércio de praia.

Nos municípios da Macro Região III, que compreende as áreas de Serra Talhada e Afogados da Ingazeira, as atividades passam a ser liberadas até as 18h.

Setores específicos

As academias de ginástica poderão funcionar até as 22h, nos dias de semana, nas cidades do Grande Recife, Zona da Mata e partes do Agreste e Sertão. Aos sábados e domingo, a abertura será até 18h.

O Estado também autorizou a retomada de cinemas, teatros e museus. Esses espaços de cultura e lazer podem abrir com 30% da capacidade.

Os eventos corporativos, como treinamentos e palestras, estão liberados com metade da capacidade do espaço onde será realizado e/ou até 50 pessoas.

Veja os detalhes das novas restrições

Macro I (Grande Recife, Zona da Mata, Agreste), Macro II (Agreste) e Macro IV (Sertão – Vale do São Francisco e Araripe)

Academias e similares

50% da utilização dos aparelhos de cardio
Horário até 22h em dias de semana e 18h nos fins de semana e feriados

Serviços de alimentação

50% da capacidade do local
Horário para 22h em dias de semana e 21h nos fins de semana e feriados
Permanece proibida música ao vivo

Comércio varejista de bairro

Um cliente a cada 5m² para área interna das lojas e um cliente a cada 10m² nas áreas de circulação
Horário das 8h às 20h nos dias de semana e 9h às 19h nos finais de semana e feriados

Comércio varejista de centro

Um cliente a cada 5m² para área interna das lojas e um cliente a cada 10m² nas áreas de circulação
Horário das 8h às 20h nos dias de semana e 9h às 19h nos finais de semana e feriados

Praias/Comércio de praia e calçadões

Cada município definirá e regulamentará o funcionamento

Escolas e Universidades

Manter o distanciamento de 1,5 m entre as bancas escolares, reduzindo a quantidade de estudantes quando necessário;
Horário das 6h às 22h

Clubes sociais

Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana. Proibido saunas

Parques temáticos/aquáticos/jogos eletrônicos/itinerantes/similares

Serão objeto de regulamentação e fiscalização por cada município
Permanece vedado show

Parques infantis

Cada município definirá e regulamentará o funcionamento

Atividades esportivas coletivas e individuais

Liberados a prática, treinamento e competições das modalidades esportivas coletivas e individuais em centros esportivos, clubes sociais e associações esportivas
Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados
Sem show
Jogos de futebol profissional em estádios – sem público

Colação de grau, aula da saudade e culto ecumênico

50 pessoas ou 30% da capacidade do local, o que for menor
Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados
Proibido alimentos, bebidas e música ao vivo

Cinema, teatro e circo

100 pessoas ou 30% da capacidade do local, o que for menor
Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados

Museus e demais equipamentos culturais

1 visitante a cada 20m² nas áreas expositivas internas e 1 visitante a cada 10m² nas áreas expositivas externas
Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados

Eventos corporativos

50 pessoas ou 30% da capacidade do local, o que for menor
Proibido música ao vivo
Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados

Eventos sociais/buffets e Eventos culturais

Vetados

Polo de confecções

Horário até 20h

Shopping centers e galerias comerciais

1 cliente a cada 5m² para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10m² nas áreas de circulação
Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados

Escritórios comerciais

50% da capacidade do local, considerando o distanciamento de 1,5m entre as estações de trabalho
Horário das 8h às 20h nos dias de semana e 9h às 19h nos finais de semana e feriados

Feira de negócios

Horário até 22h de segunda a sexta e 21h nos finais de semana e feriados

Igrejas e atividades religiosas

50% da capacidade do local ou 300 pessoas, o que for menor

Horário até 22h em dias de semana e 21h nos finais de semana e feeriados

Macro III (Sertão – Moxotó e Pajeú)

Academias e similares

50% da utilização dos aparelhos de cardio
Horário até 18h em dias de semana e nos fins de semana e feriados

Serviços de alimentação

50% da capacidade do local
Horário até 18h em dias de semana e nos finais de semana e feriados
Permanece proibido música ao vivo

Comércio varejista de bairro

Um cliente a cada 5m² para área interna das lojas e um cliente a cada 10m² nas áreas de circulação
Horário de 8h às 18h nos dias de semana e 9h às 18h nos finais de semana e feriados

Comércio varejista de centro

Um cliente a cada 5m² para área interna das lojas e um cliente a cada 10m² nas áreas de circulação
Horário de 8h às 18h nos dias de semana e 9h às 18h nos finais de semana e feriados

Praia/comércio de praia/ciclofaixas e calçadões

Cada município definirá e regulamentará o funcionamento

Escolas e universidades

Manter o distanciamento de 1,5m entre as bancas escolares, reduzindo a quantidade de estudantes quando necessário
Horário das 6h às 18h

Escritórios comerciais

50% da capacidade do local, considerando o distanciamento de 1,5m entre as estações de trabalho
Horário das 8h às 18h nos dias de semana e 9h às 18h nos finais de semana e feriados

Feira de negócios

Até as 18h de segunda a sexta-feira e em finais de semana e feriados

Igrejas e atividades religiosas

50% da capacidade do local ou 300 pessoas, o que for menor
Horário até 18h em dias de semana e em fins de semana e feriados

Shopping centers e galerias comerciais

Um cliente a cada 5m² para área interna das lojas e Um cliente a cada 10m² nas áreas de circulação
Horário até 18h nos dias de semana, finais de semana e feriados

Eventos corporativos

50 pessoas ou 30% da capacidade do local, o que for menor
Proibido música ao vivo
Horário até 18h nos dias de semana e nos finais de semana e feriados

Eventos sociais/buffets e Eventos culturais

Vedados

Colação de grau, aula da saudade e culto ecumênico

50 pessoas ou 30% da capacidade do local, o que for menor
Horário até 18h nos dias de semana e nos finais de semana e feriados
Proibido alimentos, bebidas e música ao vivo

Cinema, teatro e circo

100 pessoas ou 30% da capacidade do local, o que for menor
Horário até 18h

Museus e demais equipamentos culturais

Um visitante a cada 20m² nas áreas expositivas internas e 1 visitante a cada 10m² nas áreas expositivas externas
Horário até 18h nos dias de semana e nos finais de semana e feriados

Parques temáticos/aquáticos/jogos eletrônicos/itinerantes/similares

Serão objeto de regulamentação e fiscalização por cada município
Permanece vedado show

Parques infantis

Cada município definirá e regulamentará o funcionamento

Atividades esportivas coletivas e individuais

Liberados a prática, treinamento e competições das modalidades esportivas coletivas e individuais em centros esportivos, clubes sociais e associações esportivas
Horário até 18h nos dias de semana e nos finais de semana e feriados
Sem show
Jogos de futebol profissional em estádios – sem público

Clubes sociais

As cidades da macrorregião I

Gerência Regional de Saúde (Geres) I

Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Chã de Alegria, Chã Grande, Fernando de Noronha, Glória do Goitá, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Pombos, Recife, São Lourenço da Mata, Vitória de Santo Antão.

Geres II

Bom Jardim, Buenos Aires, Carpina, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Lagoa do Carro, Lagoa do Itaenga, Limoeiro, Machados, Nazaré da Mata, Orobó, Passira, Paudalho, Salgadinho, Surubim, Tracunhaém, Vertente do Lério, Vicência.

Geres III

Água Preta, Amaraji, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Cortes, Escada, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Lagoa dos Gatos, Maraial, Palmares, Primavera, Quipapa, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Tamandaré, Xexéu.

Geres IX

Aliança, Camutanga, Condado, Ferreiros, Goiana, Itambé, Itaquitinga, Macaparana, São Vicente Férrer, Timbaúba

Macrorregião II

Geres IV

Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim, Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Félix, Caruaru, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Caitano, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertentes.

Geres V

Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçado, Canhotinho, Capoeira, Correntes, Garanhuns, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmeirinha, Paranatama, Saloá, São João, Terezinha.

Macrorregião III

Geres VI

Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Inajá, Jatobá, Manarí, Pedra, Petrolândia, Sertânia, Tacaratu, Tupanatinga, Venturosa.

Geres X

Afogados da Ingazeira, Brejinho, Carnaíba, Iguaraci, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tabira, Tuparetama.

Geres XI

Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, Serra Talhada, Triunfo.

As cidades da macrorregião IV

Geres IX

Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena, Trindade.

Geres VII

Belém do São Francisco, Cedro, Mirandiba, Salgueiro, Serrita, Terra Nova, Verdejante.

Geres VIII

Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista.

 

 

 

Presidente eleito do Irã descarta reunião com Biden e negociação de pacto nuclear ‘por prazer’

presidente eleito do Irã, o juiz ultraconservador Ebrahim Raisi (Foto: Reprodução)

 Em sua primeira entrevista coletiva como presidente eleito do Irã, o juiz ultraconservador Ebrahim Raisi manteve a dureza no discurso contra os Estados Unidos, disse que não se encontraria com Joe Biden mesmo se as sanções americanas fossem suspensas – uma de suas exigências – e elencou a relação com países vizinhos no Golfo Árabe como a prioridade de sua política externa.

Raisi, 60, conhecido por ser um crítico estridente do Ocidente, foi eleito em primeiro turno com 61,95% dos votos. Além de marcado pelo menor comparecimento às urnas desde a instauração da República Islâmica, em 1979, o pleito teve alguns dos principais candidatos desclassificados pelo Conselho de Guardiães – órgão em que, como chefe do Judiciário, Raisi tinha a prerrogativa de indicar metade dos membros.

O futuro presidente deve assumir o cargo em agosto, substituindo Hasan Rowhani, enquanto o Irã busca contornar as dificuldades econômicas por meio do fim das sanções impostas pelos EUA em resposta ao descumprimento do acordo nuclear entre os dois países.

Nesta segunda-feira (21), em Teerã, Raisi disse que Washington violou o acordo e que a União Europeia também não cumpriu seus compromissos. Em tom de exigência, afirmou ainda que todas as sanções impostas ao Irã devem ser suspensas imediatamente e que não vai tolerar “negociações pelo prazer de negociar” no programa nuclear iraniano.

“Apoiamos as negociações que garantem nossos interesses nacionais. A América deve retornar imediatamente ao acordo e cumprir suas obrigações”, disse. Quando questionado se, diante de um possível fim das sanções, aceitaria se encontrar com Biden, Raisi simplesmente respondeu: “Não.”

As negociações sobre uma possível retomada do acordo estão em andamento em Viena desde abril. Sob o governo de Donald Trump, os EUA deixaram o pacto e voltaram a impor sanções contra o Irã. Por sua vez, Teerã violou os termos do acordo sobre enriquecimento de urânio, embora negue que tenha a ambição de desenvolver armas nucleares.

Apesar das exigências dos países árabes do Ocidente e do Golfo para que o programa iraniano de mísseis balísticos seja incluído nas negociações para reviver o acordo, Raisi considera o tema inegociável. “Eles [os EUA] não cumpriram o acordo anterior. Como querem entrar em novas discussões?”

O próprio Raisi é alvo de sanções impostas por Washington devido à sua participação no que os EUA e grupos de defesa de direitos humanos classificam de assassinato extrajudicial de milhares de prisioneiros políticos na República Islâmica em 1988. Como juiz, Raisi teria autorizado mortes e torturas, segundo denúncias de dissidentes e investigações internacionais.

Falando aos jornalistas, o presidente eleito disse que sempre defendeu os direitos humanos e que foi punido pelos EUA por fazer seu trabalho como juiz quando, na sua perspectiva, deveria ter sido recompensado por defender os direitos e a segurança do povo iraniano.

A eleição de Raisi, porém, não deve alterar a posição do Irã em questões fundamentais. Primeiro porque decisões como as que envolvem o acordo nuclear não cabem ao presidente, e sim ao aiatolá Ali Khamenei, que tem a palavra final na condução das políticas iranianas. Além disso, para os analistas, o país deve adotar uma política externa pragmática; se não por convicção, por necessidade, já que as sanções agravaram drasticamente a economia.

Embora a atenção internacional se concentre nessa questão, Raisi afirmou que a política externa iraniana não se limitará ao acordo nuclear. “O Irã quer interação com o mundo. A prioridade do meu governo será melhorar os laços com nossos vizinhos na região.”

O presidente eleito, porém, pediu à Arábia Saudita que pare imediatamente sua interferência no Iêmen. Uma coalizão liderada pelos sauditas interveio na guerra do Iêmen em 2015, depois que as forças Houthi apoiadas pelo Irã expulsaram o governo local. Teerã e Riad travam guerras por procuração há décadas na região.

A Arábia Saudita, país de maioria muçulmana sunita, e o Irã, em que predomina a população xiita, travam, há décadas, guerras por procuração em vários países do Oriente Médio. Em 2016, romperam relações. Em abril, com o objetivo de conter a escalada de tensões, Teerã e Riad iniciaram negociações diretas no Iraque. Nesta segunda, Raisi disse que a reabertura da embaixada saudita não seria um problema para o Irã. A retomada das atividades da representação diplomática seria ao menos um sinal de avanço para as alianças regionais iranianas.

A avaliação é do vice-presidente da comissão, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), ao comentar depoimentos previstos para esta semana e dados obtidos pela CPI.

A Comissão Parlamentar de Inquérito visa investigar ações e omissões do governo federal e eventuais desvios de verbas federais enviadas aos estados para o enfrentamento da pandemia. (Foto: Reprodução)

A CPI da Covid entra nesta semana na terceira e decisiva fase de comprovar alianças formadas entre agentes públicos e privados com o objetivo de lucrar financeiramente com o combate à pandemia. A avaliação é do vice-presidente da comissão, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), ao comentar depoimentos previstos para esta semana e dados obtidos pela CPI.

A Comissão Parlamentar de Inquérito visa investigar ações e omissões do governo federal e eventuais desvios de verbas federais enviadas aos estados para o enfrentamento da pandemia. A CPI foi instalada no dia 27 de abril de 2021.

“A CPI inaugura nesta semana uma terceira, decisiva e última fase. Depois de confirmar a negligencia do governo em comprar vacinas e a existência de um gabinete paralelo, que atuava de forma negacionista e foi responsável pelo agravamento da pandemia, agora chegou o momento de comprovar a aliança entre agentes públicos e privados para lucrar financeiramente com o combate à pandemia”, afirmou o senador ao blog.

O vice-presidente da CPI diz que a comissão já tem indícios de que isso teria ocorrido durante o combate à pandemia tanto na defesa da hidroxicloroquina como também nas negociações de compra da vacina indiana Covaxin, a única que teve uma empresa intermediando as tratativas e com um preço mais elevado do que as demais.

“Alguns elementos já vieram à tona tanto no caso da defesa da cloroquina como da compra da Covaxin. A médica Nise Yamaguchi fez 13 viagens a Brasília, sendo que oito teriam sido pagas com dinheiro vivo. Não foi com cartão, nem transferência, foi com dinheiro vivo, um procedimento atípico, que é muito suspeito”, afirmou Randolfe Rodrigues. Nise Yamaguchi é acusada de participar do gabinete paralelo.

No caso da vacina indiana, o senador diz que o depoimento mais importante da semana será de um dos sócios da empresa de medicamentos Precisa, Francisco Maximiano, agendado para quarta-feira (23).

“A CPI tem um documento de um inquérito do Ministério Público Federal sobre a participação da Precisa, empresa de medicamentos, que atuava como intermediária na compra da vacina Covaxin, a única em que o governo Bolsonaro mostrou um grande empenho para adquiri-la”, disse o senador.

Segundo Randolfe, depoimentos de servidores indicam que ocorreram “procedimentos atípicos de pressão por essa vacina”. O senador lembra que a Precisa vai lucrar com o contrato de R$ 1,6 bilhão para compra da vacina.

“Quem do governo negociou com a Precisa, quem participou das negociações, quem do grupo do presidente Bolsonaro pode ser ligado ao dono da empresa”, indagou o senador.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,02 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,3184.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta segunda-feira (21), está cotado no valor de R$ 5,0687. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,2408.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,02 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,3184.  

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

 

 

Lázaro invadiu fazenda, roubou queijo, R$ 30, um carregador e fugiu, diz morador

Foto: reprodução

Procurado pela polícia há 12 dias, o serial killer lázaro Barbosa teria sido visto novamente, invadido uma fazenda na região de Cocalzinho, em Goiás, roubado ítens como queijo e um carregador de celular e fugido. É o que contou o caseiro Aleilton Carvalho, morador da região, ao G1 .

 “Ele invadiu a casa, pegou um queijo, um carregador e R$ 30. O menino que mora lá informou para nós que ele revirou o guarda-roupa caçando mais outras coisas.”

De acordo com Aleilton, o dono da propriedade chamou os policiais e ligou para ele assim que viu o criminoso. Ao chegar ao local, viu um rastro de sapato, que suspeita ser de Lázaro.

“A polícia confirmou que era o rastro do tênis dele . Estava molhado ainda e tinha pouco tempo que ele tinha passado lá. A polícia chegou muito perto ontem”, diz.

Mulher de Lázaro Barbosa diz que policiais a torturaram por localização do marido

MULHER DE LÁZARO BARBOSA ARARIPINA EM FOCO
MULHER DE LÁZARO BARBOSA ARARIPINA EM FOCO

A companheira do fugitivo Lázaro Barbosa Sousa, de 32 anos, relatou ter sido ameaçada por policiais, em entrevista ao “Domingo Espetacular”, da Record TV. De acordo com a mulher, os agentes chegaram a agredi-la fisicamente para tentar obter informações sobre o possível esconderijo de serial killler, que matou uma família em Ceilândia (DF).

“O policial deu três, quatro tapas no meu rosto. Ele quebrou o rodo da minha tia e ia me bater com o cabo. Eu pensei comigo: Senhor, eu não acho justo eu apanhar com esse cabo de vassoura. O Senhor sabe que eu não sei onde ele está”, afirmou a companheira de Lázaro Barbosa em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini.

Ainda conforme a mulher, um policial também ameaçou afogá-la se ela não desse informações sobre a localização de Lázaro. “Isso é um abuso, eles não podem bater na gente assim”, disse.

Em nota ao “Domingo Espetacular”, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás informou que a polícia age de acordo com protocolos, e que as denúncias serão apuradas. Além da políacia, a mulher de Lázaro relatou ter recebido ameaças de civis.

“Hoje mesmo uma mulher me falou para eu não ficar andando na rua, porque tem muita gente comentando: por que não mata a mulher dele? Corta o pescoço dela para ver se atinge ele, se ele se entrega”, contou a companheira de Lázaro.

CONTEÚDO: ISTO É

Foto:Helia Scheppa/SEI Diário PE

Pernambuco recebeu, na noite deste domingo (20), um novo lote de vacinas contra a Covid-19 da Astrazeneca/Fiocruz, com um total de 310.250 doses. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), esta remessa será destinada para a aplicação da segunda dose da vacina.

Após a chegada no Recife, o lote com os insumos seguiu para a sede do Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), para checagem e divisão entre os municípios. Ainda segundo a SES, a decisão de destinar a nova remessa para a segunda dose será pactuada em reunião com os gestores municipais na Comissão Intergestores Bipartite (CIB). Ao longo da semana, as remessas seguirão para as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres), onde os municípios devem fazer as retiradas para reabastecer os seus estoques.

Na última sexta-feira (18), Pernambuco recebeu mais 65 mil doses da Coronavac/Butantan e 97.110 doses da Pfizer, destinadas às pessoas com comorbidades e deficiência. A SES também informoi que, desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19, em 18 de janeiro, o estado recebeu 4.992.460 doses de vacinas.

 

O total de mortes no país chegou a 501.918 e o de casos a 17.926.393 desde o início da pandemia.

No sábado (19), o país ultrapassou a triste marca de meio milhão de vítimas do coronavírus, segundo registros oficiais das secretarias de Saúde dos estados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

Brasil registrou 1.050 mortes por Covid-19 e 45.348 novos casos de Covid-19 neste domingo (20). Com isso, o total de mortes no país chegou a 501.918 e o de casos a 17.926.393 desde o início da pandemia.

No sábado (19), o país ultrapassou a triste marca de meio milhão de vítimas do coronavírus, segundo registros oficiais das secretarias de Saúde dos estados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. O número real, porém, deve ser ainda maior, já que nem todos os infectados fazem o exame para detectar a presença do coronavírus.

O número de novos casos registrado na última sexta (18) foi o recorde do país, 98.135. A marca anterior havia sido alcançada em 25 de março, com 97.586 registros.

A média móvel de mortes por dia ficou em 2.063, quinto dia consecutivo com o número acima de 2.000 -já são 150 dias acima de mil mortes diárias.

A média é um instrumento estatístico que busca amenizar variações nos dados, como os que costumam acontecer aos finais de semana e feriados. O dado é calculado pela soma das mortes dos últimos sete dias e pela divisão do resultado por sete.

Foram atualizados os dados da vacinação contra a Covid-19 no Distrito Federal e em 23 estados.

O Brasil aplicou 518.615 doses de vacinas contra Covid-19 entre sábado e domingo. Segundo dados das secretarias estaduais de Saúde, foram aplicadas 481.273 injeções da primeira e 37.342 da segunda dose.

No total, 63.187.356 pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina contra a Covid no país –24.280.894 delas já receberam a segunda dose do imunizante.

Especialistas alertam que cuidados básicos como uso de máscara, distanciamento social e higiene das mãos devem ser mantidos mesmo após a aplicação das duas doses do imunizante, uma vez que nenhuma vacina garante 100% de proteção contra a doença.

Dados da pesquisa na cidade de Serrana, no interior de SP, indicam que uma retomada mais segura da vida normal deve ser feita quando pelo menos 60% de toda a população estiver imunizada, ou pelo menos 75% da população adulta. A cidade viu uma queda de 95% no número de óbitos após ter alcançado mais de 95% da população adulta completamente imunizada.

Com os dados vacinais deste domingo, 29,8% da população brasileira recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid e 11,5% recebeu a segunda.

Os dados do país, coletados até às 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

 

Fantástico

O Brasil atingiu, neste fim de semana, uma marca desoladora, um número que é um choque e mostra quão fundo é o abismo da Covid-19. São mais de 500 mil vítimas da doença no nosso país. Meio milhão de mortos.

Mais de 500 mil pessoas que se foram e deixaram famílias despedaçadas, projetos à deriva, esperanças sufocadas, potenciais perdidos. Mais de 500 mil vidas que se apagaram.

Qual é o impacto dessas perdas na nossa sociedade? A repórter Sônia Bridi, do Fantástico, apresentou neste domingo (20), dados inéditos e reflexões que mostram o que a pandemia está roubando de nós, brasileiros. Um estudo internacional mostra que, em média, cada vítima poderia ter vivido mais 18 anos no Brasil. A Covid já roubou 9 milhões de anos de vida dos brasileiros. De cada 425, um foi levado por essa pandemia de mortes solitárias, longe de quem se ama.

Um acidente envolvendo dois veículos deixou um morto na noite deste domingo (20), por volta das 19h30min.

Segundo as informações preliminares, o acidente aconteceu perto do povoado de Araras, município de Tabira, onde um veículo Corsa se chocou com uma D-20. A vítima fatal foi identificada por Braga (foto).

Braga estava dirigindo o corsa vermelho, sentido a Tabira, é a D -20 seguia sentido a São José do Egito – PE.

O motorista da D – 20 não teve lesões graves, é ficou no local do acidente.

Matéria em atualização com mais informações.

 

Final de semana com seis mortes por Covid-19 no Hospital Eduardo Campos; um paciente era de Floresta

O final de semana foi de muita tristeza para servidores do Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada, e familiares que tinham ente queridos internados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O novo coronavírus fez seis novas vítimas entre o sábado e domingo, entre elas, um idoso de 78 anos que residia no bairro Nossa Senhora da Penha, na capital do xaxado. Ele testou positivo para a doença no dia 11 de junho e faleceu às 23h40 do sábado (19). Agora, Serra Talhada contabiliza 156 mortes por Covid-19.

Quatro pacientes também vieram a óbito no último sábado(19). Uma mulher de apenas 39 anos que residia no município de São José do Egito, Sertão do Pajeú, outra de 51 anos, natural de Custódia, Sertão do Moxotó; a terceira morte foi de um idoso de 79, de Floresta, Sertão do São Francisco, e um outro idoso, de 84, natural de São José do Belmonte, Sertão Central.

A sexta morte no Hospital Eduardo foi registrada nesse domingo (20), de uma idosa de 81 anos que residia em Jatobá, Agreste de Pernambuco. Ela testou positivo em 27 de maio. (Via: Farol de |Notícias)

Parceria reforça projeto de segurança alimentar em Afogados da Ingazeira

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira, em parceria com o Centro Cultural Brasil – Alemanha (CCBA), entregou cestas com produtos agroecológicos a famílias em situação de vulnerabilidade. A entrega ocorreu no Centro de Referência em Assistência Social – CRAS. 

O CCBA desenvolve ações de segurança alimentar através do Agrega – programa Agroecologia com Energias Alternativas. 

Os alimentos doados são cultivados por agricultores acompanhados pelo AGREGA e pela equipe do PAA do município. Algumas dessas famílias também tem criatórios de peixes, que também foram incluídos nas cestas distribuídas. 

As famílias beneficiadas participam dos programas da Secretaria Municipal de Assistência Social. As cestas continham macaxeira, batata doce, feijão de corda (verde e seco), banana, acerola, mamão, tomate, hortaliças, ovos caipira e peixe. Foram entregues, ao todo, 1,5 tonelada de alimentos saudáveis cultivados aqui mesmo em Afogados.

A Secretária de Assistência Social, Madalena Leite, participou da entrega. “É com muita alegria que entregamos essas cestas, num momento tão difícil, garantindo alimentos de qualidade para essas famílias e fortalecendo a nossa agricultura familiar, com a aquisição desses alimentos,” destacou a secretária Madalena Leite. 

O diretor do CCBA, Christoph Ostendorf, o coordenador municipal do PAA, Gilmar Aguiar, e as equipes técnicas do programa AGREGA e do CRAS também participaram das entregas.

Taxa extra cobrada na conta de luz deve subir mais de 60% a partir de julho

O valor cobrado da bandeira vermelha 2, o patamar mais alto desse sistema, deve subir mais de 60%, de acordo com fontes que conhecem o assunto de perto.

Conforme foi anunciado aqui na semana passada, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai aumentar os valores das bandeiras tarifárias, uma taxa extra que é acionada quando o custo da geração de energia sobe, o que está acontecendo neste ano por causa da crise nos reservatórios das hidrelétricas.

Os custos estão sendo calculados e os novos valores devem ser anunciados ainda neste mês, para valer a partir de julho.

Hoje, são cobrado R$ 1,34 a cada cem quilowatts-hora (kWh) consumidos na bandeira amarela; R$ 4,16 na bandeira vermelha 1; e R$ 6,24 na vermelha 2. Na bandeira verde não há cobrança adicional.

Pelos cálculos conduzidos pela Aneel, o novo valor da bandeira vermelha 2 deve ser de cerca de R$ 10.

Analistas do setor estimam ser necessário algo próximo a R$ 12 na bandeira vermelha 2 para que ela consiga dar conta de cobrir os custos extras decorrentes da geração de energia por termelétricas. Essa bandeira deve vigorar pelo menos até novembro, quando tem início o período úmido.

A bandeira tarifária é um adicional cobrado nas contas de luz para cobrir o custo da geração de energia por termelétricas, o que ocorre quando o nível dos reservatórios das hidrelétricas está muito baixo, como está ocorrendo neste ano por conta da crise hídrica.

O mecanismo também serve para o consumidor ficar ciente do custo da geração de energia, ao dividir o sistema em três cores: verde, amarela e vermelha (que tem dois patamares). Mesmo durante o período úmido, o governo deve manter as térmicas ligadas, o que não é o padrão.

 

O levantamento da prevê três cenários para o país, e todos projetam aumento expressivo dos óbitos pela doença.

No dia em que o Brasil supera a trágica marca de meio milhão de mortos pela covid-19, pesquisadores da Universidade de Washington atualizaram as projeções para a evolução da Covid-19 no hemisfério sul, com indicativos ainda mais preocupantes para o Brasil.

O levantamento da prevê três cenários para o país, e todos projetam aumento expressivo dos óbitos pela doença. De acordo com a instituição, até 1 de outubro, o Brasil terá, no melhor cenário, cerca de 707 mil óbitos. Em um segundo cenário, mantido o padrão atual, seriam 735 mil. Por último, na pior das projeções, o Brasil chegará a 831 mil vítimas fatais do coronavírus.

Os cálculos foram feitas tomando por base os dados oficiais registrados pelo Brasil em 13 de junho. Para os cientistas americanos, o país permanecerá numa situação de “platô” até 1 de julho e caminhará para novo pico de óbitos até 1 de agosto.

As projeções levam em conta o agravamento do contágio em função do fim do outono e do início do inverno – estação que favorece a propagação de doenças respiratórias. A mudança climática tende a agravar a situação que já é de expansão do vírus: desde o final de abril o Brasil registra mais de 200 casos por 100 mil habitantes.

Gabriel Medina se classifica antecipadamente para final do Mundial de Surfe

Atual líder do ranking, o brasileiro se classificou antecipadamente para a final do Mundial de Surfe, marcada para setembro, em Trestles (EUA).

 

Gabriel Medina deu mais um passo rumo ao tricampeonato mundial. (Foto: Reprodução)

Gabriel Medina deu mais um passo rumo ao tricampeonato mundial. Atual líder do ranking, o brasileiro se classificou antecipadamente para a final do Mundial de Surfe, marcada para setembro, em Trestles (EUA).

Com três etapas de antecedência, Medina é o primeiro a garantir vaga no WSL Finals, que contará com os cinco melhores surfistas da temporada. No momento, o brasileiro busca o tricampeonato na piscina de ondas de Lemoore (EUA).

“Fico muito feliz. Era meu objetivo esse ano chegar nas finais. Fico feliz de ter colocado uma boa performance na Austrália e de estar bem aqui no Surf Ranch. Estou amarradão com tudo que está acontecendo na minha vida”, falou Medina, que também estará nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Matematicamente classificado para o WSL Finals, Gabriel Medina soma dois títulos na temporada, ambos em etapas australianas, além de dois vice-campeonatos.

A disputa pelo título mundial deste ano pode contar com outros dois brasileiros, Ítalo Ferrreia, atual vice-líder do ranking, e Filipe Toledo, quarto colocado.

 

 

 

 

 

Salgueiro inicia nesta segunda-feira a imunização contra a Covid-19 das pessoas com 40 anos ou mais

https://static.wixstatic.com/media/bfca56_31bb597aedb04146b1187460e2d8afe9~mv2.jpeg/v1/fill/w_360,h_360,al_c,q_90/bfca56_31bb597aedb04146b1187460e2d8afe9~mv2.webp

A Secretaria de Saúde de Salgueiro, no Sertão pernambucano, inicia nesta segunda-feira (21), a partir das 8h, a vacinação das pessoas com idade a partir de 40 anos.

Para receber a primeira dose do imunizante, este público deverá se dirigir à Unidade Básica de Saúde do seu bairro ou distrito, portando documento oficial com foto, comprovante de residência e cartão do SUS.

A Secretaria lembra a todos a importância de continuar adotando as medidas de segurança, inclusive durante o processo de vacinação, então é importante comparecer para receber a vacina utilizando máscara, portando álcool em gel e sempre mantendo o distanciamento social recomendado.

Em Guadalajara, no México, lenda do MMA supera mexicano.

Spider comemora vitória no México. (Foto: Manuel Velasquez/Getty Images)

Um dos maiores nomes da história do MMA, Anderson Silva ganhou os holofotes na madrugada deste domingo dentro do ringue e não do habitual octógono. Aos 46 anos, o brasileiro foi protagonista de uma luta de boxe no Estádio Jalisco, em Guadalajara, no México. Anderson venceu o mexicano Julio Cesar Chaves Jr.

A luta marcou a reestreia de Anderson na modalidade. Ele já tinha feito outros dois combates oficiais no boxe, o mais recente deles em 2005. Com o resultado deste sábado, Spider tem agora no cartel duas vitória e uma derrota nos ringues. Vale destacar ainda que para a luta contra Chaves Jr., Anderson Silva treinou com Luiz Dórea, que foi treinador de Acelino Popó Freitas.

Ao contrário de Anderson, Julio Cesar Chaves Jr é boxeador nato, tendo sido campeão mundial dos médios pela WBC entre 2011 e 2012. Estava longe dos ringues desde novembro de 2020, quando venceu por nocaute técnico o equatoriano Jeyson Minda.

O duelo contra Julio Cesar Chaves Jr começou movimentado ainda nos bastidores, no momento da pesagem. Isso porque o mexicano não conseguiu bater o peso e teve de pagar mais de R$ 505 mil como multa. Chavez Jr pesou 184 libras (cerca de 83,4kg), duas a mais que o limite de 182 libras (cerca de 82,5kg).

Anderson anulou mexicano e dominou a luta — Foto: Jam Media/Getty Images

No ringue, Anderson foi superior física e tecnicamente. Depois de dois rounds de muita análise dos dois lados e pouca ação, a luta começou a esquentar. O Spider mostrou o lado provocador que já era consagrado no MMA, chamou o adversário para o combate e tentou mais golpes. A partir do quarto round, o brasileiro passou a dominar. Chávez Jr se defendeu bem, mas não conseguiu ser mais agressivo.

– Eu me sinto muito feliz. Queria dizer obrigado! Quando eu comecei a treinar eu conversei com meus técnicos e disse que eu precisava fazer isso por um sonho de muitos anos. Pelo meu respeito ao boxe eu tinha que vir aqui e dar meu melhor – disse o brasileiro após a vitória.

Importante destacar que o adversário de Anderson tem genética de campeão. Ele é simplesmente filho da lenda do boxe Julio Cesar Chavez. Aliás, aos 58 anos, o pugilista que foi campeão mundial em três diferentes categorias e esteve invicto por 90 lutas até 1994 também foi atração no Estádio Jalisco. O Chavez “pai” fez uma luta exibição contra Héctor Machito Camacho Herrera Jr.

Brasileiro voltou ao boxe depois de 16 anos — Foto: Jam Media/Getty Images

Aos 46 anos, Anderson Silva estava sem lutar desde 31 de outubro de 2020, quando perdeu para Uriah Hall no UFC Fight Night, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Segundo o atleta, a preparação para a luta desde sábado teve apenas pequenas diferenças em relação aos seus treinos para as lutas de MMA.

– Senti um pouco de diferença na parte dos detalhes técnicos, de trabalhar o jogo de perna, de fazer os movimentos corretos. Mas tive bons professores, que entendem o meu jogo e tudo está se encaixando, porque eu nunca parei de treinar – comentou o ex-campeão do UFC.

Brasileiro surpreendeu ao vencer ex-campeão mundial — Foto: Manuel Velasquez/Getty Images

Questionado sobre o futuro, Anderson não soube dizer se continuará lutando no boxe ou se migrará para outra modalidade.

– Acho que tudo é possível, o que vier agora é lucro. Não sei se vou lutar boxe na próxima luta, ou jiu-jítsu, ou muay-thai. Depois da luta desse sábado, só penso em ajudar o Eliezer (sparring) e o Gabriel (filho) que vão lutar no kickboxing em breve. Quero aproveitar o momento para fazer o que eu gosto – concluiu.

Projeção na Torre de Londres pede prisão de Bolsonaro

 

“Jail Bolsonaro”, dizia a projeção na Torre de Londres, castelo histórico localizado às margens do rio Tâmisa e um dos pontos turísticos mais populares da Inglaterra.

Enquanto cerca de 750 mil brasileiro ocupavam as ruas de mais de 400 cidades em atos contra a política genocida do governo neste sábado (19), uma projeção na Torre de Londres foi além e pediu a prisão de Jair Bolsonaro.

O vídeo foi divulgado no Twitter pelo jornalista Tom Philips, correspondente do jornal The Guardian na América Latina.

Fundado por volta do ano de 1.066, a Torre de Londres é um castelo histórico localizado às margens do rio Tâmisa e um dos pontos turísticos mais populares da Inglaterra.

Mega-Sena: um apostador ganha o prêmio de R$ 7 milhões

 (Foto: Wilson Dias / Agência Brasil
)

Uma aposta feita pela internet levou o prêmio de R$ 7.098.061,76 milhões da Mega-Sena.
O apostador acertou as seis dezenas do concurso 2382 sorteadas na noite de ontem. Os números foram: 06 – 09 – 19 – 38 – 53 – 55.
Outros 52 apostadores acertaram cinco dezenas e receberão R$ 41.816,2859, cada. Mais 4.044 apostas acertaram quatro dezenas e vão levar um prêmio de R$ 768,13.
O próximo sorteio da Mega-Sena está marcado para quarta-feira (23). O prêmio previsto para o concurso 2383 é de R$ 2,5 milhões.
O evento começará a partir das 20h (horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo pela internet, no canal da Caixa no YouTube.

Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio para nascidos em março

 (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A Caixa paga neste domingo (20) a terceira parcela do auxílio emergencial 2021 para beneficiários nascidos em março. Os recursos serão depositados nas contas digitais dos beneficiários. Os valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas de estabelecimentos comerciais. Os beneficiários também conseguem movimentar os recursos usando o Caixa Tem na Rede Lotérica. O saque desta parcela será liberado a partir de 5 de julho.
A Caixa lembra que o calendário da terceira parcela foi antecipado. Marcado inicialmente para encerrar em 12 de agosto, com a possibilidade de saques para os nascidos em dezembro, o terceiro ciclo agora finaliza no dia 19 de julho.
De acordo com a Caixa, central telefônica 111 funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h, gratuitamente, e está preparada para atender os beneficiários do Auxílio Emergencial. Além disso, o banco disponibiliza, ainda, o site.

Após as manifestações do dia 29 de maio, novos protestos contra Jair Bolsonaro estão marcados para acontecer neste sábado (19), em 360 cidades distribuídas por todas as regiões do Brasil. De acordo com a articulação Povo na Rua, que mapeia os atos, outras 42 cidades no exterior também estão com protestos marcados, em locais como Inglaterra, Itália e Portugal. Até a tarde desta sexta-feira (18), 409 atos já estavam confirmados, ao total.

O Movimento Sem Terra (MST), a Frente Brasil Popular, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) e outras centrais sindicais são alguns dos grupos que também participam do movimento pelo impeachment de Bolsonaro.

As manifestações ocorrem na semana em que o Brasil se aproxima dos 500 mil mortos pela covid-19. Para evitar a propagação do vírus, organizadores fazem campanhas para que manifestantes mantenham distanciamento social, utilizem máscaras PFF2 e álcool em gel durante todo o protesto. No movimento do último dia 29, aglomerações foram observadas nas principais capitais, ainda que a maioria dos manifestantes utilizassem equipamentos de proteção sanitária.

As principais pautas das manifestações continuam sendo o impeachment do presidente da República, a exigência de celeridade no processo de vacinação e a volta do auxílio emergencial de R$ 600. A campanha pelo “Fora Bolsonaro” é composta há mais de um ano pela Frente Brasil Popular, a Frente Povo Sem Medo, as centrais sindicais, a Coalizão Negra por Direitos, a União Nacional dos Estudantes (UNE), a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), o Fórum Nacional de ONGs e outras diversas organizações e partidos de esquerda.

Entre os diversos líderes e partidos políticos que irão aos próximos protestos pelo impeachment de Bolsonaro estão o Psol, o PT, o PCB, a UP, o PSTU, o Cidadania, e o PCdoB. A executiva nacional do PDT ainda não manifestou apoio oficial, mas o presidente da sigla em São Paulo, Antonio Neto, divulgou uma nota para anunciar que o diretório paulista apoia as manifestações. Apesar do PT apoiar os atos, o ex-presidente Lula ainda não decidiu se marcará presença.