Monthly Archives: outubro 2020

Consumidores ficam incomodados com reajuste no preço do óleo de cozinha em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Em um mercadinho da cidade, o litro do óleo está custando R$ 8,49. Há um mês estava custando R$ 5,49. Do mês de janeiro até agora o reajuste passa de 50%.

A comerciante, Leatrice Melo, não gostou do preço. “um preço abusivo, pode-se até dizer assim. E é o tipo da coisa que vai forçar você a levar mesmo”, diz. Um dos fatores para esse reajuste é a alta do dólar. Com a moeda americana supervalorizada, os produtores estão preferindo exportar a soja. Com o mercado interno desabastecido, os preços sobem.

Segundo o supervisor de vendas de um mercado, Jovani Ribeiro Júnior, esse é o segundo reajuste do mês no preço do óleo. “Seguramos um pouco o preço, mas infelizmente tivemos que subir um pouco por conta do valor absurdo do mercado. Diminuímos a margem de lucro para ter o produto na casa e não faltar para nosso cliente”, destaca.

Em outro mercado, o litro do óleo saía por R$ 4,80, agora está saindo por R$ 7,29. Um valor que desagradou o comerciante, José Hamilton da Silva. “Muitas coisas vem aumentando, aos poucos, mas vem aumentando, aí pesa”, lamenta.

Na época em que o processo foi aberto, ele tinha acabado de ser eleito governador.

“Despesa com publicidade com a expressividade vista no presente caso deixa aparentar a finalidade de autopromoção do gestor, ainda que não se faça expressa menção a seu nome ou à sua imagem diretamente”, escreveu. (Foto: Reprodução)

 A 14ª Vara de Fazenda Pública da capital determinou nesta segunda-feira (19) o bloqueio de R$ 29,4 milhões em bens do governador João Doria (PSDB) em processo no qual o tucano é réu sob a suspeita de improbidade administrativa na época em que era prefeito de São Paulo.

A ação, iniciada em novembro de 2018 pelo MP-SP (Ministério Público de São Paulo), acusa Doria de ter feito autopromoção com propaganda do programa Asfalto Novo e causado prejuízo de R$ 29,4 milhões aos cofres públicos. Na época em que o processo foi aberto, ele tinha acabado de ser eleito governador.

O valor bloqueado tem o objetivo de ressarcir o município caso Doria seja, ao fim, condenado. A decisão do juiz Randolfo Ferraz de Campos, que é liminar (provisória), alcança imóveis, veículos e valores em banco registrados no nome do tucano.

A defesa do governador disse que recorrerá e afirmou considerar curioso que a decisão tenha sido proferida às vésperas da eleição municipal — Doria apoia o candidato à reeleição na capital, Bruno Covas (PSDB), que foi seu vice.

A ação civil pública, apresentada pelo promotor Nelson Sampaio de Andrade, da área do Patrimônio Público, sustenta que Doria utilizou indevidamente verbas públicas para se promover. O governador sempre rejeitou essa tese e disse que a iniciativa cumpriu todas as obediências legais.

Andrade requereu ainda que a agência Lua Propaganda Ltda., contratada para fazer a série de anúncios, fosse também responsabilizada, mas o juiz rejeitou o pedido. Ele argumentou que não pesam sobre a empresa indícios de que tenha se beneficiado e que ela apenas executou a campanha.

Segundo levantamento da Promotoria, o então prefeito gastou com propaganda o equivalente a 21% do total empregado nas obras de pavimentação, iniciadas em novembro de 2017. Na época do lançamento, o governo municipal anunciou que seriam investidos R$ 461 milhões.

Como a Folha mostrou, a troca de asfalto virou na época uma das principais bandeiras de Doria, que se preparava para renunciar ao cargo e concorrer ao Governo do Estado.

No ano passado, um relatório do TCM (Tribunal de Contas do Município) apontou que obras do programa Asfalto Novo geraram prejuízo de R$ 2 milhões à prefeitura, por causa de erros e má execução de serviços.

Na decisão liminar, o juiz afirmou ser “duvidosa a existência de caráter educativo, informativo ou de orientação social em publicidades pertinentes a programa de recapeamento”, já que iniciativas do tipo não são mais do que obrigação da prefeitura, que deve zelar pela conservação das vias públicas.

“Despesa com publicidade com a expressividade vista no presente caso deixa aparentar a finalidade de autopromoção do gestor, ainda que não se faça expressa menção a seu nome ou à sua imagem diretamente”, escreveu.

O magistrado lembrou ainda que Doria divulgou “em suas redes sociais pessoais o programa de governo, inclusive com sua imagem incluída em uma das peças publicitárias utilizada na campanha de publicidade”. Para o juiz, o então prefeito “parece ter violado […] o princípio da impessoalidade”.

Em sua defesa no processo, o tucano afirmou que “todas as peças publicitárias tiveram caráter informativo e de orientação social apenas”, que os anúncios não foram usados para divulgar sua candidatura a governador e que as postagens em redes sociais se restringiram ao relato de fatos.

O advogado Marcio Pestana, que representa Doria no caso, afirmou em nota que “a ação civil pública citada encontrava-se sem movimento desde julho de 2019 e, curiosamente às vésperas das eleições municipais, foi retomada com a apreciação da liminar requerida pelo MP”.

Segundo ele, a defesa do governador “não concorda com os motivos e fundamentos invocados pelo magistrado para decretar a indisponibilidade dos seus bens, especialmente porque Doria jamais dilapidaria o seu patrimônio para evadir-se das suas responsabilidades”.

O advogado informou ainda que a defesa recorrerá ainda nesta semana ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para tentar reverter a liminar.

 

STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar

Título de eleitor

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou, por unanimidade, que o eleitor não pode ser impedido de votar caso não tenha em mãos o título de eleitor, sendo obrigatória somente à apresentação de documento oficial com foto.

Com a decisão, os ministros do Supremo tornaram definitiva uma decisão liminar concedida pelo plenário às vésperas da eleição geral de 2010, a pedido do PT. O julgamento de mérito foi encerrado nesta segunda-feira (19) à noite no plenário virtual, ambiente digital em que os ministros têm um prazo, em geral, de uma semana, para votar por escrito.

Em uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI), o PT havia questionado a validade de dispositivos da minirreforma eleitoral de 2009 (Lei 12.034), que introduziu na Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) a exigência de apresentação do título de eleitor como condição para votar.

Os ministros entenderam, agora de modo definitivo, que exigir que o eleitor carregue o título de eleitor como condição para votar não tem efeito prático para evitar fraudes, uma vez que o documento não tem foto, e constitui “óbice desnecessário ao exercício do voto pelo eleitor, direito fundamental estruturante da democracia”, conforme escreveu em seu voto a relatora ministra Rosa Weber.

A ministra acrescentou que a utilização da identificação por biometria, que vem sendo implementada nos últimos anos pela Justiça Eleitoral, reduziu o risco de fraudes, embora a identificação por documento com foto ainda seja necessária como segundo recurso.

Ela destacou também que, desde 2018, o eleitor tem também a opção de atrelar uma foto a seu registro eleitoral no aplicativo e-Título, e utilizar a ferramenta para identificar-se na hora de votar, o que esvaziou ainda mais a utilidade de se exigir o título de eleitor em papel.

“O enfoque deve ser direcionado, portanto, ao eleitor como protagonista do processo eleitoral e verdadeiro detentor do poder democrático, de modo que a ele não devem, em princípio, ser impostas limitações senão aquelas estritamente necessárias a assegurar a autenticidade do voto”, escreveu Rosa Weber, que foi acompanhada integralmente pelos demais ministros.

Senador das cuecas decide pedir afastamento por 90 dias

Ana Arraes

O senador Chico Rodrigues, flagrado pela PF com R$ 33 mil sob as cuecas na quarta-feira passada, decidiu pedir na manhã de hoje uma licença sem vencimentos por 90 dias do Senado. Ou seja, até o fim de fevereiro. Já comunicou a decisão a aliados e já entregou o pedido ao Senado.

Entre outros objetivos, Rodrigues quis evitar a goleada que certamente tomaria do Supremo, que se reuniria amanhã para julgar a decisão liminar de afastamento do senador tomada na semana passada monocraticamente por Luís Roberto Barroso. Seria mais um desgaste que os aliados de Rodrigues o convenceram de evitar. Com o afastamento de hoje, o STF  não tem mais motivo para manter o julgamento.

Pernambuco prorroga suspensão de aulas presenciais na Educação Infantil e no Ensino Fundamental

As aulas presenciais na Educação Infantil e no Ensino Fundamental seguirão suspensas em Pernambuco até, pelo menos, 31 de outubro. O anúncio foi feito pelo Governo do Estado nesta segunda-feira (19). A decisão é do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19.

A medida vale para todas as instituições de educação básica do Estado, sejam públicas ou privadas. O decreto com a nova prorrogação da suspensão deve ser publicado na edição desta terça-feira (20) do Diário Oficial do Estado. (Folha PE)

Carrefour abre 80 vagas efetivas de emprego em Pernambuco

AFP / Vanderlei Almeida

O Carrefour anunciou a abertura de 80 vagas efetivas de emprego para os municípios do Cabo de Santo Agostinho e do Recife, em Pernambuco. Os recrutados nesse processo seletivo, divulgado nesta segunda-feira (19), irão atuar nas lojas da rede. Profissionais com ou sem experiência poderão se candidatar.

Vagas disponíveis

  • Agente de prevenção;
  • Recepcionista de caixa;
  • Vendedor;
  • Repositor;
  • Balconista;
  • Auxiliar de perecíveis;
  • Promotor de serviços financeiros;
  • Padeiro, açougueiro;
  • Técnico em manutenção;
  • Operador de CD;
  • Farmacêutico, entre outras.

Como se inscrever

Para participar do processo seletivo, os interessados deverão se inscrever no portal do carrefour.99jobs.com. Nesta plataforma, depois do cadastro do currículo, acontecerão alguns testes obrigatórios que são disponibilizados ao candidato. Ao final, o departamento de Recursos Humanos da empresa faz uma análise dos perfis do candidato e, tento compatibilidade com a vaga, encaminha o candidato para uma entrevista técnica com a loja.

Recrutamento digitalizado

Assim que aprovado, todo o processo de admissão é realizado por meio digitais, com o candidato fazendo o envio dos documentos direto pela plataforma de Acesso Digital, parceira do Carrefour para os processos do departamento de pessoal, garantindo mais agilidade e ajudando o candidato a ter menos gastos com deslocamento e neste momento de pandemia evitar o risco de contágio pelo novo coronavírus.

Benefícios

Além de oferecer capacitação e investir na formação dos seus colaboradores para exercer suas funções, a rede oferece aos funcionários inúmeros benefícios, como: assistência médico-hospitalar e odontológica, convênio farmácia e ótica, Cartão Carrefour que oferece descontos para colaboradores, plano de previdência privada, seguro de vida, restaurante no local e vale-transporte, entre outros.

A Prefeitura de Afogados entregou à população na manhã desta segunda (19), uma ambulância completamente adaptada para transportar cadeirante e/ou pacientes com mobilidade reduzida atendidos pelo Centro Especialização em Reabilitação física, auditiva e visual.

A entrega aconteceu na própria unidade, e após a cerimônia, a ambulância já começou a atender os pacientes. Segundo o Secretário de Saúde, Artur Amorim, alguns pacientes residente em comunidades rurais distantes, como a Carapuça, e tinham muita dificuldade em trazer os pacientes para o tratamento. “Temos relatos aqui de famílias que gastavam até quatrocentos reais por mês, com transporte particular, para poder trazer o paciente até aqui. Agora esse sufoco acabou,” destacou Artur.
A ambulância adaptada é um modelo Fiat Ducato, 0km, com lugar para oito pacientes, sendo quatro cadeirantes; e custou 107 mil Reais. O Prefeito José Patriota agradeceu ao empenho de toda equipe de saúde e comemorou o início do atendimento da ambulância. “Só quem passa por essa dificuldade é que sabe a importância de um veículo desse. Tínhamos mães que precisavam sair do sítio de cinco da manhã para estar aqui na hora da consulta. E pagando caro pelo transporte. Famílias sacrificadas que agora terão um serviço de qualidade, com conforto e acessibilidade, e inteiramente de graça,” avaliou Patriota, que aproveitou a solenidade para convidar a todos os presentes para a inauguração do 25º ponto de apoio na zona rural, às 9h, na comunidade do Santo Antônio ll.

A previsão oficial do Ministério da Economia, no entanto, continua sendo uma queda de 4,7% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2020.

Já o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que espera queda de 4,5% no PIB. Ele participou de evento virtual promovido pelo Milken Institute nesta segunda-feira (19). (Foto: Reprodução)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) — O ministro Paulo Guedes (Economia) disse nesta segunda-feira (19) que a economia deverá recuar 4% neste ano, uma previsão menos negativa que a apresentada anteriormente.

A previsão oficial do Ministério da Economia, no entanto, continua sendo uma queda de 4,7% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2020.

Em vídeo gravado para evento promovido pela Câmara de Comércio Estados Unidos-Brasil, Guedes lembrou que, há alguns meses, instituições internacionais chegaram a prever um recuo de 10% ou mais na economia do país, mas que as projeções estão melhorando.

“Nós achamos que será muito menor do que isso. Achamos que será 4% de queda [em 2020]”, declarou. Ele voltou a afirmar que a atividade econômica brasileira está se recuperando e citou a criação de quase 250 mil vagas formais de trabalho em agosto.

Já o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que espera queda de 4,5% no PIB. Ele participou de evento virtual promovido pelo Milken Institute nesta segunda-feira (19).

A previsão é melhor do que a apresentada no último Relatório de Inflação da autoridade monetária, em setembro, que era de retração de 5% na atividade.

“Entre os emergentes, fomos o país que mais gastou na pandemia, com o auxílio emergencial e outras medidas, mas também fomos o que caiu menos e que teve recuperação mais forte”, disse Campos Neto.

A queda esperada pela autarquia é menor também do que a estimada pelo Banco Mundial no início deste mês, de 5,4%.

Segundo boletim semanal divulgado pelo Banco Central, o mercado financeiro espera uma retração de 5% no PIB neste ano.

Em discussão sobre medidas para estimular a economia após o tombo causado pela Covid-19, Guedes defendeu a manutenção do teto de gastos, regra que impede o crescimento de despesas públicas acima da inflação.

Apesar de divergências internas no governo sobre essa norma, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), segundo o ministro, também quer a sustentação do teto de gastos. “O presidente está claramente do nosso lado”, afirmou Guedes.

Diante da pressão no Orçamento, que tem cerca de 95% de gastos obrigatórios, o ministro disse que tentará aprovar no Congresso medidas para reduzir essas despesas fixas, abrindo margem para outras.

Por isso, ele voltou a falar da necessidade de desindexar o Orçamento e, a partir de 2021, retomar a agenda de controle fiscal, já que, por causa da pandemia, foram autorizados gastos extraordinários em 2020.

De acordo com o ministro, o abandono do teto de gastos só deveria ser discutido após a aprovação de medidas como a desindexação e desvinculação do Orçamento.

Guedes ainda fez um balanço das ações adotadas pelo governo para enfrentar a crise econômica causada pelo coronavírus, como o programa para preservar empregos formais, medidas de estímulo ao crédito.

“O Brasil gastou 10% do PIB nessa operação de socorro, preservando vidas e empregos”, disse o ministro, reforçando que isso foi necessário e bem aplicado.

Para acelerar a recuperação da economia, Guedes voltou a defender reformas estruturais, como a reestruturação do funcionalismo público e a reestruturação do sistema tributário, além dos processos de privatização.

Jovem enfermeira de Mirandiba morre vítima da Covid-19

A saúde de Mirandiba está em luto. Morreu nesse domingo, 18, vítima da Covid-19, a enfermeira Kathe Rafaela da Cruz Ferreira.

A jovem era contratada da Prefeitura de Mirandiba e estava atuando na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

Foi infectada e internada num hospital de Serra Talhada. Desde o início deste mês estava intubada na UTI da unidade hospitalar. A mãe dela também contraiu a doença, mas já recebeu alta.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta segunda (19), foram registrados 12 casos para covid-19 em nosso município. Desses, 10 já estavam em investigação. 
São 07 pacientes do sexo masculino, com idades de 02, 22, 29, 34, 35, 37 e 69 anos; e 05 pacientes do sexo feminino,!com idades de 08, 39, 39, 43 e 63 anos. Entre as mulheres: 01 aposentada, 01 estudante, 02 autônomas e 01 diarista. Já entre os homens: 02 agricultores, 01 profissional da segurança, 01 menor, 01 de profissão não informada, 01 professor e 01 aposentado. 
São 22 mulheres com idades entre 1 e 70 anos, e 12 homens, com idades entre 2 e 71 anos. 
Nesta segunda, 50 pacientes apresentaram resultados negativos para covid-19.
09 pacientes receberam alta por cura após avaliação clínica e epidemiológica. Hoje o município atingiu a marca de 883 pessoas (90,19%) recuperadas para covid-19 em nosso município. Atualmente, 82 casos estão ativos em Afogados. 
O município atingiu a marca de 5.301 pessoas testadas para covid-19. 
Semana Epidemiológica: Analisando as últimas 06 semanas Epidemiológicas nota-se uma tendência de estabilidade no número de casos da covid-19. SE 37 (75 casos), SE 38 (66 casos), SE 39 (47 casos), SE 40 (68 casos), SE 41 (48 casos) e SE 42 (74 casos). Um registro importante é o aumento progressivo no número de testes realizados nos últimos meses: JUN (632), JUL (976), AGO (1276), SET (1387) e OUT (958) até a presente data. Acreditamos que esse mês iremos superar o número de testes realizados em Setembro. Atualmente, o município já testou 14,22% da população.

Serra Talhada registra mais 18 novos casos positivo para covid-19

BOLETIM NOVO CORONAVÍRUS – SERRA TALHADA (19/10/2020)
o resultado de exames e 18.526 casos descartados. 
Quanto à evolução dos casos confirmados, são 4.226 pacientes recuperados, 52 em isolamento domiciliar, 05 em internamento hospitalar, 57 em recuperação e 60 óbitos. 
Em relação aos profissionais de saúde são 144 recuperados, 02 em isolamento e 01 óbito.
MAPA DE CASOS POSITIVOS:
A Secretaria de Saúde de Serra Talhada informa que foram registrados 18 novos casos positivos de Covid-19 nas últimas 72 horas (sexta, sábado e domingo), totalizando 4.343 casos confirmados. 
O novos casos foram confirmados através de 14 testes rápidos e 04 resultados de Swab. São 07 pacientes do sexo masculino e 11 do sexo feminino, com idades entre 01 e 63 anos.
O município tem 53 pacientes aguardand
ZONA URBANA
Cohab/Tancredo Neves (305)
Bom Jesus (553)
CAGEP (113)
IPSEP (685)
Caxixola (113)
São Cristóvão (562)
Borborema (74)
Vila Bela (181)
Alto da Conceição (218)
AABB/Várzea (501)
Centro (443)
Malhada Cortada/Baixa Renda (56)
Universitário (50)
Mutirão (128)
Nossa Senhora de Fátima (15)
José Tomé de Souza (08)
ZONA RURAL
Fazenda Icós (04)
Barra do Exú (10)
Varzinha (63)
Sítio Conceição de Cima (07)
Lagoa da Pedra (01)
Caiçarinha da Penha (18)
Fazenda Juazeiro (04)
DNOCS (09)
Sítio Poço Escuro (10)
Fazenda Saco – IPA (16)
Fazenda Cacimbinha (03)
Fazenda Cajuí (09)
Sítio Bom Sucesso (25)
Vila Santa Rita (04)
Fazenda Ponta da Serra (04)
Sítio Poço Frio (02)
Serrote Branco (01)
Açude de Baixo (01)
Conceição de Baixo (05)
Fazenda Santa Terezinha (01)
Fazenda Cachoeira (02)
Fazenda Jatobá (02)
Sítio Lagartixa (02)
Sítio Barra (04)
Fazenda Nova (07)
Fazenda Alegre (01)
Malhada da Pedra (01)
Serra Grande (01)
Baixio da Carnaúba (07)
Malhada do Juá (07)
Sítio Tapera (07)
Fazenda Veneranda (01)
Sítio Juazeirinho (09)
São João dos Gaias (06)
Fazenda Cacimba Velha (03)
Fazenda Cacimba Nova (02)
Maxixeiro (02)
Jardim das Oliveiras (07)
Fazenda Saco da Roça (01)
Fazenda Jazigo (03)
Fazenda São Miguel (01)
Santana de Caiçarinha (06)
Juazeiro Grande (01)
Fazenda Ema (01)
Fazenda Carnaúba (01)
Sítio Três Passagens (01)
Assentamento Ivan Santos (01)
Fazenda Firmiano (01)
Assentamento Poço do Serrote (02)
Bernardo Vieira (07)
Sítio Serragem (01)
Sítio Cacimba de Cima (Varzinha) (01)
Sítio Boa Vista (1)
Cachoeira 2 (06)
Fazenda Salgadinho (01)
Fazenda Riacho do Bode (01)
Fazenda Cacimba de Baixo (01)
Fazenda Mucambo (01)
Fazenda Santa Rita (01)
Fazenda Lagoinha (03)
Fazenda Quixaba (01)
Fazenda Cipós (01)
Sítio São Lourenço (03)
Fazenda Xique-Xique (01)
Fazenda Carneiro (01)
Fazenda Catolé (04)
Fazenda Papagaio (01)
Mata do Pato (01)
Fazenda Angico (02)
São João do Barro Vermelho (01)
Fazenda Barreiros (01)
Fazenda Fuxico (01)
Fazenda Olho D’Água (01)
Fazenda Ouricuri (01)
Fazenda Alegre (01)
Sítio Tenório (01)
Fazenda Porteira (01)
Fazenda Ingazeira (01)
Fazenda Irajá (01)
Assentamento Virgulino Ferreira (01)
Fazenda Maniçoba (01)

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira inaugurou neste final de semana, a primeira rua calçada com pavimento intertravado do município. Trata-se da Rua Isabel Tenório Monteiro, no bairro Brotas, uma antiga reivindicação dos moradores. O nome é uma homenagem feita pelos moradores, e aprovada pela Câmara, a popular “Zabé Galinha”, figura tão conhecida pelo povo afogadense e cujo filho ainda mora na rua. A rua liga o acesso à Escola Letícia de Campos Góes à PE-275. “Era poeira no verão e alagamento no inverno, um verdadeiro martírio para os moradores,” destacou a representante da associação dos moradores, Sônia Maria Ângelo. Os moradores apresentaram um vídeo durante a inauguração, mostrando a situação de como era a rua.
Foram pavimentados com intertravado 426 m² da rua, a um custo de 37 mil Reais. “É um piso mais belo, resistente, de menor custo e com execução mais rápida. Fico muito feliz em poder propiciar mais qualidade de vida para as pessoas que aqui residem e para os pais e as mães que precisam trazer seus filhos para a Escola e que agora terão o acesso facilitado,” destacou o Prefeito Patriota, que durante a inauguração recebeu uma homenagem dos representantes da associação de moradores, sendo presenteado com uma imagem de Nossa Senhora da Conceição.
A inauguração contou com a presença de secretários municipais, moradores do bairro, primeira-dama, Madalena Leite, e do engenheiro Pedro Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos. “Vim aqui visitar nosso amigo Patriota, trazer o abraço da nossa família, e também conhecer detalhes sobre o sistema de reuso, tão falado e premiado, que irriga o Estádio Vianão e tem trazido economia para os cofres do município,” afirmou Pedro, que atua na área de gestão ambiental e tenciona levar o modelo implantado aqui em Afogados para outras cidades do Estado.
Ao final da inauguração, o Prefeito José Patriota anunciou para esta semana, o início das obras de construção de uma praça no bairro Borges. Nesta segunda (19), a Prefeitura entrega uma ambulância adaptada para acessibilidade, para atender aos pacientes com mobilidade reduzida atendidos pelo Centro de Reabilitação. A entrega acontece às 9h, no CER lll.

Serra Talhada: Luciano Duque repercute chegada de empresa ao município

Segundo o prefeito, grupo São Firmino vai gerar mais de oitocentos empregos indiretos.

Por André Luis

Nesta segunda-feira (19), o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, repercutiu em suas redes sociais, um encontro que aconteceu na sede da CDL, com representantes do grupo São Firmino – Empresa de produção de Charque.

Segundo o prefeito, a empresa está se instando na cidade e deve “potencializar a nossa economia”.

Ainda segundo Luciano, a estimativa é de que a empresa gere mais de oitocentas vagas de emprego indireto na “Capital do Xaxado”. “Nesse empreendimento que vai produzir quatro modalidades de Charque: Tradicional, bife de boi, suíno e caprino”, destacou.

Estiveram presentes na reunião, o empresário Marcus Godoy, o presidente da CDL, Maurício Melo, o presidente da CDI, João Daniel, o vice-presidente da Sindicon, Everaldo Lima, Tião da Pipocas Brotinho, o secretário e o assessor de desenvolvimento econômico, Marcos Oliveira e Fred Pereira.

Cida Oliveira tem candidatura oficializada pela justiça em Solidão

A candidata Cida Oliveira, do PODEMOS, teve a candidatura deferida pelo juiz Bruno Querino Olímpio, da 98ª Zona Eleitoral, após recurso.

O Ministério Público Eleitoral (MPEL) ingressou com Ação de Impugnação ao Registro de Candidatura (AIRC) alegando inelegibilidade por conta das contas de governo do ano de 2014, anexando a documentação referente aos Processos TCE-PE de nºs15100187-0 (contas de governo de 2014) e 17100125-4 (contas de governo de 2016).

Em sua defesa, Cida apresentou, por meio de seus advogados habilitados nos autos, contestação no sentido de que as respectivas contas de governo dos anos de 2014 e de 2016 foram aprovadas pela Câmara Municipal de Solidão, argumentando o que segue, resumidamente:

“Conforme precedente do Supremo Tribunal Federal (STF) estabelecido após decisão com repercussão geral no julgamento dos Recursos Extraordinários repousa exclusivamente na Câmara Municipal a competência para julgar as contas de governo e as contas de gestão dos prefeitos, cabendo ao Tribunal de Contas auxiliar o Poder Legislativo Municipal, emitindo parecer prévio e opinativo, que somente poderá ser derrubado por decisão de 2/3 dos vereadores”. Ambos os processos foram objeto de julgamento político-administrativo pelo Poder Legislativo Municipal, que acabou por derrubar o entendimento técnico emitido no parecer do Tribunal de Contas e aprovou as contas do exercício de 2014 e 2016 de Cida.

Além de concordar com o entendimento, disse o magistrado: “Conforme listas juntadas ao feito anteriormente, oriundas do TCE-PE, a candidata impugnada não possui qualquer conta reprovada pela Câmara Municipal capaz de impingila a mácula da inelegibilidade. Assim, em absoluta conformidade com a legislação vigente e pacífica jurisprudência, de clareza meridiana, impõe-se o deferimento do registro pretendido. Ante o exposto, julgo improcedente o pedido de impugnação e a notícia de inelegibilidade e, por conseguinte, defiro o pedido de registro de candidatura da requerente”.

Veja decisão: Sentença Cida

Os primeiros a receber, nesta segunda, serão 1,6 milhão de beneficiários cujo número do NIS termina em 1.

A Caixa Econômica Federal (CEF) começa a pagar, nesta segunda-feira (19), a segunda parcela de R$ 300 do Auxílio Emergencial Extensão aos beneficiários do Bolsa Família. Os primeiros a receber, nesta segunda, serão 1,6 milhão de beneficiários cujo número do NIS termina em 1.

Os pagamentos são feitos da mesma forma que o Bolsa. O calendário desta parcela segue até 30 de outubro. As duas últimas serão pagas em novembro e dezembro.

Trabalhadores fora do Bolsa

Para os beneficiários do Auxílio Emergencial que não fazem parte do Bolsa Família, a Caixa ainda está pagando parcelas anteriores. O primeiro lote de aprovados (que recebeu a primeira parcela em abril) está recebendo a primeira parcela de R$ 300 – os pagamentos vão até 30 de novembro, de acordo com o mês de aniversário do trabalhador. Aprovados em lotes posteriores ainda estão recebendo as parcelas de R$ 600.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Dólar é cotado a R$ 5,6430 nesta segunda-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,61 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,9428.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta segunda-feira (19), está cotado no valor de R$ 5,6430. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,8977.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,61 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,9428.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

O Portal ClickPB apura de segunda à sexta-feira a cotação do dólar e euro. 

Foto: reprodução

Pernambuco registrou, neste sábado (17), mais 403 casos da Covid-19 e 11 óbitos por causa da doença. Com isso, o estado passou a totalizar 155.923 pessoas infectadas pelo novo coronavírus e 8.480 mortes, números que começaram a ser contabilizados em 12 de março, no início da pandemia.

Entre os novos casos registrados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), estão 25 pessoas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 378 com quadros leves da Covid-19. Ao todo, Pernambuco tem 26.684 casos graves e 129.239 casos leves da doença.

O número de pacientes recuperados da Covid-19 no estado aumentou para 138.749. Destes, 17.045 tinham casos graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 121.704 apresentavam quadros leves.

Mortes

Com relação aos 11 óbitos, quatro aconteceram nos últimos três dias, sendo duas na quinta-feira (15) e duas na quarta-feira (14). As outras sete mortes ocorreram entre os dias 6 de agosto e 11 de outubro. As vítimas foram seis homens e cinco mulheres, que residiam nos municípios de Aliança (1), Goiana (2), Gravatá (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Moreno (1) e Recife (4).

Eles tinham idades entre 33 e 91 anos e apresentavam comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (7), diabetes (6), doença renal (3), obesidade (3), hipertensão (2), histórico de AVC/AVE (2), doença respiratória (2), doença neurológica (1) e doença hepática (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade.

Testes

Homem faz teste para a Covid-19 no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

Desde o início da pandemia, o governo realizou 550.653 testes para detectar a Covid-19. Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, até agora, 22.108 casos foram confirmados e 37.387 descartados.

As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada.

Leitos

Segundo o boletim do governo divulgado neste sábado (17), a taxa de ocupação média de leitos para a Covid-19 é de 49%. Há doentes em 65% dos 755 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) e em 38% dos 896 leitos de enfermaria.

Dois homens são presos transportando cocaína de Petrolina para Cabrobó

Na madrugada desta sexta-feira dia (16), Policiais Militares da 2ª CIPM, receberam informações de que uma grande quantidade de droga seria de Petrolina com destino a cidade de Cabrobó, no Sertão de Pernambuco.

De imediato, Policiais Civis da 25ª Desec, juntamente com as equipes NIS-3, Malhas da Lei da 2ª CIPM, GATI, ROCAM, GT Comando e GT Operações, desencadearam uma operacao conjunta,  onde foi montado um bloqueio próximo ao Povoado Mãe Rosa.

De acordo com informações repassadas ao Blog O Povo com a Notícia, na ocasião  foi realizado a abordagem a vários veículos, quando ao abordar um Ford/kA placa PCK-7e46, havia dois ocupantes, “Gerson” dirigindo o veiculo e “Janio” de ocupante.

Durante a abordagem os dois se mostraram bastante nervosos, e após varias indagações eles admitiram que estavam transportando uma droga, que estava dentro de uma caixa de som, no porta malas do veiculo.

Ainda de acordo com a polícia, ao indagar sobre a origem do entorpecente, “Janio” relatou que iria entregar a Edvan de Cabrobó, e que trouxe a droga a mando do mesmo.

De posse das informações, os policiais seguiram com todos os envolvidos e o material apreendido para ser apresentado na Delegacia de Policia Civil em Cabrobó, quando foram se aproximando da cidade o telefone de “Janio” começou a tocar, sendo uma chamada de “Diva”, onde o mesmo atendeu, quando “Edvan Pedro dos Santos”, falou que estava esperando na Rua 02 da Vila das Flores, para receber a droga, foi feito o deslocamento ate o local indicado, onde Edvan foi encontrado e abordado, sendo encontrado em seu poder uma porção de cocaína (peteca), e a quantia de R$ 1.410,00 reais em especie.

De imediato os policiais deram voz de prisão ao mesmo e todos foram conduzidos a Delegacia de Policia Civil de Cabrobó, onde foram autuados em flagrante.

Ainda de acordo com a polícia, vale salientar que Edvan Pedro dos Santos e Janio Campos Cabral, se encontram em prisão domiciliar, o que restringia entre outras coisa o horário de recolhimento ao domicilio e o não consumo de drogas (entorpecente), quebrando assim o cumprimento da prisão, e que os dois respondem por trafico de drogas.

De acordo com boletim médico divulgado pela assessoria de imprensa da Unimed-Rio, o artista está internado há cinco dias e não tem previsão de alta.

Em 2018, Aragão foi submetido a um cateterismo e se recuperou tão bem que uma semana após o procedimento médico fez um show em São Paulo. (Foto: Divulgação)

– O cantor e compositor Jorge Aragão, 71, está internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de hospital no Rio de Janeiro. De acordo com boletim médico divulgado pela assessoria de imprensa da Unimed-Rio, o artista está internado há cinco dias e não tem previsão de alta.

“O paciente Jorge Aragão da Cruz foi admitido em nosso hospital em 13 de outubro com quadro de pneumonia viral Covid-19. Desde então, encontra-se em unidade de terapia intensiva sob monitorização contínua e cuidados específicos para a condição clínica, apresentando boa resposta ao tratamento. Ainda não há previsão de alta da UTI”, infoma o comunicado.

Em 2018, Aragão foi submetido a um cateterismo e se recuperou tão bem que uma semana após o procedimento médico fez um show em São Paulo. “Vou cumprir a minha missão, que é animar a pla­teia. Montei um repertório que fará com que todo o mundo cante e se divirta em conjunto”, disse à época, antes da apresentação.

O artista carioca começou sua carreira nos anos 1970, como guitarrista em casas noturnas, mas tornou-se conhecido em 1977 quando Elza Soares gravou a canção “Malandro”, que ele compôs ao lado de Jotabê. Antes de se dedicar à carreira solo, Aragão fez parte da primeira formação do grupo Fundo de Quintal.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que neste Domingo tivemos o registro de 07 casos de covid-19 em nosso município. Todos já estavam em investigação. 
São 03 pacientes do sexo masculino, com idades de 04, 31 e 55 anos; e 04 pacientes do sexo feminino, com idades de 18, 34, 39 e 52 anos. Entre os homens: 01 menor, 01 agente adminiatrativo e 01 autônomo. Entre as mulheres: 02 agricultoras, 01 de profissão não informada e 01 cabelereira. 
Hoje, 07 pacientes apresentaram resultados negativos para covid-19.
Neste Domingo, 02 pacientes receberam alta por cura após avaliação clínica e epidemiológica. Hoje, o município atingiu a marca de 874 pessoas (90,38%) recuperadas para covid-19 em nosso município. Atualmente, 79 casos estão ativos em nossa cidade.
O município atingiu a marca de 5.225 pessoas testadas para covid-19.

O país chegou a 153.885 óbitos e a 5.232.541 pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

 O Brasil registrou 195 novas mortes pela Covid-19 e 8.874 casos da doença neste domingo (18). O país, com isso, chegou a 153.885 óbitos e a 5.232.541 pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Nos finais de semana e nas segundas-feiras, os números do consórcio costumam ser mais baixos por causa de atrasos de notificações nas secretarias.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 483, o que representa um cenário de queda em relação à média de 14 dias atrás. Recentemente, o país chegou a estar em situação de queda da média, mas, em seguida, retornou ao patamar de estabilidade dos dados de mortes.

Com 230 óbitos registrados nas últimas 24 horas, os dados do governo federal mostram que o Brasil tem 153.905 mortes confirmadas pela Covid-19 até este domingo (18), segundo boletim do Ministério da Saúde.

O balanço aponta 10.982 novos casos, totalizando 5.235.344 registros da doença no país. O estado de São Paulo ainda soma o maior total de registros -são 38.020 mortes e 1.063.602 casos até este domingo. Em seguida, com relação a mortes, aparecem Rio de Janeiro (19.765), Ceará (9.210) e Pernambuco (8.487).

O governo avisa, entretanto, que os dados deste domingo são parciais porque houve um problema no sistema na atualização dos dados de quatro estados: Rondônia, Pernambuco, Paraíba e Goiás. “Os dados estão preservados, e serão atualizados no boletim [de segunda-feira, 19]”, diz o ministério.

Os dados mostram ainda que há 4.650.030 pessoas recuperadas da doença e 2.362 mortes em investigação.

O Brasil tem uma taxa de 73,2 mortos por 100 mil habitantes. Os Estados Unidos, que têm o maior número absoluto de mortos (218.448 ), e o Reino Unido (43.519 ), ambos à frente do Brasil na pandemia (ou seja, começaram a sofrer com o problema antes), têm 66,9 e 65,5 mortos para cada 100 mil habitantes, respectivamente. O país também já ultrapassou a taxa da Itália de mortes por 100 mil habitantes (60,3).

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

O fato triste aconteceu na noite deste último domingo (18), mais um acidente com vítima fatal em nossa região.

As primeiras informações que o jovem Samuel passou o domingo com familiares em Afogados e ao retornar para o sítio Coqueiro Alto, município de Quixaba, sofreu um acidente de moto e veio a óbito, Samuel teria perdido o controle da motocicleta na estrada de Lagoa de Cruz.

A pesquisa detectou ainda alterações morfológicas causadas pelo vírus.

Pesquisa aponta que o vírus é capaz de chegar ao sistema nervoso central (Foto: Reprodução)

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) encontraram o novo coronavírus em cérebros de pacientes mortos pela doença, além de alterações morfológicas – que se referem à forma e à estrutura – no cérebro de pessoas com quadros moderados de covid-19. O resultado deve ajudar em tratamentos mais efetivos de pacientes de covid-19 que apresentam sintomas neurológicos, como anosmia, confusão mental, convulsões e zumbido no ouvido.

“O que identificamos agora é que o vírus é sim capaz de chegar no sistema nervoso central, no cérebro. Não só detectamos o vírus no cérebro de pessoas que morreram com a covid-19 – coletamos os cérebros delas post mortem -, mas nós fizemos também análises de imagem, escaneamos os cérebros de pacientes com covid-19 moderada e alterações significativas foram observadas”, disse o professor de bioquímica da Unicamp, Daniel Martins-de-Souza, coordenador da pesquisa. O estudo foi divulgado essa semana, em plataforma preprint, ainda sem revisão por pares.

Ele ressalta que até o momento não existem evidências disso na literatura, apesar de alguns pacientes apresentarem sintomas neurológicos. “Esse é um estudo feito com centenas de pacientes moderados, não são nem pacientes graves, e que demonstra que as alterações morfológicas estão correlacionadas com a covid-19”, disse. Segundo ele, as consequências nos pacientes ainda estão sendo observadas porque a covid-19 é uma doença nova. “Não deu tempo de vermos o que vai acontecer no longo prazo, mas fato é que pessoas já curadas ainda tem queixas de sintomas neurológicos mesmo depois de o vírus já ter saído do corpo”.

Os pesquisadores já haviam comprovado em testes in vitro que o novo coronavírus era capaz de infectar os neurônios. No entanto, em testes em humanos, eles identificaram a presença do vírus em uma outra célula do cérebro, chamada astrócito.

“Vimos que o vírus está no cérebro de algumas das pessoas que morreram de covid-19, não tanto nos neurônios, mas em uma outra célula que chama astrócito. Esta é uma célula que auxilia os neurônios a se comunicarem. No laboratório, fizemos um experimento mostrando que os astrócitos infectados podem produzir substâncias que matam neurônios e essa pode ser a causa de a gente ver aquelas alterações nas imagens do cérebro [de pessoas vivas infectadas]”, explicou.

Tratamento

O pesquisador afirma que essas informações são a primeira pista para que se tenha tratamentos mais efetivos especialmente para aqueles pacientes que tiveram acometimentos neurológicos. “Nem todos vão ter [sintomas neurológicos], uma média de 30% a 35% são os que têm esses sintomas. Para esses, é bom saber que os sintomas podem sim ser derivados de infecção no cérebro”.

Martins-de-Souza explicou que o que se acreditava até agora é que os sintomas neurológicos eram causados apenas por uma infecção sistêmica. “Pensava-se até aqui que os sintomas neurológicos seriam uma consequência de inflamação em outros lugares – como o pulmão – e que afetava secundariamente o cérebro. Mas aqui vemos que isso [sintomas neurológicos] pode acontecer também porque o vírus chega sim ao cérebro”, disse.

Além desses resultados, os pesquisadores vão continuar as investigações para entender melhor o papel dos vírus dentro dos astrócitos, as consequências disso no longo prazo, além de uma questão que Martins-de-Souza considera essencial: como é que o vírus chega no cérebro.

A sétima parcela do auxílio emergencial de R$ 300 (R$ 600 para mães chefes de família) começa a ser paga nesta segunda-feira (19) para 16,3 milhões de beneficiários do Bolsa Família.

O calendário de pagamentos segue a ordem do dígito final do número do NIS, habitual do programa, sempre nos dez últimos dias úteis do mês.

Nesta segunda-feira, recebem 1,6 milhão de beneficiários com NIS de final 1 e assim por diante, até 30 de outubro.

Os cadastrados no programa via Cadastro Único, aplicativo e pelo site do auxílio emergencial, estão recebendo a sexta parcela e vão receber as demais do auxílio emergencial e extensão de R$ 300 de acordo com calendário dos Ciclos criado pelo Ministério da Cidadania.

O candidato da Frente Popular a Prefeito de Afogados, Sandrinho Palmeira, reuniu neste sábado (17), mais de cem lideranças rurais, representantes de mais de sessenta comunidades. 

Dezenas de candidatos a vereador participaram do encontro, que contou com as presenças também do Prefeito de Afogados, José Patriota, do candidato a vice, Daniel Valadares, coordenador da Ciretran, Heleno Mariano, dentre outras lideranças.
Logo no início do encontro, o Prefeito Patriota apresentou um balanço das inúmeras ações realizadas pela Prefeitura na zona rural de Afogados. Mais de 300 poços perfurados e recuperados, mais de 80 sistemas simplificados de abastecimento instalados, água nas torneiras de diversas comunidades, ampliação dos programas de compra direta da agricultura familiar, dentre outros. 
“Não acredite em que vive dizendo que nada presta, que bota gosto ruim em tudo. Vocês sabem o quanto fizemos, o quanto trabalhamos para levar qualidade de vida e dignidade para homens e mulheres do campo. Instalamos 24 pontos de apoio da saúde na zona rural, passamos a abrir diariamente as UBS’s do Monte Alegre, Alto Vermelho e Dois Riachos. Construímos escolas na Carapuça e no São João, levamos pavimentação para o Boqueirão, São João Novo, Santo Antônio 2 e Monte Alegre. Fizemos tudo? Não, mas tenho que com Sandrinho Prefeito, todo esse trabalho não vai andar para trás, vai avançar,” finalizou Patriota, destacando ainda que esse choveu por três invernos, o que prejudicou muito a situação das nossas estradas. “Graças a Deus esse foi um ano bom de chuva, mas as chuvas fortes também trazem problemas, como o desalojamento de famílias e os danos às estradas. Mas aos pouquinhos vamos recuperando tudo,” finalizou o Prefeito.
Em sua fala, Sandrinho apresentou suas propostas para a universalização do acesso à água na zona rural, a aquisição de novas máquinas para atuar em um programa permanente de recuperação de estradas, e o aumento nos recursos destinados à compra direta dos produtos da agricultura familiar. “Ampliamos de 17 para 38% o percentual de compras da Prefeitura de produtos da agricultura familiar. Vamos trabalhar para aumentar esse percentual e para dar condições de produção ao nosso agricultor, com assistência técnica adequada e projetos de comercialização,” destacou Sandrinho.
Uma das lideranças a falar, o agricultor João Mascena, da comunidade Santo Antônio 2 e um dos mais antigos integrantes da Frente Popular, ele destacou os avanços que a zona rural de Afogados vem obtendo desde a administração do ex-prefeito Dr. Orisvaldo Inácio. “E com Patriota foi que tivemos vez mesmo. No Santo Antônio 2, além da água nas torneiras para mais de oitenta famílias, a Prefeitura também fez o calçamento do pátio da igreja, da parte central da comunidade, e agora, em breve, vamos receber um ponto de apoio da saúde, obra que foi concluída recentemente,” finalizou seu João Mascena.

Antonio Carlos Cavalcanti Ferreira, mas conhecido por Tonhão da polícia civil , veio a óbito neste domingo (18), no Hospital Regional Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira a causa da morte não foi divulgado o que sabe é que ele vinha em batalha pela vida . 

Tonhão morava no centro da cidade  de Afogados, deixa esposa, filhos e amigos.

Brasil x Argentina na Arena de Pernambuco pelas Eliminatórias da Copa do Mundo

CBF/DIVULGAÇÃO

O maior clássico das Américas será disputado pela primeira vez na Arena de Pernambuco. É o que ficou definido esta semana, na CBF. Nesta sexta-feira, a entidade realizou vistoria no estádio.

Como a Arena em São Lourenço da Mata já havia sido aprovada para receber Brasil x Bolívia e mantém o bom estado do gramado, deve ser confirmada oficialmente até a próxima semana. Mas seus gestores e dirigentes pernambucanos já receberam a sinalização.

Desde o início do mês a CBF já vinha costurando a mudança do clássico para Pernambuco, antes marcado para a Arena do Corinthians. Na prática, uma troca, pois o estádio em Itaquera recebeu Brasil x Bolívia, anteriormente programado para o estádio pernambucano.

Com isso, o torcedor que perdeu a estreia da seleção nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar, vai receber Brasil x Argentina, no dia 31 de março. A expectativa na CBF é que o Superclássico seja com presença de torcida.

Quem não pediu reembolso já tem entrada garantida. Quem recebeu o dinheiro de volta vai ter que disputar novos ingressos pela internet. Provavelmente com valores majorados.

Desemprego atinge 14 milhões de pessoas na quarta semana de setembro

desemprego-Arquivo-Agência Brasil

O número de desempregados chegou a 14 milhões de pessoas na quarta semana de setembro, ficando estatisticamente estável em relação à semana anterior (13,3 milhões). Com isso, a taxa de desocupação (14,4%) ficou estável em relação à semana anterior (13,7%) e cresceu frente à primeira semana de maio (10,5%), quando o levantamento foi iniciado.

Os dados constam da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Covid-19, divulgada hoje (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esta é a última divulgação da Pnad Covid-19 semanal. A coleta de dados por telefone continuará para subsidiar as edições mensais da pesquisa, que devem continuar até o fim do ano.

“Embora as informações sobre a desocupação tenham ficado estáveis na comparação semanal, elas sugerem que mais pessoas estejam pressionando o mercado em busca de trabalho, em meio à flexibilização das medidas de distanciamento social e à retomada das atividades econômicas”, disse, em nota, a coordenadora da pesquisa, Maria Lucia Vieira

Cumprindo o rigoroso compromisso de restabelecer a verdade e colocar os fatos no seu devido lugar, gostaria de esclarecer algumas questões importantes sobre essa questão das diárias.

Todas as diárias e PQRs que recebi foram de viagens e compromissos representando o povo de Afogados, durante viagens em busca de projetos e recursos para a nossa cidade, viagens essas que resultaram em investimentos de mais de 100 milhões de Reais para Afogados da Ingazeira na gestão Totonho Valadares.

Os recursos conquistados possibilitaram a construção da ponte sobre o Rio Pajeú, o sistema viário de contorno, vários calçamentos, a vinda do IFPE, construção de escolas e creches, casas populares, a revitalização da Praça Arruda Câmara, dentre outras grandes obras..

Respondi a todos os questionamentos dos órgãos de controle na época e diferente do que disse o candidato, nunca fui condenado a devolver um centavo sequer de recurso público. Nossas contas foram aprovadas pela Câmara de vereadores, inclusive contando com o voto do vereador Zé negão.

Fiz questão de colocar entre aspas, o que ele disse no debate, diferentemente do que disse na nota publicada em seu blog: “Seu vice recebia diárias e PQRs pra ir pra Recife, mil e duzentos Reais por mês, como se fosse complemento de salário, e as contas tiveram que devolver cem mil reais.” Em outro trecho, reafirma: “Responda aqui ó, essas diárias aqui, que foi devolvida, foi prática do seu atual candidato a vice.”

Ele sabe tanto que mentiu, que na nota enviada ao seu blog, em nenhum momento ele apresenta qualquer decisão me condenando a devolver recursos. Simplesmente porque essa decisão nunca existiu. Ele busca confundir o nosso povo, prática da qual ele é especialista, trazendo à tona relatórios de auditoria, cujos questionamentos, como disse acima, foram todos devidamente esclarecidos.

Por fim, quero informar que estou acionando o candidato na justiça, para que ele cumpra a impossível missão de provar a mentira que disse durante a live/debate do blog do Finfa. Informo ainda que, todo o recurso por mim obtido nessa ação por calúnia e difamação, será integralmente doado a nossa gloriosa ASAVAP.

A Frente Popular faz política discutindo e debatendo os problemas administrativos de nossa cidade, buscando apresentar soluções e alternativas para que nossa cidade continue sendo essa cidade pujante, desenvolvida e acolhedora. Jamais nos rebaixaremos a práticas nefastas de disseminar mentiras ou de caluniar quem quer que seja.

Agradeço a sua atenção e um abraço de vitória a todos os seus leitores.

Daniel Valadares 

 

Veja quem lidera a eleição em cada capital do país segundo Ibope

Esta é uma eleição de continuidade. Pelo menos é o que aponta a primeira rodada de pesquisa Ibope para a prefeitura das 26 capitais do país, completada na sexta-feira. Das 13 cidades onde os atuais prefeitos tentam um novo mandato, em 11 são eles que lideram a intenção de voto.

Já no campo partidário, as legendas de centro estão se saindo melhor, enquanto no campo de esquerda o PSB emerge como principal força política até agora.

O panorama da liderança nas 26 capitais segundo o Ibope mostra que somente Marcelo Crivella (Republicanos), no Rio, e Nelson Marchesan (PSDB), em Porto Alegre, estão distantes de figurar no topo, mas podem alcançar um eventual segundo turno, pois figuram tecnicamente empatados na segunda posição.

Em suma, os candidatos à reeleição conjugam uma boa aprovação da gestão entre ótimo/bom e estão na cabeça do eleitor, uma vez que pontuam bem na pergunta espontânea, aquela em que o eleitor diz, sem ser apresentado aos nomes do candidatos pelo entrevistador.

Luis Arce, aliado de Evo, lidera pesquisa de intenção de votos para 1º turno deste domingo (18). Em segundo está Carlos Mesa, que já foi candidato em 2019.

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, durante entrevista coletiva em Buenos Aires, na Argentina, em 2019 — (Foto: Reuters/Agustin Marcarian)

O primeiro turno da eleição nacional na Bolívia acontece neste domingo (18). Os eleitores escolhem quem vai substituir Jeanine Añez, a presidente interina que assumiu em novembro de 2019, após a anulação da votação daquele ano e os distúrbios que levaram Evo Morales a renunciar.

Os principais candidatos são Carlos Mesa, que ficou em segundo na última eleição, e Luis Arce, um aliado de Evo Morales.

Essas são as primeiras eleições no país sem a participação de Evo desde 1997. Ele perdeu a corrida eleitoral em 2002, mas concorreu de novo em 2005, quando venceu pela primeira vez. Eleito outras duas vezes, ficou no poder até novembro de 2019 (veja mais abaixo).

A eleição pode ser decidida já no primeiro turno se um dos candidatos tiver pelo menos 40% dos votos válidos e mais de dez pontos percentuais a mais que o segundo colocado.

Se ninguém conseguir esse resultado, haverá um segundo turno no dia 29 de novembro.

Os candidatos

Luis Fernando Camacho, Carlos Mesa e Luis Arce, os candidatos à presidência da Bolívia — Foto: Reuters
  • Luis Arce é o candidato do MAS, o partido de Evo Morales. Arce foi ministro da economia de Evo – nesse cargo, ele foi responsável por estatização de empresas. Durante a campanha, ele buscou se distanciar dos aspectos mais polêmicos dos anos de Evo – ele afirmou, por exemplo, que não vai interferir em investigações contra ex-ministros do MAS.
  • Carlos Mesa já foi presidente da Bolívia entre 2003 e 2005. Ele concorreu contra Evo nas eleições de 2019 e ficou em segundo. É considerado um centrista.
  • Luis Fernando Camacho é um líder de extrema-direita que liderou protestos contra Evo. Ele é de Santa Cruz, o estado mais populoso.

Há outros candidatos, mas eles pontuam pouco nas pesquisas de intenção de voto.

Arce tem 33,6% da preferência dos eleitores, seguido de Mesa, com 26,8%, de acordo com uma pesquisa da organização Tu Voto Cuenta, feita entre 2 e 5 de outubro. Camacho, em terceiro, tem 13,9% das intenções de voto.

As desistências

Dois candidatos de direita abandonaram a corrida eleitoral: a presidente interina, Jeanine Añez, e Jorge Quiroga, que também já foi o líder do país.

Os dois deixaram as eleições para evitar uma vitória em primeiro turno de Arce, o candidato de Evo. No entanto, nenhum dos dois declarou apoio a Mesa, o segundo colocado.

As pautas das eleições

Alguns assuntos são centrais na atual disputa pelo poder na Bolívia:

  • Evo Morales: O ex-presidente está exilado na Argentina. Ele é investigado por promotores por supostos crimes de naturezas distintas – ele nega todos. Há acusações de corrupção, fraude eleitoral e abuso sexual. Mesa disse que, em seu governo, Evo não ficaria impune por seus crimes (que ainda não foram julgados). Arce, aliado do ex-presidente, sinalizou que facilitará a volta de seu aliado.
Apoiadores do MAS, partido de Evo Morales, em evento de campanha na cidade de El Alto, em 14 de outubro de 2020 — Foto: David Mercado/Reuters
  • Política para a coca: A folha de coca é uma cultura tradicional na Bolívia. Nos anos de Evo, os agricultores que plantam a folha de coca tiveram apoio do governo, que acabou com as operações das agências antidrogas dos EUA no país. Os dois candidatos afirmam que é preciso combater as drogas. Arce afirma que as regiões tradicionais de cultivo devem ser protegidas por lei. Mesa afirma que é preciso controlar mais a produção legal.
  • Relação com os EUA: Durante o governo de Evo, a relação entre a Bolívia e os EUA esfriou – não há embaixador americano na Bolívia desde 2008. Arce prometeu “trabalhar com todos”, e Mesa disse que não há razão para não retomar uma relação plena, com embaixadores, com os EUA.
  • Lítio: O mineral é usado e baterias para veículos elétricos. A Bolívia tem grandes reservas do material, e elas foram pouco exploradas. Os dois candidatos sinalizaram que pretendem mudar isso. Mesa já afirmou que pretende transformar o país em um produtor global. Arce disse que quer industrializar o lítio e criar 130 mil empregos diretos e indiretos dessa cadeia.
Aplicação de pesticidas em plantação de coca na Bolívia — Foto: William Wroblewski/AFP

Entenda as eleições canceladas de 2019

A votação para eleger o próximo presidente é a segunda em um ano. Em 20 de outubro de 2019, Evo concorreu pela quarta vez e ficou em primeiro (Mesa, que agora concorre novamente, ficou em segundo). Como teve mais de 40% dos votos, ele foi considerado vencedor.

O resultado inicial da apuração indicava um segundo turno, mas houve interrupções na contagem. Depois de dias de indefinição, o processo foi retomado e Evo saiu como vencedor.

Começaram, então, protestos contra os resultados.

No dia 10 de novembro de 2019, a Organização dos Estados Americanos (OEA) tornou público um relatório que apontava que as eleições haviam sido fraudadas.

Evo cancelou os resultados e convocou novas eleições imediatamente. Porém, a ação não foi suficiente: pressionado por militares, ele renunciou e, em seguida, fugiu do país. Inicialmente, ele foi para o México e, depois, se exilou na Argentina.

Posteriormente, estudos de grupos de pesquisas dos EUA colocaram em dúvida a alegação da OEA de que as eleições de 2019 foram fraudadas.

O governo interino de Jeanine Añez

Uma senadora de direita, Jeanine Añez, assumiu a presidência de forma interina. Quando ela chegou ao poder, textos antigos dela em redes sociais mostravam que ela havia dito que os aimaras, povos indígenas da Bolívia, praticavam rituais satânicos.

Durante os meses dela no poder, foram abertas investigações de dirigentes do MAS por terrorismo.

Em maio, seu ministro da Saúde foi preso por desviar dinheiro que deveria ser usado para comprar respiradores para os pacientes de Covid-19.

Añez adiou as eleições presidenciais duas vezes.

Com isso, o país chegou a 153.690 óbitos e a 5.223.667 pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

O país também já ultrapassou a taxa da Itália de mortes por 100 mil habitantes (60,3). (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

– O Brasil registrou 461 novas mortes pela Covid-19 e 22.097 casos da doença, neste sábado (17). Com isso, o país chegou a 153.690 óbitos e a 5.223.667 pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 493, o que representa um cenário de queda em relação à média de 14 dias atrás. Recentemente, o país chegou a estar em situação de queda da média, mas, em seguida, retornou ao patamar de estabilidade dos dados de mortes.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

O Brasil tem uma taxa de 73,2 mortos por 100 mil habitantes. Os Estados Unidos, que têm o maior número absoluto de mortos (218.448 ), e o Reino Unido (43.519 ), ambos à frente do Brasil na pandemia (ou seja, começaram a sofrer com o problema antes), têm 66,9 e 65,5 mortos para cada 100 mil habitantes, respectivamente.

O país também já ultrapassou a taxa da Itália de mortes por 100 mil habitantes (60,3).

O boletim do Ministério da Saúde deste sábado também mostrou que o Brasil registrou 461 novas mortes em decorrência do novo coronavírus nas últimas 24 horas. O país agora contabiliza um total de 153.675 óbitos desde o início da pandemia, nas contas do governo federal.

O balanço do governo aponta 24.062 novos casos, totalizando 5.224.362 registros da doença no país. Entre os estados, São Paulo ainda soma o maior número total de registros –são 37.992 mortes e 1.062.634 casos até este sábado. Em seguida na lista, com relação a mortes, aparecem os estados do Rio de Janeiro (19.715), Ceará (9.207) e Pernambuco (8.480).

Os dados mostram ainda que há 4.635.315 pessoas recuperadas da doença e 2.302 mortes em investigação.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Em Afogados, Sandrinho debateu propostas com a juventude

O candidato da Frente Popular à Prefeito de Afogados da Ingazeira, Sandrinho Palmeira, debateu com a juventude propostas para o segmento e estratégias de participação dos jovens em sua campanha. 

A reunião aconteceu ontem na noite da sexta-feira (16) e contou com as participações do Presidente da Câmara de Vereadores, Igor Mariano, do vice, Daniel Valadares além de diversos candidatos a vereador.

O encontro com a juventude teve a participação do engenheiro Pedro Campos, irmão do Deputado Federal, João Campos, candidato a Prefeito do Recife. “Fiz questão de vir prestigiar esse encontro, de trazer o abraço fraterno do meu irmão João Campos para todos vocês,” afirmou Pedro, que em sua fala destacou a importância de ouvir a juventude, de debater com ela ações que tragam mais qualidade de vida e mais oportunidades para os nossos jovens. 

Pedro Campos também aproveitou para falar sobre a importância da juventude na campanha de Sandrinho, “Meu pai dizia que nenhuma mudança no Brasil foi feita sem Juventude. É muito importante ter essa conversa com a juventude, porque por diversas vezes a Juventude não participou das decisões políticas no Brasil. Ouvir a juventude fará toda a diferença na hora de colocar em ação as políticas de governo para o segmento,” finalizou Pedro.

Sandrinho Palmeira enfatizou os mais de noventa cursos realizados pela sala do empreendedor, muitos deles direcionados para os jovens, e o incentivo que a Prefeitura vem dando aos esportes como uma importante ferramenta de inserção social e de descoberta de talentos. 

“Já promovemos 93 cursos de qualificação, capacitando muitos dos nossos jovens para o mercado de trabalho, com parceiros de peso, como o SENAC e o SEBRAE. Quero, no meu mandato, criar o programa do Primeiro Emprego, direcionando cursos que possam levar os nossos jovens a ocupar uma vaga no mercado de trabalho,” avaliou Sandrinho, destacando ainda os investimentos do município na transformação do Vianão em uma das mais belas e eficientes praças esportivas do Estado. “Foi como Secretário de Cultura e Esportes que iniciamos as reformas do nosso Vianão, que hoje tem o melhor gramado, a melhor iluminação em LED, e um sistema de reuso premiado nacionalmente,” afirmou.

Ele ainda ressaltou que com o sistema de reuso, a conta de água do estádio caiu de 15 mil para pouco menos de duzentos Reais. Outra iniciativa citada foi a instalação de um dos mais modernos pisos de quadra poliesportiva instalado pela Prefeitura no Ginásio Desportivo Municipal, elogiado até pelo craque Falcão, considerado um dos maiores jogadores e futsal de todos os tempos.

“É com grande alegria que hoje reunimos tantos jovens aqui, que sabem do compromisso que todos nós temos com o futuro de nossa cidade, que não pode voltar atrás nas conquistas que vem acontecendo ao longo dos últimos anos. Vamos aprofundar as conquistas, consertar o que precisa ser consertado e implantar novas ações para garantir nossa cidade no rumo certo,” finalizou Sandrinho.

Afogados confirma décimo quarto óbito por Covid-19

Município registrou mais dezoito novos casos da doença.

A Secretaria de Saúde de Afogados da Ingazeira informou no boletim epidemiológico, deste sábado (17), que foram registrados 18 novos casos para covid-19 no município. Desses, 15 já estavam em investigação.  

São oito pacientes do sexo masculino, com idades entre 4 e 69 anos; e dez pacientes do sexo feminino, com idades entre 15 e 50 anos. 

Entre as mulheres: três estudantes, três agricultoras, uma do lar, uma profissional da saúde, uma empresária e uma cabeleireira. Já entre os homens: dois agricultores, um menor, um estudante, um agrônomo, um profissional da segurança, um auxiliar de produção e um de profissão não informada. 

Ainda segundo o boletim, entram em investigação os casos de treze mulheres, com idades entre 1 e 63 anos; e os de cinco homens, com idades entre 2 e 69 anos.

A Secretaria também confirmou o óbito de uma paciente do sexo feminino, 56 anos, portadora de algumas comorbidades, e que estava internada em leito de UTI no Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada. Nossas condolências aos familiares e amigos.

O boletim também informou, que 31 pacientes apresentaram resultados negativos para covid-19 e que sete pacientes receberam alta por cura após avaliação clínica e epidemiológica. 

Afogados atingiu a marca de 872 pessoas (90,83%) recuperadas para covid-19. Atualmente, 74 casos estão ativos em nosso município. o município atingiu a marca de 5.225 pessoas testadas para covid-19

Por volta das 20h50 de ontem (16/10/2020), a Equipe do GATI/3° BPM seguiu para as proximidades da Agrovila VIII, Zona Rural de Ibimirim, onde havia informes que no local tinha uma carga roubada. 
Chegando, foram surpreendidos por aproximadamente 04 (quatro) indivíduos armados e após o confronto, o efetivo localizou um deles, que havia sido alvejado no peito e no tórax. Ele, Marcelo Nunes da Silva, 33 anos, mecânico, foi socorrido para a Unidade Hospitalar local, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 
O homem estava de posse de 01 (um) revólver TAURUS, cal. 38 e nº de série 32442A e no local, os meliantes abandonaram 02 (dois) contêineres que estavam vazios, 01 (uma) Ducato e 01 (um) veículo HB20, que foram apreendidos e apresentados na Delegacia de Polícia Local. Após consultas no Infoseg foi verificado que o acusado tem passagem por adulteração de veículo. As equipes GT Operações, NIS-1/3ºBPM e Malhas da Lei foram acionadas ao local.

Segundo o levantamento, 70% das costureiras autônomas ganham até um salário mínimo por mês e 38% recebem apenas um quarto desse valor, em jornadas exaustivas de 10 a 15 horas por dia.

Dos mais de 18 mil empreendimentos do setor têxtil na região, menos de 4% empregam mais de 14 pessoas, segundo levantamento do Sebrae. (Foto: Reprodução)

 “Era trabalhar de domingo a domingo, dia e noite, sem parar um segundo para dar conta das peças. Eu pegava 4h30, 5h da manhã e ia até meia-noite, 1h da manhã. Cheguei a fazer peça por R$ 1, um bermudão feminino por R$ 1,20, uma calça por R$ 2,20. Conseguia tirar R$ 600, R$ 700 por mês, não cobria toda a despesa, sempre ficava devendo um pedaço do aluguel.”

O relato é de Francismeire Silva Melo, 42, mãe de três filhos e moradora de Caruaru, um dos dez municípios que fazem parte do polo de confecções do agreste de Pernambuco.

Costureira há mais de 20 anos, Francismeire é uma das profissionais da região que deixaram a função como atividade principal para abrir um negócio por conta própria.

Desde 2017, ela produz sabonetes artesanais e aromatizadores de ambiente. A renda é pouca. Com o auxílio emergencial reduzido a R$ 300, está ganhando R$ 700 por mês.

“Mas para mim, a vida agora é melhor, não me mato tanto como na máquina, tenho meu horário de sono e de almoçar com a minha família, que antes eu não tinha”, afirma.

“Quem trabalha com costura em casa não tem hora de lazer, de parar. É uma exploração e não valorizam o trabalho da gente. Por mais que a gente trabalhe dia e noite, o que pagam é muito baixo.”

Casos como o da empreendedora se multiplicam na região. E a situação é tal que o polo têxtil do agreste enfrenta falta sem precedentes de mão de obra, segundo empresários locais, em meio à retomada da produção após o afrouxamento da quarentena e diante da demanda aquecida – efeito do auxílio emergencial sobre a renda das classes C e D, público-alvo da produção local.

Empresários não conseguem preencher vagas, apesar de a taxa de desemprego ter chegado a 13,8% no país em julho, recorde na série do IBGE. Em Pernambuco, estava em 15% em junho (último dado estadual), acima da nacional.

A pesquisa Pnad Covid trouxe na sexta (16) desemprego de 17,5% no Nordeste na última semana de setembro. O dado, porém, não é comparável com a Pnad Contínua, que mede a taxa oficial do país.

“Parte delas está recebendo o auxílio emergencial e diz que não quer trabalhar, parte ainda tem receio do vírus e muitas, com a pandemia, começaram a trabalhar em casa e não querem mais voltar”, diz Arnaldo Xavier, presidente da Rota do Mar, confecção de moda casual e moda praia com cinco fábricas e sede em Santa Cruz do Capibaribe.

“Pedem demissão da empresa de maior porte, pegam os recursos do acerto e passam a trabalhar por conta própria”.

Segundo o empresário, que diz precisar de 45 a 60 costureiras e não encontra no mercado, a falta de mão de obra é sazonal, mas o quadro está muito pior neste ano.

Os empresários locais costumam ter dificuldade para contratar nos meses de maio e junho, quando parte dos trabalhadores se ocupa com tarefas ligadas às festas juninas, que têm grande peso na economia do Nordeste. Também costuma faltar profissionais em novembro e dezembro, com as festas de fim de ano.

“A demanda é tanta que abrimos uma escola na fábrica para ensinar o trabalhador sem qualificação. Normalmente, ativamos essa escola nesses períodos de escassez, mas agora está com uma intensidade fora da normalidade. Começamos em agosto, o que nunca tinha ocorrido antes.”

Com a demanda aquecida pelo auxílio emergencial, o empresário diz que agosto foi o melhor mês em faturamento nos 24 anos da empresa. “Tudo que estamos fazendo, estamos vendendo, num período em que isso não é costumeiro. Em geral, nessa época, começamos a estocar para novembro e dezembro, mas esse ano não estamos conseguindo.”

O empresário enfrenta também escassez de matérias primas, como tecidos de algodão e embalagens, em falta em todo o país. “A preocupação é como vamos atender o cliente no final de ano e janeiro, mês forte de moda praia. Vamos faturar 30% a menos do que poderíamos pela falta de mão de obra e matéria prima.”

Empresas como a Rota do Mar, com cerca de 500 funcionários, são minoria no polo do Agreste, o segundo maior do país, atrás só de São Paulo.

Dos mais de 18 mil empreendimentos do setor têxtil na região, menos de 4% empregam mais de 14 pessoas, segundo levantamento do Sebrae.

A maioria (88%) emprega até quatro pessoas e é composta de oficinas familiares informais, que prestam serviços a outras empresas, sendo remuneradas por peça. São as chamadas facções.

Bruno Bezerra, presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Santa Cruz do Capibaribe, diz que a falta de mão de obra afeta todos os modelos de negócios.

Cristina Filizzola, coordenadora do programa Tecendo Sonhos, da ONG Aliança Empreendedora, que desenvolve trabalho de estímulo ao empreendedorismo com mulheres da região, discorda da avaliação de Xavier de que parte da falta de mão de obra se deve ao auxílio emergencial.

“O auxílio tem valor muito baixo, não vejo nenhuma oficina ou empreendedor que está recebendo o benefício optando por não trabalhar”, diz.

“O que acontece é que muitas oficinas quebraram na pandemia. Então as marcas acharem que vão apertar um botão e as coisas vão voltar a funcionar, não é a realidade.”

A Aliança Empreendedora fez em dezembro um Diagnóstico do Polo Têxtil do Agreste Pernambucano. O estudo mostra que, na região, 30% da população vive em situação de pobreza ou extrema pobreza, e que a informalidade varia de 23,9% em Caruaru, 39,8% em Santa Cruz do Capibaribe, até 57,3% em Toritama,os principais produtores do polo.

Segundo o levantamento, 70% das costureiras autônomas ganham até um salário mínimo por mês e 38% recebem apenas um quarto desse valor, em jornadas exaustivas de 10 a 15 horas por dia.

“Cada pequeno negócio é muito setorizado. Isso faz com que a cadeia tenha muitos intermediários e os preços sejam diminuídos”, diz Filizzola.

“Quem trabalha em confecções recebe um valor muito baixo, por isso precisam trabalhar muitas horas para conseguir ter algum retorno financeiro. Por conta disso, muitas têm preferido trabalhar por conta própria.”

A Caixa Econômica Federal sorteou, na noite deste sábado (17), cinco loterias: os concursos 5393 da Quina; 1551 da Timemania; 2145 da Dupla Sena; 370 do Dia de Sorte; 2059 da Lotofácil e 2309 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado no Espaço Caixa Loterias, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

MEGA-SENA

A Mega-Sena, que  acumulou, tinha um prêmio previsto de R$ 2,5 milhões para quem acertar as dezenas.

Os números sorteados foram: 09 – 11 – 29 – 30 – 33 – 60 .

A quantidade de ganhadores e o rateio podem ser conferidos aqui. 

QUINA

A Quina, com um prêmio previsto de R$ 10 milhões para quem acertar as dezenas.

Os números sorteados foram: 03 – 12 – 27 – 61 – 67.

A quantidade de ganhadores e o rateio podem ser conferidos aqui.

TIMEMANIA

A Timemania, com um prêmio previsto de R$ 6,2 milhões para quem acertar as dezenas.

Os números sorteados foram: 03 – 09 – 23 – 33 – 36 – 41 – 51.

O time do coração é o Rio Branco/AC.

A quantidade de ganhadores e o rateio podem ser conferidos aqui. 

DUPLA SENA

A Dupla Sena, com um prêmio previsto de R$ 2,5 milhões para quem acertar as dezenas.

As dezenas sorteados foram: 09 – 11 – 14 – 20 – 22 – 34 (Primeiro Sorteio);

E o segundo sorteio: 09 – 25 – 32 – 40 – 44 – 50.   

A quantidade de ganhadores e o rateio podem ser conferidos aqui

DIA DE SORTE

O Dia de Sorte, com um prêmio previsto de R$ 250 mil para quem acertar as dezenas.

Os números sorteados foram: 04 – 06 – 11 – 15 – 19 – 21 – 22.

O mês da sorte é Agosto.

A quantidade de ganhadores e o rateio podem ser conferidos aqui

LOTOFÁCIL

A Lotofácil, com um prêmio previsto de R$ 1,2 milhões para quem acertar as dezenas.

Os números sorteados foram: 01 – 04 – 05 – 10 – 12 – 14 – 15 – 16 – 17 – 18 – 19 – 20 – 21 – 23 – 25.

A quantidade de ganhadores pode ser conferida aqui. 

Por causa de discussão política, jovem é morto em Tacaratu-PE

Um jovem foi morto a tiros na noite dessa sexta-feira  (16) após uma discussão política entre eleitores dos candidatos à Prefeitura de Tacaratu, o fato aconteceu no Sítio Gameleira, na zona rural de Tacaratu, no Sertão de Pernambuco. A informação foi confirmada pela 4ª CIPM.

De acordo com informações da Polícia Militar (4ª CIPM), uma guarnição local ao realizar rondas no centro da cidade foi acionada pela Central de Operações, a qual informou que tinha acontecido um homicídio no Sítio Gameleira e a vítima, o jovem Eduardo conhecido por todos como Dudu de 23 anos, havia sido socorrida por populares para o hospital local de Tacaratu.

De imediato a guarnição seguiu ao hospital, onde a médica plantonista relatou que a vítima havia dado entrada naquela unidade hospitalar sem os sinais vitais. Testemunhas relataram que o suspeito de idade não informada e a vítima haviam discutido momentos antes por causa de política.

Segundo informações após a discussão, o suspeito foi até a sua residência e voltou a pé armado com um revólver. Ao se aproximar da vítima, efetuou 01(um) disparo no peito esquerdo, em seguida fugiu a pé. As diligências continuam no intuito de capturar o autor do homicídio.

Redação Portal Jatobá Via PN Notícias/Informações: Seção de Comunicação da 4ª CIPM

Até o momento, 398.234 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 384, nos quais 10 municípios concentram 274 casos, o que representa 71,3% dos casos em toda a Paraíba. (Foto: reprodução)

Neste sábado, 17 de outubro, a Paraíba registrou 384 novos casos de Covid-19 e 08 óbitos confirmados desde a última atualização, 07 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento, 128. 416 pessoas já contraíram a doença, 104. 493 já se recuperaram e 2.985, infelizmente, faleceram. Até o momento, 398.234 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. 

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 384, nos quais 10 municípios concentram 274 casos, o que representa 71,3% dos casos em toda a Paraíba.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 36%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 32%. Em Campina Grande estão ocupados 29% dos leitos de UTI adulto e no sertão 64% dos leitos de UTI para adultos.

Confira o total de casos por municípios:

João Pessoa, com 111 novos casos, totalizando 31.421; Cajazeiras, com 37 novos casos, totalizando 2.409; São José de Piranhas, com 22 novos casos, totalizando 547; Cabedelo, com 20 casos novos, totalizando 3.127; Monteiro, com 18 novos casos, totalizando 919; Campina Grande, com 17 novos casos, totalizando 13.579; Esperança, com 11 novos casos, totalizando 732; Mamanguape, com 09 casos novos, totalizando 2678; Marcação, com 08 novos casos, totalizando 499; Cachoeira dos Índios, com 07 novos casos, totalizando 166. 

*Dados oficiais preliminares (fonte: SIM, e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 17/10, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Até hoje, 172 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 08 óbitos registrados nesta sexta ocorreram entre 28 de setembro e 17 de outubro, sendo 07 deles ocorridos nas últimas 24 horas, entre residentes de 05 municípios. Os pacientes tinham idade entre 34 e 88 anos. Hipertensão e diabetes foram as comorbidades mais frequentes. 

Homem, 83 anos, residente em Pombal. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 18/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 17/10/2020.

Mulher, 88 anos, residente em Bayeux. Hipertensa, diabética, cardiopata e portadora de doença renal. Início dos sintomas em 10/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 16/10/2020. 

Mulher, 62 anos, residente em Campina Grande. Sem comorbidade. Início dos sintomas 21/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 16/10/2020. 

Mulher, 58 anos, residente em João Pessoa. Hipertensa, diabética e cardiopata. Início dos sintomas em 25/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 16/10/2020. 

Homem, 74 anos, residente em João Pessoa. Hipertenso e diabético. Início dos sintomas em 18/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 28/09/2020. 

Mulher, 65 anos, residente em João Pessoa. Portadora de neoplasia. Início dos sintomas em 10/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 16/10/2020. 

Homem, 34 anos, residente em Sousa. Obeso. Início dos sintomas em 09/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 16/10/2020.

Mulher, 66 anos, residente em João Pessoa. Portadora de doença respiratória. Início dos sintomas em 22/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 28/09/2020. 

Os dados epidemiológicos com informações sobre todos os municípios e ocupação de leitos estão disponíveis em: www.paraiba.pb.gov.br/coronavi…

Decisão do ministro do STF Luís Roberto Barroso pelo afastamento do senador Chico Rodrigues, flagrado com dinheiro escondido na cueca, deu força para a coleta de assinaturas visando a criação de uma PEC que limite os poderes da Corte.

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso que determinou o afastamento do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado em uma operação da Polícia Federal com dinheiro escondido na cueca, impulsionou a coleta de assinaturas por parte dos senadores para uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limite os poderes da Corte.

A PEC, de autoria do senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR), visa impedir que ministros da Corte interfiram em processos em andamento e em ações de outros Poderes por meio de decisões liminares e monocráticas. Uma proposta semelhante já foi apresentada e rejeitada pelo plenário em 2019

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a PEC já havia sido assinada por 21 parlamentares até a tarde desta sexta-feira (16). A expectativa é que as 27 assinaturas necessárias sejam coletadas até a próxima segunda-feira (19). “O Supremo está se transformando em tribunal do crime e interferindo em Poderes. Isso tem de acabar”, disse Oriovisto.

Para o líder do PSL, Major Olímpio (SP), a decisão de Barroso pelo afastamento de Chico Rodrigues “Foi absolutamente intempestiva”. “Eu diria até inconstitucional, a decisão monocrática do ministro determinando o afastamento do senador Chico Rodrigues”, destacou.

Quando analisado o percentual de reprovação, essas duas cidades também ocupam os dois extremos.

A média de aprovação ao governo Bolsonaro é maior nas capitais do Norte e do Centro-Oeste e menor no Nordeste, no Sul e no Sudeste. (Foto: Reprodução)

A primeira rodada de pesquisas realizadas pelo Ibope em 25 capitais mostra um cenário com diferenças significativas na maneira como os eleitores avaliam a administração do presidente Jair Bolsonaro.

Enquanto em Salvador, na Bahia, o índice dos que consideram o governo ótimo ou bom é de 18%, na capital de Roraima, Boa Vista, a aprovação chega a 66%. Quando analisado o percentual de reprovação, essas duas cidades também ocupam os dois extremos. Na primeira capital, o percentual dos que avaliam o governo como ruim ou péssimo atinge 62%, enquanto na segunda, 15%.

Apenas em São Luís (MA) ainda não foi feito um levantamento do Ibope após o registro oficial das candidaturas.

A média de aprovação ao governo Bolsonaro é maior nas capitais do Norte e do Centro-Oeste e menor no Nordeste, no Sul e no Sudeste. Professor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Pedro Mundim acredita que, com exceção de Boa Vista e Salvador, que fogem bastante da média, as demais capitais estão mais próximas das pesquisas nacionais divulgadas recentemente.

A última pesquisa nacional do Ibope sobre a aprovação do presidente, concluída em setembro, mostrou uma aprovação do governo Bolsonaro por 40%. Os que consideravam o governo regular somaram 29%. Esse foi o mesmo percentual de brasileiros que consideravam o governo ruim ou péssimo.

Três grupos de capitais
Nesta primeira rodada de pesquisa Ibope nas capitais, é possível identificar três grupos, segundo o patamar de aprovação e reprovação do presidente. No primeiro estão as cidades com aprovação dentro da média nacional, com pequenas variações dentro da margem de erro, como Goiânia, Palmas, João Pessoa, Maceió, Macapá, Belo Horizonte e Natal.

No grupo das cidades com aprovação acima da média nacional estão, além de Boa Vista, cidades como Manaus, Porto Velho, Cuiabá e Rio Branco. Já no terceiro grupo das cidades com alto percentual de eleitores que reprovam o governo Bolsonaro estão, além de Salvador, cidades como Teresina, Porto Alegre, Fortaleza, São Paulo, Recife, Belém, Vitória e Florianópolis.

Cabo eleitoral
Segundo Pedro Mundim, apenas uma análise mais detalhada sobre a conjuntura política em Boa Vista e em Salvador pode dar mais subsídios para explicar essas diferenças tão significativas. Ele ressalta, porém, que a capital baiana tem sido um local de resistência de partidos de esquerda e isso pode estar relacionado à reprovação maior do presidente.

“Em Salvador, há uma tradição de lideranças do PT na capital ou de partidos de esquerda que talvez explique essa reprovação alta. Ou seja, o que é possível dizer é que há questões locais que afetam esses percentuais. Mas, no geral, as capitais estão relativamente dentro da média geral da pesquisa nacional”, observa Mundim.

O professor da UFG chama a atenção dos efeitos que o indicador de aprovação e reprovação do presidente pode ter nas eleições nas capitais. No Rio, o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) e Luiz Lima (PSL) tentam colar a imagem no presidente. A aprovação de Bolsonaro no Rio, contudo, está numericamente abaixo da média nacional (34%). Em São Paulo, onde a aprovação de Bolsonaro é de 27%, Celso Russomano (Republicanos) é o candidato apoiado pelo presidente.

“Há uma relação clara. Onde o governo é muito reprovado, não é interessante para os candidatos colarem a sua imagem no presidente. Onde a aprovação é alta, isso pode resultar em algum ganho para o candidato. Mas será preciso ficar atento ao seguinte: se mais de um candidato buscar essa estratégia, os eleitores não terão como diferenciá-los porque ambos estarão se colocando como aliados do presidente. Quando isso acontece, o eleitor tende a buscar outras informações para identificar como esses candidatos se diferenciam”, explica Mundim.

Morte de professora causa comoção em Afogados da Ingazeira

.

Frente Popular cancelou carreata programada para este sábado.

Por André Luis

Na manhã deste sábado (17), Afogados da Ingazeira recebeu com comoção, a morte da professora, Glória Santos. 

Ela esteve internada por conta da Covid-19, mas não se sabe se a doença teria sido a causa da morte, visto que a professora era portadora de diabetes, uma das comorbidades considerada de risco para quem acaba contraindo o novo coronavírus.

Nas redes sociais, são muitas as manifestações de pesar e solidariedade aos familiares de Glória.

Solidariedade – Em nota publicada em seu Instragram, o candidato a prefeito de Afogados da Ingazeira, Sandrinho Palmeira (PSB), lamentou a morte da professora, se solidarizou com familiares e amigos e informou o cancelamento de uma carretara que aconteceria neste sábado. Leia a íntegra da nota.

Em respeito à memória da professora Glória Santos, falecida no dia de hoje. Em respeito aos seus familiares e amigos. A Frente Popular de Afogados da Ingazeira, informa que está cancelada a carreata que seria realizada no dia de hoje.

Zé Negão apresenta Auditoria que apurou segundo ele “farra de diárias” de Daniel Valadares

Em debate promovido pelo Blog, do Finfsno último dia 15 de outubro de 2020, o candidato Zé Negão noticiou que tramitou, perante o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, processo de Tomada de Contas em que o candidato Daniel Valadares constava como interessado.

Tomando conhecimento de que o candidato opositor publicou um vídeo em que alega que foram divulgadas notícias falsas (fake news) no referido debate, o Sr. Zé Negão vem a público trazer a verdade dos fatos, comprovando todas as informações que prestou ao público no dia 15 de outubro de 2020, certo de que não veiculou qualquer notícia falsa.

O candidato da Coligação “A Força do Povo pela Mudança” esclareceu que o processo contra o o Sr. Daniel Valadares tratava sobre a prestação de contas do governo do então prefeito, Antônio Valadares, e que os conselheiros do TCE apontaram indícios de utilização de diárias e pagamentos por quilômetro rodado (PQR) com efeito de remuneração, em afronta aos princípios da moralidade e legalidade, cabendo devolução ao erário dos valores pagos indevidamente, vejamos trecho do processo:

2.1 Indícios de utilização de diárias e PQR`s com efeito remuneratório (Item 2.1 do Relatório de Auditoria)
A Auditoria deste Tribunal de Contas relatou (fls. 1.174 às 1.177) que a Prefeitura Municipal de Afogados da Ingazeira tem utilizado o sistema de adiantamentos de fundos para ressarcimentos de despesas (diárias) para complementação de remuneração de alguns servidores do município, contrariando, portanto, as normas vigentes e os princípios da legalidade e da moralidade insculpido no art. 37, caput, da Constituição Federal de 1988.

Especificamente para o Sr. Daniel Valadares, a Conselheira Teresa Duere chama atenção para o fato de as diárias pagas pela Prefeitura de Afogados representarem 55% dos seus vencimentos brutos, o que é mais um indício da remuneração indireta, vejamos:

e) no caso do Sr. Antônio Daniel Mangabeira Valadares de Souza, por exemplo, as diárias representaram 55% dos seus vencimentos brutos, ponto que se acrescenta aos demais indícios de percepção de remuneração indireta.

O Tribunal de Contas também traz o relatório consolidado dos valores pagos ao Sr. Daniel Valadares quando este era Secretário do Município no Governo de Antônio Valadares, totalizando R$ 12.000,00 (doze mil reais) no ano de 2011:

Assim, certo de que o povo de Afogados da Ingazeira saberá reconhecer nas urnas o lado da verdade e da moralidade, o candidato Zé Negão reafirma o seu compromisso em trazer, sempre, notícias verdadeiras e que interessam ao bom debate político. Tendo sido, o Sr. Daniel Valadares, Secretário deste Município, nada mais razoável de que preste contas do dinheiro que recebeu dos cofres públicos.

Afogados da Ingazeira, 17 de outubro de 2020.

José Edson Ferreira “Zé Negão”

Coligação A Força do Povo pela Mudança

O governo decidiu zerar o imposto de importação de soja e milho para tentar conter os preços dos alimentos, que vêm registrando em alguns casos aumento superiores a 50% no acumulado do ano. No caso da soja, a redução valerá até 15 de janeiro de 2021 e incluirá grão, farelo e óleo. Para o milho, o corte ficará em vigor por mais tempo, até 31 de março.

“Ambas as medidas têm como motivação conter a alta de preços no setor de alimentos”, afirmou o Ministério da Economia, em nota.

A decisão foi tomada pelo comitê-executivo da Camex (Câmara de Comércio Exterior), colegiado do governo que tem entre suas atribuições definir alíquotas de importação e exportação e fixar medidas de defesa comercial.

O comitê é integrado pela Presidência da República e pelos ministérios da Economia, das Relações Exteriores e da Agricultura. A reunião foi concluída no fim de sexta-feira (16) e o resultado foi divulgado neste sábado (17).

De acordo com o governo, a proposta da soja foi apresentada pelo Ministério da Agricultura. Já a do milho, pela pasta da Economia.

As tarifas tradicionais aplicadas aos produtos são de 6% para farelo de soja, 8% para soja e milho, e 10% para óleo de soja.

O corte do imposto é realizado após medida similar ter sido tomada pelo governo há menos de um mês no caso do arroz. Conforme mostrou a Folha na época, o governo já analisava iniciativas similares para milho e soja.

Em 9 de setembro, o governo decidiu zerar a alíquota de importação para o arroz em casca e beneficiado até 31 de dezembro deste ano. A medida também buscava conter a alta nos preços, segundo o governo.

O estado passou de estável no número de contaminação para elevado e registrou neste sábado (17), segundo dados das secretarias estaduais de Saúde de todo o país um aumento de 26% no número de mortes causadas pela covid-19.

Aumento dos casos deixa vários estados em alerta para uma possível segunda onda da pandemia. (Foto: reprodução)

Com a retomada das atividades após os decretos de flexibilização, a Paraíba que já registra um total de mortos que chega a 2.977 e 128.032 infectados. De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, o estado passou de estável no número de contaminação para elevado e registrou neste sábado (17), segundo dados das secretarias estaduais de Saúde de todo o país, divulgado pela Globo, um aumento de 26% no número de mortes causadas pela covid-19.

O aumento no número de óbitos deixa vários estados em alerta para uma possível segunda onda da pandemia, que já é percebida em outros estados como Rio Grande do Norte e Piauí, ambos na região Nordeste. Ainda segundo os dados divulgados pelo Consórcio G1, cinco estados seguem estáveis e 18 registram queda no número de mortes no Brasil.

Confira na imagem a seguir os dados que foram divulgados pela emissora:

Saiba mais:

A família Monteiro Lobato em Luto, neste sábado (17), os afogadenses amanheceram com a triste notícia da partida da tão amada e querida por todos Dona Glória, irmã de Zeza da escola Monteiro Lobato em Afogados da Ingazeira.
Dona Glória deixou amigos e luz por onde passou.
Em um post no Facebook uma amiga definiu bem o sentimento de todos:
“Perdemos todos, amigos, familiares, nossa cidade e a educação. Que suas sementes brotem em cada um(a) que a conheceu e aprendeu de alguma forma com seus ensinamentos e perpetue conosco a sua presença”.

Entre os beneficiários, estão 2,3 milhões que vão receber a primeira parcela do Auxílio Emergencial extensão, de R$ 300.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br. (Foto: Reprodução)

A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta sexta-feira (16) mais uma parcela do Auxílio Emergencial a 3,6 milhões de trabalhadores nascidos em julho, e que não fazem parte do Bolsa Família.

Entre os beneficiários, estão 2,3 milhões que vão receber a primeira parcela do Auxílio Emergencial extensão, de R$ 300. Outros 1,3 milhão ainda vão receber alguma das parcelas de R$ 600 – entre eles, trabalhadores que fizeram a contestação entre os dias 20 de julho e 25 de agosto, e que receberão a primeira das 5 parcelas de R$ 600 do benefício.

Já para os beneficiários do Bolsa Família a próxima parcela do auxílio – a segunda de R$ 300 – será paga a partir de 19 de outubro.

A ajuda paga nesta sexta será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta sexta serão liberados no dia 26 de novembro.

VEJA QUEM RECEBE NESTA SEXTA:

1,3 milhão de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em julho, recebem a próxima parcela de R$ 600:

– aprovados que já receberam 4 parcelas recebem a quinta parcela;
– aprovados que já receberam 3 parcelas recebem a quarta parcela;
– aprovados que já receberam 2 parcelas recebem a terceira parcela;
– aprovados que já receberam 1 parcela recebem a segunda parcela;
– novos aprovados recebem a primeira parcela.

2,3 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em julho, recebem a primeira parcela de R$ 300:

– trabalhadores que já receberam as 5 parcelas de R$ 600 recebem a primeira de R$ 300

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Dólar é cotado a R$ 5,6260 nesta manhã de sexta-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,58 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,914.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta sexta-feira (16), está cotado no valor de R$ 5,6260. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,8535.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,58 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,914.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

134 gramas de maconha, 31g de crack e 15 chips celular  localizados no presídio de Arcoverde

Por volta das 09H10 de ontem (15/10/2020), o efetivo da Gt 3112 quando em rondas, foi acionado para se dirigir ao Presídio Advogado Brito Alves, onde o permanência da Guarita 03, localizou 134g (cento e trinta e quatro gramas) de maconha, 31g (trinta e um gramas) de crack e 15 (quinze) chips telefônicos que havia sido arremessados por pessoa desconhecida. 

A guarnição efetuou no entorno do presídio, contudo não foi possível localizar o autor do crime. 
Diante do exposto, o material apreendido foi entregue á Delegacia de Polícia local.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 37%.

Até o momento, 394.376 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. ​(Foto: Reprodução)

A Paraíba registrou 665 novos casos de Covid-19 e 12 óbitos confirmados desde a última atualização, 05 deles ocorridos nas últimas 24h. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde ao ClickPB nesta quinta-feira (15), 127.456 pessoas já contraíram a doença, 103.487 já se recuperaram e 2.970, infelizmente, faleceram. Até o momento, 394.376 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. 

  • Casos Confirmados: 127.456
  • Casos Descartados: 175.570
  • Óbitos confirmados: 2.970
  • Casos recuperados: 103.487
  • Total de municípios: 223

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 37%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 33%. Em Campina Grande estão ocupados 39% dos leitos de UTI adulto e no sertão 57% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 665, nos quais 10 municípios concentram 482 casos, o que representa 72,48% dos casos em toda a Paraíba. 

São eles:

  • João Pessoa, com 238 novos casos, totalizando 31.096; 
  • Monteiro, com 53 novos casos, totalizando 890; 
  • Cabedelo, com 36 novos casos, totalizando 3.090; 
  • Cajazeiras, com 30 casos novos, totalizando 2.335; 
  • Campina Grande, com 27 novos casos, totalizando 13.538; 
  • São Bento, com 24 novos casos, totalizando 3.248; 
  • Cruz do Espírito Santo, com 23 novos casos, totalizando 574; 
  • Esperança, com 23 casos novos, totalizando 714; 
  • São José de Piranhas, com 15 novos casos, totalizando 515; 
  • Várzea, com 13 novos casos, totalizando 39. 

*Dados oficiais preliminares (fonte: SIM, e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 15/10, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Até hoje, 171 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 12 óbitos registrados nesta quinta ocorreram entre 01 de junho e 15 de outubro, sendo 05 deles ocorridos nas últimas 24 horas, entre residentes de 08 municípios. Os pacientes tinham idade entre 46 e 85 anos. Cardiopatia e diabetes foram as comorbidades mais frequentes. Dos locais, três ocorreram em hospitais privados, um em residência e os demais em hospitais públicos. 

Mulher, 72 anos, residente em João Pessoa. Hipertensa, imunossuprimida e desnutrida. Início dos sintomas em 05/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 15/10/2020.

Mulher, 71 anos, residente em Esperança. Cardiopata, imunossuprimida e portadora de doença respiratória. Início dos sintomas em 01/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 15/10/2020. 

Homem, 80 anos, residente em Bayeux. Não tem comorbidade. Início dos sintomas 25/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 14/10/2020. 

Mulher, 69 anos, residente em Salgado de São Félix. Diabética e cardiopata. Início dos sintomas em 14/10/2020. Foi a óbito em hospital público no mesmo dia. 

Homem, 46 anos, residente em Santa Rita. Cardiopata e obeso. Início dos sintomas em 25/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 14/10/2020. 

Mulher, 67 anos, residente em João Pessoa. Hipertensa, diabética, imunossuprimida e portadora de doença renal. Início dos sintomas em 12/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 12/10/2020. 

Mulher, 77 anos, residente em João Pessoa. Cardiopata. Início dos sintomas em 09/08/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 15/09/2020.

Mulher, 85 anos, residente em São João do Rio do Peixe. Diabética, cardiopata e obesa. Início dos sintomas em 29/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 05/09/2020. 

Mulher, 81 anos, residente em São Sebastião de Lagoa de Roça. Diabética. Início dos sintomas em 28/06/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 15/08/2020. 

Mulher, 84 anos, residente em João Pessoa. Cardiopata, hipertensa e diabética. Início dos sintomas em 16/07/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 05/08/2020. 

Homem, 79 anos, residente em Pirpirituba. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 27/07/2020. Foi a óbito em residência no dia 01/08/2020. 

Homem, 65 anos, residente em João Pessoa. Diabético e obeso. Início dos sintomas em 01/05/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 01/06/2020. 

Pesquisa XP Ipespe mostrou que, para 68% da população, o governo federal deveria manter o auxílio emergencial nos primeiros meses de 2021, caso não tenha conseguido implementar um novo programa de transferência de renda. O índice a 73% entre os que recebem o auxílio e a 65% entre quem não tem o benefício atualmente. E, entre quem recebe o auxílio, apenas 22% disseram ter a crença de que serão contemplados pelo novo programa de transferência de renda.

De acordo com o levantamento, 64% avaliam que o pior já passou e 30% estimam que o pior está por vir. A maioria da população (53%) espera que haja vacina disponível no primeiro semestre de 2021.

Os dados apontaram que 39% consideram a administração ótima ou boa e 31% a veem como ruim ou péssima.

Foram realizadas 1.000 entrevistas de abrangência nacional, nos dias 8, 9, 10 e 11 de outubro. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Pernambuco registrou, nesta quinta-feira (15), 825 novos casos da Covid-19 e 18 mortes, segundo informe da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Com a atualização, o Estado tem 154.866 casos confirmados e 8.456 óbitos.

Dos 825 casos notificados nesta quinta-feira, 34 são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 791 (96%) são leves. Entre os confirmados desde o início da pandemia em Pernambuco, 26.642 são graves e 128.224, leves.

As mortes confirmadas nesta quinta-feira ocorreram desde 24 de abril. Das 18, quatro ocorreram nos últimos três dias, sendo uma na quarta-feira (14), uma na terça-feira (13) e uma na segunda-feira (12).

Os outros 14 óbitos ocorreram entre os dias 24 de abril e o último domingo (11).

Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde. (Folha-PE)

O número está em linha com os citados pelo senador mais recentemente, que falou em atender de 8 milhões a 10 milhões de vulneráveis identificados durante a pandemia.

Líderes do governo no Congresso discutiam há menos de um mês uma proposta que chegaria a 6 milhões de famílias a mais do que aquelas atendidas pelo programa criado na era Lula (PT). (Foto: Reprodução)

 A dificuldade para encaixar o Renda Cidadã no Orçamento fez as discussões sobre o programa considerarem a possibilidade de diminuição na estimativa de pessoas a serem atendidas. O programa deve suceder o Bolsa Família.

Líderes do governo no Congresso discutiam há menos de um mês uma proposta que chegaria a 6 milhões de famílias a mais do que aquelas atendidas pelo programa criado na era Lula (PT). Hoje, são pouco mais de 14 milhões.

O número havia sido anunciado pelo senador Márcio Bittar (MDB-AC), relator do Orçamento de 2021 e das propostas do Pacto Federativo e Emergencial (criadas pelo governo para cortar despesas).

“Estamos trabalhando para garantir renda para mais de 20 milhões de famílias”, ele escreveu em 23 de setembro em uma rede social.

Segundo relatos ouvidos pela reportagem nos últimos dias, o programa pode ter aproximadamente metade da expansão anunciada. Com isso, deverá atender 3 milhões de famílias a mais em relação a hoje.

Esse número considera uma média pouco superior a três pessoas por família. Isso levaria o público novo a quase 10 milhões de indivíduos.

O número está em linha com os citados pelo senador mais recentemente, que falou em atender de 8 milhões a 10 milhões de vulneráveis identificados durante a pandemia.

Mesmo assim, governo e Congresso veem pouco espaço para um programa social mais robusto em 2021. A trava é o teto de gastos, norma constitucional que impede o crescimento real de despesas.

As discussões têm como objetivo elevar o valor médio dos atuais R$ 190 do Bolsa Família para R$ 240. Considerando a expansão de 3 milhões de recebedores, seriam necessários R$ 49,5 bilhões ao ano, ou R$ 17,5 bilhões acima do orçamento atual do programa.

Pressiona as contas o desejo de lideranças políticas de fazer as famílias chefiadas por mães solteiras receberem o valor em dobro. Essa regra já existe no auxílio emergencial.

Para que todo o programa caiba no teto de gastos, alguns cortes são analisados. Porém, o cenário é desafiador porque o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) barrou o congelamento do reajuste de aposentados e a reformulação de outros programas sociais.

A proposta de limitar precatórios também foi deixada de lado após reação ruim do mercado. Com o veto nas aposentadorias, a economia a ser gerada pela PEC (proposta de emenda à Constituição) do Pacto Federativo ficou comprometida.

Há um mês, o Ministério da Economia via como possível cortar pouco mais de R$ 30 bilhões em despesas. Sem respaldo do chefe do Executivo, a tarefa ficou mais difícil.

Uma das principais saídas é o corte de 25% de jornada e salário de servidores. A medida geraria economia de R$ 10 bilhões a R$ 15 bilhões, conforme estimativas mais recentes.

“Se quiserem fazer o Renda Brasil [nome vetado por Bolsonaro] hoje com o teto de gastos e sem reforma tributária [com um novo imposto], ele será um pouco menos robusto”, disse Paulo Guedes (Economia) em audiência no Congresso no mês passado.

“Agora, se você faz a reforma tributária, tem mais recurso. Se você realmente faz o Pacto Federativo e devolve os orçamentos para a classe política, já pode trabalhar um Renda Brasil um pouco mais robusto.”

Diferentes envolvidos mencionam um cenário de indefinição sobre a proposta, agravado pelo momento de atenções voltadas às eleições e pelo veto de Bolsonaro a se falar no programa social.

Em meio a incertezas, ele deve ser incluído na PEC Emergencial de maneira genérica e sem um prazo para sair do papel.

“A definição do valor só acontecerá na votação do Orçamento e dependerá da operação de descarimbar o dinheiro [via PECs]”, disse o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR).

O texto deve prever que “a União vai criar” um programa social que atenda, por exemplo, gestantes, a primeira infância, estudantes, e que tenha medidas voltadas à inserção no mercado de trabalho.

Todo o detalhamento deve ser discutido posteriormente, em projetos de lei.

A inserção genérica atende também a uma preocupação da equipe econômica, de evitar mais despesas fixas. A proposta do Pacto Federativo tentava justamente desobrigar gastos quando foi elaborada.

“Um grupo de executivos entregou ao governo e a parlamentares o texto de um projeto de lei que destina 30% dos recursos provenientes da reforma administrativa e de privatizações para um programa de renda básica.

A iniciativa do grupo Manifesto Convergência Brasil tem, entre os apoiadores, Elvaristo do Amaral, ex-executivo do setor financeiro, Frederico e Luiza Trajano, do Magazine Luiza, Fabio C. Barbosa, membro do Conselho da Fundação das Nações Unidas, Helena Nader, presidente de honra da SBPC, Hélio Magalhães, presidente do Conselho de Administração do Banco do Brasil e Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu.

Segundo o texto, que poderia ser aprovado no Congresso por maioria simples, os 30% da redução de despesas federais oriunda da reforma administrativa será destinado diretamente ao substituto do Bolsa Família. O aumento da despesa social se daria com redução de outros dispêndios, sem afetar o teto de gastos.

Os 30% da arrecadação com a privatização de estatais federais iriam para um fundo, coordenado por representantes da sociedade civil e do governo; 10% do patrimônio líquido do fundo, junto com os seus rendimentos, seriam transferidos ao programa.

A nova lei retiraria parte de um recurso que hoje deve ser utilizado 100% no abatimento da dívida pública para criar uma nova despesa, que precisará encontrar espaço no teto.
A estimativa é que seja possível levantar R$ 240 bilhões em dez anos para o programa, considerando as estimativas do próprio governo de economia com a reforma administrativa e de diversos economistas em relação à expectativa com as privatizações.

Isso permitiria praticamente dobrar o orçamento atual do Bolsa Família, considerando também a rentabilidade do fundo de privatizações.

O projeto já foi apresentado a cerca de 70 congressistas e representantes do governo. Ele deve ser entregue em breve ao ministro Onyx Lorenzoni (Cidadania), que já foi a reunião virtual de apresentação da iniciativa. 

Prisão temporária foi acatada. Polícia diz ter convicção de sua participação no crime e descarta suicídio

Com informações de fontes da Polícia Civil

Acaba de ser preso temporariamente o fisioterapeuta Cleyton Leite, responsável pela Clínica da Dor.

Segundo o blog apurou a prisão foi pedida pelo Delegado Ubiratan Rocha e autorizada pelo judiciário. A prisão vale por 30 dias.

A investigação de Ubiratan indica a ligação de Cleyton com a morte de sua esposa, dia 28 de setembro, no banheiro de seu consultório, na Clínica da Dor, em Afogados da Ingazeira.

Aiane Michele Pereira Gomes Leite, de 26 anos,  teria sido encontrada pela secretaria atendente da clínica, enquanto Cleiton atendia a um paciente em sua sala.

As primeiras informações eram de suicídio, mas a polícia e família teriam desconfiado do comportamento do profissional. A investigação indica que teria havido maquiagem do local do crime e a possibilidade é de feminicídio. O laudo traumatoscópico confirma que ela não se matou e sim foi vítima de estrangulamento.

A Polícia investiga se outras pessoas ajudaram a mudar o local do crime, sob sua orientação ou não.

Natural de Itapetim, Cleiton Leite comandava o programa Mais Saúde, aos domingos na Rádio Pajeú FM, com retransmissão para a Rádio Gazeta FM, em São José do Egito. Ele estava se preparando para voltar a apresentar o programa. Para a polícia estava foragido, usando argumento de que estava em tratamento.

Aiane, era natural de Tabira e estava casada com Cleiton Leite há menos de um ano. O relacionamento vinha sendo bastante conturbado segundo áudios que a família disponibilizou para a polícia. A defesa de Cleyton ainda não se manifestou.

BlogmarcosMontinely via Blog Nill

 

 

Mesmo com vitória, Adelmo Soares é demitido do Afogados após confusão no vestiário

O Afogados surpreendeu todo mundo e demitiu o técnico Adelmo Soares depois da vitória em cima do Atlético-PB nesta quarta, pela sexta rodada da Série D. O treinador foi comunicado da demissão ainda no estádio Vianão. A diretoria do clube não demorou e já anunciou Higor César, ex-Petrolina e Globo, para o cargo
Adelmo chegou na Coruja antes do Brasileiro e substituiu Pedro Manta. O comandante indicou alguns jogadores do elenco que já tinham trabalhado com ele. A saída do treinador acontece após o quinto jogo do Afogados na Série D. A equipe venceu três partidas, perdeu duas e está no G-4 do grupo 3.
O auxiliar técnico Damião Santos também foi demitido. Por nota, o Afogados informou que a decisão foi tomada após um princípio de confusão envolvendo o treinador e a comissão técnica no vestiário.

Afogados vence o Globo por 3 a 2 na terceira rodada da Série C do Brasileiro

O Afogados entrou em campo na noite de ontem (1) em partida válida pela terceira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

Jogando no Estádio Vianão, a Coruja venceu o Globo pelo placar de 3 a 2. Os gols dos donos da casa foram marcados por Rodrigo, Edivan e Denis. Com o resultado, o Tricolor assume a terceira colocação no grupo A3.
O próximo compromisso da equipe de Afogados da Ingazeira será no sábado (3) diante do América. A partida será disputada às 16h no Estádio das Dunas em Natal.

Ônibus apreendido pela ANTT, na divisa entre Pernambuco e Ceará — Foto: Divulgação / ANTT

Um ônibus escolar com placa de Bodocó, no Sertão de Pernambuco, foi apreendido nesta quarta-feira (14), por fiscais da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), próximo ao município de Crato, no Ceará. De acordo com os fiscais, o veículo fazia transporte irregular de passageiros.

“Foi apreendido esse veículo, fazendo transporte irregular de passageiros. Ele é da prefeitura de Bodocó, interior de Pernambuco. Estava levando pessoas para fazer exames médicos, fazendo a cobrança de R$ 25, por passageiro, em um total de 25 passageiros”, afirma Antoniel dos Reis, fiscal da ANTT.

O secretário de educação de Bodocó estava no ônibus e todos foram levados para à sede da Polícia Federal, em Juazeiro do Norte. A fiscalização da ANTT faz parte da operação Pascal, que está sendo feita em todo o país. “O carro foi retido e trazido aqui para a Polícia Federal. O delegado da Polícia Federal está fazendo os procedimentos deles, e quando terminar faremos o nosso. O carro será retido por 72 horas e terá que pagar todas as taxas e pátio e passagem dos passageiros até o destino final”, diz o fiscal.

A assessoria da Prefeitura de Bodocó informou em nota que “o prefeito Túlio Alves não tem relação com o ocorrido e só tomou conhecimento do caso, após divulgação da imprensa”. Segundo a nota, “as responsabilidades serão apuradas e só depois, a gestão municipal vai se pronunciar sobre o assunto”.

 

NE10

A Polícia Federal prendeu, nesta quarta-feira (14), Arnaldo Pedro da Silva, conhecido como Arnaldo da Pinha, ex-prefeito de Flores, no Sertão de Pernambuco.

A PF cumpriu um mandado de prisão expedido pela 38ª Vara Federal relacionado a uma sentença penal condenatória transitada em julgado.

Arnaldo da Pinha ocupou o cargo de prefeito de Flores de 1992 a 1996 e novamente entre 2001 e 2004.

Segundo a PF, “o ex-prefeito desviou recursos públicos em proveito próprio ou alheio destinados ao convênio nº 3257/01 com a Fundação Nacional de Saúde-(FUNASA) para melhoria habitacional no município para o controle da doença de Chagas”.

“As investigações da Polícia Federal indicaram a execução de apenas 51% do objeto previsto no convênio, embora o pagamento tenha sido feito integralmente à empresa contratada”, diz a Polícia Federal.

Ainda conforme a PF, o ex-prefeito foi condenado pela Justiça Federal, pela prática de crimes de responsabilidade, à pena de oito anos de reclusão em regime fechado, à inabilitação para o exercício de cargo ou função pública por cinco anos e à reparação do dano causado aos cofres públicos, que, em 2016, ultrapassavam os R$ 400 mil.

De acordo com a PF, após ser preso, Arnaldo foi levado para realizar exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML). Ele está preso na Delegacia da Polícia Federal de Salgueiro e, nesta quinta-feira (15), será levado para audiência de custódia na Justiça Federal de Serra Talhada, também no Sertão.

Se for confirmada a prisão na audiência de custódia, o ex-prefeito será levado para um estabelecimento prisional, onde ficará à disposição da Justiça Federal.

 

Ex-prefeito de Flores Arnaldo da pinha consegue direito ao semiaberto

Em audiência de custódia da Justiça Federal, o ex-prefeito de Flores, Arnaldo Pedro da Silva, o Arnaldo da Pinha, conseguiu progredir para o regime semiaberto. Ele tinha sido preso pela PF por irregularidades na gestão de recursos repassados pela Fundação Nacional da Saúde (Funasa).

Segundo a denúncia oferecida pelo MPF, o ex-prefeito desviou recursos públicos destinados a convênio firmado com a Funasa destinado a melhoria habitacional no município para o controle da doença de Chagas. A denúncia informa ainda que apenas 51% do objeto previsto no convênio fora executado, embora o pagamento tenha sido feito integralmente à empresa contratada.

Condenação – O ex-prefeito foi condenado pela prática de crimes de responsabilidade, à pena de oito anos de reclusão em regime fechado, bem como à inabilitação para o exercício de cargo ou função pública por cinco anos, e à reparação do dano causado aos cofres públicos, que, em 2016, ultrapassava R$ 400 mil. A assessoria da Prefeitura de Flores informou que não possui informações sobre o ocorrido, pois “se tratava de outra gestão”.

Justiça Eleitoral indefere candidatura de Regivaldo Macedo à Prefeitura de Ouricuri

Foto: reprodução

A justiça da 82ª zona eleitoral de Ouricuri (PE), Sertão do Araripe, indeferiu nesta terça-feira (13) a solicitação do registro de candidatura de Regivaldo Macedo (Patriota) a prefeito do município.

Na sentença do juiz eleitoral Carlos Eduardo das Neves Mathias, o motivo da decisão é que o candidato não reuniu as condições necessárias para o deferimento do registro de candidatura exigido pela legislação até o prazo de intimação. (Blog do Carlos Britto)

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que nesta quarta (14/10), foram registrados 03 casos para covid-19 em nosso município. 

São 02 pacientes do sexo masculino, com idades de 14 e 30 anos; e 01 paciente do sexo feminino, com 14 anos de idade. Entre os homens: 01 estudante e 01 autônomo.  A menina é estudante.  

Entram em investigação os casos de 13 mulheres, com idades entre 4 e 69 anos; e os de 08 homens, com idades entre 01 e 55 anos. 

Hoje, 81 pacientes apresentaram resultados negativos para covid-19.

21 pacientes receberam alta nesta quarta por cura após avaliação clínica e epidemiológica. Hoje o município atingiu a marca de 846 pessoas recuperadas  (92,66%) para covid-19 em nosso município. Atualmente, 54 casos estão ativos.

O município atingiu a marca de 5.030 pessoas testadas para covid-19, o que representa 13,5% da população testada. A nossa meta é atingir 25% até dezembro, meta indicada pela OMS para testagem da população.

Número também é maior do que o total de focos registrados para o mês no ano passado. Único registro mais alto foi em outubro de 2002, quando houve 2.761 pontos de incêndio no bioma; este ano já tem o pior número de queimadas ali.

O Pantanal registrou, nos primeiros 14 dias de outubro, 2.536 focos de incêndio, apontam dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O número significa que o mês já é o segundo pior outubro em queimadas para o bioma desde 1998, atrás apenas de outubro de 2002 – quando houve 2.761 focos.

Os registros das primeiras duas semanas de outubro de 2020 também já são maiores do que os vistos em todo o mês no ano passado, quando o bioma teve 2.430 focos de incêndio.

As altas de outubro vêm depois de o bioma ter a pior quantidade de incêndios mensais na história – para qualquer mês – em setembro. Antes disso, nos primeiros 17 dias de setembro, os recordes para o mês já haviam sido batidos.

O Pantanal também teve o pior julho e o segundo pior agosto em número de focos de incêndio desde 1998, quando começaram as medições do Inpe. Este ano já é o pior em pontos de fogo no bioma – que, até 2018, era o mais preservado do país, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Pantanal enfrenta uma seca histórica – a maior em 47 anos – que contribui para o alastramento das chamas.

“Na região, os meses de chuva começam em outubro, novembro, dezembro. Esse ano a chuva está demorando mais que o normal”, explica Felipe Augusto Dias, diretor-executivo da SOS Pantanal. O mesmo fenômeno ocorreu no ano passado, segundo ele.

Foto mostra tamanduá morto depois de incêndio na Amazônia perto de Mirante do Norte, Rondônia, no dia 20 de agosto. — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

“Evidentemente que o fogo pega porque alguém colocou, mas é muito evidente também que, principalmente em lugares que estariam inundados, esse ano não estando, tem muita matéria orgânica. A seca de fato contribui para aumentar a intensidade”, afirma Dias.

“Você precisa de algumas coisas para que de fato o fogo aconteça – primeiro, acender; depois, todas as características viáveis pro fogo – vento, umidade baixa, extremo calor são aspectos da atmosfera que contribuem para que ele se prolifere”, explica.

“Inclusive a agricultura está com dificuldade de plantio exatamente por falta de chuva. São períodos em que normalmente a soja já está plantando, tem normalmente toda a área plantada”, diz.

Amazônia

O número de focos de incêndio na Amazônia também teve uma alta histórica neste ano: a quantidade de pontos de fogo registrados de 1º de janeiro até 30 de setembro foi a maior desde 2010, segundo os dados do Inpe.

De janeiro até quarta-feira (14), o bioma tinha registrado 86.160 pontos de incêndio, quase a mesma quantidade vista no ano passado inteiro.

‘Boi bombeiro’

Os dados do Inpe têm causado embates com o governo federal.

No mais recente, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou em audiência pública no Senado que as queimadas que têm consumido o Pantanal seriam menos intensas caso houvesse mais gado no bioma. Ao comer capim seco e inflamável, segundo ela, o boi acabaria prevenindo o avanço do fogo.

Especialistas afirmaram, entretanto, que a fala é incorreta.

“A razão por que estamos tendo fogo é: temos um clima propício, temos material combustível mas, essencialmente, porque tem alguém colocando fogo onde não deveria”, avaliou Tasso Azevedo, coordenador do MapBiomas.

Três brasileiros, com idades entre 26 e 44 anos, e dois portugueses foram presos.

O jato foi apreendido e pode acabar confiscado. (Foto: Reprodução)

– Autoridades portuguesas interceptaram, no aeroporto de Lisboa, um jatinho vindo do Brasil com mais de 170 kg de cocaína, avaliada em 6 milhões de euros (cerca de R$ 40 milhões). Três brasileiros, com idades entre 26 e 44 anos, e dois portugueses foram presos.

Batizada de “white-wing” (asa branca, em inglês), a operação identificou que esta rede internacional de traficantes comprou a aeronave apenas com o intuito de transportar entorpecentes para a Europa usando uma fachada de viagens de luxo.

Disfarçados de viajantes executivos, os traficantes já teriam realizado várias vezes o mesmo roteiro: partindo do Brasil em direção a Portugal com um carregamento de drogas. Na ocasião da apreensão, a cocaína estava acomodada em oito malas de viagem.

Portugal seria apenas a porta de entrada para os entorpecentes, que teriam como destino final os grandes países do mercado europeu.

“Estamos em plena colaboração com as autoridades brasileiras e sabemos que uma das pessoas detidas já tinha antecedentes criminais. Não por este tipo de crime, mas por outros”, afirmou, em declarações a jornalistas, Rui Sousa, coordenador da unidade contra o tráfico de drogas da Polícia Judiciária.

A prisão aconteceu no dia 1º de outubro, mas a polícia portuguesa só divulgou a operação nesta semana. Segundo as investigações, apesar das prisões, a quadrilha segue em operação.

“Infelizmente não se extinguiu ainda a organização. A investigação está a decorrer. Estes indivíduos [que foram presos] fazem parte de uma organização que, presumimos nós, é bem maior. Até porque faltam esclarecer alguns dados”, completou o coordenador.

Com o confinamento e as restrições de movimento provocadas pela pandemia do novo coronavírus, as autoridades portuguesas identificaram que os traficantes passaram a procurar alternativas às rotas de tradicionais.

O jato foi apreendido e pode acabar confiscado.

Na semana passada, a Polícia Federal do Brasil desmantelou uma quadrilha, no aeroporto de Viracopos, em Campinas, que se aproveitava de brechas logísticas para despachar drogas em voos comerciais para Portugal.

A chamada operação Overload (excesso de carga, em inglês) identificou que o grupo usava maneiras bastante criativas para disfarçar a droga, que chegava a ser enviada como se fosse refeições para o serviço de bordo.

A revista condena com veemência a resposta de Trump à pandemia de coronavírus e afirma que ele “mentiu sobre os perigos representados pelo vírus” e “se colocou em primeiro lugar”, a despeito de seus slogans de campanha.

A Nature critica o negacionismo científico de Trump e suas ações em relação a acordos e entidades multilaterais, em especial a retirada dos EUA da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Acordo de Paris. (Foto: Reprodução)

 A revista Nature, uma das mais célebres publicações científicas do mundo, publicou nesta quarta-feira (14) um editorial em que ataca duramente o governo de Donald Trump e declara apoio a Joe Biden na eleição presidencial de 3 de novembro.

“As ações da administração Trump estão acelerando as mudanças climáticas, arrasando a natureza, poluindo o ar e matando a vida selvagem — e as pessoas também”, diz o texto intitulado “Por que a Nature apoia Joe Biden para presidente dos EUA”.

A revista condena com veemência a resposta de Trump à pandemia de coronavírus e afirma que ele “mentiu sobre os perigos representados pelo vírus” e “se colocou em primeiro lugar”, a despeito de seus slogans de campanha.

“O resultado, se não o objetivo, tem sido minimizar a maior crise que o país — e o mundo — enfrentou em pelo menos meio século”, diz o editorial. “Apesar de ter vastos recursos científicos e monetários à sua disposição, Trump falhou catastroficamente no momento em que era mais importante.”

A Nature critica o negacionismo científico de Trump e suas ações em relação a acordos e entidades multilaterais, em especial a retirada dos EUA da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Acordo de Paris.

Nesse cenário, a revista afirma que Biden “é a melhor esperança da nação para reparar o dano causado à ciência e à verdade.”

“Não podemos ficar parados e deixar a ciência ser prejudicada. A confiança de Joe Biden na verdade, nas evidências, na ciência e na democracia fazem dele a única escolha nas eleições dos EUA.”

Citando propostas da campanha democrata de apoio à ciência, a revista pede que os eleitores votem em Biden em 3 de novembro e deem a ele “a oportunidade de curar a nação dividida e começar a urgente tarefa de reconstruir a reputação dos Estados Unidos no mundo.”

A Nature já expressou seu apoio a um candidato presidencial em 2012 (Barack Obama) e em 2016 (Hillary Clinton). Neste ano, juntou-se a outras publicações científicas que ou apoiaram a candidatura de Biden ou fizeram críticas ao governo Trump.

Em setembro, pela primeira vez em 175 anos de existência, a revista Scientific American também anunciou seu apoio a Biden, acusando Trump de se opor à ciência e de negar as mudanças climáticas.

Na semana passada, o New England Journal of Medicine quebrou uma tradição de 208 anos e também fez duras críticas ao atual governo, embora não tenha declarado explicitamente seu apoio a Biden.

De acordo com o ministério, o projeto de lei permite o processo de privatização dos Correios, estabelecendo a organização e a manutenção do Sistema Nacional de Serviços Postais.

Para chegar ao Legislativo, o projeto ainda precisa do aval da Casa Civil. Ainda será preciso aguardar também quatro meses para que uma consultoria contratada pelo BNDES conclua estudos de modelagem de negócio. (Foto: Reprodução)

 O governo pretende entregar ao Congresso o projeto de privatização dos Correios no início de 2021. Nesta quarta-feira (14), o ministro das Comunicações, Fábio Faria, entregou o texto à SAJ (Subchefia para Assuntos Jurídicos).

De acordo com o ministério, o projeto de lei permite o processo de privatização dos Correios, estabelecendo a organização e a manutenção do Sistema Nacional de Serviços Postais.

Para chegar ao Legislativo, o projeto ainda precisa do aval da Casa Civil. Ainda será preciso aguardar também quatro meses para que uma consultoria contratada pelo BNDES conclua estudos de modelagem de negócio.

“A consultoria vai ficar pronta em cerca 120 dias. Então, estamos falando para 2021, o projeto chegar no começo do ano que vem e, até o final de 2021, a ideia é de votarmos e que os Correios estejam prontos para o processo de privatização”, disse Fábio Faria, após a entrega do projeto.

Segundo a pasta, dentre as diretrizes estabelecidas na proposta de regulação está a obrigatoriedade, por parte da União, de garantia da prestação do Serviço Postal Universal por meio de empresa estatal, a celebração de contratos de concessão comum ou celebração de contratos de concessão patrocinada.

Em nota, o ministério informou que as atividades dos serviços postais pela iniciativa privada serão baseadas nos princípios constitucionais da atividade econômica e terão por objetivo viabilizar o cumprimento das leis, em especial das relativas aos serviços postais, à ordem econômica e aos direitos dos consumidores.

De acordo com a pasta, o projeto permite que serviços prestados no âmbito do Sistema Nacional de Serviços Postais sejam explorados em regime privado, mas respeitando o artigo da Constituição que estabelece à União manter o serviço postal, o que será delegado ao Operador Postal Designado no decorrer do processo de privatização.

O ministério informou ainda que caberá a ele coordenar a elaboração de política para melhoria dos serviços postais, bem como da Política Postal Brasileira e do Plano Geral de Metas para a Garantia da Prestação do Serviço Postal Universal.

Pelas informações divulgadas, o projeto também estabelece a criação de uma Agência Nacional das Comunicações, que substituiria a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), que, pela proposta, passará a regular também os serviços do Sistema Nacional de Serviços Postais.

O Ministério da Economia estuda a criação de um mecanismo para aplicar em obras públicas e programas sociais parte do dinheiro arrecadado com a privatização de estatais. O objetivo é reduzir as resistências no Congresso à venda dessas empresas e ganhar apoio dentro do governo.

A ideia é criar um fundo de desinvestimento, que seria alimentado por uma fatia dos recursos das privatizações e da venda de imóveis da União. O dinheiro, então, seria direcionado para essas finalidades.

Inicialmente, o ministro Paulo Guedes (Economia) defendia a venda de ativos públicos com a finalidade de abater a dívida pública do país. Estimativa da pasta aponta que o governo tem R$ 1 trilhão em estatais e R$ 1,2 trilhão em imóveis.

A venda das companhias, no entanto, não saiu do papel no governo Jair Bolsonaro. Uma das prioridades da atual gestão, a perda de controle da Eletrobras segue travada no Congresso desde o governo do então presidente Michel Temer.

Nas últimas semanas, Guedes chegou a dizer que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), teria se aliado à esquerda para travar a pauta de privatizações.

Segundo o ministro, o governo teria feito, nos últimos meses, um acordo para a venda da Eletrobras, dos Correios e do Porto de Santos, além de poços de exploração da PPSA (Pré-sal Petróleo) avaliados em US$ 100 bilhões — o equivalente a mais de R$ 560 bilhões.

No entanto, parlamentares teriam afirmado que só seria possível quebrar o monopólio dos Correios, sem a venda de nenhuma das companhias.

Bandeira de Guedes desde a campanha eleitoral de 2018, uma privatização em massa de ativos da União enfrentou resistências dentro do governo e do Congresso. Ele chegou a prometer, em julho, a venda de quatro grandes estatais até o início de outubro, mas o ministério admitiu que esse prazo não foi suficiente.

Frustrado com a falta de ritmo desse plano, o empresário Salim Mattar pediu demissão da Secretaria de Desestatização do governo em agosto. Ele disse faltar “vontade política” para vender as companhias.

Em setembro, o próprio Bolsonaro barrou os planos da equipe econômica para privatizar a Casa da Moeda.

Justiça Eleitoral indefere candidatura a prefeito de Ouricuri, no Sertão de Pernambuco

https://blogdosilvalima.com.br/wp-content/uploads/2020/10/botinha-indeferido-768x512.jpg

O empresário Botinha Coelho (SD) teve a candidatura a prefeito de Ouricuri indeferida pela Justiça Eleitoral nesta terça-feira (13). A Decisão da Justiça Eleitoral já consta na página de divulgação de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O motivo da impugnação é a “ausência de requisito de registro”.

Ao pedir que a candidatura fosse indeferida, o Ministério Público Eleitoral argumentou que Botinha tem parentesco com o atual prefeito, Ricardo Ramos, que concorre à reeleição. Na sentença o juiz Carlos Eduardo das Neves destacou:

“Permitir que parentes disputem eleições numa mesma circunscrição, inclusive de forma antagônica, é muitas vezes a garantia de que o poder jamais sairá das mãos de uma mesma família, sendo, por isso mesmo, irrelevante a questão da suposta inimizade entre os candidatos”.

Homem recebe oito notas falsas de R$ 200 ao vender refletores no Grande Recife

Oito cédulas de notas falsas apreendidas pela Polícia Federal em Camaragibe, no Grande Recife — Foto: Polícia Federal/Divulgação

G1

Um administrador de 60 anos procurou a Polícia Federal (PF) após receber oito notas falsas de R$ 200 ao vender refletores em Camaragibe, no Grande Recife. Segundo a PF, ele só percebeu que os R$ 1,6 mil eram de cédulas ilegítimas, com numeração repetida, depois de entregar os equipamentos.

A entrega dos produtos aconteceu no dia 2 de outubro, apontou a PF nesta quarta-feira (14). Segundo o relato do administrador aos policiais, ele anunciou 11 refletores metálicos de 400 watts em uma rede social e uma mulher entrou em contato demonstrando interesse.

A compradora foi até a casa da vítima acompanhada de um homem em veículo Fiat Toro, pagou os equipamentos com as notas falsas e foi embora, segundo a PF.

O administrador contou aos policiais federais que só percebeu o golpe algum tempo depois, quando analisou as notas e viu que a numeração estava repetida na maioria das cédulas. Com isso, ele seguiu para a sede da PF, no Cais do Apolo, no Recife, para registrar a ocorrência e entregar as notas falsas.

De acordo com a polícia, a vítima apresentou o histórico de troca de mensagens na rede social com a compradora. No entanto, a suspeita não foi localizada até a última atualização desta reportagem.

Com a constatação de que as notas eram realmente falsas, um inquérito foi aberto para identificar e responsabilizar os envolvidos no caso, segundo a PF.

“Infelizmente, essa pessoa fica no prejuízo, mas é necessário que essa pessoa procure a Polícia Federal para que a gente possa identificar onde essas notas falsas estão circulando”, afirmou o assessor de comunicação da PF em Pernambuco, Giovani Santoro

Juíza condena Wallber Virgolino a pagar R$ 5 mil por vídeo em que chama Ricardo Coutinho de bandido

Além das ofensas, o vídeo também é considerado propaganda eleitoral antecipada, pois as propagandas só foram autorizadas a partir de 27 de setembro.

Wallber Virgolino foi multado em R$ 5 mil por vídeo contra Ricardo Coutinho (Foto: Reprodução)

A juíza eleitoral Cláudia Evangelina Chianca Ferreira de França condenou o candidato à prefeitura de João Pessoa, Wallber Virgolino (Patriota), a pagar multa de R$ 5 mil por propaganda eleitoral antecipada feita contra o também candidato Ricardo Coutinho (PSB).

De acordo com a defesa de Ricardo Coutinho, em um vídeo, veiculado no dia 21 de setembro deste ano, Wallber Virgolino aparece proferindo ”diversas ofensas e acusações caluniosas” contra o candidato do PSB. Virgolino chama Coutinho de bandido e corrupto na gravação.

Além das ofensas, o vídeo também é considerado propaganda eleitoral antecipada, pois as propagandas só foram autorizadas a partir de 27 de setembro.

A defesa de Wallber Virgolino tentou argumentar que o vídeo poderia ter sido alterado, mas não apresentou provas e a hipótese não foi aceita pela juíza.

 

A Prefeitura de Afogados entregou na noite desta terça (13) a primeira ambulância com Unidade de Terapia Intensiva do Pajeú. A ambulância conta com todos os equipamentos de uma UTI e vai ajudar no socorro e transferência de pacientes em estado grave que precisem ser transportados para unidades hospitalares de referência em outras cidades e que necessitem de um suporte de UTI. 

A ambulância, um veículo Fiat Ducato 0km, totalmente adaptado, custou 305 mil reais, incluindo o veículo e os equipamentos da UTI. A unidade foi entregue pelo Prefeito José Patriota em frente à catedral e contou com a benção do Padre Gilvan Bezerra. 
“Queira Deus que ninguém precise usar, mas caso precise, que ela possa trazer o suporte necessário para salvar vidas,” destacou Patriota. Quando ao SAMU, o Prefeito reafirmou que, desde o começo, Afogados cumpriu com todas as obrigações para que o serviço fosse implantado. Infelizmente, disse ele, só três municípios fizeram o mesmo. “Em cidades de pequeno e médio porte, o SAMU só tem viabilidade de funcionamento se for compartilhado pelos demais municípios da região. “Afogados fez a sua parte e continua fazendo. Além dessa uti móvel, semana que vem vamos entregar outra ambulância, dessa vez adaptada, para fazer o transporte seguro dos pacientes que tem mobilidade reduzida e que precisam buscar atendimento no nosso centro de reabilitação,” finalizou Patriota. 
Cumprindo uma extensa agenda administrativa, José Patriota entrega, na próxima quinta (15), 90 novos tablets para os agentes comunitários de saúde e agentes de endemias, e na sexta (16), inaugura a primeira rua pavimentada com piso intertravado de Afogados da Ingazeira. Será a Travessa São Francisco, no bairro Brotas, próximo à escola Letícia de Campos Góes. No período das chuvas, a rua alagava, gerando transtornos no acesso dos alunos à escola. 
“Quero até o final do meu mandato, que se encerra em dezembro, continuar entregando obras e ações para a nossa população, que foi para isso que o povo me elegeu,” disse Patriota.

De acordo com a publicação, a retomada está autorizada para a realizar de eventos com até 200 pessoas.

Centro de Convenções poderá ter eventos com até 200 pessoas (Foto: Walla Santos)

O Governo da Paraíba liberou a realização de eventos e atividades no Centro de Convenções de João Pessoa. A autorização da retomada foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (14). 

De acordo com a publicação a que o ClickPB teve acesso, a retomada está autorizada para a realizar de eventos com até 200 pessoas. Ainda de acordo com a publicação as atividades deverão ser realizadas seguindo os protocolos sanitários vigentes, como o uso de máscaras, lavagem de mãos e distanciamento.

  

Mega-Sena pode pagar R$ 6,5 milhões nesta quarta-feira

O sorteio ocorre às 20h desta quarta-feira (14) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

A Mega-Sena realiza sorteio nesta quarta-feira (Foto: Reprodução)

O concurso 2.308 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 6,5 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta quarta-feira (14) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Dólar é cotado a R$ 5,5782 nesta quarta-feira

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,55 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,8805.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. (Foto: Reprodução)

O valor do dólar na manhã desta quarta-feira (14), está cotado no valor de R$ 5,5782. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 5,8238.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 6,55 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 6,8805.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

O Portal ClickPB apura de segunda à sexta-feira a cotação do dólar e euro. 

Um incêndio de grande proporção atingiu o Parque Estadual Mata da Pimenteira, localizada no município de Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, a cerca de 415 km do Recife. Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Pernambuco e da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) foi designada para combater as chamas.

O parque é a primeira unidade de conservação de Pernambuco no bioma Caatinga. Até o momento, não há informações sobre as causas do incêndio. As chamas começaram a se alastrar ainda no final da manhã do último domingo (11). Até o início da tarde desta terça (13), o fogo ainda não havia sido contido.

“Estamos com o Corpo de Bombeiros de Pernambuco e com profissionais da  CPRH nesta luta para extinguirmos o incêndio que, na tarde de ontem, parecia  controlado. No entanto, os ventos da noite fizeram as chamas aumentarem e, hoje, o fogo se alastrou, saindo dos limites da unidade de conservação. O combate está sendo realizado, a partir de hoje, também por via aérea, com o apoio de uma aeronave para o lançamento de água”, explicou o diretor presidente da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), Djalma Paes.  Até o momento, não há estimativa do tamanho da área afetada pelo incêndio, nem a causa e as consequência do mesmo.

A área onde está ocorrendo o incêndio é de difícil acesso, pois é montanhosa. Outros fatores de dificuldade são a baixa umidade do ar, a alta temperatura na região e a mudança da direção dos ventos.  O analista ambiental da CPRH e gestor do Parque Estadual Mata da Pimenteira, Rodrigo Ferraz, está na operação desde o último domingo e comenta: “ A unidade de conservação possui quase 900 hectares de extensão, onde predomina a Caatinga. É uma área com muitas pedras, de vegetação fechada, o que dificulta o acesso. Mas, desde que fomos acionados, estamos juntos com o Corpo de Bombeiros e os voluntários, nesta missão”.

O tenente coronel do Corpo de Bombeiros, Cristiano Correa, que comanda a operação de combate ao incêndio no Parque Estadual Mata da Pimenteira, explica: “Os incêndios em áreas florestais demoram a serem extintos porque não é só a queima aparente, a que se vê na superfície. Na profundidade, o fogo também existe. É como uma fogueira de São João, que você julga apagada, mas que, ao revolver as cinzas, percebe que ainda há brasas. Isto é o que acontece em um incêndio em uma área de campo, só que em proporções muito maiores”.

De acordo com o tenente coronel, do dia primeiro de agosto ao dia dez de outubro, o Corpo de Bombeiros atendeu mais de 250 chamados para contenção de incêndios em vegetação nativa na região do Sertão do Pajeú. “Apagamos incêndios também no Sertão do Araripe, do Moxotó, Central e do São Francisco, mas, as ocorrências no Sertão do Pajeú superaram os números das outras áreas. Este ano, já em outubro, contabilizamos um aumento de mais de trinta por cento dos incêndios ocorridos em relação ao ano de 2019, só na região do Pajeú”.

Para o comandante, a explicação é a de que, além dos ventos, da baixa umidade e da alta temperatura, o ano de 2020 foi de chuva abundante no Sertão, o que significa crescimento da Caatinga. “Parece contraditório: em anos de mais chuvas, mais focos de incêndio. Mas o crescimento da vegetação leva ao aumento da biomassa, que vira combustível. Pega fogo rapidamente. Como a chuva traz de volta a esperança na colheita, o sertanejo volta a plantar. E pequenos agricultores que fazem a limpeza de áreas, queimando a terra para plantarem, que é o sistema de coivara, também promovem o risco de incêndios”, comentou. 

Cristiano Ronaldo é diagnosticado com Covid-19 e vai desfalcar Portugal

Segundo a FPF, Cristiano está bem, sem sintomas e em isolamento. (Foto: Reprodução)

 Cristiano Ronaldo está com coronavírus. A informação foi publicada pela FPF (Federação Portuguesa de Futebol), que comunicou o desfalque do atacante na partida contra a Suécia, nesta quarta-feira (14), pela Liga das Nações.

Segundo a FPF, Cristiano está bem, sem sintomas e em isolamento.

Ainda de acordo com a federação, os demais atletas da seleção portuguesa realizaram novos testes na manhã desta terça (13). Todos deram negativo e seguem com o grupo para o duelo contra os suecos.

Após o teste positivo, Cristiano foi liberado por Portugal. Ele esteve em campo pela seleção portuguesa nos empates por 0 a 0 contra Espanha e França nos últimos dias.

Veja o comunicado da FPF:
“Cristiano Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da seleção nacional após teste positivo para Covid-19.
O português está bem, sem sintomas, e em isolamento.
Na sequência do caso positivo, os restantes jogadores realizaram novos testes nesta terça-feira de manhã, todos com resultado negativo, e estão à disposição de Fernando Santos para o treino desta tarde, na Cidade do Futebol.
O jogo, pela fase de grupos da Liga das Nações, está agendado para quarta-feira, em Alvalade.”

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!