Com a extensão da campanha, empresa estima que mais de 25 milhões de dívidas poderão ser quitadas pelo site da Serasa Limpa Nome.

O consumidor também encontra as mesmas condições no aplicativo do Serasa disponível para Android e iOS. (Foto: Reprodução)

A Serasa lançou uma nova campanha que permite que endividados até R$ 1 mil quitem suas dívidas por apenas R$ 100.

Desde a última terça-feira (28), quem tiver débitos entre R$ 200 e R$ 1.000 com as empresas Ativos S.A, Tricard, Santander, Recovery, BMG e Credysystem poderão quitá-los por apenas R$ 100.

Com a extensão da campanha, a Serasa estima que mais de 25 milhões de dívidas poderão ser quitadas pelo site da Serasa Limpa Nome. O valor de R$ 100 é valido para qualquer um dos seis parceiros envolvidos.

Para ter acesso, o consumidor precisa acessar o site do Serasa Limpa Nome – que desde abril tem uma nova marca e um novo endereço

O consumidor também encontra as mesmas condições no aplicativo do Serasa disponível para Android e iOS.

O interessado pode verificar sua situação de crédito por meio do número de CPF.

As agências da Serasa, que fornecem atendimento presencial, permanecem fechadas. Porém, além do site do Serasa Limpa Nome e do app da Serasa, o consumidor também pode regularizar seus débitos financeiros pelo WhatsApp, através do número: (11) 98870-7025. Todos esses canais contam com as mesmas condições de

 

Europa corta verba de cidades polonesas que discriminam gays

O anúncio provocou protestos em várias cidades polonesas, e a principal corte de Justiça do país deve analisar o tratado na próxima semana.

Embora não tenham poder para retirar direitos civis, as declarações intimidam as minorias e estimulam a discriminação, segundo a UE e entidades de direitos humanos. (Foto: Reprodução)

BRUXELAS, BÉLGICA (FOLHAPRESS) – Criticada por não reagir a ações antiminorias do governo polonês, a Comissão Europeia tomou uma decisão simbólica nesta semana: rejeitou pedidos de subsídios de seis cidades polonesas que se autointitularam “zonas livres de LGBTI” ou proibiram manifestações por direitos como o casamento gay.

As cidades não poderão receber os repasses de até 25 mil euros (R$ 153 mil) do programa “cidades gêmeas” porque, segundo a Comissão -que funciona como Poder Executivo da União Europeia-, não cumpriram o requisito básico de que seus projetos estejam acessíveis a todos os cidadãos do bloco sem discriminação.

A Comissão não revelou o nome das cidades, mas ativistas calculam que cerca de 100 municípios, de um total de 900 no país, já tenham prometido “desencorajar a tolerância” e evitado o repasse de recursos públicos a entidades de combate à homofobia ou que trabalhem pela igualdade de direitos.

No começo deste mês, a cidade holandesa de Nieuwegein havia anunciado o corte de laços com sua gêmea Pulawy, cerca de 120 km a leste de Varsóvia, depois de quase 30 anos de “amizade”, em repúdio à aprovação, pelo conselho municipal, da “zona livre de LGBT”.

Embora não tenham poder para retirar direitos civis, as declarações intimidam as minorias e estimulam a discriminação, segundo a UE e entidades de direitos humanos.
“Nossos tratados garantem que todas as pessoas na Europa sejam livres para serem quem são, viverem onde quiserem, amarem quem quiserem e ter o objetivo que quiserem”, afirmou a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, após ativistas afirmarem que o bloco estava recuando nas pressões sobre governos autocráticos.

No relatório sobre legislação inclusiva da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) publicado em junho, a Polônia aparece com um dos menos avançados entre os 35 países analisados, com 32 pontos numa escala de 0 a 100 -o Canadá, o mais avançado, recebeu 87 pontos, e a Turquia, o mais atrasado, 25.
As críticas contra a inação europeia aumentaram depois que o ministro da Justiça da Polônia, Zbigniew Ziobro, afirmou que o país deixaria a Convenção de Istambul, que visa combater a violência contra as mulheres, por considerá-lo “uma criação feminista destinada a justificar uma ideologia gay”.

O anúncio provocou protestos em várias cidades polonesas, e a principal corte de Justiça do país deve analisar o tratado na próxima semana.

A intenção de retirada do acordo já havia sido expressa pelo presidente polonês, Andrzej Duda, durante sua campanha à reeleição, e integrantes do partido do governo, como Beata Kempa, já declararam que “a igualdade de gênero é simplesmente heresia”.

“Sair da convenção de Istambul seria altamente lamentável e um grande passo atrás na proteção das mulheres contra a violência na Europa”, disse Marija Pejcinovic Buric, secretária-geral do Conselho da Europa, organização de direitos humanos que liderou o tratado, assinado pela Polônia em 2012 e ratificado em 2015.

Segundo ela, o objetivo do acordo é combater a violência contra as mulheres e a violência doméstica, e o texto não menciona o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Durante a campanha eleitoral, o presidente da Polônia enviou à Assembleia um projeto de emenda à Constituição que proíbe a adoção de filhos por casais do mesmo sexo, mesmo que a criança seja filha biológica de um dos parceiros.

Além de declarar que está acompanhando as ações polonesas no caso de direitos LGBTI e de controle da mídia, a União Europeia abriu neste ano investigações sobre a reforma do Judiciário promovida pelo governo do partido nacionalista Lei e Justiça (PiS).

 

 

 

 

 

 

renegociação.

Presidente Jair Bolsonaro visita a Paraíba no dia 3 de setembro

O presidente virá visitar os parques de geração de energia fotovoltaica, em Coremas, no Sertão paraibano.

Presidente deve visitar a Paraíba no dia 3 de setembro (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro deve visitar a Paraíba no próximo dia 3 de setembro, para visitar os parques de geração de energia fotovoltaica localizados em Coremas, no Sertão paraibano. A informação foi revelada pelo jornalista Luís Tôrres no programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

De acordo com Luís Tôrres, o compromisso já está confirmado, apesar de ainda não aparecer na agenda oficial do presidente divulgada no site do Planalto. É possível que o presidente faça algum anúncio relativo ao setor de energia elétrica na ocasião.

Salgueiro vence o  Afogados e vai à final do Pernambucano

Foto: reprodução

 

A final do Campeonato Pernambucano 2020 será entre as duas equipes que fizeram as melhores campanhas na primeira fase do torneio.

Após o Santa Cruz eliminar o Náutico na quarta, nesta quinta-feira (30) foi a vez do Salgueiro carimbar seu lugar na decisão. Jogando no Cornélio de Barros, o Carcará foi superior durante todo o jogo, e passou pelo Afogados por 3×0.

Com a classificação, o Tricolor Sertanejo chega à sua terceira final de Estadual, em seis anos, e depois de bater na trave nas duas vezes anterior busca um título inédito. Os gols do confronto foram anotados por Tarcísio, William Daltro e João Paulo.

Como o esperado, o início de jogo foi bastante truncado. Poucos inspirados, ambos os times tentavam chegar ao ataque na base da transpiração. Sem conseguir criar por baixo, o Salgueiro abriu o placar, aos 14 minutos, pelo alto.

Após cobrança de escanteio de Ciel, pelo lado direito de ataque, Tarcísio se antecipou ao marcador e colocou os donos da casa na frente. Com o gol sofrido, o Afogados acordou na partida. Em rara jogada de penetração, aos 22, Junior Mandacaru recebeu em velocidade pela esquerda, ganhou de Ranieri na corrida e obrigou o goleiro Tanaka a fazer boa defesa.

Seis minutos mais tarde, Rodrigo também fez o arqueiro do Carcará trabalhar. Vendo a Coruja ganhar confiança, o time comandado pelo técnico Daniel Neri tentava responder às investidas dos visitantes. Porém, apesar dos 58% de posse de bola na etapa inicial, só ameaçava o gol de Wallef em jogadas aéreas.

Atrás no placar, a tendência era que o Afogados se lançasse ao ataque para buscar o empate na volta do intervalo. Entretanto, foi o Salgueiro quem voltou disposto a decidir o confronto. Vezes pela direita, e outras pela esquerda, o Carcará chegava à área adversária, e aos dez minutos obteve êxito.

Após mais uma bola levantada na área, a zaga da Coruja afastou a bola para a entrada da área. Livre de marcação, William Daltro bateu de primeira, sem deixar a redonda cair, e marcou um belo gol no Cornélio de Barros. Com a classificação distante, a Coruja ainda reclamou de um pênalti não marcado em cima de Mandacaru, aos 27.

Entregue, a equipe de Pedro Manta dava espaço para os contra-ataques dos mandantes, e foi assim que o Salgueiro fechou o placar. João Paulo, que acabara de entrar em campo, recebeu grande lançamento, fintou Thalison e soltou um balaço de esquerda para fazer 3×0.

Caso Beatriz: Lucinha Mota diz que vai divulgar foto que possivelmente mostra policiais conversando com o assassino

Foto: reprodução

Uma revelação surpreendente na noite desta quinta-feira (30). Lucinha Mota, mãe da garota Beatriz Angélica afirmou que em breve vai divulgar um vídeo, que possivelmente mostra policiais conversando com o assassino na noite do dia 10 de dezembro de 2015.

“Ainda preciso analisar com alguns responsáveis, ouvir especialistas para essa divulgação, mas não vou me calar, estou avisando que eu vou mostrar”, enfatiza.

Detalhes sobre o crime foram ditos por Lucinha Mota, em Live no Instagram, com divulgação de vídeos e imagens comprometedoras.

“Nós temos uma foto que mostra possivelmente policiais falando com o assassino depois do crime, se ficar comprovado eu vou dizer que a polícia civil de Pernambuco não é só incompetente, mas compactua com isso de alguma forma, então a polícia internacional vai entrar, foi uma pessoa que me enviou essa foto, mas também a mesma pessoas me encaminhou um vídeo que mostra os últimos momentos de Beatriz com todas as pessoas que desceram para o bebedouro do Colégio Auxiliadora”, revelou Lucinha Mota.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!