Entre eles, estão trabalhadores do Bolsa Família, além dos que estão no Cadastro Único e os que se inscreveram no programa por meio do site ou do aplicativo.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br. (Foto: Reprodução)

A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta quarta-feira (29) uma nova parcela do Auxílio Emergencial a 5,8 milhões de trabalhadores. Entre eles, estão trabalhadores do Bolsa Família, além dos que estão no Cadastro Único e os que se inscreveram no programa por meio do site ou do aplicativo.

Para o público do Bolsa Família, a quarta parcela do benefício começou a ser paga no último dia 20, e segue até o dia 31 de julho. Os pagamentos para esse grupo são feitos da mesma forma que o Bolsa.

Para os demais, a ajuda de R$ 600 será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta quarta serão liberados a partir de 1º de agosto (veja nos calendários mais abaixo).

VEJA QUEM RECEBE NESTA QUARTA-FEIRA:

  • 1,9 milhão de beneficiários do Bolsa Família, com número NIS final 8, recebem a quarta parcela
  • 3,9 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em março, recebem a próxima parcela:

– aprovados no primeiro lote recebem a quarta parcela;

– aprovados no segundo lote recebem a terceira parcela;

– aprovados no terceiro e quarto lotes recebem a segunda; e

– novos aprovados vão receber o primeiro pagamento

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

 

TJD concede ao Petrolina direito de fazer mais uma partida em casa

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PE) acolheu na noite desta terça-feira (28), o mandado de garantia impetrado pelo Petrolina, que solicita a alteração da tabela do quadrangular do rebaixamento do Campeonato Pernambucano. Oitavo colocado da primeira fase, a Fera Sertaneja contestou o fato de o Decisão, 9º lugar, atuar por duas partidas na luta contra a degola em seus domínios. Melhor classificado na atual tabela, o time sertanejo, por outro lado, depois de atuar na primeira rodada no Paulo Coelho, não atuaria mais como mandante.

O pedido do Petrolina foi feito pelo advogado João Marcelo Neves. A equipe do Sertão teve decisão favorável após votação (5×4) dos auditores do TJD-PE. Com a definição, a partida contra o Vitória-PE, marcada a princípio para acontecer na casa do Tricolor das Tabocas, terá que sofrer a inversão do mando.

O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, mostrou conhecimento da solicitação feita pelo TJD-PE a favor do Petrolina e afirmou que, nesta quarta-feira (29), a tabela será reajustada. “Apesar dos clubes estarem cientes do regulamento da competição desde o início do ano, não há nada demais nisso. Não vai alterar em nada a disputa pelo rebaixamento. Amanhã (quarta), vamos ajeitar a tabela e o Petrolina poderá fazer sua partida em seu domínio”, declarou o mandatário.

Pesquisa eleitoral sem registro gera multa no Sertão de Pernambuco

Por Carlos Britto

Com as eleições se aproximando, as disputas vão ganhando capítulos mais agitados. Em Araripina, no Sertão do Araripe, a divulgação de uma pesquisa eleitoral acabou sendo alvo da justiça. O Promotor Eleitoral, Fábio de Sousa Castro, do Ministério Público de Pernambuco, recomendou a aplicação de multa, que pode chegar a R$106 mil para os envolvidos.

O parecer judicial foi direcionado a Paulo Gonçalves Arraes, conhecido como Paulo de Zé de Senhor, pré-candidato a vereador pelo PSC, e Georgenes Oliveira Alencar. Os dois, que são aliados do pré-candidato a prefeito Tião do Gesso (Solidariedade), divulgaram em suas redes sociais o resultado de uma pesquisa, que de acordo com o parecer judicial foi “irregular”.

“Quanto a Georgenes Oliveira Alencar e Paulo Gonçalves Arraes por existir prova cabal de sua divulgação/compartilhamento de forma irregular da pesquisa em análise, este órgão do Ministério Público Eleitoral pugna pela procedência do pedido, com a condenação destes ao pagamento de multa, devendo-se a multa ser fixada levando-se em consideração a proporcionalidade diante das condutas dos representados”, afirmou Dr. Fábio de Sousa Castro em um trecho.

A pesquisa, que apontava Tião do Gesso em primeiro lugar para as eleições de novembro, não continha registro e se somou a mais alguns conteúdos sem fonte oficial que se espalham pela cidade. Como se sabe, pesquisa em ano eleitoral, para ser divulgada, precisa de registro junto ao TSE.

Escolas particulares em Pernambuco prontas para o retorno às aulas

Uma das primeiras a suspender as atividades em face da pandemia da Covid-19, as escolas em Pernambuco continuam sem um prazo para retorno às aulas presenciais. Considerando a diversidade das curvas epidemiológicas do estado, o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de Pernambuco (SINEPE-PE) propõe a reabertura das escolas de forma segura, seguindo protocolos, com cronograma de retorno escalonado e híbrido, contando com aulas presenciais e remotas. Pais e instituições de ensino aguardam uma data para a retomada.

“A prioridade absoluta será na segurança da saúde dos estudantes, familiares e profissionais da educação. Para isso, estamos preparados”, informa o professor e presidente do Sinepe-PE, José Ricardo Diniz. No início de julho, o sindicato lançou um documento com uma proposta de retomada às atividades presenciais nas instituições de ensino, acompanhou e deu suporte para as adaptações necessárias.

Assim, as escolas particulares já estão adequadas para implantar medidas como o distanciamento social de 1,5m entre alunos, a utilização contínua de equipamentos de proteção facial e a aferição e higienização regular na entrada, permanência e saída dos ambientes escolares. Tais medidas, entre outras presentes em e-book lançado pelo Sinepe-PE recentemente, são apontadas como eficazes para o controle da disseminação da Covid-19 por autoridades competentes, como a Organização Mundial da Saúde (OMS).

De acordo com o infectologista e diretor médico do Infecto Associados do Recife (IAR), Dr. Filipe Prohaska, é necessário que os estabelecimentos de ensino modifiquem sua estrutura física, criem fluxos e redescubram a higienização adequada do ambiente. “A escola exerce um papel de formação que possibilita a expansão desse aprendizado em ambiente escolar para outros locais, como casa de familiares, áreas de convívio coletivo e cuidados com situações diárias de possível exposição. Grupos de risco devem permanecer com atividades remotas e a presença do pediatra ou hebiatra assistente é de suma importância nessa decisão junto aos pais”, ressalta.  Cada escola possui peculiaridades próprias, com necessidade de adaptações para minimizar o risco de contágio pelo novo coronavírus

Jornalista Vanuza Ramos morre vítima de câncer

A jornalista era natural de Campina Grande, na Paraíba, e estava radicada há alguns anos nos Estados Unidos.

Vanuza Ramos era jornalista e morava nos Estados Unidos (Foto: Reprodução)

A jornalista Vanuza Ramos morreu neste final de semana vítima de câncer no estado da Flórida, nos Estados Unidos. A jornalista era natural de Campina Grande, na Paraíba, e estava radicada há alguns anos nos Estados Unidos. 

Há quase dois anos Vanuza lutava contra um câncer e estava internada no hospital de Fort Lauderdale, na Flórida. Ela teria entrado em processo de metástase e sofreu uma parada cardíaca, onde não resistiu.

Vanuza tinha 47 anos e formou-se em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Há mais de dez anos vivia nos Estados Unidos, onde também desenvolveu atividades culturais voltadas para a comunidade brasileira. Como escritora, participou das duas edições da coletânea “Brava Gente Brasileira em Terras Estrangeiras”. Seu portfólio inclui também trabalhos na área de Produção de Eventos e Shows, Public Relations e Marketing.

Pernambuco é o 2º estado do país em número de leitos abertos para enfrentar a Covid-19

Foto: reprodução

O Conselho Federal de Medicina publicou um estudo que analisou o número de leitos nos estados e capitais brasileiros entre fevereiro e junho de 2020. Pelo levantamento, Pernambuco aparece como o segundo estado brasileiro em ampliação da rede hospitalar. São 2.697 novos leitos criados em função do enfrentamento da Covid-19. O estado de São Paulo contabilizou 5.354.

“Isso só foi possível, graças não só ao esforço dos profissionais da Secretaria Estadual de Saúde, mas também de várias áreas do governo que se engajaram no nosso Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 e realizaram a maior operação logística e sanitária da história da saúde pública pernambucana e, agora, comprovadamente, uma das maiores do país”, avaliou o governador Paulo Câmara.

Assim como o estado de Pernambuco, o Recife só perdeu para o município de São Paulo em número de leitos abertos durante a pandemia.

“A melhor notícia em relação a todos esses leitos é que a taxa de ocupação deles está há quase dois meses abaixo de 80%, mesmo com o Plano de Convivência com a Covid-19 tendo avançado até a etapa 6, na Região Metropolitana, na Zona da Mata e em parte do Agreste”, completou o governador.

O estudo do Conselho Federal de Medicina está disponível na página oficial do órgão: portal.cfm.org.br.

Bolsonaro veta projeto que dava auxílio em dobro a pais solteiros

O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro vetou o projeto de lei que concedia o pagamento da cota dupla do auxílio emergencial – ou seja, R$ 1.200 – a pais solteiros independentemente do gênero e priorizava as mães em caso de ambos solicitarem o benefício.

A justificativa foi à ausência de cálculos de impacto orçamentário e financeiro para implementar a ampliação do benefício. Mesmo assim, numa espécie de “vacina” devido ao veto a um projeto que teve amplo apoio no Congresso, o governo ressaltou que a decisão final caberá aos parlamentares, que podem derrubar a decisão do presidente e restabelecer a medida.

Num momento em que Bolsonaro busca um caminho mais conciliador junto ao Congresso Nacional, o comunicado divulgado pela Secretaria-Geral da Presidência da República para justificar o veto ressalta que não se trata de “um ato de confronto”.

“Cabe destacar que o veto presidencial não representa um ato de confronto do Poder Executivo ao Poder Legislativo. Caso o presidente da República considere um projeto, no todo ou em parte, inconstitucional, deverá aplicar o veto jurídico para evitar uma possível acusação de crime de responsabilidade. Por outro lado, caso o presidente da República considere a proposta, ou parte dela, contrária ao interesse público, poderá aplicar o veto político. Entretanto, a decisão final sobre esses vetos cabe ao Parlamento”, diz a nota

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!