Monthly Archives: abril 2020

Ministério da Saúde da Argentina fez recomendações de como ter sexo seguro em tempos do novo coronavírus.

Homem passa por cartaz com a mensagem ‘fique em casa’, que é uma medida preventiva contra a propagação da Covid-19, em Buenos Aires, na Argentina, na segunda-feira (30) — (Foto: Agustin Marcarian/Reuters)

O Ministério da Saúde da Argentina fez recomendações de como ter sexo seguro em tempos do novo coronavírus. Na coletiva de imprensa desta sexta-feira (17), as autoridades locais recomendaram o sexo virtual como uma alternativa para manter o distanciamento social.

“O distanciamento social é a medida mais efetiva de prevenção ao coronavírus. Então, quando falamos de distanciamento é importante evitar o contato cara a cara e isso inclui encontros sexuais com pessoas que não convivemos”, explicou José Barletta, médico infectologista.

O médico recomendou alternativas virtuais, como: as videos chamadas e o sexting (sexo por mensagens). A respeito do sexo casual, o médico não indica que seja feito neste momento. “Existem muitos aplicativos para conhecer pessoas que podem continuar a serem utilizados mas neste momento, é melhor evitar encontrar pessoalmente”.

Barletta afirmou que o que se sabe até agora é que o coronavírus se transmite pelas gotículas que expelimos quando falamos, tossimos ou espirramos. “Há poucas informações se o vírus é eliminado pelo sêmen ou pelas secreções da vagina ou do ânus. Sim, pode-se transmitir com os beijos e é muito provável que também seja transmitido via sexo oral ou anal”.

O infectologista recomendou o uso de preservativos e, também, que as pessoas evitem manter relações sexuais com quem tenha sintomas, mesmo que seja uma relação estável.

“Lavar as mãos é uma maneira eficiente de evitar ser contaminado. É importante fazer depois da masturbação, das relações sexuais e do sexo virtual. Também é recomendável a limpeza dos teclados, celulares e brinquedos sexuais, mesmo que não tenha sido partilhado com outras pessoas”, disse José Barletta, médico infectologista.

Especialista em HIV e doenças tropicais, Stoffels tem passado até 16 horas por dia trabalhando para cumprir a missão – e a promessa – de imunizar um bilhão de pessoas o quanto antes.

“Estamos expandindo nossas estruturas para conseguir produzir dezenas de milhões de vacinas de alta qualidade mensalmente, mas é um trabalho em processo”, disse Stoffels. (Foto: Reprodução)

Em sua primeira entrevista a um veículo de comunicação da América Latina desde que iniciou os testes da vacina contra a Covid-19, Paul Stoffels se mostra otimista com o avanço do processo

O médico belga Paul Stoffels, vice-presidente do Comitê Executivo e Chief Scientific Officer da Johnson & Johnson afirmou, em entrevista ao NeoFeed, que as primeiras doses da vacina contra covid-19 devem estar disponíveis em caráter de urgência entre janeiro e fevereiro de 2021.

“Estamos expandindo nossas estruturas para conseguir produzir dezenas de milhões de vacinas de alta qualidade mensalmente, mas é um trabalho em processo”, disse Stoffels.

Especialista em HIV e doenças tropicais, Stoffels tem passado até 16 horas por dia trabalhando para cumprir a missão – e a promessa – de imunizar um bilhão de pessoas o quanto antes. 

Pelo menos foi esse o acordo firmado com o governo americano. A equipe de Donald Trump concordou em entrar com US$ 421 milhões do US$ 1 bilhão necessário para que a Johnson & Johnson expanda sua capacidade de produção e cumpra esse objetivo. 

O médico, que mora nos Estados Unidos, destaca a união de forças de governos e iniciativas privadas, e faz questão de resgatar a esperança de quem, direta ou indiretamente, sofre com a crise que estamos vivendo.

“Gostaria de deixá-los com esperança: isso vai ter um fim. Tem muita gente trabalhando para que encontremos alívio o quanto antes.”, explicou.


A Prefeitura de São José do Egito confirmou que deu positivo para Covid-19 o caso do paciente que deu entrada no Procape essa semana.

A informação foi repassada pela Secretaria Estadual de Saúde.  O paciente do sexo masculino, foi transferido do Hospital Maria Rafael de Siqueira devido a problemas cardíacos, apresentando febre e vômito.

“Há seis dias o paciente começou a desenvolver complicações respiratórias. Segundo dados coletados pela Vigilância Epidemiológica, ele é hipertenso com histórico de problemas renais”.

O paciente segue internado em enfermaria. Seu estado de saúde é tido como regular e ele respira sem ajuda de aparelhos.

“Todas as providências relacionadas aos contatos do paciente e profissionais que mantiveram contato com o mesmo já haviam sido tomadas pelas equipes da Secretaria de Saúde”

 

Ceará atinge 100% da lotação de UTIs e projeta aumento de mortes

Exame

Com lotação dos leitos de UTI no estado, a Secretaria da Saúde do Ceará projeta uma explosão do número de mortes por Covid-19 a partir de 5 de maio. A estimativa prevista é que os óbitos podem passar de 250 por dia.

Desde o começo da pandemia, o estado teve um total 124 mortes. O Ceará é o terceiro estado com mais casos, com 2.386 pessoas infectadas, atrás apenas de São Paulo e do Rio. O relatório da Secretaria da Saúde projeta 3.734 pessoas infectadas por coronavírus no estado no dia 23 de abril.

Segundo a secretária-adjunta Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde, Magda Almeida, o estado atingiu 100% da ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes com coronavírus. Nesta quinta-feira, a fila de espera é de 48 pessoas.

“Nesse momento, apesar de não estarmos no pico esperado da epidemia, estamos com leitos de UTI em ocupação máxima”, afirmou Magda, ao site G1.

 

PARTIU PARA ETERNIDADE, OSVALDO 

As primeiras informações que ele foi encontrado morto em sua residência nesta última sexta (17),  no Bairro Brotas localizado na rua AABB em Afogados,  a causa da morte teria sido Infarto, era casado Maria José de Neo, foi bancário por último tinha um comércio (teve), no ramo de alimentação em frente UPAE de Afogados. 

A medida foi publicada em edição especial do Semanário Oficial.

O comércio no Centro de João Pessoa (Foto: Walla Santos/blogmarcosmontinelly)

A Prefeitura de João Pessoa publicou um decreto determinando a prorrogação do fechamento do comércio no município até o dia 3 de maio, como medida de prevenção ao contágio do novo coronavírus (covid-19).

A medida foi publicada em edição especial do Semanário Oficial. 

Com 95% de ocupação dos leitos de UTI do SUS, Pernambuco contrata leitos na rede privada

Secretário de Saúde de PE, André Longo

Durante balanço divulgado no fim da tarde desta sexta-feira (17), a Secretaria de Saúde de Pernambuco informou que dos 269 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados ao tratamento da Covid-19, 95% já estão ocupados.

O percentual de ocupação dos leitos de enfermaria, que somam 302 exclusivos para pacientes com o novo coronavírus, é de 77%.

Pernambuco possui até esta sexta-feira (17) 571 leitos abertos para o tratamento da doença, com ocupação média de 86%. Diante do acelerado crescimento da doença, estado contrata pelo menos 50 leitos em unidades das redes privadas.

“Hoje tivemos sucesso na contratualização de leitos de alguns hospitais (privados) que nunca prestaram serviço diretamente ao SUS, o que é muito salutar. Nós estamos contratualizados com o Hospital Português para leitos de UTI para a Covid-19, com o Hospital São Marcos da Rede D’Or, cada um desses com 10 leitos. Também com o Hospital Santa Joana do Recife para atendimento do SUS. Além de outros hospitais como o Hospital Albert Sabin, que também tem mais 10 leitos do SUS”, detalhou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Segundo ele, o Governo do Estado ainda está contratualizando novos leitos no Hospital e Maternidade Nossa Senhora do Ó (Cesac), do Prado, localizado na Zona Oeste do Recife, e no Cesac de Paulista, município da Região Metropolitana do Recife.

André Longo frisou que tanto a legislação do SUS a nível federal quanto a nível estadual, permite fazer a requisição de recursos da rede privada, não só de leitos, mas também de profissionais, de equipamentos e de uma série de insumos necessários à prestação do SUS.

Diário de Pernambuco

 

A decisão foi tomada nesta sexta-feira (17), prazo limite que os Ministérios Públicos haviam dado para obter resposta do prefeito Romero Rodrigues.

O prefeito de Campina Grande decidiu que a reabertura do comércio só deverá ser feita após o dia 3 de maio (Foto: Reprodução)

Após recomendações feitas pelo Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho e Ministério Público da Paraíba, a Prefeitura de Campina Grande decidiu voltar atrás e desistir da ideia de iniciar a reabertura do comércio a partir da próxima segunda-feira (20). A decisão foi tomada nesta sexta-feira (17), prazo limite que os Ministérios Públicos haviam dado para obter resposta do prefeito Romero Rodrigues.

O prefeito de Campina Grande decidiu que a reabertura do comércio só deverá ser feita após o dia 3 de maio, conforme recomendado pelos Ministérios Públicos e de acordo com o novo decreto editado pelo governador João Azevêdo.

eabertura gradual do comércio em Campina Grande que previa recomendações para os estabelecimentos e a distribuição de meio milhão de máscaras para a população. No entanto, pouco depois os Ministérios Públicos se manifestaram de forma contrária aos planos da Prefeitura de Campina Grande.

Enquanto durar o estado de emergência e as medidas de enfrentamento ao coronavírus, permanecerão funcionando somente os segmentos considerados essenciais, segundo o prefeito.

ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE
GABINETE DO PREFEITO

Ofício nº 303/2020

Campina Grande, 17 de abril de 2020

Excelentíssimos membros dos Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho,

Em atenção ao ofício de nº 422/2020, o município de Campina Grande informa que seguirá na integra a Recomendação nº 42/2020, no sentido de prorrogar a reabertura do comércio para o próximo dia 03 de maio; entendendo que o Parquet, como uma respeitada voz em prol da sociedade, compartilha conosco cautelas e preocupações legítimas.

Com efeito, é importante salientar que esperamos, conjuntamente, avançar no sentido de promovermos, o quanto antes, a reabertura do nosso comércio, respeitando as orientações sanitárias e as normas emitidas pelo Ministério da Saúde.

Por parte do poder executivo municipal, a preocupação é, indubitavelmente, de preservar a saúde da população do modo mais amplo possível – ampliação de leitos,  aquisição de equipamentos de proteção individual, campanhas de conscientização e intensificação de monitoramentos remotos, dentre outros –, entendendo que vivenciamos uma situação complexa e de interpretações e recomendações mutáveis e instáveis, não só aqui, mas em todo o globo terrestre, decorrente, naturalmente, do enorme desafio que é enfrentar uma nova espécie de vírus: o COVID-19.

Na certeza de que compartilhamos uma mesma preocupação, reiteramos a nossa aposta no diálogo democrático, franco e responsável. 

Att.
ROMERO RODRIGUES
PREFEITO DE CAMPINA GRANDE

Brasília – O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, fala com imprensa após encontro com a presidenta Dilma (José Cruz/Agência Brasil)

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Educação e Esportes, inicia na próxima segunda-feira (20) a distribuição do Cartão de Alimentação Escolar para as famílias beneficiadas. As entregas serão realizadas nas escolas da Rede Estadual e começam nas escolas do Recife (20 e 21), em seguida nas unidades da Zona da Mata e Agreste (22 e 23) e por fim no Agreste e Sertão (23 e 24).

O cartão será entregue exclusivamente ao responsável pelo estudante – devidamente identificado e portando documento com foto – na escola onde estuda. O estudante não deve ir até à escola. Essa medida foi tomada para evitar que o aluno saia do seu isolamento. Para as famílias que tenham mais de um filho matriculado na rede, será entregue apenas um cartão, porém com o valor equivalente.

“É muito importante que os responsáveis pelos estudantes estejam atentos no horário de entrega para cada ano escolar. Criamos uma estratégia especial para que a distribuição ocorra com muita tranquilidade e sem aglomerações, em diferentes dias, horários e locais, observando as orientações das autoridades sanitárias”, explicou Fred Amancio, secretário de Educação e Esportes de Pernambuco.

As escolas vão iniciar a distribuição a partir das 8h, sempre ocorrendo em dois dias, conforme região de localização da escola, seguindo o cronograma abaixo:

1º dia, 8h: EJA, Travessia e outras modalidades especiais
1º dia, 9h: 6º anos

1º dia, 13h: 9º anos

1º dia, 14h: 1º anos
2º dia, 8h: 8º anos
2º dia, 9h: 2º anos

2º dia, 13h: 7º anos

2º dia, 14h: 3ºanos

O cartão – Com investimentos na ordem de R$ 12 milhões, o repasse de R$ 50 irá beneficiar o estudante em maior situação de vulnerabilidade e que depende da merenda fornecida na escola. A iniciativa, que tem como base os dados das famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal, beneficiará cerca de 240 mil estudantes em todas as regiões do Estado.

Com as aulas suspensas devido ao isolamento como forma de prevenção a propagação do novo coronavírus, a medida do Governo do Estado busca auxiliar as famílias diante  da interrupção das atividades nas escolas, inclusive, na oferta da merenda para os estudantes. O cartão só poderá ser utilizado em compras de produtos alimentícios.

Além do cartão, as famílias receberão uma carta com orientações sobre os alimentos que devem e não devem ser adquiridos. O documento elaborado pela equipe de Alimentação Escolar e Nutrição da Secretaria de Educação e Esportes considera os parâmetros nutricionais e os alimentos que compõem a merenda dos estudantes

Também está disponibilizada no site da Secretaria de Educação e Esportes (www.educacao.pe.gov.br) a consulta dos estudantes beneficiados e da rede do Cartão Alelo, que contempla mais de 9.300 estabelecimentos credenciados em todas as regiões do Estado. A estratégia de uso do cartão alimentação vai também beneficiar a economia da região, pois os alimentos serão adquiridos em supermercados, mercadinhos, padarias e outros estabelecimentos locais em todo o Estado.

Mais informações podem ser obtidas no 0800.286.0086 ou nos números do nosso Whatsapp (81) 99488.3015 / (81) 98494.2019 (apenas mensagens de texto), de segunda a sexta, das 8h às 20h

Agenda de Entrega dos Cartões nas escolas das respectivas GREs

Segunda (20) e terça (21) 

GRE Recife Norte

GRE Recife Sul

Quarta (22) e quinta (23) 

GRE Metropolitana Sul

GRE Metropolitano Norte

GRE Mata Norte (Nazaré da Mata)

GRE Mata Centro (Vitória de Santo Antão)

GRE Mata Sul (Palmares)

GRE Vale do Capibaribe (Limoeiro)

Quinta (23) e sexta (24) 

GRE Agreste Centro Norte (Caruaru)

GRE Agreste Meridional (Garanhuns)

GRE Sertão do Moxotó Ipanema (Arcoverde )

GRE Sertão do Pajeú (Afogados da Ingazeira)

GRE Sertão do Submédio São Francisco (Floresta)

GRE Sertão Central (Salgueiro)

GRE Sertão do Médio São Francisco(Petrolina )

GRE Sertão do Araripe (Araripina)

O número de casos do novo coronavírus e de óbitos decorrentes da doença no Brasil bateram novos recordes nesta sexta-feira (17): foram 3.257 diagnósticos e 217 mortes, nas últimas 24 horas. Com isso, a quantidade de pessoas infectadas com a Covid-19 subiu para 33.682 e o total de óbitos chega a 2.141. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na tarde desta sexta-feira. No último balanço do governo, na quinta-feira, o total de infectados era 30.425, com 1.924 mortes confirmadas.

Em relação ao número de casos, São Paulo continua liderando entre os estados brasileiros, com 12.841 diagnósticos até o momento. Em seguida vem Rio de Janeiro (4.349), Ceará (2.684), Pernambuco (2.006) e Amazonas (1.809).

São Paulo também lidera no número de óbitos: são 928 até o momento. Depois vem o Rio de Janeiro (341), Pernambuco (186), Ceará (149) e Amazonas (145).

Sete estados já passaram da marca de 1000 casos: São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco, Amazonas, Bahia, Minas Gerais. Deles, cinco também já ultrapassaram as 100 mortes: São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Amazonas. São Paulo, com 928 óbitos, se aproxima da marca dos 1.000.

Confira o número de casos e de mortes por estado:

Região Norte: 3.158 casos e 193 mortes

Acre: 135 casos e 5 mortes

Amazonas: 1.809 casos e 145 mortes

Amapá: 370 casos e 10 mortes

Pará 557:  casos e 26 mortes

Rondônia: 92 casos e 3 mortes

Roraima: 164 casos e 3 mortes

Tocantins: 31 casos e 1 morte

Região Nordeste: 7469 casos e 479 mortes

Alagoas: 110 casos e 7 mortes

Bahia: 1.059 casos e 36 mortes

Ceará: 2.684 casos e 149 mortes

Maranhão: 797 casos e 40 mortes

Paraíba: 195 casos e 26 mortes

Pernambuco: 2.006 casos e 186 mortes

STF dispensa sindicatos em acordos para redução da jornada ou suspensão dos contratos de trabalho

Foto: reprodução

O STF formou maioria (por 7 votos a 3) para derrubar a liminar de Ricardo Lewandowski, que havia dado aos sindicatos o poder de rever os termos dos acordos firmados entre trabalhadores e empresas para redução da jornada ou suspensão dos contratos de trabalho durante a epidemia do coronavírus.

“A crise não espera a atuação do Brasil cartorário, cogitando-se da submissão de acordos individuais a sindicatos”, disse o ministro Marco Aurélio Mello.

Votaram contra a interferência dos sindicatos os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Dias Toffoli.

Na visão do advogado Fernando de Almeida Prado, sócio do escritório do BFAP Advogados, a formação de maioria entre os ministros do Supremo para derrubar a liminar do ministro Ricardo Lewandowski, que exigia a participação de sindicatos para negociação para redução de jornada ou suspensão de contratos de trabalho, “fez prevalecer a visão de que o STF deve realizar autocontenção em deferimento ao corpo técnico que elaborou a medida, por haver interesses convergentes entre empresas e empregados em busca da manutenção de emprego e renda”.

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar a polêmica ainda nesta quinta-feira (16), em sessão por videoconferência, o referendo da medida cautelar deferida pelo ministro Ricardo Lewandowski na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6363, que tem por objeto a Medida Provisória (MP) 936/2020.

Na liminar, deferida em 6/4, o ministro havia determinado que os acordos individuais de redução de jornada de trabalho e de salário ou de suspensão temporária de contrato de trabalho devem ser comunicados aos sindicatos de trabalhadores em até 10 dias para que se manifestem sobre sua validade.

Na sessão de hoje, além do voto do relator, as partes (o partido Rede Sustentabilidade e o presidente da República, representado pela Advocacia-Geral da União) e entidades admitidas como terceiros interessados, apresentaram suas manifestações.

Em razão de problema técnico em um dos centros de dados da empresa que fornece a plataforma de videoconferência, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, convocou sessão extraordinária para a sexta-feira (17), desde 14h, para a continuidade do julgamento.

São Lourenço da Mata o 2º maior número de mortes por coronavírus em Pernambuco

Hospital Municipal Petronila Campos fica em São Lourenço da Mata, no Grande Recife — Foto: Reprodução/Google Street View

Localizado a cerca de 20 quilômetros do Recife, o município de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana, é o 12º mais populoso de Pernambuco. Mesmo com pouco mais de 113 mil habitantes, a cidade concentra o sexto maior número de casos de coronavírus, com 46 confirmações para o novo coronavírus e é a segunda em número de mortes, com 11 casos, atrás apenas da capital, que, com 66 óbitos, segue como epicentro da epidemia no estado.

De acordo com a secretária de Saúde do município, Gislaine Calado, a proximidade com a capital pernambucana é o principal fator de contaminação dos moradores da cidade, já que muitos deles se deslocam, diariamente, para trabalhar no Recife.

“Muitos dos nossos casos confirmados são pessoas que trabalham e têm deslocamento diário para o Recife, ou Ipojuca [no Litoral Sul]. Claro que também temos pessoas que não saíram de dentro do município e se contaminaram, mas nós atribuímos muito dessa situação à proximidade com a capital”, disse a secretária.

Ainda de acordo com Gislaine, a maioria dos casos tem entre 30 e 49 anos, representando 20 confirmações para a doença. Há, ainda, 12 casos de pessoas entre 50 e 59 anos, o que, para a gestão municipal, atesta ainda mais a hipótese de que quem mais se contaminou com coronavírus, em São Lourenço da Mata, tem trabalhos que exigem o deslocamento intermunicipal

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu entrevista ao jornal inglês The Guardian , na conversa Lula afirmou que Bolsonaro está “conduzindo o Brasil para o matadouro” no modo como administra a crise no sistema de saúde público ocasionada pela Covid-19 . 

Lula declarou ao jornal que ao minar a adoção do isolamento horizontal e exonerar o ministro da saúde no meio do colapso da saúde Bolsonaro, a quem se referiu como “o líder troglodita”, arrisca causar no Brasil cenas como a do Equador, onde famílias são obrigadas a despejar os cadáveres dos parentes na rua. 

O ex-presidente defendeu que não é a favor de destituir Bolsonaro por conta de desafetos ou distanciamento político, mas apontou que o atual presidente transgride as leis brasileiras e comete sucessivos crimes de responsabilidade que levam “a sociedade ao matadouro” e que precisam ser repreendidos pelas autoridades cabíveis, até mesmo com a cassação do mandato.

“Não podemos apenas querer derrubar um presidente porque não gostamos dele. [Mas] se Bolsonaro continuar cometendo crimes de responsabilidade … [e] tentando levar a sociedade ao matadouro – que é o que ele está fazendo – acho que as instituições precisarão encontrar uma maneira de classificar Bolsonaro. E isso significa que você precisará ter um impeachment.” disse Lula ao jornal.

Lula, ainda, taxou Bolsonaro como o líder “orgulhosamente homofóbico” e relatou ao jornal o possível envolvimento do presidente com a milícia do Rio de Janeiro e o desprezo com que trata a crise do novo coronavírus (Sars-cov-2), contradizendo as experiências globais e as orientações da OMS, ao classificar o vírus como “uma gripezinha” e apontar que há muita “histeria” na comunicação dos seus efeitos. 

“Bolsonaro – um ex-capitão do exército orgulhosamente homofóbico já desprezado por brasileiros progressistas por sua hostilidade ao meio ambiente , direitos indígenas e artes , além de seus supostos vínculos com a máfia carioca – alienou milhões a mais com sua postura de desprezo ao coronavírus, que ele menospreza como “histeria” da mídia e “um pouco de resfriado”, disse.

O petista falou que as atitudes “grotescas” de Bolsonaro estão “induzindo um pedaço da sociedade a contrair coronavírus”. Lula apontou um certo despreparo do presidente para liderar o país: “A verdade é que Bolsonaro não tem equilíbrio psicológico para liderar um país. Ele não pensa no impacto que seus atos destrutivos têm na sociedade. Ele é imprudente”.

Do total de casos que já foram confirmados para coronavírus na Paraíba, 90 já são considerados recuperados, ou seja, curados da doença.

Ao todo, o estado da Paraíba já contabiliza 205 pessoas com diagnóstico confirmado para coronavírus (Foto: Reprodução)

O número de mortes devido a complicações decorrentes do covid-19 na Paraíba subiu para 28, de acordo com dados divulgados em boletim desta sexta-feira (17). Ao todo, o estado da Paraíba já contabiliza 205 pessoas com diagnóstico confirmado para coronavírus.

Do total de casos que já foram confirmados para coronavírus na Paraíba, 90 já são considerados recuperados, ou seja, curados da doença. Outros 979 casos que eram considerados suspeitos para coronavírus já foram descartados após a realização de exames.

Dentre os dois óbitos que foram confirmados nesta sexta-feira (17) está o de uma mulher que tinha 93 anos de idade e morava em João Pessoa. Ela tinha doença respiratória de base e faleceu nesta quinta-feira (16) quando estava internada em um hospital público.

O segundo óbito confirmado hoje aconteceu na última segunda-feira (13). O homem, de 57 anos de idade era residente no município de Riachão do Poço. Segundo a Secretaria de Saúde, ele era hipertenso, diabético e estava em tratamento renal.

Já são 16 os municípios paraibanos com casos confirmados de coronavírus: João Pessoa (148), Santa Rita (17), Campina Grande (8), Cabedelo (8), Bayeux (6), Patos (5), Junco do Seridó (3), Pombal (2), Serra Branca (1), Sapé (1),  Sousa (1), Igaracy (1), Taperoá (1), São João do Rio do Peixe (1), Riachão do Poço (1), São Bento (1) . 

Governo da Paraíba 
Secretaria de Estado da Saúde 
Atualização COVID-19 17/04 | 17h 

Casos Confirmados: 205
Casos Descartados: 979
Óbitos confirmados: 28  
Casos recuperados: 90 

Dos 205 casos confirmados até esta sexta, 17 de abril, 90 já se recuperaram, 24 estão hospitalizados, 9 deles em leitos de UTI e 28, infelizmente, faleceram. Os demais se recuperam em isolamento domiciliar acompanhados pelas secretarias municipais de saúde. 

Os casos estão distribuídos em 16 municípios: João Pessoa (148), Santa Rita (17), Campina Grande (8), Cabedelo (8), Bayeux (6), Patos (5), Junco do Seridó (3), Pombal (2), Serra Branca (1), Sape (1),  Sousa (1), Igaracy (1), Taperoá (1), São João do Rio do Peixe (1), Riachão do Poço (1), São Bento (1) . 

Os óbitos confirmados nesta sexta, são do seguinte perfil:

Mulher, 93 anos, residente em João Pessoa, doença respiratória de base e estava internada em hospital público. Óbito ocorrido em 16/04/2020.

Homem, 57 anos, residente do município de Riachão do Poço, Hipertenso, Diabético, em tratamento renal e estava internado em hospital público. Óbito ocorrido em 13/04/2020.

No momento, 146 pessoas estão internadas com notificação de suspeita para Covid-19, sendo 111 em enfermaria (67 público/ 44 privado) e 35 na UTI (22 público/ 13 privado). Os demais casos hospitalizados e com resultado não detectável seguem em investigação para demais vírus.

Importante: Os dados divulgados na última quinta (16) sobre internação foram complementados. Segue o dado corrigido de pacientes internados na data de ontem: 135 pacientes internados, 30 em UTI e 105 em enfermaria. Destes, 27 estavam confirmados para Covid-19, 9 na UTI.

José Condessa, que atua na novela ‘Salve-se Quem Puder’, usou o seu perfil no Instagram para prestar uma última homenagem ao amigo. (Foto: Reprodução)

Nesta sexta-feira (17), Filipe Duarte, o ator português que fez uma participação na novela ‘Amor de Mãe’, da TV Globo, faleceu. Segundo um site português, Filipi tinha 46 anos e infartou. O artista deixa uma filha de apenas 8 anos.

Na trama global, ele interpretou Gabo, namorado de Telma, personagem da atriz Adriana Esteves.

José Condessa, que atua na novela ‘Salve-se Quem Puder’, usou o seu perfil no Instagram para prestar uma última homenagem ao amigo. “Não Pipo, tu não. Um ator como nunca morre. És eterno, e amo-te com todo o meu corpo e vontade”, escreveu ele na legenda da foto.

Roberto Carlos vai comemorar 79 anos

Roberto Carlos vai fazer uma live neste domingo (19), no dia do seu aniversario de 79 anos. A informação foi confirmada pela sua assessoria de imprensa nesta quarta-feira (15).

O cantor está preparando um repertório especialmente para a live que terá duração de 45 minutos, segundo a assessoria.

A transmissão vai acontecer “no início da noite”, mas o horário exato ainda não foi divulgado.

De olho na audiência e dona dos direitos de imagem de Roberto, a Globo já se apressou e decidiu transmitir pelo menos o começo da apresentação. Falta apenas definir o horário exato para saber se entrará como parte do “Domingão do Faustão” ou atração solo. O “Fantástico” estuda mostrar os bastidores.

A estrutura será intimista e contará com dois músicos e um operador de câmera. Ao contrário da maioria dos artistas, o cantor não foi atrás de patrocinadores. Quer fazer o show, que terá cerca de uma hora de duração, apenas por entretenimento e para ajudar durante o isolamento.

Justiça suspende exigência de regularização do CPF para pessoa receber auxílio de R$ 600

Regularização é exigida pela Receita, e estado do PA pediu suspensão. TRF-1 entendeu que exigência tem provocado aglomerações, o que contraria orientações das autoridades de saúde.

A regularização do CPF é uma das exigências da Receita Federal para a pessoa receber o pagamento. (Foto: Reprodução)

O juiz federal Ilan Presser, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), suspendeu nesta quarta-feira (15) a exigência de regularização do Cadastro de Pessoa Física (CPF) para que a pessoa possa receber o auxílio emergencial de R$ 600.

A regularização do CPF é uma das exigências da Receita Federal para a pessoa receber o pagamento.

O magistrado tomou a decisão ao analisar uma ação apresentada pelo governo do Pará.

“Defiro o pedido […] para determinar a suspensão imediata, em todo o território nacional, da exigência da regularização de CPF junto à Receita Federal, para fins de recebimento do auxílio emergencial”, escreveu o juiz na decisão.

“Comunique-se, via e-mail, ao sr. presidente da Caixa Econômica Federal e ao sr. secretário da Receita Federal, para fins de ciência e cumprimento desta decisão, adotando-se as medidas necessárias para essa finalidade, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, sob pena de multa pecuniária, no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), por dia de atraso”, acrescentou.

Aglomerações
Como mostrou a TV Globo, a dificuldade das pessoas de regularizar o CPF tem provocado filas em todo o país.

Na decisão, o magistrado afirmou que a formação de fila provoca aglomerações e este tipo de situação representa “manifesta contrariedade” às medidas de distanciamento social, recomendadas pelas autoridades de saúde, entre as quais o Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde (OMS).

“As aglomerações, com sérios e graves riscos à saúde pública, continuam a se realizar, o que tem o condão de provocar o crescimento exponencial e acelerado da curva epidêmica, para atender à finalidade exigida pelo decreto regulamentar: de que sejam regularizadas as indigitadas pendências alusivas aos CPFs dos beneficiários junto à Receita Federal”, escreveu.

 

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada informou no final da manhã desta quarta-feira (15), que o município tem mais 02 casos confirmados de Coronavírus.

Os novos casos se tratam de duas mulheres, de 28 e 54 anos, que testaram positivo para Covid-19. As pacientes estão em isolamento domiciliar. A Secretaria realiza a busca ativa entre os familiares das mesmas para identificar a possibilidade de novas pessoas contaminadas.

A Secretaria confirma também que o número de casos suspeitos subiu para 15.

Portanto, até o momento, Serra Talhada soma 15 casos suspeitos, 08 casos descartados e 04 casos confirmados.

 

 

Exame de dom Aldo Pagotto testou positivo para coronavírus

Falece Dom Aldo Pagotto, Arcebispo Emérito da Paraíba ...

O exame de Dom Aldo Pagotto deu positivo para a Covid-19. Desta forma, o corpo foi liberado e levado imediatamente para o mausoléu localizado na Igreja Santuário de São Benedito, em Fortaleza. Este procedimento segue as determinações das autoridades públicas sanitárias e de saúde.

O Arcebispo Emérito da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, está enterrado no local citado e, assim que for possível, seus restos mortais serão levados para a Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa, conforme foi explicado na Nota Oficial emitida pela Arquidiocese da Paraíba.

 

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.079 para 2021

Foto: Agência Brasil

O valor do salário mínimo vai subir para R$ 1.079,00, segundo projeções oficiais do Ministério da Economia divulgadas nesta quarta-feira, 15. O valor foi incluído como parâmetro da elaboração do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do próximo ano.

O valor deste ano é de R$ 1045,00. O governo prevê o salário mínimo em R$ 1120,00 em 2022.

Dr. Lúcio diz que novo decreto será para detalhar e regulamentar controle

MP quer criar Observatório das Licitações em Afogados da Ingazeira ...O promotor de justiça Dr. Lúcio Luiz de Almeida Neto disse ao blog na manhã desta quarta-feira (15), que o novo decreto a ser assinado pelo prefeito José Patriota não será para flexibilizar algumas atividades comerciais em Afogados da Ingazeira. Ele explicou que o decreto irá fazer a regulamentação do controle de acesso a bancos e mercados, padarias e locais que estão abertos com circulação de pessoas. O Decreto, em cada município, deverá prever o limite interno de pessoas e a organização das filas externas.

Dr. Lúcio lembrou a criação da figura do “porteiro do mercado” para controlar a entrada e saída das pessoas, com a colocação de uma correntinha ou corda, quando bater a lotação máxima. O decreto segundo o promotor, prevê a questão da higienização dos ambientes, com rotina de desinfecção diária com bombas costais, distribuição de EPI’s, espevialmente máscaras para todos funcionários. A ação se estende aos 13 municípios da 3a Circunscrição do Ministério Público, que espera ansiosamente o momento em que seja possível, de forma segura, começar a liberação do comércio e a retomada das atividades.

No momento, a alternativa que se tem para evitar a contaminação descontrolada é o isolamento social, com as pessoas ficando em casa, o distanciamento social na rua, somente para atividades essenciais e uso de máscaras pela população.

São medidas duras, amargas, mas necessárias. Porque a 2a etapa dessa pandemia é muito cruel. Não temos estrutura, não temos EPIs, não temos respiradores suficientes, o sistema entra em colapso e muitas pessoas vão morrer.

Quanto ao comércio, temos que lutar juntos para o Governo socorrer as empresas para não quebrar, como tem acontecido em outros países. Temos que lutar pela aprovação no Congresso de medidas para que os Bancos e operadoras de Cartão de Crédito suspendam cobranças de boletos, empréstimos, multas e juros, aliviando o comércio e dando sua cota de sacrifício.

Então, nesse momento, em defesa da vida, precisamos dessas medidas restritivas, para poder voltar as atividades com saúde e segurança.

Ascom

O Prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da AMUPE, José Patriota (PSB), disse  que não há perspectiva de os prefeitos relaxarem qualquer medida de isolamento no estado.

Ele deu o exemplo da utilização de mais de 90% dos leitos de UTI para Covid-19 no estado.

Segundo ele, mesmo que os prefeitos quisessem, estão submetidos ao decreto estadual e aos órgãos de controle.

Ele afirmou que Ministério Público, Supremo, Tribunal de Contas, Ministério Público de Contas e até o Ministério Público Federal tem tomado medidas e recomendações alertando os prefeitos para descumprimento de medidas de isolamento que estejam de encontro à OMS e Ministério da Saúde.

Dentre as novas medidas anunciadas, decreto que obrigam os bancos a cumprem as medidas de distanciamento social  com previsão de multas e critérios para os supermercados no atendimento.

O gestor diz que num momento futuro, deve regulamentar medidas como a obrigatoriedade do uso de máscaras no acesso a bancos. “Estamos buscando comprar 20 mil máscaras”.

Ele lamentou o prenúncio da demissão do Ministro Luiz Henrique Mandetta. “Ele sai com a equipe toda. Daqui que se monte nova equipe, com outro alinhamento. Não entendo como o mundo todo, os prefeitos, governadores, o mundo todo está errado e só Bolsonaro tá certo. Lamento muito”.

A Secretaria de Saúde de Triunfo, divulgou, nesta quarta-feira (15), a confirmação do primeiro caso de coronavírus da cidade. Trata-se de uma mulher, que se encontra em isolamento domiciliar desde que apresentou sintomas.
Triunfo vem reforçando as medidas de prevenção e contenção contra o coronavírus, seguindo as orientações dos órgãos sanitários e fiscalizando o cumprimento dos decretos estaduais e municipais. A orientação é para a população permanecer em casa, evitando aglomeração.

Elpídio Martins, dono da Engefrio, morre de Covid-19

Elpídio ganhou notoriedade no ramo empresarial após criar a Engefrio, atualmente uma das grandes referências no setor de varejo.

Faleceu, na madrugada de hoje, o empresário Elpídio Martins, presidente da Engefrio e da rede de concessionárias Honda Pernambuco.

Elpidio, 74 anos, liderava pessoalmente os negócios das empresas de gestão familiar, e lutava há 17 dias pela vida, na unidade de terapia intensiva do Hospital Português.

André Almeida, diretor da empresa, declarou que “Dr. Elpídio era como um pai para mim e toda nossa equipe de trabalho. Dono de um carisma incomparável e cheio de energia. Ele nos deixa cedo demais”.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, as informações sobre velório e enterro não foram divulgadas pela família.

Via Folha/PE

Foto: reprodução

O Governo de Pernambuco inicia nessa quinta-feira, 16, o pagamento do último lote da parcela extra do Programa Bolsa Família no Estado. Até o dia 30 de abril, recebem o benefício os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro. Os beneficiários tem até 120 dias para sacar o dinheiro.

O valor será disponibilizado conforme o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), que pode ser checado no cartão de recebimento do Bolsa Família. Os saques devem ser feitos nos mesmos locais: agências da Caixa, casas lotéricas ou estabelecimentos credenciados.

Nos três primeiros lotes, o Governo do Estado liberou R$ 83.187.330,00 para 632.405 famílias. Em abril serão atendidas 392.815 famílias, com um valor estimado em R$ 51.039.801,00. A parcela é similar ao benefício federal, que pode chegar a R$ 150.

Nesta quarta-feira, 15 de abril de 2020, a Secretaria de Saúde de Arcoverde informa que foram registrados mais dois novos casos suspeitos de Covid-19: uma mulher de 43 anos e um homem de 64. O boletim diário, portanto, passa a ter 09 (nove) suspeitos, 11 (onze) descartados, 04 (quatro) confirmados, sendo 01 (um) óbito, entre estes confirmados.
A Prefeitura de Arcoverde deu início também as barreiras sanitárias em pontos estratégicos, nos acessos da cidade. A ação da Secretaria de Saúde é coordenada pela Vigilância em Saúde, que realiza orientações e afere a temperatura para o direcionamento de possíveis casos do Coronavírus.
No dia de hoje (15), Pernambuco contabiliza mais de 200 casos do Covid-19, chegando a 1.484 casos. Foram confirmados mais 28 óbitos, sendo 143 mortes no total até agora. Os pacientes morreram entre 08 e 14 de abril. Além disso, 69 pessoas já se recuperaram da doença.
Quem puder ficar em casa, fique. Evitem aglomerações e realizem a higienização necessária, usem máscara, lavem as mãos. Para dúvidas, denúncias ou sugestões ligue para o Disk Coronavírus do município: 0800-281-55-89 e 3821-0082.

Covid-19: Pernambuco registra 200 novos casos e 28 mortes

 (Foto: ULISES RUIZ / AFP)

Neste quarta-feira (15), Pernambuco confirmou 200 novos casos da Covid-19, segundo boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Agora, o estado totaliza 1.484 casos confirmados. Também foram confirmadas laboratorialmente 28 novas mortes (17 homens e 11 mulheres), ocorridas entre os dias 08 e 14 de abril.

Os pacientes que foram a óbito tinham idades entre 18 e 94 anos. Com isso, o estado totaliza 143 mortes pela Covid-19. Além disso, o boletim aponta um total de 69 pacientes já recuperados da doença.

O grupo político Vem Pra Rua (VPR) criou um site para monitorar o posicionamento dos deputados e senadores sobre o uso do Fundo Eleitoral (fundão) no combate ao coronavírus. Segundo o site, nenhum dos três senadores de Pernambuco defendeu o uso dos recursos para a saúde. O líder do governo Fernando Bezerra Coelho (MDB), o líder do PT Humberto Costa e o também senador Jarbas Vasconcelos (MDB) aparecem no painel como ‘indecisos’.

Entre os deputados, já demonstraram posições favoráveis, Daniel Coelho (Cidadania), Danilo Cabral (PSB), Felipe Carreras (PSB), Gonzaga Patriota (PSB), Ricardo Teobaldo (PODE) e Sebastião Oliveira (PL).

O VPR defende que vai “cobrar todos os parlamentares para que usem o dinheiro do Fundo Eleitoral para combater o novo coronavírus (covid-19)”. Segundo eles, com R$ 2 bilhões de reais, seria possível comprar mais de 30 mil respiradores.

Lista dos deputados ‘indecisos’:

  • André de Paula – PSD/PE
  • André Ferreira – PSC/PE
  • Augusto Coutinho – SOLIDARIEDADE/PE
  • Carlos Veras – PT/PE
  • Eduardo da Fonte – PP/PE
  • Fernando Coelho Filho – DEM/PE
  • Fernando Monteiro – PP/PE
  • Fernando Rodolfo – PL/PE
  • João Campos – PSB/PE
  • Luciano Bivar – PSL/PE
  • Marília Arraes – PT/PE
  • Ossesio Silva – REPUBLICANOS/PE
  • Pastor Eurico – PATRIOTA/PE
  • Raul Henry – MDB/PE
  • Renildo Calheiros – PCdoB/PE
  • Silvio Costa Filho – REPUBLICANOS/PE
  • Tadeu Alencar – PSB/PE
  • Túlio Gadêlha – PDT/PE
  • Wolney Queiroz – PDT/PE

Choveu 78mm em Araripina nas últimas 24 horas

Essa quarta-feira (15) amanheceu com uma forte névoa cobrindo a cidade. O acumulado das chuvas no ano já chega a 611mm

Via Roberto Gonçalves

A cidade de Araripina, a maior do Sertão do Araripe com quase 100 mil habitantes, registrou um volume de 78,4mm de precipitações nas últimas 24 horas. Nesta terça-feira (14) foram registradas várias pancadas de chuvas na cidade.

De acordo com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), o total das chuvas no mês de abril já chega 96 mm. Fevereiro foi o mês que mais choveu esse ano, 195mm. O acumulado do ano já chega a 611mm.

Celpe disponibiliza cadastro na tarifa social através do WhatsApp; faça o seu agora mesmo

Foto: divulgação

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) disponibilizou, a partir desta segunda (13), o cadastro dos consumidores que ainda não estão inscritos na tarifa social através do WhatsApp. A tarifaé um dos pré-requisitos ao benefício que isenta os consumidores de baixa renda do pagamento das contas de luz entre 1º de abril e 30 de junho, segundo medida provisória (MP) publicada pelo governo federal.

Para fazer o cadastro, é preciso informar o número da conta contrato da Celpe, que fica no canto superior direito da conta, e o Número de Identificação Social (NIS) através de menagem no WhatsApp para o número (81) 3217.6990.

A partir da solicitação, a companhia faz a confirmação no banco de dados do governo federal. Após a checagem dos dados, o prazo para inclusão na tarifa social é de cinco dias úteis. O cliente passa a ter o benefício na fatura seguinte.

Para o beneficiário que não é o titular da conta contrato da Celpe, é necessário a inclusão do CPF e do RG do portador do NIS. Nesse caso, é necessário fotografar a documentação e enviar pelo WhatsApp, juntamente com o número do NIS.

O cadastramento também pode ser realizado pelo site da companhia. Além do cadastro na tarifa social, a isenção vale para unidades que consomem até 220 quilowatts-hora (kWh) por mês. (G1 Petrolina)

Dos 165 casos confirmados até esta quarta, 15 de abril, 80 já se recuperaram, 24 foram a óbito e 15 estão hospitalizados, 4 deles em leitos de UTI.

No momento, 81 pessoas estão internadas com notificação de suspeita para Covid-19, sendo 65 em enfermaria (43 público/ 22 privado) e 16 na UTI (10 público/ 6 privado). (Foto: Secom-PB/Arquivo)

Subiu para 24 o número de mortes de infectados pelo novo coronavírus na Paraíba. Os casos confirmados também tiveram alta, de 152 para 165. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, no fim da tarde desta quarta-feira (15).

O número de casos descartados aumentou para 920. A Paraíba tem 80 recuperados da infecção pela Covid-19.

Dos 165 casos confirmados até este 15 de abril, 15 estão hospitalizados, 4 deles em leitos de UTI. Os demais se recuperam em isolamento domiciliar acompanhado pelas Secretarias Municipais de Saúde.

Os casos estão distribuídos em 13 municípios: João Pessoa (124), Santa Rita (14), Campina Grande (4), Cabedelo (6), Bayeux (4), Junco do Seridó (3), Patos (4), Serra Branca (1), Sape (1),  Sousa (1), Igaracy (1), Taperoá (1) e São João do Rio do Peixe (1). 

Dos 3 óbitos confirmados nesta terça, trata-se:

  1. Mulher, 85 anos, moradora de João Pessoa, portadora de comorbidades. Interna em unidade pública vindo a óbito em 14/04.
  2. Homem, 82 anos, residente em João Pessoa, portador de doença neurológica e comorbidades. Óbito em residência no dia 14/04.
  3. Mulher, 84 anos, moradora de Sapé, portadora diabetes, hipertensão, sequelas de AVC e problemas renais. Internada em hospital privado na capital, óbito ocorrido em 15/04.
O aumento é recorde na série iniciada em janeiro de 2010

 

O percentual de famílias com dívidas, em atraso ou não, chegou a 66,6% em abril deste ano. Segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada hoje (14) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O patamar é recorde no levantamento iniciado em janeiro de 2010. Em março deste ano, a taxa havia ficado em 66,2% e em abril de 2019, em 62,7%.

Essa foi a primeira Peic realizada no país após o início da pandemia do coronavírus. A coleta da dados ocorreu entre 20 de março e 5 de abril deste ano.

A maior parte das dívidas continua sendo com cartão de crédito (77,6%). Em seguida, aparecem as dívidas com carnês (17,5%) e com financiamento de veículos (10,2%).

De acordo com o presidente da CNC, José Roberto Tadros, o aumento do endividamento é baseado na ampliação do crédito, a fim de manter o poder de compra das famílias durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). “A queda expressiva dos juros e da inflação reduz, respectivamente, o custo do crédito e a pressão sobre a renda, incentivando o endividamento.”

O nível de inadimplência, que mostra as famílias com contas ou dívidas em atraso (não pagas no prazo devido), manteve-se em 25,3%, assim como em março. Na comparação com abril do ano passado, houve alta, já que naquele período a taxa de inadimplência era de 23,9%.

O percentual de famílias que não terão condições de pagar suas dívidas caiu de 10,2% em março para 9,9% em abril. Ainda assim, o percentual é superior a abril de 2019 (9,5%

O Governo de Pernambuco foi às redes sociais, nesta terça-feira (14), para desmentir o boato de que o governador Paulo Câmara (PSB) teria determinado o fechamento de mercadinhos e padarias no Estado. 

“É falsa a informação de que o governador Paulo Câmara determinou o fechamento de mercadinhos e padarias!”, comunicou no Twitter.

O vídeo do pronunciamento em que Paulo Câmara anunciava o fechamento do comércio não essencial em Pernambuco, transmitido ao vivo no dia 20 de março, foi adulterado por internautas, e usado para repassar a fake news.

No vídeo original, o governador enfatizou que, nesta lista de proibições, não estavam inclusos supermercados, padarias, mercadinhos, farmácias, postos de gasolina, casas de ração animal, depósito de água mineral e gás.

Proibição

Desde o último dia 21 de março, Pernambuco mandou fechar shoppings, salões de beleza e correlatos, clubes sociais, bares, restaurantes, lanchonetes e comércio de praia para tentar conter o avanço coronavírus no Estado. Em seguida, a partir do dia 22 daquele mês, foram fechados todo o comércio, serviços e construção civil. 

Estão liberados para funcionamento supermercados, padarias, mercadinhos, farmácias, postos de gasolina, casas de ração animal, depósitos de água mineral e gás. Além desses estabelecimentos, continuam a funcionar obras e serviços essenciais, como hospital, abastecimento de água, gás, energia e internet. 

 

 

PM de SP prende acusado de participar da morte de Dorothy Stang

PM prende acusado de participar do assassinato de Dorothy Stang ...

A Polícia Militar de São Paulo informou que prendeu em Itapetininga, interior do estado, um dos acusados de envolvimento no assassinato da missionária Dorothy Stang. O crime contra a religiosa norte-americana ocorreu em 2005 em Anapu, no oeste do Pará.

Segundo a corporação, a prisão foi feita após o recebimento de uma denúncia de que o suspeito tinha sido visto no bairro de Vila Nova. De acordo com os policiais, ele estava em frente a uma casa e tentou fugir quando percebeu a presença das viaturas. No interior da residência foram encontrados documentos falsos.

Na delegacia foi confirmado que havia um mandado de prisão contra o acusado emitido em 2013, em Marabá, no Pará.

Governador do Rio testa positivo para Covid-19

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), anunciou em um vídeo postado em redes sociais nesta terça-feira (14) que está com o novo coronavírus.

“Quero comunicar a todos que, desde sexta-feira, não venho me sentindo bem e pedi para que fosse feito o teste de Covid e, hoje [terça], veio o resultado positivo. Tive febre, dor de garganta, perda de olfato e, graças a Deus, estou me sentindo bem.”

Witzel disse que continuará trabalhando do Palácio Laranjeiras, a residência oficial do governador, seguindo “restrições” e “recomendações médicas”.

O governador voltou a reforçar a importância do isolamento social.

“Peço mais uma vez para que fiquem em casa porque a doença, como todos podem estar percebendo, não escolhe ninguém, e o contágio é rápido. Muito obrigado”, completou.

Também nesta terça o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Roberto Robadey, anunciou que está com a Covid-19. Ele também gravou um vídeo e disse estar “tudo bem”, no sétimo dia da infecção.

“A segunda semana, segundo relatos de alguns amigos, é a mais complicada, mas eu tenho confiança que vamos atravessar isso com sucesso e, como disse o governdor, vamos continuar daqui comandando pelo joystick. Força a todos e vocês, bombeiros, estão proibidos de adoecer, já basta eu. Um abraço a todos.”

Por volta de 18h, o secretário de saúde, Edmar Santos, afirmou que fez o teste e deu negativo.

Além de Witzel, outras autoridades do estado e de municípios do Grande Rio já anunciaram que estão com a Covid-19. Entre elas, estão vários secretários do prefeito Marcelo Crivella, que também foi testado e o resultado deu negativo. (G1)

Um em cada 3 infectados com coronavírus em PE é profissional de saúde

Foto: Divulgação

Boletim epidemiológico divulgado ontem pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco aponta que 377 profissionais de saúde fizeram teste e tiveram resultado positivo para o novo coronavírus. O número representa um em cada três casos da doença registrado em todo o estado.

O boletim de ontem informou que foram 194 novos casos da covid-19 confirmados em 24 horas, fazendo com que o estado totalize 1.154 casos confirmados da doença.

Desses, 708 estão em isolamento domiciliar e 287 internados —sendo 55 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 232 em leitos de enfermaria.

Além disso, o boletim aponta 57 pacientes já recuperados da doença. Ao todo, 102 pessoas morreram pela covid-19 no estado.

Segundo o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, o alto número no estado é resultado de ser o primeiro do país a adotar um protocolo para testar todos os profissionais de saúde sintomáticos de quadro gripal.

Ele explica que o número de profissionais contaminados vai crescer ao longo da semana já que muitos resultados de coletas já feitas estão pendentes de análise.

“Nós já tivemos 1.120 ocorrências de profissionais de saúde com quadro gripal, e mais de 600 casos tiveram resultado [377 casos confirmados e 267 descartados]. Tão logo amplie-se essa testagem, com os testes rápidos que recebemos, vamos fortalecer o nosso compromisso de fazer essa análise nesse paciente”, diz.

Longo negou que o número de casos tenha relação com a falta de EPIs (equipamentos de proteção individual) para esses profissionais.

“Estamos atuando para garantir EPIs. Já foram distribuídos 5 milhões de itens. O governo tem feito as aquisições, e temos recebido os itens que são mais disputados, como as máscaras N-95. Só na semana passada foram 150 mil unidades recebidas”, explica.

Cenário “assustador”, diz médico

Para o infectologista Paulo Sérgio Ramos, chefe do Serviço de Doenças Infecto-Parasitárias do Hospital das Clínicas da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), alto número de profissionais é algo “multifatorial.”

“Mas o fator de maior peso é que até o momento, o Laboratório Central apenas tem testado portadores de casos casos graves e profissionais de saúde suspeitos da covid-19, o que faz com que eles apareçam expressivamente nas estatísticas, além do fato de que estamos muito mais expostos às pessoas infectadas por este vírus”, afirma.

Na linha de frente de atuação de combate ao coronavírus, ele afirma que percebeu uma alta no número de colegas da saúde afastados desde a última semana.

“Nos últimos sete dias temos assistido este cenário assustador, no qual vários colegas têm sido afastados do trabalho devido a covid-19. Esses profissionais experimentam, ao mesmo tempo, aflição pela doença e decepção por não poderem estar na linha de frente”, diz.

Sobre a questão dos EPIs, Ramos ainda explica que, além de relatos de que estejam indisponíveis em alguns locais, há o problema no manuseio desses equipamentos.

“Nesse contexto caótico, os treinamentos para paramentação e desparamentação não têm sido efetivos. Eles precisam ser realizados e revisitados pelas equipes de saúde. Se trata de um protocolo complexo. Com qualquer falha nestes processos podemos facilmente ser contaminados”, declara.

Pernambuco, ao contrário da maioria dos estados e do próprio Ministério da Saúde, tem apresentado dados detalhados de casos de covid-19, o que fez o estado ser o único classificado como nível “alto” de transparência de boletins do país, segundo a fundação Open Knowledge.

 

O pagamento do cartão-alimentação, que deve beneficiar, segundo a Secretaria de Educação, cerca de 240 mil alunos da rede estadual durante o período de suspensão de aulas por causa da pandemia do novo coronavírus, tem início previsto para segunda-feira (20). Para receber o valor mensal de R$ 50 é preciso estar dentro de critérios estabelecidos pelo governo de Pernambuco.

O primeiro deles é ser estudante da rede estadual. O segundo critério é ter o registro atualizado no Cadastro Único (CadÚnico). Caso contrário, independente de receber Bolsa Família, o estudante não recebe o benefício para alimentação.

“Para viabilizar a entrega dos cartões, precisamos ter a informação completa do estudante e responsável no cadastro. Sem isso, não conseguimos vincular o benefício”, explicou Severino Andrade (foto), secretário executivo da Educação de Pernambuco.

A iniciativa recebeu um investimento de R$ 12 milhões do governo. O valor de R$ 50 só pode ser utilizado em compras de produtos alimentícios, segundo o governo estadual.

Além do cartão-alimentação, a família recebe uma carta de apresentação com todas as orientações sobre o uso do cartão, informações nutricionais, sugestões dos produtos a serem adquiridos e de produtos não permitidos, como bebidas alcoólicas e refrigerantes, por exemplo.

Quem está incluso nos dois critérios estabelecidos pode acessar o site Educação PE para consultar a garantia do benefício. “Manter o CadÚnico atualizado é importante para que as famílias façam uso desse benefício e dos próximos que virão”, disse Severino Andrade.

Em caso de problemas no acesso do benefício, a recomendação é que as famílias tentem resolver a situação sem sair de casa, mantendo o isolamento social, como recomendado durante a pandemia.

“A recomendação é que as pessoas de fato façam a consulta. Se não localizar [o direito ao benefício], entrem em contato com o 0800.296.8668”, orientou Andrade.

Saque em dinheiro do auxílio emergencial começa dia 27; Confira as mudanças

 

Foto: divulgação

Benefício de R$ 600 pagos a trabalhadores de baixa renda afetados pela pandemia de coronavírus, o auxílio emergencial começará a ser sacado em dinheiro no próximo dia 27. A Caixa Econômica Federal, responsável pelos pagamentos, anunciou o novo calendário na noite dessa segunda-feira (13).

Os saques ocorrerão conforme o mês de nascimento do beneficiário. As retiradas ocorrerão no dia 27 para os nascidos em janeiro e fevereiro, no dia 28 para os nascidos em março e abril, 29 para os nascidos em maio e junho, 30 para os nascidos em julho e agosto. Em maio, será a vez de os nascidos em setembro e outubro sacarem o benefício no dia 4; e os nascidos em novembro e dezembro, no dia 5.

O dinheiro poderá ser retirado sem a necessidade de cartão em casas lotéricas, caso elas estejam abertas, e em caixas eletrônicos. A Caixa ressalta que não é necessário retirar o dinheiro porque o dinheiro depositado na poupança digital pode ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, para pagamento de boletos e contas domésticas e para transferências ilimitadas para contas da Caixa, permitindo até transferências mensais gratuitas para outros bancos nos próximos 90 dias.

Adiamento

A Caixa adiou o início do pagamento aos trabalhadores que usaram o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, ou o site auxilio.caixa.gov.br, para atualizarem as informações no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) do governo federal. Esse grupo só começará a receber o auxílio emergencial na quinta-feira (16), na mesma data em que começa o pagamento dos beneficiários do Bolsa Família.

Na semana passada, a Caixa havia anunciado que o pagamento para quem não estava inscrito no CadÚnico, mas precisou atualizar os dados, começaria nesta segunda-feira para mães solteiras e nesta terça (14) para os demais trabalhadores. Esse contingente é composto principalmente por trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI) e contribuintes individuais ou facultativos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Segundo o banco, o adiamento Ocorreu porque a Dataprev só enviará nesta terça-feira pela manhã o lote inicial de informações dos cerca de 34 milhões de brasileiros que se cadastraram ao longo dos últimos dias. A Caixa enviou os dados à Dataprev para verificar se os beneficiários cumpriam os critérios de elegibilidade para receberem os benefícios.

Cadastro Único

Segundo a Caixa, cerca de 2,5 milhões de pessoas receberam o auxílio emergencial na quinta-feira (9) e ontem (13), num total de R$ 1,5 bilhão. Esse grupo reúne trabalhadores informais e mães solteiras que estavam com as informações em dia no CadÚnico em 20 de março e que não fazem parte do Bolsa Família, mas nem todo mundo nessa categoria teve acesso ao dinheiro. O banco divulgou um novo calendário de pagamento da primeira parcela a esse grupo:

– Terça-feira (14): crédito para 831.013 pessoas, das quais 273.178 com conta no Banco do Brasil e 557.835 trabalhadores nascidos em janeiro que serão pagos com poupança digital da Caixa a partir do meio-dia;
– Quarta-feira (15): crédito pela poupança digital para 1.635.291 pessoas nascidas em fevereiro, março e abril;
– Quinta-feira (16): crédito pela poupança digital para 2.282.321 pessoas nascidas em maio, junho, julho e agosto;
– Sexta-feira (17): crédito pela 1.958.268 poupança digital para pessoas nascidas em setembro, outubro, novembro e dezembro
– A segunda parcela será paga entre 27 e 30 de abril, dependendo do mês de nascimento do beneficiário.

Pernambuco confirma 1.284 pacientes e 115 óbitos de pessoas com o novo coronavírus

Foto: divulgação

Pernambuco confirmou, nesta terça-feira (14), outros 130 casos de pacientes com a Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus. Com isso, o estado passa a ter 1.284 casos. Também foram confirmados mais 13 óbitos, elevando o número total a 115 mortes de pacientes.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), as mortes confirmadas nesta terça-feira (14) foram de dez mulheres e três homens, com idades entre 45 e 95 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 3 e 13 de abril.

A SES informou, ainda, que há registro de 11 novos pacientes curados da Covid-19. Com isso, o número de curados em todo o estado subiu para 68.

O detalhamento dos pacientes que estão em isolamento domiciliar e internados não foi informado até a última atualização desta reportagem. Os municípios de residência dos novos pacientes deve ser informado no fim da tarde desta quarta (14).

Na segunda (13), o estado contabilizou 1.154 casos de pessoas com a Covid-19, além de 102 mortes. Um dos óbitos confirmados foi o de um bebê de 7 meses. Do total de pacientes, 377 pessoas infectadas eram profissionais de saúde.

Laboratório Biologia molecular do Museu de Zoologia. Foto: Cecília Bastos/USP Imagem

 

Diariamente a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa o boletim epidemiológico do novo coronavírus na Paraíba. Na edição dessa segunda (13), o órgão atualizou o número de casos confirmados para 136. Dentre essas pessoas, 52 já estão curadas, representando 38,23%. Outras 16 morreram com Covid-19, a doença provocada pelo novo vírus.

Além das 52 pessoas curadas, outras 59 se recuperam isoladas em casa e 12 estão internadas, sendo 4 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) no estado

Bebê com quatro meses morre por covid-19 em Taperoá e é a vítima mais jovem da doença na Paraíba

A criança é a paciente mais jovem a falecer por covid-19 na Paraíba. A confirmação foi feita pela Secretaria de Saúde da Paraíba nesta terça-feira.

O resultado do exame foi divulgado nesta terça-feira (14) e confirmou a infecção por covid-19 (Foto: Reprodução)

Uma bebê de apenas quatro meses de idade faleceu no último sábado (11) na cidade de Taperoá, no Cariri do Estado, com sintomas do novo coronavírus. O resultado do exame foi divulgado nesta terça-feira (14) e confirmou a infecção por covid-19.

A criança é a paciente mais jovem a falecer por covid-19 na Paraíba, conforme foi confirmado ao ClickPB pela Secretaria de Saúde. A confirmação foi feita pela Secretaria de Saúde da Paraíba nesta terça-feira. Até o momento, não há informações se a criança tinha algum problema de saúde ou comorbidade.

Segundo o boletim, a menina estava internada em um hospital público na cidade de Taperoá e acabou falecendo. A família da criança está sendo monitorada pela Vigilância de Saúde, que acompanha o estado de saúde deles.

Até esta terça-feira (14), a Paraíba já conta com 21 mortes confirmadas pelo coronavírus. Ao todo, já foram confirmados 152 casos de covid-19 na Paraíba durante esta pandemia.

Dom Aldo Pagotto morre em Fortaleza com suspeita de coronavírus

Dom Aldo

O Arcebispo Emérito da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, morreu na tarde desta terça-feira (14), em Fortaleza (CE), com sintomas suspeitos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A informação foi confirmada pelas Arquidioceses da Paraíba e de Fortaleza (CE).

O religioso tinha 70 anos e exercia o ministério no Santuário São Benedito, no Centro de Fortaleza. Ele enfretava um tratamento contra um câncer e na noite dessa segunda (13), apresentou dificuldade respiratória. Dom Aldo chegou a ser entubado e transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital da capital cearense, apresentando sintomas suspeitos da Covid-19.

“Manifestamos a nossa solidariedade a sua família e a congregação do Santíssimo Sacramento a qual fazia parte. Descanse em paz”, disse a Arquidiocese de Fortaleza. A Arquidiocese da Paraíba também lamentou a morte de Dom Aldo.

 

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira inicia nesta terça-feira (14), a distribuição de merenda para os alunos da rede municipal em situação de vulnerabilidade social. A distribuição começará pelas escolas da zona rural, e acontece das 7h às 11h.

A próxima etapa irá contemplar os alunos da zona urbana, com datas e horários divulgados posteriormente. As Escolas estão sendo orientadas a organizar a distribuição de modo a evitar aglomerações. 

A Secretaria de Educação informa que será expressamente proibida a venda dos alimentos e o desvio de finalidade. 

Cerca de 9,4 milhões de pessoas recebem a partir desta terça-feira (14) a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 anunciado pelo governo para trabalhadores informais. A expectativa da Caixa é pagar cerca de R$ 4,7 bilhões até o final da semana para beneficiários do Bolsa Família e inscritos no Cadastro Único.

Até segunda-feira, a Caixa já havia liberado mais de R$ 1,5 bilhão para mais de 2,5 milhões de beneficiários. Os primeiros a receber, já na última quinta-feira (9), foram aqueles que estão no Cadastro Único do governo federal, mas não recebem Bolsa Família, e que têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa.

Inscritos no Cadastro Único

Os trabalhadores inscritos no Cadastro Único até 20 de março último, que não recebem Bolsa Família e que se enquadram nos critérios para o recebimento do Auxílio Emergencial vão receber os recursos em conta no Banco do Brasil ou na Poupança Digital da Caixa. Nesse grupo também estão as mulheres que são chefes de família, que poderão ter direito a R$ 1,2 mil.

Veja a ordem de pagamentos 

(o pagamento via poupança digital da Caixa será feito de acordo com o mês de nascimento do beneficiário):

  • Terça-feira (14):
    – 273.178 pessoas que possuem conta no Banco do Brasil
    – 557.835 pessoas nascidas em janeiro, que receberão pela poupança digital da Caixa (a partir das 12h)
  • Quarta-feira (15):
    – 1.635.291 pessoas nascidas em fevereiro, março e abril, que receberão via poupança digital da Caixa
  • Quinta-feira (16):
    – 2.282.321 pessoas nascidas em maio, junho, julho e agosto, que receberão pela poupança digital da Caixa
  • Sexta-feira (17):
    – 1.958.268 pessoas nascidas em setembro, outubro, novembro e dezembro, que receberão via poupança digital da Caixa

Cadastrados via app e site

Para os trabalhadores que se cadastraram pelo aplicativo e pelo site do Auxílio Emergencial, e que cumprirem com os critérios para recebimento do benefício, os valores começarão a ser pagos na quinta-feira (16), na conta indicada ou em poupança digital na Caixa Econômica Federal.

Beneficiários do Bolsa Família

Quem recebe o Bolsa Família e tem direito ao pagamento vai receber o crédito do auxílio automaticamente, no mesmo calendário e da mesma forma do benefício regular. Entre o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial, será creditado o benefício de maior valor, para todos que tiverem direito.

Nesta semana receberão 2.719.810 beneficiários do Bolsa Família, conforme calendário:

  • Quinta-feira (16):
    – 1.360.024 beneficiários do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 1.
  • Sexta-feira (17):
    – 1.359.786 beneficiários do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 2.

Conta digital

A Caixa abrirá automaticamente as contas de poupança digitais para os beneficiários considerados aptos a receber o auxílio emergencial e que não tenham outra conta bancária nem sejam beneficiários do Bolsa Família.

Os que receberem o crédito por meio da conta digital poderão efetuar transferências ilimitadas entre contas da Caixa ou realizar gratuitamente até três transferências para outros bancos a cada mês, pelos próximos 90 dias. Além disso, podem pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras. A conta é isenta de tarifas.

O acesso à conta é feito pelo aplicativo CAIXA Tem, que pode ser baixado na loja de aplicativos dos smartphones neste link.

Saques da poupança digital

Para evitar aglomerações nas agncias, a Caixa estabeleceu um calendário para os beneficiários que quiserem sacar em dinheiro o valor depositado nas poupanças digitais abertas para os trabalhadores:

  • 27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 28 de abril – nascidos em março e abril
  • 29 de abril – nascidos em maio e junho
  • 30 de abril – nascidos julho e agosto
  • 4 de maio – nascidos em setembro e outubro
  • 5 de maio – nascidos em novembro e dezembro

 

Trabalhadores que foram dispensados recentemente e receberão em abril a última parcela do seguro-desemprego poderão, após o fim do benefício, solicitar o auxílio emergencial de R$ 600 criado para dar suporte a informais e desempregados durante a crise do novo coronavírus.

A informação foi prestada pelo Ministério da Cidadania a pedido da reportagem. A única diferença, segundo a pasta, é que a solicitação do auxílio emergencial só poderá ser feita para o período em que o seguro-desemprego não for mais devido a esse trabalhador.

“Se parou de receber o seguro-desemprego em abril, pode receber o auxílio em maio e junho. Mas só essas duas parcelas”, explica o ministério.

A lei que criou o auxílio emergencial veda o recebimento do benefício por quem já ganha o seguro-desemprego, cuja parcela pode ir de R$ 1.045 a R$ 1.813,03. Apesar disso, havia dúvida dos trabalhadores que foram dispensados há alguns meses e estão prestes a receber a última parcela do benefício. O temor era ficar sem amparo algum devido à proibição da lei.

A legislação do auxílio emergencial também veda seu pagamento a quem recebe aposentadoria ou Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos ou pessoas com deficiência de baixa renda. Apesar disso, o recebimento de um desses benefícios não impede que outro integrante da família peça a ajuda emergencial, desde que respeitados os demais critérios.

Desde as primeiras notificações, no final de dezembro, a Covid-19 foi registrada em 193 países e territórios; Brasil tem 23.430 casos confirmados e 1.328 mortes

Ambulâncias estacionadas do lado de fora de um hospital em Nova York nesta segunda-feira. A cidade é uma das regiões com o maior número de casos confirmados no planeta Foto: (Foto: Scott Heins / AFP)

RIO — Pouco mais de quatro meses depois das primeiras notificações da doença respiratória que, mais tarde, seria chamada de Covid-19, o número de infecções pelo novo coronavírus chegou nesta segunda-feira a dois milhões em todo o mundo. No Brasil, o Ministério da Saúde tem 23.430 casos confirmados e 1.328 mortes, mas pesquisadores de um projeto que reúne várias universidades do país dizem que o número real pode superar os 225 mil.

Segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins , mais de um quarto das notificações vem dos EUA, 682 mil , sendo que a maior parte dos estados de Nova York (195 mil) e Nova Jersey (68 mil), locais onde há sinais de que as medidas de distanciamento social estão funcionando , apesar do grande número de novos casos e, tragicamente, de mortos.

Os números da Johns Hopkins mostram 119 mil óbitos relacionados à Covid-19 em todo o mundo, com destaque para os EUA (23 mil), Itália (20 mil), Espanha (17 mil), França (14 mil) e Reino Unido (11 mil) . Vale destacar que os países europeus se encontram, pelo menos em tese, mais próximos do chamado “pico de infecções”, com alguns deles registrando quedas no número de novos casos, internações e mortes, o que não significa que a vida esteja perto de voltar ao normal. Nesta segunda-feira, o presidente francês, Emmanuel Macron, estendeu a quarentena até o dia 11 de maio , reconhecendo que houve erros no enfrentamento da crise.

— O momento, sejamos honestos, revelou falhas. Mas desde o momento em que estes problemas foram identificados, nos mobilizamos. Uma produção de guerra foi estabelecida — disse em pronunciamento.

Longe da normalidade

Por outro lado, a Espanha, que foi criticada pela demora em adotar ações de distanciamento social e tem hoje o segundo maior número de infectados do mundo, começou a aliviar algumas das restrições. Retornam ao trabalho aqueles que não podem fazê-lo remotamente: o setor industrial, de construção, escritórios como os de advocacia, trabalhadores domésticos, entre outros, mas seguindo recomendações sanitárias.

Em locais onde o número de casos ainda está em ascensão, como na América Latina, sistemas de saúde já precários são colocados em situações extremas, como no Equador,  onde os mortos são abandonados nas ruas e o Exército precisou buscar quase 700 corpos de pessoas que faleceram em casa . Na Argentina , onde o governo adotou uma postura incisiva, cidades como Buenos Aires impuseram, além das medidas de quarentena, a obrigatoriedade do uso de máscaras: na capital, quem descumprir a regra pode receber multa equivalente a R$ 6,2 mil.

Além da dificuldade de manter o distanciamento social, uma medida que mostra resultados mas que enfrenta questionamentos de alguns setores econômicos e, em casos isolados, políticos, a China é um exemplo de como deixar o confinamento e retomar a vida normal não é exatamente uma tarefa das mais simples . As autoridades seguem controlando as viagens internas e, especialmente, externas. O temor, no caso, é de uma segunda onda de infecções. Nesta segunda-feira, o país registrou o maior número de casos em quase seis semanas , 108, quase todos “importados” de outros países, especialmente a Rússia.

Agora já são 117 casos de infectados pelo novo coronavírus em todo o estado.

Além dos casos confirmados e mortes, foram divulgados os números de casos descartados e pessoas recuperadas. (Foto: Reprodução)

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou, em transmissão ao vivo divulgada nas redes sociais no fim da tarde desta segunda-feira (13), três novos óbitos, atingindo um total de 16 mortes por covid-19 na Paraíba. 

Agora já são 136 casos de infectados pelo novo coronavírus em todo o estado.

Além dos casos confirmados e mortes, serão divulgados os números de casos descartados e pessoas recuperadas. 

  • Casos Confirmados: 136 
  • Casos Descartados: 878 
  • Óbitos confirmados: 16
  • Casos recuperados: 52

Dos 136 casos confirmados até esta segunda, 52 já se recuperaram, 16 foram a óbito e 12 estão hospitalizados, 4 deles em leitos de UTI. 

Os demais se recuperam em isolamento domiciliar acompanhado pelas secretarias municipais de saúde. Os casos estão distribuídos em 11 municípios: João Pessoa 103, Santa Rita 10, Campina Grande 03, Junco do Seridó 03, Igaracy 1, Bayeux 4, Sousa 1, Cabedelo 5, Serra Branca 1, Sape 1 e Patos 4.

Dos óbitos divulgados nesta segunda, trata-se: 

Mulher, 83 anos, moradora de João Pessoa, diabética, inicio sintomas 05/04, interna em estabelecimento público, óbito 12/04. 

Mulher, 60 anos, residente de João Pessoa internada em hospital particular desde o dia 03 de abril, evoluiu a óbito nesta segunda, 13. Confirmado pelo teste rápido, aguardando exame do Lacen. 

Homem, 68 anos, residente de João Pessoa internado em hospital particular, evoluiu a  óbito nesta segunda. Confirmado por exame de testagem rápida, avaliação de exames e investigação epidemiológica em fase conclusão.

A secretaria de Estado da Saúde publicará Boletim Epidemiológico nesta terça, 14 de abril, onde trará o perfil dos casos confirmados na Paraíba. 

No momento, 100 pessoas estão internadas com notificação de suspeita para Covid-19, sendo 84 em enfermaria (60 público/ 24 privado) e 16 na UTI (11 público/ 5 privado). Os demais casos hospitalizados e com resultado não detectável seguem em investigação para demais vírus.

A primeira parcela dos Fundos de Participação dos Estados e dos Municípios (FPE e FPM) referentes à recomposição do mês de abril de 2020 serão pagas aos poderes executivos nesta quarta-feira (15). A recomposição é um apoio financeiro que garante o repasse do FPM no mesmo patamar do ano passado. Inicialmente, o recurso estava programado para ser pago no 15º dia útil deste mês, mas foi adiantado. Este pagamento é considerado uma das conquistas do movimento municipalista para enfrentar a emergência de saúde pública internacional decorrente da Covid-19. Este apoio financeiro está regulamentado por meio da Medida Provisória nº 938, do dia 2 de abril de 2020. O estado de Pernambuco espera receber um montante de R$ 32,2 milhões, e, destes, R$ 7,1 milhões serão repassados para a cidade do Recife. Em todo o Brasil, apenas 73 cidades não estão aptas a receber o auxílio porque não tiveram queda no valor do Fundo de Participação dos Municípios de março em relação ao mesmo período de 2019.

No Brasil, esta parcela do FPM totaliza R$ 531,1 milhões. No caso do FPE, o total de recursos repassados está na casa dos R$ 498,8 milhões. Os estados e o Distrito Federal, terão direito ao fundo estadual porque ele também será recomposto. Dessa forma, no mês corrente, o apoio financeiro aos fundos Municipal e Estadual é de R$ R$ 1,029 bilhão.

Na última semana, o Ministério da Economia anunciou a criação de uma linha de crédito especial com recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO). No entanto, de acordo com Eduardo Tabosa, 2º secretário da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), as gestões municipais ainda precisam contar com outras providências para garantir a redução do impacto da crise nas pequenas cidades. Segundo Tabosa, a abertura de linhas de créditos podem dificultar a saída da crise econômica no futuro. Ele avalia que medidas como a suspensão do parcelamento do INSS da parte patronal pelos próximos quatro meses, poderiam gerar um adicional de receita. “Eu acho que isso levaria a um endividamento dos municípios e uma dificuldade lá na frente. Agora, é importante colocar isso porque caberia ao município avaliar. Principalmente esses maiores municípios se devem e se podem é uma questão unilateral do município. Eu acho que essa recomposição do FPM, a recomposição do ICMS e essa postergação do INSS, do pagamento, ajudaria muito de forma imediata”, ressalta.

PLEITO

Em carta aberta divulgada ontem, a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) também pede a adoção de novas medidas emergenciais e prevê que o impacto aos cofres locais podem representar uma queda na ordem de R$ 28,1 bilhões nas receitas municipais. A Frente também pede que o Congresso Nacional dê sua contribuição apoiando a recomposição de receitas do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) e Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, explicou que essa negociação com o congresso está sendo feita pelos deputados federais pernambucanos. Segundo ele, “O ICMS e o ISS seriam uma forma de compensar essas perdas”. A nota da FNP lembra, ainda, que no último dia 29, os prefeitos e o ministro da Economia, Paulo Guedes, tiveram um reunião para falar da crise nas cidades. Na ocasião, o auxiliar chegou a afirmar à Frente, que a arrecadação do ano passado estava mantida. O intuito era diminuir o impacto financeiro da crise nos municípios

 

 

Não há previsão de quando as aulas serão retomadas em Pernambuco, diz secretário de Educação

 

Coronavírus: com 8 casos, | Uma visão popular do Brasil e do mundo

Não há previsão ainda de quando as aulas presenciais nas redes públicas e privadas, em escolas e faculdades de Pernambuco, voltarão a acontecer. As atividades estão suspensas, através de decreto estadual, desde 18 de março por causa da pandemia do novo coronavírus. A Secretaria Estadual de Educação informa que é falso um card que está circulando nas redes sociais afirmando que a perspectiva é de manter o fechamento das unidades de ensino por três meses.

O card credita as informações ao secretário de Educação de Pernambuco, Frederico Amancio, que teria participado de uma live. “Isso não aconteceu. Não participei de nenhuma live. E não temos como prever quando as aulas voltarão em Perambuco porque o cenário da pandemia muda a cada a dia. Voltar as aulas não depende de uma vontade política, mas da segurança de quando será possível o retorno das atividades sem que haja risco para alunos e professores”, destaca Fred.

O card, segundo ele, circulou também em outros Estados do Brasil. As informações oficiais do governo estadual, nos assuntos de educação, podem ser acompanhadas pelo site da secretaria ou pelo Instagram @educacaopeoficial.

 

Cantor sertanejo de 27 anos morre de dengue hemorrágica

Cantor sertanejo morre de dengue hemorrágica e parceiro comove fãs ...

Morreu na manhã desse último domingo (12), o cantor sertanejo Leandro Antônio Breda, da dupla Andres e Leandro, em Rio Claro, no interior de São Paulo. O artista tinha 27 anos. O atestado de óbito do cantor indica que a causa da morte foi dengue hemorrágica e choque hipovolêmico, que é quando o coração deixa de bombear sangue para todo o corpo.

No perfil da dupla no Instagram Andres informou que o parceiro começou a apresentar os primeiros sintomas da doença, febre e dor no corpo, no dia 5 de abril.

“Na segunda-feira da semana passada ele começou a ter os sintomas de dengue normais, com algumas variações durante a semana. Tiveram dias que ele estava melhor e outros nem tanto, mas na noite de sábado ele passou mal, foi para o hospital e já precisou ir para a UTI. Logo em seguida ele faleceu, foi tudo mundo rápido”, disse.

Andres também utilizou a rede social para deixar uma mensagem de despedida para Leandro. “Dia mais que triste. Que esteja sempre em nossos pensamentos, por muito mais tempo que ficou entre nós. Estamos juntos, meu parceiro, você daí e eu de cá. Um dia cantaremos juntos novamente”, escreveu.

 

 

Nesta segunda-feira, 13 de abril de 2020, a Secretaria de Saúde de Arcoverde informa que foi confirmado mais um caso de Covid-19 e descartada outra suspeita, que estava em investigação.
O teste positivo foi de uma mulher de 50 anos e, assim, o boletim diário fica com 03 (três) suspeitos, 11 (onze) descartados, 04 (quatro) confirmados, sendo 01 (um) óbito, entre estes confirmados.
É importante ressaltar que a Vigilância em Saúde do município tem intensificado a busca pelos familiares e vizinhos dos casos suspeitos e confirmados, para se tentar criar uma barreira e orientar quanto ao isolamento e distanciamento social.
Pernambuco contabiliza mais de 100 mortes e mais de 1.150 casos do novo coronavírus. Foram registrados 194 casos e mais 17 óbitos, inclusive, de um bebê de sete meses. Com esses números, o Estado soma atualmente 1.154 infecções confirmadas e 102 mortes por Covid-19. Os pacientes morreram entre 04 e 12 de abril.
A Organização Mundial de Saúde – OMS reforçou que não é hora de relaxar as medidas de reclusão social, manter-se em isolamento é a melhor maneira de diminuir a proliferação. Todos precisam colaborar. Quem puder ficar em casa, fique. Para dúvidas, denúncias ou sugestões ligue para o Disk Coronavírus do município: 0800-281-55-89 e 3821-0082.

Serra Talhada chega ao segundo caso de Covid-19. Salgueiro tem seis

Caso de Serra é de uma criança de apenas três meses.

No boletim que a  Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) divulgou, na tarde desta segunda-feira (13), foi confirmado o segundo caso em Serra Talhada.

Trata-se de uma das crianças que estavam com suspeita na semana passada. Ela tem apenas três meses.

O prefeito Luciano Duque gravou um vídeo pedindo atenção e cumprimento às medidas de isolamento social.

“Há um mês Pernambuco tinha apenas dois óbitos. Hoje tem mais de cem “, lamentou, para depois citar a situação de Serra Talhada.  A cidade é uma das que tem críticas ao descumprimento do isolamento social na área comercial.

Uma preocupação no Sertão é Salgueiro. O município agora tem 6 casos confirmados para o novo coronavírus.

O sexto caso trata-se de paciente do sexo feminino, 17 anos, sem histórico de viagem, mas com relato de contato com paciente testado positivo e desde então permanece em isolamento domiciliar.

A paciente apresenta sintomas moderados e seu estado é considerado estável.

COVID-19 é dez vezes mais letal que o H1N1, diz OMS

O novo coronavírus é dez vezes mais letal do que o vírus responsável pela gripe A (H1N1) e surgido no final de março de 2009 no México – disseram autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS), pedindo uma suspensão “lenta” do confinamento.

“Os dados coletados em vários países nos dão uma imagem mais clara desse vírus, de seu comportamento, da maneira de contê-lo. Sabemos que a COVID-19 se espalha rapidamente e sabemos que é letal: dez vezes mais do que o vírus responsável pela pandemia de gripe de 2009”, declarou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em entrevista coletiva virtual feita de Genebra.

Enquanto a nova pandemia de coronavírus deixou mais de 115 mil mortes em todo o mundo desde que surgiu na China em dezembro, segundo um balanço estabelecido pela AFP com fontes oficiais, a gripe A (H1N1) deixou 18.500 mortos, segundo a OMS. No entanto, a revista médica Lancet estimou o número de mortes entre 151.700 e 575.400.

A pandemia causada pelo vírus A (H1N1) levou a campanhas maciças de vacinação. Os países ocidentais, particularmente os europeus, e a OMS foram criticados por uma mobilização considerada superdimensionada a cada ano, a gripe sazonal deixa entre 250.000 e 500.000 mortos, segundo autoridades mundiais de saúde.

Na falta de uma vacina contra o novo coronavírus SARS-Cov-2, a OMS insta os países a lançarem campanhas de diagnóstico generalizadas entre os casos suspeitos, colocá-los em quarentena e acompanhar seus contatos. Seu diretor reconheceu, contudo, que, na “era da globalização, significa que o risco da COVID-19 se reintroduzir e ressurgir pode continuar”.

“Por fim, o desenvolvimento e a distribuição de uma vacina segura e eficaz serão necessários para impedir completamente a disseminação”, enfatizou.

Dada a falta de testes e o congestionamento de muitos hospitais pelos infectados, os governos implementaram medidas de confinamento que levaram à paralisia de setores da economia. Entretanto, nos últimos dias, as pressões se multiplicam para retomar a atividade econômica.

O diretor da OMS recomendou que os países encontrem “o equilíbrio entre as medidas para combater a mortalidade por COVID-19 e outras doenças devido aos sistemas de saúde sobrecarregados e ao impacto socioeconômico” da pandemia.

Ele reiterou que as medidas de contenção serão progressivamente suspensas. “Sabemos que em alguns países, os casos dobram a cada 3 a 4 dias. Enquanto o COVID-19 se espalha muito rapidamente, diminui muito mais lentamente”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus. “Isso significa que as medidas devem ser suspensas lentamente e com controle”, insistiu.

Ele dirigiu a Rádio Tabajara e atuou como redator de atas da Assembleia Legislativa no início dos anos 1970.

De acordo com pessoas próximas, Francisco Remígio lutou bravamente contra a doença, mas infelizmente foi vencido. (Foto: Reprodução)

O advogado Francisco Remígio de Araújo, 77 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (13), no Hospital Nossa Senhora das Neves, onde estava internado desde a última quinta-feira (9).

O velório, restrito a 10 pessoas por vez, foi realizado no Parque das Acácias e o sepultamento ocorreu no fim da manhã.

Chico Remígio, como era conhecido, era funcionário aposentado do INSS. Ele dirigiu a Rádio Tabajara e atuou como redator de atas da Assembleia Legislativa no início dos anos 1970.

Ele morreu após batalhar contra o câncer diagnosticado cerca de dois anos atrás. Ele se submeteu a uma cirurgia e estava bem até semana passada, quando piorou e foi internado por insuficiência hepática.

A Associação Paraibana de Imprensa (API) divulgou uma nota de pesar em homenagem ao ex-diretor da Tabajara:

API lamenta morte de Francisco Remígio, ex-diretor da Tabajara

A Associação Paraibana de Imprensa através de sua diretoria e em nome de todos os associados vem a público lamentar a morte do jornalista Francisco Remígio, 77 anos, ocorrida na madrugada desta segunda-feira, 13. Francisco foi diretor da Radio Tabajara e do jornal A União, e lutava contra um câncer há dois anos. 

De acordo com pessoas próximas, Francisco Remígio lutou bravamente contra a doença, mas infelizmente foi vencido. Neste momento de luto e de luta, a API se solidariza com familiares e amigos e espera que o tempo seja capaz de confortar a todos e deixar latente apenas as boas memórias do jornalista. 

O velório aconteceu com restrição para 10 pessoas por vez por conta da pandemia do coronavírus, e foi realizado no Parque das Acácias, onde também ocorreu o sepultamento no fim da manhã.

De acordo com boletim da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), a cidade tem 43 casos de coronavírus confirmados

Foto: reprodução

O decreto que estabelecia o fechamento do comércio de Feira de Santana (BA) até esta segunda-feira (13), por causa da pandemia do novo coronavírus (COvid-19), não deve ser prorrogado. De acordo com informações do site De Olho na Cidade, o prefeito Colbert Martins Filho (MDB) informou que os estabelecimentos devem reabrir as portas na terça-feira (14).

“Liguei para alguns amigos em Brasília hoje cedo para me precaver. Há grandes chances de reabrirmos, já que muitos segmentos estão funcionando aos poucos e as indústrias, por exemplo, não pararam”, disse o prefeito, que na tarde de domingo (12) se reuniria com os secretários municipais.

De acordo com boletim da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), a cidade tem 43 casos de coronavírus confirmados, sendo a segunda com maior incidência no Estado, atrás apenas de Salvador. (Fonte: Bahia Notícias)

Ela estava internada em um hospital particular na cidade de João Pessoa, de acordo com informações do secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, ao ClickPB.

A médica já tinha feito o exame que detectou coronavírus (Foto: Reprodução)

Faleceu nesta segunda-feira (13) a médica Maria de Fátima Castelo Branco, que tinha 60 anos de idade, após ter sido diagnosticada com covid-19. Ela estava internada em um hospital particular na cidade de João Pessoa, de acordo com informações do secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, ao ClickPB.

Ainda segundo informou Geraldo Medeiros ao ClickPB, a médica já tinha feito o exame que detectou coronavírus. Até o momento não há mais detalhes sobre a internação dela e como o quadro evoluiu. A médica trabalhava na diretoria de regulação da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Maria de Fátima deu entrada no Hospital da Unimed, em João Pessoa, no dia 3 de abril, de acordo com informações da assessoria de imprensa da unidade de saúde ao ClickPB.

O último boletim emitido pela Secretaria de Saúde da Paraíba neste domingo (12), indicava o total de 111 casos confirmados de coronavírus na Paraíba. Até ontem também haviam sido confirmadas 13 mortes, sendo esta, a 14ª

blogmarcosmotinelly

Conselho de Educação Física autua nove pessoas e outras 10 seguem sendo monitoradas por prescreverem treinos pelas redes sociais sem comprovar formação

Os notificados são das cidades de: João Pessoa (05), Campina Grande (01), Araruna (01), Aguiar (01) e Cajazeiras (01). (Foto: reprodução)

O Conselho Regional de Educação Física da 10ª Região – Paraíba (CREF10/PB) notificou nove pessoas e outras dez seguem estão sendo monitoradas, após denúncias uso das redes sociais para prescrever treinos durante a quarentena, sem a devida comprovação de que são profissionais habilitados e registrados. 

A medida foi tomada após mais de 20 denúncias e análise da equipe de fiscalização do Conselho, na última semana. 

Os notificados são das cidades de: João Pessoa (05), Campina Grande (01), Araruna (01), Aguiar (01) e Cajazeiras (01). 

De acordo com o presidente do CREF10, Francisco Martins da Silva, a prescrição e a orientação de atividades de condicionamento físico, mesmo de forma online, devem ser feitas por profissionais e empresas devidamente registradas no Sistema CONFEF/CREFs. “Estamos entrando em contato com os supostos infratores e, se comprovamos o descumprimento da Lei, são tomadas as medidas cabíveis”, declarou.  

A empresa ou pessoa física que realiza prescrição ou orientação de exercícios físicos, sem integrar o referido Sistema, está infringindo o Art. 47 do Decreto Lei 3688/41, exercendo ilegalmente a profissão de Educação Física. Os notificados têm 15 dias para apresentar contestação junto ao CREF10.

Quem for alvo ou souber de algum caso semelhante é só denunciar ao CREF10 que atende, nesse período de quarentena, por meio dos seguintes contatos: (83) 98832-0237, e-mails dof@cref10.org.br ou fiscalizapb@cref10.org.br.

O cantor baiano Moraes Moreira morreu nesta segunda-feira (13) no Rio de Janeiro. Segundo o Blog do Marrom, o também cantor e compositor Paulinho Boca de Cantor confirmou a informação. Muito emocionado, Paulinho mal conseguia falar e contou que ele faleceu durante o sono. 
A causa da morte de Moraes ainda não foi informada. Também não há informação sobre quando e onde será o sepultamento.
Nascido Antônio Carlos Moreira Pires na cidade de Ituaçu, Moraes começou a carreira tocando safona em festas de São João. Na adolescência, aprendeu a tocar violão enquanto estudava em Caculé. Depois, se mudou para Salvador e conheceu Tom Zé. Formou com Baby Consuelo, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor e Luiz Galvão os Novos Baianos, ficando com o grupo de 1969 até 1975.
Com Luiz Galvão, compôs a maioria das canções do grupo, que é responsável por um dos discos mais icônicos da música brasileira, Acabou Chorare, de 1972. Três anos depois, saiu em carreira solo, lançando mais de vinte discos. (Correio 24 horas)

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil/Arquivo/blogmarcosmontinelly

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo informou que a carga foi localizada em um galpão do bairro Ipiranga, zona sul da capital paulista. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil/Arquivo)

A Polícia Civil de São Paulo prendeu, na tarde desse sábado (11), 14 suspeitos de integrar a quadrilha que furtou cerca de 15 mil kits de testes de diagnóstico de covid-19 do Aeroporto Internacional de Guarulhos. O grupo, formado por pessoas com idade entre 22 e 59, também levou do terminal 2 milhões de itens de equipamento de proteção individual (EPI), como óculos, luvas, álcool em gel e máscaras.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo informou que a carga foi localizada em um galpão do bairro Ipiranga, zona sul da capital paulista, onde os suspeitos foram detidos em flagrante. A operação foi coordenada pelo Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), da corporação.

A divisão descobriu o endereço após apurar que uma pessoa estaria vendendo os produtos clandestinamente. Ao chegar ao local, os agentes do Dope encontraram as caixas contendo os kits e produtos de EPI e, ainda, um machado, uma faca, uma carabina calibre 40, uma espingarda calibre 12 e três pistolas calibre 380.

No comunicado encaminhado à Agência Brasil, a secretaria acrescenta que outras três pessoas são investigadas por envolvimento no caso. “O caso foi registrado como furto, receptação qualificada e resistência na 3ª Delegacia Especializada no Atendimento ao Turista (Deatur) do Aeroporto Internacional de Guarulhos, que instaurou inquérito policial para prosseguir com as investigações”.

O ministro Luis Roberto Barroso, que assume a presidência do TSE em maio, fala em adiamento por apenas algumas semanas, por enquanto.

O ministro Luís Roberto Barroso, que será presidente do Tribunal Superior Eleitoral em maio, admitiu pela primeira vez a possibilidade de adiamento das eleições para prefeitos e vereadores. “A gente não deve fechar os olhos à realidade. Se chegarmos em junho sem um decréscimo substancial da pandemia, é possível ter que fazer esse adiamento, que não deve ser por um período mais prolongado do que o absolutamente necessário para fazerem eleições com segurança. Gostaria de trabalhar com a ideia de que não seja necessário adiar e que, se necessário, que estejamos falando de algumas semanas e nada mais do que isso”, afirmou, em entrevista à Folha de S. Paulo.

Barroso também contestou os ataques de Jair Bolsonaro às urnas eletrônicas. “O sistema de urnas eletrônicas funciona primorosamente bem, mas depende de testes de segurança ao longo do período. Temos como marco junho para fazermos os testes e correções. Já temos o número de urnas suficiente para fazermos as eleições. A despeito disso, periodicamente se substitui uma parte das urnas que vão ficando antigas. Se isso não for possível, apenas teremos que aumentar o número de eleitores por urna”, apontou

Mandetta dá entrevista ao Fantástico e cobra “fala unificada” a Bolsonaro

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, cobrou o que chamou de “uma fala unificada” do governo para as recomendações à população no período de pandemia de covid-19.

Em entrevista ao Fantástico (TV Globo) deste domingo (12.abr.2020), Mandetta apontou problemas no fato de haver divergências entre suas orientações e as do presidente Jair Bolsonaro, que é contra as medidas de distanciamento social amplo, diferentemente do que prega o Ministério da Saúde.

“Eu espero uma fala única, uma fala unificada. Porque isso leva ao brasileiro uma dubiedade. Ele não sabe se ele escuta o ministro da Saúde, se ele escuta o presidente, quem ele escuta“, disse Mandetta.

Sem citar diretamente o presidente, Mandetta também chamou de “coisa equivocada” a presença de pessoas em “encostadas“ em padarias. Bolsonaro visitou, na 5ª feira (9.abr.2020), uma padaria da Asa Norte, em Brasília, e provocou aglomeração em frente ao local.

“Quando você vê as pessoas entrando em padaria, entrando em supermercados, encostadas, grudadas, isso é claramente uma coisa equivocada“, afirmou Mandetta.

Na entrevista, o ministro disse também que o Brasil ainda não chegou ao momento mais crítico da crise do coronavírus. O país tinha, até 14h deste domingo (12.abr), mais de 22.000 casos da doença. “A gente acha que maio e junho vão ser realmente os nossos meses mais duros.”

Poder 360

Homem tinha 36 anos e era portador da doença de Chagas. Fechado ao público, local é destinado a pacientes de baixa complexidade diagnosticados com Covid-19 transferidos da rede municipal.

O hospital começou a receber pacientes na segunda-feira (6). (Foto: Reprodução/TV Globo)

O Hospital de Campanha do Pacaembu, na Zona Oeste de São Paulo, registrou a primeira morte neste domingo (12) por coronavírus. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, o paciente de 36 anos, portador de doença de Chagas, apresentou piora clínica e faleceu.

O hospital começou a receber pacientes na segunda-feira (6).

Às 15h deste domingo, os dois hospitais de campanha da cidade de São Paulo registram 74 pacientes internados. O HMCamp do Pacaembu tem 61 leitos ocupados e, deste total, 55 pacientes estão em leitos de baixa complexidade e seis na sala de estabilização, equipada com recursos para tratamento de pacientes mais graves. Três pacientes tiveram alta e vão seguir o tratamento em domicílio, e está prevista, ainda para este domingo, a admissão de mais 19 pacientes.

O Hospital de Campanha do Anhembi, que conta com 326 leitos prontos tem 13 pacientes internados em leitos de baixa e média complexidade. Desses, 12 estão em leitos de enfermaria e um na sala de estabilização.

Os dois hospitais de campanha funcionam de portas fechadas, ou seja, quem tiver sintomas não deve procurar os espaços. O atendimento é destinado exclusivamente a pacientes diagnosticados com coronavírus transferidos da rede municipal da saúde.

Mortes

O número mortos por coronavírus no estado de São Paulo subiu para 588 neste domingo (12). Há mais de uma uma semana, em 4 de abril, eram 260 mortes, segundo divulgou a Secretaria Estadual de Saúde. No sábado (11), eram 560 mortes confirmadas.

Entre as vítimas fatais, estão 339 homens e 249 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 73,4% das mortes. As mortes foram registradas em 63 municípios do estado.

Pacaembu

A tenda de 6,3 mil m² no Pacaembu foi erguida pela Prefeitura de São Paulo em 10 dias. No dia 1°, o Hospital Albert Einstein assumiu a administração do HM Camp.

O hospital tem 200 leitos de baixa e média complexidade, sendo oito leitos de UTI para socorrer pacientes que apresentem complicações.

O objetivo do HMCamp é liberar os leitos dos hospitais municipais, de maior complexidade para internação de pacientes com quadros mais graves, particularmente aqueles com necessidade de internação em unidade de terapia intensiva (UTI).

O serviço de saúde vai atender a população com 520 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas, psicólogos e assistentes sociais, divididos em três turnos.

A Secretaria de Estado da Saúde gastou mais de R$ 8 milhões com a implantação das estruturas hospitalares temporárias nos complexos do Anhembi e Pacaembu. Juntos, eles serão ocupados por dois mil leitos.

Durante todo o período, o Complexo do Pacaembu estará fechado para o público em geral e para a prática esportiva durante toda essa operação.

De acordo com o novo balanço, foram registradas 99 novas mortes nas últimas 24 horas. (Foto: Reprodução)

O número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus no Brasil subiu para 22.169 e o total de mortes chega a 1.223. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na tarde deste domingo. No último balanço do governo, no sábado, o total de infectados chegava a 20.727, com 1124 mortes confirmadas.

De acordo com o novo balanço, foram registradas 99 novas mortes nas últimas 24 horas. Em relação aos dados de sábado, o aumento no número de mortes foi de 9%. O número de casos novos confirmados da doença aumentou 7% em relação ao total de sábado. Foram 1.442 casos novos em 24 horas.

São Paulo continua com o maior número de infectados no país, com 8.755, além de 588 mortes. Em seguida vem Rio de Janeiro, com 2.855 diagnosticados e 170 óbitos.

Ceará aparece na terceira posição em relação ao número de casos: são 1.676 diagnosticados até o momento, com 74 mortes.

Seis unidades da federação estão em estágio de emergência por apresentarem uma taxa de incidência pelo menos 50% maior que a média nacional: Amazonas, Amapá, Distrito Federal, São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro.

Michel Teló, Andrea Bocelli e Zé Neto e Cristiano fazem lives neste domingo de Páscoa

As lives estão sendo realizadas pelos artistas como forma de incentivar a população a ficar em casa em meio a pandemia do Coronavírus.

As lives começam a partir das 14h (Foto: Reprodução)

O cantores Michel Teló, Andrea Bocelli e a dupla Zé Neto Cristiano fazem lives neste domingo (12). Além deles também será transmitido o Festival Fome de Música com a participação de artistas como Marcelo Falcão, Ludmilla, Xand Avião, Jorge & Mateus, Léo Santana, Dennis DJ, Pedro Sampaio e Xanddy Harmonia, também agitam a quarentena da população.

As lives estão sendo realizadas pelos artistas como forma de incentivar a população a ficar em casa em meio a pandemia do Coronavírus.

Andrea Bocelli, um dos tenores mais famosos do mundo, vai cantar na vazia Catedral de Milão, ou Duomo di Milano, neste domingo de Páscoa, em um concerto transmitido ao vivo.

O cantor italiano será acompanhado apenas pelo organista da catedral, Emanuele Vianelli, tocando um dos maiores órgãos de tubos do mundo em um repertório que inclui “Ave Maria”, de Pietro Mascagni.

Confira os horários e como assistir as lives:

  • Zé Neto e Cristiano – 18h – Link
  • Michel Teló – 14h – Link
  • Rael – 20h (Festival Audio) – Link
  • Andrea Bocelli – 14h – Link
  • Turma do Pagode – 16h – Link
  • Parangolé – 16h – Link
  • Tank & the Bangas – 17h – Link
  • DJ Guuga – 21h – Link
  • Festival Fome de Música – 15h – Marcelo Falcão, Ludmilla, Xand Avião, Jorge & Mateus, Léo Santana, Dennis DJ, Pedro Sampaio, Xanddy Harmonia e mais – No YouTube e no Multishow.

Dos 110 casos confirmado até este domingo, 12 de abril, 43 já se recuperaram, 13 foram a óbito e 07 estão hospitalizados, 3 deles em leitos de UTI.

A secretaria de Estado da Saúde publicará Boletim Epidemiológico na próxima terça, 14 de abril, onde trará o perfil dos casos confirmados na Paraíba. (Foto: Reprodução)

Subiu para 110 o número de casos confirmados de Coronavírus na Paraíba. A informação foi dada pela Secretaria de Estado da Saúde, às 17h deste domingo (12). 

Dos 110 casos confirmado até este domingo, 12 de abril, 43 já se recuperaram, 13 foram a óbito e 07 estão hospitalizados, 3 deles em leitos de UTI. Os demais se recuperam em isolamento domiciliar acompanhado pelas secretarias municipais de saúde. Os casos estão distribuídos em 10 municípios: João Pessoa (86), Santa Rita (07); Cabedelo (05); Patos (04); Campina Grande (03); Igaracy (01); Junco do Seridó (01); Serra Branca (01), Sousa (01) e Bayeux (01).

No momento, 72 pessoas estão internadas com notificação de suspeita para Covid-19, sendo 60 em enfermaria (38 público/ 22 privado) e 12 na UTI (8 público/ 4 privado). Os demais casos hospitalizados e com resultado não detectável seguem em investigação para demais vírus.

Confira o boletim completo

*Governo da Paraíba*
*Secretaria de Estado da Saúde* 

Atualização COVID-19 12/04 | 17h 

*Casos Confirmados: 110* 
*Casos Descartados: 832* 
*Óbitos confirmados: 13* 
*Casos recuperados: 43*

Dos 110 casos confirmado até este domingo, 12 de abril, 43 já se recuperaram, 13 foram a óbito e 07 estão hospitalizados, 3 deles em leitos de UTI. Os demais se recuperam em isolamento domiciliar acompanhado pelas secretarias municipais de saúde. Os casos estão distribuídos em 10 municípios: 
João Pessoa (86), Santa Rita (07); Cabedelo (05); Patos (04); Campina Grande (03); Igaracy (01); Junco do Seridó (01); Serra Branca (01), Sousa (01) e Bayeux (01).

No momento, 72 pessoas estão internadas com notificação de suspeita para Covid-19, sendo 60 em enfermaria (38 público/ 22 privado) e 12 na UTI (8 público/ 4 privado). Os demais casos hospitalizados e com resultado não detectável seguem em investigação para demais vírus.

A secretaria de Estado da Saúde publicará Boletim Epidemiológico na próxima terça, 14 de abril, onde trará o perfil dos casos confirmados na Paraíba.

O Papa Francisco celebrou neste domingo (12) a missa de Páscoa, com a tradicional benção “Urbi et Orbi” (à cidade de Roma e ao mundo), sem a presença de fiéis na Basílica de São Pedro, no Vaticano, por causa da pandemia de Covid-19.

Na celebração, que foi transmitida pela internet, ele pediu união para enfrentar a pandemia.

“Este não é tempo para a indiferença, porque o mundo inteiro está sofrendo e deve sentir-se unido ao enfrentar a pandemia”, disse o pontífice.

O pontífice fez um apelo para que não faltem os bens de primeira necessidade aos que vivem nas periferias, aos refugiados e aos desabrigados.

O papa pediu ainda a redução das sanções internacionais que impedem a alguns países de proporcionar apoio adequado aos seus cidadãos. Ele também também apelou à solidariedade internacional “para reduzir, se não mesmo anular a dívida que pesa sobre os orçamentos dos países mais pobres.”

 

Período da Semana Santa em São José do Egito e Itapetim Jovem morto com dois tiros na cabeça

Dois homens foram mortos a tiros na noite desta sexta-feira (10) em São José do Egito.

De acordo com informações do Blog Marcelo Patriota, as vítimas foram identificadas  como Pedro Rocha e Igor Ramos.

Pedro foi morto com cinco tiros próximo ao cemitério Campo do Silêncio, no Bairro São João.  Já Igor Alves de Souza Ramos, de 29 anos, estava no Alto do Cemitério, com a namorada, quando dois homens chegaram encapuzados e efetuaram os disparos. Ambos morreram no local.

A autoria e motivação dos crimes são desconhecidas. A polícia investiga o caso. Os corpos foram recolhidos para o IML-Instituto de Medicina Legal, o caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Corpos de itapetinense e egipciense  encontrados: foi encontrado na manhã deste sábado (11) na zona rural do município de Camalaú, no Cariri paraibano o corpo de Renato Siqueira de Lima.

Ele era morador do Distrito de São Vicente, em Itapetim. Renato de Augustinho, como era conhecido, desapareceu na última quarta-feira (08).

Na quinta-feira (09), um veículo Strada, uma motocicleta e um reboque de propriedades de Renato foram encontrados incendiados em Camalaú.

Segundo o Blog Repórter do Sertão, o corpo foi localizado próximo a um açude, onde também foi encontrado Marcos Vinícius de Souza Queiroz, conhecido como “Vica”, residente  em São José do Egito, amigo do itapetinense.

Os casos confirmados do novo coronavírus estão espalhados por 35 cidades pernambucanas, mas já são 142 dos 185 municípios de Pernambuco em estado de calamidade pública por causa da pandemia. E mesmo que um deles passe pela quarentena sem qualquer caso da doença vai ser afetado com a perda de receita composta basicamente por impostos que deixaram de ser gerados como consequência do isolamento social, adotado para diminuir a rapidez em que pode ocorrer a contaminação pelo covid-19.

 “A doença não está espalhada pelo interior do Estado, mas as prefeituras fizeram uma projeção da queda que terão nas suas receitas. Vai ocorrer uma diminuição nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e da cota parte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)”, resume o presidente do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), Dirceu Rodolfo. Isso vai significar menos receitas em todas as prefeituras. Em Pernambuco, alguns municípios pequenos têm cerca de 90% das suas receitas vindas do FPM, “alimentado” pela arrecadação do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e pelo Imposto de Renda. Já a queda na cota parte do ICMS deve atingir cidades maiores como Olinda e Jaboatão dos Guararapes. Os municípios ficam com 25% do total do ICMS recolhido. 

Para o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, “as prefeituras precisam de um decreto de calamidade pública porque a situação é semelhante pra todas e algumas regras terão que ser flexibilizadas devido à pandemia”. Ele cita como exemplo as compras de materiais específicos que deverão ser feitos durante o enfrentamento da crise sanitária.

O estado de calamidade pública vai permitir a flexibilização da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que, entre outras coisas, impõe limites no gasto de pessoal. Também por causa da calamidade, os prefeitos poderão fazer gastos diferentes dos aprovados na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), um documento aprovado anualmente citando as despesas a serem realizadas no ano subsequente.

Mas não é um exagero 142 municípios em estado de calamidade pública. ? “Não. É uma forma do município se organizar administrativamente, porque ele pode precisar, por exemplo, de uma dispensa de licitação, uma flexibilidade maior com relação à contratação de serviços. Não há fórmula pronta e cada caso é um caso”, argumenta a coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Defesa do Patrimônio Público do Ministério Público de Pernambuco, Lucila Varejão.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre Moraes assinou uma medida cautelar flexibilizando três artigos da LRF (o 14, 16 e 17) por causa do covid-19. Durante a calamidade, as prefeituras poderão até comprar de uma empresa considerada inidônea. “O decreto de calamidade não é um cheque em branco. Se for utilizado de forma errada, o TCE vai dar uma cautelar suspendendo a medida. Editamos normas e recomendações que podem dar o contorno jurídico para esses procedimentos”, aconselha Dirceu Rodolfo. A instituição concentrou todas essas medidas num hotsite (https://coronavirus.tomeconta.com/)

QUEDA

As 53 maiores cidades brasileiras terão R$ 19 bilhões a menos em receitas este ano e mais R$ 9,1 bilhões em despesas a mais – incluindo as ações no enfrentamento dessa doença, segundo informações da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). A redução da receita é por causa da diminuição no recolhimento dos impostos (ver quadro ao lado).

Um levantamento da própria FNP mostra que 96% dos casos da doença foram registrados em 406 cidades do País que tem acima de 80 mil habitantes até a última quarta-feira (08/04). “A tendência é de que a situação das prefeituras se deteriore rapidamente, porque as receitas vão cair muito”, conta o secretário-executivo da FNP, Gilberto Perré. E acrescenta: “Não lembro de uma situação tão grave e o número de municípios em calamidade vai aumentar”, afirma. Ele também acha necessário decretar o estado de calamidade pública, entre outros motivos, porque a regra de ouro – outro mecanismo implantado para controlar os gastos públicos, diz para só fazer o pagamento depois que o serviço for prestado ou entregue. “A China só vende os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) se pagar antecipado. Aí faz como ? Com o decreto essa compra será possível”, conclui.

 

A Polícia foi informada pela Central de rádio que no bairro Padre Pedro Pereira, o proprietário de um estabelecimento comercial estaria descumprindo o decreto 48834 do enfrentamento do COVID-19, combinado com o artigo 268 do código penal. 
Chegando ao local, a polícia pode constatar que o referido bar estava funcionando com algumas pessoas consumindo bebida alcoólica, desobedecendo o decreto. 
O proprietário do bar foi conduzido à Delegacia de Polícia local, onde responderá a um TCO.

Terminar o mês escolhendo quais boletos pagar. Essa virou a rotina de milhões de brasileiros que passaram a ganhar menos ou perderam a fonte de renda por causa da pandemia. Para reduzir o prejuízo, o governo adiou e até suspendeu diversos pagamentos esse período. Tributos e obrigações, como o recolhimento das contribuições para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), ficarão para depois.

Em alguns casos, também é possível renegociar. Graças a resoluções do Conselho Monetário Nacional (CMN), os principais bancos estão negociando a prorrogação de dívidas. Os agricultores e pecuaristas também poderão pedir o adiamento de parcelas do crédito rural.

A Agência Nacional de Saúde (ANS) fechou um acordo para que os planos não interrompam o atendimento a pacientes inadimplentes até o fim de junho.

Além do governo federal, diversos estados estão tomando ações para adiar o pagamento de tributos locais e proibir o corte de água, luz e gás de consumidores inadimplentes. No entanto, consumidores de baixa renda ficarão isentos de contas de luz por 90 dias em todo o país. Os adiamentos não valem apenas para os consumidores.

Em alguns casos, a Justiça está agindo. Liminares da 12ª Vara Cível Federal em São Paulo proibiram o corte de serviços de telefonia de clientes com contas em atraso. Diversos estados estão conseguindo, no Supremo Tribunal Federal, decisões para suspenderem o pagamento de dívidas com a União durante a pandemia.

Confira as principais medidas temporárias para aliviar o bolso em tempos de crise:

Empresas

•        Adiamento do pagamento da contribuição patronal ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e dos Programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). Os pagamentos de abril serão quitados em agosto. Os pagamentos de maio, em outubro. A medida antecipará R$ 80 bilhões para o fluxo de caixa das empresas.

•        Adiamento da Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF) do 15º dia útil de abril, maio e junho para o 15º dia útil de julho.

•        Redução em 50% da contribuição das empresas para o Sistema S por três meses, de abril a junho.

Microempresas

•        Adiamento, por seis meses, da parte federal do Simples Nacional. Os pagamentos de abril, maio e junho passaram para outubro, novembro e dezembro.

•        Adiamento, por três meses, da parte estadual e municipal do Simples Nacional. Os pagamentos do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS, pertencente aos estados) do Imposto sobre Serviços (ISS, dos municípios) de abril, maio e junho passaram para julho, agosto e setembro.

Microempreendedores individuais (MEI)

•        Adiamento das parcelas por seis meses. Os pagamentos de abril, maio e junho passaram para outubro, novembro e dezembro. A medida vale tanto para a parte federal como para parte estadual e municipal (ICMS e ISS) do programa.

Pessoas físicas

•        Adiamento, por dois meses, do prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física e do pagamento da primeira cota ou cota única. A data passou de 30 de abril para 30 de junho.

•        O cronograma de restituições, de maio a setembro, está mantido.

Empresas e pessoas físicas

•        Suspensão, por 90 dias, do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para empréstimos. Imposto deixará de ser cobrado de abril a junho, injetando R$ 7 bilhões na economia.

Empresas e empregadores domésticos

•        Suspensão das contribuições para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por três meses, inclusive para empregadores domésticos. Valores de abril a junho serão pagos de julho a dezembro, em seis parcelas, sem multas ou encargos.

Compra de materiais médicos

•        Redução a zero das alíquotas de importação para produtos de uso médico-hospitalar.

•        Desoneração temporária de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para bens necessários ao combate a pandemia.

Contas de luz

•        As suspensões ou proibição de cortes de consumidores inadimplentes cabe a cada estado. No entanto, consumidores de baixa renda, que gastam até 220 quilowatts-hora (kWh) por mês, estarão isentos de pagarem a conta de energia. O valor que as distribuidoras deixarão de receber será coberto com R$ 900 milhões de subsídio da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).

Contas de telefone

•        Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) comunicou a operadoras telefônicas que não cortem o serviço de clientes com contas em atraso. Serviços interrompidos deverão ser restabelecidos em até 24 horas. Decisão atende a liminares da 12ª Vara Cível Federal em São Paulo que valem para todo o país. A agência tentou recorrer das decisões, mas perdeu.

Dívidas em bancos

•        Autorizados por uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), os cinco principais bancos do país – Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú Unibanco e Santander – abriram renegociações para prorrogarem vencimentos de dívidas por até 60 dias.

•        Renegociação não vale para cheque especial e cartão de crédito.

•        Clientes precisam estar atentos para juros e multas. Segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), é preciso verificar se o banco está propondo uma pausa no contrato, sem cobrança de juros durante a suspensão, ter cuidado com o acúmulo de parcelas vencidas e a vencer e perguntar se haverá impacto na pontuação de crédito do cliente.

Financiamentos imobiliários da Caixa

•        Caixa Econômica Federal anunciou pausa de 90 dias os contratos de financiamento habitacional, para clientes adimplentes ou com até duas parcelas em atraso, incluindo os contratos em obra. Quem tinha pedido dois meses de prorrogação terá a medida ampliada automaticamente para três meses.

•        Clientes que usam o FGTS para pagar parte das parcelas do financiamento poderão pedir a suspensão do pagamento da parte da prestação não coberta pelo fundo por 90 dias.

•        Clientes adimplentes ou com até duas prestações em atraso podem pedir a redução do valor da parcela por 90 dias.

•        Carência de 180 dias para contratos de financiamento de imóveis novos.

Produtores rurais

•        CMN autorizou a renegociação e a prorrogação de pagamento de crédito rural para produtores afetados por secas e pela pandemia de coronavírus. Bancos podem adiar, para 15 de agosto, o vencimento das parcelas de crédito rural, de custeio e investimento, vencidas desde 1º de janeiro ou a vencer.

Estados devedores da União

•        Governo incluiu uma emenda ao Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal (PEF), ainda em discussão na Câmara, para suspender os débitos dos estados com o governo federal por seis meses. A medida injetará R$ 12,6 bi nos cofres estaduais para enfrentarem a pandemia.

•        Enquanto a emenda não é votada, 17 estados conseguiram liminares no Supremo Tribunal Federal (STF) para suspenderem as parcelas de dívidas com a União.

blogmarcosmontinelly

Fonte: https://www.moneytimes.com.br/confira-pagamentos-e-tributos-adiados-ou-suspensos-durante-pandemia/

 

O diretor disse: “Não queria fazer uma história de origem, mas sim contar uma história que reconhecesse suas origens, aquilo que o transformou no que ele é.”

Em entrevista ao Nerdist, Reeves disse: “Não queria fazer uma história de origem, mas sim contar uma história que reconhecesse suas origens, aquilo que o transformou no que ele é.” (Foto: Reprodução)

Ao contrário do que pensávamos, The Batman não será um filme de origem do herói da DC Comics. O diretor Matt Reeves deu mais detalhes sobre o longa estrelado por Robert Pattinson.

Em entrevista ao Nerdist, Reeves disse: “Não queria fazer uma história de origem, mas sim contar uma história que reconhecesse suas origens, aquilo que o transformou no que ele é.”

“Ele está sempre sofrendo e é assim que ele tenta superar o problema”, explicou Reeves. 

“Isso não significa que ele entende o cenário. É sobre toda a ideia da escuridão dentro dele, o que move o Batman, o quanto disso você pode incorporar e o quanto você está fazendo sem sequer ter consciência.”

Segundo Reeves, The Batman encontrou um jeito de explorar o psicológico do personagem e a corrupção de Gotham City. “Isso parece bastante atual. Acho que sempre foi. Quase não há uma época em que não se possa contar uma história sobre corrupção. Mas hoje o tema parece incrivelmente ressoante e, talvez, sob minha perspectiva, até mais do que em outros tempos.”

Atualmente com filmagens paralisadas devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19), The Batman tem estreia marcada para 24 de junho de 2021.

 

Durante o isolamento da pandemia do novo coronavírus Gusttavo Lima já havia feito uma live com alto número de público e grande repercussão nas redes sociais.

O cantor Gusttavo Lima fez mais uma live com show em casa para os seguidores. Na noite deste sábado (11), o artista transmitiu suas interpretações com o repertório sertanejo que agrada a multidões pelo Brasil.

Durante o isolamento da pandemia do novo coronavírus Gusttavo Lima já havia feito uma live com alto número de público e grande repercussão nas redes sociais, principalmente por suas piadas, brincadeiras e estado alcoólico.

Os espectadores virtuais brincaram, nesta e na live anterior, sobre a ‘sofrência’ que o repertório traz e compartilharam diversas publicações nas redes sociais bebendo e escutando as músicas cantadas por Gusttavo.

 

Covid-19: Saúde libera mais R$ 4 bilhões para estados e municípios; Afogados da Ingazeira receberá R$ 886 mil

Mandetta diz que chegaram a “limpar gavetas” mas continua no cargo ...

O Ministério da Saúde liberou mais R$ 4 bilhões a estados e municípios para ações de combate à covid-19. O valor é um adicional ao que já recebem para custeio de ações e serviços relacionados à saúde e pode ser utilizado para compra de materiais e insumos, abrir novos leitos e custear profissionais. A Portaria nº 774/2020 com a liberação foi publicada ontem (9) em edição extra do Diário Oficial da União. O valor corresponde a uma parcela mensal extra do que cada estado ou município já recebe para ações de média e alta complexidade ou atenção primária.

Em mensagem nas redes sociais, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, disse que os recursos já foram depositados nas contas dos fundos estaduais e municipais de saúde. “A gente acha que, com isso, eles [os gestores de saúde] podem adquirir os equipamentos de proteção individual (EPIs) que a gente começa a trazer da China. Está começando o mercado chinês a se organizar, estamos conseguindo trazer”, disse.

O município de Afogados da Ingazeira receberá o valor de R$ 500 mil em emendas, sendo duas emendas de R$ 100 mil e uma de R$ 300 mil, e mais R$ 386 mil de recursos do Bloco de Custeio das Ações e dos Serviços Públicos de Saúde.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!