O Assaí Atacadista está selecionando profissionais nas cinco regiões do País para reforçar seu quadro de colaboradores durante a pandemia do novo coronavírus. São cerca de mil vagas, entre efetivas e temporárias, para os cargos de operador de caixa, operador de loja, operador de Centro de Distribuição e auxiliar de refeitório. Os interessados podem se cadastrar no site da empresa, o www.assai.com.br/trabalhe-conosco, clicando na opção Banco de Talentos. É necessário ter Ensino Médio completo e ser maior de 18 anos para concorrer a uma das vagas. Como medida de prevenção contra a Covid-19, o processo seletivo foi adaptado para ser realizado online. Apenas a última etapa pode ser realizada presencialmente. 

Negócio de atacado de autosserviço do GPA, um dos maiores grupos varejistas do País, o Assaí atende pequenos e médios comerciantes e consumidores em geral que buscam economia em compras de grande volume. Atacadista que mais cresce no Brasil, a rede está presente nas cinco regiões do País, com 167 lojas distribuídas em 20 estados e no Distrito Federal. Conta com uma plataforma própria de serviços financeiros, o Passaí, composta por cartão próprio e uma maquininha de cartão de crédito e débito. Anualmente, o Assaí recebe mais de 250 milhões clientes em suas unidades. Em 2019, foi eleito o atacadista mais admirado do País pelo ranking IBEVAR-FIA.

Clique aqui e cadastre-se

TRINDADE – PRIMEIRO CASO DO COVID-19 É REGISTRADO NO MUNICÍPIO

A prefeitura de Trindade, no Sertão de Pernambuco, confirmou nesta quinta-feira (23) o primeiro caso positivo de Covid-19 no município. De acordo com a prefeitura, o paciente está bem e em isolamento domiciliar. 
A Secretária de Saúde do município informou que o paciente está tendo todo atendimento necessário, cuidados médicos e intenso acompanhamento pela equipe de saúde e suporte do Comitê Municipal de Combate ao Coronavírus.
O comunicado feito pelo prefeito Everton Costa nas redes sociais não informou se o paciente histórico de viagem ou se teve contato com alguma pessoa infectada. O prefeito reforçou a necessidade da manutenção dos métodos de segurança para tentar conter o avanço do vírus.
Até o momento, o estado de Pernambuco tem 3.604 casos confirmados do novo coronavírus. O número de mortes por conta da doença Covid-19 aumentou para 312, nesta quinta-feira.
Fonte – G1 Petrolina

SEGURANÇA – BRASIL TEM MAIS DE 5 MIL POLICIAIS AFASTADOS POR SUSPEITA DE CORONAVÍRUS

Desde o começo da crise do novo coronavírus no Brasil, 4.938 policiais deixaram de trabalhar por suspeita de contaminação pela Covid-19, segundo dados das secretarias estaduais de Segurança Pública, reunidas pelo colégio da categoria.
“Temos dois movimentos contraditórios. Por um lado, a liberação dos presos. Aproximadamente 30 mil foram liberados por decisões judiciais. Por outro, a redução da capacidade operacional das polícias, que atuam na linha de frente contra o coronavírus. É uma combinação perigosa”, diz Cristiano Barbosa Sampaio, secretário da Segurança Pública do Tocantins e presidente do Colégio Nacional dos Secretários de Segurança Pública.
Ao todo, 5.033 policiais foram afastados de suas funções na pandemia. Os 95 restantes são agentes que não têm suspeita de contaminação, mas que tiveram exposição a alguém adoentado, entre outros motivos relacionados.
Os secretários enviaram nesta quarta-feira (22) um ofício ao ministro Dias Toffoli, presidente do Conselho Nacional de Justiça, pedindo que seja reconsiderada a recomendação do órgão de revisão das prisões provisórias em todo o país.
“Os índices de criminalidade estão começando a refletir os efeitos dessa recomendação, com aumento de furtos e outras infrações. São os efeitos danosos dessa recomendação, que gostaríamos que fosse repensada”, completa Barbosa. Segundo Rodney Rocha Miranda, secretário de Segurança Pública de Goiás, os secretários foram unânimes no apoio à carta.
“Os presos podem ser liberados, sair, ficarem contaminados, cometerem novas infrações e serem presos de novo, levando o coronavírus para dentro dos presídios. Os presos não estão mais seguros fora dos presídios. Eles não vão seguir todas as recomendações de segurança, manter distanciamento, passar álcool em gel. Nos presídios eles correm menos riscos”, diz Miranda.
Os secretários tiveram reunião com o ministro da Justiça, Sergio Moro, nesta quinta-feira (23). Eles pedem ajuda do governo federal na compra de equipamentos de proteção individual para os policiais. O ministro anunciou o investimento de R$ 70 milhões nesse material.
Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!