Em meio à pandemia do novo coronavírus, uma fábrica clandestina de álcool em gel foi interditada durante uma ação policial, neste sábado (21), em Abreu e Lima, no Grande Recife. Na ação, seis pessoas foram detidas pela Polícia Militar, que apreendeu mais de mil litros do produto irregular.

O álcool em gel tem sido usado para fazer a limpeza e evitar o avanço do vírus, que provoca a Covid-19. Ao todo, Pernambuco registrou, até sexta (20), 31 casos. O estado também divulgou a primeira cura clínica e decretou calamidade pública.

De acordo com informações da PM, uma equipe do 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) recebeu uma denúncia de fabricação irregular de álcool em gel. Ao chegar ao local, na Rua Tejipió, no bairro do Desterro, encontrou seis adultos, sendo o dono da fábrica, montada em uma residência, e cinco funcionários.

A casa estava equipada com caldeiras para produzir o material. Também foram localizados um caminhão, um carro e uma carroça, usados para fazer a entrega dos produtos.  

A polícia localizou, ainda, insumos para a fabricação, bem como álcool em gel já pronto para entrega. O material estava armazenado em vasilhames de cinco litros, cada.

Ao todo, foram apreendidos embalagens plásticas e vasilhames prontos para a entrega. “Eram mais de mil embalagens prontas, além de equipamentos e insumos químicos usados para a confecção desse material”, afirmou o tenente-coronel Marcos Ramalho, comandante do 17º Batalhão.

O oficial disse que um dos homens, o responsável pela fábrica clandestina, não informou onde entregaria o produto. “Ele já responde por estupro, estelionato, venda de produto ilícito, o que mostra que ele é reincidente”, acrescentou. .

O homem, disse o tenente-coronel, usava alguns livros de química para tentar fazer a fabricação, mas não tem formação acadêmica ou técnica. Ele e os cinco funcionários foram levados para a Delegacia de Plantão do Paulista. A Agência P

Coronavírus: Presidente determina serviços que não poderão parar no Brasil

Presidente apareceu mascarado durante coletiva do imprensa com Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, no Palácio do Planalto, na última sexta-feira Foto: Pablo Jacob

O presidente Jair Bolsonaro assinou uma Medida Provisória e decreto neste sábado (21), que têm o objetivo de garantir a aquisição de bens, serviços e insumos destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública que o avanço dos casos de Covid-19 impõe ao país. A medida regulamenta os serviços essenciais que não devem ser interrompidos durante o período de combate ao novo coronavírus.

De acordo com o texto, a ação presidencial tem o objetivo de dar segurança aos serviços públicos e atividades essenciais consideradas indispensáveis ao atendimento da população durante a pandemia.

Veja a lista completa:

I – assistência à saúde, incluídos os serviços médicos e hospitalares;

II – assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;

III – atividades de segurança pública e privada, incluídas a vigilância, a guarda e a custódia de presos;

IV – atividades de defesa nacional e de defesa civil;

V – transporte intermunicipal, interestadual e internacional de passageiros e o transporte de passageiros por táxi ou aplicativo;

VI – telecomunicações e internet;

VII – captação, tratamento e distribuição de água;

VIII – captação e tratamento de esgoto e lixo;

IX – geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e de gás;

X – iluminação pública;

XI – produção, distribuição, comercialização e entrega, realizadas presencialmente ou por meio do comércio eletrônico, de produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas

Secretaria de Saúde de Afogados da Ingazeira confirma primeiro caso suspeito

 

A Secretaria de Saúde de Afogados da Ingazeira informa que o Hospital Regional Emília Câmara encaminhou uma paciente, neste sábado (21), para o Hospital Osvaldo Cruz, no Recife, unidade de referência em COVID-19 no Estado. 
O caso sob investigação é o de uma mulher de 30 anos, com histórico de contato com paciente também suspeito de Covid-19 em outro município.
Ela apresentava sintomas de síndrome respiratória aguda, tosse e febre persistentes. Reavaliada após medicação e medidas de suporte, a unidade hospitalar decidiu pelo encaminhamento da paciente. 
A secretaria de saúde informa que os familiares que tiveram contato com a paciente já se encontram em isolamento social.

Visitas são suspensas nos presídios de Pernambuco

As visitas às unidades prisionais de Pernambuco foram suspensas nesta sexta-feira (20), por causa da pandemia de coronavírus.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, até agora, não há casos suspeitos da doença em presídios, penitenciárias e cadeias públicas do Estado, mas o objetivo com a medida é de resguardar servidores e pessoas privadas de liberdade.

Antes da suspensão total das visitas, a medida adotada havia sido a redução do tempo de visita e número de familiares.

Porém, a determinação foi ampliada após um novo decreto ter sido publicado pelo governador Paulo Câmara (PSB) impondo ações mais restritivas, como o fechamento do comércio, para tentar conter o avanço do coronavírus no Estado.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!