Foto: divulgação

O Governo de Pernambuco deu início, nesta quinta-feira (16), no município de Custódia, à distribuição de sementes do Programa Campo Novo aos agricultores dos 56 municípios do Sertão Pernambucano. Ao todo serão distribuídas 530 toneladas de sementes, sendo 445 toneladas de milho e 85 toneladas de sorgo forrageiro, que chegarão aos agricultores exatamente na quadra chuvosa da região, que vai de dezembro a março. Cerca de 75 mil famílias de agricultores serão beneficiadas.

Com investimento global de R$ 1,9 milhão, as sementes distribuídas sob a coordenação do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), vão permitir o cultivo de 22.250 hectares de milho, com uma produção estimada de 225 mil toneladas, e 16.500 hectares de sorgo, com uma produção que pode chegar a 530 mil toneladas de massa verde (forragem) para alimentação animal.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto, o governador Paulo Câmara não mediu esforços para que as sementes chegassem agora no início das chuvas. “A previsão da APAC (Agência Pernambucana de Águas e Clima) para este ano são de chuvas normais a acima da média no Sertão, daí a importância das sementes chegarem à mão de vocês neste momento”, destacou Dilson, durante evento do Programa Campo Novo realizado no Parque de Exposições de Custódia.

“Este ano as sementes estão chegando na época certa, ainda no mês de janeiro, para que o agricultor possa aproveitar o período chuvoso e garantir uma boa colheita”, reforçou o presidente do IPA, Odacy Amorim. Ainda segundo Odacy, em breve o Instituto vai passar a produzir também embriões para o melhoramento genético do rebanho bovino do estado.

A agricultora Antônia Maria da Silva, da comunidade quilombola de Buenos Aires, uma das beneficiadas pelo programa, comemorou a chegada das sementes. “Antes a gente recebia as sementes depois que as chuvas passavam. Então a gente tinha que se virar para conseguir dinheiro e comprar as sementes. Este ano a gente não vai precisar fazer isso”, afirmou.

Anfitrião do ato que marcou o início da distribuição de sementes, o prefeito de Custódia, Manuca, destacou a parceria com o Governo do Estado no auxílio aos agricultores. “Esse serviço voltado aos agricultores é um dos melhores prestados pelo Estado. Só temos a agradecer ao Governo, à Secretaria, aos nossos deputados e senadores. Nossos parceiros nesse trabalho de melhorar as condições de vida da população de Custódia”, ressaltou.

Além de milho e sorgo, o Programa Campo Novo inova este ano com a inclusão da palma forrageira para os municípios da bacia leiteira do Araripe. As variedades distribuídas serão a Sertânia e Orelha de Elefante, ambas resistentes à cochonilha. Ao todo, serão distribuídas 2 milhões de raquetes de palma, com o objetivo de incentivar a retomada do cultivo da cultura como estratégia de convivência com o Semiárido e mitigação dos efeitos da seca.

“Essa distribuição será realizada em parceria com as prefeituras, as associações e os agricultores. Nós vamos entregar 1.000 raquetes para uma família de agricultores, eles vão plantar e depois de um ano vão nos devolver 500 raquetes, que vamos juntar as novas raquetes que vamos produzir e distribuir para outras famílias”, explicou Dilson Peixoto. O programa prevê a implantação, nos próximos três anos, de 3.500 Unidades Familiares de Multiplicação da Palma Forrageira.

Além do secretário Dilson Peixoto, do presidente do IPA, Odacy Amorim, e do prefeito Manuca, estiveram presentes no evento o deputado federal Carlos Veras; o presidente do Iterpe, Altair Patriota; além de técnicos e diretores da SDA, do IPA e do Iterpe.

TABIRA – A agenda da Secretaria de Desenvolvimento Agrário no Sertão pernambucano incluiu ainda uma visita ao Curral do Gado no município de Tabira, que disputa com Caruaru o posto de cidade com a maior feira de gado do Estado.

Acompanhado do prefeito Sebastião Dias, do deputado Carlos Veras e de gestores e técnicos da Secretaria e do Iterpe, o secretário Dilson Peixoto conheceu o Curral do Gado e avaliou com o prefeito a viabilização da segunda etapa da requalificação do espaço, que prevê a construção de um novo curral para caprinos, ovinos e suínos, um novo escritório para a Adagro, posto policial, e ampliação da área de carregamento dos caminhões. Por edição, são comercializados cerca de 6 mil animais, movimento de R$ 6 milhões a R$ 7 milhões.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!