Três homens foram assassinados em São José do Belmonte (PE), Sertão Central, após agredirem um idoso no Sítio Exú, zona rural da cidade. Eles e outras duas pessoas tentaram tomar o dinheiro do ancião durante uma venda de animais.

Testemunhas relataram à Polícia Militar que depois da agressão, os cinco fugiram do local, sendo perseguidos e os três executados por ocupantes de um veículo de passeio cor branca. Os primeiros a serem alvejados são conhecidos como Zezinho e Ronaldo, o terceiro (identidade não revelada) ainda conseguiu fugir, mas foi alcançado e morto.

Zezinho e Ronaldo são naturais de Salgueiro, também no Sertão Central. Ainda não são conhecidos os autores do crime. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML). 

Carlos Britto

Santander aumenta limite de financiamento para 90% do valor do imóvel

Na prática, o comprador terá que desembolsar uma entrada menor na compra de um imóvel

O banco Santander anunciou, nesta terça-feira (dia 7), que passará a financiar até 90% do valor de imóveis residenciais na modalidade de parcelas atualizáveis (Sistema de Amortização Constante – SAC). Na prática, isso significa que o comprador do imóvel terá que desembolsar uma entrada menor para pedir o financiamento imobiliário. Antes, as cartas de crédito cobriam até 80% do valor do bem. Ou seja, o aporte inicial para a aquisição de imóvel, que era de no mínimo 20%, foi reduzido para 10%.

Os financiamentos podem ser parcelados em até 420 meses (ou 35 anos), e a taxa mínima de juros pode chegar a 7,99% ao ano, mais a Taxa Referencial (TR). As condições são válidas para a aquisição de unidades a partir de R$ 90 mil.

O cliente pode somar a renda com mais de uma pessoa, mesmo sem ter parentesco, para a análise de crédito e utilizar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A aprovação está condicionada à análise de crédito personalizada.

Os interessados poderão simular o financiamento imobiliário por meio do site do Santander em www.santander.com.br.

G1

Duas mulheres e um bebê morreram na noite da terça-feira (07) após a caminhonete em que estavam colidir em um caminhão, na BR-412, em São João do Cariri, no Cariri da Paraíba. Segundo informações da Polícia Civil, outra criança que estava no veículo ficou ferida e foi socorrida e encaminhada para o Hospital de Trauma de Campina Grande.

De acordo com a polícia, a caminhonete colidiu com o caminhão do tipo caçamba. Estavam no veículo um homem, duas mulheres, uma criança e um bebê todos da mesma família. As duas mulheres, que eram mãe e filha, morreram logo após o acidente.

A criança, de 5 anos, e o bebê, de um ano, foram socorridos para o Hospital Geral de Serra Branca. De acordo com a unidade hospitalar, o bebê morreu no hospital. Já a criança foi reanimada e transferida para o Hospital de Trauma de Campina Grande, onde permanece internado na UTI em estado de saúde considerado grave.

Ainda estava no veículo o motorista, que era o pai das crianças e esposo de uma das mulheres. Ele teve apenas ferimentos leves. A Polícia Civil ainda não sabe o que teria causado o acidente e confirmou que as vítimas eram da cidade de Sertânia, Pernambuco.

Padrasto é suspeito de estuprar adolescente no Agreste de Pernambuco

A jovem procurou a polícia para denunciar os abusos que, segundo ela, sofria desde os 12 anos
Foto: reprodução

A Polícia Civil está investigando um caso de estupro sofrido por uma adolescente de 15 anos, na cidade de São Caetano, no Agreste de Pernambuco. A jovem procurou a delegacia da cidade para denunciar os abusos que, segundo ela, sofria desde os 12 anos. O padrasto da adolescente é suspeito de ter cometido o crime. O caso foi registrado no último domingo (5), mas os detalhes só foram divulgados na manhã desta quarta-feira (8).

De acordo com a Polícia Militar (PM), o suspeito teria oferecido dinheiro à vítima para que ela não o denunciasse. Além disso, aos policiais a jovem afirmou que sua mãe sabia dos abusos sofridos dos abusos sofridos por ela.

O homem foi encontrado na casa em que morava, onde também foram encontradas sementes de maconha que, segundo ele, lhe eram suas, dentro de um pote guardado no armário da cozinha.

Investigações

De acordo com o delegado José Luzia, responsável pelo caso, a as investigações da Polícia Civil se dedicam a confirmar o período em que os abusos começaram para avaliar se houve estupro de vulnerável. Caso seja comprovado o crime, o padrasto da jovem poderá cumprir penas que variam de oito a quinze anos de prisão. (NE10)

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!